Domingo é Dia da 2ªetapa do campeonato mundial de Formula Indy

Na primeira corrida que aconteceu foi uma corrida vencida por Will Power em um lance bastante questionavel quando na relargada faltando 28 voltas para o final da prova o piloto da Penske fez uma manobra questionavel ao parar muito o seu carro e com isso provocar um acidente entre os pilotos Marco Andretti e Jack Hawksworth, Power ainda assim não foi punido e conseguiu a a vitória com Ryan-Hunter Reay da Andretti estreiando o motor Honda em Segundo e Hélio Castroneves chegando em 3ºlugar, Power e Castroneves sendo da Penske. A Ganassi acabou sendo uma decepção, O carro não teve o desempenho esperado, Scott Dixon acabou a prova em 4º e Tony Kannan ficou em 6ºlugar atrás de Simon Pagenaud após largar da 2ªposição no Grid de largada, O Pole position Takuma Sato com o carro da A.J.Foyt acabou liderando as primeiras voltas mas perdeu rendimento e ficou em 7ºlugar, Justin Wilson, Josef Newgarden e Ryan Briscoe completaram os 10 primeiros colocados.

Juan Palbo Montoya ficou em 15ºlugar em sua volta a Formula Indy, é preciso dar um tempo para o piloto da equipe Penske se adaptar de novo a categoria e esperamos que isso seja em Breve, nesse domingo vamos ter a segunda etapa do campeonato, O GP de Long Beach aonde ano passado ganhou o piloto Japonês Takuma Sato.

Veja o Vídeo da primeira Etapa da Formula Indy Realizada em St.Petersburgh

1    Will Power    Dallara/Chevrolet        2:06:57.6288 – 110 Voltas
2    Ryan Hunter-Reay    Dallara/Honda        1.9475
3    Hélio Castroneves    Dallara/Chevrolet    7.8716
4    Scott Dixon    Dallara/Chevrolet        15.9685
5    Simon Pagenaud    Dallara/Honda        17.3937
6    Tony Kanaan    Dallara/Chevrolet        20.3882
7    Takuma Sato    Dallara/Honda        20.8561
8    Justin Wilson    Dallara/Honda        21.0622
9    Josef Newgarden    Dallara/Honda        21.5544
10    Ryan Briscoe    Dallara/Chevrolet        23.9897
11    Sebastian Saavedra    Dallara/Chevrolet        34.4041
12    Mikhail Aleshin    Dallara/Honda        34.9969
13    Sébastien Bourdais    Dallara/Chevrolet        35.3526
14    Graham Rahal    Dallara/Honda    38.9881
15    Juan Pablo Montoya    Dallara/Chevrolet        40.3350
16    Mike Conway    Dallara/Chevrolet        40.9140
17    Carlos Muñoz    Dallara/Honda        44.6244
18    Carlos Huertas    Dallara/Honda        47.5637
19    James Hinchcliffe    Dallara/Honda        1 Volta
20    Charlie Kimball    Dallara/Chevrolet        2 Voltas
21    Jack Hawksworth    Dallara/Honda    27 Voltas    – acidente
22    Marco Andretti    Dallara/Honda    28 Voltas    – Acidente

Avaliação do GP do Bahrein – Epson Nakajima Araujo

1. Lewis Hamilton
Nota: 10 – Sua corrida foi perfeita pois conseguiu segurar a pressão intensa de Nico Rosberg.
2. Nico Rosberg
Nota: 9,5 –   Seria perfeita se tivesse ultrapassado Lewis.
3. Sergio Perez
Nota: 10 – Além de conseguir um pódio, foi superior ao seu companheiro no momento exato do campeonato.
4. Daniel Ricciardo
Nota: 9 – Ricciardo está mostrando ser cada vez mais competitivo as “desculpas” de Vettel.
5. Nico Hulkenberg
Nota: 8 – Correu bem, porém não andou mais que seu companheiro.
6. Sebastian Vettel
Nota: 7,5 – Não demorará muito e Vettel estará sobre total pressão, não só do que se esperar de seu carro, mas se ele realmente é melhor que Ricciardo, os últimos resultados não mentem.
7. Felipe Massa
Nota: 9,5 – Massa fez a melhor largada de sua carreira e pisou fundo a corrida inteira, prejudicado não somente pela estratégia da equipe que foi pior a da Force India, mas o Safety Car entrando na hora inoportuna. Sua nota não é 10 por que não  conseguiu ultrapassar Sebastian Vettel.   8. Valtteri Bottas
Nota: 9 – Seu ritmo foi bom, porém pecou na largada, quando praticamente trocou de posições com Felipe Massa.
9. Fernando Alonso
Nota: 7 – Coadjuvante no grande prêmio.
10. Kimi Raikkonen
Nota: 7 – Outro coadjuvante vermelho. No entanto, mostrou luta maior aos seus adversários.
11. Daniel Kvyat
Nota: 7,5 – O novato mostra ter potencial de alguma maneira e cada corrida. Provavelmente surpreenderá nos anos futuros.
12. Romain Grosjean
Nota: 7 – O melhor piloto da Lotus, ainda é o que mais leva o carro a melhores resultados.
13. Max Chilton
Nota: 9 – Mais um Grande Prêmio completado.
14. Pastor Maldonado
Nota: 3 – Fazia uma corrida melhor a que seu companheiro. No entanto, fez o favor de cometer um erro fatal e evitável.
15. Kamui Kobayashi
Nota: 8 – É o melhor piloto de sua equipe.
16. Jules Bianchi
Nota: 6
17. Jenson Button
Nota: 7
Kevin Magnussen
Nota: 7
Esteban Gutierrez
Nota: 6
Marcus Ericsson
Nota: 4
Jean-Eric Vergne
Nota: 6
Adrian Sutil
Nota: 6

Confira a melhor volta de cada piloto no GP do Bahrein

1 6 Nico Rosberg (Mercedes) 49ªVolta – 1:37.020
2 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 49ªVolta – 1:37.108
3 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 37ªVolta – 1:38.785
4 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 38ªVolta – 1:39.269
5 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) 40ªVolta – 1:39.272
6 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 18ªVolta – 1:39.312
7 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 36ªVolta – 1:39.320
8 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 35ªVolta – 1:39.438
9 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) 39ªVolta – 1:39.443
10 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 37ªVolta – 1:39.565
11 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) 52ªVolta – 1:39.666
12 14 Fernando Alonso (Ferrari) 53ªVolta – 1:39.732
13 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 50ªVolta – 1:39.762
14 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 40ªVolta – 1:40.108
15 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 12ªVolta – 1:40.160
16 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 32ªVolta – 1:40.698
17 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) 28ªVolta – 1:41.134
18 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) 17ªVolta – 1:41.246
19 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 16ªVolta – 1:41.650
20 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 9ªVolta – 1:41.791
21 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) 48ªVolta – 1:41.825
22 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 44ªVolta – 1:42.175

Palmer larga bem e vence corrida curta no Bahrein

Jolyon Palmer – Fonte: GP2 Series/LAT

O Inglês Jolyon Palmer que fez uma largada ruim na primeira etapa no Sábado se redimiu e largou bem no dia de domingo para vencer a segunda prova da GP2, O Pole Felipe Nasr que largava na pole largou mal e perdeu várias posições por causa de problemas na sua embreagem, Ainda assim conseguiu recuperar algumas posições antes da segunda curva, A Corrida lá na frente não teve disputas, elas ficaram renegadas para o pelotão de trás onde pilotos dividiram curva em vários momentos da corrida buscando subir de posições, Destaque para Artem Markelov que chegou em 10ºlugar e de Daniel Abt que também fez ultrapassagens muito interessantes sobre seus adversários e ficou em 13ºlugar.

Felipe Nasr no final da prova conseguiu a ultrapassagem sobre Adrian Quaife-Hobbs que também foi ultrapassado pelo Monegrasco Stefano Richelmi. Palmer com a vitória assumiu a liderança do campeonato e Julian Leal, Companheiro de equipe de Felipe Nasr que acabou em 3ºlugar assumiu a vice-liderança do campeonato. Simon Trummer ficou com a Rapax em segundo lugar. Nasr, Richelmi, Quaife-Hobbs, Evans e Binder completaram a zona de pontuação, a próxima corrida do ano será nos dias 10 e 11 de Maio na Espanha.

Julian Leal – Fonte:GP2 Series/LAT

Resultado final da 2ªEtapa do Campeonato Mundial de GP2 Series

1. Jolyon Palmer (DAMS) 41:02.484
2. Simon Trummer (Rapax) a 0.809
3. Julian Leal (Carlin) a 1.430
4. Luiz Felipe Nasr (Carlin) a 8.719
5. Stefano Richelmi (DAMS) a 16.416
6. Adrian Quaife-Hobbs (Rapax) a 17.680
7. Mitchell Evans (Russian Time) a 18.012
8. Rene Binder (Arden) a 19.791
9. Arthur Pic (Campos) a 19.977
10. Artem Markelov (Russian Time) a 20.678
11. Daniel de Jong (MP) a 21.086
12. Takuya Izawa (ART) a 21.713
13. Daniel Abt (Hilmer) a 29.171
14. Johnny Cecotto (Trident) a 33.500
15. Jon Lancaster (MP) a 34.017
16. Rio Haryanto (Caterham) a 35.778
17. Nathanael Berthon (Lazarus) a 38.028
18. Andre Negrão (Arden) a 38.524
19. Kimiya Sato (Campos) a 39.439
20. Facu Regalia (Hilmer) a 44.065
21. Axcil Jefferies (Trident) a 48.583
22. Stoffel Vandoorne (ART) a 49.324
23. Stefano Coletti (Racing Engineering) a 1:20.944
24. Raffaele Marciello (Racing Engineering) a 1 Volta
25. Alexander Rossi (Caterham) a 1 Volta

Não Terminou a corrida:

Conor Daly (Lazarus) 7 Voltas

Na corrida Fantástica no Deserto Hamilton vence de maneira espetacular

Se o Bahrein não tinha tido uma corrida épica e estava nos últimos anos marcados pela guerra civil daquele país, Mas a partir de hoje vai ser lembra da fantástica corrida que teve, A primeira prova noturna do Bahrein teve 57 voltas de gala começando pela largada aonde Hamilton tomou a ponta de Nico Rosberg, Mas o que chamou a atenção foi a impressionante largada do Brasileiro Felipe Massa que passou de 7ºlugar para o 3ºposto lugar onde estava o seu companheiro de equipe Valtteri Bottas. Quem não deu sorte na primeira volta foi Jean-Éric Vergne que foi tocado e acabou furando seu pneu e com isso teve de ir aos boxes na primeira volta perdendo muito tempo. No começo da corrida Massa conseguiu acompanhar ao dois carros da Mercedes, Mas logo Hamilton e Rosberg fugiram dos outros pilotos, Massa com isso teria de manter distância segura para Sergio Perez, No começo Massa conseguiu fazer isso, só que Perez tinha um desempenho melhor enquanto as Williams acabaram perdendo rendimento devido aos pneus que mesmo com a corrida a noite continuou um desempenho dramático, Bottas fez sua parada na volta 10 e a partir daquele momento começava a dança das paradas dos boxes, enquanto isso Perez pressionava a Felipe Massa, Com um desempenho melhor devido a um desgaste melhor dos pneus o piloto mexicano passou o Brasileiro e assumiu o 3ºlugar. Massa faz sua parada na volta 13 e com consequência disso ele volta atrás do Bottas e na frente de Alonso com a Ferrari que estava muito mal na corrida.

A Force india e a Mercedes foram os times que melhor consumiram os pneus. O Que aconteceu de mais espetacular foi na volta 18 quanto Rosberg atacou a Hamilton no final da reta e na curva seguinte Hamilton deu o X, era apenas a primeira de muitas voltas de uma briga fantástica entre dois pilotos fantástico, Sutil já tinha deixado a corrida e a mesma coisa tinha feito Vergne. A corrida vinha com belas disputas e algumas delas entre companheiros de equipe como a Briga da Force India entre Perez que fazia a melhor corrida nesses últimos 2 anos na carreira e Hulkenberg que buscava o primeiro pódio na Formula 1, E na Williams Bottas via sua diferença para Felipe Massa diminuir volta a volta mostrando também combatividade do piloto Brasileiro, Já a Red Bull e Ferrari se pegavam na pista, Ambas estavam com problemas na corrida,Principalmente a Ferrari que todo mundo tinha um carro competitivo passava, Para Luca de Montezemolo era duro de engolir que os carros da equipe italiana que estavam tomando de todo mundo.

Lá atrás pouca coisa estava acontecendo, A Lotus estava resistindo a corrida, Gutierrez levava a Sauber sem grande brilho, Kobayashi superava Ericsson e Chilton continuava andando por gasto para completar a 22ªcorrida seguida na Formula 1.

Já lá na Frente Rosberg e Hamilton continuavam a briga pela ponta da corrida, um pega espetacular e que ambos os pilotos se respeitavam, Já Wiliams e Force India estavam lutando pelo único lugar que restava no pódio, Bottas estava na Frente de Massa que começava a sofrer pressão da rapidíssima Force India de Hulkenberg e Perez, Quando Felipe estava se preparando para passar Bottas o Finlandês foi para os boxes para uma segunda parada, ficou para Felipe a incumbência de ficar na frente dos pilotos da Force India o que acabou não sendo possível por muito tempo, Massa ainda resistiu aos ataques de Hulkenberg por uma vez, Mas não conseguiu resistir muito tempo mais,Perez e Hulkenberg passaram e Massa na 29ªVolta foi para os boxes. Estava a Williams caminhando para 3 parada assim com Ferrari e a Mclaren de Jenson Button que estava entre eles, Já Red Bull, Force India e Mercedes se encaminhavam para 2 paradas.

Marcus Ericsson na 34ªVolta deixou a corrida, Mas isso não se dava muita importância com uma corrida tão agitada como essa, Já na briga Ferrari vs Red bull Vettel atacava Alonso e Ricciardo atacava a Raikkonen. Mais uma vez as Mercedes brigavam pelo primeiro lugar e sobrando na turma, Mas sobrando mesmo, só um cataplasma tiraria a vitória da Mercedes, Já Felipe Massa teve de novo recuperar terreno sobre Bottas que na volta 32 quase provocou um acidente atingido por trás a Raikkonen. Bottas teve a habilidade de tirar o carro dele da alça de mira do Raikkonen e dessa forma continuar na corrida sem grandes prejuízos. Felipe Massa resolveu ir antes de Bottas para fazer sua parada final nos boxes para passar a frente do piloto Finlandês já que a Briga da Williams virou uma guerra entre eles.

Na 40ªVolta Pastor Maldonado acabou fazendo a manobra mais estúpida dos últimos anos, Ele saiu dos boxes e acabou se chocando com o piloto Mexicano Esteban Gutierrez que acabou capotando e por sorte nada aconteceu, nada de ruim aconteceu com o piloto da Sauber que tem um começo terrível. Com isso o Safety Car que só tinha entrado uma vez na história desse GP entrava na 42ªvolta para organizar tudo e para que a pista seja limpa de destroços, quem não tinha feito a parada final nos boxes acabaram indo para a fazer essa parada, durante 5 voltas o Safety car ficou na pista, Depois disso a corrida recomeçou e as Mercedes sobraram e abriram do resto da Turma que brigavam pelo pódio, Perez, Hulkenberg, Vettel, Ricciardo, Button, Massa e Bottas. Logo Button saiu dessa briga, perdeu rendimento o piloto da Mclaren que estava sozinho já que Kevin Magnussen deixou a corrida na 40ªVolta, Já Danile Ricciardo andou muito conseguiu passar Sebastian Vettel e logo depois conseguiu passar a Nico Hulkenberg e foi buscar o pódio, Já as Mercedes continuavam a brigar pelo vitória, Rosberg não queria ficar em 2ºlugar, queria a vitória, novamente ele passou a Hamilton, Só que Hamilton mais uma vez voltou a ponta, Aliás Hamilton teve um dia iluminado, bem iluminado talvez uma das melhores corridas da história do piloto inglês o que lembrou os tempos do começo da Carreira dele na Mclaren em 2007.

Uma Vitória maravilhosa de Hamilton com um segundo lugar de Nico Rosberg que esta 11 pontos na frente de Hamilton na liderança da temporada, Mas ele agora pode se preocupar com essa apresentação do Hamilton, pois ele pode ser vencido pelo piloto inglês. Já o 3ºlugar acabou ficando com Sergio Perez com a Force India que volta ao pódio depois de 4 anos e meio desde da última vez que foi na Bélgica em 2009 com Giancarlo Fisichella e Perez fez sua melhor corrida na Formula 1 desde de Setembro de 2012 andando rápido, sem fazer besteiras e mostrando que pode vencer a Hulkenberg na Force India, Daniel Ricciardo também merece Palmas, andou muito bem e conseguiu levar a Red Bull para o 4ºlugar, na frente do Vettel e mostrando que pode também brigar por vitórias, eu diria que o Ricciardo é uma realidade na formula 1 atualmente assim que a Red Bull resolver os problemas com o seu carro de 2014, Nico Hulkenberg conseguiu io 5ºlugar e se não conseguiu o pódio pelo menos ajudou a Force India a terminar a 3ªetapa na vice-liderança do mundial de construtores por incrivel que pareça e Hulkenberg agora é o terceiro colocado no mundial de pilotos atrás somente de Rosberg e Hamilton.

Sebastian Vettel teve um duelo com Felipe Massa no final da corrida, Mas conseguiu se manter em 6ºlugar após tomar passada do Massa a duas voltas do final da corrida Vettel conseguiu o X e se manter em 6ºlugar, Já Felipe Massa venceu de novo a Guerra na Williams que parece não ter uma boa tática de prova mesmo tendo um carro competitivo para ambos os pilotos, Massa teve sua melhor atuação do ano e talvez desde de 2010 ficando em 7ºlugar e andando rápido na prova, Vallteri Bottas completou a prova em 8ºlugar, Os últimos lugares nos pontos ficaram com Alonso e Raikkonen que sofreram na Ferrari que parece ser um carro bem fraco para as tradições da equipe italiana, mesmo tendo o calibre de pilotos que tem nesse momento, Ou Seja a Ferrari esta com problemas e bem sérios com seu carro, Depois em 11º ficou com Danill Kyvat que não conseguiu pontuar devido a superioridade dos carros dos outros pilotos, Mas fez direitinho seu trabalho, assim como Romain Grosjean que andou o que a Lotus permitiu que ele andasse, ou seja pouco para quem foi muito bem no final do ano passado e mostra ser um piloto bem mais juizado e competente do que o Maldonado.

Max Chilton, O Grande conseguiu pela 22ªcorrida em 22 apresentações levar o carro ao final da corrida e com o 13ºlugar de hoje ele conseguiu seu melhor resultado da sua carreira com a Marussia que foi melhor que a Caterham hoje. Já Pastor Maldonado acabou investigado e tomando 10 segundos de punição em um stop/go, imaginávamos que ele iria ser suspenso, Agora foi dada a punição a pouco, foram apenas 3 pontos na carteira, da forma que foi o acidente, deveria ter sido bem mais, para mim uma suspensão para um piloto que continua o mesmo piloto. Mas o mesmo piloto desde da entrada dele na Formula 1 e já digo mais, ele não vai mudar pois é um piloto rápido, Mas maluco na minha opinião. Veja o Texto de Epson Nakajima Araujo sobre Pastor Maldonado


Fotos: Twitter

Kamui kobayashi arrastou sua Caterhan para o 15ºlugar numa corrida em que nada pode fazer com o carro verde, Jules Bianchi acabou finalmente sua primeira corrida na temporada, Mas sua prova foi acidentada, Ele acabou causando o abandono do Sutil pois ele tocou roda com roda com o piloto da Sauber e a suspensão do Alemão quebrou e ele teve sua roda furada, com isso o piloto Francês que é muito bom ficou longe de fazer uma boa exibição. Jenson Button acabou parando no final da corrida, Mas ficou em 17ºlugar.

Proxíma corrida será daqui a duas semanas na China, e com 111 pontos da Mercedes contra 44 da Force India que é a vice-líder do campeonato, Agora como parar a Mercedes nesse campeonato???

Resultado final do GP do Barhein de Formula 1

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:39:42.743 – 2 Paradas
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) a 1.085- 2 Paradas
3 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) a 24.067- 2 Paradas
4 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) a 24.489 – 2 Paradas
5 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) a 28.654 – 2 Paradas
6 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) a 29.879- 2 Paradas
7 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) a 31.265 – 3 Paradas
8 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) a 31.876 – 3 Paradas
9 14 Fernando Alonso (Ferrari) a 32.595 – 3 Paradas
10 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) a 33.462 – 3 Paradas
11 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) a 41.342 – 3 Paradas
12 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) a 43.143 – 3 Paradas
13 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) a 59.909 – 3 Paradas
14 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) a 1:02.803 – 4 Paradas
15 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) a 1:27.900 – 2 Paradas
16 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) a 1 Volta – 3 Paradas
17 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) a 2 Voltas – 5 Paradas

Não Completaram a corrida:

20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) a 17 Voltas – 3 Paradas
21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) a 18 Voltas – 2 Paradas
9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) a 24 Voltas – 2 Paradas
25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) a 39 Voltas – 3 Paradas
99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) a 40 Voltas – 3 Paradas