Hamilton usa de habilidade e estratégia e conquista primeira vitória na Temporada em Mônaco

Finalmente em Mônaco Lewis Hamilton entrou no campeonato, Após uma corrida que começou sobre piso molhado e com o Safety Car e com uma tática muito bem executada o tricampeão do Mundo conquistou sua primeira vitória na temporada de 2016.

Com o começo sob pista molhada se decidiu que a corrida seria com o Safety Car e isso durou por 6 voltas, Nesse meio tempo o Russo Daniil Kvyat teve problemas em seu carro e teve de ir para os boxes para resolver esses problemas perdendo 1 volta e praticamente enterrando qualquer chance de uma resposta a altura dos dirigentes da Cúpula da Red Bull de que sua demissão da equipe principal foi um erro.

Depois disso foi dada a largada, Mas logo foi acionado um Safety Car virtual devido a batida de Jolyon Palmer com a Renault na reta curva dos boxes o carro acabou indo para o muro e batendo na área de escape da Saint Devoit, Após a retirada do carro do piloto Inglês a corrida recomeça com Ricciardo abrindo muita diferença sobre Rosberg que claramente estava em ritmo bem mais lento do que os demais pilotos atrás, Hamilton tentava a ultrapassagem sobre seu companheiro de equipe enquanto que lá atrás os pilotos do fundo do pelotão como Haryanto, Nasr, Ericsson, Magnussen já estavam com os pneus para chuva intermediária enquanto que os líderes estavam com os pneus de chuva pesada.

Na 10ªVolta Raikkonen bate na curva da Antiga Estação Galli e acaba atrapalhando a vida de Esteban Gutierrez e deixa a corrida, Já Gutierrez e outros pilotos foram para os boxes para colocar os pneus intermediários que já rendiam melhor do que os pneus de pista molhada e a prova disso é que os pilotos que trocavam os pneus estavam mais rápidos que os pilotos que usavam os pneus aonde eles largaram, Exemplo disso era Valtteri Bottas que tinha trocado os pneus estava sendo segurado pelo piloto Pascal Wehrlein. Na 15ªVolta Hamilton ultrapassa Rosberg e vai a caça de Daniel Ricciardo.

Na 21ªVolta o piloto Danill Kvyat com uma volta atrás tentou uma ultrapassagem na Rascasse sobre Kevin Magnussen para recuperar terreno, Mas acabou encostando em Magnussen e provocando uma batida leve em Ambos mas foi o bastante para danificar ambos os carros o bastante para os dois pilotos a deixarem a corrida.

Monaco_domingo_2016_racef1

Ricciardo foi para os boxes na 22ªVolta e com isso Hamilton assumiu a liderança da prova e começava a pista a ficar com o trilho seco e dai a corrida começaria a se decidir porque o Piloto Inglês resolveu esperar mais um pouco para fazer a parada para colocar pneus de pista seca e ganhar mais de 25 segundos nos boxes, E a tática começou a se mostrar acertada a partir do momento que o piloto Sueco Marcus Ericsson foi o primeiro a trocar para os pneus de pista seca na volta 29 e nessa história Hamilton foi para os boxes na volta seguinte na volta 30 para colocar os pneus de pista seca. Ricciardo voltou a liderança da prova.

Na volta 32 ele foi para a sua 2ªparada nos boxes para colocar os pneus de pista Seca e a Red Bull não estava pronta para a parada e com isso o piloto da Red Bull perdeu a chance de voltar a liderança e com isso o líder passou a ser Lewis Hamilton com Daniel Ricciardo em 2º e nessas paradas todas acabou o Mexicano Sergio Perez com a Force India passando para o 3ºlugar superando a Sebastian Vettel com a Ferrari. Rosberg continuava lento demais e perdeu várias posições ficando atrás de Fernando Alonso com a Mclaren e segurando a Nico Hulkenberg com a outra Force India.

Monaco_domingo_2016_racef1 (4)

Na metade da corrida praticamente na volta 35 o holandês Max Verstappen acabou escapando e batendo na entrada do cassino e abandonou a corrida tentando uma recuperação na prova, Ricciardo foi para a luta e buscava recuperar a liderança da corrida enquanto que Pascal Wehrlein acabou sendo punido por ignorar Bandeira azul para ele deixar os líderes passarem.

Na Volta 37 Ricciardo tentou a ultrapassagem sobre Hamilton, Ao errar a Chicane Ricciardo tentou colocar por fora e o inglês deu uma fechada no piloto Australiano que reclamou dessa fechada mas não tivemos nenhuma punição para o piloto da Mercedes. A Corrida seguiu sem mudanças de posicionamento até a 50ªVolta quando a Sauber mandou mensagem para o Felipe Nasr deixar Marcus Ericsson passar o que foi ignorado pelo piloto Brasileiro. Acabou que na mesma Rascasse que vitimou Kvyat e Magnussen o Sueco Marcus Ericsson tentou uma ultrapassagem sobre Felipe Nasr e ambos se chocaram, Um desastre para a Sauber que vem mal das Pernas que vem ambos os pilotos da equipe deixando a prova com os dois pilotos da Manor com a possibilidades até de marcar pontos se tivesse mais pilotos deixando a prova.

Monaco_domingo_2016_racef1 (1)

Isso acabou não acontecendo, Na parte final de prova começou a chuviscar com pouca intensidade e insuficiente para provocar uma nova parada nos boxes (Antes disso tivemos um saco preto gigante improvisado o que provocou um Safety Car virtual que foi utilizado 4 vezes nessa corrida, Hamilton segurou no final da prova o seu carro e conquistou sua primeira vitória na temporada, Foi a 44ªVitória de sua Carreira superando o pole position Daniel Ricciardo que acabou a corrida em Segundo lugar, A Surpresa da corrida foi sem dúvida Sergio Perez que conquistou o seu 6ºpódio na sua carreira superando o Alemão Sebastian Vettel da Ferrari com o 3ºlugar de hoje e já da para acreditar que a Ferrari tenha ficado para trás em termos de carro em relação até a Red Bull.

Monaco_domingo_2016_racef1 (2)

Depois de mais de 1 minuto o Espanhol Fernando Alonso segurou Rosberg, Hulkenberg, Sainz e Button e conquistou o 5ºlugar com a Mclaren-Honda (O Melhor resultado dessa parceira se igualando ao GP da Hungria de 2015 com o mesmo Fernando Alonso) E se o 6ºlugar já era um resultado bem ruim para Rosberg na volta final o Alemão Nico Hulkenberg tomou esse 6ºlugar do Líder do campeonato que acabou em 7ºlugar numa corrida muito abaixo do que se esperava e certamente seu carro teve problemas porque essa posição em condições normais não seria inimaginável já que ele não cometeu erros.

Monaco_domingo_2016_racef1 (3)

Carlos Sainz jr. garante mais 4 pontos para a Toro Rosso pelo 8ºlugar, Jenson Button com a Mclaren ficou em 9ºlugar e Felipe Massa salvou 1 ponto após uma corrida apenas correta com a Williams que não tinha um bom carro para esse circuito, Valtteri Bottas ficou apenas em 11ºlugar superando no final o piloto da Haas Esteban Gutierrez que flertou de novo com os pontos em boa parte da corrida, Completando os pilotos que fecharam a corrida o Francês Romain Grosjean que teve um final de semana bem sofrível demorando várias voltas parar passar Pascal Wehrlein que terminou em 14ºlugar e Rio Haryanto fechou em 15ºlugar.

Monaco_domingo_2016_racef1 (6)

Daqui a 2 semanas teremos o GP do Canadá de Formula 1 com Lewis Hamilton entrando de vez na disputa pelo título mesmo que Rosberg tenha ainda uma boa vantagem na Liderança do campeonato.

Resultado Final do GP de Mônaco de Formula 1

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Abandono Grid
1 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 78 1:59:29.133 3
2 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG Heuer 78 a 7.252 1
3 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 78 a 13.825 7
4 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 78 a 15.846 4
5 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 78 a 1:25.076 9
6 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 78 a 1:32.999 5
7 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 78 a 1:33.290 2
8 Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/4 77 a 1 Volta 6
9 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 77 a 1 Volta 13
10 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 77 a 1 Volta 14
11 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 77 a 1 Volta 10
12 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 059/5 77 a 1 Volta 12
13 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 059/5 76 a 2 Voltas 15
14 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 76 a 2 Voltas 20
15 Rio Haryanto 88 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 76 a 2 Voltas 19
16 Marcus Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 059/5 51 a 27 Voltas Acidente 17
17 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 059/5 48 a 30 Voltas Acidente 21
18 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG Heuer 34 a 44 Voltas Acidente 22
19 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 32 a 46 Voltas Acidente 16
20 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/4 18 a 60 Voltas Acidente 8
21 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 10 a 68 Voltas Acidente 11
22 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 7 a 71 Voltas Acidente 18

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Force India/Sauber/Manor/Ferrari

1ºdia de treinos livres do GP de Mônaco tem Hamilton e Ricciardo na frente

Nos treinos livres dessa quinta-feira em Mônaco os pilotos Lewis Hamilton e Daniel Ricciardo lideraram as duas seções de treinamentos, O que se percebe é que a Mercedes tem tudo para conquistar mais uma vitória e se recuperar da batida que o inutilizou os dois pilotos na primeira volta no GP da Espanha de Formula 1, Parece que nesse circuito no primeiro dia de trabalhos a Red Bull com o novo motor da Renault estaria com condições de desafiar com a Mercedes e talvez a Ferrari consiga lutar pela vitória.

Já a Williams terá mais uma vez uma corrida difícil em Mônaco pelos desempenhos obtidos nos treinos oficiais já que os resultados dos treinos livres não foram animadores tanto para Bottas como para Felipe Massa que bateu no Primeiro treino livre, No lugar da Williams teremos possivelmente a Toro Rosso que teve um desempenho perto da Red Bull e portanto tanto Kvyat como Sainz podem sonhar com um pódio.

Se o novo motor da Renault melhorou a Red Bull parece que para a Renault segundo Kevin Magnussen o carro piorou e pelos tempos registrados só estarão na frente de Sauber e de Manor que dificilmente estarão disputando a zona de pontuação a não ser que tenhamos corridas como a de 2008 aonde foi uma das melhores corridas que já aconteceram em Mônaco ou em 2014 que teve uma corrida com vários abandonos o que fizeram o Francês Jules Bianchi a marcar pontos com a Marussia.

Sábado teremos o 3ºtreino livre a partir das 6 da manhã e o treino oficial as 9 da manhã Horário de Brasília.

monacoquinta_mon16 (1)

Resultados do primeiro Treino Livre

Piloto Equipe Motor Chassi Tempo Número de Voltas
1. Lewis Hamilton 44 Mercedes Mercedes PU106C Hybrid W07 1:15.537 31
2. Nico Rosberg 6 Mercedes Mercedes PU106C Hybrid W07 1:15.638 39
3. Sebastian Vettel 5 Ferrari Ferrari 059/5 SF16-H 1:15.956 26
4. Daniel Ricciardo 3 Red Bull TAG Heuer RB12 1:16.308 29
5. Max Verstappen 33 Red Bull TAG Heuer RB12 1:16.371 30
6. Daniil Kvyat 26 Toro Rosso Ferrari 059/4 STR11 1:16.426 37
7. Nico Hulkenberg 27 Force India Mercedes PU106C Hybrid VJM09 1:16.560 34
8. Sergio Perez 11 Force India Mercedes PU106C Hybrid VJM09 1:16.697 28
9. Kimi Raikkonen 7 Ferrari Ferrari 059/5 SF16-H 1:16.912 24
10. Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso Ferrari 059/4 STR11 1:17.130 39
11. Valtteri Bottas 77 Williams Mercedes PU106C Hybrid FW38 1:17.562 44
12. Romain Grosjean 8 Haas Ferrari 059/5 VF-16 1:17.599 33
13. Fernando Alonso 14 Mclaren Honda RA616H MP4/31 1:17.838 27
14. Esteban Gutierrez 21 Haas Ferrari 059/5 VF-16 1:17.909 25
15. Jenson Button 22 Mclaren Honda RA616H MP4/31 1:17.920 26
16. Felipe Nasr 12 Sauber Ferrari 059/5 C35 1:18.187 29
17. Kevin Magnussen 20 Renault Renault RE16 RS16 1:18.274 34
18. Marcus Ericsson 9 Sauber Ferrari 059/5 C35 1:18.301 33
19. Felipe Massa 19 Williams Mercedes PU106C Hybrid FW38 1:18.746 10
20. Jolyon Palmer 30 Renault Renault RE16 RS16 1:18.871 22
21. Rio Haryanto 88 Manor Mercedes PU106C Hybrid MRT05 1:20.528 28
22. Pascal Wehrlein 94 Manor Mercedes PU106C Hybrid MRT05 1:20.868 25

monacoquinta_mon16 (2)

Resultados do segundo Treino Livre

Piloto Equipe Motor Chassi Tempo Número de Voltas
1. Daniel Ricciardo 3 Red Bull TAG Heuer RB12 1:14.607 40
2. Lewis Hamilton 44 Mercedes Mercedes PU106C Hybrid W07 1:15.213 36
3. Nico Rosberg 6 Mercedes Mercedes PU106C Hybrid W07 1:15.506 48
4. Max Verstappen 33 Red Bull TAG Heuer RB12 1:15.571 42
5. Daniil Kvyat 26 Toro Rosso Ferrari 059/4 STR11 1:15.875 53
6. Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso Ferrari 059/4 STR11 1:15.981 54
7. Kimi Raikkonen 7 Ferrari Ferrari 059/5 SF16-H 1:16.040 38
8. Sergio Perez 11 Force India Mercedes PU106C Hybrid VJM09 1:16.120 48
9. Sebastian Vettel 5 Ferrari Ferrari 059/5 SF16-H 1:16.269 40
10. Jenson Button 22 Mclaren Honda RA616H MP4/31 1:16.325 46
11. Nico Hulkenberg 27 Force India Mercedes PU106C Hybrid VJM09 1:16.487 49
12. Fernando Alonso 14 Mclaren Honda RA616H MP4/31 1:16.723 43
13. Esteban Gutierrez 21 Haas Ferrari 059/5 VF-16 1:16.782 40
14. Valtteri Bottas 77 Williams Mercedes PU106C Hybrid FW38 1:16.849 47
15. Romain Grosjean 8 Haas Ferrari 059/5 VF-16 1:16.874 23
16. Felipe Massa 19 Williams Mercedes PU106C Hybrid FW38 1:17.286 42
17. Kevin Magnussen 20 Renault Renault RE16 RS16 1:17.530 29
18. Marcus Ericsson 9 Sauber Ferrari 059/5 C35 1:17.562 39
19. Jolyon Palmer 30 Renault Renault RE16 RS16 1:17.761 24
20. Felipe Nasr 12 Sauber Ferrari 059/5 C35 1:17.999 49
21. Rio Haryanto 88 Manor Mercedes PU106C Hybrid MRT05 1:18.647 10
22. Pascal Wehrlein 94 Manor Mercedes PU106C Hybrid MRT05 1:18.814 46

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Renault/Toro Rosso

Dakar 2016 – Analise Final dos Carros

O que se percebeu nesse Dakar para a categoria Carros é que houve um domínio muito grande entre 3 Marcas que foram os carros da Mini, da Pegueot e da Toyota, Dificilmente você conseguia ver um marca diferente disputando com esses carros que praticamente dominaram o Dakar desse ano.

No começo de Prova houve o total domínio dos Pegueot que foram comandados pelo Francês Multicampeão do Dakar Sebastian Loeb que dominou a primeira semana do Evento em cima de Stephane Peterhansel e de Carlos Sainz companheiros de equipe na Pegueot e do campeão de 2015 do Dakar Nasser Al-Attiyah com a Mini, Mas a partir da parte final do Dakar Loeb teve vários problemas e Carlos Sainz acabou quebrando o câmbio de seu carro e isso fez com que Stephane Peterhansel que junto de seu copiloto Jean Paul Cottret fizesse a diferença e com sua experiência ele ratificou o título levando a Peugeot ao campeonato em seu segundo ano de volta da Marca Francesa ao Dakar, foi a 5ªVitória da História da Peugeot no Dakar já que ela tinha conquistado um Tetracampeonato seguido de 1987 a 1990. Foi o 12ºTitulo de Peterhansel no Dakar, Um dos mitos desse evento que ainda esta com 50 anos podendo competir ainda por alguns bons anos.

Dakar_2016_chegada (30)

O Campeão do Dakar de 2015 Nasser Al-Attiyah junto do copiloto Matthieu Baumel Acabaram tendo problemas em uma especial e isso pode ter feito a diferença para não conseguir disputar o titulo com Peterhansel, Ficando a mais de meia hora atrás dos campeões desse ano. Completaram o pódio os vice-campeões de 2015 o Sul-africano Giniel de Villiers e o Alemão Dirk von Zitzewitz com o Carro da Toyota. Só para ter uma ideia dos 15 primeiros colocados tivemos 7 carros da Mini, 5 da Toyota e 3 da Peugeot, O primeiro carro sem ser uma dessas três marcas foi o carro da Hummer de Miroslav Zapletal e Maciej Marton que ficaram em 16ºlugar a quase 6 horas dos vencedores.

Dakar_estagio10_Belen_la2016 (10)

Sebastian Loeb disputou seu primeiro Dakar como se fosse um veterano ganhando estágios nos primeiros dias e parecia que iria vencer o que seria mais uma pagina brilhante na sua grande carreira, Mas acabou tendo problemas por dois dias seguidos aonde ele perdeu muito tempo devido a quebras e a um acidente o que fez Loeb e Daniel Elena ficarem sem chances de titulo ficando apenas em 9ºlugar o que não corresponde com o Dakar que ele fez e que não lhe tira todos os méritos dele nesse Dakar.

Destaque além de Sebastian Loeb que deu um show no Dakar desse ano vai para o vice-campeão do WRC por 4 Vezes ( E ai agente precisa se corrigir porque achamos que o Mikko Hirvonen foi campeão 4 vezes do WRC, Até poderia ter sido caso não tivesse um Loeb como adversário) O Finlandês Hirvonen junto do copiloto campeão do Dakar de 2014 Michel Perin fizeram um belíssimo Rally Dakar sendo regular o tempo inteiro terminando o Dakar em 4ºlugarna Geral.

Cyril Despres junto de David Castera apesar do 7ºlugar mostrou um desempenho muito abaixo dos demais pilotos da Pegueot, Acho que Despres não esta a altura de ser campeão do Dakar, pelo menos num futuro próximo pelo que ele tomou dos seus companheiro de equipe nesse ano. Já Carlos Sainz estava a altura de ser campeão do Dakar e quando parecia que iria conquistar a vitória depois de ter assumido a liderança, Mas a quebra do Câmbio acabou tirando o espanhol de 53 anos na parte final do evento.

Dakar_2016_chegada (24)

A se Destacar o desempenho do Argentinos Emiliano Spataro e Benjamin Lozada que até o final do Dakar chegasse como o melhor piloto com um carro sem ser dos G3 (Mini, Peugeot e Toyota), Mas problemas no final do Dakar acabou jogando os Argentinos para um 18ºlugar, Também deve se lembrar de Robby Gordon com a Gordini Hammer que teve boas exibições no Dakar, Mas acabou não chegando ao final do Evento.

Dakar2016_etapa7_uyuni_salta (4)

Já os Brasileiro que completaram o Dakar acabaram nas últimas posições. Leandro Torres e Lourival Roldan com o Carro da Polaris ficou em 57ºlugar e João Antonio Franciosi e Gustavo Gugelmin que tinha um Mitsubishi ficaram em 58ºlugar, Ambos tiveram grandes problemas, Mas levaram seus carros ao final da corrida, Já as maiores esperanças de um bom Resultado Guilherme Spinelli e Youssef Haddad acabaram deixando a prova ainda na primeira metade de prova assim como os Brasileiros Jorge Wagenfuhr e Joel Kravtchenko que não terminaram a corrida.

É Só isso Brasil!! No Dakar de 2016?
É Só isso Brasil!! No Dakar de 2016?

Só para encerrar, É absurdo o Brasil ter tão pouco representante no Dakar, Se fosse na África até não falava nada, Mas sendo praticamente na casa vizinha na Argentina e Bolívia deveríamos ter pelo menos o Dobro de pilotos em todas as categorias e pelo menos 1 trio nos Caminhões o que não tivemos nesse ano. Por isso que eu digo no final dessa analise: E Só Isso Brasil?

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar
Print: Vídeo de Daniel Marques (Youtube)

Jules Bianchi, O Fim de um sofrimento já esperado – Piloto Francês morreu nessa sexta-feira em Nice

O Francês Jules Bianchi faleceu no inicio de dia na França e noite de ontem no Brasil após 9 duros meses de luta no hospital devido ao terrível acidente ocorrido no Chuvoso GP do Japão no ano passado aonde o carro da Marussia dele acabou saindo da pista e se chocando com o trator que retirava o carro do piloto Alemão Adrian Sutil, Foi um acidente feio, tanto é que a corrida Japonesa no ano passado acabou encerrada na volta 43. Imagens e vídeo do acidente nesse link

Bianchi foi levado para o hospital Em Nagoya e passou por uma cirurgia devido a uma lesão axonal difusa, Depois de 1 mês no Japão ele foi levado para o Hospital Universitário em Nice e de lá não saiu mais seguindo lutando para conseguir reagir e sobreviver, Mas ontem a família de Jules Bianchi anunciou para o mundo que o Piloto francês tinha falecido

“Jules lutou até o fim, como sempre fez, mas ontem sua batalha terminou. Nós sentimos uma dor imensa e indescritível”. Assim falou a família de Bianchi em Nota oficial.

Nessa mesma semana para o Info France Philippe Bianchi falou da sua tristeza com a situação vivida naquele momento : “é insuportável. É uma tortura diária. Às vezes, sinto que estamos enlouquecendo, porque, para mim, certamente é mais cruel do que se ele tivesse morrido” Possivelmente a Família se por um lado está triste pelo Falecimento de Jules Bianchi pois acreditava que ele poderia um dia reagir, Mas por um outro lado acabou sendo um alivio para a Família que estava vendo dia a dia a situação não mudar e os tratamentos não surtirem efeito.

Jules Bianchi correu por 34 corridas na Formula 1 todas pela equipe Marussia, Seu melhor resultado na categoria foi o 9ºlugar no GP de Mônaco, marcando os 2 únicos pontos da equipe Russa e são esses mesmos pontos que fizeram a Manor continuar na categoria até porque com a posição de Bianchi a Marussia ficou em 9ºlugar nos construtores e com isso pode ter o Dinheiro de Premiação por essa classificação. Esse pode ter sido o maior legado que o piloto de 25 anos deixou em sua carreira.

Fotos:

 

View post on imgur.com

Carreira no automobilismo:

Bianchi começou nos monopostos na Eurocup Formula Renault 2.0 em 2007 e foi campeão da Formula Renault Francesa 2.0, Em 2008 e 2009 foi piloto da Formula 3 Euroseries aonde foi 3ºcolocando em 2008 e campeão no ano seguinte, Em 2008 venceu o Masters of Formula 3.
Em 2010 e 2011 Bianchi correu na GP2 series aonde ele ficou colocado na 3ªPosição por 2 anos seguidos, Em 2011 passou a ser piloto de Testes da Ferrari que tinha no piloto Francês um futuro promissor na categoria. Em 2012 correu na World Series da Renault 3.5 ficando com o vice-campeonato e sendo piloto de testes na Force India e já certo como piloto de lá para 2013, Mas dai foi preterido pelo dono da equipe Vijay Mallya que preferiu a contratação de Adrian Sutil. Bianchi então entrou na vaga de Luiz Razia que não tinha conseguido cumprir os pagamentos de patrocinador e com isso teve que deixar a vaga para o piloto Francês.

jules_valencia_2011

Bianchi não tinha carro para lutar por boas posições, Mas impressionava pela sua velocidade andando sempre mais rápido que os outros pilotos das Nanicas em 2013 e em 2014 por ter mais carro ele conseguiu superar em muitos momentos ao Japonês Kamui Kobayashi que tinha a Caterham. Bianchi começava a ser cogitado para ser o piloto da Ferrari ou da Sauber para um futuro próximo.

Fica aqui a nossa homenagem ao piloto Francês que acabou Falecendo na profissão que ele mais gostava! Jules, Haja con deus!, Vai com deus Jules!, #JB17

Texto: Deivison Conceição
Fotos: F1-Gears / Minidrivers

Jules_Bianchi_9th_monaco2014