Portal Sportszone » Blog Archives

Tag Archives: Jorge Lorenzo

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Marc Marquez conquista 8ª pole position seguida em Saschering sob chuva

Published by:

Em um treino onde tivemos pista molhada o tempo todo acabou tendo o mesmo pole position de 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015 e 2016. Marc Marquez conquista a 8ªpole position no circuito alemão. Em um treino dramático pela pista molhada que começou no Q1 aonde no começo do Treino os pilotos Jack Miller, Andrea Iannone e Loris Baz disputando as primeiras posições. Até que o piloto Italiano Danilo Petrucci que vem de um 2ºlugar em Assen veio para a briga tomando a primeira posição.

O Treino se seguiu e houve trocas de posições até que Danilo Petrucci fez o melhor tempo conseguindo se firmar no 1ºlugar na reta final da classificação. Já a segunda vaga para o Q2 foi disputada até a última volta que ficou com Jack Miller até que o piloto da KTM Pol Espargaró fez um belissimo tempo colocando a moto Austríaca para a parte final do Treinamento. Jack Miller e Loris Baz que são dois pilotos que correm bem na chuva ficaram de fora ficando com o 13º e 14ºlugar no Grid de largada.

Mika Kallio que corre com a terceira moto da KTM nessa corrida conseguiu uma razoável 7ªposição e larga em 17ºlugar. As Decepções foram Johann Zarco que em nenhum momento conseguiu disputar a vaga no Q2 e vai largar em uma melancólica 19ªposição. Pior ainda foi o Inglês Scott Redding que só ficou a frente de Tito Rabat largando em 23ºlugar. Visto que o seu companheiro de equipe Pramac classificou para o Q2 em primeiro lugar.

Resultado do Q1:

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 1’27.688
2 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’27.695
3 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’27.967
4 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 1’27.979
5 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’28.015
6 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’28.103
7 36 Mika Kallio Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’28.285
8 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 1’28.404
9 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’28.444
10 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 1’28.625
11 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’28.659
12 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’29.504
13 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 1’29.578
14 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’30.028

No Q2 a classificação teve em seu começo o piloto Danilo Petrucci da Pramac se destacou assumindo desde do começo da parte final da classificação. Lorenzo com as dificuldades que ele tem sobre chuva ele conseguia ser razoavelmente competitivo. Marc Marquez ficou na dele na primeira parte. mesmo fazendo o segundo tempo na metade da classificação em determinado momento do treino.

Pol Espargaró em seu melhor treino com a KTM que começava a mostrar qualidades da sua moto que esta de volta a categoria nessa temporada vinha disputando os primeiros lugares. Dani Pedrosa com a Honda estava disputando também essa pole com a outra Honda Repsol.

A 2 minutos do Final Marquez toma a primeira posição de Petrucci que não se deu por vencido e foi para luta tentar recuperar a liderança e a pole position, Mas Marc Marquez em sua volta final fez 1:27.302 marcando a 8ªpole position seguida e luta pela 8ªvitória no circuito Alemão sendo disparado o piloto que mais venceu em Saschering. Danilo Petrucci que veio do Q1 mostra sua excelente fase na motoGP larga em 2ºlugar após dominar a maior parte do Q2. A primeira fila é completada pelo Espanhol Daniel Pedrosa com a outra moto da Honda Repsol com um tempo bem longe de Marquez e Petrucci.

Na segunda fila largam o Britânico Cal Crutchlow da LCR Honda, O dono da casa o Alemão Jonas Folger da Tech 3 largam em 5ºlugar dessa vez sendo ele o homem da equipe Francesa e o melhor piloto com a moto da Yamaha e Jorge Lorenzo que acabou fazendo um treino bem melhor do que na semana passada em Assen completa a segunda fila em 6ºlugar. Na Frente do Líder do campeonato o Italiano Andrea Dovizioso que larga em 10ºlugar.

Pol Espargaró conseguiu a melhor posição da KTM no Grid de largada após um belíssimo trabalho no Sábado largando na 7ªposição. Aleix Espargaró com a Aprilla largam em 8ºlugar ficando na frente de Valentino Rossi que venceu em Assen no domingo passado, Mas hoje não pode fazer muito mais do que a 9ªposição. Pior ficou para Marevick Viñales que após um começo de ano dominador agora esta sofrendo a pressão de momentos difíceis para a Yamaha. Em um treino fraquíssimo V8 larga apenas em 11ºlugar ficando na frente apenas do Espanhol Alvaro Bautista da Aspar Martinez Ducati de 2016.

Amanhã as 9 da manhã teremos o GP da Alemanha no Sportv 2. A prova que marca a metade do campeonato e com 4 pilotos que podem terminar a primeira metade de temporada na liderança do campeonato de 2017. Dovizioso, Viñales, Marquez e Rossi. Quem vai sair da Alemanha na liderança do Campeonato? Descobriremos amanhã após a prova.

Grid de largada – GP da Alemanha
Moto GP – 9ªEtapa do Mundial de Motovelocidade

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V 1’27.302
2 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 1’27.462
3 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V 1’27.949
4 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V 1’28.089
5 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’28.210
6 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1’28.383
7 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’28.402
8 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’28.526
9 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’28.669
10 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1’28.703
11 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’28.823
12 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 1’28.968
13 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’27.967
14 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 1’27.979
15 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’28.015
16 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’28.103
17 36 Mika Kallio Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’28.285
18 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 1’28.404
19 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’28.444
20 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 1’28.625
21 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’28.659
22 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’29.504
23 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 1’29.578
24 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’30.028

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Dovizioso conquista segunda vitória seguida e se aproxima de Viñales na disputa pelo título

Published by:

Andrea Dovizioso que tinha ganho apenas 3 corridas em sua carreira viveu um momento inédito em sua carreira. Conquistou pela primeira vez duas vitórias seguidas em sua carreira e levou a Ducati a segunda vitória da Temporada e a segunda seguida. Em uma belíssima corrida começou na largada como Pedrosa mantendo a liderança, Mas que só segurou por algumas curvas. Na quarta curva Jorge Lorenzo assume a liderança deixando Pedrosa e Marquez para trás. Belíssimas largadas de Aleix Espargaró com a Aprilla e de Alvaro Bautista da Aspar Martinez-Ducati 2016 em 4º e 5ºlugar que logo no final da primeira volta foram superados pelo Andrea Dovizioso que subiu do 7º para o 4ºlugar. Petrucci acabou na largada largando de forma esquisita e indo para cima de Marquez e perdeu muitas posições.

Rossi e Viñales estavam muito lá atrás. Principalmente o Espanhol que largou muitíssimo mal caindo para o 16ºlugar. Marquez assumiu a segunda posição e foi buscar Lorenzo e a liderança. Para Marquez uma vitória nesse momento era importante já que a fase dele não é das melhores. O Incidente do Petrucci que quase acabou derrubando na largada Marquez estava sob investigação.

Por falar em Petrucci ele estava pressionando Aleix Espargaró tentando  segurar posição com sua Aprilla. Na 4ªVolta faz ultrapassagem dupla em cima de Jack Miller e de Hector Barbera que teve que sair da pista para evitar maiores prejuízos na corrida.

Apesar de pneus mais duros o desempenho de Jorge Lorenzo começou a cair e com Isso Marc Marquez foi para cima do piloto da Ducati buscando primeiro lugar, Pedrosa, Dovizioso e Folger seguiam de perto. O Piloto da Tech 3 que subiu junto de Zarco que é o seu companheiro de equipe fazendo um belo começo de corrida. Zarco também fazia uma corrida de recuperação pressionando a Espargaró da Aprilla, Mas logo depois foi ultrapassado pelo Valentino Rossi que subiu para o 9ºlugar deixando o piloto da Tech 3 em 10º.

Em um erro de Lorenzo a formiga atômica aproveitou e passou a liderança e levou com ele Pedrosa fazendo Lorenzo cair para o terceiro lugar. A partir dai Pedrosa tentou o ataque para cima de Marquez. Já o Lorenzo perdeu posição para Dovizioso, Folger que fez uma bela ultrapassagem e depois de algum tempo perdeu posição para Petrucci que vinha em momento inspirado na MotoGP.

Aleix Espargaro teve problemas com a Aprilla e deixou mais uma corrida em que parecia estar indo bem disputando posições boas de pontuação. Parece que se abriu mão da durabilidade para obter bons desempenhos e agora a Aprilla por essa audácia de querer melhorar seu desempenho no campeonato.

A 18 Voltas do Final Pedrosa toma a ponta de Marquez que na mesma volta perde posição para Dovizioso que assumiu o segundo lugar deslocando a Formiga Atômica para o 3º seguido de perto por Jonas Folger e um pouco mais atrás por Danilo Petrucci em 5ºlugar.

A Partir dai Dovizioso ficou esperando o melhor momento para atacar Pedrosa que estava aparentando estar com o controle da corrida, Marquez em 3º acompanha aos dois e Folger começava a ficar para o Italiano Danilo Petrucci na disputa pelo 4ºlugar, Mais atrás Jorge Lorenzo tentava se sustentar a frente de Alvaro Bautista, Valentino Rossi e de Johann Zarco que vinham mais atrás e se recuperava de maneira incrível. Mais atrás o líder do campeonato Marevick Viñales continuava em seu inferno astral só na metade da corrida ele consegue recuperar algumas posições.

Lá na Frente o Italiano Andrea Dovizioso a 10 voltas do final ultrapassou Pedrosa e assumiu a liderança. O rendimento de Pedrosa que tinha feito um final de semana exemplar e parecia que ele iria vencer essa etapa na Catalunha perdeu rendimento e foi ultrapassado por Marc Marquez que assumiu o segundo lugar e partiu para cima do piloto da Ducati. O outro piloto da Ducati Jorge Lorenzo reagiu no final da prova passando Jonas Folger e Danilo Petrucci passando para o 4ºlugar. O piloto da Pramac que estava fazendo uma bela corrida acaba caindo a poucas voltas do final.

Já Valentino Rossi na reta final acabou perdendo posições e caindo o seu rendimento chegando a virar até 2 segundos mais lento que a turma da frente por volta. Viñales tentava se recuperar na reta final de corrida, Mas estava tendo muitíssimas dificuldades para superar Hector Barberá

Apesar do esforço da Formiga atômica Dovizioso em sua melhor forma deu um gás em seu desempenho e demonstrou que a vitória estava nas mãos dele. Levando a sua Ducati de maneira segura até o final da prova e conquistando a segunda vitória seguida. Um Fato que não acontecia desde dos tempos de Casey Stoner na Ducati. Assumindo a vice-liderança do campeonato Mundial, Agora a menos de 10 pontos de vantagem para o Espanhol Marevick Viñales.

Marc Marquez da Honda Repsol que não esta em sua melhor fase fez uma corrida discreta na minha opinião. Aparecendo um pouco mais no final, Mas conseguiu o segundo lugar e mantem-se na disputa pelo título. Dani Pedrosa também da Honda Repsol que teve um grande final de semana completou o pódio.

Jorge Lorenzo que no começo da prova liderou a prova, Mas perdeu rendimento na segunda parte da prova perdendo a chance de disputar a vitória. No final o tricampeão do Mundo reagiu muito bem conseguindo a 4ªposição e amenizando os prejuízos tanto em resultado como no posto de 1ºpiloto que nesse momento esta na cara de que em 2017 é Dovizioso que lidera a Ducati na busca do título.

Johann Zarco que na primeira parte de prova ficou mais atrás acabou se recuperando e na volta final passou o Alemão Jonas Folger conquistando a 5ªposição deixando o seu companheiro de equipe da Tech 3 (Que diga se passagem fez sua melhor corrida na temporada) na 6ªposição. Ambos foram melhores do que os pilotos da equipe oficial da Yamaha.

Alvaro Bautista em uma boa corrida completou em 7ºlugar e manteve-se em boa frase com a Aspar Martinez, logo a seguir vieram Valentino Rossi que caiu muito no final da corrida e só não ficou abaixo do 8ºlugar porque a corrida acabou, Pois o Doutor iria ser operado pelos pilotos Hector Barberá que fez uma boa corrida segurando no final a Marevick Viñales que foi muito mal no final de semana. Aliás a Movistar Yamaha foi muito mal nesse final de semana na Catalunha.

Crutchlow, Baz, Redding, Abraham e Tito Rabat completaram a zona de pontuação. Andrea Iannone também muito mal ficou de fora dos pontos com a Suzuki que mostra ter uma moto muito a quem da Motos mais fortes desse campeonato.

Resultado final da 7ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da Catalunha – 26 Voltas – MotoGP

Pos piloto Equipe Moto Tempo
1 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 44’41.518
2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V 3.544
3 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V 6.774
4 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 9.608
5 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 13.838
6 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 13.921
7 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 16.763
8 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 20.821
9 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 23.952
10 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 24.189
11 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V 28.329
12 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 33.281
13 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 35.200
14 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 39.436
15 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 40.872
16 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Honda RC213V 43.221
17 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Honda RC213V 44.655
18 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 48.993
19 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilla RS-GP 55.492
9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 2 Voltas
43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 12 Voltas
41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilla RS-GP 18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Dovizioso faz corrida impecável e conquista a vitória em Mugello

Published by:

MotoGP – Viñales faz volta voadora, Supera as velozes Ducati e conquista a pole em Mugello

Apesar de toda a forca da Ducati o espanhol Marevick Viñales não se intimidou com o exercito das motos italianas e conquistou na casa deles e da Ferrari mais uma pole position mostrando o grande momento que ele vive em sua carreira.

Um treino que no Q1 teve a presença de Johann Zarco, Danilo Petrucci, Jonas Folher e Cal Crutchlow como os candidatos principais as 2 vagas para o Q2. Desde do começo do da primeira fase os pilotos com as motos da Ducati estavam voando baixo nas retas italianas e mesmo as motos de 2016 e ate a moto do Frances Loris Baz que e de 2015 que chegou a estar em 2ºlugar com Hector Barbera na liderança.

A partir dai Danilo Petrucci com sua Ducati 2017 deu o ar da graça tomando o primeiro tempo dos pilotos das Ducati antigas satélites. Jonas Folger aparecia em 2ºlugar. Enquanto isso somente Johann Zarco não tinha entrado na pista para fazer sua volta.

No final do treino Zarco vindo do segundo lugar na sua casa (Franca) foi fazer sua volta, ao mesmo tempo em que o piloto da tech 3 fez a 3ªmelhor marca o piloto da LCR Honda Cal Cruthlow fez o melhor tempo, Mas no final do treino acabou que Petrucci e Zarco que marcou o melhor tempo do Q1 jogaram o inglês para fora da classificação deixando ele na 13ªposição no grid de largada. Quem decepcionou foi de novo Andrea Iannone com a Suzuki que esta muito abaixo do que ela fez em 2016. Também dessa patética campanha da Suzuki a qualidade de seus pilotos que hoje não e das melhores visto os vários resultados ruins tanto do Iannone como do Syuvain Guintoli que ate se justifica devido ao tempo que ele ficou longe das competições da MotoGP. O mesmo não se pode aplicar a Iannone que seria o piloto a liderar o time Suzuki EcStar e ate agora esta mais no chão do que na pista.

No Q2 em seu começo foi praticamente uma luta particular entre dois pilotos: Danilo Petrucci e Marc Marquez que vinha em sua Honda desafiando o domínio da Ducati no começo do treino que tinham além de Petrucci os dois pilotos de Fabrica (Dovizioso e Lorenzo) e Michele Pirro que esta com uma moto de equipe de testes da Ducati para fazer essa prova do campeonato.

Essa brincadeira entre O piloto da Pramac Ducati e o piloto da Repsol Honda acabou quando Viñales veio acabar com a brincadeira e fez 1.47.271 assumindo a liderança e deixando Petrucci e Marquez para trás, Mas vejam que o piloto da Pramac deu o troco e voltou a primeira posição. Enquanto os pilotos foram para se prepararem para os minutos finais o gladiador do asfalto foi para uma bela volta classificando em 3ºlugar.

Na reta final do treinamento surgiu o piloto da Aspar Martinez Alvaro Bautista que fez a melhor marca e liderou o treino por alguns momentos ate que Petrucci tomou a pole com uma grande volta. Que depois foi cancelada por ele ter cortado alguma parte do circuito. No final do treino Viñales em volta voadora garantiu a pole position com Valentino Rossi ao seu lado na primeira fila e com perspectiva de vencer na sua casa novamente. Completa a primeira fila o piloto da Ducati Andrea Dovizioso.

Na segunda fila larga os pilotos Michele Pirro que fez um grande trabalho na classificação colocando sua Ducati em 4ºlugar na frente de Dani Pedrosa e Marc Marquez da Honda Repsol que depois de uma prova difícil em Le Mans o grid em Mugello não parecia animar muito o time oficial da Fábrica Japonesa.

Jorge Lorenzo não tem muito a comemorar com o 7ºlugar. Visto que Dovizioso e Pirro estavam mais a frente com a mesma moto do Tricampeão do mundo. Álvaro Bautista fez um grande trabalho no dia de sábado visto que ele tem uma Moto já defasada (Ducato de 2016) largando em 8ºlugar e Danilo Petrucci que também fez um belo trabalho com sua Ducati Pramac de 2017 acabou por perder sua melhor volta acabou ficando apenas com o 9ºlugar no Grid de largada.

Tito Rabat em seu melhor treino na MotoGP larga em 10ºlugar na frente de Johann Zarco e Aleix Espargaró que completam a 4ªFila do Grid de largada do GP da Itália.

Grid de largada do GP da Itália do Mundial de MotoGP
Moto GP – Mugello – 6ªEtapa

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’46.575
2 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’46.814
3 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 1’46.835
4 51 Michele Pirro Ducati Team Ducati 1’46.878
5 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 1’46.999
6 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 1’47.050
7 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 1’47.152
8 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 1’47.167
9 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati 1’47.266
10 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda 1’47.282
11 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’47.319
12 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’47.475
13 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 1’47.220
14 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati 1’47.272
15 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’47.305
16 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’47.625
17 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati 1’47.809
18 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’47.940
19 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda 1’47.961
20 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati 1’47.975
21 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati 1’48.361
22 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’48.416
23 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’48.594
24 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’48.892

No Domingo antes da prova todos os pilotos e equipe fizeram uma homenagem a Nicky Hayden que faleceu após um acidente aonde ele com sua bicicleta foi atropelado na Itália. Foram 69 segundos de silêncio em referência ao número que ele usou em sua carreira praticamente. Todos os pilotos do Mundial de Motovelocidade em suas motos fizeram homenagens ao campeão do mundo de 2006.

Na largada Valentino Rossi assumiu a liderança deixando para trás Marevick Viñales em 2ºlugar, Jorge Lorenzo em 3º superando a Andrea Dovizioso que caiu para o 4ºlugar. Lorenzo partiu para o ataque logo de inicio buscando acabar com a festa italiana. Primeiro ainda na primeira volta passou Viñales assumindo o segundo lugar e no começo da terceira volta o tricampeão do Mundo passou Rossi assumindo a liderança com a moto da Ducati que era a mais rápida da pista.

Mas a alegria de Lorenzo não durou muito, Logo Valentino Rossi, Marevick Viñales e Andrea Dovizioso ultrapassaram o Espanhol que iria começando a ficar pelo caminho. Assim como Marc Marquez que começou buscando acompanhar a turma dos primeiros colocados, Mas também o piloto da Honda Repsol começou a ficar mais atrás.

Andrea Dovizioso passou a ser o Homem da Ducati para disputar a vitória. O italiano passou Rossi e partiu para cima de Viñales que tinha assumido o primeiro lugar passando Valentino Rossi. Quem vinha muito bem era Danilo Petrucci que vinha com sua Pramac Ducati de 2017 na 4ªposição com Marc Marquez despachando Jorge Lorenzo logo depois perdeu o 6ºlugar para um Fantástico Alvaro Bautista que vinha levando a sua modesta moto da Aspar Martinez Ducati de 2016 a um 6ºlugar passando a Jorge Lorenzo e voltas depois passou Marquez e assumiu a 5ªposição.

Dovizioso passou a ficar algumas voltas a acompanhar Viñales buscando o melhor momento para passar o piloto da Yamaha com Rossi e Petrucci logo atrás formando o bloco que disputava a primeira posição. A 10 Voltas do final Dovizioso na reta passou Viñales assumindo a liderança, No final da mesma volta Petrucci passou o Doutor e escalou para ficar no pódio, Mas Petrucci não estava querendo repetir o resultado de Alexandre Barros que em 2007 fez um pódio em 3ºlugar no mesmo circuito de Mugello e partiu para cima de Viñales.

Enquanto eles brigavam Dovizioso foi aos poucos abrindo vantagem para o Grupo que disputava o segundo lugar. A 8 voltas do final Petrucci passa Viñales tomando o segundo lugar e começou a partir a caça de Dovizioso buscando a vitória com a Pramac que seria algo histórico. Mas isso durou por algumas voltas já que Viñales e Rossi começaram voltas depois a chegarem e voltar a disputa do segundo lugar. A 4 Voltas do final Viñales voltou a 2ªposição que tentou um ataque final em Dovizioso.

Mas o piloto do Ducati nem sentiu a pressão, Manteve uma vantagem segura até o final para conquistar a vitória em casa, 2ªvitória pela Ducati e a 3ª na sua Carreira completando a festa italiana em Mugello. Dovi assumiu a vice-liderança do campeonato após os resultados da corrida italiana. O líder do campeonato Marevick Viñales terminou em 2ºlugar. O pódio foi completado pelo Italiano Danilo Petrucci com a Pramac repetindo o feito de Alexandre Barros em 2007 com a mesma Pramac Ducati.

Valentino Rossi ficou fora do pódio terminando em 4ºlugar. Logo atrás o Espanhol Alvaro Bautista segurou a poderosa Honda de Marc Marquez e completou em 5ºlugar. Chegando aos boxes foi abraçado pela equipe após a brilhante corrida que ele tinha feito deixando Marc Marquez com uma modesta 6ªposição sendo essa a melhor Honda da corrida. Johann Zarco ficou abaixo das expectativas terminando em 7ºlugar chegando na frente de Jorge Lorenzo que começou bem a prova, Mas foi ficando para atrás até o final chegando em 8ºlugar.

Michele Pirro que largou em 4ºlugar fez uma prova muito apagada chegando apenas em 9ºlugar e Andrea Iannone completou os 10 primeiros colocados com a sua Suzuki. Tito Rabat, Scott Redding, Jonas Folger, Hector Barbera e Jack Miller completaram a zona de pontuação sendo os 2 últimos foram favorecidos por causa do acidente no final entre Dani Pedrosa e Cal Crutchlow que disputaram o 11ºlugar. Pedrosa tentando passar Crutchlow acabou caindo e levando junto o piloto da LCR Honda.

Nesse domingo teremos o GP da Catalunha na Espanha abrindo o 2ºterço de campeonato do Mundial de motovelocidade.

Resultado final do GP da Itália do Mundial de MotoGP
Moto GP – Mugello – 6ªEtapa  – 23 Voltas

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 41’32.126
2 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1.281
3 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati 2.334
4 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 3.685
5 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 5.802
6 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 5.885
7 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 13.205
8 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 14.393
9 51 Michele Pirro Ducati Team Ducati 14.880
10 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 15.502
11 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda 22.004
12 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati 24.952
13 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 28.160
14 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati 30.676
15 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda 30.779
16 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati 42.306
17 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 46.294
18 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati 50.731
19 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 50.740
20 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM 50.897
35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 1 Volta
26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 1 Volta
41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 8 Voltas
44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 10 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Viñales conquista a 500ªVitória da Yamaha no Mundial de Motovelocidade

Published by:

O Espanhol Marevick Viñales consolidou seu posto de um dos candidatos ao título de 2017 do Mundial de Motovelocidade em uma vitória monumental do piloto da Yamaha duelando e vencendo o Doctor Valentino Rossi que acabou indo para o chão a curvas do final.

A Corrida foi dominada pelas Yamaha desde da largada. Viñales largou bem, Mas Johann Zarco largou melhor ainda e na segunda curva ultrapassou Vinales assundo o primeiro lugar para alegria dos Franceses de da Tech 3 que corria em casa.

Zarco segurou bem a 1ªposição nas primeiras voltas e estava disposto a fazer a festa com uma moto privada contra duas motos de Fabrica como eram as Motos de Viñales e Rossi. Além disso Marc Marquez tentava entrar nessa turma dos líderes mesmo tendo a sua moto da Honda abaixo das motos da Yamaha nesse circuito.

Atrás deles Crutchlow, Dovizioso e Pedrosa disputavam a quinta posição, Um pouco mais atrás o Espanhol Jorge Lorenzo vinha se recuperando após largar da 16ªposição e já estava em 8ºlugar. Enquanto isso as KTM que fizeram bonito na classificação já estavam mais para trás, A moto tem capacidade de fazer bons grids, Mas ainda esta longe de realizar grandes corridas.

Os pilotos da Aspar Martinez acabaram não tendo muita sorte, Bautista deixou a prova na primeira volta e Abraham com problemas deixou a corrida nas primeiras voltas.

Zarco resistiu na liderança até a 6ªvolta quando Viñales na mesma curva 2 aonde ele foi ultrapassado o piloto da Movistar Yamaha reassumiu o primeiro lugar. Porém Zarco ficou na cola do piloto espanhol por muito tempo seguido de Rossi e de Marquez que começava a ficar um pouco mais atrás. Enquanto isso Pedrosa ganhou posições para Dovizioso e Crutchlow e começava a se aproximar de Marquez.

Para o tricampeão do mundo Marc Marquez o dia não acabou bem, O piloto da Honda Repsol acabou caindo na entrada da curva 2 na volta 18. Lá na frente Viñales manteve a liderança e Zarco resistiu e lutou como pode para ficar na disputa pela vitória, Mas lá veio Valentino Rossi e começou a partir para o ataque passando Zarco e partindo para cima de Viñales para um ataque final em cima do seu companheiro de equipe. A três voltas do final Rossi ultrapassa Viñales e parecia que iriamos ter a primeira vitória da temporada  do Italiano.

Até que veio a última volta Rossi estava liderando até que na curva 8 ele erra a trajetória e Viñales se aproveita e passa para a primeira posição. Nas curvas finais Rossi tenta o último esforço para recuperar a vitória. Mas acaba caindo a poucas curvas do final e Viñales triunfa pela 3ªVez na temporada de 2017 e conquista para a Yamaha a marca de 500 vitórias para a fabricante japonesa que teve sua primeira vitória em 1963 com o piloto Fumie Ito.

Johann Zarco em uma corrida belíssima conquistou seu melhor resultado na MotoGP se consolidando como a sensação de 2017. O Segundo lugar na etapa de Le Mans Bugatti com a moto da Tech 3 que corria em casa com um piloto francês é algo para comemorar. Dani Pedrosa herdou um pódio que foi lucro já que a Honda não foi párea para a Yamaha em Le Mans.

Andrea Dovizioso disputou o 4ºlugar com o Cal Crutchlow na segunda parte da corrida e acabou levando a melhor ficando com a posição que até aqui faz uma temporada bem regular e perto da disputa dos primeiros lugares. Cal Crutchlow leva a LCR Honda em uma boa 5ªposição. Jorge Lorenzo também fez uma belíssima prova largando do 16ºlugar e chegando na 6ªposição, Apesar de não estar no melhor da sua forma e habilidade o Tricampeão do Mundo evoluiu em relação ao começo da temporada.

Jonas Folger mesmo com uma honesta 7ªposição continua sendo ofuscado pelo Zarco em 2017. Jack Miller mesmo com o impressionante acidente do Sábado o piloto da Marc VDS não se intimidou e fez uma corrida muito boa brigando por posições entre os 10 primeiros lugares terminando em 8ºlugar. E Fechando os 10 primeiros colocados Loris Baz da Avintia com uma moto da Ducati de 2015 chegando na frente de Andrea Iannone que decepciona demais com a Suzuki.

Tito Rabat, Pol Espargaró, Bradley Smith, Sam Lowes e Sylvain Guintoli fecharam a zona de pontuação. Nesse domingo teremos a 6ªEtapa do Mundial de Motovelocidade no Circuito de Mugello na Itália.

Resultado final do GP da França
6ªEtapa – Le Mans Bugatti – 28 Voltas

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo Grid
1 25 Maverick Viñales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 43’29.793 1
2 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 3.134 3
3 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V a 7.717 13
4 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 11.223 6
5 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V a 13.519 4
6 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 24.002 16
7 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 25.733 15
8 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 32.603 11
9 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 a 45.784 12
10 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR a 48.332 17
11 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 50.036 22
12 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 52.661 8
13 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 53.179 10
14 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP a 55.432 21
15 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR a 1’06.878 23
46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1 Volta 2
41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 5 Voltas 18
93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V 11 Voltas 5
9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 11 Voltas 19
45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 21 Voltas 7
17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 23 Voltas 9
8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 25 Voltas 20
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 28 Voltas 14

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Pedrosa vence corrida 3000 da motoGP de Ponta a ponta em Jerez. Lorenzo conquista primeiro pódio na Ducati

Published by:

Dani Pedrosa teve um domingo muito feliz e calou a boca de quem achava que na hora do vamos ver o Samurai de borracha iria ser superado pela Formiga Atômica, Mas Dani não deixou em nenhum momento a sua vitória ser ameaçada. Vitória de ponta a ponta para o piloto da Honda.

Na Largada Pedrosa e Marquez mantiveram a liderança com Iannone pulando para o 3ºlugar jogando Cal Crutchlow para o 4ºlugar, Lorenzo em 5º e os pilotos da Yamaha continuando um pouco mais atrás. Destaques para as largadas boas de Andrea Dovizioso e Pol Espargaró que chegou a levar a KTM para o 11ºlugar.

Johann Zarco em inicio arrasador passou por Crutchlow, Iannone e chegou a passar Marc Marquez assumindo por algumas voltas o 2ºlugar nas primeiras 4 voltas. Logo Marquez recuperou o segundo posto. Enquanto isso Dovizioso também fazia uma grande prova de recuperação já vindo em 7º na cola de Valentino Rossi disputando o 6ºlugar.

Na 6ªVolta Bautista e Miller acabaram caindo e deixando a prova na curva um. Miller quase foi para os tapas e pontapés com o piloto da Aspar Martinez que voltou a sua moto apenas para levar aos boxes e de lá não voltar mais. Na parte final do circuito o inglês Cal Crutchlow caiu e segundos depois o piloto da KTM Pol Espargaró também cai e ambos deixaram a corrida.

Jorge Lorenzo foi para o ataque em cima de Johann Zarco que perdeu terreno para Marc Marquez que depois de alguma pressão que sofreu do piloto Francês acabou se livrando do piloto da Tech 3 abrindo uma vantagem considerável. Já a Ducati de forma impressionante vinha muito bem, Já que além de Lorenzo brigar pelo pódio tinha Dovizioso disputando o 5ºlugar com o Rossi.

Logo Lorenzo passou Zarco assumindo o terceiro lugar e Dovizioso após uma bela briga com Rossi acabou passando o Doutor assumindo o 5ºlugar, Já Viñales começou a partir para cima de Rossi que começava a perder rendimento. O piloto da Yamaha não só passou Rossi como também passou Dovizioso assumindo o 5ºlugar, Mas o dia não era mesmo da Yamaha já que Dovizioso recuperou a 5ªposição. Já Rossi acabou perdendo posição para Danilo Petrucci caindo para o 8ºlugar.

Lá na frente Pedrosa manteve a diferença para Marquez na casa do 1 segundo a 1 segundo e meio. Mesmo com o esforço do Tricampeão Pedrosa se manteve na liderança até o final e venceu a primeira corrida na temporada e a corrida 3000 do Mundial de motovelocidade da História. Desde de 2006 na sua estreia na MotoGP o piloto de 31 anos vence pelo menos uma corrida na temporada. Marc Marquez completou a dobradinha da Repsol Honda com o segundo lugar e se aproximou da disputa do título após uma corrida bem ruim dos pilotos da Yamaha.

Jorge Lorenzo de forma surpreendente com uma Ducati que não costuma se dar bem em pistas travadas conquistou o pódio superando a Johann Zarco que teve um começo espetacular e mesmo perdendo o pódio o piloto da Tech 3 leva a melhor Yamaha da prova a um 4ºlugar. Já Lorenzo conquista seu primeiro pódio pela Fábrica italiana que também teve Andrea Dovizioso que do 14ºlugar na largada chegou ao final da corrida chegando em 5ºlugar o que mostra força dos dois pilotos da Ducati Team para 2017.

Já a Yamaha teve um dia para esquecer. Marevick Viñales ficou em um modesto e decepcionante 6ºlugar em um fim de semana decepcionante. Mais decepcionante ainda foi para Valentino Rossi que no final de prova perdeu posições para Jonas Folger e para Aleix Espargaró chegando em uma vexatória 10ªposição. A única notícia boa que Rossi tem é que ele continua líder do campeonato com 62 pontos contra 60 de Viñales e 56 de Marquez.

Danilo Petrucci fez uma bela corrida de recuperação ficando em 7ºlugar após largar do 13ºlugar seguido de Jonas Folger com a Tech 3 e de Aleix Espargaró que leva a Aprilla nas costas com o 9ºlugar. muito na frente do Sam Lowes que se arrasta com a outra Aprilla.

Scott Redding não teve um bom dia após uma largada ruim acabou ficando em 11ºlugar com Barberá superando nos metros finais o seu companheiro de equipe na Avintia Loris Baz ficando em 12ºlugar. Bradley Smith marca 2 pontos com a KTM com o 14ºlugar e Karel Abraham fechou a zona de pontuação em 15ºlugar. Substituto de Alex Rins o Japonês Takuya Tsuda não conseguiu um ritmo de corrida suficiente para ser competitivo e ficou em 17ºlugar atrás de Sam Lowes.

Daqui a 2 semanas teremos o GP da França no circuito Bugatti de Le Mans com um campeonato totalmente embolado na luta pela liderança do campeonato.

Resultado Final da 4ªEtapa do Mundial de Motovelocidade:

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo Grid
1 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 45’26.827 1
2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda a 6.136 2
3 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati a 14.767 8
4 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 17.601 6
5 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 22.913 14
6 25 Maverick Viñales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 24.556 4
7 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati a 24.959 13
8 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 27.721 9
9 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 31.233 12
10 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 38.682 7
11 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati a 40.979 11
12 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati a 43.199 21
13 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati a 43.211 20
14 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM a 47.964 16
15 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati a 51.279 19
16 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 1’08.885 22
17 12 Takuya Tsuda Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 1’27.450 23
29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 18 Voltas 5
53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda 18 Voltas 18
35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 22 Voltas 3
43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda 22 Voltas 10
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 22 Voltas 17
44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM 22 Voltas 15

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP