No México, Daniel Ricciardo conquista pole e Red Bull volta a fazer dobradinha.

No circuito de Hermanos Rodriguez, A pole ficou com a Red Bull, Mas o autor da pole foi o Australiano Daniel Ricciardo. Vivendo os seus últimos momentos na equipe Austríaca (Momentos bem difíceis diga-se de passagem) Riccardo tirou uma pole quase certa do piloto das mãos de Max Verstappen. A Classificação foi muito favorável para Lewis Hamilton. Com o 3ºlugar no Grid de largada e Vettel em 4ºlugar o título fica muito próximo das mãos do piloto Inglês.

No Q1, Foi evidente que Red Bull estava na disputa pela pole position. A Baixa aderência era um fator que jogava a Favor da equipe Austríaca. A se Destacar o belo desempenho dos pilotos da Force India que obteve o 6º e 7ºlugares (Perez e Ocon) a frente de Kimi Raikkonen. E Fernando Alonso, que conseguiu levar a carroça da Mclaren ao Q2.

Os eliminados foram Romain Grosjean em 16º, Stoffel Vandoorne em 17º, Kevin Magnussen em 18º, Lance Stroll em 19º e Sergei Sirotkin em 20º. A Haas acabou sendo a decepção do dia, Seus carros não se adaptaram a esse circuito.

Resultado do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:15.580
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:15.673
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:15.756
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:15.866
5 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:16.089
6 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:16.242
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:16.252
8 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:16.446
9 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:16.498
10 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:16.682
11 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:16.701
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:16.813
13 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:16.828
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:16.857
15 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:16.862
16 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:16.911
17 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:16.966
18 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:17.599
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.689
20 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.886

O Q2, Evidenciou o equilíbrio entre Red Bull, Mercedes e Ferrari. Com uma pequena vantagem para a Red Bull, Que mesmo sem um motor tão potente como os motores Mercedes e Ferrari. Compensavam pelo melhor aproveitamento a baixa aderência do circuito.

A Classificação ficou com Verstappen na frente, com Hamilton de Mercedes em 2º e Vettel de Ferrari em 3º. E depois os companheiros de equipe em 4º, 5º e 6ºlugar. As outras 4 vagas ficaram com os dois pilotos da Renault: Hulkenberg e Sainz jr. e os dois pilotos da Sauber: Leclerc e Ericsson. Uma grata surpresa ver o time suíço com seus dois carros na fase final.

Os Eliminados foram Esteban Ocon da Force India, Fernando Alonso com a Mclaren, Sergio Perez com a Force India, Brendon Hartley e Pierre Gasly da Toro Rosso. O Príncipe das Astúrias fez um ótimo trabalho. Já a Torcida ficou muito desapontado com Sergio Perez que não passou do 13ºlugar no Grid de largada. Gasly não treinou porque vai ter uma punição de 15 posições no Grid de largada, Por causa de troca de componentes do Motor.

Resultado do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:15.640
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:15.644
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:15.715
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:15.845
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:15.923
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:15.996
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:16.126
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:16.188
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:16.320
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:16.633
11 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:16.844
12 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:16.871
13 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.167
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:17.184

Na parte final da classificação mostrou o equilíbrio e com condições das 3 equipes de disputarem a pole position. Na primeira tentativa, Entre os pilotos da Ferrari, Vettel foi melhor que Raikkonen marcando 1:14.970, Os dois pilotos da Mercedes não conseguiram baixar seu tempo para 1:14. Já Max Verstappen marcou uma grande volta, Com 1:14.785. O piloto Holandês passou a liderança. Parecia que seria o dia da primeira pole position.

Na última tentativa de classificação, Raikkonen, Vettel e Verstappen não melhoraram suas voltas. Bottas e Hamilton melhoraram seus tempos, Mas não conseguiram superar Verstappen, Mas Daniel Ricciardo fez uma volta maravilhosa e com 1:14.759, O Australiano por 26 milésimos a pole ficou com o piloto mais sorridente da Categoria. Um grande momento nas suas últimas corridas pela Red Bull.

O Holandês Max Verstappen ficou com a frustração de ficar em 2ºlugar, Sua primeira pole position vai ter que esperar mais um pouco. Para Lewis Hamilton, A 3ºposição no grid de largada favorece para o campeonato terminar amanhã. Vettel em 4ºlugar precisa de um milagre para adiar a decisão para o Brasil.

Valtteri Bottas da Mercedes e Kimi Raikkonen com a Ferrari fazem a 3ªFila do Grid de largada, Ambos podem serem decisivos para a disputa pelo título. Os pilotos da Renault fazem a 4ªFila do Grid (Hulkenberg na frente de Sainz jr.) e os carros da Sauber (Leclerc na frente de Ericsson).

Amanhã, As 4 horas da tarde teremos a prova que pode sacramentar definitivamente para o pentacampeonato de Lewis Hamilton.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de largada – GP do México
Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Voltas Fase
1 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:14.759 16 Q3
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:14.785 15 Q3
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:14.894 20 Q3
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:14.970 16 Q3
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:15.160 22 Q3
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:15.330 20 Q3
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:15.827 18 Q3
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:16.084 18 Q3
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:16.189 20 Q3
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:16.513 20 Q3
11 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:16.844 16 Q2
12 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:16.871 12 Q2
13 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.167 16 Q2
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:17.184 12 Q2
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:16.911 9 Q1
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:16.966 6 Q1
17 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:17.599 9 Q1
18 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.689 5 Q1
19 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.886 6 Q1
20 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H Sem Tempo no Q2 11 Q2

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Ferrari/Mercedes/Renault/Sauber/Force India

Depois de 113 corridas, Raikkonen conquista vitória e Vettel consegue adiar a decisão

Um longo jejum de mais de 5 anos entre o GP da Austrália de 2013 até o dia de hoje. Foi o que durou o jejum de vitórias de Kimi Raikkonen na Formula 1. Em uma atuação brilhante, O finlandês venceu pela 21ªvez, Se tornando o piloto do seu país com o maior número de vitórias. Os resultados de Lewis Hamilton que ficou em 3ºlugar e Sebastian Vettel em 4ºlugar fazem a definição do campeonato fossem adiado para o GP do México, No próximo domingo.

Para o Homem de Gelo, O Domingo começou a dar tudo certo na Largada aonde ele tracionou melhor que Hamilton e assumiu a liderança no final da reta. Bottas, Ricciardo e Vettel manteram suas posições, Com Hulkenberg e Sainz jr. levando a Renault ao 6º e 7ºlugares. Nas primeiras curvas, Lance Stroll se chocou com Fernando Alonso. Isso fez com que o Canadense ir aos boxes para reparar seu carro e o piloto Espanhol abandona a corrida.

Ainda na primeira volta, Vettel foi para cima de Ricciardo e acabou passando no meio da reta, O Australiano não desistiu da posição, Chegou a voltar ao 4ºlugar e dai, em uma das curvas da parte mais lenta do circuito o Alemão se precipita, toca no piloto da Red Bull e roda, Caindo para o 15ºlugar. Parecia que o campeonato tinha ido para o brejo de forma definitiva. Grosjean também foi para os boxes, Após fazer Charles Leclerc rodar no final da reta oposta.

Impressionante era as primeiras 2 voltas do Verstappen. Que largou do 18ºlugar para o 9ºlugar. 3 Voltas depois,O piloto Holandês passou os dois pilotos da Force India, Subindo para o 7ºlugar. Vettel estava mais atrás, recuperando posições lá atrás.

Na 7ªvolta, Verstappen passou os pilotos da Renault (Hulkenberg e Sainz jr.) e assumiu a 5ªposição e Vettel passou Ocon ganhando o 8ºlugar, Uma recuperação rápida do piloto da Ferrari.

Lá na frente, Raikkonen abre 2 segundos de frente para Hamilton, que estava acompanhando o finlandês. Na 9ªvolta, Daniel Ricciardo abandona a prova , Isso provocou o acionamento do Safety Car virtual a partir da 11ªvolta. Isso fez com que Sirotkin, Vandoorne e Gasly ir para os boxes. Lewis Hamilton aproveitou para ir aos boxes na entrada da 12ªVolta,Tática que Raikkonen não fez e nenhum dos pilotos que estava na frente. Logo depois da Parada de Hamilton, O Safety Car saiu da pista. A corrida recomeça e Vettel na reta oposta passou fácil a Nico Hulkenberg, Passando para o 5ºlugar.

Hamilton voltou a pista e estava bem rápido na pista, Na volta 14 Bottas não deu a menor resistência para o seu companheiro de equipe partir para cima de Raikkonen. Em poucas voltas a vantagem de  6.7 segundos virou pó, Hamilton encostou em Raikkonen na volta 18, A Partir dai o piloto Finlandês começou a segurar o líder do campeonato de maneira heroica durante 3 voltas até que a Ferrari chamou o homem de gelo para a sua parada nos boxes. Hamilton voltava a liderança.

A partir dai começaram os líderes a pararem, Verstappen parou na volta 23 e Bottas na volta 24. O piloto da Red Bull que restou na prova acabou ganhando a posição do piloto da Mercedes nessas paradas. Hamilton era o líder e Vettel era o segundo, O resultado daria uma sobrevida a Vettel no campeonato por 1 ponto no GP do México.

Vettel estava com os pneus desgastados e ficando cada vez mais para trás enquanto que na Volta 25, Raikkonen marcou a melhor volta da prova e passou seu companheiro de equipe. Logo depois o Alemão começou a ficar para Vettel, Com 27 voltas de desgaste dos pneus só restou o piloto da Ferrari ir para a sua parada, Caindo para o 5ºlugar. Todos os outros pilotos fizeram paradas por volta 25 até a 28. Os últimos a fazerem parada nos boxes foram Marcus Ericsson e Kevin Magnussen na volta 31.

Hamilton continuava líder com grande vantagem, para Raikkonen que estava em 2º, Mas a Mercedes vinha consumindo mais pneus que o carro da Ferrari, A cada volta Hamilton perdia de 1 a 1 segundo e meio do Finlandês. Dava para ver que o Hamilton era muito evidente e uma nova parada nos boxes era inevitável. Na volta 38, O piloto inglês foi para os boxes pela segunda vez.

Seriam 18 voltas para Hamilton voar para cima de todo mundo, Para ser campeão. Automaticamente Bottas cedeu o 3ºlugar para seu companheiro de equipe. Nas voltas 39, 40 e 41, Hamilton voou baixo com as melhores voltas da prova e estava se aproximando do Verstappen. Porém Verstappen também se aproximava do Raikkonen e o que estava por vir é um grande final de corrida. Mais atrás, Bottas que sofria com o desgaste dos pneus, começava a sentir a pressão de Sebastian Vettel em disputa a 4ªposição.

A 10 voltas do final, A diferença entre Raikkonen, Verstappen e Hamilton era de apenas 3.7 segundos. O piloto Finlandês tentava escapar do piloto Holandês enquanto que Hamilton tentava se aproximar do piloto da Red Bull, Porém Verstappen estava no ataque também e a turbulência provocada pelo carro do Holandês impedia um avanço do piloto da flecha prateada.

Verstappen e Hamilton tentavam abrir a asa móvel. Por uma volta o Holandês conseguiu abrir a asa móvel. Porém foi Hamilton nas voltas finais é que abriu a asa móvel para chegar em Verstappen.

Na antipenúltima volta, Hamilton foi para cima de Verstappen que acabou dando uma bobeada, Os dois ficaram praticamente lado a lado. Hamilton chegou a passar Verstappen, mas acabou saindo da pista e Verstappen acabou se dando bem e manteve a segunda posição. Com isso, Raikkonen abriu a vantagem suficiente para administrar a liderança até o final da prova.

Após 113 corridas sem vitória, Raikkonen leva a sua vitória de número 21 da carreira. A primeira vitória desde da sua volta a equipe italiana, Que ajudou a Adiar a decisão do título para o GP do México no circuito de Hermanos Rodriguez. Max Verstappen fez uma brilhante prova de recuperação e acabou em 2ºlugar a apenas 1.281 segundos atrás do Homem de Gelo.

Lewis Hamilton acabou não saindo do Texas do título, Mas o 3ºlugar deixa o piloto da Mercedes a apenas um 7ºlugar em qualquer uma das três corridas finais para ser o campeão do Mundo. Sebastian Vettel que viu as suas chances de título acabadas na maior parte da prova acabou ultrapassando no final a Valtteri Bottas ficando com o 4ºlugar. Só que agora não resta outro resultado a Vettel se não vencer as 3 provas finais e que Hamilton não faça mais do que 4 pontos nas três provas finais. Se Vettel deixar de ganhar uma das provas, O título será de Lewis Hamilton. Valteri Bottas acabou em 5º, Com os pneus bem desgastados.

Nico Hulkenberg e Carlos Sainz jr. (Mesmo com uma punição de 5 segundos) fizeram uma grande corrida e com o 6º e 7ºlugares praticamente garantiam o 4ºlugar dos construtores. Já o 8ºlugar tinha ficado com Esteban Ocon, Mas acabou sendo desclassificado após quebra do limite de fluxo de combustível de 100 kg / h durante a 1ªvolta da prova.

Kevin Magnussen que ficou em 9ºlugar também foi desclassificado, Por usar uma quantidade maior do que os 105 kg de combustível permitidos desde do momento da largada até o final da prova. Nisso tudo o 8ºlugar ficou com o Mexicano Sergio Perez com a Force India que sobreviveu da desclassificação.

Brendon Hartley que fez uma belíssima corrida com o carro da Toro Rosso. Com as desclassificações de Ocon e Magnussen o Neozelandês foi do 11º para o 9ºlugar, Seu melhor resultado na Formula 1. E a zona de pontuação é completada pelo Sueco Marcus Ericsson.

Stoffel Vandoorne da Mclaren acabou batendo na trave, Completando em 11ºlugar. Completando os pilotos que terminaram a prova ficaram Pierre Gasly da Toro Rosso, E Sergey Sirotkin e Lance Stroll da Williams.

Semana que vem teremos o GP do México de Formula 1, A prova que provavelmente vai definir o campeonato a favor de Lewis Hamilton, Que só precisa de um 7ºlugar para conquistar o pentacampeonato. Vettel precisa de um milagre para levar a decisão para o Brasil e mais ainda para Abu Dhabi e praticamente um milagre para levar o título em Abu Dhabi. Domingo que vem teremos a segunda tentativa de um Match Point de Lewis Hamilton.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado Final – GP dos Estados Unidos
18ªEtapa – Mundial de Formula 1 – 2018

pos Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 56 1:34:18.643 2
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 56 a 1.281s 18
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 56 a 2.342s 1
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 56 a 18.222s 5
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 56 a 24.744s 3
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 56 a 1:27.210 7
7 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 56 a 1:34.994 11
DES 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 56 a 1:39.288 6
DES 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 56 a 1:40.657 12
8 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 56 a 1:41.080 10
9 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 55 a 1 volta 20
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 55 a 1 volta 16
11 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 55 a 1 volta 17
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 55 a 1 volta 19
13 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 55 a 1 volta 14
14 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 54 a 2 voltas 15
16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 31 Abandono 9
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 8 Elétrico 4
8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 2 Acidente 8
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1 Acidente 13

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Renault/Toro Rosso/Force India/Haas

Hamilton leva de ponta a ponta em Suzuka e título fica em suas mãos com erro de Vettel

Lewis Hamilton em um domínio que durou o final de semana inteiro, Conquistou sua 71ªVitória de sua carreira e vendo Sebastian Vettel mais uma vez cometer um erro, Que fez o Alemão chegar em 6ºlugar. O pentacampeonato ficou bem mais perto do piloto Inglês, Que só precisa de mais de mais 8 pontos em cima de Vettel para acabar conquistando o campeonato em Austin. A Segunda opção é fazer 34 pontos independente dos resultados que Vettel conseguir até o final da temporada. Valtteri Bottas completou a dobradinha e Verstappen em Belíssima prova chegou a mais um pódio nessa temporada.

A primeira volta foi uma primeira volta incrível. Hamilton e Bottas mantiveram as primeiras posições após a largada, Com Verstappen e Raikkonen disputando o 3ºlugar. Vettel largou muito bem, Subiu do 8º para o 6ºlugar, Superando os dois pilotos da Toro Rosso (Hartley largou muito mal, Caindo para o 10ºlugar) subindo para o 6ºlugar, Antes da Reta oposta, Vettel ganhou a posição de Romain Grosjean subindo para o 5ºlugar. Na Chicane, Verstappen acabou passando do ponto , Mesmo assim ele insistiu em ficar na 3ªposição. Só que ele colocou Raikkonen para fora da pista. Isso fez o piloto Alemão passar o Homem de Gelo. Em 1 só volta, Vettel passou do 8º para o 4ºlugar e passou a partir para cima de Verstappen.

Na segunda Volta, Magnussen fez uma manobra inadequada e Charles Leclerc acabou batendo no piloto da Haas que acabou com o pneu furado. Vários destroços ficaram pela pista o que fez o Safety Car entrar na pista na 4ªVolta. Leclerc aproveitou para fazer a troca de pneus e também do seu bico danificado.

A Relargada aconteceu na volta 8. Antes da Relargada, A direção de prova deu uma punição de 5 segundos para Verstappen pela manobra ilegal em  cima de Raikkonen. Sebastian Vettel foi para cima de  do piloto Holandês, Mas acabou se precipitando em tentar ultrapassar na curva Spoon e acabou tocando no carro do Holandês. Vettel levou a pior e rodou, Caindo para o último lugar. Kevin Magnussen abandona na 9ªvolta. O que era ótimo para Hamilton que poderia aumentar ainda mais sua vantagem na liderança do Mundial.

Hamilton estava na frente, com tranquilos 2 segundos sobre Bottas que vinha mantendo os mesmos 2 segundos a frente de Verstappen que teria de cumprir os 5 segundos de pênalti que ele sofreu. Enquanto isso, Daniel Ricciardo vinha subindo de posição. Já estava em 7ºlugar na volta 12 após passar, Na volta 13 foi a vez de Pierre Gasly ser superado pelo piloto australiano. No final da mesma volta a vitima foi Romain Grosjean da Haas, Ricciardo que largou em 15ºlugar estava em 5ºlugar naquele momento da prova.

Vettel vinha em uma batalha terrível, estava em 15ºlugar com 32 segundos atrás do líder do campeonato. O Alemão começou a reagir, Em 2 voltas já estava na 13ºposição, Logo atrás de Fernando Alonso.

Na 18ªVolta, Raikkonen foi para a sua única parada. Na 19ªVolta, Alonso foi superado pelo Vettel subindo para o 12ºlugar. Enquanto Vettel subia, Hamilton aumentava sua vantagem para 4 segundos de frente a Bottas. Verstappen, Raikkonen, Ricciardo e Grosjean estavam nas 6 primeiras posições.

Na volta 22, Verstappen faz a parada e cumpre a sua punição., Ricciardo passou para o terceiro lugar. Raikkonen vinha recuperando posições sobre os pilotos que ainda não tinham feito a troca de pneus obrigatória. Na 24ªVolta, Bottas e Ricciardo pararam nos boxes. O piloto da Red Bull ganhou a posição em cima de Raikkonen e passou ao 4ºlugar. Dos lideres, Hamilton foi o último a parar na Volta seguinte. Voltou na liderança com 4 segundos de frente para Bottas.

Verstappen vinha 10 segundos atrás de Bottas em 3ºlugar. Daniel Ricciardo que largou do 15ºlugar já vinha em 4º. Raikkonen estava em 5º e Grosjean estava em 6ºlugar. Já Vettel vinha em 10º. Na 27ªVolta, O vice-líder do campeonato faz a sua parada assim como Alonso e Stroll. Os dois pilotos foram punidos, O Canadense não dando espaço e o Espanhol acabou cortando a chicane.

Vettel voltou em 16ºlugar. Logo depois outros pilotos acabaram indo para os boxes, Fazendo a parada. Charles Leclerc foi para cima de um Nico Hulkenberg com os pneus desgastados, E em uma bonita ultrapassagem passou o piloto da Renault que acabou perdendo logo a posição para o Sergio Perez. Na volta 30, Grosjean vai para os boxes. Voltando exatamente a frente do piloto Mexicano. O último a parar nos Boxes foi Carlos Sainz jr. na 33ªvolta.

Pierre Gasly estava na luta, ultrapassou Marcus Ericsson e ganhando o 11ºlugar. O Francês queria fazer ponto para a STR com os motores Honda. Na 34ªVolta, Vettel passou Grosjean e passou ao 6ºlugar.

Lá na frente, Hamilton estava tranquilo na Liderança, Mas Bottas começava a ver Verstappen cada vez mais perto. Era impressionante o desempenho do piloto da Red Bull. Nico Hulkenberg cansou de ficar lá atrás, Acabou indo para os boxes e deixando a prova. O Monegasco Charles Leclerc acabou com problemas na sua Sauber e abandonou na volta 41.

Safety Car Virtual foi acionado, Durou pouco tempo, Com a Relargada, Bottas tentou fugir de Verstappen, O piloto Holandês foi colocar pressão em Bottas, Que acabou sentindo essa pressão por duas vezes: 1º Ele fritou os pneus e por muito pouco não perdeu a 2ªposição para verstappen, Na segunda vez, Bottas passou reto na chicane. Dava para vez que o piloto Finlandês estava com problemas, A diferença entre ele e Hamilton aumentou para mais de 10 segundos de vantagem.

No grupo Intermediário, Sergio Perez passou por fora lindamente Romain Grosjean, Ganhando o 7ºlugar. A 3 voltas do final, Carlos Sainz jr. passou Pierre Gasly e desalojou o piloto da Toro Rosso da Zona de pontuação.

Lewis Hamilton, de ponta a ponta conquistou a sua 71ªVitória da carreira, só faltou ter a melhor volta da prova. (Vettel marcou a melhor volta da prova) O piloto da Mercedes esta cada vez mais perto do campeonato. Lewis já pode acabar com a disputa para daqui a 2 semanas, Caso ele vença e que o segundo lugar não seja o Vettel. Com 77 pontos faltando 75 em disputa, Hamilton já comemoraria o 5ºtítulo Mundial. Se igualando ao Juan Manuel Fangio.

Valtteri Bottas segurou Verstappen no final e acabou conquistando a dobradinha, Max Verstappen que apesar da manobra infeliz no final da primeira volta acabou fazendo uma grande corrida e completou o pódio, chegando ao 3ºlugar.

Daniel Ricciardo fez também uma grande corrida, Do 15ºlugar na largada acabou em uma estupenda 4ªposição, Compensando ao dia muito frustrante no Sábado. Já a Ferrari teve um dia para esquecer. Kimi Raikkonen ficou em 5ºlugar em uma corrida burocrática e Sebastian Vettel acabou em 6ºlugar e agora só um milagre para que ele chegue ao seu 5ºtítulo mundial. É incrível quanto o piloto Alemão não teve psicológico para superar a pressão de ter o melhor carro nas mãos.

Sergio Perez foi o melhor piloto do segundo pelotão, Acabou superando Grosjean com a Haas e chegou em 7ºlugar. Ajudando a Racing Point Force India a se aproximar da decadente Mclaren nessa parte final do campeonato. Romain Grosjean marca mais 4 pontos com o 8ºlugar e se aproxima da Renault que teve apenas 1 ponto conquistado. Graças ao 10ºlugar de Sainz jr. que fez uma prova esforçada com esse carro que parece ter perdido a mão ficando atrás de Haas e Force India.

Esteban Ocon completou em 9ºlugar. Pierre Gasly fez um final de semana competitivo, Mas acabou de fora da zona de pontuação em 11ºlugar. Marcus Ericsson levou a única Sauber a terminar a prova em 12ºlugar. Brendon Hartley que fez um belo treino do Sábado acabou fazendo uma corrida medíocre. O 13ºlugar é só mais um prego em seu caixão fora da Formula 1.

Fernando Alonso em mais uma prova triste ficou em 14ºlugar com sua Mclaren-Renault, Stoffel Vandoorne teve apenas a dignidade de ficar a frente de Sergei Sirotkin e de Lance Stroll com as Williams que está em uma situação ainda mais triste ainda.

Festa para Hamilton, Que pode ser campeão daqui a 2 semanas, Em Austin, No Circuito das Americas pode ser o local da Festa do pentacampeonato do piloto Inglês que vive em seu melhor momento da sua carreira.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP do Japão
17ªEtapa do Mundial de Formula 1

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 1:27:17.062 1
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 12.919 2
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 14.295 3
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 19.495 15
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 50.998 4
6 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 1:09.873 8
7 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 1:19.379 9
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 53 a 1:27.198 5
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 1:28.055 11
10 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 13
11 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 52 a 1 Volta 7
12 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 20
13 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 52 a 1 Volta 6
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 18
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 19
16 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 Volta 17
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 Volta 14
16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 38 Abandonou 10
27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 37 Abandonou 16
20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 8 Abandonou 12

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Ferrari/Haas/Force India/Renault/Mclaren/Toro Rosso

Hamilton conquista vitória de nº69 na Noite de Cingapura e fica mais perto do pentacampeonato

Em um final de semana aonde tudo deu muito certo para o piloto da Mercedes, Não tinha outro desfecho se não a vitória no Circuito de Rua na Marina Bay, Sua vitória de número 69 faz com que Hamilton fique a apenas 22 corridas do recorde que pertence a Michael Schumacher. Mas do que isso, Ele esta agora a 40 pontos a frente de Sebastian Vettel na pista do título. começando a caminhar o título para as mãos dele.

Largada, Hamilton manteve a liderança, Já Vettel foi para cima de Verstappen, Ocon foi tentar Perez por fora e acabou levando o toque de Sergio Perez e foi para o muro.

O Safety Car entrou na pista para a retirada do carro do piloto Francês que esta ameaçado de desemprego que foi o único piloto a abandonar a prova de hoje. Antes disso, Vettel passou Verstappen e assumiu a segunda posição.

Hamilton, Vettel, Verstappen, Bottas, Raikkonen, Ricciardo, Perez, Grosjean, Alonso e Sainz jr. eram os 10 primeiros colocados. Em 17ºlugar, Sergei Sirotkin estava com um aro do carro de Esteban Ocon preso a sua asa dianteira, Ele acabou indo para os boxes, trocar os pneus e tirar essa peça do seu carro.

Relargada aconteceu na 5ªVolta, Hamilton já abre 1 segundo sobre Vettel que tenta fugir de Verstappen, Bottas, Raikkonen e Ricciardo. Vettel e Hamilton trocavam voltas mais rápidas entre eles.

Perez em 7ºlugar vinha em um ótimo ritmo de corrida, Grosjean vinha em 8º, Bem longe de Perez. Alonso, Sainz e Hulkenberg vinham a seguir. Após a 9ªVolta.

Mesmo com os pneus Hypersoft e Supersoft, A expectativa era de apenas uma parada para todos os pilotos. Apenas os dois pilotos da Williams estavam usando os pneus Soft (Que era os mais duros do final de semana)

Após 12 voltas, Hamilton vinha a 1.9 a frente de Vettel que vinha 1.7 segundos de Verstappen, Bottas em 4º já estava a 2 segundos atrás de Verstappen e 1.3 segundos a frente de Kimi Raikkonen. Ricciardo vinha em 6º a 11.5 segundos do líder. Alonso que vinha em 9ºlugar fazia voltas 3.8 segundos mais lento do que as voltas de Hamilton, É algo abusivo  o que esta acontecendo com a Formula 1. Que tem nesse momento a primeira divisão com 3 equipes e a segunda divisão com o restante do Grid. Algo tem que ser feito para que isso não continue e deixe o esporte cada vez menos chamativo.

Alonso vai pra cima de Romain Grosjean em busca do 8ºlugar. Na 15ªvolta, Vettel faz sua primeira parada nos boxes e volta em 7º. Foi o primeiro dos grandes a fazer a troca de pneus.

Na Volta seguinte, Hamilton vai fazer sua parada. Verstappen assumiu a liderança. Já Hamilton voltou na 5ªposição, A frente de Perez e de Vettel . A diferença é que piloto da Ferrari colocou novamente um jogo de pneus Hypermacios e teria de parar novamente e Hamilton já poderia ir até o final da prova.

Bottas e Grosjean pararam na volta 17. Verstappen que liderou 2 voltas foi para a sua parada nos boxes, Dois 3 primeiros foi a parada mais rápida e o Holandês voltou a frente de Vettel e conseguiu segurar Vettel e ganhou a 4ªposição. Raikkonen vinha em 1º com 3.5 segundos a frente de Ricciardo, esses dois ainda não tinham feito a parada nos boxes.

Verstappen começava a virar mais rápido do que Hamilton nesse momento da prova, Em uma volta chegou a tirar 8 décimos de diferença em uma só volta. Enquanto isso, Perez em 16ºlugar tentar escalar o pelotão ao atacar o Russo Sergei Sirotkin da Williams.

Raikkonen parou na volta 23, colocando os pneus mais duros para terminar a prova. Daniel Ricciardo assumiu a liderança com 10 segundos a frente de Lewis Hamilton que já trocou seus pneus.

Na 25ªVolta, Charles Leclerc vai para cima de Pierre Gasly, Em disputa pelo 9ºlugar, O recém contratado da Red Bull para 2019 enfrentando o recém contratado da Ferrari para 2019. Todas as equipes estavam olhando para o céu e tinha gotas caindo do céu, provavelmente a chuva poderia cair em menos de 10 minutos.

Na 27ªVolta, Charles Leclerc se aproveitando do erro de Pierre Gasly (que acabou fritando os pneus), Passou o piloto da Toro Rosso e assumiu o 9ºlugar.

Ricciardo foi o último dos pilotos das equipes grandes a pararem na volta 28, fazendo uma parada bem rápida ele volta em 6ºlugar. Hamilton vinha 4.8 segundos a frente de Verstappen, 7 segundos de Vettel, 10.e segundos do seu companheiro de equipe Valtteri Bottas que vinha em 4º, Kimi Raikkonen vinha a 13.6 segundos e Ricciardo vinha a 23.7 segundos na 6ªposição.

Alonso, Sainz jr., Leclerc e Ericsson completavam os 10 primeiros colocados, Mas todos esses mais Vandoorne e Stroll não tinham parado nos boxes na 29ªVolta.

Sergei Sirotkin continuava segurando a pressão de Sergio Perez. Para o piloto da Force India estava sendo bem ruim essa situação que afastava ele da zona de pontuação.

Hamilton continuava tranquilo, Com 5 segundos a frente de Verstappen, Vettel vinha em 3ºlugar a 4.2 segundos de Verstappen, Bottas vinha com 3.5 segundos a frente de Raikkonen e Daniel Ricciardo vinha mais afastado, Em 6ºlugar.

Na entrada da 33ªVolta, Perez tenta passa Sirotkin na marra, Acabou não conseguindo. Dai Perez da um chega pra lá no Piloto da Williams e acaba com o toque furando o pneu e quebrando peças do seu carro e do carro do Siroktin. O piloto da Force India foi para os boxes fazer sua segunda parada.

Hulkenberg deixou Siroktin para trás imediatamente. Não ficando mais de 10 voltas atrás do piloto russo como fez Perez. Magnussen em busca da recuperação tentou ir para cima de Hartley, Acabou o Neozelandês mantendo a posição.

O piloto escandinavo foi o primeiro a tomar volta do líder Lewis Hamilton, Que teria um batalhão de retardatários para ultrapassar. Nisso, Verstappen vinha tirando a diferença para o piloto da Mercedes.

Na 38ªVolta, Grosjean e Sirotkin disputavam ferozmente posição, Ignorando bandeira azul. Hamilton não arriscou em passar ambos e Verstappen acabou se aproveitando e tentando o seu único ataque na prova inteira em cima de Hamilton. O Holandês chegou perto de passar o piloto da Mercedes.

Hamilton por fim, manteve a liderança da prova. Já tanto Sirotkin como Grosjean estavam sendo investigados pela violação a bandeira azul. Perez tomou 5 segundos por causar a colisão com Sergei Sirotkin. Na 41ªVolta, Perez acabou cumprindo a punição.

Hamilton depois da sessão de retardatários voltou a abrir vantagem para Verstappen (3.4 segundos a frente do Holandês). Vettel, Bottas, Raikkonen e Ricciardo continuavam nas suas respectivas posições de largada. Carlos Sainz jr. foi atacar Ericsson, Disputa valendo o 8ºlugar.

Na volta 44, Ericsson tentava segurar o piloto da Renault de todo o jeito, Uma disputa bonita que acabou com Sainz jr. ganhando a 8ªposição. Enquanto que Grosjean tomou 5 segundos de punição por ignorar bandeira azul. Nesse meio tempo, Leclerc foi para a sua parada.

Bottas vinha em 4ºlugar, Mas com Raikkonen perto dele e com Daniel Ricciardo chegando nos dois.

Sirotkin foi para cima de Hartley e acabou fechando totalmente a porta para o piloto da Toro Rosso que quase bateu no muro macio. Isso provocou punição ao piloto da Williams. Fernando Alonso com 1:43.518 acabou fazendo a volta mais rápida da prova com a Mclaren, Isso após de trocar os pneus nessa reta final da prova.

Com todos os pilotos parando nos boxes a classificação era: Hamilton, Verstappen, Vettel, Bottas, Raikkonen, Ricciardo, Alonso, Sainz jr., Leclerc e Hulkenberg. Depois vinham Ericsson, Vandoorne, Grosjean, Gasly, Stroll, Hartley, Perez, Magnussen e Sirotkin.

Hamilton administra bem sua vantagem para Verstappen, A única disputa que ainda poderia ver entre os 10 primeiros era de Bottas, Raikkonen e Ricciardo pelo 4ºlugar na prova a 10 voltas do final. Fora isso, Kevin Magnussen sem nada que fazer na prova acabou marcando a volta mais rápida da prova.

Hamilton não teve nenhum problema para levar a sua 69ªVitória da sua carreira, O inglês que mais uma vez não teve o melhor carro do final de semana com a vitória, Abre 40 pontos de frente para Vettel e dar mais um passo decisivo para o seu pentacampeonato.

Max Verstappen acabon tendo uma chance de tentar superar Hamilton, Mas depois disso não pode fazer mais nada além de recuperar a posição nos boxes e se administrar a segunda posição. Vettel sai de Cingapura cada vez mais longe do campeonato, atrapalhado por uma tática ruim de prova acabou fechando o pódio. Mesmo tendo o melhor carro do Grid, Parece que o Piloto Alemão vai ter que tirar tudo de si para tirar o campeonato das mãos de Hamilton.

Valtteri Bottas segurou a pressão de Raikkonen e acabou garantindo o 4ºlugar, Raikkonen ficou em 5ºlugar e Ricciardo acabou em 6º. Todos os 6 primeiros colocados repetiram seus resultados na classificação do Sábado.

Fernando Alonso fez uma grande corrida, Levando a Mclaren-Renault para a 7ªposição, Fora os 6 primeiros, foi o único dos pilotos das equipes do segundo pelotão a terminar a prova com 61 voltas. Carlos Sainz jr. teve uma bela jornada e subiu do 12ªlugar da largada para completar a prova em 8ºlugar com a Renault que ganhou folego na briga pelo 4ºlugar nos construtores.

Após algumas provas de insucesso, Charles Leclerc voltou a pontuar com o 9ºlugar com o carro da Sauber que teve um bom desempenho em Marina Bay. Nico Hulkenberg completou a zona de pontuação.

Marcus Ericsson fez uma boa corrida, Mas acabou de fora dos pontos, Na 11ªposição. O Desempregado Belga Stoffel Vandoorne levou o segundo carro da Mclaren para o 12ºlugar.

Pierre Gasly com a Toro Rosso e Lance Stroll com a Williams fizeram o que era possível com seus carros. Já Romain Grosjean, Sergio Perez e Sergei Sirotkin terminaram em 15º, 16º e 19º respectivamente acabaram apontando demais e quase alteraram o resultado da corrida com a impudência deles. No meio deles, Brendon Hartley coitado, acabou vitima na impludente manobra do piloto Russo e acabou em 17º, Magnussen tem rendimento ficou em 18º. Porém teve um prêmio de consolação interessante.  Marcou a melhor volta da prova.

Essa foi a primeira corrida que a Racing Point Force India não marcou pontos desde da sua compra pelo Grupo de empresários formado pelo Canadense Laurence Stroll.

Daqui a duas semanas teremos a última corrida Europeia da Temporada 2018. Na Rússia, No complexo esportivo de Sochi. Será capaz de Vettel reverter essa desvantagem para Hamilton ou o título para o piloto da Mercedes é só uma questão de tempo mesmo.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP de Cingapura
15ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 61 1:51:11.611 1
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 61 a 8.961s 2
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 61 a 39.945s 3
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 61 a 51.930s 4
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 61 a 53.001s 5
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 61 a 53.982s 6
7 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 61 a 1:43.011s 11
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 60 a 1 Volta 12
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 60 a 1 Volta 13
10 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 60 a 1 Volta 10
11 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 60 a 1 Volta 14
12 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 60 a 1 Volta 18
13 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 60 a 1 Volta 15
14 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 60 a 1 Volta 20
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 60 a 1 Volta 8
16 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 60 a 1 Volta 7
17 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 60 a 1 Volta 17
18 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 59 a 2 Voltas 16
19 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 59 a 2 Voltas 20
31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 0 a 61 Voltas 9

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Ferrari/Renault/Sauber/Force India/

Hamilton supera favoritismo da Ferrari e conquista soberba vitória em Monza

Tudo indicava uma grande vitória da Ferrari em Monza aparece o brilho do Inglês Lewis Hamilton, Com a Mercedes ele acabou fazendo a diferença. Ao conquistar a vitória após uma feroz disputa com o Finlandês Kimi Raikkonen que viveu final de semana iluminado.

A 68ªVitória do piloto Inglês começou a ser desenhada na primeira volta. Raikkonen manteve a ponta com Vettel, Hamilton, Verstappen, Grosjean e Bottas disputando o 5ºlugar. Na segunda chicane, Hamilton por fora  colocou de lado em cima do Vettel. Em um movimento prefeito, O inglês acabou passando o Alemão que acabou rodando e comprometendo sua corrida.

Safety Car na pista. Primeiro pelo acidente de Brendon Hartley que acabou sendo atingido na largada pelo Marcus Ericsson e depois pelo que aconteceu com Vettel.

Vettel, Ricciardo, Ericsson e Hulkenberg foram para os boxes. O piloto da Ferrari fez a parada para trocar a asa e os pneus, Ericsson trocou seu pneu furado. Os outros pararam por mudança de estratégia.

Na volta 4, A corrida recomeça e Hamilton usou o vácuo para assumir a liderança. O piloto Finlandês deu o troco na 2ª chicane e voltou a liderança sem qualquer problema. Era a chance de Kimi Raikkonen quebrar um tabu de 5 anos e meio sem vitória. (última vitória foi na Austrália em 2013 com a equipe Lotus) Sem Vettel na frente, O homem de Gelo não teria de ser o escudeiro, Mas sim o homem a brigar pela vitória.

Vettel vinha em 15ºlugar, Atrás de Daniel Ricciardo no final da 5ªVolta da prova. Enquanto isso, Perez e Magnussen se tocam, Com prejuízo para o piloto da Haas que foi obrigado a fazer a parada.

Vettel tinha uma dura batalha com Daniel Ricciardo pelo 14ºlugar. Na frente deles vinham Alonso, Leclerc e Gasly disputando posições. Na 8ªVolta, Vettel consegue a ultrapassagem sobre o piloto da Red Bull e ganha o 14ºlugar. A partir desse momento o Alemão começou a se recuperar bem rápido.

Fernando Alonso foi para os boxes e abandonou a prova, Em mais um dia problemático para a Mclaren. Vettel por sua vez ultrapassou Gasly e Leclerc subindo para o 11ºlugar. Já Sergio Perez também subia na prova. Passando Sergei Sirotkin na 12ªVolta ganhando o 9ºlugar.

Enquanto isso, Hamilton tirava tudo e mais um pouco de seu carro para ficar perto de Raikkonen, Que por sua vez não conseguia abrir mais do que um segundo de diferença.

Na Volta 14, Esteban Ocon passa Carlos Sainz no final da reta dos boxes e leva o 6ºlugar. A Racing Point mostrando potencial da nova Force India. Lá na frente, Bottas não conseguia passa Verstappen, Que estava dando tudo de si para manter o 3ºlugar. Para uma Red Bull sem um motor potente, Era um resultado maravilhoso.

Vettel chegou nos pilotos da Williams, Na volta 15 passou Siroktin. Na volta seguinte passou Lance Stroll, Chegando ao 9ºlugar. O Alemão da Ferrari parecia que iria passar fácil por Perez, Mas o piloto da Ferrari acabou levando o X na primeira chicane do piloto Mexicano. Claro que a ultrapassagem era inevitável. Porém, O piloto da Force India deu um pouco de trabalho para Vettel. Depois da ultrapassagem na volta 18. O piloto da Ferrari foi para cima de Carlos Sainz e ganha o 7ºlugar.

Lá na frente, Continuava Raikkonen a apenas 1 segundo de frente para Hamilton. Derepente a Mercedes vai para a frente dos boxes. A Ferrari Acreditou e deu a ordem para Raikkonen parar na 20ªVolta. Isso poderia dar a vantagem para Hamilton para fazer volta rápida feito o martelo, Fazer a parada e voltar na frente de Raikkonen.

Porém, Hamilton fica mais uma volta até que a Mercedes decidiu manter-lo na pista. Já que poderia chover a qualquer momento no circuito. Raikkonen começava a fazer volta mais rápida da prova. Vettel na volta 25 Ultrapassou Ocon e assumiu a 5ªposição com a parada de Romain Grosjean.

Na volta 26, Daniel Ricciardo explodiu o motor quando vinha passando um dos pilotos da Williams. O piloto Australiano vive um momento difícil na temporada 2018 após ter obtido 2 vitórias na parte inicial do ano. Na Volta seguinte, Verstappen foi fazer sua parada. Com isso, Hamilton era o líder com Bottas em 2º e Raikkonen vinha na terceira posição. Vettel subiu para o 4ºlugar.

O piloto inglês vinha com 20 segundos a frente de Raikkonen, Na volta 28 o líder do campeonato vai para os boxes e volta em terceiro lugar, Ficando muito mais atrás do Raikkonen do que ele estava antes da parada. Bottas assumiu a liderança.

Na 30ªVolta, Vettel fez a sua segunda parada para recolocar os pneus mais macios e terminar a corrida.

Raikkonen passa a pressionar Bottas. A Partir dai, O piloto da Mercedes começou a se destacar na prova, Segurando Raikkonen pelo tempo necessário para que Lewis Hamilton chegasse no piloto da Ferrari. Não só isso, O tempo que Raikkonen ficou atrás de Bottas foi o bastante para o pneus dele começassem a ficar com bolhas, Que prejudicaria o desempenho do seu carro no final da prova.

Gasly, Leclerc e Stroll foram para a parada obrigatória na volta 35. Na Volta seguinte, Bottas foi para os boxes. Agora a briga era entre Raikkonen e Hamilton pela vitória. Bottas voltou em 4ºlugar, Atrás do Max Verstappen. Ocon parou na volta 39, Isso junto da ultrapassagem em cima de Perez de novo, Vettel recuperou a 5ªposição. Os últimos a pararem nos boxes foram Perez e Sainz na volta 40.

Hamilton passou  seguir de perto Raikkonen na disputa pela vitória. Mais atrás, Verstappen tentava segurar posição em cima de Bottas. Na Volta 44, O piloto da Mercedes tentou passar Verstappen por fora. O Piloto da Red Bull fechou demais a porta em cima do Finlandês e deu um toque que fez Bottas passar pela área de Escape da primeira Chicane. Isso fez o lance fica sob investigação.

Na volta seguinte, Hamilton foi de vez para cima de Raikkonen. Indo Por fora, O piloto da Mercedes foi decisivo e tomou a liderança. Depois disso o inglês abriu em cima de Raikkonen que estava com os seus pneus detonados. Era 1 segundo por volta que Lewis ganhava de vantagem para o Homem de Gelo.

Já no incidente entre Verstappen e Bottas acabou que o piloto da Red Bull tomou 5 segundos de Penalização no seu tempo final de prova. Isso facilitou a vida de Bottas, Que chegou a atacar Verstappen por umas duas vezes. Sem precisar pressionar, Já que o desempenho do piloto da Mercedes permitia a ele ficar atrás do piloto Holandês.

Hamilton faz uma atuação soberba e venceu na casa da Ferrari, Abrindo 32 pontos a frente do Vettel na liderança do Mundial. Uma enorme vantagem para o inglês que busca o pentacampeonato.

Kimi Raikkonen acabou vendo talvez sua última chance de vencer na sua carreira escapar diante dos seus dedos. Ficando com o 2ºlugar em um final de semana iluminado do Finlandês. Que não terá seu contrato renovado para 2019. O piloto Charles Leclerc ao que tudo indica correr pela Ferrari no ano que vem.

Valtteri Bottas que foi apático na primeira parte de corrida acabou melhorando muito, Sendo Fundamental na vitória de Hamilton e também conseguindo superar Verstappen. A punição de 5 segundos deu ao piloto da Mercedes o pódio. Já Verstappen perdeu também o 4ºlugar para Sebastian Vettel, Após a rodada da primeira curva, O piloto Alemão conseguiu recuperar parte do que perdeu na primeira volta. Porém, Um balde de Água fria depois da Vitória no GP da Bélgica.

Também foi um balde de Água fria para Verstappen que na pista ficou em 3º, Mas punido acabou ficando com o 5ºlugar com o carro da Red Bull. Diga-se de passagem, Max se esforçou ao máximo para ficar com esse pódio.

Romain Grosjean fez um belo final de semana, levando a Haas para o 6ºlugar. Isso ajuda a equipe Norte-Americana na disputa pelo 4ºlugar no Mundial de Construtores com a Renault que não teve um bom final de semana em Monza. (Assim como foi na Bélgica) O piloto Francês superou a os dois pilotos da Racing Point Force India. Esteban Ocon em 7º e Sergio Perez que fez uma bela corrida de recuperação em 8º deram mais 10 pontos para a equipe de Laurence Stroll. Em 2 corridas eles já passaram a Williams, Sauber e já estão na cola de Toro Rosso, Em 8ºlugar com 28 pontos. Com os 59 pontos acrescentados, levariam a nova Force India para o 4ºlugar. A frente da Renault e da Haas.

Carlos Sainz jr. salvou dois pontos para a Renault com o 9ºlugar, E a Williams teve finalmente um bom final de semana. Lance Stroll levou seu carro para o 10ºlugar, Fechando a zona de pontuação. O final de semana da equipe inglesa só não foi prefeita porque o Russo Sergei Sirotkin acabou batendo na trave e não conseguiu marcar ponto ao ficar em 11ºlugar.

Charles Leclerc acabou fazendo uma corrida apenas correta, Ficando em 12ºlugar, Seguido pelo pobre Stoffel Vandoorne que esta com um pé fora da Formula 1, Com uma Mclaren que em nada pode ajudar o Belga nesse momento.

Nico Hulkenberg teve um final de semana bem ruim e acabou em 14ºlugar. Pierre Gasly fez milagre na classificação. Porém, não deu para fazer nada na corrida além do 15ºlugar. Marcus Ericsson da Sauber e Kevin Magnussen com a Haas completaram a lista dos pilotos que terminaram a prova.

Daqui a duas semanas teremos em Cingapura a 15ªEtapa do Mundial de formula 1. Com 7 etapas pela frente, Lewis Hamilton teve uma atuação brilhante e agora abriu uma importante vantagem para Vettel, Que agora terá de lutar muito para tirar essa vantagem do Inglês. Ou então, Podemos esta diante de termos um novo pentacampeão do mundo.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP da Itália de Formula 1
14ªEtapa do 69ºMundial de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 1:16:54.484 3
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 8.705s 1
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 14.066s 4
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 53 a 16.151s 2
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 53 a 18.208s 5
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 53 a 56.320s 6
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 57.761s 8
8 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 53 a 58.678s 14
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 53 a 1:18.140s 7
10 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 Volta 10
11 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 1 Volta 12
12 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 15
13 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 17
14 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 52 a 1 Volta 20
15 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 52 a 1 Volta 9
16 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 18
17 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 52 a 1 Volta 11
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 23 Motor 19
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 9 Abandonou 13
28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Suspensão 16

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Toro Rosso/Haas/Force India/Williams/Red Bull