Avaliação da Red Bull em 2016 – Por Deivison Conceição

Avaliação da Equipe:

Sobre a Red Bull em 2016 ela deu uma grande retomada em comparação a temporada de 2015, Um grande ano com um motor que começou a dar sinais de evolução como foi o motor Renault que foi renomeado pela TAG Heuer e teve ajuda da Ilmor no desenvolvimento desse motor e com um chassis RB12 que era um dos melhores Chassis. Isso se não fosse o melhor chassi do ano e teve a sua disposição pilotos arrojados para conseguir o vice-campeonato dos construtores e também 2 vitórias na temporada (Uma delas com Daniel Ricciardo na Malásia e outra com Max Verstappen no GP da Espanha)

Então a Red Bull terá uma ótima nota por tudo isso que conquistou em 2016? Minha Resposta: Não. E os motivos eu vou falar agora.

O que fez a Red Bull é falta de Respeito e um absurdo com o Esporte a Motor.
O que fez a Red Bull é falta de Respeito e um absurdo com o Esporte a Motor.

Não é porque uma equipe tenha duas equipes que ela tenha o direito de trocar de piloto depois de 4 corridas no campeonato como aconteceu com Daniil Kvyat que estava tendo um começo irregular, Mas conquistou o primeiro pódio da equipe na temporada para a equipe e poderia melhorar ao longo do ano. Como o fez em 2015, Mas uma largada desastrosa em Sochi acabou fritando Kvyat para colocar Verstappen. Na minha opinião um episódio vexatório que teve um final o pior cenário possível que foi uma vitória do Max Verstappen no GP da Espanha quando o mundo inteiro que criticou a substituição agora consagrando esse erro enorme ético e que nenhuma vitória que esse menino vai ter na carreira vai apagar.

Helmut Marko é sem duvida o pior gestor de pessoas que eu já vi passar na história da Formula 1. Sem qualquer sensibilidade e sensatez de considerar que é um absurdo retirar um empregado capaz de entregar resultados em 2016. Se consideraram um erro deixarem Verstappen correr na Toro Rosso em 2016 pelas circunstâncias que estavam tendo na temporada, Que deixassem o ano passar e o Max se desenvolver mais e esta plenamente lapidado para em 2017 ele ser efetivado na Red Bull. Sem qualquer margem para dúvidas para questionamentos.

E como palavra final, Digo que hoje eu sou completamente contra o programa da Red Bull de jovens pilotos da forma que esta sendo feito e sou contra a organização comandada pelo Dietrich Mateschitz ter 2 times na Formula 1. Acho isso muito imoral depois do que fizeram e é decisivo que a FIA faça um regulamento que proíba isso para o Futuro. Que se evite de se fazer isso ou no futuro isso vai virar uma prática comum no esporte a motor. Por tudo isso a minha nota vai ser a mais baixa de todas as equipes em 2016.

Ricciardo ganha o 6ºpódio na temporada
Ricciardo ganha o 6ºpódio na temporada

Nota: 0 (Não posso dar outra nossa se não essa, seria um desrespeito e uma contradição com o que eu penso sobre o esporte e o que a Red Bull fez nesse ano.

Números:
GPS: 42
Vitórias: 2
Poles: 1
Pódios: 16
Pontos: 468
Corridas completadas: 38
Corridas completadas na Zona de Pontuação: 37
Voltas lideradas: 116
Melhores Voltas: 5
Número de voltas completadas: 2.404

Pilotos:

3. Daniel Ricciardo (Austrália)
33. Max Verstappen (Holanda)
26. Daniil Kvyat (Rússia)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull

Sem categoria

Deixe uma resposta