Em Misano – Jorge Martin no final do treino, conquista sua 8ªpole position da temporada

No circuito de Mizano a pole mais uma vez caiu nas mãos do piloto Jorge Martin da equipe Gresini. Conquistada no final da classificação.

Na primeiros 10 minutos a pole estava nas mãos dos pilotos Italianos que vinham colocando 3 ou até mesmo os 4 primeiros lugares. Bezzecchi marcou um belo tempo de 1:42.319, Mas a partir do 11ºminuto de treino, O Argentino Gabriel Rodrigo acabou marcando o melhor tempo, 17 milésimos mais rápido que o piloto da PruestelGP. Segundos depois o pole caiu na curva 1.

Parecia que o treino de Rodrigo seria comprometido. Porém, com o decorrer da classificação, Tivemos poucas mudanças de posição, Com Jakub Kornfeil em 4º e Tony Arbolino em 5ºlugar. Um destaque da Classificação era o piloto convidado Kevin Zannoni com a sua moto da TM Racing, Uma moto fabricada de forma artesanal.

A 10 minutos do final todo mundo começou a colocar um novo pneu. Bezzecchi queria que queria superar Rodrigo, Mas não conseguia acertar uma volta.

No finalzinho, Jorge Martin foi com tudo para conquistar a pole position com 1:41.878, Rodrigo melhorou seu tempo, Mas insuficiente para voltar a liderança, Logo depois, O Espanhol Aron Canet passou para a segunda posição. Na última tentativa com o cronometro zerado, Jorge Martin melhorou ainda mais o tempo para 1:41:823. Jakub Kornfeil acabou marcando o 2ºlugar, Mas sua volta cancelada acabou jogando o Tcheco para o 9ºlugar. Gabriel Rodrigo passou para o segundo lugar e Aron Canet passou para a primeira fila, Com o terceiro lugar para a Estrella Galícia.

Na segunda fila largam Fabio di Giannantonio da Gresini, Enea Bastianini da Leopard Racing e Marco Bezzecchi da Preustel GP.  Niccolò Bulega em péssima temporada consegui uma 3ªFila com o 7ºlugar. A frente de Lorenzo Dalla Porta, Jakub Kornfeil e do Japonês Ayumi Sasaki da Petronas.

E destaque para o belíssimo treino de Kevin Zannoni da TM Racing que larga em 18ºlugar entre os 30 pilotos que vão disputar o GP de San Marino, No Circuito de Misano.

Amanhã, A partir das 6 da manhã teremos a 13ªprova do Mundial de Motovelocidade – Categoria Moto 3. Promessa de mais uma grande disputa pela vitória.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de Largada do GP de San Marino
Misano – Mundial de Motovelocidade – Moto 3

pos Piloto Equipe Motor Tempo
1 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’41.823
2 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM 1’42.134
3 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 1’42.270
4 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’42.271
5 33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda 1’42.294
6 12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM 1’42.318
7 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 1’42.355
8 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda 1’42.442
9 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM 1’42.474
10 71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda 1’42.578
11 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM 1’42.662
12 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda 1’42.681
13 75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’42.694
14 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda 1’42.790
15 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda 1’42.860
16 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 1’43.071
17 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 1’43.227
18 3 Kevin Zannoni TM Racing Factory 3570 MTA TM RACING 1’43.282
19 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’43.328
20 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM 1’43.370
21 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM 1’43.409
22 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM 1’43.410
23 40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’43.632
24 65 Philipp Ottl Sudmetal Schedl GP Racing KTM 1’43.640
25 17 John McPhee CIP – Green Power KTM 1’43.830
26 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 1’43.962
27 77 Vicente Perez Reale Avintia Academy 77 KTM 1’44.163
28 55 Yari Montella SIC58 Squadra Corse Honda 1’44.233
29 81 Stefano Nepa CIP – Green Power KTM 1’44.239
30 72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda 1’44.556

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fenati sobra na chuva e vence em Motegi, Campeonato tem decisão adiada

Srfxqqrc o

Romano Fenati teve a chance de prolongar a decisão do campeonato para Phillip Island. E o piloto Italiano conseguiu com sucesso total ao vencer a prova sobre chuva em Motegi. Devido às fortíssimas chuvas que caiu na parte da Manhã no Circuito Japonês.

Devido a essas chuvas tiveram que encurtar o Warm UP e a corrida que passou para 13 voltas apenas. Logo na largada Nicoló Bulega perdeu a liderança para Niccoló Antonelli com Romano Fenati seguindo para o segundo lugar e com o piloto da Sky Racing VR46 caiu de posição e foi ficando para trás. Pior ainda foi Joan Mir que não só subiu com até caiu de posição indo do 20º para o 23ºlugar.

Fmzld7rz o

Fenati, desde das primeiras curvas ele foi para cima de Antonelli e a ultrapassagem foi questão de tempo. Na 3ªVolta o piloto da Rivacold passou o piloto da KTM e assumiu a liderança da prova e abriu a diferença.  Enquanto isso Joan Mir continuava lá atrás, Com muito medo de cair ele não conseguiu subir na classificação. Enquanto isso alguns pilotos se destacavam como o Italiano Marco Bezzecchi que superou o piloto da Estrella Galícia e assumiu a terceira posição, Com a defasada moto da Mahindra.

3gobqxft o

Enquanto isso Nicolo Bulega vinha disputando posições intermediárias. Não só o pole position estava mal na prova. Outros pilotos como Jorge Martin,Vinham muito mal na corrida além do Joan Mir.

Na parte final da prova Canet ainda perdeu mais uma posição e caia para o 5ºlugar, Superado pelo piloto da SIC58 Tatsuki Suzuki . Ao final da prova Romano Fenati administrou sua vantagem e conquistou a vitória em Motegi. Além dos 25 pontos, ele conseguiu adiar a decisão para Phillip Island. Ainda é difícil para o piloto da Rivacold levar o campeonato, Mas a corrida de hoje pode ser um duro golpe para Joan Mir que chegou em 17ºlugar. Ficando de fora pela primeira vez da zona de pontuação na temporada 2017.

Cvkrnu9z o

Niccolò Antonelli após tantas corridas ruins na temporada acaba por finalmente fazer uma bela corrida. Foi seu primeiro pódio na temporada com o 2ºlugar nessa prova chuvosa com sua KTM, chegando a menos de 1 segundo a frente de Marco Bezzecchi que levou uma moto totalmente defasada para o pódio em 3ºlugar. Foi uma exibição soberba do piloto da CIP que faz sua estreia na Moto 3 nesse ano.

Pdy53iki o

Quem também fez uma bela corrida foi Tatsuki Suzuki que fez bonito na sua casa. Um 4ºlugar muito respeitável com a moto de uma equipe Modesta como é a SIC58 Squarda Corse. Atrás do Nipônico, terminou o sonho do título para Aron Canet que terminou no 5ºlugar e agora não pode mais alcançar Mir na classificação do campeonato. O piloto da Estrella Galícia terá uma nova chance de vencer o campeonato em 2018, já que ele vai ficar na categoria em 2018.

Wklw3unw o

Phillip Oettel fez uma bela recuperação chegando em 6ºlugar. Fabio di Giannantonio fez uma corrida razoável com o 7ºlugar. Uma bela prova de Jakub Kornfeil com a Pegueot que também esta saindo da Moto 3 ao fim da temporada. Quem sabe se a marca Francesa tentasse continuar na categoria? O 8ºlugar do checo poderia ser algo para a marca refletir sobre essa decisão.

E4g5dp7t o

Bo Bendsneyder e John Mcphee fecharam os top 10. Semana que vem Fenati terá a chance de evitar mais um match point em Phillip Island. Ou então Mir vai definir o campeonato a favor dele, Que ainda esta muito na mão do piloto da Leopard, Mas depois da corrida de hoje, Tudo pode acontecer nessas 3 provas finais do campeonato.

Rpq0qdun o

Resultado final da 15ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
Moto 3 – Motegi – GP do Japão

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 29’22.278
2 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 4.146
3 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra MGP3O 5.013
4 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW 8.767
5 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW 12.827
6 65 Philipp Ottl Südmetall Schedl GP Racing KTM RC250GP 14.865
7 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW 15.482
8 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O 15.625
9 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 15.947
10 17 John McPhee British Talent Team Honda NSF250RW 16.216
11 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda NSF250RW 16.414
12 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 18.783
13 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 19.057
14 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 19.536
15 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW 21.208
16 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW 22.731
17 36 Joan Mir Leopard Racing Honda NSF250RW 23.879
18 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 23.935
19 11 Livio Loi Leopard Racing Honda NSF250RW 33.663
20 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 34.695
21 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda NSF250RW 39.533
22 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O 48.473
23 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW 1’30.837
24 70 Tom Toparis Cube Racing KTM RC250GP 2’18.580
58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM RC250GP a 2 Voltas
19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM RC250GP a 4 Voltas
71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda NSF250RW a 4 Voltas
7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda NSF250RW a 7 Voltas
96 Manuel Pagliani CIP Mahindra MGP3O a 12 Voltas
48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 MahindraMahindra MGP3O a 13 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

No Fim da Temporada da Moto 3 Binder vive um quase Review de Jerez, se recupera e vence em Valência

Brad Binder na prova de encerramento do Mundial de Motovelocidade da categoria inicial do evento que é a Moto 3 mostrou o que foi uma síntese da temporada inteira que foi um domínio dele no ano todo com direito a uma recuperação incrível.

No grid de largada a pole position ficou com o Espanhol Aron Canet da Estrella Galícia com Brad Binder em 2º e Hiroki Ono em Terceiro lugar. Logo depois vinham Guevara, Oettl, Bastianini, Mir, Dalla Porta, Di Giannantonio e Hanika que deram a volta de apresentação. Mas quando foram para a largada o  pole position Aron Canet com problemas em sua moto acabou sendo retirado do grid tendo de largar dos boxes o que matou a possibilidades em relação a disputa de vitória na sua casa.

Na largada Hiroki Ono assumiu a liderança e ficou ponteando a corrida por pouco tempo pois Enea Bastianini que estava em 2ºlugar acabou passando o piloto da Honda Asia Team e assumindo o 1ºlugar com Binder em 2º que também passou o Japonês que foi rebaixado para o 3ºposto. Ao Final da primeira Volta o Argentino Gabriel Rodrigo perdeu o controle da sua moto e acabou levando para o chão o italiano Francesco Bagnaia que vinha disputando o vice-campeonato com o outro italiano da Gresini Enea Bastianini. Na Segunda Volta Binder acabou cometendo um erro e acabou caindo do 2ºlugar para o 22ºlugar o que significaria muito trabalho pela frente para o campeão de 2016 da Moto 3 (Mas Lembrem-se da corrida de Jerez)

moto23_valencia2016-12

Joan Mir assumiu a liderança da prova isso depois de 4 voltas com a dupla da Gresini em 2º (Bastianini) e 3º (di Giannantonio) colocados e Andrea Migno com a moto da equipe VR46 vinha em 4ºlugar vinha chegando nessa disputa. Jakub Kornfeil que largou lá atrás em grande recuperação já estava em 9ºlugar.

No começo da 6ªVolta Lorenzo Dalla Porta acabou sofrendo um acidente impressionante mas nada aconteceu com o piloto Italiano que fez um bom final de campeonato substituindo ao Romano Fenati que deixou a equipe VR46 no meio do campeonato. Fábio di Giannantonio foi para cima de Bastianini e não respeitando a hierarquia acabou assumindo o segundo lugar, Binder já vinha em 16ºlugar e Canet ainda estava nas últimas posições.

moto23_valencia2016-8

Brad Binder estava igual a Jerez passando todos que ele vinha pela frente e se recuperando de maneira rápida. Na 9ªVolta Andrea Migno Passou Bastianini e Di Giannantonio e uma só vez passando para o 2ºlugar e que passou para a liderança porque Mir assumiu a liderança na curva 14 quando estava com a Bandeira amarela (Isso iria acontecer com mais alguns pilotos durante a corrida) Com isso o piloto da Leopard tinha que ceder uma posição deixando Migno em 1º com Mir, Bastianini, Di Giannantonio e Kornfeil em impressionante recuperação já se colocando na 5ªposição.

Mir voltou a liderança na11ªVolta enquanto que Brad Binder entrava na zona dos 10 primeiros colocados ao passar o Espanhol Jorge Martin e partia para cima de Raul Fernandez que substituiu a Maria Herrera que sofreu um acidente em Sepang o que provavelmente tirou ela da etapa final do campeonato. Na 16ªVolta Migno e Bastianini partiram para o ataque em Joan Mir que foi ultrapassado por ambos que assumiram as 2 primeiras posições, Na mesma volta Binder passou do 8ºluigar para o 6ºlugar ultrapassando a Jorge Navarro e a Juanfran Guevara e partia já para disputar posição com o checo Kornfeil.

moto23_valencia2016-13

Fabio Giannantonio voltou a tomar o 2ºlugar de Enea Bastianini enquanto que Brad Binder ultrapassou Kornfeil subindo para o 5ºlugar, Logo depois o Sul-africano passou os dois pilotos da Gresini sendo Bastianini primeiro e depois di Giannantonio passando para o 3ºlugar. Vendo que a situação poderia ficar ruim o Espanhol Joan Mir foi para cima de Migno a 7 Voltas do final e usando a potência da sua Leopard-KTM ultrapassa o italiano voltando a liderança da prova.

moto23_valencia2016-7

Andrea Migno estava na alça de mira de Binder que executa ultrapassagem na 22ªVolta para se recolocar em 2ºlugar e isso não iria satisfazer o piloto da Ajo KTM que iria para cima de Mir para coroar o ano com a vitória em Valência. A 4 Voltas do final Binder na reta ultrapassa Mir e assume a liderança e parecia que ele iria levar na tranquilidade até o final da prova, Mas a 2 voltas do final Binder erra e perde posição para Mir e Migno que brigavam pelo 2ºlugar para Bastianini caindo para o 4ºlugar.

Sem problemas para o Sul-Africano que já largou de último para ganhar em Jerez e já Tinha caindo do 22ºlugar para a liderança a 4 voltas do fina. Na penúltima volta passa Migno e se aproveita do erro de Bastianini que erra a curva 2 subindo para o segundo lugar antes da volta final aonde ele colou em Joan mir e só teve o trabalho de passar o piloto da Leopard de maneira ridiculamente fácil.

Ao Final Brad Matador Destruidor Binder venceu conquistando a marca de 7 Vitórias na temporada e conquistando 319 pontos sendo a maior pontuação entre os 3 campeões das 3 categorias do Mundial de Motovelocidade. Depois da Bandeirada Brad Binder comemorou com seu irmão Darryn Binder e com o Estreante Raul Fernandez de que foi muito bem chegando em 11ºlugar.

moto23_valencia2016-10

Joan Mir com o 2ºlugar acabou ganhando o título de Rookie do ano superando a Andrea Migno que fechou o último pódio da temporada de 2016 da Moto 3. Enea Bastianini com o 4ºlugar conquistou o vice-campeonato da Moto 3 e vai em 2017 correr na Estrella Galícia sendo o principal favorito ao campeonato do ano que vem. Fechando os 10 primeiros colocados chegaram di Giannantonio, Guevara, Kornfeil que fez uma grande corrida de recuperação, Oettl, Navarro e Jorge Martin.

Semana que vem teremos um resumo das temporadas da Moto 3, Moto 2 e Moto GP aqui no PortalSportszone.

Resultado final da 18ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
Moto 3 – GP da Comunidade Valenciana

1 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) 40’13.777 – 26 Voltas
2 36 Joan Mir (Leopard Racing KTM) a 0.056
3 16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) a 0.081
4 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Moto3 Honda) a 0.147
5 4 Fabio di Giannantonio (Gresini Racing Moto3 Honda) a 0.713
6 58 Juanfran Guevara (RBA Racing Team KTM) a 0.899
7 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 2.683
8 65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing KTM) a 3.145
9 9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 5.263
10 88 Jorge Martin (Pull & Bear Aspar Mahindra Team Mahindra) a 7.921
11 31 Raul Fernandez (MH6 Team KTM) a 8.081
12 40 Darryn Binder (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 8.250
13 64 Bo Bendsneyder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 8.603
14 20 Fabio Quartararo (Leopard Racing KTM) a 9.283
15 11 Livio Loi (RW Racing GP BV Honda) a 9.358
16 23 Niccolò Antonelli (Ongetta-Rivacold Honda) a 9.527
17 8 Nicolo Bulega (SKY Racing Team VR46 KTM) a 9.652
18 24 Tatsuki Suzuki (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 9.950
19 44 Aron Canet (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 16.838
20 55 Andrea Locatelli (Leopard Racing KTM) a 18.712
21 76 Hiroki Ono (Honda Team Asia Honda) a 18.737
22 98 Karel Hanika (Freundenberg Racing Team KTM) a 18.976
23 63 Vicente Perez (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 19.039
24 12 Albert Arenas (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 24.297
25 89 Khairul Idham Pawi (Honda Team Asia Honda) a 24.526
26 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) a 25.331
27 7 Adam Norrodin (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 25.370
28 77 Lorenzo Petrarca (3570 Team Italia Mahindra) a 48.829
29 26 Daniel Saez (GA Competicion KTM) a 48.861
30 99 Enzo Boulom (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 49.282
31 43 Stefano Valtulini (3570 Team Italia Mahindra) a 1’12.409

Não Terminaram a corrida:

42 Marcos Ramirez (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 17 Voltas
48 Lorenzo Dalla Porta (SKY Racing Team VR46 KTM) a 21 Voltas
19 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) a 26 Volta
21 Francesco Bagnaia (Pull & Bear Aspar Mahindra Team Mahindra) a 26 Volta

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Francesco Bagnaia resiste as quedas em Sepang e conquista vitória na Moto 3

A Primeira corrida do dia foi uma corrida que misturou quedas e insensibilidade da direção de corrida em deixarem a corrida acontecer em uma pista que estava em condições muito adversas o italiano Francesco Bagnaia acabou resistindo a todas as adversidade e sem cair acabou levando a sua Mahindra da Aspar Martinez para a vitória em Sepang.

Na largada Binder manteve a liderança com uma ótima largada de Gabriel Rodrigo que assumiu a 2ªposição com Bagnaia e Dalla Porta nas 4 primeiras posições. Na primeira volta 2 incidentes acabaram tirando 7 pilotos ainda na primeira volta. No primeiro deles tirou da corrida Ayumu Sasaki que substituiu a Enea Bastianini, Andrea Migno e Juanfran Guevara acabaram caindo, Somente Migno continuou e os outros abandonaram.

Na segunda já foi mais grave, tudo começou com a queda de Jorge Martin na curva 5 e de forma perigosa acabou levando Nicolo Bulega que teve sua moto totalmente destruída, Aron Canet e Phillip Oettl. O piloto da Estrella Galícia sentiu a queda, Mas depois se constatou que Canet não teve maiores consequências maiores.

motovelocidade_sepang_2016dom-3

Agora o grande problema da corrida foi na 4 volta com Joan Mir em primeiro, Binder, Bagnaia e Dalla Porta disputando o primeiro lugar até que na curva 7 Mir, Binder e Dalla Porta acabaram caindo após passarem por uma poça d’água o que fez os três caírem e um pouco mais atrás também caiu o italiano Fabio di Giannantonio que voltou a corrida, a Partir dai a corrida deveria ter sido paralisada, Binder voltou para a pista com a moto toda sem nenhuma carenagem da sua moto.

Com tudo isso o líder passou a ser Francesco Bagnaia com Kornfeil em segundo e a seguir Antonelli, Navarro e Bendsneyder disputavam o 3ºlugar. Na volta seguinte Niccolò Antonelli e Jules Danilo (que estava um pouco mais atrás) caíram na mesma curva, A situação da pista estava muito complicada.

Bagnaia ganhava cada vez mais vantagem enquanto que Kornfeil, Bendsneyder e Navarro vinham em um segundo pelotão. Um pouco mais atrás Andrea Locatelli, Marcos Ramirez, Pawi, Livio Loi, Maria Herrera disputavam posição, Mas quem crescia na prova era o Francês Fábio Quartararo que já estava em 5ºlugar.

A 8 Voltas do final na curva 15 Jorge Navarro caiu e deixou  a corrida também, Naquela altura do campeonato Brad Binder que foi para os boxes depois da queda e a equipe Red Bull KTM Ajo fez um brilhante trabalho colocando toda a nova carenagem em menos de 6 minutos voltando a 3 voltas do líder podendo até marcar pontos já que tínhamos poucos pilotos na pista.

motovelocidade_sepang_2016dom-1

Na parte final de prova Bagnaia tinha mais de 7 segundos na frente de Kornfeil e Bendsneyder que disputavam a segunda posição com Fábio Quartararo chegando nessa disputa e pelo desempenho ele iria engolir ambos. Mas com o acidente da Espanhola Maria Herrera que acabou se chocando com Livio Loi ela acabou caindo e finalmente a corrida foi encerrada a 3 voltas do termino, Com isso a vitória de Francesco Bagnaia foi confirmada com Jakub Kornfeil em 2º e Bo Bendsneyder da Holanda completando o pódio em 3ºlugar.

motovelocidade_sepang_2016dom-2

Fábio Quartararo bateu de novo na trave na disputa do pódio ficando em 4ºlugar com a moto da Leopard que teve um bom dia com Andrea Locatelli chegando bem colocado em 5ºlugar. O Espanhol Marcos Ramirez em mais uma boa corrida sendo um dos destaques dos final da temporada.

Gabriel Rodrigo em uma corrida comedida chegando a ficar em 2ºlugar no começo da prova acabou a corrida apenas em 7ºlugar. Os dois pilotos da casa chegaram ao final da corrida com Pawi se exibindo bem completando a corrida em 8ºlugar e o piloto Hafiq Azmi substituindo o Escocês John McPhee ficando em 11ºlugare. Os pilotos Livio Loi e Darryn Binder completaram os 10 primeiros colocados.

Stefano Valtulini e Lorenzo Petrarca marcaram os primeiros pontos da carreira nessa prova ficando em 13º e 14ºlugares respectivamente, Brad Binder completou a prova em 17ºlugar a 3 voltas do vencedor.

Daqui a 2 semanas teremos a última etapa do Mundial de motovelocidade

Resultado final do GP da Malásia do Mundial de Motovelocidade
Moto 3 – Sepang

1 21 Francesco Bagnaia (Pull & Bear Aspar Mahindra Team Mahindra) 29’29.351 em 15 Voltas
2 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 7.108
3 64 Bo Bendsneyder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 7.253
4 20 Fabio Quartararo (Leopard Racing KTM) a 8.469
5 55 Andrea Locatelli (Leopard Racing KTM) a 12.414
6 42 Marcos Ramirez (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 12.706
7 19 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) a 13.387
8 89 Khairul Idham Pawi (Honda Team Asia Honda) a 13.506
9 11 Livio Loi (RW Racing GP BV Honda) a 14.445
10 40 Darryn Binder (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 38.777
11 38 Hafiq Azmi (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 45.827
12 23 Niccolò Antonelli (Ongetta-Rivacold Honda) a 48.899
13 43 Stefano Valtulini (3570 Team Italia Mahindra) a 49.648
14 77 Lorenzo Petrarca (3570 Team Italia Mahindra) a 49.842
15 4 Fabio di Giannantonio (Gresini Racing Moto3 Honda) a 1’15.163
16 48 Lorenzo Dalla Porta (SKY Racing Team VR46 KTM) a 1 Volta
17 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 3 Voltas

Não Classificaram para a corrida:

6 Maria Herrera (MH6 Team KTM) a 13.793
95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) a 7 Voltas
9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 8 Voltas
12 Albert Arenas (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 10 Voltas
36 Joan Mir (Leopard Racing KTM) a 11 Voltas
24 Tatsuki Suzuki (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 11 Voltas
16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) a 11 Voltas
8 Nicolo Bulega (SKY Racing Team VR46 KTM) a 12 Voltas
88 Jorge Martin (Pull & Bear Aspar Mahindra Team Mahindra) a 15 Voltas
44 Aron Canet (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 15 Voltas
65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing KTM) a 15 Voltas
58 Juanfran Guevara (RBA Racing Team KTM) a 15 Voltas
7 Adam Norrodin (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 15 Voltas
71 Ayumu Sasaki (Gresini Racing Moto3 Honda) a 15 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Largando de trás Pawi sobra na chuva e conquista 2ªVitória na sua carreira

Sob chuva o piloto Malaio Khairul Idham Pawi que largou do 20ºlugar se sentiu a vontade no circuito de Sachsering e fez uma prova irretocável para a sua segunda vitória no campeonato e da sua carreira na Moto 3. Na Largada o piloto Enea Bastianini continuou na liderança, Mas logo o piloto Holandês Bo Bendsneyder veio disputar o primeiro lugar com o piloto da Gresini nas primeiras voltas, Nessas primeiras voltas pela primeira vez na sua história a Pegueot liderou uma corrida do Mundial de motovelocidade com o piloto Escocês John McPhee que andou muito bem a corrida inteira.

A Honda chegou a fazer uma Dobradinha em Sachsering
A Honda chegou a fazer uma Dobradinha em Sachsering

Mas logo Pawi e seu companheiro de equipe Hiroki Ono foram para cima dos líderes e assumiram as duas primeiras posições com o piloto Malaio no comando e com Ono na cola dele até a 9ªVolta quando o piloto Japonês acabou salvando uma queda praticamente certa e acabou indo para a brita perdendo muitas posições, 3 Voltas depois a queda do piloto da Honda Team Asia que o fez ele deixar a corrida.

Sachsering_alemanha_moto3_2016 (3)

Pawi no decorrer da prova teve mais de 10 segundos de diferença, Já disputando o pódio Andrea Locatelli acabou subindo para o 2ºlugar, Bastianini em 3ºlugar conseguia segurar a pilotos como John McPhee que estava querendo um grande resultado para a estreante Pegueot e para o Kornfeil e Fabio di Giannantonio que estavam em uma crescente na prova.

A Disputa que chamou a atenção da corrida foi a briga entre os 2 primeiros colocados do campeonato Brad Binder e Jorge Navarro disputando uma posição intermediária na zona de pontuação (7ºLugar). Com uma moto Melhor O Espanhol ganhou essa posição e chegou a ganhar mais duas posições subindo para o 5ºlugar, Mas acabou cometendo um erro caindo para o 7ºlugar e com isso conseguindo marcar um ponto a mais que o Brad Binder.

Pawi foi até o final da prova e acabou levando a vitória no molhado pela 2ªVez (A Primeira foi na Argentina nesse ano) mostrando uma impressionante habilidade de correr em uma situação de tempo (Com Chuva) Critica colocando 11 segundos sobre o segundo colocado o Italiano Andrea Locatelli que conquistou o primeiro pódio na carreira e o primeiro da Leopard na temporada e Enea Bastianini completou o pódio com a Moto da Gresini.

A Melhor corrida da Pegueot na Moto 3 até agora
A Melhor corrida da Pegueot na Moto 3 até agora

uma bela corrida de Jakub Kornfeil que cresceu muito na corrida e chegando na 4ªposição, O jovem Fabio di Giannantonio que continua impressionando muito na sua temporada de estreia chegando em 5ºlugar e uma belíssima corrida de John McPhee que ainda tem uma moto em começo de desenvolvimento e acabou aproveitando a chuva para colocar a Pegueot na 6ªposição. Jorge Navarro conseguiu tirar 1 ponto da distância ainda confortável de Binder na luta pelo título do Mundial de Motovelocidade na categoria inicial ficando em 7ºlugar, Completaram os 10 primeiros colocados o piloto da Ongetta-Rivacold Jules Danilo que teve de ser o único piloto do time na linha de combate que acabou tendo a ausência de Niccolò Antonelli que sofreu um acidente no Warm Up e não pode correr devido a gravidade do acidente (O mesmo aconteceu com a Maria Herrera) e o Vencedor da corrida em Assen Francesco Bagnaia ficou em 10ºlugar.

No dia 14 de Agosto teremos a 10ªetapa do Mundial da Moto 3 em Red Bull Ring na Áustria que volta ao Mundial de Motovelocidade nesse ano.

Sachsering_alemanha_moto3_2016 (1)

Mundial de Motovelocidade – Moto 3
Resultado final – GP da Alemanha

1 89 Khairul Idham Pawi (Honda Team Asia Honda) 47’07.763 – 27 Voltas
2 55 Andrea Locatelli (Leopard Racing KTM) a 11.131
3 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Moto3 Honda) a 13.359
4 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 18.541
5 4 Fabio di Giannantonio (Gresini Racing Moto3 Honda) a 20.620
6 17 John McPhee (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 20.698
7 9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 20.910
8 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 23.333
9 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) a 30.318
10 21 Francesco Bagnaia (Pull & Bear ASPAR Mahindra Team Mahindra) a 31.095
11 24 Tatsuki Suzuki (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 37.688
12 64 Bo Bendsneyder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 45.005
13 19 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) a 47.793
14 11 Livio Loi (RW Racing GP BV Honda) a 48.073
15 44 Aron Canet (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 56.921
16 10 Alexis Masbou (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 1’10.787
17 65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing KTM) a 1’13.873
18 5 Romano Fenati (SKY Racing Team VR46 KTM) a 1’14.813
19 97 Maximillian Kappler (KRM-RZT KTM) a 1’15.203
20 43 Stefano Valtulini (3570 Team Italia Mahindra) a 1’15.434
21 27 Tim Georgi (Freudenberg Racing Team KTM) a 1’23.906
22 22 Danny Webb (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 1’38.548
23 20 Fabio Quartararo (Leopard Racing KTM) a 1 Volta

Não Completaram a corrida:

8 Nicolo Bulega (SKY Racing Team VR46 KTM) a 13 Voltas
7 Adam Norrodin (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 15 Voltas
76 Hiroki Ono (Honda Team Asia Honda) a 16 Voltas
88 Jorge Martin (Pull & Bear ASPAR Mahindra Team Mahindra) a 17 Voltas
16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) a 17 Voltas
40 Darryn Binder (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 19 Voltas
58 Juanfran Guevara (RBA Racing Team KTM) a 19 Voltas
77 Lorenzo Petrarca (3570 Team Italia Mahindra) a 20 Voltas
36 Joan Mir (Leopard Racing KTM) a 27 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP