Portal Sportszone » Blog Archives

Tag Archives: Carlos Sainz jr.

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Hamilton vence duelo na Espanha e se aproxima de Vettel na liderança, Wehrlein leva Sauber aos primeiros pontos.

Published by:

Um belíssimo duelo no circuito espanhol que envolveu duelo de posição, estratégia e muito talento entre os dois principais pilotos na disputa pelo título acabou sendo vencida pelo Inglês Lewis Hamilton. Uma corrida bastante digna para a Formula 1 depois de uma apática prova em Sochi.

Na largada Vettel assumiu a liderança, Mas não ficou só resumido nessa ultrapassagem os primeiros metros, Nesses primeiros metros na primeira curva Bottas, Raikkonen e Verstappen praticamente dividem a primeira curva. Bottas acabou sem intenção batendo em Raikkonen que bateu em Verstappen. Tanto o piloto da Ferrari como da Red Bull quebraram a suspensão e tiveram que deixar a prova.

Felipe Massa na disputa com Fernando Alonso pelo 6ºlugar acabou empurrando o Espanhol para a brita, nesse toque o piloto da Williams acabou furando o pneu perdendo muito tempo tendo de ir para os boxes para trocar os pneus logo após a primeira volta. Kvyat e Palmer foi para os boxes para uma parada antecipada.

Com tudo isso Vettel estava na liderança com Hamilton logo a seguir e Bottas em um terceiro lugar sem mostrar qualquer rendimento a altura para disputar liderança com os 2 primeiros colocados, Ricciardo em 4º e os dois carros da Force India Sergio Perez e Esteban Ocon completando os 6 primeiros colocados. Destaque do começo da prova era uma bela disputa entre Magnussen e Sainz jr. pela 8ªposição em um belíssimo duelo de posição com o dinamarquês se defendendo muito bem dos ataques do piloto da casa.

Na 13ªVolta os dois pilotos da Mclaren fizeram a primeira troca de pneus da prova em termos normais. Era o começo das paradas nos boxes. Na volta 15 parou Sebastian Vettel deixando a liderança para Lewis Hamilton que esticou a sua parada nos boxes por várias voltas até a sua parada na volta 22. Nesse meio tempo os pilotos Carlos Sainz jr. e Kevin Magnussen que foram para os boxes na 14ªvolta acabaram disputando posição com vantagem para o piloto da Haas, Sainz jr. tentou passar o escandinavo e acabou indo para a grama quase perdendo o controle do carro. O Lance foi para investigação, Mas nada aconteceu nessa investigação do caso.

Sebastian Vettel foi para cima de Valtteri Bottas que assumiu a liderança, Na primeira tentativa na 25ªVolta de ultrapassagem o Alemão tentou a ultrapassagem e o Finlandês segurou a liderança nessa posição enquanto isso Hamilton que voltou 8 segundos atrás do Vettel e de Bottas diminuía a diferença se aproveitando dessa disputa de posição.

Vettel só conseguiu a ultrapassagem na volta 26 assumindo a liderança da prova, Na volta seguinte foi a vez de Lewis Hamilton passando Bottas sem qualquer resistência do piloto Finlandês que era um dos dois pilotos que não tinham parado nos boxes. O outro piloto que não tinha feito parada nos boxes era o Alemão Pascal Wehrlein que miraculosamente estava na zona de pontuação com o fraquíssimo carro da Sauber com o motor Ferrari de 2016.

Bottas fez a parada na volta 28 e na volta seguinte fez a melhor volta da corrida. Enquanto Vettel abria 6 segundos de vantagem para Hamilton com os pneus mais macios contra os pneus médios. Felipe Massa continuava sua luta inglória para tentar marcar algum ponto depois de ter tido furo de pneu no começo da prova. Na volta 34 Massa passou Vandoorne que ainda tentou voltar por dentro e se choca roda com roda com o carro do piloto Brasileiro. O Belga quebra a suspensão e acaba abandonando a prova provocando um Safety Car virtual o que faz os pilotos terem de manter uma velocidade reduzida enquanto o carro do piloto da Mclaren era retirado da brita da primeira curva. Nisso os pilotos aproveitam para fazerem uma parada nos boxes. Entre eles destaco Pascal Wehrlein e Daniil Kvyat que se aproveitaram da parada para estarem em boas posições em disputa de zona de pontuação.

Na volta 36 Hamilton vai para os boxes colocar os pneus macios o que poderia indicar 3 paradas para o piloto da Mercedes. Na Volta seguinte Vettel parou nos boxes para colocar os pneus médios e quando voltou aos boxes Vettel e Hamilton se tocam e o piloto da Ferrari voltou na liderança. Valtteri Bottas na volta 38 quebra o motor e abandona o que fez Daniel Ricciardo assumir o 3ºlugar com Sergio Perez em 4º, Ocon em 5º e Nico Hulkenberg em 6ºlugar.

Hamilton partiu para a pressão em cima de Vettel e na volta, foram 5 voltas tentando a ultrapassagem sobre Vettel ele finalmente consegue a ultrapassagem na 44ªVolta e assume a liderança, Mas ai a dúvida com o Vettel certo de que iria para 2 paradas o piloto da Mercedes precisava ou andar rápido para fazer uma 3ªparada ou então poupar os pneus para levar os seus pneus macios até o final da prova.

Hamilton preferiu levar os pneus com cuidado até o final da prova dando uma volta rápida uma volta e na outra maneirando para poupar os pneus já que eles teriam de durar quase 30 voltas para cumprir a meta para a vitória. E com o decorrer das voltas a tática da Mercedes funcionou e a vantagem foi aos poucos aumentando fazendo o piloto da Ferrari ficar sem escolha e praticamente condenado a ficar no 2ºlugar e uma imensidão de diferença para Daniel Ricciardo que via a Red Bull muito longe a mais de 1 minuto atrás dos líderes.

Na reta final de corrida Daniil Kvyat e Kevin Magnussen disputam o 9ºlugar, O piloto da Toro Rosso que fez excelente prova passou Magnussen que tentou voltar a posição e se toca com o Russo e se dar mal furando o pneu tendo de fazer mais uma parada nos boxes e perdendo a chance de marcar ponto para a Haas que teve em Grosjean indo para o 10ºlugar como uma sobreguarda fazendo o time Norte-americano manter o ponto solitário na Catalunha.

No final o Inglês Lewis Hamilton driblou a tática de Vettel e conquistou a segunda vitória na temporada 2017 diminuindo a diferença de 13 para 6 pontos de desvantagem para Vettel que mantém a liderança do campeonato chegando na segunda posição em um grande duelo pela corrida e pelo campeonato mundial de Formula 1. Um apagado Daniel Ricciardo sem ter o que fazer e pelas desistências de 3 adversários diretos pelos primeiros lugares acabou herdando o pódio em 3ºlugar (primeiro na temporada) chegando a 1 minuto e 15 segundos do vencedor o que esta dando uma dor de cabeça enorme para Adrian Newey que ver o projeto da Red Bull em 2017 naufragar na busca pelo título.

Para a Force India uma corrida maravilhosa, Mesmo sendo zombada pelos carros Rosa Sergio Perez em 4ºlugar e Esteban Ocon em 5º podem ficar orgulhosos do desempenho fazendo a equipe indiana ser a única equipe a marcar pontos com seus dois pilotos em todas as provas do campeonato. Nico Hulkenberg fez uma corrida discreta levando o seu Renault ao 6ºlugar o que já é de longe o melhor resultado do ano para o piloto Alemão.

Pascal Wehrlein leva a Sauber aos primeiros pontos na temporada. seria o 7ºlugar se não tivesse sido punido em 5 segundos o que fez Carlos Sainz jr. subir uma posição após ficar metade da prova tentando passar o piloto da Sauber que marca seus primeiros 4 pontos na temporada, Já o piloto da Toro Rosso conquista mais 6 pontos importantes para a filial da Red Bull que teve uma excelente corrida do Russo Daniil Kvyat que largou do 19ºlugar e levou o carro até o 9ºlugar marcando 2 pontos.

Romain Grosjean sem o mesmo destaque de Magnussen levou o carro da Haas até o final fechando a zona de pontuação em 10ºlugar. Marcus Ericsson foi levando a outra Sauber e por pouco não completou um belo final de semana do time mais miserável em 2017 ficando em 11ºlugar.

Fernando Alonso teve um dia complicado, Mas mesmo assim ficou até o final da prova e mesmo sem pontuar terminou de uma forma digna em 12ºlugar com a Mclaren-Honda que passa definitivamente ao último lugar sendo a única a não ter feito nenhum ponto em 2017. Felipe Massa teve um dia bem difícil remando até o final para entrar na pontuação o que acabou não acontecendo. O 13ºlugar é consequência do furo de pneu no começo da prova o que é bem ruim para a Williams que ver o 4ºlugar nos construtores cada vez mais distante já que Lance Stroll fez uma corrida terrivelmente ruim ficando em 16ºlugar sem ter tido ocorrências ficando atrás de Kevin Magnussen com a Haas que teve de fazer uma parada com um pneu furado e do fraquíssimo Jolyon Palmer com a Renault (A Mesma que faz 6ºlugar com Nico Hulkenberg)

A próxima prova do campeonato é o GP de Mônaco aonde teremos mais um capítulo da disputa pelo título que vai ficar mesmo entre Hamilton e Vettel principalmente com os abandonos de Bottas e Raikkonen no dia de Hoje. Alonso vai para os Estados Unidos correr as 500 Milhas de Indianapolis e Button pega a carroça laranja da Mclaren. Isso tudo daqui a duas semanas.

Resultado Final do GP da Espanha de Formula 1
66 Voltas – 5ªEtapa

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 66 1:35:56.497 1
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 66 a 3.490 2
3 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 66 a 1:15.820 6
4 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 65 a 1 Volta 8
5 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 65 a 1 Volta 10
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 65 a 1 Volta 13
7 55 Carlos Sainz jr. Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 65 a 1 Volta 12
8 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 65 a 1 Volta 15
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 65 a 1 Volta 19
10 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 65 a 1 Volta 14
11 9 Marcos Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 64 a 2 Voltas 16
12 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 64 a 2 Voltas 7
13 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 64 a 2 Voltas 9
14 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 64 a 2 Voltas 11
15 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 64 a 2 Voltas 17
16 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 64 a 2 Voltas 18
77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 38 Motor 3
2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 32 Acidente 20
33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1 Suspensão 5
7 Kimi Raikkonen Ferrari SF70H Ferrari 062 0 Suspensão 4

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Force India/Sauber/Toro Rosso/Williams

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Bottas conquista primeira vitória da carreira em Grande largada numa prova sonolenta em Solo Russo

Published by:

O Finlandês Valtteri Bottas que esta em seu primeiro ano na Mercedes e já tinha dado mostras de que seria uma forte 3ªForça do campeonato pelas primeiras provas do ano conseguiu em uma grande largada acabar com a vantagem da Ferrari de ter em mãos pole e o 2ºdo grid e numa corrida sem nenhuma disputa mais séria com exceção da parte final aonde o Finlandês acabou sendp pressionado por Sebastian Vettel. Acabou levando pela primeira vez uma vitória na Formula 1.

Antes da largada o Espanhol Fernando Alonso teve problemas em seu Mclaren que continua no calvário com a Honda que parece não ter fim e acaba nem largando. Provocando uma nova volta de apresentação deixando a corrida mais curta em uma volta passando a ter 52 voltas.

As emoções maiores ficaram na largada com Bottas tomando as posições dos dois pilotos da Ferrari numa grande manobra. Lá atrás tivemos Romain Grosjean tocando em Jolyon Palmer que acabou em seguida tocando de volta do piloto Francês que teve seu carro saltando e indo para o muro ficando bem destruído e Palmer também acabou no muro e ambos ficaram de fora da corrida provocando a entrada do safety car quase que ao mesmo tempo que o Canadense Lance Stroll roda e cai para os últimos lugares.

Alguns pilotos como Vandoorne foram para os boxes fazerem uma parada para mudarem sua tática de paradas nos boxes. Na Volta 4 a corrida recomeça com Bottas mantendo a liderança seguido de Vettel, Raikkonen, Hamilton, Verstappen, Massa, Ricciardo, Perez, Ocon e Hulkenberg que não iria se manter por muito tempo, O Australiano Daniel Ricciardo com problemas de freios acabou deixando a prova na 6ªVolta. A Situação da Red Bull que já não era tudo isso sem o Ricciardo se mostrava pior com o decorrer das voltas aonde Verstappen a cada volta ficava 1 segundo mais distante de Hamilton que fazia uma corrida completamente apagada em relação a Bottas que abria diferença aos poucos para Vettel que vinha em segundo a frente e bem a frente de Raikkonen em 3º.

Massa em 6º liderava o bloco intermediário que era composto por Perez, Ocon e Hulkenberg. Depois vinham Magnussen, Sainz, Kvyat e Stroll disputando o 10ºlugar e por fim Vandoorne, Ericsson e Wehrlein se arrastando. Um com uma Mclaren-Honda e os outros dois com a Sauber-Ferrari de 2016. Magnussen e Vandoorne foram punidos por vazar a chicane da curva 2 naquela confusão da primeira volta. Para mim um exagero, Nenhum deles se beneficiou dessa manobra, Portanto a punição era desnecessária ao meu ponto de ver.

A Corrida teve pouquíssimos momentos de alguma agitação e nenhuma briga clara por posição. A movimentação maior foi quando Wehrlein e Massa foram os primeiros a pararem na volta 22. A partir dai tivemos alguma movimentação nos boxes e algumas ultrapassagens por lá mesmo como Magnussen e a Haas teve de pagar a punição injusta que sofreu nos boxes o que fez o piloto Escandinavo perder posição na zona de pontos e voltando atrás do Kvyat que tinha feito parada na mesma volta.

Ocon primeiro e Perez depois fizeram as trocas de pneus nos boxes o que fez o Brasileiro Felipe Massa voltar a 7ªposição tendo Hulkenberg ainda que parar nos boxes e quando isso acontecesse o Brasileiro voltaria ao 6ºlugar. Valtteri Bottas parou nos boxes na volta 27 o que fez Vettel subir para o primeiro lugar.

Verstappen parou nos boxes na volta 30 e mesmo com a parada o piloto que restou da Red Bull ainda voltou em 5ºlugar bem na frente do Hulkenberg. Era um abismo a diferença das equipes na Formula 1 de hoje. Tanto é que nas primeiras 10 voltas de bandeira verde os pilotos da Sauber estavam virando em média quase 5 segundos mais lentos do que Valtteri Bottas com a Mercedes e a Ferrari de Sebastian Vettel. Muito triste que a Formula 1 tenha isso nos dias de hoje.

Vettel parou na volta 34 e perdeu alguns décimos porque um dos mecânicos não encaixou tão bem uma das rodas tendo de perder um tempinho para ajeitar o pneu. Não foi decisivo para Vettel voltar atrás de Bottas a diferença entre os dois estava em 5 segundos ao restar 17 voltas para o final. A corrida estava bem encaminhada para o piloto Finlandês da Equipe Mercedes. Mas a partir dai Vettel começou a ter um ritmo mais forte de corrida. Bottas na volta 38 acabou quase que jogando fora a sua corrida após errar o ponto de frenagem o que fez ele passar perto do muro em uma das curvas de Sochi.

Vettel continuava a diminuir a diferença para Bottas, Com pneus mais novos e com o ritmo de prova com os pneus mais gastos favorecendo ao carro italiano poderíamos ter uma briga pela vitória algo que não tivemos a prova inteira em nenhuma posição praticamente. Nico Hulkenberg parou nos boxes na volta 41. Mas Felipe Massa não pode desfrutar do 6ºlugar. Um pneu furado fez ele ter de voltar aos boxes para fazer uma parada não programada o que fez o piloto da Williams voltar apenas em 9ºlugar atrás até mesmo do Hulkenberg.

Vettel partiu para o ataque final pra cima de Bottas baixando a vantagem do finlandês para apenas 1 segundo podendo a qualquer momento abrir a asa móvel, A 3 voltas do final Vettel consegue estar apto a usar asa móvel, Mas foi Bottas que se beneficiou da Asa Móvel a estar perto de Felipe Massa para distanciar o bastante para evitar um ataque de Vettel. E de quebra o finlandês passou o piloto da Ferrari em um ponto melhor que Vettel que acabou perdendo tempo nessa ultrapassagem em cima do Brasileiro. Isso sacramentou a 1ªVitória de Valtteri Bottas na Formula 1 com 7 décimos na frente de Vettel que ficou em segundo lugar mantendo a liderança do campeonato agora com 13 pontos de Frente sobre Lewis Hamilton que fez uma corrida muito apagada ficando em 4ºlugar atrás de Kimi Raikkonen que completou o pódio nesse bom final de semana da Ferrari que mostra lutar de igual para igual com as Mercedes.

A Red Bull esta anos-luz dessas duas equipes. O 5ºlugar de Max Verstappen é hoje o máximo que se pode almejar para o time Austríaco graças em parte ao Chassis que não parece ser tão bem construído como aos motores Renault que estão claramente abaixo dos motores Mercedes e Ferrari nessa batalha de propulsores na Formula 1.

Sergio Perez foi o melhor das equipes intermediárias ao fazer uma corrida correta e sem erros acabou beneficiado pelo furo de pneu de Felipe Massa ficando com o 6ºlugar e para completar o melhor final de semana da Force India em 2017 o Francês Esteban Ocon que tinha ficado em décimo lugar nas 3 primeiras provas de 2017 acabou Saltando 3 posições nesse retrospecto terminando a corrida em 7ºlugar. Nico Hulkenberg com a Renault acabou a prova em 8ºlugar marcando mais alguns pontos para a Renault que só pode contar mesmo com ele para pontuar já que Palmer não consegue dar o mesmo nível de pilotagem para a fábrica francesa.

Felipe Massa foi o prejudicado do dia. Estava tudo encaminhado para o 6ºlugar e esse furo de pneu e a parada extra fez com que o Brasileiro só acabasse em 9ºlugar salvando ainda assim 2 pontos para a Williams que só pode contar com ele para pontuar no campeonato de construtores. Apesar de que Lance Stroll conseguiu completar sua primeira corrida da carreira ficando a 1 posição da zona de pontuação em 11ºlugar. Perdeu essa disputa para o Espanhol Carlos Sainz jr. que saiu do 14º no grid para fechar a zona de pontuação em 10ºlugar com a Toro Rosso.

Depois do Stroll tivemos Daniil Kvyat que não consegue ter sorte em Sochi tendo visto que só marcou pontos em solo Russo na prova de 2015 quando obteve o 5ºlugar com a Red Bull. Hoje ficou apenas em 12ºlugar, Magnussen que acabou com a prova comprometida devido a punição injusta de 5 segundos nos boxes por vazar a chicane naquela confusão da largada ficou em 13ºlugar, Stoffel Vandoorne leva a lenta Mclaren-Honda ao 14ºlugar na frente apenas de Marcus Ericsson e de Pascal Wehrlein com a mais fraca ainda Sauber.

Daqui a 2 semanas teremos a 5ªEtapa do Mundial de Formula 1 no Circuito da Catalunha na Espanha. Mais uma batalha entre os pilotos da Mercedes e da Ferrari pelo título do Mundial de 2017.

Resultado final do GP da Rússia de Formula 1
Sochi – 52 Voltas

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 52 1:28:08.743 3
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 52 a 0.617s 1
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 52 a 11.000s 2
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 52 a 36.320s 4
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 52 a 60.416s 7
6 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 52 a 86.788s 9
7 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 52 a 95.004s 10
8 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 52 a 96.188s 8
9 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 51 a 1 Volta 6
10 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 51 a 1 Volta 14
11 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 51 a 1 Volta 11
12 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 51 a 1 Volta 12
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-16 Ferrari 062 51 a 1 Volta 13
14 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 51 a 1 Volta 20
15 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 51 a 1 Volta 18
16 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 50 a 2 Voltas 17
3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 5 a 47 Voltas – Freios 5
30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 0 a 52 Voltas – Acidente 16
8 Romain Grosjean Haas VF-16 Ferrari 062 0 a 52 Voltas – Acidente 19
14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 0 Não largou 15

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Force India/Williams/Toro Rosso

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Hamilton conquista vitória em solo chines que foi palco de uma bela corrida

Published by:

Lewis Hamilton na 2ªEtapa do campeonato deu o troco em cima de Sebastian Vettel em uma corrida de belos momentos de brigas e ultrapassagens numa pista molhada mas já em processo de secamento. Foi o bastante para todos os pilotos com exceção de Carlos Sainz jr. começaram a prova com pneus para chuva.

Na Largada Hamilton manteve a liderança com Vettel e Bottas em 2º e 3ºlugar. Quem fez bela largada foi Daniel Ricciardo que ganhou posição em cima de Kimi Raikkonen. Quem largou brilhantemente foi Max Verstappen que ganhou várias posições na largada. Lance Stroll acabou levando um toque de Sergio Perez e indo para a grama o que fez o jovem de 18 anos abandonar a corrida em meia volta.

Com isso o Safety Car virtual foi acionado e aproveitando isso Sebastian Vettel e outros pilotos foram para os boxes. Apenas Hamilton, Bottas, Ricciardo, Raikkonen e Verstappen não tinham feito a parada nos boxes nessa SCV. Quando o SCV foi desativado a corrida recomeça na 4ªVolta e nessa mesma volta o italiano Antonio Giovinazzi acabou batendo de novo praticamente no mesmo local que ele bateu ontem o que provocou a entrada do Safety Car no circuito. Com isso os primeiros colocados que não tinham feito a parada acabaram por ir aos boxes. Depois das paradas Hamilton continuava líder com Ricciardo em 2º, Raikkonen em 3º Verstappen em 4º, Bottas e Vettel completando os 6 primeiros colocados.

Antes da Relargada o piloto Valtteri Bottas acabou rodando e perdendo várias posições deixando Vettel em 5ºlugar. Na relargada O Holandês Max Verstappen partiu para cima de Raikkonen e antes mesmo de ser permitida o acionamento da asa móvel o piloto da Red Bull fez a ultrapassagem sobre o campeão de 2007 assumindo o 3ºlugar. Mais atrás Sergio Perez passou de maneira feroz a Felipe Massa e logo depois a Daniil Kvyat ganhando posições com a Force India. Já Felipe Massa com a Williams foi caindo e caindo na prova mostrando que a Williams não tinha o melhor desempenho na chuva.

Já na frente Verstappen partiu para cima de seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo, Foi uma disputa por que durou algumas voltas até que o jovem piloto de 19 anos acabou passando Riccardo assumindo o segundo lugar e partindo para cima de Lewis Hamilton. Verstappen de começo começou a tirar diferença para Hamilton que foi obrigado a aumentar o ritmo de prova para resistir a pressão d0 piloto da Red Bull. Já Ricciardo ficava para trás tendo de aguentar a pressão de Raikkonen que era muito pressionado pelo Vettel que tentava de todo o jeito abrir caminho para evitar que Hamilton e Verstappen fugissem. A Se destacar que o Espanhol Carlos Sainz jr. conseguiu acompanhar por perto a essa disputa e em certos momentos estava até tendo a impressão de que o piloto Espanhol da Toro Rosso iria chegar nessa disputa das primeiras posições da prova.

Mas Vettel precisou de muita paciência para passar Raikkonen que estava com alguns problemas de Motor como ele alegava. Na 20ªVolta ao mesmo tempo que Daniil Kvyat acabou deixando a prova por problemas mecânicos Vettel finalmente conseguiu a ultrapassagem sobre Raikkonen assumindo o 4ºlugar.

Em poucas voltas Vettel partiu para cima de Ricciardo conseguindo a ultrapassagem de maneira mais fácil assumindo o terceiro lugar e com a pista já mais seca o piloto da Ferrari iria chegar mais rápido em Verstappen que começaria a sentir as deficiências do motor Renault e do carro com relação ao carro da Ferrari de Vettel. Mais atrás Bottas estava já fazendo a sua recuperação na prova passando Perez, Magnussen e Alonso já assumindo o 7ºlugar. Aliás Alonso vinha fazendo uma prova heroica devido a todas as deficiências do Motor Honda que ainda não acertou desde da sua volta a Formula 1 em 2015.

Vettel partiu para cima de Verstappen que estava com os pneus em situação crítica. Apesar dos esforços do piloto da Red Bull não deu para o Holandês que acabou cometendo um erro e com isso facilitou a vida de Vettel que assumiu a 2ªposição.

Logo após o erro Max Verstappen acabou sendo o primeiro dos grandes a fazer a 2ªparada nos boxes na 29ªVolta e voltou andando rápido e ultrapassou Valtteri Bottas ganhando o 5ºlugar. Ricciardo foi o segundo a fazer a parada nos boxes enquanto isso a Mercedes e Hamilton pensavam em andar com os pneus até que o piloto da Mercedes foi para os boxes fazer a parada para levar o carro até o final e com uma boa diferença para Vettel que parou antes de Hamilton. Raikkonen foi o último dos líderes a parar e logo depois da parada ele partiu para cima de Sainz que não deu muita resistência para o piloto da Ferrari que voltava para o 5ºlugar, Logo depois seria Bottas que passaria o piloto da Toro Rosso que estava com os pneus bem desgastados.

Antes disso o Espanhol Fernando Alonso que vinha bem colocado na Zona de pontuação com a Frágil Mclaren até que na 35ªVolta (Mesma volta Vettel fez sua parada nos boxes) um problema na homocinética e abandonou a corrida. Após as paradas Hamilton apenas administrou a diferença para Vettel que tentou usar a maior qualidade da Ferrari que é o ritmo de corrida com os pneus mais gastos em relação com a Mercedes.

A briga do final da prova ficou resumida para na disputa pelo pódio entre Verstappen e Ricciardo ambos com a Red Bull que já perdia rendimento em uma pista mais seca. A Disputa foi até o final e Verstappen segurou a posição na tentativa final ganhando o pódio. Hamilton levou o carro até a 1ªVitória na temporada e a 54ª da sua carreira e com o segundo lugar de Vettel que chegou a 6 segundos atrás do vencedor faz com que o campeonato vai para o Bahrein com os dois pilotos empatados na liderança com 43 pontos ganhos cada um.

Verstappen completou o pódio com Daniel Ricciardo em 4º. O piloto Holandês largou da 16ªposição para conquistar o pódio. Já Kimi Raikkonen e Valtteri Bottas chegaram perto dos pilotos da Red Bull, Mas não conseguiram ir além do 5º e 6ºlugares e deixaram a desejar em relação aos seus companheiros de equipe.

Carlos Sainz jr. fez grande corrida com a Toro Rosso e em condições complicadas por muito pouco não brigou pelos primeiros lugares. Com a pista ficando mais seca não resistiu aos carros mais rápidos, Mas foi o melhor do resto ficando em 7ºlugar. Kevin Magnussen foi um piloto que se deu bem nessa prova e tendo no final ultrapassado Sergio Perez levando o 8ºlugar e os primeiros pontos da Haas em 2017 que tem um carro melhor do que na temporada passada. Perez e Ocon garantiram o 9º e 10ºlugares salvando os últimos lugares na zona de pontuação.

Romain Grosjean em final de semana acidentado ficou de fora dos pontos em 11ºlugar ficando na frente de Nico Hulkenberg que teve um desempenho decepcionante ficando em 12ºlugar após largar entre os 10 primeiros colocados com o carro da Renault. Jolyon Palmer ficou em 13º. Felipe Massa não conseguiu extrair desempenho nenhum da Williams e ao final ficou em uma vexatória 14ºposição o que preocupa a equipe de Frank Williams que tem agora Toro Rosso e Force India na frente tendo que contar só com um piloto para marcar pontos.

Mas bem longe de ser competitivo o Sueco Marcus Ericsson ficou em 15ºlugar que era o possível para um piloto da Sauber hoje. Semana que vem teremos a 3ªEtapa do Mundial de Formula 1 no circuito de Sahkir no Bahrein com o campeonato empatado entre Vettel e Hamilton com os mesmos 43 pontos.

Resultado Final da 2ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP da China

Pos. Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 Lewis Hamilton 44 Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 56 1:37:36.158 1
2 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF70H Ferrari 062 56 a 6.250 2
3 Max Verstappen 33 Red Bull RB13 TAG Heuer 56 a 45.192 16
4 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB13 TAG Heuer 56 a 46.035 5
5 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF70H Ferrari 062 56 a 48.076 4
6 Valtteri Bottas 77 Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 56 a 48.808 3
7 Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 56 a 1:12.893 11
8 Kevin Magnussen 20 Haas VF-17 Ferrari 062 55 a 1 Volta 12
9 Sergio Perez 11 Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 55 a 1 Volta 8
10 Esteban Ocon 31 Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 55 a 1 Volta 18
11 Romain Grosjean 8 Haas VF-17 Ferrari 062 55 a 1 Volta 19
12 Nico Hulkenberg 27 Renault R.S.17 Renault R.E.17 55 a 1 Volta 7
13 Jolyon Palmer 30 Renault R.S.17 Renault R.E.17 55 a 1 Volta 20
14 Felipe Massa 19 Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 55 a 1 Volta 6
15 Marcus Ericsson 9 Sauber C36 Ferrari 061 55 a 1 Volta 14
16 Fernando Alonso 14 Mclaren MCL32 Honda RA617H 33 a 23 Voltas 13
17 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 18 a 38 Voltas 9
18 Stoffel Vandoorne 2 Mclaren MCL32 Honda RA617H 17 a 39 Voltas 15
19 Antonio Giovinazzi 36 Sauber C36 Ferrari 061 3 a 53 Voltas 18
20 Lance Stroll 18 Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 0 a 56 Voltas 10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Toro Rosso/Sauber/KMagnussenBR

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Vettel derrota Hamilton em tática de parada e no ritmo de corrida e vence na Abertura da 68ªTemporada da Formula 1

Published by:

A Ferrari que saiu de 2016 devastada pela temporada abaixo das expectativas acabou tendo uma pré-temporada muito animadora que se confirmou na classificação de ontem e que hoje definitivamente demonstrou que estão a altura de disputar de igual para igual o campeonato de 2017. Isso graças a uma exibição impecável de Sebastian Vettel que hoje chegou a sua vitória de número 43 em sua carreira. Vitória ganha sobre Lewis Hamilton que marcou a pole position.

Na 1ªlargada acabou ela não valendo,  não tivemos muitas mudanças lá na frente. As 5 primeiras posições foram mantidas com Felipe Massa ganhando a posição do Grosjean que chegou a perder posição para Sainz, Mas conseguiu recuperar o 7ºlugar. Confusão mesmo ficou entre Kevin Magnussen que acabou colocando para fora da pista ele o Sueco Marcus Ericsson e a ele mesmo. Como consequência disso foi que o piloto da Haas que já vinha em um final de semana desastroso acabou tendo de ir para os boxes fazer logo de cara uma parada nos boxes.

Logo de começo Hamilton já começou sendo pressionado por Vettel que parecia conseguir a ultrapassagem, Mas o que se previu dos especialistas de que a ultrapassagem seria mais difícil aconteceu que era a dificuldade de se conseguir uma ultrapassagem aumentar em relação aos últimos anos pela carga aerodinâmica que esses novos carros ganharam em relação a 2016. Mesmo assim o mexicano Sergio Perez no começo da prova conseguiu uma bela ultrapassagem sobre Daniil Kvyat ganhando o 9ºlugar.

Daniel Ricciardo que teve problemas sérios de câmbio na vinda para o Grid de largada acabou largando 3 voltas depois dos outros pilotos. Com a corrida comprometida o dono da casa só largou por que era o GP na sua Casa. Não foi um bom final de semana para o piloto da Red Bull convenhamos.

Hamilton conseguiu abrir uma pequena vantagem nas primeiras voltas após a pressão inicial de Vettel. Mas no decorrer das voltas Vettel começava a andar mais rápido que Hamilton. A Ferrari com pneus mais gastos rendia melhor nesse momento da prova. Na 14ºVolta Romain Grosjean que vinha numa corrida tão boa com a Haas tem seu motor fumando fazendo o Francês ser o primeiro piloto a abandonar a prova.

Na 18ªVolta Lewis Hamilton foi para os boxes fazer a sua parada voltando atrás de Max Verstappen em 5ºlugar. Mal sabia que a partir dai a corrida estaria sendo decidida a prova! Sergio Perez partiu para cima de Carlos Sainz jr. e passou por fora o piloto da Toro Rosso assumindo a 8ªposição.

Sebastian Vettel assumiu a liderança da prova e começou a virar tempos muito rápidos enquanto que Hamilton com os pneus novos não conseguia passar Verstappen que já tinha pneus usados e isso fazia com que Vettel aumentasse a vantagem para Hamilton. Na 22ªVolta o Alemão foi para os boxes fazer a troca de pneus e voltou a pista na frente de Verstappen e de Hamilton e só bastou a Vettel se defender do ataque do piloto da Red Bull. Após isso Vettel começou a abrir diferença para Hamilton. Bottas era o líder da prova até a sua parada na 26ªVolta deixando a liderança para Raikkonen que foi para a parada na volta seguinte.

Com tudo isso Vettel era o líder com 6 segundos de frente para Hamilton que tinha 6 segundos de frente para Bottas. Depois vinham Raikkonen, Verstappen, Kvyat que na metade da corrida era o único que não tinha feito a parada nos boxes. Massa, Perez, Sainz e Alonso que conseguia até o momento colocar a Mclaren que teve uma série de Problemas com o motor Honda em 10ºlugar, Seu companheiro de equipe o Belga Stoffel Vandoorne não conseguia tirar nada da Mclaren. Daniel Ricciardo acabou abandonado a corrida para a tristeza dos torcedores Australiano que esperavam ver o piloto da casa andar entre os primeiros colocados. Naquela altura da prova Marcus Ericsson e Jolyon Palmer também já tinham abandonado a prova.

Hamilton não conseguia tirar a desvantagem para Vettel. O que acontecia era ao contraio, Valtteri Bottas vinha que vinha tirando a vantagem para o tricampeão do mundo de maneira impressionante já que na primeira parte da prova tanto Vettel como Hamilton dispararam na frente do piloto Finlandês que parece que tinha um ritmo melhor de corrida na segunda metade de prova sem duvida. Já Danill Kvyat fez sua parada na 35ªVolta sendo o último a fazer a primeira parada nos boxes. Dessa Forma Felipe Massa voltava ao 6ºlugar. Já Nico Hulkenberg fez uma segunda parada nos boxes. O Companheiro de equipe de Felipe Massa o Canadense Lance Stroll que largou do último lugar teve problemas e abandonou a prova e de uma coisa boa podemos dizer dele: Ele foi corajoso o final de semana inteiro em fazer o que ele fez, Prevejo dificuldades para ele em 2017. Muitas batidas e poucos frutos na sua estreia. A Sorte é que trás um caminhão de dinheiro o que garante ele por muitos anos se quiser na Williams.

Na parte final de prova Enquanto Vettel continuava na frente Bottas praticamente tirou quase toda a diferença sobre Hamilton que teria trabalho para manter o segundo lugar. O mesmo diria para Raikkonen que estava em 4ºlugar e começava a ver Max Verstappen no seu retrovisor querendo a sua posição. Daniil Kvyat com pneus mais novos conseguiu passar Carlos Sainz jr. e foi para cima de Sergio Perez buscando o 7ºlugar na parte final quando Vettel chegou para passar ambos os pilotos que tomaram volta. E depois disso acabou o piloto Russo indo fazer uma segunda parada que certamente não foi planejada por ele fazendo ele perder a chance de disputar o 7ºlugar que acabou o seu companheiro de equipe com a missão de recuperar a posição que estava com a Force India de Sergio Perez.

No final da corrida Alonso resistiu até aonde deu, Mas Ocon e Hulkenberg passaram por ele sem dó do bicampeão que com problemas de suspensão acabou deixando a corrida. Nas voltas finais Vettel abriu 10 segundos de diferença para Hamilton o que era impensável em 2016 para uma Ferrari e garantiu a primeira vitória da temporada e a primeira vitória da Ferrari desde do GP de Cingapura de 2015. Lewis Hamilton certamente frustrado depois da pole position de ontem conseguiu segurar a segunda posição da ameaça de Valtteri Bottas que entre altos e baixos conseguiu fazer um final de semana muito bom chegando em 3ºlugar e deu mostras de que pode incomodar Hamilton nessa temporada, Não só seu companheiro de equipe como também Vettel e Raikkonen.

E por falar no Homem de Gelo ele ficou aquém dos 3 primeiros colocados ficando em 4ºlugar a frente de Max Verstappen que teve de contornar um problema de freios para manter o 5ºlugar e garantir os únicos 10 pontos para a Red Bull. A Volta de Felipe Massa a Formula 1 após sua pequena aposentadoria foi boa dentro da realidade da Williams o Brasileiro cumpriu bem o papel de liderar o time ficando com o 6ºlugar.

Sergio Perez que foi um dos melhores pilotos na prova acabou largando do 11ºlugar e fazendo 2 ultrapassagens sobre os pilotos da Toro Rosso terminou em 7ºlugar resistindo aos ataques de Carlos Sainz jr. que acabou em 8ºlugar ficando na frente de Daniil Kvyat que terminou a prova com uma parada a mais do que a maioria dos outros pilotos. Esteban Ocon estreando na Force India segurou o 10ºlugar marcando seu primeiro ponto da carreira deixando Nico Hulkenberg fora da zona de pontuação em 11ºlugar com a Renault.

O Estreante Antonio Giovinazzi promovido de última hora no lugar de Pascal Wehrlein fez o que era possível com a Sauber ficando em 12ºlugar ficando na frente de Stoffel Vandoorne que não conseguiu tirar nada do Mclaren-Honda no final de semana inteiro. Terminar a corrida para o Belga foi até lucro! Mas o 13ºlugar com a Mclaren é insignificante demais para a história da equipe fundada por Bruce Mclaren.

A próxima etapa acontece daqui a 2 semanas em Xangaí na China com a Ferrari liderando o mundial e a certeza de que podemos ver um grande duelo pelo título em que tudo indica entre Hamilton e Vettel.

Resultado final do GP da Austrália de Formula 1:

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SH70 Ferrari 062 1:24:11.670 2
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ a 9.975 1
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ a 11.250 3
4 7 Kimi Raikkonen Ferrari SH70 Ferrari 062 a 23.393 4
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer a 28.827 5
6 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ a 1:23.386 7
7 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ a 1 Volta 10
8 55 Carlos Sainz jr. Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 a 1 Volta 8
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 a 1 Volta 9
10 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ a 1 Volta 13
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 a 1 Volta 11
12 36 Antonio Giovinazzi Sauber C36 Ferrari 061 a 2 Voltas 16
13 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H a 2 Voltas 18
14 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H a 7 Voltas – Abandonou 12
15 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 a 11 Voltas – Abandono 17
16 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ a 17 Voltas – Freios 20
17 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer a 32 Voltas – Abandono 15
18 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 a 36 Voltas – Abandono 14
19 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 a 42 Voltas – Abandono 19
20 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 a 44 Voltas – Motor 6

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Force India/Mclaren/Haas

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Com novos carros Hamilton celebra primeira pole de 2017 na Austrália

Published by:

Em uma nova Formula 1 a pole ficou nas mesmas mãos que geralmente ficava. Lewis Hamilton após um treino duro aonde ele teve mais trabalho que teve em 2016 para levar essa pole.

No Q1 nenhum susto com os pilotos da Mercedes, Ferrari e Red Bull que colocou com tranquilidade todos os 6 pilotos, Nem mesmo Felipe Massa, Romain Grosjean, Nico Hulkenberg teve problemas para a classificação. Mas a partir dai todos os outros pilotos tiveram que lutar para classificar para o Q2.

Nessa disputa alguns pilotos que tinham carros competitivos ficaram pelo caminho. Lance Stroll que bateu no 3ºTreino livre acabou tendo muitos problemas no treino e acabou com o 19ºlugar sendo eliminado no Q1 com a Williams (Que pode pagar caro pela inexperiência do piloto Canadense) Jolyon Palmer ficou em último lugar e só vai largar em 19º porque Stroll que teve seu câmbio trocado e com isso perdeu 5 posições no Grid de largada até porque o câmbio tem que durar 6 corridas para ser trocado sem punição. (O que é um verdadeiro absurdo esse regulamento)

Os outros eliminados foram Antonio Giovinazzi que acabou tendo um resultado acima do esperado com o carro da Sauber sendo que acabou perdendo a vaga no final do Q1. Kevin Magnussen que tomou uma surra do seu companheiro de equipe o Francês Romain Grosjean e o Belga Stoffel Vandoorne com a Mclaren que também paga pela inexperiência principalmente com um carro tão difícil como é o Mclaren-Honda apesar de estar mais preparado do que o Lance Stroll.

Albert Park, Melbourne, Australia.
Friday 24 March 2017.
World Copyright: Sam Bloxham/LAT Images
ref: Digital Image _J6I1509

Valtteri Bottas nesse Q1 superou Lewis Hamilton.

No Q2 a disputa entre Bottas e Hamilton disputaram a liderança com a Ferrari por perto mostrando que é uma adversária séria dos carros da equipe Tri-campeã do mundo. Já a Red Bull esta mais longe. Já os outros tiveram de lutar pelas outras 4 vagas para o Q3. Marcus Ericsson com o carro da Sauber e Fernando Alonso com a Mclaren não tinham muito do que fazer já que ambos não tinham carro para passar para o Q3. Também digo que Esteban Ocon com a Force India esta um passo atrás de Perez e acabou não conseguiu disputar vaga para a parte final do Treino.

Os outros dois eliminados Perez com a Force India e Hulkenberg que estreia na equipe Renault. Eles foram companheiro de equipe em 2016 na Force India acabaram eliminados em 11º e 12ºlugar respectivamente ficando de fora da parte final de treino.

Romain Grosjean teve um grande desempenho colocando a Haas no Q3. Felipe Massa com a Williams cumprindo o papel de líder da equipe de maneira irretocável e os dois pilotos da Toro Rosso garantiram vaga no Q3 com Kvyat ficando na frente do Sainz jr. por alguns centésimos de segundo.

No Q3 Hamilton e Bottas travaram o primeiro duelo pela pole position não só entre ele já que tinha um Vettel motivado e com uma Ferrari que se apresentava muito bem. No primeiro duelo de tempos Hamilton acabou sendo o mais rápido com Bottas em 2º, Vettel em 3º e Raikkonen em 4º. A 8 minutos do final na sua tentativa de volta rápida o Australiano Daniel Ricciardo acabou rodando e indo para a brita, batendo por trás danificando o aerofólio de seu Red Bull. Com isso acabou provocando uma bandeira vermelha. além disso provocou a frustração dos torcedores Australianos que lotaram Melbourne no dia de hoje.

Com o treino parado por uns 10 minutos até a retirada do carro do piloto da Casa o treino voltou, A principio pouca movimentação sendo apenas Romain Grosjean que marcou uma bela volta ainda que longe da disputa pela pole. Já os postulantes a pole saíram no final do treino junto com os outros pilotos que não tinham feito volta rápida no Q3.

Valtteri Bottas foi buscar o tempo de Hamilton em sua última volta e acabou superado em 18 milésimos o tempo de seu companheiro de equipe que acabou segundos depois fazendo o tempo de 1:22.188 que acaba sendo o recorde do circuito em treino oficial na Formula 1. Sebastian Vettel em sua tentativa final acabou tomando o segundo lugar de Bottas. Colocando a Ferrari na primeira fila ao lado do tricampeão do mundo da Mercedes.

Valtteri Bottas com a Mercedes e Kimi Raikkonen com a Ferrari estão fazendo a 2ªFila no grid. Max Verstappen com a Red Bull acabou com o 5ºlugar e vai abrir a 3ªFila que terá o piloto Francês Romain Grosjean que leva a Haas a melhor posição do Grid de largada de sua história.

Felipe Massa com a Williams abre a 4ªFila tendo feito o 7ºlugar. Ao seu lado larga o Espanhol Carlos Sainz jr. que ficou 25 milésimos a frente de Daniil Kvyat que larga na 5ªFila que vai ter Daniel Ricciardo ao lado dele completando os 10 primeiros lugares com o carro da Red Bull.

Amanhã a partir das 2 da manha Horário de Brasilia teremos a largada para a Temporada de 2017 do 68ºmundial de Formula 1 começando com o GP da Austrália.

Grid de Largada:

Pos. Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Nº de Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:22.188 14
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SH70 Ferrari 062 1:22.456 17
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:22.481 13
4 7 Kimi Raikkonen Ferrari SH70 Ferrari 062 1:23.033 19
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1:23.485 18
6 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:24.074 17
7 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:24.443 16
8 55 Carlos Sainz jr. Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:24.487 16
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:24.512 16
10 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer Sem Tempo 10
11 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:25.081 13
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:25.091 12
13 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:25.425 15
14 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:25.568 16
15 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:26.465 15
16 36 Antonio Giovinazzi Sauber C36 Ferrari 061 1:26.419 8
17 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:26.847 7
18 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:26.858 6
19 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:27.143 7
20 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:28.244 7

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Toro Rosso / Ferrari / Mercedes / Haas