De trás Pedrosa supera favoritos e conquista primeira vitória na temporada

Grid de largada:

1 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’31.868
2 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’32.216
3 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’32.381
4 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 1’32.443
5 51 Michele Pirro (Ducati Team Ducati) 1’32.467
6 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) 1’32.677
7 35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) 1’32.743
8 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) 1’32.859
9 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’32.918
10 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’33.002
11 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) 1’33.301
12 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’33.929
13 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’33.399
14 22 Alex Lowes (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’33.635
15 9 Danilo Petrucci (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) 1’33.716
16 50 Eugene Laverty (Pull & Bear Aspar Team Ducati) 1’33.772
17 43 Jack Miller (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) 1’33.847
18 45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) 1’33.989
19 53 Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) 1’34.302
20 68 Yonny Hernandez (Pull & Bear Aspar Team Ducati) 1’34.465
21 12 Javier Fores (Avintia Racing Ducati) 1’35.161

sanmarino2016_motogp-6

Vindo do 8ºlugar Dani Pedrosa de uma forma improvável conquistou a 1ªVitória na temporada em um domínio que parecia ser dos pilotos da Yamaha como aconteceu na largada aonde Lorenzo, Rossi e Viñales mantendo os 3 primeiros lugares com Dovizioso, Marquez e Pedrosa a seguir.

Na segunda volta Rossi foi para cima de Lorenzo na curva 14 e assumiu a liderança com seu companheiro de equipe espalhando o que deixou rossi em uma corrida tranquila na liderança enquanto que Lorenzo começava a sentir pressão de Marc Marquez que nas primeiras voltas se livrou de Andrea Dovizioso e de Marevick Viñales que iriam travar um belo duelo pelo 5ºlugar que durou a maior parte da prova hora Viñales tomava o 5ºlugar e outra hora Dovizioso dava o troco no piloto da Suzuki.

sanmarino2016_motogp-1

Até a metade da corrida Dani Pedrosa que vinha em 4ºlugar não estava sendo muito percebido, Mas a partir dai o piloto da Repsol HRC Honda chamou a atenção e passou por cima do líder do Campeonato e seu companheiro de equipe Marc Marquez que não fez questão de defender com a vida essa posição já que é melhor para a Formiga atômica pensar no campeonato do que jogar pontos fora forçando uma queda. Depois Pedrosa foi para cima de Lorenzo e na mesma curva 14 aonde ele passou Marquez ele conquistou a ultrapassagem em cima do Gladiador do Asfalto assumindo o 2ºlugar e partiu para cima de Valentino Rossi que estava liderando sem ameaça do Lorenzo pela maior parte da corrida.

sanmarino2016_motogp-4

Na parte final da prova Pedrosa desafiou a Rossi e a poucas voltas do final em uma manobra ousada e inesperada a ultrapassagem foi feita sem qualquer contestação a favor do piloto da Honda, O velho da Yamaha tentou ainda disputar com Pedrosa. Mas o dia era do piloto espanhol que finalmente desencantou na temporada conquistando a sua primeira vitória sendo assim o 8ºvencedor diferente no ano. Desde do GP da Holanda quando Jack Miller venceu não temos repetições de pilotos vencedores.

sanmarino2016_motogp-5

Valentino Rossi completou em 2ºlugar e tirou 7 pontos da diferença para Marc Marquez que ficou em 4ºlugar que ainda tem confortáveis 43 pontos de diferença para o doutor Valentino Rossi que parece ser o grande adversário da formiga atômica na parte final de temporada. Entre eles ficou Jorge Lorenzo que volta ao pódio após vexatórias apresentações na chuva que praticamente retira as possibilidades do tetracampeonato para o Espanhol.

Viñales que venceu a prova na Inglaterra em Silverstone conquistou a 5ªposição em Mizano superando Andrea Dovizioso em seu duelo particular entre a Suzuki e a Ducati que durou a maior parte da prova. Ficou o piloto Italiano em 6ºlugar com Michele Pirro que substituiu a Andrea Iannone que sofreu um acidente nos treinos de sexta impossibilitando dele correr fez um bom final de semana conquistando um honroso 7ºlugar.

Fechando os 10 primeiros lugares chegaram Cal Crutchlow que foi o melhor piloto das motos privadas, Pol Espargaró em 9º com a Tech 3 Yamaha de 2015 e Alvaro Bautista que levou pela primeira vez no ano a Aprilla a participar do Q2 e colocou a moto Italiana em respeitável 10ºlugar na frente de Danilo Petrucci com a Pramac Ducati que tem certamente muito mais moto que a Aprilla que cresce a passos de tartaruga na MotoGP.

sanmarino2016_motogp-7

Daqui a duas semanas teremos a 14ªEtapa do Mundial de Motovelocidade em Aragón com mais um duelo eletrizante na disputa do campeonato que começa a ficar polarizado entre Marquez e Rossi.

Resultado Final do GP de San Marino
MotoGP – Mundial de Pilotos

1 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) 43’43.524
2 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 2.837
3 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 4.359
4 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) a 9.569
5 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 15.467
6 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) a 19.676
7 51 Michele Pirro (Ducati Team Ducati) a 22.936
8 35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) a 25.702
9 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 27.155
10 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 33.968
11 9 Danilo Petrucci (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 39.206
12 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 39.967
13 8 Hector Barberá (Avintia Racing Ducati) a 42.997
14 50 Eugene Laverty (Pull & Bear Aspar Team Ducati) a 49.450
15 45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 54.879
16 68 Yonny Hernandez (Pull & Bear Aspar Team Ducati) a 1’05.072
17 53 Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) a 5 Voltas

Não Terminaram a corrida:

41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 11 Voltas
12 Javier Fores (Avintia Racing Ducati) a 13 Voltas
22 Alex Lowes (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Lorenzo nos metros finais ultrapassa Marquez e conquista vitória, Rossi quebra motor e cala Torcida Italiana em Mugello

Em Mugello Jorge Lorenzo teve 2 duros combates para conquistar a sua 3ªVitória na temporada do Mundial de Motovelocidade, Primeiramente com Valentino Rossi que foi o pole position, Na Largada Lorenzo e Rossi disputaram o primeiro lugar com um piloto da Tech 3 quase tomando o segundo lugar, Na primeira curva tivemos 3 pilotos no chão Loris Baz, Jack Miller e Alvaro Bautista que deixaram a prova. Lorenzo disputavam a liderança com Marquez disputando o 3ºlugar com Aleix Espargaró que largou muito bem. Andrea Dovizioso recuperou muitas posições e já estava entre os primeiros colocados, Ao contraio de Marevick Viñales que largou muito mal e foi lá para trás.

Quedas na primeira curva
Quedas na primeira curva

Nas primeiras voltas a disputa ficou polarizada entre Rossi e Lorenzo pela liderança com Marc Marquez um pouco mais atrás esperando o que poderia acontecer dessa briga entre os pilotos oficiais da Yamaha, Depois vinham Dovizioso e Iannone mostrando força da Ducati, Dani Pedrosa estava um pouco mais atrás tendo de passar Scott Redding que vinha em uma bela atuação.

Rossi e Lorenzo travaram o primeiro duelo pela vitória
Rossi e Lorenzo travaram o primeiro duelo pela vitória

A disputa entre Lorenzo e Rossi iria durar até a volta 9 quando o piloto Italiano com problemas com o motor da sua moto que foi pelos ares acabou deixando a prova. Na mesma volta Scott Redding que vinha em um sólido 8ºlugar tem problemas de pressão em sua moto obrigando a deixar a corrida, Quando Lorenzo parecia que iria ter vida tranquila para conquistar a vitória eis que surge Marc Marquez e Andrea Dovizioso que chegaram perto do piloto Espanhol da Yamaha, Mas logo Dovizioso que será companheiro de Lorenzo acabou se distanciando dessa disputa deixando a luta pela vitória entre os dois espanhóis.

Sem Sorte para Redding, Já Petrucci teve um bom dia em Mugello
Sem Sorte para Redding, Já Petrucci teve um bom dia em Mugello

Lorenzo e Marquez travaram um duelo mortal nas voltas finais da corrida com um passando o outro a cada curva do circuito, Um pouco mais atrás Dovizioso começava a sentir a pressão de Andrea Iannone e de Dani Pedrosa formando uma bela disputa pelo pódio, A poucas voltas do final na curva 1 Dovizioso acabou escapando e perdendo a trajetória e perdeu a chance do pódio que o piloto da Honda e o piloto da Ducati iriam duelar, Viñales que vai correr na Yamaha em 2017 com Valentino Rossi vinha em 6ºlugar e depois vinham Bradley Smith (Na melhor prova dele na temporada) Aleix Espargaró (Longe de Viñales) e Danilo Petrucci em sua segunda corrida disputando posição no final de prova.

Lorenzo e Marquez chegaram na volta final trocando posições, Marquez conseguiu a ultrapassagem nas curvas finais e quando parecia que ele derrotaria a Yamaha de Lorenzo nos metros finais o Gladiador do Asfalto pegou o vácuo da Formiga Atômica e passou nos metros finais para garantir a vitória e a manutenção da liderança do campeonato por apenas 19 milésimos de segundos sobre Marc Marquez que chegou em segundo lugar e esta agora a 10 pontos de Lorenzo na segunda posição e ambos estão com uma vantagem mais cômoda para Rossi que estacionou com os seus 79 Pontos.

Lorenzo levou a vitória nos últimos metros
Lorenzo levou a vitória nos últimos metros

O 3ºlugar ficou com Andrea Iannone que superou a Dani Pedrosa por menos de 2 décimos de segundo, É o segundo pódio do piloto Italiano que esta de malas prontas para a Suzuki em 2017 para substituir Viñales, Já Andrea Dovizioso conseguiu terminar uma corrida nesse ano depois de tantas quedas e quebras ficando em 5ºlugar em uma corrida apenas boa seguido por Marevick Viñales que recuperou posições depois de uma largada ruim. Bradley Smith segurou Danilo Petrucci e ficou em 7ºlugar ganhando a disputa das motos satélites em cima de Danilo Petrucci que terminou muito bem na 8ºposição com a Pramac Ducati que não quebrou, Aleix Espargaró foi muito mal ficando em 9ºlugar e Michele Pirro em sua participação nessa prova com a 3ªMoto da Ducati ficou apenas em 10ºlugar em uma corrida apagada.

Iannone conquista seu segundo pódio na temporada 2016.
Iannone conquista seu segundo pódio na temporada 2016.

Cal Crutchlow também muito mal com a LCR Honda em 11ºlugar, Hector Barbera e Eugeune Laverty fazendo o que era possível com a Ducati de 2014 em 12ºe 13º, Stefan Bradl salva 2 pontos em um final de semana ruim da Aprilla que não tem moto boa nesse tipo de circuito e Pol Espargaró ficou em 15ºlugar, Yonny Hernandez sendo punido por queimar a largada ficou sem pontuar em 16ºlugar em mais uma exibição esquecível para o piloto colombiano da Aspar Martinez.

Mais um final de semana ruim para Hernandez
Mais um final de semana ruim para Hernandez

Daqui a duas semanas o Mundial de Motovelocidade parte para o Circuito da Catalunha na Espanha para a 7ªEtapa do Campeonato mundial da MotoGP.

Resultado final do GP da Itália
Mundial de Motovelocidade – Moto GP – 23 Voltas

1 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 41’36.535
2 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) a 0.019
3 29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) a 4.742
4 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) a 4.910
5 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) a 6.256
6 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 8.670
7 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 13.340
8 9 Danilo Petrucci (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 14.598
9 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 18.643
10 51 Michele Pirro (Ducati Team Ducati) a 22.298
11 35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) a 27.936
12 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) a 35.712
13 50 Eugene Laverty (Aspar Team MotoGP Ducati) a 38.032
14 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 40.094
15 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 59.811
16 68 Yonny Hernandez (Aspar Team MotoGP Ducati) a 1’04.397

Não Terminaram a corrida:

46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 15 Voltas
45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 15 Voltas
43 Jack Miller (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) a 23 Voltas
19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 23 Voltas
76 Loris Baz (Avintia Racing Ducati) a 23 Voltas

Pódio em Mugello da MotoGP
Pódio em Mugello da MotoGP

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Valentino Rossi é pole e levanta torcida em Mugello

Valentino Rossi em grande fase no campeonato conquistou a pole position com uma volta impressionante superando o recém-demitido da Ducati em 2017 e Contratado pela Suzuki o Também Italiano Andrea Iannone que parecia que sera o pole pois ficou a maior parte do Q2 com a primeira posição, Mas no final foi superado pelo piloto da Yamaha com 1:46.504 no último minuto de treino e depois do Cronometro Zerado o piloto Maverick Viñales com a Suzuki ficou bem perto de Rossi com 1:46.598 e larga em 2ºlugar ao lado do seu companheiro de equipe na Yamaha em 2017, Andrea Iannone completa a primeira Fila.

Marc Marquez e Jorge Lorenzo que geralmente são as estrelas das classificações dessa vez foram apenas Convidados de luxo ficando em 4º e 5ºlugares compondo a segunda fila com o Aleix Espargaró com a outra Suzuki que veio do Q1 e sendo competitivo no Q2, Só que ficou a quase 6 décimos de Viñales, Pior ficou para Dani Pedrosa que ficou em 7ºlugar e lidera a Fila 3 que vai ter os pilotos Bradley Smith com a Melhor moto satélite (Tech 3 Yamaha) e de Danilo Petrucci com a Pramac Ducati, Completando os 10 primeiros colocados o companheiro de Petrucci na Pramac o Inglês Scott Redding que veio do Q1 junto de Aleix Espargaró ficando em 10ºlugar. Michele Pirro que corre com a Moto de teste da Ducati e Yonny Hernandez de Ducati de 2014 da Aspar Martinez completam os 12 primeiros colocados.

Hernandez em um bom dia de treino com sua Ducati
Hernandez em um bom dia de treino com sua Ducati

Andrea Dovizioso teve um treino horrível e se quer conseguiu chegar perto da Classificação para o Q2 conseguindo apenas o 13ºlugar no Grid de largada, Pol Espargaró e Cal Crutchlow também não conseguiram a classificação e ainda acabaram no chão caindo na tentativa final de ambos. Tito Rabat quebrou a clavícula nos treinos livres e não corre amanhã.

A Etapa do Mundial de Motovelocidade na Categoria MotoGP em Mugello será realizada a partir das 9 da Manhã.

Péssimo dia de Dovizioso
Péssimo dia de Dovizioso

Grid de largada – GP da Itália (Mugello)
Mundial de Motovelocidade – MotoGP

1 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’46.504
2 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’46.598
3 29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) 1’46.607
4 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 1’46.759
5 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’46.882
6 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’47.186
7 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) 1’47.218
8 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’47.247
9 9 Danilo Petrucci (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) 1’47.261
10 45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) 1’47.359
11 51 Michele Pirro (Ducati Team Ducati) 1’47.361
12 68 Yonny Hernandez (Aspar Team MotoGP Ducati) 1’47.436
13 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) 1’47.089
14 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’47.159
15 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) 1’47.555
16 35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) 1’47.659
17 43 Jack Miller (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) 1’47.830
18 50 Eugene Laverty (Aspar Team MotoGP Ducati) 1’48.111
19 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’48.372
20 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’48.646
21 76 Loris Baz (Avintia Racing Ducati) 1’48.991

Não larga:

53 Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) Sem Tempo

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Marquez conquista a 4ªVitória no Texas em corrida de muitas quedas e com Iannone se redimindo do Fiasco de Rio Hondo

Em uma bela disputa no Texas de novo o Espanhol Marc Marquez se sobressaiu e conquistou pela 4ªVez seguida a vitória continuando com o monopólio de vitórias no circuito norte-americano.

Na Largada Marquez largou bem, Mas quem se saiu melhor foi Lorenzo que tentou tomar a ponta do piloto da Repsol Honda que conseguiu reverter a situação na segunda curva voltando a liderança com Valentino Rossi em 2º, Lorenzo em 3º e Dovizioso em 4º. Jorge Lorenzo tentou passar Marquez, Mas perdeu totalmente a curva e com isso Marquez voltou a ponta com Andrea Dovizioso engolindo a todos para ficar só atrás da Formiga Atômica e depois vinha Lorenzo, Aleix Espargaró com a Suzuki, Dani Pedrosa e Valentino Rossi.

MotoGP_Austin16_Domingo (1)

No começo da 3ªVolta Valentino Rossi que já não vinha muito bem acabou caindo e deixando a prova, Algo que não acontecia desde do GP de Aragón de 2014, Enquanto isso Marquez abria diferença para Dovizioso que começava a sofrer pressão de Jorge Lorenzo que conseguiu a ultrapassagem na 6ªVolta assumindo a segunda posição e começou a tentar uma aproximação sobre Marc Marquez, Na 7ªVolta Dani Pedrosa de maneira totalmente equivocada e de forma bem pior que Iannone o fez na Argentina atingiu o Italiano Andrea Dovizioso que se tornou o Alvo dos pilotos nesse começo de ano.

MotoGP_Austin16_Domingo (3)

Com tudo isso o grande beneficiado foi Andrea Iannone que assumiu a terceira posição depois de vencer uma batalha com o Espanhol Aleix Espargaró que teria de lutar pelo 4ºlugar com seu companheiro de equipe Maverick Viñales, Antes disso acabaram caindo na 8ªVolta os pilotos Cal Crutchlow e  logo em seguida na mesma curva caiu o Bradley Smith. ambos conseguiram voltar a corrida mas muito defasados em relação aos demais pilotos.

Na Disputa da Suzuki ficava evidente que Viñales estava mais rápido do que Espargaró e a ultrapassagem foi inevitável na volta 11 o jovem espanhol assumiu o 4ºlugar, Depois disso a prova começou a dar uma esfriada apesar de disputas acontecerem entre elas uma disputa legal entre Pol Espargaró, Michele Pirro, Hector Barberá e Stefan Bradl valendo a 7ªposição.

MotoGP_Austin16_Domingo

Marc Marquez continuou a abrir e abrir diferença até o final da corrida para conquistar a segunda vitória na temporada e consolidar a liderança do campeonato com 66 pontos no campeonato com Jorge Lorenzo chegando em segundo lugar a 6 segundos atrás fazendo uma bela corrida e o pódio foi completado pelo italiano Andrea Iannone que depois de duas quedas e de estar em um momento em baixa na categoria e na própria Ducati ele conquistou o pódio em 3ºlugar com boa vantagem sobre os pilotos da Suzuki Maverick Viñales que conquistou o melhor resultado da sua carreira na MotoGP com o 4ºlugar na frente de Aleix Espargaró em 5ºlugar tonando esse o melhor dia da Suzuki desde da sua volta a MotoGP em 2015.

MotoGP_Austin16_Domingo (4)

Scott Redding com uma bela corrida dessa vez completando a prova em 6ºluga com a Ducati de 2015 muito na frente de Pol Espargaró que segurou a Michele Pirro e fechou a prova em 7ºlugar o que ajudou o piloto da Tech 3 a ficar em 4ºlugar com 29 pontos devido a regularidade do piloto Espanhol, Pirro ficou em um honroso 8ºlugar, Hector Barberá e Stefan Bradl completaram os 10 primeiros colocados.

Alvaro Bautista em 11º com a Aprilla que ainda esta longe de estar competitiva o bastante para disputar vitórias conseguiu ficar na frente de Eugene Laverty,  Tito Rabat e Yonny Hernandez que marcou seus primeiros pontos assim como Andrea Iannone e em 15ºlugar da prova Loris Baz que fechou a zona de pontuação mesmo tendo caindo nas primeiras voltas da prova deixando Cal Crutchlow em 16ºlugar como o único piloto ao lado de Danilo Petrucci sem marcar ponto no campeonato.

Daqui a duas semanas começa a fase europeia da MotoGP com o GP da Espanha em Jerez de la Fronteira no dia 24 de Abril.

MotoGP_Austin16_Domingo (5)

Mundial de Motovelocidade – Resultado Final
GP dps Estados Unidos – Circuito das Américas

1 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 43’57.945 em 21 Voltas
2 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 6.107
3 29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) a 10.947
4 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 18.422
5 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 20.711
6 45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 28.961
7 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 32.112
8 51 Michele Pirro (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 32.757
9 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) a 34.592
10 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 40.211
11 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 45.423
12 50 Eugene Laverty (Aspar Team MotoGP Ducati) a 47.127
13 53 Tito Rabat (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) a 47.426
14 68 Yonny Hernandez (Aspar Team MotoGP Ducati) a 51.190
15 76 Loris Baz (Avintia Racing Ducati) a 1’12.929
16 35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) a 1’19.252
17 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 1’28.036

Não Terminaram a corrida:

26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda a 10 Voltas
4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati a 15 Voltas
46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 19 Voltas

MotoGP_Austin16_Domingo (2)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Em Misano Lorenzo continua seu domínio em Território de Rossi e conquista a pole position

Jorge Lorenzo sobrou no treino de hoje após ser o melhor dos treinos livres e sendo o favorito a pole position o Gladiador da MotoGP deu mais uma mostra da frustração que esta por vir para os italianos que esperavam um grande final de semana de Rossi no Circuito Marco Simoncelli em Misano.

Jorge Lorenzo no Q2 em nenhum momento do Treino perdeu a pole position só tendo alguma ameaça dos pilotos da Honda, Mas era uma ameaça pequena que não fazia o piloto da Yamaha tremer, logo na sua primeira volta rápida já bateu o antigo recorde de Marc Marquez e com o tempo de 1:32.146 Lorenzo assegurou a 3ªpole position nessa temporada, Marc Marquez a 106 milésimos acima do tempo de Lorenzo conseguiu a 2ªposição no grid de largada e Valentino Rossi líder do campeonato não conseguiu ser competitivo o bastante para levar a pole position o que era esperado pela torcida, Mas mesmo assim conseguiu fazer um bom treino e com isso fecha a primeira fila do Grid.

Bela Participação de Michele Pirro
Bela Participação de Michele Pirro

Dani Pedrosa até conseguiu ficar em 2ºlugar no treino, Mas acabou perdendo posições para Marquez e Rossi e com isso ele acabou sendo rebaixado para a 2ªFila em 4ºlugar tendo ao seu lado o piloto de teste da Ducati Michele Pirro que surpreendeu com ótimo treino (O Melhor da carreira dele)  sendo o primeiro piloto da Ducati no Treino em 5ºlugar, Bradley Smith colocando a melhor moto Satélite fecha a segunda fila.

Andrea Iannone abre a 3ªFila superando em 113 milésimos seu companheiro de equipe Andrea Dovizioso que vem de pódio na corrida passada na Inglaterra, Também vindo de um pódio para fechar a terceira fila a Ducati da Pramac de Danilo Petrucci que vem do melhor momento da carreira com a segunda posição na corrida passada em Silverstone largando em 9ºlugar.

Espargaró acabou passando do Q1 e larga em 10ºlugar amanhã
Espargaró acabou passando do Q1 e larga em 10ºlugar amanhã

Fechando os pilotos que participaram do Q2 Vem Aleix Espargaró e Cal Crutchlow que enfrentaram um duríssimo Q1 para conseguirem estar no Q2. E a luta de ambos deu certo pois eles ficaram na frente de Pol Espargaró com a Tech 3 Yamaha que larga em 12ºlugar, E para provar o quanto foi duro a luta pelas 2 vagas no Q1 os pilotos Scott Redding e Marevick Viñales ambos lutaram pelas vagas ficando na trave para conseguirem essas vagas em 13º e 14º já Yonny Hernandez em 15ºlugar ficou mais longe dessa vaga, E depois vieram Loris Baz e Jack Miller com bons treinos e os outros pilotos ficando em posições sem nenhum destaque até o 26ºcolocado Alex de Angelis com a Ioda.

Amanhã a 13ªEtapa da MotoGP vai acontecer a partir das 9 da Manhã Horário de Brasília.

Petrucci_nostop10denovo

Grid de Largada do Mundial de Motovelocidade
Categoria MotoGP – GP de Misano

1 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’32.146
2 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 1’32.252
3 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’32.358
4 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) 1’32.434
5 51 Michele Pirro (Ducati Team Ducati) 1’32.736
6 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’32.801
7 29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) 1’32.821
8 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) 1’32.934
9 9 Danilo Petrucci (Octo Pramac Racing Ducati) 1’33.169
10 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’33.187
11 35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) 1’33.220
12 44 Pol Espargaro (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’33.222
13 45 Scott Redding (EG 0,0 Marc VDS Honda) 1’33.340
14 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’33.439
15 68 Yonny Hernandez (Octo Pramac Racing Ducati) 1’33.710
16 76 Loris Baz (Forward Racing Yamaha Forward) 1’34.093
17 43 Jack Miller (LCR Honda Honda) 1’34.137
18 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) 1’34.296
19 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’34.333
20 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’34.368
21 50 Eugene Laverty (Aspar MotoGP Team Honda) 1’34.468
22 63 Mike di Meglio (Avintia Racing Ducati) 1’34.722
23 69 Nicky Hayden (Aspar MotoGP Team Honda) 1’34.732
24 71 Claudio Corti (Forward Racing Yamaha Forward) 1’35.385
25 17 Karel Abraham (AB Motoracing Honda) 1’35.406
26 15 Alex de Angelis (E-Motion IodaRacing Team ART) 1’35.684

marquez_nao_teve chances hoje

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP