Marquez supera dificuldades, vem do 6ºlugar para a vitória em Aragón

Classificação

No Q1 aonde tinha Jorge Lorenzo como seu principal Favorito para essa fase acabou não decepcionando a ninguém e começou o treino na frente com Jack Miller, Karel Abraham e Pol Espargaró logo atrás.

O piloto tcheco da equipe Aspar Martinez vem em uma boa fase na MotoGP com um desempenho acima do que era esperado. Na metade do treino ele subiu para o segundo lugar se colocando no Q2 naquele momento. Essa posição iria se manter até a dois minutos e meio do final quando Miller superou Abraham e tomou o segundo lugar, Mas isso durou por pouco tempo. Johann Zarco apareceu com sua Tech 3 e fez uma bela volta para assumir o segundo lugar.

Z0cxpari o

Lorenzo sobrou no Q1 e se classificou com tranquilidade. Zarco acabou sendo o outro classificado para o Q2. Jack Miller, Pol Espargaró e Karel Abraham acabaram ficando perto da vaga. Apesar de não passar para a parte final do treino eles foram muito bem. Quem decepcionou foram Danilo Petrucci que em momento nenhum brigou por um lugar no Q2 ficando em 6ºlugar, Jonas Folger ficando em 8ºlugar e Scott Redding que vai substituir Sam Lowes na Aprilla ficou em 12ºlugar.

Eakvhdt3 o

Classificação do Q1:

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 1’48.179
2 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’48.298
3 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda 1’48.307
4 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’48.387
5 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati 1’48.467
6 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati 1’48.908
7 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati 1’48.911
8 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’49.034
9 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati 1’49.052
10 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’49.233
11 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda 1’49.258
12 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati 1’49.288
13 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’49.578
14 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’50.769

No Q2, O líder do campeonato Marc Marquez começou muito bem e assumiu a liderança no começo do treino. Atrás dele estavam duas surpresas: Andrea Iannone que faz péssima temporada e Mika Kallio com a KTM (3ªParticipação dele na MotoGP em 2017). Jorge Lorenzo foi para a luta. E Em sua segunda volta rápida ele acabou superando Marquez e assumindo a liderança com 1:48.2, Mas Marquez 30 segundos depois acabou fazendo 1:47.963 voltando a ponta da Classificação.

Nkrik1fs o

Na metade do treinamento o Espanhol Marevick Viñales marcou o 2ºmelhor tempo superando a Jorge Lorenzo. Nessa altura Marquez, Viñales e Lorenzo fariam a primeira fila do Grid. Pedrosa, Crutchlow e Iannone na segunda fila. Rossi vinha em 10ºlugar apagado  e Dovizioso mais apagado ainda em 11ºlugar.

Na reta final foi todo mundo para a pista tentar melhoram seus tempos. Marquez estava bem rápido e tinha tudo para levar mais uma pole, Porém a 2 minutos do final ele acaba caindo e deixando o treino e o caminho livre para seus adversários levarem a pole.

Nt9sjmh5 o

Na Parte final do treino Valentino Rossi após 23 dias do acidente que o tirou da prova em Misano faz 1:47.815 assumindo a liderança do Treino. Esse piloto de 38 anos é fora da curva, é sensacional o que o Doutor faz sem estar 100% fisicamente. Enquanto Marquez acabou indo para os boxes com sua moto detonada o Espanhol Marevick Viñales acabou superando o piloto da Honda e garantindo a pole position. Jorge Lorenzo em um belo final de semana com a Ducati larga em 2ºlugar e Marquez com a queda foi deslocado para o 5ºlugar. Uma queda dura para a Formiga atômica.

S9zqa636 o

Enquanto isso Valentino Rossi garantiu o seu lugar na primeira fila do Grid de largada. Cal Crutchlow com a LCR Honda larga na frente de Marquez e de Pedrosa com a Repsol Honda que formam a 2ªfila dos pilotos da Honda. Andrea Dovizioso que esta empatado na liderança do campeonato com o Marquez larga em 7ºlugar abrindo a terceira fila que vai ter Aleix Espargaró com a sua Aprilla e Alvaro Bautista com o carro da Aspar Martinez. Iannone, Zarco e Kallio que caiu no final da classificação completam os 12 primeiros lugares.

Grid de Largada do GP de Aragón
Mundial de Motovelocidade – MotoGP – 23 Voltas

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’47.635
2 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 1’47.735
3 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’47.815
4 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 1’47.830
5 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 1’47.963
6 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 1’48.107
7 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 1’48.137
8 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’48.159
9 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 1’48.187
10 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’48.289
11 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’48.402
12 36 Mika Kallio Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’48.471
13 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda 1’48.307
14 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’48.387
15 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati 1’48.467
16 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati 1’48.908
17 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati 1’48.911
18 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’49.034
19 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati 1’49.052
20 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’49.233
21 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda 1’49.258
22 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati 1’49.288
23 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’49.578
24 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’50.769

Jnn6uqlc o

Na Largada mais uma vez Jorge Lorenzo pula na frente superando Marevick Viñales que caiu para o 2ºlugar com Rossi em 3º e Dovizioso que pulou do 7º para o 4ºlugar, Crutchlow, Marquez e Pedrosa. Na metade da primeira volta o Velho de 38 anos (Rossi) passou Viñales subindo para o segundo lugar.

Enquanto Lorenzo abria diferença e Lorenzo vinha tentando alcançar. Viñales tentava segurar o 3ºlugar dos ataques de Dovizioso, Mas acaba passando do ponto na curva 16 no final da segunda volta e perde posições para Dovizioso e Marquez caindo para o 5ºlugar. Depois vinham Pedrosa, Crutchlow e Aleix Espargaró disputando o 8ºlugar com Mika Kallio que estava sendo uma agradável surpresa no final de semana colocando em boa posição a KTM.

21bhbi5e o

Marquez partiu para cima de Dovizioso valendo o 3ºlugar e a liderança do campeonato que se terminasse desse jeito, era o piloto da Ducati que voltaria a ponta do Campeonato. Viñales e Pedrosa brigavam pelo 5ºlugar e lideravam o segundo bloco da corrida. Lorenzo mantinha meio segundo de distância para Valentino Rossi.

Jn5erdor o

Na 6ªVolta o Tcheco Karel Abraham vai para o chão e deixa a prova, No final da mesma volta Marquez ultrapassa Dovi e assume a 3ªposição e recuperava a liderança do campeonato. Lorenzo era cada vez mais pressionado por Rossi e Marquez. Um pouco mais atrás Dovizioso vinha na balada em 4ºlugar. Na 9ªVolta a Formiga Atômica tenta passa Rossi e Lorenzo de uma só vez na curva da Fortaleza de Pedras. Consegue fazer a ultrapassagem, Mas perde totalmente a freada, Sai da pista e perde posições para ambos e logo depois perde o 3ºlugar para Dovizioso.

Pkl7sudq o

Pedrosa continuava a pressionar Viñales pela 5ºposição. Logo atrás Crutchlow, Aleix Espargaró, Bautista e Kallio disputavam o 7ºlugar com Zarco em 11º e Pol Espargaró (mostrando uma evolução da KTM) em 12º. Marquez teria de remar de novo o que ele acabou perdendo e foi para a luta. No final da volta 10 passa Dovizioso voltando ao 3ºlugar.

Marquez não parou por ai, Ele foi para cima de Rossi e no final da 12ªVolta na curva 16 o piloto da Honda Repsol passou para a segunda posição. A partir dai era questão de tempo que ele chegasse em Lorenzo na luta pela vitória. Enquanto que Dovizioso tentava tomar o 3ºlugar de Rossi, Mas Pedrosa que finalmente superou Viñales vinha puxando a turma que estava se aproximando dos dois.

Trhqzlab o

A 9 Voltas para o final da prova Pedrosa toma a 4ªposição de Dovizioso e ajuda Marquez na luta pelo título já que o pequeno Pedrosa tira pontos do rival da Formiga Atômica em 2017. Já por falar no líder do campeonato ele colocava pressão em cima de Lorenzo que lutava pela sua primeira vitória pela Ducati na temporada. A ultrapassagem aconteceu a 8 voltas do final, Marquez tomou a liderança de Lorenzo. Enquanto que Pedrosa na mesma volta passou Rossi passando para a 3ªposição.

Viñales reagiu na prova. Passou Dovizioso e foi para cima de Valentino Rossi em busca do 4ºlugar, A 5 Voltas do final eles protagonizaram uma bela disputa de posição. Acabou o Espanhol levando a melhor em cima do doutor ganhando a 4ªposição. A poucas voltas do final Pedrosa foi para cima de Lorenzo e acabou levando o segundo lugar.

Il0y1iro o

Marquez não foi mais ameaçado, Largando do 5ºlugar e chegando a cair para o 6ºlugar acabou conquistando a 5ªvitória em 2017 e abriu importantes 16 pontos de diferença para Andrea Dovizioso que teve um final bem desastroso terminando apenas na 7ªposição sendo superando pelo Espanhol Aleix Espargaró.

Fmkf0nvk o

O pódio foi completado pelo Espanhol Dani Pedrosa que também se recuperou muito bem na corrida vindo do 6ºlugar para o 2ºlugar. E Jorge Lorenzo que liderou a maior parte da prova fez uma das melhores corridas dele na Ducati, Mas foi superado pelos pilotos da Repsol Honda e acabou tendo de ficar com o 3ºlugar como prêmio de consolação.

Lsvqbp2g o

Marevick Viñales que largou da pole position ficou fora do pódio, Acabou em 4ºlugar a frente de Valentino Rossi que após 23 dias do acidente de Enduro que ele teve e de uma recuperação impressionante justificou sua incrível capacidade e talento. Mesmo com todas as dores e não estando nos 100% de sua forma ele chega em 5ºlugar.

Aleix Espargaró com a Aprilla fez uma bela prova ficando em 6ºlugar superando o vice-líder do campeonato Andrea Dovizioso que não teve um bom resultado. O 7ºlugar deixa ele com uma distância considerável para Marquez a 4 provas do final do Campeonato. Depois disso completaram os 10 primeiros colocados Alvaro Bautista em mais uma bela corrida com a Ducati de 2016 da Aspar Martinez, Johann Zarco que acabou fazendo uma prova de Razoável com a Tech 3 e Pol Espargaró que no final da prova superou a Mika Kallio, que apesar de pular fora dos 10 primeiros acabou impressionando com a sua exibição. O que deixa o Inglês Bradley Smith balançando um pouco no posto de piloto da KTM para 2018.

Xsyphdsx o

Andrea Iannone em 12º continua a via-crusis da Suzuki (Me atrevo a dizer que é a pior moto do Grid em 2016), Jack Miller, Scott Redding que levou a Pramac a zona de pontuação e Tito Rabat completou a zona de pontuação. Já Jonas Folger em 16º foi muito mal o final de semana inteiro. Agora que foi péssimo foi Danilo Petrucci que fez uma prova para se esquecer ficando em 20ºlugar com uma Ducati de 2017. Só a frente de Loris Baz e de Sam Lowes.

Daqui a 3 semanas a disputa pelo título continua com o GP do Japão. A disputa fica mais polarizada entre Marquez e Dovizioso, com um Viñales correndo por fora e Rossi e Dani Pedrosa com remotas possibilidades.

Gsgxwcf0 o

Resultado Final do GP de Aragón
Mundial de Motovelocidade – MotoGP – 23 Voltas

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 42’06.816
2 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda a 0.879
3 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati a 2.028
4 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 5.256
5 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 5.882
6 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 6.962
7 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 7.455
8 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati a 7.910
9 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 13.002
10 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM a 14.075
11 36 Mika Kallio Red Bull KTM Factory Racing KTM a 17.192
12 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 20.632
13 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda a 23.886
14 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati a 25.523
15 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda a 26.082
16 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 30.302
17 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 31.874
18 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati a 31.948
19 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM a 36.296
20 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati a 37.842
21 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati a 47.599
22 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 47.647
35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda a 7 Voltas
17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati a 13 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Mir Conquista Vitória em Aragón e fica bem perto do Título da Moto 3

Treino de Classificação

Na sessão que definia o grid de largada o piloto Jorge Martin se destacou pela sua velocidade e acabou marcando a pole position.

Desde do começo do Treino o piloto  da Gresini foi para cima e aos 10 minutos de treinamento ele acabou assumindo a liderança que era de Romano Fenati chegando a 1:59.259 e baixou esse tempo para 1:59.125. Parecia que a pole seria fácil de conquistar.

Ptliblcj o

Mas dai veio o líder do campeonato Joan Mir e o 3ºlugar do Mundial Aron Canet em volta rápida O piloto da Leopard Racing assumiu a liderança com 1:58.784 e o piloto da Estrella Galícia fez 1:58.914 assumindo o 2ºlugar deslocando Martin para o 3ºposto.

Romano Fenati foi para a sua segunda tentativa em 12ºlugar e na sua volta rápida deu um belo salto para o 4ºlugar assim como Nicolo Bulega que marcou a 3ªmelhor marca a 15 minutos do Final da Classificação.

S29vzsv7 o

4 minutos depois Aron Canet baixou o tempo de Mir e assumiu a liderança. Segundos depois Martin marca o melhor tempo, Na Volta Segundo Jorge Martin detonou de uma vez por todas e marcou 1:58.067. colocando um temporal para cima de todo o resto.

Nos minutos finais todo mundo foi para a pista, Ai ocorreram dois acidente: Um deles com Jorge Martin que buscava a melhora do seu tempo e o outro acidente envolveu alguns pilotos. Entre eles estava o Líder do campeonato Joan Mir que não pode melhorar seu tempo.

Fjvaltjj o

Acabou Enea Bastianini melhorando sua marca e conquistando o 2ºlugar no grid de largada. Mesmo com a queda a pole ficou com o piloto Espanhol da Gresini.

Aron Canet completou a primeira fila. Joan Mir acabou se dando mal por causa dessa queda, Ele ficou longe da pole e larga em 6ºlugar completando a segunda fila que vai ter Nicolo Bulega com a melhor KTM do Grid e com Dennis Foggia que é um piloto Junior da Sky Racing VR46. (Já disputou uma corrida do Mundial de Motovelocidade nesse ano)

Juznbvpu o

John McPhee abre a terceira fila que vai ter Phillip Oettl em boa fase e Tatsuki Suzuki com a equipe Sic58. Marcos Ramirez completou os 10 primeiros lugares a frente de Romano Fenati e de Gabriel Rodrigo.

Grid de Largada do GP de Aragón
14ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto 3

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’58.067
2 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda 1’58.425
3 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 1’58.516
4 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 1’58.593
5 10 Dennis Foggia Sky Junior Team VR46 Academy KTM 1’58.768
6 36 Joan Mir Leopard Racing Honda 1’58.784
7 17 John McPhee British Talent Team Honda 1’58.813
8 65 Philipp Ottl Südmetall Schedl GP Racing KTM 1’58.961
9 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 1’58.976
10 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM 1’58.985
11 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda 1’59.165
12 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM 1’59.167
13 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda 1’59.177
14 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’59.271
15 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda 1’59.321
16 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra 1’59.379
17 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda 1’59.390
18 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM 1’59.505
19 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM 1’59.513
20 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM 1’59.697
21 75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto3 Mahindra 1’59.706
22 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot 1’59.813
23 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra 1’59.819
24 37 Aaron Polanco Leopard Racing Honda 1’59.833
25 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda 1’59.849
26 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 2’00.205
27 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 2’00.953
28 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM 1’59.360
29 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot 2’01.261
30 15 Jaume Masia Cuna de Campeones KTM 1’59.392
31 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra 1’59.535
32 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM 1’59.861

A Corrida Foi reduzida para 13 Voltas devido a nebrina que atrasou a programação do Mundial de Motovelocidade em 40 minutos.

Z5amfvoe o

Martin faz bela largada e pulou na frente, Mas na segunda curva ele já é ultrapassado por Enea Bastianini e ambos abrem bem do resto do pelotão liderado por 2 pilotos: Dennis Foggia e Aron Canet. O espanhol da Estrella Galícia passou para o 3ºlugar curvas depois.

Ao final da primeira volta Martin assumiu a liderança na Reta oposta. Ao completar a primeira volta Bastianini voltou a ponta. Ambos vinham trocando ultrapassagens. Com essa disputa Canet e Mir inicialmente se aproximaram deles e entraram na briga também. Enquanto isso Romano Fenati vinha em 15ºlugar sofrendo para ganhar posições.

Nas primeiras voltas Jorge Martin ele sempre perdia a liderança no começo da volta, Mas se recuperava durante a passagem e na reta oposta sua moto rendia muito e nas primeiras 4 voltas ele conseguia voltar a liderança sempre no final da reta até um pouco depois da linha de chegada quando os seus adversários (1 ou 2 deles na maioria das vezes) Conseguiam tomar a ponta do piloto Espanhol da Gresini.

Sexcuvcp o

No começo da 6ªVolta Bastianini era o líder com Martin, Canet, Oettl que apareceu na prova superando Mir e ganhando o 4ºlugar do virtual campeão da moto 3 em 2017.

Mir se recuperou e mesmo com a força que Martin estava fazendo para manter sua estratégia que poderia leva-lo a vitória passou a liderança pela primeira vez no começo da 8ªvolta. Nessa mesma volta Canet e Bastianini voltaram a liderança para a alegria da Estrella Galícia.

No final da 9ªVolta surge nessa disputa o italiano Fabio di Giannantonio da Gresini que no final da reta passa para o segundo lugar e a 4 voltas do final passou a liderança (Após largar do 14ºlugar) Na parte final de corrida a disputa fica intensa entre os dois pilotos da Gresini, Os dois pilotos da Estrella Galícia e o piloto da Leopard Racing.

Tavcitd0 o

Na menos de 3 voltas do final os pilotos da Gresini partiram para cima dos pilotos da Estrela Galícia e na entrada da curva 16 Giannatonio manteve a liderança com Martin em 2º. Na entrada da 12ªVolta Bastianini passou Martin e assumiu o segundo lugar. Mir em 5ºlugar parecia não ter forças para acompanhar essa briga ou então estava precavido em manter a sua boa vantagem na liderança do campeonato de forma tranquila com o 5ºlugar.

Hdqjabwt o

A opção mais fácil seria essa, Mas Mir decidiu ir para a briga e partiu para querer a vitória. Di Giannantonio conseguiu abrir uma bela distância que fez ele não ser ultrapassado na grande reta oposta o que permitiu ele liderar a última volta em primeiro lugar, Mas veio Joan Mir e passou o italiano que buscava a primeira vitória na sua Carreira e assumiu a liderança.

Ylsaoysq o

Na Reta final Mir segurou os ataques de Di Giannitonio que passou Bastianini a curvas do final da prova. Na reta oposta Mir ia de um lado para outro impedindo que o Tanto o piloto da Gresini como o piloto da Estrella Galícia conseguissem o vácuo necessário para passarem por ele.

Joan Mir conquistou sua 8ªVitória em 14 corridas e esta muito perto do campeonato. Basta um 2ºlugar em uma das 4 provas decisivas para o piloto se tornar o campeão da Moto 3 com muita antecedência.

Jw6f42px o

Mais uma fez Fabio di Giannantonio viu a vitória passar bem perto ficando a 43 milésimos da sua primeira vitória na Moto 3. O pódio foi completado por Enea Bastianini que ficou a 8 milésimos do piloto da Gresini e a 51 do vencedor. 51 milésimos separaram o 1º do 3ºlugar. Inacreditável que em uma corrida de 13 voltas possa ter uma diferença tão pequena como teve em Aragón.

Jorge Martin que liderou a maior parte das voltas acabou ficando em 4ºlugar, Ficando fora do pódio. Aron Canet chegou em 5º com a outra moto da Estrella Galícia. John McPhee chegou em 6ºlugar a 590 milésimos do vencedor, Mas não chegou a disputar a vitória. Assim como Marcos Ramirez e Dennis Foggia que chegaram em 7º e 8ºlugares com apenas 743 milésimos atrás do vencedor da prova.

Phillip Oettl que chegou a ficar em 4ºlugar acabou em 9º e Romano Fenati num final de semana bem abaixo e sem disputar a vitória em nenhum momento fechou os Top 10. Daqui a 3 semanas teremos a etapa do Japão do Mundial de Motovelocidade. Muito provavelmente Joan Mir deve fechar o campeonato. Fenati e Canet precisam de um milagre para ainda conquistarem o título.

Yyjnmrk6 o

Resultado Final do GP de Aragón
14ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Moto 3

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 36 Joan Mir Leopard Racing Honda 25’57.607
2 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda a 0.043
3 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda a 0.051
4 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda a 0.170
5 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda a 0.392
6 17 John McPhee British Talent Team Honda a 0.590
7 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM a 0.707
8 10 Dennis Foggia Sky Junior Team VR46 Academy KTM a 0.743
9 65 Philipp Oettl Südmetall Schedl GP Racing KTM a 1.168
10 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda a 1.298
11 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM a 1.330
12 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM a 1.505
13 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda a 1.961
14 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM a 2.050
15 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda a 2.504
16 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda a 2.539
17 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM a 2.659
18 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM a 2.665
19 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra a 4.399
20 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda a 11.404
21 15 Jaume Masia Cuna de Campeones KTM a 14.540
22 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM a 14.599
23 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra a 14.703
24 37 Aaron Polanco Leopard Racing Honda a 14.859
25 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot a 17.595
26 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda a 17.722
27 75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto3 Mahindra a 21.467
28 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda a 34.646
29 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot a 34.678
19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Racing Team KTM a 5 Voltas
48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra a 6 Voltas
41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda a 11 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Dakar no estágio 3 San Martin de Tucumán até San Salvador de Jujuy: Barreda Boat mostra suas cartas, Marcelo Medeiros Abandona Dakar. Em compensação Dupla Brasileira da UTV vence a especial do dia

No Estágio de Hoje entre San Martin de Tucumán até San Salvador de Jujuy que teve 367 km cronometrados um domínio total do Espanhol Juan Barreda Boat que desde da primeira estação até o final liderou com sobras o Estágio da Quarta-feira. Mesmo com a penalização de 1 minuto que ele teve depois da corrida acabou não sendo o suficiente para tirar uma vitória acachapante com 12 minutos e 29 segundos de diferença para o Inglês San Sunderland que foi o melhor piloto da KTM ficando em 2ºlugar.

O Francês Pierre Alexandre Renet, Campeão mundial de Enduro apareceu muito bem na terceira posição superando o primeiro piloto da fábrica Sueca o Chileno Pablo Quintanilla por 32 segundos. Apesar disso Quintanilla continua na primeiras posições na classificação geral. O Português Paulo Gonçalves com a sua Honda fechou os TOP 5 do dia.

Decepção do Dakar o Português Helder Rodrigues da Yamaha

Já o líder da competição depois do segundo estágio o Australiano Toby Price acabou perdendo mais de 20 minutos no começo do Estágio de hoje. Com o decorrer do evento o piloto da KTM recuperou posições, Mas os 21 minutos e 51 segundos prevaleceram o deixando em 9ºlugar e com isso Barreda Boat assumiu a liderança na geral enquanto que Price caiu para o 5ºlugar.

Quem fez um belo trabalho fazendo a Yamaha Oficial aparecer foi o francês Adrian van Beveren que fechou em 6ºlugar sendo essa a Melhor Yamaha do dia. O Argentino Franco Caimi da equipe Sul-Americana da Honda mandou muitíssimo bem conseguindo um improvável 7ºlugar. Tá certo que a 20 minutos do vencedor, Mas numa corrida e num evento de tantas dificuldades o que o jovem piloto Argentino conseguiu pode se considerar como um belo resultado.

Gerard Farres Guell em um rally muito regular conquistou mais um resultado entre os 10 primeiros colocados com a 8ªposição na frente de Price e do Norte-americano Ricky Brabec que também faz um Dakar até agora regular. Com a KTM Mathias Walkner e Stefan Svtko não foram felizes ficando em modestas 11ª e 12ª lugares e a mais de 25 minutos de Barreda Boat. Xavier de Soultrait acabou não muito bem colocado para 13ºlugar com a Yamaha fazendo ele perder posições na classificação geral.

Laia Sanz teve seu melhor resultado ficando em um decente 17ºlugar a 34 minutos do vencedor. Já os Brasileiros tiveram um dia problemático, Mas terminaram o Estágio longe de terem bons resultados. Ricardo Martins ficou em 68º, Richard Filter em 69º a quase 2 horas do vencedor. Mas para Gregorio Caselani o Estágio 3 foi um desastre. O piloto da Honda ficou em 123º a quase 5 horas do Vencedor.

Vídeo do Resumo do 3ºEstágio do Dakar 2017 – Motos

1. 11 Joan Barreda Boat (Honda-Espanha) 4:23:41
2. 14 San Sunderland (KTM-Inglaterra) a 12:29
3. 31 Pierre Alexandre Renet (Husqvarna-França) a 15:30
4. 03 Palbo Quitanilla (Husqvarna-Chile) a 16:02
5. 17 Paulo Gonçalves (Honda-Portugal) a 16:20
6. 06 Adrian van Beveren (Yamaha-França) a 19:40
7. 67 Franco Caimi (Honda-Argentina) a 20:09
8. 08 Gerard Farres Guell (KTM-Espanha) a 20:43
9. 01 Toby Price (KTM-Austrália) a 21:51
10.09 Ricky Brabec (Honda-Estados Unidos) a 24:16
11.16 Mathias Walkner (KTM-Áustria) a 25:40
12.02 Stefan Svitko (KTM-Eslováquia) a 26:41
13.23 Xavier de Soultrait (Yamaha-França) a 33:09
14.15 Michael Metge (Honda-França) a 33:26
15.20 Ivan Jakes (KTM-Eslováquia) a 33:39
16.12 Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS-Espanha) a 33:56
17.19 Laia Sanz (KTM-Espanha) a 34:42
18.43 Rodney Faggotter (Yamaha-Austrália) a 35:14
19.27 Joaquim Rodrigues (Hero SpeedBrain-Portugal) a 36:03
20.34 Diego Martin Duplessis (KTM-Argentina) a 37:24
21.10 Armand Monleon (KTM-Espaha) a 37:51
22.29 Emanuel Gyenes (KTM-Romênia) a 40:18
23.05 Helder Rodrigues (Yamaha-Portugal) a 45:29
24.52 Milan Engel (KTM-República Tcheca) a 47:17
25.45 Ondrej Klymciw (Husqvarna-República Tcheca) a 51:35
26.76 David Thomas (Husqvarna-África do Sul) a 52:28
27.18 Alessandro Botturi (Yamaha-Itália) a 55:27
28.87 Cristian Espana Munoz (KTM-Andorra) a 56:28
29.28 Mario Patrão (KTM-Portugal) a 59:22
30.26 Adrien Metge (Sherco TVS-França) a 59:50
31.25 Ivan Cervantes Montero (KTM-Espanha) a 1:00:13
32.33 Antonio Gimeno García (KTM-Espanha) a 1:03:07
33.82 Daniel Oliveras Carreras (KTM-Espanha) a 1:05:15
34.32 Juan Carlos Salvatierra (KTM-Bolívia) a 1:09:04
35.49 Adam Tomiczek (KTM-Polônia) a 1:09:32
36.117 Toomas Triisa (Husqvarna-Estônia) a 1:10:43
37.37 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (KTM-Venezuela) a 1:11:50
38.60 Aleksandr Ivaniutin (Husqvarna-Rússia) a 1:12:38
39.41 Marc Sola Terradellas (KTM-Espanha) a 1:13:07
40.79 Todd Smith (KTM-Austrália) a 1:13:08

68.164 Ricardo Martins (Yamaha-Brasil) a 1:55:27
69.159 Richard Fliter (Honda-Brasil) a 1:56:25
123.158 Gregorio Caselani (Honda-Brasil) a 4:51:16

Classificação Geral após 3 Etapas:

1. 11 Joan Barreda Boat (Honda-Espanha) 7:36:30
2. 14 San Sunderland (KTM-Inglaterra) a 10:20
3. 17 Paulo Gonçalves (Honda-Portugal) a 13:42
4. 03 Palbo Quintanilla (Husqvarna-Chile) a 14:56
5. 01 Toby Pryce (KTM-Austrália) a 16:19
6. 06 Adrien van Beveren (Yamaha-França) a 22:00
7. 08 Gerard Farres Guell (KTM-Espanha) a 22:00
8. 31 Alexandre Renet Pierre (Husqvarna-França) a 23:07
9. 09 Ricky Brabec (Honda-Estados Unidos) a 23:13
10.02 Stefan Svitko (KTM-Eslováquia) a 25:54
11.16 Matthias Walkner (KTM-Áustria) a 27:47
12.67 Franco Caimi (Honda-Argentina) a 28:30
13.23 Xavier de Soultrait (Yamaha-França) a 31:18
14.12 Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS) a 35:10
15.43 Rodney Faggotter (Yamaha-Austrália) a 38:32
16.20 Ivan Jakes (KTM-Eslováquia) a 40:57
17.34 Diego Martin Duplessis (KTM-Argentina) a 43:51
18.10 Armand Monleon (KTM-Espanha) a 44:18
19.15 Metge Michael (Honda-França) a 44:22
20.27 Joaquim Rodrigues (Hero SpeedBrain-Portugal) a 44:49
21.19 Laia Sanz (KTM-Espanha) a 46:35
22.29 Emanuel Gyenes (KTM-Romenia) a 54:17
23.45 Ondrej Klymciw (KTM-República Tcheca) a 1:00:00
24.05 Helder Rodrigues (Yamaha-Portugal) a 1:00:46
25.18 Alessandro Botturi (Yamaha-Itália) a 1:01:03
26.25 Ivan Cervantes Montero (KTM-Espanha) a 1:04:50
27.28 Mário Patrão (KTM-Portugal) a 1:13:21
28.33 Antonio Gimeno Garcia (KTM-Espanha) a 1:17:05
29.82 Daniel Oliveras Carreras (KTM-Espanha) a 1:20:08
30.76 David Thomas (Husqvarna-África do Sul) a 1:20:58
31.32 Juan Carlos Salvatierra (KTM-Bolívia) a 1:21:51
32.87 Cristian España Muñoz (KTM-Andorra) a 1:23:33
33.79 Todd Smith (KTM-Austrália) a 1:25:00
34.52 Milan Engel (KTM-República Tcheca) a 1:28:34
35.49 Adam Tomiczek (KTM-Polônia) a 1:29:40
36.117 Toomas Sriisa (Husqvarna-Estônia) a 1:40:56
37.41 Marc Sola Terradellas (Yamaha-Espanha) a 1:41:19
38.37 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (KTM-Venezuela) a 1:42:12
39.64 Goncalo Reis (KTM-Portugal) a 1:43:08
40.116 Oscar Romero (Yamaha-Espanha) a 1:44:13
64.159 Richard Fliter (Honda-Brasil) a 2:45:13
77.164 Ricardo Martins (Yamaha-Brasil) a 3:24:24
117.158 Gregorio Caselani (Honda-Brasil) 5:36:01

Nos quadriciclos um dia triste para o Brasil, Marcelo Medeiros que vinha sendo considerado um dos favoritos ao título do Dakar sofreu um acidente na segunda parte do Estágio e acabou deixando a prova. Já quem venceu foi o Argentino Gaston Gonzalez com seu quadriciclo da Yamaha ficando na frente do líder na Geral o Chileno Ignacio Casale que se torna agora o principal candidato a vitória já que o seu rival Rakal Sonic continua vivendo problemas no Dakar. Hoje o piloto Polonês Campeão de 2015 chegou em 13º a 28 minutos do vencedor e a quase 24 de Casale e já acumulando 47 minutos de desvantagem para o seu arquirrival na luta pelo título.

Gaston Gonzalez aparece a 4 minutos de Casale na Vice-liderança da Geral. O checo Josef Machacek chegou em 3ºlugar a 9 minutos e 56 segundos atrás do vencedor com o Francês Simon Vitse aparecendo bem na 4ªposição e com o primeiro quadriciclo não sendo da Yamaha o Argentino Santiago Hansen com a Honda ficou em 5ºlugar na frente de seu compatriota Daniel Mazzucco que esta com a CAN-AM por 9 segundos de diferença. O Bolíviano Walter Nosiglia, O Argentino Daniel Domaszewski, e os Franceses Bruno da Costa e Axel Dutrie completam a lista dos 10 primeiros colocados.

Vídeo do Resumo do 3ºEstágio do Dakar 2017 – Quadriciclos

1. 281 Gaston Gonzalez (Yamaha-Argentina) 5:58:39
2. 251 Ignacio Casale (Yamaha-Chile) a 4:41
3. 252 Josef Machacek (Yamaha-República Tcheca) a 9:56
4. 279 Simon Vitse (Yamaha-França) a 16:05
5. 261 Santiago Hansen (Honda-Argentina) a 20:32
6. 272 Daniel Mazzucco (CAN-AM-Argentina) a 20:41
7. 256 Walter Nosiglia (Honda-Bolívia) a 21:14
8. 258 Daniel Domaszewski (Honda-Argentina) a 21:36
9. 262 Bruno da Costa (Yamaha-França) a 21:49
10.280 Axel Dutrie (Yamaha-França) a 23:43
11.254 Sergey Karyakin (Yamaha-Rússia) a 25:30
12.270 Gustavo Gallego (Yamaha-Argentina) a 28:25
13.250 Rakal Sonic (Yamaha-Polônia) a 28:34
14.263 Pablo Copetti (Yamaha-Argentina) a 29:12
15.277 Tomas Kubiena (Ibos-Rep.Tcheca) a 40:24

Classificação Geral após 3 Etapas:

1. 251 Ignacio Casale (Yamaha-Chile) 9:58:51
2. 281 Gaston Gonzalez (Yamaha-Argentina) a 4:37
3. 263 Pablo Copetti (Yamaha-Argentina)a 18:06
4. 280 Axel Dutrie (Yamaha-França) a 18:18
5. 279 Simon Vitse (Yamaha-França)a 19:38
6. 252 Josef Machacek (Yamaha-Repúlica Tcheca) a 20:00
7. 262 Bruno da Costa (Yamaha-França) a 26:48
8. 258 Daniel Domaszewski (Honda-Argentina) a 27:10
9. 272 Daniel Mazzucco (CAN-AM-Argentina) a 28:21
10.254 Sergey Karyakin (Yamaha-Rússia) a 34:41
11.277 Tomas Kubiena (IBOS-República Tcheca) a 42:11
12.250 Rakal Sonic (Yamaha-Polônia) a 47:48
13.256 Walter Nosiglia (Honda-Bolívia) a 59:49
14.265 Lucas Innocente (Can-Am-Argentina) a 1:05:31
15.257 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Yamaha-Paraguai) a 1:20:42

Um dia terrivel para os campeões de 2015 Nasser Al-Attiyah e Matthieu Baumel com o carro da
Toyota. com problemas no equipamento a perda foi de mais de 2 horas e 17 minutos o que fez o Qatari e seu copiloto Francês ficarem em 31ºlugar no Estágo do dia.

O Estágio foi dominada pela Pegueot que colocou 4 carros na 5 primeiras posições com a vitória ficando com Stephane Peterhansel e Jean Paul Cottret que colocaram quase 2 minutos na frente da dupla espanhola Carlos Sainz e Lucas Cruz que estão em segundo lugar na classificação geral a 42 segundos de Sebastian Loeb e de Daniel Elena que ficaram em 3ºlugar e conseguiram pelo menos segurar a liderança da categoria carros na Geral.

A Pegueot teve também o 5ºlugar dos franceses Cyril Despres e David Castera. Quem furou essa sequência de carros franceses foi o Finlandês Mikko Hirvonen junto do copiloto o Francês Michel Perin que ficaram a 49 segundos atrás de Loeb/Elena completando o estágio em 4ºlugar.

depois de Despres vieram dois carros da Mini com o Argentino Orlando Terranova fazendo uma boa corrida junto do copiloto o Alemão Andreas Schulz ficando em 6ºlugar na frente do Saudita Yazeed Al Rajhl e do Alemão Timo Gottschalk. E ai veio o primeiro carro da Toyota que não teve um bom dia definitivamente. Nani Roma e Alex Haro Bravo ficaram em 8ºlugar a 13 minutos do vencedor e chegaram bem na frente de Jakub Przygonzki e Tom Colsoul com um Mini em 9º e dos Franceses Ronan Chabot e Gilles Pillot com um Toyota fechando os 10 primeiros colocados.

Vindo dos quadriciclos o Também Qatari Mohammed Abu-Issa junto com seu copiloto Xavier Paseri fazem até agora um Dakar correto no carros, Nessa Estágio acabaram ficando em 13ºlugar a 35 minutos do vencedor e ficaram um pouco na frente do Brasileiro Sylvio Barros e do copiloto italiano Rafael Capoani que chegaram em 15ºlugar. (Que foi o melhor resultado deles até agora)

o Argentino Juan Silva e o Uruguaio Sergio Lafuente de Mercedes acabaram sendo o primeiro carro que não esta no trio de Ferro dos Carros (Pegueot-Mini-Toyota) ficando na frente do piloto de Formula 1 de 1989 até 1994 o Francês Eric Bernard com seu piloto o também francês Alexandre Vigneau que correm de Buggy.

Vídeo do Resumo do 3ºEstágio do Dakar 2017 – Carros

1. 300 Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) Pegueot 4:18:17
2. 304 Carlos Sainz (Espanha) / Lucas Cruz (Espanha) Pegueot a 1:54
3. 309 Sebastien Loeb (França) / Daniel Elena (Mônaco) Pegueot a 3:08
4. 303 Mikko Hirvonen (Finlândia) / Michel Perin (França) Mini a 3:57
5. 307 Cyril Despres (França) / David Castera (França) Pegueot a 7:48
6. 308 Orlando Terranova (Argentina) / Andreas Schulz (Alemanha) Mini a 11:26
7. 306 Yazeed Al Rajhl (Arábia Saudita) / Timo Gottschalk (Alemanha) Mini a 13:13
8. 305 Nani Roma (Espanha) / Alex Haro Bravo (Espanha) Toyota a 13:16
9. 316 Jakub Przygonzki (Polônia) / Tom Colsoul (Bélgica) Mini a 19:58
10.317 Ronan Chabot (França) / Gilles Pillot (França) Toyota a 23:52
11.318 Romain Dumas (França) / Alain Guehennec (França) Peugeot a 31:07
12.314 Boris Garafulic (Chile) / Filipe Palmeiro (Portugal) Mini a 34:32
13.322 Mohammed Abu-Issa (Qatar) / Xavier Paseri (França) Mini a 35:58
14.302 Giniel de Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) Toyota a 36:23
15.339 Sylvio Barros (Brasil) / Rafael Capoani (Itália) Mini a 37:05
16.325 Stephan Schott (Alemanha) / Paulo Fiuza (Portugal) Mini a 51:25
17.329 Juan Silva (Argentina) / Sergio Lafuente (Uruguai) Mercedes a 51:53
18.335 Eric Bernard (França) / Alexandre Vigneau (França) Buggy a 56:49
19.338 Alberto Rodrigo Gutierrez Fleig (Bolívia) / Joan Rubi (Espanha) Toyota a 59:57
20.328 Antanas Juknevicius (Lituânia) / Darius Vaiciulis (Lituânia) Toyota a 1:13:05
21.321 Martin Prokop (Rep.Tcheca) / Lika Minor (Áustria) Ford a 1:19:06
22.327 Christian Lavieille (França) / Jean-Pierre Garcin (França) Toyota a 1:23:25
23.330 Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) / Daniel Merlo (Argentina) Toyota a 1:27:19
24.319 Sheikh Khalid Al Qassimi (EAU) / Pascal Maimon (França) Pegueot a 1:31:18
25.320 Conrad Rautenbach (Zimbabué) / Robert Howie (África do Sul) Toyota a 1:34:42
26.323 Nicolas Fuchs (Peru) / Fernando Mussano (Argentina) HRX a 1:36:10
27.334 Facundo Ardusso (Argentina) / Gerardo Scicolone (Argentina) Renault a 1:51:19
28.380 Sergei Shikhotarov (Rússia) / Oleg Uperenko (Letônia) Toyota a 1:55:18
29.383 Eduardo Peredo (Bolívia) / Eugenio Arrieta (Argentina) Toyota a 2:01:42
30.358 He Zhitao (China) / Kai Zhao (China) Toyota a 2:07:26

Classificação Geral após 3 Etapas:

1. 309 Sebastien Loeb (França) / Daniel Elena (Mônaco) Pegueot 6:54:56
2. 304 Carlos Sainz (Espanha) / Lucas Cruz (Espanha) Pegueot a 0:42
3. 300 Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) Pegueot a 4:18
4. 303 Mikko Hirvonen (Finlândia) / Michel Perin (França) Mini a 9:38
5. 305 Nani Roma (Espanha) / Alex Haro Bravo (Espanha) Toyota a 13:04
6. 306 Yazeed Al Rajhl (Arábia Saudita) / Timo Gottschalk (Alemanha) Mini a 15:17
7. 307 Cyril Despres (França) / David Castera (França) Pegueot a 15:25
8. 308 Orlando Terranova (Argentina) / Andreas Schulz (Alemanha) Mini a 21:29
9. 316 Jakub Przygonzki (Polônia) / Tom Colsoul (Bélgica) Mini a 27:37
10.302 Giniel de Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) Toyota a 35:20
11.318 Romain Dumas (França) / Alain Guehennec (França) Peugeot a 37:57
12.317 Ronan Chabot (França) / Gilles Pillot (França) Toyota a 51:12
13.322 Mohammed Abu-Issa (Qatar) / Xavier Paseri (França) Mini a 1:00:15
14.314 Boris Garafulic (Chile) / Filipe Palmeiro (Portugal) Mini a 1:03:57
15.339 Sylvio Barros (Brasil) / Rafael Capoani (Itália) Mini a 1:11:38
16.338 Alberto Rodrigo Gutierrez Fleig (Bolívia) / Joan Rubi (Espanha) Toyota a 1:19:17
17.325 Stephan Schott (Alemanha) / Paulo Fiuza (Portugal) Mini a 1:31:30
18.321 Martin Prokop (Rep.Tcheca) / Lika Minor (Áustria) Ford a 1:33:54
19.335 Eric Bernard (França) / Alexandre Vigneau (França) Buggy a 1:37:16
20.320 Conrad Rautenbach (Zimbabué) / Robert Howie (África do Sul) Toyota a 1:45:36
21.328 Antanas Juknevicius (Lituânia) / Darius Vaiciulis (Lituânia) Toyota a 1:46:16
22.319 Sheikh Khalid Al Qassimi (EAU) / Pascal Maimon (França) Pegueot a 2:00:07
23.323 Nicolas Fuchs (Peru) / Fernando Mussano (Argentina) HRX a 2:00:54
24.327 Christian Lavieille (França) / Jean-Pierre Garcin (França) Toyota a 2:09:46
25.301 Nasser Al-Attiyah (Qatar) / Matthieu Baumel (França) Toyota a 2:14:58
26.329 Juan Silva (Argentina) / Sergio Lafuente (Uruguai) Mercedes a 2:16:23
27.330 Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) / Daniel Merlo (Argentina) Toyota a 2:18:59
28.334 Facundo Ardusso (Argentina) / Gerardo Scicolone (Argentina) Renault a 2:24:26
29.383 Eduardo Peredo (Bolívia) / Eugenio Arrieta (Argentina) Toyota a 3:03:54
30.358 He Zhitao (China) / Kai Zhao (China) Toyota a 3:08:43

Os Brasileiros Lenadro Torres e Lourival Roldan venceram o 3ºdia do Dakar após uma dura disputa do estágio que deu problemas a muitos dos competidores. A Vitória dos Brasileiros deu a vice-liderança na Geral. Mas os Líderes Mao Ruijin e Sebastien Delaunay estão a quase 2 horas de vantagem para a dupla Brasileira que tem uma folgada distância de 1 hora e meia para a dupla chinesa que esta em terceiro lugar Li Dongsheng e Quanquan Guan.

Vídeo do Resumo do 3ºEstágio do Dakar 2017 – UVT

1. 351 Leandro Torres (Brasil) / Lourival Roldan (Brasil) Polaris 7:20:28
2. 342 Mao Ruijin (China) / Sebastien Delaunay (França) Polaris a 6:42
3. 365 Joan Font (Espanha) / Gabriel Moiset Ferrer (Espanha) Yamaha a 1:48:12
4. 374 Li Dongsheng (China) / Quanquan Guan (China) Polaris a 2:41:17
5. 378 Maganov Ravil (Rússia) / Kirill Shubin (Rússia) Polaris a 3:07:38
6. 386 Wang Fujiang (China) / Li Wei (China) Polaris a 4:09:29

Classificação Geral após 3 Etapas:

1. 342 Mao Ruijin (China) / Sebastien Delaunay (França) Polaris 11:53:39
2. 351 Leandro Torres (Brasil) / Lourival Roldan (Brasil) Polaris a 1:56:39
3. 374 Li Dongsheng (China) / Quanquan Guan (China) Polaris a 3:29:59
4. 365 Joan Font (Espanha) / Gabriel Moiset Ferrer (Espanha) Yamaha a 4:48:30
5. 378 Maganov Ravil (Rússia) / Kirill Shubin (Rússia) Polaris a 5:58:11
6. 386 Wang Fujiang (China) / Li Wei (China) Polaris a 6:41:24

Nos caminhões em uma especial de 199 km com problemas para alguns pilotos que tiveram que deixar o Dakar e outros tiveram problemas e perderam tempo no estágio como aconteceu com o trio Gerard de Rooy, Moises Torrallardona e Darek Rodewald com a Iveco que acabaram caindo para o 13ºlugar na classificação Geral. Mas uma vez tivemos 5 marcas de caminhões diferentes nas 5 primeiras posições.

Os Vencedores foram os russos Eduard Nikolaev, Evgeny Yakovlev e Vladimir Rybakov com o Caminhão da Kamaz que ficou na frente a 3 minutos e 48 segundos do Trio checo da Tarta com os pilotos Martin Kolomy, Rene Kilian e David Kilian. Em terceiro ficaram o trio Argentino formado por Federico Villagra, Adrian Arturo Yacopini e Ricardo Adrian Toriaschi com a Iveco, e completando os 5 primeiros os Bielorussos da MAZ Siarhei Viazovich, Pavel Haranin e Andrei Zhyhulin e o Trino da MAN Hans Stacey, Jan van der Vaet e Hugo Kuppen.

Na Classificação Geral a Liderança e de Eduard Nikolaev, Evgeny Yakovlev e Vladimir Rybakov com a Kamaz com 2 minutos na frente de Martin Kolomy, Rene Kilian e David Kilian com o caminhão da Tatra e a 4 minutos do Trio Argentino formado pelos pilotos Federico Villagra, Adrian Arturo Yacopini e Ricardo Adrian Toriaschi.

Vídeo do Resumo do 3ºEstágio do Dakar 2017 – Caminhões

1. 505 Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgeny Yakovlev (Rússia) / Vladimir Rybakov (Rússia) KAMAZ 2:45:51
2. 508 Martin Kolomy (Rep.Tcheca) / Rene Kilian (Rep.Tcheca) / David Kilian (Rep.Tcheca) Tarta a 3:48
3. 502 Federico Villagra (Argentina) / Adrian Arturo YacopinI (Argentina) / Ricardo Adrian Toriaschi (Argentina) IVECO a 4:33
4. 511 Siarhei Viazovich (Bielorússia) / Pavel Haranin (Bielorússia) / Andrei Zhyhulin (Bielorússia) MAZ a 5:36
5. 504 Hans Stacey (Holanda) / Jan van der Vaet (Bélgica) / Hugo Kuppen (Holanda) MAN a 11:38
6. 509 Pieter Versluis (Holanda) / Artur Klein (Alemanha) / Marcel Pronk (Holanda) MAN a 11:50
7. 513 Dmitry Sotnikov (Rússia) / Rusian Akhmadeev (Rússia) / igor Leonov (Rússia) Kamaz a 12:35
8. 510 Pascal de Baar (Holanda) / Martin Roesink (Holanda) / Wouter de Graaff (Holanda) Renault Trucks a 13:09
9. 514 Maurik Van Den Heuvel (Holanda) / Peter Kuijpers (Holanda) / Wilko Van Oort (Holanda) Scania a 14:14
10.515 Anton Shibalov (Rússia) / Robert Amatych (Rússia) / Ivan Romanov (Rússia) Kamaz a 17:11
11. 522 Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorússia) / Anton Zaparoshchanka (Bielorússia) MAZ a 18:11
12.507 Ton Van Genugten (Holanda) / Anton Van Limpt (Holanda) / Bernard Der Kinderen (Holanda) Iveco a 21:01
13.501 Airat Mardeev (Rússia) / Aydar Belyaev (Rússia) / Dmitriy Svistunov (Rússia) Kamaz a 21:55
14.533 Aliaksei Vishneuski (Bielorússia) / Maksim Novikau (Bielorússia) / Aliaksei Neviarovich (Bielorússia) MAZ a 27:18
15.503 Ales Loprais (Rep.Tcheca) / Jiri Stross (Rep.tcheca) / Jan Tomanek (Rep.Tcheca) Tatra a 29:55

Classificação Geral após 3 Etapas:

1. 505 Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgeny Yakovlev (Rússia) / Vladimir Rybakov (Rússia) KAMAZ 5:57:56
2. 508 Martin Kolomy (Rep.Tcheca) / Rene Kilian (Rep.Tcheca) / David Kilian (Rep.Tcheca) Tarta a 2:27
3. 502 Federico Villagra (Argentina) / Adrian Arturo Yacopini (Argentina) / Ricardo Adrian Toriaschi (Argentina) IVECO a 4:07
4. 511 Siarhei Viazovich (Bielorússia) / Pavel Haranin (Bielorússia) / Andrei Zhyhulin (Bielorússia) MAZ a 5:07
5. 509 Pieter Versluis (Holanda) / Artur Klein (Alemanha) / Marcel Pronk (Holanda) MAN a 10:47
6. 513 Dmitry Sotnikov (Rússia) / Rusian Akhmadeev (Rússia) / igor Leonov (Rússia) Kamaz a 11:12
7. 504 Hans Stacey (Holanda) / Jan van der Vaet (Bélgica) / Hugo Kuppen (Holanda) MAN a 11:21
8. 514 Maurik Van Den Heuvel (Holanda) / Peter Kuijpers (Holanda) / Wilko Van Oort (Holanda) Scania a 16:49
9. 510 Pascal de Baar (Holanda) / Martin Roesink (Holanda) / Wouter de Graaff (Holanda) Renault Trucks a 16:56
10.515 Anton Shibalov (Rússia) / Robert Amatych (Rússia) / Ivan Romanov (Rússia) Kamaz a 21:16
11.503 Ales Loprais (Rep.Tcheca) / Jiri Stross (Rep.tcheca) / Jan Tomanek (Rep.Tcheca) Tatra a 30:32
12.507 Ton Van Genugten (Holanda) / Anton Van Limpt (Holanda) / Bernard Der Kinderen (Holanda) Iveco a 32:18
13.500 Gerard de Rooy (Holanda) / Moises Torrallardona (Espanha) / Darek Rodewald (Polônia) IVECO a 33:04
14.501 Airat Mardeev (Rússia) / Aydar Belyaev (Rússia) / Dmitriy Svistunov (Rússia) Kamaz a 35:02
15.522 Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorússia) / Anton Zaparoshchanka (Bielorússia) MAZ a 35:34

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar.com
Vídeos: TV Pública Argentina

Formula V8 3.5 – Decisão em Barcelona – Tom Dillmann conquista o campeonato

Classificação do Campeonato após 16 corridas:

1. Louis Delétraz (Fortec) 200
2. Tom Dillmann (AVF) 197
3. Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 175
4. Aurélien Panis (Arden) 171
5. Roy Nissany (Lotus) 169
6. Egor Orudzhev (Arden) 166
7. René Binder (Lotus) 153
8. Yu Kanamaru (Ted Martin) 80
9. Alfonso Celis jr. (AVF) 57
10. Matevos Isaakyan (SMP Racing) 50

Grid de largada da 17ªCorrida da Temporada 2016 – Formula v8 3.5
Barcelona

1 Tom Dillmann (AVF) 1’44.909
2 Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 1’44.934
3 Jack Aitken (RP Motorsport) 1’46.350
4 Louis Deletraz (Fortec) 1’46.404
5 Egor Orudzhev (Arden) 1’47.452
6 Matevos Isaakyan (SMP Racing) 1’47.658
7 Aurelien Panis (Arden) 1’48.375
8 Pietro Fittipaldi (Fortec) 1’48.377
9 Jack Aitken (RP Motorsport) 1’48.843
10 Yu Kanamaru (Ted Martin) 1’48.844
11 Tom Randle (Comtec) 1’49.407
12 Rene Binder (Lotus) 1’51.667
13 Beitske Visser (Ted Martin) 1’51.812
14 Roy Nissany (Lotus) 1’52.317
15 Giuseppe Cipriani (Durango) Sem Tempo
16 Alfonso Celis (AVF) Sem Tempo

f35_barcelona_2016-2

Na primeira tentativa de parada o Australiano Jack Aikten não conseguiu largar e com isso uma nova volta de apresentação foi dada e 2 minutos a menos no tempo de corrida.
Na largada da penúltima corrida da temporada mais uma vez Orudzhev largou brilhantemente e subiu de novo de 5º para o primeiro lugar em uma largada incrível com Dillmann em segundo lugar e Vaxiviere em 3º deixando Delétraz em 4ºlugar e depois vinham Panis, Isaakyan, Fittipaldi e Baptista nas 8 primeiras posições (Essa posição entre os brasileiros foi invertida favorecendo Baptisya), Já a corrida acabou cedo para Celis jr. que acabou batendo nas primeiras curvas da 1ªVolta.

Na segunda volta Roy Nissany conseguiu passar Fittipaldi, Mas também passou reto e acabou perdendo essa posição que poderia ter conseguindo. O piloto Orudzhev que estava fazendo um final de campeonato muito forte abria distância para Dillmann que tinha uma distância boa para Vaxiviere que acabou segundo ultrapassado pelo Delétraz que tomou o 3ºlugar. Seria o começo do Calvário do piloto Francês da SMP Racing, Já para René Binder a corrida terminava na volta 4 o que o eliminou da disputa pelo título.

Delétraz era o líder do campeonato queria evitar que Dillmann voltasse a ter forças para disputar o campeonato e partiu para cima do piloto da AVF fazendo a melhor volta da corrida. Em outra ponta Vaxiviere perdia desempenho e começava a segurar ao francês Aurélien Panis que precisava passar logo se ele quisesse ainda ter alguma chance de ser o campeonato assim como o Israelita Roy Nissany que estava em 9ºlugar precisava reagir. Já Orudzhev com os resultados iria para a prova final com chances de título ainda.

Faltando 26 minutos e meio de corrida Aurélien Panis por fora no final da reta principal conseguiu uma bela ultrapassagem sobre Vaxiviere subindo para o 4ºlugar e ele iria embora deixando o piloto da SMP Racing ser engolido pelo companheiro de equipe Isaakyan. Já Louis Delétraz foi para cima de Tom Dillmann. Era a disputa do campeonato de forma direta, Sé Dillmann ficasse na frente o campeonato iria ficar empatado, Se Delétraz passasse iria abrir a vantagem para 6 pontos na frente de Dillmann que se defendia de toda a maneira.

Com 23 minutos de corrida Vaxiviere já tinha perdido posição para Isaakyan e já estava pressionado pelos dois Brasileiros sendo Vitor Baptista na frente de Pietro Fittipaldi. com 11 voltas completadas e metade da corrida concluída a classificação era essa: 1. Orudzhev – 2. Dillmann (a 4.528) – 3. Delétraz (a 5.124) – 4. Panis (a 8.599),5. Isaakyan (a 10.036), 6. Vaxiviere (a 16.785) 7. Baptista (a 17.217), 8. Fittipaldi (a 17.865), 9. Kanamaru (a 28.628), 10. Bissany (a 19.159), 11. Visser (a 20.915), 12. Aitken (28.191), 13. Giuseppe Cipriani (a 47.378)

Dillmann sofria os ataques de Delétraz que buscava com tudo para passar o piloto da AVF, No Calvário de Vaxiviere Vitor Baptista já tinha passado o Francês que já sofria pressão de Fittipaldi, Kanamaru e Nissany pelo 7ºlugar e era incrível estava lento o francês visto que todos que passaram ele foram embora abrindo rapidamente dele.

f35_barcelona_2016

Pietro Fittipaldi passou Vaxiviere por fora e depois curvas depois Yu Kanamaru da Ted Martin também passou. Para o piloto da SMP Racing foi a gota d’Água, Acabou indo aos boxes e saindo da corrida e da disputa do campeonato na 16ªVolta. Roy Nissany também estava praticamente sem chances de disputar o título já que ele estava em 9ºlugar sendo pressionada pela Holandesa Beitske Visser quando faltava 12 minutos para o final da 17ªcorrida do ano. Dillmann continuava na 2ªposição com Delétraz perto dele que acabou indo definitivamente para disputar o 2ºlugar que poderia garantir definitivamente o campeonato para os 10 minutos finais.

A ultrapassagem aconteceu a minutos do final com uma grande manobra de Delétraz que foi por fora obrigando Dillmann a se preocupar em defender a posição e fez com o piloto da AVF perder a curva e com isso o piloto da Fortec passou para o segundo lugar abrindo mais 3 pontos de diferença e mesmo com o Russo vencendo Delétraz eliminaria Egor Orudzhev do campeonato que vinha para uma 5ªvitória mostrando a força dele para a temporada de 2017 aonde ele for correr. Já Dillmann precisava se preocupar com Aurélien Panis que estava virtualmente eliminado do campeonato pelo resultado de Delétraz a 5 minutos do final da corrida, Mas tinha alguma esperança de se colocar no pódio.

No final o Brasileiro Vitor Baptista deu uma escapada que não alterou a boa classificação dele na corrida. A Vitória ficou com o Russo Egor Orudzhev que levou a vitória pela 5ªVez no ano, Com Louis Delétraz em 2ºlugar superando a Tom Dillmann que segurou no final o Francês Aurélien Panis que levou a Arden a 4ªposição. Matevos Isaakyan, Vitor Baptista que teve uma boa corrida, Pietro Fittipaldi, Yu Kanamaru, Roy Nissany e Beitske Visser completaram a zona de pontuação. Na corrida final no domingo somente Delétraz e Dillmann estavam disputando o campeonato. Separados por 6 pontos de diferença os dependiam apenas de si para serem campeões.

f35_barcelona_2016-6

Resultado final da 17ªEtapa da Formula v8 3.5
Barcelona – Espanha

1 Egor Orudzhev (Arden) 39:40.100 – 25 Voltas
2 Louis Deletraz (Fortec) a 9.891
3 Tom Dillmann (AVF) a 12.240
4 Aurelien Panis (Arden) a 13.422
5 Matevos Isaakyan (SMP Racing) a 22.646
6 Jack Aitken (RP Motorsport) a 26.592
7 Pietro Fittipaldi (Fortec) a 31.454
8 Yu Kanamaru (Ted Martin) a 32.139
9 Roy Nissany (Lotus) a 35.321
10 Beitske Visser (Ted Martin) a 37.188
11 Jack Aitken (RP Motorsport) a 1:23.722
12 Giuseppe Cipriani (Durango) a 1 Volta
Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) a 10 Voltas
Tom Randle (Comtec) a 18 Voltas
Rene Binder (Lotus) a 22 Voltas
Alfonso Celis (AVF) a 25 Voltas
Louis Delétraz 1:34.359 – melhor Volta da prova

Classificação do Campeonato após 17 Corridas:

1. Louis Delétraz (Fortec) 218
2. Tom Dillmann (AVF) 212
3. Egor Orudzhev (Arden) 191
4. Aurélien Panis (Arden) 183
5. Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 175
6. Roy Nissany (Lotus) 171
7. Rene Binder (Lotus) 153
8. Yu Kanamaru (Ted Martin) 84
9. Matevos Isaakyan (SMP Racing) 60
10. Alfonso Celis jr. (AVF) 55

Grid de largada da 18ªCorrida da Temporada 2016 – Formula v8 3.5
Barcelona

1 Louis Deletraz (Fortec) 1’31.953
2 Matevos Isaakyan (SMP Racing) 1’32.047
3 Jack Aitken (RP Motorsport) 1’32.064
4 Roy Nissany (Lotus) 1’32.135
5 Pietro Fittipaldi (Fortec) 1’32.152
6 Rene Binder (Lotus) 1’32.250
7 Tom Dillmann (AVF) 1’32.398
8 Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 1’32.561
9 Aurelien Panis (Arden) 1’32.674
10 Egor Orudzhev (Arden) 1’32.699
11 Beitske Visser (Ted Martin) 1’32.979
12 Alfonso Celis (AVF) 1’33.318
13 Jack Aitken (RP Motorsport) 1’33.558
14 Giuseppe Cipriani (Durango) 1’37.757
15 Tom Randle (Comtec) Sem Tempo
16 Yu Kanamaru (Ted Martin) Sem Tempo

Última Largada da temporada 2016 começou com a primeira largada abortada. O vencedor da primeira corrida Orudzhev acabou com problemas na hora da largada e com isso uma nova volta de apresentação foi dada diminuindo a corrida para 38 minutos e mais uma volta.

Na largada que valeu acabou largando melhor Isaakyan que assumiu a liderança com Nissany, Fittipaldi, Dillmann e Pietro Fittipaldi nas 5 primeiras posições, Já o suíço Delétraz largou muito mal e caiu para o 6ºlugar.

Na segunda volta em tentativa de Panis para passa Celis jr e acabaram de chocando com o Mexicano levando a pior ficando lá atrás, Com isso os pilotos lá atrás se aproximaram do piloto da Campeã Arden. Com essa pressão toda o filho de Olivier Panis acabou indo para os boxes consertar sua asa dianteira, obrigatória. Tom Dillmann partiu para o ataque em cima de Delétraz na disputa pelo 4ºlugar já que Pietro Fittipaldi passou ao 3ºlugar na frente de Delétraz e Dillmann que na pista ele efetuou na pista. Era a disputa do campeonato essa entre os dois. Enquanto isso Orudzhev tentar se recuperar na corrida. nada vez com essas história o piloto Russo Matevos Isaakyan e o Israelita da Lotus checa disputavam a liderança com o Roy atacando ao jovem que estava em sua primeira temporada na categoria.

f35_barcelona_2016-7

Na 4Volta Yu Kanamaru vai para os boxes com o carro da Equipe Ted Martin para ai sim fazer a parada obrigatória nos boxes. Os comissários da prova estavam julgando o Panis tentando passar Celis jr. Ao meu modo de entender algo que foi de corrida mesmo. Na entrada da volta 6 Louis Delétraz vai para a parada enquanto Dillmann ficava na pista assumindo o 4ºlugar. Dillmann fez a parada e voltou a frente Delétraz. 22 minutos para o final o líder Isaakyan da SMP Racing foi para os boxes deixando Nissany da Lotus checa na frente, 20 minutos para o final Roy Nissany foi para os boxes.

Thomas Randle que vinha em 1ºlugar com o carro da Comtec segurava a pressão do piloto da AVF que começava a ver sua situação melhor para a uma decisão do campeonato, Volta depois ele foi para os boxe a menos de 17 minutos do fim do campeonato assim como Celis jr. que foi punido com 10 segundos acrescidos no tempo final de corrida, a prova dele já tinha ido para o saco mesmo já que ele estava entre os últimos colocados da prova.

Faltando 15 minutos para o finala da prova a classificação estava assim: Dillmann – Nissany – Pietro Fittipaldi – Delétraz – Isaakyan – Binder – Vaxiviere – Orudzhev – Visser – Kanamaru – Aitken – Panis – Randle – Celis jr. – Cipriani – Baptista (Abandonou)

Com os resultados Dillmann era o campeonato, Mas com 15 minutos pela frente tudo poderia mudar como acabou mudando do grid de largada para o momento que estava a corrida naquele momento. Delétraz em 4º tinha que voar para passar Fittipaldi, Nissany e Dillmann para assegurar o campeonato o que era muito difícil ainda mais do que Isaakyan estava na sua cola no na disputa pelo 4ºlugar. Já o francês Matthieu Vaxiviere abandonou a corrida com problemas no seu carro da SMP Racing encerrando o seu ano de forma melancólica.

f35_barcelona_2016-3

com Delétraz longe da briga pela liderança ele precisava torcer para Nissany passasse Dillmann para ter a possibilidade de ser o campeão. E o piloto da Lotus checa vinha tirando a diferença que tinha para Dillmann e tinha tempo para um ataque decisivo a 10 minutos do final da prova. Panis foi punido com 20 segundos de acréscimo no tempo final de prova. Enquanto que Visser, Kanamaru e Aikten brigavam pelos últimos lugares na zona de pontuação. Já Tom Dillmann conseguia manter a diferença para Nissany restando 3 minutos para o final da última bateria do campeonato. Enquanto que Delétraz não conseguia sair do 4ºlugar e se quer se livrar de Isaakyan que continuava perto do piloto da Fortec.

Tom Dillmann segurou a 1ªposição até o final e com 1.4 segundos de diferença para Roy Nissany o piloto de 27 anos da equipe AVF conquistou a vitória e também levou o título da temporada 2016 da Formula V8 3.5! Seu adversário Louis Delétraz ficou mesmo em 4ºlugar atrás de Pietro Fittipaldi que conquistou o pódio na ultima etapa do campeonato fechando o ano em 10ºlugar no campeonato de pilotos. Isaakyan, Binder, Orudzhev que fez a melhor volta da corrida, Visser, Aitken e Kanamaru completaram os 10 primeiros colocados.

f35_barcelona_2016-4

Resultado final da última Etapa da Formula v8 3.5
Barcelona – Espanha

1 Tom Dillmann (AVF) a 39:47.303 – 25 Voltas
2 Roy Nissany (Lotus) a 1.405
3 Pietro Fittipaldi (Fortec) a 10.434
4 Louis Deletraz (Fortec) a 12.489
5 Matevos Isaakyan (SMP Racing) a 12.998
6 Rene Binder (Lotus) a 14.055
7 Egor Orudzhev (Arden) a 16.262
8 Beitske Visser (Ted Martin) a 39.609
9 Jack Aitken (RP Motorsport) a 41.250
10 Yu Kanamaru (Ted Martin) a 41.923
11 Tom Randle (Comtec) a 50.593
12 Aurelien Panis (Arden) a 1:02.624
13 Alfonso Celis (AVF) a 1:03.024
14 Giuseppe Cipriani (Durango) a 1 Volta
Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) a 10 Voltas
Jack Aitken (RP Motorsport) a 22 Voltas
1:33.239 – Egor Orudzhev – melhor volta da prova

Classificação final da Formula V8 – 3.5

1 Tom Dillmann 237
2 Louis Delétraz 230
3 Egor Orudzhev 193
4 Roy Nissany 189
5 Aurélien Panis 183
6 Matthieu Vaxivière 175
7 René Binder 161
8 Yu Kanamaru 85
9 Matevos Isaakyan 70
10 Pietro Fittipaldi 60
11 Alfonso Celis Jr. 55
12 Vitor Baptista 51
13 Beitske Visser 50
14 Johnny Cecotto Jr. 43
15 Jack Aitken 14
16 William Buller 7
17 Giuseppe Cipriani 6
18 Marco Bonanomi 3
19 Artur Janosz 2
20 Thomas Randle 0

Classificação das equipes:

1 Arden Motorsport 380
2 Lotus 348
3 AVF 292
4 Fortec Motorsports 290
5 SMP Racing 245
6 Teo Martín Motorsport 135
7 RP Motorsport 120
8 Durango Racing Team 6
9 Comtec Racing 0

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport.com

Formula V8 3.5 em Jerez – Russos dominam na Espanha e Delétraz toma a liderança do campeonato

Essa prova foi realizada nos dias 29 e 30 de Outubro

Grid de largada da 15ªCorrida da Temporada 2016
Formula v8 3.5 – Jerez

1    Jack Aitken (RP Motorsport)    1’26.978
2    Matevos Isaakyan (SMP Racing)    1’27.175
3    Matthieu Vaxiviere (SMP Racing)    1’27.611
4    Louis Deletraz (Fortec)    1’27.708
5    Egor Orudzhev (Arden)    1’27.742
6    Yu Kanamaru (Ted Martin)    1’27.862
7    Tom Dillmann (AVF)    1’27.869
8    Rene Binder (Lotus)    1’27.967
9    Aurelien Panis (Arden)    1’28.070
10    Beitske Visser (Ted Martin)    1’28.279
11    Vitor Baptista (RP Motorsport)    1’28.511
12    Pietro Fittipaldi (Fortec)    1’28.630
13    Roy Nissany (Lotus)    1’28.635
14    Tom Randle (Comtec)    1’28.636
15    Alfonso Celis (AVF)    1’28.880
16    Giuseppe Cipriani (Durango)    1’30.309

jerez_f35_2016

Na largada tivemos Aitken largando pessimamente mal e com isso os dois pilotos da SMP Racing com Vaxiviere na frente dom Isaakyan em 2º, Orudzhev em terceiro e Tom Dillmann passando Delétraz e assumindo o 4ºlugar. Binder em 6º segurava os ataques de Aurélien Panis. Jack Aitken caiu para o 14ºlugar.

Na segunda volta o piloto Tom Randle da Comtec que iria disputar as 2 últimas rodadas duplas acabou deixando a prova. Enquanto os dois pilotos da SMP Dominavam a corrida Binder era ultrapassado por Panis perdendo o 6ºlugar e estava em pouco tempo depois sendo pressionado por Yu Kanamaru. Já Tom Dillmann  tentava segurar o 4ºlugar da pressão que estava tendo sobre Louis Delétraz. Era uma briga do campeonato entre AVF e Fortec.

Maxiviere não conseguia abrir distância para Isaakyan e Orduzhev. Já no 10ºminuto de corrida Delétraz tentou na última curva uma tentativa ousada de ultrapassagem que acabou resultando em nada, Mas já estava evidente que o piloto suíço estava mais rápido do que o piloto Francês da AVF. Não era apenas disputa por posição e sim pelo campeonato e acabou chegando para briga o francês Panis da equipe Arden que tinha pretenções de ainda ser campeão.

Jerez não é uma pista que favoreça ultrapassagens por ser um circuito de mais curvas e mais técnico do que Red Bull Ring e Monza que são pista de alta velocidade. Classificação após 9 Voltas de prova: 1. Vaxiviere, 2. Isaakyan (a 1.536), 3.Orudzhev (a 2.150), 4. Dillmann (a 6.543), 5. Delétraz (a 7.190), 6. Panis (a 8.036), 7. Binder (10.530), 8. Kanamaru (a 11.110), 9. Visser (a 12.054), 10. Fittipaldi (a 15.653), 11. Celis jr. (a 17.710), 12. Nissany (a 18.306), 13.Aitken (a 18.605), 14. Baptista (a 19.276), 15. Cipriani (a 33.494)

Isaakyan estava sendo pressionado por Orudzhev que só pensava na vitória já que ele tinha chances remotas de campeonato pela sua pontuação. Já Alfonso Celis jr. que já estava fora da disputa a tempos deixou a corrida na 10ªVolta com problemas em seu carro.

jerez_f35_2016-2

E continuava a pressão de Delétraz em cima de Dillmann pelo 4ºlugar e pela diminuição da diferença entre ele e o piloto Francês em busca do título. Enquanto isso Isaakyan que já estava a quase 2 segundos atrás do companheiro de equipe Maxiviere ele era o alvo do arrojado Egor Orudzhev que buscava de todo o jeito a ultrapassagem isso faltando 17 minutos + 1 volta para o final da corrida.

Enquanto isso o Italiano Giuseppe Cipriani rodou e foi para a caixa de brita na 15ªVolta saindo da disputa aonde ele estava em 14ºlugar entre 14 pilotos. Na 17ªVolta Vaxiviere liderava com Isaakyan mais tranquilo em segundo abrindo uma pequena vantagem para Orudzhev, Enquanto que na mesma volta Delétraz passou Dillmann que retornou a 4ªposição dando o X no piloto da Fortec. Curvas depois Delétraz acabou tocando em Dillmann que saiu da pista e foi para na brita o que fez ele deixar a prova. A Direção de corrida acertadamente acionou o safety car pois a posição do carro da AVF do líder do campeonato trazia riscos para os pilotos.

jerez_f35_2016-1

A 9 minutos do final a corrida recomeça com Vaxiviere, Isaakyan, Orudzhev, Deletraz, Panis, Binder, Kanamaru, Visser, Fittipaldi e Nissany os 10 primeiro colocados. O piloto Israelita da Lotus checa ultrapassou na volta de retomada da corrida Pietro Fittipaldi por fora, No final da mesma volta Vaxiviere comete um erro ao passar pela brita após uma freada errada que ele da na chicane, O que faz ele perder posições para Isaakyan que assumiu a liderança, Orudzhev e também perdeu posição para Delétraz, Mas essa posição ele recuperou na curva seguinte.

Isaakyan da SMP Racing lidera a prova com seu compatriota Orudzhev em 2º e Vaxiviere que liderou praticamente toda a corrida estava agora em 3ºlugar tendo atrás dele Loris Delétraz que tinha a chance de diminuir drasticamente a diferença entre ele e Dillmann na classificação do campeonato. Já o Japonês Yu Kanamaru tinha que segurar o 7ºlugar dos ataques de sua companheira da equipe Ted Martin a Holandesa Beitske Visser a 3 minutos do final da corrida.

Orduzhev estava perto do inexperiente Isaakyan buscando uma ultrapassagem no final da corrida, Na volta final o piloto da equipe Arden encostou em Matevos que segurou a pressão até o final da prova e conquistou a primeira vitória dele na sua temporada de estreia na Formula v8 3.5. Uma dobradinha russa com Vaxiviere completando o pódio. Já Delétraz que terminou em 4ºlugar na corrida acabou levando 10 segundos de acréscimo no tempo final de corrida dele caindo para o 11ºlugar o que faria ele que assumiria a liderança do campeonato continuar com os seus 182 pontos e Dillmann continua na liderança com 193 pontos na liderança do campeonato.

jerez_f35_2016-3

Aurélien Panis herdou o 4ºlugar de Delétraz. Binder, Kanamaru, Visser, Nissany, Pietro e Vitor Baptista completaram a zona de pontuação. O pole position Jack Aitken foi desclassificado.

Resultado final da 15ªCorrida da Temporada 2016
Formula v8 3.5 – Jerez

1    Matevos Isaakyan (SMP Racing)    43:04.008 em 27 Voltas
2    Egor Orudzhev (Arden)    a 0.513
3    Matthieu Vaxiviere (SMP Racing)    a 5.100
4    Aurelien Panis (Arden)    a 8.252
5    Rene Binder (Lotus)    a  9.167
6    Yu Kanamaru (Ted Martin)    a 11.470
7    Beitske Visser (Ted Martin)    a 11.516
8    Roy Nissany (Lotus)    a 12.167
9    Pietro Fittipaldi (Fortec)    a 13.827
10    Vitor Baptista (RP Motorsport)    a 15.744
11    Louis Deletraz (Fortec)    a 17.048

Nao Terminaram a corrida/Desclassificado:

Jack Aitken (RP Motorsport)    Desclassificado
Tom Dillmann (AVF)    a 11 Voltas
Giuseppe Cipriani (Durango)    a 13 Voltas
Alfonso Celis (AVF)    a 18 Voltas
Tom Randle (Comtec)    a 26 Voltas
Melhor Volta da corrida: Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) – 1:32.205

Grid de largada da 16ªCorrida da Temporada 2016
Formula v8 3.5 – Jerez

1    Louis Deletraz (Fortec)    1’26.943
2    Jack Aitken (RP Motorsport)    1’26.946
3    Matevos Isaakyan (SMP Racing)    1’27.045
4    Matthieu Vaxiviere (SMP Racing)    1’27.322
5    Egor Orudzhev (Arden)    1’27.424
6    Beitske Visser (Ted Martin)    1’27.621
7    Aurelien Panis (Arden)    1’27.680
8    Roy Nissany (Lotus)    1’27.803
9    Pietro Fittipaldi (Fortec)    1’27.811
10    Vitor Baptista (RP Motorsport)    1’27.917
11    Yu Kanamaru (Ted Martin)    1’27.971
12    Alfonso Celis (AVF)    1’28.074
13    Tom Dillmann (AVF)    1’28.236
14    Tom Randle (Comtec)    1’28.387
15    Rene Binder (Lotus)    1’30.032
16    Giuseppe Cipriani (Durango)    1’30.574

jerez_f35_2016-5

Na largada da antepenúltima corrida da temporada Mais uma vez Egor Orudzhev largou brilhantemente subindo de 5º para o primeiro lugar deixando Delétraz em 2º, Vaxiviere em 3º e Jack Aitken que largou de forma mais decente que na primeira corrida infinitamente. Já Nissany não conseguiu largar comprometendo a prova dele. A piloto Beitske Visser estava em bela corrida na 5ªposição.

Louis Delétraz na segunda volta tenta uma pressão em Orudzhev enquanto que Isaakyan que ganhou a primeira corrida em Jerez estava na pressão em cima de Pietro Fittipaldi em busca do 6ºlugar. Os dois primeiros estavam se distanciando de Vaxiviere e Aitken que disputavam o 3ºlugar, Já o Russo Matevos Isaakyan conseguiu passar Fittipaldi ganhando essa 6ªposição. Dava para ver que o piloto da Fortec estava com um carro com bem menos desempenho que os vários outros pilotos, Segurando Panis e iriam se ficasse nesse ritmo iria sem duvida iria todos ficarem atrás do Brasileiro.

A Sorte de Pietro é que Aurélien Panis na 5ªVolta acabou abandonando a corrida. Logo Pietro Fittipaldi na volta seguinte foi para os boxes cumprir a parada obrigatória junto de Tom Dillmann, Infelizmente o Brasileiro teve uma parada bem ruim que a Fortec realizou e isso prejudicou sua corrida. Na 7ªVolta o piloto da Arden Orudzhev vai para os boxes junto de Vaxiviere, Aitken e Celis jr. Deixando Delétraz na liderança, Uma tática arriscada que poderia consolidar a liderança ou fazer o piloto Suíço ganhar a prova. Em 2º vinha Beitske Visser da equipe Ted Martin. Isaakyan foi para os boxes a 28 Minutos do Final da Bateria. Além dos dois primeiros os pilotos Vitor Baptista e Rene Binder não tinham parado nos boxes até aquele momento.

jerez_f35_2016-6

Com 13 minutos de corrida a piloto Holandesa da Ted Martin foi para a parada nos boxes. Dos que fizeram a parada o Russo Orudzhev era o primeiro deles. Com 14 minutos e 20 segundos de prova o Brasileiro Vitor Baptista foi para os boxes.

Delétraz em primeiro lugar tentava andar rápido para voltar na frente de todos que tinham parado antes, Com 16 minutos o Suíço vai para os boxes fazer a parada, Mas depois da troca o piloto da Fortec acabou ficando atrás de Egor Orudzhev que conseguiu abrir uma vantagem razoavel para Delétraz e só nao era primeiro porque René Binder era o líder da corrida com a Lotus Checa. Certamente não disputaria a vitória, Pois estava muitissimo atrás antes das paradas nos boxes.

Na metade da corrida a classificação era Binder, Orudzhev, Delétraz, Vaxiviere, Aikten, Visser, Isaakyan, Dillmann, Celis jr. , Kanamaru, Baptista, Fittipaldi os 12 primeiros colocados. Depois vinham Randle, Nissany e Cipriani completando o os pilotos que estavam na corrida.

A 18 minutos do final Binder foi para os boxes finalmente cumprir sua parada obrigatória. A equipe Arden fez a melhor parada nos boxes para o Egor Orudzhev o que ajudou o russo a manter a liderança, Numa pista difícil como essa acaba com mais ou menos 2 segundos de diferença uma hora um pouco mais uma hora um pouco menos acaba que que somente um erro faria o piloto da equipe Arden perder a corrida. mais atrás Alfonso Celis jr. segurava Kanamaru e Vitor Baptista em 9ºlugar. Outra possível disputa de posição é de do estreante Jack Aikten segurando os ataques de Visser que estava em sua melhor corrida na temporada desse ano, Faltando 11 minutos de corrida.

Na parte final de corrida Delétraz diminuía a diferença para 1 segundo para Orudzhev buscando ameaçar a 1ªposição do piloto russo, Enquanto que Já em disputa Visser buscava passar Aitken disputando a 4ªposição e era a maior briga da corrida já que ainda não tínhamos Delétraz nos calcanhares de Orudzhev na ponta da corrida. Mas na parte final o Russo acabou pisando o pé e aumentou a diferença mostrando que o dia era dele e mesmo tendo que passar o Paydriver Giuseppe Cipriani a menos de 3 minutos do final o que atrapalhou o Russo acabou Orudzhev vencendo pela 4ªVez na temporada e com isso entrando na liderança do campeonato.

Louis Delétraz em 2ºlugar também iria comemorar com o resultado pois esse resultado dava a ele junto ao 8ºlugar de Tom Dillmann a liderança do campeonato com pontos contra os 197 do piloto da AVF que liderou o ano inteiro. O pódio foi completado pelo francês Matthieu Vaxiviere que repetiu a posição da primeira corrida, O Estreante Jack Aitken terminou a segunda corrida em belíssima 4ªposição segurando Beitske Visser que teve seu melhor resultado da temporada em 5ºlugar. Isaakyan que venceu a corrida do sábado, Rene Binder que fez um bom trabalho de Tática, Dillmann que perdeu a liderança do campeonato principalmente pelas duas últimas rodadas duplas ruins (Monza e Jerez), Celis jr. e Kanamaru completaram os 10 primeiros colocados.

Na corrida final da temporada de 2016 em Barcelona teríamos 7 pilotos com chances de campeonato.

Resultado final da 16ªCorrida da Temporada 2016
Formula V8 3.5 – Jerez

1    Egor Orudzhev (Arden)    42:07.482 em 27 Voltas
2    Louis Deletraz (Fortec)    a 2.019
3    Matthieu Vaxiviere (SMP Racing)    a 17.876
4    Jack Aitken (RP Motorsport)    a 20.306
5    Beitske Visser (Ted Martin)    a 21.136
6    Matevos Isaakyan (SMP Racing)    a 22.558
7    Rene Binder (Lotus)    a 31.442
8    Tom Dillmann (AVF)    a 38.753
9    Alfonso Celis (AVF)    a 42.548
10    Yu Kanamaru (Ted Martin)    a 43.183
11    Vitor Baptista (RP Motorsport)    a 50.573
12    Pietro Fittipaldi (Fortec)    a 53.789
13    Tom Randle (Comtec)    a 56.681
14    Roy Nissany (Lotus)    a 1:08.546
15    Giuseppe Cipriani (Durango)    a 1 Volta

Abandonou a corrida:

Aurelien Panis (Arden)    a 23 Voltas
Louis Delétraz 1:31.847 – Melhor Volta

Classificação do Campeonato:

1. Louis Delétraz (Fortec) 200
2. Tom Dillmann (AVF) 197
3. Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 175
4. Aurélien Panis (Arden) 171
5. Roy Nissany (Lotus) 169
6. Egor Orudzhev (Arden) 166
7. René Binder (Lotus) 155
8. Yu Kanamaru (Ted Martin) 81
9. Alfonso Celis jr. (AVF) 57
10. Matevos Isaakyan (SMP Racing) 52

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport.com