Argentinos massacraram a concorrência no 5ºdia dos Quadriciclos

Mais um dia de massacre Argentino nesse 5ºestágio do Dakar, Que acabou com a vitória do líder na Geral Nicolas Cavigliasso que se mostra cada vez mais e mais favorito ao título de 2019 nos Quadriciclos.

Nicolas Cavigliasso partiu na liderança, Com 48 segundos a frente de Gustavo Gallego que abre apenas 3 segundos de frente para Manuel Andujar. O trio argentino vinha a frente de Alexandre Giroud. O único europeu que conseguia ser competitivo a altura dos pilotos Argentinos. Santiago Hansen e Jeremias Ferioli completavam os 6 primeiros colocados. Muito longe deles vinha Emilio Choy em 7º (6 minutos e 19 segundos atrás) e Mattarucco em 8ºlugar.

No 2ºSetor, Gavigliasso aumentou sua vantagem para 1 minuto e 7 segundos a frente de Manuel Andujar. Alexandre Giroud da França vinha a 8 segundos atrás de Andujar e 3 segundos a frente de Jeremias Gonzales Ferioli. Aliás do 4º para o 8ºlugar só tinha Argentino: Gustavo Gallego e Santiago Hansen vinha disputando o 5ºlugar, 1 segundo atrás. Gaston Ariel Mattarucco vinha em 7º e Julio Estanguet em 8ºlugar, Com vantagem de apenas 6 segundos do Polonês Kamil Wisniewski. Luis Barahona completava os 10 primeiros lugares.

No WP3, Nicolas Cavigliasso continuava a liderar com 1 minuto e 51 segundos de frente para Andujar. O terceiro lugar continua sendo de Alexandre Giroud da França. Sem qualquer mudança nas outras posições. Só salientar que os 6 primeiros lugares completados por Ferioli, Gallego e Hansen vinham separados por apenas 3 minutos e 7 segundos.

No 4ºsetor da prova, Ficou escancarado o total domínio dos Argentinos. Os 6 primeiros colocados estavam nas mãos deles. Nicolas Cavigliasso abriu 3 minutos e 59 segundos para Gustavo Gallego. Em terceiro lugar era Santiago Hansen vinha disputando essa posição com Jeremias Gonzalez Ferioli. Andujar e Mattarucco completava o domínio dos Argentinos. O Francês Alexandre Girold caiu do 3º para o 7ºlugar, Kamil Wisniewski, Luis Barahona e Julio Estanguet completava os 10 primeiros lugares.

No 5ºSetor, Cavigliasso aumenta a liderança para 6 minutos e 41 segundos sobre Jeremias Ferioli, que passou do 4º para o segundo lugar. Superados pelo vice-líder na Geral estavam os pilotos Gustavo Gallego e Santiago Hansen separados por 32 segundos.

Manuel Andujar completa os 5 primeiros lugares. Giroud superou Mattarucco ganhando o 6ºlugar. Wisniewski, Barahona e Estanguet mantiveram suas posições ao final do Estágio.

Cavigliasso não só manteve a ponta como ampliou sua vantagem para Jeremias Gonzalez Ferioli e acabou conquistando a vitória de número 4 em 5 etapas do Dakar em 2019. Se nada acontecer até o final. Ele é um seríssimo candidato a vitória na Geral. 14 minutos e 27 segundos depois chegou Jeremias Gonzalez Ferioli. Gustavo Gallego chegou em 3ºlugar. Completando o Massacre Argentino chegaram Santiago Hansen e Manuel Andujar.

O primeiro não Argentino foi o Francês Alexandre Girold, Com 52 minutos e 54 segundos atrás do Vencedor, Mas longe ainda Kamil Wisniewski chegou em 7ºlugar a 1 hora, 20 minutos e 39 segundos. Emilio Choy, Luis Barahona e Martin Sarquiz fecharam os Top 10.

Resultado final da 5ªEtapa do Dakar – Quadriciclos

pospilotoPaisEquipeVeiculoTempo
1240Nicolas CavigliassoArgentinaDrag’on Rally TeamYamaha YFM700R05H 08′ 11”
2241Jeremias Gonzalez FerioliArgentinaFerioli Racing TeamYamaha Raptor 700+ 00H 14′ 27”
3257Gustavo GallegoArgentinaGustavo Gallego CompeticionYamaha Raptor 700+ 00H 16′ 07”
4264Santiago HansenArgentinaNosiglia SportHonda TRX700XX+ 00H 22′ 33”
5273Manuel AndujarArgentina7240 TeamYamaha Raptor 700+ 00H 27′ 47”
6250Alexandre GiroudFrançaTeam GiroudYamaha YFZ 700+ 00H 52′ 54”
7255Kamil WisniewskiPolôniaKamil WisniewskiCAN-AM Renegade 850XXC+ 01H 20′ 39”
8262Emilio ChoyPeruECM Racing TeamYamaha Raptor 700+ 01H 43′ 34”
9269Luis BarahonaChileLB Rally AnofagastaYamaha Raptor 700+ 01H 51′ 59”
10254Martin SarquizArgentinaDKR TeamCAN-AM 800 R+ 01H 54′ 13”

Classificação Geral

pospilotoPaisEquipeVeiculoTempo
1240Nicolas CavigliassoArgentinaDrag’on Rally TeamYamaha YFM700R20H 57′ 30”
2241Jeremias Gonzalez FerioliArgentinaFerioli Racing TeamYamaha Raptor 700+ 00H 49′ 30”
3257Gustavo GallegoArgentinaGustavo Gallego CompeticionYamaha Raptor 700+ 01H 05′ 26”
4250Alexandre GiroudFrançaTeam GiroudYamaha YFZ 700+ 02H 01′ 53”
5264Santiago HansenArgentinaNosiglia SportHonda TRX700XX+ 02H 41′ 15”
6255Kamil WisniewskiPolôniaKamil WisniewskiCAN-AM Renegade 850XXC+ 04H 29′ 46”
7273Manuel AndujarArgentina7240 TeamYamaha Raptor 700+ 05H 31′ 59”
8260Kamil WisniewskiPolôniaKamil WisniewskiCAN-AM Renegade 850XXC+ 05H 32′ 08”
9254Martin SarquizArgentinaDKR TeamCAN-AM 800 R+ 05H 35′ 26”
10269Luis BarahonaChileLB Rally AnofagastaYamaha Raptor 700+ 05H 42′ 18”

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Nicolas Cavigliasso conquista 3ªvitória em 4 Especiais e lidera com tranquilidade na Classificação Geral

Pela terceira vez em 4 Especiais, A vitória ficou com Nicolas Cavigliasso, Que lidera a classificação em Geral. A partir do 5ªsetor de cronometragem o Argentino pegou a liderança de Tomas Kubiena e acabou não perdendo mais a vitória. Foram 5 Argentinos nas 6 primeiras posições. Um Domínio do País nesse Dakar.

No primeiro setor de prova, Gustavo Gallego assume a liderança, Com 47 segundos a frente de Nicolas Cavigliasso que vinha em 2ºlugar, Pressionado por Alexandre Giroud que vinha 8 segundos atrás do líder da classificação geral. Manuel Anjudar vinha 8 segundos atrás do Francês em 4ºlugar. Completando os 5 primeiros vinha o Tcheco Tomas Kubiena da Ibos Hawk. Jeremias Gonzalez Ferioli vinha na 6ªposição. 1 minuto e 54 segundos atrás de Gallego. Sanabria Galeano vinha em 7º. Completando os 10 primeiros: Santiago Hansen, Julio Estanguet e Martin Sarquiz.

De forma surpreendente a liderança no 2ºSetor de Cronometragem passou paara as mãos do Tcheco Tomas Kubiena, Pela primeira vez a Ibos Hawk na liderança do Dakar. Gustavo Gallego vinha em 2ºlugar a 46 segundos atrás do líder e 13 segundo atrás de Giroud que manteve o 3ºlugar. Cavigliasso caiu do 2º para o 4ºlugar e Manuel Andujar caiu do 4º para o 5ºlugar. 9 Segundos depois vinha Jeremias Ferioli. A única modificação depois disso foi Martin Sarquiz tomando o 9ºlugar das mãos de Julio Estanguet.

Kubiena aumentou um pouco a sua vantagem na liderança, Terminando o 3ºsetor com 1 minuto e 7 segundos a frente de Gustavo Gallego. O Argentino vinha com 2 segundos de vantagem para Alexandre Giroud que vinha colado para abocanhar o segundo lugar do Hermano. Os Argentinos Nicolas Cavigliassno, Manuel Andujar e Jeremias Gonzalez Ferioli vinham logo a seguir. Sanabria Galeano, Hansen, Sarquz e Estanguet continuavam em suas posições do 2ºsetor.

O Tcheco Tomas Kubiena continua líder no 4ºSetor da Especial, Seguido pelo Francês Alexandre Giroud por 1 minuto e 20 segundos atrás. E 36 segundos a frente de Gustavo Gallego que mantem-se na frente de Nicolas Cavigliasso, Líder do Dakar vinha 3 minutos e 6 segundos atrás do ponteiro. Jeremias Ferioli completava os 5 primeiros lugares. Manuel Andujar vinha em 6ºlugar. Os 10 primeiros colocados estavam colocados 7 pilotos Argentinos. Completando a lista vinham Santiago Hansen, Martin Sarquiz e Julio Estanguet fechando os Top 10. Sanabria Galeano vinha entre eles na 7ªposição.

A liderança muda de mãos no 5ºSetor, Kubiena acaba perdendo tempo e Giroud assumiu a liderança, Com Nicolas Gavigliasso subindo do 4º para o segundo lugar. E o melhor de tudo, 11 segundos atrás do Francês. Poderia o Argentino encaminhar uma 3ªvitória em 4 etapas nos Quadriciclos. Jeremias Gonzalez Ferioli vinha 2 minutos e 6 segundos atrás da liderança em 3ºlugar. Tomas Kubiena vinha em 4ºlugar, Agora a 3 minutos e 31 segundos atrás de Giroud. Gustavo Gallego caiu do 2º para o 5ºlugar. Andujar, Hansen, Sanabria Galeano, Wisniewski e Estanguet completava os 10 primeiros lugares.

No WP6, Nicolas Cavigliasso assumiu a liderança, Com 50 segundos a frente do francês Alexandre Giroud. 1 minuto depois do francês vinha Jeremias Ferioli em 3ºlugar. OS 3 primeiros colocados vinham longe de Manuel Andujar e de Gustavo Gallego. Os dois argentinos disputavam o 4ºlugar com 10 segundos de diferença entre os dois. Kubiena caiu demais e vinha em 6ºlugar.

Santiago Hansen já vinha a 14 minutos e 39 segundos atrás em 7ºlugar. Sanabria Galeano, Wisniewski e Estanguet mantiveram suas posições entre os 10 primeiros colocados.

No 7ºSetor, Cavigliasso aumenta um pouco mais a vantagem para Gonzalez Ferioli para 1 minuto e 14 segundos. A vitória ainda estava ao alcance do piloto Francês Alexandre Giroud, Que vinha em 3ºlugar(2 minutos atrás do líder). Já mais longe em 4ºlugar vinha Manuel Andujar, 8 minutos e 18 segundos do líder e 6 minutos e 18 segundos atrás do 3ºcolocado. Gustavo Gallego completava os 5 primeiros (10 Minutos atrás da liderança). Santiago Hansen vinha em 6º seguido de Kubiena, Sanabria Galeano, Estanguet e Wisnieski.

No penúltimo setor, Nicolas Cavigliasso aumentou a sua vantagem na liderança, Com 2 minutos e 24 segundos encaminhava para a vitória no Estágio. Jeremias Ferioli em 2º e Alexandre Giroud em 3º (a 3 minutos e 27 segundos) ainda buscavam uma chance de vencer o líder na classificação geral. Manuel Anjudar, Gustavo Gallego e Santiago Hansen vinham em 4º, 5º e 6ºlugar. Entre os 6 primeiros colocados, 5 eram argentinos. Um completo domínio dos Hermanos.

Nicolas Cavigliasso confirmou a 3ªvitória em 4 especiais no Dakar, Uma vitória que consolida mais ainda na liderança na Geral. O Seu principal Rival Jeremias Gonzalez Ferioli completou a prova 5 minutos e 11 segundos atrás do vencedor. O terceiro lugar acabou o Francês Alexandre Giroud, Com 9 minutos e 35 segundos atrás do Vencedor. OS próximos 3 pilotos que acabaram a prova são todos Argentinos: Manuel Andujar (a 14 minutos e 5 segundos), Gustavo Gallego (a 18 minutos e 59 segundos) e Santiago Hansen (a 22 segundos e 53 segundos).

Nelson Augusto Sanabria Galeano veio em uma especial muito consistente terminou em 7ºlugar. O Tcheco Tomas Kubiena que chegou a liderar a prova, Acabou em 8ºlugar com 34 minutos atrás de Cavigliasso. Kamil Wisniewski e Julio Estanguet completa os 10 primeiros colocados.

Resultado final da 4ªEtapa do Dakar – Quadriciclos

pospilotoPaisEquipeVeiculoTempo
1240Nicolas CavigliassoArgentinaDrag’on Rally TeamYamaha YFM700R04H 52′ 07”
2241Jeremias Gonzalez FerioliArgentinaFerioli Racing TeamYamaha Raptor 700+ 00H 05′ 11”
3250Alexandre GiroudFrançaTeam GiroudYamaha YFZ 700+ 00H 09′ 35”
4273Manuel AndujarArgentina7240 TeamYamaha Raptor 700+ 00H 14′ 05”
5257Gustavo GallegoArgentinaGustavo Gallego CompeticionYamaha Raptor 700+ 00H 18′ 59”
6264Santiago HansenArgentinaNosiglia SportHonda TRX700XX+ 00H 22′ 53”
7245Nelson Augusto SanabriaParaguaiDrag’on Rally TeamYamaha YFM700R+ 00H 29′ 25”
8253Tomas KubienaRepública TchecaMoto Racing Group (MRG)IBOS Hawk 690+ 00H 34′ 00”
9255Kamil WisniewskiPolôniaKamil WisniewskiCAN-AM Renegade 850XXC+ 00H 50′ 24”
10260Julio EstanguetArgentinaDKR TeamCAN-AM Renegade 800 XXC+ 00H 51′ 07”

Classificação Geral

pospilotoPaisEquipeVeiculoTempo
1240Nicolas CavigliassoArgentinaDrag’on Rally TeamYamaha YFM700R15H 49′ 19”
2241Jeremias Gonzalez FerioliArgentinaFerioli Racing TeamYamaha Raptor 700+ 00H 35′ 03”
3257Gustavo GallegoArgentinaGustavo Gallego CompeticionYamaha Raptor 700+ 00H 49′ 19”
4250Alexandre GiroudFrançaTeam GiroudYamaha YFZ 700+ 01H 08′ 59”
5253Tomas KubienaRepública TchecaMoto Racing Group (MRG)IBOS Hawk 690+ 01H 49′ 51”
6264Santiago HansenArgentinaNosiglia SportHonda TRX700XX+ 02H 18′ 42”
7255Kamil WisniewskiPolôniaKamil WisniewskiCAN-AM Renegade 850XXC+ 03H 09′ 07”
8260Julio EstanguetArgentinaDKR TeamCAN-AM Renegade 800 XXC+ 03H 11′ 17”
9254Martin SarquizArgentinaDKR TeamCAN-AM 800 R+ 03H 41′ 13”
10275Gaston Ariel MattaruccoArgentinaGM MotorsportYamaha Raptor 700+ 03H 45′ 06”

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Cavigiasso sai na frente nos Quadriciclos

O Quadriciclos foi a primeira categoria a largar para a primeira etapa, Por volta das 9 e meia da Manhã no Horário Peruano (Meio-Dia e meia no Horário de Brasília)

Vice-campeão do Dakar em 2018, Nicolas Cavigiasso conquistou a vitória no primeiro estágio de 2019. Foi uma disputa boa com o seu compatriota Jeremias Gonzalez Ferioli. Nos 3 pontos de controle os dois pilotos Argentinos acabaram polarizando a disputa pela vitória.

No primeiro Setor foram 56 segundos separando Cavigiasso e Ferioli, Nelson Sanabria Galeano do Paraguai vinha em 3º a 2 minutos do líder. Santiago Hanzen, Tomas Kubiena completavam os 5 primeiros colocados. Já no segundo estágio, Cavigliasso aumenta a sua vantagem para 2 minutos e 43 segundos para Ferioli. Vice-campeão em 2015 vinha sem ser ameaçado pelo Paraguaio Nelson Sanabria (3º com 4 minutos e 56 segundos de Atraso) Santiago Hansen e Tomas Kubiena completavam os 5 primeiros colocados.

Gustavo Gallego ganhou o 6ºlugar do Polonês Kamil Wisniewski.

Depois de 1 hora e 17 minutos de disputa, Nicolas Cavigliasso confirmou a vitória no Estágio e saiu na frente na disputa pelo título. 3 minuto e 55 segundos atrás de Jeremias Gonzalez Ferioli. Quem se destacou com o Quadriciclo da Ibos Hawk foi o Tcheco Tomas Kubiena que subiu para o terceiro lugar, Chegando a 8 minutos e 22 segundos atrás do Vencedor. O Argentino Gustavo Gallego e o Francês Alexandre Giroud completaram os 5 primeiros colocados.

O Paraguaio Nelson Sanabria Galeano acabou caindo do 3º para o 6ºlugar no último e mais longo setor. Sebastian Souday, Santiago Hansen, Giordano Enrico e Kamil Wisniewski completaram os 10 primeiros colocados.

O Francês Axel Dutrie acabou perdendo 1 hora no 1ªSetor, Com problemas mecânicos um dos favoritos a vitória nos Quadriciclos ver seu sonho ruir logo na Primeira Etapa da Competição.

Resultado provisório da Primeira etapa:

posPilotoEquipePaísVeiculoTempo
1240Nicolas CavigliassoDrag’on Rally TeamArgentinaYamaha YFM700R01:17:15
2241Jeremias Gonzalez FerioliFerioli Racing TeamArgentinaYamaha Raptor 700a 3:55
3253Tomas KubienaMoto Racing Group (MRG)República TchecaIBOS Hawk 690a 8:22
4257Gustavo GallegoGustavo Gallego CompeticionArgentinaYamaha Raptor 700a 9:56
5250Alexandre GiroudTeam GiroudFrançaYamaha YFZ 700a 10:41
6245Nelson Augusto SanabriaDrag’on Rally TeamParaguaiYamaha YFM700Ra 10:47
7259Sebastien SoudayTeam All TracksFrançaYamaha 450 YFZRa 11:56
8264Santiago HansenNosiglia SportArgentinaHonda TRX700XXa 11:56
9270Giovanni EnricoEnrico Racing TeamChileYamaha Raptora 13:01
10255Kamil WisniewskiKamil WisniewskiPolôniaCAN-AM Renegade 850XXCa 13:39

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Dakar 2014 – Parte Final – Para a Alegria do Povo Casale é campeão nos quadriciclos

O Gran Finale dessa cobertura do Dakar só poderia ser com a competição dos Quadriciclos onde tivemos a festa chilena com o primeiro título de Ignacio Casale que ficou entre os primeiros colocados desde do primeiro estágio e esteve na hora certa sempre e se aproveitou dos Abandonos do Super Favorito Marcos Patronelli que era candidato fortíssimo ao Bicampeonato e do Uruguaio Sérgio Lafuente que liderou boa parte do Dakar desse ano, Casale no final do Dakar teve como única ameaça o Polonês Rafal Sonik que acabou ficando em 2ºlugar, O Pódio foi completado pelo Holandês Sebastian Husseini, Ao final da competição de 40 quadriciclos apenas 15 pilotos completaram o Dakar, uma carnificina de Quadriciclos que aconteceu nessa edição do Dakar.

Quadriciclos:

Resultado final do Estágio 13 – La Serena a Valparaíso

251 Ignacio Casale (Chile) YAMAHA 2:11:37
255 Sebastian Husseini (Holanda) HONDA 2:12:31
252 Rafal Sonik (Polônia) YAMAHA 2:14:44
268 Victor Manuel Gallegos Lozic (Chile) HONDA 2:16:18
296 Sergey Karayakin (Russia) YAMAHA 2:20:24
276 Jeremias Gonzalez Ferioli (Argentina) YAMAHA 2:21:09
262 Alexis Hermandez (Peru) YAMAHA 2:22:15
267 Santiago Hansen (Argentina) YAMAHA 2:22:31
263 Mohammed Abu-Issa (Catar) HONDA 2:22:42
279 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Portugal) YAMAHA 2:24:18
266 Daniel Domaszewski (Argentina) HONDA 2:25:33
259 Camelia Liparoti (Itália) YAMAHA 2:26:50

Classificação final do Dakar 2014

251 Ignacio Casale (Chile) YAMAHA 68:28:01
252 Rafal Sonik (Polônia) YAMAHA 69:54:53
255 Sebastian Husseini (Holanda) HONDA 74:08:28
263 Mohammed Abu-Issa (Catar) HONDA 78:35:15
268 Victor Manuel Gallegos Lozic (Chile) HONDA 78:51:45
276 Jeremias Gonzalez Ferioli (Argentina) YAMAHA 80:18:21
296 Sergey Karayakin (Russia) YAMAHA 84:08:05
258 Daniel Mazzucco (Argentina) CAN-AM 86:15:52
267 Santiago Hansen (Argentina) YAMAHA 86:19:49
266 Daniel Domaszewski (Argentina) HONDA 88:53:17
273 Mauro Almeida (Uruguai) YAMAHA 90:44:07
279 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Portugal) YAMAHA 106:34:10

Avaliação final do Dakar foi de uma competição disputada, Com muita emoção até o final, Duas categorias tendo o vencedor definido por um espaço menor que 5 minutos, Magina depois de 13 dias ganhar ou perder por 5 minutos, Foi bonito ver a  participação dos Bolivianos nesse evento sendo a primeira vez que o Dakar passa pelo país e que deus queira que o Dakar venha um dia para o Brasil, Por falar no Brasil, Achei a participação Brasileira muito pequena, deveríamos levar mais competidores, nesse Dakar as coisas não funcionaram para nossos pilotos que tinham chances de pelo menos se terminasse m o Dakar de lutar pelos top 10 tanto nos Carro como nas motos.

Foi ótimo Fazer esse Dakar e que 2015 seja melhor que 2014 para essa grande competição que já envergou mais não quebrou e encontrou na América uma nova esperança que se tornou realidade.

Fotos:

Fotos: Dakar.com

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Patrocínio:
planatina_projeto_gif