Lista de Pilotos do Dakar 2014 – Motos

Favorito a vencer o Dakar em 2014
Foto: RedBull.com

1 Cyril Despres (França) YAMAHA
2 Marc Coma (Espanha) KTM
3 Bortjoan Barreda (Espanha) HONDA
4 Jordi Viladoms (Espanha) KTM
5 Francisco Lopez Contardo (Chile) KTM
6 Olivier Pain (França) YAMAHA
7 Helder Rodrigues (Portugal) HONDA
8 Ruben Faria (Portugal) KTM
9 David Casteu (França) KTM
10 Paulo Goncalves (Portugal) HONDA
12 Frans Vergoeven (Holanda) YAMAHA
14 Javier Pizzolito (Argentina) HONDA
15 Jakub Przygonski (Polônia) KTM
16 Ivan Jakes (Eslovâquia) KTM
17 Michael Metge (França) YAMAHA
18 Sam Sunderland (Inglaterra) HONDA
19 Stefan Svitko (Eslovâquia) KTM
20 Anders Ullevalseter (Noruega) KTM
21 Alessandro Botturi (Itália) SPEEDBRAIN
22 Alain Duglos (França) SHERCO
23 Juan Pedrero Garcia (Espanha) SHERCO
24 Gerard Farres Guell (Espanha) GAS – GAS
26 Daniel Gouet (Chile) HONDA
27 Marc Guasch (Espanha) GAS – GAS
28 Henk Knuiman (Holanda) KTM
29 Jean de Azevedo (Brasil) HONDA
30 Riaan van Niekerk (Africa do Sul) KTM
31 Paolo Ceci (Itália) SPEEDBRAIN
32 Ben Grabham (Austrália) KTM
33 Jose Manuel Pellicer (Espanha) SUZUKI
34 Miran Stanvnik (Eslovênia) KTM
36 Mario Patrão (Portugal) SUZUKI
37 Dario Julio de Souza (Brasil) HONDA
38 IJeremias Israel Esquerre (Chile) SPEEDBRAIN
39 David Pabiska (República Tcheca) KTM
40 Juan Carlos Salvatierra (Bolívia) SPEEDBRAIN
41 Felipe Prohens (Chile) YAMAHA
42 Jaime Prohens (Chile) YAMAHA
43 Alessandro Zanotti (San Marino) TM
44 Pedro Oliveira (Portugal) SPEEDBRAIN
45 Daniel Oliveiras Carreras (Espanha) GAS – GAS
46 Pablo Rodriguez (Argentina) HONDA
47 Pablo Quintanilla (Chile) KTM
49 Victor Oliveira (Portugal) HUSQVARNA
50 Laia Sanz (Espanha) HONDA
51 Francisco Arredondo (Guatemala) KTM
52 Claúdio Rodriguez (Chile) HONDA
53 Pedro Bianchi Prata (Portugal) HUSQVARNA
55 Oscar Pascual Palbo (Argentina) KAWASAKI
56 Jean-Christophe Menard (França) YAMAHA
57 Bruno da Costa (França) YAMAHA
58 Miguel Puertas Herrera (Espanha) GAS – GAS
59 Brett Cummings (África do Sul) KTM
60 Jan van Gerven (Holanda) KTM
62 Axel Heilenkotter (Chile) SHERCO
63 Francisco Errazuriz (Chile) SHERCO
64 Laurent Lazard (Uruguai) KTM
65 Eduardo Heinrich (Peru) HONDA
67 Robert van Pelt (Holanda) HONDA
68 Jan Vesely (República Tcheca) YAMAHA
69 Hugo Payen (França) YAMAHA
71 Carlos Gracida Garza (México) HONDA
72 Gabor Saghmeister (Sérvia) KTM
73 Diego Demelchori (Argentina) KAWASAKI
74 Henricus Vogels (Holanda) KTM
75 Troy O’Connor (Austrália) KTM
76 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (Venezuela) KTM
77 Rafael Ernesto Eraso Anglade (Venezuela)YAMAHA
78 Gustavo Adolfo Querales Malave (Venezuela) YAMAHA
79 Alberto Santiago Ontiveros (Argentina) YAMAHA
80 Marco Reinike (Chile) KTM
81 Francesco Beltrami (Itália) HONDA
82 Octavio Valle (México) KTM
83 Patricio Cabrera (Chile) KAWASAKI
84 Ingo Zahn (Alemanha) KTM
85 Pedro Penate Munoz (Espanha) KTM
86 Cristian Naser Colombo (Chile) KTM
87 Carlo Vellutino (Peru) KTM
88 Gaetano de Filippo (Itália) TM
89 Herve Theuriot (França) KTM
90 Bruno Bony (França) KTM
91 Pablo Cid de la Paz (Argentina) BETA
92 Mike Johnson (Estados Unidos) HONDA
93 Richard de Groot (Holanda) HONDA
94 Giulio Napoli (Itália) BETA
95 Olivier Mutelet (França) YAMAHA
96 Oriol Escale (Espanha) SUZUKI
97 Gilbert Escale (Espanha) SUZUKI
98 Stephane Hamard (França)
99 Paul Jay (Inglaterra) HONDA
100 Eric Croquelois (França) YAMAHA
101 Juan Esteban Sarmiento Ceron (Colômbia) YAMAHA
102 David Gregory Reeve (Zimbabué) KTM
103 Xavier De Soultrait (França) YAMAHA
104 Lkhamaa Namchin (Mongólia) KTM
105 David Batalla (Espanha) GAS – GAS
106 Serge Gounon (França) KTM
107 Melchior van heertum (Holanda) KTM
108 Marc Pedrola (Espanha) GAS – GAS
109 Flavio del Zotto (Argentina) GAS – GAS
110 Fabricio Fuentes (Bolívia) YAMAHA
111 Sylvain Espinasse (França) KTM
112 Rosa Romero (Espanha)YAMAHA
113 Alberto Salido Medina (Espanha) YAMAHA
114 Jose Palacios (França) KTM
115 Philippe Prunier (França) YAMAHA
116 Alain Hermet (França) KTM
117 Mart Meeru (Estônia) HONDA
118 Yannick Guyomarc’h (França) YAMAHA
120 Leon Amespil (Argentina) YAMAHA
121 Mark Davidson (Austrália) KTM
122 Eric Palante (Bélgica) HONDA
123 Paolo Sabbatucci (Itália) YAMAHA
124 Ronald Ambler (Chile) KTM
125 Enrique Guzman Blanco (Chile) KTM
126 Twilhaar jan Bastiaan Nijen (Holanda) KTM
127 Sergio Miguel Petrone (Argentina) YAMAHA
128 Juan Sebastian Toro (Colômbia) YAMAHA
129 Clayton Jacobsen (Austrália) KTM
130 Gilles Gard (França) YAMAHA
131 Janos Desi (Hungria) KTM
133 Toomas Triisa (Estônia) HONDA
134 Shane Diener (Austrália) YAMAHA
135 Deiman Guiral (Argentina) HONDA
136 Kazuhito Fukakusa (Japão) HONDA
137 Cristian Peralta (Chile) HONDA
138 Diocleziano Toia (Itália) KTM
139 Jeffrey Quade (México) KTM
140 Erick Meier Von Schierenbeck (Peru) SUZUKI
141 Sebastian Fernandez (Uruguai) KAWASAKI
142 Filippo Talini (Itália) KTM
143 Batbold Khadbaasan (Mongólia) BMW
146 Alain Delaunay (França) HONDA
147 Yvan Reynaud (França) HONDA
149 Julio Federico Quiroga (Argentina) YAMAHA
151 Juan Manuel Belaustegui (Argentina) YAMAHA
153 Smith Jamie (Inglaterra) KTM
154 Enric Marti Flix (Espanha) GAS – GAS
155 Sebastian Alberto Urquia (Argentina)YAMAHA
156 Carlo Seminara (Itália)YAMAHA
157 Ariel Ciampi (Argentina) YAMAHA
159 Nicolas Brabeck-Letmathe (Áustria) HONDA
160 Jean-Louis Blanpain (Bélgica) KTM
161 David Malartre (França) YAMAHA
162 Alberto Brioschi (Itália) KTM
163 Marco Brioschi (Itália) KTM
164 Jorge Gomes Benitez (Espanha) BMW
165 Allan Roberts (Austrália) KTM
166 Luis Carlos Calderay Gonzalez (Espanha) HONDA
167 Peter Hardy (Estados Unidos) KTM
169 Jose Ignacio Chivite Ruiz (Espanha) YAMAHA
171 Yamir Ortiz (Chile) HONDA
173 Luca Viglio (Itália) HONDA
174 Cobeaga Txomin Arana (Espanha) YAMAHA
175 Damien Bonnet (França) YAMAHA
176 Simon Marcic (Eslovênia) KTM
177 Francesco Catanese (Itália) YAMAHA
178 Paolo Libealesso (Itália) YAMAHA
179 Joerg Majori (Alemanha) KTM
180 Boldbaatar Damdinkhorloo (Mongólia) KTM
181 Alejo Maisonnave (Uruguai) KTM
182 Sergio Cerdera (Argentina) KAWASAKI
183 David Tieppo (Argentina) KTM
184 Kristiansen Mateo Moreno (Colômbia) KTM
185 Marco Antonio Saldarriaga (Colômbia) KTM
186 Kevin Muggleton (Estados Unidos) HONDA
187 Walter An Sinten (Holanda) HONDA
188 Frederic Millet (França) KTM
189 Thierry Traccan (França) HONDA
190 Humprey Senn van Basel (Holanda) KTM
191 Alejandro Hoyos (Colômbia) HONDA
192 Ali Machlab (Espanha) KTM
195 Francisco Massu (Chile)YAMAHA
196 Julian Villarrubia (Espanha)YAMAHA

Fonte: Dakar.com

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Dakar tem seu inicio hoje

O Rally Dakar tem seu começo hoje em evento promocional em Rosário, Uma maratona de 9 mil Km, O Evento foi realizado com muita festa pelos Argentinos. Até agora tem competidor largando, Todos os pilotos de Caminhão, Quadriciclos, Motos e Carros disputam o Rally mais difícil do Rally Mundial.

A Prova ainda não vai passar pelo Brasil desde do novo formato do Dakar criado em 2009 após o cancelamento da prova em 2008 devido a ameaça de atentados na África.

Veja o mapa e a trajetória que cada piloto deverá passar nessa edição do Dakar.

Mapa do Dakar 2014Vamos daqui a pouco a mostrar a lista de todos os pilotos que vão disputar essa maratona.

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Corridas Históricas: GP de San Marino de 1986

Bbxkpkyx

Grid de largada:

1 Ayrton Senna (Lotus/Renault) 1’25.050
2 Nelson Piquet (Williams/Honda) 1’25.569
3 Nigel Mansell (Williams/Honda) 1’26.159
4 Alain Prost (McLaren/TAG) 1’26.176
5 Michele Alboreto (Ferrari) 1’26.263
6 Keke Rosberg (McLaren/TAG) 1’26.385
7 Stefan Johansson (Ferrari) 1’27.009
8 René Arnoux (Ligier/Renault) 1’27.403
9 Gerhard Berger (Benetton/BMW) 1’27.444
10 Teo Fabi (Benetton/BMW) 1’27.538
11 Patrick Tambay (Lola/Hart) 1’27.860
12 Thierry Boutsen (Arrows/BMW) 1’28.022
13 Martin Brundle (Tyrrell/Renault) 1’28.329
14 Jacques Laffite (Ligier/Renault) 1’28.389
15 Marc Surer (Arrows/BMW) 1’28.637
16 Riccardo Patrese (Brabham/BMW) 1’28.828
17 Johnny Dumfries (Lotus/Renault) 1’29.244
18 Alessandro Nannini (Minardi/Motori Moderni) 1’29.244
19 Elio de Angelis (Brabham/BMW) 1’29.713
20 Jonathan Palmer (Zakspeed) 1’30.024
21 Alan Jones (Lola/Ford) 1’30.087
22 Philippe Streiff (Tyrrell/Renault) 1’30.123
23 Andrea de Cesaris (Minardi/Motori Moderni) 1’30.131
24 Huub Rothengatter (Zakspeed) 1’31.953
25 Christian Danner (Osella/Alfa Romeo) 1’33.806
26 Piercarlo Ghinzani (Osella/Alfa Romeo) 1’34.461

7updpyfo

Prost Com inteligência e Sorte vence corrida da Pane Seca em Imola

Imola é sem dúvida nenhuma uma corrida de Resistência e de como você usa o seu combustível, isso Alain Prost levou ao pé da letra para vencer o GP de San Marino, que o recolocou na briga pelo titulo.

Senna pela Terceira vez no ano largaria da pole position, com Nelson Piquet em segundo, Na Segunda Fila Nigel Mansell e Alain Prost, e para a Alegria da Ferrari, O ídolo dos tifosis, Michele Alboreto largava em 5º com Rosberg em 6º.

A pista de imola tinha um grande agravante: O Consumo de combustível que era muito alto, que obrigava os pilotos a economizarem o combustível para terminarem a corrida.

Na Largada Senna larga bem, manteve a ponta da corrida, Mas Piquet logo na 3ªCurva já assume a liderança da Corrida, Rosberg largou bem e foi de 6º para 4ºlugar, Alessandro Nannini acabou batendo nas primeiras curvas e abandonou a corrida logo na primeira volta, Mansell caia de 3º para 5º e era muito pressionado por Michele Alboreto.

Cklv6kck

Piquet disparava na Frente, enquanto Senna segurava as Mclarens de Prost e Rosberg que vinham bem mais rápida que a Lotus de Ayrton Senna, Alboreto já vinha na 5ªposição. Na Volta 5 Senna foi ultrapassado por prost e logo depois pelo Rosberg, e caia para o 4ºlugar.

Enquanto isso Mansell enfrentava problemas em seu Carro e ficou muito tempo parado nos boxes, perdendo várias posições. Mas Rosberg queria mais e tentar passar seu companheiro de Equipe, Alain Prost. O Finlandês que era pé de chumbo tentou por fora, Mas não teve chance de fazer a ultrapassagem. Senna continuava por perto, acompanhando as Duas Mclarens. Logo Depois vinha Alboreto em 5ºlugar e Rene Arnoux em 6º, depois vinham Johansson com a Outra Ferrari, Berger e Fabi. Tambay abandonou a corrida na volta 6ª Com problemas no motor. E a briga pelo 7ºlugar era acirrada entre Teo Fabi que passou Johansson e assumia o 7ºlugar, Mas a disputa não estava decidida, Berger por perto nessa Briga.

Vk0lghi3

Na Volta 7, Continuava Rosberg já estava em 2ºlugar com Prost em 3º. Mansell continuava nos Boxes, Com a corrida dele definitivamente comprometida. Após Sete Voltas a Classificação era a Seguinte: Piquet, Rosberg, Prost, Senna, Alboreto, Arnoux, Fabi, Johansson e Berger. Rothengatter deixava a corrida com problemas no Turbo do motor Zakspeed. (E ainda falam que o motor Zakspeed era Turbo, era uma piada)

Johnny Dumfries foi para os boxes fazer uma troca de Pneus, mas se descobria problemas no Rolamento da Roda de Dumfries, e ele teve que parar, Classificação após 8 Voltas: Piquet 12:22.769, Rosberg a 6.045, Prost a 6.570, Senna a 7.864, Alboreto a 10.242 e Arnoux a 16.826. Quem aparecia bem na Corrida era Alboreto que acabava abandonando as duas primeiras corridas do Campeonato e precisava de um bom resultado para mostrar ao Seu torcedor que a Velha e boa forma não tinha acabado.

E Segue na volta 11 as duas Mclarens juntas tentando tirar a diferença para Nelson Piquet que estava desse da reta da Tamburelo na Liderança, Classificação Após 10 Voltas: Piquet 15.26.998, Rosberg a 5.974, Prost a 6.690, Senna a 8.502, Alboreto a 11.398 e Arnoux a 20.561, Mas para Senna a corrida iria acabar na volta 11, O Rolamento da Roda quebrou e ele teve que parar, nos Carros da Lotus teve o mesmo problema.

4o7rpshc

E Depois de muitos problemas Mansell também abandonava a corrida, seu motor explodiu. Arnoux fez a sua troca de Pneus na volta 13, que estava já programada. O que não estava programado pela Ligier era a Quebra da Transmissão de Jacques Laffite que deixou a prova na volta 15. E As Mclarens enquanto isso estava acabando com a vantagem que Piquet tinha sobre Rosberg e Prost, se demonstrava que a Mclaren tinha mais carro que a Williams.

Elio de Angelis também fazia sua parada nos boxes uma Troca mediana de 10 segundos. Jones também tinha problemas em seu carro, mas ele conseguiu voltar a corrida, Alan Jones que Estreava o Motor Ford TEC V6. (que era o motor Turbo da Cosworth) Piquet, Rosberg, Prost e Alboreto Começavam a pegar os primeiros retardatários na corrida. Rosberg fazia a melhor volta da Corrida na volta 17, 1:31.156, Media de quase 200 km/h e Rosberg e Prost chegavam mais vez mais perto de Piquet, a menos de 2 segundos atrás. Classificação após 18 Voltas: Piquet, Rosberg, Prost, Alboreto, Fabi, Berger, Johansson, Patrese e Arnoux.

Já estávamos na 21ªVolta. Quando Elio de Angelis abandonava a corrida com problemas no motor da Brabham, Após 21 Voltas a Classificação era a Seguinte: Piquet 30:54.225, Rosberg a 1.237, Prost a 1.956, Alboreto a 9.839, Berger a 30.725, e Fabi a 32.296. Definitivamente Rosberg vinha para cima de Piquet e levando com ele Alain Prost, mas estava um pouco longe, seguindo a três segundos atrás, Johansson Fez a sua parada nos boxes.

Na Volta seguinte Berger também fazia sua troca de seus pneus. Isso tudo com 24 voltas completadas. e Piquet responde a Rosberg fazendo a melhor volta da corrida: 1:30.720, Média de exatamente 200 Km/h (124.274 Mph). Mas Rosberg ainda estava na sua cola. A Equipe Williams já estava avisando nas placas sobre os pneus, era mostra de que Piquet iria parar e deixar a ponta para Rosberg e Prost.

Na Volta 26, Thierry Boutsen também fez a parada de troca de Pneus. 17 pilotos ainda estavam na corrida. Na Volta 27 Alboreto entra nos boxes para a sua troca de pneus, e volta depois de um bom trabalho da Ferrari, 8.44 Segundos. Classificação Após 26 Voltas era essa: Piquet, Rosberg, Prost, Alboreto, Berger, Arnoux, Fabi, Patrese e Surer, os 9 primeiros colocados.

A corrida estava chegando a sua metade, e a briga Piquet x Rosberg continuava, Mas a Williams já estava pronta para Piquet trocar seus pneus, De Cesaris Deixava a corrida, seu motor Motori Moderni explodiu, Piquet passou direto dos boxes, ficaria mais uma volta, na pista, enquanto isso Johansson tomava volta dos três primeiros colocados, que estava mais juntos que nunca, Streiff trocava seus pneus na volta 28. Após 27 Voltas a Classificação era a Seguinte: Piquet 41.33.255, Rosberg a 0.591, Prost a 1.862, Alboreto 43.794, Berger 44.373 e Arnoux a 1:09.625. E na volta 29 Piquet foi para os Boxes, uma parada não muito Rápida, 13.29 segundos Piquet volta a pista na 3ªposição. Rosberg agora estava na ponta com Prost em 2º. A Mclaren dominava a corrida na metade da corrida. Na volta 30 Prost partiu para a sua parada nos boxes, e voltou a corrida depois de uma bela troca de 9 segundos para a Mclaren. Rosberg agora era o Líder sem ninguém para incomodar.

Estava livre para Fazer voltas mais rápidas, mas Prost tinha pneus mais novos, e poderia depois da Troca de Rosberg voltar na Frente do seu companheiro Finlandês. Piquet estava em 3ºlugar, acabou perdendo posição para Prost Após 30 Voltas a Classificação era assim: Rosberg, Prost, Piquet, Alboreto, Berger, Arnoux, Fabi, Patrese, Johansson.

Completada a metade da corrida Rosberg mostrava total descaso com o consumo de combustível, ele queria mais era andar na pista. Prost e Piquet estavam já começando a poupar combustível. Rosberg foi aos Boxes fazer sua troca de pneus, Mas Demora muito tempo, quase 15 segundos, e Prost assumia pela primeira vez a ponta da corrida, Rosberg era o Segundo e Piquet o Terceiro, Mas Alboreto vinha perto de Piquet. Alan Jones abandonava a corrida com problemas se Superaquecimento de seu Lola-Ford que fez a estreia do motor Ford TEC V6 turbo.

Rosberg tentava recuperar o Prejuízo e iria pra cima de Prost, Piquet estava mais lento que Prost e Rosberg, parecia não se preocupar com nada disso, Mas era claro que ele estava deixando pra andas mais no final da corrida. Alboreto fazia brilhante corrida e estava em 4º. Depois disso vinham Arnoux, Patrese em 6º com a Brabham BT55 fazendo a primeira boa apresentação na temporada, Berger, Fabi e Johansson em 9º que já iria tomar uma volta de Alain Prost, isso com 36 Voltas completadas. Christian Danner também deixava a corrida com a Osella-Alfa Romeo com problemas Eletricos, Fabi e Berger faziam uma briga caseira pelo 7ºlugar.

Xlo6niyj

Estávamos chegando ao terço final de corrida, Hora de quem economizou, mostraria ao que veio quem andou demais da conta teria que andar mais devagar para Chegar ao Final. Fabi, Berger e Johansson se juntam para Brigar pelo 7ºlugar, uma briga que vinha desde começo da corrida. Arnoux e Patresse estavam sendo os dois melhores do Segundo pelotão. Arnoux que mostrava a boa frase da ligier e Patrese com a Brabham que começava a dar sinais de que o BT55 poderia trazer bons resultados na temporada 86. Na Volta 41 Fabi teve problemas de Motor e abandonou a corrida, ele tinha bem colocado na 7ªposição.

Na Mesma volta, Prost fez a melhor volta da corrida com 1:29.464, Chegando perto dos 203 km/h. Também fim de corrida para Jonathan Palmer, sua Zakspeed demonstrava problemas no Freio. Eram apenas 13 carros na corrida, e iria diminuir para 12, já que Phillipe Streiff abandonaria a corrida com problemas de Transmissão. Ghinzani iria aos Boxes fazer uma parada de troca de Pneus. Alboreto chegava em cima de Piquet. Que mostrava não estar em um grande ritmo ou apenas poupando combustível para o Final da corrida. Italiano Alboreto estava muito bem. Demonstrando aos torcedores que nunca faltou por parte dele desempenho que faltava desempenho era do carro mesmo, que era muito ruim.

Gjoehqj8

Restando 15 voltas para o Final da corrida Começaria a mostrar o verdadeiro desempenho de Piquet na Corrida, já que Rosberg começava a mostrar que estava sem combustível e teve de tirar o pé. Tanto que Alboreto ficou um pouco mais longe de Piquet. Classificação após 45 Voltas: Prost, Rosberg, Piquet, Alboreto, Arnoux, Patrese, Johansson, Berger e Boutsen, Brundle, Danner e Ghinzani esta os outros 3 que continuavam a corrida, e Arnoux deixava a corrida com problemas em uma das rodas do seu carro, com isso deixando a corrida quando vinha num consistente 5ºlugar com a Ligier.

Só 11 pilotos estavam ainda na corrida, e imagina que ainda tinha o problema de combustível que poderia deixar mais alguns sem combustível, Classificação após 48 voltas era essa: Prost 1:13.45.613, Rosberg a 20.960, Piquet a 35.728, Alboreto a 37.197, Patrese a 1:28.362 e Johansson a 1 Volta, Estávamos na volta 49 já. Restando 11 voltas para o Final e tendo só 11 carros na pista.

Restando menos de 10 voltas para o Final Piquet aperta o ritmo de corrida pra cima de Rosberg que começava a ter problemas no consumo, Na Volta 51 a classificação era: Prost, Rosberg, Piquet, Alboreto, Patrese, Johansson, Berger, Boutsen, Surer e Brundle, os 10 primeiros colocados. Com o final da corrida vinha também a Dúvida: quem poupou e quem tem que poupar para terminar a corrida?

Vsyuf3n3

E aos poucos era lógico que Piquet poupou para atacar Rosberg e Prost no final da corrida, Chegávamos nas 5 voltas finais. Johansson e Berger brigavam por uma importante 6ºposição, quando encontrou retardatários, Berger passou Johansson, Mas depois Berger errou o ponto para passar um retardatário e por pouco não voltou ao 7ºlugar.

Alboreto a 4 voltas do Final da corrida tinha problemas com o turbo da Ferrari e abandonou a corrida depois de uma grande demora nos boxes. Piquet se aproximava rapidamente em cima de Rosberg, era inevitável que Piquet iria para o Segundo lugar, até que a 2 voltas para o Final da corrida Rosberg iria parando, mostras de quem não controlou bem o consumo do carro e considerando a corrida. Patrese que iria para um brilhante 3ºlugar acabou parando também por pane seca e abandonando a corrida.

Ua0invqk

Prost se encaminhava para a volta final já administrando a corrida, tinha uma semana na frente de Piquet, Mas a 3 Curvas do Final seu carro para, A torcida fica de pé, O Francês tenta balançar o carro, conseguindo um embalo, Esse embalo foi o bastante para Cruzar a bandeira de chegada, vencer a corrida e parar o carro, sem combustível (depois descobriram que o motor engasgou, não foi falta de combustível, pois tinha 8 litros ainda no tanque). Nelson Piquet completou em 2ºlugar. Se recuperando do abandono em Jerez de la Fronteira.

Gerhard Berger iria ao pódio pela primeira vez, na 3ªposição. Johansson marcava os primeiros pontos da Ferrari no ano. Rosberg e Patrese tiveram pane seca, Mas acabaram nos pontos, em 5º e em 6ºlugares respectivamente. Prost vencia pela 22ªVez em sua carreira. E Voltava a disputa do Titulo com 13 pontos, contra 15 de Senna e Piquet que ainda saíram como líderes do campeonato.

H4u5ikpl

Resultado completo da corrida

Fotos:

Vídeo da corrida:

Fotos: Formel1mic, Bestlap
Texto: Deivison da Conceição da Silva
Vídeo: Chad Matejec