Hamilton conquista 80ªPole da Carreira. Ferrari erra na estratégia, Vettel também erra e larga apenas em 9ºlugar

Lewis Hamilton vive sua melhor fase na Formula 1, Nessa madrugada em Suzuka, ele conquistou sua 80ªpole de sua carreira. De quebra, Se aproximou mais ainda do título. Seu rival Sebastian Vettel foi prejudicado pela tática errada da Ferrari, Ainda por cima ele errou na sua única volta e vai largar apenas em 9ºlugar. O que torna sua recuperação bem difícil e a missão de Lewis muito mais fácil.

No Q1 teve começo com Vettel tentando de tudo para superar o desempenho dos carros da Mercedes. O piloto Alemão sente a pressão e roda num ponto lento do circuito (No grampo), Segundos depois, Marcus Ericsson que vinha em um bom final de semana acabou batendo após escapar da curva da serpente.

O treino é interrompido a menos de 10 minutos do final do Q1. Depois de alguns minutos, Com o carro do piloto Sueco retirado o treino recomeça para os minutos finais.

Na parte final, Os tempos dos pilotos do segundo pelotão baixaram, Em uma disputa intensa pelas últimas vagas no Q2. Charles Leclerc se destacou e colocou a Sauber que restou na 6ªposição.

Nico Hulkenberg que bateu no FP3 acabou eliminado do Q2, Ficando com o 16ºlugar. Sirotkin da Williams, Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne da Mclaren e Marcus Ericsson da Sauber. A Mclaren ocupou o lugar da Williams como a pior equipe do grid hoje. Lance Stroll levou a Williams para o Q2.

Classificação do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:28.702
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:29.049
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:29.297
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:29.480
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:29.631
6 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:29.706
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:29.724
8 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:29.806
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:29.899
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:30.137
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:30.219
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:30.236
13 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.247
14 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:30.248
15 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.317
16 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:30.361
17 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.372
18 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:30.573
19 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:31.041
20 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:31.213

No Q2, Foi uma batalha de tiro curto, Apenas 1 tentativa para os pilotos, Muito devido a chuva que apareceu na parte final da classificação. Em sua única volta o Finlandês Valtteri Bottas marcou o melhor tempo, Com 30 milésimos a frente de Lewis Hamilton.

Sebastian Vettel ficou em 3º e Kimi Raikkonen em 4º. Os outros classificados foram Max Verstappen da Red Bull, Esteban Ocon e Sergio Perez da Force India, Romain Grosjean da Haas e fechando os 10 classificados os pilotos da Toro Rosso, Pierre Gasly e Brendon Hartley levaram a equipe filial da Red Bull a parte final da classificação.

Os eliminados foram Charles Leclerc da Sauber, Kevin Magnussen da Haas, Carlos Sainz jr. da Renault, Lance Stroll da Williams e um desanimado e terrivelmente irritado Daniel Ricciardo, O piloto Australiano teve mais um problema de motor e gritou logo depois da classificação. Sem dúvida Ricciardo sofre um processo de boicote da Red Bull.

Resultado do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:27.987
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:28.017
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:28.279
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:28.595
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:28.849
6 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:29.538
7 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:29.567
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:29.678
9 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:29.810
10 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:29.848
11 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:29.864
12 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:30.226
13 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:30.490
14 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.714

No Q3, A chuva acalmou no começo, A Ferrari cometeu um erro grosseiro. Colocou os pneus intermediários com a pista seca. Vettel reclamou dessa decisão que levou ambos os pilotos a voltarem para os boxes, colocando os pneus de pista seca para marcarem um tempo. Quando fizeram isso, Raikkonen foi muito mal na sua volta, Ficando em 4º, atrás até mesmo de Max Verstappen, Já Vettel acabou errando e ficando com o 9ºtempo, A frente apenas de Sérgio Perez.

Se nada estava dando certo para a Ferrari, Para a Mercedes acabou dando tudo dando muito certo. Lewis Hamilton com 1:27.760 e Valtteri Bottas com 1:28.059 formavam a dobradinha da Mercedes na primeira fila. Verstappen marcou o 3ºtempo, Mas a mais de 1 segundo atrás.

A Ferrari esperava melhorar o tempo para pelo menos Vettel ficar no mínimo na 2ªFila, Mas a chuva chegou nos minutos finais da classificação. Isso inviabilizou qualquer chance de algum piloto melhorar seu tempo.

Com as posições inalteradas, Hamilton conquistou a sua pole de número 80 na Formula 1. Ele aumenta seu recorde de piloto com maior numero de poles da carreira  Melhor ainda, Vettel largando em 9ºlugar, Sem duvida vai ser complicada a subida do piloto da Ferrari. É a chance do líder do campeonato da mais um passo decisivo para conquistar o penta campeonato.

Valtteri Bottas vai largar ao lado de Hamilton na primeira fila. Na segunda fila largam Max Verstappen, que se aproveitou do erro de estratégia da Ferrari e consegue não só largar na segunda fila, como vai largar a frente do Finlandês Kimi Raikkonen.

Romain Grosjean superou o favoritismo de Esteban Ocon na luta pelo melhor piloto do 2ºPelotão, O Franco-Suíço abre a 3ªFila com o carro da Haas. Brendon Hartley larga ao seu lado, É o melhor grid do piloto Neozelandês que luta para se manter na Formula 1.

Pierre Gasly larga em 7ºlugar. A Toro Rosso conseguiu seu melhor grid da temporada de 2018. Esteban Ocon que tinha tudo para ficar com o 5ºlugar no grid de largada, Acabou ficando abaixo das expectativas. Tudo que ele conseguiu foi o 8ºlugar, Fechando a 4ªFila.

Sebastian Vettel em 9º, Fica cada vez mais longe do título graças ao erro da Ferrari, Isso certamente prejudicou o piloto alemão. Sergio Perez completa os 10 primeiros colocados.

Amanhã, A partir das 2 da manhã teremos a largada do GP do Japão, 17ªEtapa do Mundial de Formula 1. Hamilton pode dar mais um gigante passo para o seu 5ºtítulo Mundial.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de largada do GP do Japão
17ªEtapa do Mundial de Formula 1

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:28.702 11
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:29.297 12
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:29.480 10
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:29.631 13
5 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:29.724 17
6 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:30.248 15
7 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:30.137 15
8 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:29.899 13
9 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:29.049 13
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.247 16
11 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:29.706 12
12 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:30.219 13
13 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:30.236 12
14 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.317 10
15 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:29.806 4
16 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:30.361 7
17 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:30.372 8
18 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:30.573 6
19 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:31.041 10
20 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:31.213 4

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Haas/Toro Rosso

Hamilton se supera na chuva e leva pole 77 da sua carreira na Hungria

Lewis Hamilton, Contrariando as expectativas que davam a Ferrari e a Red Bull o favoritismo para a pole position. O piloto Inglês conquistou a pole position, Sob a chuva que caiu no circuito de Hungaroring que caiu no começo do Q2.

O Q1 foi desastroso para os dois pilotos da Force India, Que falência decretada pela Suprema Corte da Inglaterra e esta sobre o controle de um interventor até o final do campeonato. Ainda por cima, Seus pilotos acabaram de fora do Q2. Ocon ficou em 18º e Sergio Perez abre a última fila com Sergey Sirotkin largando na última posição.

Charles Leclerc acabou ficando de fora do treino cedo, Foi eliminado após emplacar seguidamente participações no Q3. Dessa vez o seu companheiro de equipe passou para o Q3. Stoffel Vandoorne acabou sendo o primeiro dos eliminados e vai largar em 16ºlugar

Resultado do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:16.666
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:16.940
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.123
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:17.419
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:17.526
6 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:17.829
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:17.901
8 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:17.905
9 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:18.208
10 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:18.314
11 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:18.429
12 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:18.540
13 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:18.560
14 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:18.577
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:18.641
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:18.782
17 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:18.817
18 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.142
19 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.200
20 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.301

A chuva caiu exatamente no Começo do Q2. Nessa hora, Apenas Vettel estava com os pneus intermediários. Todos os outros pilotos foram para os boxes trocarem seus pneus seco para os Intermediários. Embolou tudo. Conforme a chuva aumentava a intensidade ficava mais difícil virar um bom tempo.

Daniel Ricciardo acabou se dando mal e não conseguiu colocar o carro da Red Bull entre os 10 primeiros colocados. O vencedor da prova de 2014 terá muito trabalho largando do 12ºlugar. Fernando Alonso na parte final do Q2 acabou não conseguindo superar Romain Grosjean e isso faz a equipe Haas a mais uma vez colocar seus dois pilotos na parte final da classificação.

Nico Hulkenberg também acabou eliminado com o 13ºlugar. Marcus Ericsson e Lance Stroll já era de se esperar a eliminação de ambos. A surpresa total ficou com a classificação de Brendon Hartley para o Q3. Pela primeira vez a equipe Filial de Dietrich Mateschitz coloca seus dois carros na fase final da classificação.

Vettel marcou o melhor tempo, Mas tudo se decidiria no Q3

Classificação do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:28.636
2 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:30.771
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:31.178
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:31.242
5 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:31.286
6 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:32.081
7 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:32.590
8 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:32.762
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:32.968
10 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:33.650
11 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:35.214
12 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:36.442
13 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:36.506
14 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:37.075
15 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ Sem Tempo

Na parte final da classificação, Pista totalmente molhada a disputa ficou entre Ferrari e Mercedes. Raikkonen marcou 1:37.769, Bottas baixou para 1:37.651 e Hamilton superou seu companheiro de equipe, Marcando 1:37.564. Já Vettel não foi nada bem e marcou 1:39.580, Ficando atrás de Max Verstappen, Brendon Hartley ficando em 6ºlugar. Parecia que o Alemão estava sem confiança na pista.

Raikkonen partiu para uma segunda volta e melhorou para 1:37.362, Bottas melhou em 6 décimos seu tempo e Hamilton melhorou quase 1 segundo seu tempo, Baixando para 1:36.648. Já Vettel melhorou sua situação com o 1:37.733. A 6 minutos do final do treino.

Raikkonen se sentia mais a vontade que Vettel. A 3 minutos do final, O Homem de Gelo baixou o tempo de Hamilton para 1:36.186. A pole vinha se encaminhado para as mãos do piloto Finlandês.

Mas ainda tinha 1 minuto para o termino da Classificação. Os pilotos da Mercedes, Vettel e Sainz foram para a pista a fim de melhorar seus tempos.

Valtteri Bottas baixou a marca da pole para 1:35.918, A pole do Finlandês da Mercedes durou poucos segundos. Lewis Hamilton marcou 1:35.658, Quebrou os cronômetros para marcar sua 77ªpole na Formula 1, 9 poles a mais que o Alemão Michael Schumacher e a 12 poles a frente de Ayrton Senna.

Completando a primeira fila larga Valtteri Bottas, em grande forma também. Em uma pista não favorável para a Mercedes acabou o dia de hoje dando uma grande vantagem para a equipe Alemã. Na Segunda fila largam Raikkonen que ficou a frente de Sebastian Vettel que conseguiu superar Carlos Sainz e Pierre Gasly e evitar o vexame de largar atrás de um piloto do meio do pelotão.

Por falar em Sainz e em Gasly. Ambos fizeram um grande treino e largam na terceira fila, Com o piloto da Renault a frente do piloto da Toro Rosso.

Max Verstappen deixou a desejar e larga em 7ºlugar para quem tinha a expectativa de lutar pela pole position, Ao seu lado larga o Neozelandês Brendon Hartley da Toro Rosso que precisa aproveitar essa situação para fazer um bom resultado, Fundamental para o seu futuro na Formula 1. OS dois pilotos da Haas completam os 10 primeiros colocados.

Amanhã, As 10 da manhã teremos a largada da 12ªEtapa do Mundial de Formula 1, Agora com uma grande vantagem para Hamilton. Porém como aconteceu na Alemanha tudo pode mudar e Vettel pode ser o beneficiado.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de largada
GP da Hungria de Formula 1 – Temporada 2018

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.658 26
2 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:35.918 25
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:36.186 26
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:36.210 24
5 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:36.743 25
6 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:37.591 25
7 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:38.032 24
8 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:38.128 25
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:39.858 24
10 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:40.593 24
11 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:35.214 19
12 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:36.442 21
13 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:36.506 20
14 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:37.075 22
15 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ Sem Tempo 15
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:18.782 11
17 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:18.817 13
18 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.142 12
19 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.200 11
20 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.301 12

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Renault/Toro Rosso/Williams/Force India/Sauber

Mercado de pilotos para 2018 na Formula 1: 4 vagas disponíveis após renovação de Fernando Alonso

Hoje contando com a renovação de contrato de Fernando Alonso com a Mclaren. São agora 4 as vagas restantes para o complemento do Grid da Formula 1 para a temporada de 2018.

A mais cobiçada das vagas sem dúvida esta na equipe Williams aonde Felipe Massa, Paul di Resta e Robert Kubica são os principais candidatos. Sendo que a parte técnica da equipe quer a permanência do Piloto Brasileiro. Muito devido a experiência e o trabalho que ele vem exercendo na temporada de 2017 e da enorme utilidade que ele pode oferecer para o desenvolvimento do carro em 2018. Que já terá a participação de Paddy Lowe. (Que estava na Mercedes nos títulos de 2014, 2015 e 2016)

Paul di Resta é Piloto de testes da Williams. Ele acabou substituindo a Felipe Massa (Que teve problemas de Saúde) no GP da Hungria, Tendo sido elogiado pela sua exibição visto as condições que ele teve de substituir o piloto Brasileiro. A partir dai, O escocês que correu na Force India de 2011 a 2013 começou a ter seu nome ventilado como um possível substituto de Felipe Massa.

Já Robert Kubica voltou a andar em um carro de Formula 1 em testes. Falava-se que ele iria substituir Jolyon Palmer na parte final da temporada, Mas acabou de uma hora para outra não falando mais disso. Agora os boatos são que ele seria o substituto de Felipe Massa. Inclusive fazendo um teste com a Williams. Opinião: Sinceramente, Por melhor que possa ser Robert Kubica. Não sabemos as condições que ele esta fisicamente, Se ele pode correr uma corrida inteira sem problemas. Com um dos Braços prejudicados pelo acidente que ele teve em 2011 em um Rally.

Acredito que ele possa ter problemas com esse Braço e que não tenhamos garantias suficientes de que ele vai conseguir ser competitivo devido a parte física. Portanto, se eu fosse a Williams eu descartava o polonês.

Marcus Ericsson e Jolyon Palmer tentaram ver se eles teriam espaço no time de Sir. Frank Williams. No entanto seus resultados já fizeram a Williams dispensar os serviços de ambos os pilotos. Felipe Nasr que poderia ser um nome a se pensar em 2018 não é citado para a vaga na Williams.

Na Toro Rosso esta muito complicado para saber um dos pilotos. Uma das vagas é praticamente certo para Pierre Gasly (Que vai correr nesse final de semana em Suzuka, Disputando o Campeonato da Super Formula, Aonde ele esta na Vice-liderança do campeonato)

A Outra vaga esta entre 3 pilotos: Daniil Kvyat mesmo com seu nome bem fragilizado pelos acontecimentos nas temporada de 2016 e 2017 é quem esta mais perto dessa vaga. A Honda que esta tentando levar Nobuharu Matsushita para esse lugar na filial da Red Bull precisaria que o piloto Japonês termine o campeonato da GP2 entre os 3 primeiros colocados para obter a Superlicença.

Isso já não vai ser possível. Matsushita tem 115 pontos e mesmo se fizesse todos os pontos na rodada final em Abu Dhabi ele só chegaria em 163 pontos. Nesse momento o terceiro colocado da GP2 Series é Artem Markelov que já obtém 177 pontos. A não ser que ele tenha 40 pontos nos últimos 3 anos para obter a superlicença a opção Japonesa pode ser descartada desde de já. (Matsushita tem apenas 13 pontos)

A Toro Rosso com a convocação de Brendon Hartley para correr em Austin, No lugar de Gasly pode ver no Neozelandês uma nova opção para a equipe em 2018. Um Robert Kubica na Toro Rosso é totalmente fora de questão. Mesmo a filial da Red Bull precisando de um piloto para ajudar no desenvolvimento do motor Honda. (Que passa a equipar a STR em 2018)

Na Sauber é praticamente certo que Marcus Ericsson vá ficar (pelo altíssimo investimento que ele leva para a equipe) A outra vaga deve ficar com o Campeão da Formula 2 Charles Leclerc. Isso deixaria a pé o Alemão Pascal Wehrlein que marcou todos os 5 pontos da equipe em 2017. O Time suíço vai virar filial da Ferrari em 2018 com o motor do ano que vem nesse carro (Esse ano eles correm com o motor da Ferrari de 2016)

Lista de Pilotos – Formula 1
Temporada 2018
Mercedes Motor: Mercedes
Lewis Hamilton
Valtteri Bottas
Ferrari Motor: Ferrari
Sebastian Vettel
Kimi Raikkonen
Red Bull Motor: TAG Heuer
Daniel Ricciardo
Max Verstappen
Force India Motor: Mercedes
Sergio Perez
Esteban Ocon
Williams Motor: Mercedes
Em disputa
Lance Stroll
Toro Rosso Motor: Honda
Pierre Gasly*
Em disputa
Haas Motor: Ferrari
Romain Grosjean
Kevin Magnussen
Renault Motor: Renault
Nico Hulkenberg
Carlos Sainz jr.
Mclaren Motor: Renault
Fernando Alonso
Stoffel Vandoorne
Sauber Motor: Ferrari
Marcus Ericsson*
Em disputa

* Praticamente garantido
Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams/Sauber/Toro Rosso

Neo Zelandês Brendon Hartley substitui Gasly em Austin

Sem a possibilidade de Pierre Gasly que vai disputar o título na etapa final da Super Formula 2017 em Suzuka (Em Rodada Dupla) a Toro Rosso precisou recorrer do neozelandês Brendon Hartley que corre no WEC desde de 2012. O piloto de 27 anos de idade será o companheiro de Daniil Kvyat no GP dos Estados Unidos.

Hartley é o exemplo do piloto que acabou se destacando fora das categorias de base para entrar na Formula 1. Seus melhores momentos foram no Mundial de Endurance aonde ele conquistou o título da temporada 2015. Nesse ano ele lidera o Campeonato com o protótipo da Porsche restando 2 etapas para o termino do campeonato. 4 Vitórias na temporada, Contando com a vitória nas 24 Horas de LeMans formando trio junto com o Alemão Timo Bernhard e o Neozelandês Earl Bamber.

Nesse ano ele ganhou a Petit Le Mans nos Estados Unidos com a equipe Tequila Patrón ESM com um protótipo da Nissan.

Brendon Hartley teve seu nome especulado como piloto da Chip Ganassi em 2018. Só que ainda não teve seu nome confirmado. Foi piloto de testes da equipe Mercedes em 2012 e 2013, Sem jamais correr em uma corrida na categoria.

Gasly deve voltar para as 3 últimas corridas da temporada. O Francês foi promovido a piloto da Toro Rosso a partir do GP da Malásia dessa temporada, Praticamente já esta certo na filial da Red Bull que usara os motores Honda para a temporada de 2018.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: Porsche

Mark Webber, Hartley e Bernhard levam a Porsche a um heroico título do WEC no Bahrein

Em 6 Horas de disputa no Bahrein a Porsche comemorou o campeonato de pilotos de maneira dramática com os pilotos Timo Bernhard, Mark Webber e Brendon Hartley conquistaram o título do WEC na categoria LMP1, A prova no circuito de Sahkir no Bahrein mostrou que a Porsche tem o melhor carro do Campeonato desse ano, No começo da corrida o Carro de número de 17 de Bernhard, Webber e Hartley liderava a corrida com Dumas,Jani e Lieb em segundo lugar. Mas o Audi número 8 de Lucas di Grassi, Löic Duval e Oliver Jarvis chegou ao segundo lugar na corrida ao passar o Trio da Porsche e depois disso estava tão rápido e competitivo com o Porsche de Bernhard, Webber e Hartley tanto é que chegaram a estarem na liderança da corrida. Mas problemas acabaram jogando o Audi nº8 para lá atrás.

Vencedores_Sahkir

O Porsche nº17 no decorrer da corrida acabou tendo problemas perdendo muitas voltas para os líderes e dessa forma o campeonato ficava aberto para um possível campeonato para o Trio Fässler/Lotterer/Tréluyer conquistar o título, Bastava o Audi nº7 vencer o Porsche número 18. Apesar da eficiência da Audi o carro da Porsche foi superior e a cada volta a distância entre os dois trios aumentava mais e mais, Os dois trios da Toyota estavam em 3º e 4ºlugares mas sem possibilidades de disputarem a vitória. O Porsche de Bernhard, Webber e Hartley volta e outra dava problemas. Em uma de suas últimas paradas o carro foi para mais um concerto emergencial o que custou mais algumas voltas, Mas foi o bastante para ficar em 5ºlugar na frente do Audi de Di Grassi/Duval/Jarvis que teve problemas ainda maiores do que o Porsche 17 que praticamente tinha problemas que normalmente poderiam levar os pilotos a encostarem e deixarem a prova. Mas acabaram levando o carro até o final da prova em 5ºlugar.

Audi_Bahrein_2015

A Vitória de Romain Dumas, Neel Jani e Marc Lieb com o Porsche de número 18 garantiu o campeonato para Timo Bernhard, Mark Webber e Brendon Hartley que ficou em 5ºlugar e garantiu o campeonato com 166 pontos contra os 161 pontos de Marcel Fässler, André Lotterer e Benoit Tréluyer que ficou em 2ºlugar na corrida e no campeonato. O pódio foi completado pelo Trio da Toyota Formado por Alexander Wurz que encerra a carreira nessa corrida, Stéphane Sarrazin e Mike Conway com a Toyota que fez um ano bem ruim ponto de sequer conseguir defender de maneira minimamente decente.

Davidson/Buemi/Nakajima ficou em 4ºlugar com a Toyota. A festa ficou mesmo com Timo Bernhard, Mark Webber e Brendon Hartley com a Porsche que em seu segundo ano na volta da equipe no WEC já conquista o título das 24 Horas de LeMans e do Campeonato Mundial de Endurance.

podio_sahkir6h_2015

Na LMP2 a vitória ficou com Roman Rusinov, Julien Canal, Sam Bird que também ficaram com o título da categoria com o Ligier JS P2-Nissan com Matthew Howson, Richard Bradley, Nick Tandy com o Oreca 05 – Nissan em segundo lugar e Gustavo Yacaman, Luis Felipe Derani, Ricardo Gonzalez com o Ligier JS P2 com Nissan em 3ºlugar.

Patrick Pilet, Frédéric Makowiecki com Porsche 911 RSR venceu na LMGTE Pro com Gianmaria Bruni, Toni Vilander em 2ºlugar com a Ferrari F458 Itália. O Título ficou com Richard Lietz que correu com o Porsche 911 RSR com seu parceiro Michael Christensen. Na LMGTE am a vitória ficou com o Paul Dalla Lana, Pedro Lamy, Mathias Lauda com o carro da Aston Martin Vantage V8 o pódio foi completado pelos trios da Porsche Marco Mapelli, Khaled al Qubaisi, Klaus Bachler em 2º e Christian Ried, Patrick Long, Marco Seefried em 3ºlugar. Mas o Campeonato ficou com o trio Victor Shaytar, Andrea Bertolini, Aleksey Basov  com a Ferrari F458 Italia.

campeoesLMP2

O WEC sai fortalecido nesse ano tendo em seu grid cada vez mais cheio de grandes pilotos e com seu nível técnico cada vez mais alto nos seus pilotos e nas montadoras, Esperar para 2016 que a Nissan se recupere e traga seu protótipo na LMP1 e que a Ford venha também Forte e que a Toyota possa estar em pé de igualdade com a Porsche e com a Audi.

Resultado Final das 6 Horas do Bahrein

1 18 LMP1 Romain Dumas, Neel Jani, Marc Lieb (Porsche 919 Hybrid M) 6:00’52.843 em 199 Voltas
2 7 LMP1 Marcel Fässler, André Lotterer, Benoît Tréluyer (Audi R18 e-tron quattro M) 1’25.310
3 2 LMP1 Alexander Wurz, Stéphane Sarrazin, Mike Conway (Toyota TS 040 – Hybrid M) 3 Voltas
4 1 LMP1 Anthony Davidson, Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima (Toyota TS 040 – Hybrid M) 3 Voltas
5 17 LMP1 Timo Bernhard, Mark Webber, Brendon Hartley (Porsche 919 Hybrid M) 9 Voltas
6 8 LMP1 Lucas di Grassi, Loïc Duval, Oliver Jarvis (Audi R18 e-tron quattro M) 11 Voltas
7 26 LMP2 Roman Rusinov, Julien Canal, Sam Bird (Ligier JS P2 – Nissan D) 16 Voltas
8 47 LMP2 Matthew Howson, Richard Bradley, Nick Tandy (Oreca 05 – Nissan D) 16 Voltas
9 28 LMP2 Gustavo Yacaman, Luis Felipe Derani, Ricardo Gonzalez (Ligier JS P2 – Nissan D) 17 Voltas
10 36 LMP2 Nelson Panciatici, Paul Loup Chatin, Tom Dillmann (Alpine A450b – Nissan D) 17 Voltas
11 13 LMP1 Alexandre Imperatori, Dominik Kraihamer, Mathéo Tuscher (Rebellion R-One – AER M) 18 Voltas
12 4 LMP1 Simon Trummer, Pierre Kaffer, (CLM P1/01 – AER M) 19 Voltas
13 44 LMP2 Mikhail Aleshin, Nicolas Minassian, David Markozov (BR01 – Nissan D) 20 Voltas
14 12 LMP1 Nicolas Prost, Mathias Beche (Rebellion R-One – AER M) 20 Voltas
15 42 LMP2 Nick Leventis, Danny Watts, Jonny Kane (Gibson 015S – Nissan D) 21 Voltas
16 43 LMP2 Pierre Ragues, Oliver Webb, Christopher Cumming (Morgan Evo – SARD D) 22 Voltas
17 30 LMP2 Scott Sharp, Ryan Dalziel, David Heinemeir Hansson (Ligier JS P2 – HPD D) 23 Voltas
18 92 LMGTE Pro Patrick Pilet, Frédéric Makowiecki (Porsche 911 RSR M) 26 Voltas
19 51 LMGTE Pro Gianmaria Bruni, Toni Vilander (Ferrari F458 Italia M) 26 Voltas
20 31 LMP2 Ed Brown , Johannes van Overbeek, Jonathon FOGARTY (Ligier JS P2 – HPD D) 26 Voltas
21 97 LMGTE Pro Darren Turner, Jonathan Adam, (Aston Martin Vantage V8 M) 26 Voltas
22 95 LMGTE Pro Christoffer Nygaard, Marco Sorensen, Nicki Thiim (Aston Martin Vantage V8 M) 26 Voltas
23 91 LMGTE Pro Richard Lietz, Michael Christensen (Porsche 911 RSR M) 27 Voltas
24 71 LMGTE Pro Davide Rigon, James Calado (Ferrari F458 Italia M) 27 Voltas
25 99 LMGTE Pro Alex Macdowall, Fernando Rees, Richie Stanaway (Aston Martin Vantage V8 M) 28 Voltas
26 98 LMGTE Am Paul Dalla Lana, Pedro Lamy, Mathias Lauda (Aston Martin Vantage V8 M) 29 Voltas
27 88 LMGTE Am Marco Mapelli, Khaled al Qubaisi, Klaus Bachler (Porsche 911 RSR M) 29 Voltas
28 77 LMGTE Am Christian Ried, Patrick Long, Marco Seefried (Porsche 911 RSR M) 29 Voltas
29 83 LMGTE Am François Perrodo, Emmanuel Collard, Matteo Cressoni (Ferrari F458 Italia M) 30 Voltas
30 72 LMGTE Am Victor Shaytar, Andrea Bertolini, Aleksey Basov (Ferrari F458 Italia M) 30 Voltas
31 50 LMGTE Am Gianluca Roda, Paolo Ruberti, Kristian Poulsen (Chevrolet Corvette C7 M) 30 Voltas
32 96 LMGTE Am Francesco Castellacci, Roald Goethe, Stuart Hall (Aston Martin Vantage V8 M) 31 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: WEC