GP de Mônaco de 2008

Grid de Largada:

1 Felipe Massa (Ferrari) 1’15.787
2 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1’15.815
3 Lewis Hamilton (McLaren/Mercedes) 1’15.839
4 Heikki Kovalainen (McLaren/Mercedes) 1’16.165
5 Robert Kubica (BMW Sauber/BMW) 1’16.171
6 Nico Rosberg (Williams/Toyota) 1’16.548
7 Fernando Alonso (Renault) 1’16.852
8 Jarno Trulli (Toyota) 1’17.203
9 Mark Webber (Red Bull/Renault) 1’17.343
10 Timo Glock (Toyota) 1’15.907
11 Jenson Button (Honda) 1’16.101
12 Nick Heidfeld (BMW Sauber/BMW) 1’16.455
13 Kazuki Nakajima (Williams/Toyota) 1’16.479
14 Rubens Barrichello (Honda) 1’16.537
15 David Coulthard (Red Bull/Renault) Perdeu Perdeu 5 posições por trocar o Câmbio
16 Sébastien Bourdais (Toro Rosso/Ferrari) 1’16.806
17 Nelsinho Piquet (Renault) 1’16.933
18 Adrian Sutil (Force India/Ferrari) 1’17.225
19 Sebastian Vettel (Toro Rosso/Ferrari) 1’16.955 Perdeu 5 posições por trocar o Câmbio
20 Giancarlo Fisichella (Force India/Ferrari) 1’17.823

Após uma das provas mais emocionantes em Mônaco, Hamilton conquista a vitória nas ruas do principado.

A pista que consagrou Ayrton Senna e Graham Hill como os reis de Mônaco recebia mais uma edição da Corrida, em um dia de chuva para Domingo, Se já é muito difícil para andar no Seco, No Molhado seria extremamente complicado, Mas era disso que a Formula 1 precisava para ter corridas emocionantes e na fase que estava a categoria com cada vez mais e mais apêndices aerodinâmicos as ultrapassagens eram cada vez mais escassas.

A Pole position foi para Felipe Massa, uma Improvável pole diga-se de passagem, pois Felipe não gosta de andar nesse circuito, Mas a fase do Brasileiro era a melhor da sua carreira, Então Massa conseguiu superar a expectativa negativa que ele tinha nessa prova e conseguiu superar um certo favoritismo de Raikkonen e de Hamilton que tinha a Mclaren.  Com Kovalainen em 4º com a Mclaren, Kubica com a BMW em 5º, Rosberg que poderia apontar em 6º, Alonso em 7º que também poderia se sobressair e depois vinham Trulli que ganhou corrida em 2004, Webber com a Red Bull em ascensão e Glock que começava a se encontrar na Toyota.

Já na Volta de apresentação o Finlandês Heikki Kovalainen apresentou problemas e acabou tendo de largar dos boxes em último que em Mônaco era praticamente a morte nesse circuito mesmo com uma Mclaren. Com isso Kubica, Rosberg, Alonso e quem estivessem atrás de Kovalainen acabaria agradecendo.

A Largada seria uma largada bem dramática, Acabou não sendo tão Dramática, Felipe Massa conseguiu segurar a ponta para fazer a corrida que ele desejava, Hamilton é que Ganhou posição em cima de Raikkonen, Enquanto isso a chuva estava caindo da pista.  Mas logo na primeira volta tivemos incidentes, Enquanto Massa, Hamilton e Raikkonen sumiam, Rosberg tocou em Alonso e já quebrou seu bico do seu carro, E Jenson Button quando entrava na Rascassi tocou em Rosberg, Resultado disso é que Button entrou nos boxes já na primeira volta comprometendo a sua corrida.

Nelsinho Piquet tentou uma tática diferente de largar com os pneus de chuva extrema para dar o pulo do gato caso chovesse mais. E isso começava a acontecer desde do final da primeira volta. A Parada de Button foi horrível, Mas de 20 segundos para tocar o bico e mais de 40 segundos, Voltou em último lugar evidente.

Massa começava a criar uma vantagem para Hamilton e Raikkonen. Classificação após 2 voltas Completadas: 1. Felipe Massa (2 Voltas), 2. Lewis Hamilton (a 1.340), 3. Kimi Raikkonen (a 3.304), 4. Robert Kubica (a 8.141), 5. Fernando Alonso (a 8.943), 6. Nico Rosberg (a 11.435), 7. Jarno Trulli (a 14.106), 8. Timo Glock (a 15.251), 9. Nick Heidfeld (a 18.750), 10. Mark Webber (a 19.319), 11. Kazuke Nakajima (a 19.953), 12. David Coulthard (a 20.829), 13. Rubens Barrichello (a 21.681), 14. Sebastian Bourdais (a 22.541), 15. Adrian Sutil (a 23.225), 16. Nelsinho Piquet (a 24.681), 17. Sebastian Vettel (a 25.089), 18. Giancarlo Fisichella (a 27.523), 19. Heikki Kovalainen (a 28.107), 20. Jenson Button.

Hamilton buscava andar perto de Felipe Massa e já tinha despachado a kimi Raikkonen, Rosberg no final da segunda volta foi para os boxes trocar o bico de seu carro ficando lá para trás. E o Glock estava com o bico quebrado segurando o mundo inteiro, isso só depois de 3 voltas completadas. Claro que foi para os boxes trocar o bico do carro após rodar na entrada dos boxes e Deu sorte em continuar na corrida. Rosberg, Button e Glock já tinham uma parada nos boxes.

Na 6ª Volta na entrada da tabacaria Hamilton bateu e acabou furando os pneus, Ainda conseguiu levar para os boxes e trocar os pneus e acabou voltando para a corrida. Agora Massa tinha 12 segundos sobre Raikkonen que andava 2 segundos mais lento que Massa e Kubica chegava em cima de Raikkonen e do jeito que vinha ele vinha para passar o Finlandês e Alonso também iria vim para a festa e Hamilton voltou na 5ªposição, até um lucro pois se fosse em condições normais já iria para mais atrás, Alonso que vinha muito forte também raspou em algum muro e com isso ficou lento e teve de levar o carro para os boxes, Já com o Coulthard e com o Bourdais foi bem mais grave a coisa. Coulthard achou o muro no mesmo lugar que o Alonso tocou o muro, Acabou destracionando e escorregou, E o Bourdais acabou escorregando e indo para o muro no mesmo lugar que o Coulthard. Com isso o Safety Car entrou na pista.

Massa perdia 12 segundos que ele tinha, Classificação após 9 Voltas: Massa, Raikkonen, Kubica, Hamilton, Heidfeld, Webber, Alonso, Nakajima,  Barrichello, Sutil, Piquet, Trulli, Vettel, Fisichella, Kovalainen, Rosberg, Glock e Button.

Na Relargada Massa continua na liderança com Raikkonen e Kubica atrás, Mas Raikkonen teria de cumprir uma punição, não por culpa dele, Mas sim por culpa de equipe que não cumpriu um regulamento dos pneus não deixando os pneus 3 minutos antes da Volta de apresentação, É uma das regras justas mas que a equipe faz a bobagens e o piloto paga o pato.

Massa em uma volta já tinha abrido 3 segundos sobre o Raikkonen, impressionante como o Raikkonen estava sem coragem. Alonso conseguiu uma ultrapassagem na entrada da Mirabor para ultrapassar ao Mark Webber e assumir o 6ºlugar. Com 12 voltas completadas a classificação era a seguinte: 1.Felipe Massa, 2. Kimi Raikkonen (3.286), 3. Robert Kubica (a 4.439), 4. Lewis Hamilton (a 9.302), 5. Nick Heidfeld (a 12.415), 6. Fernando Alonso (a 13.038), 7. Mark Webber (a 13.792), 8. Kazuke Nakajima (a 15.196), 9. Rubens Barrichello (a 16.432), 10. Nelsinho Piquet (a 16.945), 11. Adrian Sutil (a 18.192), 12. Jarno Trulli (a 19.104), 13. Sebastian Vettel (19.731), 14. Heikki Kovalainen (a 21.421), 15. Nico Rosberg (a 21.857), 16. Timo Glock (23.465), 17. Giancarlo Fisichella (25.586), 18. Jenson Button (a 26.851).

Alonso já iria para cima de Nick Heidfeld mostrando que se ele tinha chance de fazer um grande trabalho e um grande resultado era nesse tipo de corrida em Mônaco. Raikkonen finalmente foi  cumprir a punição no final da 13ªVolta voltando em 4ºlugar ainda, Perdendo posição para Kubica e Hamilton. Na 14ªVolta na curva da Antiga Gali Alonso joga tudo que fez no lixo, Toca em Heidfeld numa manobra precipitada, Faz Heidfeld rodar e quebra o bico do carro da Renault número 5 e perde várias posições. Nessa confusão começa a aparecer Adrian Sutil que até naquele momento do campeonato estava devendo muito em relação ao Fisichella, Sutil estava já em 7ºlugar. Mark Webber por um triz não tocou em Alonso.

Alonso foi para os boxes trocar o bico de seu carro e comprometer a sua corrida Além do Rosberg que perdeu outra vez o bico de seu carro pela segunda vez. Cada bico de carro no mínimo custa 100 mil dólares, pelo menos naquela época. Massa vinha tranquilo na ponta, Mas quando começava a sua 16ªVolta ele passa Reto na Saint Devolt, Consegue corrigir e voltar a corrida sem perder muito tempo, Mas acabou perdendo a primeira posição para Robert Kubica da BMW que estava fazendo uma corrida bem redonda. A diferença entre Massa antes do erro tinha 4.7 segundos, Mas Kubica já estava fazendo a melhor volta da corrida na volta 14.

Enquanto isso Nick Heidfeld em consequência da batida com o Alonso acabou perdendo posições para todo mundo. Rubens Barrichello além de Ganhar a posição para o Heidfeld acabou conseguindo passar o Kazuke Nakajima e assumiu a 8ªposição, Vettel acabou vazando a Chicane e tendo que devolver a posição para Nelsinho Piquet enquanto isso Heidfeld teve de Trocar o bico e de Trocar os pneus para voltar a corrida voltando em 18º e última posição. Enquanto isso Kovalainen vinha em 12º fazendo uma corrida cautelosa, Na Frente dele vinha Vettel com o novo Chassi, O STR3. Kubica continuava na ponta, Mas Massa estava mais rápido que Massa e vinha se aproximando do Polonês, 1 segundo mais rápido na volta 18.

Massa com 1:34.002 estabelecia a melhor volta da corrida, a segunda melhor volta da prova era do Kubica com 1:34.529, Depois vinham Nico Rosberg com 1:34.607 e Raikkonen com 1:34.964, Hamilton, Button, Barrichello e Alonso completavam as 8 melhores voltas da corrida.

A pista começava a Secar, Rosberg fazia a melhor volta da corrida baixando o tempo para 1:33.244. Lá atrás quem se destacava em 6ºlugar era Adrian Sutil com o Carro da Force India que estava fazendo a sua estreia na Formula 1 com alguma força, Trulli em 7º e Barrichello em 8º, Com Trulli tendo a desvantagem de a chuva ter parado e ele esta com os pneus de chuva intensa contra os pneus intermediários de Barrichello que buscava acabar com a Série de 22 provas sem marcar pontos na Formula 1.

Kubica e Massa estavam lutando pelo primeiro lugar, mas a briga era equilibrado com Massa fazendo 1:32.703, a volta mais rápida da corrida, Hamilton em 3º e Raikkonen estava chegando no Hamilton para lutar pelo terceiro posto enquanto isso Webber já se estabelecendo em 5ºlugar, mas a mais de 25 segundos do Raikkonen. E depois Sutil, Trulli, Barrichello e Nakajima em 9º fazendo boa corrida com a Williams.

Kovalainen passou Nelsinho Piquet e assumiu o 11ºlugar na prova, E com 1:31.749 Felipe Massa voltava a fazer a melhor volta da corrida, só que o Kubica estava andando rápido também. Briga boa estava surgindo pelo 3ºlugar entre Hamilton e Raikkonen, e os 4 primeiros estavam cada vez mais distantes do resto do pelotão.

Kubica na 25ª para a 26ªVolta iria para os boxes para a sua parada nos boxes, A BMW fez uma boa parada nos boxes, de 8.7 segundos e com isso ele voltou em 4ºlugar perto do Raikkonen, Já Felipe Massa assumia na liderança da corrida. Só que Raikkonen não apareceu na frente do Kubica, ele acabou errando e passando Reto na Saint Devoit e acabou danificando o seu bico do carro perdendo muito tempo. A Ferrari teria que preparar uma parada para o Raikkonen para a troca do Bico e para uma parada dos boxes. Enquanto Massa com 1:30.809 fazia a volt mais rápida da prova, isso por que só se passaram 27 Voltas da corrida. A Parada do Raikkonen foi de 16.1 segundos e o Finlandês voltou em 6ºlugar na corrida.

Massa estava determinado a ganhar a corrida e fez a melhor volta da prova de novo 1:30.749, isso para fazer a parada e volta na liderança da corrida. Massa já estava ultrapassando Rosberg colocando volta no piloto da Williams e iria colocar 1 volta em Alonso, Os retardatários acabaram por deixar o Massa um pouco mais lento, Mas ainda sim mais rápido que o Kubica, tudo indicava que os 29 segundos iriam ser suficientes para deixar Massa na liderança depois de terem feito a parada nos boxes. Massa tinha 16 segundos sobre Hamilton que no momento era o 2ºlugar, Trulli acabava segurando a Barrichello que tinha mais desempenho que o piloto da Toyota, Com isso Nakajima e Kovalainen encostaram no Trulli e no Barrichello e se formava 1 grupo de carros brigando pelo 7ºlugar, Com a lentidão do Trulli o Sutil e o Raikkonen ficavam mais e mais longe e tranquilos em 5º e 6ºlugar.

Webber fazia a melhor volta da corrida, Agora a pista estava começando a secar e isso fazer e Massa tomou a melhor volta da corrida do Australiano Mark Webber, Fez 1:30.096 na 32ªVolta, Webber tinha a segunda melhor volta com 1:30.388, Depois vinha Hamilton com 1:30.553, Kubica com 1:30.668, Sutil 1:31.479, Raikkonen com 1:32.151, Kovalainen com 1:32.256 e Vettel com 1:33.851.

Continuava a tentativa de Barrichello a buscar o 7ºlugar de Jarno Trulli que sempre foi um grande defensor de posição na Formula 1. E na 33ªVolta Felipe Massa foi para os boxes e a Ferrari fez uma jogada enorme e de alo Risco, Colocou combustível para Terminar a corrida, colocar pneus intermediários e ainda por cima Massa voltou na Frente de Kubica. Com isso Hamilton era o primeiro lugar. Mark Webber com 1:29 faria a melhor volta da corrida, Já estávamos com a pista bem mais favorável para tempos mais rápidos.

Classificação das Voltas mais rápidas da corrida até 34 voltas: 1. Lewis Hamilton 1:29.420, 2. Makr Webber 1:29.535, 3. Felipe Massa 1:30.096, 4. Robert Kubica 1:30.183, 5. Kimi Raikkonen 1:31.036, 6. Adrian Sutil 1:31.357, 7. Heikki Kovalainen 1:32.258, Giancarlo Fisichella 1:32.849.

As Renault em maus lençois Nelsinho e Alonso sendo pressionados por Vettel e Rosberg respectivamente, Já Kovalainen faz a parada nos boxes e volta em 17ºlugar. A chuva já não existia e a pista começaria a secar. Classificação após 36 Voltas: Hamilton, Massa, Kubica, Webber, Sutil, Raikkonen, Trulli e Barrichello são os 8 primeiros colocados.

E Mark Webber em 4º estava muito rápido na prova, em um dos seus melhores momentos com a Red Bull, Já Rosberg conseguiu passar o Alonso e assumir o 15ºposto. Agora a pista já tinha formado o trilho e Sutil fazendo 1:29.292, a melhor volta da Corrida com a Force India que era um carro ainda não competitivo a ponto de Brigar com todo o Resto.

E Sutil baixava a melhor volta para 1:29.043, uma corrida impressionante do Piloto alemão, Trulli foi para os boxes na 37ªVolta e com isso Barrichello iria para o 7ºlugar e teria a pista livre. Quando o pessoal da transmissão anunciou chuva em 15 minutos. Logo que os tempos começava a secar enquanto isso Trulli bateu com a parte Traseira quando fazia a Mirabor, apesar disso continuava na corrida, O Mesmo não aconteceu com o Italiano Giancarlo Fisichella que com problemas Elétricos em seu Force India acabava por deixar a corrida.

Na Metade da Corrida Hamilton estabelece a Volta mais rápida da corrida com 1:28.691, na 39ªVolta, Com 17 segundos de vantagem para Felipe Massa o piloto Inglês buscava abrir uma distância para fazer uma nova parada e voltar na Frente de Massa e Kubica.

Mas o Drama para Felipe Massa é que com a pista secando ele teria que ser obrigado a fazer uma nova parada nos boxes, Com mais de 1 hora de corrida tudo indicava que a prova iria ser encerrada pelo tempo de prova e Hamilton baixava ainda mais o tempo da melhor volta para 1:27.385 e com isso Massa estava a 21.6 segundos atrás de Hamilton e começava a ver a vitória escapar, E cada volta ele baixava a melhor volta da prova, Um dos pilotos mais rápidos da corrida nesse momento era Rubens Barrichello que fazia uma grande corrida já estando em 7ºlugar e podendo ir mais para frente.

Após 42 Voltas a Classificação das Voltas mais rápidas era essa: 1. Rubens Barrichello (1:27.168), 2. Lewis Hamilton (1:27.305), 3. Adrian Sutil (1:28.015), 4. Kazuke Nakajima (1:28.466), 5. Felipe Massa (1:28.687), 6. Sebastian Vettel (1:28.779), 7. Nico Rosberg (1:28.849) e Mark Webber (1:29.055).

Com a pista seca Hamilton faz 1:27.157 na volta 43 mostrando que a pista estava totalmente Seca, Já Nelsinho, Rosberg e Button brigavam por posição, Nelsinho passava sérios problemas para se manter na frente de Ambos, O pior de tudo para a Renault é que Alonso estava em 15ºlugar sem chances de marcar pontos praticamente.

A Equipe partiu para o Suicídio, tentar fazer uma troca para os pneus de pista seca numa corrida em que Nelsinho era o piloto que tinha mais chance de pontuar para o time Francês que fazia um ano Ruim naquele momento. chuva em 6 minutos e Alonso foi para os boxes  na 45ª Volta para colocar pneus de Pista seca, E o Nelsinho também faria isso 2 voltas depois. Enquanto Hamilton baixava cada vez mais o seu tempo para fazer a parada e voltar ainda em primeiro lugar. Nelsinho já estava virando 6 segundos mais lento que o Vettel que estava em 8ºlugar.

Kubica com 1:26.331 na volta 47. E se aproximava de Felipe Massa que estava em mal bocados com a Tática da Ferrari, Já a Renault estava em maus lençóis, Alonso deu uma passeada na chicane próxima da Rascassi, Já Webber foi para a parada na volta 48 para ir com pneus de pista seca e com isso poderia se dar melhor nessa história dos pneus de pista Seca que os pilotos da Renault, Enquanto Massa estava com problemas, pois Kubica virava bem mais rápido que Massa, Tudo indicava que os pneus de Massa acabaram.

Nelsinho Piquet acabou batendo na Saint Devoit e acabou fora da corrida. Já os pilotos começaram a parar nos boxes para colocarem pneus de Pista seca e Hamilton com 33 segundos na frente de Massa e de Kubica.

Classificação após 50 voltas Completadas:  1.Hamilton, 2.Massa, 3.Kubica, 4.Sutil, 5.Raikkonen, 6.Barrichello, 7.Nakajima, 8.Vettel, 9.Webber, 10.Rosberg, 11.Trulli, 12.Button, 13.Kovalainen, 14.Alonso, 15.Glock, 16.Heidfeld.

Dos oito primeiros colocados Hamilton, Kubica, Sutil e Barrichello não tinham feito ainda as paradas, Mas era certeza de que iriam fazer a parada para colocar os pneus de pista seca. Massa com a pista seca teria que obrigatoriamente trocar os pneus. A precisão da chuva da transmissão da FIA errou feio por duas vezes. Mark Webber ainda estava tendo dificuldades de se manter na pista com os pneus de pista seca e tomou ultrapassagem de Barrichello, Nakajima e Vettel, E Glock rodou de novo e por incrível que pareça continuava na corrida. E na volta 53 Kubica foi para os boxes para a segunda parada, Na mesma volta Sutil fez sua parada nos boxes. Classificação das Voltas mais rápidas tinha Alonso com o primeiro com 1:24.767, Depois Rosberg com 1:25.255, Sutil com 1:25.492, Hamilton com 1:26.897, Kubica com 1:26.371, Nakajima com 1:26.406, Vettel com 1:26.682 e Webber com 1:26.727.

Hamilton na volta 54 fazendo 7.5 segundos e voltando na ponta da corrida, com menos de 30 minutos para o final da corrida o inglês estava tranquilo para vencer a corrida, Massa em segundo tinha os pneus detonados, mesmo Fazendo a melhor volta do final da corrida, A parada era inevitável caso a chuva não viesse, Já Rubens Barrichello foi para os boxes colocando pneus de pista seca na 54ªVolta só que eram os pneus macios que eram mais rápidos e que poderiam dar vantagem para o Brasileiro na reta final da prova.

A Ferrari estava pronta para tentar salvar o segundo lugar, A parada foi ruim, num último esforço quase Felipe acabou pisando na linha amarela e acabou no final perdendo a 2ªposição para Robert Kubica, Ou seja um erro da Equipe que acabou jogando pela janela o trabalho do final de semana de Felipe Massa. Raikkonen foi para os boxes para fazer a parada de Troca de pneus.

Classificação após 57 voltas: 1. Hamilton, 2. Kubica, 3. Massa, 4.Sutil, 5.Raikkonen, 6.Webber, 7.Vettel, 8.Barrichello.

Destaque da prova era a corrida que fazia Adrian Sutil com a Force India em 4ºlugar, Na Frente de Kimi Raikkonen que estava pressionado pelo Mark Webber. Hamilton com 39 segundos na frente de Kubica era uma distância enorme sobre o Resto da turma.

Só que na volta 60 Nico Rosberg deu uma pancada Violenta nos S da Piscina e provocou uma nova bandeira amarela e a vantagem de 39 segundos sobre Hamilton virou pó pois todos se juntaram de novo, O Safety Car demorou 11 a 12 minutos na pista para que se limpasse a pista e para alguns pilotos pudessem recuperar a volta.

Na 67ªVolta a Classificação era essa 1.Hamilton, 2.Kubica, 3.Massa, 4.Sutil, 5. Raikkonen, 6. Webber, 7.Vettel, 8.Barrichello, 9.Nakajima, 10.Kovalainen, 11.Button, 12.Alonso, 13.Glock, 14.Trulli, 15.Heidfeld. E foi nessa volta em que a corrida reiniciou, com pouco tempo para o final os pilotos tinham duas opções, atacar ou se manter nas posições que eles tinham.

Só que na volta da relargada acabou na saída do Túnel Raikkonen perdendo o controle da Ferrari e atingido a Adrian Sutil que com essa batida acabou com problemas no carro e deixou a corrida infelizmente pela corrida que ele fez, Raikkonen foi para os boxes para trocar o bico do seu carro. Isso fez com que Webber, Vettel, Barrichello e os outros atrás de Raikkonen e Sutil ganhassem 2 posições.

Com 8 minutos para o final da corrida Hamilton já tinha a vitória na mão, Kubica em 2º e Massa em 3º e as emoções se restringiram a Raikkonen e Kovalainen fazendo volta mais rápida no final da prova. A prova foi encerrada com 76 voltas e com Hamilton ganhando em Mônaco pela primeira vez na carreira, Com Kubica em 2º conquistando o seu 3ºpódio na temporada e Massa em 3ºlugar completando o pódio após grande corrida em Mônaco. Webber em 4º com a Red Bull fazendo Grande corrida, Vettel na Estreia do STR3 completando em 5ºlugar, Barrichello encerrando o jejum de 22 corridas sem pontuar na Formula 1 terminando em 6ºlugar com a Honda, Nakajima na dele conquistou o 7ºlugar fazendo pontos para a Williams e em 8º após corrida cautelosa o Finlandês Heikki Kovalainen.

O Campeonato ficava 38 pontos para Hamilton, 35 para Raikkonen, 34 para Massa e 32 para Kubica, Nos construtores vinham Ferrari com 69 pontos, Mclaren com 53 pontos e BMW com 52, Num campeonato que estava sendo um dos melhores dos últimos 20 anos.

Resultado Final do GP de Mônaco de 2008

Fotos:

Fonte das Fotos: F1 Olivier – Motorsports
Texto: Deivison da Conceição da Silva

Melhores voltas de cada piloto no GP da Malásia

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 53ªVolta – 1:43.066
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) 55ªVolta – 1:43.960
3 14 Fernando Alonso (Ferrari) 47ªVolta – 1:44.165
4 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 51ªVolta – 1:44.289
5 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 48ªVolta – 1:44.675
6 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) 44ªVolta – 1:44.897
7 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 36ªVolta – 1:45.129
8 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 44ªVolta – 1:45.373
9 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 31ªVolta – 1:45.475
10 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 38ªVolta – 1:45.982
11 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 47ªVolta – 1:46.039
12 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) 42ªVolta – 1:46.224
13 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 36ªVolta – 1:46.695
14 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) 40ªVolta – 1:47.500
15 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) 53ªVolta – 1:47.753
16 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 27ªVolta – 1:47.782
17 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 27ªVolta – 1:48.040
18 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) 49ªVolta – 1:48.249
19 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 4ªVolta – 1:48.527
20 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) 6ªVolta – 1:50.929
21 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 4ªVolta – 1:51.473

Hamilton leva GP da Malásia dominado pela Mercedes

Lewis Hamilton num dia grandioso conquistou sua 1ªVitória na temporada e sua 2ªVitória na Mercedes (23ª na carreira) uma corrida perfeita O inglês que largou na liderança liderou de ponta a ponta até a Bandeirada e comprovando o domínio das Mercedes Rosberg largou em 3º mas logo assumiu a 2ªposição de Vettel.

Na Largada não ocorreram incidentes, A Se destacar a boa largada dos pilotos da Williams e a Péssima largada da Toro Rosso de Jean-Éric Vergne, na terceira curva tivemos um incidente entre Jules Bianchi que atingiu a Pastor Maldonado, após esse incidente os comissários analisaram o incidente e puniram Bianchi de Forma merecida, Raikkonen que brigava com o Magnussen pelo 7ºlugar acabou tendo seu pneu furado nas primeiras voltas, E teve de ir aos boxes, igualmente a Vergne que teve problemas de pneus e teve de ir aos boxes.Nas primeiras voltas Hamilton não dava a menor chance para a concorrência até mesmo para Rosberg que tinha certa  diferença para Vettel, Ricciardo, Alonso e Hulkenberg, Logo atrás vinha Button e depois Magnussen, Massa e Bottas, Dai a polêmica por parte da equipe Williams começava. A Williams em Rádio pediu para Bottas não atacar o Brasileiro mesmo ele estando mais rápido que o Massa, E a Williams que tinha um desempenho de melhor consumo de combustível naquele momento.

Nas primeiras trocas aconteceram na volta 9 para 10 para todos os pilotos, antes disso Bianchi e Maldonado tinham deixado a corrida, Pouco tempo depois Kevin Magnussen tinha levado punição de 5 segundos nos boxes, Uma punição muito dura para o piloto da Mclaren e desnecessária pelo modo de ver meu. Hamilton fez sua parada na volta 16 e tinha perdido posição para Hulkenberg, Mas logo recuperou a ponta da corrida, O Alemão da Force India estava retardando a sua parada, assim como o Piloto Japonês Kamui Kobayashi que se destacava com o Carro da Caterham juntamente com seu companheiro de equipe, O Sueco Marcus Ericsson que lutava para manter posições com Kimi Raikkonen e com Jean-Éric Vergne por uma posição modesta, mas gostei da valentia do piloto do carro 9 da Caterham na corrida, Pouco tempo depois Vergne deixaria a corrida com problemas em seu turbo.

Já Kamui Kobayashi fazia bela corrida andando no bloco intermediário até chegando a estar nas 10 posições por alguns momentos, claro que ele não tinha feito a parada, Mas depois da primeira parada o que mais me impressionou foi o fato de Kobayashi estar andando mais rápido do que os carros da Sauber que faziam corrida burocrática com o carro fraco deles e dai podemos comparar a Lotus com a Sauber, qual das duas estaria pior???

Logo a resposta foi dada, a Sauber acabou tendo problemas com os dois pilotos, Sutil abandonou na 33ªVolta  e Esteban Gutierrez com problemas nos freios deixou a corrida na 36ªVolta, E nesse abandono acabou tendo uma cena Comica, Os mecânicos da Sauber decidiram apagar o fogo de maneira alternativa, tentaram abanar em volta do Fogo ao inves de usar o extintor, será que isso é por que não precisavam disso ou que a coisa esta tão preta por lá que nem o extintor eles queriam usar. Já a Lotus de Grosjean estava ainda tentando lutar por pontos.

Agora o grande erro da corrida aconteceu na parada de Daniel Ricciardo que fez sua parada final nos boxes e dai o homem com a pistola não apertou direito a porca do carro e com isso o Australiano percebendo o pneu dele fluxo acabou parando o carro metros depois, Os Mecânicos da Red Bull acabaram por levar o carro de Ricciardo de volta aos boxes para terminar o trabalho para Ricciardo voltar a corrida, Mas a maré de azar do piloto Australiano não pararia por ai, Mas dai o buraco pode ficar bem mais fundo do que se pensa, duas voltas depois Ricciardo tem sua asa danificada e ele teve de voltar aos boxes, e pouco tempo depois o australiano teve de ir aos boxes para cumprir uma punição que ele recebeu devido a toda a trezapada da Red Bull com o piloto Australiano.

No final da corrida alguns pilotos optaram por 2 paradas e outros com três paradas, no final da corrida Hamilton, Rosberg e Vettel fizeram a parada obrigatória para colocar um outro tipo de pneus como o regulamento obriga. No final Hulkenberg tentou resistir aos ataques de Fernando Alonso que tinha pneus mais novos contra um piloto que fez duas paradas na corrida, Só que Alonso com melhores pneus ultrapassou a Hulkenberg para assumir o 4ºlugar, Mas numa corrida em que ele não apareceu em nenhum momento da corrida.

E nas voltas finais a Willliams que não teve um desempenho tão bom  como na Austrália da a ordem para Bottas ultrapassar Massa e que Massa não lutasse com o Finlandês, Só que Felipe ignorou a ordem e lutou até o final com Bottas, enquanto isso Hamilton foi só levar o carro até o final e vencer a prova com Rosberg completando a Dobradinha inédita na fase moderna da Mercedes na Formula 1. Vettel em 3ºlugar salvou um pódio para a Red Bull e mostrou que o carro da Red Bull com os problemas resolvidos nesse RB10 pode sim levar a equipe a vitórias e até mesmo a disputa do Campeonato. Já Fernando Alonso em 4ºlugar foi discreto, Num carro que pode ser que tenha condições de brigar pelo título, Mas que da forma que esta e o desempenho desse Chassi acredito que esse também não seja o Ano de Alonso na Formula 1.

Nico Hulkneberg andou muito bem com a Force India que só teve ele na prova já que Perez por problemas no Câmbio nem largou, Coube a Nico Representar e muito bem a Force India chegando em 5ºlugar na Frente de Jenson Button numa Mclaren que não andou bem e de Felipe Massa que ficou na frente de Valtteri Bottas ignorando as ordens de equipe da Williams algo que o Brasileiro fez muito bem. Completando os 10 primeiros colocados Vieram Kevin Magnussen e Danill Kyvat que ficaram a 1 volta dos líderes, Romain Grosjean resistiu aos ataques de Kimi Raikkonen e conseguiu o 11ºlugar, Raikkonen para uma corrida de recuperação achei uma corrida fraca mesmo a Ferrari não sendo um carro fantástico, Mas era para ter conseguido pelo menos o 10ºlugar. Em 13º chegou o Japonês Kamui Kobayashi que se destacou na corrida mesmo sem carro fazendo frente aos pilotos do meio do pelotão, Marcus Ericsson também merece destaque por ter sido um piloto combativo e aguerrido na prova e completando a lista de quem terminou a corrida Veio o interminável e indestrutível Max Chilton, que completa a sua 21ºcorrida na Formula 1 em 21 presenças, pena que quase todas as vezes ele fica em último lugar.

Semana que vem teremos o 3ºGP da Temporada no Bahrein, naquela republica absolutamente ditatorial. Rosberg com 43 e Hamilton com 25 são os lideres do campeonato e a Mercedes com 68 pontos lidera os construtores.

Classificação final do GP da Malásia

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:40:25.974 em 56 voltas
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) a 17.313
3 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) a 24.534
4 14 Fernando Alonso (Ferrari) a 35.992
5 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) a 47.199
6 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) a 1:23.691
7 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) a 1:25.076
8 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) a 1:25:537
9 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) a 1 Volta
10 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) a 1 Volta
11 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) a 1 Volta
12 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) a 1 Volta
13 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) a 1 Volta
14 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) a 2 Voltas
15 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) a 2 Voltas

Não Terminaram a corrida:

3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 49 Voltas – abandonou
21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 35 Voltas – Câmbio
99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 32 Voltas – perda de potência
25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 18 Voltas – Turbo
17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 8 Voltas – Danos devido a acidente com o Maldonado
13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) 7 Voltas – perda de potência
11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) Não Largou – Câmbio

Texto: Deivison da Conceição da Silva