Marquez conquista vitória na Argentina em corrida marcada por erro de Iannone

Na Argentina em uma corrida complicada que a organização da prova ajeitou esse problema em dividir a corrida em suas partes devido aos pneus Michelin que não aguentavam uma corrida inteira, Na metade da prova entre a volta 9 e 11 os pilotos teriam de trocar de moto e a prova foi diminuída para apenas 20 voltas ao invés das 25 voltas programadas.

A Largada foi algo confuso, Marc Marquez foi o pole position, Mas não conseguiu manter a liderança da prova mas perdeu a ponta para Lorenzo e depois perdeu a liderança para a Ducati de Andrea Iannone com Rossi em segundo e Marc Marquez em 3ºlugar e Lorenzo começando a cair na corrida, Na segunda volta Marquez foi com tudo para cima de Valentino Rossi tomando o segundo lugar na prova e não satisfeito com isso ele foi para cima de Andrea Dovizioso e ultrapassou o piloto Italiano assumindo a liderança antes do final da segunda volta. Na 4ª volta o Australiano Jack Miller como é de praxe ele caiu e arrebentou a sua moto, Antes disso foi o Yonny Hernandez que foi para o chão sendo o primeiro piloto a deixar a corrida.

Largada_motoGP

Na quarta volta Rossi ultrapassou a Dovizioso e subiu para o segundo lugar, A partir dai Rossi começou a caça para cima do Marquez. Na Sexta Volta o Espanhol Jorge Lorenzo acabou caindo e deixando pontos importantes irem para o Lixo, Enquanto isso os pilotos da Ducati oficial Dovizioso e Iannone brigavam pelo 3ºposto com Marevick Viñales perto deles tentando aproveitar apenas do erro de um ou ambos os pilotos. Lá atrás Daniel Pedrosa tinha problemas em segurar o 6ºlugar.

MM93 e VR46 nos Boxes ARG2016

Quando a corrida chegou na sua janela de parada para a troca de moto Rossi chegou em Marquez e travou um duelo pela liderança da prova com ultrapassagem de Rossi, Mas Marquez conseguira recuperar a posição sempre, Essa batalha particular durou até a parada nos Boxes aonde Marquez e Rossi pegam a segunda moto e voltam a corrida e a partir dai Marquez com muito mais moto que Rossi começa a abrir e abrir e Rossi começa a ficar para Viñales que passou para o 3ºlugar superando a Dovizioso e Iannone ambos de Ducati.

troca de moto durante a corrida da MotoGP Arg2016

Pedrosa vivia seus problemas com Scott Redding que na 13ªVolta passou o piloto da Moto Oficial da Honda assumindo o 6ºlugar na corrida com a Moto da Ducati de 2015, Mas essa alegria não durou muito, A 5 Voltas do final Redding tem problemas em sua moto e acaba deixando a prova.

Marc Marquez abria cada vez mais enquanto que Viñales estava na cola de Rossi buscando uma ultrapassagem que não era tão fácil devido ao motor da Suzuki não render tanto como o motor da Yamaha, precisava ser em curva essa ultrapassagem, A 3 Voltas do final Viñales foi vitima de um pequeno trecho molhado que ainda estava na pista e caiu deixando o que poderia ser o melhor resultado da sua carreira e o primeiro pódio da Suzuki desde da sua volta a MotoGP em Valencia 2014.

barbera e poldisputandoboas posicoes ARG2016

A Partir dai a missão ficou para os pilotos da Ducati passarem a Rossi que estava visivelmente mais lento que ambos. Iannone foi para o ataque para cima de Rossi, Buscou a ultrapassagem na entrada da curva 5 Mas acabou Rossi também retardando tudo o que poderia para manter a posição e dai veio Dovizioso e tomou a posição de ambos assumindo o segundo lugar. Iannone e Rossi trocaram na volta e meia final que tinha de corrida uma disputa forte pelo terceiro lugar, Na metade da volta final a situação ficou bem favorável para Iannone que levaria a Ducati para um duplo pódio o que era algo que não acontecia a muito tempo para a Fábrica italiana.

MM93_wins_argentina_2016

Só que Iannone tentou na curva final praticamente passar Dovizioso e de maneira não digo equivocada mais sim de uma forma idiota ele caiu e levou com ele seu companheiro de equipe jogando todo o trabalho da equipe no Chão junto com o duplo pódio. Marquez venceu sem problemas numa corrida impecável com Rossi que tinha tudo para ficar em um 5ºlugar chegando em 2ºlugar e Dani Pedrosa em uma atuação apagadíssima completou o pódio.

Dovizioso salvando 3 pontos ARG2016

Já a Ducati sem dúvida esta pensando agora com muita simpatia em colocar Stoner no grid do Texas no lugar certamente não de Pirro, Mas pode ser que o numeral 29 não esteja em Austin e se eu fosse dirigente da equipe eu faria isso pois a atitude de Iannone foi impensada demais, Aliás é a 4ºprova em seguida que ele cai (Malásia e Valencia em 2015 e Qatar e Argentina 2016) E tem gente dizendo que ele é o cara da Ducati nesse ano. Sem dúvida o Dovizioso que poderia ser o vice-líder do campeonato e que ainda conseguiu salvar 3 pontos no campeonato arrastando a moto para o 13ºlugar e muito mais equilibrado do que Iannone que sem dúvida ver sua cotação cair e muito depois do estrago que ele fez em Termas de Rio Hondo.

A se destacar a Eugene Laverty em belíssima corrida chegando em 4ºlugar com a Moto da Aspar Martinez e se não me engano é o melhor resultado da equipe na MotoGP com bela atuação de Hector Barbera em 5ºlugar com a Avintia Racing ambos de Ducati 2014. Decepcionante resultado para Pol Espargaró ficando em 6ºlugar e reclamando muito depois da bandeirada, Logo a Seguir um ótimo desempenho de Stefan Bradl levando a Aprilla a um 7ºlugar que é o melhor resultado dela na MotoGP até agora desde da sua volta em 2015. Bradley Smith, Tito Rabat e Alvaro Bautista completaram os 10 primeiros colocados.

Laverty e Bradl com belosresultados ARG2016

Semana que vem teremos o GP dos Estados Unidos no Texas em Austin com MM93 na liderança do campeonato, Mas Rossi, Lorenzo, Pedrosa Estão na disputa e agora Dovizioso e Viñales estão também chegando Piada interna: E cadê o Iannone nessa Briga, Bem o Iannone não vai chegar nunca a disputa pois ele vai cair sempre nas corridas(Isso se ele tiver moto para correr em Austin) Risos!!!!

podio e até semana que vem no Texas ARG2016

Resultado Final – Mundial de Motovelocidade
GP da Argentina – MotoGP

1 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 34’13.628 em 20 Voltas
2 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 7.679
3 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) a 28.100
4 50 Eugene Laverty (Aspar Team MotoGP Ducati) a 36.542
5 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) a 36.711
6 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 37.245
7 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 41.353
8 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 50.709
9 53 Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) a 50.983
10 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 1’01.388
11 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 1’08.868
12 51 Michele Pirro (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 1’18.987
13 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) a 1’33.419

Não Completaram a corrida:

29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) a 1 Volta
35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) a 1 Volta
25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 3 Voltas
45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 5 Voltas
76 Loris Baz (Avintia Racing Ducati) a 8 Voltas
99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 15 Voltas
43 Jack Miller (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) a 17 Voltas
68 Yonny Hernandez (Aspar Team MotoGP Ducati) a 18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2: O Campeão Zarco conquista vitória na Argentina e vem forte para encaminhar para o Bicampeonato

O Bordão o Campeão voltou! é bem adequado para Johann Zarco que depois da prova do Qatar aonde ele queimou a largada impossibilitando a possibilidade de Vitória dessa vez na Argentina tudo deu certo para ele em uma corrida disputada entre San Lowes, Johann Zarco, jonas Folger e Franco Morbidelli que se distanciaram do resto e disputaram as primeiras posições e a vitória por toda a prova.

Sam Lowes que largou na pole position liderou durante a primeira parte da prova sendo pressionado pelo Jonas Folger na primeira parte da corrida, Mas depois Folger perde terreno para Zarco e Morbidelli que disputavam a terceira posição e a partir dai Zarco começou a pressionar o piloto Inglês da Gresini disputando a primeira posição. Na 12ªVolta Zarco ultrapassou Lowes e assumiu a liderança da prova e começou a dominar a prova mesmo com Lowes tentando voltar a dianteira da prova.

Disputa entre Dominique Aegerter e Hasizh Syarhin
Disputa entre Dominique Aegerter e Hafish Syarhin

Enquanto isso no segundo pelotão os pilotos Alex Rins conseguiu passar Dominique Aegerter e Hafisz Syahrin assumindo o 5ºlugar e a partir dai Aegerter e Syarhin que já estavam disputando posição deixando Thomas Luthi para trás brigaram pela corrida toda com um belo duelo, Já na frente a disputa no final ficou polarizada entre Zarco e Lowes pela vitória e pelo lugar no pódio entre Morbidelli e Folger que trocavam de posições, A menos de 3 voltas do final Franco Morbidelli escorrega e cai da sua moto da Estrella Galícia Marc VDS deixando ele fora da disputa das primeiras posições, O Ítalo-brasileiro voltou a prova, Mas sem qualquer possibilidade de um bom resultado.

Johann Zarco conquistou a sua primeira vitória na temporada com um pouco mais de 1 segundo de vantagem sobre Sam Lowes que ficou na segunda posição conseguindo o primeiro pódio com a Moto da Gresini e Jonas folger com a Dynavolt Intact GP completou o pódio, Após os 3 primeiros colocados veio Alex Rins que tentou se aproximar dos líderes mas ficando a 6 segundos do vencedor.

Dominique Aegerter ficou na frente na Batalha contra o Malaio Hafizh Syarhin ficando em um honroso 5ºlugar, Mas por incrível que pareça mesmo com o 7ºlugar numa corrida apagada o Suíço Thomas Luthi após 2 corridas continua líder do campeonato com seus 34 pontos. Alex Pons, Takaaki Nakagami e Mattia Pasini completaram nas 10 primeiras posições. Na Semana que tem teremos a etapa em Austin no Texas.

Comemoração de Johann Zarco
Comemoração de Johann Zarco

Resultado final do Mundial de Motovelocidade
Moto 2 – GP da Argentina

1 5 Johann Zarco (Ajo Motorsport Kalex) 40’57.806 em 23 Voltas
2 22 Sam Lowes (Federal Oil Gresini Moto2 Kalex) a 1.347
3 94 Jonas Folger (Dynavolt Intact GP Kalex) a 2.754
4 40 Alex Rins (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) a 6.101
5 77 Dominique Aegerter (CarXpert Interwetten Kalex) a 17.384
6 55 Hafizh Syarhin (Petronas Raceline Malaysia Kalex) a 17.484
7 12 Thomas Luthi (Garage Plus Interwetten Kalex) a 26.411
8 49 Axel Pons (AGR Team Kalex) a 31.016
9 30 Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 31.403
10 54 Mattia Pasini (Italtrans Racing Team Kalex) a 31.816
11 23 Marcel Schorotter (AGR Team Kalex) a 32.329
12 19 Xavier Simeon (MMF Racing Team Speed Up) a 40.968
13 7 Lorenzo Baldassarri (Forward Team Kalex) a 47.883
14 97 Xavi Vierge (Tech 3 Racing Tech 3) a 56.027
15 39 Luis Salom (SAG Team Kalex) a 58.278
16 52 Danny Kent (Leopard Racing Kalex) a 58.437
17 14 Ratthapark Wilairot (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 58.615
18 10 Luca Marini (Forward Team Kalex) a 59.245
19 60 Julian Simon (QMMF Racing Team Speed Up) a 59.535
20 24 Simone Corsi (Speed Up Racing Speed Up) a 59.878
21 44 Miguel Oliveira (Leopard Racing Kalex) a 1’00.406
22 70 Robin Mulhauser (CarXpert Interwetten Kalex) a 1’09.254
23 2 Jesko Raffin (Sports-Millions-EMWE-SAG Kalex) a 1’14.825
24 32 Isaac Viñales (Tech 3 Racing Tech 3) a 1’16.792
25 21 Franco Morbidelli (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Kalex) a 1’41.530
26 8 Efren Vazquez (JPMoto Malaysia Suter) a 1 Volta
27 33 Alessandro Tonucci (Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex) a 1 Volta

Não Completaram a corrida:

11 Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP Kalex) a 11 Voltas
73 Alex Marquez (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Kalex) a 22 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Na Moto 3 Pawi sobra na Chuva em Termas de Rio Hondo e leva a Malásia a primeira vitória no Mundial de Motovelocidade

O piloto de 17 anos de idade Khairul Idham Pawi que tinha feito um treino oficial para a etapa de Termas de Rio Hondo impressionante com o 4ºlugar no Grid para a corrida Argentina fez uma corrida para entrar na história da Moto 3 diante da chuva e de um ótimo acerto da sua moto ele assumiu a liderança da corrida na primeira volta de prova levando consigo o piloto Livio Loi que chegou a ameaçar a liderança do piloto da Honda team Asia, só que como decorrer da corrida Loi foi ficando para trás.

Jorge Navarro e Adam Norrodin também da Malásia despontaram e começaram a disputar o segundo lugar na segunda metade da corrida e um pouco mais atrás o Espanhol Aron Canet lutava pelo quarto lugar principalmente com Andrea Locatelli, Joan Mir e Hiroki Ono.

Pawi abriu 1 segundo ou mais por volta em relação ao resto do pelotão vencendo a corrida com 26 segundos de vantagem em cima de Jorge Navarro que se aproveitou da queda do Malaio Adam Norrodin que tinha ganho o segundo lugar e com reais possibilidades de fazer uma dobradinha histórica com Pawi. Ainda assim Norrodin levou a moto até o final da corrida salvando a 11ªposição, O pódio foi completado pelo Sul-africano Brad Binder que ficou a menos de 3 décimos de Andrea Locatelli que largou na 20ªposição. Completou os seis primeiros colocados os pilotos John Mir e Hiroki Ono.

Norrodin leva a moto a pé para a bandeirada 2016Arg

Vale falar que a Pegueot conseguiu os primeiros pontos na Moto 3 com uma belíssima 7ªposição do piloto Escocês John McPhee. Semana que vem teremos a etapa dos Estados Unidos no Circuito das Américas em Austin (Texas)

Resultado final do Mundial de Motovelocidade
Moto 3 – GP da Argentina

1 89 Khairul Idham Pawi (Honda Team Asia Honda) 41’35.452 em 21 Voltas
2 9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 26.170
3 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 30.060
4 55 Andrea Locatelli (Leopard Racing KTM) a 30.339
5 36 Joan Mir (Leopard Racing KTM) a 30.506
6 76 Hiroki Ono (Honda Team Asia Honda) a 30.736
7 17 John Mcphee (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 32.493
8 88 Jorge Martin (ASPAR Mahindra Team Moto3 Mahindra) a 40.596
9 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 45.667
10 23 Niccolò Antonelli (Ongetta-Rivacold Honda) a 45.893
11 7 Adam Norrodin (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 46.173
12 58 Juanfran Guevara (RBA Racing Team KTM) a 51.434
13 20 Fabio Quartararo (Leopard Racing KTM) a 57.893
14 6 Maria Herrera (MH6 Laglisse KTM) a 1’05.983
15 65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing KTM) a 1’08.426
16 11 Livio Loi (RW Racing GP BV Honda) a 1’10.165
17 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Moto3 Honda) a 1’11.664
18 8 Nicolo Bulega (SKY Racing Team VR46 KTM) a 1’11.791
19 19 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) a 1’12.151
20 5 Romano Fenati (SKY Racing Team VR46 KTM) a 1’12.270
21 10 Alexis Masbou (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 1’12.382
22 64 Bo Bendsneyder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 1’12.522
23 21 Francesco Bagnaia (ASPAR Mahindra Team Moto3 Mahindra) a 1’18.884
24 98 Karel Hanika (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 1’25.115
25 4 Fabio di Giannantonio (Gresini Racing Moto3 Honda) a 1’31.975
26 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) a 1’38.400
27 24 Tatsuki Suzuki (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 1’38.784
28 43 Stefano Valtulini (3570 Team Italia Mahindra) a 1’39.051
29 16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) a 1’44.035
30 40 Darryn Binder (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 1 Volta
31 77 Lorenzo Petrarca (3570 Team Italia Mahindra) a 1 Volta
32 3 Fabio Spiranelli (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 1 Volta

Não Completou a corrida:

44 Aron Canet (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 3 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Grid de largada do Mundial de Motovelocidade – GP da Argentina

MotoGP

1 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 1’39.411
2 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’39.786
3 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’39.944
4 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) 1’40.011
5 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) 1’40.198
6 29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) 1’40.272
7 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’40.375
8 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) 1’40.524
9 35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) 1’40.528
10 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’40.654
11 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’40.708
12 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’40.893
3 76 Loris Baz (Avintia Racing Ducati) 1’40.744
4 45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) 1’40.750
5 43 Jack Miller (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) 1’40.881
6 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’40.897
7 50 Eugene Laverty (Aspar Team MotoGP Ducati) 1’40.990
8 51 Michele Pirro (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) 1’41.116
9 53 Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) 1’41.157
10 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’41.611
11 68 Yonny Hernandez (Aspar Team MotoGP Ducati) 1’41.692

Moto 2:

1 22 Sam Lowes (Federal Oil Gresini Moto2 Kalex) 1’43.347
2 5 Johann Zarco (Ajo Motorsport Kalex) 1’43.466
3 94 Jonas Folger (Dynavolt Intact GP Kalex) 1’43.637
4 30 Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) 1’43.709
5 21 Franco Morbidelli (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Kalex) 1’43.733
6 12 Thomas Luthi (Garage Plus Interwetten Kalex) 1’43.813
7 11 Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP Kalex) 1’43.823
8 52 Danny Kent (Leopard Racing Kalex) 1’43.858
9 7 Lorenzo Baldassarri (Forward Team Kalex) 1’43.981
10 49 Axel Pons (AGR Team Kalex) 1’43.982
11 40 Alex Rins (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) 1’43.989
12 55 Hafizh Syarhin (Petronas Raceline Malaysia Kalex) 1’44.055
13 24 Simone Corsi (Speed Up Racing Speed Up) 1’44.060
14 39 Luis Salom (SAG Team Kalex) 1’44.104
15 73 Alex Marquez (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Kalex) 1’44.154
16 23 Marcel Schrotter (AGR Team Kalex) 1’44.172
17 19 Xavier Simeon (QMMF Racing Team Speed Up) 1’44.396
18 44 Miguel Oliveira (Leopard Racing Kalex) 1’44.424
19 77 Dominique Aegerter (CarXpert Interwetten Kalex) 1’44.443
20 54 Mattia Pasini (Italtrans Racing Team Kalex) 1’44.523
21 14 Ratthapark Wilairot (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) 1’44.572
22 10 Luca Marini (Forward Team Kalex) 1’44.603
23 97 Xavi Vierge (Tech 3 Racing Tech 3) 1’44.703
24 60 Julian Simon (QMMF Racing Team Speed Up) 1’44.767
25 2 Jesko Raffin (Sports-Millions-EMWE-SAG Kalex) 1’45.294
26 70 Robin Mulhauser (CarXpert Interwetten Kalex) 1’45.848
27 32 Isaac Viñales (Tech 3 Racing Tech 3) 1’45.859
28 8 Efren Vazquez (JPMoto Malaysia Suter) 1’46.272
29 33 Alessandro Tonucci (Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex) 1’46.554

Moto 3:

1 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) 1’49.767
2 5 Romano Fenati (SKY Racing Team VR46 KTM) 1’50.091
3 9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) 1’50.134
4 89 Khairul Idham Pawi (Honda Team Asia Honda) 1’50.204
5 8 Nicolo Bulega (SKY Racing Team VR46 KTM) 1’50.278
6 36 Joan Mir (Leopard Racing KTM) 1’50.342
7 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Moto3 Honda) 1’50.392
8 23 Niccolò Antonelli (Ongetta-Rivacold Honda) 1’50.400
9 20 Fabio Quartararo (Leopard Racing KTM) 1’50.428
10 11 Livio Loi (RW Racing GP BV Honda) 1’50.522
11 76 Hiroki Ono (Honda Team Asia Honda) 1’50.710
12 58 Juanfran Guevara (RBA Racing Team KTM) 1’50.714
13 65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing KTM) 1’50.716
14 44 Aron Canet (Estrella Galicia 0,0 Honda) 1’50.733
15 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC Racing Team Honda) 1’50.753
16 16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) 1’50.904
17 7 Adam Norrodin (Drive M7 SIC Racing Team Honda) 1’50.948
18 19 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) 1’51.001
19 88 Jorge Mmartin (ASPAR Mahindra Team Moto3 Mahindra) 1’51.024
20 55 Andrea Locatelli (Leopard Racing KTM) 1’51.037
21 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) 1’51.146
22 64 Bo Bendsneyder (Red Bull KTM Ajo KTM) 1’51.194
23 10 Alexis Masbou (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) 1’51.196
24 4 Fabio di Giannantonio (Gresini Racing Moto3 Honda) 1’51.231
25 21 Francesco Bagnaia (ASPAR Mahindra Team Moto3 Mahindra) 1’51.408
26 6 Maria Herrera (MH6 Laglisse KTM) 1’51.416
27 24 Tatsuki Suzuki (CIP-Unicom Starker Mahindra) 1’51.474
28 17 John Mcphee (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) 1’51.729
29 98 Karel Hanika (Platinum Bay Real Estate Mahindra) 1’52.392
30 43 Stefano Valtulini (3570 Team Italia Mahindra) 1’52.737
31 40 Darryn Binder (Platinum Bay Real Estate Mahindra) 1’53.310
32 77 Lorenzo Petrarca (3570 Team Italia Mahindra) 1’53.704
33 3 Fabio Spiranelli (CIP-Unicom Starker Mahindra) 1’54.463

Fotos: MotoGP

Resultados dos treinos livres do GP da Argentina do Mundial de Motovelocidade

Categoria MotoGP

Jack_de_cesaris_miller_Argentina2016

1ºTreino Livre:

1 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) 1’43.684
2 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 1’43.778
3 68 Yonny Hernandez (Aspar Team MotoGP Ducati) 1’44.027
4 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’44.113
5 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’44.128
6 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’44.181
7 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) 1’44.231
8 43 Jack Miller (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) 1’44.244
9 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’44.275
10 45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) 1’44.293
11 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) 1’44.455
12 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’44.742
13 76 Loris Baz (Avintia Racing Ducati) 1’45.080
14 50 Eugene Laverty (Aspar Team MotoGP Ducati) 1’45.2944
15 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’45.447
16 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’45.519
17 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’45.590
18 29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) 1’45.792
19 53 Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) 1’45.876
20 35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) 1’46.086
21 51 Michele Pirro (OCTO Pramac Yakhnich Ducati)

Bradl_aprilla_ARG16

2ºTreino Livre:

1 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 1’41.579
2 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) 1’41.604
3 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’42.047
4 43 Jack Miller (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) 1’42.375
5 35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) 1’42.451
6 45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) 1’42.458
7 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’42.565
8 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’42.576
9 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’42.595
10 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) 1’42.635
11 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) 1’42.664
12 50 Eugene Laverty (Aspar Team MotoGP Ducati) 1’42.724
13 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’42.774
14 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’42.819
15 29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) 1’42.953
16 76 Loris Baz (Avintia Racing Ducati) 1’43.054
17 68 Yonny Hernandez (Aspar Team MotoGP Ducati) 1’43.242
18 53 Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) 1’43.538
19 19 Alvaró Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’43.800
20 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’43.892
21 51 Michele Pirro (OCTO Pramac Yakhnich Ducati)

Fotos: MotoGP