Falta pouco para completar o Grid da Formula 1 para 2019

O Quadro de pilotos para a Temporada de 2019 de Formula esta praticamente completa, Das 20 vagas, 18 estão preenchidas. Faltam 2 vagas para que esse quadro se completem, Sendo que uma delas praticamente esta certa. A Williams deve anunciar em Abu Dhabi a volta do Polonês Robert Kubica. Que após 8 anos fora da categoria após um acidente de Rally na Itália, que teve serias consequências para a sua mão Direita impedindo dele voltar a categoria por muito tempo.

Isso faz com que tenhamos apenas 1 vaga disponível, O Segundo carro da Toro Rosso-Honda para a temporada de 2019. Os principais Candidatos a essa vaga são Brendon Hartley que esta correndo na equipe desde do GP dos Estados Unidos de 2017 e o Tailandês Alexander Albon, Vice-líder da Formula 2 e vice-campeão da GP3 Series em 2016.

Nisso as outras vagas já foram definidas, Mesmo com a Racing Point não anunciar Lance Stroll como o novo Piloto. Com seu pai no comando da equipe é certo que ele vai acabar disputando o campeonato de 2019 pela antiga equipe indiana.

Entre as grandes equipes, As grandes mudanças foram na Ferrari com a contratação de Charles Leclerc, Na Red Bull com a Saída de Daniel Ricciardo foi promovido o Francês Pierre Gasly (Que fez uma boa temporada com o carro da Toro Rosso) O piloto Australiano foi contratado pela Renault, Sem dúvida é a grande contratação da Renault desde da sua volta em 2016 e a grande aposta da carreira do piloto que esta na Red Bull desde de 2012. (Sendo na Toro Rosso em 2012 e 2013)

Possivelmente antes do final da temporada já teremos todos os pilotos do Grid garantidos para a 70ªTemporada de Formula 1

Pilotos e equipes para 2019:

Mercedes
44. Lewis Hamilton Inglaterra
77. Valtteri Bottas Finlândia
Ferrari
5. Sebastian Vettel Alemanha
16. Charles Leclerc Mônaco
Red Bull
33. Max Verstappen Holanda
10. Pirrie Gasly França
Renault
27. Nico Hulkenberg Alemanha
3. Daniel Ricciardo Austrália
Haas
8. Romain Grosjean França
20. Kevin Magnussen Dinamarca
Mclaren
55. Carlos Sainz jr. Espanha
Lando Norris Inglaterra
Racing Point
11. Sergio Perez México
18. Lance Stroll Canadá
Toro Rosso
26. Danill Kvyat Rússia
VAGO
Williams
George Russell Inglaterra
VAGO*
Sauber
7. Kimi Raikkonen Finlândia
Antonio Giovinazzi Itália

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams/Toro Rosso/Red Bull/Renault

Verstappen repete vitória no México e Hamilton conquista o campeonato após o 4ºlugar.

Max Verstappen Repetiu a dose do ano passado e conquistou ontem a sua 5ªVitória da Carreira e a segunda no México. Uma atuação impecável que o coloca na disputa pelo 3ºlugar no Mundial de Pilotos. Max comandou a Festa com DJ, Já Lewis Hamilton foi o outro grande vencedor da prova. Precisando somente de um 7ºlugar, O piloto inglês fez uma corrida apagada, Mas que foi o suficiente para terminar em 4ºlugar e o título pela 5ªVez em sua Carreira.

Na largada, Quem largou mal foi Daniel Ricciardo. Hamilton se aproveitou disso e foi para cima do piloto Australiano. Porém quem passou para a liderança foi Max Verstappen que fez grande largada e assumiu a liderança. Com Hamilton em segundo, Ricciardo em 3º, Vettel em 4º recuperando na chicane a posição em cima de Bottas. Raikkonen caiu para o 7ºlugar, Sendo superado pelo espanhol Carlos Sainz jr. Atingidos na primeira volta, Ocon e Hartley foram para os boxes. O Francês acabou trocando os bico do seu carro além dos pneus.

Na segunda volta, Raikkonen ultrapassa Sainz jr. Tomando o 6ºlugar. Fernando Alonso com problemas abandona a prova, Ele acabou pegando um pedaço do carro do Ocon que ficou preso ao assoalho e essa peça danificou o carro.

Verstappen nas primeiras voltas abriu vantagem sobre Hamilton que não precisava vencer para ser o campeão, Daniel Ricciardo vinha se aproximando do virtual campeão mundial . Enquanto que Bottas e Raikkonen se distanciavam de Sainz e dos outros pilotos do Grupo intermediário.

Na 12ªVolta, Hamilton reclamando dos pneus acabou indo para a sua primeira parada, Também foi para a parada seu companheiro de equipe. Tanto para Lewis como para Bottas o trabalho foi muito bem feito. Na volta seguinte foi à vez de Verstappen e de Ricciardo pararem para suas primeiras paradas. Vettel e Raikkonen assumiram os 2 primeiros lugares.

Raikkonen e Vettel continua. Na mesma volta, Perez ultrapassa Ericsson e ganha o 7ºlugar, Fazendo a alegria da torcida Mexicana. Raikkonen vinha à frente de Hamilton e Ricciardo, Podendo ajudar Vettel ao segurar ambos. Com os pneus gastos, Raikkonen foi para a parada na 17ªVolta e o piloto Alemão para na volta seguinte. Com as paradas, Verstappen era o líder com Hamilton, Riccardo, Vettel, Bottas e Raikkonen. Ou seja, nada mudou desde das primeiras voltas. Sergio Perez continuava na pista enquanto os outros pilotos pararam, O Mexicano queria fazer só uma parada.

A prova prosseguia. Verstappen continuava disparado na frente, Ricciardo tenta se aproximar do Hamilton querendo a dobradinha da Red Bull. Vettel em 4ºlugar começava a chegar na briga. Na 31ªVolta, Carlos Sainz jr. teve problemas de suspensão e acabou tendo de deixar a prova.

O Safety Car foi acionado, Vettel estava perto de Ricciardo, Na relargada ele perdeu contato para Ricciardo. Com isso o piloto da Ferrari teve que se reaproximar do piloto Australiano, O Alemão partia para o tudo ou nada para tentar a vitória. Na 34ªVolta, Vettel usa o vácuo e o DRS para ultrapassar o piloto da Red Bull, Ganhando o 3ºlugar.

Perez na volta seguinte passou por fora Charles Leclerc, A corrida do piloto Mexicano anima os torcedores na arquibancada.

Vettel partiu para cima de Hamilton com tudo, Na 39ªVolta ele ataca o líder do campeonato que não resistiu. Afinal era ele que precisava da vitória e mesmo assim o Inglês seria campeão com o resultado que ele estava naquele momento. A diferença entre o 6ºlugar (Raikkonen) para o Nico Hulkenberg que estava em 7ºlugar, era de 1 minuto e 10 segundo. Isso com um pouco mais de 30 voltas para o final da prova. Impressionante a gritante vantagem das 3 equipes grandes para o resto do pelotão.

Na volta 41, Sergio Perez abandona a prova. Os freios do carro da Force India acabaram e o Mexícano deixa a prova.  É a primeira vez que o piloto de casa não chegou ao final da prova. Os torcedores ficaram tristes com desfecho da prova do Chevo.

Enquanto Vettel tentou tirar os 10 segundos de vantagem para cima do Verstappen. Hamilton estava sofrendo com seus pneus. Ele foi pressionado pelo Daniel Ricciardo, Tanto é que na volta 47, O piloto da Mercedes não consegue fazer a curva do final da reta e vai para a grama. Enquanto Ricciardo ganhou o terceiro lugar, Os pneus de Hamilton estavam na lona. A Mercedes se preveniu e acabou fazendo a segunda troca de pneus na volta seguinte. Tava na cara que era pura precaução para se evitar uma quebra da Mercedes de Lewis Hamilton.

Na volta 48 Bottas e Vettel pararam. O piloto Finlandês sofria também com os pneus, Tanto que ele ao defender posição da pressão de Kimi Raikkonen ele acabou saindo da pista e indo para a brita no mesmo final de reta, A Mercedes em geral vinha sofrendo com os pneus.

Verstappen também fez a parada nos boxes assim como Kimi Raikkonen. Porém Daniel Ricciardo arrisca tudo em se manter na pista para fazer só uma parada até o final da prova. Vettel foi com tudo para cima de Ricciardo. Parecia que o destino era mesmo que o piloto da Ferrari voasse para cima do Australiano, Mas o que se viu foi o piloto da Red Bull fazendo volta mais rápida e abrindo diferença.

Na Volta 63, Uma reviravolta: Motor acaba deixando Daniel Ricciardo na mão. Foi o 7ºabandono do ano para ele. Novamente o Safety Car Virtual entrou na pista para a retirada do carro do Australiano. Não tem como ele dar sorrisos com um final de ano tão problemático como esse.

Nas voltas finais, Os carro das Haas sofriam com os pneus, Chegando a virar 6, 7 segundos mais lento do que os carro da frente. Os pneus foram um sério problema no Circuito de Hermanos Rodriguez.

Verstappen dominou a prova e assim como no ano passado, Conquistou a vitória. Que deu de vez o pentacampeonato para Lewis Hamilton. O piloto Holandês conquistou sua 5ªvitória na sua carreira e 2ª da temporada, A Red Bull superou as deficiências do motor com um carro muito bom na baixa aderência.

O pódio foi completada pelo Sebastian Vettel, Que lutou com todas as forças para manter a disputa pelo campeonato vivo, O 2ºlugar serve como consolo pela luta que teve o alemão. Kimi Raikkonen completou o pódio em 3ºlugar.

Lewis Hamilton, Em uma corrida estranha para a Mercedes pelo desgaste dos pneus ficou em 4ºlugar, Mas isso era o suficiente para que Hamilton conquistasse seu 5ºtítulo de sua carreira. Se juntando a Juan Manuel Fangio e só ficando atrás de Michael Schumacher no número de campeonatos Mundial de Formula 1, escrevendo mais um capitulo da riquíssima história da sua carreira.

Apesar de não ter ido para o pódio, O inglês fez sua festa, Inclusive com uma placa dourada ao parar seu carro no estádio.

Seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas ficou em 5ºlugar, a 1 volta do vencedor.

O Alemão Nico Hulkenberg foi o melhor do resto, ele levou seu carro da Renault para o 6ºlugar e deu um importante passo para o 7ºlugar do Mundial de Pilotos. Charles Leclerc levou de novo a Sauber para um grande resultado com o 7ºlugar de hoje.

Stoffel Vandoorne após 14 corridas sem pontuar, acabou em 8º. Seu melhor resultado do ano para o Belga que deixa a categoria ao final da temporada. Na mesma situação de não ter Cockpit em 2019 esta Marcus Ericsson, Que levou a segunda Sauber para o 9ºlugar e ajudou a Sauber a ultrapassar a Toro Rosso na disputa do 8ºlugar do Mundial de Construtores.

Pierre Gasly fez uma bela prova de recuperação e foi recompensado com o 10ºlugar, fechando a zona de pontuação. Esteban Ocon que se envolveu em dois lances que acabou danificando seu carro acabou de fora dos pontos, A Racing Point Force India pode ter perdido a chance de passar a Mclaren no mundial de Construtores com esse resultado de hoje. Lance Stroll em 12º e Sergei Sirotkin em 13º levaram a Williams a posições acima do que se esperava. Ambos Superaram a Brendon Hartley que ficou em 14ºlugar. Certamente isso não ajudou em nada na sua luta para se manter na Toro Rosso e na Formula 1.

Agora, Fim de semana para a Haas esquecer, Seus dois pilotos no final sofreram com o desempenho dos pneus, Kevin Magnussen e Romain Grosjean ficaram nas últimas posições na Classificação Geral da prova. (Dos pilotos que terminaram a prova)

Parabéns a Lewis Hamilton pelo seu 5ºtítulo Mundial de Formula 1. Um dos maiores pilotos da História do Automobilismo Mundial.

Logo mais vou falar sobre o GP do Brasil e do que nós vamos fazer nesse evento.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP do México de Formula 1
19ªEtapa do Campeonato de 2018

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 71 1:38:28.851 2
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 71 a 17.316s 4
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 71 a 49.914s 6
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 71 a 1:18.738s 3
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 70 a 1 volta 5
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 69 a 2 voltas 7
7 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 69 a 2 voltas 9
8 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 69 a 2 voltas 15
9 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 69 a 2 voltas 10
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 69 a 2 voltas 20
11 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 2 voltas 11
12 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 2 voltas 17
13 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 2 voltas 19
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 69 a 2 voltas 14
15 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 69 a 2 voltas 16
16 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 68 a 3 voltas 18
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 61 Hidralico 1
11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 38 Freios 13
55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 28 Elétrico 8
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 3 acidente 12

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Ferrari/Mercedes/Renault/Force India/Sauber/Toro Rosso

Preview do GP da Rússia

Informações sobre a pista

Circuito: Sochi Autodrom
Distância (Volta): 5.848 km/3.634 milhas
Distância (Corrida): 309.732 km/192.459 milhas
Voltas: 53

Vencedores:

2014: Lewis Hamilton (Mercedes)
2015: Lewis Hamilton (Mercedes)
2016: Nico Rosberg (Mercedes)
2017: Valtteri Bottas (Mercedes)

Escolha dos pneus de cada piloto:

Previsão do Tempo: https://www.accuweather.com

Sexta

Sábado

Domingo

Vídeo On Board: (Vídeo: Formula 1)

Previsão dos pilotos e equipes:

Hamilton vai fazer mais uma vez a diferença e ficar mais perto do campeonato?

Bottas vai dar a volta por cima na Rússia? Foi aqui aonde ele conquistou sua primeira vitória na Formula 1.

Mercedes vai manter a invencibilidade vencendo pela 5ªvez em 5 edições do GP Russo?

Vettel terá a chance de começar uma virada para a disputa do título?

Raikkonen poderá sonhar com uma vitória?

A Red Bull vai ter um bom desempenho ou é mais uma prova que irão sucumbir por causa do Motor?

 

Renault busca a recuperação dos bons resultados na disputa pelo 4ºlugar nos Construtores.

Haas vem forte para buscar Renault na briga pelos construtores?

Force India após o fracasso em Cingapura busca sua volta por cima em Sochi.

Alonso levara mais uma vez a Mclaren nas costas ou vai ficar para trás?

Toro Rosso terá alguma esperança de marcar algum ponto com o motor Honda?

Leclerc e Ericsson serão capazes de levar a Sauber aos pontos como fez o futuro piloto da Ferrari na prova passada?

Williams vai passar vexame, Sirotkin pode tirar mais do seu carro na sua casa?

Minha expectativa é que tenhamos uma boa corrida e não uma corrida apagada como foi a corrida do ano passado. Em 2017 tivemos nenhuma ultrapassagem durante todas as 53 voltas do GP do ano passado. Valtteri Bottas passou os dois pilotos da Ferrari, Em uma grande largada e de lá ficou até o final da prova para a vitória.

Matérias das provas anteriores:

2014:

GP da Rússia – Hamilton vence em Sochi e Mercedes é Campeã do Mundial de Construtores

2015:

Hamilton aproveita quebra no Carro de Rosberg, Vence em Sochi e praticamente coloca a mão na Taça

2016:

Em Sochi, Rosberg conquista 7ªVitória seguida e aumenta sua vantagem na Liderança

2017:

Bottas conquista primeira vitória da carreira em Grande largada numa prova sonolenta em Solo Russo

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Renault/Haas/Mclaren/

Hamilton conquista vitória de nº69 na Noite de Cingapura e fica mais perto do pentacampeonato

Em um final de semana aonde tudo deu muito certo para o piloto da Mercedes, Não tinha outro desfecho se não a vitória no Circuito de Rua na Marina Bay, Sua vitória de número 69 faz com que Hamilton fique a apenas 22 corridas do recorde que pertence a Michael Schumacher. Mas do que isso, Ele esta agora a 40 pontos a frente de Sebastian Vettel na pista do título. começando a caminhar o título para as mãos dele.

Largada, Hamilton manteve a liderança, Já Vettel foi para cima de Verstappen, Ocon foi tentar Perez por fora e acabou levando o toque de Sergio Perez e foi para o muro.

O Safety Car entrou na pista para a retirada do carro do piloto Francês que esta ameaçado de desemprego que foi o único piloto a abandonar a prova de hoje. Antes disso, Vettel passou Verstappen e assumiu a segunda posição.

Hamilton, Vettel, Verstappen, Bottas, Raikkonen, Ricciardo, Perez, Grosjean, Alonso e Sainz jr. eram os 10 primeiros colocados. Em 17ºlugar, Sergei Sirotkin estava com um aro do carro de Esteban Ocon preso a sua asa dianteira, Ele acabou indo para os boxes, trocar os pneus e tirar essa peça do seu carro.

Relargada aconteceu na 5ªVolta, Hamilton já abre 1 segundo sobre Vettel que tenta fugir de Verstappen, Bottas, Raikkonen e Ricciardo. Vettel e Hamilton trocavam voltas mais rápidas entre eles.

Perez em 7ºlugar vinha em um ótimo ritmo de corrida, Grosjean vinha em 8º, Bem longe de Perez. Alonso, Sainz e Hulkenberg vinham a seguir. Após a 9ªVolta.

Mesmo com os pneus Hypersoft e Supersoft, A expectativa era de apenas uma parada para todos os pilotos. Apenas os dois pilotos da Williams estavam usando os pneus Soft (Que era os mais duros do final de semana)

Após 12 voltas, Hamilton vinha a 1.9 a frente de Vettel que vinha 1.7 segundos de Verstappen, Bottas em 4º já estava a 2 segundos atrás de Verstappen e 1.3 segundos a frente de Kimi Raikkonen. Ricciardo vinha em 6º a 11.5 segundos do líder. Alonso que vinha em 9ºlugar fazia voltas 3.8 segundos mais lento do que as voltas de Hamilton, É algo abusivo  o que esta acontecendo com a Formula 1. Que tem nesse momento a primeira divisão com 3 equipes e a segunda divisão com o restante do Grid. Algo tem que ser feito para que isso não continue e deixe o esporte cada vez menos chamativo.

Alonso vai pra cima de Romain Grosjean em busca do 8ºlugar. Na 15ªvolta, Vettel faz sua primeira parada nos boxes e volta em 7º. Foi o primeiro dos grandes a fazer a troca de pneus.

Na Volta seguinte, Hamilton vai fazer sua parada. Verstappen assumiu a liderança. Já Hamilton voltou na 5ªposição, A frente de Perez e de Vettel . A diferença é que piloto da Ferrari colocou novamente um jogo de pneus Hypermacios e teria de parar novamente e Hamilton já poderia ir até o final da prova.

Bottas e Grosjean pararam na volta 17. Verstappen que liderou 2 voltas foi para a sua parada nos boxes, Dois 3 primeiros foi a parada mais rápida e o Holandês voltou a frente de Vettel e conseguiu segurar Vettel e ganhou a 4ªposição. Raikkonen vinha em 1º com 3.5 segundos a frente de Ricciardo, esses dois ainda não tinham feito a parada nos boxes.

Verstappen começava a virar mais rápido do que Hamilton nesse momento da prova, Em uma volta chegou a tirar 8 décimos de diferença em uma só volta. Enquanto isso, Perez em 16ºlugar tentar escalar o pelotão ao atacar o Russo Sergei Sirotkin da Williams.

Raikkonen parou na volta 23, colocando os pneus mais duros para terminar a prova. Daniel Ricciardo assumiu a liderança com 10 segundos a frente de Lewis Hamilton que já trocou seus pneus.

Na 25ªVolta, Charles Leclerc vai para cima de Pierre Gasly, Em disputa pelo 9ºlugar, O recém contratado da Red Bull para 2019 enfrentando o recém contratado da Ferrari para 2019. Todas as equipes estavam olhando para o céu e tinha gotas caindo do céu, provavelmente a chuva poderia cair em menos de 10 minutos.

Na 27ªVolta, Charles Leclerc se aproveitando do erro de Pierre Gasly (que acabou fritando os pneus), Passou o piloto da Toro Rosso e assumiu o 9ºlugar.

Ricciardo foi o último dos pilotos das equipes grandes a pararem na volta 28, fazendo uma parada bem rápida ele volta em 6ºlugar. Hamilton vinha 4.8 segundos a frente de Verstappen, 7 segundos de Vettel, 10.e segundos do seu companheiro de equipe Valtteri Bottas que vinha em 4º, Kimi Raikkonen vinha a 13.6 segundos e Ricciardo vinha a 23.7 segundos na 6ªposição.

Alonso, Sainz jr., Leclerc e Ericsson completavam os 10 primeiros colocados, Mas todos esses mais Vandoorne e Stroll não tinham parado nos boxes na 29ªVolta.

Sergei Sirotkin continuava segurando a pressão de Sergio Perez. Para o piloto da Force India estava sendo bem ruim essa situação que afastava ele da zona de pontuação.

Hamilton continuava tranquilo, Com 5 segundos a frente de Verstappen, Vettel vinha em 3ºlugar a 4.2 segundos de Verstappen, Bottas vinha com 3.5 segundos a frente de Raikkonen e Daniel Ricciardo vinha mais afastado, Em 6ºlugar.

Na entrada da 33ªVolta, Perez tenta passa Sirotkin na marra, Acabou não conseguindo. Dai Perez da um chega pra lá no Piloto da Williams e acaba com o toque furando o pneu e quebrando peças do seu carro e do carro do Siroktin. O piloto da Force India foi para os boxes fazer sua segunda parada.

Hulkenberg deixou Siroktin para trás imediatamente. Não ficando mais de 10 voltas atrás do piloto russo como fez Perez. Magnussen em busca da recuperação tentou ir para cima de Hartley, Acabou o Neozelandês mantendo a posição.

O piloto escandinavo foi o primeiro a tomar volta do líder Lewis Hamilton, Que teria um batalhão de retardatários para ultrapassar. Nisso, Verstappen vinha tirando a diferença para o piloto da Mercedes.

Na 38ªVolta, Grosjean e Sirotkin disputavam ferozmente posição, Ignorando bandeira azul. Hamilton não arriscou em passar ambos e Verstappen acabou se aproveitando e tentando o seu único ataque na prova inteira em cima de Hamilton. O Holandês chegou perto de passar o piloto da Mercedes.

Hamilton por fim, manteve a liderança da prova. Já tanto Sirotkin como Grosjean estavam sendo investigados pela violação a bandeira azul. Perez tomou 5 segundos por causar a colisão com Sergei Sirotkin. Na 41ªVolta, Perez acabou cumprindo a punição.

Hamilton depois da sessão de retardatários voltou a abrir vantagem para Verstappen (3.4 segundos a frente do Holandês). Vettel, Bottas, Raikkonen e Ricciardo continuavam nas suas respectivas posições de largada. Carlos Sainz jr. foi atacar Ericsson, Disputa valendo o 8ºlugar.

Na volta 44, Ericsson tentava segurar o piloto da Renault de todo o jeito, Uma disputa bonita que acabou com Sainz jr. ganhando a 8ªposição. Enquanto que Grosjean tomou 5 segundos de punição por ignorar bandeira azul. Nesse meio tempo, Leclerc foi para a sua parada.

Bottas vinha em 4ºlugar, Mas com Raikkonen perto dele e com Daniel Ricciardo chegando nos dois.

Sirotkin foi para cima de Hartley e acabou fechando totalmente a porta para o piloto da Toro Rosso que quase bateu no muro macio. Isso provocou punição ao piloto da Williams. Fernando Alonso com 1:43.518 acabou fazendo a volta mais rápida da prova com a Mclaren, Isso após de trocar os pneus nessa reta final da prova.

Com todos os pilotos parando nos boxes a classificação era: Hamilton, Verstappen, Vettel, Bottas, Raikkonen, Ricciardo, Alonso, Sainz jr., Leclerc e Hulkenberg. Depois vinham Ericsson, Vandoorne, Grosjean, Gasly, Stroll, Hartley, Perez, Magnussen e Sirotkin.

Hamilton administra bem sua vantagem para Verstappen, A única disputa que ainda poderia ver entre os 10 primeiros era de Bottas, Raikkonen e Ricciardo pelo 4ºlugar na prova a 10 voltas do final. Fora isso, Kevin Magnussen sem nada que fazer na prova acabou marcando a volta mais rápida da prova.

Hamilton não teve nenhum problema para levar a sua 69ªVitória da sua carreira, O inglês que mais uma vez não teve o melhor carro do final de semana com a vitória, Abre 40 pontos de frente para Vettel e dar mais um passo decisivo para o seu pentacampeonato.

Max Verstappen acabon tendo uma chance de tentar superar Hamilton, Mas depois disso não pode fazer mais nada além de recuperar a posição nos boxes e se administrar a segunda posição. Vettel sai de Cingapura cada vez mais longe do campeonato, atrapalhado por uma tática ruim de prova acabou fechando o pódio. Mesmo tendo o melhor carro do Grid, Parece que o Piloto Alemão vai ter que tirar tudo de si para tirar o campeonato das mãos de Hamilton.

Valtteri Bottas segurou a pressão de Raikkonen e acabou garantindo o 4ºlugar, Raikkonen ficou em 5ºlugar e Ricciardo acabou em 6º. Todos os 6 primeiros colocados repetiram seus resultados na classificação do Sábado.

Fernando Alonso fez uma grande corrida, Levando a Mclaren-Renault para a 7ªposição, Fora os 6 primeiros, foi o único dos pilotos das equipes do segundo pelotão a terminar a prova com 61 voltas. Carlos Sainz jr. teve uma bela jornada e subiu do 12ªlugar da largada para completar a prova em 8ºlugar com a Renault que ganhou folego na briga pelo 4ºlugar nos construtores.

Após algumas provas de insucesso, Charles Leclerc voltou a pontuar com o 9ºlugar com o carro da Sauber que teve um bom desempenho em Marina Bay. Nico Hulkenberg completou a zona de pontuação.

Marcus Ericsson fez uma boa corrida, Mas acabou de fora dos pontos, Na 11ªposição. O Desempregado Belga Stoffel Vandoorne levou o segundo carro da Mclaren para o 12ºlugar.

Pierre Gasly com a Toro Rosso e Lance Stroll com a Williams fizeram o que era possível com seus carros. Já Romain Grosjean, Sergio Perez e Sergei Sirotkin terminaram em 15º, 16º e 19º respectivamente acabaram apontando demais e quase alteraram o resultado da corrida com a impudência deles. No meio deles, Brendon Hartley coitado, acabou vitima na impludente manobra do piloto Russo e acabou em 17º, Magnussen tem rendimento ficou em 18º. Porém teve um prêmio de consolação interessante.  Marcou a melhor volta da prova.

Essa foi a primeira corrida que a Racing Point Force India não marcou pontos desde da sua compra pelo Grupo de empresários formado pelo Canadense Laurence Stroll.

Daqui a duas semanas teremos a última corrida Europeia da Temporada 2018. Na Rússia, No complexo esportivo de Sochi. Será capaz de Vettel reverter essa desvantagem para Hamilton ou o título para o piloto da Mercedes é só uma questão de tempo mesmo.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP de Cingapura
15ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 61 1:51:11.611 1
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 61 a 8.961s 2
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 61 a 39.945s 3
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 61 a 51.930s 4
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 61 a 53.001s 5
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 61 a 53.982s 6
7 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 61 a 1:43.011s 11
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 60 a 1 Volta 12
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 60 a 1 Volta 13
10 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 60 a 1 Volta 10
11 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 60 a 1 Volta 14
12 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 60 a 1 Volta 18
13 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 60 a 1 Volta 15
14 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 60 a 1 Volta 20
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 60 a 1 Volta 8
16 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 60 a 1 Volta 7
17 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 60 a 1 Volta 17
18 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 59 a 2 Voltas 16
19 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 59 a 2 Voltas 20
31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 0 a 61 Voltas 9

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Ferrari/Renault/Sauber/Force India/

Lewis Hamilton vence sem dificuldades em Hungaroring

Hamilton teve um dia tranquilo no Circuito de Hungaroring, Largou na frente e não deu chances para Sebastian Vettel que não conseguiu anular a tática da Mercedes.

A prova acabou não tendo muitas movimentações. Na largada, Hamilton e Bottas seguraram as 2 primeiras posições. O Piloto Finlandês segurou Raikkonen e Vettel. O piloto Alemão por fora passou Raikkonen e tentou passar Bottas, Que se segurou na segunda posição.

Hamilton abriu diferença para Bottas que segurava o ritmo a frente Vettel e Raikkonen, Verstappen fez uma bela largada subindo para o 5ºlugar, Com Gasly com a Toro Rosso em uma ótima 6ªposição. Charles Leclerc abandonou a prova após a primeira volta.

Daniel Ricciardo que recebeu um toque e caiu para o 16ºlugar, Começava a sua recuperação, Na 5ªVolta ele já estava em 13ºlugar. Na Volta seguinte passou Stoffel Vandoorne ganhando a 12ªposição.

Na Volta 6, Verstappen perde potência e abandona a prova. Gasly assumiu a 5ªposição. O outro piloto da Red Bull, Daniel Ricciardo teve uma luta duríssima com Fernando Alonso que resistiu o quanto pode a ultrapassagem, Até que ela se tornou inevitável. Grosjean reclamou de uma ultrapassagem que Alonso teria feito no Safety Car Virtual. (Que foi acionado para a retirada do carro de Verstappen)

Ricciardo na volta 14 já estava em 8ºlugar, Passando Hulkenberg e Hartley. Na volta 15, Kimi Raikkonen foi o primeiro a fazer a parada obrigatória, Porém a sua parada foi lenta. Na volta seguinte parou Valtteri Bottas que obteve uma parada bem melhor.

Naquela altura da prova, Hamilton tinha uma boa vantagem para Vettel. Além disso ele fez a melhor volta da prova. Pierre Gasly vinha em 3ºlugar, Mas sem ter parado nos boxes ele virou alvo fácil para Bottas e para Raikkonen. Enquanto isso, Ricciardo já tinha superado a Carlos Sainz ganhando o 7ºlugar.

Na volta 19, Ricciardo foi cima de Magnussen, O piloto da Haas foi o piloto que mais endureceu o jogo em cima do piloto da Red Bull. A ultrapassagem se deu com Ricciardo indo por fora na curva 3 e conseguindo voltar a trajetória para decidir ao seu favor a manobra que lhe rendeu o 6ºlugar.

Hamilton foi para sua parada, Na Volta 26 com 7 segundos de frente para Vettel. Foi uma parada rápida que permitiu a Lewis voltar em 2ºlugar. Vettel com os pneus médios era o líder e precisava aumentar a distância pelo menos o bastante para passar o Bottas.

Aos poucos, Todos os pilotos iriam para os boxes. Na volta 27, Ricciardo ultrapassa sem dificuldades a Gasly e ganha o 5ºlugar.

Lewis Hamilton fazia a volta mais rápida da prova, Com 1:21.968 ele tentava baixar a distância para o seu rival na luta pelo campeonato. Os pneus do piloto Alemão ainda daria para aguentar mais umas 10 a 15 voltas. Kimi Raikkonen baixava a diferença para Bottas. Outro piloto que perdeu tempo nos boxes foi Kevin Magnussen. (Por conta de uma parada lenta da equipe Haas)

Vettel, Ricciardo, Alonso, Vandoorne, Ocon e Stroll ainda não tinham feito parada na metade da prova.

Hamilton vinha tirando diferença para Vettel que acabou perdendo tempo precioso quando foi ultrapassar retardatários. Na volta 40, O piloto da Ferrari foi para a sua parada, Colocar os pneus super macios para a Reta final de prova. Com o tempo perdido nos retardatários, Bottas acabou passando Vettel, Agora para a tática da Ferrari só daria certo se o Alemão passasse rapidamente o piloto da Mercedes.

Porém foi a hora que Bottas segurou muito bem os ataques iniciais de Vettel. Depois disso ele abriu vantagem e dessa forma minando as chances de vitória da Ferrari. Hamilton agradeceu, Ele abria diferença cada vez maior. Quem começava a virar bom rápido era Raikkonen que fez sua segunda parada, Marcando sua melhor volta da prova.

Na volta 45, Ricciardo foi para a sua única parada. Ele ficou por 45 Voltas na pista com os pneus macios. 4 Voltas depois, Stoffel Vandoorne acabou perdendo a tração e deixou a corrida. O Belga vinha fazendo uma boa corrida, em 9ºlugar. O Safety Car Virtual foi acionado, Mas isso acabou sendo acionado por apenas 1 volta. A corrida depois disso voltou a sua normalidade.

Vettel se reaproximava do Bottas para ainda tentar a ultrapassagem para tentar diminuir o prejuízo no campeonato. Nessa briga chegava Kimi Raikkonen. Os pneus de Bottas estavam detonados, Porém o Finlandês fazia tudo que era possível para impedir a aproximação de Vettel.

Parecia que Bottas iria conseguir segurar o 2ºlugar. Até que na volta 65, Vettel arriscou a ultrapassagem sobre Bottas. O Finlandês Segurou depois da primeira curva, Mas o piloto da Ferrari acelerou mais rápido, Se posicionou na frente. Na curva 3 Bottas toca na roda traseira e acabou levando a pior. Raikkonen também ganhou posição, Enquanto que Bottas caiu para o 4ºlugar.

Chegaram a preparar uma parada para Bottas que tentou se segurar no 4ºlugar, Porém Ricciardo vinha muito mais rápido. A 3 Voltas do final, Ricciardo tentou ultrapassagem por fora, E ai o piloto da Mercedes acabou empurrando o piloto Australiano. Danificando o carro dos dois pilotos.

Os comissários acabaram investigando o caso, Certamente Bottas seria punido. Ricciardo tratou de na volta final fazer a ultrapassagem e garantir o 4ºlugar.

Lá na frente, Lewis Hamilton caminhou tranquilo para a 5ªVitória em 2017 e abre mais 7 pontos de diferença para Sebastian Vettel que acabou em 2º após superar Bottas nas voltas final. Kimi Raikkonen, Com 2 paradas completou o pódio em 3ºlugar. Daniel Ricciardo acabou fazendo uma grande corrida, Largar do 12ºlugar chegando a cair ao 16ºlugar e depois disso ele se recuperou até o final da prova. Completando a prova em 4ºlugar. Um grande Resultado para quem não conseguiu entrar entre os 10 no Sábado.

Valtteri Bottas vinha em grande corrida até os dois incidentes que fizeram despencar do 2º para o 5º. Mesmo com a punição de 10 segundos de acréscimo ao seu tempo final de prova a posição acabou sendo a mesma posição.

Pierre Gasly fez um grande final de semana, levou a Toro Rosso-Honda para o 6ºlugar. Tudo que a Red Bull não conseguiu fazer na Hungria acabou sendo recompensado pela filial nesse final de semana. Kevin Magnussen em 7ºlugar leva a Haas ultrapassar a Force India na 5ªposição do Mundial de Construtores.

Fernando Alonso volta a marcar pontos com o 8ºlugar de hoje. Carlos Sainz jr. salvou dois pilotos para a Renault com o 9ºlugar e Romain Grosjean com a Haas fecha a zona de pontuação.

Brendon Hartley acabou ficando em 11ºlugar e deixou a sua melhor chance de marcar pontos escapar diante de seus dedos. Nico Hulkenberg não teve um Grande final de semana, Ficando em 12ºlugar.

Os pilotos da Force India que esta sobre processo de Falência, Com 5 supostos compradores acabaram longe dos pontos. Ocon em 13º e Perez em 14º. Marcus Ericsson com a Sauber, Sirotkin e Stroll com a Williams fecham a classificação.

A Formula 1 vai para as férias de 1 mês. No dia 26 de Agosto teremos a reabertura do campeonato com o GP da Bélgica. No Tradicional circuito de Spa-Francorchamps.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

GP da Hungria de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 70 1:37:16.427 1
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 70 a 17.123s 4
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 70 a 20.101s 3
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 70 a 46.419s 12
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 70 a 1:00.000s 2
6 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 70 a 1:13.273s 6
7 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 69 a 1 volta 9
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 69 a 1 volta 11
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 69 a 1 volta 5
10 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 69 a 1 volta 10
11 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 69 a 1 volta 8
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 69 a 1 volta 13
13 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 1 volta 17
14 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 1 volta 18
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 68 a 2 voltas 14
16 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 68 a 2 voltas 19
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 68 a 2 voltas 20
2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 49 Câmbio 15
33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 5 Unidade de Potência 7
16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 0 Acidente 16

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Haas/Toro Rosso/Force India/Mclaren