Portal Sportszone » Blog Archives

Tag Archives: GP da Espanha

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Hamilton vence duelo na Espanha e se aproxima de Vettel na liderança, Wehrlein leva Sauber aos primeiros pontos.

Published by:

Um belíssimo duelo no circuito espanhol que envolveu duelo de posição, estratégia e muito talento entre os dois principais pilotos na disputa pelo título acabou sendo vencida pelo Inglês Lewis Hamilton. Uma corrida bastante digna para a Formula 1 depois de uma apática prova em Sochi.

Na largada Vettel assumiu a liderança, Mas não ficou só resumido nessa ultrapassagem os primeiros metros, Nesses primeiros metros na primeira curva Bottas, Raikkonen e Verstappen praticamente dividem a primeira curva. Bottas acabou sem intenção batendo em Raikkonen que bateu em Verstappen. Tanto o piloto da Ferrari como da Red Bull quebraram a suspensão e tiveram que deixar a prova.

Felipe Massa na disputa com Fernando Alonso pelo 6ºlugar acabou empurrando o Espanhol para a brita, nesse toque o piloto da Williams acabou furando o pneu perdendo muito tempo tendo de ir para os boxes para trocar os pneus logo após a primeira volta. Kvyat e Palmer foi para os boxes para uma parada antecipada.

Com tudo isso Vettel estava na liderança com Hamilton logo a seguir e Bottas em um terceiro lugar sem mostrar qualquer rendimento a altura para disputar liderança com os 2 primeiros colocados, Ricciardo em 4º e os dois carros da Force India Sergio Perez e Esteban Ocon completando os 6 primeiros colocados. Destaque do começo da prova era uma bela disputa entre Magnussen e Sainz jr. pela 8ªposição em um belíssimo duelo de posição com o dinamarquês se defendendo muito bem dos ataques do piloto da casa.

Na 13ªVolta os dois pilotos da Mclaren fizeram a primeira troca de pneus da prova em termos normais. Era o começo das paradas nos boxes. Na volta 15 parou Sebastian Vettel deixando a liderança para Lewis Hamilton que esticou a sua parada nos boxes por várias voltas até a sua parada na volta 22. Nesse meio tempo os pilotos Carlos Sainz jr. e Kevin Magnussen que foram para os boxes na 14ªvolta acabaram disputando posição com vantagem para o piloto da Haas, Sainz jr. tentou passar o escandinavo e acabou indo para a grama quase perdendo o controle do carro. O Lance foi para investigação, Mas nada aconteceu nessa investigação do caso.

Sebastian Vettel foi para cima de Valtteri Bottas que assumiu a liderança, Na primeira tentativa na 25ªVolta de ultrapassagem o Alemão tentou a ultrapassagem e o Finlandês segurou a liderança nessa posição enquanto isso Hamilton que voltou 8 segundos atrás do Vettel e de Bottas diminuía a diferença se aproveitando dessa disputa de posição.

Vettel só conseguiu a ultrapassagem na volta 26 assumindo a liderança da prova, Na volta seguinte foi a vez de Lewis Hamilton passando Bottas sem qualquer resistência do piloto Finlandês que era um dos dois pilotos que não tinham parado nos boxes. O outro piloto que não tinha feito parada nos boxes era o Alemão Pascal Wehrlein que miraculosamente estava na zona de pontuação com o fraquíssimo carro da Sauber com o motor Ferrari de 2016.

Bottas fez a parada na volta 28 e na volta seguinte fez a melhor volta da corrida. Enquanto Vettel abria 6 segundos de vantagem para Hamilton com os pneus mais macios contra os pneus médios. Felipe Massa continuava sua luta inglória para tentar marcar algum ponto depois de ter tido furo de pneu no começo da prova. Na volta 34 Massa passou Vandoorne que ainda tentou voltar por dentro e se choca roda com roda com o carro do piloto Brasileiro. O Belga quebra a suspensão e acaba abandonando a prova provocando um Safety Car virtual o que faz os pilotos terem de manter uma velocidade reduzida enquanto o carro do piloto da Mclaren era retirado da brita da primeira curva. Nisso os pilotos aproveitam para fazerem uma parada nos boxes. Entre eles destaco Pascal Wehrlein e Daniil Kvyat que se aproveitaram da parada para estarem em boas posições em disputa de zona de pontuação.

Na volta 36 Hamilton vai para os boxes colocar os pneus macios o que poderia indicar 3 paradas para o piloto da Mercedes. Na Volta seguinte Vettel parou nos boxes para colocar os pneus médios e quando voltou aos boxes Vettel e Hamilton se tocam e o piloto da Ferrari voltou na liderança. Valtteri Bottas na volta 38 quebra o motor e abandona o que fez Daniel Ricciardo assumir o 3ºlugar com Sergio Perez em 4º, Ocon em 5º e Nico Hulkenberg em 6ºlugar.

Hamilton partiu para a pressão em cima de Vettel e na volta, foram 5 voltas tentando a ultrapassagem sobre Vettel ele finalmente consegue a ultrapassagem na 44ªVolta e assume a liderança, Mas ai a dúvida com o Vettel certo de que iria para 2 paradas o piloto da Mercedes precisava ou andar rápido para fazer uma 3ªparada ou então poupar os pneus para levar os seus pneus macios até o final da prova.

Hamilton preferiu levar os pneus com cuidado até o final da prova dando uma volta rápida uma volta e na outra maneirando para poupar os pneus já que eles teriam de durar quase 30 voltas para cumprir a meta para a vitória. E com o decorrer das voltas a tática da Mercedes funcionou e a vantagem foi aos poucos aumentando fazendo o piloto da Ferrari ficar sem escolha e praticamente condenado a ficar no 2ºlugar e uma imensidão de diferença para Daniel Ricciardo que via a Red Bull muito longe a mais de 1 minuto atrás dos líderes.

Na reta final de corrida Daniil Kvyat e Kevin Magnussen disputam o 9ºlugar, O piloto da Toro Rosso que fez excelente prova passou Magnussen que tentou voltar a posição e se toca com o Russo e se dar mal furando o pneu tendo de fazer mais uma parada nos boxes e perdendo a chance de marcar ponto para a Haas que teve em Grosjean indo para o 10ºlugar como uma sobreguarda fazendo o time Norte-americano manter o ponto solitário na Catalunha.

No final o Inglês Lewis Hamilton driblou a tática de Vettel e conquistou a segunda vitória na temporada 2017 diminuindo a diferença de 13 para 6 pontos de desvantagem para Vettel que mantém a liderança do campeonato chegando na segunda posição em um grande duelo pela corrida e pelo campeonato mundial de Formula 1. Um apagado Daniel Ricciardo sem ter o que fazer e pelas desistências de 3 adversários diretos pelos primeiros lugares acabou herdando o pódio em 3ºlugar (primeiro na temporada) chegando a 1 minuto e 15 segundos do vencedor o que esta dando uma dor de cabeça enorme para Adrian Newey que ver o projeto da Red Bull em 2017 naufragar na busca pelo título.

Para a Force India uma corrida maravilhosa, Mesmo sendo zombada pelos carros Rosa Sergio Perez em 4ºlugar e Esteban Ocon em 5º podem ficar orgulhosos do desempenho fazendo a equipe indiana ser a única equipe a marcar pontos com seus dois pilotos em todas as provas do campeonato. Nico Hulkenberg fez uma corrida discreta levando o seu Renault ao 6ºlugar o que já é de longe o melhor resultado do ano para o piloto Alemão.

Pascal Wehrlein leva a Sauber aos primeiros pontos na temporada. seria o 7ºlugar se não tivesse sido punido em 5 segundos o que fez Carlos Sainz jr. subir uma posição após ficar metade da prova tentando passar o piloto da Sauber que marca seus primeiros 4 pontos na temporada, Já o piloto da Toro Rosso conquista mais 6 pontos importantes para a filial da Red Bull que teve uma excelente corrida do Russo Daniil Kvyat que largou do 19ºlugar e levou o carro até o 9ºlugar marcando 2 pontos.

Romain Grosjean sem o mesmo destaque de Magnussen levou o carro da Haas até o final fechando a zona de pontuação em 10ºlugar. Marcus Ericsson foi levando a outra Sauber e por pouco não completou um belo final de semana do time mais miserável em 2017 ficando em 11ºlugar.

Fernando Alonso teve um dia complicado, Mas mesmo assim ficou até o final da prova e mesmo sem pontuar terminou de uma forma digna em 12ºlugar com a Mclaren-Honda que passa definitivamente ao último lugar sendo a única a não ter feito nenhum ponto em 2017. Felipe Massa teve um dia bem difícil remando até o final para entrar na pontuação o que acabou não acontecendo. O 13ºlugar é consequência do furo de pneu no começo da prova o que é bem ruim para a Williams que ver o 4ºlugar nos construtores cada vez mais distante já que Lance Stroll fez uma corrida terrivelmente ruim ficando em 16ºlugar sem ter tido ocorrências ficando atrás de Kevin Magnussen com a Haas que teve de fazer uma parada com um pneu furado e do fraquíssimo Jolyon Palmer com a Renault (A Mesma que faz 6ºlugar com Nico Hulkenberg)

A próxima prova do campeonato é o GP de Mônaco aonde teremos mais um capítulo da disputa pelo título que vai ficar mesmo entre Hamilton e Vettel principalmente com os abandonos de Bottas e Raikkonen no dia de Hoje. Alonso vai para os Estados Unidos correr as 500 Milhas de Indianapolis e Button pega a carroça laranja da Mclaren. Isso tudo daqui a duas semanas.

Resultado Final do GP da Espanha de Formula 1
66 Voltas – 5ªEtapa

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 66 1:35:56.497 1
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 66 a 3.490 2
3 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 66 a 1:15.820 6
4 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 65 a 1 Volta 8
5 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 65 a 1 Volta 10
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 65 a 1 Volta 13
7 55 Carlos Sainz jr. Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 65 a 1 Volta 12
8 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 65 a 1 Volta 15
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 65 a 1 Volta 19
10 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 65 a 1 Volta 14
11 9 Marcos Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 64 a 2 Voltas 16
12 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 64 a 2 Voltas 7
13 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 64 a 2 Voltas 9
14 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 64 a 2 Voltas 11
15 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 64 a 2 Voltas 17
16 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 64 a 2 Voltas 18
77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 38 Motor 3
2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 32 Acidente 20
33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1 Suspensão 5
7 Kimi Raikkonen Ferrari SF70H Ferrari 062 0 Suspensão 4

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Force India/Sauber/Toro Rosso/Williams

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Comentários dos Treinos Livres de Sexta – GP da Espanha

Published by:

Os treinos livres do GP da Espanha mostram que o domínio de forças continua o mesmo com os três melhores times do campeonato. Que são Mercedes, Ferrari e Red Bull.

A ver os resultados do primeiro treino livre e os resultados do segundo treino livre dava para ver que o treino que aconteceu na tarde esta mais próximo da realidade da categoria. Lewis Hamilton foi o mais rápido a 3 décimos de Kimi Raikkonen que foi o melhor piloto da Ferrari no dia de hoje, tanto o piloto Finlandês como o piloto Alemão tem chances de pole e de vitória na Catalunha, Mas se eu tivesse que apostar em que faz a pole eu apostaria numa primeira fila dos pilotos da Mercedes com os dois pilotos da Ferrari na segunda fila.

A Red Bull em um circuito aonde o conjunto carro-Motor-Piloto parece em 3ºlugar muito em questão do motor Renault que não tem potência para disputar posições com a Mercedes e Ferrari. Já o que mudou em relação a outras corridas foi que a Williams não foi bem com Felipe Massa nos dois treinos chegando ao 9ºlugar como o melhor resultado do dia no segundo treino livre.

A Haas no primeiro treino e a Renault no segundo treino andaram como a 4ªforça entre as equipes, Mas com um porém. A Haas demonstrou  fragilidades com o incidente de Kevin Magnussen no final da primeira sessão de treinamentos. O Time norte-americano pode ter um bom desempenho. O que falta pode ser confiabilidade.

Precisamos ver o que vai acontecer com Hulkenberg no treino de amanhã, Já Palmer não se deve esperar muito assim como Lance Stroll com a Williams que só completou uma corrida das 4 primeiras provas de sua carreira. Acredito que a Williams esteja com Felipe Massa entre os 10 primeiros lugares.

Carlos Sainz jr. apesar dos problemas aparentados pela Toro Rosso nos treinos principalmente no primeiro treino pode sim levar a filial da Red Bull ao Q3. Daniil Kvyat esta um pouco mais abaixo do piloto espanhol. A Force India não esta descartada do Q3. Sergio Perez e Esteban Ocon assim como os dois pilotos da Mercedes e Ferrari pontuaram em todas as corridas de 2017.

E por falar em problemas: Mais um dia de cão para Fernando Alonso que deu 1 volta no primeiro treino livre já que a Mclaren-Honda que esta caindo pelas tabelas teve problemas e acabou comprometendo o dia do piloto espanhol que já deve estar com a cabeça nas 500 Milhas de Indianapolis. A Sauber teve um desempenho aceitavel, Mas não fugiu dos últimos lugares.

Amanhã as 6 da Manhã teremos o terceiro treino livre e as 9 da manhã teremos a classificação para o Grid de largada do GP da Espanha de Formula 1

Resultado do primeiro treino livre

pos. Piloto Equipe Chassi Motor Tempo NºVoltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:21.521 28
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:21.550 30
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70-H Ferrari 062 1:22.456 24
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70-H Ferrari 062 1:22.600 23
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing TAG Heuer RB13 TAG Heuer 1:22.706 22
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing TAG Heuer RB13 TAG Heuer 1:23.084 17
7 20 Kevin Magnussen Haas Ferrari VF-17 Ferrari 062 1:23.670 22
8 8 Romain Grosjean Haas Ferrari VF-17 Ferrari 062 1:23.758 23
9 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:23.993 24
10 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:24.004 21
11 11 Sergio Perez Force India Mercedes VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:24.188 23
12 31 Esteban Ocon Force India Mercedes VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:24.324 22
13 2 Stoffel Vandoorne McLaren Honda MCL32 Honda RA617H 1:24.400 24
14 19 Felipe Massa Williams Mercedes FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:24.618 34
15 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:24.642 18
16 9 Marcus Ericsson Sauber Ferrari C36 Ferrari 061 1:24.966 23
17 94 Pascal Wehrlein Sauber Ferrari C36 Ferrari 061 1:25.182 24
18 18 Lance Stroll Williams Mercedes FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:25.919 34
19 46 Sergey Sirotkin Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:26.293 10
20 14 Fernando Alonso McLaren Honda MCL32 Honda RA617H Sem Tempo 1

Resultado do segundo treino livre

pos. Piloto Equipe Chassi Motor Tempo NºVoltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:20.802 39
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:20.892 38
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70-H Ferrari 062 1:21.112 34
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70-H Ferrari 062 1:21.220 36
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing TAG Heuer RB13 TAG Heuer 1:21.438 29
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing TAG Heuer RB13 TAG Heuer 1:21.585 35
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:21.687 40
8 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:21.992 43
9 19 Felipe Massa Williams Mercedes FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:22.015 38
10 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:22.265 34
11 8 Romain Grosjean Haas Ferrari VF-17 Ferrari 062 1:22.371 36
12 31 Esteban Ocon Force India Mercedes VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:22.520 37
13 2 Stoffel Vandoorne McLaren Honda MCL32 Honda RA617H 1:22.693 36
14 11 Sergio Perez Force India Mercedes VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:22.722 32
15 20 Kevin Magnussen Haas Ferrari VF-17 Ferrari 062 1:23.007 32
16 9 Marcus Ericsson Sauber Ferrari C36 Ferrari 061 1:23.082 37
17 18 Lance Stroll Williams Mercedes FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:23.221 35
18 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:23.236 27
19 94 Pascal Wehrlein Sauber Ferrari C36 Ferrari 061 1:23.599 31
20 14 Fernando Alonso McLaren Honda MCL32 Honda RA617H 1:24.077 21

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Fotos Moto 3 Moto 3 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Aron Canet faz ultrapassagem decisiva na curva final e vence pela primeira vez na Moto 3

Published by:

Pela primeira vez na sua carreira Aron Canet conquistou a vitória no Mundial de Motovelocidade no Circuito de Jerez de la Fronteira em uma brilhante ultrapassagem na última curva da prova.

O Grande favorito a vitória era o Espanhol Jorge Martin que detonou na classificação acabou perdendo a liderança na largada para o Italiano Romano Fenati da Rivacold Snipers enquanto que Martin acabou caindo de posição o que demonstrava que a moto dele foi acertada apenas para 1 Volta rápida. O piloto Niccolò Antonelli teve sua corrida comprometida devido a um choque com o piloto Japonês Tatsuki Suzuki que fez ambos caírem ainda na primeira volta.

A Se destacar o desempenho do pilotos da Equipe Platinum Bay Real Estate Darryn Binder e principalmente o Espanhol Marcos Ramirez que liderou uma boa parte da corrida e disputou a vitória de maneira direta como os pilotos Joan Mir, Aron Canet e Romano Fenati. Já Binder acabou caindo na parte final da pista na metade da corrida e acabou saindo da prova.

Na parte fina de prova Ramirez acaba sendo ultrapassado por Fenati e Mir assumindo as primeiras posições. A menos de 2 voltas do final Canet estava em 4ºlugar. Na Volta final o piloto espanhol passou Ramirez e foi para cima dos líderes que duelavam pela vitória e tudo indicava que a parada iria ficar entre os 2. Até que na curva final Fenati e Mir não contavam com a tentativa bem sucedida de Canet que passou por dentro ambos para levar a vitória. Sua primeira vitória da sua carreira que comemorou sem acreditar no feito que ele fez.

Fenati ficou em 2ºlugar e Joan Mir completou o pódio. Ambos sem acreditar que foram superados pelo piloto da Estrella Galícia. A se destacar o Espanhol Marcos Ramirez levando a modesta equipe Platinum Bay Real Estate ao 4ºlugar superando pilotos com equipes mais estruturadas como o Italiano Fabio di Giannantonio da Gresini e o pilotos da Sky Racing Team VR46 Andrea Migno e Nicolo Bulega em 6º e 7ºlugar respectivamente.

Enea Bastianini terminou em 8ºlugar e continua em situação difícil na Estrella Galicia já que ele é um dos candidatos ao título e até agora ele se ver longe da disputa do título. Jorge Martin que foi o pole position acabou em um frustrante 9ºlugar após um sábado absolutamente incrível e completando os 10 primeiros colocados o Espanhol Juanfran Guevara da RBA. Nessa prova a Mahindra marcou seus dois primeiros pontos em 2017 com o 14ºlugar de Albert Arenas. Daqui a 2 semanas teremos a 5ªetapa do Mundial de Motovelocidade na França no circuito Bugatti de Le Mans.

Resultado Final da 4ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
Espanha – Jerez – Moto 3

pos. Piloto Equipe Moto Tempo Grid
1 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 41’25.706 2
2 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda a 0.031 3
3 36 Joan Mir Leopard Racing Honda a 0.155 9
4 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM a 0.358 5
5 21 Fabio di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda a 0.946 11
6 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM a 1.162 8
7 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM a 1.417 4
8 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda a 1.456 14
9 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda a 1.961 1
10 58 Juanfran Guevara RBA BOE Racing Team KTM a 2.000 12
11 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM a 7.431 24
12 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda a 9.958 25
13 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM a 10.028 16
14 75 Albert Arenas Mahindra Northgate Aspar Mahindra a 10.665 13
15 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda a 14.062 15
16 11 Livio Loi Leopard Racing Honda a 20.451 18
17 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda a 20.699 28
18 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot a 20.836 21
19 48 Lorenzo Dalla Porta Mahindra Northgate Aspar Mahindra a 21.624 17
20 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM a 34.081 10
21 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda a 37.754 31
22 23 Niccolò Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM a 37.799 6
23 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda a 37.915 29
24 6 Maria Herrera AGR Team KTM a 38.014 23
25 31 Raul Fernandez Mahindra MRW Aspar Team Mahindra a 57.408 32
26 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot a 57.494 33
27 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra a 1’00.920 30
17 John McPhee British Talent Team Honda 9 Voltas 26
12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra 10 Voltas 27
7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda 11 Voltas 19
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 20 Voltas 7
63 Vicente Perez Reale Avintia Academy KTM 22 Voltas 20

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Pedrosa vence corrida 3000 da motoGP de Ponta a ponta em Jerez. Lorenzo conquista primeiro pódio na Ducati

Published by:

Dani Pedrosa teve um domingo muito feliz e calou a boca de quem achava que na hora do vamos ver o Samurai de borracha iria ser superado pela Formiga Atômica, Mas Dani não deixou em nenhum momento a sua vitória ser ameaçada. Vitória de ponta a ponta para o piloto da Honda.

Na Largada Pedrosa e Marquez mantiveram a liderança com Iannone pulando para o 3ºlugar jogando Cal Crutchlow para o 4ºlugar, Lorenzo em 5º e os pilotos da Yamaha continuando um pouco mais atrás. Destaques para as largadas boas de Andrea Dovizioso e Pol Espargaró que chegou a levar a KTM para o 11ºlugar.

Johann Zarco em inicio arrasador passou por Crutchlow, Iannone e chegou a passar Marc Marquez assumindo por algumas voltas o 2ºlugar nas primeiras 4 voltas. Logo Marquez recuperou o segundo posto. Enquanto isso Dovizioso também fazia uma grande prova de recuperação já vindo em 7º na cola de Valentino Rossi disputando o 6ºlugar.

Na 6ªVolta Bautista e Miller acabaram caindo e deixando a prova na curva um. Miller quase foi para os tapas e pontapés com o piloto da Aspar Martinez que voltou a sua moto apenas para levar aos boxes e de lá não voltar mais. Na parte final do circuito o inglês Cal Crutchlow caiu e segundos depois o piloto da KTM Pol Espargaró também cai e ambos deixaram a corrida.

Jorge Lorenzo foi para o ataque em cima de Johann Zarco que perdeu terreno para Marc Marquez que depois de alguma pressão que sofreu do piloto Francês acabou se livrando do piloto da Tech 3 abrindo uma vantagem considerável. Já a Ducati de forma impressionante vinha muito bem, Já que além de Lorenzo brigar pelo pódio tinha Dovizioso disputando o 5ºlugar com o Rossi.

Logo Lorenzo passou Zarco assumindo o terceiro lugar e Dovizioso após uma bela briga com Rossi acabou passando o Doutor assumindo o 5ºlugar, Já Viñales começou a partir para cima de Rossi que começava a perder rendimento. O piloto da Yamaha não só passou Rossi como também passou Dovizioso assumindo o 5ºlugar, Mas o dia não era mesmo da Yamaha já que Dovizioso recuperou a 5ªposição. Já Rossi acabou perdendo posição para Danilo Petrucci caindo para o 8ºlugar.

Lá na frente Pedrosa manteve a diferença para Marquez na casa do 1 segundo a 1 segundo e meio. Mesmo com o esforço do Tricampeão Pedrosa se manteve na liderança até o final e venceu a primeira corrida na temporada e a corrida 3000 do Mundial de motovelocidade da História. Desde de 2006 na sua estreia na MotoGP o piloto de 31 anos vence pelo menos uma corrida na temporada. Marc Marquez completou a dobradinha da Repsol Honda com o segundo lugar e se aproximou da disputa do título após uma corrida bem ruim dos pilotos da Yamaha.

Jorge Lorenzo de forma surpreendente com uma Ducati que não costuma se dar bem em pistas travadas conquistou o pódio superando a Johann Zarco que teve um começo espetacular e mesmo perdendo o pódio o piloto da Tech 3 leva a melhor Yamaha da prova a um 4ºlugar. Já Lorenzo conquista seu primeiro pódio pela Fábrica italiana que também teve Andrea Dovizioso que do 14ºlugar na largada chegou ao final da corrida chegando em 5ºlugar o que mostra força dos dois pilotos da Ducati Team para 2017.

Já a Yamaha teve um dia para esquecer. Marevick Viñales ficou em um modesto e decepcionante 6ºlugar em um fim de semana decepcionante. Mais decepcionante ainda foi para Valentino Rossi que no final de prova perdeu posições para Jonas Folger e para Aleix Espargaró chegando em uma vexatória 10ªposição. A única notícia boa que Rossi tem é que ele continua líder do campeonato com 62 pontos contra 60 de Viñales e 56 de Marquez.

Danilo Petrucci fez uma bela corrida de recuperação ficando em 7ºlugar após largar do 13ºlugar seguido de Jonas Folger com a Tech 3 e de Aleix Espargaró que leva a Aprilla nas costas com o 9ºlugar. muito na frente do Sam Lowes que se arrasta com a outra Aprilla.

Scott Redding não teve um bom dia após uma largada ruim acabou ficando em 11ºlugar com Barberá superando nos metros finais o seu companheiro de equipe na Avintia Loris Baz ficando em 12ºlugar. Bradley Smith marca 2 pontos com a KTM com o 14ºlugar e Karel Abraham fechou a zona de pontuação em 15ºlugar. Substituto de Alex Rins o Japonês Takuya Tsuda não conseguiu um ritmo de corrida suficiente para ser competitivo e ficou em 17ºlugar atrás de Sam Lowes.

Daqui a 2 semanas teremos o GP da França no circuito Bugatti de Le Mans com um campeonato totalmente embolado na luta pela liderança do campeonato.

Resultado Final da 4ªEtapa do Mundial de Motovelocidade:

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo Grid
1 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 45’26.827 1
2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda a 6.136 2
3 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati a 14.767 8
4 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 17.601 6
5 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 22.913 14
6 25 Maverick Viñales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 24.556 4
7 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati a 24.959 13
8 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 27.721 9
9 41 Aleix Espargaró Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 31.233 12
10 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 38.682 7
11 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati a 40.979 11
12 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati a 43.199 21
13 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati a 43.211 20
14 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM a 47.964 16
15 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati a 51.279 19
16 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 1’08.885 22
17 12 Takuya Tsuda Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 1’27.450 23
29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 18 Voltas 5
53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda 18 Voltas 18
35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 22 Voltas 3
43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda 22 Voltas 10
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 22 Voltas 17
44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM 22 Voltas 15

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos Moto 2 Moto 2 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Alex Marquez conquista a pole em casa e Morbidelli confirma dobradinha em treino morno da Moto 2 em Jerez

Published by:

Alex Marquez conquistou a pole position com certa facilidade. O Treino foi definido mesmo no começo do Treino com Marquez estabelecendo o primeiro tempo com 1:42.080 a 46 milésimos a frente de seu companheiro de equipe Franco Morbidelli que esta invicto com 3 vitórias em 3 corridas completando a dobradinha da Marc VDS no treino de hoje.

Com um belo desempenho o Suíço Dominique Aegerter que vem de um 5ºlugar na etapa passada em Austin completa a primeira fila mostrando uma clara evolução do Chassi da Suter. Na segunda fila largam Miguel Oliveira com a moto KTM da Red Bull Ajo, Mattia Pasini confirmando sua boa fase na Italtrans Racing e Francesco Bagnaia que impressiona com o seu inicio na Moto 2 com a Moto da equipe de Valentino Rossi.

Xavi Vierge, Takaaki Nakagami, Marcel Schrotter e Axel Pons (Apesar de uma queda no meio do treinamento) completaram os top 10. Thomas Luthi o vice-líder do campeonato larga apenas em 12º. Amanhã as 7 e 15 teremos a largada da Moto 2 no circuito de Jerez de la Fronteira. Será que Morbidelli vai para a 4ªVitória ou Alex Marquez vai emplacar a primeira vitória na categoria intermediária.

Grid de largada do Mundial de Motovelocidade
Moto 2 – Jerez de la Fronteira

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex Moto2 1’42.080
2 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Kalex Moto2 1’42.126
3 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing Suter MMX2 1’42.312
4 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM Moto2 1’42.409
5 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’42.598
6 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex Moto2 1’42.704
7 97 Xavi Vierge Tech 3 Racing Tech 3 Mistral 610 1’42.763
8 30 Takaaki Nakagami IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’42.834
9 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Suter MMX2 1’42.870
10 49 Axel Pons RW Racing GP Kalex Moto2 1’42.903
11 10 Luca Marini Forward Racing Team Kalex Moto2 1’42.956
12 12 Thomas Luthi CarXpert Interwetten Kalex Moto2 1’43.065
13 24 Simone Corsi Speed Up Racing Speed Up SF7 1’43.179
14 40 Fabio Quartararo Pons HP40 Kalex Moto2 1’43.220
15 55 Hafizh Syarhin Petronas Raceline Malaysia Kalex Moto2 1’43.258
16 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’43.271
17 19 Xavier Simeon Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex Moto2 1’43.314
18 88 Ricard Cardus Red Bull KTM Ajo KTM Moto2 1’43.323
19 7 Lorenzo Baldassarri Forward Racing Team Kalex Moto2 1’43.325
20 11 Sandro Cortese Dynavolt Intact GP Suter MMX2 1’43.349
21 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’43.353
22 68 Yonny Hernandez AGR Team Kalex Moto2 1’43.490
23 57 Edgar Pons Pons HP40 Kalex Moto2 1’43.673
24 45 Tetsuta Nagashima Teluru SAG Team Kalex Moto2 1’43.707
25 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’43.765
26 2 Jesko Raffin Garage Plus Interwetten Kalex Moto2 1’43.792
27 32 Isaac Viñales BE-A-VIP SAG Team Kalex Moto2 1’44.007
28 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 Mistral 610 1’44.107
29 62 Stefano Manzi SKY Racing Team VR46 Kalex Moto2 1’44.112
30 27 Iker Lecuona Garage Plus Interwetten Kalex Moto2 1’44.195
31 47 Axel Bassani Speed Up Racing Speed Up SF7 1’44.605
32 22 Federico Fuligni Kiefer Racing Suter MMX2 1’45.848

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP