Kaito Toba conquista primeira vitória na carreira em disputada estreia da Moto 3 em Losail

Nem de longe candidato a vitória, Kaito Toba em uma grande exibição conquistou a vitória na primeira etapa do Mundial de motovelocidade da Moto 3. O piloto da Honda Asia Team quebra o Jejum de 11 anos sem vitória de um piloto Japonês na categoria inferior. (125cc e Moto 3) Como a maior parte das provas da Moto 3, Foi muito disputada a prova com outros 4 pilotos durante as 18 voltas da prova.

Na largada, Canet largou muito bem e manteve a liderança, Dalla Porta vinha em segundo com sua moto da Leopard e Tony Arbolino passou para o 3ºlugar, Logo na curva 6, Albert Arenas passou Arbolino e ganhou o 3ºlugar. Kaito Toba perdeu 2 posições e estava em 5ºlugar. Ainda sobre o Sol do final da tarde, No final da primeira volta, Dalla Porta voltou a ponta.

Um pouco mais atrás vários pilotos disputaram posição. Na 6ªcurva da primeira volta: Yurchenko, Booth-amos, Sasaki e Masia caíram. Os dois primeiros voltaram à prova, Os outros deixaram a prova. Na segunda volta, Darryn Binder caia e deixava a prova na curva 13. Em 13ºlugar, Romano Fenati fazia a melhor volta da corrida.

Canet e Dalla Porta disputavam a primeira posição nas primeiras voltas, Tony Arbolino, Albert Arenas e Celestino Vietti completavam os 5 primeiros colocados na 4ªvolta. O Piloto da equipe Angel Nieto (Aspar Martinez) Albert Arenas chegou a passar Arbolino e Dalla Porta se colocando em 2ºlugar, O piloto da Leopard conseguiu recuperar a posição.

Na 5ªVolta caíram Kazuki Masaki, Dennis Foggia e Tatsuki Suzuki. Quase que ao mesmo tempo Aron Canet recuperava a liderança em cima de Dalla Porta. Kaito Toba que acabou caindo muito no começo de prova já estava em 5ºlugar, Atrás de Arbolino e de Arenas. No começo da 6ªvolta tudo mudou, Dalla Porta voltou a ponta, Com Toba subindo para o 2ºlugar e Aron Canet para o 3ºlugar. Curvas depois o Japonês passava Dalla Porta e assumia a primeira posição. Tinha pelo menos 8 pilotos no primeiro pelotão, Com mais uns 8 ou 9 pilotos bem perto desse primeiro pelotão. Dalla Porta acabou voltando a primeira posição no começo da volta.

Acabou que o piloto da Leopard e o piloto da Honda Asia Team trocaram de posição por algum tempo. Toba acabou se sobre saindo e Dalla Porta perdeu o 2ºlugar para Nicollò Antonelli. Canet, Vietti, Kornfeil, Arenas, Arbolino, Fenati e Ramirez completavam os 10 primeiros lugares. No começo da 8ªVolta, Dalla Porta voltou a liderança e a disputa pela corrida. Novamente o Japonês e o Italiano estavam trocando de posição na ponta. Antonelli e Canet estavam logo atrás.

Na metade da prova, Começava a aparecer o Italiano Romano Fenati em mais uma tentativa de recuperar sua carreira já estava em 3ºlugar vindo lá de trás. Atrás de Antonelli e de Toba. O piloto da Sic58 liderava a corrida, Mas Fenati no final da 9ªVolta foi para cima de Antonelli e tomou a ponta da prova com a sua moto da Snipers Team. Mas na reta acabou engolido e caiu para o 5ºlugar. Dalla Porta vinha na ponta com Toba, Canet e Vietti nas 4 primeiras posições.

Romano Fenati estava alucinado e queria a vitória, Vinha em 2º entre Toba, e Canet e Dalla Porta. Os 3 mais regulares na parte da frente. Renascido, Fenati passou Toba e voltou a liderança e começava a abrir alguma vantagem e parecia que ele estaria que iria rumo a vitória pelo seu ímpeto. Mas na reta, a vantagem foi dizimada e Dalla Porta, Toba e Canet superaram Fenati, que na parte das curvas se recuperava.

A 6 Voltas do final, Canet é o líder, Mas tudo poderia acontecer. E vinha lá de trás na largada o piloto Marcos Ramirez estava já em 6ºlugar. Albert Arenas que vinha nas primeiras posições nas primeiras voltas estava mais afastado da Briga em 10ºlugar, Atrás do companheiro de equipe Raul Fernandez. A 5 Voltas do final, Lorenzo Dalla Porta era o líder, Com Kaito Toba, Marcos Ramirez, Romano Fenati e Aron Canet nas 5 primeiras posições.

O piloto da Leopard Marcos Ramirez vinha em 3ºlugar, Após um sábado ruim vinha respondendo em uma belíssima prova de recuperação. A 4 voltas do final, Fenati recebeu uma advertência e acabou tendo de passar por uma parte mais alongada na curva 6, Caindo para o 13ºlugar e deixando a disputa pela vitória. Dalla Porta, Toba, Ramirez e Canet disputavam a vitória.

A menos de 3 voltas para o final, O Espanhol Marcos Ramirez assumiu a liderança com Kaito Toba, Aron Canet, Lorenzo Dalla Porta muito perto disputando a vitória. Na curva 12 para a 13, O Japonês Volta à liderança. A 2 Voltas do final, Dalla Porta voltou a liderança com Toba em 2º e Ramirez em 3ºlugar, Curvas depois Canet ganhou o 3ºlugar.

Na última volta, Kaito Toba passou a liderança e ficou disputando a vitória com Lorenzo Dalla Porta que voltou a liderança na segunda parte da última volta. Até a que na reta o Japonês  usando o vácuo do piloto Italiano acabou puxando para a ultrapassagem que deu ao piloto da Honda Asia Team a primeira vitória da sua carreira na abertura do Mundial da Moto 3.

Lorenzo Dalla Porta  acabou em 2ºlugar a 53 milésimos do vencedor e Aron Canet estreou com sua nova equipe com um pódio com uma bela exibição. Marcos Ramirez que largou do longuiguo 20ºlugar para um belíssimo 4ºlugar. Completando os 5 primeiros colocados o Italiano Celestino Vietti da Sky Racing VR46.

Albert Arenas completou a prova em 6ºlugar seguido de seu companheiro de equipe Raul Fernandez em sua primeira temporada completa fez uma boa corrida. Niccolò Antonelli que chegou a liderar acabou com um digno, mas modesto 8ºlugar.

Romano Fenati em 9ºlugar, foi um dos nomes da corrida acabou fazendo uma grande corrida. Mostrou que pode ser um dos candidatos ao título e se colocar a cabeça em seu lugar definitivamente, A punição a voltas do final acabou tirando ele dos primeiros lugares. Jakub Kornfeil completou os 10 primeiros colocados. Gabriel Rodrigo, Um final de semana apagado acabou fechando a zona de pontuação em 15ºlugar devido a não esta 100% Fisicamente por causa de uma operação na clavícula.

Fotos:

Resultado final do GP do Qatar
Mundial de Motovelocidade – Temporada 2019

posPilotoEquipeMotorTempo
127Kaito TobaHonda Team AsiaHonda38’08.887
248Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHondaa 0.053
344Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 0.174
442Marcos RamirezLeopard RacingHondaa 0.505
513Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 0.584
675Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 0.818
725Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 0.846
823Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 0.850
955Romano FenatiSnipers TeamHondaa 0.890
1084Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 0.903
1179Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 0.956
1221Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Hondaa 1.755
1317John McPheePetronas Sprinta RacingHondaa 1.849
1416Andrea MignoBester Capital DubaiKTMa 3.450
1519Gabriel RodrigoKommerling Gresini Moto3Hondaa 3.514
1614Tony ArbolinoSnipers TeamHondaa 4.201
1777Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTMa 4.267
1861Can OncuRed Bull KTM AjoKTMa 26.272
1922Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 31.779
206Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 31.820
2112Filip SalacRedox PruestelGPKTMa 31.943
2254Riccardo RossiKommerling Gresini Moto3Hondaa 31.979
2376Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 1’23.259
2469Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 3 Voltas
OUT24Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 14 Voltas
OUT7Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 14 Voltas
OUT40Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 17 Voltas
OUT71Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 18 Voltas
OUT5Jaume MasiaBester Capital DubaiKTMa 18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

O fim da linha para Romano Fenati

Dizer que ele não mereceu a sarjeta depois de tudo que ele fez não é justo.  Ele teve grandes chances de ter uma brilhante carreira no Mundial de Motovelocidade. Quando ele fez sua estreia em 2012, Com uma moto praticamente branca, Sem patrocinadores e marcando um 2ºlugar em Losail e vitória em Jerez.

Prometia muito, Nessa foto de cima. Temos o espanhol Marevick Viñales com a moto 25 e Romano Fenati com a moto 5 disputando a vitória no GP do Qatar em 2012. Hoje, um desses pilotos esta na MotoGP na equipe oficial da Yamaha, com 20 vitórias na carreira, Campeão da moto 3 em 2013. Já o outro piloto cometeu o pior o erro mais imperdoável da carreira, Ao colocar a mão no freio da Suter de Stefano Manzi. Além disso, ele que tinha a sua vida acertada para 2019 com a Forward (A equipe na qual sua vitima corre hoje) com o Chassi da MV Agusta anulado. E acabou demitido da equipe Marinelli.

O que a MotoGP, A equipe aonde Fenati corria até a prova de Misano e a equipe que iria ser a casa do piloto Italiano para 2019 acertaram na atitude de puni-lo. Eu acho que a Dorna deveria suspender Fenati pelo menos por 1 ano no mínimo, Para não falar em suspender ele de maneira definitiva. Agora a atitude da Forward e da Marinelli foi corretíssima. Não se pode passar a mão em uma atitude inaceitável. O que aconteceu no domingo tem que lembrado por todos os esportistas como um exemplo de como não se deve fazer no esporte.

Se eu fosse da Dorna e tivesse o poder de punir o piloto, Dificilmente ele não teria uma punição pesada. Pelo histórico dele, Eu poderia punir ele com o Banimento em definitivo do esporte até que ele mostre equilíbrio psicológico (Que ele não tem) para pilotar uma moto.

“Foi um ato irresponsável que pôs em perigo a vida de outro piloto. A partir deste momento, o piloto não participará em mais nenhuma corrida com a Marinelli Snipers Team. A equipa, Marinelli cucine, Rivacold e todos os outros patrocinadores e pessoas que sempre nos apoiam, pedimos desculpa”. – Informativo da equipe  para a Imprensa, Informando da rescisão de contrato com o ex-piloto italiano.

“Ele não representa os verdadeiros valores da nossa empresa”, Assim escreveu o italiano escreveu Giovanni Castiglioni, Proprietário da MV Agusta numa rede social. Fenati tinha acertado contrato com eles para 2019.

Essa cena deve ser mostrada para todos os futuros pilotos de motovelocidade, Para que nenhum garoto repita essa atitude. Em um mundo onde tanta coisa de errado acontece Aonde tanto a ética e a honestidade é desconsiderada, A Atitude do Mundo do Mundial de Motovelocidade merece meus parabéns.

Romano Fenati, Que tem 10 vitórias na sua carreira (Todas na Moto 3), um vice-campeonato em 2017 e chances na equipe de Valentino Rossi e da Marinelli de se tornar um grande piloto, Tem nesse momento sua carreira na MotoGP totalmente Ceifado ao 23 anos de idade. Já que a Federação Italiana suspendeu a horas atrás sua Licença de piloto. Fenati anunciou que não vai voltar ao esporte: “Peço desculpas, não vou mais correr de novo. Eu volto a trabalhar na loja de ferragens”

Vídeo do Incidente:

 

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2: Oliveira partindo do 11ºlugar para a vitória em Mugello

Treino de Classificação na Moto 2 acabou sendo dividido em 2 partes.

A primeira parte teve em seu começo a queda do Italiano Lorenzo Baldassarri, Que mesmo com a moto danificada na parte de trás continuou na briga. Nessa primeira parte a primeira posição ficou nas mãos do Alemão Marcel Schrotter com a sua Kalex da equipe Dynavolt Intact GP, Com Alex Marquez e Mattia Pasini na segunda e terceira posições. O Líder do campeonato Francesco Bagnaia vinha em 4º

A se destacar naquele momento o ótimo treino de Romano Fenati que vinha em 6ºlugar e um treino muito promissor do Japonês Tetsuta Nagashima em 11ºlugar mostrando um progresso que no inicio do ano não se imaginaria dele pelo ruim histórico na Moto 2.

Schrotter manteve a liderança até quando a 15 minutos do final, O Italiano Mattia Pasini marcou o melhor tempo. O tempo de 1:51.575 não foi superado por mais ninguém até o cronometro zerar. As únicas mudanças na classificação foram a subida de Lorenzo Baldassari para o 8ºlugar e da Subida de Jorge Navarro para o 10ºlugar. De resto, praticamente nada mudou e Pasini comemorou mais uma pole position com a Kalex da equipe Italtrans.

Marcel Schrotter repetiu o seu melhor grid de largada com o 2ºlugar e Alex Marquez fecha a primeira fila com a Marc VDS. Na segunda fila toda formada de Italiano largam o líder do campeonato, Francesco Bagnaia com a moto da equipe de Valentino Rossi. Compõem a fila duas gratas surpresas: Simone Corsi com a moto da equipe Tasca em 5º e Romano Fenati com a moto da Marinelli na 6ªposição.

Luca Larini com a outra moto da Sky Racing VR46 larga em 7º seguido de Lorenzo Baldassarri e do Espanhol Joan Mir que ver 5 espanhóis em sequência na sua frente. A primeira moto que não é uma Kalex é de Miguel Oliveira com sua KTM em 11ºlugar. Atrás de Jorge Navarro e a frente de Jorge Navarro.

Tetsura Nagashima largaria muito bem em 13ºlugar, A Honda Asia Team também conseguiu um razoável grid com o malaio Khairul Idham Pawi largando em 18ºlugar. As decepções do treino foram Brad Binder com o 19º e Hector Barbera que sai apenas em 21ºlugar. O Brasileiro Eric Granado larga apenas em 30ºlugar. O piloto Brasileiro da Forward com problemas físicos não esta mostrando o melhor da sua forma.

Grid de largada do GP da Itália
Mundial de Motovelocidade – Moto 2

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex 1’51.575
2 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex 1’51.605
3 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’51.642
4 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 1’51.921
5 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 1’51.959
6 13 Romano Fenati Marinelli Snipers Team Kalex 1’51.973
7 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex 1’51.979
8 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex 1’52.083
9 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex 1’52.100
10 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex 1’52.112
11 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM 1’52.145
12 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex 1’52.173
13 45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1’52.227
14 22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM 1’52.244
15 52 Danny Kent MB Conveyors – Speed Up Racing Speed Up 1’52.245
16 20 Fabio Quartararo MB Conveyors – Speed Up Racing Speed Up 1’52.318
17 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex 1’52.387
18 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 1’52.391
19 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’52.433
20 62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter 1’52.618
21 40 Hector Barbera Pons HP40 Kalex 1’52.644
22 27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM 1’52.668
23 64 Bo Bendsneyder Tech 3 Racing Tech 3 1’52.729
24 32 Isaac Vinales SAG Team Kalex 1’52.840
25 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS 1’52.842
26 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM 1’52.879
27 66 Niki Tuuli SIC Racing Team Kalex 1’53.390
28 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS 1’53.562
29 95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex 1’53.606
30 51 Eric Granado Forward Racing Team Suter 1’54.038
31 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 1’54.389
32 14 Hector Garzo Tech 3 Racing Tech 3 1’54.720
33 18 Xavier Cardelus Team Stylobike Kalex 1’55.485

Schrotter largou muito bem e assumiu a liderança, se aproveitando da largada bem ruim de Pasini. A liderança do piloto Alemão durou apenas 2 curvas, O piloto da Dynavolt Intact GP acabou caindo. A liderança parou nas mãos de Alex Marquez, Com Francesco Bagnaia e Miguel Oliveira que largou do 11ºlugar para estar em 3ºlugar. Romano Fenati vinha em 4º seguido de Mattia Pasini, Simone Corsi, Joan Mir e Lorenzo Baldassarri nas 8 primeiras posições.

Na terceira volta, Os três primeiros colocados acabaram disputando a ponta. Bagnaia se deu melhor e assumiu a liderança com Oliveira em 2º e Marquez caindo para o terceiro lugar.

Oliveira ainda na segunda volta passou Bagnaia, Após largar do 11ºlugar o Português assumia a liderança da prova num espaço de apenas 3 voltas. Mattia Pasini também se recuperava na prova e já vinha em 3ºlugar.

Em uma bela manobra do piloto da Italtrans, Francesco Bagnaia era superado por Mattia Pasini que subiu para o segundo lugar na 4ªVolta. Na volta seguinte Pasini passou Oliveira e passou para a liderança na 5ªVolta. Já era bem mais coisas que aconteceram nesse pequeno tempo de corrida do que no treino inteiro.

Miguel Oliveira não se dava por vencido e por vezes eles conseguia voltar a liderança. Em cima de Pasini que queria repetir a vitória de 2017. Na 7ªVolta Oliveira passou Pasini na curva 1, Porém o Italiano voltou pra cima do Português e retomou a ponta da prova. Na mesma volta Sam Lowes que tem em fraca temporada caiu e deixou a prova.

Lorenzo Baldassarri que chegou a uma velocidade máxima de 289 km por hora, Começava a aparecer na corrida. Na 9ªvolta, o piloto da Pons passou Alex Marquez subindo para o 5ºlugar na marra, Tanto é que o Irmão de Marc Marquez acabou indo para fora do Traçado. Na mesma volta, O líder do campeonato Francesco Bagnaia passou de forma surpreendente ao piloto da KTM voltando ao 2ºlugar.

Baldassarri jantou a Joan Mir e passou ao segundo lugar na volta seguinte.  Quem se destacava na prova era o Sul-Africano Brad Binder que partiu do 19ºlugar para ocupar a 7ªposição. A frente de Xavi Vierge, Luca Marini, Simone Corsi, Andrea Locatelli e Fabio Quartararo. Romano Fenati com problemas na sua moto e Stefano Manzi (Caiu), que vinha para possivelmente pontuar com a Suter da Forward abandonaram a prova.

A 9 Voltas do final Miguel Oliveira retoma ao segundo lugar, Passando a Bagnaia que acaba perdendo o 3ºlugar para Baldassarri. Na volta seguinte, Pasini que parecia com a Vitória encaminhada acabou caindo. O piloto da Italtrans perdeu a chance de uma nova vitória em Mugello.

Oliveira voltou a liderança, Porém estava pressionado por Baldassarri que estava disposto a ganhar pela 3ªvez na temporada. A 7 voltas do final na curva 7, O piloto do carro 7 passou de forma linda em cima do Português e assumiu a liderança. A Partir dai, Os dois passaram a disputar volta a volta. Ultrapassando um para o outro no decorrer das voltas finais.

Hector Barberá acabou na tentativa de ultrapassar Tetsuda Nagashima acabou caindo e levando o piloto da Honda Asia Team. Na minha opinião o Espanhol foi o culpado.

No final da prova, Devido a briga de Baldassarri e Oliveira acabou primeiro Bagnaia e depois Joan Mir chegaram na turma. O piloto da Sky Racing chegou a pressionar Oliveira.

Na volta final Joan Mir ultrapassou Bagnaia assumindo o terceiro lugar. Depois da curva 6, Baldassrri balançou, Foi a deixa para Miguel Oliveira passar o piloto Italiano. Era a ultrapassagem da prova e apesar da tentativa do piloto da Pons voltar ao ponta, acabou que o piloto da KTM segurou a ponta até o final da prova.

Após largar do 11ºlugar, Oliveira conquistou a vitória na melhor prova da moto 2 de 2018 e de uma das melhores da história da categoria. Lorenzo Baldassarri ficou em 2ºlugar com a moto da equipe Pons. E um excelente Joan Mir confirmou o seu 2ºpódio na Moto 2 com o 3ºlugar. Deixando o líder do campeonato Francesco Bagnaia de fora do pódio. O Italiano segue líder do campeonato, Mas agora a 13 pontos de diferença para Miguel Oliveira.

Alex Marquez acabou a prova em 5ºlugar, Após liderar a primeira volta ele não conseguiu voltar a disputa na frente. Depois do piloto Espanhol tivemos a excelente prova de recuperação de Brad Binder que ganhou 13 posições e acabou a prova em 6ºlugar.

Luca Marini com a outra moto da equipe de Valentino Rossi completou em uma boa 7ªposição. Andrea Locatelli com a Italtrans acabou fazendo uma bela corrida e alcançando seu melhor resultado na Moto 2. Completando os 10 primeiros colocados: O Espanhol Xavi Vierge e o Italiano Simone Corsi da Tasca Racing, Chegando a ficar entre os primeiros lugares no começo da etapa.

Essa prova marcou a volta de Dominique Aegerter após algumas corridas ausente devido a lesão terminou a prova em 12ºlugar. E também a NTS marcou seus primeiros pontos no campeonato. Joe Roberts ficou em 14º e Steven Odendall em 15ºlugar. Eric Granado com as dificuldades físicas que ele teve acabou se aproveitando das quedas e acabou sobrevivendo a prova inteira, em 19ºlugar. Seu melhor resultado nessa temporada.

Daqui a 2 semanas teremos a 7ªEtapa do Mundial, No circuito da Catalunha, Em Barcelona para a 2ªProva em Solo Espanhol.

Resultado Final do GP da Itália
Mundial de Motovelocidade – Moto 2

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM 39’42.018
2 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex a 0.184
3 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex a 0.334
4 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex a 0.484
5 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex a 3.537
6 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 5.985
7 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex a 9.908
8 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex a 11.219
9 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex a 12.371
10 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 12.675
11 20 Fabio Quartararo MB Conveyors – Speed Up Racing Speed Up a 17.843
12 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM a 20.353
13 27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM a 28.751
14 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS a 32.436
15 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS a 32.465
16 32 Isaac Vinales SAG Team Kalex a 33.054
17 66 Niki Tuuli SIC Racing Team Kalex a 33.505
18 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 43.900
19 51 Eric Granado Forward Racing Team Suter a 47.264
20 14 Hector Garzo Tech 3 Racing Tech 3 a 56.603
21 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 1’13.609
22 18 Xavier Cardelus Team Stylobike Kalex a 1’27.927
45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 6 Voltas
40 Hector Barbera Pons HP40 Kalex a 6 Voltas
54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex a 8 Voltas
95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex a 9 Voltas
62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter a 11 Voltas
52 Danny Kent MB Conveyors – Speed Up Racing Speed Up a 12 Voltas
13 Romano Fenati Marinelli Snipers Team Kalex a 14 Voltas
22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM a 15 Voltas
9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex a 17 Voltas
64 Bo Bendsneyder Tech 3 Racing Tech 3 a 21 Voltas
23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex a 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Francesco Bagnaia resiste a pressão de Baldassarri e conquista 1ªVitória na Moto 2

Alex Marquez sobra e conquista a pole em Losail

O Irmão de Marc Marquez mostrou que é um sério candidato ao campeonato da Moto 2 de 2018. Ele pulverizou toda a concorrência na classificação do GP do Qatar da MotoGP. O tempo de 2’00.299 feito no final do tempo foi avassalador, Seu tempo anterior a esse já por si daria o segundo lugar. Apenas Lorenzo Baldasserri alcançou esse tempo e se colocou em 2ºlugar, Na sua estreia na Pons. Jantando o experiente Hector Barbera que vai largar em 19ºlugar apenas.

Francesco Bagnaia completa a primeira Fila com a Moto da equipe de Valentino Rossi; Que ao contraio da Moto 3 acabou indo muito bem na categoria intermediária. Já que o piloto Luca Marini, apesar de 17ºlugar no Grid chegou a disputar os primeiros lugares. Miguel Oliveira, Um dos candidatos ao título dessa temporada larga em 4ºlugar com sua KTM que novamente vem com força para essa temporada.

O Estreante Romain Fenati e o Britânico Danny Kent surpreenderam e completam a 2ªFila. Um estreia pela equipe Marinelli Snipers Team e o outro esta na equipe Speed Up após um ano de 2017 sabático praticamente. Jorge Navarro também fez um bom treino e larga em 7º. Completando os 10 primeiros colocados: Mattia Pasini, Marcel Schrotter e Sam Lowes que volta a Moto 2 após um desastroso ano de 2017 na MotoGP. Xavi Vierge e Reny Gardney mostraram um bom serviço e ambos largam em boas posições.

Quem deixou a desejar nesse treino foi a Suter que parece ter feito uma moto ruim para esse ano. Stefano Manzi em 28º e Eric Granado em 30ºlugar vão precisar de muita melhora para sonharem pelo menos com zona de pontuação para a prova.

Grid de largada – Mundial de Motovelocidade
Moto 2 – 1ªEtapa – GP do Qatar (Losail)

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex 2’00.299
2 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex 2’00.607
3 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 2’00.843
4 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM 2’00.846
5 13 Romano Fenati Marinelli Snipers Team Kalex 2’00.899
6 52 Danny Kent Beta Tools – Speed Up Racing Speed Up 2’00.965
7 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex 2’01.038
8 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex 2’01.062
9 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex 2’01.129
10 22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM 2’01.167
11 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex 2’01.176
12 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 2’01.252
13 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 2’01.338
14 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 2’01.351
15 27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM 2’01.355
16 20 Fabio Quartararo Beta Tools – Speed Up Racing Speed Up 2’01.404
17 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex 2’01.420
18 32 Isaac Vinales SAG Team Kalex 2’01.421
19 40 Hector Barbera Pons HP40 Kalex 2’01.482
20 64 Bo Bendsneyder Tech 3 Racing Tech 3 2’01.562
21 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM 2’01.745
22 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS 2’01.936
23 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex 2’01.954
24 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex 2’02.324
25 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 2’02.433
26 45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 2’02.568
27 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS 2’03.233
28 62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter 2’03.263
29 95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex 2’03.453
30 51 Eric Granado Forward Racing Team Suter 2’03.516
31 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 2’04.078
32 63 Muhammad Zulfahmi SIC Racing Team Kalex 2’04.780

Francesco Bagnaia resiste a pressão de Baldassarri e conquista 1ªVitória na Moto 2

O piloto da equipe de Valentino Rossi na Moto 2 Francesco Bagnaia conquistou ontem sua primeira vitória na Moto 2. Após uma corrida de onde ele saiu na pole e liderou por todo o tempo, e no final, Segura a pressão de Lorenzo Baldassarri para levar a sua primeira vitória na categoria Moto 2.

Na largada todo o domínio de Alex Marquez na disputa pela pole position foi anulado pela grande largada do piloto Italiano que pulou do 3º para o primeiro lugar. Baldassarri com a moto da Pons em 2º e Alex Marquez caindo para o terceiro lugar, Pior ficou para Miguel Oliveira que caiu para o 8ºlugar. Schrotter e Xavi Vierge largaram muito bem e estavam em 4º e 6ºcolocados. Entre eles vinha o Italiano Romano Fenati que logo depois começou a cair na Classificação.

Os três primeiros colocados começaram a abrir diferença do 2ºpelotão liderado por Mattia Pasini que vinha em 4ºlugar. Brad Binder disputou o 5ºlugar com Marcel Schrotter e conseguiu a 5ªposição do piloto da Dynavolt Intact GP, Miguel Oliveira e Xavi Vierge vinham logo atrás. No pelotão intermediário o Britânico Sam Lowes passou o estreante Joan Mir e depois ganhou posição do Italiano Luca Marini para ocupar o 9ºlugar em uma corrida de recuperação. Porém essa recuperação acabou após uma queda a 9 voltas do final. Nesse meio tempo Alex Marquez passou Baldassarri e assumiu o segundo lugar, Mas isso acabou durando pouco tempo. O piloto da Pons recupera o segundo lugar e o irmão de Marc Marquez acabou errando a curva e perdendo tempo para voltar a pista. Ainda volta em 3º, Mas começa a permitir que Pasini possa alcançar ele.

Enquanto que Schrotter tenta segurar a 5ºposição, pressionado pelos dois pilotos oficiais da KTM. Vierge em 8º e Marini e Jorge Navarro disputavam a 9ªposição.

Na reta final, Baldassarri foi para cima de Bagnaia nas voltas finais, Na penúltima curva o piloto da Pons consegue a ultrapassagem, Mas Peppo Bagnaia deu o X no piloto da Pons, Segura a liderança até a bandeirada e vence com 112 milésimos de frente para Lorenzo Baldassarri. Foi a primeira vitória na Moto 2 para o piloto da equipe de Valentino Rossi. Baldassarri pode vim como a surpresa da temporada como postulante ao campeonato.

Alex Marquez segurou o 3ºlugar e fechou o pódio, ficando 1 segundo a frente de Mattia Pasini que começa o ano bem com a moto da Italtrans. Os melhores pilotos sem usarem moto da Kalex que ficou com os 4 primeiros lugares vieram os dois pilotos da KTM Ajo com o Miguel Oliveira chegando a frente de Brad Binder na 5ºposição. Ambos superaram os dois pilotos Dynavolt Intact GP. Marcel Schrotter e Xavi Vierge terminaram a prova em 7º e 8ºlugares respectivamente.

Luca Marini levou a melhor na disputa pelo 9ºlugar na disputa com o Espanhol Jorge Navarro, O piloto da Gresini fechou os Top 10 da corrida. Joan Mir estreou na Moto 2 com o 11ºlugar após largar do 24ºlugar. Remy Gardner, Hector Barbera (em um final de semana muito apagado), Simone Corsi e Dominique Aegerter completaram a zona de pontuação.

Resultado final do GP do Qatar
Moto 2 – 1ªEtapa – Mundial de Motovelocidade

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 40’19.802
2 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex a 0.112
3 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex a 5.625
4 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex a 6.657
5 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM a 10.296
6 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 10.344
7 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex a 11.419
8 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex a 11.516
9 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex a 20.690
10 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex a 20.961
11 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex a 23.025
12 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 a 30.292
13 40 Hector Barbera Pons HP40 Kalex a 30.299
14 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 30.732
15 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM a 30.870
16 32 Isaac Vinales SAG Team Kalex a 31.052
17 52 Danny Kent Beta Tools – Speed Up Racing Speed Up a 31.958
18 64 Bo Bendsneyder Tech 3 Racing Tech 3 a 32.382
19 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex a 35.228
20 20 Fabio Quartararo Beta Tools – Speed Up Racing Speed Up a 35.357
21 45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 35.969
22 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS a 42.545
23 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 42.776
24 13 Romano Fenati Marinelli Snipers Team Kalex a 44.562
25 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS a 56.077
26 62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter a 1’01.581
27 95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex a 1’01.853
28 63 Muhammad Zulfahmi SIC Racing Team Kalex a 1’11.618
29 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 1’20.148
30 51 Eric Granado Forward Racing Team Suter a 1’26.192
22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM 10 Voltas
27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM 13 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3 em Sepang: Mir supera Martin e Bastianini e leva 9ªVitória Na temporada

Classificação

Treino Oficial foi dominado a maior parte do tempo pelo piloto da Gresini Jorge Martin da Espanha. Que colocou um temporal em todo mundo, Praticamente impossível de ser alcançado por algum concorrente pelo que se via na qualificação.

Mas veio o final do Treino e o campeão da Moto 3, Joan Mir em uma volta arrasadora. Acabou tomando a pole de Martin. Foi a primeira pole position do piloto da Leopard Racing (Por incrível que pareça, O campeão do Mundo não tinha sequer uma pole na temporada) Um frustrado Jorge Martin da Gresini e o Escocês John McPhee completam a primeira fila do GP Malaio.

Wkn0s4ek o

O Holandês Bo Bendsneyder com a melhor KTM larga em 4ºlugar, A frente de Gabriel Rodrigo com a moto da RBA Racing em 5ºlugar. Livio Loi acaba se beneficiando da punição que o Francês Jules Danilo (que perdeu 3 posições por pilotagem perigosa na Austrália) E completa a segunda fila.

Mesmo punido, Jules foi muito bem e vai largar em 9ºlugar. A frente do piloto da Rivacold vão largar Os italianos Romano Fenati (Vice-líder do campeonato) e Enea Bastianini da Estrella Galícia.

Fabio DI Giannantonio e Aron Canet acabaram ficando mais para trás. O piloto da Gresini vinha em 4ºlugar e acabou engolido no final, Jogado para o 11ºlugar. Terceiro colocado do campeonato o Espanhol da Estrella Galícia larga em 12ºlugar, Completando a 4ªFila do Grid.

1pr9x3z0 o

Grid de largada do GP da Malásia
17ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto 3

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 36 Joan Mir Leopard Racing Honda NSF250RW 2’12.078
2 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW 2’12.457
3 17 John McPhee British Talent Team Honda NSF250RW 2’12.816
4 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 2’13.161
5 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM RC250GP 2’13.165
6 11 Livio Loi Leopard Racing Honda NSF250RW 2’13.311
7 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 2’13.363
8 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW 2’13.374
9 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 2’13.309
10 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 2’13.419
11 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW 2’13.440
12 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW 2’13.571
13 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW 2’13.594
14 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda NSF250RW 2’13.792
15 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda NSF250RW 2’13.847
16 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 2’13.864
17 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 2’13.892
18 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM RC250GP 2’13.982
19 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 2’14.071
20 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra MGP3O 2’14.181
21 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda NSF250RW 2’14.249
22 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O 2’14.320
23 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O 2’14.623
24 65 Philipp Ottl Südmetall Schedl GP Racing KTM RC250GP 2’14.633
25 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 2’14.787
26 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra MGP3O 2’15.181
27 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda NSF250RW 2’15.214
28 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW 2’15.215
29 9 Kasma Kasmayudin Petronas Sprinta Racing Honda NSF250RW 2’15.577
30 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O 2’15.811
31 6 Maria Herrera Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O 2’16.786

Joan Mir não parou depois do Campeonato que conquistou no título da Moto 3. O Espanhol da Leopard conquistou sua 9ªVitória na temporada. (Se igualando a Marc Marquez em 2010 e a Aspar Martinez em 1987 com 9 Vitórias em 1 mesma  temporada) E fica agora a 1 vitória de igualar a marca de Valentino Rossi na temporada de 1997. (125cc)

T9efmppf o

A vitória não veio de forma fácil. Na largada Mir cai algumas posições e ver Jorge Martin assumir a liderança e vim em busca da 1ªvitória na temporada. De Cara o piloto da Gresini começa uma fuga para abrir diferença e quebrar o vácuo dos outros pilotos e evitar briga com várias motos pela liderança. Um plano que no decorrer da corrida se mostrou uma decisão acertada.

Prbzbk51 o

No final da primeira volta o Japonês Tatsuki Suzuki acabou sendo injetado da sua moto de maneira impressionante. Nada de grave aconteceu com ele. Tanto é que ele tentou voltar a prova, Mas voltar para fazer 17 outras voltas já sem condições de pontuar depois de um acidente como esse, Já é demais da conta para o piloto da SIC.

Frr3qxtt o

Joan Mir e Livio Loi estavam em 2º e 3ºlugares com Bastianini logo atrás em 4ºlugar. E em 5ºlugar vinha McPhee e Rodrigo disputando essa posição com o piloto do British Talent Team. A partir da 5ªVolta Joan Mir começou a baixar a diferença para Martin, Enquanto isso Bastianini e Loi disputavam o terceiro lugar. Acabou o piloto da Estrella Galicia levou a vantagem e ficou com o 3ºlugar. Rodrigo, McPhee e Norrodin brigavam pelo 5ºlugar.

Mir chegou em cima do Jorge Martin que liderava isolado na liderança. Na 9ªVolta enquanto Niccolò Antonelli acabou sofrendo mais uma queda, O piloto Espanhol Joan Mir passou para a liderança. Na 10ªVolta, O Malaio Adam Norrodin acabou caindo quando vinha em 4ºlugar. O que poderia ser um desastre Acabou sendo uma recuperação incrível. Logo Norrodin levantou sua moto e acabou voltando logo a prova, Voltando ainda na zona de pontuação.

Lvh9cxnt o

Na metade da prova Mir e Martin começaram a serem incomodados pelo Italiano Enea Bastianini que vinha forte com a Estrella Galicia. No final da 10ªVolta Bastianini se aproveitou dos erros de Martin e Mir e na entrada da volta 11, assumiu a liderança. Os três primeiros disputavam a vitória com Livio Loi em 4º Vinha a 2 segundos dos líderes. Já Rodrigo, Bensdneyder, Fenati, Canet e outros pilotos disputavam o 5ºlugar.

Qpwvvjam o

Na parte final de prova Martin voltou à liderança, Ganhando a posição de Bastianini. Com Joan Mir em 3º só acompanhando. Na volta 16 o Campeão de 2017 deu as cartas e passou a liderança da prova com Martin ganhando a posição do Bastianini na 2ªposição.

Na parte final de prova. O Piloto da Gresini e o piloto da Estrella Galicia Brigaram pelo 2ºlugar. Martin conseguiu se distanciar e tentou partir para cima do Mir, Mas o Espanhol acabou segurando por certa folga a vitória. Martin levou a 9ªVitória na temporada, Chegando aos formidáveis 321 pontos. (A maior pontuação das 3 categorias em 2017)

Ugh27ajv o

Martin leva o seu 9ºpódio da temporada, Mas ainda não venceu nessa temporada. O 2ºlugar após uma bela corrida foi um Balde de Água fria para o piloto da Gresini. O pódio foi completado pelo Italiano Enea Bastianini da Estrella Galicia.

Djkuotxz o

Livio Loi em um belo final de temporada acabou levando a 4ªposição de forma bem tranquila com a segunda Moto da Leopard Racing. John McPhee que acertou sua vida para 2018 para correr na equipe CIP chegou em 5ºlugar. A Frente de Andrea Migno que teve uma belíssima recuperação, Largando do 19ºlugar para chegar na 6ªposição.

Xmrko8fb o

Mesmo com o 7ºlugar em Sepang. O italiano Romano Fenati confirmou o vice-campeonato da Moto 3, Aron Canet que disputava essa posição acabou logo atrás de Fenati. Fabio de Giannantonio e Bo Bendsneyder completou os 10 primeiros colocados.

A última prova do Campeonato vai acontecer na Comunidade Valenciana no dia 12 de Novembro.

Resultado final da 17ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Malásia – Moto 3

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 36 Joan Mir Leopard Racing Honda NSF250RW 40’14.545
2 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW a 0.724
3 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW a 0.763
4 11 Livio Loi Leopard Racing Honda NSF250RW a 6.868
5 17 John McPhee British Talent Team Honda NSF250RW a 11.051
6 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP a 11.090
7 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW a 11.238
8 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW a 11.671
9 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW a 11.959
10 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP a 12.062
11 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda NSF250RW a 12.572
12 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda NSF250RW a 13.581
13 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM RC250GP a 14.885
14 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM RC250GP a 18.736
15 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra MGP3O a 21.986
16 65 Philipp Ottl Südmetall Schedl GP Racing KTM RC250GP a 23.365
17 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP a 23.524
18 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda NSF250RW a 25.908
19 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra MGP3O a 26.173
20 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda NSF250RW a 40.612
21 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O a 40.772
22 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW a 43.110
23 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O a 1’00.918
24 6 Maria Herrera Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O a 1’01.104
9 Kasma Kasmayudin Petronas Sprinta Racing Honda NSF250RW 1 Volta
48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O 2 Voltas
8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 3 Voltas
23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 10 Voltas
95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 13 Voltas
40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 15 Voltas
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW 17 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Fotos: MotoGP