Portal Sportszone » Blog Archives

Tag Archives: Adrian Arturo YacopinI

Dakar Dakar 2018 Fotos Off-Road Rally

Caminhões no Dakar: Kamaz domina 5ºdia e Nikolaev dispara na ponta do Dakar 2018

Published by:

O Trio Russo formado por Airat Mardeev/Aybar Belyaev/Dmitry Svistunov conquistou a vitória no estágio de San Juan de Marcona até Arequipa. Em um dia aonde a Kamaz dominou o estágio, Com 3 dos 4 trios Russos nas 3 primeiras posições.

Dmitry Sotnikov ficou em 2ºlugar e Eduard Nikolaev ficou com o 3ºlugar a 4 minutos e 33 segundos dos vencedores, Mas em relação a sua luta pelo título com o Argentino Federico Villagra dai a vantagem do piloto da Kamaz e sua turma foi de 21 minutos e 10 segundos. Os Argentinos ficaram apenas em 9ºlugar com o Caminhão da Iveco. Na Classificação Geral a diferença entre os dois esta em 58 minutos e 5 segundos a favor de Nikolaev/Yakovlev/Rybanov.

Ton von Genugten ficou com o 4ºlugar na especial com o primeiro caminhão da Iveco. Em 5ºlugar ficou com o Cazaque Artur Ardavichus também com o caminhão da Iveco.

Apesar da monopólio da Kamaz dos 3 primeiros lugares. As 5 primeiras posições na classificação geral estão entregues a 5 marcas de caminhões diferentes: Kamaz em 1º com Nikolaev, Iveco em 2º com Villagra, MAZ em 3º com Siarhei Viazovich, Liaz com Martin Macik em 4º e em 5ºlugar o caminhão Japonês da Hino com Terohito Sugawara.

Resultado Final – 5ªEtapa do Dakar 2018

POS. Piloto Caminhão Tempo
1 507 Airat Mardeev (Rússia) 4326 KAMAZ 03H 32′ 39”
Aydar Belyaev (Rússia)
Dmitriy Svistunov (Rússia)
2 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) 4326 KAMAZ + 00H 03′ 56”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)
3 500 Eduard Nikolaev (Rússia) 4326 KAMAZ + 00H 04′ 33”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
4 509 Ton Von Genugten (Holanda) POWERSTAR IVECO + 00H 05′ 30”
Bernard Der Kinderen (Holanda)
Peter Willemsen (Bélgica)
5 508 Artur Ardavichus (Cazaquistão) POWERSTAR IVECO + 00H 13′ 24”
Michel Huisman (Holanda)
Serge Bruynkens (Bélgica)
6 505 Martin Kolomy (República Tcheca) Tatra Phoenix + 00H 20′ 47”
Jiri Stross (República Tcheca)
Rostislav Plny (República Tcheca)
7 503 Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) 5309RR MAZ + 00H 21′ 39”
Dzmitry Vikhrenko (Bielorussia)
Anton Zaparoshchanka (Bielorussia)
8 518 Aliaksei Vishneuski (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00H 24′ 34”
Maksim Novikau (Bielorussia)
Andrei Neviarovich (Bielorussia)
9 501 Federico Villagra (Argentina) POWERSTAR IVECO + 00H 25′ 43”
Ricardo Adrian Torlaschi (Argentina)
Adrian Arturo Yacopini (Argentina)
10 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00H 25′ 56”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
11 511 Terohito Sugawara (Japão) HINO 500 Series + 00H 32′ 07”
Mitsugu Takahashi (Japão)
12 517 Gert Huzink (Holanda) Renault K520 + 00H 35′ 10”
Rob Buursen (Holanda)
Martin Roesink (Holanda)
13 510 Martin Macik (República Tcheca) LIAZ 111.154 + 00H 57′ 16”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)  

 

Classificação Geral:

POS. Piloto Caminhão Tempo
1 500 Eduard Nikolaev (Rússia) 4326 KAMAZ 15H 59′ 39”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
2 501 Federico Villagra (Argentina) POWERSTAR IVECO + 00H 58′ 05”
Ricardo Adrian Torlaschi (Argentina)
Adrian Arturo Yacopini (Argentina)
3 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) 5309RR MAZ + 02H 43′ 46”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
4 510 Martin Macik (República Tcheca) LIAZ 111.154 + 03H 15′ 40”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)
5 511 Terohito Sugawara (Japão) HINO 500 Series + 03H 24′ 08”
Mitsugu Takahashi (Japão)
6 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) 4326 KAMAZ + 03H 57′ 00”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)
7 507 Airat Mardeev (Rússia) 4326 KAMAZ + 04H 03′ 15”
Aydar Belyaev (Rússia)
Dmitriy Svistunov (Rússia)
8 508 Artur Ardavichus (Cazaquistão) POWERSTAR IVECO + 04H 21′ 22”
Michel Huisman (Holanda)
Serge Bruynkens (Bélgica)
9 509 Ton Von Genugten (Holanda) POWERSTAR IVECO + 04H 31′ 26”
Bernard Der Kinderen (Holanda)
Peter Willemsen (Bélgica)
10 516 Maurik Van Der Heuvel (Holanda) SCANIA Torpedo + 05H 14′ 52”
Wilko Van Oort (Holanda)
Martijn Van Rooij (Holanda)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar

Dakar Dakar 2018 Fotos Off-Road Rally

Caminhões: Argentinos conquistam vitória no 3ºdia do Dakar 2018

Published by:

Federico Villagra junto de Ricardo Adrian Torlaschi e Adrian Arturo Yacopini conquistaram a vitória no terceiro dia do Dakar de Pisco a San Juan de Marcona. Uma vitória suada com 35 segundos a frente dos líderes Eduard Nikolaev, Evgeny Yakovlev,Vladimir Rybakov com o caminhão da Kamaz. Em terceiro lugar ficaram os também Russos da Kamaz Airat Mardeev, Aydar Belyaev, Dmitriy Svistunov. O trio da Liaz formado pelo Martin Macik, Frantisek Tomasek, Michal Mrkva foram muito bem. O Trio tcheco levou o único caminhão da Marca ao um belíssimo 4ºlugar a 13 minutos e 18 segundos do vencedor.

Em 5º e 6ºLugares ficaram os pilotos Aliaksei Vishneuski e Siarhei Viazovich. Ambos com o caminhão da Equipe Maz. Nikolaev lidera na geral com 8 minutos e 58 segundos a frente de Federico Villagra. Aliaksei Vishneuski em 3ºlugar já vem a mais de 50 minutos dos líderes. Parece estar se formando uma polarização entre Os Russos e os Argentinos, E mais um ano em que Kamaz e Iveco travam uma batalha pelo título.

POS. Piloto Caminhão Tempo
1 501 Federico Villagra (Argentina) POWERSTAR IVECO 03H 56′ 37”
Ricardo Adrian Torlaschi (Argentina)
Adrian Arturo Yacopini (Argentina)
2 500 Eduard Nikolaev (Rússia) 4326 KAMAZ + 00H 00′ 35”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
3 507 Airat Mardeev (Rússia) 4326 KAMAZ + 00H 04′ 09”
Aydar Belyaev (Rússia)
Dmitriy Svistunov (Rússia)
4 510 Martin Macik (República Tcheca) LIAZ 111.154 + 00H 13′ 18”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)
5 518 Aliaksei Vishneuski (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00H 24′ 27”
Maksim Novikau (Bielorussia)
Andrei Neviarovich (Bielorussia)
6 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00H 25′ 05”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
7 531 Janus Van Kasteren (Holanda) RENAULT TRUCKS K520 + 00H 40′ 15”
Wouter De Graaff (Holanda)
Rijk Mouw (Holanda)
8 517 Gert Huzink (Holanda) Renault K520 + 00H 41′ 03”
Rob Buursen (Holanda)
Martin Roesink (Holanda)
9 506 Martin Van Den Brink (Holanda) RENAULT TRUCKS  K520 + 00H 46′ 37”
Wouter Rosegaar (Holanda)
Daniel Kozlovsky (República Tcheca)
10 511 Terohito Sugawara (Japão) HINO 500 Series + 00H 51′ 20”
Mitsugu Takahashi (Japão)

Classificação Geral Após 3 Estágios:

POS. Piloto Caminhão Tempo
1 500 Eduard Nikolaev (Rússia) 4326 KAMAZ 07H 47′ 19”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
2 501 Federico Villagra (Argentina) POWERSTAR IVECO + 00H 08′ 58”
Ricardo Adrian Torlaschi (Argentina)
Adrian Arturo Yacopini (Argentina)
3 518 Aliaksei Vishneuski (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00H 52′ 34”
Maksim Novikau (Bielorussia)
Andrei Neviarovich (Bielorussia)
4 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00H 53′ 32”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
5 510 Martin Macik (República Tcheca) LIAZ 111.154 + 01H 01′ 24”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)
6 506 Martin Van Den Brink (Holanda) RENAULT TRUCKS  K520 + 01H 13′ 42”
Wouter Rosegaar (Holanda)
Daniel Kozlovsky (República Tcheca)
7 504 Ales Loprais (República Tcheca) T-815 – QUEEN 69 TATRA + 01H 31′ 18”
Lukas Janda (República Tcheca)
Ferran Marco Alcayna (Espanha)
8 509 Ton Von Genugten (Holanda) POWERSTAR IVECO + 01H 42′ 49”
Bernard Der Kinderen (Holanda)
Peter Willemsen (Bélgica)
9 511 Terohito Sugawara (Japão) HINO 500 Series + 01H 43′ 19”
Mitsugu Takahashi (Japão)
10 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) 4326 KAMAZ + 01H 46′ 44”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar

Dakar Dakar 2018 Fotos Off-Road Rally

Eduard Nikolaev vence 2ªEspecial do Dakar, Trio Argentino fica em 2º

Published by:

Dlu3xdxi o

O Trio Russo liderado por Eduard Nikolaev com o co-piloto Evgeny Yakovlev e o Mecânico Vladimir Rybakov conquistou a vitória em Pisco, no Peru. Com o potente caminhão da Kamaz que domina a categoria em quase todos os últimos anos.

Mesmo com esse domínio, Existe uma forte oposição da Iveco e de outras marcas. O Trio Argentino formado por Federico Villagra, Ricardo Adrian Torlaschi e Adrian Arturo Yacopini ficou em 2ºlugar a 3 minutos e 25 segundos dos vencedores. Só não estão na vice-liderança por causa do primeiro dia fraco, Aonde eles perderam 17 minutos em relação aos vencedores.

Dqmbnbew o

O trio que esta em segundo lugar na Geral são dos Tchecos Alex Loprais e Lukas Janda e do Espanhol Ferran Marco Alcayna com o caminhão da Tatra. Ficando em 3ºlugar na Especial e logo atrás de Nikolaev (A 5 minutos e 38 Segundos), Os Argentinos estão a 9 minutos e 33 segundos em 3ºlugar.

Martin Kolomy leva o outro caminhão da Tatra em 4ªlugar e Tom van Genugten com a Iveco completando os 5 primeiros lugares. A Se Destacar os dois caminhões da MAZ em 6ºlugar com o jovem Aliaksei Vishneuski  e em 7ºlugar com o Siarhei Viazovich.

Skaqn9xc o

Resultado da 2ªEspecial do Dakar 2018
Pisco – Caminhões – 279 km

POS. Piloto Caminhão Tempo
1 500 Eduard Nikolaev (Rússia) Kamaz 03H 24′ 23”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
2 501 Federico Villagra (Argentina) IVECO + 00H 03′ 25”
Ricardo Adrian Torlaschi (Argentina)
Adrian Arturo Yacopini (Argentina)
3 504 Ales Loprais (República Tcheca) Tatra + 00H 06′ 07”
Lukas Janda (República Tcheca)
Ferran Marco Alcayna (Espanha)
4 505 Martin Kolomy (República Tcheca) Tatra + 00H 11′ 11”
Jiri Stross (República Tcheca)
Rostislav Plny (República Tcheca)
5 509 Ton Von Genugten (Holanda) Iveco + 00H 20′ 08”
Bernard Der Kinderen (Holanda)
Peter Willemsen (Bélgica)
6 518 Aliaksei Vishneuski (Bielorussia) MAZ + 00H 26′ 21”
Maksim Novikau (Bielorussia)
Andrei Neviarovich (Bielorussia)
7 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) MAZ + 00H 27′ 45”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
8 506 Martin Van Den Brink (Holanda) Renault + 00H 27′ 47”
Wouter Rosegaar (Holanda)
Daniel Kozlovsky (República Tcheca)
9 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) Kamaz + 00H 39′ 42”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)
10 510 Martin Macik (República Tcheca) Liaz + 00H 44′ 47”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)

Classificação Geral

POS. Piloto Caminhão Tempo
1 500 Eduard Nikolaev (Rússia) Kamaz 03H 50′ 07”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
2 504 Ales Loprais (República Tcheca) Tatra + 00H 05′ 38”
Lukas Janda (República Tcheca)
Ferran Marco Alcayna (Espanha)
3 501 Federico Villagra (Argentina) IVECO + 00H 09′ 33”
Ricardo Adrian Torlaschi (Argentina)
Adrian Arturo Yacopini (Argentina)
4 505 Martin Kolomy (República Tcheca) Tatra + 00H 13′ 07”
Jiri Stross (República Tcheca)
Rostislav Plny (República Tcheca)
5 509 Ton Von Genugten (Holanda) Iveco + 00H 20′ 50”
Bernard Der Kinderen (Holanda)
Peter Willemsen (Bélgica)
6 506 Martin Van Den Brink (Holanda) Renault + 00H 27′ 40”
Wouter Rosegaar (Holanda)
Daniel Kozlovsky (República Tcheca)
7 518 Aliaksei Vishneuski (Bielorussia) MAZ + 00H 28′ 42”
Maksim Novikau (Bielorussia)
Andrei Neviarovich (Bielorussia)
8 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) MAZ + 00H 29′ 02”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
9 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) Kamaz + 00H 41′ 01”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)
10 510 Martin Macik (República Tcheca) Liaz + 00H 48′ 41”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar

Dakar Dakar 2017 Fotos Off-Road Rally

Avaliação dos Pilotos – Dakar 2017 – Categoria Caminhões e UTV

Published by:

Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgeny Yakovlev (Rússia) / Vladimir Rybakov (Rússia)

Após um 2016 frustante ficando apenas em 7ºlugar Eduard Nikolaev junto de Evgeny Yakovlev e Vladimir Rybakov recuperou o campeonato que se perdeu no ano passado. O Trio russo da Kamaz começou a disputar o campeonato quando ganhou na 3ªEtapa. E depois de um Dakar inteiro disputando com os pilotos da Iveco (Com o Campeão Gerard de Rooy e o trio Argentino) e com Sotnikov/Akhmadeev/ Leonov com a Kamaz pelo campeonato, Nos três últimos estágios é que se definiu o campeonato para o piloto de 32 anos e para seus companheiros com 3 vitórias no que acabou fazendo mais uma vez Nikolaev o campeão de 2017 junto de Yakovlev e Rybakov em um título merecido que fez a Kamaz retornar ao domínio do Dakar.

Dmitry Sotnikov (Rússia) / Rusian Akhmadeev (Rússia) / Igor Leonov (Rússia)

Sem um grande resultado juntos (Apenas Akhmadeev conseguiu um vice-campeonato com Nikolaev em 2015 e Igor Leonov em 3ºlugar com Karginov no mesmo ano) Vieram para o Dakar sem grandes expectativas e dai no decorrer do Rally o trio mostrava bons resultados chegando a um 2ºlugar no 2ºEstágio e após 4 etapas acabaram por assumir a liderança na Geral.

Essa liderança seria mais uma vez alcançada na 8ªEtapa. Uma etapa antes eles voltaram a liderança dos caminhões. Poderia até ter conseguido o campeonato, Mas Nikolaev acabou com a parada e Sotnikov não conseguiu reverter a parada a favor dele. Um vice-campeonato para um trio que não estava na lista dos candidatos ao título e fazendo a dobradinha da Kamaz em 2017.

Gerard de Rooy (Holanda) / Moises Torrallardona (Espanha) / Darek Rodewald (Polônia)

Em busca de seu terceiro campeonato Gerard de Rooy manteve o trio vencedor de 2016 que é o trio mais miscigenado com um Holandês, Um Espanhol e um Polonês quando geralmente os trios são do mesmo país e nesse caso é uma quebra de tendência. O Trio com a Iveco teve problemas em alguns estágios como o 3º aonde eles ficaram em 17ºLugar perdendo 30 minutos caindo para o 13ºlugar. Em dois dias De Rooy ganhou 2 estágios e acabou voltando a liderança do Dakar.

Pena que para o time comandado pelo Holandês acabou não conseguindo mais vitórias no estágio e aos poucos os Trios da Kamaz começavam a dominar o Dakar e logo os pilotos da Iveco foram perdendo terreno e ficando no 3ºlugar que acabou sendo a posição de De Rooy, Torrallardona e Rodewald até o final do Dakar representando a Iveco no pódio. Depois de 2016 com a taça agora vão ter de recuperar essa taça em 2018.

Federico Villagra (Argentina) / Adrian Arturo Yacopini (Argentina) / Ricardo Adrian Toriaschi (Argentina)

Federico Villagra que levou a Argentina para o pódio inédito nos caminhões. Para esse ano Villagra era o único a tentar melhorar esse retrospecto. Os outros dois pilotos eram os pilotos que estavam nos carros os também Argentinos Adrian Arturo Yacopini como copiloto e o mecânico Ricardo Adrian Toriaschi. O Dakar do novo trio que representava os nossos hermanos foi muito bom com seu caminhão Iveco com a estrutura da equipe de Gerard de Rooy. Com 2 vezes batendo na trave para vencer um estágio e outros duas vezes ficando em 3ºlugar os Argentinos fizeram um bom papel.

Dois estágios fracos sendo um deles em 15ºlugar (Na 5ªEtapa) acabou por comprometer o sonho de um novo pódio que para Villagra, Yacopini e Toriaschi escaparem diante dos dedos dos sul-americanos por causa de menos de 20 minutos sobre o patrão Gerard de Rooy e sua trupe. Mas devemos salientar a importância de temos um trio sul-americano no Dakar fazendo muito bonito o que pode incentivar a mais tiros sul-americanos para as próximas edições no Dakar.

Airat Mardeev (Rússia) / Aydar Belyaev (Rússia) / Dmitriy Svistunov (Rússia)

Os campeões de 2015 o trio da Kamaz Airat Mardeev com seu copiloto Aydar Belyaev e o Mecânico Dmitriy Svistunov tiveram um Dakar para se esquecer. Com problemas nos 3 primeiros dias ele ficaram de fora dos 10 primeiros colocados que o fizeram terminar em 14ºlugar. A Partir dai os pilotos russos da Kamaz recuperaram em alguns estágios com um 2ºlugar (4ºEstágio) e um 3ºlugar (5ºEstágio). Parecia que Mardeev iria conseguir disputar o título.

Mas no 8ºestágio é que matou completamente a possibilidade de título aonde eles perderam um tempão com um desastroso 39ºlugar no dia caindo para o 10ºlugar bem longe do título. Na parte final nas três últimas corridas o trio conquistou top 3 o que acabou fazendo eles terminarem em 5ºlugar a 2 horas e 26 minutos dos vencedores do Dakar. O que é pouco para quem achou que iria disputar o título.

Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorússia) / Anton Zaparoshchanka (Bielorússia)

Um Dakar muito discreto para o trio Bielo-russo que começaram lá atrás desde do começo até o 7ºEstágio de Fora dos 10 primeiros colocados na geral, Na Segunda parte o piloto Aleksandr Vasilevski, seu copiloto Dzmitry Vikhrenka  e o mecânico Anton Zaparoshchanka com o caminhão da MAZ conseguiram melhorar o desempenho e foram subindo rapidamente do 11ºlugar para o 7º em apenas um dia.

Na parte final ganharam mais uma posição e acabaram o Dakar a 8 minutos do trio que foi 5ºlugar no Dakar. Os melhores resultados nos Estágios foram 2 resultados em 6ºlugar. mesma posição da classificação geral que foi o melhor resultado pessoal deles no evento.

UTV

Leandro Torres (Brasil) / Lourival Roldan (Brasil)

Os Brasileiros Leandro Torres e Lourival Roldan em sua primeira oportunidade na nova categoria que surgiu no Dakar eles aproveitaram a possibilidade e usando da regularidade eles assumiram a liderança na geral a partir da 5ªEtapa para não perder mais e se tornarem os primeiros Brasileiros campeões do Dakar. Foram 2 vitórias e 9 resultados entre os 3 primeiros colocados.

Parabéns aos Brasileiros por colocarem seu nome na história do Dakar como os primeiros campeões dos UTV e por colocarem o nome deles na história do Automobilismo off-road Brasileiro.

Polaris vs Yamaha

Foi um banho da Polaris sobre a Yamaha. Enquanto que todos os carros da fábrica Norte-americana estavam vivos e ficaram vivos até o final do Dakar os UTV Japoneses da Yamaha já estavam todos fora da disputa depois da 5ªEtapa. Ou seja, Nem teve disputa. Na verdade foi um massacre completo. Só espero que tenhamos mais UTV para 2018.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar / velocidades.pt / newsportevents.pt / Caminhoes e Carretas

Dakar Dakar 2017 Fotos Off-Road Rally TV Vídeos

Dakar na sua última etapa – Brasileiros conquistam título no UTV, a Lenda Peterhansel leva a 13ªTaça de Campeão, Russos levam nos Caminhões e nos quadriciclos e a KTM vai para a 16ªConquista seguida nas Motos

Published by:

Na última etapa do Dakar tivemos a disputa pelo pódio entre o espanhol Gerard Farres Guell e o Francês Adrien Van Beveren que após 64 km eles empataram no tempo dividindo a vitória. Nos Décimos o Francês venceu, Mas o Espanhol conquistou o pódio ficando com o 3ºlugar completando a trinca da KTM com a Vitória na Geral de Sam Sunderland que ficou em 5º na etapa e com o segundo lugar de Matthias Walkner que ficou em 4º na Etapa logo atrás de Joan Barreda Boat que teria vencido o Dakar se não tivesse a penalização de 1 hora porque a Honda acabou reabastecendo as motos da equipe oficial em lugar proibido.

A Fábrica Japonesa entrou na justiça para reverter a punição. Se conseguir isso o pódio do Dakar muda para Barreda Boat e Paulo Gonçalves fazendo dobradinha da Honda e vai jogar Sam Sunderland para o Terceiro lugar. Diego Martin Duplessis, Jose Carlos Salvatierra (que quase ficou entre os 10 primeiros na Geral), Michael Metge e o melhor Argentino do Dakar Franco Caimi completaram os 10 primeiros da Etapa.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Motos

1. 06 Adrien Van Beveren (Yamaha-França) 30:29
2. 08 Gerard Farres Guell (KTM-Espanha) a 0:00
3. 11 Joan Barreda Boat (Honda-Espanha) a 0:18
4. 16 Matthias Walkner (KTM-Áustria) a 0:33
5. 17 Paulo Gonçalves (Honda-Portugal) a 1:25
6. 14 Sam Sunderland (KTM-Inglaterra) a 1:42
7. 34 Diego Martin Duplessis (KTM-Argentina) a 2:16
8. 32 Jose Carlos Salvatierra (KTM-Bolívia) a 3:00
9. 15 Michael Metge (Honda-França) a 3:01
10.67 Franco Caimi (Honda-Argentina) a 3:07
11.19 Laia Sanz (KTM-Espanha) 3:08
12.45 Ondrej Klymciw (Husqvarna-República Tcheca) a 3:12
13.31 Pierre Alexandre Renet (Husqvarna-França) a 3:16
14.23 Xavier de Soultrait (Yamaha-França) a 3:25
15.12 Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS-Espanha) a 3:28
16.05 Helder Rodrigues (Yamaha-Portugal) a 4:02
17.48 Jose Ignacio Cornejo Florimo (KTM-Chile) a 4:29
18.26 Adrien Metge (Sherco TVS-França) a 4:48
19.29 Emanuel Gyenes (KTM-Romênia) a 4:51
20.27 Joaquim Rodrigues (Hero SpeedBrain-Portugal) a 5:13
21.87 Cristian España Muñoz (KTM-Andorra) a 5:23
22.64 Goncalo Reis (KTM-Portugal) a 5:40
23.02 Stefan Svitko (KTM-Eslováquia) a 5:41
24.50 Daniel Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 5:58
25.98 Jose Candia (KTM-Paraguai) a 6:17
26.37 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (KTM-Venezuela) a 6:30
27.51 Patricio Cabrera (Kawasaki-Chile) a 7:03
28.41 Marc Sola Terradellas (Yamaha-Espannha) a 7:18
29.66 Walter Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 7:27
30.46 Fabricio Fuentes (KTM-Bolívia) a 7:35
31.47 Juan Julian Kozac (KTM-Argentina) a 7:49
32.60 Aleksandr Ivaniutin (Husqvarna-Rússia) a 8:00
33.117 Toomas Triisa (Husqvarna-Estônia) a 8:09
34.40 Loic Minaudier (KTM-França) a 8:18
35.149 Matthew Hart (Husqvarna-Austrália) a 8:31
36.38 David Pabiska (KTM-República Tcheca) a 8:43
37.131 Fernando Souza jr. (KTM-Portugal) a 8:55
38.54 Manuel Lucchese (Yamaha-Itália) a 9:07
39.35 Robert jr. Van Pelt (Husqvarna-Holanda) a 9:08
40.100 Lyndon Poskitt (KTM-Inglaterra) a 9:15
73.159 Richard Fliter (Honda-Brasil) a 15:39

Ignacio Casale venceu a última etapa, e ficou com o vice-campeonato. Um belo premio de consolação para quem de fato conseguiu até o finalzinho (a 11ªEtapa) disputar o título. Mas O Campeonato ficou mesmo com o Russo Sergey Karyakin que se torna o primeiro nome do país a vencer o Dakar fora dos caminhões, Administrando a vitória Sergey ficou em 8ºlugar na etapa com 1 minuto e 33 segundos de distância de Casale. Os Argentinos tiveram algo a comemorar já que conseguiram um 3ºlugar com o piloto Pablo Copettique superou a Rakal Sonic nesse Dakar. O piloto Polônes deixou muito a desejar apesar do 4ºlugar na geral.

Os argentinos Daniel Domaaszewski em 2º, Santiago Hansen em 4º, Lucas Innocente em 5º e o Paraguaio Nelson Augusto Sanabria Galeano em 6º completaram a hegemonia sul-americana nessa etapa do Dakar que teve o primeiro europeu sendo o Francês Bruno da Costa ficando em 7ºlugar.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Quadriciclos

1. 251 Ignacio Casale (Yamaha-Chile) 40:24
2. 258 Daniel Domaaszewski (Honda-Argentina) a 0:42
3. 263 Pablo Copetti (Yamaha-Argentina) a 0:46
4. 261 Santiago Hansen (Honda-Argentina) a 0:52
5. 265 Lucas Innocente (CAN-AM-Argentina) a 1:07
6. 257 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Yamaha-Paraguai) a 1:12
7. 262 Bruno da Costa (Yamaha-França) a 1:19
8. 254 Sergey Karyakin (Yamaha-Rússia) a 1:33
9. 280 Axel Dutrie (Yamaha-França) a 1:53
10.250 Rakal Sonic (Yamaha-Polônia) a 2:01

Nos Carros a Hegemonia da Pegueot nesse Dakar se confirmou e a lenda do Dakar Stephane Peterhansel conquistou seu 13ºTítulo de sua história no Dakar sendo o 7ºdele nos carros junto de seu copiloto o francês Jean Paul Cottret, Uma marca Histórica no Dakar que vai ser bem difícil de ser alcançada um dia. Sebastien Loeb e Daniel Elena venceram a Etapa ficando a apenas 5 minutos dos campeões no Resultado Geral e Cyril Despres em seu melhor Dakar nos carros junto de David Castera acabaram completando o trio da Pegueot no pódio que teve a ausência de Carlos Sainz e de Lucas Cruz que abandonaram no 4ºEstágio devido a um acidente.

O melhor Toyota do Dakar foi dos Espanhois Nani Roma (Campeão do Dakar 2014) e do seu copiloto Alex Haro Bravo que ficaram com o 4ºlugar seguido de Giniel de Villiers e Dirk von Zitzewitz que fecharam a etapa em 3ºlugar (Na frente de Despres e Castela com Pegueot).

O Argentino Orlando Terranova junto do copiloto o Alemão Andreas Schulz ficou em 6ºlugar na Geral. O Brasileiro Sylvio Barros e o italiano Rafael Capoani ficaram em 19º na etapa e ficaram entre os 20 primeiros na Geral.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Carros

1. 309. Sebastien Loeb (França) / Daniel Elena (Mônaco) Pegueot 28:55
2. 300. Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) Pegueot a 0:19
3. 302. Giniel de Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) Toyota a 0:30
4. 307. Cyril Despres (França) / David Castera (França) Pegueot a 0:53
5. 320. Conrad Rautenbach (Zimbabué) / Robert Howie (África do Sul) Toyota a 1:00
6. 310. Erik Van Loon (Holanda) / Wouter Rosegaar (Holanda) Toyota a 1:02
7. 308. Orlando Terranova (Argentina) / Andreas Schulz (Alemanha) Mini a 1:10
8. 305. Nani Roma (Espanha) / Alex Haro Bravo (Espanha) Toyota a 1:21
9. 303. Mikko Hirvonen (Finlândia) / Michel Perin (França) Mini a 1:33
10.318. Romain Dumas (França) / Alain Guehennec (França) Peugeot a 1:38
11.323. Nicolas Fuchs (Peru) / Fernando Mussano (Argentina) HRX a 2:00
12.316. Jakub Przygonzki (Polônia) / Tom Colsoul (Bélgica) Mini a 2:08
13.321. Martin Prokop (Rep.Tcheca) / Lika Minor (Áustria) Ford a 2:25
14.322. Mohammed Abu-Issa (Qatar) / Xavier Paseri (França) Mini a 2:59
15.338. Alberto Rodrigo Gutierrez Fleig (Bolívia) / Joan Rubi (Espanha) Toyota a 3:59
16.324. Marco Bulacia (Bolívia) / Claudio Bustos (Argentina) Ford a 4:03
17.306. Yazeed Al Rajhl (Arábia Saudita) / Timo Gottschalk (Alemanha) Mini a 4:37
18.334. Facundo Ardusso (Argentina) / Gerardo Scicolone (Argentina) Renault a 4:55
19.339. Sylvio Barros (Brasil) / Rafael Capoani (Itália) Mini a 4:59
20.330. Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) / Daniel Merlo (Argentina) Toyota a 5:29
21.335. Eric Bernard (França) / Alexandre Vigneau (França) Buggy a 5:33
22.328. Antanas Juknevicius (Lituânia) / Darius Vaiciulis (Lituânia) Toyota a 5:37
23.325. Stephan Schott (Alemanha) / Paulo Fiuza (Portugal) Mini a 6:23
24.327. Christian Lavieille (França) / Jean-Pierre Garcin (França) Toyota a 9:43
25.329. Juan Silva (Argentina) / Sergio Lafuente (Uruguai) Mercedes a 9:46

Os russos Maganov Ravil e Kirill Shubin venceram a última etapa das UTV. Mas a festa ficou mesmo para Leandro Torres e Lourival Roldan que conquistaram o título do primeiro Dakar dos UTV com seu Polaris (Marca que completou com os 5 carros que correu) Em uma vitória que se consolidou etapa após etapa do Dakar com os dois obtendo resultados bem regulares enquanto que seus adversários não tiveram a mesma consistência dos dois Brasileiros e acabaram perdendo tempo por problemas mecânicos ou por erros de pilotagem.

Sem dúvida o nome dos dois pilotos do Brasil esta para sempre na história do Evento e do Automobilismo Brasileiro off-road. São os primeiros campeões Brasileiros do Dakar. Parabéns a Leandro Torres e Lourival Roldan por essa conquista!!!

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – UTV

1. 378. Maganov Ravil (Rússia) / Kirill Shubin (Rússia) Polaris 42:35
2. 342. Mao Ruijin (China) / Sebastien Delaunay (França) Polaris a 1:04
3. 351. Leandro Torres (Brasil) / Lourival Roldan (Brasil) Polaris a 4:11
4. 374. Li Dongsheng (China) / Quanquan Guan (China) Polaris a 4:25
5. 386. Wang Fujiang (China) / Li Wei (China) Polaris a 4:50

Nos caminhões a Kamaz voltou a ter a Hegemonia com Eduard Nikolaev, Evgeny Yakovlev e Vladimir Rybakov completando com chave de ouro o Dakar com a vitória na Etapa e o título do Dakar e dessa forma devolvendo o título para os russos que acabou perdido em 2016 para a Iveco de Gerard de Rooy, Moises Torrallardona e Darek Rodewald que fecharam em 3ºlugar na geral atrás dos russos Dmitry Sotnikov, Rusian Akhmadeev e Igor Leonov que ficaram com o vice-campeonato. A Kamaz ainda colocou o Trio Russo formado por Airat Mardeev, Aydar Belyaev e Dmitriy Svistunov em 5ºlugar na Geral (2º na Etapa) Os Argentinos Federico Villagra , Adrian Arturo Yacopini e Ricardo Adrian Toriaschi ficaram em 4ºlugar na geral.

Os Bielorussos Siarhei Viazovich, Pavel Haranin e Andrei Zhyhulin com o caminhão da MAZ fecharam a Etapa em 3ºlugar.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Caminhões

1. 505. Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgeny Yakovlev (Rússia) / Vladimir Rybakov (Rússia) KAMAZ 34:25
2. 501. Airat Mardeev (Rússia) / Aydar Belyaev (Rússia) / Dmitriy Svistunov (Rússia) Kamaz a 0:33
3. 511. Siarhei Viazovich (Bielorússia) / Pavel Haranin (Bielorússia) / Andrei Zhyhulin (Bielorússia) MAZ a 0:44
4. 509. Pieter Versluis (Holanda) / Artur Klein (Alemanha) / Marcel Pronk (Holanda) MAN a 1:09
5. 502. Federico Villagra (Argentina) / Adrian Arturo Yacopini (Argentina) / Ricardo Adrian Toriaschi (Argentina) IVECO a 1:25
6. 513. Dmitry Sotnikov (Rússia) / Rusian Akhmadeev (Rússia) / igor Leonov (Rússia) Kamaz a 1:49
7. 518. Martin Macik (Rep.Tcheca) / Frantisek Tomasek (Rep.Tcheca) / Michal Mrkva (Rep.Tcheca) Liaz a 2:03
8. 500. Gerard de Rooy (Holanda) / Moises Torrallardona (Espanha) / Darek Rodewald (Polônia) IVECO a 2:21
9. 522. Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorússia) / Anton Zaparoshchanka (Bielorússia) MAZ a 2:37
10.525. Wuifert van Ginkel (Holanda) / Bert van Donkelaar (Holanda) / Erik Kofman (Holanda) Iveco a 2:40
11.507. Ton Van Genugten (Holanda) / Anton Van Limpt (Holanda) / Bernard Der Kinderen (Holanda) Iveco a 2:42
12.504. Hans Stacey (Holanda) / Jan van der Vaet (Bélgica) / Hugo Kuppen (Holanda) MAN a 2:50
13.508. Martin Kolomy (Rep.Tcheca) / Rene Kilian (Rep.Tcheca) / David Kilian (Rep.Tcheca) Tarta a 3:07
14.503. Ales Loprais (Rep.Tcheca) / Jiri Stross (Rep.tcheca) / Jan Tomanek (Rep.Tcheca) Tatra a 3:15
15.506. Martin van der Brink (Holanda) / Daniel Kozlowsky (Rep.Tcheca) / Marcel Blankestijn (Holanda) Renault Trucks a 4:08

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar.com
Vídeos: antonio garcia (Youtube)