Rosberg conquista a pole em Suzuka, Treino é marcado por impressionante acidente de Kvyat

Nico Rosberg deu mostras de que vai tentar a última cartada para tentar ainda lutar pelo título da Formula 1, Vindo de 2 resultados bem ruins o Alemão conquistou a pole position. Treino que foi marcado pelo impressionante acidente de Daniil Kvyat ao final do treino, Aonde sua Red Bull depois de bater acabou Capotando fazendo com que o carro 26 ficasse destruído, Mas o piloto nada sofreu e esta apto para disputar o GP do Japão nessa madrugada aqui, Tarde lá em Suzuka.

O Treino acabou tendo uma dose de emoção devido a dúvida se a Mercedes viria competitiva o que acabou acontecendo, Aliás voltando ao domínio que ela esta tendo esse ano com exceção do GP de Cingapura que foi para se esquecer para o time alemão, Com Williams, Ferrari e Red Bull correndo atrás dos carros de Rosberg e Hamilton, Importante dizer que Rosberg dominou Hamilton em todos os treinos livres e isso ficou comprovado no treino oficial de hoje.

No Q1 acabaram eliminados os dois pilotos da Manor com Rossi acima dos 107% esperando que os comissários aceitem que ele corra, Os dois pilotos da Sauber com Nasr e Ericsson que alias rodou em uma tentativa de fazer a melhor volta e a última vaga ficou com o Inglês Jenson Button que pode estar fazendo suas últimas corridas na Formula 1 pois os boatos dele abandonar a carreira aumentam a cada dia, Para o consolo da Honda o Espanhol e também incerto para 2016 Fernando Alonso conseguiu levar a Mclaren para a 2ªFase do Treinamento. No Final da Primeira parte do Treino o Holandês Max Verstappen com a Toro Rosso Rodando no final do Treino, Por ele ter atrapalhado a vida de outros pilotos o jovem de quase 18 anos vai perder 3 posições no grid de largada e com isso larga em 18ºlugar beneficiando Jenson Button, Marcus Ericsson e Felipe Nasr que ganham com isso uma posição cada um deles.

No Q2 a Esperada eliminação do carro Mclaren-Honda de Alonso foi concretizada, pelo menos conseguiu levar o carro a segunda fase do Treino é a mostra de que a Honda não quer passar vergonha em plena casa, Os outros 3 eliminados foram Nico Hulkenberg que vai perder 3 posições devido a absurda punição que sofreu em Cingapura aonde ele foi considerado culpado no acidente com o Brasileiro Felipe Massa e isso vai Beneficiar a Carlos Sainz Jr. da Toro Rosso e Pastor Maldonado da Lotus que foram os outros 2 eliminados além do Alonso e com isso o Alemão da Force India larga em 14º. Passaram para o Q3 as Mercedes, Ferrari, Williams, Red Bull, Romain Grosjean com a Lotus e Sergio Perez com a Force India.

No Q3 devido ao acidente de Daniil Kvyat os pilotos só tiveram uma chance de fazerem suas voltas mais rápida que foi na primeira tentativa. Nico Rosberg foi o melhor dele com 1:32.584 e superou Lewis Hamilton que acabou sem uma chance de reverter esse quadro fazendo com que o Alemão conquistasse a 2ªpole na temporada e reacendendo uma pequena possibilidade de título que ele tem nesse momento devido a grande fase de Lewis Hamilton que larga em 2ºlugar.

E a Williams que estava queita sem badalação nesse final de semana acabou na hora mostrando um ótimo serviço com Valtteri Bottas superando a Sebastian Vettel e marcando o 3ºtempo, E Felipe Massa superou a Kimi Raikkonen colocando as Williams na frente das Ferraris na segunda e terceira filas respectivamente. Com Daniel Ricciardo com um chassi muito forte e um motor Fraco como é o conjunto Red Bull-Renault em 7ºlugar e Romain Grosjean que esta para ser adquirida de vez pela Renault larga em 8ºlugar. Perez e Kvyat ficaram sem tempo no Q3.

Ostresprimeiros_treinosuzuka

 

Grid de Largada
Piloto Número Equipe-Motor Chassi Tempo Etapa
1. Nico Rosberg 6 Mercedes F1 W06 Hybrid 1:32.584 Q3
2. Lewis Hamilton 44 Mercedes F1 W06 Hybrid 1:32.660 Q3
3. Valtteri Bottas 77 Williams-Mercedes FW37 1:33.024 Q3
4. Sebastian Vettel 5 Ferrari SF15-T 1:33.245 Q3
5. Felipe Massa 19 Williams-Mercedes FW37 1:33.337 Q3
6. Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF15-T 1:33.347 Q3
7. Daniel Ricciardo 3 Red Bull-Renault RB11 1:33.497 Q3
8. Romain Grosjean 8 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 1:33.967 Q3
9. Sergio Perez 11 Force India-Mercedes VJM08 Sem Tempo Q3
10. Danill Kvyat 26 Red Bull-Renault RB11 Sem Tempo Q3
11. Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso-Renault STR10 1:34.453 Q2
12. Pastor Maldonado 13 Lotus-Mercedes E23 Hybrid 1:34.497 Q2
13. Fernando Alonso 14 Mclaren-Honda MP4-30 1:34.785 Q2
14. Nico Hulkenberg * 27 Force India-Mercedes VJM08 1:34.390 Q2
15. Jenson Button 22 Mclaren-Honda MP4-30 1:35.664 Q1
16. Marcus Ericsson 9 Sauber-Ferrari C34 1:35.673 Q1
17. Felipe Nasr 12 Sauber-Ferrari C34 1:35.760 Q1
18. Max Verstappen ** 33 Toro Rosso-Renault STR10 Sem Tempo Q2
19. Will Stevens 28 Manor-Ferrari MR03 1:38.783 Q1
20. Alexander Rossi *** 53 Manor-Ferrari MR03 1:47.114 Q1
* Sofreu punição de três posições por ter sido culpado no acidente com Felipe Massa em Cingapura
** Punido com a perda de três posições por atrapalhar a volta de um dos seus adversários no treino
*** Espera autorização dos comissários para largar devido a não ter feito um tempo abaixo dos 107% na classificação

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Williams

Kvyat fecha o dia com o melhor tempo da segunda sessão em dia chuvoso

Em um dia de chuva e praticamente aonde os pilotos pouco rodaram sobre o circuito de Suzuka no Japão o Russo Daniil Kvyat conquistou o melhor tempo do dia com 1:48.277 ficando a 23 milésimos do tempo de Nico Rosberg que ficou com o segundo tempo. Pelo menos algumas perguntas foram respondidas nesse treino, Uma delas é que parece que a Mercedes deve voltar a dominar nessa corrida pelo que os seus pilotos fizeram nesse segundo treino livre aonde enquanto a pista teve condições os pilotos andaram, Quando a pista ficou impraticável com a volta da Chuva.

Alias as modificações em Suzuka parecem não terem ajudado muito para que a Água escorre para que a pista não fique alargada pois os mesmos problemas aconteceram, Apesar da Pista ser Histórica eu creio que ela pelas áreas de Escape curtas e sem muito espaço acredito que é um circuito obsoleto para a Formula 1 e cada vez mais não vejo sentido em que se continue a correr nesse traçado, Espera-se que a Chuva não venha no sábado e domingo em Suzuka e com isso a Red Bull que teve um grande desempenho hoje não vai chegar nessa briga pela pole que deve ficar com a Mercedes e a Ferrari com favoritismo para a equipe Alemã, Red Bull deverá brigar e com a Williams pelo 3ºposto das equipes nessa corrida, Mas com a vantagem toda para a equipe de Frank Williams devido ao motor Mercedes ser muito melhor que o Motor Renault.

De Resto espere muito da Toro Rosso e Force India nessa prova, A Lotus vivendo uma crise não se sabe como ela esta nessa corrida, A Sauber deve evoluir com o novo pacote aerodinâmico mas marcar pontos vai depender da corrida para eles, Mclaren deverá sofrer em Suzuka para a alegria dos Toyobeiros e tristeza da Honda e Manor vai ser a última mas deve vim melhorzinha do que veio em Cingapura.

Resultado do 2ºTreino Livre – GP do Japão

1     26     Daniil Kvyat         (Red Bull Racing)     1:48.277     –    6 Voltas
2     6     Nico Rosberg         (Mercedes)         1:48.300     –    8 Voltas
3     44     Lewis Hamilton         (Mercedes)         1:48.853     –    8 Voltas
4     3     Daniel Ricciardo     (Red Bull Racing)     1:49.097     –    10 Voltas
5     5     Sebastian Vettel     (Ferrari)         1:50.268     –    19 Voltas
6     7     Kimi Räikkönen         (Ferrari)         1:50.319     –    16 Voltas
7     55     Carlos Sainz         (Toro Rosso)         1:50.418     –    6 Voltas
8     33     Max Verstappen         (Toro Rosso)         1:50.542     –    5 Voltas
9     12     Felipe Nasr         (Sauber)             1:50.968     –    10 Voltas
10     13     Pastor Maldonado     (Lotus)             1:51.557     –    7 Voltas
11     27     Nico Hulkenberg     (Force India)         1:51.674     –    11 Voltas
12     22     Jenson Button         (McLaren)         1:51.861     –    9 Voltas
13     9     Marcus Ericsson     (Sauber)             1:51.934     –    12 Voltas
14     11     Sergio Perez         (Force India)         1:52.070     –    8 Voltas
15     8     Romain Grosjean     (Lotus)             1:52.534     –    6 Voltas
16     19     Felipe Massa         (Williams)         1:52.765     –    6 Voltas
17     14     Fernando Alonso     (McLaren)         1:55.239     –    10 Voltas
18     28     Will Stevens         (Manor)            1:58.059     –    6 Voltas
19     53     Alexander Rossi     (Manor)             1:59.419     –    7 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: Red Bull

Super Formula 2015 – Hiroaki Ishiura vence de ponta a ponta, Kobayashi conquista 2ºlugar em Okayama

Em Okayama (Aida) os pilotos japoneses dominaram a corrida, O piloto Hiroaki Ishiura da P.Mu Cerumo que fez a pole position não tomou conhecimento dos seus adversários liderando de ponta a ponta as 68 Voltas dessa etapa da Super Formula

A Corrida não teve muitas emoções, Na largada João Paulo de Oliveira pulou muito bem e saiu da 5ª colocação para o segundo lugar atrás de Ishiura, Logo a seguir vinham Kobayashi, Nojiri e Yamamoto. Na largada um acidente entre Yuji Kunimoto e  Yuichi Nakayama eliminou ambos da corrida.
Apesar de duas retas consideravelmente grandes a ultrapassagem não foi fácil de se ver e mesmo um carro inferior ao outro poderia se manter na posição se fizesse tudo direito, Andrea Caldarelli parou na 14ªVolta para trocar pneus e reabastecimento já que ele não estava conseguindo avançar na classificação da prova.

Voltas depois André Lotterer e os pilotos da parte de trás fizeram a mesma tática isso para tentarem subir na classificação da corrida. Enquanto isso a única possibilidade de disputa por posição era a de Yamamoto tentando tomar o 4ºlugar de Tomoki Nojiri mais sem sucesso.

Na Metade da corrida Ishiura, J.P. de Oliveira, Kobayashi, Nojiri e Yamamoto foram para as suas paradas nos boxes começando pelo Yamamoto e pelo Nojiri. Na Volta 35 Oliveira e Kobayashi foram para as paradas e a equipe Impul pisou na bola com o Brasileiro perdendo tempo e deixando Kamui Kobayashi do Team Kygnus assumir o segundo lugar enquanto que o Oliveira perdeu posições para Nojiri e Yamamoto ficando renegado ao 5ºlugar, Lá Atrás Lotterer disputou o 8ºlugar com o indiano Narain Karthikeyan e apesar das dificuldades o talentoso piloto alemão acabou na marra ultrapassando ao piloto da Docomo e conseguiu pelo menos salvar um ponto.

João Paulo de Oliveira tentou recuperar o 4ºlugar de Nojiri, Mas não teve sucesso nessa tentativa não, Kamui Kobayashi foi para cima de Hiroaki Ishiura nas voltas finais do certame em Okayama, Mas o piloto da Cerumo estava com a corrida sob controle e mantendo uma pequena distância que não permitia ao adversário um ataque de fato.

Kobayashi conquista um merecido segundo lugar
Kobayashi conquista um merecido segundo lugar

A Vitória de Ishiura conquistada com uma vantagem de 1.1 segundo levou o piloto a liderança do campeonato já que ele acabou em 5ºlugar em Suzuka tomando a liderança de Lotterer que só marcou um ponto com o 8ºlugar nessa etapa, O pódio foi todo Japonês com Kamui Kobayashi fazendo uma prova belíssima levando o 2ºlugar e 8 pontos e além disso um desempenho que o coloca na disputa pelo título dessa temporada e Tomoki Nojiri em 3º completou o pódio com o motor Honda, Até aqui 2 vitórias da Toyota R14A que esta levando uma vantagem sobre os Honda HR-414E.

Naoki Yamamoto recuperou um pouco do prejuizo da última volta da etapa de Suzuka aonde seu motor explodiu e ficou numa boa 4ªposição na frente de J.P. de Oliveira que continua firme e forte na disputa pelo título com o 5ºlugar, Seu companheiro de equipe o Italiano Andrea Caldarelli apostou na tática de parar cedo e funcionou essa estratégia e chegou em 6ºlugar.

Outra boa corrida de Takuya Izawa que chegou em 7º e Lotterer salvou um ponto para a equipe Tom’s Petronas que teve um final de semana para esquecer, O Substituto de Kazuki Nakajima o Japonês Kazuya Oshima deu vexame, ficou atrás a corrida inteira e ficou em 15ºlugar a 1 volta do vencedor. A Lamentar mais um abandonou do Inglês James Rossiter que tem feito um grande ano até agora mesmo que os resultados não tenham traduzido as suas belas corridas.

Nojiri leva a Domono ao pódio
Nojiri leva a Domono ao pódio

A Próxima etapa da Super Formula acontece no dia 19 de Julho em Fuji.

Resultado Final da Super Formula 2015 – Okayama (Aida)

1 38 Hiroaki Ishiura (P.MU/CERUMO · INGING SF14 TOYOTA RI4A) 1:29’49.130 168.208km/h
2 8 Kamui Kobayashi (Team KYGNUS SUNOCO SF14 TOYOTA RI4A) 1.108
3 40 Tomoki Nojiri (DOCOMO DANDELION M40S SF14 HONDA HR-414E) 15.606
4 16 Naoki Yamamoto (TEAM MUGEN SF14 HONDA HR-414E) 18.049
5 19 J.P.L.de Oliveira (LENOVO TEAM IMPUL SF14 TOYOTA RI4A) 21.641
6 20 Andrea Caldarelli (LENOVO TEAM IMPUL SF14 TOYOTA RI4A) 38.309
7 11 Takuya Izawa (REAL SF14 HONDA HR-414E) 40.496
8 2 Andre Lotterer (PETRONAS TOM’S SF14 TOYOTA RI4A) 41.338
9 7 Ryo Hirakawa (ACHIEVEMENT Team KYGNUS SUNOCO SF14 TOYOTA RI4A) 41.624
10 41 Narain Karthikeyan (DOCOMO DANDELION M41Y SF14 HONDA HR-414E) 43.697
11 65 Bertrand Baguette (NAKAJIMA RACING SF14 HONDA HR-414E) 44.305
12 64 Daisuke Nakajima (NAKAJIMA RACING SF14 HONDA HR-414E) 55.355
13 4 William Buller (FUJI×D’station KONDO SF14 TOYOTA RI4A) 58.718
14 10 Koudai Tsukakoshi (REAL SF14 HONDA HR-414E) 1’05.981
15 1 Kazuya Oshima (PETRONAS TOM’S SF14 TOYOTA RI4A) 1 Volta

Não Terminaram a corrida:

34 Takashi Koguren (DRAGO CORSE SF14 HONDA HR-414E) 31 Voltas
3 James Rossiter (FUJI×D’station KONDO SF14 TOYOTA RI4A) 51 Voltas
18 Yuichi Nakayama (KCMG Elyse SF14 TOYOTA RI4A) 68 Voltas
39 Yuji Kunimoto (P.MU/CERUMO · INGING SF14 TOYOTA RI4A) 68 Voltas

Vídeo da Corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: (twitter) dfv1991 – SYD_Yuta_M – shige1910
Vídeo: Youtube – SFRacing

Corridas Históricas: GP do Japão de 1989

Xkhczmdg

Grid de largada:

1 Ayrton Senna (McLaren/Honda) 1’38.041
2 Alain Prost (McLaren/Honda) 1’39.771
3 Gerhard Berger (Ferrari) 1’40.187
4 Nigel Mansell (Ferrari) 1’40.406
5 Riccardo Patrese (Williams/Renault) 1’40.936
6 Alessandro Nannini (Benetton/Ford) 1’41.103
7 Thierry Boutsen (Williams/Renault) 1’41.324
8 Philippe Alliot (Lola/Lamborghini) 1’41.336
9 Stefano Modena (Brabham/Judd) 1’41.458
10 Nicola Larini (Osella/Ford) 1’41.519
11 Nelson Piquet (Lotus/Judd) 1’41.802
12 Satoru Nakajima (Lotus/Judd) 1’41.988
13 Martin Brundle (Brabham/Judd) 1’42.182
14 Luis Perez-Sala (Minardi/Ford) 1’42.283
15 Alex Caffi (Dallara/Ford) 1’42.488
16 Andrea de Cesaris (Dallara/Ford) 1’42.581
17 Ivan Capelli (March/Judd) 1’42.672
18 Jean Alesi (Tyrrell/Ford) 1’42.709
19 Paolo Barilla (Minardi/Ford) 1’42.780
20 Mauricio Gugelmin (March/Judd) 1’42.880
21 Bernd Schneider (Zakspeed/Yamaha) 1’42.892
22 Emanuele Pirro (Benetton/Ford) 1’43.063
23 Olivier Grouillard (Ligier/Ford) 1’43.379
24 Eddie Cheever (Arrows/Ford) 1’43.511
25 Derek Warwick (Arrows/Ford) 1’43.599
26 Jonathan Palmer (Tyrrell/Ford) 1’43.757

Não Largaram:

René Arnoux (Ligier/Ford) 1’44.030
Michele Alboreto (Lola/Lamborghini) 1’44.063
Pierre-Henri Raphanel (Rial/Ford) 1’47.160
Bertrand Gachot (Rial/Ford) 1’47.295
Piercarlo Ghinzani (Osella/Ford) 1’44.313
Roberto Moreno (Coloni/Ford) 1’44.498
Stefan Johansson (Onyx/Ford) 1’44.582
Aguri Suzuki (Zakspeed/Yamaha) 1’44.780
Oscar Larrauri (Euro Brun/Judd) 1’45.446
J J Lehto (Onyx/Ford) 1’45.787
Gabriele Tarquini (AGS/Ford) 1’46.705
Yannick Dalmas (AGS/Ford) 1’48.306
Enrico Bertaggia (Coloni/Ford)

Em Decisão absurda Senna é Desclassificado, Prost é o Campeão de 1989 e Nannini conquista sua 1ªvitória na Formula 1

Suzuka, Japão. Mais uma vez a decisão do campeonato iria para lá e mais uma vez entre Senna e Prost dessa vez com a vantagem para Alain Prost que tinha 76 pontos, Mas já estava limitado pelos descartes e Ayrton Senna com 60 pontos que só poderia ser o campeão se conseguisse vencer as 2 últimas etapas do ano.

O Script do filme estava armado. Com os melhores carros a Mclaren dominou os treinos com Senna largando na pole position e Prost em 2º depois vindo as Ferrari de Berger e Mansell que tomaram 2 segundos das Mclaren na Classificação.

Bgcgg5lx

As Atenções estavam voltadas aos dois pilotos da Mclaren que acabaram por se desentender durante a temporada de 1989. Tanto que Alain Prost iria deixar a Mclaren e correr na Ferrari para 1990. Ambos estavam concentrados para largarem bem, mas na largada Prost pulou mais rápido que Senna e assumiu a ponta da corrida enquanto Senna se manteve na frente de Berger e assumia o 2ºlugar. Quem largou bem foi Alessandro Nannini que pulou de 6º para a 4º já quem perdeu posições foi Mansell que caiu de 4º para 6ºlugar. A Corrida acabou para as duas Minardi na primeira volta Paolo Barilla nem largou e Luis Perez-Sala se acidentou e abandonou a corrida.

Prost logo de inicio impõe ritmo fortíssimo tentando fazer Senna cair em sua armadilha, Senna já ciente disso não adotou essa estratégia de perseguir Prost no começo da corrida.

A Classificação após a primeira volta era: Prost (1:49.369), Senna (a 1.401), Berger (a 2.793), Nannini (a 3.834), Patrese (a 4.917) e Mansell (a 5.393). Na Segunda volta Bernd Schneider com a Zakspeed-Yamaha acabou fora da corrida com problemas de Câmbio (Seria a última vez que a Zakspeed participaria de um Grande Prêmio).

Prost estava impondo um ritmo de corrida fortíssimo fora da principal característica do Francês que era o rei da estratégia. O piloto que mais poupa o carro, Já Senna Andava no ritmo normal. Mansell passou Patrese antes de acabar a 2ªvolta da corrida e assumia o 5ºlugar e agora Mansell partiria pra cima de Nannini na briga pelo 4ºlugar.

Genhcyhu

Prost continuava seu ritmo fortíssimo, Mas Senna não se preocupava em ter o mesmo ritmo de Prost no começo da corrida, procurando poupar o seu carro e atacar na hora certa. Classificação após 5 voltas: Prost (8:55.296), Senna (a 3.815), Berger (a 6.219), Nannini (a 9.635), Mansell (a 12.831) e Patrese (16.242).

Senna já abria 2 segundos na frente de Berger sem ter problemas de se poupar no começo ao contraio de Prost que continuava seu ritmo forte. Lá atrás Nakajima tentava recuperar terreno após ter tido uma largada ruim. Prost fazia a melhor volta da corrida na volta 7 com 1:45.827 – Média de 199.310 km/h (123.845 Mph) Prost tinha 4.5 segundo na frente de Senna, Mas já começava a sentir o maior desgaste de pneus e logo Senna começaria a andar melhor do que Prost.

Na Volta 9 a Classificação era : Prost, Senna, Berger, Nannini, Mansell, Patrese, Boutsen, Alliot, Modena e Piquet.

Na Volta 9 Senna é finalmente mais rápido que Alain Prost. Era a partir daí que Senna começava a sua luta pela vitória. Alesi e Pirro acabaram por se enroscar no grampo e Nakajima ganhou as posições dos dois.

Na Volta 11 Prost e Senna fizeram 1:45.7 mas foi Prost que fez a volta mais rápida com 1:45.722 – Média: 199.508 km/h (123.968 Mph) a Vantagem de Prost era de 5 segundos sobre Senna, Berger estava longe já de Senna. Na volta 12 Senna fazia a melhor volta da corrida 1:45.359 passando dos 200 km de média horária (200.195 km/h).

Senna tentava se aproximar de Prost mas só conseguia tirar 1 décimo por volta. Mas Prost na volta 14 respondia fazendo a melhor volta da corrida 1:45.200 – Média de 200.498 Km/h (124.583 Mph) com isso a diferença deles era de 5 segundos, Berger estava a 12 segundos de Senna e consequentemente a 17 de Prost depois vinha Nannini e Mansell brigando pelo 4ºlugar. Na Volta 15 Senna deu o troco pra cima de Prost. 1:44.960 (200.956 km/h).

Logo Começaria a rodada de paradas para os boxes, Alliot passou reto depois da Degner. Senna na volta 17 tirava 6 décimos de Prost fazendo a diferença cair para 3.8 segundos. Na Volta 18 Mansell fazia sua troca de pneus.

Depois de 17 voltas completadas a classificação era: Prost (30:03.892), Senna (a 3.878), Berger (a 20.332), Nannini (a 24.766), Mansell (a 27.428) e Patrese (a 37.099)

As Mclaren começariam a ter tráfego de retardatários e Prost na volta 18 foi 7 décimos mais rápido do que Senna fazendo a vantagem voltar a casa dos 4 segundos. Prost começava a pegar os retardatários e eram logo três: Alesi, Chevver e Grouillard, E Prost acabou se complicou na ultrapassagem e com isso Senna diminuiu a diferença de 4.6 para 3.1 ao termino da volta 19. Senna também não deu sorte para passar os retardatários. Com isso na volta 20 Senna estava 4.3 segundos atrás de Prost. Na 20ªVolta Alessandro Nannini faz sua parada nos boxes.

Na volta 21 Alain Prost iria para os boxes para fazer a sua primeira troca, Um pit muito rápido que durou 7 segundos e 86 Centésimos. Senna assumia a liderança que era até esperado sendo que Senna não gastou tanto os pneus do que Prost que continuava a passar os retardatários como as duas Dallaras de Caffi e De Cesaris.

Boutsen e Alliot na volta 23 pararam para tocar os seus pneus, ao Final da volta 23 Senna foi para os boxes trocar seus pneus a Mclaren não trabalhou tão bem assim, o tempo foi 9.89 segundos perderam 2 segundos e 3 centésimos. A Classificação da corrida era após 24 voltas: Prost (42:47.274), Senna (4.673) , Berger (24.705), Nannini (28.542) , Mansell (29.617) e Patrese (32.490) . Piquet era o 7ºlugar e ainda não fez a sua primeira parada nos boxes.

Lzi8jvdq

Jonathan Palmer com a Tyrrell e Nicola Larini com a Osella abandonaram a corrida com 20 e 21 voltas respectivamente. (Palmer por problemas na Bomba de combustível e Larini com problemas nos freios)

Senna começava a se aproximar de Prost, sentindo que a hora de atacar Prost era agora. Patrese Trocou os pneus e com isso Nelson Piquet estava em 6ºlugar. Já estávamos na metade da corrida. A volta 25 de Ayrton Senna era a melhor volta da corrida com 1:43.904(202.998 km/h) chegando a 126 mph.

Prost e Senna negociam ultrapassagens sobre os retardatários. Senna fazia a volta mais rápida de novo com 1:43.496 (203.799 km/h) e Diminuía a distância para 3 segundos atrás de Alain Prost e acabou se livrando mais rápido de Warwick e Gugelmin que estavam tomando uma volta de Prost e Senna. Era a primeira vez que Senna começava a se aproximar de vez de Prost para a batalha.

Já Brundle não facilitou para nenhum dos dois (nem Prost, nem Senna tiveram facilidades para passar o Inglês) Na volta 29 Senna virava 2 décimos mais rápido que Prost e continuava a cair a diferença de Prost para Senna. Capelli com a sua March acabou sendo o 6ºpiloto a deixar a corrida com problemas de Suspensão. Na 30 voltas Modena foi o retardatário para ser passado, Ddessa vez nenhum dos dois teve problema e Senna virava 7 décimos mais rápido que Prost e a diferença caia para 2 segundos. Alesi era o retardatário na volta 31, Dessa vez Alesi atrapalha Senna, Mas assim mesmo Senna foi mais rápido que Prost e a diferença dele estava em 1.7 segundos.

Qxolcnaf

Motor de Grouillard na volta 31 pediu Água (quebrou) e abandonou a corrida. Piquet finalmente faz sua troca de pneus, foi o último dos pilotos a parar nos boxes para uma primeira troca. Classificação após 31 voltas: Prost (55:00.179), Senna (a 1.758), Berger (a 28.641), Nannini (a 36.006), Mansell (a 41.877) e Patrese (a 1:07.293).

Prost na volta 32 Consegue ser mais rápido nos centésimos do que Senna. Na Volta 33 Senna comete um erro e acabou e perdeu meio segundo e com isso a vantagem subiu para 2.2 segundos. Nelson Piquet na volta 34 começava a ser alvo de Prost e Senna para ser ultrapassado para levar uma volta dos dois pilotos da Mclaren.

Piquet abriu para Prost passar, Mas Senna teve dificuldade e com isso perdeu tempo e a diferença voltou a estar a casa dos 3 segundos a favor de Prost. Berger com problemas de câmbio abandonou a corrida e com isso Nannini assumiu o 3ºlugar da corrida com Mansell em 4º e Patrese e Boutsen em 5º e 6ºlugar. E Pirro e De Cesaris acabaram se chocando no hairpin e tudo foi culpa do Pirro que se chocou com De Cesaris que defendia sua posição de forma correta.

Senna tentava buscar de novo Prost e precisava ser rápido, O tempo estava acabando ou melhor as voltas estavam acabando (faltavam 16 voltas para o final), para Senna era agora ou nunca, para Prost era só se manter na frente que o Título era dele. Classificação após 36 Voltas: Prost (1:03.40.057), Senna (a 3.337), Nannini (a 46.947), Mansell (a 51.025), Patrese (a 1:17.159) e Boutsen (a 1:23.574).

Na Volta 37 Senna faz a volta mais rápida com 1:43.300 – Média de 204.185 km/h (126.875 Mph), Alliot quebra o motor Lamborghini na volta 36 e deixa a corrida após boa corrida. Jean Alesi também deixa a corrida com problemas de Câmbio. E a briga entre Prost e Senna. Nannini em Terceiro lugar estava a mais de 30 segundos atrás de Senna, mas com o Terceiro lugar administrável. 1:43.025 Senna faz a melhor volta da corrida na volta 38 e baixa a diferença para 2 segundos.

Na Volta 39 Senna baixa a diferença para 1.7 segundos. Enquanto isso Mansell fuma na Pista e com isso Mansell deveria abandonar a corrida, Mas o leão continuava na corrida achando que ainda dava para prosseguir.

No final da volta 40 Prost perde muito tempo atrás da Arrows e acaba Senna se aproximando definitivamente pra cima de Alain Prost e ambos iriam travar a batalha final em Suzuka. O Francês para matar o campeonato a favor dele enquanto Senna tenta levar o título para Adelaide. Nakajima na volta 39 deixou a corrida. (Seu motor Judd não aguentou o tranco da corrida) Mansell depois de muitas voltas fumando acabou parando com problemas com Problemas de Motor o V12 da Ferrari também não aguentou até o final, nisso Nannini se firmava em 3ºlugar que era o máximo que ele poderia conseguir com Prost e Senna na pista.

Yl8gi3mr

Senna buscava a Ultrapassagem, Mas Prost acabava Saindo mais forte na aceleração do que Senna. Nisso dava pra ver que Na reta não iria acontecer a ultrapassagem e que teria que ser numa curva e foi justamente na volta 45 em que Senna subindo a grande reta foi com ação em cima de Prost e quando Senna buscou a ultrapassagem pra cima de Prost na chicane o francês Alain Marie Pascal Prost Teve seu momento mais negro da sua carreira na Formula 1. O francês jogou o carro pra cima de Ayrton Senna, os dois batem, e ficam parados.

Z6ysjybe

Com isso o título era de Prost que estava satisfeito e deixava o carro por aí abandonando a corrida. Já Senna queria voltar e pediu para ser empurrado, com a ajuda necessária dos fiscais de pista acabou voltando ele foi conduzido para fora da Chicane e voltou a corrida com a Asa dianteira quebrada.

5pjuvhhf

Senna ele precisava ir aos boxes para trocar a Asa, mas sem ir rápido Senna acaba quebrando o bico e na Curva Degner passa reto. consegue voltar a pista e vai para os boxes. Nannini que tinha um terceiro lugar garantido e satisfeito por subir ao pódio acabou vendo a chance de vencer pela primeira vez na Formula 1. Nannini Passa depois de Senna ter de ir aos boxes tocar o bico dianteiro. Senna volta longe de Nannini e com 5 voltas para o final.

Nannini tinha uma boa distância sobre Senna e parecia que mesmo com Prost fora o Título ficaria com o Francês, Mas o problema de Prost e de Nannini era que tinha ainda Ayrton Senna na corrida.

Senna foi nas ultimas 5 voltas alucinado em cima de Nannini e mesmo com a suspensão danificada Senna tirava diferença sobre Nannini, na volta 49 a diferença era de 4.6 segundos e na volta 50 Senna se aproximava do jovem Italiano de uma forma impressionante, enquanto isso os comissários e os fiscais e homens da FIA estavam na Torre para avaliar se tinha ou não punição para Senna.

A 3 Voltas para o final da corrida Nannini na frente com Senna na sua cola, Nannini lutava pela primeira vitória na carreira e Senna lutava para vencer a corrida e levar o título para a Austrália. E a menos de 2 voltas para o final Senna passa Nannini na chicane, dessa vez sem incidente restando 2 voltas para o final Senna tinha passado Nannini de forma dramática e emocionante. E Nessas horas é que só mesmo Senna para conseguir isso.

Fplxcoit

Na pista Senna completou as duas últimas voltas na liderança e acabou cruzando na frente, numa das corridas mais emocionantes da história da Formula 1, Senna fez uma das maiores corridas em que um piloto poderia fazer na história de 39 anos de Formula 1 (67 nos dias de Hoje).

Com isso Senna levava a Disputa do título para a Austrália, Mas minutos depois os comissários de prova desclassificam Senna e deram a vitória a Alessandro Nannini. Com isso Prost conquistava o Tricampeonato. Balestre depois de um tempo ele confessava que acabou mandando punir Senna para dar o título para Prost.

Senna e a Mclaren criticaram de forma muito forte a Balestre. Com isso Balestre chegou a dar uma punição de 6 meses sem correr e de 100 mil dólares. E ainda ameaçou Tirar a Mclaren da Formula e de cassar a Superlicença de Senna caso Ron Dennis e Senna não se retratassem das palavras que eles falaram ao presidente da FISA (FIA).

O Caso é que Prost em seu momento mais sujo de sua carreira fantástica chegava ao seu tricampeonato e levava o número 1 para a Ferrari. Mas essa manobra teria uma consequência no ano seguinte. Senna não esqueceria jamais essa derrota política e iria querer a vingança. Nannini comemorava a sua primeira vitória da Carreira (Que acabaria sendo a única da carreira) Junto de Patrese e de Boutsen. Piquet que fez grande corrida com a Carroça da lotus-Judd em 4º, Brundle em 5º e Warwick em 6º Completaram a zona de pontuação.

Resultado final do GP do Japão de 1989

Fotos:

Vídeo da corrida: Motor Sports

Fonte das Fotos: Bestlap, Formel1mic

Texto: Deivison da Conceição da Silva