Moto3: Em Losail Niccolò Antonelli nos metros finais arranca vitória de Binder

Na Moto 3 que é a categoria escola do Mundial de Motovelocidade tivemos mais uma prova alucinante aonde vários pilotos disputaram a vitória até a última curva e as vezes nos últimos metros o que foi que exatamente aconteceu.

Quando todo mundo achava que o Sul-africano Brad Binder iria conquistar sua primeira vitória na Moto 3 veio nos metros finais Niccolò Antonelli e voou baixo para conseguir a vitória por 7 milésimos de segundo deixando Binder com o segundo lugar com a KTM e um impressionante Francesco Bagnaia com sua Mahindra acabou em 3ºlugar enfrentando motos com diferença de potência bem superior a sua moto e a prova disso é que a Segunda melhor Mahindra ficou em 23ºlugar com Darryn Binder.

Moto3losail2016

Romano Fenati que foi o pole position da primeira Etapa do Campeonato acabou errando na volta final e deixando de disputar a vitória ficando em 4ºlugar e sendo ofuscado pela bela estreia de Nicolo Bulega que chegou a liderar a corrida em alguns momentos e que fechou a prova em 6ºlugar atrás de Enea Bastianini. Fica evidente que a Honda e a KTM farão um duelo grande pelo título e a Mahindra parece que vai depender muito de Francesco Bagnaia para andar na frente. A Pegueot que fez sua estreia na Moto 3 ficou nas últimas posições com seus dois pilotos. A próxima Etapa da Moto 3 será realizada em Termas de Rio Hondo no dia 3 de Abril.

Moto3losail2016 (3)

Classificação Final do GP do Qatar – Moto 3
Mundial de Motovelocidade

1 23 Niccolò Antonelli (Ongetta-Rivacold Honda) 38’12.161 em 18 Voltas
2 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 0.007
3 21 Francesco Bagnaia (ASPAR Mahindra Team Moto3 Mahindra) a 0.148
4 5 Romano Fenati (SKY Racing Team VR46 KTM) a 0.435
5 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Moto3 Honda) a 0.606
6 8 Nicolo Bulega (SKY Racing Team VR46 KTM) a 0.625
7 9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 0.674
8 11 Livio Loi (RW Racing GP BV Honda) a 1.710
9 65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing KTM) a 8.611
10 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 10.947
11 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) a 12.379
12 36 Joan Mir (Leopard Racing KTM) a 12.380
13 20 Fabio Quartararo (Leopard Racing KTM) a 12.401
14 64 Bo Bendsneyder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 12.726
15 44 Aron Canet (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 12.784
16 6 Maria Herrera (MH6 Laglisse KTM) a 12.939
17 16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) a 17.152
18 76 Hiroki Ono (Honda Team Asia Honda) a 17.367
19 19 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) a 17.451
20 7 Adam Norrodin (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 17.519
21 55 Andrea Locatelli (Leopard Racing KTM) a 17.566
22 89 Khairul Idham Pawi (Honda Team Asia Honda) a 17.608
23 40 Darryn Binder (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 31.939
24 10 Alexis Masbou (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 31.949
25 58 Juanfran Guevara (RBA Racing Team KTM) a 32.120
26 4 Fabio di Giannantonio (Gresini Racing Moto3 Honda) a 32.333
27 17 John Mcphee (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 32.547
28 24 Tatsuki Suzuki (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 32.812
29 43 Stefano Valturini (3570 Team Italia Mahindra) a 34.584
30 98 Karel Hakina (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 59.105
31 77 Lorenzo Petrarca (3570 Team Italia Mahindra) a 59.109
32 3 Fabio Spiranelli (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 1’34.948

Não Completou a corrida:
88 Jorge Martin (ASPAR Mahindra Team Moto3 Mahindra) 1 Volta

Nome: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Lorenzo abre temporada da MotoGP de 2016 com vitória em Losail

Jorge Lorenzo começou o ano fazendo uma corrida ótima conquistando a primeira etapa do campeonato da MotoGP, Pole position em Losail o piloto Espanhol acabou perdendo posicionamento no começo da prova para os dois pilotos da Ducati, Andrea Dovizioso passou a liderança com Andrea Iannone assumindo o segundo lugar na segunda volta e ai veio Jorge Lorenzo em 3ºlugar com Valentino Rossi e Marc Marquez que caiu de 2º para o 5ºlugar, Quem realmente caiu foi Marevick Viñales que foi para o 7ºlugar no começo da prova, logo na 2ªVolta o Colombiano inaugurou a temporada de quedas sendo eliminado da prova com a moto da Aspar Martinez com as motos de 2014 da Ducati.

MotogpLosail_2016

As duas motos italianas começaram com muita força tentando estabelecer domínio na prova até que na 6ªVolta da corrida Andrea Iannone perdeu o controle de sua moto e caiu abandonando a corrida. A Partir dai Jorge Lorenzo começou a busca pela vitória já que um dos pilotos da Ducati estava fora de combate e para o Tricampeão do mundo era mais fácil buscar a liderança para cima de Dovizioso que lutou para manter a liderança, Mas Lorenzo não deu chance nenhuma e na 9ªVolta o Piloto da Yamaha assumiu a liderança e dai não perdeu mais a liderança apesar de Dovizioso tentar manter uma disputa pelo 1ºlugar.

MotogpLosail_2016 (3)A Partir dai Andrea Dovizioso, Marc Marquez e Valentino Rossi passaram a disputar o 2ºlugar durante muitas voltas principalmente em uma disputa entre o piloto da Ducati e o piloto da Honda, A 4 Voltas do Final Marquez assumiu o segundo lugar e dai Valentino Rossi que estava um pouco mais atrás resolveu aparecer para tentar tirar a Ducati de Dovizioso no pódio tirando a diferença que ele tinha contra, Só que Dovizioso não só segurou Rossi como passar Marquez na Reta na Penúltima volta resumindo o segundo lugar.

MotogpLosail_2016 (1)

Na Volta final Marquez fez a última tentativa, conseguiu a ultrapassagem mas perdeu a curva na volta final e Dovizioso voltou ao segundo lugar. Mas nada que tirasse a vitória nas mãos de Jorge Lorenzo que marcou os primeiros 25 pontos na caminhada para disputar o 4ºtítulo da sua carreira. Andrea Dovizioso levou a Ducati ao pódio em segundo lugar superando a Marc Marquez que teve a melhor Honda da corrida e deixando Valentino Rossi de Fora do pódio. A diferença entre Dovizioso, Marquez e Rossi foi de apenas 368 milésimos.

MotogpLosail_2016 (4)

Bem distanciados o tempo todo Dani Pedrosa e Marevick Vinales acabaram disputando o 5ºlugar com o piloto da Honda levando essa posição e Viñales com a Suzuki superando de longe a Aleix Espargaró que ficou em 11ºlugar numa corrida apagada, Completaram os dez primeiros colocados os pilotos da Tech 3 Pol Espargaró e Bradley Smith em 7º e 8º colocados, Depois Hector Barbera com a moto Ducati de 2014 superando a moto de Ducati de 2015 de Scott Redding completando os 10 primeiros colocados.

Destaque negativo para a Honda que acabou tendo suas motos satélites Jack Miller e Tito Rabat acabaram nas últimas posições da corrida e Cal Crutchlow acabou caindo na 7ªvolta da prova com a LCR Honda.

MotogpLosail_2016 (5)

Daqui a 2 semana teremos a prova na Argentina em Termas de Rio Hondo com a Moto 3, Moto 2 e a MotoGP.

Resultado final do GP do Qatar – Mundial de Motovelocidade
MotoGP – 22 Voltas

1 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 42’28.452
2 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) a 2.019
3 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) a 2.287
4 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 2.387
5 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) a 14.083
6 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 15.423
7 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 18.629
8 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 18.652
9 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) a 21.160
10 45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 24.435
11 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 35.847
12 50 Eugene Laverty (Aspar Team MotoGP Ducati) a 41.756
13 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 41.932
14 43 Jack Miller (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) a 41.982
15 53 Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) a 54.953

Não Terminaram a corrida:

6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 11 Voltas
76 Loris Baz (Avintia Racing Ducati) a 14 Voltas
35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) a 16 Voltas
29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) a 17 Voltas
68 Yonny Hernandez (Aspar Team MotoGP Ducati) a 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Aprilla vence as duas corridas em Qatar e Chaz Davies conquista o vice-campeonato

A última Etapa da SBK 2015 foi disputada sobre a noite no Qatar no circuito de Losail e teve domínio dos dois piloto da Aprilla das vitórias. Na primeira Bateria a disputa no começo se resumiu aos pilotos da Kawasaki Jonathan Rea e Tom Sykes e pelo piloto da Ducati Chaz Davies que era o vice-líder do campeonato, Um pouco mais atrás vinha o piloto Jordi Torres que veio do nada e com o decorrer das voltas acabou se aproximando de Davies e depois se aproximou dos pilotos da Kawasaki e passou a Sykes e depois de uma bela briga com o campeão do mundo dessa temporada Jonathan Rea o piloto espanhol assumiu a liderança da corrida a 6 voltas do final.

Mas não foi fácil para Torres que teve de aguentar um ataque final de Rea que chegou a passar o piloto da Aprilla, Mas Torres deu o X e acabou levando a corrida conquistando sua primeira vitória na Super Bike, Categoria aonde parece que Torres se adaptou muito bem e que pode vim a ter uma grande carreira depois da passagem sem um brilho maior na Moto 2 o 2015 de Torres foi muito bom no time oficial da Aprilla. O pódio foi completado pelo piloto Campeão de 2015 Jonathan Rea e pelo seu companheiro de equipe Tom Sykes. Chaz Davies ficou em 4ºlugar. Completando os 6 primeiros vieram o Piloto Michael vd Mark em grande forma com a Moto da Honda e Leon Haslam que ficou longe de Torres na primeira bateria.

Grande campeonato do Hermano Leandro Mercado!
Grande campeonato do Hermano Leandro Mercado!

Resultado final da 25ªEtapa da Super Bike – SBK
GP do Qatar 0 17 Voltas = 91,460 Km

1 81 Jordi Torres (Aprilia Racing Team – Red Devils Aprilia RSV4 RF) 33’40.883 – Avg. 162,927 km/h
2 65 Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team Kawasaki ZX-10R) a 0.726
3 66 Tom Sykes (Kawasaki Racing Team Kawasaki ZX-10R) a 6.579
4 7 Chaz Davies (Aruba.it Racing-Ducati SBK Team Ducati Panigale R) a 7.889
5 60 Michael vd Mark (PATA Honda World Superbike Team Honda CBR1000RR SP) a 13.512
6 91 Leon Haslam (Aprilia Racing Team – Red Devils Aprilia RSV4 RF) a 17.755
7 112 Javier Fores (Aruba.it Racing-Ducati SBK Team Ducati Panigale R) a 23.590
8 44 David Salom (Team Pedercini Kawasaki ZX-10R) a 26.417
9 36 Leanro Mercado (BARNI Racing Team Ducati Panigale R) a 26.489
10 1 Sylvian Guintoli (PATA Honda World Superbike Team Honda CBR1000RR SP) a 27.979
11 86 Ayrton Badovini (BMW Motorrad Italia SBK Team BMW S1000 RR) a 28.120
12 14 Randy de Puniet (VOLTCOM Crescent Suzuki Suzuki GSX-R1000) a 34.064
13 75 Gabor Rizmayer (BMW Team Toth BMW S1000 RR) a 1’09.123
14 23 Christophe Ponsson (Team Pedercini Kawasaki ZX-10R) a 1’10.996
15 45 Gianluca Vizziello (Grillini SBK Team Kawasaki ZX-10R) a 1’13.892
16 48 Aalex Phillis (Grillini SBK Team Kawasaki ZX-10R) a 1’30.797
17 10 Imre Toth (BMW Team Toth BMW S1000 RR) a 1 Volta

Não Terminou a Corrida:

59 Niccolò Canepa (Althea Racing Ducati Panigale R) a 7 Voltas
40 Ramon Ramos (Team Go Eleven Kawasaki ZX-10R) a 10 Voltas
22 Alex Lowes (VOLTCOM Crescent Suzuki Suzuki GSX-R1000) a 11 Voltas
2 Leon Camier (MV Agusta Reparto Corse MV Agusta) Não Largou

Na segunda bateria já em cima de fim de festa a disputa pela vitória ficou entre a Aprilla de Leon Haslam, A Ducati de Chaz Davies e a Kawasaki de Tom Sykes que disputaram curva a curva até o final pela última vitória no ano. Essa vitória acabou com o Inglês Leon Haslam com Chaz Davies em segundo lugar conquistando o vice-campeonato com 18 pontos na frente de Tom Sykes que ficou em 3ºlugar completando o pódio.

Final belíssimo de temporada para Michael vd Mark chegando em 4ºlugar superando o piloto Sylvian Guintoli que foi campeão em 2014, Mas nesse ano com a Moto Honda acabou não passando de um figurante ganhando apenas 1 pódio em Magny-Cours e fechando em 6ºlugar com apenas 218 pontos contra os 548 do campeão Jonathan Rea. O Piloto Argentino Leandro Mercado fechou o ano em alta em 6ºlugar na corrida o que foi o seu melhor resultado no campeonato e com a sua regularidade ele levou a sua moto de um time satélite da Ducati ao 8ºlugar no campeonato sendo o melhor piloto com moto de equipe não oficial 3 pontos na frente de Matteo Baiocco que não disputou as 2 corridas. Jonathan Rea acabou não completando a última corrida do campeonato, Mas isso não fez falta foram 26 GPs, 14 Vitórias, 23 pódios. Uma campanha maravilhosa para o piloto Inglês que merece todas as palmas.

Espera-se que em 2016 a Super Bike fique mais forte, A entrada de Nicky Hayden vai ajudar a fortalecer o grid e esperamos que os grids sempre tenham acima de 20 motos pelo menos, se possível sempre ter 25 competidores por corrida e que tenham um alto nível todos eles. E Além da vinda de Hayden teremos também a vinda da Yamaha que terá a equipe Pata que teve nesse ano as motos da Honda que agora terá o piloto Norte-Americano Nicky Hayden.

No final do ano falaremos mais da Super Bike que teve pela primeira vez em muitos anos espaço no Portalsportszone. Mesmo que o Show da MotoGP seja incomparável a SBK faz um trabalho correto também com as suas categorias de acesso e com uma boa transmissão de TV. Em 2016 continuaremos a retratar esse campeonato. Parabéns a Jonathan Rea pelo título incontestável da SBK em 2015.

Haslam conquistou a última etapa na temporada de 2015.
Haslam conquistou a última etapa na temporada de 2015.

Resultado final da 26ªEtapa da Super Bike – SBK

GP do Qatar 0 17 Voltas = 91,460 Km

1 91 Leon Haslam (Aprilia Racing Team – Red Devils Aprilia RSV4 RF) 33’45.745 – Avg. 162,536 km/h
2 7 Chaz Davies (Aruba.it Racing-Ducati SBK Team Ducati Panigale R) a 0.110
3 66 Tom Sykes (Kawasaki Racing Team Kawasaki ZX-10R) a 0.388
4 60 Michael vd Mark (PATA Honda World Superbike Team Honda CBR1000RR SP) a 7.653
5 1 Sylvian Guintoli (PATA Honda World Superbike Team Honda CBR1000RR SP) a 14.487
6 36 Leandro Mercado (BARNI Racing Team Ducati Panigale R) a 19.363
7 14 Randy de Puniet (VOLTCOM Crescent Suzuki Suzuki GSX-R1000) a 22.468
8 59 Niccolò Canepa (Althea Racing Ducati Panigale R) a 22.530
9 44 David Salom (Team Pedercini Kawasaki ZX-10R) a 27.596
10 86 Ayrton Badovini (BMW Motorrad Italia SBK Team BMW S1000 RR) a 29.294
11 23 Christophe Ponsson (Team Pedercini Kawasaki ZX-10R) a 1’02.181
12 45 Gianluca Vizziello (Grillini SBK Team Kawasaki ZX-10R) a 1’05.246
13 75 Gabor Rizmayer (BMW Team Toth BMW S1000 RR) a 1’05.256
14 10 Imre Toth (Team Toth BMW S1000 RR) a 2’04.813
15 48 Alex Phillis (Grillini SBK Team Kawasaki ZX-10R) a 2 Voltas

Não Terminou a Corrida:

40 Ramon Ramos (Team Go Eleven Kawasaki ZX-10R) a 1 Volta
81 Jordi Torres (Aprilia Racing Team – Red Devils Aprilia RSV4 RF) a 2 Voltas
65 Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team Kawasaki ZX-10R) a 13 Voltas
2 Leon Camier (MV Agusta Reparto Corse MV Agusta F4 RR) a 13 Voltas
22 Alex Lowes (VOLTCOM Crescent Suzuki Suzuki GSX-R1000) a 17 Voltas

Texto : Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Twitter

Resultado Final da Moto 3 – GP do Qatar

1 10 Alexis Masbou (SAXOPRINT RTG) Honda 38’25.424
2 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Team Moto3) Honda a 0.027
3 52 Danny Kent (Leopard Racing) Honda a 0.142
4 7 Efren Vazquez (Leopard Racing) Honda a 0.288
5 17 John Mphee (SAXOPRINT RTG) Honda a 0.693
6 32 Isaac Viñales (Husqvarna Factory Laglisse) Husqvarna a 0.765
7 20 Fabio Quartararo (Estrella Galicia 0,0) Honda a 0.772
8 23 Niccolò Antonelli (Ongetta-Rivacold) Honda a 0.773
9 21 Francesco Bagnaia (MAPFRE Team MAHINDRA) Mahindra a 0.909
10 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo) KTM a 1.317
11 55 Andrea Locatelli (Gresini Racing Team Moto3) Honda a 1.546
12 9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0) Honda a 1.608
13 98 Karel Hanika (Red Bull KTM Ajo) KTM a 1.869
14 65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing) KTM a 2.504
15 88 Jorge MArtin (MAPFRE Team MAHINDRA) Mahindra a 5.119
16 44 Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo) KTM a 6.814
17 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC) KTM a 8.760
18 58 Juanfran Guevara (MAPFRE Team MAHINDRA) Mahindra a 9.259
19 40 Darryn Binder (Outox Reset Drink Team) Mahindra a 11.385
20 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold) Honda a 27.616
21 12 Matteo Ferrari (San Carlo Team Italia) Mahindra a 29.071
22 6 Maria Herrera (Husqvarna Factory Laglisse) Husqvarna a 29.266
23 24 Tatsuki Suzuki (CIP) Mahindra a 29.436
24 16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46) KTM a 29.485
25 19 Alessandro Tonucci (Outox Reset Drink Team) Mahindra a 29.770
26 53 Marco Bezzecchi (San Carlo Team Italia) Mahindra a 46.295
27 91 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team) KTM a 46.406
28 63 Zulfahmi Khairuddin (Drive M7 SIC) KTM a 1’04.409
29 61 Loris Cresson (RBA Racing Team) KTM a 1’40.606

Não Terminaram a corrida:

5 Romano Fenati (SKY Racing Team VR46 KTM) 1 Volta
11 Livio Loi (RW Racing GP Honda) 8 Voltas
76 Hiroki Ono (Leopard Racing Honda) 10 Voltas
2 Remy Gardner (CIP Mahindra) 10 Voltas
31 Niklas Ajo (RBA Racing Team KTM) 17 Voltas

Moto 2: Folger conquista a vitória após azar de Zarco

No Circuito de Losail tinha tudo para ser uma festa do Francês Johann Zarco, Mas com problemas nas voltas finais proporcionaram ao Alemão Jonas Folger vencer o GP do Qatar da Moto 2, É a primeira vitória da AGR Team e do piloto Alemão na Moto 2. A corrida foi marcada no seu começo pelas quedas de importantes pilotos como o pole position Sam Lowes que acabou caindo tentando seguir Zarco que largou muito bem e assumiu a liderança da corrida, Além da Queda de Lowes caíram também o campeão do ano passado Esteve Rabat que levou com ele o Italiano Simone Corsi e na mesma volta o piloto Luis Salom também caiu.

Johann Zarco em primeiro, Jonas Folger em 2º e Xavier Simeon em 3º dispararam na Frente, A disputa ficava a partir do 4ºlugar aonde estavam participando o Italo-Brasileiro Franco Morbidelli, Sandro Cortese, Thomas Luthi e Mika Kallio numa belíssima disputa com várias trocas de posições entre eles e vinha lá de trás o piloto Alex Rins que vinha com tudo para abocanhar um resultado melhor.

Quando no final da corrida parecia tudo resolvido o Francês Zarco enfrenta problemas na sua Moto Kalex-Honda e acaba perdendo rendimento e com isso Folger assumiu a ponta da prova, Enquanto Folger se encaminhava para a vitória os outros pilotos escavaram Zarco que não tinha como segurar a aproximação de ninguém com ainda 3 voltas para serem completadas.

No final da corrida o Grupo que disputava o 4ºlugar agora disputava um lugar no pódio com a quebra da Moto de Zarco que se arrastou no final da corrida, Todo o pelotão passou Zarco e no final dessas brigas o Piloto Alex Rins disputou curva a curva o 3ºlugar com o Suiço Thomas Luthi, Apesar da melhor moto do piloto Espanhol acabou Luthi levando esse lugar no pódio.

Agora a festa foi de Jonas Folger que conquistou a sua primeira vitória na Moto 2 com o piloto da Gresini Xavier Simeon fazendo um belíssimo segundo lugar e com Luthi no pódio os Espanhóis foram expulsos do pódio, Rins que largou da 9ªPosição e caiu para o 20ºlugar nas primeiras voltas conseguiu uma grande 4ªposição, Franco Morbidelli chegou na frente de seu companheiro de equipe o Finlandês Mika Kallio da Italtrans completando os 6 primeiros colocados jogando Cortese para o 7ºlugar.

Johann Zarco ainda conseguiu levar a sua moto para o 8ºlugar, Louis Rossi e Baldassarri completaram os 10 primeiros colocados na frente do campeão da Moto 3 no ano passado o piloto Aleix Marquez da Estrella Galícia Marc VDS. Próxima etapa no dia 12 de Abril no GP das Américas em Austin.

Resultado final do GP do Qatar da Moto 2

1 94 Jonas Folger (AGR Team Kalex) 40’18.532
2 19 Xavier Simeon (Federal Oil Gresini Moto2 Kalex) a 5.051
3 12 Thomas Luthi (Derendinger Racing Interwetten Kalex) a 12.123
4 40 Alex Rins (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) a 12.202
5 21 Franco Morbidelli (Italtrans Racing Team Kalex) a 14.385
6 36 Mika Kallio (Italtrans Racing Team Kalex) a 14.413
7 11 Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP Kalex) a 14.471
8 5 Johann Zarco (Ajo Motorsport Kalex) a 18.541
9 96 Louis Rossi (Tasca Racing Scuderia Moto2 Tech 3) a 20.914
10 7 Lorenzo Baldassarri (Athinà Forward Racing Kalex) a 21.336
11 73 Alex Marquez (EG 0,0 Marc VDS Kalex) a 21.847
12 55 Hafizh Syahrin (Petronas Raceline Malaysia Kalex) a 23.226
13 60 Julian Simon (QMMF Racing Team Speed Up) a 25.573
14 30 Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 29.784
15 77 Dominique Aegerter (Technomag Racing Interwetten Kalex) a 30.267
16 23 Marcel Schrotter (Tech 3 Tech 3) a 34.561
17 4 Randy Krummenacher (JIR Racing Team Kalex) a 36.850
18 25 Azlan Shah (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 48.346
19 10 Thitipong Warokorn (APH PTT The Pizza SAG Kalex) a 48.772
20 70 Robin Mulhauser (Technomag Racing Interwetten Kalex) a 49.670
21 66 Florian Alt (Octo Iodaracing Team Suter) a 1’15.596
22 2 Jesko Raffin (sports-millions-EMWE-SAG Kalex) a 1’15.641
23 51 Zaqhwan Zaidi (JPMoto Malaysia Suter) a 1’21.693

Não Completaram a corrida:

88 Ricard Cardus (Tech 3 Tech 3) a 1 Volta
95 Anthony West (QMMF Racing Team Speed Up) a 11 Voltas
3 Simone Corsi (Athinà Forward Racing Kalex) a 17 Voltas
1 Tito Rabat (EG 0,0 Marc VDS Kalex) a 17 Voltas
39 Luis Salom (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) a 17 Voltas
49 Axel Pons (AGR Team Kalex) a 17 Voltas
22 Sam Lowes (Speed Up Racing Speed Up) a 18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: AGR Team