Assoalho irregular elimina Grosjean da classificação em Monza

Romain Grosjean acabou perdendo o 6ºlugar que conquistou no GP da Itália no Circuito de Monza. A Desclassificação do piloto Francês aconteceu após um protesto da equipe Renault, Aonde os comissários pediram ao delegado Técnico uma investigação do caso.

Após essa investigação, Foi constatada a irregularidade as regras do Regulamento.

“O plano de referência do carro número 08 não está em conformidade com o artigo 3.7.1 d) e os esclarecimentos dados em TD / 033-18 publicado em 25 de julho de 2018”, disse a FIA.

O artigo mencionado afirma: “A superfície formada por todas as partes situadas no plano de referência deve ter um raio de 50mm (+/- 2mm) em cada canto dianteiro, quando vista diretamente abaixo do carro, sendo aplicada após a superfície ter sido definida. ”

A Haas vai recorrer dessa decisão, Com essa desclassificação. O Resultado da prova mudou como também o campeonato de pilotos e de construtores.

Resultado Final do GP da Itália – Após a Desclassificação de Romain Grosjean

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 1:16:54.484 3
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 8.705s 1
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 14.066s 4
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 16.151s 2
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 18.208s 5
DES 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 53 a 56.320s 6
6 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 57.761s 8
7 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 58.678s 14
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 53 a 1:18.140s 7
9 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 Volta 10
10 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 Volta 12
11 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 15
12 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 17
13 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 20
14 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 52 a 1 Volta 9
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 18
16 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 11
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 23 Motor 19
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 9 Abandonou 13
28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Suspensão 16

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: Haas

Hamilton supera favoritismo da Ferrari e conquista soberba vitória em Monza

Tudo indicava uma grande vitória da Ferrari em Monza aparece o brilho do Inglês Lewis Hamilton, Com a Mercedes ele acabou fazendo a diferença. Ao conquistar a vitória após uma feroz disputa com o Finlandês Kimi Raikkonen que viveu final de semana iluminado.

A 68ªVitória do piloto Inglês começou a ser desenhada na primeira volta. Raikkonen manteve a ponta com Vettel, Hamilton, Verstappen, Grosjean e Bottas disputando o 5ºlugar. Na segunda chicane, Hamilton por fora  colocou de lado em cima do Vettel. Em um movimento prefeito, O inglês acabou passando o Alemão que acabou rodando e comprometendo sua corrida.

Safety Car na pista. Primeiro pelo acidente de Brendon Hartley que acabou sendo atingido na largada pelo Marcus Ericsson e depois pelo que aconteceu com Vettel.

Vettel, Ricciardo, Ericsson e Hulkenberg foram para os boxes. O piloto da Ferrari fez a parada para trocar a asa e os pneus, Ericsson trocou seu pneu furado. Os outros pararam por mudança de estratégia.

Na volta 4, A corrida recomeça e Hamilton usou o vácuo para assumir a liderança. O piloto Finlandês deu o troco na 2ª chicane e voltou a liderança sem qualquer problema. Era a chance de Kimi Raikkonen quebrar um tabu de 5 anos e meio sem vitória. (última vitória foi na Austrália em 2013 com a equipe Lotus) Sem Vettel na frente, O homem de Gelo não teria de ser o escudeiro, Mas sim o homem a brigar pela vitória.

Vettel vinha em 15ºlugar, Atrás de Daniel Ricciardo no final da 5ªVolta da prova. Enquanto isso, Perez e Magnussen se tocam, Com prejuízo para o piloto da Haas que foi obrigado a fazer a parada.

Vettel tinha uma dura batalha com Daniel Ricciardo pelo 14ºlugar. Na frente deles vinham Alonso, Leclerc e Gasly disputando posições. Na 8ªVolta, Vettel consegue a ultrapassagem sobre o piloto da Red Bull e ganha o 14ºlugar. A partir desse momento o Alemão começou a se recuperar bem rápido.

Fernando Alonso foi para os boxes e abandonou a prova, Em mais um dia problemático para a Mclaren. Vettel por sua vez ultrapassou Gasly e Leclerc subindo para o 11ºlugar. Já Sergio Perez também subia na prova. Passando Sergei Sirotkin na 12ªVolta ganhando o 9ºlugar.

Enquanto isso, Hamilton tirava tudo e mais um pouco de seu carro para ficar perto de Raikkonen, Que por sua vez não conseguia abrir mais do que um segundo de diferença.

Na Volta 14, Esteban Ocon passa Carlos Sainz no final da reta dos boxes e leva o 6ºlugar. A Racing Point mostrando potencial da nova Force India. Lá na frente, Bottas não conseguia passa Verstappen, Que estava dando tudo de si para manter o 3ºlugar. Para uma Red Bull sem um motor potente, Era um resultado maravilhoso.

Vettel chegou nos pilotos da Williams, Na volta 15 passou Siroktin. Na volta seguinte passou Lance Stroll, Chegando ao 9ºlugar. O Alemão da Ferrari parecia que iria passar fácil por Perez, Mas o piloto da Ferrari acabou levando o X na primeira chicane do piloto Mexicano. Claro que a ultrapassagem era inevitável. Porém, O piloto da Force India deu um pouco de trabalho para Vettel. Depois da ultrapassagem na volta 18. O piloto da Ferrari foi para cima de Carlos Sainz e ganha o 7ºlugar.

Lá na frente, Continuava Raikkonen a apenas 1 segundo de frente para Hamilton. Derepente a Mercedes vai para a frente dos boxes. A Ferrari Acreditou e deu a ordem para Raikkonen parar na 20ªVolta. Isso poderia dar a vantagem para Hamilton para fazer volta rápida feito o martelo, Fazer a parada e voltar na frente de Raikkonen.

Porém, Hamilton fica mais uma volta até que a Mercedes decidiu manter-lo na pista. Já que poderia chover a qualquer momento no circuito. Raikkonen começava a fazer volta mais rápida da prova. Vettel na volta 25 Ultrapassou Ocon e assumiu a 5ªposição com a parada de Romain Grosjean.

Na volta 26, Daniel Ricciardo explodiu o motor quando vinha passando um dos pilotos da Williams. O piloto Australiano vive um momento difícil na temporada 2018 após ter obtido 2 vitórias na parte inicial do ano. Na Volta seguinte, Verstappen foi fazer sua parada. Com isso, Hamilton era o líder com Bottas em 2º e Raikkonen vinha na terceira posição. Vettel subiu para o 4ºlugar.

O piloto inglês vinha com 20 segundos a frente de Raikkonen, Na volta 28 o líder do campeonato vai para os boxes e volta em terceiro lugar, Ficando muito mais atrás do Raikkonen do que ele estava antes da parada. Bottas assumiu a liderança.

Na 30ªVolta, Vettel fez a sua segunda parada para recolocar os pneus mais macios e terminar a corrida.

Raikkonen passa a pressionar Bottas. A Partir dai, O piloto da Mercedes começou a se destacar na prova, Segurando Raikkonen pelo tempo necessário para que Lewis Hamilton chegasse no piloto da Ferrari. Não só isso, O tempo que Raikkonen ficou atrás de Bottas foi o bastante para o pneus dele começassem a ficar com bolhas, Que prejudicaria o desempenho do seu carro no final da prova.

Gasly, Leclerc e Stroll foram para a parada obrigatória na volta 35. Na Volta seguinte, Bottas foi para os boxes. Agora a briga era entre Raikkonen e Hamilton pela vitória. Bottas voltou em 4ºlugar, Atrás do Max Verstappen. Ocon parou na volta 39, Isso junto da ultrapassagem em cima de Perez de novo, Vettel recuperou a 5ªposição. Os últimos a pararem nos boxes foram Perez e Sainz na volta 40.

Hamilton passou  seguir de perto Raikkonen na disputa pela vitória. Mais atrás, Verstappen tentava segurar posição em cima de Bottas. Na Volta 44, O piloto da Mercedes tentou passar Verstappen por fora. O Piloto da Red Bull fechou demais a porta em cima do Finlandês e deu um toque que fez Bottas passar pela área de Escape da primeira Chicane. Isso fez o lance fica sob investigação.

Na volta seguinte, Hamilton foi de vez para cima de Raikkonen. Indo Por fora, O piloto da Mercedes foi decisivo e tomou a liderança. Depois disso o inglês abriu em cima de Raikkonen que estava com os seus pneus detonados. Era 1 segundo por volta que Lewis ganhava de vantagem para o Homem de Gelo.

Já no incidente entre Verstappen e Bottas acabou que o piloto da Red Bull tomou 5 segundos de Penalização no seu tempo final de prova. Isso facilitou a vida de Bottas, Que chegou a atacar Verstappen por umas duas vezes. Sem precisar pressionar, Já que o desempenho do piloto da Mercedes permitia a ele ficar atrás do piloto Holandês.

Hamilton faz uma atuação soberba e venceu na casa da Ferrari, Abrindo 32 pontos a frente do Vettel na liderança do Mundial. Uma enorme vantagem para o inglês que busca o pentacampeonato.

Kimi Raikkonen acabou vendo talvez sua última chance de vencer na sua carreira escapar diante dos seus dedos. Ficando com o 2ºlugar em um final de semana iluminado do Finlandês. Que não terá seu contrato renovado para 2019. O piloto Charles Leclerc ao que tudo indica correr pela Ferrari no ano que vem.

Valtteri Bottas que foi apático na primeira parte de corrida acabou melhorando muito, Sendo Fundamental na vitória de Hamilton e também conseguindo superar Verstappen. A punição de 5 segundos deu ao piloto da Mercedes o pódio. Já Verstappen perdeu também o 4ºlugar para Sebastian Vettel, Após a rodada da primeira curva, O piloto Alemão conseguiu recuperar parte do que perdeu na primeira volta. Porém, Um balde de Água fria depois da Vitória no GP da Bélgica.

Também foi um balde de Água fria para Verstappen que na pista ficou em 3º, Mas punido acabou ficando com o 5ºlugar com o carro da Red Bull. Diga-se de passagem, Max se esforçou ao máximo para ficar com esse pódio.

Romain Grosjean fez um belo final de semana, levando a Haas para o 6ºlugar. Isso ajuda a equipe Norte-Americana na disputa pelo 4ºlugar no Mundial de Construtores com a Renault que não teve um bom final de semana em Monza. (Assim como foi na Bélgica) O piloto Francês superou a os dois pilotos da Racing Point Force India. Esteban Ocon em 7º e Sergio Perez que fez uma bela corrida de recuperação em 8º deram mais 10 pontos para a equipe de Laurence Stroll. Em 2 corridas eles já passaram a Williams, Sauber e já estão na cola de Toro Rosso, Em 8ºlugar com 28 pontos. Com os 59 pontos acrescentados, levariam a nova Force India para o 4ºlugar. A frente da Renault e da Haas.

Carlos Sainz jr. salvou dois pontos para a Renault com o 9ºlugar, E a Williams teve finalmente um bom final de semana. Lance Stroll levou seu carro para o 10ºlugar, Fechando a zona de pontuação. O final de semana da equipe inglesa só não foi prefeita porque o Russo Sergei Sirotkin acabou batendo na trave e não conseguiu marcar ponto ao ficar em 11ºlugar.

Charles Leclerc acabou fazendo uma corrida apenas correta, Ficando em 12ºlugar, Seguido pelo pobre Stoffel Vandoorne que esta com um pé fora da Formula 1, Com uma Mclaren que em nada pode ajudar o Belga nesse momento.

Nico Hulkenberg teve um final de semana bem ruim e acabou em 14ºlugar. Pierre Gasly fez milagre na classificação. Porém, não deu para fazer nada na corrida além do 15ºlugar. Marcus Ericsson da Sauber e Kevin Magnussen com a Haas completaram a lista dos pilotos que terminaram a prova.

Daqui a duas semanas teremos em Cingapura a 15ªEtapa do Mundial de formula 1. Com 7 etapas pela frente, Lewis Hamilton teve uma atuação brilhante e agora abriu uma importante vantagem para Vettel, Que agora terá de lutar muito para tirar essa vantagem do Inglês. Ou então, Podemos esta diante de termos um novo pentacampeão do mundo.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP da Itália de Formula 1
14ªEtapa do 69ºMundial de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 1:16:54.484 3
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 8.705s 1
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 14.066s 4
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 16.151s 2
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 18.208s 5
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 53 a 56.320s 6
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 57.761s 8
8 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 58.678s 14
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 53 a 1:18.140s 7
10 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 Volta 10
11 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 Volta 12
12 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 15
13 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 17
14 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 20
15 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 52 a 1 Volta 9
16 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 18
17 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 11
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 23 Motor 19
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 9 Abandonou 13
28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Suspensão 16

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Toro Rosso/Haas/Force India/Williams/Red Bull

Formula V8 – 7ºrodada Dupla em Monza – Vantagem de Dillmann cai para 11 pontos e Nissany e Orudzhev vencem

A 7ªRodada Dulpa em Monza aconteceu nos dias 1º e 2 de Outubro

Grid de largada 13ª Corrida da Temporada de 2016
Formula V8 3.5
Monza – Itália

1    Roy Nissany    (Lotus)    1’33.646
2    Pietro Fittipaldi    (Fortec)    1’33.723
3    Rene Binder    (Lotus)    1’33.813
4    Louis Deletraz    (Fortec)    1’33.835
5    Egor Orudzhev    (Arden)    1’33.920
6    Aurelien Panis    (Arden)    1’34.070
7    Matthieu Vaxiviere    (SMP Racing)    1’34.112
8    Vitor Baptista    (RP Motorsport)    1’34.149
9    Tom Dillmann    (AVF)    1’34.169
10    William Buller    (RP Motorsport)    1’34.205
11    Beitske Visser    (Ted Martin)    1’34.338
12    Yu Kanamaru    (Ted Martin)    1’34.995
13    Alfonso Celis    (AVF)    1’35.117
14    Giuseppe Cipriani    (Durango)    1’37.281

Como foi a 13ªEtapa da Formula V8 3.5

formulav8_monza2016

Na largada Pietro Fittipaldi tinha assumindo a liderança, mas passou reto na primeira chicane deixando novamente a liderança com Roy Nissany seguido de Vaxiviere, Delétraz e Panis. Ainda nos primeiros movimentos o russo Egor Orudzhev foi para fora da pista. Pietro Fittipaldi caiu para o 5ºlugar com Binder ganhando a posição de Visser no começo da segunda volta.

Na segunda volta Giuseppe Cipriani acabou rodando de maneira perigosa e por muito pouco mesmo não acabou ele não se chocou com outros pilotos por trás, O piloto francês Matthieu Vaxiviere sofria a pressão de Louis Deletraz valendo a segunda posição da prova, Perto dos dois vinha Aurélien Panis em 4ºlugar com Pietro Fittipaldi bem longe em 5ºlugar segurando Binder, Visser, Kanamaru, Buller e Tom Dillmann. O líder do campeonato não estava bem colocado na prova.

Na reta dos boxes na entrada da volta 5 Delétraz pega o vacuo na reta e coloca de lado e mesmo com todo o esforço do piloto da SMP Racing acaba o piloto da Suíça tomando o segundo lugar. Já a piloto Beitske Visser que vinha bem colocada vazou a Chicane e acabou na volta perdendo posições para Kanamaru, Buller que estava correndo pela RP Motorsport e para Dillmann que subiu uma posição indo para o 9ºlugar.

Na 6ªVolta René Binder passou Pietro assumindo o 5ºlugar e Kanamaru que estava sendo pressionado pelo Buller já chegava em Fittipaldi mostrando o quanto o Brasileiro não tinha rendimento nas retas de Monza. Uma volta depois praticamente o Brasileiro perdeu posição também para Kanamaru.
Tom Dillmann perdeu várias posições caindo para o 13ºlugar.

formulav8_monza2016-2

Lá na Frente Nissany era o líder com Delétraz, Vaxiviere e Panis tentando alcançar o piloto da Lotus checa enquanto Pietro continuava a cair ainda mais perdendo posição para Visser e Orudzhev. Definitivamente era um dia bem ruim para o piloto da Fortec. Já Aurélien Panis quase bateu no Vaxiviere, O piloto da Arden conseguiu, na última hora evitar o choque e passar pela área de escape da segunda chicane do circuito e voltar sem qualquer problema e sem perder ou ganhar posição.

classificação após 9 Voltas: 1. Nissany – 2. Delétraz a 5.738 – 3. Vaxiviere a 7.575 – 4. Panis a 9.029 – 5. Binder a 12.416 – 6. Kanamaru a 17.302 – 7. Visser a 18.550 – 8. Orudzhev a 19.008 – 9. Fittipaldi a 19.750 – 10. Buller a 19.959 – 11. Baptista a 20.353 – 12. Celis jr. a 22.295 – 13. Cipriani a 49.117 – 14. Dillmann a 1 Volta

A situação de Dillmann era dramática visto que Delétraz e Panis iriam tirar muito de sua vantagem na liderança do campeonato enquanto que Vaxiviere iria ser investigado depois da corrida por um incidente na curva 1. Enquanto isso chegando a metade da corrida continuava o calvário de Pietro Fittipaldi que vinha sendo pressionado por William Buller que estava muito mais rápido e por consequência estavam chegando na disputa o Vitor Baptista e o Mexicano Alfonso Celis jr.

Delétraz em segundo abria uma boa distância para Vaxiviere que estava vendo no seu retrovisor ao Panis e ao Binder que vinha na pressão em cima do piloto da Arden começo da segunda metade de corrida. Binder abriu fogo para cima de Panis que já tinha uma postura defensiva ainda mais que o líder do campeonato muito possivelmente não faria pontos. Ao mesmo tempo Orudzhev passou Visser assumindo a 7ªposição.

E continuava a briga entre o francês da equipe Arden e o Austríaco da equipe Lotus que fez uma tentativa de ultrapassagem que foi impedida por Panis. Com isso Vaxiviere agradecia porque ele acabou escapando na terceira posição. Binder vinha mais rápido que Panis, Mas não era o bastante para uma ultrapassagem. Enquanto que Nissany tinha quase 10 segundos sobre Delétraz que estava em segundo. Binder chegou a Passar Aurélien Panis que deu o troco em cima do Austríaco da Lotus checa o que fez o piloto da Arden voltar ao 4ºlugar. Mais atrás Vitor Baptista que vinha apagado na prova resolveu aparecer e ultrapassou a Buller e Celis jr. assumindo o 10ºlugar e partindo para cima de Fittipaldi na luta pelo 9ºlugar.

formulav8_monza2016-3

Classificação após 22 voltas: 1. Nissany, 2. Delétraz a 11.274 – 3. Vaxiviere a 17.047 – 4. Panis a 21.987 – 5. Binder a 22.736 – 6. Kanamaru a 30.233 – 7. Visser a 31.633 – 8. Orudzhev a 34.347 – 9. Baptista a 41.914 – 10. Fittipaldi a 45.006 – 11. Celis jr. a 45.306 – 12. Buller a 45.587 – 13. Cipriani a 1 Volta – 14. Dillmann a 1 Volta. O Brasileiro Vitor Baptista passou Pietro Fittipaldi e se mandou na 9ªposição com o Pietro sofrendo pressão de Celis jr. e Buller na disputa pelo 10ºlugar. acabou ambos passando Pietro deixando o Brasileiro que largou na pole position de fora da zona de pontuação.

Dillmann passou a Cipriani tomando o 13ºlugar. No final de prova já com o cronometro zerado. Binder tentava passar Panis na disputa do 4ºlugar. Enquanto que Visser que vinha em uma sólida 7ªposição acabou rodando e deixando a prova possivelmente com problemas em seu carro.

Roy Nissany praticamente de ponta a ponta conquista a sua 3ªVitória na temporada com 12 segundos na frente de Delétraz que marca importantes 18 pontos no campeonato fazendo a diferença dele para Dillmann cair de 40 para 22 pontos, Apesar de não ter ido ao pódio o piloto da Arden Aurélien Panis teve motivos para festejar pois os 12 pontos pelo suado 4 º que também fazia o piloto Francês tirar 12 pontos da desvantagem que ele tinha sobre Tom Dillmann. Panis ficou na frente de Binder por meio segundo de distância.

formulav8_monza2016-1

Kanamaru, Orudzhev, Baptista, Celis jr. e Buller que veio da Super Formula para disputar essa corrida completaram a zona de pontuação.

Resultado final da 13ª Corrida da Temporada de 2016
Formula V8 3.5
Monza – Itália

1    Roy Nissany    (Lotus)    42:03.914 – 26 Voltas
2    Louis Deletraz    (Fortec)    a 12.422
3    Matthieu Vaxiviere    (SMP Racing)    a 19.343
4    Aurelien Panis    (Arden)    a 26.918
5    Rene Binder    (Lotus)    a 27.481
6    Yu Kanamaru    (Ted Martin)    a 32.082
7    Egor Orudzhev    (Arden)    a 42.083
8    Vitor Baptista    (RP Motorsport)    a 48.757
9    Alfonso Celis    (AVF)    a 51.242
10    William Buller    (RP Motorsport)    a 53.848
11    Pietro Fittipaldi    (Fortec)    a 55.489
12    Tom Dillmann    (AVF)    a 1:43.608
13    Giuseppe Cipriani    (Durango)    a 1 Volta
14    Beitske Visser    (Ted Martin)    a 2 Voltas
Melhor Volta da prova: 1:36.331 Roy Nissany

Classificação do Campeonato após 13 corridas:

1. Tom Dillmann (AVF) 189
2. Louis Delétraz (Fortec) 167
3. Aurélien Panis (Arden) 159
4. Roy Nissany (Lotus) 157
5. Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 145
6. René Binder (Lotus) 119
7. Egor Orudzhev (Arden) 98
8. Yu Kanamaru (Ted Martin) 61
9. Alfonso Celis jr. (AVF) 52
10. Johnny Cecotto jr. (RP Motorsport) 43
11. Vitor Baptista (RP Motorsport) 42
12. Beitske Visser (Ted Martin) 25
13. Pietro Fittipaldi (Fortec) 24
14. Matevos Isaakyan (SMP Racing) 17
15. Giuseppe Cipriani (Durango) 6
16. Marco Bonanomi (RP motorsport) 3
17. Artur Janosz (RP motorsport) 2
18. William Buller (RP motorsport) 1

Grid de largada – 14ª Corrida da Temporada de 2016
Formula V8 3.5
Monza – Itália

1    Roy Nissany    (Lotus)    1’34.798
2    Rene Binder    (Lotus)    1’34.978
3    William Buller    (RP Motorsport)    1’35.232
4    Tom Dillmann    (AVF)    1’35.269
5    Egor Orudzhev    (Arden)    1’35.281
6    Pietro Fittipaldi    (Fortec)    1’35.374
7    Yu Kanamaru    (Ted Martin)    1’35.418
8    Louis Deletraz    (Fortec)    1’35.488
9    Beitske Visser    (Ted Martin)    1’35.533
10    Matthieu Vaxiviere    (SMP Racing)    1’35.670
11    Vitor Baptista    (RP Motorsport)    1’35.692
12    Alfonso Celis    (AVF)    1’36.722
13    Aurelien Panis    (Arden)    1’36.847
14    Giuseppe Cipriani    (Durango)    1’38.007

Como foi a 14ªEtapa da Formula V8 3.5

O pole position Roy Nissany acabou tendo problemas e ficou parado quando foi ordenado os pilotos partirem para a volta de apresentação fazendo com que ele fosse largar dos boxes o que deixava Rene Binder em ótima situação largando na frente tendo o piloto da Super Formula William Buller sendo o piloto a largar na 2ªposição.

Na Largada um acidente irônico envolvendo Alfonso Celis jr. que foi tocado por trás pelo Aurélien Panis que abandonou a corrida, Isso fez o Satefy car entrar  para organizar a bagunça, Na primeira chicane Vaxiviere acaba tocado e passando pela chicane o carro dele solta, Fazendo ele perder várias posições. Com tudo isso Orudzhev se deu bem e assumiu a primeira posição com Binder em 2º, Delétraz em 3º, Dillmnann em 4º, Visser em 5º e depois os dois pilotos Brasileiros (Fittipaldi e Baptista) em 6º e 7ºlugares respectivamente. Buller que largou em 2º caiu para a 9ªposição. (Não é a toa que ele toma pau na Super Formula lá no Japão)

formulav8_monza2016-4

Depois de longos 15 minutos de Safety Car a corrida começou de fato na 6ªVolta com Orudzhev mantendo a liderança com Binder em 2º, Delétraz em 3º. Enquanto que Vaxiviere já foi para os boxes para fazer a parada nos boxes obrigatória. Enquanto que Roy Nissant vinha feito um foguete lá atrás passando todos os adversário um seguido do outro. Até quando ele foi para os boxes para a parada obrigatória.

Já Pietro Fittipaldi foi para cima de Tom Dillmann na disputa pelo quarto lugar. Delétraz em 3ºlugar e Celis jr. foram para os boxes para a parada obrigatória. A briga da prova era entre o líder do campeonato e o Neto de Emerson Fittipaldi enquanto que Binder também não deixava o Russo Orudzhev da equipe Arden em paz. A 19 minutos do final Pietro Fittipaldi foi para os boxes. Binder e Dillmann foi para os boxes deixando apenas Egor Orudzhev e Yu Kanamaru ainda com a obrigação de ir para os boxes.

Na Volta a pista o piloto Austríaco jogou duro para manter posição em cima de Delétraz e Fittipaldi. Orudzhev foi para os boxes e voltou na frente de Binder no que pode representar dependendo da parada do piloto Japonês em uma liderança da corrida para o piloto da Rússia no circuito de Monza.

Vitor Baptista e William Buller disputavam a 6ªposição logo atrás dos dois pilotos da Fortec que estavam pela primeira vez na temporada andando juntos em uma corrida. A 13 minutos do final Kanamaru vai para os boxes. Foi por pouco que o piloto Japonês voltou na liderança da corrida, Mas acabou indo para o 5ºlugar. Na saída da primeira chicane o Brasileiro Vitor Baptista acabou rodando e ficou parado após ter conseguido a 6ªposição.

Restando 10 minutos para o final todos o pelotão estava muito junto com Orudzhev e Binder um pouco mais a frente seguido de Delétraz e Fittipaldi e depois vinha Kanamaru e Buller.

Dillmann e Nissany disputavam a 7ªposição. O piloto da AVF foi duro na defesa de ultrapassagem fazendo com que o piloto Israelita da Lotus checa saisse para a área de escape da segunda chicane. A defesa de Dillmann não ajudou muito até porque Nissany com mais carro tomou o 7ºlugar e tentaria subir ainda mais. Já Vaxiviere não iria a lugar nenhum sendo o único piloto da SMP Racing nesse final de semana.

Kanamaru sofria uma certa pressão de Buller que queria tomar o 5ºposto do piloto Japonês que fazia uma boa corrida e um bom final de semana pelo carro da Ted Martin, Mas o piloto vindo da Super Formula acabou surpreendido pelo Roy Nissany que passou por cima do piloto da RP Motorsport que sobrou na corrida e assumiu o 6ºlugar o que não satisfaria ao piloto da Lotus checa que iria para cima de Kanamaru buscando um 5ºlugar que era bem possível visto o foguete que a Lotus tinha em Monza.

A 3 minutos do final Binder tenta um ataque em cima de Egor Orudzhev buscando a vitória com Delétraz tranquilo em 3º e Pietro Fittipaldi em 4º já um pouco ameaçado por Kanamaru e Nissany que travam um belo duelo pelo 5ºlugar na reta final de prova. Apesar de toda a velocidade do piloto de Israel o Japonês não deixava a peteca cair e de forma valente e heroica segurava a colocação e tentaria um ataque em cima de Fittipaldi que rapidamente o piloto da Fortec conseguiu segurar.

formulav8_monza2016-6

Ao final da prova a vitória ficou para Egor Orudzhev. Acabou tendo sua 3ªVitória nessa temporada com Rene Binder em segundo lugar e Louis Delétraz completando o pódio reduzindo a diferença entre ele e o líder do campeonato Tom Dillmann que terminou em 8ºlugar para apenas 11 pontos  de diferença em um final de semana desastroso para o piloto da AVF.

Bela corrida de Pietro Fittipaldi que finalmente conseguiu andar na mesma badalada de Louis Delétraz nessa temporada chegando ao 4ºlugar na frente de Yu Kanamaru que resistiu aos ataques de Roy Nissany que conseguiu fazer uma boa recuperação levando o 6ºlugar em um final de semana que poderia ter sido de duas vitórias do piloto da Lotus checa. Williams Buller em corrida melhor em 7º, Dillmann, Visser e Celis jr. fecharam a zona de pontuação.

formulav8_monza2016-5

Resultado final da 14ª Corrida da Temporada de 2016
Formula V8 3.5
Monza – Itália

1    Egor Orudzhev    (Arden)        41:44.066 – 22 Voltas
2    Rene Binder    (Lotus)    a 0.965
3    Louis Deletraz    (Fortec)    a 4.106
4    Pietro Fittipaldi    (Fortec)    a 6.725
5    Yu Kanamaru    (Ted Martin)    a 8.221
6    Roy Nissany    (Lotus)    a 8.856
7    William Buller    (RP Motorsport)    a 9.265
8    Tom Dillmann    (AVF)    a 9.898
9    Beitske Visser    (Ted Martin)    a 15.013
10    Alfonso Celis jr.   (AVF)    a 24.692
11    Giuseppe Cipriani    (Durango)    a 47.234

Não Completaram a corrida:

Matthieu Vaxiviere    (SMP Racing)    a 7 Voltas
Vitor Baptista    (RP Motorsport)    a 9 Voltas
Aurelien Panis (Arden) a 22 Voltas
Melhor Volta: Roy Nissany 1:36.256

Classificação do Campeonato após 14 corridas:

1. Tom Dillmann (AVF) 193
2. Louis Delétraz (Fortec) 182
3. Roy Nissany (Lotus) 165
4. Aurélien Panis (Arden) 159
5. Mattihieu Vaxiviere (SMP Racing) 145
6. René Binder (Lotus) 137
7. Egor Orudzhev (Arden)) 123
8. Yu Kanamaru (Ted Martin) 71
9. Alfonso Celis jr. (AVF) 53
10. Johnny Cecotto jr. (RP Motorsport) 43
11. Vitor Baptista (RP Motorsport) 42
12. Pietro Fittipaldi (Fortec) 36
13. Beitske Visser (Ted Martin) 27
14. Matevos Isaakyan (SMP Racing) 17
15. William Buller (RP Motorsport) 6
16. Giuseppe Cipriani (Durango) 6
17. Marco Bonanomi (RP Motorsport) 3
18. Artur Janosz (RP Motorsport) 2

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport.com

Hamilton larga mal e Rosberg aproveita a falha do inglês e conquista a vitória em Monza

Você não ganha uma prova na primeira e sim você perde uma prova. Essa frase esta certa para Hamilton, Mas para Rosberg no dia de hoje ela vai ao contraio do que aconteceu, aproveitando-se de uma largada ruim do seu rival o Alemão venceu o 7ºGP na temporada e colocou fogo na disputa pelo titulo diante de uma corrida chata e sem muitas emoções no circuito italiano que deveria ter dado uma corrida melhor do que foi o que aconteceu hoje.

Lewis Hamilton que era o favorito a vitória em Monza jogou tudo fora em apenas um único lance que foi na largada quando ele largou muito mal caindo do 1º para o 6ºlugar deixando seu companheiro de equipe Nico Rosberg na liderança com Vettel em 2º, Raikkonen, Bottas e Ricciardo na sequência na frente do Tricampeão do mundo, Max Verstappen e Esteban Gutierrez também largaram muito mal e perderam várias posições.

Com uma situação reversa Hamilton foi logo partindo para cima de Bottas e passando no começar da 2ªVolta de prova, Na mesma 2ªvolta um incidente entre Jolyon Palmer e Felipe Nasr que acabaram se tocando com a quebra da asa dianteira para o inglês e o furo do pneu para o Brasileiro obrigando a ambos fazerem a parada nos boxes. Ambos iriam deixar a prova e os comissários de prova consideraram Nasr como culpado desse acidente e foi por isso que a Sauber recolocou na pista para cumprir a punição ainda na prova e depois deixasse de vez a corrida.

Monza_domingo2016 (3)

Rosberg já tinha boa vantagem para Vettel e Raikkonen que estavam tentando uma perseguição, Já Daniel Ricciardo estava tendo o incomodo de ter logo atrás Hamilton que mesmo com a Red Bull tendo um motor com menos potência do que o motor Mercedes de Hamilton que só conseguiu a ultrapassagem na 10ªVolta. Bottas foi o primeiro a fazer uma parada, Os pilotos da Ferrari, Williams, Red Bull, Force India entre outras equipes apostaram em 2 paradas enquanto que Rosberg, Hamilton com a Mercedes e Grosjean com a Haas estavam na tática de apenas 1 parada o que seria mais lógica em um circuito de poucas Retas.

Foi na volta 25 que Rosberg foi para a sua parada nos boxes colocar os pneus mais duros para levar o carro até o final da prova e Hamilton fez o mesmo na volta seguinte  e voltou em 4ºlugar atrás de Sebastian Vettel e de Kimi Raikkonen que iriam fazer mais uma parada nos boxes, Tirando as diferenças de pneus tínhamos poucas disputas de posição. O piloto Pascal Wehrlein que vinha em uma boa corrida com o carro da Manor deixou a corrida na 27ªVolta na metade de prova.

A Ferrari apostava em 3 etapas de pneus mais macios contra 1 jogo macio e um duro dos pilotos da Mercedes no que na teoria poderia dar certo, Mas na prática acabou não dando resultado já que Na medida que nas primeiras voltas do Rosberg e Hamilton com esses pneus ambos tiveram desempenhos melhores que os dois pilotos da Ferrari que estava com os pneus mais macios, só que ambos estavam com os pneus mais desgastados e isso pode ter feito a diferença para a tática não funcionar como a Ferrari e sua torcida esperava.

Monza_domingo2016 (2)

Vettel parou na volta 34 e Raikkonen parou na volta 35. Após as segundas paradas os dois pilotos da Red Bull mostraram um rendimento melhor o que possibilitou a Ricciardo disputar o 5ºlugar com o finlandês Valtteri Bottas e mesmo com o piloto da Williams contando com o Motor Mercedes o piloto da Red Bull a poucas voltas do final da prova em uma arrojada tentativa conseguiu essa ultrapassagem sobre Bottas bem no final da reta bem perto da chicane sem dúvida esse é o lance mais bonito da corrida na minha opinião. Já Max Verstappen foi para cima de Sergio Perez no final da prova disputando o 7ºlugar, Nesse caso foi mais tranquilo a ultrapassagem que foi feita na Valiante inclusive Perez acabou passando reto na chicane, porém Verstappen já tinha colocado por dentro e a ultrapassagem iria acontecer de qualquer jeito mesmo.

Rosberg levou o carro até o final da prova levando a 7ªVitória na temporada superando seu companheiro de equipe em número de corridas vencidas sendo sua primeira vitória em Monza com Hamilton em segundo chegando a 15 segundos atrás de Rosberg. Com esses resultados a temporada europeia se encerra com Hamilton sustentando a liderança do campeonato a 2 pontos na frente de Nico Rosberg.

Sebastian Vettel voltou ao pódio com uma boa atuação levou a Ferrari ao 3ºlugar na frente de Kimi Raikkonen que chegou em 4º fazendo com que a Ferrari aproveitasse as retas de Monza para diminuir a diferença deles para a Red Bull que acabaram com o desempenho abaixo das últimas corridas por causa do motor Renault, Ricciardo completou a prova em 5ºlugar e Max Verstappen teve uma corrida comprometida pela ruim largada assim como Lewis Hamilton e ficou em 7ºlugar. Entre eles o finlandês Valtteri Bottas que levou a Williams a uma boa 6ªposição algo que não era muito esperado visto que o FW38 perde terreno até para a Force India, Foi um final de semana muito bom mesmo do piloto da equipe Williams.

Sergio Perez completou a prova em 8ºlugar o que acabou sendo a sua posição de largada, Felipe Massa que anunciou sua aposentadoria da Formula 1 fez uma boa largada subindo para o 9ºlugar mas ficou mesmo por ai marcando mais 2 pontos o que ajuda o time de Grove a superar a Force India no mundial de construtores. Nico Hulkenberg fechou a zona de pontuação em 10ºlugar.

Romain Grosjean que largou em 17º devido a uma troca de Câmbio ficou por muito pouco da zona de pontuação ficando em 11ºlugar e resistindo a Jenson Button que fez uma corrida dentro do possível em 12ºlugar. Esteban Gutierrez com a ruim largada comprometeu seu resultado ficando em 13º com Fernando Alonso reclamando no rádio em 14ºlugar com a Mclaren-Honda que precisa ainda melhorar em termos de motor já que em circuitos como Monza ainda não dá para conseguir grandes resultados.

Monza_domingo2016 (1)

E de resto completaram a prova Carlos Sainz com a Toro Rosso com um carro absolutamente superado e com um motor superado, Marcus Ericsson com a Sauber tentando melhorar desde da entrada dos novos investidores, Kevin Magnussen com a Renault que não evolui e Esteban Ocon que se analisar até agora mesmo tendo mais talento do que Haryanto ele até aqui não fez nada muito melhor que o Indonésio mas completou a segunda corrida na Formula 1 e ele esta pegando experiência para a temporada de 2017 aonde ele vai provavelmente correr pela Renault.

Daqui a 2 semanas teremos o GP de Cingapura no circuito de Yas Marina aonde veremos mais um confronto entre Hamilton e Rosberg na disputa pelo título da temporada de 2016.

Monza_domingo2016 (4)

Resultado final do GP da Itália de formula 1

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Abandono Grid
1 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 53 1:17:28.089 2
2 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 53 a 15.070 1
3 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 53 a 20.990 3
4 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 53 a 27.561 4
5 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG Heuer 53 a 45.295 7
6 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 53 a 51.015 5
7 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG Heuer 53 a 54.236 6
8 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 53 a 1:04.954 8
9 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 53 a 1:05.617 11
10 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 53 a 1:18.656 9
11 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 059/5 52 a 1 Volta 17
12 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 52 a 1 Volta 14
13 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 059/5 52 a 1 Volta 10
14 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 52 a 1 Volta 12
15 Carlos Sainz Jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/4 52 a 1 Volta 15
16 Marcus Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 059/5 52 a 1 Volta 19
17 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 52 a 1 Volta 21
18 Esteban Ocon 31 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 51 a 2 Voltas 22
19 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/4 36 a 16 Voltas Abandono 16
20 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 26 a 26 Voltas Abandono 13
21 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 7 a 46 Voltas Acidente 20
22 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 059/5 6 a 47 Voltas Acidente 18

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Ferrari/Renault

Hamilton conquista a 56ªpole na carreira em domínio total da Mercedes em Monza

Lewis Hamilton levou a 56ªpole da sua carreira em um treino completamente dominado pelos pilotos da Mercedes devido a potência dos motores alemães e do carro que sobra nessa temporada, Tanto é que a Red Bull que ameaçou a Mercedes nas últimas corridas acabou devido ao motor Renault nem chegando perto de ameaçar o  domínio de Hamilton e Rosberg e foram superados pela Ferrari que teve um bom desempenho hoje.

monzasabado16 (3)

A Classificação no Q1 Esteban Ocon acabou com problemas em seu carro e acabou eliminado ficando 5 lugares na foca para 16 entrarem no Q2. Renault e Sauber não conseguindo classificar seus carros para o Q2 não é surpresa nenhuma, De surpresa mesmo foi Pascal Wehrlein que passou para o Q2 com a Manor muito ajudado pelo motor Mercedes, Acabou sobrando para Daniil Kvyat que caiu em 17ºLugar sendo eliminado da próxima fase do Treino ficando Alonso em 16ºlugar sendo o último dos classificados.

Resultado do Q1:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:21.854
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:22.497
3 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:23.077
4 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:23.158
5 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:23.217
6 33 Max Verstappen (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:23.229
7 27 Nico Hulkenberg (Force India Mercedes) 1:23.259
8 77 Valtteri Bottas (Williams Mercedes) 1:23.264
9 21 Esteban Gutierrez (Haas Ferrari) 1:23.386
10 8 Romain Grosjean (Haas Ferrari) 1:23.421
11 11 Sergio Perez (Force India Mercedes) 1:23.439
12 19 Felipe Massa (Williams Mercedes) 1:23.489
13 55 Carlos Sainz (Toro Rosso Ferrari) 1:23.661
14 22 Jenson Button (McLaren Honda) 1:23.666
15 94 Pascal Wehrlein (MRT Mercedes) 1:23.760
16 14 Fernando Alonso (McLaren Honda) 1:23.783
17 26 Daniil Kvyat (Toro Rosso Ferrari) 1:23.825
18 12 Felipe Nasr (Sauber Ferrari) 1:23.956
19 9 Marcus Ericsson (Sauber Ferrari) 1:24.087
20 30 Jolyon Palmer (Renault) 1:24.230
21 20 Kevin Magnussen (Renault) 1:24.436
22 31 Esteban Ocon (MRT Mercedes) Sem Tempo

No Q2 A Mercedes continuou a dominar com Hamilton fazendo o melhor tempo da segunda fase do treino com mais de 3 décimos sobre Nico Rosberg nessa disputa particular entre os pilotos da Mercedes que só precisam fazer uma boa volta para garantirem um lugar na parte final de treino. A se destacar o desempenho surpreendente do Mexicano Esteban Gutierrez que levou pela primeira vez a Haas para a parte final do treino oficial fato comemorado pelo time norte-americano que estreia na temporada desse ano. Felipe Massa acabou caindo para o 11ºlugar no final do treino e ficando de Fora do Q3. Classificados para a parte final da classificação em ordem: Hamilton, Rosberg, Vettel, Bottas, Raikkonen, Ricciardo, Gutierrez, Perez e Hulkenberg.

monzasabado16 (2)

Resultado do Q2:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:21.498
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:21.809
3 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:22.275
4 77 Valtteri Bottas (Williams Mercedes) 1:22.499
5 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:22.568
6 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:22.638
7 21 Esteban Gutierrez (Haas Ferrari) 1:22.856
8 33 Max Verstappen (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:22.857
9 11 Sergio Perez (Force India Mercedes) 1:22.922
10 27 Nico Hulkenberg (Force India Mercedes) 1:22.951
11 19 Felipe Massa (Williams Mercedes) 1:22.967
12 8 Romain Grosjean (Haas Ferrari) 1:23.092
13 14 Fernando Alonso (McLaren Honda) 1:23.273
14 94 Pascal Wehrlein (MRT Mercedes) 1:23.315
15 22 Jenson Button (McLaren Honda) 1:23.399
16 55 Carlos Sainz (Toro Rosso Ferrari) 1:23.496

O duelo no Q3 entre Hamilton e Rosberg acabou o inglês Levando a melhor, A primeira volta rápida de piloto inglês já seria o bastante para leva-lo a pole já que o tempo da primeira volta foi na casa do 1:21.5 enquanto que o Máximo que Rosberg conseguiu foi o tempo de 1:21.613. Foi a pole de número 56 para Lewis Hamilton que esta a 9 poles de Ayrton Senna (que tem 65) e a 12 poles de Michael Schumacher que é o piloto que mais tem poles na Formula 1 com 68 poles.

monzasabado16 (1)

A Ferrari conseguiu levar seus dois pilotos para a segunda fila com Sebastian Vettel em 3ºlugar a 8 décimos do tempo do pole o que significa que só com problemas com os dois pilotos da Mercedes é que pode dar uma possibilidade de vitória para o time italiana , Raikkonen fecha a 2ªfila. Valtteri Bottas com a Williams superou os 2 pilotos da Red Bull muito devido ao motor Mercedes que superou o equilíbrio dos dois carros do times Austríaco, Um feito do piloto Finlandês. Max Verstappen e Daniel Ricciardo ficaram em 6º e 7ºlugares e completando os 10 primeiros colocados os pilotos Sergio Perez e Nico Hulkenberg com a Force India e Esteban Gutierrez com o carro da Haas.

Amanhãs das 9 da Manhã Teremos o GP da Itália de Formula 1, A prova mais rápida do calendário.

Grid de largada do GP da Itália de Formula 1

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Fase da Classificação
1 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 1:21.135 Q3
2 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 1:21.613 Q3
3 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 1:21.972 Q3
4 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 1:22.065 Q3
5 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 1:22.388 Q3
6 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG heuer 1:22.389 Q3
7 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG heuer 1:22.411 Q3
8 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 1:22.814 Q3
9 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 1:22.836 Q3
10 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 059/5 1:23.184 Q2
11 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 1:22.967 Q3
12 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 1:23.273 Q2
13 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 1:23.315 Q2
14 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 1:23.399 Q2
15 Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/4 1:23.496 Q2
16 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/4 1:23.825 Q2
17 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 059/5 1:23.092 Q1
18 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 059/5 1:23.956 Q1
19 Marcus Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 059/5 1:24.087 Q1
20 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 1:24.230 Q1
21 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 1:24.436 Q1
22 Esteban Ocon 21 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid Sem Tempo Q1

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Haas/Manor