Verstappen repete vitória no México e Hamilton conquista o campeonato após o 4ºlugar.

Max Verstappen Repetiu a dose do ano passado e conquistou ontem a sua 5ªVitória da Carreira e a segunda no México. Uma atuação impecável que o coloca na disputa pelo 3ºlugar no Mundial de Pilotos. Max comandou a Festa com DJ, Já Lewis Hamilton foi o outro grande vencedor da prova. Precisando somente de um 7ºlugar, O piloto inglês fez uma corrida apagada, Mas que foi o suficiente para terminar em 4ºlugar e o título pela 5ªVez em sua Carreira.

Na largada, Quem largou mal foi Daniel Ricciardo. Hamilton se aproveitou disso e foi para cima do piloto Australiano. Porém quem passou para a liderança foi Max Verstappen que fez grande largada e assumiu a liderança. Com Hamilton em segundo, Ricciardo em 3º, Vettel em 4º recuperando na chicane a posição em cima de Bottas. Raikkonen caiu para o 7ºlugar, Sendo superado pelo espanhol Carlos Sainz jr. Atingidos na primeira volta, Ocon e Hartley foram para os boxes. O Francês acabou trocando os bico do seu carro além dos pneus.

Na segunda volta, Raikkonen ultrapassa Sainz jr. Tomando o 6ºlugar. Fernando Alonso com problemas abandona a prova, Ele acabou pegando um pedaço do carro do Ocon que ficou preso ao assoalho e essa peça danificou o carro.

Verstappen nas primeiras voltas abriu vantagem sobre Hamilton que não precisava vencer para ser o campeão, Daniel Ricciardo vinha se aproximando do virtual campeão mundial . Enquanto que Bottas e Raikkonen se distanciavam de Sainz e dos outros pilotos do Grupo intermediário.

Na 12ªVolta, Hamilton reclamando dos pneus acabou indo para a sua primeira parada, Também foi para a parada seu companheiro de equipe. Tanto para Lewis como para Bottas o trabalho foi muito bem feito. Na volta seguinte foi à vez de Verstappen e de Ricciardo pararem para suas primeiras paradas. Vettel e Raikkonen assumiram os 2 primeiros lugares.

Raikkonen e Vettel continua. Na mesma volta, Perez ultrapassa Ericsson e ganha o 7ºlugar, Fazendo a alegria da torcida Mexicana. Raikkonen vinha à frente de Hamilton e Ricciardo, Podendo ajudar Vettel ao segurar ambos. Com os pneus gastos, Raikkonen foi para a parada na 17ªVolta e o piloto Alemão para na volta seguinte. Com as paradas, Verstappen era o líder com Hamilton, Riccardo, Vettel, Bottas e Raikkonen. Ou seja, nada mudou desde das primeiras voltas. Sergio Perez continuava na pista enquanto os outros pilotos pararam, O Mexicano queria fazer só uma parada.

A prova prosseguia. Verstappen continuava disparado na frente, Ricciardo tenta se aproximar do Hamilton querendo a dobradinha da Red Bull. Vettel em 4ºlugar começava a chegar na briga. Na 31ªVolta, Carlos Sainz jr. teve problemas de suspensão e acabou tendo de deixar a prova.

O Safety Car foi acionado, Vettel estava perto de Ricciardo, Na relargada ele perdeu contato para Ricciardo. Com isso o piloto da Ferrari teve que se reaproximar do piloto Australiano, O Alemão partia para o tudo ou nada para tentar a vitória. Na 34ªVolta, Vettel usa o vácuo e o DRS para ultrapassar o piloto da Red Bull, Ganhando o 3ºlugar.

Perez na volta seguinte passou por fora Charles Leclerc, A corrida do piloto Mexicano anima os torcedores na arquibancada.

Vettel partiu para cima de Hamilton com tudo, Na 39ªVolta ele ataca o líder do campeonato que não resistiu. Afinal era ele que precisava da vitória e mesmo assim o Inglês seria campeão com o resultado que ele estava naquele momento. A diferença entre o 6ºlugar (Raikkonen) para o Nico Hulkenberg que estava em 7ºlugar, era de 1 minuto e 10 segundo. Isso com um pouco mais de 30 voltas para o final da prova. Impressionante a gritante vantagem das 3 equipes grandes para o resto do pelotão.

Na volta 41, Sergio Perez abandona a prova. Os freios do carro da Force India acabaram e o Mexícano deixa a prova.  É a primeira vez que o piloto de casa não chegou ao final da prova. Os torcedores ficaram tristes com desfecho da prova do Chevo.

Enquanto Vettel tentou tirar os 10 segundos de vantagem para cima do Verstappen. Hamilton estava sofrendo com seus pneus. Ele foi pressionado pelo Daniel Ricciardo, Tanto é que na volta 47, O piloto da Mercedes não consegue fazer a curva do final da reta e vai para a grama. Enquanto Ricciardo ganhou o terceiro lugar, Os pneus de Hamilton estavam na lona. A Mercedes se preveniu e acabou fazendo a segunda troca de pneus na volta seguinte. Tava na cara que era pura precaução para se evitar uma quebra da Mercedes de Lewis Hamilton.

Na volta 48 Bottas e Vettel pararam. O piloto Finlandês sofria também com os pneus, Tanto que ele ao defender posição da pressão de Kimi Raikkonen ele acabou saindo da pista e indo para a brita no mesmo final de reta, A Mercedes em geral vinha sofrendo com os pneus.

Verstappen também fez a parada nos boxes assim como Kimi Raikkonen. Porém Daniel Ricciardo arrisca tudo em se manter na pista para fazer só uma parada até o final da prova. Vettel foi com tudo para cima de Ricciardo. Parecia que o destino era mesmo que o piloto da Ferrari voasse para cima do Australiano, Mas o que se viu foi o piloto da Red Bull fazendo volta mais rápida e abrindo diferença.

Na Volta 63, Uma reviravolta: Motor acaba deixando Daniel Ricciardo na mão. Foi o 7ºabandono do ano para ele. Novamente o Safety Car Virtual entrou na pista para a retirada do carro do Australiano. Não tem como ele dar sorrisos com um final de ano tão problemático como esse.

Nas voltas finais, Os carro das Haas sofriam com os pneus, Chegando a virar 6, 7 segundos mais lento do que os carro da frente. Os pneus foram um sério problema no Circuito de Hermanos Rodriguez.

Verstappen dominou a prova e assim como no ano passado, Conquistou a vitória. Que deu de vez o pentacampeonato para Lewis Hamilton. O piloto Holandês conquistou sua 5ªvitória na sua carreira e 2ª da temporada, A Red Bull superou as deficiências do motor com um carro muito bom na baixa aderência.

O pódio foi completada pelo Sebastian Vettel, Que lutou com todas as forças para manter a disputa pelo campeonato vivo, O 2ºlugar serve como consolo pela luta que teve o alemão. Kimi Raikkonen completou o pódio em 3ºlugar.

Lewis Hamilton, Em uma corrida estranha para a Mercedes pelo desgaste dos pneus ficou em 4ºlugar, Mas isso era o suficiente para que Hamilton conquistasse seu 5ºtítulo de sua carreira. Se juntando a Juan Manuel Fangio e só ficando atrás de Michael Schumacher no número de campeonatos Mundial de Formula 1, escrevendo mais um capitulo da riquíssima história da sua carreira.

Apesar de não ter ido para o pódio, O inglês fez sua festa, Inclusive com uma placa dourada ao parar seu carro no estádio.

Seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas ficou em 5ºlugar, a 1 volta do vencedor.

O Alemão Nico Hulkenberg foi o melhor do resto, ele levou seu carro da Renault para o 6ºlugar e deu um importante passo para o 7ºlugar do Mundial de Pilotos. Charles Leclerc levou de novo a Sauber para um grande resultado com o 7ºlugar de hoje.

Stoffel Vandoorne após 14 corridas sem pontuar, acabou em 8º. Seu melhor resultado do ano para o Belga que deixa a categoria ao final da temporada. Na mesma situação de não ter Cockpit em 2019 esta Marcus Ericsson, Que levou a segunda Sauber para o 9ºlugar e ajudou a Sauber a ultrapassar a Toro Rosso na disputa do 8ºlugar do Mundial de Construtores.

Pierre Gasly fez uma bela prova de recuperação e foi recompensado com o 10ºlugar, fechando a zona de pontuação. Esteban Ocon que se envolveu em dois lances que acabou danificando seu carro acabou de fora dos pontos, A Racing Point Force India pode ter perdido a chance de passar a Mclaren no mundial de Construtores com esse resultado de hoje. Lance Stroll em 12º e Sergei Sirotkin em 13º levaram a Williams a posições acima do que se esperava. Ambos Superaram a Brendon Hartley que ficou em 14ºlugar. Certamente isso não ajudou em nada na sua luta para se manter na Toro Rosso e na Formula 1.

Agora, Fim de semana para a Haas esquecer, Seus dois pilotos no final sofreram com o desempenho dos pneus, Kevin Magnussen e Romain Grosjean ficaram nas últimas posições na Classificação Geral da prova. (Dos pilotos que terminaram a prova)

Parabéns a Lewis Hamilton pelo seu 5ºtítulo Mundial de Formula 1. Um dos maiores pilotos da História do Automobilismo Mundial.

Logo mais vou falar sobre o GP do Brasil e do que nós vamos fazer nesse evento.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP do México de Formula 1
19ªEtapa do Campeonato de 2018

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 71 1:38:28.851 2
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 71 a 17.316s 4
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 71 a 49.914s 6
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 71 a 1:18.738s 3
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 70 a 1 volta 5
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 69 a 2 voltas 7
7 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 69 a 2 voltas 9
8 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 69 a 2 voltas 15
9 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 69 a 2 voltas 10
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 69 a 2 voltas 20
11 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 2 voltas 11
12 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 2 voltas 17
13 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 2 voltas 19
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 69 a 2 voltas 14
15 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 69 a 2 voltas 16
16 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 68 a 3 voltas 18
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 61 Hidralico 1
11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 38 Freios 13
55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 28 Elétrico 8
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 3 acidente 12

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Ferrari/Mercedes/Renault/Force India/Sauber/Toro Rosso