Automobilismo Internacional Formula 2 2017

Leclerc conquista pole em Baku após volta fantástica

Published by:

Na Formula 2 o Piloto de Mônaco Charlie Leclerc em uma volta fantástica no final do Treino acabou conquistando a pole em uma Classificação que tivemos 2 acidentes que acabaram por interromper a classificação. Primeiro com a Batida do piloto Luca Ghiotto da Russian Time que fez o treino parar por uns 10 minutos.

O outro acidente foi que o Aerofólio Dianteiro de Nicholas Latifi quebrou na curva mais curta do circuito, A Bandeira vermelha durou menos tempo e o treino continuou a 15 minutos do final.

Nobuharu Matsushita liderou o treino por uma boa parte tendo feito um tempo muito bom. No final Antonio Fuoco tentou tomar essa pole do piloto Japonês. Nicholas Lafiti também tentou após colocar um novo Aerofólio dianteiro.

Mas foi o piloto Monegasco da Equipe Prema que em uma volta maravilhosa de 1:52.138 superando e muito o Japonês Matsushita que foi para a pista para recuperar a pole position e Leclerc foi para a pista para melhorar ainda mais o seu tempo e conseguiu melhorar 9 milésimos e confirmou a pole position com o Japonês da ART Grand Prix na segunda posição completando a primeira fila.

Na Segunda Fila larga o Canadense Nicholas Latifi da DAMS e Nyck de Vries da Rapax e na terceira fila largam o Russo Artem Markelov da Russian Time e Antonio Fuoco da Prema Racing. O Inglês Olivier Rowland, Vice-líder do campeonato larga na 9ªposição. O Brasileiro Sergio Sette Camara começou bem chegando a ficar em 7ºlugar, Mas acabou perdendo posições no final e sem melhorar seu tempo o piloto da MP Motorsport larga em 11ºlugar.

O Russo Sergei Sirotkin que reestreia na Formula 2 não foi feliz no treino, Não conseguiu fazer uma boa volta e vai largar apenas em 17ºlugar. A prova acontece na manhã desse sábado.

Grid de largada da 7ªEtapa da Formula 2
GP do Azerbaijão

pos piloto equipe Tempo
1 Charles Leclerc Prema Racing 1’52.129
2 Nobuharu Matsushita ART Grand Prix 1’52.697
3 Nicholas Latifi DAMS 1’52.865
4 Nyck de Vries Rapax  1’53.018
5 Artem Markelov Russian Time 1’53.135
6 Antonio Fuoco Prema Racing 1’53.220
7 Johnny Cecotto Jr. Rapax 1’53.313
8 Sergio Canamasas Trident 1’53.354
9 Oliver Rowland DAMS 1’53.479
10 Robert Vișoiu Campos Racing 1’53.670
11 Sergio Sette Camara MP Motorsport 1’53.853
12 Norman Nato Pertamina Arden 1’53.900
13 Sean Gelael Pertamina Arden 1’54.032
14 Gustav Malja Racing Engineering 1’54.286
15 Jordan King MP Motorsport 1’54.295
16 Ralph Boschung Campos Racing 1’54.339
17 Sergey Sirotkin ART Grand Prix 1’54.384
18 Louis Deletraz Racing Engineering 1’54.688
19 Nabil Jeffri Trident 1’54.857
20 Luca Ghiotto Russian Time 2’06.148

Texto: Deivison da Conceição da Silva

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Primeiro Treino Livre – GP do Azerbaijão

Published by:

Comentários do GP do Azerbaijão do primeiro treino livre

O primeiro treino livre o que se destacou é uma série de Pilotos passando reto em várias partes da pista. O Circuito apesar de ser uma pista rápida para mim é um dos circuitos que eu considero ruim no calendário atual do Mundial de Formula 1.

Com partes bem extensas em algumas curvas, Mas outras curvas era praticamente impraticáveis para a Formula 1. É pior do que o circuito de Mônaco. Sim, Naquela construção antiga maravilhosa e é uma pena que a paisagem não tenha um traçado a altura do local. E foi exatamente nessa parte desse circuito é que tivemos a batida do Mexicano Sergio Perez que foi muito bem nesse treino. Um erro pequeno pode arruinar o treino como aconteceu com o piloto da Force India como pode arruinar o treino de hoje mais tarde como da Corrida. Isso seria muito mais grave.

Felipe Massa tem esperanças de um bom resultado com a Williams e acabar com a má fase que esta tendo não pelos seus desempenhos que vem sendo bons sem obter resultados. Massa liderou o treino por uns 20 minutos. Também lideraram o Treino Sergio Perez com a Force India e Lewis Hamilton da Mercedes.

Mas o melhor tempo ficou Max Verstappen com a Red Bull com seu companheiro de equipe Daniel Ricciardo em 2º e Sebastian Vettel da Ferrari em 3ºlugar.

E o final de semana para a Mclaren vai ter bem desesperador. Já que seu motor rende 25 km de reta mais lento do que os motores Mercedes e Ferrari e 20 km mais lentos que a Renault. A única equipe que não marcou ponto no Mundial de Formula 1 a Mclaren estava praticamente rompido com a Honda que vai para a Sauber em 2018 enquanto que o time de Woking deve voltar a ter motores Mercedes na temporada que vem.

Resultado do Primeiro Treino Livre
GP do Azerbaijão

Pos. Piloto Equipe Chassi Motor Tempo NºVoltas
1 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1:44.410 19
2 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 1:44.880 22
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:44.967 20
4 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:45.398 16
5 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:45.497 16
6 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:45.737 19
7 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:45.752 24
8 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:45.968 25
9 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:46.000 18
10 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:46.617 11
11 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:46.649 28
12 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:46.721 23
13 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:46.837 22
14 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:47.217 21
15 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:47.446 22
16 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:47.501 13
17 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:47.551 20
18 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:48.525 15
19 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 1:49.048 19
20 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:49.937 21

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Force India

Coluna F1 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Opinião

Formula 1: Os novos caminhos da categoria através da Liberty Media.

Published by:

Em 2017 começa uma nova era na categoria. O que eu reclamava da Formula 1. Que eu reclamei da transmissão se modernizar e da categoria como um show, um evento se modernizar esta finalmente acontecendo. Desde do começo da temporada vemos nas próprias transmissões da Formula 1 com novos gráficos que ainda não estão acertando nessas transmissões em sua integralidade, Mas a tentativa do novo é válida.

No GP da Austrália não tivemos esses gráficos. Eles falharam muito em Albert Park. Claro que com o passar das corridas esse sistema vem melhorando e até o final da temporada esses gráficos irão funcionar de maneira perfeita.

Já em relação as corridas elas alternam entre corridas muito boas e outras corridas sonolentas e sem qualquer emoção. As provas que aconteceram na China, Bahrein, Espanha e Canadá foram boas corridas. Já Austrália e Mônaco não foram tão movimentadas e Rússia foi a pior das corridas de 2017.

Já na parte comparativa dos tempos podemos ver que a proposta dos novos carros acabou dando resultado.  Apesar de mais lentos em reta o fato deles ser carros mais aerodinâmicos esta dando como resultado os tempos caindo muito. Com records sendo derrubados. Até mesmo os que já duravam mais de 10 anos atrás.

Tempo das Classificações e da Corrida em 2016 e 2017 (7 Primeiras corridas)

Qualificação 2016 Corrida 2016 Qualificação 2017 Corrida 2017
Austrália 1:23.837 1:48:15.565 1:22.188 1:24:11.672
China 1:35.402 1:38:53.891 1:31.678 1:37:36.158
Bahrein 1:29.493 1:33:34.696 1:28.769 1:33:53.374
Rússia 1:35.417 1:32:41.997 1:33.194 1:28:08.743
Espanha 1:22.000 1:41:40.017 1:19.149 1:35.56.497
Mônaco 1:13.622 1:59:29.133 1:12.178 1:44:44.340
Canadá 1:12.812 1:31:05.296 1:11.459 1:33:05.154

Ignoramos o tempo das corridas que são distorcidas devido as circunstâncias das provas:

Agora se comparar as classificação, você vai ver que em todos as Classificações os tempos melhoraram e caíram de 7 décimos até 3.7 segundos.

Qualificação 2016 Qualificação 2017 Comparação
Austrália 1:23.837 1:22.188 -1.649
China 1:35.402 1:31.678 -3.724
Bahrein 1:29.493 1:28.769 -724
Rússia 1:35.417 1:33.194 -2.223
Espanha 1:22.000 1:19.149 -2.851
Mônaco 1:13.622 1:12.178 -1.444
Canadá 1:12.812 1:11.459 -1.353

No meio de todos os aspectos da categoria sem dúvida é a parte humana que a categoria mudou completamente. No GP da Espanha vimos um menino francês chamado Thomas que chorava em ver seu ídolo Kimi Raikkonen bater e abandonar a corrida e em menos de 1 hora a organização chama ele para os paddocks para ver o seu ídolo. Raikkonen foi muito simpático, Longe daquela alma que se aparenta insensível e sem emoção como ele geralmente se apresenta. Esse momento vai ficar na história não só desse menino como vai ficar na história da categoria que parece ser movida a apenas negócios. É um ponto de esperança para agente ver mais seres humanos e menos homens dos negócios nas pistas.

Também retornar a corrida de barquinhos na Baia de Montreal que era feito nos 90 na semana passada é uma outra iniciativa louvável da categoria.

Ainda dá para melhorar muito e é isso que o Grupo Norte-americano comandado pelo Ross Brawn que foi o comandante da Ferrari e da Brawn tem planos de no futuro em redistribuir de maneira mais igualitária a cota de TV entre as equipes da Formula 1. Esta procurando chamar novas fabricantes de motores para o campeonato que só tem 4 fabricas de Motores (Honda, Mercedes, Ferrari e Renault).

Criou um canal da Formula 1 no Youtube que eu acho ótimo, Mas eu daria uma sugestão a eles. Eu acho que o próprio canal poderia colocar corridas completas da categoria. Uma ideia bem diferente da política reacionária e de negação da interação da Internet quando eles retiram os vídeos das corridas antigas do ar das redes sociais.

Com certeza a Formula 1 depois do processo de falência e de envelhecimento podemos dizer que finalmente se conscientizaram e estão dispostos a mudar e me parece que estão conseguindo. É um começo que esperamos que possa no futuro render grandes frutos a categoria com mais pilotos, mais equipes e com mais atratividade para esse campeonato que já esta com seus 67 anos de história e que isso dure e não acabe nunca essa loucura chamada Formula 1.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Mclaren/Renault
Vídeo: All live sport

Formula indy Fotos IndyCar 2017

Graham Rahal conquista dupla vitória em Detroit e entra na disputa do titulo

Published by:

Grid de largada da 7ªEtapa da Formula Indy
GP de Detroit – Belle Isle

Pos. piloto Equipe Chassi/Motor Tempo Fase
1 15 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 1’13.9681 Q3
2 3 Helio Castroneves Team Penske Dallara/Chevrolet 1’14.0414 Q3
3 26 Takuma Sato Andretti Autosport Dallara/Honda 1’14.0428 Q3
4 98 Alexander Rossi Andretti-Herta Dallara/Honda 1’14.0875 Q3
5 5 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1’14.1801 Q3
6 9 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’14.2855 Q3
7 1 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 1’14.3150 Q2
8 8 Max Chilton Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’14.9991 Q2
9 2 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 1’14.3805 Q2
10 83 Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’15.0664 Q2
11 12 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet 1’14.6312 Q2
12 28 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda 1’15.0991 Q2
13 27 Marco Andretti Andretti Autosport Dallara/Honda 1’14.6719 Q1
14 14 Carlos Munoz A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1’15.2060 Q1
15 10 Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’15.2668 Q1
16 4 Conor Daly A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1’15.2228 Q1
17 20 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1’15.6261 Q1
18 21 J.R. Hildebrand Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1’15.2334 Q1
19 18 Esteban Gutierrez Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1’15.6276 Q1
20 7 Mikhail Aleshin Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1’15.2430 Q1
21 19 Ed Jones Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1’15.8343 Q1
22 16 Oriol Servia Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 1’15.2758 Q1

1ªCorrida da Rodada Dupla da Formula Indy

Graham Rahal largou bem e manteve a liderança com Hélio Castroneves em 2º seguido de Sato, Rossi e Dixon. Na primeira curva o Canadense James Hinchcliffe acabou rodando e provocando de cara uma bandeira amarela em Detroit. Conor Daly, Ed Carpenter, Mikhall Aleshin, James Hinchcliffe e Oriol Servia foram para os boxes, Já que estavam lá atrás eles arriscaram uma tática diferente mesmo que seja com uma diferença de 2 voltas de tanque.

Na 4ªVolta a corrida recomeça com Rahal largando bem mantendo a frente sobre Castroneves, Sato e Rossi logo a seguir enquanto que havia um tiroteio no meio do pelotão com vários pilotos tentando ganhar uma posição que seja. Na Volta 6 um esquilo teve de desviar dos carros para não ser atropelado. Tony Kannan vendo que estava muito mal na corrida antecipou sua parada nos boxes e mudando a sua estratégia.

Enquanto os primeiros colocados continuavam na pista, outros como Marco Andretti foram antecipar a sua parada para melhorar sua colocação. Graham Rahal chegou a ser pressionado de leve pelo Brasileiro Hélio Castroneves, Mas começou a aumentar a vantagem em cima do piloto da Penske.

Helinho foi para os boxes na 14ªVolta mudando a sua tática de corrida visando vencer a prova se tudo desse certo. James Hinchcliffe vinha em uma boa recuperação após a rodada na primeira volta, disputando o 9ºlugar com o Norte-americano J.R.Hildebrand. Mais a frente Max Chilton embalado por uma bela corrida em Indianapolis estava disputando o 6ºlugar com o Conor Daly da A.J.Foyt.

Sato vai para os boxes na 16ªVolta. Enquanto que Hinchcliffe passou Hildebrand e passou para o 9ºlugar. Rahal, Rossi, Dixon, Power, Daly e Aleshin não tinham feito a parada nos boxes. O Resto já tinha parado e adotado a tática de 3 paradas. Para fazerem duas paradas era necessário duas pernas de 23 voltas e uma de 24 voltas, Mas o grande desafio era conseguir fazer 2 paradas já que o tanque de combustível mal dava para fazer essas 23 voltas o que significa que quem fosse para esse caminho ou conta com a bandeira amarela ou então tem de tirar o pé em algum momento da prova.

Power tentava um ataque em cima de Dixon buscando a 3ªposição. O Neozelandês estava sentindo mais o desgaste dos pneus. Power foi para os boxes na volta 20 praticamente jogando fora a tática de 2 paradas no lixo. Daly parou na volta 21 também indo para o grupo de quem iria fazer 3 paradas nos boxes. Charlie Kimball ultrapassa o novato Esteban Gutierrez (A Dale Coyne substitui Bourdais para colocar esse pilotinho???) que iria tomar um monte de ultrapassagens.

Rahal parou nos boxes na volta 23 podendo seguir na tática de uma parada assim como Alexander Rossi também parou nessa volta. Na Volta 24 parou Scott Dixon fazendo com que os dois pilotos da Schmidt na liderança com o Russo na frente do Canadense. Na Volta 25 ambos foram para os boxes e Castroneves assumiu a liderança o que poderia fazer a sua tática funcionar Com Rahal, Sato, Rossi e Hinchcliffe que caiu para o último lugar já estava em 5º em menos da metade da prova.

Na volta 26 Charlie Kimball e Conor Daly acabaram parando na pista provocando uma bandeira amarela. O que poderia complicar a tática de Castroneves. Newgarden, Kanna, Hunter-Reay entre outros pilotos foram para os boxes para uma nova parada e uma nova nuance de uma estratégia.

Na 31ªVolta ocorreu a relargada e Castroneves tentou abrir uma bela diferença para Rahal que estava em segundo lugar para a tática do piloto da Penske desse resultado esperado. Mais atrás Will Power foi para cima de Pagenaud ganhando a posições do Francês que se assustou com a manobra de certo modo ousada do seu companheiro de equipe e perdeu mais duas posições (Para Chilton e Hildebrand) caindo para o 11ºlugar.Mais atrás todos passavam Esteban Gutierrez (Fail na Formula 1 e Fail na Formula Indy) que definitivamente esta em um desempenho sofrível com o carro da Dale Coyne.

Em 3 voltas Castroneves abria 3 segundos sobre Rahal e 5.3 segundos sobre Sato que estava no terceiro lugar, Mas ainda faltavam mais uns 17 segundos para parar e voltar em condições de disputar a vitória no que não seria possível devido que o piloto da Penske só tinha tanque para o máximo 4 voltas. Pagenaud faz a parada na volta 36 o que levaria o francês certamente para 3 paradas assim como Castroneves que foi para os boxes fazer a segunda parada e voltar em 12ºlugar. Rahal voltava a liderança com Sato em 2º a 4.5 segundos de distância. Rossi da Andretti-Herta, Hinchcliffe, Dixon, Aleshin, Power, Chilton, Newgarden e Jones completavam as 10 primeiras posições.

O Desempenho de Graham Rahal era impressionante com um desempenho devastador abria vantagem para a concorrência. Marco Andretti, Ryan-Hunter Reay e Tony Kannan estão lá atrás disputando os últimos lugares em Detroit. Takuma Sato faz a segunda parada na volta 42.

Will Power fez a parada na 45ªvolta o que poderia fazer ele ir para 2 paradas, Mas poupando combustível. Rahal na 49ªvolta foi para os boxes para a segunda e última parada. O piloto da Rahal estava fazendo uma corrida tão tranquila que não tinha usado o push to pass enquanto que os outros estavam com o dispositivo ou na metade ou com 60% a 70% já gastos.

Na mesma volta 49 parou Alexander Rossi que iria para o final da prova com 2 paradas. Rahal voltou a frente de Castroneves que já via a sua tática ir por água abaixo, Tanto é que o Brasileiro vai para a 3ª e última parada na volta 50. A Bandeira Amarela prejudicou o brasileiro e favoreceu muito a James Hinchcliffe que estava nas primeiras posições. O último a fazer a parada foi Scott Dixon na 51ªVolta. Após essas paradas Rahal era o líder com Scott Dixon em 2º, James Hinchcliffe, Alexander Rossi, Josef Newgarden nas 5 primeiras posições. Aleshin, Sato, Chilton, Castroneves e Jones nas 10 primeiras posições.

A vitória estava nas mãos de Rahal que conduziu o carro dele até o final com primazia levando de uma maneira tranquila a vitória na primeira prova do final de semana. Com Scott Dixon depois do impressionante acidente que deixou sequelas na sua perna com pequena lesão nela consegue levar o segundo lugar para a Ganassi e o pódio foi completado pelo Canadense James Hinchcliffe que após uma rodada na primeira volta acabou o piloto da Schmidt.

Resultado Final da 7ªEtapa do Mundial de Formula Indy
Detroit – Belle Isle – 70 Voltas

Pos. piloto Equipe Chassi/Motor Voltas Tempo
1 15 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 70 1h 35:48.7028
2 9 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 70 6.1474
3 5 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 70 9.1688
4 2 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 70 10.0930
5 98 Alexander Rossi Andretti-Herta Dallara/Honda 70 25.5556
6 7 Mikhail Aleshin Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 70 31.3644
7 3 Helio Castroneves Team Penske Dallara/Chevrolet 70 33.1052
8 26 Takuma Sato Andretti Autosport Dallara/Honda 70 47.4696
9 19 Ed Jones Dale Coyne Racing Dallara/Honda 70 53.6531
10 20 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 70 54.0726
11 8 Max Chilton Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 70 55.2547
12 27 Marco Andretti Andretti Autosport Dallara/Honda 70 58.3402
13 28 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda 70 59.1348
14 14 Carlos Munoz A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 70 1:00.7310
15 10 Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 70 1:01.9596
16 1 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 70 1:02.1492
17 21 J.R. Hildebrand Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 70 1:06.0717
18 12 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet 69 1 Volta
19 18 Esteban Gutierrez Dale Coyne Racing Dallara/Honda 69 1 Volta
20 16 Oriol Servia Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 69 1 Volta
21 83 Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 69 1 Volta
22 4 Conor Daly A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 25 Mecânica

Grid de largada da 8ªEtapa da Formula Indy
GP de Detroit – Belle Isle

Pos. piloto Equipe Chassi/Motor Tempo Fase
1 26 Takuma Sato Andretti Autosport Dallara/Honda 1’13.6732 Q3
2 28 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda 1’15.2833 Q3
3 15 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 1’13.8105 Q3
4 3 Helio Castroneves Team Penske Dallara/Chevrolet 1’15.5279 Q3
5 5 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1’13.8264 Q3
6 7 Mikhail Aleshin Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1’16.0371 Q3
7 12 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet 1’13.9449 Q2
8 9 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’16.1727 Q2
9 27 Marco Andretti Andretti Autosport Dallara/Honda 1’14.0339 Q2
10 4 Conor Daly A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1’16.1732 Q2
11 1 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 1’14.0765 Q2
12 83 Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’16.1800 Q2
13 2 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 1’14.1814 Q1
14 98 Alexander Rossi Andretti-Herta Dallara/Honda 1’16.2884 Q1
15 10 Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’14.3287 Q1
16 8 Max Chilton Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’16.5150 Q1
17 19 Ed Jones Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1’14.7786 Q1
18 21 J.R. Hildebrand Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1’18.6272 Q1
19 18 Esteban Gutierrez Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1’15.0055 Q1
20 16 Oriol Servia Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 1’21.4485 Q1
21 20 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1’15.8491 Q1
22 14 Carlos Munoz A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet Sem Tempo Q1

A prova de Domingo com um dia ensolarado teve como pole position o Japonês Takuma Sato que vinha em belo final de semana após a grande conquista das 500 milhas de Indianapolis.

Ryan Hunter-Reay larga em 2º completando a primeira fila da Andretti. Na Segunda fila largam Graham Rahal e Hélio Castroneves e na terceira fila largam a Dupla da Schmidt Peterson James Hinchcliffe e Mikhall Aleshin.

Na largada Sato manteve a liderança com Hunter-Reay, Rahal, Castroneves e Hinchcliffe mantendo as 5 primeiras posições e lá atrás várias disputas na busca de melhora de posições para os pilotos do fundo do pelotão. Ao contraio da prova de Sábado não tivemos ocorrência nenhuma.

O J.R Hildebrand da Ed Carpenter foi para os boxes na segunda volta mudando sua tática logo de cara o que poderia dar muito certo numa pista como a de Detroit.

Josef Newgarden passou Marco Andretti e assumiu a 12ªposição, Mas tomou o X do filho de Michael Andretti que vinha segurando a todos com um ritmo de prova lento. segurando a Newgarden, Kannan, Kimball, Jones, Muñoz, Chilton e Gutierrez. Lá na Frente Sato tentava abrir diferença para Hunter-Reay nas primeiras voltas da corrida.

Marco Andretti foi para os boxes na 7ªVolta buscando melhorar o seu desempenho mudando a sua tática de paradas nos boxes. A partir da 8ªvolta Hunter-Reay começa a perder o seu ritmo de corrida e vai ficando para atrás sendo pressionado por Graham Rahal que tinha muito mais carro naquela altura da corrida. Por fora e em uma curva difícil Rahal assumiu a segunda posição numa bela ultrapassagem.

Castroneves partiu para cima de Hunter-Reay e ultrapassou o piloto da Andretti, Mas tocou sua roda no bico dianteiro do carro do piloto Norte-americano e acabou levando a pior furando o seu pneu. certamente a corrida do piloto Brasileiro estava comprometida. E também a corrida de Hunter-Reay que já estava ruim em desempenho acabou ficando pior ainda sendo engolido por Power e Aleshin. Com tudo isso o piloto da Andretti Autosport foi para os boxes na 13ªVolta trocando o bico dianteiro e fazendo troca de pneus e reabastecimento. Tanto Castroneves como Hunter-Reay voltaram nas ultimas posições.

Scott Dixon partiu para a tática diferente parando algumas voltas depois. Sato não conseguia abrir diferença para Rahal que já tinha vencido no sábado e estava disposto a vencer a prova de domingo também, Alexander Rossi disputava a 5ªposição com Aleshin que estava perdendo rendimento em seu carro.

Will Power na volta 21 chegou na disputa pela liderança da prova com Sato e Grahal na frente do piloto da Penske. Os três tinham 3 segundos de vantagem para o 4ºlugar que estava nas mãos de Simon Pagenaud que foi para a sua parada na 23ªVolta. Sato e Power pararam na 24ªVolta e Graham Rahal parou na 25ªvolta.

Com isso Newgarden que estava em tática totalmente diferente dos líderes assumiu a liderança. Rahal que superou Sato nas paradas assumiu o segundo lugar deixando o japonês voador para o 3ºlugar. Dixon e Power completavam as 5 primeiras posições. A liderança de Newgarden durou 1 volta, Castroneves parou pela segunda vez na 26ªVolta, A sua corrida estava bem comprometida nessa altura do campeonato.

Newgarden buscava abrir distância para a turma da frente para fazer sua tática funcionar. Na 30ªVolta o piloto da Penske foi para os Boxes e Rahal voltou a liderança com 7.6 segundos para Takuma Sato em 2º. Power, Pagenaud e Newgarden completava o trio da Penske e os Top 5. Depois vinham Kannan, Rossi, Daly, Muñoz e Dixon completando os 10 primeiros colocados. Mais atrás o piloto da Dale Coyne Ed Jones fez uma bela ultrapassagem assumindo o 13ºlugar sobre Max Chilton que teve de ceder a ultrapassagem para não bater no muro.

Sato continuava sendo pressionado por Power e Pagenaud e já vinha logo depois de ambos o norte-americano Josef Newgarden querendo subir logo na classificação para a sua tática desse certo.

Ed Jones jogou duro com JR Hildebrand e ambos se deram mal. O piloto da Carpenter acabou furando o pneu e o piloto da Dale Coyne com uma parte do bico dianteiro pendurado de maneira perigosa teve de ir aos boxes para substituir o bico e fazer uma parada de reabastecimento. Ambos ficaram muito para trás e ficaram sem qualquer possibilidade de se recuperar na corrida.

Enquanto que Newgarden tentava passar Pagenaud. Graham Rahal só aumentava volta após volta a sua vantagem para Sato aproximadamente meio segundo a 1 segundo de diferença. Newgarden não conseguia se livrar de Pagenaud. A Tática do piloto da Penske poderia esta indo para o saco com o panorama da prova que já passava da metade e chegando perto da 2ª Janela de paradas dos boxes.

Pagenaud foi o primeiro a fazer a segunda parada na 47ªvolta. Na Volta seguinte pararam Sato e Power. Rahal também tinha parado nos boxes na volta 48. Isso deixou Newgarden na liderança tentando abrir diferença para tentar voltar em primeiro, Mas isso era praticamente impossível já que ele não tinha muito tanque para andar. Na 51ªVolta percebendo que não iria conseguir realizar tal feito o piloto da Penske foi para os Boxes. Rahal voltou a liderança da corrida e se nada acontecesse de diferente o piloto da equipe de seu pai Bobby Rahal não teria como não vencer a corrida já que ele tinha 15 segundos de Frente para Newgarden que tomou o segundo de Sato que perdeu posição também para Will Power que assumiu o 3ºlugar. Completava os 5 primeiros colocados o Francês Simon Pagenaud.

A partir dai Rahal passou a administrar a sua enorme vantagem que ele tinha sobre Newgarden que passou a andar mais rápido tirando até 1 segundo por volta. Poderia o piloto da Penske  tentar um ataque no final da prova. Já o piloto da Rahal Letterman poderia ter um gás para se defender desse ataque na reta final. A 8 voltas do Final Ed Jones passa reto em uma das curvas e acaba abandonando a corrida.

Dai não houve bandeira amarela, Mas a 5 Voltas do final o Canadense James Hinchcliffe acabou com problemas de motor abandona a corrida provocando uma bandeira amarela. Uma volta depois o motor de Spencer Pigot simplesmente fumou. Essa explosão de motor provocou a bandeira vermelha paralisando a corrida até que toda a pista fosse limpa e o possível derramamento de fluido fosse dissipado para apenas 2 voltas de bandeira verde.

Depois disso os pilotos voltaram para a pista para terminarem a corrida. A 2 voltas do final foi dada a bandeira verde, Mas nada mudou na frente de Graham Rahal conquistou a vitória também no domingo. foi o final de semana inteiro praticamente prefeito para o filho de Bobby Rahal que de todos os pontos possíveis ele só não fez o ponto da pole position da corrida do Domingo que ficou com Takuma Sato. Esse resultado fez com que Rahal voltasse a disputa pelo título..

Josef Newgarden que largou em 13ºlugar fez uma bela corrida. Com uma tática arriscada e muito audaciosa levou o seu Penske a um brilhante 2ºlugar. Will Power completou o pódio da corrida de Domingo seguido por Takuma Sato da Andretti e de Simon Pagenaud da Penske que teve três dos 4 pilotos nas 5 primeiras posições.

Scott Dixon não teve o mesmo sucesso de hoje, Mas o 6ºlugar levou o piloto da Ganassi para a liderança do campeonato. Alexander Rossi, Charlie Kimball, Hélio Castroneves que ainda conseguiu chegar em 9ºlugar após uma corrida dura de recuperação. Tony Kannan que acabou sendo penalizado por passar por cima de um equipamento acabou a etapa em 10ºlugar.

Resultado Final da 8ªEtapa do Mundial de Formula Indy
Detroit – Belle Isle – 70 Voltas

Pos. piloto Equipe Chassi/Motor Voltas Tempo
1 15 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 70 1h 33:36.3769
2 2 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 70 1.1772
3 12 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet 70 2.6228
4 26 Takuma Sato Andretti Autosport Dallara/Honda 70 3.8535
5 1 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 70 4.0810
6 9 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 70 4.6005
7 98 Alexander Rossi Andretti-Herta Dallara/Honda 70 6.1978
8 83 Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 70 6.6823
9 3 Helio Castroneves Team Penske Dallara/Chevrolet 70 6.8439
10 10 Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 70 7.7201
11 14 Carlos Munoz A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 70 8.1160
12 4 Conor Daly A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 70 8.7847
13 27 Marco Andretti Andretti Autosport Dallara/Honda 70 9.6103
14 18 Esteban Gutierrez Dale Coyne Racing Dallara/Honda 70 13.1325
15 8 Max Chilton Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 69 1 Volta
16 7 Mikhail Aleshin Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 69 1 Volta
17 28 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda 69 1 Volta
18 21 J.R. Hildebrand Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 69 1 Volta
19 16 Oriol Servia Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 69 1 Volta
20 5 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 65 Mecânico
21 20 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 65 Mecânico
22 19 Ed Jones Dale Coyne Racing Dallara/Honda 60 Mecânico

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Fotos Moto 2 Moto 2 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Moto 2: Alex Marquez ganha de ponta a ponta na Catalunha

Published by:

Alex Marquez dominou a 7ªEtapa do Mundial de Motovelocidade que aconteceu no circuito da Catalunha na Espanha. O piloto da Marc VDS não deu qualquer chance para seus adversários e principalmente abrindo uma enorme diferença para os demais o piloto Espanhol só teve o trabalho de levar a sua moto até a bandeirada e vencer a segunda corrida na Moto 2.

Na largada Marquez manteve a liderança com Thomas Luthi, Mattia Pasini e Franco Morbidelli disputando o segundo lugar. Acabou o suíço levando a pior tendo de vazar a curva e tendo que devolver as posições que ele tinha ganhando com essa furada de pista. Morbidelli assumiu o segundo lugar em excelente largada partindo do 6ºlugar. Mattia Pasini não desistiu da briga e superou curvas depois o piloto da Marc VDS que logo depois conseguiu recuperar essa posição. Miguel Oliveira, Baldassarri, Luthi, Nakagami (Que largou mal), Xavi Vierge, Navarro e Bagnaia que ganhou 10 posições na largada pulando de 20º para o 10ºlugar.

Enquanto que Morbidelli e Pasini disputavam o 2ºlugar o Espanhol Alex Marquez aproveitava para abrir vantagem e muita vantagem (Já estava em 3 segundos a vantagem entre o primeiro e a turma que estava atrás da disputa do segundo lugar)

Pasini passou Morbidelli na 5ªvolta e assumiu o segundo lugar, O Ítalo-brasileiro estava nítido que ele não tinha moto para disputar as primeiras posições. Já que ele vinha pressionado por Luthi e Miguel Oliveira. Apesar de ter lutado muito Morbidelli não conseguiu evitar a ultrapassagem de ambos caindo para o 5ºlugar na 9ªVolta. Thomas Luthi assumiu o 3ºlugar com o Português da KTM Miguel Oliveira em 4ºlugar.

Marquez teve um momento aonde ele por muito pouco ele não perde o controle da moto e quase caiu, Mas ele depois do susto tudo voltou ao normal. Claro que isso animou Pasini a tentar aproximação em cima do piloto da Marc VDS.

Takaagi Nakagami vinha em uma corrida também para se esquecer, Estava segurando a duríssimas penas a 8ªposição dos ataques de Xavi Vierge e Simone Corsi que disputavam a 9ªPosição. Quartararo, Schrotter e Isaac Viñales vinham e complementando essa turma.

Franco Morbidelli perdeu o 5ºlugar para Lorenzo Baldassarri e agora estava na alça de mira de Jorge Navarro que vinha querendo o 6ºlugar e conquistar o melhor resultado na moto 2. O Desempenho de Morbidelli nessa altura do campeonato era sofrível se comparar com o desempenho de Alex Marquez que estava tranquilo na liderança. Bem a frente de Mattia Pasini que estava sendo perseguido pelo Suíço Thomas Luthi que queria se aproximar mais do piloto da Marc VDS na disputa pelo campeonato.

Nakagami tentava segurar de toda a forma a 8ªposição. Chegou a tomar ultrapassagem do Vierge que o piloto da Honda Asia recuperou em poucos segundos.

Lá Na frente não havia uma briga que estava evidente. Alex Marquez levou a moto da Marc VDS com facilidade e de ponta a ponta para a vitória. A 6ª da Equipe na temporada e a 2ª de Alex Marquez. Uma temporada aonde a Marc VDS domina na moto 2. Mattia Pasini levou a moto da Italtrans para o segundo lugar e após a vitória em Mugello o piloto italiano que vem desde do começo da temporada muito bem é um dos grandes candidatos a vitória em 2017 e quem sabe ainda disputar o campeonato. Thomas Luthi com o 3ºlugar diminuiu ainda mais a diferença  sobre o líder Franco Morbidelli que tirando a largada acabou fazendo uma prova muito apagada ficando em 6ºlugar. Visto que o seu companheiro de equipe deu um show na Catalunha.

Na frente de Franco Morbidelli ficaram o Português Miguel Oliveira com a KTM em 4º e Lorenzo Baldassarri com a Forward em 5ºlugar.

Jorge Navarro com o 7ºlugar fez seu melhor resultado na moto 2 e deu sinais de que pode começar a vim para a disputa por melhores posições nas próximas provas tamanha é a sua evolução na categoria desde do começo da temporada até aqui. Fábio Quartararo da Equipe Pons aparece novamente com uma corrida correta levando o 8ºlugar. Xavi Vierge levando a moto da Tech 3 em 9ºlugar e Nakagami acabou de fora dos 10 primeiros colocados já que acabou sendo superado pelo piloto da Petronas Hafizh Syahrin que fechou os top 10.

Boa corrida de Isaac Viñales da equipe SAG Team do Brasileiro Eduardo Perales ficando em 13ºlugar atrás de Simone Corsi e na frente de Francesco Bagnaia que acabou não evoluindo depois da magistal largada que ele fez e Andrea Locatelli conseguiu marcar seu primeiro ponto no campeonato com a outra moto da Italtrans.

Semana que vem temos a 8ªEtapa em Assen na Holanda com Morbidelli tendo que dar a volta por cima para manter a liderança do campeonato da Moto 2. Pois lá vem Luthi e Alex Marquez chegando perto do Ítalo-Brasileiro na classificação do campeonato.

Resultado final da Moto 2
GP da Catalunha – 24 Voltas – 7ªEtapa

Pos piloto Equipe Moto Tempo
1 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex 42’40.502
2 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex 3.525
3 12 Thomas Luthi CarXpert Interwetten Kalex 4.452
4 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM 5.322
5 7 Lorenzo Baldassarri Forward Racing Team Kalex 9.930
6 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Kalex 14.172
7 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex 16.192
8 40 Fabio Quartararo Pons HP40 Kalex 18.217
9 97 Xavi Vierge Tech 3 Racing Tech 3 19.096
10 55 Hafizh Syahrin Petronas Raceline Malaysia Kalex 19.179
11 30 Takaaki Nakagami IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 19.361
12 24 Simone Corsi Speed Up Racing Speed Up 19.957
13 32 Isaac Vinales BE-A-VIP SAG Team Kalex 20.984
14 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 22.220
15 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex 23.501
16 68 Yonny Hernandez AGR Team Kalex 23.565
17 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing Suter 24.423
18 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 24.776
19 49 Axel Pons RW Racing GP Kalex 25.257
20 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 29.261
21 19 Xavier Simeon Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 30.062
22 37 Augusto Fernandez Speed Up Racing Speed Up 38.420
23 57 Edgar Pons Pons HP40 Kalex 47.235
24 2 Jesko Raffin Garage Plus Interwetten Kalex 47.390
25 27 Iker Lecuona Garage Plus Interwetten Kalex 54.588
26 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 55.085
27 45 Tetsuta Nagashima Teluru SAG Team Kalex 57.049
28 22 Federico Fuligni Forward Junior Team Kalex 1’07.344
23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Suter 2 Voltas
62 Stefano Manzi SKY Racing Team VR46 Kalex 8 Voltas
11 Sandro Cortese Dynavolt Intact GP Suter 12 Voltas
6 Tarran Mackenzie Kiefer Racing Suter 20 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP