Richelmi em casa aproveita a pole e vence

Stephane Richelmi – Foto: GP2 Series

Stephane Richelmi aproveitou o fato de esta na pole correndo em casa e não decepcionou os Monegascos e venceu a corrida que foi pouco disputado, Richelmi Teve por muito tempo ameaçado por Sergio Canamasas, Mas não perdeu a calma e se segurou na frente, No final da prova ele venceu com 2 segundos de vantagem sobre o Espanhol da Trident com Rio Haryanto que chegou a largar muito bem na largada acabou perdendo o segundo lugar pois teve de evitar uma batida no muro na primeira curva, O Brasileiro Felipe Nasr teve um pneu furado logo no começo e acabou deixando a corrida logo no começo da prova, Johnny Cecotto jr. ficou pressionado o tempo todo, Mas segurou o 4ºlugar na corrida Arthur Pic, Mitch Evans, Jolyon Palmer e Adrian Quaife-hobbs completaram a zona de pontuação. André Negrão não pode fazer muito na corrida, largando lá de trás completou a corrida em 15ºlugar, Com 6 etapas Palmer é o líder do Campeonato. a Próxima corrida será na Áustria nos dias 21 e 22 de Junho.

Resultado Final da 6ªEtapa da Formula GP2 Series

1. Stephane Richelmi (DAMS) 43:17.087 em 30 Voltas
2. Sergio Canamasas (Trident) a 2.179
3. Rio Haryanto (Caterham) a 8.295
4. Johnny Cecotto Jr (Trident) a 25.320
5. Arthur Pic (Campos) a 25.753
6. Mitch Evans (Russian Time) a 25.973
7. Jolyon Palmer (DAMS) a 26.587
8. Adrian Quaife-Hobbs (Rapax) a 26.956
9. Stefano Coletti (Racing Engineering) a 28.473
10. Conor Daly (Lazarus) a 28.721
11. Alexander Rossi (Caterham) a 29.987
12. Nathanael Berthon (Lazarus) a 30.105
13. Stoffel Vandoorne (ART) a 30.604
14. Kimiya Sato (Campos) a 31.228
15. Andre Negrao (Arden) a 31.657
16. Julian Leal (Carlin) a 32.085
17. Daniel Abt (Hilmer) a 32.582
18. Simon Trummer (Rapax) a 33.458
19. Raffaele Marciello (Racing Engineering) a 34.328
20. Rene Binder (Arden) a 35.417
21. Facu Regalia (Hilmer) a 36.078
22. Tio Ellinas (MP) a 1 Volta

Não Terminaram a Corrida:

Artem Markelov (Russian Time) 12 Voltas
Takuya Izawa (ART) 11 Voltas
Daniel de Jong (MP) 2 Voltas
Felipe Nasr (Carlin) 0 Volta

2ªParte do Especial Cockpit Manager 14

Pilotos

Você precisa em uma equipe ter bons pilotos, eles tem que ser rápidos,
constantes, Serem ótimos acertadores de carro, Correrem bem na Chuva,
E se possível serem os mais experientes para fazerem boas corridas.
Você precisa de dois pilotos campeões.

Caterham: Kobayashi é mais piloto que Ericsson, Mas a vantagem de Ericsson
é que por ser jovem pode se desenvolver melhor e O Robin Frinjs pode
se desenvolver como um grande piloto se a decisão for ficar com o piloto
como piloto de testes.


Marussia: Bianchi é bem mais piloto de Chilton, se for possível já
arrisce colocar um piloto de melhor nível que Chilton com o menor salário
possivel, Pois apesar de jovem Chilton não é bom o bastante para
fazer a Marussia evoluir a patamar de boa equipe, Rodolfo Gonzalez é
uma incognita, Mas se fosse eu trocava também o piloto de Testes por
um outro melhor ou alguém com alguma experiência.


Williams: Tem uma belíssima dupla, Felipe Massa é um piloto experiente, rápido e pode levar o time a vitórias, Mas ele tem prazo de validade curto, só vai servir ao time por mais 1 temporada, Renove para 2015 pois em 2016 ele entra em processo de decadência. Já Bottas é um piloto que pode substituir Felipe Massa na Williams como o primeiro piloto, Já Felipe Nasr não serve para ser segundo piloto, dificilmente vai trazer bons resultados para a Williams.


Toro Rosso: Jean Eric-Vergne não é ótimo, Mas também não é um péssimo piloto, Ele é mediano, se não arranjar ninguém melhor para substituir o Francês então mantem mais
um ano na Toro Rosso, Danill Kvyat é um piloto para o futuro, Mas a temporada vai mostrar que ele é jovem demais para correr na Formula 1, Então seria melhor ele ser rebaixado para piloto de testes, pois com um ano de experiência maior ele poderia voltar em 2016 para correr melhor pela STR. Já Felix da Costa pode bem ser o substituto de Vergne se você achar que ele ira render melhor que o Francês ou então correr no lugar de Kvyat que poderia ganhar experiência como reserva enquanto ele ganharia experiência, E em 2016 se tudo der certo, Coloque a Dupla Kvyat/Felix da Costa na Toro Rosso que fara seu time ter um bom desempenho.


Sauber: Você tem uma boa dupla na Sauber, Sutil é um piloto que anda muito bem ainda, Mas nada de espetacular, Ele vai fazer bons resultados pelo menos nas 2 próximas temporada e depois ele vai começar a cair de desempenho. Já Gutierrez é ao contraio, ele vai crescer na equipe sendo que ele pode em 2016 ou já em 2015 caso você já quer mandar Sutil para casa tornar o Méxicano o primeiro piloto da Sauber pois ele vai sim desempenhar um grande papel. Agora o Van Der Garde, jogue fora ao final da temporada, pois ele não não tem talento para levar sua equipe para frente.


Force India: Tem uma ótima Dupla de pilotos que pode ser usada por muito tempo, Tanto Hulkenberg como Perez vão te dar bons resultados por muito tempo, Só substituía um deles ou os dois por pilotos melhores, pelos melhores deles que são Vettel, Hamilton e Alonso. Fora isso não vale a pena trocar ele e nem o piloto de testes, ele também é muito bom. A Force India tem ótimos pilotos. Não precisa se preocupar com essa parte.


Mclaren: Também tem uma ótima dupla de pilotos, Tem um piloto muito forte que é o Jenson Button que é muito experiente e muito rápido, Mas Button tem a questão da Idade faz com que o piloto inglês não seja útil para a sua equipe por muito tempo, Mas a Mclaren tem Kevin Magnussen que é jovem e rápido e que pode liderar o time no futuro e como piloto de testes o piloto Bélga Stoffel Vandoorne que pode ser o substituto de Button perfeitamente, Mas se achar que eles não são o suficiente você pode contratar um piloto
melhor, um líder para a equipe.


Lotus: A situação da sua equipe é complicada, você tem um piloto bastante competente que é Romain Grosjean, Mas seu segundo piloto é o Pastor Maldonado, infelizmente ele não é útil para a equipe, Faça o favor de trocar por um outro piloto para 2015. Pode tentar Promover Charles Pic para 2ºpiloto, Mas pode tornar a contratar um piloto melhor que seja pelo menos a altura de Grosjean ou melhor que ele.


Ferrari: A Dupla da Ferrari é uma das melhores se não a melhor, Tanto Alonso como Raikkonen são pilotos Top na Categoria, Alonso é um dos pilotos que pode competir com o Vettel e com Hamilton para tentar o título já no primeiro ano na Formula 1, Raikkonen estaria um degrau abaixo do Alonso, Mas também é um piloto capaz de vencer corrida e com sorte ser o campeão. Mas Tem um detalhe, das equipes de Formula 1 a Ferrari é o time que precisa ser trocado com mais urgência, Seus pilotos são pilotos com idade avançada demais para correrem na Formula 1, O piloto de Testes, Esquece, Pedro de la Rosa é velho demais
para ser piloto Titular, você precisa renovar o time para 2016 ou mais tardar 2017 ou então os pilotos que você tem vão começar a cair de Nível, Procure dois pilotos jovens e promissores ou um deles sendo já um grande talento para levar a Ferrari a futuras
conquistas.


Mercedes: Dupla de pilotos que é também das melhores se não for a Melhor, Hamilton é um dos mais rápidos pilotos do jogo, capaz também de ser campeão no primeiro ano de cara, E tem 29 anos, ainda tem um tempo razoável para competir no jogo, Já Rosberg tem
29 anos também e tem um talento um pouco abaixo de Hamilton, Mas ele também pode ser campeão caso Hamilton não corra bem, A Dupla ainda tem um bom tempo de sucessos pela Frente, Se for trocar Alguém se não for melhor que um dos dois então é uma aventura
arriscada, Seu piloto de Testes San Bird é um investimento interessante, Mas para Futuro apenas, não seria para ser titular em 2015, quem sabe em 2017 quando ai você pode até pensar em mudanças no seu time.


Red Bull: Você tem a melhor equipe do campeonato vindo de um Tetracampeonato de Sebastian Vettel que é um dos 3 melhores pilotos do jogo e com 27 anos tendo uma carreira longa pela frente você pode ficar tranquilo com o primeiro pilotos, Já com Daniel Ricciardo nesse jogo ele ainda vai precisar de algum tempo para dar bons resultados para a Red Bull, Se você quer esperar ele dar resultados vale a pena, Mas se quiser arrasar com o campeonato pode pegar um piloto forte, eu recomendo um piloto jovem e que seja um talento, um futuro campeão do mundo, Mas não existe muitos com essa características
no jogo melhores que o Ricciardo. Já o reserva Sebastian Buemi é até bom piloto, Mas nada de espetacular então pode tentar um jovem piloto para piloto de Testes para o futuro da Red Bull na Formula 1.


Pilotos no Mercado:

Esses São todos os pilotos que tem no jogo quando ele começa:

Todos esses pilotos não tem a sua habilidade revelada diferente dos
títulares. Vamos usar um exemplo para demonstrar isso:

Esses Vai ser seu desafio, por precaução acerte só um ano de contrato ou então coloque como piloto de testes, pois uma escolha errada ira se prender a um piloto ruim por muito tempo.

Voltaremos com a Terceira parte do Especial Cockpit Manager 14 logo logo!

Veja a primeira parte do Especial Cockpit Manager 14 Aqui

Resultado do 3ºTreino livre do GP de Mônaco

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:16.758 – 27
2 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 1:16.808 – 26
3 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:16.874 – 24
4 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 1:17.184 – 23
5 14 Fernando Alonso (Ferrari) 1:17.428 – 22
6 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:17.448 – 24
7 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 1:17.725 – 23
8 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 1:18.074 – 21
9 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 1:18.136 – 19
10 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 1:18.166 – 26
11 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 1:18.249 – 28
12 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 1:18.262 – 21
13 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 1:18.430 – 31
14 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) 1:18.542 – 30
15 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 1:18.598 – 24
16 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) 1:18.776 – 26
17 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 1:18.872 – 23
18 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) 1:19.118 – 28
19 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 1:19.149 – 28
20 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) 1:20.271 – 32
21 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) 1:20.394 – 25
22 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) 1:20.589 – 30

Nico Rosberg leva a pole em Mônaco

Dessa vez Nico Rosberg levou a pole position em um treino que a Mercedes mostrou seu poderio em relação a outras equipes, Nico Rosberg se encaixou melhor nesse tipo de pista e com 1:15.989 ele conquistou a segunda pole do ano com Hamilton em 2ºlugar, Mas isso pode mudar, pois aconteceu um incidente envolvendo o Rosberg, Mas vamos ver como se desenvolveu o treino, No Q1 as coisas pareciam dar erradas para Danill Kvyat quando ele bateu na entrada dos S da Piscina, por sorte só o bico dele que quebrou e ele pode voltar ao treino e classificar seu carro para o Q2, No final do Q1 um incidente absurdo, Massa dar a passagem para Ericsson fazer sua última volta na pista sem ser atrapalhado, Mas o Sueco acaba perdendo o carro e atingido a Felipe Massa que tinha a classificação garantida para o Q2, Mas com essa batida o Brasileiro não pode mais treinar ficando de fora do Resto do treino. As Duplas da Sauber, da Marussia e da Caterham ficaram de Fora da segunda parte da Classificação.

No Q2 sem a presença do Brasileiro Felipe Massa o destaque ficou para o domínio de Mercedes, Red Bull e de Ferrari que ocuparam os 6 primeiros lugares mostrando serem
as três melhores equipes, Destacaram além desses Kevin Magnussen que se arriscou, Errou em algumas tentativas, Mas conseguiu lugar no Q3, E Danill Kvyat e de Jean Éric-Vergne que conseguiu Estar no Q3, Além do Mexicano Sérgio Perez com a Force India que ficou com a última vaga do Q3.

Nico Hulkenberg, Jenson Button, Valtteri Bottas, Romain Grosjean e Pastor Maldonado ficaram de Fora do Q3.

Na parte final do Treino com os pneus extras para todos os pilotos todo mundo foi para a pista fazer o seu melhor, Daniel Ricciardo com 1:16.384 fez um tempo impressionante, Mas Rosberg com 1:15.989 acabou com a história e Hamilton com 1:16.048 garantiu o domínio da Mercedes em Mônaco, Mas ainda havia a batalha final, Mas ela não ocorreu pois Rosberg acabou passando reto na curva antes da antiga estação Galli e acabou não podendo fazer a volta, Lewis Hamilton estava na pista, Mas com a Bandeira amarela no Local também não pode fazer a sua volta rápida, Com isso o Treino acabou com a segunda pole de Rosberg. Mas isso pode ser mudado pois a manobra do Rosberg poderia esta sob suspeita, Algo que não acredito muito, Mas que favoreceu ao próprio Rosberg, com isso Hamilton seria o pole position. (Nico acabou sendo inocentado e se livrou da punição)

Na Segunda Fila Ricciardo e Vettel, É impressionante como o Ricciardo esta superando até com muita facilidade o Sebastian Vettel que fez sua melhor corrida na temporada na Espanha mostrando que talento, Habilidade e velocidade o Alemão tem. Mas que o Australiano esta colocando uma pulga atrás da Orelha de Vettel isso esta, Fernando Alonso em 5º e Kimi Raikkonen em 6º com a Ferrari que não tem chances de vitória nessa pista pelo que me parece, Jean Éric-Vergne é uma grata surpresa largando em 7ºlugar, Com Kevin Magnussen colocando a Mclaren em uma posição honrosa em 8º, Danill Kvyat numa ótima 9ªposição e Perez fechando o Top 10.

Hulkenberg e Button fazem a 6ªFila, Bottas e Grosjean a 7ªFila, Maldonado e Massa fecham o equilíbrio de forças da Williams e Lotus na 8ªFila e depois a Sauber, Marussia e Caterham ficaram nas 6 últimas posições.

Confira o Grid de Largada do GP de Mônaco

1 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:15.989 – 26
2 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:16.048 – 27
3 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 1:16.384 – 22
4 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 1:16.547 – 25
5 14 Fernando Alonso (Ferrari) 1:16.686 – 27
6 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:17.389 – 27
7 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 1:17.540 – 26
8 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 1:17.555 – 25
9 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 1:18.090 – 23
10 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 1:18.327 – 26
11 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 1:17.846 – 20
12 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 1:17.988 – 20
13 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 1:18.082 – 20
14 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) 1:18.196 – 23
15 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) 1:18.356 – 21
16 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) Sem Tempo – 10
17 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 1:18.741 – 11
18 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 1:18.745 – 11
19 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 1:19.332 – 10
20 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) 1:19.928 – 9
21 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) 1:20.133 – 9
22 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) 1:21.732 – 9
Tempo do Q1 107% 1:22.985

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Palmer vence a corrida Caótica em Mônaco

Jolyon Palmer – Foto: GP2 Series

A GP2 hoje teve um dia caótico e teve uma vitória pra ninguém colocar defeito de Jolyon Palmer que dominou o final de semana, e fez um grande corrida vencendo essa prova. Na largada Palmer teve seu único momento de Falha, ele perdeu a ponta para o piloto Australiano Mitch Evans que fez grande largada e assumiu a liderança com os pneus super macios e estava abrindo um monte, Mas logo foi acionada a primeira bandeira amarela da corrida quando o piloto Facu Regalla acabou batendo, Mas essa primeira bandeira amarela foi curta, Poucas voltas depois a corrida recomeçou com Evans na frente, Mas não por muito tempo, com melhor carro e pneus mais inteiros Palmer fez uma grande ultrapassagem sobre Evans e assumiu a liderança da corrida, A corrida estava pegada era lá atrás enquanto que pilotos como o Nasr fizeram a parada para que pegassem a pista sem trafego e que poderia andar mais rápido. Na 12ªVolta um acidente provocado pelo piloto Rene Binder que tocou o Brasileiro André Negrão que volta nessa corrida após se recuperar de lesão nas costas acabou rodando e fechando a pista toda, provocando o SafetyCar na pista e com detalhe no mesmo local na curva da antiga estação Galli, Isso provocou a paralisação da corrida aonde a GP2 se mostra amadora ao extremo, Alguns pilotos como Jolyon Palmer acabaram com os carros morrendo e não puderam ser religados e acabaram sendo empurrados para voltarem a reta dos boxes para reorganizar o Grid de Largada, e a GP2 fez confusão, demorou muito para fazer isso, uma zona.

Mitch Evans – Foto: GP2 Series

 

Uma enorme zona, Depois de tudo isso acabaram por reorganizar a coisa toda, A corrida recomeçou depois de 40 minutos, e depois de poucas voltas mais uma vez uma bandeira amarela, Dessa vez provocada pelo Colombiano Julian Leal que tentou passar aonde não tinha espaço o que quase sempre acontece. Nova Bandeira amarela, Com todas as táticas quem se deu bem foi Felipe Nasr que acabou assumindo o 5ºlugar ma corrida, Já Stoffel Vandoorne acabou não indo aos boxes e dessa maneira ele depois foi bem prejudicado pois parou depois e ficou lá para trás, Já Stefano Coletti começou a passar todo mundo na corrida, passou a Cecotto, Depois a Nasr, mas dai se empolgou em tentar passar Simon Trummer na entrada da reta curva dos boxes, Resultado, Ambos foram para o muro, A corrida novamente foi para a Bandeira amarela, O Safetycar trabalhou como nunca hoje.

Mas nada tirou de Jolyon Palmer a vitória que fez ele disparar na liderança do campeonato, Mitch Evans piloto muito esperado nas brigas pelos primeiros lugares nesse ano finalmente correspondeu as expectativas e ficou em 2ºlugar, Felipe Nasr partindo da 18ªposição fez grande corrida de recuperação e com o 3ºlugar de hoje assume a vice-liderança do campeonato Johnny Cecotto jr. terminou em 4ºlugar mantendo boa fase na GP2, Sergio Canamasas em 5º uma surpresa total já que ele não é lá essas coisas, Arthur Pic em 6º, Haryanto em 7ºlugar salvando pontos para a Caterham GP2, Richelmi que larga na pole amanhã, Quaife-Hobbs e Tio Ellinas completaram a zona de pontuação. Amanhã teremos a 6ªEtapa do Campeonato da GP2 que até agora esta muito favoravel a Jolyon Palmer da equipe DAMS e que pode fazer Richelmi vencer em casa já que ele larga da pole position.

Pódio da Corrida – Foto: GP2 Series

Resultado final do GP de Mônaco – 5ªEtapa

1. Jolyon Palmer (DAMS) 1h38m31.193 em 40 Voltas
2. Mitch Evans (Russian Time) a 0.427s
3. Felipe Nasr (Carlin) a 0.653s
4. Johnny Cecotto Jr (Trident) a 2.175s
5. Sergio Canamasas (Trident) a 2.884s
6. Arthur Pic (Campos) a 6.187s
7. Rio Haryanto (Caterham) a 8.718s
8. Stephane Richelmi (DAMS) a 9.594s
9. Adrian Quaife-Hobbs (Rapax) a 9.785s
10. Tio Ellinas (MP) a 10.187s
11. Daniel de Jong (MP) a 10.689s
12. Raffaele Marciello (Racing Engineering) a 11.727s
13. Conor Daly (Lazarus) a 12.291s
14. Stoffel Vandoorne (ART) a 12.705s
15. Kimiya Sato (Campos) a 26.761s
16. Alexander Rossi (Caterham) a 29.166s
17. Nathanael Berthon (Lazarus) a 56.107s

Não terminaram a corrida:

Artem Markelov (Russian Time) 35 Voltas
Rene Binder (Arden) 35 Voltas
Simon Trummer (Rapax) 31 Voltas
Stefano Coletti (Racing Engineering) 31 Voltas
Takuya Izawa (ART) 31 Voltas
Julian Leal (Carlin) 24 Voltas
Andre Negrao (Arden) 11 Voltas
Daniel Abt (Hilmer) 9 Voltas
Facu Regalia (Hilmer) 0 Voltas