Portal Sportszone » Blog Archives

Tag Archives: Honda

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Dovizioso parte do 9ºlugar, Contra tudo e contra todos, conquista vitória em cima de Marquez em Motegi

Published by:

Jwuiajdt o

O Cenário para uma corrida complicada sobre chuva estava montado, Mas o desfecho não foi o que se prometia! Foi bem melhor do que pensamos. Com uma belíssima briga até o final da prova entre os 2 primeiros colocados do campeonato de 2017, Que durou até a curva final.

Na largada Zarco tentou ficar na ponta, Mas foi superado por Marc Marquez que assumiu a primeira posição com Zarco perdendo o segundo lugar curvas depois para Jorge Lorenzo que começou muito bem também. E não se contentando com isso e se aproveitando que a Moto do líder não estava tão competitiva naquela altura da prova. Lorenzo assumiu a liderança na metade da primeira volta.

Q0fuf3el o

Danilo Petrucci também passou Marquez e partiu para cima do Lorenzo e passou para a liderança, Com uma moto da Pramac Ducati de 2017 passando um piloto da Ducati oficial. E assumiu a liderança da prova.  Logo Lorenzo foi ficando para Marquez que acabou se livrando do gladiador do asfalto e assumiu o segundo lugar.

Lorenzo acabou despencando e perdeu posições para o 6ºlugar, Perdendo posições para Andrea Dovizioso que rapidamente subiu do 9ºlugar do Grid de largada para a terceira posição, de Johann Zarco e de Andrea Iannone que vinha em bom final de semana com a Suzuki. Já Rossi vinha em 9ºlugar a frente de Viñales e de Pedrosa.

Tzoyacgo o

As primeiras quedas foram de Cal Crutchlow e de Karel Abraham. A queda que chamou a atenção na prova foi a queda de Valentino Rossi que acabou indo para chão, Deixando a prova e deixando a disputa do campeonato que já estava bem difícil. Petrucci (Que estava em busca de sua primeira vitória) chegou a abrir 1.6 segundos de Marquez, Mas o piloto da Honda fez voltas mais rápidas e se aproximou de Petrucci em 3 voltas apenas e vinha trazendo Dovizioso, que estava um pouco longe dos dois primeiros colocados.

Qliklfuf o

Os três primeiros lugares deixaram para Trás o piloto da Tech 3, Johann Zarco que vinha pressionado pelos dois pilotos da Suzuki Andrea Iannone e Alex Rins que estavam ao mesmo tempo disputando o 5ºlugar. O jovem Rins passou o primeiro piloto da equipe e assumiu o 5ºlugar passando a pressionar Zarco. Na 14ªVolta a Formiga atômica passou Petrucci e assumiu a liderança da prova. Petrucci tentou voltar a ponta, Mas acabou ultrapassado pelo vice-líder do campeonato na volta seguinte.

Lgu2xpex o

Na parte final de prova a disputa foi intensa entre Marquez e Dovizioso, Parecia que Marquez iria conseguir garantir a vitória com tranquilidade, Mas não foi isso o que aconteceu. Dovizioso partiu para cima da Formiga Atômica. Na 19ªVolta o piloto da Ducati ultrapassa Marquez e assume a liderança e abre 1 segundo sobre Marquez.

Marquez não desiste da luta pela vitória. Ele tira o 1 segundo de diferença entre ele e o Dovizioso e na volta seguinte a Formiga Atômica passa o Estrategista e volta a primeira posição. Enquanto Marquez lutava pela vitória. Seu companheiro de equipe Dani Pedrosa, tinha problemas e acabou abandonando a prova após ser passado por vários pilotos do pelotão do fundo.

Zb2sdw7z o

Na volta final parecia que Marquez iria levar a prova até que na curva 8 ele acabou dando uma errada e deu a chance de Dovi se aproximar e na reta final o piloto usou toda a sua potência da Ducati para conseguir a ultrapassagem. Parecia que a vitória estava nas mãos. Porém na volta final Marquez foi com tudo, Sem tomada, Querendo vencer a prova …

… Mas vendo Marquez passar sem tomada, O Estrategista Dovizioso bastou afazer a curva normalmente, recuperar a liderança e conquistar a 5ªVitória da temporada de 2017. Baixando a diferença de 16 para 11 pontos para Marc Marquez, que fez uma prova estupenda também. Mas ficou a 249 milésimos da vitória.

2brkyigt o

O pódio foi completado por Danilo Petrucci da Pramac Ducati que conquista seu 3ºpódio nessa temporada, Que vem sendo muito boa mesmo. Não conseguiu a primeira vitória, Mas ficou bem a frente de Andrea Iannone. E por falar no Iannone, Eis que finalmente ele faz uma bela corrida com a Moto da Suzuki (Que finalmente conseguiu um grande final de semana) chegando em 4ºlugar ao passar Johann Zarco na parte final da corrida e superando seu companheiro de equipe, Alex Rins que marca seu melhor resultado nesse seu ano de Estreia na MotoGP, com um belíssimo 5ºlugar.

Edyyq5zr o

Johann Zarco que foi o pole position acabou caindo na prova até o final da prova e chegou em uma modestíssima 8ªposição. Foi superado pelo Espanhol Jorge Lorenzo que ainda salvou um 6ºlugar e pelo Aleix Espargaró que fez mais uma boa corrida com a Aprilla com o 7ºlugar.

Bvhlmfkn o

Marevick Viñales fez um final de semana ruim. Muito por conta da Yamaha oficial que não rendeu bem o final de semana inteiro. O 9ºlugar em Motegi deixa o espanhol praticamente fora da briga direta pelo campeonato. Com mais de 40 pontos atrás de Marquez e a 30 de Dovizioso o piloto da Yamaha tem apenas chances matemáticas de campeonato.

Completando os 10 primeiros colocados em bela corrida ficou o Francês Loris Baz que se destacou ao passar Dani Pedrosa. Que foi bem mal na prova e abandonou na 21ªVolta e esta com chances bem remotas de título.

Gleskdum o

Completando a zona de pontuação chegaram os pilotos Pol Espargaró com a Moto da KTM, Katsuyuki Nakasuga, Sam Lowes (Que pontua pela segunda vez na sua paupérrima temporada na MotoGP), Hector Barberá da Avintia e Tito Rabat da Marc VDS. Semana que vem a batalha pelo título continua entre Marquez e Dovizioso. Na fantástica pista de Phillip Island com o GP da Austrália.

Tdj7dwwy o

Resultado Final do GP do Japão – MotoGP
15ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – 24 Voltas

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 47’14.236
2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda +0.249
3 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati 10.557
4 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 18.845
5 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 22.982
6 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 24.464
7 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 28.010
8 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 29.475
9 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 36.575
10 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati 48.506
11 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 56.357
12 21 Katsuyuki Nakasuga Yamalube Yamaha Factory Racing Yamaha +1’00.181
13 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia +1’00.980
14 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati +1’03.118
15 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda +1’03.514
16 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati +1’04.162
17 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM +1’06.271
18 7 Hiroshi Aoyama EG 0,0 Marc VDS Honda +1’13.250
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 3 Voltas
26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 4 Voltas
17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati 5 Voltas
35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 10 Voltas
46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 19 Voltas
31 Kohta Nozane Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos Moto 3 Moto 3 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Em piso molhado Nicoló Bulega conquista a pole position em Motegi (Moto 3)

Published by:

Hpwdim3t o

O piloto da KTM levou a pole position no circuito japonês de Motegi. Uma pista molhada o piloto da Sky Racing VR46 marcou o melhor tempo e levou a moto Austríaca a pole com o tempo de 2:09.320. Superando o Italiano Niccolò Antonelli que vem fazendo um ano inacreditavelmente ruim com uma das melhores equipes do Grid, Mas dessa vez acabou fazendo bonito e vai largar em 2º.

9tekfmof o

A primeira fila é completada pelo 3ºlugar no Campeonato Joan Mir. O piloto da Estrella Galícia tem uma chance mínima de ser o campeão da Moto 3 que pode ser decidido no dia de hoje na Madrugada a favor de Joan Mir. Que fez um treino muito conservador na chuva e acabou punido com 6 posições no grid de largada. O Espanhol vai largar com a punição já incluída na 20ªposição.

Dwr5b87y o

Os pilotos da CIP Marco Bezzecchi com o 4ºlugar e Manuel Pagliani com o 9º ambos de Mahindra que esta nas ultimas corridas na Moto 3 (Anunciaram que deixam a motovelocidade ao final da temporada desse ano) Fizeram um belo trabalho e se destacaram, Largam nas primeiras 10 posições. No caso de Bezzecchi ele larga na frente de Enea Bastianini da Estrella Galícia e do vice-líder do campeonato Romano Fenati que vai largar do 6ºlugar.

Nlrhxjnu o

Jorge Martin, Gabriel Rodrigo, Manuel Pagliani e Andrea Migno completam os 10 primeiros colocados. Amanhã a partir da 11 da noite, (Horário de Brasília) teremos a prova que pode decidir o campeonato do Mundial de Motovelocidade da moto 3 a favor de Joan Mir ou para um adiamento do campeonato para Phillip Island. Isso só vamos saber depois da bandeirada de chegada.

Grid de Largada do GP do Japão
15ªEtapa do Mundial de Motovelocidade

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 2’09.320
2 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM 2’09.592
3 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 2’09.708
4 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra 2’09.797
5 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda 2’09.846
6 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda 2’09.881
7 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 2’10.152
8 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM 2’10.227
9 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra 2’10.305
10 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM 2’10.320
11 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM 2’10.383
12 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 2’10.385
13 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda 2’10.538
14 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 2’10.737
15 11 Livio Loi Leopard Racing Honda 2’10.877
16 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 2’10.888
17 17 John McPhee British Talent Team Honda 2’10.925
18 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM 2’10.968
19 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot 2’11.012
20 36 Joan Mir Leopard Racing Honda 2’10.580
21 65 Philipp Ottl Südmetall Schedl GP Racing KTM 2’11.097
22 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM 2’11.125
23 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda 2’11.262
24 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda 2’11.298
25 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM 2’11.349
26 75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto3 Mahindra 2’11.361
27 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra 2’11.400
28 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 2’11.999
29 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot 2’12.735
30 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda 2’12.925
31 70 Tom Toparis Cube Racing KTM 2’16.493

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Automobilismo Internacional Automobilismo Japonês Fotos Super Formula 2017 Vídeos

Super Formula 2017 – Domínio da Inging em Fuji e vitória de Hiroaki Ishiura

Published by:

Super Formula – Etapa 3 em Fuji

Grid de largada:

pos piloto Equipe Motor Tempo
1 1 Yuji Kunimoto P.MU/CERUMO・INGING SF14 TOYOTA RI4A 1’23.044
2 2 Hiroaki Ishiura P.MU/CERUMO・INGING SF14 TOYOTA RI4A 1’23.107
3 19 Yuhi Sekiguchi ITOCHU ENEX TEAM IMPUL SF14 TOYOTA RI4A 1’23.193
4 37 Kazuki Nakajima VANTELIN KOWA TOM’S SF14 TOYOTA RI4A 1’23.265
5 16 Naoki Yamamoto TEAM MUGEN SF14 Honda HR-417E 1’23.478
6 4 Kenta Yamashita FUJI×raffinee KONDO SF14 TOYOTA RI4A 1’23.516
7 3 Nick Cassidy FUJI×raffinee KONDO SF14 TOYOTA RI4A 1’23.785
8 15 Pierre Gasly TEAM MUGEN SF14 Honda HR-417E 1’23.902
9 20 Jann Mardenborough ITOCHU ENEX TEAM IMPUL SF 14TOYOTA RI4A 1’24.081
10 7 Felix Rosenqvist SUNOCO TEAM LEMANS SF14 TOYOTA RI4A 1’24.093
11 40 Tomoki Nojiri DOCOMO DANDELION M40S SF14 Honda HR-417E 1’24.173
12 36 Andre Lotterer VANTELIN KOWA TOM’S SF14 TOYOTA RI4A 1’24.202
13 41 Takuya Izawa DOCOMO DANDELION M41Y SF14 Honda HR-417E 1’24.308
14 18 Kamui Kobayashi KCMG Elyse SF14 TOYOTA RI4A 1’27.969
15 64 Daisuke Nakajima TCS NAKAJIMA RACING SF14 Honda HR-417E 1’24.612
16 65 Narain Karthikeyan TCS NAKAJIMA RACING SF14 Honda HR-417E 1’24.781
17 10 Koudai Tsukakoshi REAL SF14 Honda HR-417E 1’24.802
18 50 Takashi Kogure B-Max Racing team SF14 Honda HR-417E 1’24.821
19 8 Kazuya Oshima SUNOCO TEAM LEMANS SF14 TOYOTA RI4A 1’24.855

Vídeo da corrida:


Fonte: Motor Sports
Terceira etapa aconteceu no dia 9 de Julho em Fuji. No grid de largada domínio da equipe Inging. Yuji Kunimoto marcou a pole position com Hiroaki Ishiura na segunda posição. Na segunda Fila largam Yuhi Sekiguchi da Impul e Kazuki Nakajima da Tom’s. Naoki Yamamoto e Kenta Yamashita na 3ªFila. Pierre Gasly largaria em 8ºlugar, Feliz Rosequist com o carro da Sunoco larga em 10º, André Lotterer largaria em uma Decepcionante 12ªposição. E Kamui Kobayashi larga em 14ºlugar.

Largada o campeão da temporada de 2016 Yuji Kunimoto largou bem e assumiu a liderança, Já seu companheiro de equipe Hiroaki Ishiura não teve uma boa largada e perdeu posições para Yuhi Sekiguchi e Kazuki Nakajima. Nick Cassidy levou um chega pra lá na disputa pelas posições intermediária.

A prova acabaria logo para o NeoZelandes que acabou danificando totalmente seu aerofólio dianteiro e acabou por deixar a corrida. Kunimoto começava a abrir muita vantagem em cima de Kunimoto, Nakajima K. e Ishuira que agora teria o trabalho de recuperar essas duas posições que ele perdeu.  Logo o Campeão de 2015 foi para cima do Kazuki Nakajima buscando retornar para o terceiro lugar, Mais atrás Jann Mardenborough e Tomoki Nojiri disputando o 13ºlugar.

A primeira ultrapassagem de fato da prova foi do Tsukakoshi que passou Daizuke Nakajima. O piloto da Real Racing passou para o 15ºlugar. Takashi Kogure e Kazuya Oshima disputavam a 17ªposição logo atrás do filho mais novo do Satoru Nakajima.

Na 10ªVolta, O Alemão André Lotterer decidiu arriscar fazer uma parada nos boxes já que ele vinha em 10ºlugar e precisava buscar ganhar posições de alguma forma.

11 Voltas completadas. Yuji Kunimoto estava folgado na liderança com 6 segundos de diferença para Sekiguchi em 2º que era pressionado por Kazuki Nakajima e Hiroaki Ishiura que começaram uma batalha pelo 3ºlugar. O piloto da Inging no fim da reta dos boxes na 12ªVolta quase conseguiu passar o piloto da Tom’s.

Naoki Yamamoto e Pierre Gasly da Team Mugen vinham em 5º e 6ºlugar. No final da 13ªVolta K.Nakajima vai para os boxes e deixa o 3ºlugar para Ishiura, Que iria para a segunda posição com a parada de Sekiguchi da Impul. Os dois pilotos da Inging dominavam a prova em 1º e 2ºlugares com Yamamoto e Gasly da Team Mugen em 3º e 4ºlugar. Mais atrás André Lotterer por muito pouco não consegue a ultrapassagem sobre seu companheiro de equipe, Kazuki Nakajima que voltou a frente do piloto Alemão depois de sua parada.

Gasly que era o 4ºlugar foi para os boxes na 19ªVolta e foi o primeiro a fazer a troca de pneus e Reabastecimento (parada que durou 14.5 segundos)

Lá na Frente Hiroaki Ishiura vinha começando a fazer suas melhores voltas na prova e vinha começando a baixar a diferença para Yunimoto (Que estava em 7.5 segundos de diferença) Yamamoto vinha em 3ºlugar, Seguido de Felix Rosenquist que vinha fazendo um belo trabalho com a equipe Sunoco (Que em 2016 era um time muito fraco). Completando os 10 primeiros que não tinham feito à parada obrigatória: Kenta Yamashita (Kondo), Takuya Izawa (Docomo), Kobayashi (KCMG), Tsukakoshi (Real), Kogure (B-Max Racing) e Karthikeyan (Nakajima). Só depois vinham Sekiguchi, K.Nakajima e Lotterer que disputavam posição e que certamente voltariam às primeiras posições quando todos pararam nos boxes.

Na volta 25, Naoki Yamamoto teve um pneu furado bem no final da reta dos boxes, Muito azar para ele que teve de dar uma volta inteira lento pela pista. Ele entrou nos boxes e abandonou a prova.

O Novato Kenta Yamashita que vinha bem posicionado acabou tendo problemas com seu pneu, Foi para os boxes e também saiu da briga pelos primeiros lugares.

Na 32ªVolta Yuki Yunimoto que vinha tranquilo na liderança foi para os boxes, Teve uma parada normal e voltou a pista. Quando voltou dos boxes, Seu carro não tinha rendimento e ele perdeu muito tempo, Algo do nada aconteceu (Certamente problemas mecânicos) Após 1 volta ele voltou aos boxes. A equipe tentou identificar o problema. A corrida de Kunimoto que em condições normais seria de uma vitória fácil acabava totalmente comprometida.

Quem agradecia era Hiroaki Ishiura que assumiu a liderança da prova e Felix Rosequist na segunda posição, Kobayashi em 3º e Karthikeyan em 4º. Os 4 primeiros teriam de fazer a parada nos boxes, Mas pelo ritmo de prova dos 3 primeiros eles iriam voltar até mesmo nas 3 primeiras posições, Superando os pilotos que já tinham feito paradas nas voltas anteriores.

Lotterer passou Nakajima que também perdeu posição para Pierre Gasly ganhando o 7ºlugar. Ao mesmo tempo que Gasly passou K.Nakajima, O Alemão André Lotterer passou Yuhi Sekiguchi e assumiu o 5ºlugar após bela briga com o piloto da Team Impul.

Kazuki Nakajima estava sem rendimento e perdeu o 8ºlugar para o Takura Izawa da Docomo. Ishiura fez a parada nos boxes na 39ªVolta. Kamui Kobayashi foi o último a parar nos boxes na 42ªVolta. Após sua parada para o motor dele morre na hora de partir e o piloto da KCMG fica 1 minuto parado até que o piloto conseguir sair dos boxes, Infelizmente indo para o últimos lugares da prova.

Na volta 44 Takura Izawa passou o francês Pierre Gasly ganhando o 5ºlugar. Posição essa que o piloto da Team Mugen recuperou na volta seguinte. O francês que é um piloto da Red Bull foi para cima de Sekiguchi em busca do 4ºlugar. K.Nakajima estava em maus lençóis e pressionado pelo Jann Mardenborough (O segundo piloto da Impul), tentando segurar o 7ºlugar.

Gasly tentou por fora na 49ªvolta e o Japonês segurou o 4ºlugar. Essa disputa ficou até o final da prova. Lá na frente Hiroaki Ishiura de uma forma dominadora dele e da Inging no final de semana em Fuji assegurou a vitória. O Sueco Felix Rosequist da Sunoco fez uma belíssima corrida e largando do 10ºlugar para completar a prova na 2ªposição. E André Lotterer Largando do 12ºlugar garantiu o 3ºlugar, completando o pódio.

A disputa entre Sekiguchi e Gasly foi até na linha de chegada. Por 35 milésimos de segundo o piloto da Team Impul ficou com o 4ºlugar e o Francês da Team Mugen fez uma boa corrida, Terminando em 5ºlugar.

Takura Izawa foi uma surpresa chegando em 6ºlugar com o carro da Docomo. Kazuki Nakajima com o carro da Tom’s foi aquém do que se poderia imaginar que ele iria fazer e acabou em 7º a frente de Jann Mardenborough que completou a zona de pontuação. Ao final da 3ªEtapa da Super Formula a liderança era de Ishiura com 20 pontos. Lotterer tem 18, Sekiguchi com 15 pontos completam os 3 primeiros colocados.

Resultado final do GP de Fuji
3ªEtapa da Super Formula 2017

pos piloto Equipe Motor Voltas Tempo
1 2 Hiroaki Ishiura P.MU/CERUMO・INGING SF14 TOYOTA RI4A 55 1:20’09.046
2 7 Felix Rosenqvist SUNOCO TEAM LEMANS SF14 TOYOTA RI4A 55 7.269
3 36 Andre Lotterer VANTELIN KOWA TOM’S SF14 TOYOTA RI4A 55 22.842
4 19 Yuhi Sekiguchi ITOCHU ENEX TEAM IMPUL SF14 TOYOTA RI4A 55 41.786
5 15 Pierre Gasly TEAM MUGEN SF14 Honda HR-417E 55 41.821
6 41 Takuya Izawa DOCOMO DANDELION M41Y SF14 Honda HR-417E 55 43.384
7 37 Kazuki Nakajima VANTELIN KOWA TOM’S SF14 TOYOTA RI4A 55 44.067
8 20 Jann Mardenborough ITOCHU ENEX TEAM IMPUL SF14 TOYOTA RI4A 55 44.361
9 10 Koudai Tsukakoshi REAL SF14 Honda HR-417E 55 44.910
10 40 Tomoki Nojiri DOCOMO DANDELION M40S SF14 Honda HR-417E 55 46.192
11 64 Daisuke Nakajima TCS NAKAJIMA RACING SF14 Honda HR-417E 55 1’03.847
12 8 Kazuya Oshima SUNOCO TEAM LEMANS SF14 TOYOTA RI4A 55 1’04.549
13 50 Takashi Kogure B-Max Racing team SF14 Honda HR-417E 55 1’06.517
14 65 Narain Karthikeyan TCS NAKAJIMA RACING SF14 Honda HR-417E 55 1’14.505
15 18 Kamui Kobayashi KCMG Elyse SF14 TOYOTA RI4A 55 1’21.174
4 Kenta Yamashita FUJI×raffinee KONDO SF14 TOYOTA RI4A 46 9 Voltas
1 Yuji Kunimoto P.MU/CERUMO・INGING SF14 TOYOTA RI4A 36 19 Voltas
16 Naoki Yamamoto TEAM MUGEN SF14 Honda HR-417E 25 30 Voltas
3 Nick Cassidy FUJI×raffinee KONDO SF14 TOYOTA RI4A 1 54 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos:  Twitter

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy Fotos IndyCar 2017 Vídeos

Treinos Livres do GP de Sonoma de Formula Indy

Published by:

O dia de sexta acabou colocados os 4 pilotos da Penske nas 4 primeiras posições. Josef Newgarden foi o mais rápido com Simon Pagenaud na segunda posição, Hélio Castroneves em 3ºlugar e Will Power na 4ªposição.

O Domínio da Penske sem dúvida é um balde de água fria em Scott Dixon com a Ganassi que esta na vice-liderança do campeonato com a Chip Ganassi que definitivamente não esta a altura da Penske para dar um carro igualmente competitivo em relação aos seus adversários. Dixon ficou na 7ªposição na soma dos dois treinos livres ficando atrás de Alexander Rossi que tem chances remotas de título e de Ryan Hunter-Reay. Graham Rahal que tem chance irrisórias para ser o campeão fechou o dia em 12ºlugar.

Acho que ninguém da equipe Rahal Letterman Lanigan Racing acredita no título. Equipe que vai ter um segundo carro nesse final de semana. O Canadense Zachary Claman DeMelo fará sua primeira corrida na Formula Indy. Ele correu na Indy Lights nas duas últimas temporadas. Acabou a temporada de 2017 em 5ºlugar conseguindo 1 vitória em Road América, Zachary ficou em 22ºlugar.

Amanhã o Terceiro treino livre vai ser realizado as 3 da Tarde no Horário de Brasília e as 7 e meia da noite do Sábado teremos a Classificação que vai definir o Grid de Largada para a última etapa da Temporada de 2017 da Formula Indy. Será a última corrida do DW12. Após 6 temporadas o carro será aposentado e vai dar lugar para o novo chassi (Next) que vai ser o chassi da categoria a partir de 2018.

Vídeo do Primeiro Treino Livre

Resultado combinado dos treinos livres de Sexta-Feira

Pos. Piloto Equipe Motor Tempo nº de Voltas
1 2 Josef Newgarden Team Penske Chevrolet 01:16.2485 23
2 1 Simon Pagenaud Team Penske Chevrolet 01:16.2871 25
3 3 Hélio Castroneves Team Penske Chevrolet 01:16.3471 19
4 12 Will Power Team Penske Chevrolet 01:16.4322 25
5 28 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Honda 01:16.4829 21
6 98 Alexander Rossi Andretti Herta Autosport Honda 01:16.5720 28
7 9 Scott Dixon Chip Ganassi Honda 01:16.5863 24
8 27 Marco Andretti Andretti Autosport Honda 01:16.5999 22
9 18 Sebastien Bourdais Dale Coyne Racing Honda 01:16.6060 31
10 10 Tony Kannan Chip Ganassi Honda 01:16.7484 23
11 26 Takuma Sato Andretti Autosport Honda 01:16.7542 33
12 15 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Honda 01:16.8121 28
13 83 Charlie Kimball Chip Ganassi Honda 01:17.0106 34
14 8 Max Chilton Chip Ganassi Honda 01:17.0545 27
15 5 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Honda 01:17.1210 20
16 20 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Chevrolet 01:17.2615 29
17 19 Ed Jones Dale Coyne Racing Honda 01:17.2681 27
18 21 JR Hildebrand Ed Carpenter Racing Chevrolet 01:17.3287 39
19 4 Conor Daly A.J.Foyt Racing Chevrolet 01:17.4156 35
20 14 Carlos Muñoz A.J.Foyt Racing Chevrolet 01:17.5451 30
21 7 Jack Harvey Schmidt Peterson Honda 01:17.6168 29
22 13 Zachary Claman DeMelo Rahal Letterman Lanigan Racing Honda 01:17.9506 36

Prints e Vídeo: IndyCar
Texto: Deivison da Conceição da Silva

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy Fotos História IRL Vídeos

Corridas Históricas : IRL – GP de Walkins Glen de 2005

Published by:

Grid de largada do GP de Walkins Glen de 2005:

pos. Piloto Chassis Motor Equipe Mph
1 Hélio Castroneves 3 Dallara Toyota Penske 133.806
2 Giorgio Pantano 10 Panoz Toyota Ganassi 133.774
3 Patrick Carpentier 83 Dallara Toyota Cheever 133.629
4 Scott Dixon 9 Panoz Toyota Ganassi 133.497
5 Tony Kanaan 11 Dallara Honda Andretti Green 133.381
6 Dario Franchitti 27 Dallara Honda Andretti Green 132.995
7 Vitor Meira 17 Panoz Honda Rahal 131.065
8 Buddy Rice 15 Panoz Honda Rahal 130.643
9 Dan Wheldon 26 Dallara Honda Andretti Green 130.493
10 Tomas Scheckter 4 Dallara Chevrolet Panther 130.381
11 Sam Hornish, Jr. 6 Dallara Toyota Penske 129.961
12 Tomáš Enge 2 Dallara Chevrolet Panther 129.909
13 Alex Barron 51 Dallara Toyota Cheever 129.777
14 Bryan Herta 7 Dallara Honda Andretti Green 129.519
15 Kosuke Matsuura 55 Panoz Honda Fernandez 129.399
16 Danica Patrick 16 Panoz Honda Rahal 129.261
17 Roger Yasukawa 24 Dallara Honda Dreyer and Reinbold 128.314
18 Scott Sharp 8 Panoz Honda Fernandez 127.827
19 Jeff Bucknum 14 Dallara Chevrolet Foyt 127.129
20 Ed Carpenter 20 Dallara Toyota Vision 123.922

Dixon conquista vitória na volta de Walkins Glen. Wheldon confirma o título do campeonato de 2005.

Penúltima corrida da temporada de 2005 da Formula Indy na tradicional Walkins Glen que teria sua primeira vez na Indy Racing League. Uma etapa sobre pista seca com o tempo fechado e com um título praticamente nas mãos de Dan Wheldon que só precisava largar para confirmar o campeonato.

Kannan praticamente sem chance nenhuma de título tinha que fazer a corrida dele. A pole position é do Brasileiro Hélio Castroneves com a Penske com Giorgio Pantano que foi convidado pela Ganassi a correr nessa prova no lugar do Jaques Lazier (Que estava fazendo uma temporada vexatória) Dividia a 1ªfila do grid. Na segunda fila largam Patrick Carpentier da Red Bull Cheever e Scott Dixon da Ganassi. Tony Kannan iria largar em 5ºlugar enquanto que Dan Wheldon iria largar para o quase certo título do piloto Britânico em 9ºlugar.

Largada para a penúltima prova do campeonato e Castroneves largou muito bem mesmo e manteve a liderança. Carpenter largou bem, Mas passou para fora da pista e deixou a 2ªposição para Tony Kannan com Dixon, Franchitti e Carpenter completando os 5 primeiros lugares.

Na segunda volta Kannan com o Motor Honda passou a ser pressionado pelo Dixon com os Motores Toyota. Era a disputa do 2ºlugar. Honda e Toyota eram os melhores motores da Categoria. A Chevrolet estava atrás nessa história dos Motores. O Sul-Africano Tomas Schekter da Tradicional Panther era o melhor deles com os propulsores Norte-Americanos na 10ªposição.

Giorgio Pantano que largou na 2ªposição acabou perdendo posições na largada descendo para o 6ºlugar já um pouco longe do Carpenter. Kannan vinha a mais ou menos 1 segundo de diferença atrás de Castroneves e vinha com Dixon, Franchitti colados com Carpenter estava perto também dessa disputa.

No final da 4ªVolta Schekter teve uma quebra de suspensão ou um furo de pneu que fez el e ir para a caixa de brita, Era bem da caracterizava do sul-africano. Piloto muito rápido, Mas muito batedor. Nesse caso a rodada dele foi devido a uma quebra de uma suspensão, Não pode atribuir a culpa a ele por uma falha de um componente de carro.

Os pilotos que estavam na parte de trás como San Hornish jr., Scott Sharp, Dan Wheldon foram para os boxes na volta 7 aproveitando da bandeira amarela em todo o circuito jogando com uma tática diferente. Wheldon, Danica Partick que entrou em 7º dessa turma e voltou em 2º e Sam Hornish jr. Voltaram foram os 3 que saíram melhor dessa parada. Já a Equipe de Ed Carpenter fez um grande trabalho fazendo o norte-americano ganhar 6 posições nessa disputa.

Castroneves, Kannan, Dixon, Franchitti, Carpentier, Pantano vinham nas 6 primeiras posições. Vitor Meira vinha logo atrás na 7ªposição. A relargada aconteceu na volta 9. Castroneves, Kannan mantiveram suas posições, Já o Tcheco Tomas Enge (Sim o Maconheiro! risos) passou Meira assumindo o 7ºlugar e já partindo pata cima do Pantano enquanto que Carpantier tomou o 4ºlugar do Franchitti. Dan Wheldon vinha em 9ºlugar o que daria de qualquer maneira o título da temporada 2005.

Olhando a telemetria do carro do Dixon o carro dele com o Motor Toyota chegava à reta a 172 milhas por hora (276,748 km/h) Castroneves estava abrindo enquanto que Kannan estava ficando mais para o Neozelandês da equipe Chip Ganassi.

Castroneves (Penske-Toyota), Kannan (Andretti-Honda), Dixon (Ganassi-Toyota), Carpentier (Cheever-Toyota), Franchitti (Andretti-Honda), Pantano (Ganassi-Toyota), Enge (Vision-Chevrolet), Wheldon (Andretti-Honda), Meira (Rahal-Honda), San Hornish jr. (Penske-Toyota) eram os 10 primeiros colocados.

Por incrível que pareça o Câmbio era ainda do lado direito do piloto e não embutido ao volante. Os 4 primeiros colocados estavam mais ou menos separados a 1 segundo cada um com Franchitti um pouco mais atrás no 5º, Mas bem a frente de Pantano que vinha no 6ºlugar que também tinha uma diferença grande para Tomas Enge da Vision que tinha os motores Chevrolet (Que eram os mais fracos da categoria). Danica Patrick que vinha em 12º estava a 28 segundos de Castroneves.

Scott Dixon começou a mostrar as suas cartas e partiu para cima de Kannan com seu chassi Panoz contra o Dallara do piloto Brasileiro da equipe Andretti e na volta 20 Dixon com mais velocidade na reta dos boxes passa Kannan e assume a segunda posição. O piloto da Andretti tentou dar o troco sem sucesso. Dixon disparou no segundo lugar enquanto que Kannan começava a ficar mais para Carpentier, Franchitti e Pantano.

Carpentier, Pantano e Vitor Meira foram para os boxes na 21ªVolta. Era o começo das paradas dos líderes que ainda não tinham feito a parada. Pantano perdeu tempo na parada por ter passado um pouco do ponto de parada, Carpentier perdeu tempo em sair da área de pit lane.

Na Volta 22 Castroneves e Dixon pararam nos boxes. O Piloto da Penske voltou na frente do piloto da Ganassi. Kannan era o líder com Franchitti em segundo, Ambos foram para a parada na 23ªVolta. Giorgio Pantano teve de passar de novo pelos boxes (Foi punido por passar em cima da mangueira de troca de pneus). Após as paradas a liderança estava nas mãos de Dan Wheldon com Hornish jr. Em 2º, Matsuura em 3º, Castroneves em 4º, Dixon em 5º e depois disso vem Franchitti, Kannan, Sharp, Rice e Carpentier os 10 primeiros colocados na 24ªVolta de 60 voltas programadas.

Logo Wheldon, Hornish jr., Matsuura e os outros que parara naquela 7ªVolta iriam ter de voltar aos boxes para a segunda parada deles (Iriam partir para 3 paradas nos boxes) Enquanto que os líderes de fato iriam para 2 paradas apenas. Hornish jr. Vinha chegando em Wheldon na disputa pela liderança da prova e virando 0,5 Milhas mais rápido que Wheldon.

Matssura para na volta 27 assim como Danica Partick. Buddy Rice acabou batendo logo depois de ter feito a parada nos boxes. Um erro amador por parte de alguém que já ganhou 500 milhas de Indianapolis como foi o caso dele. Hornish jr. Fez à parada nos boxes

Bandeira amarela foi acionada na volta 28 a Norte-americana Danica Partick teve problemas em seu carro e acabou parando em um ponto razoavelmente perigoso na pista. Danica voltou a corrida, Graças ao resgate que deu uma ajuda a ela.

Wheldon não tinha feito a parada e acabou se dando mal nessa, Ele teria de fazer a parada em breve que poderia ser na bandeira amarela o que colocaria o inglês na última posição. Na volta 29 o Inglês fez sua parada e Castroneves voltou à liderança da prova. Outros pilotos aproveitaram e fizeram outra parada. Danica Partick continuava com problemas, Quando saiu dos boxes para mais uma parada o seu motor morreu e ela perdeu mais tempo ainda.

Bandeira Verde na volta 31. Chegamos a metade da prova com Castroneves na frente. Enge passou Matsuura passando para 7ºlugar e depois passando Hornish jr. Passando para o 6ºlugar. Já lá na frente Scott Dixon passou Helinho e assumiu a liderança da corrida com um carro que estava mal a temporada inteira (2005 foi um ano terrível para a Ganassi) Enquanto isso a equipe de Dan Wheldon já esta preparando a festa para o título do piloto da Andretti. Nos boxes o Brasileiro Vitor Meira com problemas em seu carro via a sua corrida ir por água abaixo.

Dixon abriu de Castroneves e disparava na liderança. Kannan, Carpenter e Franchitti completavam os 5 primeiros lugares na 33ªVolta. Enge, Hornish jr., Sharp, Matsuura e Jeff Bucknum da A.J.Foyt completavam os 10 primeiros lugares. Novamente os 5 primeiros colocados estavam bem a frente de Tomas Enge que se segurava na 6ªposição. Dan Wheldon estava em 12ªposição a 20 segundos de Scott Dixon. Ele só precisava terminar a prova para festejar o título.

A Segunda parada dos líderes seria entre a volta 40 até a volta 45 no máximo para irem até o final da prova. Dixon ainda tinha 2 a 3 segundos a frente de Helinho e dos demais. É realmente um piloto completo já em 2005 era um pilotaço o neozelandês que é um dos maiores pilotos que a categoria já teve na sua história desde de 1979.

Bryan Herta e Alex Barron que estavam totalmente sumidos nas últimas posições fizeram a parada na volta 41 para levarem seus carros até o final da prova. Castroneves para na volta 42 para a segunda e última parada nos boxes com seu Dallara-Toyota o que igualmente faz Carpentier e Scott Sharp da equipe de Adrian Fernandez, Tomas Enge e Kosuke Matsuura que largou do 15ºlugar e vinha subindo com o decorrer da prova.

O líder parou na volta 43. Kannan voltou a liderança com Franchitti em 2º muito perto do piloto Brasileiro e de seu companheiro de equipe na Andretti. A Prova dos pilotos da Rahal era um desastre. Danica Partick vinha em 17ºlugar e Vitor Meira com 2 voltas atrás vinha no 18ºlugar com o Buddy Rice já fora da prova desde da 27ªvolta.

Castroneves era pressionado pelo por Carpentier, estava valendo posição. Kannan e Franchitti foram para os boxes na 45ªvolta literalmente disputando posição diretamente. Wheldon também parou nessa volta.

Hornish jr. Assumiu a liderança. Kannan voltou à frente de Dixon. O neozelandês estava disposto a recuperar essa posição, O que ele conseguiu na entrada da volta 46 quando ultrapassa Kannan e volta a ficar a frente do piloto Brasileiro, Castroneves acabou despencando na classificação. Hornish jr. Foi para os boxes no final da volta 47. Dixon voltou a liderança com Kannan e Franchitti logo atrás. Após todos os pilotos terem feito a parada (Após a parada de Jack Buckman nos boxes): Dixon, Kannan, Franchitti, Carpentier, Castroneves, Hornish jr., Pantano, Wheldon, Sharp e Enge após 48 voltas.

Kannan foi para cima de Dixon. Naquela altura do campeonato a vitória era o que mais valia para o piloto da Andretti. O campeonato já esta fora de alcance para o campeão da temporada 2004. Giorgio Pantano que correu pela Jordan em 2004 vinha em 7ºlugar em uma corrida pelo menos honesta com um carro da Ganassi que vinha me uma fase não muito boa.

Dixon e Kannan a 9 voltas do final polarizaram a disputa pela vitória, Ainda dava para Dixon ter o ponto por liderar o maior número de voltas. Ele precisava liderar até o final da corrida para ganhar esse ponto. 4 das 5 voltas mais rápidas da prova eram do Scott Dixon sendo a 38ªVolta em 1:32.347 a melhor delas da prova. Partick Carpentier da Red Bull Cheever era o primeiro a fazer volta mais rápida sem ser o Dixon. A sua volta de 1:32.770 era a 5ªmelhor volta da corrida.

Dario Franchitti em 3ºlugar não parecia ter equipamento para disputar a vitória. Tanto é que já estava ficando para trás. A 7 Voltas do final Alex Barron acaba rodando com o carro da Cheever, Uma corrida ruim do norte-americano. A poucas voltas do final Dixon teria Kannan colado nele e junto vinham Franchitti, Carpentier e Giorgio Pantano. Já os pilotos da Penske estavam totalmente fora da corrida com Castroneves ficando para trás e Sam Hornish jr. Que ficou sempre de fora dos 5 primeiros a não ser com as paradas nos boxes quando ele liderava a corrida de forma esporádica.

Bandeira Verde a 4 Voltas do final da 1ªprova da IRL em Walkins Glen. Dixon, Kannan e Franchitti disparavam nas 3 posições. Já Partick Carpentier ficou para trás deixando o 4ºlugar com Giorgio Pantano seguido de Dan Wheldon e Hélio Castroneves. Com toda essa confusão acabou Dixon, Kannan e Franchitti ficando muito na frente dos demais a 2.5 segundos a frente de Pantano.

Dixon levou o seu Panoz-Toyota até o final da prova e conquistou a vitória depois de mais de 2 anos de jejum. Desde da prova de Richmond em 2003 que Dixon não conquistava uma vitória na Formula Indy. Tony Kannan ficou em 2ºlugar e o Escocês Dario Franchitti que fez uma corrida apenas correta completou o pódio.

Pantano e Dan Wheldon completaram os 5 primeiros lugares. O inglês Dan Wheldon confirmou o título de campeão da temporada de 2005 após uma temporada que ele e a sua equipe Andretti Green obtiveram domínio do campeonato.

Na Volta final, Os pilotos Hélio Castroneves e Tomas Enge provocam um acidente fortíssimo acionando uma bandeira amarela a meia volta do final, Mesmo assim não mudaria nada se a bandeira amarela não fosse acionada. Kosuke Matsuura, Sam Hornish jr., Bryan Herta, Scott Sharp e Partick Carpentier fecharam as 10 primeiras posições.

Depois da prova só restou os pilotos da equipe de Michael Andretti Green comemorarem pelo Segundo ano seguido o título nas mãos deles.

Resultado Final do GP de Walkins Glen – IRL 2005

pos. Grid piloto Chassis Motor Equipe Voltas Tempo Premiação
1 4 Scott Dixon 9 Panoz Toyota Ganassi 60 1h 45:42.3804 120800
2 5 Tony Kanaan 11 Dallara Honda Andretti Green 60 a 0.6540 90200
3 6 Dario Franchitti 27 Dallara Honda Andretti Green 60 a 1.1457 75400
4 2 Giorgio Pantano 10 Panoz Toyota Ganassi 60 a 1.8799 60700
5 9 Dan Wheldon 26 Dallara Honda Andretti Green 60 a 2.1267 55300
6 15 Kosuke Matsuura 55 Panoz Honda Fernandez 60 a 11.4438 50600
7 11 Sam Hornish Jr. 6 Dallara Toyota Penske 60 a 12.5652 47200
8 14 Bryan Herta 7 Dallara Honda Andretti Green 60 a 18.1812 46000
9 18 Scott Sharp 8 Panoz Honda Fernandez 60 a 18.3781 46000
10 3 Patrick Carpentier 83 Dallara Toyota Cheever 60 a 39.8163 44600
11 19 Jeff Bucknum 14 Dallara Chevrolet Foyt 60 a 41.8182 43200
12 1 Hélio Castroneves 3 Dallara Toyota Penske 59 a 1 Volta – Acidente 51900
13 12 Tomáš Enge 2 Dallara Chevrolet Panther 59 a 1 Volta – Acidente 40700
14 20 Ed Carpenter 20 Dallara Toyota Vision 59 a 1 Volta 39100
15 17 Roger Yasukawa 24 Dallara Honda Dreyer and Reinbold 58 a 2 Voltas 37900
16 16 Danica Patrick 16 Panoz Honda Rahal 58 a 2 Voltas 36600
17 13 Alex Barron 51 Dallara Toyota Cheever 58 a 2 Voltas 35200
18 7 Vitor Meira 17 Panoz Honda Rahal 48 a 12 Voltas – Elétrico 35200
19 8 Buddy Rice 15 Panoz Honda Rahal 27 a 33 Voltas – Acidente 33800
20 10 Tomas Scheckter 4 Dallara Chevrolet Panther 4 a 56 Voltas – Acidente 32600

Fotos:

Vídeo da corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Indycar/Motorsport
Vídeo: