Honda sobra na Alemanha e Marquez conquista a pole em Sachsenring

A Honda conseguiu pelo menos nesse circuito alemão de Sachsering mostrar seu domínio com uma moto mais agil para esse tipo de circuito os dois pilotos dominaram o treinamento com Marc Marquez estabelecendo a pole position com 1:20.336 o piloto Espanhol que busca a sua segunda vitória na temporada (A última vitória foi em Austin no Texas) Dani Pedrosa fez um belo treino e larga em segundo lugar a 292 milésimos de Marquez, A primeira fila será completada pelo espanhol Jorge Lorenzo completando uma trifeta espanhola com sua Yamaha, mas tomou quase 6 décimos do pole position, Mesmo com a Melhor moto do campeonato é possível que dessa vez a Honda seja a Favorita a vitória.

O líder do campeonato Valentino Rossi larga em 6ºlugar atrás das Ducati de Andrea Iannone com a equipe oficial da Ducati e de Yonny Hernandez com a sua Pramac-Ducati que se adaptou bem nesse circuito alemão o que possibilitou o belíssimo treino do piloto Colombiano.

Os substitutos não se sobresairam e ficaram para trás Hiroshi Aoyama larga em 22º substituindo Karel Abraham, Michael Laverty que substituem o incompetente Marco Melandri na Aprilla larga em 24º e em último lugar no Grid de largada larga o piloto Claudio Corti que esta substituindo a Stefan Bradl na Athina Forward.

Amanhã a partir das 6 da Manhã Teremos o mundial de motovelocidade começando a sua programação com a Moto 3, a Moto GP terá sua corrida marcada as 9 da manhã, Tudo com Transmissão do Sportv no Brasil e Sporttv em Portugal.

Grid de largada da 9ªEtapa do Mundial de MotoGP – GP da Alemanha:

1 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 1’20.336
2 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) 1’20.628
3 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’20.921
4 29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) 1’21.029
5 68 Yonny Hernandez (Octo Pramac Racing Ducati) 1’21.115
6 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 1’21.220
7 41 Aleix Espargaro (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’21.239
8 44 Pol Espargaro (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’21.274
9 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) 1’21.329
10 35 Cal Crutchlow (CWM LCR Honda Honda) 1’21.409
11 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) 1’21.503
12 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) 1’21.796
13 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) 1’21.628
14 45 Scott Redding (EG 0,0 Marc VDS Honda) 1’21.632
15 9 Danilo Petrucci (Octo Pramac Racing Ducati) 1’21.760
16 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’22.049
17 15 Alex de Angelis (E-Motion IodaRacing Team ART) 1’22.195
18 43 Jack Miller (CWM LCR Honda Honda) 1’22.225
19 69 Nicky Hayden (Aspar MotoGP Team Honda) 1’22.362
20 76 Loris Baz (Athinà Forward Racing Yamaha Forward) 1’22.394
21 63 Mike di Meglio (Avintia Racing Ducati) 1’22.441
22 7 Hiroshi Aoyama (AB Motoracing Honda) 1’22.543
23 50 Eugene Laverty (Aspar MotoGP Team Honda) 1’22.693
24 70 Michael Laverty (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) 1’22.947
25 71 Claudio Corti (Athinà Forward Racing Yamaha Forward) 1’23.374

Texto: Deivison da Conceição da Silva

O dia em que o Automobilismo foi derrotado em Berlim

Nelsinho sempre vai ser o piloto que trapaceou para fazer o seu companheiro vencer e arruniou várias carreiras promissoras com sua Maldita atitude!
Nelsinho sempre vai ser o piloto que trapaceou para fazer o seu companheiro vencer e arruinou várias carreiras promissoras com sua Maldita atitude! Reconhecer o título para ele é algo que jamais deveria ser feito por ninguém em consciência dos fatos de Cingapura em 2008

O que eu eu vibrei com o dia de Sábado com a MotoGP e a competição que foi em Assen Hoje como um amante da velocidade foi uma triste, fúnebre, terrível, Um dia para lembrar e nunca mais ser feito, Um momento em que poderia ser sido um final de campeonato maravilhoso acabou se tornando péssimo. Essa história começou no dia 23 de Maio de 2015, em meio as maiores corridas do automobilismo mundial que são o GP de Mônaco e as 500 milhas de Indianápolis aconteceu a ePrix de Berlin aonde Lucas di Grassi fez um corridão vencendo de forma incontestável a etapa e dando um passo importante para o Título.

Mas horas depois da Conquista veio a Eliminação do piloto da Abt isso por que a asa foi modificada, Dai ela foi modificada para ganhar desempenho? Não, foi para ela ser reparada. Ou seja, mesmo que ela tenha sido alterada eu falo foi a mais idiota das punições que já vi para prejudicar um piloto que ela não deveria nunca ter sido aplicada, Os Fiscais ou comissários deveriam ter vergonha do que fizeram e ela se concretizou hoje com o fracasso ético pelo Di Grassi ter marcado 16 pontos a mais que Nelsinho Piquet e 18 a mais que Sebastian Buemi. Ele foi campeão na pista e vocês tiraram esse título através de meios políticos ou pela pressão das outras equipes ou pelo fato de ser importante um sobrenome de Campeão levar esse título.

Essa Categoria tem um nome Ela se chama Formula E-Politic ao invés de Formula Eletric pois houve uma punição na última corrida que se questiona toda a gerencia do campeonato: Stephan Sarrazin ganhou a corrida, Mas foi punido em 49 segundos por usar potência maior que a permitida que foi a de 150 KW na corrida e dai vejo um piloto que violou o regulamento em usar mais potência que a permitida e ver ele ser punido e um piloto que tem uma asa consertada ser desclassificação é o lapso da Sacanagem!!!

Infelizmente essa desclassificação acabou fazendo um piloto ser carater ganhar o campeonato da Formula E, Sim Nelsinho Piquet um dos pilotos mais nefastos da história do Automobilismo mundial verdade seja dita, Depois de Cingapura em 2008 ele perdeu o direito de ser um piloto de corrida sendo junto de Flávio Briatore, De Pat Symonds e de alguns outros que estão no esporte, Entre eles o Organizador da Formula E e o Presidente da FIA como pessoas são Cancerosos para o Automobilismo e para o Esporte em Geral. Na MotoGP não tem isso!!! Na MotoGP o Esporte prevalece e por isso tudo que eles fazem funciona e eles com as CRT se reinventaram e transformavam a categoria que tinha apenas 17 motos para 25 motos.

No Sábado eu fiquei feliz da vida com as corridas da Moto 3, Moto 2 e MotoGP, Foi magnifico todas elas e assim que tem que ser as decisões serem na pista, A Honda ameaçou protestar, Mas dai depois viu que o protesto seria uma besteira e ficou o resultado da pista, O mais importante é que o Marquez que vai ser um campeão no futuro não contestou o resultado, levou na boa essa derrota e o campeonato continua e tenho certeza que o público continuara interessado nessa disputa que será na pista e não no jogo político.

Agora a Formula E  esta anos luz atrás, Mas anos luz atrás pois jogaram todo o conceito novo de competição por terra quando começaram a correr em circuitos ridículos como Mônaco aonde não tinha como passar ninguém numa primeira curva que jamais deveriam passar e por muita sorte o Bruno Senna acabou ileso pois poderia ter acontecido uma tragédia. Agora Berlim foi o Lapso da Sacanagem política! Será que o Organizador que é Advinha: Um político chamado Alejandro Agag não aprendeu as maracutaias em Brasília, Porque mostra o diploma ou isso é segredo de estado e não pode ser mostrado, Você que é ou foi amigo do Briatore, Será que você não viu isso ou viu e fingiu que esta tudo bem, Você é responsável também por esse desastre no Esporte. Qualquer esportista que tenta manipular um resultado em outro esporte é geralmente banido do esporte, Somente no automobilismo é que piloto ganha delação premiada, parece Brasília que quando alguém dedura um corrupto tem sua pena perdoada, Quem é fã e quem quer ver o jogo limpo no esporte é visto como laranja podre, Aguada, como lixo, só interessa a eles o dinheiro que entra na conta bancaria deles.

Eles acham que o Deus deles é diferente! que o Deus deles não é como o nosso, Mas eu aviso a eles que o Deus deles é o mesmo Deus e ele esta olhando para todo mundo inclusive para o que vocês fizeram, Que pena que eu não tenha poder para mudar o que vocês fizeram… Mas o tempo vai mostrar o eprix de Berlim que vocês mudaram vai ter consequências terríveis para a categoria. O Richard Branson disse que a Formula E vai superar a Formula 1 em 5 anos, Eu vejo em 5 anos a Formula E cair por terra e a Formula 1 continuando sendo a maior das categorias mesmo com todos os problemas e com tudo que o Tio Bernie Fizer o público ainda é fascinado pela categoria de 65 anos de História e acredita ainda que ela vai voltar a ser a maior top do automobilismo e se algum evento pode derrotar a Formula 1 ela se chama MotoGP, Isso sim pode vencer a Formula 1, pode colocar o Bernie no Chão, a Formula de Corrida é tão gostosa lá que agente quando termina a corrida quer mais corrida, Na Formula 1 isso não acontece. A Formula E dar raiva hoje para mim.

Tem corridas em que a receita é muito boa, Na World Series a receita das corridas é muito boa, Ela faz de fato o piloto aprender mais do que na GP2 Series por incrível que pareça com uma corrida com acerto que privilegia mais a velocidade nas retas e uma outra que favorecer mais o acerto para curvas e uma parada obrigatória. Na Nascar é maravilhoso, A Formula Indy esta recomeçando a deixar rolar a provas, As corridas lá estão sendo boas e o grid esta voltando a encher, Claro longe do tempo da Formula Indy do inicio dos anos 90 aonde foi o auge da categoria. A Super Formula é uma categoria que gostei muito da forma de disputa, é interessante e muito rápido, É um show a categoria Japonesa. Mas a Formula E que começou muito bem terminou muito mal nesse domingo.

Falaram do sucesso da Categoria! Não foi sucesso, O campeão saiu de forma injusta, Os circuitos tinha algumas pistas muito boas, Mas teve circuitos que foram horríveis como esse de Londres, A Pista de Mônaco era medonha, É preciso pensar em fazer as corridas em autódromos já para 2015/16, Se bem que não adianta pois vão manter o conceito, Então façam em pistas que deem para ter corrida ou então se corra em autódromos. E se faça um regulamento que se preste e que a FIA puna de verdade e de forma coerente. Pois desclassificar um piloto por causa de uma asa consertada e só punir em tempo um piloto que usou potência acima da devida é o Lapso da Sacanagem! Sucesso aonde, Só se for em temos de manipular o resultado, Agirem feito ladrões, pois a partir do momento que eles interferem nos resultados eles são ladrões e não merecem o sucesso que tiveram até quando eles revogarem a punição da eprix de Berlim aonde eles roubaram das mãos de um piloto que lutou a carreira inteira para ter essa glória e que foi sacaneado na Renault, e agora é sacaneado por vocês e dão esse título para um moleque que representa a escória do Automobilismo mundial que não tem moral nenhuma para ser piloto de nada! Depois do que fez em Cingapura em 2008 ele não tem moral para ser piloto e em qualquer esporte no mundo ele seria banido pelo resto da vida para que quem for piloto não faça o que ele fez. Nós vamos lutar para isso acontecer, Nem que sejamos sozinhos nessa multidão e tenho certeza que muita gente concorda com essa luta, Mas que eles não acreditam que isso vai mudar.

Por isso 2 semanas antes da Decisão decidimos criar uma petição que se conseguimos mudar o resultado de Berlim e revertemos essa injustiça vamos mostrar ao mundo que a FIA não é tão poderosa assim e que o esporte ainda pode prevalecer pois o Automobilismo esta cada dia sendo derrotado pela política e isso não esta sendo bom para o Esporte, cada dia temos mais e mais pessoas saindo do esporte, Menos empresas dispostas a investir em pilotos e em eventos e isso a longo prazo vai ser ruim para o esporte. Vocês que querem assinar a petição, Mas não assinam porque vocês acham que não vai dar em nada, quero dizer que Se não assinar ai é que não vai dar em nada, Vocês estão agindo igual ao quando vocês vão votar quando votam em um político que não acredita para dar força ao segundo colocado para ele ir ao segundo turno ou então vota logo no primeiro para tudo terminar no primeiro Turno. Isso é muito fácil, Só que tudo que é mais fácil tem suas consequências como saúde não funcionando, Educação não funcionando, Segurança não funcionando, Nada funcionando e dai você ver o quanto você deu um tiro no pé em fazer isso. Chega, Tá na hora do povo deixar de ser acomodado e lutar por justiça não só do Brasil como no mundo inteiro, Que seja por mudar o país ou fazer justiça para revogar uma punição injusta é necessário coragem para mudar!

Link da Petição: Retire a punição que vocês deram a Lucas di Grassi no e-Prix de Berlim (Alemanha) 8ªEtapa da Formula E

Classificação final da Formula E (A Classificação Verdadeira como deve ser e não manipulada por essa corja que são os comissários da FIA)

1 Lucas di Grassi 158 Pontos
2 Nelson Piquet Jr. 142 Pontos
3 Sébastien Buemi 140 Pontos
4 Jérôme D’Ambrosio 106 Pontos
5 Sam Bird 101 Pontos
6 Nicolas Prost 88 Pontos
7 Jean-Éric Vergne 68 Pontos
8 António Félix da Costa 51 Pontos
9 Bruno Senna 40 Pontos
10 Loïc Duval 39 Pontos
11 Daniel Abt 32 Pontos
12 Jaime Alguersuari 30 Pontos
13 Nick Heidfeld 29 Pontos
14 Stéphane Sarrazin 20 Pontos
15 Scott Speed 18 Pontos
16 Franck Montagny 18 Pontos
17 Karun Chandhok 18 Pontos
18 Charles Pic 16 Pontos
19 Oriol Servià 16 Pontos
20 Jarno Trulli 15 Pontos
21 Salvador Durán 13 Pontos
22 Oliver Turvey 4 Pontos
23 Takuma Sato 2 Pontos
24 Vitantonio Liuzzi 1 Ponto
25 Justin Wilson 1 Ponto

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: Motorsport

No duelo da temporada até Agora entre Rossi e Marquez o velho Valentino conquista vitória em Assen para delírio do público Holandês

Rossi e Marquez realizaram o duelo da temporada de 2015 no mundial de motovelocidade e o velho Valentino Rossi com seus 320 GPs Segurou a vitória de número 111 na sua carreira com um lance Fantástico no final da corrida aonde Marquez tentou o tudo um nada ao tentar a ultrapassagem sobre Rossi, Um lance de corrida arriscado aonde Marquez ameaçou por tudo a perder para ele e para o Rossi e Rossi arriscou jogar fora a liderança do campeonato a jogar duro também com Marquez, No Final da História: Ainda bem que nenhum deles caiu pois nenhum deles merecia o Chão pelo que eles fizeram a corrida toda.

Rossi e Marquez fizeram o duelo da corrida
Rossi e Marquez fizeram o duelo da corrida

Desde da largada Rossi e Marquez dispararam na frente deixando para trás Aleix Espargaró com a Suzuki que não rendeu nada em Assen e Jorge Lorenzo que fez uma largada formidável conseguindo em 1 volta sair do 8º para o terceiro lugar, Mas depois Lorenzo não conseguiu participar da disputa, Rossi e Marquez foram distanciando, distanciando e Lorenzo foi ficando, solitário em 3ºlugar, Mais atrás vinham todos os outros pilotos das equipes de Fábrica lutando pela quarta posição, Essa posição que ficou nas mãos da Ducati de Andrea Iannone.

luta pela posicoes intermediarias

Marquez com os pneus mais duros e com o Chassi da Honda de 2014 estavam se revelando um adversário a altura e que teria uma vantagem sobre Rossi na parte final da corrida, A 8 voltas do final Marquez foi para cima de Rossi e conseguiu a ultrapassagem assumindo a liderança da corrida e dai se pensou, Dessa vez Marquez vai sair do jejum de vitórias, Mas Rossi continuava por perto esperando o melhor momento para tentar voltar a liderança da corrida e isso aconteceu a menos de 4 voltas do final da corrida. Rossi voltou a ponta da corrida e Marquez poderia se contentar com o segundo lugar após 2 quedas em duas corrida seguidas ou tentar o ataque final contra Rossi.

Dueloepicodemarquezerossi

Marc Marquez na curva final decidiu tentar o último ataque foi por dentro, Mas sem o espaço necessário não conseguiu a ultrapassagem, Rossi não se entregou, defendeu sua posição, passou reto pela brita empinando a moto para não cair e levou o GP da Holanda para Delírio da Torcida do piloto de 36 anos de idade que teve um duelo épico com o jovem e incansável pela vitória Marc Marquez que foi um grandioso adversário para que esse duelo fosse fantástico.

Rossipassandopelabrita

Hoje somente Marquez poderia derrotar o Rossi e somente Rossi poderia vencer A Formiga Atômica. Sem chance para um apático Jorge Lorenzo que teve mais tempo mais próximo de tomar pressão de Andrea Iannone do que de lutar pela vitória, Chegou em 3ºlugar a 14 segundos do vencedor, inadaptado aos novos pneus Bridgestone que acabou derrubando a sequência de 4 vitórias seguidas do Espanhol.

No resto Andrea Iannone derrotou o resto do mundo das protótipos chegando em 4ºlugar derrotando Pol Espargaró que fez um final de semana muito bom com a Tech 3 que vem tem constância entre as melhores equipes satélites da MotoGP e vencendo o duelo com a LCR Honda a satélite da Honda com Cal Crutchlow que completou os 6 primeiros colocados. Bradley Smith ficou em 7ºlugar na frente de Dani Pedrosa que foi muito mal com a moto oficial da Honda ficando a 23 segundos de Marquez em 8ºlugar.

Frustante desempenho da Suzuki em Assen
Frustante desempenho da Suzuki em Assen

Aleix Espargaró que foi o pole position em Assen foi ficando para trás e sem ter uma moto competitiva acabou a prova em 9ºlugar, E numa pista mais travada aonde a ciclística da Suzuki seria um belo aliado para a equipe conquistar um bom resultado acabou sendo uma decepção a Suzuki. Viñales fechou os 10 primeiros colocados.  Danilo Petrucci, Andrea Dovizioso que ficou no final da corrida ficando em um modesto 12ºlugar, Scott Redding e Yonny Hernandez que ficou com o último lugar das motos protótipos (Não conto as motos da Gresini Aprilla nessa lista), aliás todos os pilotos com Motos Protótipos terminaram a corrida.

Entre as CRT apenas Loris Baz pontuou com a Forward Racing e foi a melhor delas deixando Nicky Hayden, Alvaro Bautista, Mike Di Meglio e o patético Marco Melandri que tomou 1 volta do vencedor.

Marquez foi um duro adversário, Mas que valorizou ainda mais a vitória de Rossi
Marquez foi um duro adversário, Mas que valorizou ainda mais a vitória de Rossi

Daqui a 2 semana teremos o GP da Alemanha em Saschering com Rossi e Marquez revigorados e Lorenzo vendo seus adversários fortes a partir de agora já que o piloto da Honda com o Chassis de 2014 da Honda se sentiu melhor do que o Chassis de 2015 mas ainda a moto da Yamaha parece estar melhor .

Resultado Final da Moto GP – GP da Holanda – 8ªEtapa

1 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 40’54.037
2 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) a 1.242
3 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 14.576
4 29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) a 19.109
5 44 Pol Esparagaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 24.268
6 35 Cal Crutchlow (CWM LCR Honda Honda) a 24.373
7 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 24.442
8 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) a 24.656
9 41 Aleix Esparagaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 26.725
10 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 27.238
11 9 Danilo Petrucci (Octo Pramac Racing Ducati) a 29.038
12 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) a 29.418
13 45 Scott Redding (EG 0,0 Marc VDS Honda) a 46.663
14 68 Yonny Hernandez (Octo Pramac Racing Ducati) a 49.305
15 76 Loris Baz (Athinà Forward Racing Yamaha Forward) a 52.396
16 69 Nicky Hayden (Aspar MotoGP Team Honda) a 56.005
17 19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 59.857
18 63 Mike di Meglio (Avintia Racing Ducati) a 1’14.513
19 33 Marco Melandri (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 1 Volta

Não Terminaram a corrida:

15 Alex de Angelis (E-Motion IodaRacing Team ART) a 3 Voltas
50 Eugene Laverty (Aspar MotoGP Team Honda) a 11 Voltas
6 Stefan Bradl (Athinà Forward Racing Yamaha Forward) a 21 Voltas
8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) a 25 Voltas
43 Jack Miller (CWM LCR Honda Honda) a 25 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Zarco conquista vitória e amplia liderança no campeonato em Assen

Em mais um grande final de semana o Francês Johann Zarco conquistou mais uma vitória na Moto 2 desbancando seu arquirrival na luta pelo título Tito Rabat, o piloto da Ajo Motorsport não largou bem em nenhuma das largadas.

A corrida teve duas largadas, A primeira delas tivemos o vazamento de combustível da moto de Luis Salom da equipe de Sito Pons e por isso foi dada uma bandeira vermelha para que os fiscais de pista limpassem para evitar problemas de novos acidentes devido ao liquido inflamável e que nunca da boa coisa quando uma moto anda num asfalto como esse.

Salom_moto_off

Após a limpeza da pista os pilotos fizeram de novo o procedimento de largada, Mas a corrida foi diminuída para 16 voltas. E dessa forma os pilotos foram para a segunda corrida podendo ousar mais já que a corrida seria menor, Na segunda largada mais uma largada fraca de Zarco e Rabat assumiu a liderança, Mas logo Jonas Folger acabou tomando a ponta e abrindo diferença no começo parecendo que ele iria embora enquanto Rabat e Zarco disputavam o segundo lugar, Mas em poucas voltas se viu que a velocidade de Folger acabaria por comprometer a corrida dele em termos de desempenho até o final da corrida, Rabat tomou a ponta de Folger e depois Rabat, Lowes e outros acabaram por escalar em cima do piloto da AGR Team.

Dai Rabat manteve a liderança até a parte final da prova quando Zarco tomou a ponta da corrida e dai o Francês da Equipe Ajo Motorsport não perdeu mais a vitória que foi a sua 3ªVitória na temporada e com isso colocou mais 5 pontos na frente de Rabat que ficou em 2ºlugar, com isso tudo a diferença entre Zarco e Rabat é de 45 pontos o que é muito comodo para o Francês que pode ter a possibilidade que no começo da temporada era algo impensável de ele ser o campeão da Moto 2 nessa temporada após anos em que ele esteve inconstante.

Rabat_zarco_moto2_hol15

O pódio foi completado pelo inglês San Lowes que é sem dúvida o melhor piloto da Speed UP nessa temporada e é a  única moto que é capas de lutar com as Kalex que são os melhores chassis do Grid da Moto 2, Alex Rins acabou representando bem a Pons fechando a corrida em 4ºlugar vencendo a batalha com Thomas Luthi que chegou em 5ºlugar e Xavier Simeon que levou a moto da Gresini ao 6ºlugar ficando na frente de Jonas Folger que acabou salvando 9 pontos no campeonato.

Mika Kallio finalmente fez uma boa corrida chegando em 8ºlugar, completando os 10 primeiros vieram o irmão de Marc Marquez o Alex Marquez e Simone Corsi que perdeu terreno após largar do 4ºlugar no grid de largada.

Franco Morbidelli fez sua pior corrida no ano ficando o tempo todo lá atrás e terminando a corrida em 19ºlugar, Daqui a duas semanas tem mais Moto 2 na Alemanha em Sachsenring com Zarco sendo o homem a ser batido e convenhamos tá difícil bater o Francês!

Resultado Final da Moto 2 – GP da Holanda

1 5 Johann Zarco (Ajo Motorsport Kalex) 26’13.410
2 1 Tito Rabat (EG 0,0 Marc VDS Kalex) a 0.757
3 22 Sam Lowes (Speed Up Racing Speed Up) a 2.080
4 40 Alex Rins (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) a 3.738
5 12 Thomas Luthi (Derendinger Racing Interwetten Kalex) a 4.530
6 19 Xavier Simeon (Federal Oil Gresini Moto2 Kalex) a 5.045
7 94 Jonas Folger (AGR Team Kalex) a 6.140
8 36 Mika Kallio (Italtrans Racing Team Kalex) a 8.105
9 73 Alex Marquez (EG 0,0 Marc VDS Kalex) a 8.376
10 3 Simone Corsi (Athinà Forward Racing Kalex) a 9.670
11 60 Julian Simon (QMMF Racing Team Speed Up) a 11.749
12 77 Dominique Aegerter (Technomag Racing Interwetten Kalex) a 17.537
13 30 Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 18.104
14 4 Randy Krummenacher (JIR Racing Team Kalex) a 20.468
15 55 Hafizh Syahrin (Petronas Raceline Malaysia Kalex) a 20.894
16 25 Azlan Shah (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 22.405
17 11 Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP Kalex) a 22.930
18 23 Marcel Schrotter (Tech 3 Tech 3) a 25.663
19 21 Franco Morbidelli (Italtrans Racing Team Kalex) a 30.931
20 70 Robin Mulhauser (Technomag Racing Interwetten Kalex) a 35.014
21 2 Jesko Raffin (sports-millions-EMWE-SAG Kalex) a 35.289
22 49 Axel Pons (AGR Team Kalex) a 44.794
23 10 Thitipong Warokorn (APH PTT The Pizza SAG Kalex) a 47.633
24 15 Ratthapark Wilairot (JPMoto Malaysia Suter) a 54.049
25 13 Jasper Iwema (Abbink GP Speed Up) a 1’10.079

Não Terminaram a corrida:

7 Lorenzo Baldassarri (Athinà Forward Racing Kalex) a 5 Voltas
95 Anthony West (QMMF Racing Team Speed Up) a 5 Voltas
96 Louis Rossi (Tasca Racing Scuderia Moto2 Tech 3) a 7 Voltas
88 Ricard Cardus (Tech 3 Tech 3) a 11 Voltas
66 Florian Alt (E-Motion IodaRacing Team Suter) a 16 Voltas
39 Luis Salom (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) Não Largou – 1ªLargada

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Miguel Oliveira na hora certa da o bote certeiro e vence em Assen

A Moto 3 sempre premia quem cedo madruga, E foi esse caso hoje em Assen numa corrida impressionante aonde não se sabia quem iria vencer a prova, acabou tendo essa felicidade o piloto Português Miguel Oliveira com a moto da KTM da Equipe Ajo Red Bull KTM que conseguiu nas curvas finais passando o piloto Francês Fabio Quartararo que pegou a ponta na volta final.

A disputa foi intensa entre 7 pilotos que foram Oliviera, Quartararo, Kent, Navarro, Fenati, Bastianini e Binder que disputaram a vitória com 6 deles alternando a liderança e apenas o Binder estando no Grupo, Mas sem liderar a corrida. Para Danny Kent mais do que ganhar a 4ªcorrida na temporada era mais importante era marcar bons pontos no campeonato e o que ele conseguiu com o 3ºlugar completando o pódio que teve Miguel Oliveira vencendo e Fábio Quartararo que viu a vitória ficando bem perto dele.

Jorge Navarro terminou em 4ºlugar também liderou a corrida por um bom tempo, Fenati ficou em 5ºlugar e Enea Bastianini que foi pole position mais uma vez não conseguiu conquistar sua primeira vitória na carreira, ficou em um frustante 6ºlugar, Brad Binder ficou em 7ºlugar.

A diferença entre o vencedor até o 7ºlugar foi de 0.526 milésimos apenas e todos eles terminaram a mais de 20 segundos na frente do 2ºgrupo liderado pelo piloto Karel Hanika que ficou em 8ºlugar, Antonelli e Bagnaia completou os Top 10. Destaque para Maria Herrera que andou entre os 15 primeiros acabou sendo derrubada por uma atitude infeliz do piloto Niccolò Antonelli que acabou provocando a queda da piloto Espanhola mostrando que ela tem capacidade de disputar junto dos rapazes de maneira competitiva.

Daqui a duas semanas teremos a 9ªEtapa o GP da Alemanha em Sachsenring no dia 12 de Julho e sem dúvida teremos mais uma corrida emocionante, Mas o título parece estar muito bem encanhado para Kent que podemos dizer que é o Marc Marquez da Moto 3 em termos de domínio na Temporada.

Resultado Final da 8ªEtapa da Moto 3 – GP da Holanda:

1 44 Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo KTM) 37’54.427
2 20 Fabio Quartararo (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 0.066
3 52 Danny Kent (Leopard Racing Honda) a 0.117
4 9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 0.179
5 5 Romano Fenati (SKY Racing Team VR46 KTM) a 0.252
6 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Team Moto3 Honda) a 0.526
7 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 0.540
8 98 Karel Hanika (Red Bull KTM Ajo KTM) a 21.406
9 23 Niccolò Antonelli (Ongetta-Rivacold Honda) a 21.472
10 17 John Mcphee (SAXOPRINT RTG Honda) a 21.663
11 21 Francesco Bagnaia (MAPFRE Team MAHINDRA Mahindra) a 21.693
12 16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) a 21.723
13 11 Livio Loi (RW Racing GP Honda) a 22.024
14 76 Hiroki Ono (Leopard Racing Honda) a 22.204
15 65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing KTM) a 22.596
16 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) a 22.666
17 31 Niklas Ajo (RBA Racing Team KTM) a 25.494
18 88 Jorge Martin (MAPFRE Team MAHINDRA Mahindra) a 27.271
19 40 Darryn Binder (Outox Reset Drink Team Mahindra) a 27.386
20 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC KTM) a 33.963
21 19 Alessandro Tonucci (Outox Reset Drink Team Mahindra) a 34.768
22 29 Stefano Manzi (San Carlo Team Italia Mahindra) a 38.741
23 22 Ana Carrasco (RBA Racing Team KTM) a 51.803
24 12 Matteo Ferrari (San Carlo Team Italia Mahindra) a 52.214
25 91 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) a 53.616
26 2 Remy Gardner (CIP Mahindra) a 1’38.917
27 25 Jorel Boerboom (FPW Racing Kalex KTM) a 1 Volta
28 86 Kevin Hanus (Team Hanusch Honda) a 1 Volta

Não Terminaram a corrida:

55 Andrea Locatelli (Gresini Racing Team Moto3 Honda) a 1 Volta
6 Maria Herrera (Husqvarna Factory Laglisse Husqvarna) a 10 Voltas
58 Juanfran Guevara (MAPFRE Team MAHINDRA Mahindra) a 10 Voltas
32 Isaac Viñales (Husqvarna Factory Laglisse Husqvarna) a 11 Voltas
63 Zulfahmi Khairuddin (Drive M7 SIC KTM) a 17 Voltas
10 Alexis Masbou (SAXOPRINT RTG Honda) a 17 Voltas
7 Efren Vazquez (Leopard Racing Honda) 20 Voltas
24 Tatsuki Suzuki (CIP Mahindra) 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: MotoGP