Portal Sportszone » Blog Archives

Tag Archives: Fabio di Giannantonio

Fotos Moto 3 Moto 3 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Moto 3 – Mir vence na Áustria e fica cada vez mais perto do título

Published by:

Na Classificação oficial do GP da Áustria confirmou que iria ser disputado.

No primeiro momento Joan Mir se estabeleceu na liderança do treino durante bons 15 minutos até que Aron Canet fez uma bela volta na casa do 1:36.9 pulando do 7º para a liderança. Mir foi tentar dar o troco e voltar a pole position. Mesmo fazendo as 3 melhores parciais acabou perdendo força na última parcial o que impossibilitou do piloto espanhol de retomar a ponta. Bo Bendsneyder tratou de assumir a liderança com Gabriel Rodrigo assumindo o segundo lugar deixando Mir em 3ºlugar.

Isso acabou durando até o final do treino quando os pilotos foram para a sua voltas finais. Mir, Fenati, Rodrigo e Canet vinham tentando tirar a pole do piloto Holandês . Acabou o Argentino Gabriel Rodrigo da RBA Racing que estava muito bem colocado na segunda posição em grande parte do treinamento fez a 40 segundos do final a pole position com 1:36.537 com Mir acabou fechando a volta e ficando apenas em 6ºlugar.

Mir e Rodrigo partiram para a volta final e acabou o piloto da RBA levando a melhor melhorando sua marca para 1:36.503 contra o 1:36.555 de Joan Mir que acabou tendo esse tempo anulado por ter cortado caminho. Isso fez com que a RBA fizesse a dobradinha já que o Espanhol Juanfran Guevara ficou no terceiro lugar e foi promovido para o 2ºlugar, Aron Canet foi promovido da 2ªfila para a primeira fila com sua moto da Estrella Galícia. (Primeira Honda do Grid)

A Lamentar a patética briga promovida pelo italiano Romano Fenati que acabou se desconcentrando na sua volta final pela saída de pista de Fabio di Giannanonio e acabou ao invés de se concentrar na sua pilotagem para disputar a pole position ficou reclamando e ficando apenas com o 11ºlugar. Após o treino enquanto Fenati reclamava o piloto da Gresini estava na dele sendo incomodado pelo piloto da Rivacold.

Por falar na equipe Gresini o piloto Jorge Martin volta para essa corrida e vai largar em 13ºlugar. Bom treino de Enea Bastianini que larga em 4ºlugar com a outra moto da Estrella Galicia seguido de John McPhee que dessa vez consegue largar nas primeiras posições e do Holandês Bo bendsneyder que vem em franca ascensão na moto 3.

Andrea Migno, Philipp Oettl, Fabio di Giannantonio e Joan Mir que acabou ficando com o 10ºlugar com sua melhor volta anulada. O Espanhol Jaume Masia que substitui a Darryn Binder larga em 14ºlugar. Muito na frente de Marcus Ramirez que supreendentemente larga em 23ºlugar (Muito atrás da onde ele costuma largar)

Grid de largada do GP da Áustria
11ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto 3

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM RC250GP 1’36.503
2 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM RC250GP 1’36.615
3 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW 1’36.690
4 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW 1’36.716
5 17 John McPhee British Talent Team Honda NSF250RW 1’36.790
6 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 1’36.793
7 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 1’36.811
8 65 Philipp Ottl Südmetall Schedl GP Racing KTM RC250GP 1’36.955
9 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW 1’36.967
10 36 Joan Mir Leopard Racing Honda NSF250RW 1’36.989
11 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 1’37.006
12 11 Livio Loi Leopard Racing Honda NSF250RW 1’37.020
13 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW 1’37.023
14 15 Jaume Masia Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 1’37.099
15 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda NSF250RW 1’37.128
16 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 1’37.147
17 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 1’37.196
18 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda NSF250RW 1’37.309
19 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O 1’37.344
20 75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O 1’37.348
21 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 1’37.405
22 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda NSF250RW 1’37.409
23 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 1’37.607
24 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW 1’37.730
25 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra MGP3O 1’37.871
26 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW 1’37.970
27 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda NSF250RW 1’38.099
28 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O 1’38.108
29 6 Maria Herrera AGR Team KTM RC250GP 1’38.131
30 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra MGP3O 1’38.303
31 13 Maximilian Kofler Motorsport Kofler E.U. KTM RC250GP 1’38.697
32 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O 1’38.816
33 18 Gabriel Martinez Motomex Team Moto3 KTM RC250GP 1’39.009

Na corrida teve os dois pilotos da RBA largando bem e entrando na primeira curva na frente, Só que McPhee, Canet e Bastianini nas primeiras curvas foram para a liderança deixando Rodrigo e Guevara em 4º e 5ºlugares. No final da primeira volta o piloto Bo Bendsneyder com a KTM da equipe Red Bull Ajo assumiu a liderança e acabou abrindo uma pequena vantagem sobre os outros pilotos que disputavam a segunda posição. Os dois pilotos da Estrella Galícia vinham fazendo um belo inicio de prova e tentavam aproximação em cima do piloto Holandês que vem crescendo na Moto 3.

Na 4ªVolta Jorge Martin que voltou depois de 2 corridas de ausência passou para o segundo lugar e na volta seguinte tomou a liderança da corrida ao passar Bendsneyder.  Só que Joan Mir. O cara que esta detonando com a Temporada precisou de apenas 6 voltas para sair do 10ºlugar e assumiu a liderança da prova. O espanhol da equipe Leopard é um monstro realmente em 2017.

Mir começou a abrir diferença com Bendsneyder e John McPhee disputando a segunda posição na 8ªVolta.

Phillip Oettl pega os dois no contra pé e sobe para o segundo lugar, O piloto da equipe Schedl GP Racing foi para cima de Mir tentando tomar a liderança do líder do campeonato. Só que Mir na volta seguinte abriu vantagem para Oettl que perdeu a 2ªposição para Jorge Martin que esta fazendo uma belíssima corrida. Mas tinha um estreante que chamou a atenção na Moto da Platinum Bay Real Estate o espanhol Jaume Masia que já vinha em 4ºlugar após um deslize do escocês John McPhee. Não satisfeito com isso Masia passou a Martin e a Livio Loi passando para o segundo lugar. Enquanto isso a Red Bull KTM Ajo perdeu seus dois pilotos sendo que Niccoló Antonelli foi derrubado por Tatsuki Suzuki. Já Bo Bendsneyder acabou derrubando o Escocês John McPhee. Todos eles abandonaram a prova.

Masla suportou e resistiu por algumas voltas aos ataques de Martin e de outros pilotos, Mas acabou sendo superado e perdeu o segundo lugar para Andrea Migno, Que não ficou muito tempo na posição já que ele acabou caindo e deixando de disputar as primeiras posições. Jorge Martin e Phillip Oettl disputaram a segunda posição na parte final de prova. Já que Mir já estava disparado na liderança rumando para mais uma vitória.

O piloto Alemão acabou superando Martin que teve que batalhar muito pelo terceiro lugar. Mir conquistou a 7ªvitória da temporada e se aproxima cada vez mais do título. Possivelmente devera ser o campeonato que será definido de forma mais cedo no campeonato.

Phillip Oettl fez sua melhor corrida da Temporada levando o 2ºlugar em uma bela corrida. O pódio foi completado pelo Jorge Martin que acabou suando muito para passar Livio Loi e conseguiu por apenas 8 milésimos o 3ºlugar completando o pódio, Deixando Loi que fez sua melhor corrida da Temporada ficando muito perto do pódio.

Aron Canet ficou em 5ºlugar com Fabio di Giannantonio em 6ºlugar, que deu um banho no que agente pode dizer seu arquirrival Romano Fenati que ficou em 13ºlugar depois do festival que ele fez no sábado ao reclamar sem motivo com o piloto da Gresini.

O Argentino Gabriel Rodrigo em um dos raros dias aonde ele não caiu acabou ficando em 7ºlugar. Sua moto da RBA Racing não teve rendimento para ele disputar a vitória. Adam Norrodin em uma boa corrida vem também crescendo na Moto 3, O Malaio ficou em 8ºlugar.

O Destaque do dia foi mesmo o Espanhol Jaume Masia que em sua estreia no Mundial de Motovelocidade chegou a ficar na segunda posição. No final ele perdeu posições, Mas acabar sua primeira corrida em 9ºlugar na frente de Enea Bastianini com a moto da Estrella Galícia é um feito para o piloto de 16 anos de idade. Masia se conseguir uma boa moto em 2018 promete fazer uma grande temporada.

E uma pequena citação a Kaito Toba que lutou até o final e foi compensado com o 15ºlugar, fechando a zona de pontuação.

Resultado final do GP da Áustria
11ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto 3

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 36 Joan Mir Leopard Racing Honda NSF250RW 37’23.124
2 65 Philipp Oettl Südmetall Schedl GP Racing KTM RC250GP a 3.045
3 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW a 3.377
4 11 Livio Loi Leopard Racing Honda NSF250RW a 3.385
5 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW a 3.502
6 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW a 3.730
7 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM RC250GP a 3.804
8 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda NSF250RW a 4.183
9 15 Jaume Masia Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP a 4.310
10 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW a 4.858
11 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP a 4.887
12 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP a 5.054
13 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW a 5.080
14 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM RC250GP a 7.015
15 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda NSF250RW a 16.246
16 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW a 16.447
17 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW a 16.449
18 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda NSF250RW a 16.653
19 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra MGP3O a 16.673
20 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O a 17.077
21 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP a 34.984
22 6 Maria Herrera AGR Team KTM RC250GP a 43.607
23 13 Maximilian Kofler Motorsport Kofler E.U. KTM RC250GP a 57.874
24 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O a 57.982
12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra MGP3O a 1 Volta
75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O a 1 Volta
41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda NSF250RW a 1 Volta
17 John McPhee British Talent Team Honda NSF250RW a 7 Voltas
64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP a 8 Voltas
23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP a 9 Voltas
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW a 9 Voltas
48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O a 21 Voltas
18 Gabriel Martinez Motomex Team Moto3 KTM RC250GP a 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos Moto 3 Moto 3 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Moto 3: Mir conquista vitória nas curvas finais da Catalunha

Published by:

Joan Mir que já tinha uma situação tranquila na liderança do campeonato não se acomodou e correu como necessitasse ganhar para se recuperar no campeonato.

Mais uma vez apesar do menor número de pilotos a prova não deixou de ter alternâncias de liderança em praticamente todas as voltas. Na Largada o Espanhol Jorge Martin que saiu na pole position largou mal e Juanfran Guevara assumiu a liderança que durou 2 curvas quando Romano Fenati tomou a liderança com Mir, Guevara que perdeu o 3ºlugar para Aron Canet, Di Giannantonio e Martin que caiu para o 6ºlugar.

Em todas as voltas da corrida a liderança iria para as mãos de um outro piloto, Todas as trocas da liderança praticamente na reta dos boxes.

Canet, Fenati, Guevara, Di Giannatonio e Martin em algum momento lideraram a etapa de Barcelona, Mas nenhum deles ficava na liderança por mais de uma volta. O Vácuo que essas motos geram quando andam juntas é suficiente para impedir que um piloto se perpetue na liderança e abra vantagem.

A Gresini por um momento comandou as duas primeiras posições na 6ªVolta com Jorge Martin de volta a liderança e Fabio di Giannantonio em segundo lugar. Na Volta seguinte o italiano assumiu a liderança por 2 curvas e depois Martin pegou de volta a liderança. Nesse momento Enea Bastianini chegava nessa turma da disputa pelo primeiro lugar.

Alguns pilotos tentaram manter a liderança como Aron Canet, Mas era praticamente impossível de ser feito, Nesse caso Jorge Martin reassumiu a liderança e tinha caso em que um piloto que entrava na liderança saia para a primeira curva em 4º ou 5ºlugar. O lado bom de ser ultrapassado é que você de Caça viraria caçador na volta seguinte.

A 9 Voltas do final mais dois pilotos entraram na disputa pela vitória. Tatsuki Suzuki e Marcos Ramirez. Finalmente a 8 voltas do final Jorge Martin conseguiu pela primeira vez liderar mais de uma volta resistindo a reta dos boxes, Mas Fenati não fez essa liderança durar muito e tomou a ponta de Martin da equipe Gresini. A 5 Voltas do final os pilotos da Sky VR46 Nicolo Bulega e Andrea Migno chegaram no 1ºgrupo.

Mas a Vitória não parecia fugir de Canet, Bastianini, Martin, Di Giannantonio e Joan Mir. Fenati assumiu a liderança e abriu parecendo que a vitória estava nas mãos do piloto da Rivacold. Duas voltas depois a turma chegou no líder como acontece muitas vezes no Tour de France. Joan Mir assume a liderança, Querendo entrar na disputa pela vitória Marcos Ramirez jogou tudo para tentar entrar na disputa da vitória. O máximo que ele conseguiu foi vazar a curva e perder algum tempo e ficar de fora da disputa pela vitória. A Duas voltas do final Martin e Fenati passaram Mir usando todos os centímetros da primeira curva o que eu diria uma ultrapassagem de forma perfeita usando toda a curva e assumiram primeiro e segundo lugar respectivamente.

Na Volta Final Martin estava em 1º com Fenati na sua cela e Mir estava pressionado pelos pilotos da Galícia. Parecia que tudo estava definido. Até que Mir de forma espectacular foi para cima de Fenati passando para o segundo lugar a 4 curvas do final e a 2 curvas do final na entrada da chicane que leva a reta dos boxes o piloto da Leopard passa Martin (Que perde posição para Fenati) e leva mais uma vitória, Aumentando ainda mais sua vantagem no campeonato para 48 pontos de diferença para Aron Canet que ficou em 5ºlugar. Com quase 2 corridas de diferença o espanhol se firma como o mais forte candidato ao título de 2017 da Moto 3.

Romano Fenati ficou em 2º e Jorge Martin completou o pódio na terceira posição. Enea Bastianini em sua melhor corrida na moto 3 em 2017 chega em 4ºlugar (ainda assim Bastianini esta a 84 pontos atrás de Mir e Praticamente sem chances de ser campeão)

Marcos Ramirez que tentou lutar pela vitória acabou a prova na 6ªposição com a moto da Platinum Bay. Fabio di Giannantonio da Gresini perdeu desempenho no final e ficou em 7ºlugar. Andrea Migno, Nicolo Bulega e Tatsuki Suzuki completaram os 10 primeiros colocados.

A próxima prova da Moto GP será domingo que vem no circuito de Assen, Na Holanda. A Catedral da MotoGP que vai ter na categoria Base um piloto disparando na liderança do campeonato. A Pergunta a ficar é essa: Quem vai parar Joan Mir? …

Resultado final do GP da Catalunha
Moto 3 – 7ªEtapa – 22 Voltas

Pos piloto Equipe Moto Tempo
1 36 Joan Mir Leopard Racing Honda 42’11.846
2 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda 0.191
3 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 0.279
4 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda 0.462
5 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 0.674
6 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM 0.740
7 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 1.143
8 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM 1.389
9 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 1.662
10 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 1.863
11 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM 2.088
12 17 John McPhee British Talent Team Honda 5.671
13 65 Philipp Ottl Südmetall Schedl GP Racing KTM 8.631
14 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra 16.603
15 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM 17.089
16 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda 17.128
17 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM 21.614
18 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda 22.362
19 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra 22.718
20 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra 22.754
21 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 22.888
22 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot 23.376
23 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 24.243
24 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda 33.334
25 11 Livio Loi Leopard Racing Honda 33.396
26 6 Maria Herrera AGR Team KTM 41.707
27 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot 1’10.768
28 81 Aleix Viu 42 Motorsport KTM 1’33.544
40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM 1 Volta
95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda 1 Volta
19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM 16 Voltas
63 Vicente Perez Reale Avintia Academy KTM 18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos Moto 3 Moto 3 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Moto 3 em Mugello – Migno conquista primeira vitória em Disputa Fantástica

Published by:

Classificação: McPhee herda pole de Martin após punição

Em Mugello na classificação da Moto 3 dominada na maior parte do treino dominada pelos pilotos da Gresini acabou na pista dando Jorge Martin fazendo o melhor tempo, Mas por ter andado lento no circuito acabou o escocês John Mcphee herdando a pole position. O piloto da British Talent ficou a maior parte do treino apagado andando na metade para baixo.

Dois pilotos com bom equipamento na classificação acabaram caindo e comprometendo parte do treinamento. Primeiro foi o líder do campeonato o Espanhol Joan Mir da Leopard Racing que foi para o chão perdendo metade do tempo de treinamento. O outro piloto foi o italiano Nicolo Bulega que não vive boa fase nesse começo de campeonato e acabou caindo quando tinha o terceiro melhor tempo.

Na parte final Joan Mir e McPhee viviam o drama de estarem lá atrás. Nos últimos minutos ambos foram para a pista buscarem melhores tempos. Ambos conseguiram com sucesso. Mir acabou fazendo o tempo o bastante para colocar a sua moto na primeira fila do grid enquanto que McPhee ficou em 2ºlugar e com a punição de Martin (que andou em uma volta com o tempo acima dos 110% permitidos o que fez perder 12 posições no grid de largada) herdou a pole position para a corrida de logo mais a partir das 6 da manha horário de Brasília. Jorge Martin vai largar em 13 lugar.

Completam a primeira fila o Espanhol Joan Mir e o Italiano da Gresini Fabio di Giannatonio, Todos com moto da Honda. Nicolo Bulega se recuperou bem da queda e conseguiu o 4 lugar abrindo a segunda fila do grid da Moto 3 que vai ter Juanfran Guevara e Romano Fenati completando a segunda fila.

Na terceira fila largam o jovem Marcos Ramirez que busca o primeiro pódio da carreira, Bo Bendsneyder que ainda não se achou na Moto 3 e Tatsuki Suzuki da Sic58 Squarda Corse. Manuel Pagliani e Kaito Toba também foram punidos e perdem 12 posições.

Grid de largada do GP da Itália do Mundial de MotoGP
Moto 3 – Mugello – 6ªEtapa

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 17 John McPhee British Talent Team Honda NSF250RW 1’57.324
2 36 Joan Mir Leopard Racing Honda NSF250RW 1’57.370
3 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto 3 Honda NSF250RW 1’57.595
4 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 1’57.768
5 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM RC250GP 1’57.912
6 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 1’57.954
7 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 1’57.978
8 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 1’57.993
9 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squarda Corse Honda NSF250RW 1’58.053
10 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 1’58.080
11 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 1’58.123
12 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 1’58.123
13 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto 3 Honda NSF250RW 1’57.176
14 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW 1’58.141
15 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 1’58.189
16 65 Philipp Oettl Südmetall Schedl GP Racing KTM RC250GP 1’58.233
17 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW 1’58.253
18 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto 3 Mahindra MGP3O 1’58.300
19 75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto 3 Mahindra MGP3O 1’58.418
20 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O 1’58.684
21 14 Tony Arbolino SIC58 Squarda Corse Honda NSF250RW 1’58.719
22 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda NSF250RW 1’58.928
23 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra MGP3O 1’58.941
24 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda NSF250RW 1’59.042
25 11 Livio Loi Leopard Racing Honda NSF250RW 1’59.067
26 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda NSF250RW 1’59.720
27 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O 1’59.922
28 6 Maria Herrera AGR Team KTM RC250GP 2’00.413
29 30 Edoardo Sintoni 3570-MTA Mahindra MGP3O 2’00.543
30 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda NSF250RW 1’59.092
31 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra MGP3O 1’58.279

No Domingo em Mugello esta agradável mesmo sem o sol aparecendo intensamente. Na Largada da Moto 3 o Italiano Fabio di Giannantonio largou muitíssimo bem pulando de 3º para a liderança seguido de Fenati, Tatsuki Suzuki, Mir, McPhee que largou da pole, Ramirez, Martin, Antonelli nas 8 primeiras posições.

Ainda na 1ªvolta Fenati assumiu a liderança e Jorge Martin que partiu do 13ºlugar já buscava passar John McPhee na disputa pelo 5ºlugar. Nas primeiras voltas Fenati e Di Giannantonio meio que mais se estabeleceram a parte da frente da corrida. Na terceira volta aproveitando do vácuo e da grande reta e assumiu a liderança após largar em 13ºlugar ganhando 12 posições em menos de 3 voltas.

Mas longe de Martin ter a melhor moto do Dia, Já que a disputa estava feroz, Só para se ter uma ideia tinha mais de 20 pilotos em um bloco compacto disputando os primeiros lugares. Vários e vários pilotos em algum momento assumiram a liderança (Marcos Ramirez, Andrea Migno, Joan Mir, John McPhee, Darryn Binder, Romano Fenati, …) Na parte final de corrida tivemos 22 na disputa pela vitória e a 5 voltas do final na grande reta mais ou menos uns 15 pilotos se posicionaram visando a liderança e a vitória.

Migno assumiu a liderança por uma volta o que foi uma tônica na prova. Praticamente nenhum piloto conseguia ficar na liderança por mais de 1 volta. As vezes nem durava uma curva. No final da corrida Alguns pilotos que estavam na frente acabaram caindo como Romano Fenati que caiu para o 17ºlugar, Joan Mir para o 10ºlugar, Jorge Martin para o 9ºlugar e John McPhee para o 12ºlugar.

Juanfran Guevara passou para a liderança que passou para as mãos de Phillip Oettl a 3 voltas do Final e de novo para Do Giannantonio para a liderança a 2 Voltas do final. Parecia que o piloto da Gresini iria conseguir a primeira vitória da carreira, Mas dai veio a volta final e Andrea Migno que pouco apareceu nessa disputa pela liderança da prova ao final da reta aos boxes.

O piloto da Sky Racing Team VR46 ficou na liderança segurando até o final da prova e conquistando sua primeira vitória na sua carreira e a primeira vitória da KTM em 2017. 37 milésimos depois chegou o Italiano Fabio di Giannantonio que tem a sua vitória se amadurecendo e o Espanhol Juanfran Guevara completando o pódio com sua KTM da Equipe RBA Boe Racing Team.

Darryn Binder da Platinum Bay acabou em 4ºlugar a 362 milésimos do vencedor. Aliás a diferença entre Migno que venceu para Marcos Ramirez que ficou em 9ºlugar ficou a menos de 8 décimos de diferença. entre eles chegaram Aron Canet, John McPhee, Joan Mir que continua líder do campeonato, Ayumu Sasaki que apareceu na parte final da prova levando a moto da SIC Racing ao 8ºlugar, Bela corrida do Japonês.

Ramirez e Bulega completaram os 10 primeiros colocados. Semana que vem teremos a 7ªEtapa do Mundial de Motovelocidade o GP da Catalunha no circuito de Barcelona.

Resultado Final do GP da Itália do Mundial de MotoGP
Moto 3 – Mugello – 6ªEtapa – 19 Voltas

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM 39’43.963
2 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 0.037
3 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM 0.166
4 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM 0.362
5 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 0.364
6 17 John McPhee British Talent Team Honda 0.419
7 36 Joan Mir Leopard Racing Honda 0.556
8 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda 0.710
9 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM 0.772
10 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 1.125
11 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda 1.229
12 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM 1.261
13 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda 1.461
14 65 Philipp Ottl Südmetall Schedl GP Racing KTM 1.524
15 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 1.553
16 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM 1.858
17 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra 2.259
18 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda 2.272
19 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra 2.319
20 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot 3.053
21 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda 3.476
22 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra 11.162
23 11 Livio Loi Leopard Racing Honda 17.713
24 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 37.687
25 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 37.688
26 6 Maria Herrera AGR Team KTM 37.776
27 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot 37.887
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 1 Volta
75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto3 Mahindra 1 Volta
95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda 11 Voltas
30 Edoardo Sintoni 3570-MTA Mahindra 13 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos Moto 3 Moto 3 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Moto 3 em Le Mans – Queda múltipla marca prova vencida por Joan Mir

Published by:

Na largada da primeira corrida Jorge Martin manteve a liderança até a chicane aonde o italiano da Rivacold Romano Fenati em uma manobra bem sucedida alcançou a liderança da prova. Joan Mir estava em terceiro lugar. No final da Chicane Tatsuki Suzuki provocou um acidente envolvendo Adan Norrodin, Jakub Kornfeil e Lorenzo Dalla Porta.

Mas foi na segunda volta que aconteceu a imagem da corrida foi quando passavam pela curva 5 e dai Fenati caiu e dai todos os outros pilotos em sua maioria caíram. Poucos eram os pilotos que se mantiveram em pé naquela situação. Com tudo isso acontecendo a direção da prova decidiu dar uma bandeira vermelha em toda a pista para fazer uma nova corrida que teria apenas 16 voltas.

O motivo de tudo isso é que a pista estava com escorregadia por causa de óleo na pista. Uma tremenda de uma mancada da direção de prova que se não teve a ver com alguma moto que se acidentou na primeira volta da corrida que poderia ter soltado algum liquido o que justificaria esse Strike total dos pilotos.

Na segunda largada com 16 voltas Martin manteve a liderança, Dessa vez ele não perdeu a liderança na chicane. Mas sim perdeu ainda na primeira volta para Romano Fenati. Guevara, Antonelli, Ramirez, Arenas, Bastianini eram os 7 primeiros. Já Joan Mir estava um pouco mais atrás.

Se destaque a grande largada de Andrea Migno que ganhou 10 posições na primeira volta. Na final da primeira volta Niccoló Antonelli caiu e deixou a prova. Um ano muito duro até agora para o piloto Italiano que já tem grande experiência na categoria Escola do Mundial de Motovelocidade.

Joan Mir começou a sua meteórica ascensão na corrida. Em uma só volta ele passou Marcos Ramirez, Juanfran Guevara e Enea Bastianini para assumir o 3ºlugar. Ainda de quebra na 4ªVolta ver Jorge Martin que foi mais uma vez o pole position cair deixando o Espanhol na segunda posição apenas atrás de Fenati que abria um segundo de diferença.

Enquanto isso Darryn Binder e Marcus Ramirez faziam um duelo particular da equipe Platinum Bay pelo 3ºlugar até que Aron Canet que venceu em Jerez veio para a disputa. Guevara e Bastianini estavam um pouco mais atrás.

Na 8ªVolta Mir assumiu a liderança depois da queda de Romano Fenati. Canet disputava o segundo lugar com D.Binder, Ramirez, Guevara, Bastianini e Di Giannantonio que chegava na disputa. Era a disputa da corrida naquele momento já que Mir disparava na liderança.

Canet acabou perdendo algumas posições ficando em 6º a 7ºlugar. Parecia que ele sairia dessa disputa pelo pódio. Quem ascendia era Di Giannantonio que passou os dois pilotos da Platinum Bay e assumiu o 2ºlugar. Destaque para dois pilotos. Jakub Kornfeil que levava a Pegueot a esta na zona de pontuação pela primeira vez na temporada e fechando ao primeiro bloco o Escocês John Mcphee que estava em 13ºlugar após largar da 25ªposição.

A poucas voltas do final a decisão do 2ºlugar estava indefinida com pelo menos 5 pilotos na disputa. Na volta Marcos Ramirez tentou tomar o segundo lugar, Mas passou reto na chicane e perdeu posições para Di Giannantonio, Aron Canet e Darryn Binder que vinha no segundo lugar.

Infelizmente para o Sul-Africano isso durou uma curva já que na curva 7 o piloto da Platinum caiu deixando Canet no final assumir o segundo lugar. Joan Mir com tranquilidade levou sua moto para a vitória em Le Mans com Canet em 2º e Di Giannantonio da Gresini completando o pódio no terceiro lugar deixando Marcos Ramirez bater na trave de novo ao tentar levar o pódio chegando em 4ºlugar.

Juanfran Guevara ficou em 5ºlugar. Bastianini que chegou a disputar o 2ºlugar, Jules Danilo da Rivacord, Andrea Migno que largou do 23ºlugar para chegar em respeitável 8ªposição, Bo Bendneyser da KTM e Danny Kent que voltou a Moto 3 fecharam as 10 primeiras posições. Na Classificação do Campeonato Mir abre uma grande vantagem para os demais pilotos na disputa pelo campeonato da Moto 3.

Resultado final da 5ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
GP da França – Le Mans Bugatti – 16 Voltas

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo Grid
1 36 Joan Mir Leopard Racing Honda NSF250RW 27’37.830 8
2 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW a 4.252 12
3 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW a 4.365 15
4 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP a 4.469 7
5 58 Juanfran Guevara RBA BOE Racing Team KTM RC250GP a 4.845 3
6 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW a 5.463 11
7 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW a 5.652 16
8 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP a 5.821 23
9 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP a 6.049 9
10 52 Danny Kent Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP a 6.193 10
11 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O a 7.504 18
12 17 John Maphee British Talent Team Honda NSF250RW a 8.741 25
13 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda NSF250RW a 16.006 30
14 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O a 16.405 20
15 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra MGP3O a 16.514 21
16 11 Livio Loi Leopard Racing Honda NSF250RW a 16.639 13
17 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP a 16.752 2
18 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra MGP3O a 16.996 14
19 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda NSF250RW a 17.046 22
20 6 Maria Herrera AGR Team KTM RC250GP a 17.206 29
21 65 Philipp Oettl Südmetall Schedl GP Racing KTM RC250GP a 28.501 28
22 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW a 33.398 24
23 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O a 42.059 31
40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 1 Volta 17
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda NSF250RW 2 Voltas 22
27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda NSF250RW 2 Voltas 26
23 Niccolò Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 5 Voltas 6
88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda NSF250RW 6 Voltas 1
5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 9 Voltas 4
75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto3 Mahindra MGP3O 13 Voltas 5
7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda NSF250RW Não largou 19

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Fotos: MotoGP

Fotos Moto 3 Moto 3 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Aron Canet faz ultrapassagem decisiva na curva final e vence pela primeira vez na Moto 3

Published by:

Pela primeira vez na sua carreira Aron Canet conquistou a vitória no Mundial de Motovelocidade no Circuito de Jerez de la Fronteira em uma brilhante ultrapassagem na última curva da prova.

O Grande favorito a vitória era o Espanhol Jorge Martin que detonou na classificação acabou perdendo a liderança na largada para o Italiano Romano Fenati da Rivacold Snipers enquanto que Martin acabou caindo de posição o que demonstrava que a moto dele foi acertada apenas para 1 Volta rápida. O piloto Niccolò Antonelli teve sua corrida comprometida devido a um choque com o piloto Japonês Tatsuki Suzuki que fez ambos caírem ainda na primeira volta.

A Se destacar o desempenho do pilotos da Equipe Platinum Bay Real Estate Darryn Binder e principalmente o Espanhol Marcos Ramirez que liderou uma boa parte da corrida e disputou a vitória de maneira direta como os pilotos Joan Mir, Aron Canet e Romano Fenati. Já Binder acabou caindo na parte final da pista na metade da corrida e acabou saindo da prova.

Na parte fina de prova Ramirez acaba sendo ultrapassado por Fenati e Mir assumindo as primeiras posições. A menos de 2 voltas do final Canet estava em 4ºlugar. Na Volta final o piloto espanhol passou Ramirez e foi para cima dos líderes que duelavam pela vitória e tudo indicava que a parada iria ficar entre os 2. Até que na curva final Fenati e Mir não contavam com a tentativa bem sucedida de Canet que passou por dentro ambos para levar a vitória. Sua primeira vitória da sua carreira que comemorou sem acreditar no feito que ele fez.

Fenati ficou em 2ºlugar e Joan Mir completou o pódio. Ambos sem acreditar que foram superados pelo piloto da Estrella Galícia. A se destacar o Espanhol Marcos Ramirez levando a modesta equipe Platinum Bay Real Estate ao 4ºlugar superando pilotos com equipes mais estruturadas como o Italiano Fabio di Giannantonio da Gresini e o pilotos da Sky Racing Team VR46 Andrea Migno e Nicolo Bulega em 6º e 7ºlugar respectivamente.

Enea Bastianini terminou em 8ºlugar e continua em situação difícil na Estrella Galicia já que ele é um dos candidatos ao título e até agora ele se ver longe da disputa do título. Jorge Martin que foi o pole position acabou em um frustrante 9ºlugar após um sábado absolutamente incrível e completando os 10 primeiros colocados o Espanhol Juanfran Guevara da RBA. Nessa prova a Mahindra marcou seus dois primeiros pontos em 2017 com o 14ºlugar de Albert Arenas. Daqui a 2 semanas teremos a 5ªetapa do Mundial de Motovelocidade na França no circuito Bugatti de Le Mans.

Resultado Final da 4ªEtapa do Mundial de Motovelocidade
Espanha – Jerez – Moto 3

pos. Piloto Equipe Moto Tempo Grid
1 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 41’25.706 2
2 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda a 0.031 3
3 36 Joan Mir Leopard Racing Honda a 0.155 9
4 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM a 0.358 5
5 21 Fabio di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda a 0.946 11
6 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM a 1.162 8
7 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM a 1.417 4
8 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda a 1.456 14
9 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda a 1.961 1
10 58 Juanfran Guevara RBA BOE Racing Team KTM a 2.000 12
11 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM a 7.431 24
12 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda a 9.958 25
13 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM a 10.028 16
14 75 Albert Arenas Mahindra Northgate Aspar Mahindra a 10.665 13
15 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda a 14.062 15
16 11 Livio Loi Leopard Racing Honda a 20.451 18
17 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda a 20.699 28
18 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot a 20.836 21
19 48 Lorenzo Dalla Porta Mahindra Northgate Aspar Mahindra a 21.624 17
20 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM a 34.081 10
21 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda a 37.754 31
22 23 Niccolò Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM a 37.799 6
23 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda a 37.915 29
24 6 Maria Herrera AGR Team KTM a 38.014 23
25 31 Raul Fernandez Mahindra MRW Aspar Team Mahindra a 57.408 32
26 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot a 57.494 33
27 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra a 1’00.920 30
17 John McPhee British Talent Team Honda 9 Voltas 26
12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra 10 Voltas 27
7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda 11 Voltas 19
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 20 Voltas 7
63 Vicente Perez Reale Avintia Academy KTM 22 Voltas 20

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP