Dakar Rally

Dakar – Resultado do segundo dia dos Quadriciclos e Caminhões – San Luiz a San Martin

Published by:

Resultado do Segundo dia do Dakar
Estágio 2: San Luiz a San Martin
359,00 Km para os Quadriciclos e 400 Km para os Caminhões

Quadriciclos :

1. 250 Marcos Patronelli (Argentina) YAMAHA 4:40.37
2. 253 Lucas Bonetto (Argentina) HONDA 4:43.31
3. 252 Rafal Sonik (Polônia) YAMAHA 4:45.34
4. 255 Sebastian Husseini (Holanda) HONDA 4:46.43
5. 256 Sergio Lafuente (Uruguai) YAMAHA 4:46.48
6. 251 Ignacio Casale (Chile) YAMAHA 4:49.24
7. 273 Mauro Almeida (Uruguai) YAMAHA 5:19.47
8. 268 Victor Manuel Gallegos Lozic (Chile) HONDA 5:23.24
9. 266 Daniel Domaszewski (Argentina) HONDA 5:25.36
10.257 Pablo Copetti (Argentina) YAMAHA 5:30.25
11.263 Mohammed Abu-Issa (Catar) HONDA 5:31.00
12.258 Daniel Mazzucco (Argentina) CAN-AM 5:32.36

Caminhões:

1. 501 Gerard de Rooy (Holanda) / Tom Colsoul (Bélgica) / Darek Rodewald (Holanda) IVECO 3:58.17
2. 545 Anton Shibalov (Rússia) / Robert Amatych (Rússia) / Almaz Khisamiev (Rússia) KAMAZ 4:11.37
3. 508 Marcel van Vleit (Holanda) / Marcel Pronik (Holanda) / Artur Klein (Alemanha) MAN 4:13.26
4. 507 Hans Stacey (Holanda) / Detlef Ruf (Alemanha) / Bernard Der Kinderen (Holanda) IVECO 4:21.00
5. 502 Martin Kolomy (República Tcheca) / David kilian (República Tcheca) / Rene Kilian (República Tcheca) TATRA 4:21.31
6. 506 Andrey Karginov (Rússia) / Andrey Mokeev (Rússia) / Igor Devyatkin (Rússia) KAMAZ 4:24.26
7. 549 Dmitry Sotnikov (Rússia) / Vyatchesla Mizyukaev (Rússia) / Andrew Aferin (Rússia) KAMAZ 4:25.07
8. 500 Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgent Yakovlet (Rússia) / Vladimir Rybanov (Rússia) KAMAZ 4:27.17
9. 520 Jo Adua (França) / Ferran Marco Alcayna (Espanha) / TORRES Marc Torres (Espanha) IVECO 4:33.42
10.510 Rene Kuipers (Holanda) / Moises Torrallardona (Espanha) / Jan van der Vaet (Bélgica) MAN 4:36.64
11.530 Mathias Behringer (Alemanha) / Jürgen Schroder (Alemanha) / Michael Karg (Alemanha) MAN 4:37.58
12.529 Siarhei Viazovich (Bielorrússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorrússia) / Aliaksei Neviarovich (Bielorrússia)  MAZ 4:39.59

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Automobilismo Gaúcho Automobilismo Nacional Formula Júnior

Especial Formula jr. – Temporada de 2013

Published by:

Fechando a brilhante cobertura da Formula jr. em 2013 fizemos uma analise de cada piloto que disputou a temporada de 2013 – Colocamos as 8 etapas para vocês verem nossas analises e as 5 entrevistas que fizemos nessa temporada. E Fizemos um clip de encerramento de 50 minutos com a melhor seleção de músicas que agrade a todos vocês e Firmando um compromisso de continuamos juntos de vocês em 2014.

Link do Especial

Clip do Especial:

Músicas Selecionadas:

Gonzaguinha – O que é, O que é
Rolling Stone – Start Me Up
Engenheiros do Hawaii – A Revolta dos Dândis I
Engenheiros do Hawaii – A Revolta dos Dândis II
A HA – The Living Daylights (sondtrack of James Bond) 1987
T Square – Truth
Cyndi Lauper – The Goonies ‘R’ Good Enough
Vital e sua moto – Paralamas do Sucesso
Delta-Force
George Harrison – Faster
Copacabana Beat – Balança Brasil
PAUL McCARTNEY – Hey Jude

Licença a três pessoas, primeira a Erlon Radl que colocou a disposição uma das Corridas da Formula jr. no Youtube que foi no Velopark, Depois para Michel Duarte que colocou os vídeos das outras Etapas e o terceiro é para a Voz das pistas Gaúchas e das narrações da Curva do S, Se trata de Ademar Perna Moreira. Além dos agradecimentos especiais a Niltão Amaral e a todos que ajudaram esse pobre Jornalista que fez esse relato Histórico.

Download do Vídeo

Se eu colocasse no Youtube isso o Google comeria a minha conta! kkkkk

Fãn Page da Formula jr. no Facebook

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

F1 Formula 1 Formula 1 - 1986 Fotos História

GP da França de 1986

Published by:

Grid de largada:

1 Ayrton Senna (Lotus/Renault) 1’06.526
2 Nigel Mansell (Williams/Honda) 1’06.755
3 Nelson Piquet (Williams/Honda) 1’06.797
4 René Arnoux (Ligier/Renault) 1’07.075
5 Alain Prost (McLaren/TAG) 1’07.266
6 Michele Alboreto (Ferrari) 1’07.365
7 Keke Rosberg (McLaren/TAG) 1’07.545
8 Gerhard Berger (Benetton/BMW) 1’07.554
9 Teo Fabi (Benetton/BMW) 1’07.818
10 Stefan Johansson (Ferrari) 1’07.874
11 Jacques Laffite (Ligier/Renault) 1’07.913
12 Johnny Dumfries (Lotus/Renault) 1’08.544
13 Patrick Tambay (Lola/Ford) 1’08.616
14 Derek Warwick (Brabham/BMW) 1’08.905
15 Martin Brundle (Tyrrell/Renault) 1’09.044
16 Riccardo Patrese (Brabham/BMW) 1’09.436
17 Philippe Streiff (Tyrrell/Renault) 1’09.700
18 Christian Danner (Arrows/BMW) 1’09.737
19 Alessandro Nannini (Minardi/Motori Moderni) 1’09.792
20 Alan Jones (Lola/Ford) 1’09.929
21 Thierry Boutsen (Arrows/BMW) 1’09.987
22 Jonathan Palmer (Zakspeed) 1’10.305
23 Andrea de Cesaris (Minardi/Motori Moderni) 1’11.483
24 Huub Rothengatter (Zakspeed) 1’12.163
25 Piercarlo Ghinzani (Osella/Alfa Romeo) 1’12.443
26 Allen Berg (Osella/Alfa Romeo) 1’14.264

Mansell vence e embora tudo no Campeonato de 1986

Depois da 7ªetapa nos EUA, Ayrton Senna era o líder do Campeonato, com 36 pontos, Três a mais que Prost que era o seu mais próximo perseguidor, A corrida que marca a Metade do Campeonato acontecia em Paul Ricard, palco da corrida Francesa, mas palco do acidente fatal de Elio de Angelis em Maio durante testes privados da Brabham, por isso, a pista de Paul Ricard foi cortada de 5,5 km para 3,8 km e de 53 voltas a corrida passou para 80 voltas. a Pole foi de Ayrton Senna com Nigel Mansell em Segundo, Lotus x Williams, Segunda Fila, Piquet de Williams e Arnoux de Ligier, na Terceira Fila, Prost da Mclaren e Alboreto com a Ferrari e é exatamente Alboreto que tem problemas com o seu carro, Ele avisou aos fiscais de corrida, mas a Largada é dada, e Mansell larga melhor e assumi a ponta, com Senna em Segundo e Arnoux em 3º, Piquet largou muito mal e ficou em 7º Alboreto conseguiu largar depois de um tempo, Na primeira volta vários pilotos foram envolvidos na confusão e tiveram que ir aos Boxes, Mansell, Senna, Arnoux, Berger, Prost, Dunfries, Piquet, Rosberg e Laffite, os 9 primeiros colocados.

No Final da segunda volta Piquet já tinha ganhado a 6ªposição de Dumfries, Rothengatter teve problemas nos seus pneus, Johansson nos boxes também com problemas com a sua Ferrari, Andrea de Cesaris com problemas de motor abandona e deixou um monte de óleo na pista, Todos escorregaram, mas Ayrton Senna foi o único a pagar com o muro na quarta volta, Bateu e deixou a corrida muito cedo.

Já tinha desse modo 5 abandonos na corrida, Com isso Prost e Rosberg começam a ir para a luta em cima de Berger que largou muito bem com a sua Benetton, Enquanto isso Mansell estava tranquilo na Frente com Arnoux de Ligier em 2º pretendendo até não fazer troca nenhuma de pneus. A Classificação até naquele Momento era: Mansell, Arnoux, Berger, Prost, Rosberg e Piquet. Enquanto isso Allan Berg com a Terrível Osella rodou.

Prost na Volta 9 passou Berger e assumia a 3ªposição e já partia a caça de Arnoux. Johansson com problemas no Turbo abandona a corrida, Na Volta 10 Rosberg também passou pela Benetton de Berger e foi para o 4ºlugar. Alias Berger caia muito de rendimento, Piquet passou também por ele, O Benetton-BMW ainda não era um carro páreo para lutar pelos primeiros lugares, foi para os boxes, sem bico e voltou lá atrás, A Melhor volta era de Mansell, 1:11.791 feita apenas na 3ªVolta da corrida. Arnoux sofria com a pressão de Alain Prost, Com um motor mais Forte e um carro melhor Prost passou Arnoux e assumiu o segundo lugar na 15ªVolta E Rosberg também vinha pra cima de Arnoux que tenta defender posição em cima de Rosberg, Na 18ªVolta Rosberg finalmente consegue passar Arnoux e assumia a primeira posição, Arnoux decediu ir aos Boxes, o pneus dianteiro não agüentou nem 1 terço de corrida, Arnoux voltava em 9ºlugar. Com 18 Voltas a Classificação era essa: Mansell (22:16.82), Prost (a 4.90), Rosberg (a 9.89), Arnoux (a 11.55), Piquet (a 13.46) e Laffite (a 20.99) claro que a Classificação era antes de Arnoux ir aos boxes. Dumfries que estava em 7ºlugar assumiu o 6ºlugar. Jonatham Palmer com a Zakspeed complicou a vida de Mansell e Prost quando ele tomava 1 volta Depois de 21 Voltas a Classificação era: Mansell, Prost, Rosberg, Piquet, Laffite e Dumfries. Prost estava bem próximo de Mansell na luta pela primeira posição, Rosberg e Piquet tentavam chegar, Na Volta 22 pra 23 Piquet foi aos boxes vai para a sua primeira troca de pneus, com um trabalho muito bom de quase 9 segundos. Patrese tentava lutar pela posição com o Dumfries pelo 6ºlugar. Mas logo Arnoux passou Dumfries e Patrese e assumiu o 6ºlugar. e Prost partiu de vez na briga, Mas quando iria começar a luta Mansell foi para os boxes, Deixando a liderança para Alain Prost, Mansell voltou na 3ªPosição perto dele vinha Laffite numa ótima 4ªposição.

Prost era o Lider da Corrida e Rosberg o segundo, mas tinha muito trafego lá na frente, outro que parava nos boxes era Alboreto que estava se recuperando na corrida após o seu carro ter falhado na largada. Laffite Fez sua parada na Volta 27 Na Volta 27 Mansell Fazia a melhor volta da corrida 1:11.3 17 Carros estavam na corrida: Teo Fabi, Gerhard Berger, Ambos de Benetton e Allen Berg com a Osella abandonaram a corrida. E Mansell com 1:11.314 fazia a melhor volta da corrida o Inglês estava voando na pista, Rosberg na volta 29 foi fazer sua primeira troca de pneus. Prost agora estava sozinho na Frente mas os seus pneus muito desgastados, não estava virando bem, sua pretensão poderia ser apenas uma parada nos boxes.

Classificação após 32 Voltas: Prost (39:22.08), Mansell (a 13.15), Piquet (24.47), Rosberg (a 33.09), Arnoux (a 35.39) e Laffite (a 55.43). Prost era o único que não trocou os pneus. Acidente de Rothengatter, o Holandês acabou se acidentando com Dumfries que conseguiu seguir na corrida. Alain Prost na volta 35 foi para os boxes para trocar os pneus, e voltou na Frente de Pique e Rosberg, na 2ªposição. Piquet na volta seguinte colou em Prost, Tentava passar Prost, Nelson Piquet tinha um pneu mais quente que Prost com os seus pneus ainda ganhando a temperatura, Mas Piquet começava a perder rendimento, seu carro estava com o motor falhando com isso Rosberg se aproximou de Piquet e em poucas voltas passou O Brasileiro e assumiu o 3ºlugar, muito ajudado pelos retardatários que estavam atrasando Prost, Piquet e Rosberg, quem se deu pior foi Piquet que numa manobra errada em cima de um deles, Rosberg aproveitou e passou. Com 44 Voltas As duas Williams, Duas Mclarens e Duas Ligiers estavam dominando a corrida. Tinham os 6 primeiros colocados.

Classificação após 44 Voltas: Mansell (53:59.84), Prost (a 19.81), Rosberg (a 20.89), Piquet (a 23.93), Arnoux (a 36.13), Laffite (52.77). Streiff logo depois e Tomar volta em cima de Mansell abandonou com o seu motor que explodiu, E a missão tão simples de apagar o Fogo virou um martilho, pois quando se imaginava que o Fogo estava controlado o fogo voltou com tudo e o carro inteiro foi para o espaço, os Bombeiros de Paul Ricard tiveram o papel principal de comédia pastelão, isso demonstrava o por que Elio de Angelis faleceu em um acidente nos testes em Paul Ricard, pela demora absurda que os bombeiros atenderam o piloto italiano. Além da incompetência eles jogaram muita espuma na pista, e depois o carro de bombeiros bloqueou a entrada dos boxes. Quer dizer um trabalho absolutamente censurável do primeiro ao último parágrafo. Jonatham Palmer abandonava a corrida na volta 50, ele estava 4 voltas atrás e quebrou o Fraco e frágil motor Zakspeed Turbo (acredita que esse motor é turbo). Depois de tudo isso Piquet e Arnoux foram para os boxes para uma segunda parada de troca de Pneus. Logo Mansell teria que parar, seus pneus estavam já nas últimas. E na volta 53 Mansell foi para os Boxes. e Prost voltava a liderança da Corrida, Mansell em 2º e Rosberg em 3º, Laffite também parava aos boxes para a segunda parada, de todos o Único que tentaria uma parada mesmo era Alain Prost que estava na liderança na 55ªvolta. Mas Mansell poderia brigar pela vitória por que estava com os pneus melhores que Prost. Quando começa a chuviscar em Paul Ricard Tornando a corrida dramática podendo chover pra valer ou não, Classificação após 55 Voltas: Prost, Mansell, Rosberg, Piquet, Arnoux e Laffite.

Mas Prost vivia situação difícil, Mansell chegava rápido em Prost, o Francês já não tinha pneu nenhum. Com 1:09.993 Mansell fazia a melhor volta da corrida, com 23 voltas para o termino da Corrida Prost via a sua vitória fugir de suas mãos. E na Volta seguinte Mansell passou para a ponta, Prost não tinha mais nada a fazer, estava sem pneus, Apesar da Ameaça da Chuva, a chuva parou, Johnny Dumfries acabou parando com problemas no motor. Restando 20 Voltas. Prost Ainda tentava lutar pela vitória com Mansell, Rosberg começava a perder rendimento, poderia ser a falta de Gasolina que é um fantasma para Rosberg em 1986, E Piquet, mesmo com o motor bichado ele estava chegando em Rosberg para lutar pelo 3ºlugar. Mansell a 16 Voltas do Final da Corrida estava tranquila em relação a Prost, controlando a vantagem que ele tinha para o Francês. Partick Tambay que vinha bem em 7ºlugar abandonaria com problemas de Freio, Rosberg estava na alça de mira de Nelson Piquet, a vantagem esta caindo de 24 segundos para apenas 10 segundos em 7 voltas, As Ligiers estavam tranquilas em 5º e 6ºlugares numa boa corrida. Com 5.3 Segundos é a Mostra de que Piquet iria brigar e passar Rosberg e tinha tempo de Sobra, faltavam 10 voltas para o Final da Corrida.

Sendo a única Briga por posições importantes Rosberg e Piquet era o que mais chamava atenção de todos na pista e na Televisão, E a 8 Voltas do Final Piquet coloca por Dentro e passou Rosberg e conquistou a 3ªposição, Rosberg agora não tinha nada a fazer a não ser pagar mais uma vez pelo consumo de combustível. E de tantas e Tantas ameaças de chuva, com até um chuvisco ter caído na pista Estava agora fazendo sol na pista em Paul Ricard, No Final das Contas o Único que trocou pneus apenas uma vez na corrida Foi Alain Prost que acabou não conseguindo vencer a Williams-Honda de Nigel Mansell, Nas últimas voltas pouco se viu, as posições estavam definidas: Mansell, Prost, Piquet, Rosberg, Arnoux e Laffite – Williams, Mclaren e Ligier ficaram com todos os pontos. O Campeonato chegava na metade tendo Prost 39, Mansell 38, Senna 36 e Piquet 23.

Resultado final do GP da França de 1986

Fotos:

 

View post on imgur.com

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Fonte das Fotos: Bestlap , Formel1mic

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Dakar Rally

Dakar – Como foi o segundo dia das Motos e dos Carros – San Luiz a San Martin

Published by:

Dia 2 San Luiz a San Martin

Motos:

A Honda conquistou a sua segunda vitória no Dakar, Sam Sunderland conquistou a vitória que foi
bem apertada O Inglês chegou a 39 segundos de Chileno Francisco Lopez Contardo com a KTM,
Bortjoan Barreda que venceu o primeiro estágio acabou o segundo estágio em 3ºlugar e na soma
dos tempos esta na liderança. Ruben Faria de Portugal e Alain Duglos da França completaram os
top 5, Marc Coma teve problemas em atolar a sua moto na Areia e acabou em 9º, Já Cyril Despres
acabou em 10ºlugar após ter caido durante o estágio de Hoje. Os dois Brasileiros nas motos
ficaram longe das primeiras posições, Mas dentro dos 30 primeiros. Jean Azevedo ficou em 24º e
Julio de Souza em 27º.

Resultado da Segunda etapa do Dakar :
San Luiz a San Martin
433 km

1. 18 Sam Sunderland (Inglaterra) HONDA 3:42.10
2. 5 Francisco Lopez Contardo (Chile) KTM 3:42.49
3. 3 Bortjoan Barreda (Espanha) HONDA 3:44.10
4. 8 Ruben Faria (Portugal) KTM 3:46.17
5. 22 Alain Duglos (França) SHERCO 3:48.01
6. 32 Ben Grabham (Austrália) KTM 3:49.25
7. 9 David Casteu (França) KTM 3:49.37
8. 10 Paulo Goncalves (Portugal) HONDA 3:49.55
9. 2 Marc Coma (Espanha) KTM 3:50.33
10.1 Cyril Despres (França) YAMAHA 3:50.53
11.4 Jordi Viladoms (Espanha) KTM 3:51.31
12.6 Olivier Pain (França) YAMAHA 3:53.22
13.15 Jakub Przygonski (Polônia) KTM 3:53:29
14.23 Juan Pedrero Garcia (Espanha) SHERCO 3:56.14
15.7 Helder Rodrigues (Portugal) HONDA 3:56.17
16.12 Frans Vergoeven (Holanda) YAMAHA 3:56.49
17.47 Pablo Quintanilla (Chile) KTM 3:57.52
18.19 Stefan Svitko (Eslovâquia) KTM 3:58.16
19.30 Riaan van Niekerk (Africa do Sul) KTM 3:59.00
20.38 Jeremias Israel Esquerre (Chile) SPEEDBRAIN 4:01.46
21.14 Javier Pizzolito (Argentina) HONDA 4:03.32
22.17 Michael Metge (França) YAMAHA 4:04.14
23.16 Ivan Jakes (Eslovâquia) KTM 4:04.24
24.29 Jean de Azevedo (Brasil) HONDA 4:06.24
25.50 Laia Sanz (Espanha) HONDA 4:09.57
26.26 Daniel Gouet (Chile) HONDA 4:13.36
27.37 Dario Julio de Souza (Brasil) HONDA 4:15.54
28.24 Gerard Farres Guell (Espanha) GAS – GAS 4:15.55
29.28 Henk Knuiman (Holanda) KTM 4:16.36
30.46 Pablo Rodriguez (Argentina) HONDA 4:17:12

Laia Sanz Teve um desempenho bastante positivo!

Laia Sanz Teve um desempenho bastante positivo!

Carros:

Peterhansel conquistou pela 62ªvez uma especial na carreira e esta a apenas uma vitória em
especiais de um recorde de maior vencedor de especiais do Dakar, o piloto nove vezes campeão teve que suar a camisa para superar o Experiente piloto espanhol Carlos Sainz que ficou em 2ºlugar junto de seu companheiro o Alemão Timo Gootschalk a 45 segundos de Peterhansel. Giniel de Villiers e Dirk von Zitzewitz completaram a especial em 3ºlugar.

Um dos destaques do dia foi a Dupla Brasileira Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin que conseguiram alcançar resultado expressivo, Chegando em 10ºlugar. A Outra Dupla Brasileira formada por Guilherme Spinelli e Yousseff Haddad ficou em 20ºlugar. Peterhansel é o líder da competição após 2 dias de disputa.

Peterhansel Conseguiu de novo.

Peterhansel Conseguiu de novo.

Resultado da Segunda etapa do Dakar :
San Luiz a San Martin
433 km

1. 300 Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) MINI 3:52:05
2. 303 Carlos Sainz (Espanha) / Timo Gottschalk (Alemanha) BUGGY 3:52.51
3. 302 Giniel De Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) TOYOTA 3:57.39
4. 304 Nani Roma (Espanha) / Michel Perin (França) MINI 3:59.30
5. 301 Nasser Al-Attiyah (Catar) / Lucas Cruz (Espanha) MINI 3:59.49
6. 307 Orlando Terranova (Argentina) / Paulo Fiuza (Portugal) MINI 4:04.46
7. 312 Ronan Chabot (França) / Gilles Pillot (França) SMG 4:06.08
8. 315 Christian Lavieille (França) / Jean-Pierre Garcin (França) HAVAL 4:11.13
9. 308 Lucio Alvarez (Argentina) / Bernardo Graue (Argentina) FORD 4:18.05
10.336 Reinaldo Marques Varela (Brasil) / Gustavo Gugelmin (Brasil) MITSUBISHI 1:20.11
11.328 Marek Dabrowski (Polônia) / Jacek Czachor (Polônia) OVERDRIVE 4:23.53
12.326 Erik Wevers (Holanda) / Fabian Lurquin (Bélgica) HRX 4:26.56
13.309 Krzysztof Holowczyc (Polônia) / Konstantn Zhiltsov (Rússia) MINI 4:29.13
14.330 Federico Villagra (Argentina) / Jorge Perez Companc (Argentina) MINI 4:29.37
15.316 Pascal Thomasse (França) / Pascal Larroque (França) BUGGY MD RALLYE 4:35.02
16.323 Leeroy Poulter (África do Sul) / Robert Howie (África do Sul) TOYOTA 4:36.39
17.370 Laurent Fouquet (França) / Eugenie Decre (Suiça) BUGGY 4:40.51
18.332 Martin Kaczmarski (Polônia) / Filipe Palmeiro (Portugal) MINI 4:43.33
19.321 Patrick Sireyjol (França) / Francois-Xavier Beguim (Bélgica) BUGGY 4:44.16
20.310 Guilherme Spinelli (Brasil) / Youssef Haddad (Brasil) MITSUBISHI 4:46.52
21.371 Pierre Lachaume (França) / Jean Michel Polato (França) BUGGY MD RALLYE 4:48.55
22.314 Vladimir Vasilyev (Rússia) / Vitaliy Yevtyekhov (Ucrânia) MINI 4:54.37
23.320 Guerlain Chicherit (França) / Jean Brucy (França) X 4:55.20
24.317 Boris Garafulic (Chile) / Gilles Picard (França) MINI 4:58.57
25.357 Pierre Vasseur (França) / Christophe Crespo (França) BUGGY MD RALLYE 5:00.23
26.322 Adam Malysz (Polônia) / Rafal Marton (Polônia) OVERDRIVE 5:02.11
27.356 Juan Silva (Argentina) Tomislav Glavic (Croácia) MERCEDES 5:02.56
28.305 Robby Gordon (Estados Unidos) /Kellon Walch (Estados Unidos) HUMMER 5:05.16
29.354 Eric bernard (França) TRIO II 5:09.36
30.337 Stephan Schott (alemanha) / Holm Schmidt (alemanha) MINI 5:09.44

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Entrevista Kartismo Brasileiro

Entrevista com a piloto de Kart Ketheryne Rodrigues

Published by:

Ketheryne Rodrigues ficou em 2ºlugar em uma prova do ano passado em Guapimirim.

Ketheryne Rodrigues ficou em 2ºlugar em uma prova do ano passado em Guapimirim.

Estamos aqui para entrevistar uma piloto Carioca com um belo Currículo de vitórias no Kartismo do Rio de Janeiro, Ketheryne Rodrigues.

Currículo da piloto:

2007 Campeã Carioca – Cadete
Vice Campeã Copa de Verão – Cadete
2009 Vice Campeã Campeonato Serrano – Junior M
2010 Vice Campeã Estadual – Junior M .
2011 Vice Campeã Copa Sudeste – Junior
3º Lugar – Campeonato Estadual – Junior
3º Lugar – Copa Henrique Ribas – Junior
2012 Vice Campeã Campeonato Serrano – Junior
4º Lugar – Campeonato Estadual – Junior

1.Ketheryne, Quando foi que você começou a gostar do Automobilismo e quando você começou a perceber que tinha talento para andar de Kart?

Resposta: Comecei a gostar quando passei a ir junto com meu pai , levar meu irmão para poder andar no kart indoor do Shopping . “ Foi um amor a primeira vista “ rs .

2.Você Tem um belo Currículo, Apesar de um título apenas na sua carreira você aonde passou esteve entre os melhores pilotos, qual momento de sua carreira foi o seu melhor momento de sua carreira?

Resposta: Para mim , o melhor momento , foi no meu primeiro ano competindo como piloto profissional , no Campeonato Carioca em 2007 , onde já haviam pilotos com mais experiência e com todos as dificuldades consegui conquistar o titulo .

3.Como você ver o Kartismo no Rio de Janeiro, A força do nosso kartismo em relação a outros estados?

Resposta: O kartismo carioca tem pilotos muito fortes e também com uma grande força da parte das organizações para fazer o Kartismo Carioca crescer .

4.Fale qual é a sensação de andar num Kart, como é ficar colada no chão praticamente andando a 100 km/h, até para quem não sabe ainda essa sensação mas que quer começar a andar de Kart e quem sabe virar um piloto também?

Resposta:É uma sensação inexplicável , quando estou guiando meu kart , só penso em mim e no que devo fazer para dar o meu melhor !

5. Ketheryne, Como você é uma representante Feminina no Automobilismo isso acaba sendo mais uma motivação para você ir bem e vencer corridas ou isso se for pensar demais pode acabar virando um peso nas costas?

Respostas:Sempre temos uma motivação a mais para poder fazer o melhor possível , porem pensar demais pode sim virar um peso nas costas , acaba tirando o foco que no meu caso é sempre que entrar na pista poder dar o meu melhor cada vez mais !

Pergunta da minha amiga Mônica Godoy, Fotografa do meio automobilístico do Paraná : quando começou a se interessar pelo automobilismo e quando começou a correr… e como é ser uma mulher num meio onde prevalece a presença de homens? existe algum preconceito pela parte masculina?

Resposta : Comecei a me interessar no final de 2003 , porem não tinha tamanho para poder pilotar e tive que aguardar até 2004 , onde comecei a correr .

É um tanto quanto estranho , porem bem legal em poder compartilhar os problemas e ter a ajuda sempre que preciso de um “ MECÂNICO “ .

Em relação a preconceito , eu acredito que não exista e hoje em dia o número de mulheres em competições automobilísticas esta crescendo cada vez mais .

6. Quais podem ser seus próximos passos para o Futuro, Seguir no Kart ou planeja entrar em alguma categoria de Formula, E se for para uma categoria de Formula qual você preferia: Formula Junior, Formula Vee ou a F3 Brasil que vai ter sua estreia no ano que vem?

Resposta: Eu planejo continuar andando de kart , que é uma das minhas maiores paixões e que influência muito na minha vida .

7. Como é a busca de patrocinadores para prosseguir no Kartismo Carioca, O Que acha da Mídia que acaba por se lembrar quase que unicamente no Futebol se esquecendo dos outros esportes, Prejudica muito a busca por novos parceiros nessa encaminhada Rumo ao Sucesso no Esporte?

Resposta: A divulgação do kartismo fica muito pequena com a mídia divulgando unicamente o futebol , o que faz com que muitas pessoas nunca tenham ouvido falar sobre o kart o que dificulta na busca de patrocínios .

8. Falando um pouco sobre Automobilismo Internacional, O que acha da Formula 1 implantar novas regras copiando a Nascar com números Fixos e com pontuação dobrada na última corrida, e como você ver o Fato da Formula 1 a maioria dos Cockpits sendo decidido pela conta bancaria do piloto (Patrocinadores) e não pelo Talento do Piloto.

Resposta: Eu particularmente não gostei dessa ideia . Hoje em dia muitos pilotos com um enorme futuro não tem a chance de poder mostrar seus talentos devido a essa compra dos postos em equipes na Formula 1 .

9. Ketheryne, Você pretende chegar a Formula 1, tem sonhos de chegar a essa categoria que é a principal categoria do Automobilismo Mundial?

Resposta: Não , porem acho que a maioria dos pilotos tem esse sonho .

10. Caso você por alguma coisa o algo que te impeça de correr na Formula 1, qual seria a categoria que te chama atenção para ser uma alternativa a Formula 1 no Futuro?

Resposta: As categorias que mais me chamam atenção , é a Formula Indy e a Nascar .

11. Me Fale do seu irmão que também é piloto, O piloto Carioca Kenneth Rodrigues, por ter um familiar correndo no Kart é mais fácil o aprendizado no kartismo?

Resposta: Ele me ajuda bastante nas pistas , sempre me passando detalhes do que posso fazer para melhorar , além de ter um currículo extenso com mais de 10 anos de kart e sendo pentacampeão carioca .

12. Fale um pouco com os seus patrocinadores que são importantes para você nessa empreitada rumo ao sucesso no Automobilismo.

Resposta: É sempre bom poder representar uma “marca” além dos incentivos que eles nos oferecem .

13. Quem é o seu ídolo no Automobilismo?

Resposta: Sebastian Vettel .

14. Quem seria Ketheryne Rodrigues?

Resposta: Uma piloto carioca de kart , inteligente e determinada em tudo o que faz .

Ketheryne, agradeço a você pela entrevista, Espero ver você trilhar um caminho de muito sucesso no Kartismo e no Automobilismo Brasileiro.

Patrocínio:
planatina_projeto_gif