F2 na Áustria: Matsushita e Sette Câmara reencontram a vitória em grandes corridas em Spielberg

Na Áustria, No circuito de Spielberg, tivemos 2 grandes corridas na Formula 2. Com vitórias de dois pilotos que a muito tempo não venciam na categoria de acesso a Formula 1.

Na Classificação, O tempo nem tinha começado e vários pilotos já estavam esperando na porta de espera, Prontos para começar. Assim que o cronometro foi acionado todos eles foram para a pista e ficaram por 3 voltas aquecendo os pneus. Schumacher marcou 1:15.214 e logo seria superado pelo Sergio Sette Câmara e por Deletraz a 6 minutos e 20 segundos do final. Todos eles foram engolidos pelo Holandês Nick de Vries, Que com 1:14.233 colocou 6 décimos em cima da concorrência.

Segundos depois, Lafiti subiu para o 2º e Hubert passou para a terceira posição. Seguidos de Matsushita, Gelael e Zhou. Aos 7 minutos e 10 segundos, Luca Ghiotto subiu para o segundo lugar com 1:14.499. Depois disso a maioria dos pilotos não conseguiram melhorar suas voltas, Entre eles, Sette Câmara deu uma escapada de pista e Callum Ilott da Chaoruz ao passar por uma zebra quase decora a sua frente.

Os 3 pilotos que entraram para essa prova vinham nas últimas posições. O Norte-Americano Tveter que correu na GP3 no ano passado subiu 3 posições e esta em 17ºlugar.

A 14 minutos do final, Os dois pilotos da Arden foram para a pista tentarem a segunda tentativa de volta com a pista vazia. Para a Colombiana Tatiana Calderón não funcionou, Pois ela foi logo em seguida para os boxes. Porém, Deu certo para o Francês, A 10 minutos e 20 segundos do final, Ele faz a segunda melhor parcial e acabou em 2º a 76 Milésimos da liderança.

2 Minutos depois, Praticamente todos foram para a pista em busca de tirar a pole de Nick de Vries. Após 3 voltas de aquecimento dos pneus, Todos eles partiram para a volta decisiva. Nick de Vries acabou baixando mais ainda, Com 1:41.143 ele acabou se consolidando de vez a pole position. Todos os pilotos buscaram melhorar seus tempos, Mas o tempo de 1:41.309 garantiram a Anthoine Hubert a primeira fila junto com o piloto da ART Grand Prix. O Chinês Gwanyu Zhou da Uni Virtuosi larga em 3ºlugar com Nobuharu Matsushita dividindo a 2ªFila com seu carro da Carlin.

Na terceira fila larga O Italiano Luca Ghiotto com o outro carro da Uni Virtuosi e Nicholas Latifi da DAMS. Na quarta fila largam Mick Schumacher e Louis Deletraz e completando os 10 primeiros colocados: Sergio Sette Câmara e Callum Ilott.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeTempoVoltas
14Nick de VriesART Grand Prix1:14.14312
219Anthoine HubertBWT Arden1:14.30912
37Gwanyu ZhouUNI-Virtuosi Racing1:14.37112
42Nobuharu MatsushitaCarlin1:14.39912
58Luca GhiottoUNI-Virtuosi Racing1:14.42912
66Nicholas LatifiDAMS1:14.48313
79Mick SchumacherPREMA Racing1:14.48811
81Louis DelétrazCarlin1:14.62512
95Sergio Sette CâmaraDAMS1:14.70913
1011Callum IlottSauber Junior Team by Charouz1:14.75513
1110Sean GelaelPREMA Racing1:14.80811
123Nikita MazepinART Grand Prix1:14.88212
1312Juan Manuel CorreaSauber Junior Team by Charouz1:14.88713
1415Jack AitkenCampos Racing1:14.98613
1516Jordan KingMP Motorsport1:15.13913
1620Giuliano AlesiTrident1:15.21213
1717Patrício O’WardMP Motorsport1:15.32713
1814Arjun MainiCampos Racing1:15.36314
1921Ryan TveterTrident1:15.43511
2018Tatiana CalderónBWT Arden1:16.16415

Corrida do Sábado, Com 40 voltas não começou bem para Mick Schumacher. Ele não conseguiu partir para a volta de apresentação. Quando se encaminhava para a volta de apresentação, O Norte-Americano Ryan Tveter quase perdeu o controle do seu carro para o Muro.

Na largada, De Vries continuou na liderança, Anthoine Hubert foi pressionado pelo Gwanyu Zhou, Mas conseguiu segurar o 2ºlugar, Enquanto que o chinês da Uni Virtuosi perdeu a 3ªposição para Nobuharu Matsushita da equipe Carlin. Lafiti, Ghiotto, Deletraz e Sette Câmara completavam os 8 primeiros colocados.

Matsushita da Carlin superou Hubert na segunda volta e assumiu a segunda posição. Quando Zhou foi para cima de Hubert na volta seguinte. Quando o Chinês tentou o mesmo com Hubert, acabou não conseguindo a ultrapassagem, graças a uma bela manobra do piloto Francês. Porém, Zhou conseguiu passar na 4ªVolta ganhando o 3ºlugar enquanto isso Luca Ghiotto passou para o 4ºlugar, Superando Nicholas Lafiti e logo sem seguida passou Anthoine Hubert, Que não tinha um ritmo de corrida para vencer corrida com o carro da Arden.

Sette Câmara que vinha pressionando Lafiti, Na 6ªVolta o Brasileiro acabou dando um toque no companheiro de equipe. O Canadense acabou caindo para a 16ªposição. Os Comissários acabaram por punir em 5 segundos acrescentados no tempo do piloto da DAMS.

Na entrada da 7ªVolta, O líder Nick de Vries junto de Matsushita, Hubert, Zhou, Ilott, King, Alesi e Aitken foram para a parada obrigatória. Na volta seguinte pararam Ghiotto, Deletraz, Sette Câmara, Correa, Latifi e Schumacher. Com essas paradas o líder passou a ser o Indonésio Sean Gelael da Prema, Com Nikita Mazepin da ART Grand Prix em 2º. Depois vinham Maini, Calderón, Patrício O’Ward e Tveter nas 6 primeiras posições. De Vries era o primeiro dos pilotos que pararam. Seguido de Matsushita, Ghiotto e Hubert, Sendo esses dois últimos brigavam pelo 9ºlugar.

Na 9ªVolta, Problemas eletrônicos com o carro de Zhou, em plena reta dos boxes.  Ele caiu para o 15ºlugar. Sean Gelael abriu 3.8 segundos a frente para Mazepin e 7.9 segundos sobre Maini com o carro da Campos Racing.

Na 13ªVolta, Nick de Vries supera Tveter e passou para o 6ºlugar, Começava os líderes a chegarem no último dos pilotos a não terem ido aos boxes. Deletraz acabou perdendo a posição de Callum Ilott. Além disso, o piloto da Carlin tomou 5 segundos de acréscimo do seu tempo por ter excedido a velocidade máxima nos boxes.

Os pilotos que fizeram a parada estavam virando 1 segundo mais rápido que os 6 pilotos que estavam prolongando a sua parada. Matsushita sofreu para passar Tveter enquanto que De Vries não teve sofrimento nenhum para passar Patrício O’Ward na 18ªVolta, Na volta seguinte o Holandês passou Tatiana Calderón passando para o 4ºlugar. Após voltas de sofrimento, Matsushita finalmente ultrapassou Ryan Tveter e passou ao 7ºlugar.

Com a corrida chegando em sua metade, os pneus de Sean Gelael acabaram e ele foi presa fácil para o Russo Nikita Mazepin, Que acabou passando o piloto da Prema na 22ªvolta e Pela primeira vez liderando uma corrida na Formula 2. Em uma só volta Mazepin colocava 2 segundos de frente. Enquanto que Gelael ficaria mais 3 voltas. Sendo superado por Maini e pelo De Vries, até que ele parar nos boxes na 26ªvolta. Logo com a parada dos pilotos que prolongaram a parada a verdade da prova seria restabelecida.

Nick de Vries abriu 4.5 segundos de frente para Matsushita. A vitória parecia encaminhada para as mãos do Holandês e líder do campeonato. Mais atrás, Ilott sofria pressão de Deletraz disputando o 7ºlugar. No final da segunda reta, O Suíço ganhou essa posição do piloto Inglês da Chaoruz, Logo seria também superado pelo Sette Câmara.

Mazepin vinha em primeiro, Mas muito perto dele vinha seu companheiro de equipe Nick de Vries, Com 2 segundos de frente apenas para Nobuharu Matsushita, que estava virando mais rápido. Ghiotto também de olho na vitória não estava longe do japonês.

Na 33ªVolta, De Vries passou Mazepin e assumiu de novo a liderança. O Russo foi para a parada na volta seguinte. Em uma volta, Matsushita com muito mais pneu que De Vries se aproximou e na Reta dos boxes da 35ªVolta assumiu a liderança da corrida. Enquanto o piloto da Carlin abria vantagem o Piloto da ART Grand Prix perdeu rendimento e foi presa fácil para Ghiotto realizar a ultrapassagem para assumir a segunda posição.

Sette Camara vinha com um belo desempenho no final da prova, O piloto da DAMS passou Ilott e Deletraz subindo para o 5ºlugar, Com a volta mais rápida da prova. Nas voltas finais ele partiu para cima de Anthony Hubert conseguindo a ultrapassagem na Penúltima volta. Na última volta, Sette Câmara superou de Vries e ganhou o 3ºlugar.

Nobuharu Matsushita administrou a vantagem para Luca Ghiotto e levou o carro da Carlin para a sua primeira vitória no ano. Ele volta a vencer desde da temporada de 2017 (Em 2018 ele estava na Super Formula) Depois de um começo de ano problemático finalmente parece que a equipe campeã de 2018 começa a se achar no campeonato. Após alguns desempenhos ruins Luca Ghiotto conseguiu um belíssimo segundo lugar.

Com a Punição de 5 segundos, Sette Câmara recuou para o 5ºlugar e Nick de Vries acabou herdando esse pódio na terceira posição e de Anthoine Hubert da Arden. Louis Deletraz  com os 5 segundos acabou perdendo o 6ºlugar para o Chinês Gwanyu Zhou, que fez uma bela corrida de recuperação. Jordan King que largou do 15ºlugar salvou o 8ºlugar e iria largar na pole position na corrida curta de Domingo.

Resultado da 11ªEtapa da Formula 2

posPilotoEquipeVoltasTempoMelhor Voltana Volta
12Nobuharu MatsushitaCarlin4053:32.6061:18.73530
28Luca GhiottoUNI-Virtuosi Racing402.9631:18.6029
34Nick de VriesART Grand Prix4010.4281:18.62512
419Anthony HubertBWT Arden4010.7861:18.57310
55Sergio Sette CâmaraDAMS4012.7201:18.20934
67Giuliano ZhouUNI-Virtuosi Racing4015.5141:18.46815
71Louis DelétrazCarlin4016.5411:18.83314
816Jordan KingMP Motorsport4022.3211:18.64015
96Nicholas LatifiDAMS4023.1841:18.33632
1015Jack AitkenCampos Racing4032.9191:19.08622
1112Juan Manuel CorreaSauber Junior Team by Charouz4035.8921:18.81115
123Nikita MazepinART Grand Prix4035.9881:18.93838
1320Giuliano AlesiTrident4039.8901:18.60813
1411Callum IlottSauber Junior Team by Charouz4046.1381:18.61711
1521RyanTveterTrident4070.0571:19.48320
1610Sean GelaelPREMA Racing4075.7421:19.12810
1718Tatiana CalderónBWT Arden4076.5861:19.83734
189Mick SchumacherPREMA Racing39a 1 Volta1:18.63811
1917Patrício O’WardMP Motorsport39a 1 Volta1:19.87935
DES14Arjun MainiCampos Racing4049.4541:18.68338

Grid de Largada da 12ªEtapa da Formula 2

posPilotoEquipe
116Jordan KingMP Motorsport
21Louis DelétrazCarlin
37Giuliano ZhouUNI-Virtuosi Racing
45Sergio Sette CâmaraDAMS
519Anthony HubertBWT Arden
64Nick de VriesART Grand Prix
78Luca GhiottoUNI-Virtuosi Racing
82Nobuharu MatsushitaCarlin
96Nicholas LatifiDAMS
1015Jack AitkenCampos Racing
1112Juan Manuel CorreaSauber Junior Team by Charouz
123Nikita MazepinART Grand Prix
1320Giuliano AlesiTrident
1411Callum IlottSauber Junior Team by Charouz
1521RyanTveterTrident
1610Sean GelaelPREMA Racing
1718Tatiana CalderónBWT Arden
189Mick SchumacherPREMA Racing
1917Patrício O’WardMP Motorsport
2014Arjun MainiCampos Racing

Preliminar da prova Formula 1, domingo tivemos uma corrida até mais movimentada do que a corrida de Sábado. Tatiana Calderón não conseguiu partir para a Volta de apresentação e assim como Schumacher no dia de ontem teve de largar dos boxes.

Na Largada, Deletraz tentou tomar a ponta de King, Mas o piloto Inglês segurou o primeiro lugar. Gwanyu Zhou tentou passar o piloto da Carlin, Mas acabou sem espaço na pista tendo de usar a área de escape na curva 3, Perdendo posição para Nick de Vries e Sergio Sette Câmara. O vencedor do Sábado Nobuharu Matsushita acabou passando um pouco pela brita e caiu para o 12ºlugar.

Nick de Vries partiu para cima nas primeiras voltas, Primeiro passou Deletraz na Curva 4 a segunda volta. Na mesma curva, na volta seguinte, O Holandês assumiu a liderança ultrapassando King. Parecia que iria ser uma corrida dominante para o piloto da ART Grand Prix. Porém, na volta 4, O Holandês dá bobeira e King volta a liderança, Bem pressionado pelo Deletraz.

Na 5ªVolta, Entre as curvas 3 e 4, Os pilotos Jordan King, Louis Deletraz e Sergio Sette Câmara ficaram disputando a ponta. Na entrada da curva 4, King e superado pelo Deletraz. O Suíço assumiu a liderança. Na volta seguinte, Foi a vez de Sette Câmara passar King para  assumir a segunda posição e logo depois o terceiro lugar para Zhou.

Sette Câmara partiu para cima de Deletraz e acabou na curva 3 passando para a liderança. O piloto da Carlin lutou para recuperar a ponta, Mas na curva seguinte a vantagem era do piloto Brasileiro. Mais atrás, Mick Schumacher já vinha em 9ºlugar após largar da 18ªposição.

Os 5 primeiros colocados: Sette Câmara, Deletraz, Zhou, Ghiotto e De Vries abriram 2 segundos sobre Jordan King. O piloto da MP Motorsport estava segurando o Inglês Jak Aitken da equipe Campos Racing, Mas ele foi surpreendido pelo Francês Anthoine Hubert e passou a ser ele o perseguidor de King. Nisso Aitken ficou enfurecido, Foi para cima de maneira desastrada e acabou tocando na traseira do piloto da Arden e acabou indo para a brita e quebrando o bico dianteiro. King se deu bem e se manteve em 6ºlugar, Com Hubert e Schumacher logo atrás. Na 13ªVolta, O piloto da Prema passou Hubert assumindo a 7ªposição.

Deletraz começou a ir para cima de Sette Câmara na metade da prova. A diferença entre os dois era de menos de 1 segundo. Enquanto que King segurava posição por duas voltas sobre Mick Schumacher. Deve-se dizer que o piloto inglês lutou muito para manter a posição, Mas o filho de Michael Schumacher superou King na 16ªVolta passando ao 6ºlugar. Mais a frente, Ghiotto passou Zhou e assumiu o 3ºlugar.

A 8 Voltas do final, Louis Deletraz perdeu o carro no final da reta dos boxes e acabou escapando e batendo no muro. Safety Car entrou na pista para tirar o carro do piloto que era o vice-líder da prova. Após 3 voltas sob Regime de Safety Car tivemos a relargada a 6 voltas do final. Sette Câmara vai para a frente, Enquanto que Nobuharu Matsushita foi pra cima com muito arrojo para cima de Juan Manuel Correa, Ganhando o 8ºlugar.

A voltas do final, O Desempenho de Zhou caiu e ele perdeu posições para Nick de Vries e depois superado pelo Mick Schumacher. A 3 voltas do final, Matsushita ultrapassou King assumindo o 6ºlugar e curvas depois o piloto Japonês superou O Chinês da Uni Virtuosi passando ao 5ºlugar.

Nas Voltas finais, Mick Schumacher foi com tudo para cima de Nick de Vries para buscar um pódio após largar do 18ºlugar, Mas o líder do campeonato segurou o Alemão até o final da prova.

Após um 2018 sem vencer, Sergio Sette Câmara venceu pela segunda vez na Formula 2. Segurando ao Italiano Luca Ghiotto. É uma vitória significativa para o Brasileiro no campeonato. Para o Italiano acabou sendo um final de semana redentor, Isso depois de finais de semana ruins em Mônaco e França, Com 2 segundos lugares.

Nick de Vries fechou mais uma vez na terceira posição. Dessa vez o Holandês fui muito bem segurando Mick Schumacher e garantindo seu segundo pódio no final de semana e continuando líder do campeonato. Com 152 pontos, Abrindo 37 pontos sobre Nicholas Latifi.

Mick Schumacher fez a melhor corrida na sua temporada de Estreia, Largando do 18ºlugar para chegar em uma brilhante 4ªposição. Nobuharu Matsushita é um dos grandes vencedores do final de semana, Com a Vitória no Sábado e o 5ºlugar no Domingo.

Nicholas Latifi, Jordan King e Gwanyu Zhou completaram os 8 primeiros colocados. Ilott e Correa da Charouz acabaram completando os 10 primeiros lugares. Nesse final de semana teremos a 7ªRodada Dupla em Silverstone. Nick de Vries tem a liderança do Campeonato, Mas tem os dois pilotos da DAMS e os pilotos da Uni Virtuosi tem condições de destronar o Holandês da liderança do Mundial.

Fotos:

Resultado da 12ªEtapa da Formula 2

posPilotoEquipeVoltasTempoMelhor Voltana Volta
15Sergio Sette CâmaraDAMS2838:45.6911:18.1597
28Luca GhiottoUNI-Virtuosi Racing280.5631:18.4763
34Nick de VriesART Grand Prix285.5361:18.1593
49Mick SchumacherPREMA Racing285.7811:18.7224
52Nobuharu MatsushitaCarlin286.2691:18.59728
66Nicholas LatifiDAMS2813.2301:18.7974
716Jordan KingMP Motorsport2814.0951:18.7138
87Gwanyu ZhouUNI-Virtuosi Racing2815.0861:18.1953
911Callum IlottSauber Junior Team by Charouz2815.6591:18.7034
1012Juan Manuel CorreaSauber Junior Team by Charouz2816.6071:18.7684
113Nikita MazepinART Grand Prix2818.2901:18.6656
1210Sean GelaelPREMA Racing2819.4861:18.8378
1318Tatiana CalderónBWT Arden2821.1361:19.4407
1417Patricio O’WardMP Motorsport2822.2941:18.9327
1514Arjun MainiCampos Racing2822.8561:19.0979
1621Ryan TveterTrident2825.3021:18.9747
1719Anthoine HubertBWT Arden2824.0571:18.8294
1815Jack AitkenCampos Racing2835.5371:18.8443
x1Louis DelétrazCarlin19Acidente1:18.4313
x20Giuliano AlesiTrident3Acidente1:20.9452

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Formula 2

Moto 3 na Alemanha: Dalla Porta conquista vitória com Ramirez completando dobradinha da Leopard Racing

O líder do Campeonato Aron Canet era um dos favoritos a um das 4 vagas para o Q2. Assim como Tony Arbolino e Jaume Masia, Mas os três fracassaram na tentativa.

Canet foi o primeiro a marcar volta, Com 1:27.944 a 11:25 do final do Q1. 1 Minuto depois, O Embaladíssimo Jakub Kornfeil colocou meio segundo exatos sobre Canet e assumiu a liderança. Na volta seguinte, Canet deu o troco e marcou 1:27.164 colocando quase 3 décimos no piloto tcheco. Além dos dois primeiros colocados estavam classificados os Masaki e John McPhee. Ai Ogura caiu para o 5ºlugar. Quem vinha muito mal era Tony Arbolino, Com muitos problemas e com sua moto, O Convidado Dirk Gieger da Kiefer Racing vinha em uma honrosa 9ªposição.

Os pilotos saíram para a volta final bem no Limite, A 2 minutos do final. Canet demorou muito para sair e acabou não conseguindo nem abrir sua volta. O Espanhol pagou caro por esse erro e acabou ficando de fora do Q2, Com 7 pilotos superando a marca de Canet que ficou de fora do Q2. Tony Arbolino foi para o tudo ou nada e acabou ficando em 5ºlugar em um dia problemático.

Ai Ogura acabou marcando o melhor tempo do Q1, Com 1:26.396. Juntamente com o piloto da Honda Asia Team os outros classificados foram Dennis Foggia da Vr46, Kornfeil da PruestelGP e John McPhee da Petronas.

Resultado do Q1:

pospilotoEquipeMotoTempo
179Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’26.396
27Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTM1’26.639
384Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM1’26.644
417John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’26.739
514Tony ArbolinoVNE SnipersHonda1’26.780
682Stefano NepaReale Avintia Arizona 77KTM1’27.111
75Jaume MasiaBester Capital DubaiKTM1’27.154
844Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTM1’27.164
922Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’27.241
1013Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’27.278
1140Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’27.548
1276Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’27.825
1354Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda1’27.879
1416Andrea MignoBester Capital DubaiKTM1’28.072
1569Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM1’28.424
1628Dirk GeigerKiefer RacingKTM1’29.318

A maioria dos 18 pilotos saíram para o Q2 já de cara. Apenas Tatsuki Suzuki não foi para a pista de cara. Antes de começar sua primeira volta, O Espanhol Sergio Garcia acabou indo para o chão na Curva 13. O piloto chegou a ficar na marca, Mas não demorou muito para o piloto da Estrella Galícia voltar a caminhar sem ajuda de ninguém.

A 12 minutos do final, Alonso Lopez marcou 1:27.422, Mas não era nem de longe um tempo para briga pela pole position. Logo Kornfeil e Sasaki superaram os tempos do espanhol e passaram as duas primeiras posições. Romano Fenati acabou marcando a volta mais rápida, mas foi anulada pelo piloto exceder os limites da curva 13 a 9 minutos e 35 do final do Q2.

A 8 minutos do final, O Espanhol Marcus Ramirez acabou superando Kornfeil e assumiu a liderança com 1:26.306, Sasaki continua em 3º seguido de Foggia, McPhee, Suzuki, Lopez e Rodrigo. Foggia na sua volta seguinte superou Sasaki e passou para a primeira fila.

A menos de 5 minutos do final, A  maioria dos pilotos foram para a tentativa final. Alonso Lopez que estava em 8º passou para o 5ºlugar a 2 minutos e 20 segundos do final. Nenhum dos pilotos estavam conseguindo superar a Marca do piloto da Leopard Racing. Até que na última volta, Ayumi Sasaki com 1:26.135 e Kaito Toba com 1:26.192 acabaram com a festa do piloto da Andaluzia e fizeram a dobradinha nipônica.

Ayumi Sasaki conquistou a pole position do Japão, 16 anos depois da última pole marcada pelo Youichi Ui no GP da África do Sul em 2003. Kaito Toba larga em 2º e Marcos Ramirez da Leopard segurou a 3ªposição.

Lorenzo Dalla Porta larga em 4ºlugar e esta em grande vantagem em cima de Canet nessa disputa pela liderança do campeonato. Romano Fenati da Snipers larga em 5ºlugar e o Tcheco Jakub Kornfeil completa a segunda fila em 6ºlugar.

Completando os 10 primeiros colocados: Albert Arenas (Aspar Martinez), Dennis Foggia (VR46), Gabriel Rodrigo (Gresini) e John McPhee (Petronas).

Fotos:

Grid de Largada:

pospilotoEquipeMotoTempo
171Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHonda1’26.135
227Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1’26.192
342Marcos RamirezLeopard RacingHonda1’26.306
448Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda1’26.460
555Romano FenatiVNE SnipersHonda1’26.492
684Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM1’26.588
775Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’26.686
87Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTM1’26.729
919Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’26.806
1017John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’26.853
1121Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Honda1’26.854
1261Can OncuRed Bull KTM AjoKTM1’26.860
1312Filip SalacRedox PruestelGPKTM1’26.883
1424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’27.002
1525Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’27.040
1679Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’27.188
1723Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHonda1’27.260
1811Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0HondaSem Tempo
1914Tony ArbolinoVNE SnipersHonda1’26.780
2082Stefano NepaReale Avintia Arizona 77KTM1’27.111
215Jaume MasiaBester Capital DubaiKTM1’27.154
2244Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTM1’27.164
2322Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’27.241
2413Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’27.278
2540Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’27.548
2676Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’27.825
2754Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda1’27.879
2816Andrea MignoBester Capital DubaiKTM1’28.072
2969Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM1’28.424
3028Dirk GeigerKiefer RacingKTM1’29.318

Sobre céu nublado em Saschenring para a prova da categoria inicial do Mundial de Motovelocidade. Na largada Romano Fenati pulou do 5ºlugar para a liderança da prova. Nas primeiras curvas, Sergio Garcia e Gabriel Rodrigo acabaram indo para o chão deixando a disputa pela vitória.

Fenati se segurou na liderança pelas primeiras 2 voltas dos ataques de Marcos Ramirez. Na 3ªVolta, Lorenzo Dalla Porta passou Kaito Toba assumindo o 3ºlugar, Sasaki completava os 5 primeiros colocados. No final da volta, Ramirez supera Fenati assumindo a liderança, Dalla Porta também superou o piloto da Snipers e formou a dobradinha da Leopard Racing.

Na 5ªVolta, Dalla Porta supera seu companheiro de equipe e passa a liderança, Com Aron Canet em 14ºlugar disputando posição com Niccolò Antonelli a liderança do campeonato passaria a ser do piloto italiano. Mas Jakub Kornfeil bagunçou tudo e superou Fenati, Ramirez e Dalla Porta e no final da 5ªVolta assumiu a 1ªposição, Até que na curva 1 Ramirez superou o piloto Tcheco para voltar a ponta e depois disso, Os dois tentaram uma fuga enquanto Ramirez e Sasaki disputaram o terceiro lugar. Fenati, McPhee, Arenas e Toba eram os 8 primeiros colocados.

No final da 8ªVolta, Dalla Porta ultrapassou Kornfeil e detonou o 2ºlugar. Em uma volta tudo isso mudou e favoreceu Dalla Porta que ganhou a ponta novamente com John McPhee da Escócia na segunda posição e Ramirez recuou para o 3ºlugar. Kornfeil caiu para o 7ºlugar e acabou passando Arenas na marra para subiu para a 6ªposição.

Ramirez começava a abrir vantagem para a Concorrência, Conseguiu abrir meio segundo enquanto que McPhee, Fenati e Dalla Porta disputando o 2ºlugar.

Na 12ªVolta, Dalla Porta superou McPhee e ganhou o segundo lugar. A Leopard vinha muito bem, Mas também a Petronas tinha uma moto muito bem acertada para Saschenring. Após 3 voltas de tranquilidade, Marcos Ramirez voltou a ser pressionado pelo Dalla Porta, A pressão acabou fazendo o piloto da Andaluzia errar na curva 1 e perder a liderança para seu companheiro de equipe Lorenzo Dalla Porta. Enquanto que na mesma curva, Albert Arenas e segundo depois, Kaito Toba foram para o Chão. Menos 2 na disputa.

A 12 Voltas do final, O Escocês John McPhee acabou  superando os pilotos da Leopard e passou a liderança até na reta dos boxes no começo da 17ªVolta quando Dalla Porta e Ramirez superam o piloto da Petronas voltando aos 2 primeiros lugares. McPhee recuou para o 5ºlugar. No final dessa volta, Fenati em 3º, Kornfeil em 4º e McPhee em 5º engoliam os piloto da Leopard e assumiram os 3 primeiros lugares.

Fenati tenta abrir diferença a 8 voltas do final, Já Dalla Porta voltou ao 2ºlugar passando McPhee.

Na 21ªVolta, Dalla Porta e McPhee superaram Fenati e assumiram os 2 primeiros lugares, Nesse grupo vinham ainda Kornfeil, Raul Fernandez, Marcos Ramirez e Ayumi Sasaki. As Curvas 1 e a 12 eram as principais chances de ultrapassagem. A 6 Voltas do final, Aron Canet que passou a prova inteira muito longe das primeiras posições chegou na disputa do primeiro grupo junto de Tatsuki Suzuki. Em poucas voltas, O piloto da equipe de Max Biaggi primeiro superou Suzuki, Kornfeil e Sasaki para subir a 6ªposição. Depois disso, Raul Fernandez erra na curva 9 e Canet passou a 5ªposição.

Romano Fenati acabou escapando um pouco e isso foi o bastante para Canet subir para o 4ºlugar. No começo da antepenúltima volta, Canet passou para a 2ªposição após ter largado da 22ªposição. Era assombroso o desempenho Espanhol.

Canet foi para cima de Dalla Porta em busca da vitória. Quando ele foi para passar o seu rival, Acabou que Ramirez passou os dois no contra pé e assumiu a liderança na curva 12. Canet na entrada da volta final acabou assumindo a liderança. Porém, tinha Dalla Porta e Ramirez na sua cola.

Ambos só acompanharam Canet até chegar à curva 12, Aonde os dois usaram a potência da moto da Honda e acabaram os dois superando Canet. Lorenzo Dalla Porta conquistou a vitória e acabou fechando a primeira parte do campeonato na liderança do Mundial, Com Marcos Ramirez completando a dobradinha da Leopard, que teve a melhor moto da corrida.

Aron Canet acabou por perder a liderança do Mundial, Mas o Espanhol teve uma brilhante recuperação no final da prova, Chegando ao 3ºlugar após largar da 22ªposição completando o pódio.

Romano Fenati acabou chegando na melhor posição da temporada, Um belíssimo 4ºlugar do piloto da Snipers. Raul Fernandez da Aspar Martinez chegou em uma boa 5ªposição. John McPhee acabou perdendo terreno no final da prova e ficou em 6ºlugar. Ai Ogura mais uma vez é o Japonês da Honda Asia Team que chega ao final da prova ficando em 7ºlugar, Com mais dois japonês em Sequência: Tatsuki Suzuki da SIC58 e Ayumi Sasaki que após largar da pole position não conseguiu disputar as primeiras posições, ficando em 9ºlugar. Fechando os 10 primeiros lugares o Tcheco Jakub Kornfeil. O piloto Tcheco disputou a liderança, Mas perdeu muito terreno no final.

Essa prova marca os primeiros pontos de Can Oncu na temporada de 2019. O Turco da equipe Red Bull KTM Ajo ficou em 14ºlugar. A Moto 3 volta a pista após as férias de Julho, No dia 4 de Agosto em Brno na República Tcheca. A Briga pelo título começa a ficar uma luta particular entre Dalla Porta e Canet.

Fotos:

Resultado final do GP da Alemanha
Moto 3

pospilotoEquipeMotoTempo
148Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda39’29.348
242Marcos RamirezLeopard RacingHondaa 0.072
344Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 0.120
455Romano FenatiVNE SnipersHondaa 0.185
525Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 0.323
617John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 0.445
779Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 0.678
824Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 0.749
971Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 0.829
1084Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 0.955
1111Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 1.064
1223Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 2.239
1312Filip SalacRedox PruestelGPKTMa 6.379
1461Can OncuRed Bull KTM AjoKTMa 6.648
1514Tony ArbolinoVNE SnipersHondaa 6.652
165Jaume MasiaBester Capital DubaiKTMa 6.685
1722Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 18.243
1882Stefano NepaReale Avintia Arizona 77KTMa 33.859
1916Andrea MignoBester Capital DubaiKTMa 33.882
2076Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 36.088
2175Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 36.123
2254Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 36.859
2328Dirk GeigerKiefer RacingKTMa 1’17.087
2469Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 1 Volta
7Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 1 Volta
13Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 1 Volta
40Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 1 Volta
27Kaito TobaHonda Team AsiaHondaa 9 Voltas
19Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Hondaa 22 Voltas
21Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Hondaa 26 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Niki Tuuli tem final de semana perfeito na estreia Moto E

A Estreia da Moto E foi um sucesso, Ainda mais para o Finlandês Niki Tuuli da equipe Ajo, Ele acabou com a pole position e com a vitória em Saschenring.

Treino de Classificação: Diferente das 3 categorias, A Moto E tem sua classificação com 1 piloto indo para a pista de cada vez. A ordem de Classificação é definido através do resultado dos treinos livres. Todas as motos são fabricadas pela Energica.

Maria Herrera foi a primeira a entrar na pista, Mas logo ela voltou para os boxes e não fez tempo nenhum. Já o Francês Randy de Puniet foi para a volta cronometrada. Um tímido tempo de 1:31.479. Esse tempo acabou sendo superado pelo Lorenzo Salvadori da equipe Gresini, com a volta em 1:29.959. Joshua Hook foi muito fraco e seu tempo foi pior que o tempo do De Puniet.

Salvadori resistiu na liderança até a que Mattia Casadei da Ongetta entrou na pista e melhorou o tempo de 1:29.905. Ele ganhou a 1ªposição nas duas últimas parciais. Kenny Fonay da Tech 3 ficou a 8 décimos acima de Casadei.

Sete Gibernau aos 46 anos voltava as competições com a Moto da Equipe Pons. Suas voltas foram dignas e o Espanhol Passou a ser o 3ºlugar. Um pouco antes, Niccolò Canepa da LCR, foi igualmente digno na sua volta.

Quem Quebrou os cronômetros foi Matteo Ferrari, Na sua volta ele colocou mais de 1 Segundo a frente de Casadei, Com 1:28.792. Outro veterano que reapareceu no Mundial foi Nico Terol,O Espanhol se mostrou um piloto competitivo e que brigou para marcar a pole. Mesmo com o Segundo lugar alcançado, O piloto da Angel Nieto reclamou com deus e o mundo do seu desempenho.

O Belga Xavier Simeon foi para a pista com a missão de derrubar Ferrari da pole, e acabou conseguindo. O Tempo de 1:28.389 colocava o piloto da Avintia no topo da tabela. Após uma volta ruim de Alex de Angelis, O Brasileiro Eric Granado vai para a pista disposto a ser o pole position. Com uma pilotagem agressiva, Granado marcou 1:28.254 e assumiu a liderança.

Ainda faltava bons pilotos a entrar na pista. Bradley Smith com a moto da One Energy foi para a sua volta, Mas ficou com 1:28.858. Jesko Raffin foi para a pista, Mas acabou eliminado do treino por ter entrado na pista depois do tempo permitido.

Héctor Garzó, Correu por algumas vezes na Moto 2 estava tendo sua real primeira oportunidade no Mundial de Motovelocidade. O Espanhol da Tech 3 não decepcionou e acabou superando em 11 milésimos a Marca de Eric Granado (1:28.243) ganhando a liderança.

Mas ai veio o jovem Niki Tuuli da equipe Ajo, O penúltimo a classificar sua moto destruiu o tempo de Garzo e acabou marcando o tempo de 1:27.456. A pole estava nas mãos do escandinavo. Seu único obstáculo era o Francês Mike di Meglio da Marc VDS, que acabou ficando com o 4ºlugar, Com 1:28.384.

Niki Tuuli acaba sendo primeiro piloto a marcar a pole position na Moto E, Uma formidável volta superando a Héctor Garzó da Tech 3 e de Eric Granando da Avintia.

Grid de Largada:

pospilotoEquipeMotoTempo
166Niki TuuliAjo MotoEEnergica1’27.456
24Hector GarzoTech 3 E-racingEnergica1’28.243
351Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergica1’28.254
463Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergica1’28.384
510Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergica1’28.389
611Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’28.792
738Bradley SmithOne Energy RacingEnergica1’28.858
818Nicolas TerolOpenbank Ángel Nieto TeamEnergica1’28.982
95Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergica1’29.553
1027Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergica1’29.905
1132Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergica1’29.959
127Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergica1’30.376
1315Sete GibernauJoin Contract Pons 40Energica1’30.524
1478Kenny ForayTech 3 E-racingEnergica1’30.711
1514Randy de PunietLCR E-TeamEnergica1’31.479
1616Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergica1’31.831
x2Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergicaSem Tempo
x6Maria HerreraOpenbank Ángel Nieto TeamEnergicaSem Tempo

A Corrida foi a primeira da programação de Domingo da MotoGP, Ela acabou sendo reduzida em 1 volta, Passando de 8 para 7 Voltas. Apesar de curta, Foi bem divertida a prova.

Na Largada, Tuuli até manteve a ponta, Mas depois de 2 curvas perdeu 3 posições caindo ara o 4ºlugar. Garzo chegou a ficar na frente por 1 curva, Mas acabou tomando ultrapassagem do Britânico Bradley Smith e do Francês Mike Di Meglio caindo para o terceiro lugar. Eric Granado não teve um inicio feliz, Largou mal e ainda se envolveu em uma confusão que fez ele cair do 3º para o 17ºlugar.

A Disputa pela vitória ficou mesmo entre Smith, Di Meglio e Tuuli, Que duelaram por boas 3 voltas, Com Garzo, Ferrari e De Angelis perto dos 3 primeiros colocados. Na 5ªVolta, Tulli finalmente assumiu a liderança e abriu uma pequena vantagem para Smith, Di Meglio e Garzo que passaram a brigar pelo 2ºlugar.

Xavier Simeon quase acaba se chocando com Alex de Angeles na 5ªvolta. No final dessa volta, o Italiano Lorenzo Salvatori acabou indo para o chão quando brigava por posições intermediárias. Devido aos problemas da Moto Elétrica na curva 8, deram bandeira vermelha no que determinou o final da corrida. Niki Tuuli conquista a vitória na primeira corrida da História das motos Elétricas. O Finlandês fez a pole, Venceu e fez a volta mais rápida da corrida. Ou seja, Um final de semana perfeito!  

Bradley Smith e Mike di Meglio acabaram completando o pódio, Seguidos de Hector Garzo, Matteo Ferrari e Alex de Angelis, que sustentou o 6ºlugar. Eric Granado conseguiu recuperar boa parte do prejuízo e acabou em 8ºlugar, Mas lamentou muito pela largada ruim que teve. O Brasileiro ficou atrás de Xavier Simeon e na frente do Veterano Sete Gibernau. Nico Terol completou os 10 primeiros lugares. A segunda etapa da Moto E vai acontecer no dia 4 de Agosto na República Tcheca, no circuito de Brno.

Fotos:

Resultado final da Moto E
1ªEtapa – GP da Alemanha

pospilotoEquipeMotoTempo
166Niki TuuliAjo MotoEEnergica7’27.862
238Bradley SmithOne Energy RacingEnergicaa 0.442
363Mike di MeglioEG 0,0 Marc VDSEnergicaa 0.567
44Hector GarzoTech 3 E-RacingEnergicaa 0.991
511Matteo FerrariTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 2.095
65Alex de AngelisOCTO Pramac MotoEEnergicaa 4.048
710Xavier SimeonAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 4.304
851Eric GranadoAvintia Esponsorama RacingEnergicaa 8.118
915Sete GibernauJoin Contract Pons 40Energicaa 9.254
1018Nicolas TerolOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 9.414
1127Mattia CasadeiOngetta SIC58 SquadracorseEnergicaa 9.557
127Niccolo CanepaLCR E-TeamEnergicaa 9.674
132Jesko RaffinDynavolt Intact GPEnergicaa 9.828
1478Kenny ForayTech 3 E-RacingEnergicaa 10.137
1516Joshua HookOCTO Pramac MotoEEnergicaa 11.157
166Maria HerreraOpenBank Ángel Nieto TeamEnergicaa 18.192
1714Randy de PunietLCR E-TeamEnergicaa 24.808
x32Lorenzo SavadoriTRENTINO Gresini MotoEEnergicaa 1 Volta

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Alex Marquez conquista vitória em Saschenring e volta a liderar o Mundial

O piloto Alex Marquez voltou a vencer na Moto 2, Após ser derrubado na Holanda semana passada o piloto da Marc VDS conquistou a 4ªvitória na temporada de 2019. Todas elas conquistadas nas últimas 5 corridas e reassumiu a liderança do campeonato em cima de Thomas Luthi, Que teve uma boa recuperação, mas acabou em 5ºlugar, insuficiente para o suíço manter a ponta do Mundial.

Na largada, Luca Marini largou muito bem assumindo a liderança, Com Schrotter na segunda posição, Iker Lecuona em 3º e a seguir os pilotos da Marc VDS. (Vierge em 4º e Alex em 5º) A Liderança de Marini durou até o finalzinho da primeira volta, Marcel Schrotter acabou passando Marini assumindo a liderança. O piloto da equipe de Valentino Rossi mostrou resistência voltando ao 1ºlugar, Mas cometeu um erro na segunda volta da curva 10 e permitiu a Schrotter voltar a frente.

Quem vinha se recuperando era o Sul-Africano Brab Binder, Largando do 17ºlugar ele já vinha na 8ªposição. Alex Marquez já estava em 3ºlugar. Na 4ªVolta o piloto da Marc VDS supera Marini passando a 2ªposição e no começo da volta 5, Schrotter acaba sendo superado pelo irmão do Formiga Atômica, que assume a liderança da prova.

Quem vinha muito bem era o Espanhol Iker Lecuona, O piloto da American Racing chegou a desafiar Marquez pela primeira posição. Xavi Vierge passou Luca Marini assumindo a 3ªposição. Schrotter acabou perdendo algumas posições e saiu do primeiro pelotão. Quem vinha chegando nesse pelotão era Brad Binder, ganhando o 5ºlugar do Italiano Fabio di Giannantonio da Speed UP.

Binder chegou na turma da frente, O guepardo africano na 9ªVolta, acabou superando Marini ganhando o 4ºlugar. Quem vinha se recuperando era Thomas Luthi, fazendo melhores volta na 8ªposição.

Marquez e Lecuona vinham um pouco na frente. Binder foi para cima de Vierge e acabou conquistando a 3ªposição. Lecuona chega a liderar a corrida superando Marquez, que deu o troco curvas depois retornando a liderança. Na 11ªVolta, Binder chega em Lecuona e de cara passou o espanhol e foi para a 2ªposição, Mas curvas depois, O piloto da American Racing dar o troco. Se pensa que o piloto da Red Bull iria se livrar rapidamente do seu adversário para briga pela vitória com Alex Marquez, se enganou, Pois Lecuona estava lutando para manter-se na disputa.

Na 13ªVolta, Luthi foi com tudo para cima de Vierge, acabou sendo agressivo demais e acabou que o piloto da Marc VDS foi para o chão. O Lance foi para a investigação.

Marquez começou a abrir da concorrência, Já Binder e Lecuona disputavam o 2ºlugar, Schrotter que chegou a cair para a 7ªposição já vinha se aproximando dos dois. Luthi em 5º vinha um pouco mais longe. Ainda por cima foi confirmado a punição da volta longa para o líder do campeonato pela confusão com Vierge. O Suíço cumpriu a punição na volta seguinte e perdeu o 5ºlugar para Di Giannantonio. Pior que isso era ver os pilotos da Pons perto dele.

Enquanto isso, Schrotter chegou na disputa pelo 2ºlugar, o piloto da Dynavolt se aproveitou de uma espalhada de Lecuona para assumir o 3ºlugar. A 8 Voltas do final, O dono da casa acabou abocanhando o 2ºlugar que estavam nas mãos de Binder. O piloto da KTM ao tentar voltar a posição acaba abrindo demais na curva 1 e Lecuona se aproveitou disso e superou Binder deixando fora do pódio. Em 5ºlugar Fabio di Giannantonio tentava chegar no pelotão.

Luthi vinha segurando o 6ºlugar, Os pilotos da Pons vinham logo atrás (Com Baldassarri na frente de Fernandez) completando os 10 primeiros colocados os pilotos Jorge Martin e Jorge Navarro. Luca Marini vinha em uma decepcionante 11ªposição.

Marquez estava com vantagem tranquila para o final da prova, Com 2.5 segundos ele administrava sua vantagem para Brad Binder que passou Schrotter a 3 voltas do final, O Sul-Africano tentou uma aproximação. Consegue, mas a prova estava sob controle para o Espanhol. Foi a 4ªvitória nas últimas 5 provas e a reconquista da liderança do Mundial de Pilotos da moto 2. Cada dia mais o Little Marquez esta mostrando que este pronto para correr na Categoria principal do Mundial de motovelocidade.

Brad Binder mostrou que a KTM esta de novo na briga, E com uma belíssima prova de recuperação o piloto Sul-Africano. Do 17ºlugar no Grid de largada para um brilhante 2ºlugar ao final das 28 voltas. O pódio foi completado pelo Alemão Marcel Schrotter, O piloto da Dynavolt acabou levando a melhor sobre Iker Lecuona, Que estava encaminhando o 4ºlugar. Até que na última ele caiu e acabou ficando sem o 4ºlugar e os 13 pontos, Foi um pecado o que aconteceu com o piloto da American Riders.

Fabio Di Giannantonio agradeceu, Foi sua melhor prova da temporada, Com a Speed UP ele acabou herdando o 4ºlugar. A Frente de Thomas Luthi, Que largou do 12ºlugar e conseguiu se recuperar de forma razoavelmente boa, Mas insuficiente para manter a liderança do campeonato. Lorenzo Baldassarri voltou a marcar pontos com o 6ºlugar e ficou a frente de Augusto Fernandez. Apesar disso acabou sendo abaixo do esperado o resultado dos pilotos da Pons.

Jorge Navarro teve uma prova decepcionante e ficou em uma modesta 8ªposição, Ao Contraio do Espanhol Jorge Martin que ficou em 9ºlugar, O piloto da KTM começa finalmente a obter bons resultados. Luca Marini completou os 10 primeiros colocados, Após um belíssimo treino acabou ficando longe de um bom desempenho no domingo.

Sam Lowes terminou em 11ºlugar, Ficando a frente dos pilotos da SAG (Nagashima e Gardner) e os pilotos da Italtrans. (Bastianini e Locatelli) A Moto 2 volta no dia 4 de Agosto no Circuito de Brno, Na República Tcheca.

Fotos:

Resultado Final da 9ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
Moto 2  – GP da Alemanha

pospilotoEquipeMotoTempo
173Alex MarquezEG 0,0 Marc VDSKalex39’35.101
241Brad BinderRed Bull KTM AjoKTMa 1.208
323Marcel SchrotterDynavolt Intact GPKalexa 1.630
421Fabio Di GiannantonioMB Conveyors Speed UpSpeed Upa 4.116
512Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalexa 5.191
640Augusto FernandezFLEXBOX HP 40Kalexa 6.332
77Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalexa 6.526
89Jorge NavarroMB Conveyors Speed UpSpeed Upa 8.177
988Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTMa 10.538
1010Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 13.591
1122Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 13.656
1245Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 13.836
1387Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 13.996
1433Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 15.064
155Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalexa 17.234
1664Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 18.077
1794Jonas FolgerPetronas Sprinta RacingKalexa 18.232
1811Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalexa 19.852
1972Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTMa 26.424
2077Dominique AegerterMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agustaa 30.791
2124Simone CorsiTasca Racing Scuderia Moto2Kalexa 36.693
2262Stefano ManziMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agustaa 37.502
234Steven OdendaalNTS RW Racing GPNTSa 37.655
243Lukas TulovicKiefer RacingKTMa 38.526
2516Joe RobertsAmerican Racing KTMKTMa 48.740
2618Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 1’15.427
x27Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTMa 1 Volta
x97Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalexa 16 Voltas
x96Jake DixonSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 28 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Marc Marquez vence pela 10ªVez em Saschenring e completa uma década de vitórias na Alemanha

Um piloto vencer 10 vezes seguidas no mesmo lugar! Ninguém tinha conseguido fazer isso até o dia de hoje no Mundial de Motovelocidade. Marc Marquez conseguiu esse feito. Conquistando a 10ªvitória seguida. É um número impressionante para um piloto com 26 anos de idade, Marquez fez uma corrida tranquila, Muito pouco ameaçado no começo da prova e depois disso, acabou abrindo diferença muito grande sobre Rins primeiro e depois com a queda do piloto da Suzuki a vantagem aumentou mais ainda para Viñales, que ficou a maior parte da prova se defendendo de Cal Crutchlow.

Na largada, Mesmo por fora, Marquez acabou mantendo a liderança, com Viñales, Miller, Rins e Crutchlow atrás dele. Fabio Quartararo caiu para o 6ºlugar. Na curva 12, Viñales tentou superar a Formiga Atômica que segurou a posição. Na segunda volta, Quartararo foi para o chão e abandonou a prova Alemã.

Alex Rins superou Miller e chegou pra cima dos dois primeiros colocados. (Marquez e Viñales) Miguel Oliveira e Johann Zarco caiu, Os dois em temporada muito fraca de ambos. Cada vez mais, Miller vinha ficando para trás, Perderia a  4ªposição para Crutchlow da LCR Honda. Petrucci e Dovizioso vinha em 7º e 8ºlugares. No final da 4ªVolta, Rins com sua Suzuki superou Vinales e assume o 2ºlugar.

Marc Marquez abriu 1 segundo sobre Alex Rins, Apesar da ótima ciclística da Suzuki, A superioridade de Marquez era evidente. No começo da 7ªVolta, Dovizioso supera seu companheiro de equipe e assumiu o 6ºlugar. Enquanto o vice-líder do campeonato abria , Danilo Petrucci segurava o pelotão que vinha atrás dele, Com Danilo Petrucci, Valentino Rossi, Joan Mir e um pouco mais atrás Aleix Espargaró.

Marquez passou a ter 2 segundos sobre Rins que ainda tentava oferecer resistência, Viñales em 3º estava sendo pressionado pelo Inglês Cal Crutchlow. Lá atrás, Miller vinha sendo pressionado pelos pilotos da equipe oficial da Ducati. Na 14ªVolta, Petrucci volta a ficar na frente de Dovizioso. Numa disputa valendo também a briga pela vice-liderança do Mundial.

2 voltas depois, Miller foi superado por Petrucci e perdeu o 5ºlugar, Na 17ªVolta, foi a vez de Dovi superar o piloto da Pramac que já estava com seus pneus desgastados. Pior situação era de Valentino Rossi foi superado pelo jovem Joan Mir e vinha em uma lamentável 10ªposição.

A 12 voltas do final, Rins vai para o chão na curva 11. Com isso, Marquez agora tinha uma vida realmente tranquila para Viñales, O piloto da Yamaha tinha que se preocupar mais com Crutchlow e não tentar o milagre de tirar 5 segundos de frente que Marquez tinha.

Tinha uma bela disputa pelo 4ºlugar, Joan Mir chegou a disputar o 4ºlugar com Petrucci. Em um determinado momento. Dovizioso, disposto a tentar ficar com o maior número de pontos possível acabou retornando a 4ªposição a 4 voltas do final, Após largar da 13ªposição.

Petrucci recuperou posição de Dovizioso na volta seguinte. No meio dessa briga, O Australiano Jack Miller tenta superar ambos em uma tacada, Ele consegue superar Petrucci, Mas Dovi recupera posição na curva 2. Na penúltima volta, Aleix Espargaró que vinha fazendo uma boa corrida acaba indo ao chão.

Na Volta final, Petrucci recupera a 4ªposição sobre seu companheiro de equipe. Enquanto que Viñales acabou abrindo vantagem para Crutchlow. (O Britânico estava com lesão na perna e acabou nas 2 voltas finais seu ritmo de prova piorando, Mas o pódio para o piloto da LCR Honda estava garantido)

Marc Marquez conquista sua 10ªvitória seguida. Desde de 2010, O líder do campeonato (Abrindo 58 pontos de frente para Andrea Dovizioso) e vai para as férias como o homem a ser batido para a segunda metade de campeonato. 10 poles e 10 vitórias em 10 apresentações, Sendo 7 delas na MotoGP, 2 na Moto 2 e 1 nas 125cc.

Marevick Viñales acabou segurando a segunda posição e leva a Yamaha ao pódio. O Espanhol deu um belo salto na classificação do campeonato. O pódio foi completado pelo inglês Cal Crutchlow, Uma bela corrida do piloto da equipe de Lucio Cecchinello mesmo sem estar 100% fisicamente.

Danilo Petrucci acabou ficando com o 4ºlugar, Em duelo particular dos pilotos da Ducati o novato levou a melhor em cima do primeiro piloto Andrea Dovizioso, Que veio do 13ºlugar para ficar em 5ªposição. A diferença entre os dois caiu para 6 pontos. Em 6ºlugar ficou o Australiano Jack Miller, Que acabou se superando para acabar bem colocado com sua Pramac.

Joan Mir com a Suzuki que cruzou a linha de chegada acabou na frente de Valentino Rossi em 7ºlugar. Apesar de voltar a marcar pontos, a fase do piloto de 40 anos de idade é a pior da sua carreira, Principalmente no Momento que poderia haver uma troca entre Quartararo e Rossi. No que significa que Rossi iria correr na Petronas e o Francês para a moto ocupada pelo The Doctor.

Franco Morbidelli teve uma atuação burocrática e acabou em 9ºlugar. Stefan Bradl, dentro de suas limitações foi até melhor que Jorge Lorenzo. O Alemão fez um trabalho decente e completou os 10 primeiros colocados.

Esteve Rabat  que largou da última posição fez uma boa corrida de recuperação e dentro das suas limitações acabou em 11ºlugar. Pol Espargaró acabou decepcionando, A KTM não teve um desempenho esperado e o comandante da Fábrica Austríaca ficou em 12ºlugar. Andrea Iannone com a Aprilla, Takaagi Nakagami (Que sofre ainda com lesão pelo acidente no GP da Holanda) e Karel Abraham completaram a zona de pontuação.

O Mundial de Motovelocidade vai para as férias de Julho e só volta no dia 4 de Agosto, Com a etapa da República Tcheca, no Circuito de Brno. Lá vamos descobrir se Marquez vai continuar imbatível ou alguém vai conseguir desafiar o piloto da Honda e tentar evitar o 6ºcampeonato da Formiga Atômica na categoria principal.

Fotos:

Resultado Final da 9ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
MotoGP – GP da Alemanha

pospilotoEquipeMotoTempo
193Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda41’08.276
212Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 4.587
335Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 7.741
49Danilo PetrucciDucati TeamDucatia 16.577
54Andrea DoviziosoDucati TeamDucatia 16.669
643Jack MillerPramac RacingDucatia 16.836
736Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 17.156
846Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 19.110
921Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 20.634
106Stefan BradlRepsol Honda TeamHondaa 22.708
1153Tito RabatReale Avintia RacingDucatia 26.345
1244Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 26.574
1329Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniApriliaa 32.753
1430Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 32.925
1517Karel AbrahamReale Avintia RacingDucatia 37.934
1655Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTMa 41.615
1763Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 56.189
1888Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 57.377
x41Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 2 Voltas
x42Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 12 Voltas
x5Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTMa 28 Voltas
x20Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 29 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP