Moto 3 na Argentina: Marco Bezzecchi conquista primeira vitória com Autoridade sobre pista Molhada

Treino oficial da moto 3, Foi disputado sob condições difíceis em Termas de Rio Hondo e que acabou tendo um grid bem surpreendente.

A começar pelo começo do treino que foi marcada pela disputa entre os pilotos Tony Arbolino da Marinelli, Ao impressionante piloto da Asia Honda Team Nakarin Atiratphuvapat da Tailândia e o piloto Argentino Gabriel Rodrigo.

Os dois primeiros vinham juntos na pista enquanto que o piloto da Casa com sua RBA Racing vinha com uma outra turma, Quando Arbolino e Atiratphuvapat baixavam seus tempos, Segundos depois Gabriel Rodrigo respondia com um tempo a altura, todos eles estavam aproveitando melhor as condições de pista secando.

A partir do meio do treinamento, Marco Bezzecchi, Tatsuki Suzuki, Aron Canet, Albert Arenas, Enea Bastianini começaram a fazer voltas mais rápidas e entrarem na disputa pela pole position.  Com destaque para Bezzecchi e Suzuki que chegaram a ficar nas 2 primeiras posições. Albert Arenas com a moto da Angel Nieto também chegou a estar na segunda posição. Alguns pilotos que vinham de anos fracos devido a estarem com as motos da KTM e Pegueot estavam aparecendo muito bem na Classificação.

Andrea Migno que vinha em 8ºlugar, Acabou fazendo o mais difícil, Conseguiu segurar a moto após perder a curva, deu a volta de maneira correta e quando ele volta a pista acabou caindo. Coisa que ele evitou de fazer. (No final acabou falhando no mais fácil depois de superar o mais difícil dos desafios)

Faltando 15 minutos para o final da classificação: Com Bezzecchi na ponta, Rodrigo em Segundo e Norrodin em 3º, Tony Arbolino Foi para a pista continuaram na disputa e marcou um grande treino com 1:54.020 a tal confiança dele na pista fez ele melhorar ainda mais seu tempo. O 1:53.782 marcado pelo piloto da Marinelli a 12 minutos do final acabou sendo inalcançável , Os outros pilotos principalmente a turma de trás, foram para a pista melhorarem seus tempos. Mas não tiveram grandes mudanças, A 10 minutos do final começa a chover em Rio Hondo o que acabou praticamente selando a primeira pole position, Era impressionante a facilidade e a confiança que o piloto Italiano teve no treino inteiro, Foi a primeira pole da sua carreira.

Marco Bezzecchi mostrando seu talento escondido pelo finado equipamento da Mahindra em 2017. Vai largar na 2ªposição, Seu melhor grid da carreira, O dono da Casa Gabriel Rodrigo da RBA completa a primeira fila. Na segunda Fila largam: Adam Norrodin (O malaio que tem um dívida a pagar com esse circuito), Enea Bastianini da Leopard Racing e Fabio di Giannantonio da Gresini Racing. Niccolo Antonelli, Aron Canet, O líder do campeonato Jorge Martin e Andrea Migno completaram os 10 primeiros colocados no Grid de largada da 2ªEtapa do Mundial de Motovelocidade.

Grid de largada do Mundial de motovelocidade
Moto 3 – 2ªEtapa – GP da Argentina (Termas de Rio Hondo)

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda 1’53.782
2 12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM 1’54.088
3 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM 1’54.330
4 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda 1’54.346
5 33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda 1’54.361
6 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’54.363
7 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda 1’54.366
8 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 1’54.380
9 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 1’54.388
10 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’54.562
11 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM 1’54.568
12 75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM 1’54.649
13 71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda 1’54.799
14 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM 1’54.988
15 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda 1’55.323
16 11 Livio Loi Reale Avintia Academy KTM 1’55.458
17 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM 1’55.514
18 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM 1’55.516
19 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 1’55.604
20 65 Philipp Ottl Sudmetal Schedl GP Racing KTM 1’55.800
21 72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda 1’55.982
22 17 John McPhee CIP – Green Power KTM 1’56.107
23 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 1’56.176
24 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 1’56.222
25 40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM 1’56.333
26 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM 1’56.478
27 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 1’57.976
28 76 Makar Yurchenko CIP – Green Power KTM 2’00.087

Na prova da Moto 3, em uma pista melada. Jorge Martin e Phillip Oettl foram para os boxes e decidiram largar dos boxes (provavelmente apostando em pneus de pista seca) Era indicio de uma corrida cheia de alternativas.

Na largada, Marco Bezzecchi passou para a liderança com Gabriel Rodrigo querendo a 2ªposição foi para cima de Enea Bastianini e conseguindo o objetivo no final da primeira volta. Já Oettl e Martin largaram 40 segundos depois, Praticamente ficando sem qualquer chance de um bom resultado para ambos. Outro que saiu da disputa foi Tatsuki Suzuki que caiu nas primeiras curvas da primeira volta.

Bezzecchi desde da primeira volta abria diferença para os demais com volta mais rápida em cima de Volta mais rápida. Enquanto isso Tony Arbolino despencou para a 19ªposição.

Fabio di Giannatonio e Gabriel Rodrigo disputavam curva a curva o 2ºlugar acompanhados por Adam Norrodin, Jamie Masia, Aron Canet, Enea Bastianini, Lorenzo dalla Porta, Niccolò Antonelli e Andrea Migno que completavam os 10 primeiros colocados na 4ªVolta. Melhor para o piloto da Gresini que se consolidou na segunda posição, Mas já vinha a mais de 4 segundos atrás de Bezzecchi que vinha tranquilo na liderança.

O Cazaque Makar Yurchenko, sem nada a perder faz a parada nos boxes para colocar pneus de pista seca. Os esses mesmos pneus quem vinha voando Baixo era Jorge Martin que vinha 2 segundos mais rápido que Bezzecchi . Na briga pelo segundo lugar, Aron Canet crescia na segunda metade de corrida e começava a partir para cima de Di Giannatonio e Masia pelo segundo lugar o que era a posição possível para os outros pilotos nessa altura da prova.

Jaime Masia foi para o ataque, Ultrapassou a Fabio di Giannatonio a 8 Voltas do final assumindo o 2ºlugar Enquanto isso o piloto da Casa Gabriel Rodrigo estava longe dessa disputa, Perdendo o 6ºlugar para o Italiano Dennis Foggia e tendo que segurar o 7ºlugar dos ataques de Niccolò Antonelli. Na Reta final de prova os pneus de pista seca funcionavam bem melhor que os pneus de pista molhada, Mas Jorge Martin vinha em 24ºlugar e Yurchenko estava na última posição. Não tinham a menor chance de fazer frente aos líderes.

Continuava a briga entre Di Giannantonio, Masla e Canet disputavam o 2ºlugar intensamente. Mais atrás Migno, Mc Phee, Arenas, Binder disputavam ferozmente posições intermediárias

A 5 voltas do final, Canet e Di Giannantonio brigavam pelo 2ºlugar com Norrodin e Masia na espera com o que poderia acontecer, Lá na frente Bezzecchi estava administrando a vitória. Com 7.2 segundos a frente. Mais atrás Brad Binder e Albert Arenas acabaram no chão, Sendo que o primeiro foi derrubado pelo Toba e o outro acabou caindo após o toque com o Escocês John McPhee.

A três voltas do final, Dennis Foggia cai e abandona a prova. Jorge Martin vinha em 17º e estava perto da disputa por zona de pontuação a 2 voltas do final da prova.

Canet assumiu a segunda posição definivivamente, Fabio Giannantonio vinha disputando o 3ºlugar com Jaime Masia que acabou indo com muita vontade para cima do piloto da Gresini, Tocou no italiano e acabou indo para o Chão.

Marco Bezzecchi liderou de ponta a ponta e conquistou sua primeira vitória da sua carreira no Mundial de Motovelocidade. Sob Chuva, O piloto da equipe Redox PruestelGP mostrou seu talento que ele não pode demonstrar com a Mahindra em 2017. Aron Canet segurou o segundo lugar e Fabio Di Giannantonio completou o pódio com sua Gresini.

Enea Bastianini cresceu no final da corrida e levou a moto da Leopard Racing para um digno 4ºlugar. A frente de Adam Norrodin, Faltou um pouco de moto para o piloto da Malásia. Fechando os 6 primeiros colocados veio o Espanhol Alonso Lopez, Em sua segunda corrida no Mundial, Já consegue colocar-se entre os 6 primeiros colocados.

Lorenzo Dalla Porta não fez uma corrida tão impressionante do que a prova de Losail, Mesmo assim fez uma boa corrida chegando em 7ºlugar, Igualmente com o Italiano Niccolò Antonelli que chegou logo a seguir. O dono da casa Gabriel Rodrigo chegou a ficar em 2ºlugar, Porém acabou caindo e caindo até acabar apenas em 9ºlugar.

Tony Arbolino que começou muito mal, Acabou subindo no final e acabou completando no 10ºlugar. A se destacar a corrida de recuperação de Jorge Martin que ficou a 40 segundos atrás de Bezzecchi no começo da corrida e acabou se recuperando. Principalmente no final da prova quando ele entrou na zona de pontuação, Fechando a prova em 11ºlugar.

Marcos Ramirez, Andrea Migno, Jakub Kornfeil e Livio Loi completaram a zona de pontuação.

Resultado final do Mundial de motovelocidade
Moto 3 – 2ªEtapa – GP da Argentina (Termas de Rio Hondo)

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM 41’43.822
2 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda a 4.689
3 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda a 4.963
4 33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda a 5.818
5 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda a 9.112
6 72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda a 13.349
7 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda a 13.925
8 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda a 14.363
9 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM a 16.573
10 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda a 24.299
11 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda a 25.373
12 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM a 26.060
13 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM a 26.376
14 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM a 26.488
15 11 Livio Loi Reale Avintia Academy KTM a 26.537
16 71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda a 29.252
17 17 John McPhee CIP – Green Power KTM a 32.937
18 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda a 33.892
19 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda a 37.665
20 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM a 38.202
21 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda a 1’02.305
22 40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 1’17.384
23 65 Philipp Ottl Sudmetal Schedl GP Racing KTM a 1’36.986
24 76 Makar Yurchenko CIP – Green Power KTM 1 Volta
5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM 2 Voltas
10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM 3 Voltas
75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM 4 Voltas
8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 5 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP