Avaliação da Mclaren em 2016 – Deivison Conceição

Avaliação da Equipe:

De 2015 para 2016 foi um salto considerável da Mclaren com os motores Honda, Ainda assim um salto não satisfatório para a história que a equipe de Woking. Do 9ºlugar em 2015 a equipe inglesa que é a segunda equipe mais antiga do campeonato hoje subiu 3 posições no campeonato desse ano.

O MP4-31 se mostrou um bom carro com um motor fraco que é o motor Honda conseguiu dar trabalho. Principalmente Fernando Alonso que foi um dos melhores pilotos da temporada terminando o ano na 10ªposição do Campeonato Mundial a frente de Felipe Massa com 2 vezes um 5ºlugar como melhor resultado (Em Mônaco e nos Estados Unidos) extraindo até mais do que o carro poderia oferecer. O que não lembrou em nada seu começo da temporada aonde começou com um fortíssimo acidente no GP da Austrália que deixou o Espanhol de fora do GP do Barhein.

Stoffel Vandoorne substituiu o bicampeão mundial e mostrou seu talento levando a Mclaren a marcar o primeiro ponto na temporada. Jenson Button no ano de despedida da Formula 1 fez algumas boas apresentações sendo na Áustria seu melhor desempenho ficando em um inesperado 6ºlugar quando se esperava um desempenho fraco em um circuito de alta velocidade que é o calcanhar de Aquiles da parceria Mclaren-Honda.

brasil_sabado_2016f1-4

Com o novo regulamento para a Temporada de 2017 tendo Fernando Alonso e o jovem e talentoso Stoffel Vandoorne pode sim a equipe dar uma nova virada na sua história se recolocando na disputa do título que não acontece desde de 2012 quando a Mclaren acabou vencendo sua última corrida na Formula 1. Já 2017 será o primeiro ano sem Ron Dennis no comando da Mclaren o que é uma grande perda para a equipe que não contar mais com o Homem que ajudou a tornar o que foi a equipe principalmente nos anos 80 e 90.

Nota: 6

Números:
GPS: 42
Vitórias: 0
Poles: 0
Pódios: 0
Pontos: 76
Corridas completadas: 33
Corridas completadas na Zona de Pontuação: 17
Voltas lideradas: 0
Voltas mais Rápidas: 1
Número de Voltas Completadas: 2.215

Pilotos:

14. Fernando Alonso (Espanha)
22. Jenson Button (Inglaterra)
47. Stoffel Vandoorne (Bélgica)

Enquete para a Equipe Mclaren

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mclaren

Hamilton em Austin conquista sua 50ªvitória na Formula 1 e continua vivo na luta pelo título

Após 5 corridas chegando atrás de Nico Rosberg o piloto Inglês Lewis Hamilton até com certa facilidade conseguiu a sua 50ªVitória na sua carreira em uma corrida agitada em Austin a começar pela largada aonde Ricciardo largou melhor que Rosberg e tomou o segundo lugar do líder do campeonato, Enquanto isso Hulkenberg e Bottas se chocaram e ambos tiveram que ir aos boxes. Apenas Bottas voltou a corrida após trocar os pneus enquanto que Hulkenberg deixou a prova.

Após essa largada a classificação ficou assim: Hamilton, Ricciardo, Rosberg, Raikkonen nas 4 primeiras posições e Verstappen e Vettel brigando pelo 5ºlugar com vantagem para o piloto da Red Bull em uma belíssima disputa de posição. Felipe Massa e Carlos Sainz jr. aproveitaram as confusões e acabaram ganhando a 7ª e 8ªposições respectivamente. Sergio Perez acabou se rodando devido a um incidente com o Russo Daniil Kvyat que acabou sofrendo uma punição de 10 segundos na hora da sua parada nos boxes.

Hamilton começou a abrir diferença para Ricciardo que usou os pneus mais macios do que Rosberg que estava também levando um pouco de pressão de Raikkonen que vinha em ritmo de corrida muito bom. Lá Atrás Jenson Button vinha muito bem em sua corrida de recuperação já se colocando entre os 10 primeiros colocados assim como o Mexicano Sergio Perez que já vinha em plena recuperação.

Raikkonen e Ricciardo foram os primeiros a fazerem a suas primeiras paradas na 9ªVolta e Rosberg tinha a chance de recuperar a segunda posição, Mas o ritmo de corrida do piloto alemão não estava muito bom e dai duas voltas depois Nico foi para os boxes e colocou os pneus Médios voltando ainda na frente do Homem de Gelo. (Uma volta antes parou o holandês Max Verstappen)

O líder Lewis Hamilton parou na 12ªVolta deixando Sebastian Vettel na liderança ainda com os pneus super-macios até a 15ªVolta quando ele parou para a primeira parada nos boxes, Com isso Hamilton voltou a liderança com Ricciardo em segundo, Rosberg em 3º, Raikkonen em 4º e Verstappen vindo com tudo para buscar essa posição do piloto da Ferrari. Enquanto isso no trenzinho da Alegria (Só que não) Button, Perez, Grosjean e Palmer disputavam a 12ªposição.

A corrida acabaria para Esteban Gutierrez na volta 17, Seu carro ficou lento pela pista e tudo que foi possível se fazer foi levar o carro até os boxes de forma cuidadosa para ser o segundo a deixar a corrida. Verstappen foi para cima de Raikkonen e logo na primeira tentativa de ultrapassagem não esperou uma segunda oportunidade e assumiu o 4ºlugar e almejando a 3ªposição de Rosberg que tinha os pneus mais duros e lentos do final de semana.

Final de semana muito positivo para Sainz jr.
Final de semana muito positivo para Sainz jr.

Mais atrás Kvyat e Nasr eram os únicos a não terem ido para as paradas nos boxes, Mas estavam praticamente sem qualquer ritmo de corrida e perdendo posições de maneira fácil buscando levar o carro para fazer 1 parada nos boxes. O piloto Russo foi para os boxes na 22ªVolta e tendo de cumprir a punição de 10 segundos que tomou ele perdeu muito tempo.

Vettel começou a se aproximar de Raikkonen, Mas essa briga não iria acontecer porque o piloto Finlandês foi para os boxes para a segunda parada, Com mais um jogo de pneus macios ficou na cara que a tática dele era fazer 3 paradas voltando na frente de Felipe Massa que não tinha parado nos boxes. Na Volta 26 parou o Australiano Daniel Ricciardo para a sua segunda e última parada já que ele tinha colocado o pneu médio. Verstappen acabou antecipando sua parada e como a sua equipe não sabia dessa mudança unilateral do jovem piloto Holandês com isso o time não estava pronto e o resultado disso foi  uma parada ruim de 9.2 segundos fazendo o piloto da Red Bull para o 7ºlugar.

Após 29 voltas Hamilton lidera a prova de maneira tranquila com Rosberg em 2º e Vettel em 3º, Verstappen com problemas de Câmbio ficou bem lento no circuito tentando levar o carro até os boxes. Mas dava para ver que Max não iria conseguir e com isso ele tratou de encostar o carro na grama o que não impediu de o Safety Car virtual fosse ativado.

Com isso Hamilton, Rosberg, entre outros foram para os boxes para aproveitarem esse momento em que os pilotos estavam mais lentos nesse tempo. Com tudo isso Rosberg (Por muito pouco acabou não complicando a sua corrida quase batendo em Pascal Wehrlein) se Beneficiou e Voltou ao segundo lugar deixando Ricciardo em 3º. Quem se deu bem também foi Sainz que ganhou a 6ªposição em cima de Felipe Massa.

A corrida recomeçou e Rosberg começou a tentar buscar a diferença de 12 segundos que ele tinha que dizimar do Hamilton e ao mesmo tempo acabou tendo que aumentar a distância para Raikkonen que vinha muito rápido para cima de Ricciardo até a sua parada na volta 37, Nessa parada a Ferrari cometeu um erro fatal, A Pistola para se colocar a porca no pneu do carro do Kimi Raikkonen não tinha saído do carro quando deram a ordem para Kimi voltar para a corrida, Metros depois Raikkonen ficou lento e acabou parando deixando a prova. Antes disso o piloto da Ferrari conduziu de ré para os boxes para se evitar um Safety Car virtual no que ele conseguiu.

austin_domingo_2016_f1-1

Felipe Massa começou a aproximação em cima de Carlos Sainz jr. visando a 5ªposição com vantagem para o piloto Brasileiro que tinha os pneus mais preservados do que do piloto Espanhol, Mas Sainz jr. conseguiu segurar os ataques do piloto da Williams e nisso quem chegou nessa disputa foi Fernando Alonso que acabou se aproveitando de uma pequena falha de Felipe Massa para executar a ultrapassagem para assumir a 6ªposição, Já Felipe Massa teve de fazer uma parada porque esse toque fez um dos seus pneus furarem, Ainda assim o brasileiro conseguiu ainda voltar em 7ºlugar.

No final ainda deu tempo para Alonso tomar a 5ªposição em cima de Sainz jr. Lá na frente Hamilton levou com tranquilidade até o final da corrida para levar a vitória de número 50 em sua carreira de ponta a ponta em todas as voltas com Nico Rosberg em 2ºlugar, Apesar desse domínio o piloto Alemão ainda pode ser campeão sem precisar de vitória nenhuma, Basta ficar em 2º nas 3 provas finais para ser o campeão do mundo e existe uma chance de Rosberg ser o campeão do mundo no próximo domingo em Hermanos Rodriguez caso obtenha a vitória e Hamilton não marque ponto nenhum.

Ricciardo ganha o 6ºpódio na temporada
Ricciardo ganha o 6ºpódio na temporada

O pódio foi completado por Daniel Ricciardo que foi derrubado pelo Safety Car Virtual provocado resgate do carro de Max Verstappen. Foi o 6ºpódio do piloto Australiano que fica cada vez mais próximo do 3ºlugar no mundial de pilotos. Sebastian Vettel em mais uma corrida discreta ficou em 4ºlugar representando a Ferrari.

Fernando Alonso fez uma grande corrida colocando a Mclaren-Honda em sólida 5ªposição ajudando a Mclaren a ficar praticamente com o 6ºlugar nas mãos seguido do Espanhol Carlos Sainz jr. que conseguiu um grande final de semana ficando na 6ºposição segurando por 10 voltas a Felipe Massa que perdeu a chance de ajudar a Williams a encostar na Force India na disputa pelo 4ºlugar no mundial de construtores ficando em 7ºlugar ganhando 2 pontos sobre o time Indiano que teve o mexicano Sérgio Perez ficando em 8ºlugar marcando mais 4 pontos no campeonato. Completando a zona de pontuação o Inglês Jenson Button que largando do 19ºlugar numa grande corrida acabou levando a Mclaren para o 9ºlugar e Romain Grosjean do 17ºlugar no grid de largada para conquistar um ponto na casa da Haas no 100ºGrande Prêmio do piloto Francês.

Ponto merecido para Grosjean e a Haas em Austin
Ponto merecido para Grosjean e a Haas em Austin

Kevin Magnussen tentando sobreviver na Formula 1 lutou muito ficando perto da zona de pontuação em 11ºlugar seguido de Daniil Kvyat que teve como a melhor notícia a renovação de seu contrato. Jolyon Palmer ficou na frente de Marcus Ericsson em 13ºlugar superando o piloto da Sauber que até flertou com a possibilidade de pontuar pela primeira vez para o time suíço de novamente ficar sem marcar ponto nenhum nessa temporada.

Felipe Nasr que esta a portas de entrar na Force India no lugar de Nico Hulkenberg terminou a corrida com uma parada apenas nos boxes ficar em 15ºlugar tendo ultrapassar Valtteri Bottas que teve sua corrida comprometida logo no começo sem qualquer chance de recuperação como se esperava, alguma coisa aconteceu para o desempenho do carro ter ficado tão ruim para o piloto da Williams ter ficado apenas a frente de Pascal Wehrlein e de Esteban Ocon ambos da Manor que foram os últimos dos que completaram a corrida.

Semana que vem teremos a antepenúltima prova da temporada no México no Circuito de Hermanos Rodriguez que pode definir o título a favor de Nico Rosberg, Para Hamilton é a primeira tentativa de se evitar o Match Point em favor de seu companheiro de equipe.

Resultado final do GP dos Estados Unidos
Austin – Texas – 18ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2016

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 56 1:38:12.618 1
2 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 56 a 4.520 2
3 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG Heuer 56 a 19.692 3
4 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 061 56 a 43.134 6
5 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 56 a 1:33.953 12
6 Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 060 56 a 1:36.124 10
7 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 1 Volta 9
8 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 1 Volta 11
9 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 55 a 1 Volta 19
10 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 061 55 a 1 Volta 17
11 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 55 a 1 Volta 18
12 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 060 55 a 1 Volta 13
13 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 55 a 1 Volta 15
14 Marcus Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 061 55 a 1 Volta 16
15 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 061 55 a 1 Volta 21
16 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 1 Volta 8
17 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 1 Volta 20
18 Esteban Ocon 31 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 54 a 2 Voltas 22
19 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF16-H Ferrari 061 38 a 18 Voltas 5
20 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG Heuer 28 a 28 Voltas 4
21 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 061 16 a 40 Voltas 14
22 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 1 a 55 Voltas 7

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Toro Rosso/Williams/Haas

Em Sepang: Motor de Hamilton quebra e Ricciardo segura Verstappen conquistando 4ªVitória na Carreira

Uma vitória que caiu nas mãos da Red Bull, Esse pode ser o resumo de uma das mais agitadas etapas do mundial de 2016 de Formula 1 que acabou resultado na primeira vitória de Daniel Ricciardo nessa temporada e a 4ªVitória na carreira. Também pode até ter definido o campeonato a Favor de Nico Rosberg.

Antes da largada na volta de apresentação travou o acelerador do carro de Felipe Massa que teve de largar dos boxes.

malasia_domingo_2016-8

Mas tinha tudo para acabar mal para o Alemão da Mercedes, Na largada Hamilton manteve a ponta com Rosberg se posicionando em segundo lugar, Mas dai veio Vettel que foi a luta para passar Max Verstappen. Conseguiu, Mas atingiu a Rosberg que acabou rodando caindo para os últimos lugares, Para Vettel com a suspensão quebrada ele deixou a corrida provocando o primeiro Safety Car virtual da corrida. Nessa alguns pilotos como Massa e Kvyat para trocar a estratégia e Gutierrez e Magnussen para consertar danos em seus carros, Na largada Kyvat acabou tocando por trás do carro do piloto Dinamarquês.

malasia_domingo_2016

O Safety Car virtual saiu na 3ªVolta e a corrida recomeçou com Hamilton na frente seguido de Ricciardo, Verstappen, Perez e Raikkonen nas 5 primeiras posições. Rosberg teve de vim do 17ºlugar para tentar se recuperar na prova. Enquanto isso Raikkonen em bonita manobra passou Perez no começo da 5ªVolta indo para o 4ºlugar. Quem fez grande começo de prova foi mesmo Fernando Alonso que já estava bem colocado disputando lugar nas 10 primeiras posições com Romain Grosjean, Felipe Massa acabou tendo um dos seus pneus furados tendo de ir para os boxes fazer a 2ªparada comprometendo de vez a sua corrida que já era bem difícil.

Ao final da 8ªVolta com problemas de Freio Romain Grosjean acaba indo para a brita na entrada da ultima curva provocando a entrada do segundo Safety Car Virtual, se aproveitando desse safety car Max Verstappen vai para a sua primeira parada nos boxes colocando um novo pneu macio o que poderia fazer ele disputar a liderança com Hamilton assim como outros pilotos. Dos que não pararam Hamilton é o Líder com Ricciardo em segundo e Raikkonen em terceiro e todos eles teriam de ir para os boxes e Verstappen em 4º com 17 segundos atrás poderia estar na frente quanto todos fossem para a parada, Entre os que não pararam estavam em Destaque Esteban Ocon em 7º e Marcus Ericsson em 8ºlugar

A partir da com a saída do SCV a corrida recomeçou e Hamilton teria de tentar abrir mais 5 segundos pelos menos para vencer ou então aguentar 35 voltas com os pneus duros. Já Nico Rosberg subia de posição em Posição de maneira bem rápida. Na 13ªVolta o líder do campeonato estava já em 10ºlugar, na 16ªVolta já se colocava em 8ºlugar e nas duas voltas seguintes Rosberg ultrapassou a Marcus Ericsson e depois passou Carlos Sainz passando para o 6ºlugar enquanto que Kevin Magnussen abandonou a corrida.

Na 21ªVolta Enquanto Rosberg passou Bottas assumindo o 5ºlugar estavam Hamilton e Raikkonen nos boxes para a sua parada. Ambos colocaram pneus duros para levarem até o final da prova deixando Ricciardo na liderança, Na Volta seguinte o Australiano foi para os boxes deixando a liderança Para Max Verstappen com Hamilton em segundo lugar e destroçando a diferença para o piloto da Red Bull que foi para os boxes na 27ªVolta a segunda parada voltando para o 4ºlugar.

Bottas foi o último piloto a ir para os boxes na 30ªVolta para a sua única parada nos boxes, Rosberg foi para os boxes na 32ªVolta e voltou para o 5ºlugar e dai ele começou a partir para cima de Raikkonen que tinha problemas no recarregamento do sistema de energia na busca pelo quarto lugar na corrida, Na entrada da 38ªVolta Rosberg faz o lançe da corrida ultrapassando de forma sensacional a Raikkonen assumindo o 4ºlugar, Nessa ultrapassagem Rosberg e Raikkonen se tocaram que rendeu um dos fatos mais absurdos dessa temporada (Uma punição de 10 segundos de Acréscimo de tempo no final da prova para o piloto da Mercedes) Sobre a Punição é muito ridícula mostra o patético pensamento dos comissários de Formula 1, esta na hora de repensamos o critério de Darem punições já que Max Verstappen fez coisas bem mais abusivas e não foi se quer punido.

Por falar em Verstappen ele foi para cima de Ricciardo que não entregou posição mesmo com o piloto holandês em uma manobra fantástica o piloto Australiano conseguiu se defender e manteve o segundo lugar o que ajudava Hamilton a abrir diferença e praticamente confirmar a vitória até que na 41ªVolta quando o motor de Hamilton quebra o que pode ter definido o campeonato a favor do Rosberg que já estava no pódio em 3ºlugar. Ao mesmo temo Esteban Gutierrez deixou a prova com um dos pneus deixando o carro na prova que foi a pior corrida da Haas em 2016.

malasia_domingo_2016-1

Durante o Safety Car virtual Ricciardo e Verstappen foram para os boxes ao mesmo tempo o que deu uma vantagem para o piloto Australiano que parou antes e deixou o Holandês esperando a sua vez perdendo assim mais de 2 segundos sobre seu companheiro de equipe. Rosberg e Raikkonen também pararam nos boxes. Com o final do Safety Car virtual Ricciardo teve de tentar manter a liderança da prova e Verstappen volta a volta foi tirando a diferença e parecia que o Holandês iria conseguir a vitória, Mas nas voltas finais Ricciardo segurou essa vantagem e levou a primeira vitória nessa temporada, Uma improvável vitória que caiu no colo do piloto da Red Bull que conquistou a 4ªVitória de sua carreira de maneira brilhante segurando a Max Verstappen que acabou completando a dobradinha da Red Bull que não acontecia desde do GP do Brasil de 2013.

malasia_domingo_2016-4

Mas Rosberg pode se considerar o vencedor do dia conseguindo depois de cair para o 17ºlugar se recuperar muito bem conquistando o pódio em 3ºlugar e abrindo 23 pontos na liderança do campeonato o que é importante é o Crescimento do Rosberg que marcou 90 pontos nas últimas 4 corridas contra 48 pontos de Hamilton que agora tem que partir com tudo para a reta final se quiser conquistar o Tetracampeão do Mundo, Além disso conseguiu superar a punição de 10 segundos chegando na frente de Kimi Raikkonen que acabou em 4ºlugar para a Ferrari que não tem mais chances de título dos construtores e praticamente deu adeus ao vice-campeonato dos construtores que fica bem encaminhado para o time Austríaco.

Valtteri Bottas teve uma belíssima corrida ficando em 5ºlugar com a Williams e teve sorte ao contraio de Felipe Massa que não teve como fazer uma boa corrida com todos os problemas que teve na prova ficando apenas em 13ºlugar o que não foi bom para o time de Grove que disputa o 4ºlugar com a Force India que teve uma boa corrida com Sergio Perez segurando a Fernando Alonso ficando em 6ºlugar e Nico Hulkenberg com outra tática ficou em 8ºlugar.

Aliás corridaça de Fernando Alonso que largando do último lugar com a Mclaren-Honda que tem um novo motor para o GP do Japão e o 7ºlugar na Malásia pode mostrar que no próximo domingo a Mclaren pode ser uma grande surpresa que teve também Jenson Button em 9ºlugar marcando mais 2 pontos e consolidando mais e mais o 6ºlugar no mundial de construtores, Jolyon Palmer fecha a zona de pontuação marcando seu primeiro ponto na temporada com o 10ºlugar se tornando o 19ºpiloto a pontuar nessa temporada e pela primeira vez  a Renault pontua pela segunda vez seguida.

malasia_domingo_2016-7

Carlos Sainz jr. fica em 11ºlugar fazendo uma boa prova enquanto deu, O motor Ferrari de 2015 esta derrubando o final de campeonato da Toro Rosso definitivamente, A Seguir uma bela prova de Marcus Ericsson que destroçou Felipe Nasr nesse final de semana com o 12ºlugar contra o 15º de Nasr que ficou bem longe mesmo de confrontar com seu companheiro de equipe, Massa ficou em 13º com o Russo Daniil Kvyat que não conseguiu fazer uma boa prova muito pela primeira volta de prova, Mas não poderia fazer muita coisa pelas dificuldades da Toro Rosso. Wehrlein e Ocon completou os 17 pilotos que completaram a prova.

Semana que vem teremos o GP do Japão em Suzuka, Rosberg começa a colocar uma mão na taça e Hamilton precisa partir para o tudo ou nada se quiser ser o campeão.

malasia_domingo_2016-6

Mundial de Formula 1 – 16ªEtapa
GP da Malásia – Sepang

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Abandono Grid
1 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG heuer 56 1:37:12.776 4
2 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG heuer 56 a 2.443 3
3 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 56 a 25.516 2
4 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 56 a 28.785 6
5 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 56 a 1:01.582 11
6 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 56 a 1:03.794 7
7 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 56 a 1:05.205 22
8 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 56 a 1:14.062 8
9 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 56 a 1:21.816 10
10 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 56 a 1:35.466 19
11 Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/4 56 a 1:38.878 16
12 Marcus Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 059/5 55 a 1 Volta 17
13 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 1 Volta 10
14 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/4 00:00 a 1 Volta 15
15 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 1 Volta 21
16 Esteban Ocon 31 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 1 Volta 20
17 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 059/5 46 a 10 Voltas Abandono 18
18 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 40 a 16 Voltas Motor 1
19 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 059/5 39 a 17 Voltas Pneu 13
20 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 17 a 39 Voltas Abandono 14
21 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 059/5 7 a 49 Voltas Freios 12
22 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 0 a 56 Voltas Colisão 5

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Williams/Renault/Mercedes/Ferrari

Hamilton quebra recorde de Schumacher em Sepang e conquista a pole position

Lewis Hamilton na madrugada de ontem conquistou a pole position de número 57 com uma grande diferença para a concorrência e de quebra quebrou o Recorde do Circuito que pertencia a Michael Schumacher desde de 2004.

No Q1 a reta dos boxes estava cheia de pó branco para absolvição de fluidos que saiu devido a alguma quebra de motor de um piloto o que chegou a atrapalhar muitos pilotos. Os dois pilotos da Force India, Mercedes, Daniel Ricciardo, Valtteri Bottas só precisaram de 1 volta para garantirem a classificação. Já os outros foram para uma segunda tentativa mesmo as duas Ferrari, Felipe Massa e Max Verstappen que teoricamente não teriam problemas para passar para o Q2.

Fernando Alonso que tomou 45 posições de Punição por trocar o motor e outras peças da unidade de Potência foi para a pista apenas para participar do treino já que sua posição no grid de largada vai ser o 22ºlugar. Os eliminados foram Marcus Ericsson e Felipe Nasr da Sauber, Jolyon Palmer com a Renault e Esteban Ocono que superou pela primeira vez a Pascal Wehrlein em treino de classificação, Ambos com a Manor

Classificação do Q1:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:34.444
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:34.460
3 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:34.556
4 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:34.557
5 27 Nico Hulkenberg (Force India Mercedes) 1:34.827
6 11 Sergio Perez (Force India Mercedes) 1:35.068
7 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:35.079
8 77 Valtteri Bottas (Williams Mercedes) 1:35.166
9 22 Jenson Button (McLaren Honda) 1:35.267
10 19 Felipe Massa (Williams Mercedes) 1:35.267
11 8 Romain Grosjean (Haas Ferrari) 1:35.400
12 33 Max Verstappen (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:35.443
13 20 Kevin Magnussen (Renault) 1:35.593
14 55 Carlos Sainz (Toro Rosso Ferrari) 1:35.605
15 21 Esteban Gutierrez (Haas Ferrari) 1:35.658
16 26 Daniil Kvyat (Toro Rosso Ferrari) 1:35.695
17 9 Marcus Ericsson (Sauber Ferrari) 1:35.816
18 12 Felipe Nasr (Sauber Ferrari) 1:35.949
19 30 Jolyon Palmer (Renault) 1:35.999
20 31 Esteban Ocon (MRT Mercedes) 1:36.451
21 94 Pascal Wehrlein (MRT Mercedes) 1:36.587
22 14 Fernando Alonso (McLaren Honda) 1:37.155

No Q2 não houve uma grande disputa pelos lugares no Q3. Na teoria os carros da Mercedes, Red Bull, Ferrari, Force India e Williams ficariam com as 10 vagas para a parte final da classificação.

Mas Valtteri Bottas não fez um bom tempo e abriu brecha para a classificação de Jenson Button para o Q3 com 1:34.431 contra 1:34.577 em um bom trabalho do inglês que completa 300 GPs na sua carreira e ao mesmo tempo uma das suas últimas corridas na Formula 1, Os outros eliminados foram Romain Grosjean que perdeu um dos espelhos do seu carro ainda no Q1 e Esteban Gutierrez com a Haas que parece esta no meio do pelotão no final da temporada, Kevin Magnussen que consegue mais do que se pode fazer com o fraquíssimo carro da Renault e os dois carros da Toro Rosso com Daniil Kvyat reavivado após Cingapura na frente de Carlos Sainz jr.

malasia_sabado_2016-1

Resultado do Q2:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:33.046
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:33.609
3 33 Max Verstappen (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:33.775
4 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:33.888
5 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:33.903
6 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:33.972
7 19 Felipe Massa (Williams Mercedes) 1:34.422
8 22 Jenson Button (McLaren Honda) 1:34.431
9 27 Nico Hulkenberg (Force India Mercedes) 1:34.441
10 11 Sergio Perez (Force India Mercedes) 1:34.538
11 77 Valtteri Bottas (Williams Mercedes) 1:34.577
12 8 Romain Grosjean (Haas Ferrari) 1:35.001
13 21 Esteban Gutierrez (Haas Ferrari) 1:35.097
14 20 Kevin Magnussen (Renault) 1:35.277
15 26 Daniil Kvyat (Toro Rosso Ferrari) 1:35.369
16 55 Carlos Sainz (Toro Rosso Ferrari) 1:35.374

Na parte final Hamilton que já tinha detonado com seus adversários na segunda parte da classificação acabou detonando a concorrência fazendo a pole position na sua primeira volta com o 1:32.850 batendo o recorde da volta mais rápida em Sepang que pertencia a Michael Schumacher. Já Nico Rosberg acabou tendo uma volta bem ruim em sua primeira tentativa ficando em 5ºlugar atrás de Verstappen, Ricciardo e Raikkonen e precisou fazer uma segunda volta para garantir a primeira fila na segunda posição, Mas a 4 décimos atrás de seu companheiro de equipe.

Na Segunda fila largam o Holandês Max Verstappen e o Australiano Daniel Ricciardo Ambos com a Red Bull superando a Ferrari que ficou em parte dos treinos na frente da Equipe Austríaca, Só que a equipe italiana não conseguiu ir além da terceira fila com Vettel em 5ºlugar tirando a posição de Raikkonen que chegou a ficar em 4ºlugar na primeira metade do Q3. Completam os 10 primeiros colocados os pilotos Sergio Perez e Nico Hulkenberg da Force India, Jenson Button da Mclaren e Felipe Massa com a Williams.

Logo mais as 4 da Manha teremos o GP da Malásia de Formula 1.

Grid de largada da 16ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP da Malásia

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Fase da Classificação
1 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 1:32.850 Q3
2 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 1:33.264 Q3
3 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG Heuer 1:33.420 Q3
4 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG Heuer 1:33.467 Q3
5 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 1:33.584 Q3
6 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 1:33.632 Q3
7 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 1:34.319 Q3
8 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 1:34.489 Q3
9 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 1:34.518 Q3
10 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 1:34.671 Q3
11 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 1:34.577 Q2
12 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 059/5 1:35.001 Q2
13 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 059/5 1:35.097 Q2
14 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 1:35.277 Q2
15 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/4 1:35.369 Q2
16 Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/4 1:35.374 Q2
17 Marcus Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 059/5 1:35.816 Q1
18 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 059/5 1:35.949 Q1
19 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 1:35.999 Q1
20 Esteban Ocon 31 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 1:36.451 Q1
21 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 1:36.587 Q1
22 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 1:37.155 Q1

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Haas/Sauber

Rosberg confirma o favoritismo e conquista pole em Spa-Francorchamps

O que se previa foi o esperado, Nico Rosberg confirmou seu favoritismo e levou a pole position em Spa-Francorchamps, Com Lewis Hamilton largando na última fila é a chance do piloto alemão de até reassumir a liderança do campeonato.

Na primeira parte do treino apesar da Sauber mostrar melhoras ainda não foi o bastante para conseguir levar seus pilotos para o Q2, Nasr ficando de fora do Q2 por apenas 48 milésimos de diferença para Jolyon Palmer que acabou sendo o último classificado para a próxima fase com a Renault que conseguiu levar seus dois carros para a próxima fase da classificação.

O Alemão Pascal Wehrlein levou a Manor para o Q2 muito pelo motor Mercedes que é o mais potente da Formula 1 e o circuito belga realmente favorece a potência mais do que o carro. Tirando Fernando Alonso e Lewis Hamilton que foram punidos pelas penalizações que tiveram que pagar pelas trocas de motor que eles tiveram os eliminados acabaram sendo Nasr, Ocon que estreia na Formula pela equipe Manor, Kvyat e Ericsson. Felipe Massa conseguiu o melhor tempo da primeira fase da classificação.

Belgica_sab2016 (2)

Classificação do Q1:

1 19 Felipe Massa (Williams Mercedes) 1:47.738 
2 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:47.802 
3 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:47.912
4 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:48.019
5 27 Nico Hulkenberg (Force India Mercedes) 1:48.080
6 11 Sergio Perez (Force India Mercedes) 1:48.106
7 33 Max Verstappen (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:48.407
8 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:48.407
9 94 Pascal Wehrlein (MRT Mercedes) 1:48.554
10 77 Valtteri Bottas (Williams Mercedes) 1:48.655
11 22 Jenson Button (McLaren Honda) 1:48.700
12 21 Esteban Gutierrez (Haas Ferrari) 1:48.748
13 8 Romain Grosjean (Haas Ferrari) 1:48.751
14 20 Kevin Magnussen (Renault) 1:48.800
15 55 Carlos Sainz (Toro Rosso Ferrari) 1:48.876
16 30 Jolyon Palmer (Renault) 1:48.901
17 12 Felipe Nasr (Sauber Ferrari) 1:48.949
18 31 Esteban Ocon (MRT Mercedes) 1:49.050
19 26 Daniil Kvyat (Toro Rosso Ferrari) 1:49.058
20 9 Marcus Ericsson (Sauber Ferrari) 1:49.071
21 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:50.033

No Q2 o destaque foram os dois pilotos da Force India que mostraram a sua força que já tinha mostrado nos treinos livres de sexta-feira colocando seus dois pilotos de forma tranquila para o Q3 assim como Nico Rosberg que foi o único a virar um tempo na casa dos 1:46 com as duas Red bull, Ferrari, Force India e Williams classificadas e Jenson Button com a Mclaren-Honda pegando a última vaga para o Q3 que esteve perto da Haas com o Mexicano Esteban Gutierrez, No final do Treino Gutierrez, Grosjean, Palmer e Magnussen tentaram tempo para passar para o Q3 que no caso pelo menos da Renault, e principalmente da Manor de Pascal Wehrlein e da Toro Rosso de Carlos Sainz jr. era pedir demais.

Belgica_sab2016 (4)

Classificação do Q2:

1 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:46.999
2 33 Max Verstappen (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:47.163
3 27 Nico Hulkenberg (Force India Mercedes) 1:47.317
4 11 Sergio Perez (Force India Mercedes) 1:47.485
5 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:47.664
6 19 Felipe Massa (Williams Mercedes) 1:47.667
7 77 Valtteri Bottas (Williams Mercedes) 1:47.918
8 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 1:47.944
9 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing TAG Heuer) 1:48.027
10 22 Jenson Button (McLaren Honda) 1:48.051
11 8 Romain Grosjean (Haas Ferrari) 1:48.316
12 20 Kevin Magnussen (Renault) 1:48.485
13 21 Esteban Gutierrez (Haas Ferrari) 1:48.598
14 30 Jolyon Palmer (Renault) 1:48.888
15 55 Carlos Sainz (Toro Rosso Ferrari) 1:49.038
16 94 Pascal Wehrlein (MRT Mercedes) 1:49.320

No Q3 Nico Rosberg não deu chance para o Azar e em sua primeira volta marcou o tempo que carimbou a pole position com o tempo de 1:46.744 contra o tempo do Holandês Max Verstappen que colocou a marca de 1:46.893 com a Red Bull ambos na primeira volta que deram no Q2. A disputa pelas outras posições foi definida mesmo na última volta de cada piloto, Daniel Ricciardo acabou cometendo um erro em sua volta e acabou fazendo apenas 1:47.216 ficando de forma provisória em 3ºlugar.

Belgica_sab2016 (1)

Mas logo foi superado pelo Alemão Sebastian Vettel que abaixou sua marca para 1:47.108 tomando a 3ªposição, Mas quem ficou mesmo com essa colocação foi Kimi Raikkonen que venceu em 2004, 2005, 2007 e 2009 provando ser essa a pista que mais se casa com o piloto Finlandês colocando seu tempo a 17 milésimos de diferença atrás de Max Verstappen se colocando na casa do 1:46 formando assim a 2ªFila para a equipe Ferrari deixando Daniel Ricciardo para o 5ºlugar.

Logo depois vieram os dois carros da Force India com Sergio Perez na 6ªposição e Nico Hulkenberg na 7ªposição na frente da Williams que conseguiu levar seus dois carros para o Q3 teve Valtteri Bottas em 8ºlugar e Felipe Massa que acabou errando na sua única tentativa de volta ficando em 10ºlugar atrás de Jenson Button que levou a Mclaren para a 5ªFila em 9ºlugar.

Amanhã as 9 da manhã teremos a realização da 13ªEtapa do Mundial de Formula 1 no circuito de Spa-Francorchamps na Bélgica.

Belgica_sab2016

Grid de largada do GP da Bélgica de Formula 1

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Fase da Classificação
1 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 1:46.744 Q3
2 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG Heuer 1:46.893 Q3
3 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 1:46.910 Q3
4 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 059/5 1:47.108 Q3
5 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG Heuer 1:47.216 Q3
6 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 1:47.407 Q3
7 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 1:47.543 Q3
8 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 1:47.612 Q3
9 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 1:48.114 Q3
10 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 1:48.263 Q3
11 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 059/5 1:48.316 Q2
12 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 1:48.485 Q2
13 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 1:48.888 Q2
14 Carlos Sainz Jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/5 1:49.038 Q2
15 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 1:49.320 Q2
16 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 059/5 1:48.949 Q1
17 Esteban Ocon 31 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 1:49.050 Q2
18 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 059/5 1:48.598 Q1
19 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 059/5 1:49.058 Q1
20 Marcus Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 059/5 1:49.071 Q1
21 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 1:50.033 Q1
22 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H Sem Tempo Q1

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Williams/Ferrari/Toro Rosso