Rosberg vence em Mônaco por erro de estratégia da Mercedes de Hamilton

Nessa corrida o que um piloto construiu em 64 voltas acabou destruído por uma tática desastrosa, Foi o resumo do GP de Mônaco que acabou vencido pelo alemão Nico Rosberg com a Mercedes em uma sonolenta prova talvez a pior da temporada junto do australia que foi também um porre.

Na Largada Hamilton manteve a primeira posição seguido de Rosberg, Vettel e Kvyat que tomou o 4ºlugar de Ricciardo. Dois incidentes aconteceram no começo da prova, Felipe Massa se chocando com Pastor Maldonado na saída da Saint Devoit e Nico Hulkenberg indo parar no muro perdendo o seu bico  e tendo de ir aos boxes igual ao Brasileiro Felipe Massa, Já Maldonado acabou deixando a prova no começo por causa de problemas de Freios na 6ªVolta.

A Partir dai a corrida começou a ser uma procissão daquelas bem sofridas com praticamente nenhuma emoção, As únicas mudanças aconteciam quando Massa passou os dois pilotos da Manor e brigas entre Rosberg e Vettel, Ricciardo e Raikkonen, Mas ultrapassagem praticamente era quase impossível de se concretizar.

Final de semana para esquecer para Massa, Bottas e a Williams.
Final de semana para esquecer para Massa, Bottas e a Williams.

Os pilotos fizeram a sua parada única nos boxes já que os pneus tinham pouco desgaste em Mônaco, O que aconteceu na prova foi apenas Hamilton abrindo diferença para Rosberg que tinha por perto Sebastian Vettel, Com Nasr e Sainz fazendo belas corridas de recuperação, Perez resistindo em 7ºlugar com o carro da Force India. Nesse meio tempo tivemos o abandono de Fernando Alonso que vinha em 9ºlugar e continua na seca na zona de pontuação.

A Corrida depois continuou na sua monotonia até que na Volta 64 Max Verstappen tentou a ultrapassagem em cima de Romain Grosjean valendo o 10ºlugar, Mas acabou sendo uma manobra infeliz, Verstappen atingiu Grosjean e bateu forte no muro na curva Saint Devoit, Foi dada a entrada do safety car virtual, Mas logo a o real Safety car foi para a pista e vários pilotos aproveitaram para fazerem suas paradas. Hamilton foi para os Boxes, Mas Rosberg e Vettel não foram para os boxes…

…E ai a Mercedes matou Hamilton com essa parada tanto é que ele voltou atrás de Rosberg e de Vettel, Na Largada Hamilton por mais que tentasse não conseguiu passar Vettel e Rosberg deve ter agradecido a Mercedes pelo belíssimo trabalho que fizeram ao seu companheiro de equipe dai foi só levar o carro até o final e vencer pela terceira vez seguida em Mônaco e igualando o Feito de Graham Hill, Alain Prost e Ayrton Senna que venceram em 3 anos seguidos.

Vettel segurou de forma soberba a Hamilton e levou a Ferrari a segunda posição e Hamilton que dominou a corrida acabou lesado pela tática da Mercedes acabou com cara de poucos amigos em 3ºlugar e vendo sua vantagem diminuir de 20 para 10 pontos quando poderia sair de Mônaco com 27 pontos na frente.

O Russo Danill Kvyat conseguiu seu melhor resultado na Formula 1 ficando em 4ºlugar após começo de ano muito abaixo do que se esperava dele fazendo uma corrida melhor do que Daniel Ricciardo que fez a parada nos boxes quando estávamos em Safetycar e depois da relargada passou Kimi Raikkonen e Passou Danill Kvyat por pedido da equipe e foi para cima de Hamilton e Vettel para tentar até chegar em 2ºlugar, Mas acabou ficando para trás e devolvendo posição para Kvyat ficando em 5ºlugar, Raikkonen em 6º teve uma corrida bem apagada em relação ao Sebastian Vettel.

Sergio Perez levou mais 6 pontos com a Force India em final de semana que ele apagou totalmente a Nico Hulkenberg com belo desempenho no Treino oficial e na corrida foi manter o seu carro até o final na 7ªposição.

Nasr conseguiu levar a Sauber a 9ªposição num final de semana difícil.
Nasr conseguiu levar a Sauber a 9ªposição num final de semana difícil.

Jenson Button quebra um jejum de quase 7 anos sem a Honda marcar pontos na Formula 1, Pelo menos o motor Honda (Última Vez foi Rubens Barrichello em 2008 no GP da Inglaterra) e faz a Mclaren marcar pontos pela primeira vez no ano com o 8ºlugar mostrando que o Chassi da equipe de Woking é o que tem de melhor na Mclaren e que falta é a potência do motor Honda. Felipe Nasr com um carro bem abaixo do que ele tinha no começo da temporada largou em 15º e numa corrida muito forte levou a Sauber a mais dois pontos o que leva o time suíço a manter o 5ºlugar no mundial de construtores e deu uma surra em seu companheiro de equipe o Regular Marcus Ericsson que ficou em 13º e na 10ªposição completando a zona de pontuação largando do último lugar ficou com Carlos Sainz jr. com a Toro Rosso fazendo excelente corrida de recuperação.

Nico Hulkenberg numa corrida apagada ficou de fora da Zona de pontuação em 11º, Romain Grosjean que por pouco não abandonou a corrida pela manobra de Max Verstappen que acabou dando errado na entrada da Saint devoit levou a Lotus que sobrou da corrida (Ou melhor a Única Lotus na pista) em 12º Ericsson em 13º com a Sauber engolido pelo Nasr.

Para as Williams uma corrida para esquecer, viveram um dia de Mclaren-Honda ou de Minardi, Bottas ficou em 14ºlugar e Massa em 15ºlugar sem qualquer possibilidade de bom resultado e a frente apenas dos dois pilotos da Manor dessa vez com o Espanhol Roberto Merhi na frente de Will Stevens.

Daqui a duas semanas teremos a primeira corrida das Américas em Montreal no Canadá e Hamilton terá que dar a virada ou Rosberg continuar sua luta para tomar a liderança do campeonato, Vettel vai voltar a incomodar e as Williams voltam ao pelotão de frente? Veremos daqui a 2 semanas na 7ªEtapa do Mundial de Formula 1.

Piloto Número Equipe-Motor Chassis Voltas Tempo Grid de Largada Pontos
1. Nico Rosberg
6
Mercedes F1 W06 Hybrid 78
1:49:18.420
2 25
2. Sebastian Vettel
5
Ferrari SF15-T 78
a 4.486
3 18
3. Lewis Hamilton
44
Mercedes F1 W06 Hybrid 78
a 6.053
1 15
4. Danill Kvyat
26
Red Bull-Renault RB11 78
a 11.965
5 12
5. Daniel Ricciardo
3
Red Bull-Renault RB11 78
a 13.608
4 10
6. Kimi Raikkonen
7
Ferrari SF15-T 78
a 14.345
6 8
7. Sergio Perez
11
Force India-Mercedes VJM08 78
a 15.013
7 6
8. Jenson Button
22
Mclaren-Honda MP4-30 78
a 16.063
10 4
9. Felipe Nasr
12
Sauber-Ferrari C34 78
a 23.626
14 2
10. Carlos Sainz jr.
55
Toro Rosso-Renault STR10 78
a 25.026
20 1
11. Nico Hulkenberg
27
Force India-Mercedes VJM08 78
a 26.232
11
12. Romain Grosjean
8
Lotus-Mercedes E23 Hybrid 78
a 28.415
15
13. Marcus Ericsson
9
Sauber-Ferrari C34 78
a 31.159
17
14. Valtteri Bottas
77
Williams-Mercedes FW37 78
a 45.789
16
15. Felipe Massa
19
Williams-Mercedes FW37 77
a 1 Volta
12
16. Roberto Merhi
98
Manor-Ferrari MR03 76
a 2 Voltas
20
17. Will Stevens
28
Manor-Ferrari MR03 76
a 2 Voltas
19
Max Verstappen
33
Toro Rosso-Renault STR10 62
Acidente
9
Fernando Alonso
14
Mclaren-Honda MP4-30 41
Câmbio
13
Pastor Maldonado
13
Lotus-Mercedes E23 Hybrid 5
Freios
8

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes / Williams / Sauber

Corridas Históricas: GP de Mônaco de 1993

Grid de Largada:

1 Alain Prost (Williams/Renault) 1’20.557
2 Michael Schumacher (Benetton/Ford) 1’21.190
3 Ayrton Senna (McLaren/Ford) 1’21.552
4 Damon Hill (Williams/Renault) 1’21.825
5 Jean Alesi (Ferrari) 1’21.948
6 Riccardo Patrese (Benetton/Ford) 1’22.117
7 Gerhard Berger (Ferrari) 1’22.394
8 Karl Wendlinger (Sauber) 1’22.477
9 Michael Andretti (McLaren/Ford) 1’22.994
10 Erik Comas (Larrousse/Lamborghini) 1’23.246
11 J J Lehto (Sauber) 1’23.715
12 Derek Warwick (Footwork/Mugen-Honda) 1’23.749
13 Martin Brundle (Ligier/Renault) 1’23.786
14 Johnny Herbert (Lotus/Ford) 1’23.812
15 Philippe Alliot (Larrousse/Lamborghini) 1’23.907
16 Rubens Barrichello (Jordan/Hart) 1’24.086
17 Christian Fittipaldi (Minardi/Ford) 1’24.298
18 Aguri Suzuki (Footwork/Mugen-Honda) 1’24.524
19 Andrea de Cesaris (Tyrrell/Yamaha) 1’24.544
20 Alessandro Zanardi (Lotus/Ford) 1’24.888
21 Mark Blundell (Ligier/Renault) 1’24.972
22 Ukyo Katayama (Tyrrell/Yamaha) 1’25.236
23 Thierry Boutsen (Jordan/Hart) 1’25.267
24 Michele Alboreto (Lola/Ferrari) 1’26.444
25 Fabrizio Barbazza (Minardi/Ford) 1’26.582

Não Largou:

26 Luca Badoer Lola/Ferrari 1’29.613

Senna Vence 6ª Vez e se Torna o Rei de Mônaco

A luta de Ayrton Senna contra a Poderosa Williams Chegava ao circuito de Mônaco de Onde Senna tem um espetacular Retrospecto, 5 Vitórias em 6 anos. Mas a pole não foi de Senna, Foi Alain Prost e o Segundo Foi Michael Schumacher, Senna em terceiro no Grid teria que partir para uma outra estratégia para tentar a 6ªVitória em Mônaco e Superar as 5 Vitórias e se isolar como o maior vencedor de Mônaco, Já que passar em Mônaco era muito difícil, pra não dizer praticamente impossível passar. para Rubens Barrichello que estava em seu 6ºGrande Prêmio de sua carreira (e Hoje são quase 300 Gps) Fazia aniversario nesse dia, e largava em uma modesta 16ªPosição, com um tempo de 9 segundos acima do tempo do Pole, Luca Badoer não largou para a corrida.

Na Largada Prost queimou a largada, mas saiu na Frente com Schumacher, Senna manteve o 3ºlugarm com Hill em 4º, e as Ferrais atrás, as duas Ferrari tiveram boa Largada, quem teve uma péssima largada caiu para trás, e Mark Blundell rodou logo na sandevort. De Resto, sem nenhum incidente, Enquanto Schumacher partiu ao ataque contra Prost, Senna decidiu por uma corrida mais cautelosa, e poupando os pneus, mas ficava a Dúvida se os comissários da FIA iriam punir Prost pela queima de Largada, com essa possibilidade de punição Prost estava voando nas primeiras voltas para abrir o máximo de tempo possível. Andretti já tomava volta na 4ªVolta, o Norte-Americano teve problemas sérios na corrida. Prost abria cada Vez mais do Schumacher que estava pilotando forte, mas a Williams se mostrava uma grande distância dos outros carros sem adversários em condições normais.

A Classificação depois de 6 Voltas essa : Prost (8:41.334), Schumacher (2.785), Senna (7.872), Hill (10.760), Alesi (12.981) e Berger (15.225). Blundell abandonou a corrida na volta 3. Na Volta 7 Schumacher fez a melhor volta da corrida 1:25.0, Na Volta 8 a Direção da corrida, os Comissários puniram Prost com uma penalidade de 10 segundos parado nos boxes, Num momento em que Schumacher fazia outra volta Rápida a Melhor Volta da Corrida. 1:24.2, Com isso Schumacher passaria para a ponta da corrida com Senna em Segundo.

Junto de Prost, Schumacher estava também num ritmo diferente muito forte e abrindo cada vez mais na corrida. Senna vinha num ritmo mais conservador, e na Volta 13 Prost pagou a punição, Mas quando Prost pagou a punição o Motor Morreu, e demorou muito tempo, e perdeu mais de 1 minuto e meio nessa punição, e ficou 1 volta atrás do Líder. Schumacher passou para a ponta, com Senna em 2º, Hill em 3º e Alesi em 4º. Boutsen abandonou a corrida com problemas de Suspensão.

Schumacher começava a pegar o Trafego mais intenso, das Minardi, Tyrrell e Lola, depois de 15 voltas. Prost estava em 21ºLugar, bem longe dos pontos. Schumacher já tinha mais de 12 segundos na Frente de Senna, que tinha mais de 5 segundos na Frente de Hill, depois Alesi, Berger e Patrese. Os Seis primeiros colocados, Schumacher tinha um ritmo melhor que Senna, pelo menos nessa primeira parte de corrida Schumacher estava com um carro na mão e com a mão na Vitória se continuasse desse jeito, Mas ele estava mais propenso a um erro, e os erros em Mônaco são quase sempre irreversíveis. Conforme os Retardatários surgem, Prost estava recuperando posições e as brigas se tornavam mais e mais interessantes, Berger se aproximava de Alesi para Brigar pelo 5ºlugar (Nessa Época Ferrari podia brigar por posição com Ferrari) Prost já estava em 18ºlugar.

Schumacher estava com 17 Segundos na Frente de Senna, e isso com 22 voltas de Corrida, Hill estava a 26 segundos atrás de Schumacher, depois vinham Alesi, Berger e Patrese bem longe de Hill, Alesi e Berger, em 6ºlugar, Rubens Barrichello estava em 12ºlugar. Em 14ºChristian Fittipaldi que estava milênios na Frente do Fracote Fabrizio Barbazza que estava na Minardi por causa dos $$$ que ele trazia. Na Volta 23 Wendlinger e Lehto brigavam entre si pelo 7ºlugar acabaram se tocando, Lehto se deu pior e abandonou a corrida, Peter Sauber não ficou feliz concertesa com essa briga.

Cada Volta era mais trafego, e a Dificuldade aumenta conforme os carros que vinham que tinham melhor desempenho e melhor classificação. Hill em 3ºlugar sempre perto dele tinha Alesi e Berger, Alesi tinha se aproximado de Hill na volta 28, mas quando Chegou Zanardi Hill passou, pois Zanardi facilitou, mas acabou complicando muito a vida de Alesi. e assim Hill teve vantagem para Alesi que ficou na mira de Gerhard Berger. Enquanto isso Senna começava a descontar a sua desvantagem para Schumacher, que poderia indicar que os pneus acabaram ou que Schumacher estava pegando trafego e tendo dificuldades com o Trafego. Classificação após 29 Voltas: Schumacher, Senna, Hill, Alesi, Berger e Patrese os 6 primeiros colocados depois Wendlinger, Comas, Warwick, Brundle, Rubens Barrichello, Herbert,Christian Fittipaldi e em 14ºAlain Prost que estava se recuperando com muita rapidez na corrida. Depois Alliot, Suzuki, Zanardi, De Cesaris, os 18 primeiros colocados.

Mas na Volta 33 Schumacher que tinha uma grande vantagem na Corrida acabou sendo traído pelo motor Ford e abandonava a corrida, deixando a Liderança da Corrida para Ayrton Senna que tinha uma boa vantagem para Hill que passava para o Segundo lugar. Na Mesma volta Alboreto abandonou a corrida e Katayama também acabou tendo seu motor fumando e abandonou a corrida. Wendlinger também teve problemas em seu carro e ficou parado nos Boxes. Classificação apos 34 Voltas tinha Senna na Frente com Hill em 2º, Alesi em 3º, Berger em 4º, Patrese em 5º e Comas em 6º.

Depois de 34 Voltas as equipes pequenas estavam na obrigação de fazer parada para trocar os pneus, já às equipes médias e que tem controle de Tração não precisavam trocar os pneus, só trocavam se quiser, ficava a preferência de cada um. Senna tinha 14 segundos na Frente de Hill que por sua vez tinha 9.2 na frente de Alesi que tem por perto, sempre como ameaça Gerhard Berger.

Classificação após 37 Voltas: Senna (53:12.232), Hill (14.115), Alesi (23.750), Berger (25.884), Patrese (44.135), Comas (1 Volta), Prost (1 Volta), Warwick (1 Volta), Brundle (1 Volta), Barrichello (1 Volta), Herbert (1 Volta), Fittipaldi (1 Volta). Prost fazia esplendorosa recuperação já estava a 1 posição dos pontos.

Chegamos à metade da Corrida com 19 pilotos na pista, que até é um bom número de carros para as características da pista, que não tolerava o erro do piloto. Prost na volta 39 já estava na 6ªposição. Apesar das equipes Grandes não precisarem trocar os pneus, Berger fez uma parada para trocar os pneus. Patrese foi para os boxes para trocar os pneus, mas teve problemas e acabou saindo da briga, Prost já tinha a 5ªposição na corrida após estar em 21ºlugar depois de todos os problemas na corrida. Enquanto Senna faz bons tempos nas voltas, Hill faz voltas ruins, poderia ser o pneu que acabaram para Hill, Enquanto isso Berger estavam tirando a vantagem em cima de Alesi, devido aos seus pneus em melhor estado, na Volta 45 Senna Chegava aos 30 segundos de vantagem para Hill. Berger tirava a distância que tinha dele para Alesi que não tinha trocado os pneus, Mas o Fato é que o Williams gastavam mais pneus do que a Ferrari e a Mclaren. Warwick teve problemas nos boxes, abandonou uma volta depois. Comas e Brundle Brigavam pelo 6ºlugar, mas Brundle marcou bobeira e Patrese passou para 7ºlugar. e Brundle ficou em 8º e Barrichello chegou perto para 9ºposição. Na Volta seguinte Patrese foi com vontade passou Comas e assumiu a 6ªPosição voltando aos pontos. Suzuki acabou rodando e ficando no meio da pista, fim de prova para ele e fim de corrida para a Footwork, já que Warwick tinha abandonado a corrida voltas antes. Senna resolveu parar para trocar os pneus, aproveitando a grande vantagem que tinha sobre Hill ele passou ainda na frente, 9 segundos na Frente de Hill, mas Senna acabou tendo problemas no aquecimento dos pneus, que demoraram 2 voltas para aquecer de forma correta.

Na Volta 51 Comas e Brundle acabaram se envolvendo em um incidente, Brundle perdeu o Bico e teve que parar para trocar o Bico, Comas que fazia uma boa corrida, abandonou. Com 53 Voltas Completadas: Classificação é a Seguinte: Senna, Hill, Alesi, Berger, Prost e Patrese, os seis primeiros colocados Barrichello no dia em que completava 21 anos de idade já estava em 7ºlugar. Herbert em 8º e Fittipaldi em 9º. Na Volta 53 Patrese abandonava a corrida e deixava Barrichello em 6ºlugar, na zona de pontuação numa grande corrida para a Jordan-Hart e logo atrás Christian Fittipaldi passou Herbert e assumiu a 7ªposição. Na Volta 58 Barrichello e Christian Fittipaldi brigavam pelo 6ºlugar na corrida. Berger não desiste da briga pelo 3ºlugar na corrida. Alesi poderia parar nos boxes para trocar os pneus a qualquer momento. Enquanto isso Christian Fittipaldi passou Rubens Barrichello e assumiu a 6ªPosição. Classificação após 58 Voltas: Senna, Hill, Alesi, Berger, Prost, Fittipaldi, Barrichello, Herbert, Zanardi, Brundle, Andretti e De Cesaris, os 12 primeiros colocados. Ainda tinham na Corrida 15 carros, restando menos 18 voltas.

Impressionante era o rendimento de Christian Fittipaldi que já estava em 6ºlugar, melhor que muito carro de equipe média. E Berger na Ânsia de Passar para 3ºlugar, se enrosca em Alesi, e por pouco os dois não saem da corrida, se isso acontecesse Prost estaria no pódio. Incidente na Volta 63 com as Duas Lotus, quem se deu pior foi Herbert que abandonou a corrida. E Berger ultrapassou Alesi e assumiu a 3ªposição. e Rubens Barrichello perdeu rendimento de seu Jordan-Hart e caiu para a 10ªposição e acabou indo aos boxes para trocar os pneus.

Restando 11 voltas para o Final da corrida Senna tinha mais de 20 segundos na Frente de Hill que tinha Sérios problemas de pneus estava cada vez mais ameaçado por Berger. Alesi estava em 4º, mas já longe dessa briga. Hill brigava com seu carro que já não tinha mais o menor rendimento por causa dos pneus que estava completamente desgastado, enquanto isso Berger tinha pneus em melhores condições, Restando 8 Voltas paro Final da corrida Berger tenta numa tentativa equivocada de ultrapassagem na curva da antiga Galli Berger toca em Hill, por sorte Hill volta a corrida e Berger abandonou a corrida. Alesi em 3º chegou perto de Hill e ganhou a chance de Brigar pelo 2ºlugar, e Prost acabou ganhando a 4ªposição. Christian Fittipaldi em 5º e Martin Brundle que teve problemas na corrida e com tudo que aconteceu na corrida ele sobrou a 6ªposição. Zanardi, Andretti e Barrichello completavam os 9 primeiros colocados. Senna tinha muito mais vantagem na frente de Hill, Alesi não tinha todo o equipamento que tinha Berger, pois não tinha trocado os pneus.

Classificação após 73 Voltas: Senna (1:44:57.465), Hill (47.127), Alesi (49.359), Prost (1 Volta), Fittipaldi (2 Voltas), Brundle (2 Voltas), Senna a 4 Voltas do Final da corrida estava só administrando a sua liderança, para vencer pela Sexta Vez em Mônaco e se tornar o Rei de Mônaco. No Final Brundle com a Ligier estava perto da Minardi de Christian Fittipaldi (Tai duas equipes que poderiam voltas a Formula 1 um dia). Ainda havia algumas emoções no final da corrida. Mas a Maior seria a Vitória de Senna para se tornar o novo Rei de Mônaco, foi 1 minuto e meio para a vitória se concretizar. Senna era o novo Mister Mônaco, poucos pilotos sabiam correr tão bem essa corrida como Ayrton Senna. Damon Hill, filho de Graham Hill honrou as Tradições do Seu pai e confirmou em 2ºlugar, Alesi em 3º, Prost em incrível corrida de recuperação terminou em 4ºlugar. Christian Fittipaldi em 5º e Martin Brundle em 6º completaram a zona de pontuação, para o Aniversariante do Dia Rubens Barrichello, termina a corrida em 9ºlugar. 13 carros terminaram a corrida, apesar de Berger foi classificado por ter abandonado a 8 voltas do final completando os 90% de corrida. Limite mínimo para classificar um piloto.

Resultado Final do GP de Mônaco de 1993

Fotos:

 

View post on imgur.com

Vídeo da corrida:

Fonte das Fotos: Bestlap, Formel1mic

Vídeo: MrViniciusf11995
Texto: Deivison da Conceição da Silva

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Corridas Históricas: GP de Mônaco de 1986

Uewcuikz

Grid de Largada

1 Alain Prost (McLaren/TAG) 1’22.627
2 Nigel Mansell (Williams/Honda) 1’23.047
3 Ayrton Senna (Lotus/Renault) 1’23.175
4 Michele Alboreto (Ferrari) 1’23.904
5 Gerhard Berger (Benetton/BMW) 1’23.960
6 Riccardo Patrese (Brabham/BMW) 1’24.102
7 Jacques Laffite (Ligier/Renault) 1’24.402
8 Patrick Tambay (Lola/Ford) 1’24.686
9 Keke Rosberg (McLaren/TAG) 1’24.701
10 Martin Brundle (Tyrrell/Renault) 1’24.860
11 Nelson Piquet (Williams/Honda) 1’25.287
12 René Arnoux (Ligier/Renault) 1’25.538
13 Philippe Streiff (Tyrrell/Renault) 1’25.720
14 Thierry Boutsen (Arrows/BMW) 1’25.832
15 Stefan Johansson (Ferrari) 1’25.907
16 Teo Fabi (Benetton/BMW) 1’25.926
17 Marc Surer (Arrows/BMW) 1’26.300
18 Alan Jones (Lola/Ford) 1’26.456
19 Jonathan Palmer (Zakspeed) 1’26.644
20 Elio de Angelis (Brabham/BMW) 1’27.191

Não largaram:

Piercarlo Ghinzani (Osella/Alfa Romeo) 1’27.288
Johnny Dumfries (Lotus/Renault) 1’27.826
Huub Rothengatter (Zakspeed) 1’28.060
Christian Danner (Osella/Alfa Romeo) 1’28.132
Andrea de Cesaris (Minardi/Motori Moderni) 1’28.962
Alessandro Nannini (Minardi/Motori Moderni) 1’29.447

Phabswmp o

Prost conquista 3ªvitória consecutiva em Mônaco

Alain Prost depois da Vitória no GP de San Marino viria a Mônaco pronto para conquistar o seu terceiro triunfo nas ruas de Monte Claro, com isso em mente o Francês conquistou a pole position da pista que foi modificada ganhando uma nova chicane na saída do túnel, Mansell, Senna e Alboreto completaram os 4ºprimeiros colocados. Eram apenas 20 carros que disputavam a corrida pois a pista só comportava esse número de pilotos.

Na Largada Prost se manteve na Frente e Senna conseguiu tomar o segundo lugar, Mas quem largou bem mesmo foi o Finlandês Keke Rosberg que saiu de 9º para o 6ºlugar e logo depois Rosberg passou Berger e assumiu o 5ºlugar. Logo no começo Senna tentava um ataque pra cima de Prost, mas logo depois de uma volta Prost já conseguia abrir um pouco em cima de Senna. Ao Final da 1ªvolta Fabi iria para os boxes certamente com problemas em seu carro ou tocou em alguém e furou o pneu ou quebrou o Bico.

Prost em 2 voltas já determinava um ritmo forte em relação a Senna que já era pressionado por Mansell e Alboreto pressionado por Rosberg. Na Volta 3 Alan Jones e Phillipe Streiff acabaram se enroscando, pior para Jones que deixou a corrida, Já Streiff se manteve na corrida. Enquanto isso lá atrás Laffite que teve problemas e acabou alinhando entre os últimos lugares começava a passar e subir na corrida.

Após 5 Voltas a Classificação era: Prost, Senna, Mansell, Alboreto, Rosberg, Berger, Patrese, Brundle, Tambay e Nelson Piquet. Mansell continuava a pressionar Senna e Rosberg pressionava a Alboreto.

Na Volta 8 Prost já tinha 4 segundos na frente de Ayrton Senna. Mas a Melhor Volta da corrida era até naquele momento a de René Arnoux com a Ligier-Renault fazendo 1:28.860 – 134.828 km/h (83.778 Mph). Senna na 9 volta já estava com uma boa distância de Mansell e Alboreto lutava para manter-se na frente de Rosberg que tinha melhor carro e melhor conjunto do que a Ferrari de Alboreto. Mansell na volta 9 fez a melhor volta da corrida com 1:28.849, 11 milésimos mais rápido que Arnoux que era o dono da melhor volta até a volta 8.

Fabi era o primeiro retardatário que os lideres tinham que pegar. O que chamava a atenção era o mal desempenho de Nelson Piquet que tentava passar Tambay mas tinha Arnoux na sua cola e tendo mais carro do que Piquet que estava enfrentando problemas em seu carro, Patrese assumiu a 6ªposição de Berger que acabou perdendo rendimento e ficando mais para Brundle, Tambay, Piquet e Arnoux.

Classificação após 12 voltas: Prost (18:00.290), Senna (a 7.350), Mansell (8.831), Alboreto (a 11.122), Rosberg (a 11.432), Patrese (a 21.648). René Arnoux tomou o 10ºlugar de Piquet na 13ªvolta da corrida. Na mesma volta da prova o Francês Jacques Laffite fez uma linda ultrapassando a Stefan Johansson na curva da Rascassi uma ultrapassagem muito difícil mais realizada com sucesso.

N9netmgz

Enquanto isso Rosberg continuava a pressionar a Alboreto que se mantia na frente com grande valentia com a Ferrari (que era um carro bem inferior ao Mclaren) Na 16ªvolta na Reta Curva Rosberg passou Alboreto e assumiu o 4ºlugar. E partiu para cima de Mansell para lutar pelo terceiro lugar. Até Agora 19ºStreiff, 18ºFabi, 17º Palmer já tinham tomado volta dos lideres até aquele momento da corrida.

Prost já tinha 8.995 segundos na frente de Senna isso com 18 voltas completadas, Prost passou a De Angelis que estava em 16ºLugar com a Brabham Skate. Fabi com problemas de Freio acabou deixando a corrida na volta 17.

Senna continuava em 2º com Mansell em 3ºlugar e Rosberg em 4º com melhor carro que Senna e Mansell, Já Alboreto já se distanciava de Senna, Mansell e Rosberg, mas estava seguro, pois o sexto lugar que era o Riccardo Patrese estava longe de Alboreto.

Elio de Angelis em 16ºlugar foi para os boxes e teve que ir para resolver problemas em seu problemático carro (BT55) que até aquele momento só deu problemas a ele. Mansell na volta 20 fez de novo a melhor volta 1:27.623 – 136.731 Km/h (84.961 Mph). Mas essa volta foi superada 2 voltas depois por Keke Rosberg com 1:27.457 – 136.991 Km/h (85.122 mph).

Piquet estava sofrendo em 11ºlugar e começando a receber pressão de Jacques Laffite que mostrava ter muito mais força que o carro de Piquet que tinha problemas de Motor. Do Arnoux até Laffite não tinha diferença nenhuma do 8ºlugar até o 12ºlugar. Arnoux em 8ºlugar começava a fugir da turminha e Tambay não esperou a Brundle e decidiu tomar o 9ºlugar do Inglês da Tyrrell-Renault na volta 26.

Cb3sed4b

Rosberg passou Mansell e assumiu o 3ºlugar, Partido para a caça de Ayrton Senna na briga pelo segundo lugar. Rosberg fazia a melhor corrida no ano de 1986 nessa vinda dele para a Mclaren. Mansell estava mais lento naquele momento da corrida, Não se sabia se era estratégia de poupar pneus ou se tinha problemas o Leão Nigel Mansell.

Classificação após 27 Voltas: Prost (40:06.736), Senna (a 9.952), Rosberg (a 12.226), Alboreto (31.870), Patrese (45.955), Berger, Arnoux, Tambay, Brundle, Piquet, Laffite. Mas vinha Rosberg com tudo para cima de Senna, estava tudo armado para uma possível dobradinha da Mclaren. Mansell na volta 28 foi para os boxes trocar os pneus.

Jxhvtufa

Com a temperatura alta era impossível manter os mesmos pneus a corrida inteira enquanto isso Prost tinha a vantagem de 11 segundos e meio na frente de Prost. Rosberg chegou de vez em Senna que estava sem pneus e só teve como saída segurar o Finlandês que era um lutador em pistas de Rua. Na Volta 31 Rosberg foi para os boxes e sua troca foi de 13.20 segundos, acabou sendo prejudicado pela demora na colocação de um dos pneus.

Patrese com problemas nos boxes deixava a briga pelos pontos praticamente, Com 33 voltas: Prost, Senna, Alboreto, Rosberg, Mansell e Arnoux eram os 6 primeiros colocados. Rosberg pressionava de novo a Rosberg e passou da mesma forma que tinha passado Alboreto nas primeiras voltas da corrida e assumiu a 3ªposição e voltou a abrir do Italiano. Na Volta 35 Prost parou para trocar os pneus numa boa troca de pneus, Com isso o líder da corrida era Ayrton Senna que ainda não tinha trocado os pneus, Mas tinha Prost que estava atrás e com pneus bem melhores que Senna, logo teria uma briga pelo primeiro lugar.

7tawzlng

Senna tinha 6 segundos de diferença na frente de Prost, Mas essa diferença iria embora em 3 voltas e Prost começou uma briga pelo primeiro lugar contra Senna que ainda estava tentando resistir com os seus pneus, uma luta inglória. Enquanto que Michele Alboreto com problemas com a Ferrari abandonou a prova. Elio de Angelis a voltas atrás também abandonou a corrida, mal sabia ele que essa seria a última corrida dele na Formula 1, pois três dias depois ele acabaria sofrendo um acidente fatal. (Em dia de testes no Circuito de Paul Ricard)

Prost foi para cima de Senna que teria que resistir de qualquer jeito a pressão do Francês Classificação após 40 voltas: Senna (59:43.645), Prost (a 0.945), Rosberg (a 16.742), Mansell (a 24.401), Arnoux (a 38.271), Berger (a 51.673). Senna continuava na frente de Prost apesar de toda a pressão do Francês, Mas Senna acabou não resistindo ao desgaste dos pneus e finalmente vai para a troca de pneus e Prost voltava a ponta da corrida e Rosberg assumia o segundo lugar. Senna voltava a corrida em terceiro lugar, sua troca foi muito boa (de 10.20 segundos).

Senna em 3º voltava na frente de Mansell que já não conseguia acompanhar o ritmo de Senna, Piquet passou Laffite e Berger e assumia o Sexto lugar. Classificação após 43 voltas: Prost, Rosberg, Senna, Mansell, Arnoux, Piquet, Laffite, Berger, Brundle e Johansson.

Berger com problemas na direção abandonava a corrida na volta 42 após estar correndo em 7ºlugar a maior parte do tempo. Rosberg na volta 47 teve de fazer uma ultrapassagem muito arriscada sobre Marc Surer. Prost por sua vez na volta anterior fazia a melhor volta da Corrida com 1:27.236 – 137.338 Km/h (85.338 Mph) e não contente com isso ele melhorou a melhor volta para 1:27.227 – 137.352 Km/h (85.347 Mph) na volta 47. Prost tinha mais de 10 segundos na frente de Rosberg que tinha 17 segundos na frente de Senna que mantinha a distância de 7 segundos de Mansell que estava a 11 segundos de Arnoux que estava a 14 de Nelson Piquet. Essa era a diferença entre os seis primeiros.

6gjmnkyg

Prost voltou a fazer a Volta mais rápida na volta 50 com 1:26.694 – 138.196 km/h (85.871 Mph). Enquanto isso Piquet em 6º sofria pressão de Laffite e na reta dos boxes Laffite passou fácil a Piquet que estava com o seu carro cada vez mais problemático. O Brasileiro acabou indo para os boxes para trocar os pneus para uma última tentativa para lutar pelos pontos nem que seja por apenas 1 ponto. Enquanto isso Patrese que já tinha problemas parou definitivamente perto da curva da tabacaria com problemas na Bomba de Combustível.

Prost e Rosberg já estavam tranquilos apenas com o trabalho de passar os retardatários, Prost tinha 19 segundos na frente de Rosberg que tinha 14 segundos na frente de Senna. Classificação após 53 Voltas: Prost, Rosberg, Senna, Mansell, Arnoux, Laffite, Brundle, Piquet, Jones e Boutsen.

Piquet continuava mal na corrida com problemas de motor e com problemas de Câmbio e por isso é que temos uma atuação tão ruim do Piquet em Mônaco, Mas assim mesmo Piquet pressionava a Brundle. Na volta 56 Prost passava Laffite para colocar uma 1 volta no velho Francês que fazia grande corrida, Aliás as Ligier faziam um grande campeonato até aquele momento.

Gul67sxo

Classificação Após 58 voltas: Prost (1:26:07.109), Rosberg (a 17.144), Senna (a 40.662), Mansell (a 49.183), Arnoux (1:06.759), Laffite (a 1 Volta). Com poucas emoções na corrida a única briga que tinha na corrida era a de Piquet tentando passar Brundle isso valendo o 7ºlugar, mas depois Piquet perdeu a posição para Tambay que assumia o 8ºlugar e vinha para cima de Brundle com a Tyrrell, Nelson Piquet tinha uma série de problemas em seu carro. Johansson com problemas acabou indo aos boxes. Por incrível que pareça mesmo com os problemas Nelson Piquet conseguiu recuperar posições de Tambay e de Brundle e retornava a 7ªposição.

Restando 9 voltas para o Final Tambay foi para cima de Brundle, e acabou acontecendo que Tambay se chocou com Brundle (Numa fechada do Brundle) e capotou, uma acidente muito forte em temos visuais, mas com toda a sorte Tambay caiu com as 4 rodas e forma incrível. Ambos abandonaram a corrida.

Jfbtspae

Nas últimas voltas Prost só teve o trabalho de manter a 1ªposição e devidamente a sua 23ªVitória na carreira ficando a 3 vitórias de Jackie Stewart que era recordista de vitórias na Formula 1 com 26 vitórias. Prost acabou conquistando a terceira vitória consecutiva em Mônaco, Um feito que só Graham Hill tinha conseguido até então.

Rosberg em 2º conquistou seu primeiro pódio (Último pódio da carreira) e Ayrton Senna em 3º completou o pódio. Nigel Mansell em 4º salvando o dia da Williams que acabou tendo um dia de problemas para Piquet (que teve problemas de Câmbio e Motor. Chegando em 7ºlugar), Completaram a zona de pontuação René Arnoux e Jacques Laffite ambos da Ligier. Apenas 12 pilotos terminaram a corrida dos 20 que largaram.

Jx18zul2 o

Resultado final do GP de Mônaco de 1986

Fotos:

 

Fotos: Formel1mic, Bestlap, Mclaren, GPS Expert
Texto: Deivison da Conceição da Silva