Portal Sportszone » Blog Archives

Tag Archives: Yamaha

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Marquez conquista o título na Decisão de Valencia, Pedrosa Vence e Lorenzo tira chance de Dovizioso brigar pelo Campeonato

Published by:

Rnepb4zy oDecisão do Mundial de motovelocidade entre o tricampeão Marc Marquez e o Italiano Andrea Dovizioso que sonhava com o primeiro título com sua Ducati que estava depois de 10 anos com a possibilidade de conquistar um campeonato. (O único título foi com Casey Stoner em 2007)

Em um belo dia de sol e com a casa cheia, podemos dizer que a situação era muito favorável para Marc Marquez que largaria na pole position. Dovizioso iria largar da 9ªposição.

A Largada foi muito favorável para a Honda. Marquez manteve a liderança e Pedrosa que largou do 5ºlugar subiu para o segundo lugar, Zarco que chegou a cair para o 5ºlugar recuperou as posições em cima de Lorenzo e Zarco e voltou ao terceiro lugar. Dovizioso largou bem e pulou do 9º para o 6ºlugar.

Iwjahyqz o

Zarco com os pneus mais macios foi para cima dos pilotos da Honda. Primeiro ele passou Pedrosa e na 4ªvolta o piloto da Tech 3 passou Marquez e assumiu a liderança. Lorenzo e Dovizioso ultrapassagem Iannone e assumiram 4º e 5ºlugares. A partir dai começaria uma novela que iria durar pela maior parte da corrida. Sabedor de que Dovizioso era quem brigava pelo título, A Ducati daria uma ordem para Lorenzo ceder uma ultrapassagem, Para o seu companheiro pelo menos tentasse disputar o campeonato.

Fs4lmbga o

Os 5 primeiros colocados (Zarco, Marquez, Pedrosa, Lorenzo e Dovizioso) se afastaram do resto da Turma. Iannone já estava mais atrás, Disputando o 6ºlugar com o Italiano Valentino Rossi e o Australiano Jack Miller.

Na 10ªVolta, Chegando a um terço de prova Lorenzo não cedia posição para Dovizioso. Na 13ªVolta o piloto Espanhol Recebe uma Mensagem: Mapping 8. Era a ordem para ele ceder o 4ºlugar para Dovizioso. Jorge Lorenzo sabendo dessa ordem simplesmente não quis saber e continuou a não obedecer a essa ordem.

4wlph9g9 o

Na metade da prova Johann Zarco continuava na liderança, Marquez em segundo, iria começar a atacar o piloto da Tech 3 que administrava bem seus pneus mais macios. Já Lorenzo continuava na frente de Dovizioso e a ordem do Mapping 8 continuava sendo dada. Volta após volta.

Sd2wf26e o

A 10 Voltas do final, Marquez começou o ataque em cima de Zarco. Marquez chegou a passar Zarco que acabou dando o troco na curva seguinte. Enquanto que a Ducati começou a mandar placa de forma explicita para Lorenzo deixar Dovizioso passar por ele. O gladiador do Asfalto não estava nem ai com as ordens e continuou na frente, Era um absurdo Jorge Lorenzo não obedecer as ordens da Ducati, não deixar o Dovizioso tentar pelo menos reveter o quadro do campeonato que esta contra ele.

L3uijigp o

Na última curva da 22ªVolta, Marquez que estava com a mão na taça ultrapassou Zarco e assumiu a liderança, Que durou apenas 1 curva. A Formiga Atômica acabou perdendo o controle da Moto e por muito pouco ele não foi para o Chão. Marquez foi para a brita e caiu para o 5ºlugar. Era a chance de Dovizioso de tentar no mínimo disputar a vitória, Mas Lorenzo não obedecia as ordens. Ao contraio disso ele foi para o Ataque, (em cima de Zarco e Pedrosa) querendo vencer a prova.

Sua ambição acabou fazendo ele ir ao chão a 6 voltas do final. (Minha opinião: Mereceu cair, Essa queda resume o patético ano que ele teve com a Ducati) Dovizioso poderia atacar Zarco e Pedrosa, Mas curvas depois ele acaba passando reto e caindo na brita, Definindo o campeonato a favor do Espanhol Marc Marquez. O Italiano ainda levou a moto para os boxes e foi aplaudido pela equipe na sua chegada.

Dovizioso sai muito mais fortalecido da temporada, Que foi sem dúvida a melhor de todas que ele já fez no Mundial de Motovelocidade. Marquez era o 3º e só esperava Levar a Moto até o final para comemorar o tetracampeonato.

1mgs2lvp o

Nas voltas finais, Zarco vinha segurando a liderança dos ataques de Pedrosa. O piloto da Tech 3 resistiu até a entrada da última volta. Quando Pedrosa foi por dentro e deu a cartada final, Em cima do rookie do ano e do melhor piloto de Moto privada de 2017. Pedrosa depois disso apenas administrou a vantagem de moto que tinha sobre Zarco e conquistou sua segunda vitória em 2017. Um abatido Zarco acabou ficando com o 2ºlugar mais frustrante da sua carreira.

Aajohri0 o

Já Marc Marquez recebeu a bandeirada em terceiro e comemorou o seu 6ºcampeonato no Mundial de motovelocidade. A festa de Marc Marquez com a torcida foi fantastica. Com um viciado piloto jogando o dado gigante e caindo no 6. O Número de títulos que ele tem na sua carreira (Sendo 1 nas 125cc, 1 na Moto 2 e 4 na MotoGP)

Lqqg7n9j o

Alex Rins teve seu melhor desempenho na Moto GP e levou a Suzuki ao 4ºlugar. Na frente de Valentino Rossi que ainda fez uma corrida, boa levando em conta o pífio desempenho da Yamaha 2017 em Valencia. Andrea Iannone não teve um desempenho a altura de brigar por posições mais acima  e terminou em 6ºlugar com a outra Suzuki. (Que teve um impressionante final de campeonato)

Mvxxtyjq o

Jack Miller se despediu da Marc VDS com uma bela prova, Ficando na frente de Cal Crutchlow na disputa pelo 7ºlugar com o piloto Inglês. Michelle Pirro, Em uma prova sem chamar atenção em momento nenhum e Tito Rabat em um bom final de semana fecharam os 10 primeiros.

A se destacar a lamentável prova de Marevick Viñales que fez um final de semana muito ruim mesmo, Acabando em 12ºlugar. Começou muito bem com 2 vitórias nas primeiras duas corridas e acabou tendo esse final frustrante. O que acaba por macular um pouco a sua imagem na MotoGP.

I9inc3w6 o

A Pramac em fim de feira teve Petrucci em 13º, Um time que caiu demais na parte final do campeonato. E o Fiasco de Michael Van Der Mark que não passou do 17ºlugar com a Tech 3.

Parabéns a Marc Marquez pelo tetracampeonato do Mundial de Motovelocidade – Na Categoria MotoGP. Um dos maiores pilotos da história e sem dúvida o piloto dessa Década no Mundo das duas Rodas!

Resultado final da Última etapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Comunidade Valenciana – MotoGP

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 46’08.125
2 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 0.337
3 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 10.861
4 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 13.567
5 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 13.817
6 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 14.516
7 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda 17.087
8 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 17.230
9 51 Michele Pirro Ducati Team Ducati 25.942
10 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda 27.020
11 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM 30.835
12 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 35.012
13 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati 38.076
14 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati 41.988
15 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati 47.703
16 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati 47.709
17 60 Michael van der Mark Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 52.134
44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 5 Voltas
4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 5 Voltas
99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 6 Voltas
22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 8 Voltas
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 16 Voltas
45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati 26 Voltas
41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 27 Voltas
36 Mika Kallio Red Bull KTM Factory Racing KTM 28 Voltas

Só uma palavrinha sobre ao caso da Ducati

Jorge Lorenzo termina o ano de maneira menor do que começou em 2017. Além de tomar uma surra de Andrea Dovizioso, Ele acaba não obedecendo uma ordem de equipe logica (Seu companheiro de equipe estava tentando pelo menos disputar a vitória. O Espanhol mostrou que não é um homem de equipe, Egocêntrico, não pensa no quanto era importante um título para a Ducati diante da tão poderosa equipe Honda. (Que tem uma estrutura muito menor do que das montadoras japonesas de Moto)

O pior para Lorenzo é ver toda a equipe aplaudindo a Andrea Dovizioso. Que sai de 2017 muito mais forte do que entrou. Se eu fosse a Ducati eu investiria mais em Dovizioso para a temporada de 2018 do que em Lorenzo. Até sugeriam que a Fábrica italiana mandasse o tricampeão do mundo ir embora. Eu para 2018 baixaria em um terço o salário do Lorenzo e Dobraria o salário do Dovizioso.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Dovizioso parte do 9ºlugar, Contra tudo e contra todos, conquista vitória em cima de Marquez em Motegi

Published by:

Jwuiajdt o

O Cenário para uma corrida complicada sobre chuva estava montado, Mas o desfecho não foi o que se prometia! Foi bem melhor do que pensamos. Com uma belíssima briga até o final da prova entre os 2 primeiros colocados do campeonato de 2017, Que durou até a curva final.

Na largada Zarco tentou ficar na ponta, Mas foi superado por Marc Marquez que assumiu a primeira posição com Zarco perdendo o segundo lugar curvas depois para Jorge Lorenzo que começou muito bem também. E não se contentando com isso e se aproveitando que a Moto do líder não estava tão competitiva naquela altura da prova. Lorenzo assumiu a liderança na metade da primeira volta.

Q0fuf3el o

Danilo Petrucci também passou Marquez e partiu para cima do Lorenzo e passou para a liderança, Com uma moto da Pramac Ducati de 2017 passando um piloto da Ducati oficial. E assumiu a liderança da prova.  Logo Lorenzo foi ficando para Marquez que acabou se livrando do gladiador do asfalto e assumiu o segundo lugar.

Lorenzo acabou despencando e perdeu posições para o 6ºlugar, Perdendo posições para Andrea Dovizioso que rapidamente subiu do 9ºlugar do Grid de largada para a terceira posição, de Johann Zarco e de Andrea Iannone que vinha em bom final de semana com a Suzuki. Já Rossi vinha em 9ºlugar a frente de Viñales e de Pedrosa.

Tzoyacgo o

As primeiras quedas foram de Cal Crutchlow e de Karel Abraham. A queda que chamou a atenção na prova foi a queda de Valentino Rossi que acabou indo para chão, Deixando a prova e deixando a disputa do campeonato que já estava bem difícil. Petrucci (Que estava em busca de sua primeira vitória) chegou a abrir 1.6 segundos de Marquez, Mas o piloto da Honda fez voltas mais rápidas e se aproximou de Petrucci em 3 voltas apenas e vinha trazendo Dovizioso, que estava um pouco longe dos dois primeiros colocados.

Qliklfuf o

Os três primeiros lugares deixaram para Trás o piloto da Tech 3, Johann Zarco que vinha pressionado pelos dois pilotos da Suzuki Andrea Iannone e Alex Rins que estavam ao mesmo tempo disputando o 5ºlugar. O jovem Rins passou o primeiro piloto da equipe e assumiu o 5ºlugar passando a pressionar Zarco. Na 14ªVolta a Formiga atômica passou Petrucci e assumiu a liderança da prova. Petrucci tentou voltar a ponta, Mas acabou ultrapassado pelo vice-líder do campeonato na volta seguinte.

Lgu2xpex o

Na parte final de prova a disputa foi intensa entre Marquez e Dovizioso, Parecia que Marquez iria conseguir garantir a vitória com tranquilidade, Mas não foi isso o que aconteceu. Dovizioso partiu para cima da Formiga Atômica. Na 19ªVolta o piloto da Ducati ultrapassa Marquez e assume a liderança e abre 1 segundo sobre Marquez.

Marquez não desiste da luta pela vitória. Ele tira o 1 segundo de diferença entre ele e o Dovizioso e na volta seguinte a Formiga Atômica passa o Estrategista e volta a primeira posição. Enquanto Marquez lutava pela vitória. Seu companheiro de equipe Dani Pedrosa, tinha problemas e acabou abandonando a prova após ser passado por vários pilotos do pelotão do fundo.

Zb2sdw7z o

Na volta final parecia que Marquez iria levar a prova até que na curva 8 ele acabou dando uma errada e deu a chance de Dovi se aproximar e na reta final o piloto usou toda a sua potência da Ducati para conseguir a ultrapassagem. Parecia que a vitória estava nas mãos. Porém na volta final Marquez foi com tudo, Sem tomada, Querendo vencer a prova …

… Mas vendo Marquez passar sem tomada, O Estrategista Dovizioso bastou afazer a curva normalmente, recuperar a liderança e conquistar a 5ªVitória da temporada de 2017. Baixando a diferença de 16 para 11 pontos para Marc Marquez, que fez uma prova estupenda também. Mas ficou a 249 milésimos da vitória.

2brkyigt o

O pódio foi completado por Danilo Petrucci da Pramac Ducati que conquista seu 3ºpódio nessa temporada, Que vem sendo muito boa mesmo. Não conseguiu a primeira vitória, Mas ficou bem a frente de Andrea Iannone. E por falar no Iannone, Eis que finalmente ele faz uma bela corrida com a Moto da Suzuki (Que finalmente conseguiu um grande final de semana) chegando em 4ºlugar ao passar Johann Zarco na parte final da corrida e superando seu companheiro de equipe, Alex Rins que marca seu melhor resultado nesse seu ano de Estreia na MotoGP, com um belíssimo 5ºlugar.

Edyyq5zr o

Johann Zarco que foi o pole position acabou caindo na prova até o final da prova e chegou em uma modestíssima 8ªposição. Foi superado pelo Espanhol Jorge Lorenzo que ainda salvou um 6ºlugar e pelo Aleix Espargaró que fez mais uma boa corrida com a Aprilla com o 7ºlugar.

Bvhlmfkn o

Marevick Viñales fez um final de semana ruim. Muito por conta da Yamaha oficial que não rendeu bem o final de semana inteiro. O 9ºlugar em Motegi deixa o espanhol praticamente fora da briga direta pelo campeonato. Com mais de 40 pontos atrás de Marquez e a 30 de Dovizioso o piloto da Yamaha tem apenas chances matemáticas de campeonato.

Completando os 10 primeiros colocados em bela corrida ficou o Francês Loris Baz que se destacou ao passar Dani Pedrosa. Que foi bem mal na prova e abandonou na 21ªVolta e esta com chances bem remotas de título.

Gleskdum o

Completando a zona de pontuação chegaram os pilotos Pol Espargaró com a Moto da KTM, Katsuyuki Nakasuga, Sam Lowes (Que pontua pela segunda vez na sua paupérrima temporada na MotoGP), Hector Barberá da Avintia e Tito Rabat da Marc VDS. Semana que vem a batalha pelo título continua entre Marquez e Dovizioso. Na fantástica pista de Phillip Island com o GP da Austrália.

Tdj7dwwy o

Resultado Final do GP do Japão – MotoGP
15ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – 24 Voltas

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 47’14.236
2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda +0.249
3 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati 10.557
4 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 18.845
5 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 22.982
6 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 24.464
7 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 28.010
8 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 29.475
9 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 36.575
10 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati 48.506
11 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 56.357
12 21 Katsuyuki Nakasuga Yamalube Yamaha Factory Racing Yamaha +1’00.181
13 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia +1’00.980
14 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati +1’03.118
15 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda +1’03.514
16 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati +1’04.162
17 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM +1’06.271
18 7 Hiroshi Aoyama EG 0,0 Marc VDS Honda +1’13.250
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 3 Voltas
26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 4 Voltas
17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati 5 Voltas
35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 10 Voltas
46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 19 Voltas
31 Kohta Nozane Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Viñales conquista vitória em um final de semana sobre muitos problemas por conta da Chuva em Losail

Published by:

Em um final de semana tremendamente atrapalhado pela chuva que raramente aparece em Losail e junto da areia acabou provocando o cancelamento da Classificação de ontem em todas as categorias.

A Solução foi juntar o tempo dos treinos livres que foram feitos no final de semana para formarem o Grid de largada. O que fez com que Viñales largasse da pole com Iannone largando em 2º e Marc Marquez largando em 3º. Zarco largava em 4º, Dovizioso, Redding, Pedrosa, Folger, Crutchlow e Rossi completavam os 10 primeiros no Grid com Lorenzo largando do 12ºlugar.

Mas no domingo quando acabou a Moto 2 começou a chover e dai a corrida começou a ficar em risco e quando chegou a hora da largada a organização decidiu adiar a largada. é um risco correr com pista molhada e areia que vai para o circuito de Losail com os ventos que tem lá. Os pilotos também não estavam muito seguros com a pista sob chuva.

Depois de mais de 30 minutos de atraso a corrida pode começar com apenas 20 voltas de duração. Na largada Andrea Iannone chegou a pular na frente, Mas foi Zarco que assumiu a liderança deixando o piloto da Suzuki brigando pelo segundo lugar com o Tricampeão do Mundo Marc Marquez que acabou ganhando o segundo lugar. O piloto bicampeão da moto 2 correndo de Tech 3 estava liderando a prova tranquilamente a prova até que na 7ªVolta o Francês foi traído pela pista e acabou caindo fazendo abandonar uma corrida em que certamente estaria muito bem colocado em uma disputa de vitória.

Com isso Andrea Dovizioso que não chamou a atenção no começo da prova assumiu a liderança com Iannone e Marquez disputando o 2ºlugar. Um pouco mais atrás vinham Viñales e Rossi que partiu do 10ºlugar já numa boa recuperação estando em 5ºlugar. Quem vinha muito bem era Alvaro Bautista que fazia uma bela estreia na equipe de Aspar Martinez acabou caindo no final da 8ªVolta.

Enquanto Dovizioso continuava na liderança até de forma tranquila Marquez e Iannone estavam duelando pelo segundo lugar. Era surpreendente que a Suzuki estava andando em Losail com o italiano que vinha substituir a Marevick Viñales em uma missão nada fácil de ser conseguida. Na 11ªVolta Andrea Iannone acabou caindo e deixando a corrida (Como é a sina do piloto italiano nos últimos anos). Marquez ficou mais tranquilo em 2ºlugar e que parecia que iria começar a buscar Dovizioso em busca da liderança o que aconteceu foi ao contraio disso. Marquez começou a ser pressionado por Viñales que acabou engolido o piloto da Honda assumindo o segundo lugar.

Já Marquez ficou para Rossi que tratou de passar o seu algoz assumindo o 3ºlugar e tirando o piloto da Honda ao pódio enquanto que Viñales partiu para cima de Dovizioso querendo a vitória e ambos fizeram um belo duelo pela vitória até porque Dovi não queria perder a prova na sua cara pela 3ªVez seguida já que ele tinha ficado em 2ºlugar em 2015 e 2016.

Mas o final de semana era do jovem de 22 anos que depois de muitas voltas decidiu a prova a menos de 3 voltas do final. Viñales conseguiu segurar toda a potência da Ducati de Dovizioso e acabou conseguindo na estreia dele na Yamaha conquistar a primeira corrida de 2017 (Segunda vitória na MotoGP) deixando Dovizioso que completou 31 anos na quinta-feira passada pela terceira vez seguida em 2ºlugar. O que deixa o Italiano mais tranquilo é que o seu companheiro de equipe o tão badalado Jorge Lorenzo fez uma corrida apagada ficando em 11ºlugar ainda se adaptando a nova moto.

Valentino Rossi com seus 38 anos começou o ano com o pódio em 3ºlugar superando Marc Marquez com a Honda que começa a acionar o sinal amarelo pelo 4ºlugar do seu principal piloto da equipe hoje. Não só isso, Mas também pelo desempenho de Dani Pedrosa que chegou a perder posição para o Aleix Espargaró com a moto da Aprilla. No final da prova o piloto da Honda recuperou a 5ºposição passando o piloto espanhol. Que diga-se de passagem, Colocou uma moto que no ano passado ficava lá atrás em 6ºlugar enquanto que Sam Lowes na sua estreia na MotoGP ficou em último lugar (Atrás até mesmo dos pilotos da KTM que estão em começo do estágio de desenvolvimento). Um corridão de Aleix Espargaró

Scott Redding também teve um bom final de semana ficando em 7ºlugar com a Ducati de 2016 superando a Jack Miller que já mostrou estar em um estágio melhor na motoGP e com o 8ºlugar com a Moto da Marc VDS já disse para que ele veio em 2017.

Uma estreia decente de Alex Rins na Suzuki com o 9ºlugar e Jonas Folger que largou muito mal e conseguiu se recuperar ficando em 10ºlugar com a Tech 3 que restou na corrida. Lorenzo, Loris Baz que venceu Barbera com uma Ducati de 2015 contra seu companheiro com a moto de 2016. Karel Abraham em 14º em uma exibição regular e Esteve Rabat muito longe do desempenho de Miller ficando com a última posição na zona de pontuação.

Daqui a 2 semanas teremos o GP da Argentina em Termas de Rio Hondo com Viñales pela primeira vez Liderando o campeonato e dando recado para Marquez, Rossi, Dovizioso, Pedrosa e Lorenzo de que ele é sim fortíssimo candidato ao título de 2017.

Resultado final do GP do Catar – 1ªEtapa do Mundial de MotoGP
20 Voltas

Pos Pilotos Equipe Moto Tempo Grid
1 25 Maverick Viñales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 38:59.999 1
2 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 0.461 5
3 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 a 1.928 10
4 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V a 6.745 3
5 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V a 7.128 7
6 41 Aleix Espargaro Aprilla Racing Team Gresini Aprilla RS-GP a 7.661 15
7 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 a 9.782 6
8 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 14.486 16
9 42 Alex Rins Team Suzuki EcStar Suzuki GSX-RR a 14.788 18
10 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 15.069 8
11 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 20.516 12
12 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 a 21.255 14
13 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 a 28.828 20
14 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 a 29.123 17
15 53 Esteve Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 29.470 19
16 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 33.601 22
17 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 39.704 23
18 22 Sam Lowes Aprilla Racing Team Gresini Aprilla RS-GP a 47.131 21
9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 a 6 Voltas 11
29 Andrea Iannone Team Suzuki EcStar Suzuki GSX-RR a 10 Voltas 2
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 a 13 Voltas 13
5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 14 Voltas 4
35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V a 16 Voltas 9

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Dakar Dakar 2017 Fotos Off-Road Rally TV Vídeos

Dakar na sua última etapa – Brasileiros conquistam título no UTV, a Lenda Peterhansel leva a 13ªTaça de Campeão, Russos levam nos Caminhões e nos quadriciclos e a KTM vai para a 16ªConquista seguida nas Motos

Published by:

Na última etapa do Dakar tivemos a disputa pelo pódio entre o espanhol Gerard Farres Guell e o Francês Adrien Van Beveren que após 64 km eles empataram no tempo dividindo a vitória. Nos Décimos o Francês venceu, Mas o Espanhol conquistou o pódio ficando com o 3ºlugar completando a trinca da KTM com a Vitória na Geral de Sam Sunderland que ficou em 5º na etapa e com o segundo lugar de Matthias Walkner que ficou em 4º na Etapa logo atrás de Joan Barreda Boat que teria vencido o Dakar se não tivesse a penalização de 1 hora porque a Honda acabou reabastecendo as motos da equipe oficial em lugar proibido.

A Fábrica Japonesa entrou na justiça para reverter a punição. Se conseguir isso o pódio do Dakar muda para Barreda Boat e Paulo Gonçalves fazendo dobradinha da Honda e vai jogar Sam Sunderland para o Terceiro lugar. Diego Martin Duplessis, Jose Carlos Salvatierra (que quase ficou entre os 10 primeiros na Geral), Michael Metge e o melhor Argentino do Dakar Franco Caimi completaram os 10 primeiros da Etapa.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Motos

1. 06 Adrien Van Beveren (Yamaha-França) 30:29
2. 08 Gerard Farres Guell (KTM-Espanha) a 0:00
3. 11 Joan Barreda Boat (Honda-Espanha) a 0:18
4. 16 Matthias Walkner (KTM-Áustria) a 0:33
5. 17 Paulo Gonçalves (Honda-Portugal) a 1:25
6. 14 Sam Sunderland (KTM-Inglaterra) a 1:42
7. 34 Diego Martin Duplessis (KTM-Argentina) a 2:16
8. 32 Jose Carlos Salvatierra (KTM-Bolívia) a 3:00
9. 15 Michael Metge (Honda-França) a 3:01
10.67 Franco Caimi (Honda-Argentina) a 3:07
11.19 Laia Sanz (KTM-Espanha) 3:08
12.45 Ondrej Klymciw (Husqvarna-República Tcheca) a 3:12
13.31 Pierre Alexandre Renet (Husqvarna-França) a 3:16
14.23 Xavier de Soultrait (Yamaha-França) a 3:25
15.12 Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS-Espanha) a 3:28
16.05 Helder Rodrigues (Yamaha-Portugal) a 4:02
17.48 Jose Ignacio Cornejo Florimo (KTM-Chile) a 4:29
18.26 Adrien Metge (Sherco TVS-França) a 4:48
19.29 Emanuel Gyenes (KTM-Romênia) a 4:51
20.27 Joaquim Rodrigues (Hero SpeedBrain-Portugal) a 5:13
21.87 Cristian España Muñoz (KTM-Andorra) a 5:23
22.64 Goncalo Reis (KTM-Portugal) a 5:40
23.02 Stefan Svitko (KTM-Eslováquia) a 5:41
24.50 Daniel Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 5:58
25.98 Jose Candia (KTM-Paraguai) a 6:17
26.37 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (KTM-Venezuela) a 6:30
27.51 Patricio Cabrera (Kawasaki-Chile) a 7:03
28.41 Marc Sola Terradellas (Yamaha-Espannha) a 7:18
29.66 Walter Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 7:27
30.46 Fabricio Fuentes (KTM-Bolívia) a 7:35
31.47 Juan Julian Kozac (KTM-Argentina) a 7:49
32.60 Aleksandr Ivaniutin (Husqvarna-Rússia) a 8:00
33.117 Toomas Triisa (Husqvarna-Estônia) a 8:09
34.40 Loic Minaudier (KTM-França) a 8:18
35.149 Matthew Hart (Husqvarna-Austrália) a 8:31
36.38 David Pabiska (KTM-República Tcheca) a 8:43
37.131 Fernando Souza jr. (KTM-Portugal) a 8:55
38.54 Manuel Lucchese (Yamaha-Itália) a 9:07
39.35 Robert jr. Van Pelt (Husqvarna-Holanda) a 9:08
40.100 Lyndon Poskitt (KTM-Inglaterra) a 9:15
73.159 Richard Fliter (Honda-Brasil) a 15:39

Ignacio Casale venceu a última etapa, e ficou com o vice-campeonato. Um belo premio de consolação para quem de fato conseguiu até o finalzinho (a 11ªEtapa) disputar o título. Mas O Campeonato ficou mesmo com o Russo Sergey Karyakin que se torna o primeiro nome do país a vencer o Dakar fora dos caminhões, Administrando a vitória Sergey ficou em 8ºlugar na etapa com 1 minuto e 33 segundos de distância de Casale. Os Argentinos tiveram algo a comemorar já que conseguiram um 3ºlugar com o piloto Pablo Copettique superou a Rakal Sonic nesse Dakar. O piloto Polônes deixou muito a desejar apesar do 4ºlugar na geral.

Os argentinos Daniel Domaaszewski em 2º, Santiago Hansen em 4º, Lucas Innocente em 5º e o Paraguaio Nelson Augusto Sanabria Galeano em 6º completaram a hegemonia sul-americana nessa etapa do Dakar que teve o primeiro europeu sendo o Francês Bruno da Costa ficando em 7ºlugar.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Quadriciclos

1. 251 Ignacio Casale (Yamaha-Chile) 40:24
2. 258 Daniel Domaaszewski (Honda-Argentina) a 0:42
3. 263 Pablo Copetti (Yamaha-Argentina) a 0:46
4. 261 Santiago Hansen (Honda-Argentina) a 0:52
5. 265 Lucas Innocente (CAN-AM-Argentina) a 1:07
6. 257 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Yamaha-Paraguai) a 1:12
7. 262 Bruno da Costa (Yamaha-França) a 1:19
8. 254 Sergey Karyakin (Yamaha-Rússia) a 1:33
9. 280 Axel Dutrie (Yamaha-França) a 1:53
10.250 Rakal Sonic (Yamaha-Polônia) a 2:01

Nos Carros a Hegemonia da Pegueot nesse Dakar se confirmou e a lenda do Dakar Stephane Peterhansel conquistou seu 13ºTítulo de sua história no Dakar sendo o 7ºdele nos carros junto de seu copiloto o francês Jean Paul Cottret, Uma marca Histórica no Dakar que vai ser bem difícil de ser alcançada um dia. Sebastien Loeb e Daniel Elena venceram a Etapa ficando a apenas 5 minutos dos campeões no Resultado Geral e Cyril Despres em seu melhor Dakar nos carros junto de David Castera acabaram completando o trio da Pegueot no pódio que teve a ausência de Carlos Sainz e de Lucas Cruz que abandonaram no 4ºEstágio devido a um acidente.

O melhor Toyota do Dakar foi dos Espanhois Nani Roma (Campeão do Dakar 2014) e do seu copiloto Alex Haro Bravo que ficaram com o 4ºlugar seguido de Giniel de Villiers e Dirk von Zitzewitz que fecharam a etapa em 3ºlugar (Na frente de Despres e Castela com Pegueot).

O Argentino Orlando Terranova junto do copiloto o Alemão Andreas Schulz ficou em 6ºlugar na Geral. O Brasileiro Sylvio Barros e o italiano Rafael Capoani ficaram em 19º na etapa e ficaram entre os 20 primeiros na Geral.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Carros

1. 309. Sebastien Loeb (França) / Daniel Elena (Mônaco) Pegueot 28:55
2. 300. Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) Pegueot a 0:19
3. 302. Giniel de Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) Toyota a 0:30
4. 307. Cyril Despres (França) / David Castera (França) Pegueot a 0:53
5. 320. Conrad Rautenbach (Zimbabué) / Robert Howie (África do Sul) Toyota a 1:00
6. 310. Erik Van Loon (Holanda) / Wouter Rosegaar (Holanda) Toyota a 1:02
7. 308. Orlando Terranova (Argentina) / Andreas Schulz (Alemanha) Mini a 1:10
8. 305. Nani Roma (Espanha) / Alex Haro Bravo (Espanha) Toyota a 1:21
9. 303. Mikko Hirvonen (Finlândia) / Michel Perin (França) Mini a 1:33
10.318. Romain Dumas (França) / Alain Guehennec (França) Peugeot a 1:38
11.323. Nicolas Fuchs (Peru) / Fernando Mussano (Argentina) HRX a 2:00
12.316. Jakub Przygonzki (Polônia) / Tom Colsoul (Bélgica) Mini a 2:08
13.321. Martin Prokop (Rep.Tcheca) / Lika Minor (Áustria) Ford a 2:25
14.322. Mohammed Abu-Issa (Qatar) / Xavier Paseri (França) Mini a 2:59
15.338. Alberto Rodrigo Gutierrez Fleig (Bolívia) / Joan Rubi (Espanha) Toyota a 3:59
16.324. Marco Bulacia (Bolívia) / Claudio Bustos (Argentina) Ford a 4:03
17.306. Yazeed Al Rajhl (Arábia Saudita) / Timo Gottschalk (Alemanha) Mini a 4:37
18.334. Facundo Ardusso (Argentina) / Gerardo Scicolone (Argentina) Renault a 4:55
19.339. Sylvio Barros (Brasil) / Rafael Capoani (Itália) Mini a 4:59
20.330. Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) / Daniel Merlo (Argentina) Toyota a 5:29
21.335. Eric Bernard (França) / Alexandre Vigneau (França) Buggy a 5:33
22.328. Antanas Juknevicius (Lituânia) / Darius Vaiciulis (Lituânia) Toyota a 5:37
23.325. Stephan Schott (Alemanha) / Paulo Fiuza (Portugal) Mini a 6:23
24.327. Christian Lavieille (França) / Jean-Pierre Garcin (França) Toyota a 9:43
25.329. Juan Silva (Argentina) / Sergio Lafuente (Uruguai) Mercedes a 9:46

Os russos Maganov Ravil e Kirill Shubin venceram a última etapa das UTV. Mas a festa ficou mesmo para Leandro Torres e Lourival Roldan que conquistaram o título do primeiro Dakar dos UTV com seu Polaris (Marca que completou com os 5 carros que correu) Em uma vitória que se consolidou etapa após etapa do Dakar com os dois obtendo resultados bem regulares enquanto que seus adversários não tiveram a mesma consistência dos dois Brasileiros e acabaram perdendo tempo por problemas mecânicos ou por erros de pilotagem.

Sem dúvida o nome dos dois pilotos do Brasil esta para sempre na história do Evento e do Automobilismo Brasileiro off-road. São os primeiros campeões Brasileiros do Dakar. Parabéns a Leandro Torres e Lourival Roldan por essa conquista!!!

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – UTV

1. 378. Maganov Ravil (Rússia) / Kirill Shubin (Rússia) Polaris 42:35
2. 342. Mao Ruijin (China) / Sebastien Delaunay (França) Polaris a 1:04
3. 351. Leandro Torres (Brasil) / Lourival Roldan (Brasil) Polaris a 4:11
4. 374. Li Dongsheng (China) / Quanquan Guan (China) Polaris a 4:25
5. 386. Wang Fujiang (China) / Li Wei (China) Polaris a 4:50

Nos caminhões a Kamaz voltou a ter a Hegemonia com Eduard Nikolaev, Evgeny Yakovlev e Vladimir Rybakov completando com chave de ouro o Dakar com a vitória na Etapa e o título do Dakar e dessa forma devolvendo o título para os russos que acabou perdido em 2016 para a Iveco de Gerard de Rooy, Moises Torrallardona e Darek Rodewald que fecharam em 3ºlugar na geral atrás dos russos Dmitry Sotnikov, Rusian Akhmadeev e Igor Leonov que ficaram com o vice-campeonato. A Kamaz ainda colocou o Trio Russo formado por Airat Mardeev, Aydar Belyaev e Dmitriy Svistunov em 5ºlugar na Geral (2º na Etapa) Os Argentinos Federico Villagra , Adrian Arturo Yacopini e Ricardo Adrian Toriaschi ficaram em 4ºlugar na geral.

Os Bielorussos Siarhei Viazovich, Pavel Haranin e Andrei Zhyhulin com o caminhão da MAZ fecharam a Etapa em 3ºlugar.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Caminhões

1. 505. Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgeny Yakovlev (Rússia) / Vladimir Rybakov (Rússia) KAMAZ 34:25
2. 501. Airat Mardeev (Rússia) / Aydar Belyaev (Rússia) / Dmitriy Svistunov (Rússia) Kamaz a 0:33
3. 511. Siarhei Viazovich (Bielorússia) / Pavel Haranin (Bielorússia) / Andrei Zhyhulin (Bielorússia) MAZ a 0:44
4. 509. Pieter Versluis (Holanda) / Artur Klein (Alemanha) / Marcel Pronk (Holanda) MAN a 1:09
5. 502. Federico Villagra (Argentina) / Adrian Arturo Yacopini (Argentina) / Ricardo Adrian Toriaschi (Argentina) IVECO a 1:25
6. 513. Dmitry Sotnikov (Rússia) / Rusian Akhmadeev (Rússia) / igor Leonov (Rússia) Kamaz a 1:49
7. 518. Martin Macik (Rep.Tcheca) / Frantisek Tomasek (Rep.Tcheca) / Michal Mrkva (Rep.Tcheca) Liaz a 2:03
8. 500. Gerard de Rooy (Holanda) / Moises Torrallardona (Espanha) / Darek Rodewald (Polônia) IVECO a 2:21
9. 522. Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorússia) / Anton Zaparoshchanka (Bielorússia) MAZ a 2:37
10.525. Wuifert van Ginkel (Holanda) / Bert van Donkelaar (Holanda) / Erik Kofman (Holanda) Iveco a 2:40
11.507. Ton Van Genugten (Holanda) / Anton Van Limpt (Holanda) / Bernard Der Kinderen (Holanda) Iveco a 2:42
12.504. Hans Stacey (Holanda) / Jan van der Vaet (Bélgica) / Hugo Kuppen (Holanda) MAN a 2:50
13.508. Martin Kolomy (Rep.Tcheca) / Rene Kilian (Rep.Tcheca) / David Kilian (Rep.Tcheca) Tarta a 3:07
14.503. Ales Loprais (Rep.Tcheca) / Jiri Stross (Rep.tcheca) / Jan Tomanek (Rep.Tcheca) Tatra a 3:15
15.506. Martin van der Brink (Holanda) / Daniel Kozlowsky (Rep.Tcheca) / Marcel Blankestijn (Holanda) Renault Trucks a 4:08

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar.com
Vídeos: antonio garcia (Youtube)

Dakar Dakar 2017 Fotos Off-Road Rally TV Vídeos

Dakar – Etapa 11 de San Juan a Rio Cuarto, KTM, Pegueot e Kamaz praticamente com a hegemonia das provas de Motos, Carros e Caminhões. Russo praticamente campeão nos Quadriciclos e o Brasil perto de Fazer história nos UTV

Published by:

Joan Barreda Boat mais uma vez venceu uma etapa do Dakar 2017 (4ª Nessa edição) em busca da sua missão praticamente impossível de recuperar 1 hora perdida pelo erro da Honda (Reabastecer combustível em local proibido) que acabou apelando da decisão. O Resultado desse pedido de anulação da punição no Dakar só saberemos em alguns dias na justiça.

Barreda Boat venceu com 1 minuto e 50 de frente sobre o seu companheiro na Honda o Português Paulo Gonçalves que ficou no segundo lugar. A Honda sobrou nesse estágio tanto é que o Francês Adrien van Bereven com sua Yamaha ficou em 3ºlugar a 5 minutos do vencedor e agora disputa o 3ºlugar com o Espanhol Gerard Farres Guell que sem dúvida é a surpresa do evento com uma KTM privada e até ano passado sem grande expressão no cenário do Rally mundial (Apesar do seu 8ºlugar em 2016) ficando em 4ºlugar na etapa que foi de San Juan até Rio Cuarto.

Com uma etapa de 64 km cronometrados o inglês Sam Sunderland que ficou em 5ºlugar a 9 minutos de Barreda Boat não tem que fazer mais nada além de levar a sua moto até o final amanhã. E assim confirmar o seu primeiro campeonato e continuar a hegemonia de 16 anos seguidos de títulos da Austríaca KTM no Dakar, Ele tem 33 minutos a frente de Matthias Walkner que acabou em 10ºlugar o dia e esta na vice-liderança a apenas 4 minutos a frente de Gerard Farres Guell e de Adrien van Bereven que disputam pau a pau o terceiro lugar, Joan Barreda Boat esta em 5ºlugar na classificação geral sendo ele o melhor piloto da Honda em 2017.

Pierre Alexandre Renet concluiu mais uma boa participação em uma etapa do Dakar ficando em 6ºlugar com sua Husqvarna e segue entre os 10 primeiros colocados (Em 7ºna Geral Perdendo posição para Paulo Gonçalves)

Michael Metge com a Honda apareceu em 7ºlugar a frente do Argentino Franco Caimi que se consolida como o melhor argentino do Dakar em 8ºlugar na geral. O vice-campeão de 2016 Stefan Svitko que esta bem longe dos primeiros colocados e o Vice-líder atual
Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto Matthias Walkner completaram os 10 primeiros colocados ambos de KTM.

Juan Pedrero Garcia que venceu a primeira etapa do Dakar e teve problemas durante uma das etapas está em franca ascensão com sua Sherco TVS ficando em 11ºlugar a 1 minuto e 39 segundos do seu companheiro de equipe o Francês Adrien Metge e dos Portugueses Helder Rodrigues (Que sabe como esta em 9ºlugar na geral após rally tão desapontador para mim) e de Joaquim Rodrigues (Levando de forma competente a Hero Speedbrain até o final em belíssima posição).

Richard Fliter que é o único que sobrou na tropa ficou em 64º do dia e esta em 59º na geral e parece que o bravo piloto brasileiro vai conseguir ver a bandeira do final do Dakar são e salvo.

Vídeo do Resumo da Etapa

~

Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto

1. 11 Joan Barreda Boat (Honda-Espanha) 3:16:57
2. 17 Paulo Gonçalves (Honda-Portugal) a 1:50
3. 06 Adrien van Beveren (Yamaha-França) a 5:28
4. 08 Gerard Farres Guell (KTM-Espanha) a 7:54
5. 14 Sam Sunderland (KTM-Inglaterra) a 9:15
6. 31 Pierre Alexandre Renet (Husqvarna-França) a 9:52
7. 15 Michael Metge (Honda-França) a 10:55
8. 67 Franco Caimi (Honda-Argentina) a 12:11
9. 02 Stefan Svitko (KTM-Eslováquia) a 12:21
10.16 Matthias Walkner (KTM-Áustria) a 12:23
11.12 Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS-Espanha) a 13:57
12.26 Adrien Metge (Sherco TVS-França) a 15:36
13.05 Helder Rodrigues (Yamaha-Portugal) a 18:36
14.27 Joaquim Rodrigues (Hero Speedbrain-Portugal) a 20:59
15.34 Diego Martin Duplessis (KTM-Argentina) a 21:12
16.45 Ondrej Klymciw (Husqvarna-República Tcheca) a 22:20
17.19 Laia Sanz (KTM-Espanha) a 24:39
18.64 Goncalo Reis (KTM-Portugal) a 25:52
19.32 Jose Carlos Salvatierra (KTM-Bolívia) a 26:12
20.29 Emanuel Gyenes (KTM-Romênia) a 28:37
21.48 Jose Ignacio Corneio Florimo (KTM-Chile) a 30:30
22.51 Patricio Cabrera (Kawasaki-Chile) a 31:03
23.60 Aleksandr Ivaniutin (Husqvarna-Rússia) a 33:33
24.50 Daniel Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 33:38
25.82 Daniel Oliveiras Carreras (KTM-Espanha) a 34:49
26.52 Milan Engel (KTM-República Tcheca) a 37:27
27.40 Loic Minaudier (KTM-França) a 38:01
28.109 Vincent Crosbie (KTM-Botsuana) a 40:10
29.87 Cristian España Muñoz (KTM-Andorra) a 40:57
30.33 Antonio Gimeno Garcia (KTM-Espanha) a 40:59
31.66 Walter Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 42:08
32.37 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (KTM-Venezuela) a 44:52
33.117 Toomas Triisa (Husqvarna-Estônia) a 46:51
34.28 Mario Patrão (KTM-Portugal) a 48:50
35.47 Jose Julian Kozac (KTM-Argentina) a 51:00
36.79 Todd Smith (KTM-Austrália) a 51:03
37.68 Simone Agazzi (Honda-Itália) a 51:30
38.55 Pablo Oscar Pascual (KTM-Argentina) a 51:30
39.46 Fabricio Fuentes (KTM-Bolívia) a 53:33
40.41 Marc Sola Terradellas (Yamaha-Espannha) a 54:14
64.159 Richard Fliter (Honda-Brasil) a 1:47:44

Classificação Geral após 11 Etapas

1. 14 Sam Sunderland (KTM-Inglaterra) 31:34:11
2. 16 Matthias Walkner (KTM-Áustria) a 33:09
3. 08 Gerard Farres Guell (KTM-Espanha) a 37:22
4. 06 Adrien van Beveren (Yamaha-França) a 38:10
5. 11 Joan Barreda Boat (Honda-Espanha) a 44:32
6. 17 Paulo Gonçalves (Honda-Portugal) a 52:46
7. 31 Pierre Alexandre Renet (Husqvarna-França) a 56:01
8. 67 Franco Caimi (Honda-Argentina) a 1:40:53
9. 05 Helder Rodrigues (Yamaha-Portugal) a 2:00:46
10.27 Joaquim Rodrigues (Hero Speedbrain-Portugal) a 2:16:06
11.32 Juan Carlos Salvatierra (KTM-Bolívia) a 2:21:35
12.45 Ondrej Klymciw (Husqvarna-República Tcheca) a 2:22:00
13.12 Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS-Espanha) a 2:31:00
14.15 Michael Metge (Honda-França) a 2:37:13
15.19 Laia Sanz (KTM-Espanha) a 3:00:28
16.34 Diego Martin Duplessis (KTM-Argentina) a 3:00:30
17.28 Mario Patrão (KTM-Portugal) a 3:35:26
18.82 Daniel Oliveras Carreras (KTM-Espanha) a 3:40:39
19.29 Emanuel Gyenes (KTM-Romênia) a 3:45:27
20.79 Todd Smith (KTm-Austrália) a 3:45:31
21.87 Cristian España Muñoz (KTM-Andorra) a 4:06:45
22.33 Antonio Gimeno García (KTM-Espanha) a 4:14:48
23.26 Adrien Metge (Sherco TVS-França) a 4:16:03
24.50 Daniel Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 4:49:17
25.02 Stefan Svitko (KTM-Eslováquia) a 5:13:51
26.37 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (KTM-Venezuela) a 5:20:27
27.64 Goncalo Reis (KTM-Portugal) a 5:21:13
28.41 Marc Sola Terradellas (Yamaha-Espanha) 5:25:55
29.48 José Ignácio Cornejo Florimo (KTM-Chile) a 5:26:28
30.117 Toomas Triisa (Husqvarna-Estônia) a 5:42:16
31.40 Loic Minaudier (KTM-França) a 5:43:42
32.60 Aleksandr Ivaniutin (Husqvarna-Rússia) a 6:11:04
33.51 Patrício Cabrera (Kawasaki-Chile) a 6:13:00
34.52 Milan Engel (KTM-República Tcheca) a 6:19:09
35.109 Vincent Crosbie (KTM-Botsuana) a 6:28:46
36.46 Fabricio Fuentes (KTM-Bolívia) a 6:29:09
37.68 Simone Agazzi (Honda-Itália) a 6:54:12
38.70 Alessandro Ruoso (KTM-Itália) a 8:12:15
39.100 Lyndon Poskitt (KTM-Inglaterra) a 8:13:55
40.47 Jose Julian Kozac (KTM-Argentina) a 8:29:00
59.159 Richard Fliter (Honda-Brasil) a 12:41:19

Nos quadriciclos o Russo Sergey Karyakin praticamente definiu o Dakar a favor dele em uma etapa soberba aonde ele mais uma vez conquistou a vitória a 23 minutos e 49 segundos de distância do Campeão de 2015 o Polonês Rakal Sonic que com todos os desastres esta ainda se colocando em 4ºlugar na classificação geral do Dakar. Já Ignacio Casale que era o único que poderia acabar com a possibilidade do Russo ser o campeão teve um estágio para esquecer ficando em 10ºlugar a mais de 50 minutos de Karyakin e vendo a possibilidade de um bicampeonato escapar diante de seus dedos.

Casale tem assegurado o vice-campeonato na Geral já que ele tem mais de 3 horas para o Argentino Pablo Copetti que terminou o dia em 6ºlugar e esta com uma hora de distância para Sonic. O Paraguaio Nelson Augusto Sanabria Galeano completou o dia em 3ºlugar a 36 minutos do vencedor seguido do Argentino Daniel Domaszewski com a Honda e do francês Bruno da Costa com a Yamaha.

Vídeo do Resumo da Etapa

Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto

1. 254 Sergey Karyakin (Yamaha-Rússia) 3:58:22
2. 250 Rakal Sonik (Yamaha-Polônia) a 23:49
3. 257 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Yamaha-Paraguai) a 36:08
4. 258 Daniel Domaszewski (Honda-Argentina) a 42:41
5. 262 Bruno da Costa (Yamaha-França) a 44:07
6. 263 Pablo Copetti (Yamaha-Argentina) a 46:45
7. 284 Kamil Wisniewski (Yamaha-Polônia) a 52:36
8. 267 Kees Koolen (Barren Racer-Holanda) a 54:39
9. 251 Ignacio Casale (Yamaha-Chile) a 55:19
10.276 Zdenek Tuma (Yamaha-República Tcheca) a 59:42

Classificação Geral após 11 Etapas

1. 254 Sergey Karyakin (Yamaha-Rússia) 38:36:55
2. 251 Ignacio Casale (Yamaha-Chile) a 1:16:24
3. 263 Pablo Copetti (Yamaha-Argentina) a 4:21:06
4. 250 Rafal Sonic (Yamaha-Polônia) a 5:33:01
5. 280 Axel Dutrie (Yamaha-França) a 5:45:04
6. 262 Bruno da Costa (Yamaha-França) a 5:57:32
7. 261 Santiago Hansen (Honda-Argentina) a 5:58:00
8. 257 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Yamaha-Paraguai) a 6:12:07
9. 258 Daniel Domaszewski (Honda-Argentina) a 6:40:36
10.284 Kamil Wisniewski (CAN-AM-Polônia) a 8:05:02

Apesar da vitória de Sebastian Loeb e do seu copiloto Daniel Elena na etapa 11. Tudo indica que a lenda do Dakar Stephane Peterhansel e Jean Paul Cottret devem ser os vencedores na geral. Chegando em segundo lugar a apenas 18 segundos de Loeb e Elena a diferença a 1 etapa do final esta em 5 minutos e 32 segundos sendo esse o campeonato que pode ter uma mudança até o final do evento com uma especial de 64 km para ser feito de Rio Quarto até Buenos Aires.

Mas tudo esta encaminhado para Peterhansel mesmo com todo o esforço de Loeb nessa festa, ou digamos: Um massacre da Pegueot nos carros que hoje acabou tendo apenas uma dobradinha, Já que o Argentino Orlando Terranova junto de seu copiloto o Alemão Andreas Schulz ficaram em 3ºlugar com o melhor Mini na geral e ficando a 6 minutos dos vencedores.

Em grande forma na parte final do Dakar com o seu Toyota os pilotos Giniel de Villiers e Dirk von Zitzewitz ficaram em 4º na etapa e estão já em 5ºlugar na geral (Disputando com Terranova e Schulz esse lugar) e o Saudita Yazeed Al Rajhl e o copiloto Alemão Timo Gottschalk concluíram a etapa em 5ºlugar a bordo de um Mini. Os praticamente 3ºlugares do Dakar na geral Cyril Despres e seu copiloto David Castera ficaram em 6ºlugar a 7 minutos e meio dos vencedores da etapa e estão a quase 33 minutos de Peterhansel na Geral.

Os Holandeses Erik Van Loon e Wouter Rosegaar com a Toyota ficaram em 7ºlugar na etapa seguidos de Conrad Rautenbach e Robert Howie de Toyota (Estão em 9º na geral), E Nanin Roma e Alex Haro Bravo em 9º na etapa (4º na Geral) com Toyota e de Ford o 10ºcolocado na Etapa o checo Martin Prokop e o copiloto Austríaco Lika Minor.

Mikko Hirvonen e Michel Perin ficaram em 11ºlugar na etapa e estão agora em 13º na geral sem qualquer possibilidade nem de um top 10 a 1 etapa do Final do Dakar. O Brasileiro Sylvio Barros e o Italiano Rafael Capoani fecharam a etapa em 16ºlugar e estão em 18º na Geral.

Vídeo do Resumo da Etapa

Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto

1. 309. Sebastien Loeb (França) / Daniel Elena (Mônaco) Pegueot 3:21:15
2. 300. Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) Pegueot a 0:18
3. 308. Orlando Terranova (Argentina) / Andreas Schulz (Alemanha) Mini a 6:37
4. 302. Giniel de Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) Toyota a 7:01
5. 306. Yazeed Al Rajhl (Arábia Saudita) / Timo Gottschalk (Alemanha) Mini a 7:25
6. 307. Cyril Despres (França) / David Castera (França) Pegueot a 7:32
7. 310. Erik Van Loon (Holanda) / Wouter Rosegaar (Holanda) Toyota a 13:48
8. 320. Conrad Rautenbach (Zimbabué) / Robert Howie (África do Sul) Toyota a 14:32
9. 305. Nani Roma (Espanha) / Alex Haro Bravo (Espanha) Toyota a 15:04
10.321. Martin Prokop (Rep.Tcheca) / Lika Minor (Áustria) Ford a 17:16
11.303. Mikko Hirvonen (Finlândia) / Michel Perin (França) Mini a 18:31
12.322. Mohammed Abu-Issa (Qatar) / Xavier Paseri (França) Mini a 18:54
13.316. Jakub Przygonzki (Polônia) / Tom Colsoul (Bélgica) Mini a 19:36
14.318. Romain Dumas (França) / Alain Guehennec (França) Peugeot a 25:17
15.323. Nicolas Fuchs (Peru) / Fernando Mussano (Argentina) HRX a 30:00
16.339. Sylvio Barros (Brasil) / Rafael Capoani (Itália) Mini a 31:17
17.338. Alberto Rodrigo Gutierrez Fleig (Bolívia) / Joan Rubi (Espanha) Toyota a 33:40
18.330. Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) / Daniel Merlo (Argentina) Toyota a 37:05
19.335. Eric Bernard (França) / Alexandre Vigneau (França) Buggy a 44:03
20.328. Antanas Juknevicius (Lituânia) / Darius Vaiciulis (Lituânia)Toyota a 50:20
21.325. Stephan Schott (Alemanha) / Paulo Fiuza (Portugal) Mini a 51:23
22.324. Marco Bulacia (Bolívia) / Claudio Bustos (Argentina) Ford a 56:34
23.344. Martin Maldonado (Argentina) / Sebastian Scholz Vergnolle (Argentina) Mercedes a 57:41
24.329. Juan Silva (Argentina) / Sergio Lafuente (Uruguai) Mercedes a 1:10:25
25.334. Facundo Ardusso (Argentina) / Gerardo Scicolone (Argentina) Renault a 1:10:33

Classificação Geral após 11 Etapas

1. 300 Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) Pegueot 28:20:16
2. 309 Sebastien Loeb (França) / Daniel Elena (Mônaco) Pegueot a 5:32
3. 307 Cyril Despres (França) / David Castera (França) Pegueot a 32:54
4. 305 Nani Roma (Espanha) / Alex Haro Bravo (Espanha) Toyota a 1:15:41
5. 302 Giniel de Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) Toyota a 1:49:37
6. 308 Orlando Terranova (Argentina) / Andreas Schulz (Alemanha) Mini a 1:51:40
7. 316 Jakub Przygonzki (Polônia) / Tom Colsoul (Bélgica) Mini a 4:12:58
8. 318 Romain Dumas (França) / Alain Guehennec (França) Peugeot a 4:22:42
9. 320 Conrad Rautenbach (Zimbabué) / Robert Howie (África do Sul) Toyota a 4:39:32
10.322 Mohammed Abu-Issa (Qatar) / Xavier Paseri (França) Mini a 4:50:50
11.321 Martin Prokop (Rep.Tcheca) / Lika Minor (Áustria) Ford a 4:56:45
12.323 Nicolas Fuchs (Peru) / Fernando Mussano (Argentina) HRX a 5:52:39
13.303 Mikko Hirvonen (Finlândia) / Michel Perin (França) Mini a 5:54:36
14.310 Erik Van Loon (Holanda) / Wouter Rosegaar (Holanda) Toyota a 6:04:43
15.325 Stephan Schott (Alemanha) / Paulo Fiuza (Portugal) Mini a 7:18:28
16.338 Alberto Rodrigo Gutierrez Fleig (Bolívia) / Joan Rubi (Espanha) Toyota a 7:29:35
17.335 Eric Bernard (França) / Alexandre Vigneau (França) Buggy a 7:32:20
18.339 Sylvio Barros (Brasil) / Rafael Capoani (Itália) Mini a 8:09:07
19.330 Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) / Daniel Merlo (Argentina) Toyota a 8:22:41
20.324 Marco Bulacia (Bolívia) / Claudio Bustos (Argentina) Ford a 9:14:21
21.328 Antanas Juknevicius (Lituânia) / Darius Vaiciulis (Lituânia) Toyota a 10:06:24
22.334 Facundo Ardusso (Argentina) / Gerardo Scicolone (Argentina) Renault a 10:24:51
23.327 Christian Lavieille (França) / Jean-Pierre Garcin (França) Toyota a 10:50:15
24.332 Akira Miura (Japão) / Laurent Lichtleuchter (França) Toyota a 12:31:33
25.383 Eduardo Peredo (Bolívia) / Eugenio Arrieta (Argentina) Toyota a 13:02:49

OS Brasileiros Leandro Torres e Lourival Roldan já estão praticamente com o Dakar assegurado após a vitória na Etapa a 39 minutos dos Chineses Wang Fujiang e Li Wei que estão em 2ºna geral a mais de 4 horas e meia dos Brasileiros. Será bem difícil que o título saia das mãos Brasileiras nesse primeiro Dakar da categoria UTV

Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto

1.351. Leandro Torres (Brasil) / Lourival Roldan (Brasil) Polaris 5:05:14
2.386. Wang Fujiang (China) / Li Wei (China) Polaris a 39:19
3.378. Maganov Ravil (Rússia) / Kirill Shubin (Rússia) Polaris a 3:24:18
4.342. Mao Ruijin (China) / Sebastien Delaunay (França) Polaris a 10:12:38
5.374. Li Dongsheng (China) / Quanquan Guan (China) Polaris a 12:06:31

Classificação Geral após 11 Etapas

1.351. Leandro Torres (Brasil) / Lourival Roldan (Brasil) Polaris 53:15:04
2.386. Wang Fujiang (China) / Li Wei (China) Polaris a 4:41:55
3.378. Maganov Ravil (Rússia) / Kirill Shubin (Rússia) Polaris a 6:09:46
4.342. Mao Ruijin (China) / Sebastien Delaunay (França) Polaris a 23:33:14
5.374. Li Dongsheng (China) / Quanquan Guan (China) Polaris a 24:45:11

O título ficara mesmo com os russos da Kamaz, Os prováveis campeões Eduard Nikolaev , Evgeny Yakovlev e Vladimir Rybakov venceram a Etapa com o Caminhão da Kamaz após uma disputa dura com os Argentinos Federico Villagra, Adrian Arturo Yacopini e Ricardo Adrian Toriaschi com a Iveco. A etapa foi decidida a favor dos russos só na última parte por apenas 52 segundos a favor dos Russos.

Airat Mardeev, Aydar Belyaev e Dmitriy Svistunov em 3º e Dmitry Sotnikov, Rusian Akhmadeev e Igor Leonov em 4º (Estão em 2ºlugares na Geral a 17 minutos de Nikolaev) mostraram o domínio dos Russos e do Caminhão da Kamaz que recupera o campeonato após perder o título de 2016 para Gerard de Rooy, Moises Torrallardona e Darek Rodewald de Iveco que foram 5º na Etapa e são terceiros na Geral. Iveco que também obteve o 6ºlugar com os Holandeses Ton Van Genugten, Anton Van Limpt e Bernard Der Kinderen.

Vídeo do Resumo da Etapa

Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto

1. 505. Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgeny Yakovlev (Rússia) / Vladimir Rybakov (Rússia) KAMAZ 3:56:47
2. 502. Federico Villagra (Argentina) / Adrian Arturo YacopinI (Argentina) / Ricardo Adrian Toriaschi (Argentina) IVECO a 0:52
3. 501. Airat Mardeev (Rússia) / Aydar Belyaev (Rússia) / Dmitriy Svistunov (Rússia) Kamaz a 9:53
4. 513. Dmitry Sotnikov (Rússia) / Rusian Akhmadeev (Rússia) / igor Leonov (Rússia) Kamaz a 11:54
5. 500. Gerard de Rooy (Holanda) / Moises Torrallardona (Espanha) / Darek Rodewald (Polônia) IVECO a 14:41
6. 507. Ton Van Genugten (Holanda) / Anton Van Limpt (Holanda) / Bernard Der Kinderen (Holanda) Iveco a 17:40
7. 503. Ales Loprais (Rep.Tcheca) / Jiri Stross (Rep.tcheca) / Jan Tomanek (Rep.Tcheca) Tatra a 20:04
8. 525. Wuifert van Ginkel (Holanda) / Bert van Donkelaar (Holanda) / Erik Kofman (Holanda) Iveco a 22:43
9. 518. Martin Macik (Rep.Tcheca) / Frantisek Tomasek (Rep.Tcheca) / Michal Mrkva (Rep.Tcheca) Liaz a 25:58
10.522. Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorússia) / Anton Zaparoshchanka (Bielorússia) MAZ a 28:49
11.504. Hans Stacey (Holanda) / Jan van der Vaet (Bélgica) / Hugo Kuppen (Holanda) MAN a 36:24
12.520. Steven Rotsaert (Bélgica) / Joeri Christiaen (Bélgica) / Thomas Stroo (Bélgica) MAN a 45:20
13.508. Martin Kolomy (Rep.Tcheca) / Rene Kilian (Rep.Tcheca) / David Kilian (Rep.Tcheca) Tarta a 51:57
14.516. Teruhito Sugawara (Japão) / Hiroyuki Sugiura (Japão) Hino a 56:47
15.521. Jos Smink (Holanda) / Dniel Bruinsma (Holanda) / Peter Nieuwenburg (Holanda) Ginaf a 57:08

Classificação Geral após 11 Etapas

1. 505 Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgeny Yakovlev (Rússia) / Vladimir Rybakov (Rússia) KAMAZ 27:23:59
2. 513 Dmitry Sotnikov (Rússia) / Rusian Akhmadeev (Rússia) / igor Leonov (Rússia) Kamaz a 17:09
3. 500 Gerard de Rooy (Holanda) / Moises Torrallardona (Espanha) / Darek Rodewald (Polônia) IVECO a 38:58
4. 502 Federico Villagra (Argentina) / Adrian Arturo YacopinI (Argentina) / Ricardo Adrian Toriaschi (Argentina) IVECO a 58:39
5. 501 Airat Mardeev (Rússia) / Aydar Belyaev (Rússia) / Dmitriy Svistunov (Rússia) Kamaz a 2:26:17
6. 522 Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorússia) / Anton Zaparoshchanka (Bielorússia) MAZ a 2:32:20
7. 503 Ales Loprais (Rep.Tcheca) / Jiri Stross (Rep.tcheca) / Jan Tomanek (Rep.Tcheca) Tatra a 3:03:41
8. 516 Teruhito Sugawara (Japão) / Hiroyuki Sugiura (Japão) Hino a 3:11:44
9. 504 Hans Stacey (Holanda) / Jan van der Vaet (Bélgica) / Hugo Kuppen (Holanda) MAN a 3:42:06
10.518 Martin Macik (Rep.Tcheca) / Frantisek Tomasek (Rep.Tcheca) / Michal Mrkva (Rep.Tcheca) Liaz a 3:52:37
11.509 Pieter Versluis (Holanda) / Artur Klein (Alemanha) / Marcel Pronk (Holanda) MAN a 4:54:14
12.521 Jos Smink (Holanda) / Dniel Bruinsma (Holanda) / Peter Nieuwenburg (Holanda) Ginaf a 5:03:54
13.511 Siarhei Viazovich (Bielorússia) / Pavel Haranin (Bielorússia) / Andrei Zhyhulin (Bielorússia) MAZ a 5:09:37
14.520 Steven Rotsaert (Bélgica) / Joeri Christiaen (Bélgica) / Thomas Stroo (Bélgica) MAN a 6:04:34
15.508 Martin Kolomy (Rep.Tcheca) / Rene Kilian (Rep.Tcheca) / David Kilian (Rep.Tcheca) Tarta a 6:37:12

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar.com
Vídeos: TV Pública Argentina