Hamilton, Partindo do 14ºlugar para uma senhora vitória em Hockenheim, Voltando a liderança do campeonato

O GP da Alemanha de 2018 é mais uma corrida que vai ficar entre as melhores corridas dos últimos anos e possivelmente uma das melhores de 2018. Como um piloto parte do 14ºlugar após uma falha eletrônica desastrosa no Sábado para uma monumental vitória após 67 voltas. E de Quebra vendo Vettel errar no momento mais critico da prova.

O Cenário no começo era bem favorável a Vettel, A Largada não chegou a ser movimentada. Vettel, Bottas, Raikkonen e Verstappen mantiveram as 4 primeiras posições. Magnussen e Hulkenberg completavam os 6 primeiros colocados.

Nas primeiras voltas enquanto Vettel abria diferença para Bottas, Raikkonen e Verstappen. Lewis Hamilton começava a sua reação. Volta após volta ele subia de posição, Passando a Alonso, Ocon, Leclerc. Em 5 voltas já estava nas 10 primeiras posições.

Na 7ªVolta, Perez fez uma bonita manobra em cima de Romain Grosjean passando para o 7ºlugar. Nessa altura, Lewis já vinha em 9ºlugar. Na Volta seguinte no cotovelo, O piloto inglês passou Grosjean assumindo o 8ºlugar. Na 9ªVolta a vitima de Hamilton foi Perez no mesmo cotovelo.

Duas voltas depois, O piloto da Mercedes superou o Alemão Nico Hulkenberg passando ao 6ºlugar. Na 14ªVolta Hamilton ultrapassou Kevin Magnussen e passou ao 5ºlugar. Agora o inglês precisava tirar 17 segundos para brigar com o Max Verstappen para disputar o 4ºlugar. Era impressionante a diferença entre a Mercedes, Ferrari e Red Bull em relação as outras equipes. A Renault que não é uma equipe pobre esta a um pouco mais de 1 segundo e meio mais lento que os pilotos de ponta.

No final da volta, Kimi Raikkonen foi o primeiro a parar nos boxes. Muito mais cedo do que a previsão das equipes. Porém era mais ou menos esperado pela Pirelli.

Daniel Ricciardo que largou em 19º estava com mais dificuldades em se recuperar na prova. Ele foi para cima de Fernando Alonso da Mclaren. O piloto Australiano ultrapassou o Espanhol na 18ªVolta subindo para o 12ºlugar.

Entre a volta 19, 20 e 21 começaram as paradas nos boxes. Hulkenberg na volta 19 disputava posição com o Magnussen pelo melhor do grupo Intermediário. Em um lance da prova ele se aproveitou da briga entre Marcus Ericsson e Romain Grosjean. Ele agradeceu a essa briga.

Na volta 26, Sebastian Vettel foi para os boxes. Voltando atrás de Kimi Raikkonen que parou mais cedo para superar Bottas e acabou superando também a Raikkonen, Ambos estavam na frente de Lewis Hamilton. Valtteri Bottas parou na volta 27. Na mesma volta, Daniel Ricciardo com problemas de Motor abandona a prova.

Na volta 30, Verstappen que assumiu a liderança por 3 voltas fez a sua parada nos boxes. Raikkonen assumiu a ponta com Vettel em 2º e Hamilton em 3º. Ainda tendo uma parada para fazer.

Vettel se aproximava de Raikkonen, Por rádio ele reclamava e pedia para que Raikkonen deixasse ele passar. Foram algumas voltas em que Raikkonen resistiu, Colocando os retardatários na frente do primeiro piloto da equipe Italiana.

Na 39ªVolta finalmente Kimi cedeu e Vettel assumiu a liderança com Raikkonen em segundo. Hamilton vinha perto deles em 3º, Mas tendo que fazer uma parada obrigatória ele estava esperando a chuva chegar.

A chuva não chegava, Hamilton não poderia esperar mais e foi para a parada na volta 42. Colocando os pneus Super Macios. A tal chuva veio 1 volta e meia depois. Os pingos começavam na curva 2 e vinha até a volta 7 e 8, de forma ainda pouco densa. Foi o bastante para Charles Leclerc, Fernando Alonso e Pierre Gasly colocaram pneus de chuva. Na volta 47, Max Verstappen arriscou e foi para os boxes colocar os pneus intermediários.

Em poucas voltas se constatou que não era a hora de colocar os pneus. Tanto é que Leclerc, Alonso, Gasly e depois Verstappen tiveram que voltar aos boxes. Enquanto que o piloto da Red Bull perdeu a chance do pódio. Os outros três pilotos acabaram caindo para os últimos lugares.

A chuva começou a aumentar e Bottas se aproximou de Raikkonen. Quando o finlandês tentou colocar volta em Kevin Magnussen ele sai da pista na curva 8 e acabou Bottas passando ao segundo lugar.

Na volta seguinte tivemos o lance da corrida. Sebastian Vettel que parecia com a vitória nas mãos erra, Passa reto e acaba batendo, Provocando a entrada do Safety Car. A pista estava úmida. Bottas que liderava a prova acabou indo para os boxes, Na volta seguinte quem parou foi Raikkonen. A liderança passou a ser de Lewis Hamilton que chegou a ir em caminho para os boxes, Mas desistiu na hora.

Durante o Safety Car, A chuva começou a parar e isso fez com que os pilotos que apostaram nos pneus intermediários trocarem para os pneus de pista seca.

Na Volta 58 a corrida recomeça, Valtteri Bottas foi para cima de Lewis Hamilton que segurou muito bem a pressão do Finlandês. Depois disso Hamilton abriu diferença e Bottas por ordem do rádio teve de ficar com a posição que estava e não permitir uma ameaça de Raikkonen que vinha perto dele.

No final da prova, Hamilton abriu dos demais mostrando ter o melhor ritmo de corrida. Mais atrás, a briga pelo 6º, 7º, 8º, 9º, 10º estava muito acirrada. Principalmente pela recuperação de Romain Grosjean que foi engolindo um a um nas voltas finais. Carlos Sainz jr. por ter ultrapassado um piloto durante o Safety Car iria pagar no final da prova, 10 segundos de penalização.

Lewis Hamilton conquistou a vitória partindo do 14ºlugar, Com tudo que aconteceu ele recuperou a liderança do campeonato. Agora com 188 pontos contra 171 pontos de Sebastian Vettel. Foi a vitória de número 66 da sua carreira.

Valtteri Bottas que largou em 2ºlugar completou a dobradinha da Mercedes. Um final de semana que poderia ser desastroso acabou terminando de forma perfeita para a equipe Alemã que volta a liderança do campeonato a 8 pontos da Ferrari, Que teve Kimi Raikkonen na 3ªposição completando o pódio. Max Verstappen acabou apostando nos pneus intermediários que acabou não dando certo. Isso acabou não mudando seu resultado final, Que acabou sendo o 4ºlugar.

Nico Hulkenberg foi o piloto alemão que terminou a prova. Em uma ótima exibição levou seu Renault a 5ªposição, Enquanto que seu companheiro de equipe foi punido e não conseguiu se quer marcar pontos. Romain Grosjean teve um grande final de prova. Passando do 11ºlugar para o 6ºlugar nas voltas finais. Pela prova de recuperação do piloto Francês que esta com seu futuro ameaçado na formula 1.

Sergio Perez em 7º e Esteban Ocon em 8ºlugar conseguiram mais uma vez levar a Force India a zona de pontuação. Eles estão no 5ºlugar na frente da Haas nos critérios de desempate muito pelo mérito do carro e dos seus pilotos que seguram a barra de uma equipe com dificuldades financeiras.

A Zona de pontuação termina com uma bela corrida de Marcus Ericsson que não se arriscou em trocar os pneus de pista seca pelos molhados e isso acabou levando o Sueco a marcar pontos pela 3ªvez em 2018. E Brendon Hartley (Benefinciado pela Penalização de Sainz) marcou seu 2ªponto da carreira com o 10ºlugar.

Kevin Magnussen acabou sendo prejudicado pelos erros da Haas em termos de estratégias, Porém ao contraio do seu companheiro de equipe não conseguiu reagir e acabou em 11ºlugar, Vendo Nico Hulkenberg se consolidar em 7ºlugar no Mundial de Pilotos. Carlos Sainz jr. não teve uma boa corrida, Com a Punição ele ficou de fora da disputa pelos pontos em 12ºlugar.

Stoffel Vandoorne que chegou a dar pinta de deixar a prova acabou permanecendo na disputa ficando em 13º. Pierre Gasly com a Toro Rosso, Charles Leclerc com a Sauber e Fernando Alonso com a Mclaren acabaram fechando a classificação após o tiro no pé dos três quando apostaram na chuva que não veio naquele período da prova.

Semana que vem teremos o GP da Hungria de Formula 1. Ai se encerra a primeira parte da temporada. Com Lewis Hamilton na liderança e com muita moral após a sua vitória na Alemanha.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP da Alemanha
11ªEtapa do Mundial de Formula 1 – 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 67 1:32:29.845 14
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 4.535s 2
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 67 a 6.732s 3
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 67 a 7.654s 4
5 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 26.609s 7
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 28.871s 6
7 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 30.556s 10
8 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 31.750s 115
9 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 67 a 32.362s 13
10 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 67 a 34.197s 16
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 34.919s 5
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 43.069s 8
13 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 67 a 46.617s 18
14 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 66 a 1 Volta 20
15 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 66 a 1 Volta 9
16 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 65 a 2 Voltas – Câmbio 11
18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 14 Voltas – Freios 17
5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 51 a 16 Voltas – Acidente 1
35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 51 a 16 Voltas – Vazamento de óleo 12
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 27 a 40 Voltas – Unidade de Potência 19

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Renault/Force India/Sauber/Toro Rosso/Mclaren

Vettel derrota Mercedes e conquista a pole em Hockenheim. Hamilton tem problemas eletrônicos e larga apenas em 14º

Após a vitória na Inglaterra, Vettel continua em alta. O alemão conquistou a pole position hoje no Circuito de Hockenheim. De quebra, O Inglês Lewis Hamilton com problemas elétricos no seu volante vai largar apenas em 14ºlugar.

De começo no Q1, Os pilotos das equipes grandes não entraram na pista, Deixando os pilotos das outras equipes começarem a marcar os tempos primeiro. Depois é que os pilotos da Mercedes e Ferrari. Raikkonen acabou marcando o melhor tempo do Q1. Disputa foi emocionante para não cair no Q1. Carlos Sainz jr. acabou na reta final salvando o seu tempo saltando do último para o 11ºlugar. Os pilotos da Toro Rosso tentou levar pelo menos um dos carros para o Q2, Sem sucesso.

Hamilton viveu um drama no final do Treino. Seu carro para a segundos do termino do Q1, O piloto inglês sai do seu carro e empurra, O que é proibido pelo regulamento. Apesar do 5ºlugar no Q1 ele estava fora do treino.

OS eliminados foram: Esteban Ocon (Force India), Pierre Gasly (Toro Rosso), Brendon Hartley (Toro Rosso), Lance Stroll (Williams) e Stoffel Vandoorne (Mclaren)

Resultado do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:12.505
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:12.538
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.962
4 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:12.986
5 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.012
6 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:13.077
7 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:13.105
8 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:13.127
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:13.324
10 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:13.318
11 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:13.324
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.427
13 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:13.479
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:13.614
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.708
16 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.720
17 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:13.749
18 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:14.045
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:14.206
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:14.401

No Q2, Bottas na primeira parte fez um estupendo tempo de 1:12.152, As chances de pole do finlandês que renovou seu contrato para 2019 eram maiores nesse momento da classificação. Junto dele vinham os dois carros da Ferrari e os dois pilotos da Haas tendo praticamente as vagas garantidas no Q3.

Na metade da classificação, O Sueco Marcos Ericsson acabou indo para fora da pista, Trazendo muita sujeira para o traçado. A bandeira vermelha foi acionada e o treino ficou parada por uns 10 minutos para limpeza do circuito.

Recomeçando o treinamento, Max Verstappen marcou uma excelente 2ªposição. Na parte final, Carlos Sainz jr. assim como na primeira parte teve de tentar uma volta para classificar ao Q3. O Espanhol conseguiu e se colocou no Q3. O mesmo não aconteceu com Fernando Alonso que acabou de fora, Ficando com o 11ºlugar.

Os outros eliminados foram Sergei Sirotkin que da alguma esperança para a Williams com o 12ºlugar no grid de largada amanhã e Marcus Ericsson com a Sauber. Já que Daniel Ricciardo punido, Largando em último lugar não foi ao Q2 e Lewis Hamilton que abandonou o treino após a quebra do seu carro no final do Q1.

Resultado do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.152
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:12.188
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:12.336
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:12.505
5 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:12.523
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:12.722
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.946
8 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.072
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:12.995
10 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:13.032
11 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:13.657
12 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.702
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:13.736

No Q3, O Alemão Sebastian Vettel contra o Carro de Valtteri Bottas com o carro Alemão da Mercedes. Dois dois confrontos acabou a equipe italiana levando a melhor.

Em sua primeira volta rápida, Raikkonen marcou 1:11.880, Já Vettel com o 1:11.539 marcou o novo recorde do circuito assumindo a liderança, Com 170 milésimos de frente para seu principal desafiante Valtteri Bottas com a Mercedes.

A Red Bull estava fora da jogada. Verstappen foi 7 décimos mais lento que Vettel. Depois vinham Grosjean, Hulkenberg, Magnussen, Leclerc em uma ótima 8ªposição e Sainz jr. que não marcou uma boa volta com a Renault. Perez não tinha feito tempo.

Na parte final do Treino, Todos foram para a pista a 3 minutos do Final. Vettel buscava aproveitar a falha eletrônica no carro de Lewis Hamilton para buscar uma nova pole e um golpe psicológico em cima do piloto Inglês e na Mercedes.

Raikkonen foi o primeiro a fazer a volta e o primeiro a fechar, Baixando o tempo para 1:11.547. Ficando a 8 milésimos de Vettel. Bottas foi para sua segunda volta, Fazendo uma grandes 3ªparcial tomando a pole com 1:11.416.

porém Vettel em sua última volta barbarizou, Marcando o melhor tempo nos 2 primeiros setores e fazendo 1:12.212 garantido a pole position para a Ferrari. Um dia praticamente prefeito do dono da casa que venceu A também Alemã Mercedes e vai largar na pole. Valtteri Bottas larga em 2º, Em busca da primeira vitória que acabou por bater na trave por umas 2 ou 3 vezes em 2018.

Na Segunda fila largam o Finlandês Kimi Raikkonen e o Holandês Max Verstappen que só garantiu a 4ªposição na sua volta final. A Frente dos pilotos da Haas que obtiveram de novo o título de melhor das equipes do 2ºescalão. Kevin Magnussen e Romain Grosjean ficaram em 5º e 6ºlugares.

 

Nico Hulkenberg ficou a apenas 16 milésimos de Grosjean e larga em 7ºlugar com seu Renault, A equipe Francesa larga toda na 4ºfila, já que o Espanhol Carlos Sainz melhorou seu tempo na sua última tentativa, Com 1:12,632 superou o Monegasco Charles Leclerc que levou pela terceira vez no ano a Sauber para a parte final da classificação.

Completa os 10 primeiros lugares o Mexicano Sergio Perez com a Force India, Amanhã a partir das 10 da manhã teremos a largada da 11ªEtapa do Mundial de Formula 1. No Circuito de Hockenheim (Ou TilkeHeim) Vettel e a Ferrari tem a chance de aumentar ainda mais a sua liderança do Mundial de pilotos e de Construtores.

Grid de Largada
GP da Alemanha – Hockenheim

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.212 16
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.416 18
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:11.547 17
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:11.822 18
5 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:12.200 18
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:12.544 17
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.560 17
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:12.692 19
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:12.717 23
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:12.774 19
11 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:13.657 16
12 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.702 13
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:13.736 17
14 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.012 8
15 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:13.720 10
16 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:13.749 9
17 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:14.045 8
18 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:14.206 10
19 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:14.401 10
20 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:13.318 6

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Williams/Renault/Sauber/Haas

Force India com bons resultados e problemas financeiros tem futuro indefinido na Formula 1

Dos últimos 10 anos, Das equipes que estão hoje na categoria até hoje, Sem dúvida a que mais evoluiu foi à equipe Force India. Desde seu primeiro ano aonde eles fechavam na maior parte do tempo o Grid de Largada até a temporada desse ano conseguiu 1 pole, 6 pódios e 2 vezes em 4ºlugar em 2016 e 2017. Sempre com carros competitivos, Com bons pilotos e com belas performances.

Porém, junto desses desempenhos. Vem as dívidas da equipe. Em Todos os anos isso vem travando um desenvolvimento maior. Uma hora essa conta pode chegar e pelo que me parece vai chegar de forma bem dura e cara para os Indianos.

Vijay Mallya tem problemas com a justiça desde de 2012 devido a escândalos Financeiros em suas empresas. Tendo no ano passado fugido da Índia e esta refugiado desde de então até hoje na Inglaterra, Lugar onde fica a sede da Force India. Durante esse tipo, Já teve boatos de Bernie Ecclestone querendo comprar a equipe para transformar de novo em Brabham. Nessas últimas semanas, A notícia de que a Mercedes iria adquirir a equipe em Dificuldades Financeiras.

O Mexicano Sergio Perez que esta lá desde de 2014 lamentou os atrasos no desenvolvimento do VJM11 nessa temporada. Nisso ele tem razão, apesar do pódio no GP do Azerbaijão (Que foi conquistada pela ótima apresentação de Perez com os abandonos dos pilotos da Red Bull, Com o furo do Pneu do Bottas e com os problemas de pneus de Vettel. Esses acontecimentos deram o pódio ao Mexicano) A equipe não tem o desenvolvimento necessário para disputar contra a Renault o 4ºlugar no Mundial de Construtores.

Não sabemos qual vai ser o futuro da Force India, Qual vai ser seu novo dono ou organização que tome conta da equipe. Só esperamos que uma coisa aconteça: Que com novos donos, Não seguimos o caminho de apenas 18 carros no Grid. Se já é ruim um Grid de somente 20 carros, Tirando os carros rosa da Force India do grid a imagem da categoria vai ficar ainda mais elitista e vazia.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Force India

Sebastian Vettel conquista 51ªVitória na Carreira após sensacional prova em Silverstone

Num tudo, A prova de hoje pode ter sido a melhor corrida da temporada. Uma prova que teve batidas, briga entre as melhores equipes da Formula 1 hoje e reviravoltas.  E teve o Alemão Sebastian Vettel vencendo com a Ferrari na casa de Lewis Hamilton.

A Emoção começa na largada. Hamilton não largou bem. Em compensação, Vettel largou muito bem e assumiu a liderança. Enquanto que Hamilton perderia posição para Valtteri Bottas. Na 3ªCurva, Lewis é atingido pelo Finlandês Kimi Raikkonen e cai para o último lugar.

Sem bandeira amarela acionada, Hamilton precisou começar uma prova de recuperação. Ainda na primeira volta, Sergio Perez roda e por muito pouco não bate em um dos pilotos da Williams que largaram dos boxes. Raikkonen que caiu para o 5ºlugar foi para cima do Ricciardo de forma sensacional, Passando ao 4ºlugar.

De Inicio duas coisas chamaram a atenção. Primeiro era Vettel abrindo uma grande vantagem para Valtteri Bottas. E segundo, A recuperação de Lewis Hamilton, que apesar de ter problemas na sua traseira vinha passando os pilotos da parte de trás de forma muito rápida.

Na 7ªVolta, Kimi Raikkonen foi punido com 10 segundos quando ele fosse fazer a parada nos boxes. Tudo por conta do toque que ele deu no piloto da casa. A corrida ficava complicada para o Homem de Gelo. Enquanto que a corrida de Hamilton lá atrás estava fenomenal. Em 11 voltas Lewis já estava na 6ªposição, Passando como queria os adversários na Reta. (O que demonstra o total desequilíbrio entre as 3 maiores equipes das outras 7 equipes Médias e pequenas) Porém agora, Era tirar 13 segundos sobre Daniel Ricciardo que fatalmente ganharia a posição de Raikkonen após a parada dos boxes.

Vettel vinha 6 segundos a frente de Bottas e 11 segundos a frente do Verstappen. A vida do piloto Alemão vinha tranquila demais.

Raikkonen foi para a sua primeira parada, Pagou os 10 segundos de punição e voltou a pista em 11ºlugar. A partir dai o Homem de Gelo começou a engolir seus adversários que via pela frente: Magnussen, Sainz jr., Ocon, Leclerc e Hulkenberg. Era como se um esportivo passasse um carro de passeio.

Verstappen parou na 18ªVolta e Daniel Ricciardo parou na 19ªVolta. Eles iriam para apenas 1 parada nos boxes. Os dois voltaram à frente do Raikkonen, que vinha fazendo volta mais rápida. Na mesma volta Leclerc fez sua parada, A Sauber fez um belo trabalho. Mas trabalhou rápido demais. Uma das rodas não foi presa de maneira correta. Resultado disso foi o abandono da prova.

Raikkonen foi para cima do Ricciardo, Na luta pela 5ªPosição. Na volta 21, Vettel foi para a parada nos boxes. Bottas assumiu a liderança, Vettel voltou a frente de Hamilton em segunda posição.

Na Volta seguinte, Bottas parou nos boxes, Vettel voltava a ser o líder. Hamilton em 2º e Bottas estava perto do inglês. Uma Volta depois, Hamilton permitiu a ultrapassagem com facilidade. Era Bottas que estava lutando pela vitória. Hamilton foi para a sua parada exatamente na metade da prova. O piloto da Mercedes voltou em 6ºlugar e precisava andar rápido para ganhar mais alguma posição.

Bottas vinha cada volta tirando diferença para Sebastian Vettel. Naquela altura da prova apenas Nico Hulkenberg não tinha parado nos  boxes, Vinha em 7ºlugar com Ocon, Alonso e Magnussen colado nele.

Na volta 31, Ricciardo foi para uma segunda parada, Mudando sua tática de prova. Bottas estava pisando forte. Quando a diferença era de apenas 1.9 segundos para Sebastian Vettel ocorreu um acidente fortíssimo do Sueco Marcus Ericsson. Certamente a asa traseira na hora de fechar acabou não funcionando. Apesar da batida ter sido violenta o Sueco não teve nenhum ferimento grave.

Safety Car entrou na pista, Nisso Vettel, Verstappen, Raikkonen e Ricciardo foram para os boxes. Além de outros pilotos como Hulkenberg que fizeram a parada nesse Safety Car. Já Bottas e Hamilton ficaram na pista, a mais ou menos 15 voltas para o final, A vantagem tendia mais para a Ferrari do que para a Mercedes.

Na Volta 38 a corrida recomeça, Com uma incrível disputa entre Raikkonen e Verstappen. O Homem de Gelo passou Verstappen. Duas curvas depois, O Vencedor do GP da Áustria contra atacou Raikkonen e voltou ao 4ºlugar. Uma incrível disputa que acabou interrompida pelo acidente entre Romain Grosjean e Carlos Sainz jr. Um novo Safety Car entrou na pista. Mais 4 voltas para limpar a pista. A Tensão aumentava na parte final da prova.

A Partir da relargada na volta 42 a corrida pegou fogo. Bottas largou muito bem, Porém Vettel vinha com tudo para buscar a vitória. Com os pneus bem melhores que os pneus do piloto Finlandês que segurou um ataque brutal de Vettel na 43ªVolta. Nessa mesma volta, Raikkonen passou por fora Verstappen que acabou perdendo a curva.

Bottas continuava a segurar Vettel de forma heroica. Até a volta 47, Quando não teve jeito de segurar o piloto da Ferrari que estava com dores no pescoço. A 5 voltas do final Vettel passou para a liderança e foi embora enquanto Bottas ficava para Lewis Hamilton. Sem pneus na parte final de prova ele foi alvo fácil para Hamilton e para Raikkonen tendo de segurar Daniel Ricciardo que ganhou o 5ºlugar após uma rodada de Verstappen, O Holandês acabou abandonando a prova.

Hamilton não teve chance de chegar em Vettel. Foi a quarta vitória do piloto da Ferrari e sua vitória 51 da Carreira. Em uma grande corrida, com revivavoltas e grandes disputas pode ser considerada a melhor prova de 2018.

Lewis Hamilton que tinha uma corrida complicada, Com tendência de nem conseguir chegar ao pódio chega no segundo lugar e minimiza ao máximo o prejuízo na classificação do campeonato. Vettel e Hamilton estão separados por apenas 8 pontos de diferença. Kimi Raikkonen em um grande final de semana conquistou um pódio. Mesmo com uma punição de 10 segundos nas costas que foi anulado com o SafetyCar.

Valtteri Bottas que em condições normais era o possível vencedor da prova. Com um ritmo de corrida melhor que Vettel. Com o Safety Car e com o desgaste dos pneus, Bottas ficou apenas com o 4ºlugar segurando a Daniel Ricciardo com a Única Red Bull que sobrou.

Nico Hulkenberg fez uma bela corrida, Com uma Renault em dificuldades em Silverstone acabou levando um importante 6ºlugar, O que devolve ele ao 7ºlugar no Mundial de Pilotos. Esteban Ocon, de Force India ficou com o 7ºlugar em um bom final de semana do piloto Francês.

Fernando Alonso conquistou o 8ºlugar depois de passar o Dinamarquês Kevin Magnussen, A Haas decepcionou hoje, Seus pilotos não foram bem e tudo sobrou foi o 9ºlugar com o seu melhor piloto em 2018.

Pierre Gasly acabou em uma ultrapassagem na marra ganhando o 10ºlugar na pista. Porém , Os comissários acabaram por punir o francês em 5 segundos. Perez voltou para o 10ºlugar, Salvando um ponto. Já Gasly foi jogado para o 13ºlugar. Ficando atrás de Stoffel Vandoorne e de Lance Stroll. Sergei Sirotkin só não foi o último classificado porque Verstappen ainda foi classificado no 15ºlugar por completar 90% da prova.

Daqui a 2 semanas teremos a volta da Formula 1 a Alemanha, No circuito de Hockenheim. Com o pega da disputa pelo título pegando fogo entre Vettel e Hamilton, Entre Ferrari e Mercedes.

Resultado final da 10ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP da Inglaterra – Silverstone

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 52 1h 27:29.784 2
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 2.264 1
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 52 a 3.652 3
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 8.883 4
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 52 a 9.500 6
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 52 a 28.220 11
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 29.930 10
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 31.115 13
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 52 a 33.188 7
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 34.708 14
11 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 35.774 12
12 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 38.106 17
13 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 52 a 39.129 19
14 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 48.113 18
15 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 46 Não Terminou 5
8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 37 Acidente 8
55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 37 Acidente 16
9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 31 Acidente 15
16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 18 Roda Solta 9
28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1 Elétrico 20

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Force India/Ferrari/Renault/Mclaren

Hamilton leva por 44 Milésimos a Pole position em Silverstone

Lewis Hamilton conquista a pole position no GP da Inglaterra. Um dia muito feliz aos Ingleses pela vitória contra a Suécia na Copa do Mundo, Que leva a seleção a uma semi-final desde de 1990. O piloto da Mercedes marcou um golaço em cima de seus arqui-rival Sebastian Vettel.

No Q1 tivemos apenas 18 pilotos fazendo treino. Isso acabou fazendo os pilotos não se movimentando tanto como os outros treinos. Brendon Hartley devido a uma quebra de suspensão no Q3. Já no começo do Q1, O Canadense Lance Stroll acaba indo para fora da pista, Ficando pela grama. Ele deixou o treino e provocou uma bandeira Vermelha em todo o circuito.

O Russo Sergie Sirotkin também foi para a brita. Só não foi um desastre total porque o Russo conseguiu sairei da brita e voltou aos boxes. Só voltou a pista nos minutos finais para marcar um tempo. Esse tempo foi o pior entre os 18 pilotos que registraram marca no Q1.

Os outros eliminados foram o Belga Stoffel Vandoorne com a Mclaren e o Espanhol Carlos Sainz jr. com a Renault que mão parece ter se achado em Silverstone. Porém, Nico Hulkenberg conseguiu levar a vaga no Q2 com certa folga. Pierre Gasly conseguiu levar a Toro Rosso que esta em um final de semana bem fraco para o Q2. A Sauber conseguiu levar seus dois pilotos com certa folga.

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:26.585
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:26.818
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:27.025
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:27.309
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:27.549
6 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:27.962
7 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:27.979
8 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:28.017
9 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:28.086
10 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:28.143
11 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:28.187
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:28.210
13 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:28.279
14 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:28.249
15 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:28.399
16 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:28.456
17 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:29.096
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:29.252
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ Sem Tempo

Q2

Mercedes e Ferrari polarizaram a disputa na pista. Separadas por no máximo 2 décimos entre as equipes, Red Bull e Haas vinham bem longe dessa disputa. Force India com os problemas financeiros via Esteban Ocon no Q3. Vijay Mallya apareceu no Circuito, Esta endividado e mesmo que ele diga que a equipe “não esta a venda” Certamente a negociação estará mais cedo ou mais tarde sendo efetivada.

Acabou na reta final do treinamento Ocon garantindo o 10ºlugar. Nenhum piloto conseguiu superar o piloto da Force India que juntamente com o Monegasco Charles Leclerc, Garantiram lugar no Q3. Juntamente com os pilotos da Mercedes, Ferrari, Red Bull e Haas.

Foram eliminados os pilotos Nico Hulkenberg, que até fez muito com a Renault que não foi bem no Sábado, Sergio Perez com a Force India, Fernando Alonso com a Mclaren, Pierre Gasly com a Toro Rosso e Marcus Ericsson com a Sauber.

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:26.256
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:26.372
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:26.413
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:26.483
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:27.013
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:27.369
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:27.522
8 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:27.730
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:27.790
10 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:27.843
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:27.901
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:27.928
13 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:28.139
14 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:28.343
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:28.391

Q3

A disputa pela pole foi a confirmação da polarização da disputa entre a Mercedes e Ferrari. Na primeira volta rápida acabou Vettel levando a melhor, com 1:25.936 contra 1:25.993 de Lewis Hamilton. Bottas por 79 milésimos estava levando o 3ºlugar contra o Finlandês Kimi Raikkonen. Verstappen e Ricciardo estavam em 5º e 6ºlugares, bem longe dos primeiros.

A 3 minutos do final, Romain Grosjean e Kevin Magnussen marcam seus tempos. Com o Francês se aproximando do tempo de Daniel Ricciardo.

Na última tentativa, Vettel, Hamilton, Bottas e Raikkonen foram para o duelo pela pole position. Nessa disputa, Acabou o piloto Alemão falhando na melhora do seu tempo. Já Hamilton, Na sua casa não bobeou e marcou 1:25.892. Festa dos Ingleses (A primeira delas do dia) e era a pole 76 da Carreira de Hamilton. Vettel larga em segundo lugar após estar com a pole nas suas mãos.

Raikkonen por outro lado ganhou a batalha particular com Valtteri Bottas. O Tempo do Homem de Gelo foi 2 milésimos mais lento que Vettel e vai largar em 3º. Enquanto Bottas sem melhorar seu tempo ficou mesmo com o 4ºlugar.

A Terceira fila ficou com os dois pilotos da Red Bull. Max Verstappen larga em 5º e Daniel Ricciardo larga em 6º. Completando os 10 primeiros colocados: Vieram os dois pilotos da Haas. Magnussen em 7º e Grosjean em 8º. Charles Leclerc com a Sauber e Esteban Ocon da Force India fecha os Top 10.

Grid de Largada do GP da Inglaterra
10ªEtapa do Mundial de Formula 1

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:25.892 16
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:25.936 17
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:25.990 17
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:26.217 15
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:26.602 14
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:27.099 14
7 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:27.244 19
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:27.455 20
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:27.879 19
10 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:28.194 20
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:27.901 12
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:27.928 14
13 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:28.139 12
14 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:28.343 15
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:28.391 16
16 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:28.456 8
17 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:29.096 9
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:29.252 7
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ Sem Tempo 2
20 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H Sem Tempo 0

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Williams/Force India