Vettel em corrida impecável conquista 50ªVitória da carreira e volta a liderar o campeonato

Sebastian Vettel em um dia perfeito para ele conquistou a sua 3ªVitória na Temporada, Que veio através de um GP do Canadá bem atípico e sem nenhuma emoção para os Padrões do Canadá.

Emoção tivemos na largada. Verstappen pressionou Bottas que acabou resistindo a pressão do piloto Holandês e manteve o segundo lugar com Vettel mantendo a liderança. Riccardo ganhou a posição de Raikkonen subindo para o 5ºlugar. No final do primeiro setor tivemos o acidente entre Lance Stroll que perdeu o controle do carro devido a um toque com o Belga Stoffel Vandoorne e Brendon Hartley que acabou tentando passar por fora o piloto Canadense.

O Safety Car foi acionado. Vandoorne foi para os boxes trocar seus pneus e seu Bico Dianteiro que foi danificado. A relargada acontece na volta 5. Vettel dispara na liderança enquanto que Bottas começava a ser pressionado pelo Max Verstappen com os pneus Ultra Macios contra os Super Macios do piloto da Mercedes. Mais atrás, Carlos Sainz jr. empurrou o Mexicano Sérgio Perez para fora da pista. O piloto da Force India perdeu posições. O Incidente foi investigado e não foi dada punição nenhuma para o piloto Espanhol, Que no meu modo de ver deveria ter levado alguma punição, Mas dessa vez os comissários da FIA marcaram bobeira.

Com o passar das voltas o rendimento dos pilotos da Red Bull acabaram perdendo rendimento, Devido ao desgaste dos pneus Ultra Macios. A tática da equipe Austríaca não tinha funcionado. Os dois pilotos da Force India foram os primeiros pilotos a pararam com os dois pilotos da Renault que também pararam cedo.

Dos primeiros colocados, Foi Verstappen e Hamilton foram os primeiros a fazerem a parada na volta 17. Hamilton teve uma dificuldade para ficar a frente de Charles Leclerc que ainda não tinha feito sua parada. Ricciardo parou na volta 18 e voltou a frente de Hamilton. Enquanto isso: Vettel, Bottas e Raikkonen continuavam na pista buscando fazer uma parada, Já os outros 3 pilotos iriam para a possível tática de 2 paradas nos boxes.

Com o decorrer da prova se via que a tática dos três primeiros colocados tendia a dar bem mais certo do que a tática de duas paradas nos boxes. Grosjean também foi para a tática de apenas uma parada nos boxes ficando em 7ºlugar até a volta 25, quando foi ultrapassado pelo Alemão Nico Hulkenberg.

Na Volta 33, Raikkonen foi o primeiro a fazer a parada nos boxes. Que voltou atrás de Hamilton em 6ºlugar. Na Volta 37, Bottas foi para os boxes. Vettel para na volta 38. Os dois voltaram nas 2 primeiras posições.

Na Volta 43, Fernando Alonso teve problemas de Exaustor e acabou abandonando a prova. Romain Grosjean foi o último a fazer a parada na volta 49 quando vinha em 9ºlugar, O piloto da Haas reclamou de maneira desnecessária o piloto da Force India.

Valtteri Bottas vinha andando rápido tentando diminuir a distância que ele tinha atrás de Vettel, Porém a 15 voltas do final, Bottas acabou erra a curva e por pouco ele não acaba rodando. O Finlandês segurou o carro e continuou na prova, Mas isso fez o piloto da Mercedes desistir da disputa pela vitória.

Lewis Hamilton chegou a tentar se aproximar de Daniel Ricciardo. Porém a briga não foi adiante.

Sebastian Vettel levou sem qualquer problema o carro da Ferrari até o final. Ganhando de ponta a ponta o GP do Canadá e voltou a liderar o mundial com apenas 1 ponto de vantagem para Lewis Hamilton.

No final da prova, A modelo e ativista canadense Winnie Harlow, que, convidada para agitar a bandeira quadriculada acabou dando a bandeira um pouco antes da Hora ao dar a bandeira para Kimi Raikkonen que vinha em 6ºlugar. Com isso tudo a direção da prova decidiu oficializar o resultado oficial seria o resultado da 68ªVolta.

Valtteri Bottas em uma boa corrida chegou em 2ºlugar com a Mercedes e Max Verstappen, Em seu primeiro final de semana sem qualquer incidente fechou o pódio em 3ºlugar com a Red Bull.

Daniel Ricciardo foi o único piloto a ganhar posições entre os 6 primeiros colocados, Largando do 6ºlugar para completar a prova em 4ºlugar. A frente de Lewis Hamilton que fez uma corrida bem apagada perdendo a liderança do campeonato. Kimi Raikkonen fechou os 6 primeiros colocados com sua Ferrari.

Nico Hulkenberg teve um excelente final de semana com o 7ºlugar tanto na classificação como na corrida, Sendo o melhor do resto e empatando na 7ªposição no Mundial de Pilotos com o Espanhol Fernando Alonso (Perde no Critério de desempate), Carlos Sainz jr. que escapou de uma punição garantiu um final de semana muito bom da Renault com o 8ºlugar.

Esteban Ocon com a Force India em 9º, Marcando pontos pela segunda vez seguida e Charles Leclerc, Com um ótimo Trabalho levando a Sauber ao 10ºlugar. (3ªpontuação dele em 2018) Vale fazer o registro da bela corrida de recuperação de Pierre Gasly que largou do último lugar para ficar em 11º e de Romain Grosjean que não treinou ontem por problemas de Motor e acabou a prova em 12ºlugar. A Frente do seu companheiro de equipe Kevin Magnussen.

Sergio Perez, Tocado depois da relargada pouco pode fazer ficando em 14ºlugar. Marcus Ericsson, Stoffel Vandoorne e Sergei Sirotkin sem muito destaque terminaram em 15º, 16º e 17º respectivamente.

Daqui a 2 semanas em plena Copa do Mundo teremos de volta o GP da França no tradicional Circuito de Paul Ricard, Fora do Calendário a 28 anos. (França fora do Calendário há 10 anos) Com os dois principais pilotos a disputar o título separados por apenas 1 ponto.

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 68 1:28:31.377 1
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 68 +7.376s 2
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 68 +8.360s 3
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 68 +20.892s 6
5 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 68 +21.559s 4
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 68 +27.184s 5
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 1 Volta 7
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 67 a 1 Volta 9
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 1 Volta 8
10 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 67 a 1 Volta 13
11 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 67 a 1 Volta 20
12 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 1 Volta 19
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 67 a 1 Volta 11
14 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 67 a 1 Volta 10
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 66 a 2 Voltas 18
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 66 a 2 Voltas 15
17 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 66 a 2 Voltas 17
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 40 Exaustor 14
28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 0 Acidente 12
18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 16

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Williams/Red Bull/Renault/Sauber/Toro Rosso/Haas/