Avaliação da Ferrari em 2016 – Por Deivison Conceição

Avaliação da Equipe:

A Ferrari teve um ano frustrante em 2016, Vindo de uma grande temporada em 2015 as expectativas nesse ano não aconteceram. Em parcela pelo carro que não evoluiu o esperado para disputar com a Mercedes e para evitar o avanço da Red Bull, Parte porque Sebastian Vettel teve um ano para se esquecer apesar do começo animador aonde ele ficou perto da Vitória no GP da Austrália.

Vettel ficou mais preocupado em ficar reclamando dos seus adversários do que buscando disputar o título que nem chegou perto das mãos dele nesse ano, Além disso foi um dos pivôs do rebaixamento de Daniil Kvyat (Mas ele teve uma participação que pode ter sido decisiva para isso), Se eu fosse o presidente da Ferrari eu daria uma punição severa por se preocupar com os adversários. Enquanto que Kimi Raikkonen fez a sua melhor temporada na sua volta a Ferrari desde de 2014 e se julgamos o desempenho dos dois pilotos eu diria que o IceMan foi melhor em 2016.

Se as coisas não estão bem na Ferrari na pista já é um motivo e meio para se ter crise na equipe de Maranello. Sem vitórias em 2016 e com a Red Bull na frente da Ferrari é necessário que o ano de 2017 seja o ano de conquistas para a Scuderia mais antiga da Formula 1 que começou a competir em 1950. Um ano ruim em temporada que vem pode colocar a Ferrari em uma crise que faça todo mundo arrumar as malas e ir embora.

Nota: 6 (Deixou a desejar. Principalmente pelo Sebastian Vettel)

monzasabado16 (1)

Números:
GPS: 42
Vitórias: 0
Poles: 0
Pódios: 10
Pontos: 398
Corridas completadas: 34
Corridas completadas na Zona de Pontuação: 34
Voltas lideradas: 98
Melhores Voltas: 4
Número de Voltas Completadas: 2.151

Pilotos:

5. Sebastian Vettel (Alemanha)
7. Kimi Raikkonen (Finlândia)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari

Sem categoria

Deixe uma resposta