Dovizioso parte do 9ºlugar, Contra tudo e contra todos, conquista vitória em cima de Marquez em Motegi

Jwuiajdt o

O Cenário para uma corrida complicada sobre chuva estava montado, Mas o desfecho não foi o que se prometia! Foi bem melhor do que pensamos. Com uma belíssima briga até o final da prova entre os 2 primeiros colocados do campeonato de 2017, Que durou até a curva final.

Na largada Zarco tentou ficar na ponta, Mas foi superado por Marc Marquez que assumiu a primeira posição com Zarco perdendo o segundo lugar curvas depois para Jorge Lorenzo que começou muito bem também. E não se contentando com isso e se aproveitando que a Moto do líder não estava tão competitiva naquela altura da prova. Lorenzo assumiu a liderança na metade da primeira volta.

Q0fuf3el o

Danilo Petrucci também passou Marquez e partiu para cima do Lorenzo e passou para a liderança, Com uma moto da Pramac Ducati de 2017 passando um piloto da Ducati oficial. E assumiu a liderança da prova.  Logo Lorenzo foi ficando para Marquez que acabou se livrando do gladiador do asfalto e assumiu o segundo lugar.

Lorenzo acabou despencando e perdeu posições para o 6ºlugar, Perdendo posições para Andrea Dovizioso que rapidamente subiu do 9ºlugar do Grid de largada para a terceira posição, de Johann Zarco e de Andrea Iannone que vinha em bom final de semana com a Suzuki. Já Rossi vinha em 9ºlugar a frente de Viñales e de Pedrosa.

Tzoyacgo o

As primeiras quedas foram de Cal Crutchlow e de Karel Abraham. A queda que chamou a atenção na prova foi a queda de Valentino Rossi que acabou indo para chão, Deixando a prova e deixando a disputa do campeonato que já estava bem difícil. Petrucci (Que estava em busca de sua primeira vitória) chegou a abrir 1.6 segundos de Marquez, Mas o piloto da Honda fez voltas mais rápidas e se aproximou de Petrucci em 3 voltas apenas e vinha trazendo Dovizioso, que estava um pouco longe dos dois primeiros colocados.

Qliklfuf o

Os três primeiros lugares deixaram para Trás o piloto da Tech 3, Johann Zarco que vinha pressionado pelos dois pilotos da Suzuki Andrea Iannone e Alex Rins que estavam ao mesmo tempo disputando o 5ºlugar. O jovem Rins passou o primeiro piloto da equipe e assumiu o 5ºlugar passando a pressionar Zarco. Na 14ªVolta a Formiga atômica passou Petrucci e assumiu a liderança da prova. Petrucci tentou voltar a ponta, Mas acabou ultrapassado pelo vice-líder do campeonato na volta seguinte.

Lgu2xpex o

Na parte final de prova a disputa foi intensa entre Marquez e Dovizioso, Parecia que Marquez iria conseguir garantir a vitória com tranquilidade, Mas não foi isso o que aconteceu. Dovizioso partiu para cima da Formiga Atômica. Na 19ªVolta o piloto da Ducati ultrapassa Marquez e assume a liderança e abre 1 segundo sobre Marquez.

Marquez não desiste da luta pela vitória. Ele tira o 1 segundo de diferença entre ele e o Dovizioso e na volta seguinte a Formiga Atômica passa o Estrategista e volta a primeira posição. Enquanto Marquez lutava pela vitória. Seu companheiro de equipe Dani Pedrosa, tinha problemas e acabou abandonando a prova após ser passado por vários pilotos do pelotão do fundo.

Zb2sdw7z o

Na volta final parecia que Marquez iria levar a prova até que na curva 8 ele acabou dando uma errada e deu a chance de Dovi se aproximar e na reta final o piloto usou toda a sua potência da Ducati para conseguir a ultrapassagem. Parecia que a vitória estava nas mãos. Porém na volta final Marquez foi com tudo, Sem tomada, Querendo vencer a prova …

… Mas vendo Marquez passar sem tomada, O Estrategista Dovizioso bastou afazer a curva normalmente, recuperar a liderança e conquistar a 5ªVitória da temporada de 2017. Baixando a diferença de 16 para 11 pontos para Marc Marquez, que fez uma prova estupenda também. Mas ficou a 249 milésimos da vitória.

2brkyigt o

O pódio foi completado por Danilo Petrucci da Pramac Ducati que conquista seu 3ºpódio nessa temporada, Que vem sendo muito boa mesmo. Não conseguiu a primeira vitória, Mas ficou bem a frente de Andrea Iannone. E por falar no Iannone, Eis que finalmente ele faz uma bela corrida com a Moto da Suzuki (Que finalmente conseguiu um grande final de semana) chegando em 4ºlugar ao passar Johann Zarco na parte final da corrida e superando seu companheiro de equipe, Alex Rins que marca seu melhor resultado nesse seu ano de Estreia na MotoGP, com um belíssimo 5ºlugar.

Edyyq5zr o

Johann Zarco que foi o pole position acabou caindo na prova até o final da prova e chegou em uma modestíssima 8ªposição. Foi superado pelo Espanhol Jorge Lorenzo que ainda salvou um 6ºlugar e pelo Aleix Espargaró que fez mais uma boa corrida com a Aprilla com o 7ºlugar.

Bvhlmfkn o

Marevick Viñales fez um final de semana ruim. Muito por conta da Yamaha oficial que não rendeu bem o final de semana inteiro. O 9ºlugar em Motegi deixa o espanhol praticamente fora da briga direta pelo campeonato. Com mais de 40 pontos atrás de Marquez e a 30 de Dovizioso o piloto da Yamaha tem apenas chances matemáticas de campeonato.

Completando os 10 primeiros colocados em bela corrida ficou o Francês Loris Baz que se destacou ao passar Dani Pedrosa. Que foi bem mal na prova e abandonou na 21ªVolta e esta com chances bem remotas de título.

Gleskdum o

Completando a zona de pontuação chegaram os pilotos Pol Espargaró com a Moto da KTM, Katsuyuki Nakasuga, Sam Lowes (Que pontua pela segunda vez na sua paupérrima temporada na MotoGP), Hector Barberá da Avintia e Tito Rabat da Marc VDS. Semana que vem a batalha pelo título continua entre Marquez e Dovizioso. Na fantástica pista de Phillip Island com o GP da Austrália.

Tdj7dwwy o

Resultado Final do GP do Japão – MotoGP
15ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – 24 Voltas

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 47’14.236
2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda +0.249
3 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati 10.557
4 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 18.845
5 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 22.982
6 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 24.464
7 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 28.010
8 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 29.475
9 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 36.575
10 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati 48.506
11 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 56.357
12 21 Katsuyuki Nakasuga Yamalube Yamaha Factory Racing Yamaha +1’00.181
13 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia +1’00.980
14 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati +1’03.118
15 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda +1’03.514
16 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati +1’04.162
17 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM +1’06.271
18 7 Hiroshi Aoyama EG 0,0 Marc VDS Honda +1’13.250
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 3 Voltas
26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 4 Voltas
17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati 5 Voltas
35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 10 Voltas
46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 19 Voltas
31 Kohta Nozane Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

MotoGP em Silverstone: Dovizioso leva Ducati a vitória inesperada e fumo na moto de Marquez dá a italiano a liderança do campeonato

No Q1 acabou tendo um domínio de Jonas Folger e principalmente de Dani Pedrosa que ficaram com as 2 vagas da fase final do Treino oficial. Apesar do belíssimo trabalho de Alex Rins que colocou o Andrea Iannone no bolso. Alias o piloto italiano da Suzuki perdeu sua melhor volta por ultrapassar os limites da pista na curva 4 ficando com o 5ºlugar do Q1 com a sua última volta que ele deu e que acabou sendo a melhor volta delas. A Decepção do Q1 foi Danilo Petrucci que acabou caindo no inicio do treino e não conseguiu chegar perto da disputa pelos dois primeiros lugares. O piloto da Pramac vai largar em 18ºlugar.

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V 2’00.830
2 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 2’01.162
3 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 2’01.285
4 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 2’01.340
5 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 2’01.567
6 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 2’01.669
7 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 2’01.672
8 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 2’01.770
9 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 2’02.017
10 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 2’02.037
11 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 2’02.185
12 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 2’02.211
13 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 2’02.787

Q2

Na Frase final do treino Marc Marquez acabou sobrando. De cara na sua primeira volta ele coloca 4 décimos de frente para Crutchlow que antes da metade dos 15 minutos do Q2 acabou superado em Milésimos pelo Espanhol Marevick Viñales. Os pilotos que foram para o Q2 Jonas Folger e Dani Pedrosa estavam muito bem colocados em 4º e 5ºLugares respectivamente com Zarco na 6ªposição.

Na parte final do Treino Pol Espargaró sofreu um acidente forte e acabou deixando o treino com apenas danos materiais da sua KTM, No final Marquez mais uma vez colocou os cronômetros para baixo e foi o único a superar a barreira dos 2 minutos. Com 1:59.941 a Formiga Atômica garantiu mais uma pole position na sua carreira.

Valentino Rossi que estava em 8ºlugar na sua primeira tentativa de volta subiu muito de produção na sua volta final e garantiu a segunda posição. E a Torcida inglesa ficou feliz com Cal Crutculow que garantiu o 3ºlugar fechando a primeira fila do grid de largada. O piloto da LCR Honda sonha sim com uma possivel primeira vitória na sua casa. Na segunda fila largam Marevick Viñales com a Yamaha, Jorge Lorenzo com a primeira Ducati do Grid e Andrea Dovizioso que esta na vice-liderança do campeonato a 17 pontos de Marc Marquez. Pedrosa que veio do Q1 larga em 7º com Johann Zarco da Tech 3 na 8ªposição.

Aleix Espargaró com a Aprilla fecha a terceira fila mostrando um belo desempenho com a moto Italiana, assim como Pol Espargaró que mesmo com a queda no final só pelo fato de se colocar no Q2 com a moto Austríaca já é um belo feito para uma moto em desenvolvimento. Jonas Folger acabou ficando apenas com o 10ºlugar e Scott Redding (Também piloto da Casa) Não teve um bom desempenho no Q2, Larga em 12º fechando a 4ªFila do Grid de Largada.

Grid de Largada do GP da Inglaterra do Mundial de Motovelocidade
12ªEtapa – MotoGP

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V 1’59.941
2 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 2’00.025
3 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V 2’00.106
4 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 2’00.341
5 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 2’00.399
6 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 2’00.572
7 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V 2’00.578
8 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 2’00.622
9 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 2’00.764
10 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 2’00.829
11 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 2’01.378
12 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 2’01.994
13 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 2’01.285
14 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 2’01.340
15 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 2’01.567
16 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 2’01.669
17 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 2’01.672
18 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 2’01.770
19 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 2’02.017
20 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 2’02.037
21 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 2’02.185
22 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 2’02.211
23 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 2’02.787

Em um lindo dia de sol na Ilha da Magia tivemos uma grande e disputada corrida em Silverstone. Um fato lamentável foi o violento acidente de Jonas Folger que teve sua moto voando bem alto a 300km/h. O piloto Alemão teve de ir para o Hospital, Não foi constatada nenhuma lesão, Mas acabou não correndo por não ter sido autorizado pelos médicos.

Na Largada Valentino Rossi pulou melhor que Marc Marquez e assumiu a liderança. Marquez, Crutchlow, Viñales, Lorenzo, Dovizioso, Pedrosa, Pol Espargaró e Zarco vinham logo a seguir. De começo Rossi começou a abrir diferença para os demais pilotos, Na terceira volta Viñales acabou ultrapassando Marquez assumindo o segundo lugar. De começo a Yamaha estava melhor que as outras motos, Mas nada do que outras marcas poderiam sonhar com a vitória dependendo do decorrer da prova.

No começo da 2ªVolta Dovizioso passou Lorenzo assumindo a 5ªposição e começou sua corrida tática com a Ducati. Passou também a Crutchlow e já estava em 4ºlugar depois da 4 volta e já vinha na rabeta da Moto do Marc Marquez. Na 6ªVolta ocorreu a ultrapassagem que rendeu ao italiano a terceira posição.

A partir dai tivemos por algumas voltas os pilotos se estudando até que mais atrás Johann Zarco passa Dani Pedrosa e ganha o 7ºlugar na 9ªVolta ao mesmo tempo Crutchlow foi para cima de Marquez. O piloto da LCR Honda buscava um grande resultado na sua casa.

Dovizioso passou Viñales na metade da prova assumindo a segunda posição, Viñales tentou voltar a 2ªposição, Mas o italiano manteve a calma não permitiu que o Espanhol voltasse pra cima de Dovi. Na volta seguinte foi a vez de Marquez passar Viñales e de tomar o pódio do piloto da Yamaha e assumir o terceiro lugar.

Rossi ainda na liderança estava vendo aos poucos Dovizioso e a sua turma se aproximarem da disputa. A 7 Voltas do final a Honda de Marc Marquez fez fumaça em plena reta o que fez o espanhol deixar a prova e naquele momento ele perderia a liderança do campeonato para o piloto da Ducati que partiu para cima de Rossi de Forma definitiva.

Rossi procurou mostrar força e resistir ao Dovizioso que estava achando o momento para passar o Doutor que liderou a corrida inteira. A 3 voltas do final com sua Ducati se aproveitando da potência da sua moto e acabou passando Rossi e assumindo a liderança e abrindo a vantagem. Valentino tentou retornar a liderança, Mas Viñales acabou tomando o segundo lugar do Rossi que teve nas voltas finais Cal Crutchlow na sua cola, doido para ir para o pódio na sua casa.

Mais atrás Iannone mais uma vez caiu e levou com ele o italiano Danilo Petrucci. Não sei até quando a paciência da Suzuki vai durar com o Piloto Italiano.

Andrea Dovizioso levou a sua Ducati até a bandeirada e conquistou a 4ªVitória no ano sendo agora o maior vencedor de 2017 e assumindo a liderança do campeonato novamente, Dois décimos depois de Dovizioso Viñales tentou uma aproximação no final, Mas já não havia mais tempo e o Espanhol teve de se contentar com o segundo lugar e Valentino Rossi que liderou mais de 85% da prova acabou segurando o 3ºlugar dos ataques do dono da casa Cal Crutchlow que ficou certamente frustrado por não ter subido ao pódio.

Jorge Lorenzo fez uma corrida apenas correta e discreta ficou em 5ºlugar ainda não chegando a disputar vitórias com a Ducati enquanto ele ver Dovizioso derepente sendo campeão em 2017. O que se pode chamar de o Mico do ano a contratação do Gladiador do asfalto que era para ser o primeiro piloto e justamente o piloto que ninguém dava nada vai lá e é o cara da Ducati na briga pelo título.

Johann Zarco Termina em 6ºlugar com sua Tech 3 na frente do Dani Pedrosa com a única moto Oficial da Honda que sobrou na pista ficou em 7ºlugar. Scott Redding teve uma corrida muito feliz com sua Ducati de 2016 da Pramac chegando em uma respeitável 8ªposição. Alex Rins com a Suzuki que parece ter um piloto de juízo (E o Iannone não é esse piloto) leva a Moto da equipe Ecstar ao 9ºlugar e Alvaro Bautista completou as 10 primeiras posições com a Ducati da Aspar Martinez.

Pol Espargaró chamou a atenção depois da bandeira quando ele acabou a corrida em 11ºlugar com a KTM, Logo depois da chegada ele acabou caindo da sua moto, uma coisa bem rara de acontecer de bater ou cair após terminar a prova como foi nesse caso. O Desempregado Esteve Rabat completou a prova em 12ºlugar com a Marc VDS. Abraham, Barbera e Baz completaram a zona de pontuação. No dia 10 de Setembro será realizada a 13ªEtapa do Mundial de motovelocidade no Circuito de Mizano. o GP de San Marino abre o terço final do campeonato com 5 pilotos na disputa pelo título da temporada de 2017 da MotoGP.

Resultado final do GP da Inglaterra do Mundial de motovelocidade
12ªEtapa – MotoGP – 20 Voltas

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 40’45.496
2 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 a 0.114
3 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 a 0.749
4 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V a 1.679
5 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 3.508
6 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 7.001
7 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V a 10.944
8 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 a 13.627
9 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR a 15.661
10 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 a 25.279
11 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 30.336
12 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 31.609
13 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 a 31.945
14 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 a 33.567
15 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 a 33.901
16 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 43.012
17 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 48.683
41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP a 2 Voltas
9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 a 3 Voltas
29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR a 3 Voltas
93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V a 7 Voltas
22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP a 15 Voltas
94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 Não correu

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

MotoGP: Dovizioso em grande duelo com Marquez conquista vitória na Áustria

Classificação – Q1

Dani Pedrosa era o principal piloto do Q1 e era amplo favorito para passar com Danilo Petrucci e Jonas Folger como os principais postulantes para a outra vaga.

Para Pedrosa a vaga no começo não foi tão simples assim porque tivemos concorrência de Hector Barbera e de Scott Redding no começo do Q1 fazendo frente ao piloto da Honda Repsol que mesmo assim estava em 1ºlugar. A posição de Daniel Pedrosa não era sólida, Tanto é que Scott Redding a 3 minutos do final do treino fez a segunda melhor marca e Danilo Petrucci com uma bela volta de 1:23.754 deslocou o Espanhol para o segundo lugar colocando em risco o treino de Pedrosa.

Redding tentou fazer a dobradinha da Pramac, Mas Pedrosa foi para a pista e em sua última volta garantiu a sua passagem para o Q2 sendo o primeiro colocado com Danilo Petrucci com sua Pramac Ducati de 2017 garantindo a segunda vaga superando a Jonas Folger que ficou sumido do treino até que no final ficou em 3ªlugar da 1ªFase da Classificação superando a Hector Barbera com a Ducati de 2016 da Avintia e Scott Redding com a Pramac Ducati de 2016. Ambos viram seus companheiros participarem do Q2. (Para o Barbera foi humilhante ver Loris Baz com uma moto Ducati 2015 passar direito para o Q2 e ele com a moto de 2016 de fora e largando no 14ºlugar)

Mika Kallio em sua segunda participação no campeonato com a Moto 3 da KTM fez um bom papel e larga em 18ºlugar na corrida do domingo. A Aprilla acabou decepcionante com um desempenho fraco de Aleix Espargaró que ficou apenas em 10ºlugar (20º no grid) e de mais um treino ruim de Sam Lowes que não sei se vale a pena manter ele para 2018 na equipe Gresini.

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 1’23.754
2 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V 1’23.849
3 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’24.015
4 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 1’24.036
5 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 1’24.037
6 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’24.101
7 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 1’24.202
8 36 Mika Kallio Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’24.261
9 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’24.321
10 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’24.447
11 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’24.448
12 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’24.530
13 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’24.852
14 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’24.900

Q2:

Na parte final do Treino a Ducati poderia ser considerada a grande favorita para a pole position, Mas o treino foi muito disputado entre os pilotos da própria favorita pelas retas que tem no Red Bull Ring, Honda e Yamaha.

Começou o treino e Valentino Rossi já deu as cartas colocando 7 décimos de frente para o surpreendente Karel Abraham que se colocou na segunda posição. Depois Abraham é superado pelo companheiro do The Doctor, Marevick Viñales que assume a segunda posição.

Mas a surpresa do piloto Tcheco não iria ficar nisso e eis que Karel Abraham coloca tempo em Rossi e com 1:24.323 (mais de 2 décimos a frente do 9 vezes campeão da Motovelocidade) o piloto da Aspar Martinez assumiu a liderança. Essa glória não durou por muito tempo já que no minuto seguinte Viñales e Lorenzo melhoraram seus tempos passando para o primeiro e segundos lugares.

Mas a menos de 9 minutos para o final da classificação Marc Marquez detona os cronômetros e faz 1:23.473 e com 0.735 segundos passa para a liderança. Valentino Rossi também faz grande volta e passa para a segunda posição e Andrea Dovizioso com a Ducati passou para o terceiro lugar. A 6 minutos do Final Viñales volta a cena e passa de novo para o 2ºlugar.

A poucos minutos do final Marquez liderava com Dovizioso que tomou o segundo lugar de Viñales logo em seguida, Rossi, Petrucci, Lorenzo, Abraham, Iannone, Pedrosa, Baz, Crutchlow e Zarco.

Jorge Lorenzo a 2 minutos do Final volta a figurar na segunda posição após uma bela volta, Mas a Pole position estava nas mãos de Marc Marquez que consolidou a pole position com o tempo de 1:23.235. Na reta final acabou Andrea Dovizioso na sua volta final pulando para o segundo lugar e com o Espanhol Jorge Lorenzo caindo para a terceira posição completando a 1ªfila do grid com as duas motos rapidíssimas da Ducati.

Na segunda fila largam os pilotos Marevick Viñales com a Yamaha, Danilo Petrucci que foi do Q1 para a 5ªposição no grid de largada superando a Johann Zarco que não apareceu praticamente em nenhum momento do treino e só no final colocou-se bem ficando com o último lugar da segunda fila com sua Tech 3 Yamaha.

Valentino Rossi acabou ficando na 7ªposição depois de ficar por algum tempo na 2ªposição. Dani Pedrosa que foi o melhor no Q1 acabou não tendo um desempenho tão impressionante na parte final da classificação ficando na 8ªposição. Cal Crutchlow que chegou a ter um dos seus tempos anulados por vazar uma parte do circuito acabou ficando com a 9ªposição. Completando os 12 primeiros colocados O Italiano Andrea Iannone com a Suzuki que esta com a corda no pescoço na MotoGP após suas provas ruins e da suas quedas, Karel Abraham que se destacou no Q2 liderando por momentos a classificação e Loris Baz completando os 12 primeiros colocados.

Grid de largada do GP da Áustria
11ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – MotoGP

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V 1’23.235
2 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1’23.379
3 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1’23.621
4 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’23.754
5 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 1’23.780
6 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’23.879
7 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’23.982
8 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V 1’23.985
9 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V 1’24.024
10 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’24.185
11 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 1’24.220
12 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 1’24.483
13 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’24.015
14 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 1’24.036
15 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 1’24.037
16 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’24.101
17 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 1’24.202
18 36 Mika Kallio Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’24.261
19 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’24.321
20 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’24.447
21 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’24.448
22 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’24.530
23 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’24.852
24 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’24.900

Na corrida do Mundo tivemos muita disputa entre Marc Marquez e os pilotos da Ducati pela vitória no Red Bull Ring. Na largada Marquez larga bem e faz a primeira curva na frente, Mas dai Jorge Lorenzo foi para cima de um de seus arquirrivais na MotoGP e assumir a liderança. Deixando Marquez em 2º. Dovizioso, Rossi, Pedrosa, Viñales e Zarco completavam os 7 primeiros lugares.

Rossi chegou a passar Dovizioso que deu o troco na curva seguinte dando o X no Doutor. Mais atrás Iannone, Loris Baz e Folger completavam os 10 primeiros colocados.

Nas primeiras voltas Jorge Lorenzo abriu vantagem de 1 segundo sobre Marquez que vinha sendo pressionado por Andrea Dovizioso em sua melhor fase da carreira. Na entrada da 4ªVolta Viñales passa do ponto na curva 1 caindo para o 7ºlugar, Ao mesmo tempo Johann Zarco foi para cima do Pedrosa passando para o 5ºlugar.

Marquez, Dovizioso e Rossi começavam a chegar em Lorenzo. Na 8ªVolta Marquez parte para o ataque em cima do Gladiador Lorenzo, Mas quem consegue a ultrapassagem é Dovi que assume o segundo lugar em cima de Marc Marquez. Loris Baz de forma brilhante se segurava em 8ºlugar com uma Moto da Ducati de 2015 que é a moto mais atrasada em desenvolvimento do Mundial de Motovelocidade. Na frente de Iannone e de Mika Kallio que vinha em 10ºlugar com a KTM em sua segunda corrida na temporada.

Marquez recupera o segundo lugar e parte para cima de Lorenzo na 12ªVolta. Depois de uma derrapada de Lorenzo na curva 3 Marc Marquez coloca de lado para a ultrapassagem, Mas não contavam com Dovizioso que foi para dentro dos dois e acabou passando ambos assumindo a liderança, Só não passou a liderança porque Dovizioso passou do Ponto na curva, perdeu a trajetória o que permitiu a Marquez a assumir a liderança da corrida. Na 13ªVolta Pedrosa passa de uma vez Valentino Rossi e Johann Zarco e assumiu a 4ªPosição. Rossi que estava em 4ºlugar e perdeu 2 posições (Para Pedrosa e Zarco) acaba passando reto na curva 1 e perde o 6ºlugar para Viñales.

Marquez abre um pouco para Dovizioso que tentava buscar a liderança. Enquanto que o Lorenzo era pressionado por Pedrosa na disputa pelo 3ºlugar o piloto da Honda consegue essa ultrapassagem 11 Voltas do final dando a 3ªposição para o piloto da Repsol Honda.

Marquez acabou passando do ponto na curva 3 e Dovizioso aproveita e volta a primeira posição, A formiga atômica foi para cima do Dovizioso e voltou a liderança. 2 voltas depois Marquez volta a passar do ponto na curva e volta a ser ultrapassado pelo piloto da Ducati.

A parte final da prova Marquez tentava segurar a liderança Mas acaba tomando ultrapassagem a 7 voltas do final da prova. Pedrosa chega a se aproximar dessa briga pela vitória se aproveitando dessa disputa acirrada, Mas logo Dovizioso e Marquez acabam abrindo diferença para Pedrosa na reta final da prova.

O piloto Italiano defendeu-se muito bem das investidas e ataques da formiga atômica. Até que na curva final quando Marquez passa Dovizioso, Mas acaba passando do ponto e Dovi dar o  X no piloto da Honda e vence conquistando sua terceira vitória em 2017. O que recoloca na vice-liderança do mundial de Motovelocidade. Marc Marquez continua líder do campeonato com um 2ºlugar no Circuito de Red Bull Ring. O pódio foi completado pelo piloto Espanhol Dani Pedrosa também com a Honda.

Jorge Lorenzo que começou bem liderando a corrida acabou ficando em 4ºlugar com a outra Ducati. A Melhor Yamaha foi da equipe Satélite Tech 3 com Johann Zarco que voltou a fazer uma boa corrida ficando em 5ºlugar na frente de Marevick Viñales e de Valentino Rossi que acabaram em 6º e 7ºlugar com as motos das equipes oficiais da Yamaha.

Alvaro Bautista em um bela corrida com a equipe Aspar Martinez completou a prova em 8ºlugar usando da boa potência da Ducati de 2016. Agora a grande final de semana foi de Loris Baz com a moto da Avintia Ducati de 2015 que já fez um grande treino o francês resistiu aos ataques de pilotos com motos melhores chegando a ficar em 8ºlugar, No final perdeu a posição para Bautista, Mas o 9ºlugar com uma moto defasada é praticamente uma vitória para o piloto Francês.

E também Mika Kallio com a 3ªMoto da KTM fazendo uma boa corrida e honrando a Fábrica Austríaca com o 10ºlugar. Depois vieram Andrea Iannone com a Suzuki em 11ºlugar, Scott Redding salvando 4 pontos para a Pramac Ducati, Pol Espargaró de KTM em 13º, Karel Abraham em 14º e Cal Crutchlow que fez uma corrida muito ruim com a LCR Honda ficando em 15ºlugar.

Próxima corrida será no dia 27 de Agosto em Silverstone com a 12ªEtapa do Mundial de Motovelocidade.

Resultado final do GP da Áustria
11ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – MotoGP

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 39’43.323
2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V a 0.176
3 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V a 2.661
4 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 6.663
5 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 7.262
6 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 a 7.447
7 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 a 8.995
8 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 a 14.515
9 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 a 19.620
10 36 Mika Kallio Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 19.766
11 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR a 20.101
12 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 a 25.523
13 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP a 26.700
14 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 a 27.321
15 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V a 28.096
16 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR a 32.912
17 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 a 34.112
18 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 36.423
19 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 42.404
20 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP a 52.492
43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 9 Voltas
9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 a 22 Voltas
94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 25 Voltas
44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 26 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Valentino Rossi vence a primeira na temporada, Viñales cai e perde a liderança do Campeonato para Dovizioso

Matéria conjunta do Treino de Classificação e da Corrida em uma mesma matéria.

Q1 –  Pilotos

Karel Abraham – Jack Miller – Aleix Espargaró – Jorge Lorenzo – Scott Redding – Loris Baz – Andrea Iannone – Hector Barberá – Alex Rins – Sam Lowes – Esteve Rabat – Pol Espargaró – Bradley Smith

No Q1 com o tempo fechado e com pista molhada o que uma situação terrível para o Jorge Lorenzo que não se casa bem com chuva. Ainda mais ainda em período de Adaptação. Ao contraio de Jack Miller que adora correr na chuva.
Logo Miller assumia a primeira posição, Mas o piloto da Marc VDS não teria vida fácil já que loris Baz e Sam Lowes superaram a Miller que na sua segunda volta recuperou a ponta. Scott Redding entrou nessa disputa das duas vagas fazendo o melhor tempo.

Com o decorrer da classificação os tempos vinham baixando. A 5 minutos do final os classificados para o Q2 eram Jack Miller e Scott Redding. Mas Loris Baz e Sam Lowes também estavam na disputa dessas vagas. Já Jorge Lorenzo não conseguia andar rápido e sem qualquer chance de vaga para a fase final da Classificação.

Miller, Baz, Redding e Lowes se alternavam na liderança na parte final da Classificação. No final do treinamento os classificados foram o Britanicos Scott Redding e Sam Lowes. Loris Vaz acabou errando no último setor de sua última volta o que acabou por jogar ele para fora do Q2. A se lamentar o treino de Jorge Lorenzo que ficou apenas em 11ºlugar e com isso iria largar na 21ªposição.

Pilotos no Q2:
Marevick Viñales – Jonas Folger – Marc Marquez – Andrea Dovizioso – Cal Crutchlow – Valentino Rossi – Danilo Petrucci – Johann Zarco – Alvaro Bautista – Dani Pedrosa – Sam Lowes – Scott Redding

No Q2 Rossi assumiu a primeira posição no começo com Marquez em 2ºlugar. Danilo Petrucci acabou se destacando bastante no treinamento fazendo o melhor tempo. E quando alguém vinha para melhorar o tempo lá vem o piloto da Pramac para baixar a marca de seu adversário. Até que Marquez a 3 minutos do Final passa para o primeiro lugar com Valentino Rossi marcando o 2ºtempo Deixando Petrucci para o 3ºlugar.

O piloto da Pramac tentou recuperar a pole position, Mas acabou ficando em 3ºlugar. Enquanto que o motor da Aprilla de Sam Lowes quebra deixando na mão o piloto Britânico. Petrucci não desistiu e na volta seguinte com 1:46.526. No final do Treino Zarco, Marquez e Rossi buscaram tirar a pole do piloto da Pramac.

Marquez fez 1:46.206 e parecia que a pole iria ficar com o piloto da Honda, Mas a pole ficou mesmo com Johann Zarco que na volta final de 1:46.141 colocou todos os favoritos no bolso, Conquistando a primeira pole na MotoGP em sua 8ªcorrida na categoria principal. Marc Marquez larga em 2º e o Italiano Danilo Petrucci com a Pramac fecha a primeira fila do Grid de largada.

Na segunda fila largam Valentino Rossi da Yamaha Oficial, Scott Redding que mesmo com uma moto de 2016 da Ducati sendo inferior a moto do seu companheiro de equipe acabou fazendo um brilhante trabalho. Jonas Folger completa a 2ªFila.

Alvaro Bautista em grande fase larga em 7º, Cal Crutchlow e Andrea Dovizioso que vem de 2 vitórias seguidas completam a 3ªFila. O Líder do campeonato Marevick Viñales larga em 11ºlugar atrás de Sam Lowes que fez seu melhor treino na MotoGP e de Dani Pedrosa que não foi nada bem no Q2 ficando longe da Formiga Atômica.

Grid de largada:

pos Piloto Equipe País Tempo Fase
1 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’46.141 Q2
2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V 1’46.206 Q2
3 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 1’46.526 Q2
4 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’46.705 Q2
5 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 1’47.574 Q2
6 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’47.663 Q2
7 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 1’47.812 Q2
8 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V 1’48.042 Q2
9 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1’48.079 Q2
10 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’48.128 Q2
11 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’48.266 Q2
12 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V 1’49.623 Q2
13 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’47.217 Q1
14 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 1’47.234 Q1
15 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’47.277 Q1
16 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’47.649 Q1
17 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’47.804 Q1
18 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 1’47.947 Q1
19 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’47.957 Q1
20 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 1’48.080 Q1
21 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1’48.219 Q1
22 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’48.448 Q1
23 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’48.700 Q1

A Corrida no Domingo:

Com tempo nublado, Mas pelo menos com pista seca foi realizada a 8ªEtapa do Mundial de Motovelocidade em Assen. Na Largada Zarco e Marquez disputaram a liderança com vantagem para o piloto da Tech 3 e se manteve na liderança seguido de Marquez, Rossi, Petrucci, Bautista, Redding, Dovizioso e Crutchlow. Jonas Folger da Tech 3 acabou errando e passando reto em uma das curvas e teve que ceder posições. Mais atrás Pedrosa e Viñales estavam disputando o 10ºlugar.

Zarco inicialmente conseguiu abrir vantagem para a concorrência,  Mas logo na 3ªVolta Marquez e Rossi chegaram no piloto francês. Petrucci também vinha nessa chegando perto de Rossi. Enquanto isso Viñales tentava se recuperar e estava em 9ºlugar. O líder do campeonato tinha Iannone na alça de mira. O piloto da Suzuki saiu dessa passando Dovizioso e Bautista passando para o 6ºlugar.

Viñales praticamente de volta a volta ganhando uma posição. Primeiro para Bautista, depois para Dovizioso e a partir dai passou a pressionar o Inglês Scott Redding que vinha muito bem no final de semana apesar de Petrucci esta no bloco da frente sendo o principal piloto da Pramac em 2017 inclusive com moto do ano. Lorenzo já vinha em uma boa recuperação em 14ºlugar após largar em 21ºlugar.

Na 9ªVolta Sam Lowes que vinha no melhor final de semana da temporada caiu e deixou a corrida. Redding começava a sofrer pressão de Viñales na disputa pelo 5ºlugar enquanto que Bautista passa Dovizioso assumindo o 7ºlugar. Enquanto isso Valentino Rossi passou Marc Marquez tomando o 2ºlugar de seu arquirrival visionando a primeira posição de Johann Zarco. Viñales passou Redding e já vinha em 5ºlugar a 3 segundos do grupo da frente.

Na 11ªVolta Valentino Rossi passou Zarco assumiu a liderança. O piloto da Tech 3 tentou voltar a liderança e se deu mal. Acabou dando um toque em Rossi que se manteve a liderança enquanto que o francês acabou perdendo posição para Marquez caindo para o 3ºlugar. Na 12ªVolta de uma forma até perigosa o líder do campeonato Marevick Viñales cai e abandona a prova deixando a situação de que Andrea Dovizioso que assumiu o 5ºlugar tomar a liderança do campeonato.

A Formiga Atômica vinha pressionando Rossi na disputa pela liderança, Com Danilo Petrucci que já vinha em 3ºlugar na frente de Zarco. Na 16ªVolta Petrucci foi para cima de Marquez e ultrapassa o piloto da HRC Repsol Honda tomando o 2ºlugar com a sua moto da Pramac Ducati de 2017. 8 décimos de vantagem tinha o doutor na liderança.

Alvaro Bautista em uma bela corrida acabou caindo e deixando a prova. A 10 voltas do final os fiscais de pista mostraram a bandeira branca com o X vermelho o que representava pista escorregadia devido a chuva que começava a cair em Assen. Nesse meio tempo Dovizioso cresceu muito na corrida passando Zarco e depois passando Marquez assumindo a 3ªposição que era mais do que o bastante para o piloto da Ducati assumir a liderança do campeonato.

Zarco com dificuldades acabou indo para os boxes para trocar de moto, Mas acabou passando do limite de velocidade nos boxes o que fez ele ir para os boxes para cumprir a punição o que fez o piloto da Tech 3 que sobrou na corrida ficasse definitivamente de fora da corrida. Jorge Lorenzo fez a parada para trocar a Moto e sua situação era bem ruim na classificação. Andrea Dovizioso do nada chegou em Danilo Petrucci passando o piloto da Pramac indo para o segundo lugar. Dovi iria para o ataque em cima de Rossi para buscar uma terceira vitória seguida.

Isso acabou durando pouco. Petrucci voltou ao segundo lugar enquanto que Dovizioso e Marquez começaram a ficar atrás. A briga pela vitória estava ficando entre Rossi e Petrucci. A 5 voltas do final Petrucci passou Rossi assumindo a liderança mostrando que não era um peixe morto em relação ao veterano da MotoGP. Só que o Doutor queria pela primeira vez sair da operação com a vitória. A 3 voltas do final Rossi mandou Petrucci para a cama e operou o piloto da Pramac assumindo a liderança. Enquanto que Cal Crutculow vinha tirando 2 segundos por volta de Dovizioso e Marquez que travavam um duelo pelo pódio. O inglês chegou nos dois e parecia que ele passando os dois em 1 volta o piloto da LCR Honda poderia até buscar Rossi e Petrucci para ainda lutar pela vitória.

Mas isso não foi possível. Na volta final Rossi teve de segurar Petrucci. E Crutchlow tentava segurar o pódio. Conseguiu isso até as curvas finais quando Marc Marquez passa o piloto da LCR Honda e retorna ao pódio.

Rossi finalmente após 8 corridas e em uma das pistas aonde que ele melhor atua ele conquista a primeira vitória na temporada. A vitória 115 da carreira, ficando a 7 vitórias do italiano Giacomo Agostini que é o maior vencedor de corridas do Mundial de Motovelocidade. Rossi ficou a apenas 63 milésimos na frente de Danilo Petrucci que conquistou o 2ºpódio nas últimas três corridas com a Moto da Pramac Ducati de 2017.

Marc Marquez com a Honda Repsol completa o pódio ficando na frente de Cal Crutchlow que foi um senhor piloto na parte final da corrida. Andrea Dovizioso que apareceu até com condições de vencer a corrida acabou ficando apenas em 5ºlugar, Mas o italiano com os resultados assumiu pela primeira vez na carreira a liderança da categoria principal do Mundial de Motovelocidade passando Viñales que zerou pela segunda vez na temporada.

O Vencedor da Catedral da Motovelocidade de 2016 Jack Miller levou a moto da Marc VDS a uma boa 6ªposição e cada vez se mostrando como o piloto que vai ficar na equipe belga para 2018 levando a Tito Rabat a procurar um emprego em outra equipe para a próxima temporada. Karel Abraham sem chamar a menor atenção terminou a corrida em 7ºlugar após largar na 18ªposição com a Aspar Ducati de 2015 na frente de Loris Baz com a Avitina Ducati de 2015 chegando na frente de Iannone que fica em uma Decepcionante 9ªposição.

Aleix Espargaró com a Aprilla completou os Top 10. Pol Espargaró levou a KTM para o melhor resultado da fábrica Austríaca na sua volta a motoGP na 11ªposição. Tito Rabat ficou em 12ºlugar.

E quem diria que Dani Pedrosa em corrida lastimável em 13º, Johann Zarco após brigar a maior parte do tempo nas primeiras posições em 14º e Jorge Lorenzo em corrida deprimente em 15ºlugar ficaria nas últimas posições da zona de pontuação. Eles ficaram na frente de Hector Barbera e de Alex Rins (Que voltou nessa corrida após esta de fora por 5 corridas devido a problemas físicos).

No próximo domingo teremos a 9ªetapa do Mundial de Motovelocidade no Circuito Alemão de Saschering. O Circuito mais travado da temporada aonde Marquez é o rei da pista com 7 vitórias em 7 participações.

Resultado final do GP da Holanda – MotoGP
8ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – 26 Voltas

pos Piloto Equipe País Tempo Grid
1 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 41’41.149 4
2 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 a 0.063 3
3 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V a 5.201 2
4 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V a 5.243 8
5 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 5.327 9
6 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 23.390 13
7 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 a 36.982 18
8 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 a 37.058 14
9 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR a 37.166 16
10 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP a 1’01.929 15
11 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 1’09.384 19
12 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 1’10.121 23
13 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V a 1’10.344 12
14 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 1’35.655 1
15 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1 Volta 21
16 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 1 Volta 20
17 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1 Volta 17
45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 2 Voltas 5
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 9 Voltas 7
38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 13 Voltas 22
25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 15 Voltas 11
94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 17 Voltas 6
22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 18 Voltas 10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Viñales conquista a 500ªVitória da Yamaha no Mundial de Motovelocidade

O Espanhol Marevick Viñales consolidou seu posto de um dos candidatos ao título de 2017 do Mundial de Motovelocidade em uma vitória monumental do piloto da Yamaha duelando e vencendo o Doctor Valentino Rossi que acabou indo para o chão a curvas do final.

A Corrida foi dominada pelas Yamaha desde da largada. Viñales largou bem, Mas Johann Zarco largou melhor ainda e na segunda curva ultrapassou Vinales assundo o primeiro lugar para alegria dos Franceses de da Tech 3 que corria em casa.

Zarco segurou bem a 1ªposição nas primeiras voltas e estava disposto a fazer a festa com uma moto privada contra duas motos de Fabrica como eram as Motos de Viñales e Rossi. Além disso Marc Marquez tentava entrar nessa turma dos líderes mesmo tendo a sua moto da Honda abaixo das motos da Yamaha nesse circuito.

Atrás deles Crutchlow, Dovizioso e Pedrosa disputavam a quinta posição, Um pouco mais atrás o Espanhol Jorge Lorenzo vinha se recuperando após largar da 16ªposição e já estava em 8ºlugar. Enquanto isso as KTM que fizeram bonito na classificação já estavam mais para trás, A moto tem capacidade de fazer bons grids, Mas ainda esta longe de realizar grandes corridas.

Os pilotos da Aspar Martinez acabaram não tendo muita sorte, Bautista deixou a prova na primeira volta e Abraham com problemas deixou a corrida nas primeiras voltas.

Zarco resistiu na liderança até a 6ªvolta quando Viñales na mesma curva 2 aonde ele foi ultrapassado o piloto da Movistar Yamaha reassumiu o primeiro lugar. Porém Zarco ficou na cola do piloto espanhol por muito tempo seguido de Rossi e de Marquez que começava a ficar um pouco mais atrás. Enquanto isso Pedrosa ganhou posições para Dovizioso e Crutchlow e começava a se aproximar de Marquez.

Para o tricampeão do mundo Marc Marquez o dia não acabou bem, O piloto da Honda Repsol acabou caindo na entrada da curva 2 na volta 18. Lá na frente Viñales manteve a liderança e Zarco resistiu e lutou como pode para ficar na disputa pela vitória, Mas lá veio Valentino Rossi e começou a partir para o ataque passando Zarco e partindo para cima de Viñales para um ataque final em cima do seu companheiro de equipe. A três voltas do final Rossi ultrapassa Viñales e parecia que iriamos ter a primeira vitória da temporada  do Italiano.

Até que veio a última volta Rossi estava liderando até que na curva 8 ele erra a trajetória e Viñales se aproveita e passa para a primeira posição. Nas curvas finais Rossi tenta o último esforço para recuperar a vitória. Mas acaba caindo a poucas curvas do final e Viñales triunfa pela 3ªVez na temporada de 2017 e conquista para a Yamaha a marca de 500 vitórias para a fabricante japonesa que teve sua primeira vitória em 1963 com o piloto Fumie Ito.

Johann Zarco em uma corrida belíssima conquistou seu melhor resultado na MotoGP se consolidando como a sensação de 2017. O Segundo lugar na etapa de Le Mans Bugatti com a moto da Tech 3 que corria em casa com um piloto francês é algo para comemorar. Dani Pedrosa herdou um pódio que foi lucro já que a Honda não foi párea para a Yamaha em Le Mans.

Andrea Dovizioso disputou o 4ºlugar com o Cal Crutchlow na segunda parte da corrida e acabou levando a melhor ficando com a posição que até aqui faz uma temporada bem regular e perto da disputa dos primeiros lugares. Cal Crutchlow leva a LCR Honda em uma boa 5ªposição. Jorge Lorenzo também fez uma belíssima prova largando do 16ºlugar e chegando na 6ªposição, Apesar de não estar no melhor da sua forma e habilidade o Tricampeão do Mundo evoluiu em relação ao começo da temporada.

Jonas Folger mesmo com uma honesta 7ªposição continua sendo ofuscado pelo Zarco em 2017. Jack Miller mesmo com o impressionante acidente do Sábado o piloto da Marc VDS não se intimidou e fez uma corrida muito boa brigando por posições entre os 10 primeiros lugares terminando em 8ºlugar. E Fechando os 10 primeiros colocados Loris Baz da Avintia com uma moto da Ducati de 2015 chegando na frente de Andrea Iannone que decepciona demais com a Suzuki.

Tito Rabat, Pol Espargaró, Bradley Smith, Sam Lowes e Sylvain Guintoli fecharam a zona de pontuação. Nesse domingo teremos a 6ªEtapa do Mundial de Motovelocidade no Circuito de Mugello na Itália.

Resultado final do GP da França
6ªEtapa – Le Mans Bugatti – 28 Voltas

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo Grid
1 25 Maverick Viñales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 43’29.793 1
2 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 3.134 3
3 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V a 7.717 13
4 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 11.223 6
5 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V a 13.519 4
6 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 24.002 16
7 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 25.733 15
8 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 32.603 11
9 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 a 45.784 12
10 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR a 48.332 17
11 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 50.036 22
12 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 52.661 8
13 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 53.179 10
14 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP a 55.432 21
15 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR a 1’06.878 23
46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1 Volta 2
41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 5 Voltas 18
93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V 11 Voltas 5
9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 11 Voltas 19
45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 21 Voltas 7
17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 23 Voltas 9
8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 25 Voltas 20
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 28 Voltas 14

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP