Portal Sportszone » Blog Archives

Tag Archives: Automobilismo Brasileiro

Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Comentarista F1 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos História Opinião Política

Esporte a Motor no Brasil entregue as Moscas – Coluna de Deivison Conceição

Published by:

O triste relato do Automobilismo Brasileiro é apenas mais uma clara prova da falência desse país e do rebaixamento político e moral dos dirigentes em todas as áreas da Sociedade.

O Fato é que desde de 1970 temos pilotos na Formula 1 e agora depois de 48 anos não teremos nenhum representante Brasileiro no Grid da maior categoria do Automobilismo Brasileiro. Sem dúvida quem esperou um dia para falar isso vai vender o terror e vai usar disso como sensacionalismo para ganhar audiência. Entanto não se fez nada nos últimos 10 anos para se reverter isso em relação a CBA.

(Confederação Brasileira de Automobilismo) Atitudes como do Felipe Massa em trazer a Formula Futuro (Foi o próprio piloto que custeou os custos com os carros trazidos para o Brasil, Com os mais baixos custos possíveis) Mas a categoria acabou, Não tinha apoio de nada. O Campeão da categoria ganhava 1 ano na Europa em uma categoria mais competitiva.

Formula futuro que ficou sem futuro

A Formula Junior foi muito bem no começo, Mas depois começou a perder a receita e ela também acabou. A Formula RS também perdeu a receita e acabou. A Formula 3 Brasil é uma categoria que esta bem abaixo do nível da Formula 3 da Europa. (Mesmo tendo custos mais baixos)

Então qual seria a direção? Criar novas categorias, Investimento em talentosos pilotos Brasileiros, O governo e a CBA fazerem um programa para temos sempre demanda de piloto no Exterior? Essa seria a atitude certa!, Mas o que vemos é um bando de mentecaptos que não enxergam isso (Incluo Dirigentes, Promotores da Categoria e Jornalistas também ajudam a afundar o automobilismo Brasileiro!!!) Nada fazem. Só fazem a favor da Stock Car e das categorias de turismo. Será que um país com o Brasil só pode viver de categorias de Turismo, Será que não tem espaço para uma categoria de Formula proliferar no Brasil. As Dificuldades já começam no Kart aonde tudo é caro, Até mais caro do que categorias de Formula e de Turismo.

Na Argentina, existe lei para obrigar as Montadoras de Automóveis a investirem no Automobilismo interno. O turismo Carreteira de lá é maravilhoso! Se comparar com a Stock Car, São anos luz a frente da nossa categoria. Mesmo sem uma categoria forte de Formula por lá. As coisas com os vizinhos funciona melhor do que no Brasil.

No Brasil o que poderia se ter é mais apoio a Formula Vee que é uma categoria que pode ser tanto formadora de pilotos como uma diversão para outros pilotos caseiros. E a partir dai criar uma Formula Junior ou uma Formula 4 para o Brasil e para a América Latina. Uma pergunta que eu faço: Com tanta fábrica de Carros, Porque não temos categorias de Formula no Brasil ou até mesmo de Turismo. A Stock Car não tem várias marcas, O carro é tubular com uma bolha e os motores são todos os mesmos motores. Nem é uma categoria multimarca de verdade, Então é uma Fantasia como o campeonato de Marcas é uma Fantasia ser multimarca.

Esse Samba da Beija-Flor tem tudo a ver com tudo que acontece no Brasil:

No Mundo da Fantasia que se vive no Automobilismo com seu viés totalmente elitista, Não se faz nenhuma tentativa de procurar novos. Não convidam estudantes do Ensino Fundamental para verem um dia de corridas regionais. Isso poderia ser feito e sem dúvida o automobilismo iriam ganhar novos corações. Dei várias ideias para isso acontecer no Automobilismo Gaúcho e ninguém pegou essas ideias. Por isso é que você não ver mais do que mil pessoas nas categorias regionais quando se poderia ter 5 mil num dia ruim, (Imagina uns 10 a 15 mil em um bom dia) O Ingresso é muito mais barato do que um bom ingresso de jogo de Futebol.

Exemplo: Se 1000 crianças fossem para os autódromos, poderiam 50 ou 100 dessas crianças se apaixonarem pelo esporte ou até mesmo algumas delas quisessem no futuro participar de corrida de Kart ou de automobilismo Regional. E a Famosa mosquinha azul picando e tornando eles apaixonados por esporte a motor ou até mesmo fanático por esse esporte.

Transmissões por Web Rádio e por Stream de corridas regionais é uma solução para popularizar o esporte, Divulgação nas escolas, Eventos nas cidades, tentativas dos dirigentes para vender melhor o Automobilismo e o Esporte a Motor.

A Band Sports fez um belo trabalho com a prova da Cascavel de Ouro. (Que por sinal foi um evento muito bem feito que tinha uma premiação bem bacana de 100 mil reais em prêmios) Tá certo que era um evento especial, Mas foi uma mostra clara de como você pode fazer um evento e como transmitir um evento como esse evento tradicional que teve no Paraná.

Basta o Esporte sair da Fantasia e se libertar de sua bolha para voltar a ter o prestígio que tinha no passado. Isso é bem mais fácil do que se pensa, Mas quem comanda a Festa precisa querer e ser pressionado para sair dessa Bolha ou todos estaremos perdidos.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams/ newsracer / André Kotoman /Formula Vee / Pintelest / Novac
Vídeos: TV Jornalismo / Leonardo Queiroz

Automobilismo Internacional Divulgação Fotos Opinião Vídeos

Nova categoria com motor Aprilla e custo baixo na Inglaterra e mais um tapa no Automobilismo Brasileiro

Published by:

Uma nova categoria surge no cenário mundial, Com desenvolvimento dos Israelitas e construção dos italianos. A G1 Series com o carro Com um motor Aprilla rsv4 de 1000cc de 200 cavalos de potência e peso de 470 kg (Com o piloto incluído) o novo carro foi desenvolvido durante 4 anos sendo 2 anos de testes na pista com ajuda da tecnológica do Gruppo Piaggio.

Comunicado da griiip:

Depois de 4 anos de desenvolvimento, e exatamente 2 anos após o primeiro protótipo ter sido testado, finalmente temos o carro que temos sonhado! Desempenho elevado (200 CV em 470 kg, incluindo o condutor), fácil de conduzir, fácil de manter com custos de funcionamento muito baixos. Este pequeno monstro está equipado com o motor Aprilia Official rsv4 1000 CC (obrigado pela aprilia racing!) e o som poderoso é simplesmente música.

O Carro custa por unidade 52.900 Euros o que da exatamente 194.672 Reais. O que é bem mais barato do que um carro de Formula 3 na atualidade. Que por baixo deve custar 400 mil reais por temporada. A combinação de baixo custo e alta adrenalina pode dar muito certo. Os Dirigentes planejam 7 finais de semana com rodada dupla (14 Corridas) e o custo planejado é de 40 mil Euros (147.200 Reais) O que significa um custo baixo para uma categoria com uma potência equivalente com as categorias escola no automobilismo mundial.

Veja as fotos desse carro:

Dados técnicos:

Chassi:

* Tubular 4130 chrome-moly steel space-frame.
* Comparativa com a classe Formula 1000 do Sports Car Club of America (SCCA).

Motor e transmissão:

* Aprilia RSV4 1000cc / 200 cv.
* Novo sistema de admissão de ar, escape e lubrificação com cárter seco projetados pela Griiip.
* Sistema de eixo de transmissão com manutenção zero – o único carro de fórmula com motor de motocicleta que não utiliza corrente.
* Caixa de velocidades sequencial de 6 velocidades.
* Embreagem com mudança de marchas para cima e para baixo
* ECU do motor programada para desligamentos rápidos.
* Diferencial de deslizamento limitado – Griiip’s Drivetrain (patente pendente).

Suspensão:

* Double wishbone com seção de perfil aerodinâmico.
* Amortecedores de bobina ativados por pushrods.
* Barras anti-rolagem dianteiras e traseiras.

Aerodinâmica:

* Alto downforce.
* Asas dianteiras e traseiras com elemento duplo.
* Divisor frontal.
* Difusor traseiro.

Rodas: Liga leve, alumínio, com dianteira 13×8 e traseira 13×10.
Freios: Circuito duplo, com calipers que atuam em discos ventilados de 256 mm de diâmetro.
Combustível: Tanque de combustível FT3 FIA de 28 litros.
Peso: 470 kg incluindo combustível e piloto.

Segurança:

* Cinto de segurança de 6 pontos.
* Extintor de incêndio a bordo.
* Volante removível.

Veja o Vídeo feito pela automoto.it sobre esse novo carro:

Eu me pergunto uma coisa, Como não conseguimos criar um carro desses se o Brasil com seu vasto território e que pode ter talentos a toda e a direita no Esporte a Motor e também na engenharia. Como não temos categorias de Formula no Brasil com exceção da Formula Inter que mesmo com um conceito que me parece promissor e com um Canal de Televisão apoiando essa categoria desde do começo de sua vida ela tem no Grid pilotos velhos, Não temos um piloto jovem para ser formado para esse campeonato. A Formula 3 Brasil é muito cara e as categorias de Formula no Rio Grande do Sul (Por culpa muito deles mesmo, pois o Portalsportszone no que pode dar de ajuda a eles ajudou) praticamente estão mortas.

Com tantas fábricas de automóveis no Brasil é um cumulo que não tenhamos nenhuma fábrica interessada em tomar a iniciativa de criar uma categoria de Formula no Brasil. E simplesmente inacreditável o que acontece é surreal. E eu não acredito que as empresas só tenham olhos para as categorias de Turismo como a Stock Car.

Ao continuar assim a Formula 1 não terá pilotos Brasileiros no grid, É um milagre que continuemos ainda tendo transmissão da Globo com o interesse cada vez menos visto que são absolutamente nulas as chances de vitória de Felipe Massa com a Williams que não anda muito bem. Nasr não sei o que vai fazer da vida em 2018, Não me estranharia nada ele corre na Stock Car como fazem todos os Brasileiros que geralmente quando não tem dinheiro para continuar na Europa ou fracassam na empreitada da Formula 1 ou as vezes não chegam perto disso.

Eu já dei porrada no automobilismo Brasileiro e eu vou continuar dando porrada pois parece que eles não merecem credito nenhum pois pensam como se o dinheiro vai cair do céu quando não vai cair do céu e nem o público que claro que esta procurando ver Futebol, MMA, Volei e outros esportes e esta caindo fora do Esporte a Motor e com razão! Não existe renovação. Todas as sugestões que eu dei para o esporte crescer como a renovação de público através de você chamar crianças de escolas públicas para irem aos eventos regionais de graça (Pelo menos mil crianças) para começar a criar um público para o esporte. Fazer transmissões online das corridas, Vender as placas de publicidade nos dias de evento para ajudar nas despesas e para melhorar o lado financeiro das categorias.

Mesmo com a crise dá para fazer isso. Como dizia Fernando Pamplona “Tem que se tirar da cabeça do que do Bolso não tem” e tudo que esses caras-de-pau fazem eu sua maioria e continuar no pedestal da arrogância com o navio afundando cada vez mais e o Dirigente faz exatamente ao contraio “Não tenho dinheiro! Não tenho Imaginação! Então pra que mudar? Vamos deixar as coisas assim mesmo!” Dessa forma o Automobilismo Brasileiro tem apenas um caminho… O Fundo do poço!

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: griiip.com
Vídeo: Automoto.it

Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Divulgação Fotos Mercedes Challenge Mercedes-Benz Challenge

MB Challenge: Em prova conturbada Fernando Jr termina na terceira colocação

Published by:

A segunda etapa da Mercedes-Benz Challenge no autódromo internacional de Santa Cruz do Sul foi recheada de acidentes a intervenções do Safety Car.Já na primeira volta valendo o carro de segurança teve que entrar na pista após um acidente na curva um. Na volta ao ritmo de corrida o piloto santacruzense Fernando Junior, que largou em segundo, começou a colocar pressão sobre o líder Lorenzo Varassin.

Fernando pressionou quase todo a corrida e Varassin segurou a primeira posição com muito esforço pois era nítido que o santacruzense tinha melhor carro.”Ontem na classificação estávamos com problemas no carro, mas a equipe fez um excelente trabalho e hoje eu tinha um carro super competitivo em mãos”, destaca. Mas os acidentes no início da reta acabaram por encerrar a corrida em bandeira vermelha. “É meio frustrante saber que a gente tinha carro para buscar uma vitória e terminar a prova prematuramente, mas compreendo que foi uma atitude visando a segurança de todos envolvidos no evento”, lamenta o piloto. “Mesmo com todas as interferências do Safety Car fizemos uma boa prova e a terceira colocação é quase uma vitória em vista dos acontecimentos, o importante é conquistar pontos e sair de Santa Cruz na liderança do campeonato”, finaliza.

Fernando Junior tem a participação na Mercedes-Benz Challenge viabilizada pelo governo do Rio Grande do Sul, através do programa ProEsporte. Xuk Bebidas, Energético Power Land, Pitt Jeans, Transportes Mahler, Motoryama e Adesca são empresas parceiras da iniciativa.

 A próxima etapa acontece em Curitiba no dia 2 de julho.

Resultado da segunda etapa do Mercedes-Benz Challenge

1) 37 Lorenzo Varassin, Cordova Motorsports, CLA, 27min19s475
2) 19 Luiz Carlos Ribeiro, Ourocar Racing, CLA, a 2s710
3) 6 Fernando Junior, WCR, CLA, 2:27.501
4) 60 Betão Fonseca, Center Bus Sambaiba Racing, CLA, M, 2:28.414
5) 20 Roger Sandoval, Mottin Racing, CLA, 2:40.891
6) 90 José Vitte, WCR, CLA, M, 2:43.125
7) 555 Renato Braga, RSports Racing, CLA, 2:45.129
8) 18 Fernando Poeta/A.Buneder Mottin/Sul Racing, CLA, M, 3:03.137
9) 55 Fabio Escorpioni, Hot Car Competições, CLA, 23:04.194
10) 76 Danilo Pinto, Cordova Motorsports, CLA, 3:08.754
11) 225 Max Mohr, Hot Car Competições, C250, M, 3:14.223
12) 73 R. Teixeira/R. Cruvinel, Brandão Motorsport, C250, 3:15.082
13) 27 Paulo Varassin, Cordova Motorsports, CLA, M, 3:40.118
14) 26 Flavio Andrade, Hot Car Competições, C250, M, 3:40.436
15) 12 André Moraes Jr, PGL Racing, C250, 14, 3:48.987
16) 9 Alexandre Navarro, RSports Racing, C250, 3:51.742
17) 65 Claudio Simão, Center Bus Sambaiba Racing, C250, M, 3:52.294
18) 84 Cello Nunes, RSports Racing, C250, 3:53.539
19) 40 Bruno Alvarenga/ Ydenis Souza, RSports Racing, C250, 4:14.212
20) 41 João Lemos, PGL Racing, C250, M, 4:19.965
21) 66 Fernando Pessoa, Center Bus Sambaiba Racing, C250, 1 volta
22) 13 Beto Rossi, Paioli Racing, C250, M, 1 volta
23) 69 Rudinei Sabino, Center Bus Sambaiba Racing, C250, 1 volta
24) 68 Carlos Machado, Center Bus Sambaiba Racing, C250, 1 volta
25) 67 Luiz Barcellos, Center Bus Sambaiba Racing, C250, M, 1 volta
26) 63 C.Lobo/F.Peterson, Center Bus Sambaiba Racing, C250, M, 1 volta
27) 3 Cristian Mohr WCR CLA, 1 volta
Não completaram 75% da prova
28) 64 C.A.Guilherme/S.Kuba, Center Bus Sambaiba Racing, C250, M
29) 15 Raijan Mascarello, Mottin Racing, CLA
30) 88 Fernando Amorim Mottin/Sul Racing, CLA, M
Excluído
31) 10 Pierre Ventura, Cordova Motorsports, CLA

Assessoria Schaefer

Fotos: Claudio Kolodziej

 
Fernando Silva – Administrador
Fone: (51) 9363 -1334
          (51) 3365 – 6843
 
Leila Schaefer – Jornalista
Fone: (51) 9981 1623
Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Coluna F1 Formula 1 Formula indy Formula Júnior Formula RS Fotos Opinião Política Portalsportszone TV Vídeos

Onda Estática – O Abismo do Brasil e do Esporte a Motor – Coluna de Deivison Conceição

Published by:

Esse texto é mais um desabafo de quem esta vendo o país ir para o Buraco ao invés de vim para frente. Antes de tudo eu diria que nessa estrada: Esquerda quebrou a Maquina e a direita leva o Brasil para o abismo, O melhor é discutimos o Brasil levando o país para frente. Antes de tudo eu sou a favor da Austeridade dos políticos! Eles deveriam em momento de Crise baixarem seus salários que são salários altos demais para fazerem tantas leis contra a população.

Caso contraio acho essa PEC 241/55 uma tremenda de uma bobagem pois é austeridade só para o povo e eu sou totalmente a Favor da Ocupação das escolas públicas pois são os estudantes que não tem condições é que estudam lá e que nós pagamos ao governo para darem o direito deles terem uma educação de qualidade, Mas esses governos querem a cada gestão darem uma educação pior! Por isso sou contra essa PEC e a favor dos estudantes que estão fazendo um protesto pacífico e por um ideal, Mas tem gente que prefere a inercia ao invés da atitude de mudar o mundo. Percebem que quando alguém quer mudar essa inércia é criticado e chamado de esquerdopata (Como se todos que não se conformam com a injustiça que essa sociedade cria. (Foi assim com a Isadora Faber e esta sendo assim com a Ana Julia Ribeiro) Se isso acontece com elas é que significa que elas estão no caminho certo de mudar alguma coisa na Educação do Brasil.

E por não fazemos nada (Falando do Automobilismo), Por se quer tentamos algo novo para mudar a realidade é que estamos tendo a crise de falta de pilotos a risco de ficamos sem representante para 2017 aumentou com a saída da Petrobras e do Banco do Brasil. Aposto que tem gente até da imprensa que torce para isso acontecer pois eles vendem o Terror, Preferindo vender isso do que tentarem serem no mínimo otimistas e depois se isso acontecer ele vão falar, Viu! Agente avisou e dai eles vão virar os heróis acabam deixando vários outros que poderiam estar fazendo um bom trabalho pelo automobilismo e pelo esporte a motor.

brasil_domingo_2016_f1-5

Estamos vendo no Brasil principalmente uma Bolsonização do povo o que é perigoso para todos nós nós levando todos para o abismo ao invés de levamos para o progresso por vários fatores, O primeiro deles já foi escancarado a quase 30 anos com esse homem falando do plano de Explodir bombas no Rio Guandu (Um dia de abastecimento de Água no Rio de Janeiro) Publicada da Revista Veja pela Reporter Cassia Maria naquela época e depois ele faltou com a Honra por ter mentido quando o Ministro do Exercito Leonidas Pires Gonçalves que era o Chefe das forças armadas aonde ele falou que a matéria era mentirosa quando o Exercito depois de averiguar tudo acabou sabendo que o que a Veja publicou era verídico, Além de outros absurdos que ele falou naquela época que não vou citar mais estão ai na internet para vocês verem.

Vendo que a sua carreira no Exercito poderia acabar ai é que ele entrou na política e durante 30 anos com seus 7 mandatos de Deputado Federal eu vejo absurdos que ele fala contra os Gays, Mulheres, Negros. Mas para completar essas narrativas dai vem ele no impeachment homenagear Ustra, Um homem que da choques nos mamilos das mulheres que estavam nuas, Vomitadas e Urinadas isso se o Ustra não tinha a cabeça doentia de ter cometido estrupo com as mulheres torturadas. (Basta ver as narrativas Amelinha Teles que foi humilhada por esse monstro) Ele não torturada só mulheres como também homens, Gilberto Natalini falou no Fantástico e que foi torturado por esse homem que o Ustra é uma degeneração da espece Humana.

Quando falamos dele para algum fã desse que o chamam de Mito (Que convenhamos, de mito ele não tem nada) Eles ficam fazendo os chavões de que ele é honesto (Que é uma obrigação de qualquer ser humano), Terror da Esquerda, Que o Ustra foi o Herói do povo Brasileiro que salvou o país de virar Cuba (Quando ele é considerado pela justiça como Torturador) e de todos os outros argumentos que chamo até de tolos para destruir todos os argumentos bem fomentados de quem não considera Bolsonaro como a solução do País. Nisso a maioria das pessoas não usam o Figado (Como muitos dizem que é mais usado o Figado ao invés do Cérebro para falarem de política) para discutir politica e sim os órgãos sexuais tamanha as besteiras que fico vendo na rede, Temos um cérebro? Sim então porque não usamos ele???

A Solução do País é sim mais escolas, Educadores, conhecimento para as crianças, Atividades de Esporte e Lazer. Tudo que for possível acabar com a violência que deve ter investimento, Mas muito mais na prevenção e na Inteligência do que na repreensão e Truculência. Sou também a favor que presos tenham a chance de aprenderem um ofício na cadeia com prisões profissionalizantes que tenham parte desse projeto financiado por empresas para recuperar mesmo uma pessoa para a sociedade.

Uma ótima ideia, Mas dai vem uma pessoa que diz: Isso é uma boa ideia só que tem resultados a longo prazo e nós precisamos de resultados a curto prazo. Só que nunca se tentou isso. Com isso acabo minhas palavras sobre a política (Que esta ficando mais e mais Estressante falar) e vamos começar a falar do automobilismo.

fjrelger

Quando eu falo de Soluções para o Automobilismo ser algo rentável como criamos futuros torcedores levando estudantes para verem as corridas regionais do Automobilismo Brasileiro e isso pode ser expandido para competições nacionais isso não é difícil de ser feito, Tem muitas ideias no Automobilismo Brasileiro que pode ser feitas sem dinheiro, Não existe essa desculpa de não ter dinheiro pois com Organização minimamente decente pode ser conseguir atrair investidores.

Temos como Autódromos no Brasil: Tarumã, Guaporé, Santa Cruz do Sul, Velopark, Goiânia, Curvelo, Interlagos, Curitiba, Londrina, Cascavel, Eusébio, Caruaru, Campo Grande. E temos a combalida prova de Brasília que estão recuperando o autódromo aos poucos (Ainda que Curitiba esta em risco para o futuro)

Temos 13 grandes autódromos aptos no Brasil e outros que são menores e daria tranquilamente para aumentar a Stock Car (Que eu tenho muitas e muitas críticas) e criar um fortissimo campeonato junto com as categorias de acesso a categoria. Mas principalmente poderíamos começar a pensar em um plano de conseguimos fazer categorias de Formula no Brasil para formarmos pilotos para a Formula 1 e Formula Indy, Com uma premiação e que permita que os pilotos possam disputar categorias tanto nos Estados Unidos como na Europa, Com um patrocinador que possa Bancar o próximo passo do jovem piloto igual o que acontece no Road To Indy aonde o piloto que Ganha a USF2000, Mazda e Indy Lights ganha a premiação para subir de categoria e de chegar finalmente para a Formula Indy como aconteceu com o Josef Newgarden, Spencer Pigot e como vai acontecer com o Ed Jones que acertou a entrada na Formula Indy em 2017 pela Dale Coyne.

iowa_2016_indycar (7)

Nessas categorias de Formula no Brasil poderia ter transmissão por Live Stream na internet pelo Youtube, Pode dar no começo 30 pessoas ou menos na transmissão ao vivo? sim, Mas depois vai ter gente vendo a corrida na internet e depois disso esse possível telespectador vai querer saber qual a próxima corrida e vai fara o possível para ver a prova e dai a audiência ao vivo aumenta e com o aumento da visibilidade os patrocinadores vão querer investir na transmissão e também nos pilotos que estiverem no campeonato.

Já dei várias ideias para o Automobilismo Brasileiro, Mas porque ninguém coloca elas em prática??? Porque não querem ou os dirigentes do Automobilismo Brasileiro em sua maioria gostam dessa situação de complacência com a destruição de um esporte que nós deu 8 títulos mundiais de Formula 1, 101 vitórias, 5 campeonatos mundiais de Formula Indy, 7 vitórias nas 500 milhas de Indianápolis entre outras conquistas. A maioria prefere deixar a situação como está.

Taruma_stockcar_2016 (4)

O Resultado disso é em categorias de Formula no Brasil minguados a 10 carros ou até menos, Carros com suas pinturas nos carros sem nenhuma marca de patrocínio, Autódromos as moscas com pouquíssimo público e nenhum interesse de patrocinadores investirem nem em pilotos e nem no esporte e por consequência a maioria dos pilotos que tentam ir para o Automobilismo Internacional  em 2, 3 anos ou encerra a carreira ou voltam para o Brasil para disputarem categorias de Turismo aonde não vão sair mais de lá infelizmente.

Também temos que fazer o Kartismo ficar mais barato e ser mais vezes transmitido na TV aberta e em TV a Cabo para o esporte ser mais transmitido. Claro que teremos pilotos que vão ficar no Kartismo a carreira inteira, Mas tem gente que vai querer subir na carreira e querer patrocinadores, Nesse ponto o Kart em termos de transmissão ao vivo esta até melhor do que as categorias de formula no Brasil.

E principalmente, Temos que criar uma lei aonde 1% dos ganhos das montadoras será obrigatóriamente investido no Automobilismo (Obrigaria eles a investirem 1% dos lucros para a Educação, 1% para a Saúde e outros 2% para reflorestar as florestas e preservar os Índios que restaram e que são os verdadeiros donos da terra)

brasil_domingo_2016_f1-8

Eu vou colocar todas as ideias aqui para vocês verem e vamos começar a pressionar a todos que colaboram com essa situação lamentável agirem ou então que se troque essas pessoas para lutarem pelo nosso esporte. Acho oportuno que com a emocionante despedida do Felipe Massa dos torcedores de Interlagos e os 2 pontos que praticamente salvaram a Sauber de ficar sem os 35 milhões de Dólares do prêmio do 10ºlugar no mundial de Construtores de Felipe Nasr chegando em 9ºlugar que depois da corrida falou que é Brasileiro e que não desistiria jamais! Que lutemos agora ou no futuro nada mais vai nós restar do que o ódio para o Brasil.

Sugestão para o automobilismo Brasileiro: Formula Indy Brasil

Por causa de uma Brida Gustavo Camilo não corre mais na Formula RS

Que tal uma proposta nova de campeonato : Brasil Le Mans Series

Coluna de Deivison da Conceição: A Acomodação e a cegueira de Marketing do Automobilismo Brasileiro

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu site

Sua Opinião ou sugestão do que se pode fazer para melhorar o Automobilismo no Brasil?

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams/Sauber/Blog do Passatão/Indy Car/Stock Car
Vídeo: Esmael Morais

Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Divulgação Fotos Mercedes Challenge Mercedes-Benz Challenge

MB Challenge: Cristian Mohr desembarca em Goiânia em busca do top três

Published by:

O autódromo Internacional de Goiânia recebe, neste fim de semana, a penúltima etapa da Mercedes-Benz Challenge. O piloto da WCR Team, Cristian Mohr, chega confiante ao circuito goianense após a primeira vitória na categoria CLA/AMG, no autódromo de Curitiba.

O catarinense corre com o foco em uma nova vitória, e também busca alcançar o top três na classificação geral do campeonato. “Estamos com o carro bem acertado, um entrosamento na equipe agora consolidado”, ressalta Mohr. Após a vitória em Curitiba o piloto espera pelo menos conquistar um pódio em Goiânia. “Expectativa com a prova é boa, com chances de ganhar inclusive e chances de pódio mais ainda”, destaca.

“No campeonato é um pouco diferente, estou em quinto na classificação com apenas sete pontos de diferença para o terceiro lugar, quinze para o segundo e trinta e quatro atrás do líder, ou seja, para ficar em terceiro temos chances reais, para o vice campeonato também temos boas chances, ainda mais que a última prova tem pontuação dobrada”, projeta Mohr. “Para ser campeão eu tenho que ganhar as duas, temos contar muito com a sorte”, calcula.

Mohr projeta ainda buscar o vice campeonato até o final da temporada. “Para esse ano mediante todos os problemas que tivemos no início da temporada, com equipe, com acerto de carro e um pouco de falta de sorte, enfim uma série de coisas que atrapalharam nossa pontuação no campeonato na primeira metade da temporada, acho que se ainda conquistarmos o vice campeonato é um belo resultado”, salienta.

O piloto conhece bem o autódromo e já venceu uma corrida em Goiânia, na época que corria na C250Cup. “Gosto muito do autódromo, é um circuito onde já consegui uma vitória. Pensamento positivo e vamos para cima, vamos buscar o caneco lá”, finaliza Mohr.

A prova em Goiânia está marcada para o meio dia de domingo, 6 de novembro, com transmissão da BandSports.

Assessoria Schaefer

Fotos: Claudio Kolodziej



 
Fernando Silva – Administrador
Fone: (51) 9363 -1334
          (51) 3365 – 6843
 
Leila Schaefer – Jornalista
Fone: (51) 9981 1623