Arenas espanta fase ruim e vence na Tailândia

Apesar de ser um pouco com certo talento e promissor, Albert Arenas da equipe Angel Nieto não vinha tendo uma boa temporada. Porém, tudo mudou na prova de domingo da categoria inicial do Mundial de Motovelocidade. O piloto conquistou a vitória em cima de Lorenzo Dalla Porta. O líder do campeonato não arriscou no final da prova, Acabou se contentando com o segundo lugar, ainda mais por causa da queda de Aron Canet, Provocada pela impudência do sul-africano Darryn Binder.

Na largada, Vietti não vai bem e deixa a liderança para Marcos Ramirez, que pula bem na largada. Com Albert Arenas em 2º, Alonso Lopes, Celestino Vietti e Tony Arbolino nas 5 primeiras posições. Na segunda volta, Ramirez foi atacado por seus adversários e apesar disso, Ele se segurou na liderança, A se destacar o belo começo de corrida de José García, O substituto de Romano Fenati vinha nas 10 primeiras posições.

No final da 4ªVolta, Tatsuki Suzuki aparece na liderança, Com Arbolino, Arenas, Dalla Porta e Ramirez que acabou ficando um pouco mais para trás. O líder do campeonato, Lorenzo Dalla Porta passou Suzuki e assumiu a liderança, Mas Suzuki deu o troco e Dalla Porta acabou recuando muito, Caindo para o 7ºlugar, Logo atrás vinha o Vice-líder do campeonato Aron Canet.

Porém, Tudo muda a favor de Dalla Porta, No final da 8ªVolta, O Sul-africano Darryn Binder, que vinha fazendo uma brilhante corrida (depois de largar em 26ªposição) acabou de forma impudente batendo em Aron Canet, O Espanhol acabou caindo e derrubando John McPhee. Além disso, Binder toca em Suzuki. (O Japonês também caiu) Isso deveria render uma punição grande para o piloto da CIP, E foi isso que aconteceu. Voltas depois, O Sul-Africano foi obrigado a ir aos boxes e passar a 60 km por hora. Isso matou a corrida do irmão de Brad Binder, Mas nada poderia devolver a chance de Canet voltar à disputa.

Dalla Porta agradeceu, Agora ele poderia voltar a abrir vantagem no campeonato. Porém, Dalla Porta teria uma briga dura com o Espanhol Albert Arenas, Um piloto que pouco fez na temporada de 2019. No final da 10ªVolta, O piloto da Angel Nieto passa a liderar a prova, Mas na reta, Dalla Porta retornou a ponta. Juntamente dos dois, Tony Arbolino brigava pela vitória, Mas ele teve problema com sua mão e acabou perdendo várias posições.

Dalla Porta poderia abrir 27 pontos de vantagem caso vencesse, Mas Arenas e Ramirez vinha perto do italiano e dispostos a vencer. Principalmente Arenas, que não tinha nada a perder no campeonato. Ainda vinha um pouco mais atrás o inexperiente e inconsistente Alonso Lopez. Andrea Migno em 5º vinha crescendo muito com a moto da Mugen (WWR), Vietti que começou muito mal, mas se recuperava, Sasaki, Jose Garcia, Foggia e Toba completavam os 10 primeiros. A 7 voltas do final, Sasaki da Petronas caiu e abandonou a prova.

Alonso Lopes em busca do primeiro pódio, acabou saindo da pista por 3 vezes e acabou sendo advertido.  O piloto da Estrella Galícia vinha muito empolgado e até de certo modo afobado para tentar subir ao pódio pela primeira vez na carreira. Com tudo isso, Lopez foi superado por Arenas, Um piloto bem mais experiente que passou ao 2ºlugar, Logo atrás do Dalla Porta. A menos de 5 voltas do final, Arenas foi com tudo para cima do líder do campeonato. Na Volta seguinte, Jose Garcia após uma bela corrida, Acabou indo para o chão e deixou a prova.

A disputa entre Dalla Porta, Arenas e Alonso Lopez durou até a última volta da prova. Mas atrás, Andrea Migno de maneira precipitada, acabou indo para o chão na curva 1 e levou com ele o Japonês Ai Ogura. Ambos ficaram de fora da disputa.

Dalla Porta precisava ficar calmo e preservar sua corrida, Na curva 5, Alonso Lopes superou Dalla Porta e assumiu a liderança. Parecia que a vitória iria ficar com o piloto da Estrella Galícia, Mas o piloto da Estrella Galícia pagou por ter ido para fora da pista, Arenas se aproveitou e assumiu a liderança com o líder do campeonato em 2º.

Na última curva, Dalla Porta chegou a passar Arenas, Mas o piloto Italiano não forçou a barra para ficar com a Vitória, Em nome do campeonato, ele tira um pouco o pé e deixa a vitória para Albert Arenas. Foi a 3ªVitória da carreira do piloto da Angel Nieto e a primeira vitória na temporada.

Lorenzo Dalla Porta acabou fazendo uma bela corrida, E só não venceu por que pensou no campeonato. O 2ºlugar faz ele abrir 22 pontos em cima de Aron Canet, A 4 provas do final do campeonato e com 100 pontos em jogo, o piloto da Leopard Racing pode ser 2ºlugar nas 4 provas finais que ele garante o campeonato, independente dos resultados de Aron Canet. O Espanhol Alonso Lopes, Pela primeira vez o piloto da Estrella Galícia subiu ao pódio na Moto 3 na sua 33ºGP da carreira. Uma bela corrida do piloto de 17 anos.

Marcos Ramirez ficou em 4ºlugar. A Leopard Racing que teve um desempenho horrível em Aragón acabou tendo um belo desempenho em Burinam. Os Italianos Dennis Foggia e Celestino Vietti da VR46 ficaram em 5º e 6ºlugares. Infelizmente para o 6ºcolocado, Ele não fez uma boa corrida no começo da prova, Caindo da pole para o 13ºlugar.

Kaito Toba voltou a pontuar após 9 corridas zerado (Com muitas quedas nesse meio tempo) e terminou o dia em 7ºlugar. , Stefano Nepa da Avintia, Raul Fernandez da Angel Nieto e Tony Arbolino da Snipers completaram os 10 primeiros colocados. Arbolino fez uma prova de muito sacrifício por causa da sua mão, O piloto da Snipers, continua na disputa pelo título. A próxima corrida da temporada acontece no Japão, No circuito de Motegi daqui a 2 semanas.

Fotos:

Resultado final do GP da Tailândia – Moto 3

pospilotoequipemotoTempo
175Albert ArenasGaviota Angel Nieto TeamKTM38’09.383
248Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHondaa 0.231
321Alonso LópezEstrella Galicia 0,0Hondaa 0.322
442Marcos RamírezLeopard RacingHondaa 0.459
57Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 0.666
613Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 1.166
727Kaito TobaHonda Team AsiaHondaa 1.228
882Stefano NepaReale Avintia Arizona 77KTMa 6.971
925Raúl FernándezGaviota Angel Nieto TeamKTMa 9.095
1014Tony ArbolinoVNE SnipersHondaa 9.145
1112Filip SalacRedox PruestelGPKTMa 9.629
1284Jakub Kornfeil*Redox PruestelGPKTMa 9.559
1354Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 11.174
1411Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Hondaa 14.024
1576Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 21.043
1632Davide PizzoliMugen RaceKTMa 23.306
173Kevin ZannoniSIC58 Squadra CorseHondaa 23.777
1822Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 23.866
1953Deniz ÖncüRed Bull KTM AjoKTMa 55.804
2040Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 1’05.873
2116Andrea MignoMugen RaceKTMa 3’25.084
x79Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 1 Volta
x69Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 1 Volta
x10José GarcíaVNE SnipersHondaa 1 Volta
x71Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 4 Voltas
x44Aròn CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 7 Voltas
x24Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 13 Voltas
x17John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 15 Voltas

*Kornfeil acabou punido depois da corrida com 3 segundos de acresimo no tempo final de corrida.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *