Temporada de 2019 da Indycar Abre com vitória de Josef Newgarden em St.Petersburg

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotorTempoFase
112Will PowerTeam PenskeChevrolet1:00.459Q3
22Josef NewgardenTeam PenskeChevrolet1:00.557Q3
310Felix RosenqvistChip Ganassi RacingHonda1:00.688Q3
49Scott DixonChip Ganassi RacingHonda1:00.854Q3
528Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportHonda1:01.078Q3
627Alexander RossiAndretti AutosportHonda1:01.773Q3
760Jack HarveyMeyer Shank RacingHonda1:00.953Q2
823Charlie KimballCarlinChevrolet1:01.014Q2
95James HinchcliffeSchmidt Peterson MotorsportsHonda1:01.018Q2
1015Graham RahalRahal Letterman Lanigan RacingHonda1:01.094Q2
1188Colton HertaHarding Steinbrenner RacingHonda1:01.418Q2
1281Ben HanleyDragonSpeedChevrolet1:02.370Q2
1322Simon PagenaudTeam PenskeChevrolet1:04.629Q1
1426Zach VeachAndretti AutosportHonda1:00.906Q1
1520Ed JonesEd Carpenter RacingChevrolet1:06.142Q1
1621Spencer PigotEd Carpenter RacingChevrolet1:00.949Q1
1798Marco AndrettiAndretti Herta AutosportHondaSem TempoQ1
187Marcus EricssonSchmidt Peterson MotorsportsHonda1:01.134Q1
1918Sebastien BourdaisDale Coyne RacingHondaSem TempoQ1
2030Takuma SatoRahal Letterman Lanigan RacingHonda1:01.151Q1
2114Tony KanaanA. J. Foyt EnterprisesChevroletSem TempoQ1
224Matheus LeistA. J. Foyt EnterprisesChevrolet1:01.157Q1
2319Santino FerrucciDale Coyne RacingHondaSem TempoQ1
2459Max ChiltonCarlinChevrolet1:01.378Q1

Realizada nesse domingo a primeira etapa do Mundial de Formula Indy, Nas ruas de St.Petersburg, Os 24 pilotos que disputaram a etapa de abertura do Mundial tiveram 110 voltas em 2 horas de uma prova em um circuito que é um misto de circuito de rua e de autódromo. Will Power largou na pole position com o Estreante Felix Rosenquist da Chip Ganassi ao seu lado, Na segunda fila largam Josef Newgarden da Penske e Scott Dixon com o carro da Ganassi. Na Terceira fila largam 2 pilotos da Andretti: Ryan Hunter-Reay e na quarta fila largaram duas boas surpresas: Jack Harvey da equipe de Michael Shank e Charlie Kimball da Carlin.

 Largada para a abertura da Formula Indy em 2019, Power largou bem, Quem deu bobeira foi Josef Newgarden que acabou perdendo o 2ºlugar para o estreante Felix Rosenquist. De resto, Dixon manteve o 4ºlugar e Rossi ganhou o 5ºlugar do seu companheiro de equipe Ryan Hunter-Reay. O Campeão de 2012 chegou a tocar no piloto sueco da Chip Ganassi.

Power e Rosenquist abriram sobre os outros pilotos. Newgarden em 3º estava já a 2.2 segundos. Dixon vinha em 4º, Rossi, Hunter-Reay, Jack Harwey e Charlie Kimball completavam os 8 primeiros lugares.

Marcus Ericsson com 7 voltas faz a primeira parada. Ele vinha pelo 21ºlugar para arriscar uma tática diferente. Nessas primeiras voltas não teve brigas ou tentativas de brigas por posição. Power era seguido de perto pelo estreante Felix Rosenquist. O piloto da Ganassi chegou a correr pela Indy Lights e passou os dois últimos anos pela famigerada Formula E. O Norte-Americano Santino Ferrucci faz sua primeira parada na 10ªpassagem.

Os pilotos de trás foram os primeiros a pararem e de forma antecipada. Poderia ser fazer 35 a 40 voltas com o mesmo tanque de combustível. Na 12ªVolta já tinha 7 pilotos que tinham antecipado a sua 1ªparada.

Rahal fez sua parada na 13ªparada. Ao mesmo tempo o motor de Sebastien Bourdais acabou fumando, Era o fim de corrida para o piloto principal da Dale Coyne. O Líder da prova Will Power faz a parada, Uma surpresa que o líder mudasse a sua tática. O Estreante Sueco Rosenquist passou para a liderança. Newgarden, Dixon, Rossi, Hunter-Reay eram os 5 primeiros. Jones passou a ser o 6ºlugar foi para a parada na 15ªVolta. Apenas Rosenquist, Newgarden, Dixon, Rossi, Hunter-Reay, Kannan e Hanley não tinham ido para a primeira parade.

Na 17ªVolta, O líder faz sua parada e voltou atrás de Will Power que liderou as primeiras 11 voltas. O Piloto da Penske Josef Newgarden assumiu a liderança com Scott Dixon em 2º. Os dois pararam na 18ªVolta assim como parou também Ryan Hunter-Reay. Rossi passou para a liderança, O piloto da Andretti liderou por uma volta (O piloto ganha um ponto se liderar uma volta inteira). Apenas Tony Kannan não tinha parado nos boxes e vinha em 5ºlugar a frente de Alexander Rossi. Power voltou a liderança após as paradas, abrindo 3.5 segundos sobre Rosenquist.

Na 20ªVolta o motor de Ryan Hunter-Reay quebra no final da reta. No que provocou a primeira bandeira amarela da prova. O Ponto que o carro 28 parou era bem perigoso. Kannan foi para os boxes durante essa bandeira amarela.

Rosenquist relargou muito bem e assumiu a liderança na entrada da 24ªVolta, E depois segurando a ponta da tentativa de volta de Will Power. Depois disso o piloto da Ganassi abriu sobre Power que quase perder o 2ºlugar para Josef Newgarden, Scott Dixon e Alexander Rossi. O Inglês Jack Harvey que vai fazer 10 corridas em 2019 vinha em uma boa 6ªposição segurando dos ataques de Graham Rahal. Na 26ªVolta, O piloto Ed Jones bateu no muro e o Brasileiro Matheus Leist da A.J.Foyt acabou atingindo o carro do piloto da Carpenter/Corsa com o pneu traseiro provocando a segunda bandeira amarela na 27ªVolta. O Piloto dos EAU errou feio na curva passando reto e batendo.

Na 34ªVolta à corrida iria recomeçar, Mas a direção de prova adiou por uma volta. Na Volta 35 a corrida recomeçou, Dixon tentou passar Newgarden que fechou por duas vezes a porta. Rossi tentou se aproveitar e passar o campeão de 2018 por fora, Manobra que não obteve sucesso. Rosenquist continuou na ponta com Power em 2ºlugar.

Disputa pelo 6ºlugar entre Jack Harvey e James Hinchcliffe, O piloto Canadense estava bem mais rápido, mas o inglês se defendia muito bem. Simon Pagenaud vinha em 8º, Takuma Sato que largou em 20ºlugar estava em 9ºlugar e Marcus Ericsson completava os 10 primeiros lugares. Na entrada da 38ªVolta, O piloto da Harding Colton Herta passou Zach Veach e assumiu o 11ºlugar.

Rosenquist continua na liderança com uma boa distancia para Power (Um pouco mais de 1 segundo a frente) Sato e Herta na volta 43 foram os primeiros a fazerem a segunda parada nos boxes. A liderança entre os 5 primeiros colocados estavam separados por apenas 3.8 segundos e já estavam a 5 segundos a frente de Harvey que segurava bravamente o 6ºlugar dos ataques de James Hinchcliffe. Sem conseguir essa ultrapassagem, O Piloto Canadense foi para a sua segunda parada junto de Marcus Ericsson na volta 45. A Intenção do primeiro piloto da Schmidt era ganhar nessas paradas a posição do Harvey da equipe de Michael Shank associado a Schmidt Peterson.

Os pilotos da parte de trás vinham fazendo a 2ªparada deles enquanto que Power buscava se aproximar de Rosenquist. Pagenaud lutava por posição com Harvey, Chegou a passar o piloto inglês que voltou a se aproveitar do francês que perdeu a trajetória da curva 1 no final da reta. O piloto da Michael Shank foi para os boxes na volta 48 e a tática da Schmidt com Hinchcliffe deu certo, O piloto inglês voltou bem atrás do piloto Canadense.

Tony Kannan parou na volta 50, Logo os pilotos da frente iriam para a parada. Os primeiros deles foi Will Power e Alexander Rossi da Penske na volta 51. Um pouco mais atrás Simon Pagenaud fez a parada em 6ºlugar. Na volta 52, Rosenquist faz sua segunda parada e Newgarden passou para a liderança de novo. E por muito pouco o piloto da Ganassi voltou a frente do piloto da Penske, Power ganhou a posição após as paradas.

Newgarden abre 2.3 segundos a frente de Scott Dixon, Os dois certamente iriam para a tática de 3 paradas nos boxes. Dixon parou na 55ªVolta, Metade da prova. Voltando próximo de Power e logo atrás de Will Power. Na 56ªVolta, Newgarden vai para os boxes e colocaram os pneus de faixa vermelha (Você precisa usar pelo menos 1 jogo de pneus de cada tipo na corrida) e voltou a frente de Power (que ficou preso por causa da Marco Andretti que não tinha feito a parada segurando o segundo lugar) e assumiu a liderança colocando 2.5 segundos de frente para os dois.

Após a parada de Marco Andretti na volta 61. Newgarden era o líder com Dixon em 2º (Que fez uma brilhante ultrapassagem sobre Power na 58ªVolta) Rosequist vinha em 4º e Rossi mais atrás completava os 5 primeiros colocados. No segundo pelotão vinham James Hinchcliffe liderando esse Grupo em 6ºlugar. Rahal, Pagenaud, Sato e Herta completavam os 10 primeiros colocados.

A Corrida deu uma parada, Newgarden vinha tranquilamente na primeira posição tentando passar o piloto da Carlin Charlie Kimball que vinha em 18ºlugar. (ultrapassagem feita na 66ªvolta) O piloto da Penske vinha a frente de Scott Dixon que abriu bastante vantagem para o Australiano Will Power da penske em 3º, Rosenquist e Rossi completava os 5 primeiros colocados. Na Volta 71, Newgarden colocou 1 volta sobre Chilton e estava com vantagem de 5.6 segundos na liderança. Ainda haveria uma parada de troca de pneus e combustível.

Newgarden abriu mais diferença para Dixon, O Neozelandês pegou os dois pilotos da Carlin como retardatários. A Equipe de Origem Inglesa não deu um salto de qualidade nessa temporada como se esperava. Em 6ºVinha tinha o Canadense James Hinchcliffe que tentava se aproximar de Alexander Rossi. O outro piloto da Schmidt Peterson Marcus Ericsson abandonou com problemas de Pressão de Água.

Hinchcliffe fez sua 3ªparada na volta 79, Assim como Marco Andretti e Takuma Sato. Newgarden foi para a parada na 80ªVolta, Com 30 voltas para o final tinha tudo para terminar a prova tranquilamente. Já Takuma Sato com problemas acabou não voltando mais e deixando a corrida.

Dixon que liderou uma volta foi para os boxes, Igualmente fez Will Power, Alexander Rossi, Simon Pagenaud. Rosenquist ficou mais uma volta na pista e foi fazer sua última parada na 82ªVolta. Depois das paradas a liderança voltou às mãos de Josef Newgarden que vinha 8.1 segundos a frente de Scott Dixon. O piloto neozelandês Scott Dixon estava 5 segundos a frente de Will Power que vinha em 3ºlugar. Felix Rosenquist vinha em 4º. Rossi, Hinchcliffe, Pagenaud, Rahal, Herta e Ferrucci completavam os 10 primeiros colocados. Tony Kannan vinha em 15ºlugar após uma parada aonde a Foyt se enrolou toda com uma das mangueiras da porca dos pneus.

Newgarden vinha mantendo um ótimo ritmo de corrida no final de prova, Apesar de Dixon ter baixado a vantagem para 5.3 segundos a 24 voltas do final. Kannan já tinha tomado volta do líder os próximos a tomarem volta seriam Veach, Pigot e Andretti que vinham disputando o 12º,13º e 14ºlugares. Para não dizer que nada estava acontecendo, Simon Pagenaud vinha se aproximando de James Hinchcliffe na disputa pelo 6ºlugar. Mais a frente vinha Alexander Rossi em um tranquilo 5ºlugar atrás de Newgarden, Dixon, Power e Rosenquist.

Mesmo Dixon diminuindo a diferença para 3.9 segundos, O piloto da Penske Josef Newgarden vinha colocando retardatários na hora certa para manter uma tranquilidade na liderança. A 12 voltas do final Newgarden vinha o duríssimo Marco Andretti para colocar uma volta no piloto norte-americano. Dessa vez o campeão de 2017 teve dificuldades e muitas dificuldades para passar o piloto da Andretti-Herta, Apenas na entrada da 102ªVolta ele conseguiu colocar uma volta nele. Dixon não teve grandes dificuldades para passar Andretti. No que dava chances para Dixon ir para cima de Newgarden e disputar a vitória.

A 7 voltas do final, Dixon tinha que tirar 1.8 segundos em cima do Newgarden para decidir a prova com o piloto da Penske. Eram os dois últimos campeões da Formula Indy na disputa pela vitória.

Mas essa disputa não aconteceu, Josef Newgarden segurou a vantagem de 2 segundos e acabou conquistando a vitória na abertura do Mundial de Formula Indy. O piloto da Penske construiu sua vitória a partir da metade da corrida na segunda parada dos boxes. Scott Dixon com a Ganassi tentou buscar a vitória, Mas ficou a 2.8 segundos em segundo lugar. Will Power, Pole position completou o pódio com o segundo carro da Penske. O Estreante Felix Rosenquist com a Ganassi fez uma belíssima estreia e acabou em 4ºlugar, Após liderar por boas 20 voltas e fazer frente na primeira parte da prova. Completando os 5 primeiros colocados ficou o piloto da Andretti Alexander Rossi.

James Hinchcliffe segurou o 6ºlugar do ataque final de Simon Pagenaud. O Norte-Americano Colton Herta leva a Harding ao melhor resultado da sua história em meio a uma crise financeira que acabou tirando Patricio O’Ward da equipe e da Temporada inteira ao chegar em 8ºlugar. Completando os 10 primeiros colocados o Norte-Americano Santino Ferrucci e o Inglês Jack Harvey. O Brasileiro Tony Kannan completou a prova em 15ºlugar, Vai ser mais um ano duro para a Foyt.

Daqui a 2 semanas teremos a estreia do Circuito das Américas na Formula Indy. No circuito de Austin.

Fotos:

Resultado final do GP de St.Petersburg

posPilotoEquipeMotorVoltasTempoGrid
12Josef NewgardenTeam PenskeChevrolet1102:04:18.2582
29Scott DixonChip Ganassi RacingHonda110a 2.8994
312Will PowerTeam PenskeChevrolet110a 12.7441
410Felix RosenqvistChip Ganassi RacingHonda110a 14.5853
527Alexander RossiAndretti AutosportHonda110a 18.3616
65James HinchcliffeSchmidt Peterson MotorsportsHonda110a 31.1599
722Simon PagenaudTeam PenskeChevrolet110a 31.44013
888Colton HertaHarding Steinbrenner RacingHonda110a 40.47011
919Santino FerrucciDale Coyne RacingHonda110a 57.60223
1060Jack HarveyMeyer Shank RacingHonda110a 59.1907
1121Spencer PigotEd Carpenter RacingChevrolet110a 1:02.68616
1215Graham RahalRahal Letterman Lanigan RacingHonda109a 1 Volta10
1398Marco AndrettiAndretti Herta AutosportHonda109a 1 Volta17
1426Zach VeachAndretti AutosportHonda109a 1 Volta14
1514Tony KanaanA. J. Foyt EnterprisesChevrolet109a 1 Volta21
1659Max ChiltonCarlinChevrolet109a 1 Volta24
1723Charlie KimballCarlinChevrolet109a 1 Volta8
1881Ben HanleyDragonSpeedChevrolet108a 2 Voltas12
1930Takuma SatoRahal Letterman Lanigan RacingHonda75Câmbio20
207Marcus EricssonSchmidt Peterson MotorsportsHonda54Pressão da Água18
2120Ed JonesEd Carpenter RacingChevrolet25Acidente15
224Matheus LeistA. J. Foyt EnterprisesChevrolet25Acidente22
2328Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportHonda19Motor5
2418Sebastien BourdaisDale Coyne RacingHonda11Motor19

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Haas muda pintura e vai para a temporada de 2019 de Preto e Dourado inspirada na antiga Lotus

A Equipe Haas foi a grande inovação no layout do carro da temporada de 2019, O Carro branco do ano passado acabou dando lugar para o Preto e Dourado. Tudo devido ao novo patrocinador da equipe – A Rich Energy, Uma empresa de Energéticos assim como a Red Bull. A Equipe Norte-Americana no primeiros dois anos conseguiu alguns bons resultados, Mas não tinha consistência na zona de pontuação. Isso foi conseguido na temporada passada, Assim como seus melhores resultados aconteceram no ano passado.  No caso, O GP da Áustria foi o melhor momento da história: Grosjean foi o 4ºlugar e Magnussen foi o 5ºlugar.

Para esse ano a equipe planeja avançar um pouco mais, A equipe quer ultrapassar os 93 pontos da temporada passada e quem sabe conquistar o primeiro pódio da sua história.

Guenther Steiner, Falou sobre o desempenho da equipe no ano passado e a expectativa para 2019.

O Carro do ano passado, mostrou seu potencial nos testes de pré-temporada e a equipe acabou o ano em 5ºlugar, Isso apenas em seu terceiro ano na Formula 1. O Desempenho do VF-18 impressionou no ano passado e pressionou a equipe para fazer do VF-19 também um carro competitivo.

 “É claro que há pressão, já que nosso carro teve um ótimo desempenho no ano passado. Há então pressão para ter um bom carro este ano. Nós não saberemos até que façamos os testes da pré-temporada. As esperanças são de que possamos ter um carro competitivo, mas é o mesmo que todos os outros. ”

Steiner ainda falou sobre a pintura do carro: Muitas pessoas gostam do novo visual. É uma espécie de novo visual antigo (Principalmente pela equipe Lotus), as cores preta e dourada têm uma história na Fórmula 1, nos anos setenta e oitenta em particular.

Mesmo com as mudanças de regas para esse ano com o objetivo de tornar as corridas mais competitivas Steiner acredita em corridas com mais dificuldade de ultrapassagens: “Acho que ultrapassar ainda será difícil, mesmo com as mudanças de regras. Esses carros não ajudam. Vamos ver como essas últimas mudanças vão resultar na Austrália no próximo mês. ”

Romain Grosjean falou que passou suas férias com sua Família.

Não foi um ano muito bom para Grosjean, Apesar disso ele passou para o Q3 por 16 das 21 corridas .“Eu adoro a qualificação. Eu acho que é um ótimo exercício para conseguir uma boa volta, um bom tempo com os novos pneus, é onde você corre o mais rápido ao longo de um fim de semana. É sempre super bom. Dizendo isso, com essas 16 aparições no Q3, tivemos um carro muito bom no ano passado e ele teve um ótimo desempenho. Espero que possamos tentar bater esse número este ano e melhorar ainda mais na pista. ” … “Eu não acho que seja uma pressão. Eu acho que isso é positivo ter tido uma temporada muito boa no ano passado. Nós crescemos e melhoramos como uma equipe. Sabemos que ainda há áreas em que podemos melhorar, e isso é algo para se esperar. A equipe tem trabalhado muito bem, tivemos uma boa temporada, um bom inverno e muita força em 2019. Estou ansioso para pilotar o novo carro. Espero que possamos repetir ou até melhorar o desempenho do ano anterior. ”

Kevin Magnussen também aproveitou as férias para relaxar e descansar com a Família, Depois do Natal e do ano novo o Dinamarquês começou a treinar novamente. Kevin vive seu melhor momento na Formula 1, Após uma grande temporada aonde ele ficou em 9ºlugar no Mundial de pilotos pontuando em 11 corridas.

 “Para nós, como equipe, queremos avançar a cada ano e melhorar a nós mesmos. Queremos aproveitar a experiência que temos e darmos alguns passos em frente a cada ano. No ano passado, demos um grande passo, muito visível, passando do oitavo lugar para o quinto lugar na Classificação dos construtores . É claro que não estamos esperando avançar três posições na classificação este ano, Mas mesmo que possamos dar um pequeno passo à frente, ficaremos felizes porque continuamos a tendência de crescimento que a equipe tem desde o início .

A Haas desde de 2016 tem parceria Técnica com a Ferrari e o Chassis da equipe que tem sua sede na cidade de Kanapolis é produzido pela Dallara. Isso permite que a Haas possa gastar um menor orçamento e obter bons resultados desde do seu primeiro ano. Lutar pelo 4ºlugar no Munidal de Construtores não é fácil, Mas é possível de Acontecer caso o trabalho que faz a equipe continuar a crescer .

Fotos

Dados técnicos

Chassi: VF-19 – Monocoque composto de Fibra de Carbono
Material da Carroceria: Fibra de Carbono
Suspensões: Independentes, Com Molas de Torção ativadas por Pressão
Amortecedores: ZF Sachs
Direção: Ferrari
Caixa de Câmbio: Ferrari, Semi-Automática, 8 marchas + Marcha reversa
Embreagem: AP Racing (Brembo)
Sistema de frenagem: Freios a disco feitos de Fibra de Carbono, Almofadas e Pinças de 6 pistões
Navegação de informações do Cockpit: Ferrari
Cintos: Sabelt
Volante: Ferrari
Assento do Piloto: Construção em Fibra de Carbono, moldada aos contornos do piloto
Rodas: OZ Racing
Pneus: Pirelli P Zero
Célular de Combustível: ATL
Forneceder de Combustivel e de Lubrificante: Shell
Largura Total: 2.000mm
Motor: Ferrari 064 – Turbo
Capacidade: 1.6 Litros
Cilindros: 6 (4 Válvulas por Cilindro)
Rotações por minuto: 15.000 RPM

Pilotos:

20. Kevin Magnussen (Dinamarca)
8. Romain Grosjean (França)

Patrocinadores: Haas, Rich Energy, Jack & Jones, Peak, BlueDEF, Richard Mille, Alpinestars, Branded

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Haas

Toby Price conquista vitória e o Bicampeonato do Dakar

O Australiano Toby Price conquista a vitória no Estágio e o Campeonato do Dakar em 2019. A disputa pelo campeonato praticamente não aconteceu, O seu mais próximo concorrente o Chileno Pablo Quintanilla acabou com uma lesão, Que fez ele ficar tão na parte de baixo da Classificação hoje.

Kevin Benavides começou na frente no primeiro setor da última etapa do Dakar. Com 14 segundos a frente de Toby Price, Que estava super bem encaminhado para o campeonato, Já Que o Chileno Pablo Quintanilla em questão de uma lesão vinha em 50ºlugar a mais de 8 minutos atrás do piloto Australiano. San Sunderland e Luciano Benavides vinham disputando o 3ºlugar com 4 segundos separando os dois. O Chileno Jose Ignacio Cornejo Florimo com sua Honda vinha em 5ºlugar a 47 segundos atrás de Kevin Benavides.

Motivado pela vitória na especial Anterior, Michael Metge vinha 1 minuto e 5 segundos atrás do líder. Colado no francês vinha o Austríaco Matthias Walkner, O Francês Xavier de Soultrait e o Alemão Sebastian Bülher (Separados por 5 segundos entre eles) Andrew Short completava os 10 primeiros lugares. O Boliviano Daniel Nosiglia Jager vinha levando sua Honda Privada na 11ªposição. Joaquim Rodrigues da Hero, Adrien Metge da Sherco, Milan Engel da KTM e Maurizio Gerini da Husqvarna completava os 15 primeiros colocados.

No 2ºSetor, San Sunderland passou para a liderança, Com 11 segundos de diferença para o Australiano Toby Price que estava com o campeonato nas mãos e 28 segundos a frente de Kevin Benavides na 3ªposição com sua Honda. Um pouco mais de 1 minuto atrás vinha disputando o 4ºlugar o Chileno Jose Ignácio Cornejo Florimo da Honda e o Argentino Luciano Benavides da KTM separados por apenas 6 segundos entre eles.

Matthias Walkner com vinha com a 4ªmoto da KTM entre os 6 primeiros colocados. O Norte-Americano Andrew Short vinha colocando a Husqvarna em 7ºlugar com 2 minutos e 10 segundos atrás do líder. Michael Metge vinha em 8ºlugar sustentando por 5 segundos a frente de Sebastian Bühler e 7 segundos a frente de Xavier de Soultrait. Daniel Nosiglia Jager e Joaquim Rodrigues mantiveram o 11º e 12ºlugares respectivamente. Pablo Quintanilla vinha em 30ºlugar com 11 minutos e 2 segundos de atraso para Sunderland.

Toby Price, Após uma especial aonde tudo deu certo para ele acabou levando a Etapa e o título de Bicampeão do Mundo do Dakar de 2019. O Australiano ficou a 2 minutos e 21 segundos a frente do Chileno Jose Ignacio Cornejo Florimo, O 2ºlugar da especial acabou sendo o melhor colocado da marca Japonesa e fez uma grande segunda metade no Dakar. Matthias Walkner, San Sundeland e Luciano Benavides completou os 5 primeiros colocados.

Kevin Benavides, Punido injustamente na 8ªEtapa acabou terminando o Dakar de 2019 com o 6ºlugar na Especial e o 12ºlugar na Geral, 10 segundos a frente do Norte-Americano Andrew Short da Husqvarna. O Francês Xavier de Soultrait levou a única Yamaha oficial ao final do Dakar, Com o 8ºlugar na Especial. Completou os 10 primeiros colocados o Bolíviano Daniel Nosiglia Jager (Melhor piloto privado do Dakar) da Mec HRC e o Alemão Sebastian Bühler.

A se destacar a boa especial do Tcheco Milan Engel, Chegando em 11ºlugar com a equipe MRC com a moto da KTM privada. Joaquim Rodrigues com a Hero chegando em 12ºlugar. Adrien Metge, Ross Branch (Rookie do ano e Laia Sanz completa os 15 primeiros lugares. O Chileno Pablo Quintanilla ficou em 22ºlugar, Com um desempenho que considero Heroíco, Mas que não foi suficiente para lhe dar o Campeonato. (Que seria muito merecido) Nem mesmo sobrou o pódio, Pois San Sunderland recuperou a hora perdida que ele foi penalizado. Com isso A KTM tomou contra do pódio na Geral.

Resultado final do Dakar – 10ªEtapa

posPilotosPaísEquipeMotoTempo
13Toby PriceAustráliaRed Bull Ktm Factory TeamKTM01H 14′ 01”
210Jose Ignacio CornejoChileMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 00H 02′ 21”
31Matthias WalknerÁustriaRed Bull Ktm Factory TeamKTM+ 00H 02′ 38”
414San SunderlandInglaterraRed Bull Ktm Factory TeamKTM+ 00H 03′ 19”
577Luciano BenavidesArgentinaRed Bull Ktm Factory TeamKTM 450+ 00H 03′ 20”
647Kevin BenavidesArgentinaMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 00H 03′ 59”
729Andrew ShortEstados UnidosRockstar Energy Husqvarna Factory RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 04′ 09”
818Xavier de SoultraitFrançaYamalube Yamaha Official Rally TeamYamaha WR450F+ 00H 06′ 16”
928Daniel Nosiglia JagerBolíviaMEC HRCHonda CRF 450 Rally+ 00H 10′ 02”
10110Sebastian BühlerAlemanhaBühler Racing TeamKTM 450 Rally+ 00H 10′ 41”
1138Milan EngelRepública TchecaMoto Racing Group (MRG)KTM 450 Rally Replica+ 00H 11′ 23”
1227Joaquim RodriguesPortugalHero Motorsports Team RallyHero 450 Rally+ 00H 13′ 55”
1324Adrien MetgeFrançaSherco TVS Rally FactorySherco TVS 450+ 00H 14′ 00”
14114Ross BranchBotsuanaBas Dakar TeamKTM 450 Rally Factory Replica+ 00H 15′ 16”
1517Laia SanzEspanhaKTM Factory Racing TeamKTM+ 00H 15′ 32”
1642Maurizio GeriniItáliaSolarys RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 15′ 59”
177Oriol MenaEspanhaHero Motorsports Team RallyHero 450 Rally+ 00H 16′ 21”
1843Adam TomiczekPolôniaOrlen TeamKTM RR450+ 00H 17′ 46”
19108Kenneth GlibertÁfrica do SulBas Dakar TeamHusqvarna FR450 Rally+ 00H 18′ 30”
2030Marc Sola TerradellasEspanhaFN Speed TeamKTM 450 Rally Replica+ 00H 18′ 32”
2139Beniamin MelotFrançaNomade RacingKTM 450 Rally Replica+ 00H 19′ 34”
226Pablo QuintanillaChileRockstar Energy Husqvarna Factory RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 19′ 44”
2344Patricio CabreraChileKawasaki Chile CidefKawasaki KXF 450+ 00H 19′ 51”
2437Loic MinaudierFrançaNomade RacingKTM 450 Rally Replica+ 00H 23′ 53”
2531Fabricio FuentesBolíviaFabricio FuentesKTM 450 Rally+ 00H 25′ 04”
2692Arunas GelazninkLituâniaArunas GelazninkasKTM Rally Replica+ 00H 25′ 22”
2769Florent VayssadeFrançaNomade RacingKTM 450 Rally Replica+ 00H 25′ 53”
2841Mohammed BalooshiEmirados Árabes UnidosDuust Rally TeamHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 25′ 55”
2946Jan BrabecRepública TchecaBig Shock RacingHusqvarna WR 450 F+ 00H 26′ 29”
30137Cesar PardoPeruKTM Peru Rally Team 2018KTM 450 Rally Replica+ 00H 27′ 05”
31115Juan PugaEquadorMED TeamKTM 450 Rally Replica+ 00H 27′ 18”
3271Garrett PoucherEstados UnidosKlymciw RacingKTM 450 Rally Replica+ 00H 27′ 53”
33129Paul SpierngsHolandaHT Rally Raid Husqvarna RacingHusqvarna FR 450 RR+ 00H 28′ 28”
3445Arnold BrucyFrançaAl DesertKTM 450 Rally Replica+ 00H 30′ 19”
3560Edwin StraverHolandaEdwin StraverKTM 450 RR+ 00H 30′ 28”
3651Alberto Santiago OntiverosArgentinaPuchi OntiverosKTM 450+ 00H 30′ 38”
3754Fausto MotaEspanhaTesla-Tamega Rally TeamHusqvarna Rally+ 00H 31′ 19”
3889Zhang MinChinaKlicen KTM R2R Dakar Rally TeamKTM RR450+ 00H 31′ 22”
3995Mirko PavanItáliaNSM Racing TeamBeta RR430+ 00H 33′ 03”
4064Oscar RomeroEspanhaTesla-Tamega Rally TeamKTM 450 Rally Replica+ 00H 33′ 20”

Como foi a 9ªEtapa do Dakar para SxS e Caminhões

SxS: Varela ganha estágio e Chileno tem o título nas suas mãos.

No primeiro Setor, O Brasileiro Reinaldo Varela terminou na frente com 1 minuto e 17 segundos de vantagem. Sergei Kariakin em 2º. Com 4 outros pilotos na cola dele: Gerard Farres Guell (1 segundo atrás do Russo), Jose Antonio Hinojo Lopez (a 5 segundos), Cristian Baumgart (a 8 segundos) e o Líder da Categoria na Geral Francisco Lopez Contardo. (a 10 segundos do Russo em 6ºlugar)

O Chileno Lopez contardo passou ao segundo lugar, A Apenas 40 segundos atrás de Reinaldo Varela após o 2ºSetor de Cronometragem. O Chileno esta 25 segundos a frente de Gerard Farres Guell. Cristian Baumgart e Jose Antonio Hinojo Lopez completavam os 5 primeiros lugares. No terceiro setor, Varela aumenta em 13 segundos sua vantagem para Lopez Contardo. (53 segundos de diferença entre os 2 pilotos) Quem se aproximou foi o Espanhol Gerard Farres Guell que estava a 11 segundos de distância para o piloto Chileno. Cristian Baumgart e Hinojo Lopez completavam os 5 primeiros lugares.

No 4ºSetor, Gerard Farres Guell passou Francisco Lopez Contardo e passou a ameaçar a liderança de Reinaldo Varela. No 5ºSetor a diferença entre os 2 pilotos é de 8 segundos. O líder da Geral Francisco Lopez Contardo estava em 3º a 3 minutos e 15 segundos atrás do Brasileiro. Cristian Baumgart se consolida em 4ºlugar, Enquanto Hinojo Lopez ficava a quase 14 minutos atrás, Em 5ºlugar. Um pouco mais de um minuto depois vinha me 6ºlugar o Chileno Hernan Garces.

Varela no último setor acabou abrindo vantagem para Farres Guell e conquistou a vitória na Penúltima Especial do Dakar 2019. Apesar disso, O Brasileiro praticamente não tinha chances de vitória na Geral. O provável campeão deve ser o Chileno Francesco Lopez Contardo, Que vai para a última especial com quase 1 hora de vantagem para Gerard Farres Guell.

Resultado Final da 9ªEtapa do Dakar 2019 – SxS

posPiloto/CopilotoPaísEquipe/VeiculoTempo
1340Reinaldo VarelaBrasilMonster Energy CAN-AM04H 20′ 02”
1340Gustavo GugelminBrasilCAN-AM Maverick X3
2358Gerard Farres GuellEspanhaMonster Energy CAN-AM+ 00H 03′ 03”
2358Daniel Oliveras CarrerasEspanhaCAN-AM Maverick
3360Francisco Lopez ContardoChileSouth Racing CAN-AM+ 00H 11′ 26”
3360Alvaro Juan LeonChileCAN-AM Maverick
4343Casey CurrieEstados UnidosMonster Energy CAN-AM+ 00H 34′ 38”
4343Rafael TornabellEspanhaCAN-AM Maverick X3
5366Hernan GarcesChileSouth Racing CAN-AM+ 00H 38′ 04”
5366Juan Palbo LatrachChileCAN-AM Maverick
6412Marcos BaumgartBrasilX Rally Team+ 01H 10′ 09”
6412Kleber CinceaBrasilCAN-AM Maverick X3
7342Juan Carlos VallejoChilePro Raid Peru+ 01H 10′ 12”
7342Leonardo BaronioPeruCam-AM Maverick
8385Annett FischerAlemanhaGirlsfordakar+ 01H 20′ 05”
8385Andrea MayerAlemanhaCAN-AM Maverick X3
9418José Antonio Hinojo LopezEspanhaFN Speed Team+ 01H 35′ 10”
9418Xavier BlancoEspanhaCAN-AM Marevick X3
10372Miguel JordãoPortugalSouth Racing CAN-AM+ 01H 38′ 51”
10372Lourival RoldanBrasilCAN-AM Maverick

Classificação Geral

posPiloto/CopilotoPaísEquipe/VeiculoTempo
1360Francisco Lopez ContardoChileSouth Racing CAN-AM40H 47′ 46”
1360Alvaro Juan LeonChileCAN-AM Maverick
2358Gerard Farres GuellEspanhaMonster Energy CAN-AM+ 00H 59′ 46”
2358Daniel Oliveras CarrerasEspanhaCAN-AM Maverick
3340Reinaldo VarelaBrasilMonster Energy CAN-AM+ 01H 11′ 29”
3340Gustavo GugelminBrasilCAN-AM Maverick X3
4343Casey CurrieEstados UnidosMonster Energy CAN-AM+ 02H 26′ 42”
4343Rafael TornabellEspanhaCAN-AM Maverick X3
5421Rodrigo Javier Moreno PiazzoliChileMamoro Rally Team+ 03H 05′ 22”
5421Jorge Gabriel Araya DiazChileCAN-AM Marevick X3RS
6412Marcos BaumgartBrasilX Rally Team+ 03H 37′ 10”
6412Kleber CinceaBrasilCAN-AM Maverick X3
7372Miguel JordãoPortugalSouth Racing CAN-AM+ 04H 33′ 52”
7372Lourival RoldanBrasilCAN-AM Maverick
8418José Antonio Hinojo LopezEspanhaFN Speed Team+ 04H 49′ 59”
8418Xavier BlancoEspanhaCAN-AM Marevick X3
9398Cristian BaumgartBrasilX Rally Team+ 05H 24′ 59”
9398Alberto AndreottiBrasilCAN-AM Maverick X3
10344Sergei KariakinRússiaSNAG Racing Team+ 08H 05′ 21”
10344Anton VlasiukRússiaBRP Maverick X3

Nos Caminhões. Eduard Nikolaev deu um passo decisivo para o título do Dakar 2019. Vencendo a 9ªEtapa do Dakar, Colocando uma enorme vantagem para seu rival Dmitry Sotnikov e do Holandês Gerard de Rooy e praticamente garantiu o tetracampeonato do Rally.

No primeiro setor, Nikolaev saiu na frente com 12 segundos de frente para o piloto da Iveco Gerard de Rooy. Sergei Viazovich vinha em 3º a 42 segundos atrás do piloto da Kamaz. O Argentino Federico Villagra que vinha em 4ºlugar na classificação geral vinha em 4ºlugar. E o Holandês Tom Van Genugten completava os 5 primeiros colocados. 7 minutos e 52 segundos atrás de Nikolaev vinha o Vice-líder da Geral Dmitry Sotnikov.

No segundo Setor, A vantagem do líder Nikolaev aumenta para 1 minuto e 45 segundos para Gerard de Rooy, Que teria a companhia de Sergei Viazovich a 8 segundos atrás em 3ºlugar. Federico Villagra, Tom van Genugten e Dmitry Sotnikov mantiveram suas posições do 4º ao 6ºlugar Respectivamente.

Enquanto Nikolaev se consolidava a sua vantagem na liderança a briga era ferrenha entre de Rooy da Iveco e Viazovich da MAS pelo 2ºlugar. No 4ºSetor, O Bielorrusso estava empatado em segundo lugar com Gerard de Rooy, A 4 minutos e 33 segundos de Nikolaev. Federico Villagra vinha em 4º a 6 minutos e 10 segundos sobre Nikolaev. Completando os 5 primeiros colocados vinha o Vice-líder da Geral Dmitry Sotnikov com 13 minutos e 9 segundos de desvantagem para o líder.

No penúltimo Setor, Nikolaev tem praticamente a mesma vantagem agora sobre o Argentino Federico Villagra que assumiu o segundo lugar com a queda de rendimento de Gerard de Rooy que perdeu o 3ºlugar para Viazovich e agora estava em 4º com 11 minutos e 49 segundos de desvantagem. Um minuto depois vinha Dmitry Sotnikov em 5ºlugar. O Tcheco Ales Loprais vinha em 6ºlugar, Mas a 21 minutos e 59 segundos de Nikolaev. Os outros já vinham a mais de 40 minutos atrás da liderança.

Nikolaev acabou no final sobrando na turma, Vencendo a especial com 14 minutos e 3 segundos de diferença para o Bielorrusso Sergei Viazovich com seu caminhão da MAZ. O Russo Dmitry Sotnikov acabou em 3ºlugar, Mas com 27 minutos e 43 segundos de distância para Nikolaev praticamente minaram as chances de título do Dakar para eles. Porém, A Kamaz deve levar campeonato e vice-campeonato. Ales Loprais se aproveitou dos problemas de Gerard de Rooy e do imenso atraso de Federico Villagra e acabou a prova em 4ºlugar. e Gerard de Rooy com o 3ºlugar na Geral Garantido acabou a prova em 5ºlugar. Maurik van Den Heuvel, Aliaksei Vishneuski, Aleksandr Vasilevski, Federico Villagra e Teruhiro Sugawara completaram os 10 primeiros colocados.

Resultado Final da 9ªEtapa do Dakar 2019 – Caminhões

posPiloto/Copiloto/MecanicoPaísEquipe/VeiculoTempo
1500Eduard NikolaevRússiaKAMAZ – Master04H 19′ 37”
1500Evgeni IakovlevRússiaKamaz 4326
1500Vladimir RybakovRússia
2501Siarhei ViazovichBielorussiaMAz-Sportauto+ 00H 14′ 03”
2501Pavel HaraninBielorussiaMAZ 5309RR
2501Andrei ZhyhulinBielorussia
3514Dmitry SotnikovRússiaKAMAZ-Master+ 00H 27′ 43”
3514Ilnur MustafinRússiaKamaz 43509
3514Dmitri NikitinRússia
4507Ales LopraisRepública TchecaInstaforex Loprais Team+ 00H 28′ 30”
4507Petr PokoraRepública TchecaTatra Jamal – Queen 69
4507Ferran Marco AlcanyaEspanha
5503Gerard de RooyHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 31′ 07”
5503Moises TorrallarEspanhaIveco Powerstar
5503Darek RodewaldPolônia
6513Maurik Van der HeuvelHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 52′ 57”
6513Martin Van RoojiHolandaIveco Powerstar
6513Peter KuijpersHolanda
7511Aliaksei VishneuskiBielorussiaMAz-Sportauto+ 01H 01′ 46”
7511Maksim NovikauBielorussiaMAZ 5309RR
7511Andrei NeviarovichBielorussia
8519Aleksandr VasilevBielorussiaMAz-Sportauto+ 01H 14′ 25”
8519Dzmitry VikhrenkaBielorussiaMAZ 5309RR
8519Anton ZaparoshcBielorussia
9505Federico VillagraArgentinaInfinia Diesel Team de Rooy YPF+ 01H 41′ 57”
9505Adrian Arturo YacopiniArgentinaIveco Powerstar
9505Ricardo Adrian ToArgentina
10510Teruhito SugawaraJapãoHino Team Sugawara+ 02H 23′ 19”
10510Katsumi HamuraJapãoHino 500 Series

Classificação Geral

posPiloto/Copiloto/MecanicoPaísEquipe/VeiculoTempo
1500Eduard NikolaevRússiaKAMAZ – Master39H 24′ 52”
1500Evgeni IakovlevRússiaKamaz 4326
1500Vladimir RybakovRússia
2514Dmitry SotnikovRússiaKAMAZ-Master+ 00H 28′ 35”
2514Ilnur MustafinRússiaKamaz 43509
2514Dmitri NikitinRússia
3503Gerard de RooyHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 01H 35′ 10”
3503Moises TorrallarEspanhaIveco Powerstar
3503Darek RodewaldPolônia
4505Federico VillagraArgentinaInfinia Diesel Team de Rooy YPF+ 05H 47′ 44”
4505Adrian Arturo YacopiniArgentinaIveco Powerstar
4505Ricardo Adrian ToArgentina
5507Ales LopraisRepública TchecaInstaforex Loprais Team+ 06H 05′ 02”
5507Petr PokoraRepública TchecaTatra Jamal – Queen 69
5507Ferran Marco AlcanyaEspanha
6501Siarhei ViazovichBielorussiaMAz-Sportauto+ 06H 19′ 14”
6501Pavel HaraninBielorussiaMAZ 5309RR
6501Andrei ZhyhulinBielorussia
7509Ton Van GenugtenHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 09H 23′ 48”
7509Peter WillemsenBélgicaIveco Powerstar
7509Bernard der KindeHolanda
8519Aleksandr VasilevBielorussiaMAz-Sportauto+ 10H 12′ 52”
8519Dzmitry VikhrenkaBielorussiaMAZ 5309RR
8519Anton ZaparoshcBielorussia
9510Teruhito SugawaraJapãoHino Team Sugawara+ 11H 12′ 02”
9510Katsumi HamuraJapãoHino 500 Series
10513Maurik Van der HeuvelHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 11H 56′ 32”
10513Martin Van RoojiHolandaIveco Powerstar
10513Peter KuijpersHolanda

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Surpresa na 9ªEtapa, M.Metge leva a vitória e campeonato fica para a Etapa Final

O penúltimo dia de Dakar teve um dia de surpresas, Os favoritos acabaram vendo a vitória de Michael Metge com sua Sherco TVS. Com uma grande última parte da especial, Já que estava tudo embolado na parte da frente. Quintanilla tirou 1 segundo da vantagem de Price na liderança. E o campeonato na Geral esta totalmente indefinido, com 3 pilotos na Disputa: Price, Quintanilla e Walkner. Van Beveren com sua Yamaha abandonou com o motor estourado.

Essa 9ªEtapa nas motos começou com o Boliviano Daniel Nosiglia Jager na frente ao completar o primeiro setor, Colocando 49 segundos de diferença para Oriol Mena e Maurizio Gerini, 50 segundos a frente de Laia Sanz e completando os 5 primeiros colocados o Francês Michael Metge, Com 53 segundos atrás do líder. Todos eles não são pilotos favoritos ao Campeonato do Dakar.

O Provavel Rookie do Dakar, Ross Branch vinha em 6ºlugar, 3 segundos atrás vinha Marc Sola Terradella em 7ºlugar. Milan Engel, Joaquim Rodrigues e Sebastian Bühler completavam os 10 primeiros lugares. O primeiro pilotos dos grandes era San Sunderland, Em 13ºlugar com 2 minutos e 51 segundos atrás de Nosiglia Jager e Kevin Benavides vinha 5 segundos atrás em 14º. Ambos foram punidos e ficaram sem chances de vitória.

O líder da Geral Toby Price vinha em 18ºlugar, A 3 minutos e 2 segundos da liderança, 4 segundos a frente de Matthias Walkner (20ºlugar) e 7 segundos a frente do Chileno Palbo Quintanilla (22ºLugar).

No 2ºSetor de Cronometragem, O Francês Michael Metge assume a liderança ao empatar com Daniel Nosiglia Jager da MEC HRC. Ambos tinham 1 minuto e 10 segundos de distância a frente de Maurizio Gerini com uma Husqvarna em 3ºlugar, Oriol Mena já mais acostumado com o Bloco da Frente vinha em 4ºlugar a 9 segundos do Italiano. Completava os 5 primeiros o Chileno Jose Ignacio Cornejo Florimo, que era o melhor piloto da Honda, 1 segundos a frente do Argentino Kevin Benavides (Também de Honda) que foi covardemente punido no dia anterior.

Toby Price vinha em 7ºlugar, Empatado em 2 minutos e 47 segundos a mais do que o Britânico San Sunderland e um segundo a frente de Xavier de Soultrait e de Luciano Benavides que estavam empatados em 9ºlugar. Palbo Quintanilla vinha 4 segundos atrás de Price na 11ªposição. Andrew Short, Matthias Walkner, Laia Sanz e Benjamin Melot completa os 15 primeiros lugares.

No 3ºSetor, Nosiglia Jager voltou a liderança sozinho em relação aos demais pilotos. O Boliviano vinha fazendo uma grande especial, Com 1 minuto e 29 segundos de frente para o Britânico San Sundeland que não tinha mais nada a perder no Dakar. Toby Price e Michael Metge disputavam pau a pau o 3ºlugar, Junto do Argentino Kevin Benavides que vinha em 5ºlugar, Os 3 separados por apenas 3 segundos de diferença.

Matthias Walkner vinha em 6ºlugar, Segurando essa posição por 3 segundos de frente para Quintanilla que era a única ameaçada a mais um título da KTM. Andrew Short vinha junto do seu companheiro de equipe na Husqvarna em 8ºlugar (3 segundos atrás de Quintanilla e 2 minutos e 4 segundos atrás do líder) Xavier de Soultrait e Cornejo Florimo completavam os 10 primeiros com distâncias pequenas para Short.

A quase um minuto dos 10 primeiros vinha Luciano Benavides com sua KTM em 11º, 7 segundos a frente de Oriol Mena e 8 segundos atrás de Maurizio Gerini que vinha nas primeiras posições nas 2 primeiras parciais e agora estava em 13ºlugar. Laia Sanz e Ross Branch vinha bem mais longe completando os 15 primeiros lugares.

No 4ºSetor a liderança trocou de mãos, Passou para San Sunderland da KTM. Começava a tudo voltar a normalidade. O segundo lugar vinha Kevin Benavides com 11 segundos atrás do líder e 2 Segundos a frente de Toby Price. O líder da Geral vinha na frente do seu maior concorrente Palbo Quintanilla, Com 13 segundos atrás em 4ºlugar. 1 segundo depois vinha Matthias Walkner completando a trinca de pilotos da KTM nas 5 primeiras posições.

Andrew Short com sua Husqvarna continuava perto de Quintanilla (7 segundos de distância entre os dois) Jose Ignácio Cornejo Florimo vinha em 7º. O Bolíviano Daniel Nosiglia Jager caiu da 1ª para o 8ª, 1 minuto e 11 segundos atrás de Sunderland. Michael Metge e Oriol Mena completavam os 10 primeiros colocados. AS Zebras saíram da disputa pela vitória pelo que se pareceu. Maurizio Gerini ainda segurava um 11ºlugar. O Polonês Adam Tomiczek vinha em 14ºlugar atrás de Luciano Benavides e de Laia Sanz e a frente de Ross Branch.

No penúltimo setor, Todo mundo ficou bem apertado. Os 9 primeiros colocados ficaram separados por apenas 36 segundos de diferença. Kevin Benavides era o líder, A 8 segundos de diferença Para Boliviano Daniel Nosiglia Jager. Empatados em terceiro lugar vinha Toby Price e Michael Metge. O Chileno Palbo Quintanilla vinha em 5ºlugar a 1 segundo de Price. Bem perto dele vinham Walkner e Short. Jose Ignacio Cornejo e San Sundeland (Antigo líder) caindo do 1º para o 9ºlugar. Luciano Benavides completa os Top 10, Com 4 minutos e 42 segundos atrás do líder.

No último setor, Quem disparou foi Michael Metge com sua Sherco, O Francês acabou levando a Penúltima Especial do Dakar de 2019. Com 2 minutos de vantagem para o Boliviano Daniel Nosiglia Jager da MEC HRC. Os Favoritos ao título ficaram a um segundo de distância entre eles. Pablo Quintanilla chegou a frente de Matthias Walkner e de Toby Price, Porém chegou a frente apenas 1 segundo de distância entre o piloto da Husqvarna e os pilotos da KTM. Um segundo depois dos pilotos da fábrica Austríaca.

Andrew Short e Kevin Benavides empatam em 7ºlugar, Com 4 minutos e 3 segundos de diferença para o vencedor da prova. Completava os 10 primeiros colocados o Argentino Luciano Benavides da KTM e o Francês Xavier de Soultrait, (que se tornou o único piloto oficial da Yamaha depois do Abandono de Adrien van Beveren) Separados por apenas 1 segundo.

Oriol Mena ficou em 11ºlugar com a Hero Motorsports. San Sunderland que chegou a liderar a prova acabou em 12ºlugar a 7 minutos e 6 segundos de atraso. Laia Sainz, Maurizio Gerini e Ross Branch completaram os 15 primeiros lugares. Em 16ºlugar Adam Tomiczek acabou a 35 minutos e 47 segundos para o vencedor.

Na última especial entre Pisco e Lima teríamos uma Briga pelo título entre Toby Price, Matthias Walkner e Palbo Quintanilla.

Resultado final da 8ªEtapa do Dakar 2019 – Caminhões

posPilotosPaísEquipeMotoTempo
116Michael MetgeFrançaSherco TVS Rally FactorySherco TVS 45003H 46′ 38”
228Daniel Nosiglia JagerBolíviaMEC HRCHonda CRF 450 Rally+ 00H 02′ 00”
36Pablo QuintanillaChileRockstar Energy Husqvarna Factory RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 03′ 28”
41Matthias WalknerÁustriaRed Bull Ktm Factory TeamKTM+ 00H 03′ 29”
53Toby PriceAustráliaRed Bull Ktm Factory TeamKTM+ 00H 03′ 29”
610Jose Ignacio CornejoChileMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 00H 03′ 30”
729Andrew ShortEstados UnidosRockstar Energy Husqvarna Factory RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 04′ 03”
877Luciano BenavidesArgentinaRed Bull Ktm Factory TeamKTM 450+ 00H 04′ 55”
918Xavier de SoultraitFrançaYamalube Yamaha Official Rally TeamYamaha WR450F+ 00H 04′ 56”
107Oriol MenaEspanhaHero Motorsports Team RallyHero 450 Rally+ 00H 05′ 58”
1114San SunderlandInglaterraRed Bull Ktm Factory TeamKTM+ 00H 07′ 06”
1217Laia SanzEspanhaKTM Factory Racing Team+ 00H 12′ 22”+ 00H 12′ 22”
1342Maurizio GeriniItáliaSolarys RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 17′ 11”
1447Kevin BenavidesArgentinaMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 00H 19′ 03”
15114Ross BranchBotsuanaBas Dakar TeamKTM 450 Rally Factory Replica+ 00H 19′ 44”
1643Adam TomiczekPolôniaOrlen TeamKTM RR450+ 00H 35′ 47”
1730Marc Sola TerradellasEspanhaFN Speed TeamKTM 450 Rally Replica+ 00H 40′ 40”
1827Joaquim RodriguesPortugalHero Motorsports Team RallyHero 450 Rally+ 00H 40′ 41”
1938Milan EngelRepública TchecaMoto Racing Group (MRG)KTM 450 Rally Replica+ 00H 40′ 44”
2024Adrien MetgeFrançaSherco TVS Rally FactorySherco TVS 450+ 00H 44′ 44”
21129Paul SpierngsHolandaHT Rally Raid Husqvarna RacingHusqvarna FR 450 RR+ 00H 48′ 54”
2239Beniamin MelotFrançaNomade RacingKTM 450 Rally Replica+ 00H 49′ 53”
23108Kenneth GlibertÁfrica do SulBas Dakar TeamHusqvarna FR450 Rally+ 00H 50′ 17”
2469Florent VayssadeFrançaNomade RacingKTM 450 Rally Replica+ 00H 50′ 23”
2554Fausto MotaEspanhaTesla-Tamega Rally TeamHusqvarna Rally+ 00H 51′ 01”
2645Arnold BrucyFrançaAl DesertKTM 450 Rally Replica+ 00H 51′ 44”
2771Garrett PoucherEstados UnidosKlymciw RacingKTM 450 Rally Replica+ 00H 54′ 01”
28115Juan PugaEquadorMED TeamKTM 450 Rally Replica+ 00H 55′ 30”
2937Loic MinaudierFrançaNomade RacingKTM 450 Rally Replica+ 00H 56′ 44”
3092Arunas GelazninkLituâniaArunas GelazninkasKTM Rally Replica+ 00H 56′ 45”
3151Alberto Santiago OntiverosArgentinaPuchi OntiverosKTM 450+ 01H 03′ 44”
3241Mohammed BalooshiEmirados Árabes UnidosDuust Rally TeamHusqvarna FR 450 Rally+ 01H 03′ 45”
33137Cesar PardoPeruKTM Peru Rally Team 2018KTM 450 Rally Replica+ 01H 08′ 39”
3446Jan BrabecRepública TchecaBig Shock RacingHusqvarna WR 450 F+ 01H 11′ 01”
3560Edwin StraverHolandaEdwin StraverKTM 450 RR+ 01H 12′ 53”
36123Mark TielemansHolandaSjors Van HertumKTM 450 Rally+ 01H 28′ 42”
37113Sebastian Alberto UrquiaArgentinaX Raids PJM General DehezaKTM Rally+ 01H 34′ 41”
38116Jose Israel Borrell GonzalezEspanhaSocopur Rally TeamKTM 450 Rally+ 01H 34′ 44”
3931Fabricio FuentesBolíviaFabricio FuentesKTM 450 Rally+ 01H 35′ 04”
40110Sebastian BühlerAlemanhaBühler Racing TeamKTM 450 Rally+ 01H 35′ 43”

Classificação Geral

posPilotosPaísEquipeMotoTempo
13Toby PriceAustráliaRed Bull Ktm Factory TeamKTM32H 43′ 15”
26Pablo QuintanillaChileRockstar Energy Husqvarna Factory RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 01′ 02”
31Matthias WalknerÁustriaRed Bull Ktm Factory TeamKTM+ 00H 06′ 35”
429Andrew ShortEstados UnidosRockstar Energy Husqvarna Factory RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 40′ 01”
518Xavier de SoultraitFrançaYamalube Yamaha Official Rally TeamYamaha WR450F+ 00H 47′ 44”
610Jose Ignacio CornejoChileMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 01H 05′ 45”
777Luciano BenavidesArgentinaRed Bull Ktm Factory TeamKTM 450+ 01H 05′ 50”
814San SunderlandInglaterraRed Bull Ktm Factory TeamKTM+ 01H 10′ 15”
97Oriol MenaEspanhaHero Motorsports Team RallyHero 450 Rally+ 01H 52′ 20”
1028Daniel Nosiglia JagerBolíviaMEC HRCHonda CRF 450 Rally+ 02H 21′ 51”
1117Laia SanzEspanhaKTM Factory Racing TeamKTM+ 03H 08′ 38”
12114Ross BranchBotsuanaBas Dakar TeamKTM 450 Rally Factory Replica+ 03H 34′ 55”
1347Kevin BenavidesArgentinaMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 03H 37′ 15”
1442Maurizio GeriniItáliaSolarys RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 04H 12′ 42”
1543Adam TomiczekPolôniaOrlen TeamKTM RR450+ 04H 59′ 04”
1638Milan EngelRepública TchecaMoto Racing Group (MRG)KTM 450 Rally Replica+ 05H 00′ 09”
1727Joaquim RodriguesPortugalHero Motorsports Team RallyHero 450 Rally+ 05H 07′ 24”
1830Marc Sola TerradellasEspanhaFN Speed TeamKTM 450 Rally Replica+ 05H 17′ 38”
19108Kenneth GlibertÁfrica do SulBas Dakar TeamHusqvarna FR450 Rally+ 06H 07′ 02”
2039Beniamin MelotFrançaNomade RacingKTM 450 Rally Replica+ 06H 37′ 19”
21110Sebastian BühlerAlemanhaBühler Racing TeamKTM 450 Rally+ 06H 43′ 29”
2216Michael MetgeFrançaSherco TVS Rally FactorySherco TVS 450+ 07H 26′ 17”
2324Adrien MetgeFrançaSherco TVS Rally FactorySherco TVS 450+ 08H 24′ 55”
2437Loic MinaudierFrançaNomade RacingKTM 450 Rally Replica+ 08H 25′ 27”
2592Arunas GelazninkLituâniaArunas GelazninkasKTM Rally Replica+ 08H 42′ 01”
2641Mohammed BalooshiEmirados Árabes UnidosDuust Rally TeamHusqvarna FR 450 Rally+ 09H 34′ 26”
27129Paul SpierngsHolandaHT Rally Raid Husqvarna RacingHusqvarna FR 450 RR+ 09H 57′ 17”
2869Florent VayssadeFrançaNomade RacingKTM 450 Rally Replica+ 10H 24′ 06”
2954Fausto MotaEspanhaTesla-Tamega Rally TeamHusqvarna Rally+ 10H 49′ 41”
30123Mark TielemansHolandaSjors Van HertumKTM 450 Rally+ 10H 53′ 40”
3160Edwin StraverHolandaEdwin StraverKTM 450 RR+ 11H 23′ 40”
3251Alberto Santiago OntiverosArgentinaPuchi OntiverosKTM 450+ 11H 30′ 08”
3371Garrett PoucherEstados UnidosKlymciw RacingKTM 450 Rally Replica+ 12H 03′ 33”
3464Oscar RomeroEspanhaTesla-Tamega Rally TeamKTM 450 Rally Replica+ 12H 22′ 43”
3552David MegrePortugalKTM PortugalKTM 450 Rally+ 12H 51′ 13”
3646Jan BrabecRepública TchecaBig Shock RacingHusqvarna WR 450 F+ 14H 11′ 45”
37116Jose Israel Borrell GonzalezEspanhaSocopur Rally TeamKTM 450 Rally+ 14H 43′ 30”
3844Patricio CabreraChileKawasaki Chile CidefKawasaki KXF 450+ 14H 50′ 45”
3948Aravind PrabhakarÍndiaSherco TVS Rally FactorySherco TVS 450+ 15H 17′ 12”
4074Nicolas Brabeck-LetmatheÁustriaTeam CasteuKTM 450+ 15H 24′ 52”

Texto: Deivison da Conceição da Silva