Portal Sportszone » Blog Archives

Tag Archives: São Paulo

Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Fotos Stock Car

Felipe Fraga conquista a vitória milionária em São Paulo

Published by:

Grid de Largada:

1. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 1min38s958
2. 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – 1min39s101
3. 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – 1min39s101
4. 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – 1min39s153
5. 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – 1min39s214
6. 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – 1min39s252
7. 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – 1min39s265
8. 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – 1min39s289
9. 70 Diego Nunes (União Química Racing) – 1min39s350
10. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – 1min39s441
11. 77 Valdeno Brito (TMG Racing) – 1min39s488
12. 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing – 1min39s531
13. 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 1min39s557
14. 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – 1min39s589
15. 11 Cesar Ramos (RZ Motorsport) – 1min39s607
16. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – 1min39s616
17. 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – 1min39s635
18. 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – 1min39s641
19. 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta Racing) – 1min39s674
20. 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – 1min39s730
21. 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – 1min39s766
22. 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – 1min39s817
23. 9 Guga Lima (TMG Racing) – 1min39s898
24. 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – 1min40s033
25. 56 Danilo Dirani (RZ Motorsport) – 1min40s085
26. 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – 1min40s098
27. 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – 1min40s153
28. 51 Átila Abreu (Shell Racing) – 1min40s302
29. 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) – 1min40s364

Na largada da corrida do Milhão Barrichello se deu bem e manteve a liderança com Felipe Fraga em Segundo escapando da enorme confusão da largada que vitimou dois pilotos, Ricardo Maurício e Marcos Gomes que rodaram (Mauricio acabou tocando em Marcos Gomes) e acabaram deixando a prova e vários pilotos acabaram espalhando sem maiores consequências. Julio Campos era o 3ºlugar com Zonta em 4ºlugar e Valdeno Brito em 5º após a primeira volta. Max Wilson foi para cima de Khodair assumindo o 6ºlugar ao começar da 2ªVolta da prova.

Barrichello liderou a prova até a 6ªVolta quando Felipe Fraga na Reta oposta foi para cima do piloto de 44 anos e fez uma belíssima manobra de ultrapassagem assumindo o primeiro lugar, Depois disso o piloto da Full Time tentou voltar a ponta da corrida na volta seguinte, Mas Fraga conseguiu manter a liderança chegando a abrir mais de 2 segundos para Barrichello com Julio Campos mantendo o terceiro lugar na frente de Zonta, Max Wilson e Valdeno Brito.

Na parte final de prova Barrichello tentou uma aproximação em cima do Felipe Fraga para tentar uma segunda vitória na corrida do milhão. Isso não foi possível o dia era mesmo de Fraga que segurou a vitória até a linha de chegada e além de aumentar sua vantagem na liderança do campeonato ele se torna o 6ºvencedor da corrida do milhão superando a Rubens Barrichello que ficou em 2ºlugar. O último lugar do pódio ficou com o Paraibano Valdeno Brito que fez uma bela corrida subindo na parte final do 5º para o 3ºlugar que ficou a maior parte do tempo com Julio Campos que ficou para trás na parte final da prova ficando em 7ºlugar.

Max Wilson, Allam Khodair e Diego Nunes Completaram as 6 primeiras posições. Nesse domingo teremos a volta das rodadas duplas da Stock Car com a Etapa de Londrina no Paraná.

Resultado final da 12ªEtapa da Stock Car
Corrida do Milhão – São Paulo – Interlagos

1. 88 Felipe Fraga (Cimed Racing) – 28 voltas em 47min16s057 (média de 153,3 km/h)
2. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – 0s411
3. 77 Valdeno Brito (TMG Racing) – 5s180
4. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) Racing) – 24s367
5. 18 Allam Khodair (Full Time Sports) – 11s732
6. 70 Diego Nunes (União Química Racing) – 14s078
7. 4 Julio Campos (C2 Axalta Racing) – 18s585
8. 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – 22s508
9. 83 Gabriel Casagrande (C2 Axalta g Team) – 38s496
10. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) – 10s972
11. 110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições) – 38s542
12. 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – 43s129
13. 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – 44s248
14. 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – 50s220
15. 56 Danilo Dirani (RZ Motorsport) – 51s136
16. 63 Nestor Girolami (Eisenbahn Racing Team) – 53s831
17. 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 1 volta
18. 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 2 voltas
19. 73 Sergio Jimenez (Cavaleiro Sports) – a 2 voltas
20. 51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 2 voltas
21. 11 Cesar Ramos (RZ Motorsport) – a 5 voltas
22. 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 6 voltas
23. 74 Popó Bueno (Cavaleiro Sports) – a 6 voltas
NÃO COMPLETARAM
24. 8 Rafael Suzuki (Vogel Motorsport) – a 16 voltas
25. 9 Guga Lima (TMG Racing) – a 24 voltas
26. 12 Lucas Foresti (Full Time-ProGP) – a 24 voltas
27. 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 25 voltas
28. 80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 27 voltas
29. 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – excluído
MELHOR VOLTA: Julio Campos, 1min40s066 (155,2 km/h)

Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Fotos Stock Car

Marcos Gomes conquista o título da Stock Car em 2015

Published by:

O piloto Marcos Gomes conquistou o título após uma corrida muito díficil que começou na sexta-feira de treinamentos, Em Interlagos o piloto da Voox Racing teve todos os problemas que não teve durante o ano todo, Largando das últimas posições acabou sendo envolvido em um acidente com Rafa Suzuki, Rubens Barrichello, Beto Monteiro e Constantino Jr. isso provocado pelo piloto Gustavo Lima que foi excluído da prova devido a esse acidente que provocou a entrada do Safety Car.

A sorte de Marcos Gomes é que Cacá Bueno também largou na parte de trás isso porque eles pegaram chuva nas suas voltas lançadas. O piloto da Red Bull teve danos em seu carro e por isso também teve problemas na corrida inteira, Cacá teria que ser o 4ªcolocado na prova no mínimo para tentar tomar o título de Marcos Gomes que voltou a corrida, Mas perdeu muitas voltas na prova e ficou na pista por compromissos com o patrocinador.

largada_sp2015stock

Na frente o piloto Valdeno Brito largou bem e liderou o começo da prova, Mas com problemas nas luzes dos freios ele foi obrigado a abandonar a corrida deixando a liderança com Átila Abreu que não perdeu mais a ponta mesmo com a pressão de Sergio Jimenez que ficou em 2ºlugar até a 4 voltas do final quando ele teve problemas e abandonou a prova deixando o segundo pontos com Diego Nunes e o 3ºlugar com Felipe Fraga, Já Cacá Bueno com problemas no capo do seu carro acabou perdendo muito rendimento e posições ficando apenas em 20ºlugar, Já Marcos Gomes fora dos pontos, Mas sabedor que Cacá que o máximo que ele conseguiu chegar de ameaçar o título do piloto da Voxx Racing foi num 16ºlugar em certa parte da corrida. Mesmo com o 22ºlugar a 7 voltas do Vencedor comemorou um Merecido campeonato, Marcos Gomes na  minha opinião foi um dos 10 melhores pilotos do Mundo nessa temporada, Cacá Bueno mesmo com o Vice-campeonato e com 1 corrida a menos devida a absurda punição que ele recebeu devido ao que ele falou e com toda a razão em Ribeirão Preto.

cacabueno_problemas

Belas corridas de Gabriel Casagrande, de Vitor Genz e de Denis Navarro que ainda buscam seu lugar na Stock Car conseguindo belos resultados na frente de muitos pilotos consagrados. Thiago Camilo largando dos últimos lugares fez uma estupenda corrida de recuperação e fechou a prova em 7ºlugar completando o ano em 3ºlugar no campeonato na frente de Rubens Barrichello que passa a coroa para Marcos Gomes ao final dessa temporada.

Ricardo Zonta, Cesar Ramos e Galid Osman completaram os 10 primeiros lugares. O Argentino Nestor Girolami que vai disputar a temporada de 2016 pela equipe de Carlos Alves (Mestre Carlão – Diretor de Bateria da Toma Maior) fez uma boa apresentação ficando em 12ºlugar.

Girolami_interlagos

Parabéns a equipe Voxx Racing pelo título de Marcos Gomes que também parabenizamos e pelo título de equipes, Marcos Gomes passa a ser o piloto piloto se segunda geração a ser campeão da Stock Car já que o seu pai Paulo Gomes foi campeão 4 vezes da Stock Car.

Resultado final da última etapa da Stock Car – Interlagos – São Paulo

1 51 Átila Abreu (AMG Motorsport) – 23 voltas em 42min28s345 (média de 140,2 km/h)
2 70 Diego Nunes (Vogel Motorsport) – a 2s527
3 88 Felipe Fraga (Voxx Racing Team) – a 4s451
4 83 Gabriel Casagrande (Axalta C2 Team) – a 7s209
5 46 Vitor Genz (Boettger Competições) – a 7s521
6 5 Denis Navarro (Vogel Motorsport) – a 8s954
7 21 Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) – a 11s400
8 10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 15s460
9 11 Cesar Ramos (Total Racing) – a 23s677
10 28 Galid Osman (Ipiranga-RCM) – a 24s808
11 14 Luciano Burti (RZ Motorsport) – a 25s398
12 63 Nestor Girolami (Schin Racing Team) – a 31s881
13 26 Raphael Abbate (Hot Car Competições) – a 38s596
14 74 Popó Bueno (Total Racing) – a 42s483
15 66 Felipe Guimarães (Boettger Competições) – a 44s136
16 1 Antonio Pizzonia (Prati-donaduzzi) – a 50s457
17 110 Felipe Lapenna (Schin Racing Team) – a 59s604
18 3 Bia Figueiredo (União Química Racing) – a 59s632
19 25 Tuka Rocha (União Química Racing) – a 59s682
20 0 Cacá Bueno (Red Bull Racing) – a 1min16s094
21 73 Sergio Jimenez (Axalta C2 Team) – a 4 Voltas
NÃO COMPLETOU
22 80 Marcos Gomes (Voxx Racing Team) – a 7 Voltas
23 77 Valdeno Brito (Shell Racing) – a 14 Voltas
24 29 Daniel Serra (Red Bull Racing) – a 19 Voltas
25 90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 20 Voltas
26 4 Julio Campos (Prati-donaduzzi) – a 20 Voltas
27 100 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 22 Voltas
28 65 Max Wilson (Eurofarma RC) – a 22 Voltas
29 42 Constantino Jr (AMG Motorsport) – a 23 voltas
30 69 Beto Monteiro (Hot Car Competições) – a 23 voltas
31 8 Rafael Suzuki (RZ Motorsport) – a 23 voltas
32 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 23 voltas
EXC-) 9 Gustavo Lima (ProGP) – por atitude anti-desportiva
MELHOR VOLTA: Átila Abreu, 1min40s461 (154,6 km/h)
Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Stock Car

F1 Formula 1 Formula 1 - 1994 Fotos História TV Vídeos

Corridas Históricas – GP do Brasil de 1994

Published by:

Loayfsrp

Treino Oficial:

Classificação Após o primeiro dia de Treinamentos:

1. Ayrton Senna Williams-Renault 1:16.386
2.Michael Schumacher Benetton-Ford 1:16.575
3. Jean Alesi Ferrari 1:17.772
4. Karl Wendlinger Sauber-Mercedes 1:17.982
5. Mika Hakkinen Mclaren-Pegueot 1:18.122
6. Heinz Harald Frentzen Sauber-Mercedes 1:18.144
7. Damon Hill Williams-Renault 1:18.270
8. Pierluigi Martini Minardi-Ford 1:18.659
9. Christian Fittipaldi Footwork-Ford 1:18.730
10.Rubens Barrichello Jordan-Hart 1:18.759
11.Jos Verstappen Benetton-Ford 1:18.787
12. Martin Brundle Mclaren-Pegueot 1:18.864
13. Gerhard Berger Ferrari 1:18.931
14. Gianni Morbidelli Footwork-Ford 1:18.970
15. Erik Comas Larrousse-Ford 1:18.990
16. Mark Blundell Tyrrell-Yamaha 1:19.045
17. Eddie Irvine Jordan-Hart 1:19.269
18. Olivier Panis Ligier-Renault 1:19.304
19. Eric Bernard Ligier-Renault 1:19.396
20. Michele Alboreto Minardi-Ford 1:19.517
21. Ukyo Katayama Tyrrell-Yamaha 1:19.519
22. Johnny Herbert Lotus-Mugen Honda 1:19.795
23. Olivier Beretta Larrousse-Ford 1:19.922
24. Pedro Lamy Lotus-Mugen Honda 1:21.039
25. David Brabham Simtek-Ford 1:22.266
26. Bertrand Gachot Pacific-Ilmor 1:22.495

Ys8vn9da

Apesar do tempo de 1 hora de treinamento a chuva estava vindo da represa Billings poderia acabar antes disso e por isso os pilotos foram logo para as suas primeira tentativas de volta rápida. A partir dessa temporada teríamos um novo gráfico de transmissão na temporada de 1994 através da FOTA, Mas em termos de tempo eles ainda não conseguiram colocar a marcação dos tempos isso para o público em geral que acompanhava o treino de casa.

Mas isso em pouco minutos o problema foi resolvido no final da volta de Rubens Barrichello. O primeiro dos grandes a entrarem na pista foi Damon Hill com a Williams que estava em 7ºlugar no treino oficial, claro que o piloto inglês iria melhorar seu tempo fazendo 1:18.165 levando a melhorar apenas 1 posição ficando em 6ºlugar. O Companheiro de Schumacher na Benetton o Holandês Jos Verstappen que estava substituindo a Lehto que se recuperava de um acidente forte que ele sofreu nos testes. Verstappen Subiu de 14º para o 9ºlugar.

Michael Schumacher foi para a pista para buscar a pole position e acabou conseguindo tomar a pole com 1:16.303 segundos baixando em 0.083 o tempo de Ayrton Senna assumindo a primeira posição. Classificação do Treino era essa: 1. Schumacher 1:16.303, 2. Senna a 0.083, 3. Alesi a 1.082, 4. Hill a 1.267, 5. Frentzen a 1.550, 6. Morbidelli a 1.655.

Mas Schumacher foi para uma segunda volta rápida e conseguiu baixar o tempo para 1:16.290 e aumentou para 96 milésimos a diferença para Ayrton Senna, Mas o Brasileiro iria para a pista, Já Christian Fittipaldi estava fazendo um belo treino colocando seu carro em 10ºlugar.

Xz6ad33s

Senna foi para a sua primeira volta rápida mesmo com o carro fumando um pouco demais devido ao óleo tocar nas partes quentes do seu carro. Senna fez grande volta colocando 1:16.129 recuperando a pole position, Mas ele partiu para uma nova volta rápida para baixar tempo. Outro que tentava baixar tempo era a Sauber do estreantes Heinz-Harald Frentzen que vinha numa ótima 5ªposição com o motor Mercedes que estreava definitivamente na formula 1.

Senna segundos depois fez a volta em 1:15.962 deixando Schumacher em segundo, Alesi, Hill, Frentzen e Morbidelli completando os 6 primeiros colocados. Já Damon Hill passou a tentar uma volta rápida para tentar um lugar na primeira fila já que teoricamente as Williams seriam os carros dominadores do campeonato, Mas Hill só faz 1:17.554 ficando em 4ºlugar atrás de Senna, Schumacher e Alesi. Os pilotos tentavam melhorar antes da chuva chegar que vinha cada vez mais perto do autódromo. Mika Hakkinen vinha tentando melhorar com o novo motor que era a Francesa Pegueot que queria repetir o sucesso que a Renault tinha na categoria nesse momento.

Hakkinen assustou na primeira parcial, Mas na segunda parcial já se viu que a Mclaren a princípio fica pelo caminho, Logo a chuva chegou e isso fez com que mais nada fosse tentado em Interlagos. Ou seja o Treino acabou e Senna conquistava a 63ªpole da sai carreira. Na parte final do Treino os pilotos da Williams, Benetton e a Sauber de Heinz-Harald Frentzen foram para a pista com a configuração de Chuva, Mas nada que pudesse melhorar os tempos. Apenas para ver Jos Verstappen que rodou 2 vezes no treino e uma delas com chuva e outra quando a chuva chegou.

Afzqdikn

Grid de Largada para o GP do Brasil de Formula 1 de 1994:

Grid de Largada:

Piloto Equipe-Motor Chassi Tempo
1. Ayrton Senna Williams-Renault FW16 2 1:15.962
2. Michael Schumacher Benetton-Ford B194 5 1:16.290
3. Jean Alesi Ferrari 412T1 27 1:17.385
4. Damon Hill Williams-Renault FW16 0 1:17.554
5. Heinz-Harald Frentzen Sauber-Mercedes C13 30 1:17.806
6. Gianni Morbidelli Footwork-Ford FA15 10 1:17.866
7. Karl Wendlinger Sauber-Mercedes C13 29 1:17.927
8. Mika Hakkinen Mclaren-Pegueot MP4-9 7 1:18.122
9. Jos Verstappen Benetton-Ford B194 6 1:18.183
10. Ukyo Katayama Tyrrell-Yamaha 22 3 1:18.194
11. Christian Fittipaldi Footwork-Ford FA15 9 1:18.204
12. Mark Blundell Tyrrell-Yamaha 22 4 1:18.246
13. Erik Comas Larrousse-Ford LH94 20 1:18.321
14. Rubens Barrichello Jordan-Hart 194 14 1:18.414
15. Pierluigi Martini Minardi-Ford M194 23 1:18.659
16. Eddie Irvine Jordan-Hart 194 15 1:18.751
17. Gerhard Berger Ferrari 412T1 28 1:18.855
18. Martin Brundle Mclaren-Pegueot MP4-9 8 1:18.864
19. Olivier Panis Ligier-Renault JS39B 25 1:19.304
20. Éric Bernard Ligier-Renault JS39B 26 1:19.398
21. Johnny Herbert Lotus-Mugen Honda 107C 12 1:19.483
22. Michele Alboreto Minardi-Ford M194 24 1:19.517
23. Olivier Beretta Larrousse-Ford LH94 19 1:19.524
24. Pedro Lamy Lotus-Mugen Honda 107C 11 1:19.975
25. Bertrand Gachot Pacific-Ilmor PR01 34 1:20.729
26. David Brabham Simtek-Ford S941 31 1:21.186
27. Roland Ratzenberger Simtek-Ford S941 32 1:22.707
28. Jean Paul Belmondo Pacific-Ilmor PR01 33 Sem Tempo

 

Qulqiuqy

Em Interlagos Schumacher derrota Senna e conquista vitória diante da Torcida Brasileira

Num dia Nublado em São Paulo até com possibilidades de que ocorresse chuva como ocorreu no treino oficial do sábado, Uma Interlagos lotada torcendo pela 3ªVitória de Ayrton Senna que tinha o carro do ano que era a Williams-Renault e o seu adversário seria Michael Schumacher com a Benetton-Ford que tinha um bom motor, Um belo carro mas que o Alemão não teria ainda constância para ser o campeão do mundo, A Ferrari estaria um pouco mais atrás, A Mclaren com a Parceria com a Pegueot não estaria ainda na ponta e até teria problemas com dois equipes médias como a Sauber e a Jordan que poderiam fazer uma graça e que poderiam tomar pontos da Mclaren como das outras equipes grandes.

Zw9vu4gq

Na largada, Senna largou bem mantendo a liderança com Alesi largando muito bem e tomou o segundo lugar em cima do Schumacher, Hill, Frentzen e Hakkinen completaram os 6 primeiros colocados. Acabou Berger fazendo uma largada fantástica largando do 17ºlugar e no final da primeira volta já estava em 9ºlugar. Barrichello pulou do 14ºlugar para o 11ºlugar, Já a Footwork não foi bem na largada com Morbidelli caindo de 6º para o 10ºlugar e Christian Fittipaldi caindo do 11º para o 14ºlugar.

Schumacher foi para cima de Alesi. Antes mesmo no final da primeira volta Schumacher tentou passar Alesi, conseguiu, Mas tomou o x do piloto Francês. No Final da segunda volta Schumacher passou Alesi e voltou a segunda posição. Já Bertrand Gachot acabou deixando a prova na Segunda volta após um acidente. Na Volta seguinte foi a vez de Olivier Beretta da Larrousse que deixou a corrida por causa de um acidente. Schumacher começaria a tentar uma aproximação em cima de Senna enquanto isso Alesi em 3º ficava com uma distância boa sobre Hill que vinha em 4ºlugar e depois vinha Hakkinen que superou ao estreante Heinz-Harald Frentzen com a Sauber para ficar em 5ºlugar e depois vinham Wendlinger, Berger, Verstappen e Barrichello que tinha se livrado de Morbidelli que saia dos 10 primeiros colocados.

Pv3zqhta

Senna vinha tentando levar o FW16 a quase 300 km por hora na reta oposta vinha na liderança com 4 Voltas completadas com 3.861 na frente de Schumacher que vinha em 2ºlugar, Depois vinham Alesi a 7.626, Hill a 10.254, Hakkinen a 11.625, Frentzen a 12.470 completando os 6 primeiros colocados. No começo da 6ªVolta Gerhard Berger com problemas de motor deixava a prova na mesma volta que Gianni Morbidelli deixava a prova com problemas de Câmbio que até 1993 era o câmbio da TAG e que por causa do preço do Câmbio acabou fazendo com que o dono do time Jackie Oliver desistindo desse câmbio e indo para um câmbio mais barato (A Economia no Investimento custou caro para a Footwork). Com 1:18.953 na 6ªVolta o Alemão Michael Schumacher fazia a melhor volta da prova e começava a tirar a diferença sobre Ayrton Senna de 3.8 para 2.553 segundos.

Michele Alboreto na volta 8 deixaria a corrida sendo o 6ºpiloto em 8 voltas a deixar a prova. Classificação após 8 Voltas: 1. Senna, 2. Schumacher a 2.411, 3.Alesi a 12.744, 4. Hill a 17.093, 5. Hakkinen a 18.343, 6. Frentzen a 19.840. Senna buscava andar forte para não permitir a ultrapassagem quando ele fazia a ultrapassagem sobre Eric Bernard que era o primeiro retardatário. Mesmo com todo o esforço do Senna o Alemão Schumacher fazia o tempo 7 décimos mais rápido que Schumacher na 10ªVolta.

Na 13ªVolta o Motor Pegueot de Mika Hakkinen acaba com problemas e deixou o piloto Finlandês na Mão quando ele vinha em um decente 5ºlugar deixando a dupla da Sauber com o 5º e 6ºlugares mesmo que Wendlinger esteja sendo pressionado pelo piloto Jos Verstappen que vinha com sua Benetton em 7ºlugar. Classificação após 14 Voltas: 1. Senna, 2. Schumacher, 3. Alesi, 4. Hill, 5. Frentzen, 6. Wendlinger, 7. Verstappen, 8. Barrichello, 9. Katayama, 10. Irvine.

Ywhsq8nw

Verstappen continuava no ataque para cima de Wendlinger pois precisava mostrar serviço pois estava substituindo o titular Jyrki Jarvi Lehto que estava se recuperando de um acidente na pré Temporada de 1994, Uma disputa que valia o 6ºlugar acabou indo para o 5ºlugar pois Frentzen que fazia uma bela estreia acabou rodando e deixando a corrida. Enquanto isso Martin Brundle fazia a primeira parada e estava inaugurando a janela de paradas nos boxes.

Na Volta 17, Karl Wendlinger foi para os boxes para a sua primeira parada nos boxes deixando Verstappen em 5ºlugar e o Brasileiro Rubens Barrichello entrava na zona de pontuação. Senna via a sua diferença cair para 1 segundo de diferença. Alesi foi para a parada na volta 18 as paradas ficavam entre 8 a 10 segundos para quem iria fazer 2 paradas, Na 20ªVolta Senna conseguiu colocar o Brundle na frente de Schumacher que demorou um pouco para passar o piloto Inglês que estava com a Mclaren que tinha sobrado na prova. A Jordan fez as paradas com Irvine na volta 19 e Barrichello que vinha em 4ºlugar parou na volta seguinte.

Na Volta 22 Senna e Schumacher foram para os boxes e com uma parada mais rápida (Que ela é explicada depois do incêndio no carro de Jos Verstappen em uma parada no GP da Alemanha) acabou assumindo a liderança da prova e agora era Senna que deveria ir atrás do piloto da Benetton. Mark Blundell com um acidente e Christian Fittipaldi com problemas de Câmbio acabaram deixando a prova na 22ªVolta; A Classificação era a seguinte após a 23 Volta – 1. Schumacher, 2. Senna, 3. Hill, 4. Alesi, 5. Martini, 6. Wendlinger, 7. Barrichello, 8. Comas, 9. Brundle, 10. Irvine. Schumacher estava com 2.5 segundos sobre Ayrton Senna.

W3uvqwl2

A pista estava cheia de destroços na Junção (Se fosse nos tempos de hoje o Safety Car entraria na pista) que estava com a trajetória de dentro da pista. Enquanto isso Schumacher aumentava mais a diferença para Senna. Hill e Martini tentariam uma única parada nos boxes. Enquanto que o Companheiro de Ayrton Senna estava em 3ºlugar e muito bem para o que ele estava propondo enquanto que Martini que estava em 5ºlugar mais vinha na alça de mira de Wendlinger que vinha logo atrás na 6ªposição.

Schumacher e Senna vinham em desempenho impressionante tanto é que antes mesmo da 30ªVolta ambos tinham passado o 5ºcolocado da corrida o Austríaco Karl Wendlinger que tinha por perto o Brasileiro Rubens Barrichello com a Jordan. Schumacher vinha volta a volta aumentando a diferença já para 5.1 segundos sobre Senna pois para Hill que era o 3ºcolocado já estava em 37.8 segundos! Ou seja um abismo entre Senna e Hill e mais ainda entre Schumacher e Hill. Além desses 3 vinha Alesi em 4º como o último dos pilotos que estavam na mesma volta do líder.

Wendlinger e Barrichello disputavam o 5ºlugar na corrida, Mesmo com um motor inferior Barrichello acabou até colocando por fora em cima de Wendlinger. , O piloto Austríaco por dentro acabava por ficar com o 5ºlugar. Na 35ªVolta tivemos um acidente absolutamente impressionante e patético provocado totalmente pelo piloto Eddie Irvine que acabou batendo em Jos Verstappen que acabou batendo em Martin Brundle e depois disso Verstappen capotou e também levou o retardatário Eric Bernard com ele. O Acidente foi colocado sob investigação e nessa investigação acabou a TV Globo ajudou com as imagens. O Veredito dos comissários foi que Irvine foi suspenso por 1 corrida, Mas como ele recorreu e perdeu nessa apelação e acabou tendo sua pena aumentada e triplicada para 3 corridas.

V3rbz2hhGyhnkcdl70cpldltKpjlumlrJsqlg5k8Ibd4fk5wZmn4yy304hblcg97Es4knbtoCcnoflbz

Sob a Organização da corrida eles trabalharam até rápido na retirada dos carros da pista para a grama e evitaram problemas com os outros 13 pilotos que estavam ainda na corrida. A Classificação agora era a seguinte: 1. Schumacher, 2. Senna, 3. Hill, 4. Alesi, 5. Wendlinger, 6. Barrichello, 7. Katayama (acredite), 8. Herbert, 9. Martini, 10. Comas, 11. Lamy, 12. Panis, 13. Brabham.

Schumacher estava a 6.294 segundos na frente de Ayrton Senna isso na volta 43 Hill foi para os Boxes e fizeram 9.6 Segundos na volta 40 e voltou em 3ºlugar na frente de Alesi. Schumacher estava com uma diferença cada vez maior sobre Senna que visivelmente tinha problemas com o FW16 da Williams, Schumacher fazia 297 km/h na reta dos boxes. Na Volta 44 Senna foi para os boxes para fazer sua segunda parada nos boxes assim como Jean Alesi e Karl Wendlinger foi para os boxes para a sua segunda parada nos boxes fazendo com que Barrichello subisse para o 5ºlugar e que Katayama fosse para o 6ºlugar deixando Wendlinger em 7º, Mas tanto o Brasileiro como o piloto Japonês da Equipe Tyrrell teriam que parar para a segunda parada nos boxes, Senna e Alesi voltaram nas mesmas 2º e 4º posições. O Sol começava a aparecer em Interlagos indicando que a Chuva não viria e na volta 45 Schumacher foi para os boxes e a Benetton trabalho de novo melhor do que a Williams.

Schumacher tinha mais de 8 segundos de diferença para Senna que teria que tirar tudo do Williams e algo a mais para tentar chegar em Schumacher. Dai Senna começa uma tentativa de reação e começa a diminuir a vantagem de 7.900 segundo isso marcado após o término da 47ªVolta.

3caokqsy

Katayama fez a parada na volta 47 e Barrichello foi para o Boxes para a segunda parada na 49ªVolta e pela pista dos boxes ser mais curta que o S do Senna ele passou Wendlinger e assumiu o 5ºlugar. Na Volta 51 Senna diminuiu a diferença de 8 segundos para 6.334 segundos e na Volta seguinte Schumacher ver sua diferença diminuir para 5.519 segundos. A Sensação é que ainda dava para Senna procurar passar Schumacher. Classificação após 52 Voltas completadas: 1. Schumacher, 2. Senna, 3. Hill (1 Volta), 4. Alesi (1 Volta), 5. Barrichello (1 Volta), 6. Wendlinger (1 Volta), 7. Katayama (2 Voltas), 8. Herbert (2 Voltas), 9. Comas (2 Voltas), 10.Martini (2 Voltas), 11.Lamy (3 Voltas), 12.Panis (3 Voltas), 13. Brabham (3 Voltas)

Só que na 56ªVolta Senna que tinha baixado a vantagem para 5 segundos na volta anterior acabou rodando na junção muito por tentar tirar uma vantagem considerável com um carro desequilibrado, Mesmo tendo tempo para ainda voltar a prova e ficar com o segundo lugar Senna depois de ajudado pelos Fiscais acabou levando o carro para a grama e abandonado a corrida, Algo aconteceu depois da Rodada o que impediu Senna de continuar na corrida, Possivelmente o Câmbio que já estava com problemas em seu carro.

Com isso Schumacher que tinha um temível adversário um pouco mais atrás dele como Ayrton Senna agora teria toda a tranquilidade do mundo para levar o carro até o final da corrida com Damon Hill a 1 Volta atrás Schumacher nem precisava forçar a Barra para vencer. Alesi passou para ser o 3ºlugar com Rubens Barrichello com a Jordan em 4ºlugar e Wendlinger em 5º com a Sauber e Katayama entrou nos pontos com o seu Tyrrell-Yamaha de forma surpreendente já que a Tyrrell foi a pior equipe de 1993 pior mesmo que a Lola-Ferrari da BMS Scuderia Italia iria pontuar de novo. Herbert em 7º ficava torcendo para alguém na frente para levar sua Lotus para a zona de pontuação após quase ter levado a equipe ao Pódio em 1993. Martini com 1 parada apenas, Comas, Lamy, Panis e Brabham.

Barrichello tentava diminuir a diferença e até conseguiu tirar 5 segundos em poucas voltas, O Carro da Jordan-Hart rendia mais que a poderosa Ferrari que não vinha gigante, mas que não vinha na pindaíba de 1992 e 1993 (Até porque era o começo de trabalho de Jean Todt na tradicional Ferrari). Mas com umas 10 voltas para o final era pouco tempo.

Si9xhqrf

Na Reta final da corrida Katayama foi para cima de Wendlinger que tinha um carro que prometia como a Sauber-Mercedes para buscar o 5ºlugar e ele conseguiu isso a 3 voltas do final levando a equipe de Ken Tyrrell de volta a zona de pontuação depois de um 1993 em branco. Alesi apesar de perder diferença para Rubens Barrichello acabou conseguindo administrar sua diferença para garantir o último lugar no pódio.

Michael Schumacher com um final de prova tranquilo acabou conquistando sua 3ªVitória na Formula 1 e a primeira vitória no Brasil e deu o aviso que seria o grande adversário de Senna em 1994. Se tivesse tido essa briga até o final e se a prova de San Marino fosse adiada possivelmente veríamos essa disputa entre o jovem piloto da Benetton e o consagrado e considerado o maior de todos os tempos na história do Automobilismo Mundial que não tinha o melhor carro devido à retirada da ajuda eletrônica que foi proibida para essa temporada. Damon Hill com a Williams acabou fazendo o que poderia se esperar dele ficando em 2ºlugar e Alesi completou o pódio em 3ºlugar.

Rubens Barrichello começava o ano com um belíssimo 4ºlugar com a Jordan que prometia um belo ano, Ukyo Katayama que acabou 1993 como trapalhão e lento acabou se mostrando um piloto rápido com a Tyrrell-Yamaha levando pontos depois de um terrível ano de 1993 e Wendlinger com um frustrante 6ºlugar com a Sauber-Mercedes. Herbert com a Lotus-Mugen Honda bateu na trave nos pontos em 7ºlugar. E depois veio Martini, Comas, Lamy, Panis e Brabham completando os 12 pilotos que terminaram a corrida.

Ghosc1vc

Schumacher escreveria uma bela história em Interlagos, A primeira de 4 vitórias que ele teve em terras brasileiras e a 3ª de 91 Vitórias em sua carreira na Formula 1.

Resultado Final do GP do Brasil de 1994

Fotos:

 

View post on imgur.com

Vídeos:

2ºTreino Oficial:

Corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Bestlap/Formel1mic
Vídeos: ThePizZaGeRmAnY / mrviniciusf195

F1 Ferrari 2015 Force India 2015 Formula 1 Formula 1 - 2015 Fotos Lotus 2015 Manor 2015 Mclaren 2015 Mercedes 2015 Opinião Red Bull 2015 Sauber 2015 Toro Rosso 2015 Williams 2015

Rosberg conquista vitória em Interlagos pela segunda vez seguida e conquista o vice-campeonato numa atuação soberba

Published by:

Num domingo em que se esperava uma corrida de muita disputa no Circuito de Interlagos acabou tendo um dia de disputas muito boas, Mas não de muitas ultrapassagens. Nico Rosberg segurou a Lewis Hamilton e conseguiu a sua 5ªVitória nessa temporada e mais importante do que conquistar o vice-campeonato foi o fato de impedir Hamilton de vencer no Brasil, Algo que ele nunca fez em sua carreira e que não foi nesse ano que ele conseguiu fazer tal façanha de vencer na casa do seu ídolo Ayrton Senna.

Largada impressionante de Bottas

Largada impressionante de Bottas

Na Largada não ocorreram muitas mudanças, apenas a Belíssima largada de Valtteri Bottas que partindo do 7ºlugar acabou ultrapassando a Kvyat e a Hulkenberg (Que perdeu posição para o piloto da Red Bull) e assumiu o 5ºlugar. Rosberg, Hamilton, Vettel e Raikkonen mantiveram a suas posições. Depois vindo Bottas, Kvyat, Hulkenberg, Massa, Perez e Verstappen, Nasr subiu para o 12ºlugar. Na primeira parte de corrida Nasr nas primeiras voltas chegou a passou a Grosjean no entanto o francês que corrida sob luto pelos barbaros atentados em Paris passou pelo piloto Brasileiro recuperando a posição e voltas depois o piloto da Lotus começou a chegar na disputa pelo 9ºlugar com o Perez e o Verstappen.

O primeiro a parar foi Daniel Ricciardo que estava lá atrás na 4ªVolta, Na janela Normal foi Hulkenberg o primeiro a fazer a parada nos boxes e acabou se dando bem pela parada, Fazendo a parada antes de Kvyat que fez a troca na volta 11 assim como o Brasileiro Felipe Massa o piloto Alemão pode dar uma volta bem rápida e conseguiu tomar posição em cima do Russo.

Hamilton Buscou a vitória

Hamilton Buscou a vitória

Os líderes pararam na volta 14 com Rosberg e Vettel sendo que o piloto da Mercedes não teve um trabalho muito bom de sua equipe, Era a chance de Hamilton assumir a liderança da prova, Na Volta 15 Hamilton fez a primeira parada, Mas ela acabou sendo uma parada um pouco menos pior que a de Rosberg o que impossibilitou a Hamilton passar Rosberg que continuou na liderança da prova. Mas Hamilton voltou perto de Rosberg e a partir dai Hamilton começou a tentar seguir a Rosberg para buscar a ultrapassagem, Enquanto isso Maldonado Resistia na pista em 6ºlugar sem ter trocado nos pneus.

Se Hamilton não estava tendo sucesso em Alcançar Rosberg o Jovem Max Verstappen disputando posição com Perez por fora no S do Senna o melhor estreante do ano fez uma arrojada ultrapassagem sobre Perez que perdeu posição para Grosjean. Total lucro para o piloto da Toro Rosso. Na 26ªVolta o Venezuelano Pastor Maldonado foi para os Boxes para colocar os pneus mais macios e dai ele começou a voar na pista, A tática do piloto Venezuelano era clara, Levar o carro até o final da corrida com 2 jogos de pneus Macios, 45 voltas com 2 jogos de pneus macios seria difícil de conseguir, Mas dando certo poderia levar o piloto da Lotus para os pontos sem dúvida nenhuma.

Mas a corrida foi inteiramente de Nico Rosberg

Mas a corrida foi inteiramente de Nico Rosberg

Rosberg aos Poucos começou a se distanciar sobre o tricampeão Hamilton, Os dois partiam para a parada nos boxes com Rosberg fazendo primeiro a parada na volta 34, Hamilton sem condições de fazer uma volta rápida foi para os boxes na volta seguinte e com isso Rosberg continuou na liderança da prova. Já Maldonado acabou na metade da corrida acertando a traseira de Marcus Ericsson que foi para os boxes para trocar os pneus, Com o acidente o piloto da Sauber perdeu tempo demais na corrida, teve sorte por continuar na corrida mesmo que muito lá atrás.

Mas Maldonado foi ganhando muitas posições chegando a ficar em 7ºlugar, Mas acabou depois perdendo rendimento devido ao desgaste dos pneus mais macios. Conforme a corrida foi acontecendo se notou que as Mercedes estavam muito na frente da concorrência com Vettel sendo o único a tentar chegar nos pilotos da Mercedes, Já Raikkonen não tinha rendimento para andar no nível do Vettel. Já Felipe Massa tentou se aproximar do Kvyat na disputa pelo 7ªlugar, Mas no final de semana inteiro o piloto da Williams viveu o problema de um carro nitidamente desequilibrado não conseguiu realizar uma corrida compatível com o seu histórico em Interlagos.

A Mercedes mudou sua tática para 3 paradas no Boxes, Mas a situação da prova em nada mudou, e Hamilton ao invés de tentar se aproximar de Rosberg acabou no final da prova o piloto Alemão aumentasse a diferença que ele tinha enquanto Hamilton com os desgaste dos pneus acabou ficando mais para Vettel do que para tentar passar Nico Rosberg.

Nico Rosberg num dia soberbo conquistou a sua vitória de número 13 em sua carreira, a 2ª no Brasil e a 5ªvitória na temporada garantido o vice-campeonato após essa conquista com Hamilton na segunda posição que vai ter de tentar em 2016 vencer o GP do Brasil, Terra do seu ídolo Ayrton Senna que é o que ele almeja a muito tempo e que até agora ele não consegue. O pódio foi completado pelo Alemão Sebastian Vettel com a Ferrari numa corrida em que ele tentou buscar as Mercedes, Mas não teve equipamento para competir com as flechas prateadas da equipe Alemã.

Kimi Raikkonen com duas paradas nos boxes ficou muito longe de Vettel numa corrida sem nenhum brilho ficando em 4ºlugar. Valtteri Bottas que teve um final de semana muito mais feliz que Felipe Massa fazendo uma bela largada ficando em 5ºlugar ficando a 1 Volta do vencedor com 2 paradas apenas, Nico Hulkenberg fazendo grande corrida ficando na frente de Daniil Kvyat com a Red Bull chegando em 6ºlugar.

Um final de semana para esquecer a Felipe Massa e também a Desclassificação injusta do piloto Brasileiro acabou não teve um desempenho Ruim no final de semana inteiro.

Um final de semana para esquecer a Felipe Massa e também a Desclassificação injusta do piloto Brasileiro acabou não teve um desempenho Ruim no final de semana inteiro.

Se já não bastasse a Felipe Massa o desempenho ruim que ele teve que não acredito que tenha sido por problema do piloto mas muito mais do carro o piloto acabou sendo excluído da corrida por causa da Regra dos pneus de um dos pneus estarem a 137º Graus quando o máximo de temperatura era de 110ºgraus e tinha 0,1psi menor do que o permitido, A Williams afirmou que vai apelar da Decisão. Já tivemos um caso igual na Itália com os pneus de Lewis Hamilton ficou nessa mesma situação de pneu abaixo da da pressão exigida, Mas a equipe acabou sendo poupada isso porque a equipe mediu a pressão que pelos equipamentos da equipe acabou dando a pressão dentro da Regra e foi nesse caso da Williams.

Agora não entendo esse tipo de regra de dois pesos, Duas medidas. A Regra primeiro lugar já tá errada a regra implantada no meio da temporada e segundo a Regra patética não punir a Hamilton e Punir Felipe Massa. Para mim essa punição é absurda e espero que voltem atrás na Decisão, Não pelos pontos e pela posição do piloto Brasileiro e nem porque o Massa é Brasileiro. Mas sim porque é uma falta de noção punir um piloto com uma regra aonde provas antes um outro piloto que ganhou a corrida e com a mesma violação ele foi poupado, Para mim ambos deveriam ser inocentados e a FIA e Pirelli deveriam ser punidas por essa regra feita de maneira ridícula.

Com isso Romain Grosjean ficou em 8ºlugar com a Lotus fazendo uma bela corrida de recuperação assim como Pastor Maldonado que conseguiu entrar nos pontos devido a exclusão de Massa da corrida. No meio dele veio o Holandês Max Verstappen que foi um dos mais combatíveis pilotos da prova com uma grande ultrapassagem sobre Pastor Maldonado acabando a corrida em 9ºlugar.

Quem não foi bem foi o Piloto Sergio Perez que ficou longe demais de Hulkenberg ficando de fora dos pontos em 12ºlugar atrás de Daniel Ricciardo que teve uma corrida problemática e mesmo conseguindo um bom avanço na corrida acabou a 1 posição dos pontos ficando em 11ºlugar, Felipe Nasr sofreu com os problemas de pneus já que a sua Sauber não tem bom rendimento com apenas duas paradas nos boxes sendo o 13ºlugar foi tudo que foi possível para o piloto que fez sua estreia em  corridas no Brasil como foi o caso do Nasr, Mas pelo menos ele ficou bem na frente de Ericsson que ficou atrás das Fraquíssimas Mclaren com os motores Honda com Button e Alonso ficando apenas na Frente de Ericsson e dos pilotos da Manor que diferente das provas anteriores dessa vez Will Stevens superou a Alexander Rossi que devido a compromissos da GP2 em Abu Dhabi acabou sendo sua última participação na temporada já que em Abu Dhabi Roberto Merhi volta ao Cockpit do carro da equipe Inglesa.

Rosberg é o Vice-campeão da Temporada de 2015 da Formula 1 após a corrida em Interlagos.

Rosberg é o Vice-campeão da Temporada de 2015 da Formula 1 após a corrida em Interlagos.

Daqui a 2 semanas teremos a última etapa do campeonato de 2015 da Formula 1 com a etapa da Abu Dhabi nos Emirados Árabes Unidos o que será mais uma corrida amistosa já que as principais disputas do campeonato já foram decididas e as que ainda existem só por posições menores no Mundial de Pilotos e de Construtores.

Classificação após 71 Voltas
Piloto Número Equipe-Motor Chassis Voltas Tempo Grid de Largada Pontos
1. Nico Rosberg 6 Mercedes F1 W06 Hybrid 71 1:31:09.090 1 25
2. Lewis Hamilton 44 Mercedes F1 W06 Hybrid 71 a 7.756 2 18
3. Sebastian Vettel 5 Ferrari SF15-T 71 a 14.244 3 15
4. Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF15-T 71 a 47.543 4 12
5. Valtteri Bottas 77 Williams-Mercedes FW37 70 a 1 Volta 7 10
6. Nico Hulkenberg 27 Force India-Mercedes VJM08 70 a 1 Volta 5 8
7. Daniil Kvyat 26 Red Bull-Renault RB11 70 a 1 Volta 6 6
Felipe Massa 19 Williams-Mercedes FW37 70 Desclassificado 8
8. Romain Grosjean 8 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 70 a 1 Volta 14 4
9. Max Verstappen 33 Toro Rosso-Ferrari STR10 70 a 1 Volta 9 2
10. Pastor Maldonado 13 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 70 a 1 Volta 15 1
11. Daniel Ricciardo 3 Red Bull-Renault RB11 70 a 1 Volta 19
12. Sergio Perez 11 Force India-Mercedes VJM08 70 a 1 Volta 11
13. Felipe Nasr 12 Sauber-Ferrari C34 70 a 1 Volta 13
14. Jenson Button 22 Mclaren-Honda MP4-30 70 a 1 Volta 16
15. Fernando Alonso 14 Mclaren-Honda MP4-30 70 a 1 Volta 20
16. Marcus Ericsson 9 Sauber-Ferrari C34 69 a 2 Voltas 12
17. Will Stevens 28 Manor-Ferrari MR03 67 a 4 Voltas 18
18. Alexander Rossi 53 Manor-Ferrari MR03 67 a 4 Voltas 17
Carlos Sainz 55 Toro Rosso-Ferrari STR10 0 Abandonou 10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Williams/Manor

F1 Ferrari 2015 Force India 2015 Formula 1 Formula 1 - 2015 Fotos Lotus 2015 Manor 2015 Mclaren 2015 Mercedes 2015 Red Bull 2015 Sauber 2015 Toro Rosso 2015 Williams 2015

Em Interlagos Nico Rosberg conquista a quinta pole seguida e impede de novo 50ªpole de Hamilton

Published by:

Nico Rosberg quer de uma vez por todas definir não só o vice-campeonato em suas mãos como mostrar ao seu companheiro de equipe Lewis Hamilton de que pode sim vim a ser um dos grandes adversários do piloto Tricampeão mundial para a temporada de 2016. Em um final de semana de muito calor em Interlagos o Alemão na hora decisiva por questão de milésimos acabou levando a 6ªpole position nessa temporada sendo que essa é a 5ª pole seguida desde do GP do Japão que só dá Nico Rosberg na Pole position.

Os pilotos demoraram um pouco para irem para a pista no Q1 para fazerem seus tempos, Nem todos conseguiram fazer um tempo, O Espanhol Fernando Alonso que já teve problemas no dia de ontem acabou tendo problemas hoje de novo ficando pelo caminho e já colocando uma Mclaren fora de Combate. Com 4 vagas em disputa com 3 delas já praticamente tendo seus donos que eram Stevens e Rossi com a Manor e provavelmente a Jenson Button com a outra Mclaren o último dos eliminados seria definido nos minutos finais. Ambos os pilotos Brasileiros correram algum risco de cair fora no Q1, Felipe Massa acabou sendo atrapalhado em uma de suas últimas voltas pelo estreante Felipe Nasr que afirmou que a equipe não o avisou de forma correta que vinha um carro tentando se colocar no Q2 com uma volta rápida.

Brasil_sabado_Qualify (2)

Ao final do Q1 ambos os Brasileiros passaram para o Q2, Acabou de forma surpreendente o piloto Pastor Maldonado sendo eliminado juntos dos carros da Mclaren e da Manor e de certo modo a Sauber conseguiu levar os seus dois pilotos para o Q2.

Classificação do Q1:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:11.682
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:11.746
3 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:12.185
4 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:12.240
5 27 Nico Hulkenberg (Force India) 1:12.595
6 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing) 1:12.639
7 26 Daniil Kvyat (Red Bull Racing) 1:12.730
8 33 Max Verstappen (Toro Rosso) 1:12.824
9 77 Valtteri Bottas (Williams) 1:12.934
10 19 Felipe Massa (Williams) 1:12.980
11 8 Romain Grosjean (Lotus) 1:13.056
12 12 Felipe Nasr (Sauber) 1:13.111
13 11 Sergio Perez (Force India) 1:13.140
14 55 Carlos Sainz (Toro Rosso) 1:13.267
15 9 Marcus Ericsson (Sauber) 1:13.346
16 13 Pastor Maldonado (Lotus) 1:13.385
17 22 Jenson Button (McLaren) 1:13.425
18 53 Alexander Rossi (Marussia) 1:16.151
19 28 Will Stevens (Marussia) 1:16.283

Brasil_sabado_Qualify (4)

No Q2 tudo ficou mais apertado com exceção da Mercedes e Ferrari que tinham vaga praticamente certa para o Q3 sem muito esforço, Mas para Felipe Massa foi um sufoco passar para o Q3, O piloto da Williams certamente esta vivendo muito mais problemas do que seu companheiro de equipe Valtteri Bottas que passou com muito mais facilidade para a parte final do Treino, A Vaga do piloto Brasileiro acabou se confirmando sendo o 10ºlugar esperando até a volta final do Carlos Sainz jr. que só ficou de fora do Q3 por causa da pouca potência do motor Renault em relação a Williams com os motores Renault. Acabou o Treino sendo positivo para Felipe Nasr que ficou a 1 posição de chegar ao Q3. Mas pelo incidente ainda no Q1 Nasr vai largar em 14ºlugar, A Eliminação de Sergio Perez também é algo surpreendente, Os outros Eliminados do Q3 foram Sainz jr., Grosjean que rodou no final do Treino com a Lotus que sobrou no Q2 e Ericsson com a Sauber. Passaram para o Q3, Hamilton, Rosberg, Vettel, Raikkonen, Bottas, Massa, Hulkenberg, Verstappen, Kvyat e Ricciardo.

Classificação do Q2:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:11.665
2 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:11.928
3 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:12.213
4 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:12.243
5 77 Valtteri Bottas (Williams) 1:12.374
6 27 Nico Hulkenberg (Force India) 1:12.485
7 26 Daniil Kvyat (Red Bull Racing) 1:12.527
8 33 Max Verstappen (Toro Rosso) 1:12.712
9 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing) 1:12.825
10 19 Felipe Massa (Williams) 1:12.858
11 12 Felipe Nasr (Sauber) 1:12.989
12 55 Carlos Sainz (Toro Rosso) 1:13.045
13 11 Sergio Perez (Force India) 1:13.147
14 9 Marcus Ericsson (Sauber) 1:13.233
15 8 Romain Grosjean (Lotus) 1:13.913

Nasr fez um grande treino em Interlagos.

Nasr fez um grande treino em Interlagos.

No Q3 a disputa ficou polarizada entre Rosberg e Hamilton pela pole position, O piloto Inglês lutou como nunca para buscar a pole 50 da sua carreira, Mas o dia era de Rosberg, Ele fez o melhor tempo na primeira tentativa e na tentativa final ele baixou o tempo para o 1:11.282 o que foi o bastante para acabar o vice-líder do campeonato a conquistar a pole do GP do Brasil de 2015 e impedir mais uma vez que Hamilton conquistasse a pole 50 que ele persegue desde do GP de Cingapura sem sucesso. A Segunda Fila será dos pilotos da Ferrari com Sebastian Vettel que ficou longe de disputar a pole position e de Kimi Raikkonen que em em busca de uma reabilitação sem conseguir um bom resultado faz algumas corridas (Sem pódio a 4 corridas) E foi beneficiado pela punição de 3 posições a Valtteri Bottas pelo mesmo motivo de Nasr, Atrapalhar um piloto em sua volta rápida, Bottas caiu para o 7ºlugar e forma a 4ªFila com Felipe Massa que esta longe de ter um desempenho como de Valtteri Bottas que teve um desempenho bem melhor que o Brasileiro no final de semana inteiro, Na 3ªFila largam o  campeão das 24 Horas de Le mans o Alemão Nico Hulkenberg que tem um Carro da Force India que vem andando muito bem na melhor temporada da equipe na Formula 1 e de Daniil Kvyat que passa a ser a esperança da Red Bull na corrida isso por que Daniel Ricciardo acabou penalizado em 10 posições no Grid de largada por fazer uma troca de motor Excedente o que leva o piloto Australiano para o 19ºlugar fechando o Grid com o Espanhol Fernando Alonso.

Brasil_sabado_Qualify (3)

Fechando os 10 primeiros na 5ªFila teremos os dois pilotos da Toro Rosso com o Holandês Max Verstappen e O Espanhol Carlos Sainz Jr. Nasr larga na 13ªposição atrás de Sergio Pérez com a Force India que acaba sendo uma das decepções do Treino e de Marcus Ericsson que larga logo na frente do piloto Brasileiro na luta direta da Sauber, E Depois vem Grosjean, Maldonado com a Lotus que já não tem mais o que evoluir devido a falta de dinheiro, Button com a Mclaren-Honda que esta mal desde do começo da temporada, De Rossi e de Stevens com a Manor que esta em processo de mudanças na sua parte técnica para a temporada de 2016 e Ricciardo e Alonso que ficou a primeira parte do Treino tomando Banho de Sol e pensando na sua atual situação. Não seria absurdo falar que Alonso pode estar fazendo sua penúltima corrida na Formula 1 pois não tenho certeza de que ele vai correr em 2016 na Mclaren-Honda.

Grid de Largada
Piloto Número Equipe-Motor Chassi Tempo Etapa
1. Nico Rosberg 6 Mercedes F1 W06 Hybrid 1:11.282 Q3
2. Lewis Hamilton 44 Mercedes F1 W06 Hybrid 1:11.360 Q3
3. Sebastian Vettel 5 Ferrari SF15-T 1:11.804 Q3
4. Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF15-T 1:12.144 Q3
5. Nico Hulkenberg 27 Force India-Mercedes VJM08 1:12.265 Q3
6. Daniil Kvyat 26 Red Bull-Renault RB11 1:12.322 Q3
7. Valtteri Bottas 77 Williams-Mercedes FW37 1:12.085 Q3
8. Felipe Massa 19 Williams-Mercedes FW37 1:12.415 Q3
9. Max Verstappen 33 Toro Rosso-Renault STR10 1:12.739 Q3
10. Carlos Sainz 55 Toro Rosso-Renault STR10 1:13.045 Q2
11. Sergio Perez 11 Force India-Mercedes VJM08 1:13.147 Q2
12. Marcus Ericsson 9 Sauber-Ferrari C34 1:13.233 Q2
13. Felipe Nasr 12 Sauber-Ferrari C34 1:12.989 Q2
14. Romain Grosjean 8 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 1:13.913 Q2
15. Pastor Maldonado 13 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 1:13.385 Q1
16. Jenson Button 22 Mclaren-Honda MP4-30 1:13.425 Q1
17. Alexander Rossi 53 Manor-Ferrari MR03 1:16.151 Q1
18. Will Stevens 28 Manor-Ferrari MR03 1:16.283 Q1
19. Daniel Ricciardo 3 Red Bull-Renault RB11 1:12.417 Q3
20. Fernando Alonso 14 Mclaren-Honda MP4-30 Sem Tempo Q1

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Force India/Williams/Sauber/Mclaren