F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Hamilton leva a pole em Xangai com Vettel largando em 2º.

Published by:

Lewis Hamilton conquistou nessa madrugada a 2ªPole da temporada 2017 da Formula 1. Após uma sexta praticamente perdida o Sábado não tivemos problemas com o tempo, Mas devido as chuvas e a parte de fora da pista que estava molhada tivemos ocorrências na classificação.

Todos eles aconteceram no Q1, Primeiro deles foi com o Frances Romain Grosjean que ao terminar a sua volta acabou rodando na entrada da reta dos boxes e por muito pouco acabou não rodando. Com sua volta comprometida o piloto da Haas acabou indo para os boxes para reparos no seu carro.

No final do Q1 o Italiano Antonio Giovinassi ao tentar melhorar a sua volta acabou rodando no mesmo ponto que Grosjean, Mas não teve a mesma sorte do francês e acabou batendo e destruindo o carro da Sauber que não esta bem das pernas financeiramente. Apesar disso acabou Giovinassi conseguindo uma vaga no Q2, Mas já não poderia voltar ao treino e portando já estava com o 15ºlugar no Grid de largada garantido.

Surpreendentemente Max Verstappen com a Red Bull acabou eliminado do treino no Q1, Sua melhor volta fez ele ficar apenas na frente de Esteban Ocon e vai largar a princípio em 19ºlugar. Palmer, Grosjean e Vandoorne foram os outros eliminados no Q1.

No Q2 somente 14 pilotos disputaram essa fase do treino e Ferrari e Mercedes completamente em um outro patamar em relação as outras equipes garantiram com facilidade o lugar no Q3. A Ferrari se colocava na briga com Vettel na frente de Hamilton ao final do Q2. Na parte final do Q2 apenas a Mercedes e Daniel Ricciardo com a Red Bull acabaram ficando nos boxes. Já todos os outros foram para a disputa das outras vagas e a Ferrari foi para tomar a ponta da Mercedes. (O que acabou sendo conseguido com exito com o Vettel)

Nico Hulkenberg foi o destaque colocando o carro da Renault em 6ºlugar. Classificando para o Q3 o que já é um grande resultado para o começo de desenvolvimento da equipe Francesa e que esta anos luz afrente de Jolyon Palmer que mal consegue um Q2 para a Renault. Carlos Sainz jr. acabou sendo eliminado e ficou de fora do Q3 com a Toro Rosso perdendo a batalha com o companheiro de equipe o Russo Daniil Kvyat que passou para a fase final da classificação. Kevin Magnussen, Fernando Alonso e Marcus Ericsson foram os outros eliminados. Sergio Perez classificou nos últimos segundos com o carro da Force India e Lance Stroll passou pela primeira vez para a parte final do Treino.

No Q3 Lewis Hamilton mostrou o seu domínio. Na primeira volta rápida o inglês colocou 3 décimos em cima de Valtteri Bottas que ficou atrás de Sebastian Vettel que ficou quase 2 décimos de diferença. Kimi Raikkonen acabou em 4º longe da briga com Ricciardo em 5º com a Red Bull mais longe ainda, Hulkenberg em 6ºlugar com a Renault e logo depois da volta o Alemão saiu do carro e tirou o capacete e as luvas. Mesmo tendo 4 minutos para o final para o Hulk o trabalho dele tinha acabado.

Massa, Kvyat, Perez e Stroll completavam os 10 primeiros colocados. Já na volta derradeira Hamilton colocou de novo seu tempo abaixo marcando 1:31.678 ( Quase 4 segundos mais rápido que a pole de 2016 que foi de Nico Rosberg) Levando a pole position. Valtteri Bottas baixou seu tempo em 1:31.865 e parecia que a Mercedes faria dobradinha, Mas Vettel colocou 1:31.864 e por 1 milésimo pela segunda vez no ano abre a primeira fila com o seu arquirrival nessa temporada. Já os Finlandeses Bottas que foi muito mais brilhante do que Raikkonen que nem faz cocegas em Vettel vão largar da segunda fila.

Daniel Ricciardo larga em 5ºlugar representando a Red Bull que vai ter uma desvantagem clara sobre a Williams já que ambos os pilotos estão entre os 10 primeiros colocados. Felipe Massa larga em 6ºlugar mais uma vez fazendo um treino dentro do que ele pode fazer com o carro da equipe de Grove. Posição essa conseguida na sua última volta rápida superando a Nico Hulkenberg com a Renault que larga em 7ºlugar.

Sergio Perez em mais um belissimo trabalho larga em 8º com a Force India seguido pelo Russo Daniil Kvyat com a Toro Rosso e de Lance Stroll com a Williams largando em 10ºlugar fechando a 5ªfila.

Amanhã as 3 horas da Manhã horário de Brasília teremos a segunda etapa do campeonato de Formula 1.

Grid de largada da segunda etapa do Mundial de Formula 1
GP da China

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Nº de Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:31.678 13
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:31.864 15
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:31.865 14
4 7 Kimi Raikkonen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:32.140 15
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 1:33.033 12
6 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:33.507 14
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:33.580 16
8 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:33.706 15
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:33.719 17
10 18 Lance Stroll Williams R.S.17 Mercedes M08 EQ Power+ 1:34.220 18
11 55 Carlos Sainz jr. Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:34.150 11
12 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:34.164 12
13 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:34.372 11
14 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:35.046 15
15 36 Antonio Giovinazzi Sauber C36 Ferrari 061 Sem Tempo 8
16 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:35.023 6
17 8 Romain Grosjean Haas VF-16 Ferrari 062 1:35.223 6
18 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:35.279 6
19 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1:35.433 7
20 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:35.496 6

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Williams

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1

Chuva e Nebrina anulou praticamente os treinos livres na China

Published by:

3 horas de treino acabaram se resumindo em 20 a 25 minutos de treino hoje no Circuito de Xangai na China aonde vai ser realizado a 2ªEtapa do mundial de Formula 1.

O primeiro treino até teve atividades na pista. Com voltas de instalação no começo por vários pilotos até que pararam o treino por uns 25 minutos até que a pista foi de novo liberada e dai tivemos os únicos tempos do dia marcados nesse período curto de tempo. Mas a rodada de Kevin Magnussen da Haas logo no recomeço de treino mostrava a situação crítica do circuito. A 45 minutos do final o Alemão Nico Hulkenberg roda na curva 2 para a 3 na altura do S cumprido o que fez o piloto da Renault rodar. E dai ficar atolado o que acabou fazendo ser acionado o Safety Car virtual.

Mas depois disso o treino foi interrompido até o final do Treino livre que acabou tendo Max Verstappen sendo o mais rápido com o carro da Red Bull. Felipe Massa foi o segundo colocado, Mas é uma analise precária já que Mercedes com Lewis Hamilton e Ferrari com ambos seus pilotos não foram para valer na pista.

No segundo treino não aconteceu nada, Com pista molhada e sem possibilidade do helicóptero voar com segurança devido a neblina. Sem atividades o Piloto Lewis Hamilton foi para perto da torcida e acabou fazendo a festa dos torcedores que vieram acompanhar a quase nenhuma atividade do dia de hoje.

As atividades caso o tempo ajude para amanhã vão ser iniciadas a meia-noite com o segundo treino livre (Terceiro Treino Livre na Verdade) e as 3 da Manhã com a classificação valendo pelo grid de largada do GP da China de Formula 1

Resultado do primeiro Treino Livre
GP da China

Posição Piloto Equipe Chassi Motor Tempo NºVoltas
1 Max Verstappen 33 Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 1:50.491 4
2 Felipe Massa 19 Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:52.086 7
3 Lance Stroll 18 Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:52.507 7
4 Carlos Sainz 55 Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:52.840 5
5 Romain Grosjean 8 Haas VF-17 Ferrari 062 1:53.039 6
6 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:53.314 4
7 Fernando Alonso 14 McLaren MCL32 Honda RA617H 1:53.520 5
8 Daniel Ricciardo 3 Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 1:54.038 7
9 Valtteri Bottas 77 Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:54.664 4
10 Kevin Magnussen 20 Haas VF-17 Ferrari 062 1:55.104 8
11 Nico Hulkenberg 27 Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:55.608 6
12 Stoffel Vandoorne 2 McLaren MCL32 Honda RA617H 1:57.445 4
13 Marcus Ericsson 9 Sauber C36 Ferrari 061 2:15.138 4
14 Antonio Giovinazzi 36 Sauber C36 Ferrari 061 2:15.281 4
15 Jolyon Palmer 30 Renault R.S.17 Renault R.E.17 Sem Tempo 3
16 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF70H Ferrari 062 Sem Tempo 2
17 Kimi Räikkönen 7 Ferrari SF70H Ferrari 062 Sem Tempo 1
18 Esteban Ocon 31 Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ Sem Tempo 2
19 Sergio Perez 11 Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ Sem Tempo 3
20 Lewis Hamilton 44 Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ Sem Tempo 2

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull

Sem categoria

Super Formula 2016 – Sekiguchi vence a primeira na Super Formula e assume a liderança do campeonato

Published by:

Grid de Largada:

1 20 Yuhi Sekiguchi ITOCHU ENEX TEAM IMPUL SF14TOYOTA RI4A 1’33.002
S
2 1 Hiroaki Ishiura P.MU/CERUMO · INGING SF14TOYOTA RI4A 1’33.417
S
3 40 Tomoki Nojiri DOCOMO DANDELION M40Y SF14Honda HR-414E 1’33.677
M
4 36 Andre Lotterer VANTELIN KOWA TOM’S SF14TOYOTA RI4A 1’33.719
S
5 2 Yuji Kunimoto P.MU/CERUMO · INGING SF14TOYOTA RI4A 1’33.758
M
6 64 Daisuke Nakajima NAKAJIMA RACING SF14Honda HR-414E 1’33.877
S
7 3 James Rossiter FUJI CORPORATION KONDO SF14TOYOTA RI4A 1’33.908
M
8 16 Naoki Yamamoto TEAM MUGEN SF14Honda HR-414E 1’33.988
S
9 41 Stoffel Vandoorne DOCOMO DANDELION M41S SF14Honda HR-414E 1’33.667
S
10 19 J.P.de Oliveira ITOCHU ENEX TEAM IMPUL SF14TOYOTA RI4A 1’33.692
S
11 37 Kazuki Nakajima VANTELIN KOWA TOM’S SF14TOYOTA RI4A 1’33.714
S
12 10 Koudai Tsukakoshi REAL SF14Honda HR-414E 1’34.021
S
13 4 William Buller FUJI CORPORATION KONDO SF14TOYOTA RI4A 1’34.548
S
14 8 Kamui Kobayashi SUNOCO TEAM LEMANS SF14TOYOTA RI4A 1’34.664
S
15 65 Bertrand Baguette NAKAJIMA RACING SF14Honda HR-414E 1’34.625
S
16 7 Narain Karthikeyan SUNOCO TEAM LEMANS SF14TOYOTA RI4A 1’34.678
S
17 18 Yuichi Nakayama KCMG Elyse SF14TOYOTA RI4A 1’34.741
S
18 11 Takuya Izawa REAL SF14Honda HR-414E 1’34.760
S
19 34 Takashi Kogure DRAGO CORSE SF14Honda HR-414E 1’34.853
S

Motegi, um circuito difícil de se conseguir ultrapassagem nos carros foi palco da 4ªEtapa da Super Formula em 2016. Uma corrida que marcou a primeira vitória do Japonês Yuhi Sekiguchi.

O piloto Yuji Sekiguchi era o pole position com o Campeão de 2015 Hiroaki Ishiura em segundo lugar, Na segunda fila larga Tomoki Nojiri da Docomo e André Lotterer da Tom’s e na Terceira fila largaram Yuji Kunimoto e Daisuke Nakajima. Naoki Yamamoto que liderava o campeonato após 3 corridas largaria em 8ºlugar.

Na largada Sekiguchi manteve a dianteira com Lotter pulando para o segundo lugar e Tomoki Nojiri mantendo a 3ªposição deixando Ishiura caindo para o 4ºlugar na frente do companheiro de equipe Yuji Kunimoto. Já Yamamoto foi para fora da pista e acabou caindo para a última posição.

Enquanto Sekiguchi abria diferença para Lotterer o piloto da Team Mugen começou a sua reação ao passar o piloto da KCMG (Yuichi Nakayama). O Indiano Narain Karthikeyan teve um grande momento na prova ao passar por fora o Fracote William Buller assumindo o 13ºlugar. Para o piloto da Kondo a coisa iria piorar também tomou de novo por fora dessa vez do Takashi Kogure. A vida não estava nada fácil para o inglês.

Yamamoto passou Izawa passando para o 17ºlugar. Mais a frente Kobayashi passou João Paulo de Oliveira e assumiu o 10ºlugar. Ao que parece os problemas de ultrapassagem parece que diminuam em relação a 2015. Sekiguchi voava na frente com 5 segundos de frente para Lotterer que na 9ªVolta não teria mais o incomodo de Nojiri que teve problemas em seu equipamento e abandonou a prova. Três Voltas depois foi a vez de JP de Oliveira ter problemas e também deixar a prova nos boxes. Ao sair do carro o piloto brasileiro ficou irritado por deixar uma prova aonde ele teria conduções de fazer um bom papel já que seu companheiro de equipe na Impul estava muito bem na liderança.

Hiroaki Ishiura passou para o 3º seguido por Yunimoto seu companheiro de equipe na Cerumo Inging. Rossiter, Daisuke Nakajima, Kazuki Nakajima e Stoffel Vandoorne completavam os 8 primeiros com Tsukakoshi e Kobayashi brigando pelo 9ºlugar e chegando os Top 10 da prova.

Tsukakoshi segurava Kobayashi e isso fez com que Kogure e Karthikeyan se aproximassem dessa disputa do 9ºlugar. O Indiano acabou sendo o primeiro a ir para os boxes na 13ªVolta e como tradução a equipe Sunoco Le Mans faz um péssimo trabalho perdendo mais de 30 segundos nos boxes e tirando o piloto da disputa praticamente. Na volta seguinte pararam Tsukakoshi e Kogure. Na 15ªVolta parou Kazuke Nakajima enquanto que Ishiura diminuía diferença para Lotterer na disputa pelo 2ºlugar. Bertrand Baguette também teve problemas em sua parada o carro patinou na hora de sair, Acabou saindo, Mas teve que voltar aos boxes para tirar uma peça do reabastecimento que estava no seu carro (Corpo Estranho estava no carro e precisou ser retirado) Isso acabou com a prova do Belga da equipe de Satoru Nakajima.

Buller e Izawa disputavam o 10ºlugar com Nakayama em 12º e Kazuki Nakajima em 13º que já tinha parado e estava 2 segundos mais rápido que todos eles que estavam mais atrás. O piloto da Tom’s não teve dificuldade em passar o piloto da KCMG e assumir o 12ºlugar. Mas ao chegar em Buller e Izawaa ultrapassagem já estava sendo mais complicada de acontecer. Quem vinha muito  bem na corrida era Naoki Yamamoto que estava já em 9ºlugar e andando forte para recuperar o prejuízo que ele teve depois da largada.

Lotterer via mais e mais Ishiura no seu retrovisor. O piloto da Cerumo Inging vinha para cima do Alemão da equipe Tom’s, Mas voltas depois Lotterer começa a controlar a diferença mostrando que ele tinha sim reserva para manter o 2ºlugar. Já a diferença do Alemão para o líder da corrida Yuhi Sekiguchi passava dos 10 segundos de diferença, A corrida estava nas mãos do piloto da Impul que restava em Motegi.

Tirando Lotterer e Ishiura que estavam para abrir disputa do 2ºlugar. Todos os pilotos do 4ºlugar até o 7ºlugar estavam com diferenças bem estabelecidas (Yunimoto, Rossiter, D.Nakajima, Vandoorne) Mas em 8ºlugar Kobayashi vinha sofrendo a pressão do líder do campeonato Naoki Yamamoto que estava a 18 segundos a frente de Buller, Izawa e K.Nakajima que não conseguia fazer a ultrapassagem mesmo com um carro 2 segundos mais rápido que os dois pilotos que estavam logo na sua frente e isso iria comprometer muito seu resultado de prova caso ele não conseguisse se livrar desses dois pilotos e de ficar com pista limpa para voar no circuito.

Na 27ªVolta Yamamoto vai para os boxes colocar 12 segundos de combustível no carro do piloto da Mugen que teria a chance de voltar a frente de Kobayashi. Kazuki Nakajima definitivamente não conseguia fazer a ultrapassagem em cima de Buller e Izawa o que poderia tirar o piloto da Tom’s da zona de pontuação. Na 30ªVolta Buller fez a sua parada voltando atrás de Bertrand Baguette na 16ªPosição. Vandoorne parou na volta seguinte assim como o piloto da KCMG Yuichi Nakayama que acabou voltando em último lugar.

Kamui Kobayashi parou na 32ªVolta, Ao demorar 14.9 segundos na parada acabou fazendo com que o piloto da Mugen passasse o piloto da Sunoco Le Mans ganhando posição. Nakayama acabou rodando na curva final do circuito. Após isso ele volta a pista sem grandes prejuízos no seu carro e na prova já que ele estava lá atrás.

Takura Izawa parou nos boxes e finalmente Kazuki Nakajima pode voltar ao seu ritmo de corrida, Mas já perdeu muito tempo o que poderia custar até ele não ter mais pontuando. O piloto da Real voltou atrás de Buller. Como tudo era antes da parada de ambos. Na 34ªVolta Daizuke Nakajima foi para os boxes e acabou sendo um trabalho terrível da Nakajima de novo assim como foi com a parada do Baguette o que matou a boa corrida do Filho de Satoru Nakajima.

O líder Yuhi Sekiguchi foi para os boxes na volta 35 com 15 segundos de troca de pneus e reabastecimento sem problemas. O piloto da Impul estava com a vitória nas mãos. Lotterer assumiu a liderança que era temporária com Ishiura, Kunimoto e Rossiter estavam na frente de Sekiguchi que voltaria a liderança com a parada desses 4 pilotos. Lotterer e Rossiter pararam na 37ªVolta deixando Ishiura e Kunimoto na liderança.

Na Volta 38 parou Ishiura deixando Kunimoto na liderança por uma volta já que o outro piloto da Cerumo Inging parou na volta seguinte. Na mesma volta 39 Rossiter fez uma ultrapassagem de muito arrojo ao Vandoorne para ganhar o 5ºlugar do piloto da Docomo. Sekiguchi voltou a liderança com 8 segundos de Lotterer que respirou colocando 3 segundos de Ishiura que estava pressionando por algumas voltas o piloto Alemão.

Duas brigas marcaram o final da prova. A do segundo lugar aonde Ishiura pressionava Lotterer na parte final de prova e na briga pelo 8ºlugar entre Yamamoto e Kobayashi. O piloto campeão de 2015 da Super Formula tentou passar Lotterer na 46ªVolta que acabou sendo uma tentativa não bem sucedida. Nas voltas finis Sekiguchi só administrou a sua enorme diferença para conquistar a primeira vitória na temporada e da sua carreira na Super Formula com muita facilidade. André Lotterer segurou Ishiura e acabou a prova em segundo lugar.

Ishiura e Yunimoto da Cemuro Inging ficaram em 3º e 4ºcolocados. James Rossiter fez outra boa corrida ficando em 5ºlugar do piloto da Kondo que acabou tendo com seu melhor momento a ultrapassagem sobre Stoffel Vandoorne que levou o melhor motor Honda da corrida ao 6ºlugar. Kazuki Nakajima chegou perto do piloto Belga acabando em 7ºlugar e certamente ficou prejudicado por não ter conseguido passar pilotos mais lentos e Naoki Yamamoto segurou os ataques de Kobayashi terminando em 8ºlugar, Mas perdeu a liderança do campeonato para Sekiguchi que iria partir para a Rodada dupla em Okayama na liderança do campeonato.

Resultado Final da 4ªEtapa da Super Formula – 2016
GP de Motegi – 52 Voltas.

Pos. Piloto Equipe Tempo
1 20 Yuhi Sekiguchi ITOCHU ENEX TEAM IMPUL SF14TOYOTA RI4A 1:25’17.584
2 36 Andre Lotterer VANTELIN KOWA TOM’S SF14TOYOTA RI4A 6.127
3 1 Hiroaki Ishiura P.MU/CERUMO・INGING SF14TOYOTA RI4A 6.708
4 2 Yuji Kunimoto P.MU/CERUMO・INGING SF14TOYOTA RI4A 21.326
5 3 James Rossiter FUJI CORPORATION KONDO SF14TOYOTA RI4A 31.996
6 41 Stoffel Vandoorne DOCOMO DANDELION M41S SF14Honda HR-414E 35.761
7 37 Kazuki Nakajima VANTELIN KOWA TOM’S SF14TOYOTA RI4A 36.334
8 16 Naoki Yamamoto TEAM MUGEN SF14Honda HR-414E 44.197
9 8 Kamui Kobayashi SUNOCO TEAM LEMANS SF14TOYOTA RI4A 44.593
10 64 Daisuke Nakajima GREEN TEC/NAKAJIMA SF14Honda HR-414E  1’06.775
11 34 Takashi Kogure DRAGO CORSE SF14Honda HR-414E 1’15.520
12 10 Koudai Tsukakoshi REAL SF14Honda HR-414E 1’16.424
13 4 William Buller FUJI CORPORATION KONDO SF14TOYOTA RI4A 1’21.666
14 11 Takuya Izawa REAL SF14Honda HR-414E 1’23.026
15 18 Yuichi Nakayama KCMG Elyse SF14TOYOTA RI4A 1 Volta
65 Bertrand Baguette GREEN TEC/NAKAJIMA SF14Honda HR-414E 17 Voltas
7 Narain Karthikeyan SUNOCO TEAM LEMANS SF14TOYOTA RI4A 19 Voltas
19 J.P.de Oliveira ITOCHU ENEX TEAM IMPUL SF14TOYOTA RI4A 45 Voltas
40 Tomoki Nojiri DOCOMO DANDELION M40Y SF14Honda HR-414E 48 Voltas

Classificação do Campeonato:

  1. Yuhi Segiguchi 17 Pontos
  2. André Lotterer 15.5 Pontos
  3. Hiroaki Ishiura 15 Pontos
  4. Yuji Kunimoto 14.5 Pontos
  5. Naoki Yamamoto 14 Pontos
  6. James Rossiter 11 Pontos
  7. João Paulo de Oliveira 10 Pontos
  8. Kazuki Nakajima 10 Pontos
  9. Stoffel Vandoorne 10 Pontos
  10. Koudai Tsukakoshi 9 Pontos
  11. Takashi Kogure 5 Pontos
  12. Takura Izawa 3 Pontos
  13. Tomoki Nojiri 2.5 Pontos
  14. Narain Karthikeyan 2 Pontos
  15. Daisuke Nakajima 1 Ponto
  16. Bertrand Baguette 1 Ponto

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: kcmg / Super Formula / f1fanatic

Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Divulgação Fotos Mercedes Challenge Mercedes-Benz Challenge

MB Challenge: Cristian Mohr conquista pontos em Goiânia

Published by:

A piloto de Santa Catarina, Cristian Mohr, começou a temporada 2017 da Mercedes-Benz Challenge conquistando pontos na primeira prova da temporada, realizada no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia. Mohr largou na quinta posição do grid da CLA45/AMG e fez uma corrida regular, terminando na quarta colocação.

Segundo o piloto, ele tinha um carro muito bom para andar na frente, mas infelizmente não fez uma boa largada. “A prova em Goiânia se resume a largada, que eu acabei não largando muito bem e caí para oitavo lugar, ficando no meio do pelotão”, explica Mohr. Mas o catarinense estava com um bom carro nas mãos e conseguiu recuperar posições com facilidade. “Depois comecei a recuperar, vim ultrapassando até terminar em quarto. Na última volta quase consegui um pódio brigando pela terceira posição”.

Mohr ressalta a importância de iniciar o campeonato pontuando. “Claro que tínhamos carro para andar mais para a frente, mas realmente a largada me prejudicou, pelo menos pontuamos e pontuar no início do campeonato é sempre importante, ficamos apenas a sete pontos do líder”.

“Nosso foco agora é Santa Cruz, nos preparar bem para buscar resultado lá”, finaliza Mohr.

Cristian Mohr conta como patrocínio da Votorantim Cimentos, Cimentos Tocantins,WDCom Combustíveis, Grupo Max Mohr.

Assessoria Schaefer
Fotos: Claudio Kolodziej

Fernando Silva – Administrador

Fone: (51) 9363 -1334

          (51) 3365 – 6843

Leila Schaefer – Jornalista

Fone: (51) 9981 1623

Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Divulgação Fotos Mercedes Challenge Mercedes-Benz Challenge

MB Challenge: Fernando Junior vence na reestreia em Goiânia

Published by:

O retorno do campeão de 2015 à Mercedes-Benz Challenge, Fernando Junior, foi em grande estilo. Depois de ficar em sem disputar corridas em 2016, ele voltou a categoria CLA45/AMG com vitória na abertura da temporada, no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia.

Fernando largou na segunda fila, na quarta posição do grid. Já na largada o piloto de Santa Cruz do Sul mostrou que voltou para brigar pelo título de 2017. Na primeira volta ele já aparecia em segundo lugar acelerando em busca do líder. Na sétima volta o santacruzense conquistou a liderança e começou a abrir vantagem até janela de entrada nos boxes, quando estava com mais de 3 segundos sobre o segundo colocado.

“Um retorno de sucesso como desse é o trabalho de toda a equipe a minha dedicação, da minha família, da Adesca, enfim todo mundo que me ajudou nessa volta às pistas”, ressalta Fernando. “Estou muito feliz aqui em Goiânia, uma cidade que gosto muito, andei bem e o carro estava excelente”, comemora.

O que era bom ficou ainda melhor, na volta da parada de boxes obrigatória o piloto continuou na liderança e conseguiu abrir ainda mais vantagem sobre o segundo colocado, terminando a prova com mais de cinco segundos à frente. “Começamos bem o campeonato, vamos levar a vitória para Santa Cruz do Sul”, comemora Fernando. “Mas não tem nada ganho, ainda temos sete etapas pele frente, a próxima em casa e agora é hora de se dedicar ainda mais para buscar uma vitória no Rio Grande do Sul”, pondera o piloto

Fernando Junior tem a participação na Mercedes-Benz Challenge viabilizada pelo governo do Rio Grande do Sul, através do programa ProEsporte. Xuk Bebidas,Energético Power Land, Pitt Jeans, Transportes Mahler,, Motoryama e Adesca são empresas parceiras da iniciativa.

Assessoria Schaefer
Fotos: Claudio Kolodziej

Fernando Silva – Administrador
Fone: (51) 9363 -1334
          (51) 3365 – 6843
 
Leila Schaefer – Jornalista
Fone: (51) 9981 1623