Com muita sorte, Hamilton conquista vitória em Baku e vira líder do Mundial

Em sua 3ªEdição, O GP do Azerbaijão mais uma vez se mostrou imprevisível, Até o final da corrida não se pode dar por certo quem vai ganhar. Baku tem seus mistérios, Essa edição tinha tudo para esta nas mãos de Sebastian Vettel e de Valtteri Bottas, Mas foi Lewis Hamilton quem acabou levando a vitória. (63ªVitória da sua carreira)

Vettel largou bem, Com Hamilton e Bottas logo a seguir. Verstappen e Ricciardo disputavam o 4ºlugar. Lá atrás, Muita confusão. Primeiro, Sergei Sirotkin toca na traseira de Perez e seu bico dianteiro quebra. Segundos depois Sirotkin acaba espremido por Hulkenberg e Alonso, Com isso a suspensão do Russo quebra. Um pouco mais a frente, Raikkonen que perdeu a posição para Ocon, que foi para cima do Francês que tentou manter a 6ªposição e acabou se chocando com  o homem de gelo, Levando a pior e indo parar no Muro.

O Safety Car entrou na pista. Raikkonen teve de ir para os boxes, Assim como alguns pilotos que se envolveram na confusão. A imagem do começo da prova foi Fernando Alonso tendo de ir aos boxes com 2 pneus furados, 1 com a borracha dechapando e o outro no aro apenas. Foi um milagre o Espanhol não ter abandonado pelos danos que teve em seu assoalho do seu Mclaren-Renault.

Foram 5 voltas para limparem a pista, Na 6ªVolta a corrida recomeça. Verstappen foi para o ataque e passou Ricciardo que por excesso de precaução, Perdeu posição para Carlos Sainz jr.

Vettel vinha na liderança e abria de Hamilton que abria de Bottas. Os 3 abriam diferença para os dois da Red Bull que vinham sendo pressionados por Sainz jr (Verstappen). e Hulkenberg (Ricciardo). Com pneus mais duros e com problemas na recarga de energia os dois viraram alvo fácil para os pilotos da equipe Francesa que passaram ao mesmo tempo. Destaço que a disputa entre Verstappen e Sainz jr. que ficaram 3 voltas trocando posição. Na 10ªVolta, Hulkenberg passou Verstappen para ganhar o 5ºlugar.

Porém, A prova do piloto Alemão acabaria na volta 11, Quando ele acaba saindo de traseira e acabou indo para o Muro, Danificando sua posição e abandonando a prova. Enquanto isso Raikkonen já aparecia entre os 10 primeiros lugares, Já atrás de Stroll e Leclerc. Enquanto isso quem vinha abrindo diferença era

Na volta 15, Verstappen passou Sainz que aproveitou e foi para a primeira parada nos boxes, Colocando os pneus mais duros para completar a prova. Enquanto isso Leclerc vinha muito bem, Superou Lance Stroll se destacando na corrida. Ao contraio de seu companheiro de equipe. Marcus Ericsson acabou passando reto e perdendo muito tempo, E ainda por cima ele acabou tomando penalização de 10 segundo por um incidente com Magnussen. (Como eu não vi, Não tem como dar uma opinião)

Continuava a disputa entre Verstappen e Ricciardo pelo 4ºlugar, Trocando de posição em intensa disputa. Raikkonen passou Stroll e e também passou pelo Leclerc, Na volta 17, o finlandês passou para o 6ºlugar. Na volta 21, O mexicano Sergio Perez em belíssima corrida de recuperação ultrapassa Lance Stroll que acabou alongando a primeira curva e perdendo algum tempo.

Na volta seguinte, Hamilton que vinha tirando aos poucos a vantagem de Sebastian Vettel, Acabou também alongando a curva, travando os pneus e deixando esses pneus quadrados. A parada foi antecipada, Na 23ªVolta com os pneus médio que teriam de aguentar 28 voltas até o final da prova. Vettel vinha agora 13 segundos de frente para Bottas e 30 segundos a frente do Hamilton. A Corrida estava se encaminhando para as mãos do líder do campeonato.

A corrida chegava na sua metade. Os pneus estavam durando muito, O Desgaste dos pneus que já é baixo. Com o tempo encoberto e frio era mais baixo ainda. Grosjean que largou do último lugar já vinha em 8ºlugar, logo após a parada de Charles Leclerc da Sauber. Todos os pilotos iriam para 1 única parada nos boxes.

Na 27ªVolta, Ricciardo tenta o ataque em cima de Verstappen, Consegue passar na curva 1, O jovem piloto Holandês voltou pra cima do Australiano e deu o troco, Voltando ao 4ºlugar.

Enquanto isso, Alonso perde tempo e perdeu o 11ºlugar para Stroll, Era um final de semana bem difícil para a Mclaren. Vandoorne vinha em 16º, 1 volta atrás dos líderes.

Vettel, Bottas, Verstappen e Ricciardo ainda não tinham parado nos boxes, poderiam tentar fazerem a parada e irem para os pneus mais macios para ganharem a corrida. Na volta 30 é Vettel, O líder para para colocar os pneus mais duros. Bottas assume a liderança com 11 segundos de frente para Vettel que vinha 8.3 a frente de Hamilton.

Os pneus mais novos demoravam para renderem bem, algo muito estranho. Já que a tendência é os pneus é geralmente os mais novos renderem melhor do que os mais novos. Bottas fez a melhor volta da prova. Com pneus de mais de 35 voltas de uso. O Finlandês teria de parar nos boxes assim como Verstappen e Ricciardo.

Na volta 35, Ricciardo foi para uma nova tentativa de ultrapassagem sobre Verstappen e por fora realizou a ultrapassagem e levou a 4ªposição. E assim quando ele começou a abrir diferença praticamente poderíamos concluir que era assunto encerrado em relação a essa disputa.

Na Volta 38, Ricciardo foi para a sua única parada, Colocando os pneus ultrasoft. Na Volta seguinte foi a vez de Verstappen ir para os pneus ultrasoft e devido a demora dos pneus de Ricciardo esquentarem. O holandês ganhou a posição de número 4. Enquanto que Valtteri Bottas faz melhor volta da corrida com os pneus mais gastos. Mesmo assim, quando parar Vettel teria 8 segundos.

Até que Ricciardo foi para cima de Verstappen que sutilmente muda duas vezes a trajetória e acabou o Australiano atropelando Verstappen e acabou ambos saindo reto. Provocando uma bandeira amarela. Isso facilitou a vida de Bottas que foi aos boxes colocarem os pneus mais macios. A corrida estava nas mãos do piloto da Mercedes. Vettel, Raikkonen, Alonso e outros pilotos foram fazer a parada para colocarem pneus mais macios. (Ultrasoft)

Após 3 voltas para limparem a pista e deixarem todos os retardatários recuperarem a volta, Quando parecia que iriamos ter a relargada, Na volta 44: Romain Grosjean conseguiu a façanha de bater quando esquentava os pneus. Jogou fora o 6ºlugar para a Haas e afundando ainda mais no seu inferno astral sem qualquer bom resultado em 2018. Esse acidente prolongou o safetycar. Mais 4 voltas para limpar a pista. Muita gente não ficou feliz com o que o Francês fez, Ao voltar aos boxes, Grosjean atirou a sua luva que quase acertou um dos membros da equipe. O Clima não esta bom para ele que disse que foi o Ericsson que tocou nele (Aonde????, Em qual universo isso aconteceu???) O Sueco estava 1 volta atrás e ele tinha recuperado volta.

Com 4 voltas para o final a corrida recomeça e Vettel foi para cima de Bottas que deixou o Alemão passar, Provavelmente prevendo que o Alemão iria travar os pneus. E foi isso que aconteceu. Tanto é que Hamilton e Raikkonen ganharam posições. Bottas voltou a liderança.

O piloto da Ferrari com os pneus quadrados perdia rendimento. A Dobradinha da Mercedes estava nas mãos. Até que no final da volta 48, Bottas passa por cima de um detrito e logo depois acaba furando o seu pneu, Após uma corrida impecável, Bottas não tinha nada mais a fazer. Apenas encostar o carro dele e abandonar.

Hamilton ganhou a liderança de graça, Com Raikkonen em segundo e Perez praticamente ao mesmo tempo Bottas teve a infelicidade ele conquistava a posição em cima de Vettel. De 5º para um lugar no pódio com a Force India que não vive seus melhores momentos.

O piloto Inglês que vinha apenas para tentar manter o pódio acabou levando uma vitória nas ruas de Baku. Essa pista tem mistérios que não se pode explicar. A 63ªVitória da carreira do piloto da Mercedes e a liderança do campeonato após um começo de ano difícil. Kimi Raikkonen que teve um dia que começou difícil acabou ficando em 2ºlugar e Sergio Perez que vinha sem marcar pontos, Lavou a alma da Force India com o 3ºlugar. Um grande final de semana da equipe indiana que passou do penúltimo lugar para o  6ºlugar no Mundial de Construtores.

Sebastian Vettel sai derrotado em Baku, o 4ºlugar tira o piloto Alemão da liderança do Campeonato. Com 70 pontos, Hamilton passa a liderar o campeonato, 4 pontos de frente de Vettel.

Carlos Sainz jr. teve um belo final de semana, acabou ficando em 5ºlugar em uma prova combativa. E um corridão de Charles Leclerc com a Sauber, Um incrível 6ºlugar para o piloto de Mônaco. Também corridão de Alonso, que depois ter de levar o seu carro com 2 pneus furados para os boxes na primeira volta ainda consegue levar a Mclaren para o 7ºlugar, Um final de semana bem ruim para o time de Woking.

Lance Stroll consegue levar a Williams aos primeiros pontos do ano, Em 8ºlugar. Stoffel Vandoorne no final chegou ao improvável 9ºlugar após ficar 1 volta atrás do líder em penúltimo lugar em certo momento da prova. E mais improvável foi o 10ºlugar de Brendon Hartley que marcou assim o primeiro ponto na Formula 1.

Marcus Ericsson ainda levou a outra Sauber para o 11ºlugar, Pierre Gasly começou muito bem, Chegando a ficar em 7ºlugar, Porém acabou só em 12º e Kevin Magnussen ficou em 13º com a única Haas que marcou pontos no ano. Valtteri Bottas que chorou depois de abandonar a prova ainda terminou qualificado em 14º.

Esperamos que Baku não saia do calendário do campeonato, Porém que a pista deveria ter uma limpeza melhor dos detritos, Isso sim! Daqui a 2 semanas teremos a primeira corrida da fase europeia. No circuito da Catalunha, Em Barcelona veremos mais uma disputa emocionante pela vitória e pelo título do 69ºCampeonato Mundial de Formula 1!

Resultado final do GP do Azerbaijão
Circuito de Rua de Baku – 4ªEtapa do Mundial de Formula 1

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo/Abandono Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 51 1h 43:44.291 2
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 51 a 2.460 6
3 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 51 a 4.024 8
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 51 a 5.329 1
5 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 51 a 7.515 9
6 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 51 a 9.158 13
7 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 51 a 10.931 12
8 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 51 a 12.546 10
9 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 51 a 14.152 16
10 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 51 a 18.030 19
11 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 51 a 18.512 18
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 51 a 24.720 17
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 51 a 30.663 15
14 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 48 Pneu Furado 3
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 42 Acidente 20
16 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 39 Colisão 5
17 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 39 Colisão 4
18 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 10 Acidente 14
19 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 7
20 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 11

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Williams/Force India/Red Bull/Toro Rosso/Sauber/Mclaren

Hamilton vence fazendo o jogo dele, Mas Rosberg segura o 2ºlugar e conquista o título

Emoção até a última curva do campeonato marcou a última etapa do campeonato aonde Hamilton venceu com a arriscada tática de deixar a corrida lenta, Mas que não deu certo porque Nico Rosberg se manteve firme e com o segundo lugar sacramentou o seu primeiro título da sua carreira.

eau_domingo_2016_f1-4

Na Largada tanto Hamilton como Rosberg largaram de maneira correta e mantiveram as 2 primeiras posições com Raikkonen que largou bem e superou Ricciardo. Tivemos apenas a rodada de Max Verstappen que caiu para o último lugar após tocar no carro de Nico Hulkenberg que diga-se de passagem o Holandês foi o único piloto da Frente a largar mal.

Depois disso ainda na primeira volta Hulkenberg teve que travar uma batalha com seu companheiro de equipe Sérgio Perez pelo 7ºlugar, Nas primeiras voltas os destaques foram mais a disputa de posição no meio de pelotão e a recuperação de Max Verstappen que foi subindo de posição de forma bem rápida. Nas 6ªvolta Kevin Magnussen acabou tendo problemas em seu carro abandonando a corrida e na volta seguinte Valtteri Bottas com problemas de equilíbrio em seu Williams também deixa a corrida.

Hamilton e Raikkonen foram os primeiros a pararem nos boxes no final da 7ªVolta. O piloto da Mercedes perdeu tempo por que precisou deixar a Ferrari ir para a parada para deixar ele sair dos boxes sem problemas o que poderia representar perda de posição para Nico Rosberg que foi para a parada na volta seguinte, Mas também teve o mesmo problema do que Hamilton tendo que esperar a passagem de Vettel que foi para a parada na mesma volta, Com isso Hamilton voltou na frente com Verstappen que não tinha parado entre Lewis e Nico Rosberg. Na entrada da 10ªVolta Daniel Ricciardo e Sergio Perez que estavam nas duas primeiras posições foram para as suas primeiras paradas nos boxes.

Hamilton continuava em primeiro com Verstappen em 2ºlugar buscando fazer uma parada a menos e Rosberg tendo que passar para não perder tempo se o Alemão quiser-se disputar a vitória, Depois disso Raikkonen, Ricciardo e Vettel completando os 6 primeiros colocados quando o dia começava a virar noite em Abu Dhabi.

eau_domingo_2016_f1

Jenson Button que vinha tendo uma corrida boa entre os 10 primeiros colocados passou por cima de uma zebra o que fez sua suspensão quebrar, Nisso o piloto que completou 305 Grandes Prêmios em sua carreira encerrou sua carreira na 13ªVolta e ir para os boxes o autódromo inteiro aplaudiu e ao sair do carro o piloto da Mclaren acabou saudando o público. Button vai em 2017 correr no Rally Cross.

Hamilton continuava na liderança, Mas sem abrir muita diferença para Verstappen que continuava na frente de Rosberg que não estava disposto a arriscar nada nem mesmo seu campeonato. O grande problema era que Verstappen estava querendo manter sua tática de uma parada nos boxes o que seria um problema para Rosberg e era tudo que Hamilton queria. Perto de Rosberg vinham Raikkonen, Ricciardo e Vettel disputando o 4ºlugar. Na 19ªVolta Ricciardo tenta a ultrapassagem em Raikkonen no final da segunda reta oposta e consegue fazer o movimento, Mas perdendo a curva fez com que o piloto da Ferrari retornasse ao 4ºlugar.

Na 20ªVolta Rosberg partiu para o Risco no final da primeira curva ele chegou a colocar de lado, Mas a ultrapassagem não acontece. Na segunda reta Rosberg vai por fora e ultrapassa Verstappen que tenta recuperar a posição indo para fora dos limites da pista de maneira agressiva. Nessa Rosberg colocou o campeonato em Risco, Mas conseguiu a ultrapassagem e assumiu o segundo lugar e começou a tirar a diferença para Hamilton enquanto que Verstappen ficava para Raikkonen, Ricciardo e Vettel, Na volta 22 Verstappen foi para os boxes para fazer sua única parada.

eau_domingo_2016_f1-18

Rosberg vinha volta a volta diminuindo a diferença de Hamilton que não tinha a menor intenção de aumentar a velocidade pois sua tática era mesmo manter um ritmo de prova lento que fizesse os outros pilotos ficarem perto de Rosberg para que ele tivesse possibilidade de conseguir o título. Visto que o Max Verstappen estava virando 1 segundo mais rápido que os líderes chamaram Lewis Hamilton para a parada na volta 29 e Nico Rosberg para a parada na volta 30. ambos voltaram na frente de Max Verstappen que depois da parada voltou a ultrapassar os seus adversários como o Sergio Perez. Raikkonen e Ricciardo também pararam nos boxes. Com isso Sebastian Vettel assumiu a liderança com Hamilton e Rosberg a 10 segundos do piloto alemão e depois vinha Verstappen, Ricciardo e Raikkonen nas 6 primeiras posições enquanto isso, Nico Hulkenberg, Sergio Perez disputavam o 7ºlugar com o Espanhol Fernando Alonso que levava a Mclaren-Honda nas costas nas 10 primeiras posições e também vinha perdendo terreno para Felipe Massa que na volta 30 fez sua última parada nos boxes da sua carreira.

Rosberg encostou de vez em Hamilton no mesmo momento que os primeiros retardatários começaram a aparecer. Entre eles o Sueco Marcus Ericsson que foi fazer sua única parada nos boxes na Volta 38. Na volta seguinte Sebastian Vettel que estava na liderança da corrida foi para os boxes realizar sua parada colocando os pneus mais macios para voar no final da corrida. Hamilton continua a sua tática de andar lento para todo mundo vim para cima de Rosberg que continuava seguindo Hamilton.

Enquanto isso Vettel voava com seus pneus ultra macios primeiro passando o seu companheiro de equipe Kimi Raikkonen assumindo o 5ºlugar. Na volta 43 Jolyon Palmer que não sei como a Renault acaba por renovar o contrato com esse piloto que é outro que nada mostrou nessa temporada toca por trás de Carlos Sainz jr. que estava disputando posição com o piloto da Renault que sofreu 5 segundos no seu tempo final decorrida pela batida que acabou fazendo Sainz jr. abandonar a corrida com problemas de Câmbio.

Vettel continuava sua escalada para tentar a vitória, Na Volta 46 ultrapassava Ricciardo e 3 voltas depois começaria a ir para o ataque em cima de Verstappen enquanto que Hamilton contrariando a sua equipe ele continuou com um ritmo lento para os outros chegarem em Rosberg que até aquele momento da prova estava se comportando de maneira corretíssima e sem dar a chance para algum risco de perda de campeonato.

Nas voltas finais Vettel passa Verstappen e parte para cima de Rosberg buscando o 2ºlugar e até mesmo a vitória. Nessas voltas finais Rosberg e sofreu o risco de perder o campeonato desse ano devido aos ataques do piloto da Ferrari. Hamilton imprimiu um ritmo de corrida lento até a última curva do circuito de Yas Marina e conquistou a 10ªVitória na temporada, Mas foi Nico Rosberg que numa corrida além de correta teve sua dose de ousadia com o 2ºlugar ele se torna o 33ºCampeão da História do Mundial de Formula 1 e o primeiro piloto Alemão a ser Campeão numa equipe Alemã. O pódio foi completado pelo alemão Sebastian Vettel.

eau_domingo_2016_f1-20

Rosberg fez sua festa depois de uma corrida tão desgastante como foi a prova de Abu Dhabi desse ano com toda essa pressão de ganhar o título pela primeira vez em sua história e Rosberg conseguiu passar com louvor essa prova, Fechando o ano com 385 pontos contra 380 de Hamilton que não consegue nesse ano o tetracampeonato mundial. Max Verstappen depois de cair para o último lugar fez bela prova de recuperação terminando a prova com 1 parada a menos em 4ºlugar. Seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo fechou em 5ºlugar a 5 segundos do vencedor só para saber o quanto foi lento foi o ritmo de Hamilton lá na Frente, já Kimi Raikkonen não aproveitou essa corrida para se descartar ficando em 6ºlugar longe dos vencedores de hoje.

eau_domingo_2016_f1-17

Nico Hulkenberg fez sua última corrida pela Force India fazendo o que era possível com o carro Indiano chegando em 7ºlugar com Perez segurando um 8ºlugar das pressões de Felipe Massa e de Fernando Alonso que fecharam a zona de pontuação.

Com isso A Force India confirma definitivamente o 4ºlugar no mundial de construtores como o melhor resultado da sua história na Formula 1 superando a equipe Williams que acabou tendo um ano decepcionante. Felipe Massa depois da corrida deu a volta de desaceleração saudando o público na sua última corrida da sua carreira de 250 Grandes Prêmios na Formula 1.

eau_domingo_2016_f1-7

A Dupla da Haas ficou perto dos pontos com Romain Grosjean e Esteban Gutierrez em 11º e 12ºlugares, Depois vieram Esteban Ocon fazendo boa última corrida nessa temporada em 13ºlugar o que não o foi o bastante para a Manor recuperar o 10ºlugar no Mundial de Construtores que fica com a Sauber com os 2 pontos de Felipe Nasr.

eau_domingo_2016_f1-10

Depois vieram Pascal Wehrlein com a outra Manor, Marcus Ericsson e Felipe Nasr com a Sauber e Jolyon Palmer foi o último dos pilotos que completaram a prova.

Mais tarde teremos o podcast do Portal Sportszone falando sobre a prova em Abu Dhabi e do que aconteceu na prova e analises da corrida que encerrou a temporada que consagrou pela primeira vez a Nico Rosberg como campeão Mundial de Formula 1.

O Portal Sportszone parabeniza ao piloto Nico Rosberg pelo título do 67ªCampeonato Mundial de Formula 1!

eau_domingo_2016_f1-22

Resultado final da 21ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP de Abu Dhabi

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 55 1:38:04.013 1
2 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 0.439 2
3 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 061 55 a 0.843 5
4 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG Heuer 55 a 1.685 6
5 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG Heuer 55 a 5.315 3
6 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF16-H Ferrari 061 55 a 18.816 4
7 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 50.114 7
8 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 58.776 8
9 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 55 a 59.436 10
10 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 55 a 59.896 9
11 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 061 55 a 1:16.777 14
12 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 061 55 a 1:35.113 13
13 Esteban Ocon 31 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 54 a 1 Volta 20
14 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 54 a 1 Volta 16
15 Marcus Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 061 54 a 1 Volta 22
16 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 061 54 a 1 Volta 19
17 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 54 a 1 Volta 15
18 Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 060 41 Câmbio 21
19 Daniil Kvyar 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 060 14 Abandonou 17
20 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 12 Suspensão 12
21 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 6 Vibração 11
22 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 5 Abandonou 18

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Williams/Force India/Mclaren/Manor

Sorte de Rosberg termina com quebra de câmbio e Hamilton vence em casa

Jenson Button com o capacete Rosa em Homenagem a John Button que faleceu em Janeiro desse ano Foto: Mclaren

Quando tudo indicava que Rosberg iria emplacar uma vitória para desestabilizar de vez Hamilton no campeonato ai veio um problema de Câmbio no meio da corrida e dai Hamilton aproveitou isso para ele vencer a 9ªEtapa do mundial de Formula 1 realizado em Silverstone.

Uma corrida que teve uma largada confusa, bem complicada. Na parte da frente, nada demais a não ser á largada ruim de Vettel que perdeu posições para Button, Magnussen e Hamilton com o Rosberg na liderança da prova. Curvas depois no primeiro setor o piloto Finlandês Kimi Raikkonen escapa da pista e acaba traído pelo degrau entre o limite da pista e da área de escape e acabou rodando e batendo muito forte e acabou levando Felipe Massa a também bater. Resultado disso uma bandeira vermelha que durou quase 1 hora de duração e Felipe massa saindo da corrida com problemas na suspensão, se for só isso era para tentarem arrumar isso, pois com 1 hora de retardo da largada valia pelo menos fazer uma tentativa, mesmo que tivesse sido inútil pois o Regulamento permitia.

Mas pelo que o Massa fez para evitar o acidente o Brasileiro evitou que o pior acontece o que seria uma batida de frente, Seria catastrófico e além do Massa o Kobayashi também evitou o acidente, O Japonês teve danos em seu carro, mas pode voltar a corrida.

Max Chilton que foi para os boxes sem autorização por causa de danos em seu carro, O pneu que se soltou da roda do Raikkonen acabou batendo no carro do Chilton, por sorte, nada aconteceu com o piloto inglês que acabou sendo punido pela infração de ter ido aos boxes de forma ilegal, Mas pelo que ele quase sofreu o inglês acabou no lucro.

Depois de 1 hora de paralisação depois dos comissários terem limpado a pista e consertado um guard-rail a corrida recomeçou após os pilotos darem uma volta de apresentação por Safety Car, A partir dai se viu o que a Mercedes pode fazer. Em 3 voltas Hamilton já tinha passado tanto Magnussen que estava em 3º como o Button que estava em 2º e com isso as Mercedes começavam a sua corrida e os outros começavam uma outra corrida atrás das Mercedes. Quem se deu bem nesse Safety Car foi Alonso que começou com os pneus Médios e passou para os Macios e com isso não precisaria mais andar com os pneus duros e por isso seu desempenho seria o melhor possível.

Assim como estava sendo o desempenho de Valtteri Bottas que também subia muito na Classificação da Corrida mesmo largando do 14ºlugar. Enquanto isso Gutierrez acabou dando sua vingança a Maldonado, Só que com resultado foi desastroso para o Mexicano que não sei como ainda continua na Formula 1 pois acabou deixando a corrida duas curvas depois parando seu carro na caixa de brita.

Caterham vivendo um inferno no fundo do pelotão Foto: Caterham

Outro que deixou a corrida foi Marcus Ericsson com problemas de Suspensão na sua Lamentável Caterham que definitivamente deixou de ser competitiva na Formula 1 e cada dia ver a Marussia que chegou a estar em 10ºlugar na corrida com Jules Bianchi, Mas que em poucas voltas acabou indo para mais atrás por que a equipe Russa ainda não tem carro para disputar posições como essas.

As primeiras paradas aconteceram a partir da volta 15, Os pneus dessa vez não tinham um desgaste crítico e, portanto deu para fazer um gerenciamento bom o bastante para boa parte dos pilotos fazerem uma parada apenas, Já para Vettel e Rosberg eles foram para 2 Paradas. Outros como Bottas e Hamilton foram para uma única parada nos boxes. Dai Rosberg avisa que ele tinha um problema de câmbio na diminuição de marchas, A corrida se mantia disputada lá atrás com Vettel, Alonso e Bottas se destacando, mas com Jenson Button se superando com sua Mclaren e cm seu capacete rosa em homenagem ao seu pai.

Até que na 29ªVolta Nico Rosberg tem seu problema de Câmbio consolidado e acabou abandonando a corrida e com isso Hamilton assumiu a liderança da prova, E por incrível que pareça o Vice-Líder era Valtteri Bottas e Sebastian Vettel era o terceiro lugar. Enquanto Hamilton administrava sua vantagem, Bottas fazia sua parada única nos boxes e voltou atrás de Vettel ainda na terceira posição. Só que Bottas com melhores pneus que Vettel conseguiu a ultrapassagem assumindo o 2ºlugar na corrida, Já Vettel foi para os boxes para uma segunda parada nos boxes assim como Hamilton, Mas A Mercedes preferiu ser cautelosa e acabou por realizar essa troca.

Na Parte final de corrida a briga da prova estava entre Alonso sobre Vettel pelo 5ºlugar, Uma briga dura, uma briga entre 2 campeões mundiais, Alonso lutou como nunca, Só que Vettel conseguiu passar Alonso após o Espanhol após voltas e voltas de uma intensa Briga, Vettel reclamou demais de Alonso por que ele acabou passando do limite da pista o que eu já tinha falado ontem que achava isso uma tremenda de uma besteira e depois Alonso também reclamou da manobra do Vettel para ultrapassar ele. Foi uma briga que valeu um 5ºlugar, Mas que foi para todos os campos, Desde nas pistas até pelos mimimi de ambos.

De Resto Button tentou tirar tudo de uma limitada Mclaren para conseguir o pódio para fazer a Homenagem devida ao seu pai, Só que acabou Ricciardo segurando o 3ºlugar. Hamilton ao cruzar a linha de chegada conseguiu eliminar 25 dos 29 pontos de vantagem que Rosberg tinha e passa a pressão para o piloto Alemão que corre no dia 20 em Casa. Valtteri Bottas numa espetacular segunda posição com a Williams numa corrida fantástica de recuperação e da mostra de que o carro da Williams melhorou muito e que já é a segunda força do Grid, Daniel Ricciardo em 3ºlugar mais uma vez andando melhor que Vettel e fazendo uma bela corrida e segurando a Jenson Button que fez um final de semana brilhante, Até acho uma judiação ele ter ficado fora desse pódio, Até por que o trabalho de Button foi para chegar ao pódio, Mas faltou foi um carro melhor para ele fazer isso.

Sebastian Vettel com uma belíssima ultrapassagem conseguiu o 5ºlugar e apesar disso mais uma vez ficou atrás de Ricciardo, Dessa vez o Alemão realmente não casou com esse carro de forma nenhuma, Ele já deve estar pensando em 2015, pois nesse ano já não pode mais fazer nada pelo que vem caminhando esse campeonato.

Se para Vettel esta difícil, Para Alonso esta pior, só não esta tão pior por que ele é que carrega a Ferrari nas costas mesmo com um carro difícil nas mãos, O 6ºlugar até não chega a ser ruim, Mas esse carro se mostra um carro ruim para ser um carro campeão e que mais uma vez Alonso não vai ver a cor do título, ou melhor, nem chega perto disso.

Kevin Magnussen diria que fez uma corrida dentro da normalidade da Mclaren atual ficando em 7ºlugar, Logo depois Nico Hulkenberg numa Force India que nunca andou em Silverstone  em 8ºlugar salvando pontos no campeonato e nada, nada, nada veio a Toro Rosso com uma corrida correta colocando seus pilotos em 9º e 10ºlugar, lugar exato aonde eles largaram com Danill Kvyat em 9º e Jean-Eric Vergne em 10º.

Sergio Perez que acabou indo para fora da pista na primeira volta e depois fez uma recuperação que foi inútil para chegar aos pontos ficando em 11ºlugar. E dai veio Grosjean se arrastando com a Lotus, Sutil com o lixo chamado Sauber que não mostra a menor condição para ser competitivo, Bianchi que foi limitado pela Marussia que melhora, mas ainda pouco para quem quer virar time médio. Kobayashi carregando a Caterham que se mostra cada dia mais decepcionante em 15º e depois Chilton em 16º e para completar com problemas no final da prova Pastor Maldonado que continua muito mal nesse ano, Mas que dessa vez fique claro que o incidente com o Gutierrez que ele não foi o culpado.

Daqui a 2 semanas teremos o GP da Alemanha de Formula 1 com a disputa pelo título pegando fogo entre Rosberg que agora tem de novo Hamilton na sua cola a 4 pontos dele, a Vitória de hoje faz o campeonato ficar mais emocionante.

Hamilton volta a vence com Bottas e Ricciardo junto do Inglês para fazer a Festa. Foto: Mercedes

Resultado Final do GP da Inglaterra de Formula 1

Pos Pilotos Equipe Chassis Motor Voltas Tempo grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W05 Mercedes PU106A Hybrid 52 2:26:52.094 6
2 77 Valtteri Bottas Williams FW36 Mercedes PU106A Hybrid 52 a 30.135s 14
3 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB10 Renault Energy F1-2014 52 a 46.495s 8
4 22 Jenson Button McLaren MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid 52 a 47.390s 3
5 1 Sebastian Vettel Red Bull RB10 Renault Energy F1-2014 52 a 53.864s 2
6 14 Fernando Alonso Ferrari F14 T Ferrari 059/3 52 a 59.946s 16
7 20 Kevin Magnussen McLaren MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid 52 a 62.563s 5
8 27 Nico Hulkenberg Force India VJM07 Mercedes PU106A Hybrid 52 a 88.692s 4
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 52 a 89.340s 9
10 25 Jean-Eric Vergne Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 51 a 1 Volta 10
11 11 Sergio Perez Force India VJM07 Mercedes PU106A Hybrid 51 a 1 Volta 7
12 8 Romain Grosjean Lotus E22 Renault Energy F1-2014 51 a 1 Volta 11
13 99 Adrian Sutil Sauber C33 Ferrari 059/3 51 a 1 Volta 13
14 17 Jules Bianchi Marussia MR03 Ferrari 059/3 51 a 1 Volta 12
15 10 Kamui Kobayashi Caterham CT05 Renault Energy F1-2014 50 a 2 Voltas 22
16 4 Max Chilton Marussia MR03 Ferrari 059/3 50 a 2 Voltas 17
17 13 Pastor Maldonado Lotus E22 Renault Energy F1-2014 49 a 3 Voltas – Exaustor 20
6 Nico Rosberg Mercedes F1 W05 Mercedes PU106A Hybrid 28 a 24 Voltas – Câmbio 1
9 Marcus Ericsson Caterham CT05 Renault Energy F1-2014 11 a 41 Voltas – Suspensão 21
21 Esteban Gutierrez Sauber C33 Ferrari 059/3 9 a 43 Voltas – Acidente 19
19 Felipe Massa Williams FW36 Mercedes PU106A Hybrid 0 a 52 Voltas – Acidente 15
7 Kimi Räikkönen Ferrari F14 T Ferrari 059/3 0 a 52 Voltas – Acidente 18

Melhor volta de Cada piloto na Corrida:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 26ªVolta – 1:37.176
2 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 52ªVolta – 1:37.481
3 6 Nico Rosberg (Mercedes) 26ªVolta – 1:38.091
4 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 34ªVolta – 1:38.264
5 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 52ªVolta – 1:38.284
6 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 45ªVolta – 1:38.407
7 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 34ªVolta – 1:38.459
8 14 Fernando Alonso (Ferrari) 52ªVolta – 1:38.587
9 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 52ªVolta – 1:38.625
10 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 32ªVolta – 1:38.677
11 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 41ªVolta – 1:38.716
12 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) 48ªVolta – 1:38.919
13 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 44ªVolta – 1:39.261
14 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 51ªVolta – 1:39.961
15 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 34ªVolta – 1:40.041
16 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) 48ªVolta – 1:40.314
17 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) 50ªVolta – 1:40.399
18 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) 31ªVolta – 1:41.462
19 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 7ªVolta – 1:42.566
20 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) 7ªVolta – 1:44.319

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mclaren/Caterham/Mercedes

Ferrari mostra o carro mais convencional até agora com o F14-T

A Ferrari mostra novidades em seu novo carro:

2013

O Alto bico da Ferrari de 2013
O Alto bico da Ferrari de 2013

2014

 

As novidades em seu carro foi o bico do Carro que esta mais preso ao Chão, mas diferente como as outras equipes que adotaram um bizarro bico fino para fixar ao chão que faz lembrar um nariz de carro ou se quiser a sua imaginação um objeto bem peculiar. O que é o Caso da Mclaren e da Lotus

A Ferrari adotou um bico baixo mantendo o modelo do bico de 2013 , Mas adaptando para o Regulamento de 2014 em que os bicos dos carros tenham que ficar numa altura mais baixa do que ficavam para essa temporada.

O Carro tem uma mudança na parte de Trás, O Difusor do carro da Ferrari que esta bem diferente do ano passado, A pergunta que fica é, Será que o Difusor desse ano nos outros carros vai seguir a tendência da Ferrari e ser diferente em todas as outras 10 equipes?

2013

Difusor de 2013
Difusor de 2013

2014

Yb90atzz o

Vídeo oficial do lançamento:

A Ferrari conta em 2014 com Fernando Alonso e Kimi Raikkonen que volta a equipe depois de 5 anos de ausência depois de sair em 2009 e disputar o WRC por 2 anos até voltar a Formula 1 pela Lotus em 2012.

Veja dados sobre o carro dessa temporada:

Chassis: Monoposto composto com estrutura de Fibra de carbono.
Câmbio: Ferrari
Número de Marchas: 8 + Marcha Ré
Freios de disco de carbono Brembo e sistema de controle eletrônico sobre os freios posteriores, Suspensões independentes traseiras e dianteiras
Peso total do carro com o piloto: 691 kg
Rodas OZ, Aro 13

Motor : Ferrari – motor Turbo
1500 Cilindradas
15000 RPM
!00 litros de gasolina
configuração: 6 Cilindros em 90ºGraus

Sistema ERS:
Energia da Bateria por volta: 4 Mj
Potencia MGU-K     120 kW
Máximas revoluciones MGU-K     50’000 rpm
Máximas revoluciones MGU-H     125’000 rpm

Descripción (Descrição do Carro em Espanhol) – Fonte: ferrari.com

K0szr2ev o

El F14 T es el sexagésimo coche fabricado por Ferrari específicamente para participar en el Campeonato del Mundo de Fórmula 1. El nombre se debe a una combinación del año actual y la introducción del turbocompresor en la unidad de potencia. Aunque el tradicional periodo de gestación para un diseño nuevo de Fórmula 1 es de poco más de doce meses, este proyecto, identificado con el código interno de 665, comenzó hace más de dos años.

La temporada 2014 es excepcional en la historia de este deporte, caracterizada por una de las más importantes revoluciones técnicas en la historia de la Fórmula 1, con un elenco de cambios en el reglamento que han obligado a un inicio precoz que permita una revisión a fondo de todos los aspectos del diseño del coche. Para hacer frente al reto sin precedentes de gestionar tres proyectos de coche simultáneamente en 2012, la Scuderia tuvo la fortuna de contar con el talento de ingenieros experimentados para guiar el proyecto en sus inicios.

4qvlktih o

Chasis

Los aficionados de la Scuderia podrán ver alguna herencia de diseños previos de Ferrari en el F14 T, como la suspensión delantera y trasera tipo pull-rod.

Sin embargo, más allá de esta similitud superficial, el coche de 2014 tiene poco que ver con sus antecesores. Externamente, el coche es muy distinto a los coches de años anteriores: los cambios de reglamento que obligan a bajar el chasis y el morro para aumentar la seguridad de los pilotos, dan un aspecto muy distinto al F14 T con respecto al F138. Uno de los verdaderos retos a los que tuvieron que hacer frente los diseñadores en este proyecto fue el de reposicionar la suspensión delantera en un habitáculo mucho más bajo que el anterior. El conjunto de alerones traseros de 2014 no tiene nada que ver con el del año pasado, debido a tres cambios de reglamento que requieren un DRS de mayor potencia, una profundidad general mucho más pequeña del alerón trasero y la extracción del alerón beam, por lo que la sección central de los alerones se sustenta sobre unos pilares.

Ffhb6imq o

El alerón delantero tiene que ser 75mm más estrecho por lado para que sea menos vulnerable en las colisiones con otros coches y con las barreras. Este cambio, que es quizás una de las diferencias visuales menos notables con respecto a los coches de 2013, tiene un efecto profundo sobre la aerodinámica del vehículo. Los alerones delanteros utilizados a partir de 2009 han contado siempre con medidas elaboradas, ideadas para estimular que la estela de los extremos de los alerones frontales pase por fuera de los neumáticos delanteros para maximizar la carga aerodinámica del coche. Un cambio inocente de tan solo 75mm en la posición de la punta del alerón, ha obligado a los ingenieros a reinventar completamente la aerodinámica del alerón delantero para 2014.

Y6by0yo2 o

Integración

Aunque las diferencias externas sean llamativas, las mayores diferencias se encuentran bajo la piel del coche. El coche nuevo tiene necesidades completamente distintas de refrigeración con respecto a cualquiera de sus antecesores. Los radiadores de aceite del motor y de agua han disminuido en tamaño, porque la parte de combustión interna del V6 en la unidad de potencia también es considerablemente más pequeña. Sin embargo, se ha tenido que encontrar un hogar nuevo para acomodar un intercooler al sistema turbocompresor y para gestionar el rechazo térmico de los componentes del ERS, el cual es mucho mayor que sus antecesores KERS.

Dado que una mayor refrigeración permite una mayor potencia, pero que a su vez una mayor refrigeración también daña la generación de carga aerodinámica, fue necesario decidir con mucha cautela cuáles eran los niveles correctos de refrigeración total para que el coche pueda conseguir el mejor compromiso entre caballos de potencia y carga aerodinámica. Esta es una de las áreas fundamentales donde tener a la gente de la unidad de potencia y del chásis bajo un mismo techo ha resultado ser muy beneficioso para la Scuderia. Después de haber escogido el nivel correcto de refrigeración, colocar los elementos de refrigeración resultantes y conseguir el flujo de aire correcto hacia ellos ha sido un aspecto que ha conllevado una gran inversión de tiempo en el diseño, para asegurar que el F14 T pueda retener la carrocería ajustada minuciosamente de tal forma que permita la extracción eficiente de carga aerodinámica del diseño.

Pcxkcikz o

Frenos

El sistema de frenada ha sido rediseñado por completo para adaptar el coche al cambio de reglamento: esto ha supuesto tener que asegurar una mayor capacidad en el eje frontal, trabajando junto a Brembo para reducir el tamaño del calibrador hidráulico en la zona trasera, para compensar el mayor esfuerzo de frenada que provee el motor ERS. Además, como permite el reglamento, el F14 T tendrá un sistema de frenada por cable para permitirnos optimizar la consistencia del pedal y el control del equilibrio de frenada, ya que la contribución en frenada del ERS cambia durante la maniobra de la frenada. Aparte de la infinidad de cambios respecto al hardware, el reglamento de 2014 requiere un refuerzo notable de la sofisticación del software, para asegurar que se le pueda extraer la máxima eficiencia de la cantidad limitada de combustible permitida por el reglamento.

Transmisión

Las unidades de potencia de 2014 producen unos picos de potencia más altos que las de 2013 y lo hacen a menos RPM con mayor torsión. Además, el reglamento nos obliga a fijar una elección de tan solo 8 ratios para la temporada. Esto hace que la transmisión tenga requisitos muy distintos a los de cualquier generación anterior de coches de Fórmula 1. La transmisión del F14 T ha sido diseñada con el objetivo de asegurar que sigamos disfrutando de una entrega de potencia muy eficiente a través del tren de potencia, a la vez que se consiguen salidas de primer nivel y altos niveles de fiabilidad.

Peso y neumáticos
La complejidad del reglamento de 2014 produce una disposición que es significativamente más difícil de producir por debajo del límite de peso (691 kg) que en años anteriores. El control del peso ha sido una parte importante del proyecto desde el inicio, para poder producir un coche con una cantidad de balasto trabajable que nos permitirá operar y desarrollar el coche a lo largo de la temporada. Igualmente importante será la integración del coche con los nuevos neumáticos que Pirelli introducirá este año. La capacidad del F14 T de sacar el máximo provecho a sus características será una de las claves para saber si nuestros esfuerzos darán los frutos esperados.

Fotos: Ferrari

Vettel sobra em Austin no primeiro dia de treinamento

Sebastian Vettel mostra que é o grande candidato ao título, tanto no primeiro treino livre como no segundo treino livre ele dominou, com o tempo de 1:37.718 no segundo treino livre ele acabou sendo o mais rápido dessa sexta-feira. E para desespero dos seus adversários Vettel teve o mais próximo adversário foi o companheiro de equipe da Red Bull Mark Webber que fez 1:38.475 o que significa que Vettel teve não só o primeiro tempo como o segundo tempo já que o seu tempo no primeiro treino livre foi de 1:38.125, Ainda Vettel teve problemas no segundo treino livre, ele acabou treinando menos do que de costume.

Para Alonso o pesadelo aumenta  demais quando ele ver que o Máximo que ele fez foi o tempo de 1:38.483, perto de Webber, Mas ainda assim longe de Vettel as perspectivas do Espanhol são desfavoráveis, Lewis Hamilton e Jenson Button vem logo de seguida andando no mesmo nível das Ferrari, Hamilton no 1ºtreino livre andou mais do que Alonso ou seja a Ferrari terá de lutar muito para colocar o espanhol na melhor posição possível.

Felipe Massa terminou o seu dia em 6ºlugar, Nico Rosberg muito bem em 7ºlugar com o patético carro da Mercedes, Bruno Senna que não precisou ceder seu carro para Vatteri Bottas no primeiro treino livre ficou em 8ºlugar, Kamui Kobayashi com a Sauber termina o treino em 9ºlugar. Já Raikkonen em 11º e Grosjean em 13º mostraram que a Lotus pode não ter um grande final de semana

A Se lamentar e a HRT, que mostra cada dia mais e mais que esta em crise, na maioria do tempo ficou parado nos boxes. além de ser a única a ceder carro a um terceiro piloto o Chinês Ma Qing Hua. Se a equipe sobreviver será o piloto em 2013 provavelmente. É um belo Exemplo de uma equipe de Formula 1 fazendo de tudo para sobreviver.

Resultado do 1ºTreino Livre

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Voltas
1 1 Sebastian Vettel Red Bull RB8 Renault RS27-2012 1:38.125 30
2 4 Lewis Hamilton McLaren MP4-27 Mercedes FO 108Z 1:39.543 28
3 5 Fernando Alonso Ferrari F2012 Ferrari Type 056 1:40.337 29
4 3 Jenson Button McLaren MP4-27 Mercedes FO 108Z 1:40.528 29
5 2 Mark Webber Red Bull RB8 Renault RS27-2012 1:40.650 30
6 6 Felipe Massa Ferrari F2012 Ferrari Type 056 1:40.966 26
7 12 Nico Hulkenberg Force India VJM05 Mercedes FO 108Z 1:41.023 29
8 14 Kamui Kobayashi Sauber C31 Ferrari Type 056 1:41.036 28
9 8 Nico Rosberg Mercedes F1 W03 Mercedes FO 108Z 1:41.159 32
10 15 Sergio Perez Sauber C31 Ferrari Type 056 1:41.473 29
11 11 Paul di Resta Force India VJM05 Mercedes FO 108Z 1:41.783 29
12 16 Daniel Ricciardo Toro Rosso STR7 Ferrari Type 056 1:41.825 28
13 17 Jean-Eric Vergne Toro Rosso STR7 Ferrari Type 056 1:41.833 29
14 9 Kimi Räikkönen Lotus E20 Renault RS27-2012 1:41.880 23
15 10 Romain Grosjean Lotus E20 Renault RS27-2012 1:41.998 27
16 18 Pastor Maldonado Williams FW34 Renault RS27-2012 1:42.539 30
17 7 Michael Schumacher Mercedes F1 W03 Mercedes FO 108Z 1:42.588 25
18 25 Charles Pic Marussia MR01 Cosworth CA2012 1:43.288 23
19 20 Heikki Kovalainen Caterham CT01 Renault RS27-2012 1:43.443 28
20 21 Vitaly Petrov Caterham CT01 Renault RS27-2012 1:43.522 23
21 24 Timo Glock Marussia MR01 Cosworth CA2012 1:44.464 24
22 19 Bruno Senna Williams FW34 Renault RS27-2012 1:44.548 29
23 22 Pedro de la Rosa HRT F112 Cosworth CA2012 1:46.917 13
24 23 Qing Hua Ma HRT F112 Cosworth CA2012 1:48.559 19

Resultado do 2 ºTreino Livre

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Voltas
1 1 Sebastian Vettel Red Bull RB8 Renault RS27-2012 1:37.718 17
2 2 Mark Webber Red Bull RB8 Renault RS27-2012 1:38.475 36
3 5 Fernando Alonso Ferrari F2012 Ferrari Type 056 1:38.483 35
4 4 Lewis Hamilton McLaren MP4-27 Mercedes FO 108Z 1:38.748 31
5 3 Jenson Button McLaren MP4-27 Mercedes FO 108Z 1:38.786 32
6 6 Felipe Massa Ferrari F2012 Ferrari Type 056 1:39.029 33
7 8 Nico Rosberg Mercedes F1 W03 Mercedes FO 108Z 1:39.448 32
8 19 Bruno Senna Williams FW34 Renault RS27-2012 1:39.531 38
9 14 Kamui Kobayashi Sauber C31 Ferrari Type 056 1:39.653 36
10 7 Michael Schumacher Mercedes F1 W03 Mercedes FO 108Z 1:40.115 30
11 9 Kimi Räikkönen Lotus E20 Renault RS27-2012 1:40.166 32
12 18 Pastor Maldonado Williams FW34 Renault RS27-2012 1:40.230 35
13 10 Romain Grosjean Lotus E20 Renault RS27-2012 1:40.286 32
14 15 Sergio Perez Sauber C31 Ferrari Type 056 1:40.326 35
15 16 Daniel Ricciardo Toro Rosso STR7 Ferrari Type 056 1:40.435 30
16 17 Jean-Eric Vergne Toro Rosso STR7 Ferrari Type 056 1:40.516 32
17 12 Nico Hulkenberg Force India VJM05 Mercedes FO 108Z 1:40.700 34
18 11 Paul di Resta Force India VJM05 Mercedes FO 108Z 1:41.430 35
19 20 Heikki Kovalainen Caterham CT01 Renault RS27-2012 1:42.476 38
20 24 Timo Glock Marussia MR01 Cosworth CA2012 1:42.652 33
21 21 Vitaly Petrov Caterham CT01 Renault RS27-2012 1:42.846 38
22 25 Charles Pic Marussia MR01 Cosworth CA2012 1:43.538 38
23 22 Pedro de la Rosa HRT F112 Cosworth CA2012 1:44.453 16
24 23 Narain Karthikeyan HRT F112 Cosworth CA2012 1:45.114 20

Resultado do 3 ºTreino Livre

pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Voltas
1 1 Sebastian Vettel Red Bull RB8 Renault RS27-2012 1:36.490 18
2 4 Lewis Hamilton McLaren MP4-27 Mercedes FO 108Z 1:36.748 20
3 18 Pastor Maldonado Williams FW34 Renault RS27-2012 1:37.001 21
4 5 Fernando Alonso Ferrari F2012 Ferrari Type 056 1:37.180 21
5 8 Nico Rosberg Mercedes F1 W03 Mercedes FO 108Z 1:37.247 24
6 6 Felipe Massa Ferrari F2012 Ferrari Type 056 1:37.262 27
7 2 Mark Webber Red Bull RB8 Renault RS27-2012 1:37.298 18
8 15 Sergio Perez Sauber C31 Ferrari Type 056 1:37.415 20
9 12 Nico Hulkenberg Force India VJM05 Mercedes FO 108Z 1:37.495 20
10 3 Jenson Button McLaren MP4-27 Mercedes FO 108Z 1:37.538 20
11 19 Bruno Senna Williams FW34 Renault RS27-2012 1:37.569 21
12 7 Michael Schumacher Mercedes F1 W03 Mercedes FO 108Z 1:37.760 21
13 9 Kimi Räikkönen Lotus E20 Renault RS27-2012 1:37.765 26
14 14 Kamui Kobayashi Sauber C31 Ferrari Type 056 1:37.953 23
15 16 Daniel Ricciardo Toro Rosso STR7 Ferrari Type 056 1:38.547 23
16 11 Paul di Resta Force India VJM05 Mercedes FO 108Z 1:38.653 22
17 10 Romain Grosjean Lotus E20 Renault RS27-2012 1:38.753 11
18 17 Jean-Eric Vergne Toro Rosso STR7 Ferrari Type 056 1:39.689 12
19 24 Timo Glock Marussia MR01 Cosworth CA2012 1:40.407 23
20 21 Vitaly Petrov Caterham CT01 Renault RS27-2012 1:40.753 19
21 20 Heikki Kovalainen Caterham CT01 Renault RS27-2012 1:41.011 19
22 25 Charles Pic Marussia MR01 Cosworth CA2012 1:41.466 19
23 22 Pedro de la Rosa HRT F112 Cosworth CA2012 1:43.563 21
24 23 Narain Karthikeyan HRT F112 Cosworth CA2012 1:44.043 23

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull