Formula jr. – Etapa 1 – Elger a 5 corridas esta invicto!!! Quem para ele!!!

Formula Junior – 2014
Round 1 – Guaporé

Rodrigo Elger – 34 – Pole Motorsports Fonte da Foto – Andre Kotoman

Grid de largada:

1ªFila
1 (G) Bruna Tomaselli (SC) – 1:18.132 – Giocar Racing
2 (G) Rodrigo Elger (PR) – 1:18.466 – Pole

2ªFila
3 (G) Franco Pasquale (RS) – 1:18.622 – Pole
4 (G) Matheus Rouver (SE) – 1:19.160 – Irineu Racing

3ªFila

5 (N) Lucca Abreu (MG) – 1:19.211 – Giocar Racing
6 (N) Lucas Villela (SP) – 1:19.263 – Satti Racing

4ªFila

7 (N) Lucyano Calabini (ES) – 1:19.604 – Quadrado Racing
8 (N) Lucas Kohl (RS) – 1:19.796 – Satti Racing

5ªFila

9 (N) Vitor Fernandes (MG) – 1:20.233 – Nafta Motorsport
10 (N) Lucas Fernandes (MG) – Sem Tempo – Irineu Racing

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Após um relativo sucesso em 2013 a Formula Junior começava 2014 com novidades, Com patrocinadores novos entrando no evento como a Excelsior, Além da Protune que é parceira desde do ano passado. Mas as principais mudanças vem dos pneus que passaram a ser os pneus Pirelli e da divisão dos pilotos em 2 categorias, A Graduados que conta com os pilotos que correram na temporada de 2013 e a Novatos com pilotos novos.
Os custos da Categoria deram uma aumentada, Mas isso acabou tendo uma compensação, Os Treinos de sexta-feira passaram a contar no Orçamento da temporada.

10 pilotos vieram para essa corrida, Vamos apresentar a Eles:

Graduados:

31. Matheus Rouver (Irineu Racing)
34. Rodrigo Elger (Pole Motorsport)
78. Franco Pasquale (Pole Motorsport)
97. Bruna Tomaselli (Giocar Racing)

Novatos:

85. Lucas Villela (Satti Racing)
95. Lucas Kohl (Satti Racing)
60. Lucyano Calabini (Quadrado Racing)
23. Luca Abreu (Giocar Racing)
14. Vitor Fernandes (Nafta Motorsports)
22. Lucas Fernandes (Irineu Racing)

A principio o piloto que ocuparia o carro 22 seria Saulo Ramos Filho, Mas acabou ele fazendo os treinos e desistindo de correr por causa dos seus tempos que estavam sendo insatisfatórios. Um tipo de coisa que um piloto não pode e nem deve fazer mesmo que as coisas não estejam saindo com o planejado. Lucas Fernandes que iria correr em dupla com o seu irmão assumiu esse carro e correu as duas corridas assim com Vitor, Alias uma nota muito positiva foi a Vinda dos Irmãos Gêmeos que ainda buscam patrocinadores para continuarem no Esporte, Espero que depois da corrida de Guaporé não tenhamos alguém em Minas Gerais, um estado tão rico que poderia sim alguma empresa patrocinar esses dois jovens pilotos de Uberlândia.

Outra presença muito positiva foi do piloto que correu pela Formula 1 em Equipes como Benetton, AGS, Coloni, Forti Corsi, Eurobrun,Que correu pela Formula Indy e ficou em 3ºlugar no campeonato mundial de pilotos com a Patrick Racing, 2 vitórias na Carreira, 3ºlugar nas US 500 de 1996 pela nanica Payton Coyne, Falo de Roberto Pupo Moreno. Um dos melhores pilotos que o Brasil teve e um dos pilotos mais injustiçados da História do Automobilismo Mundial. E ele elogiou muito a categoria, Serve de Exemplo para outros importantes pilotos do Brasil falarem da categoria, pois precisamos divulgar ela ainda mais pois se mais mídia tiver a Formula Júnior, Mais Facilmente os pilotos irão conseguir novos patrocinadores para se manterem no Esporte.

97 – Bruna Tomaselli – Giocar Racing Fonte da Foto – Andre Kotoman

A primeira pole do ano Ficou com a piloto Bruna Tomaselli com o carro Vermelho vinho da Giocar Racing com Rodrigo Elger em 2º com o carro da Pole Motorsport, Na segunda fila largaria Franco Pasquale com o outro carro da Pole e Matheus Rouver com o carro com a pintura da MC Tubarão (Que acabou saindo da Categoria) Mas sendo da Irineu Racing. Luca Abreu da Giocar Racing (Com o carro com a pintura mais bonita do Grid de 2014) em 5º era o primeiro lugar entre os pilotos novatos.

Só que Luca Abreu teve problemas com o seu equipamento e acabou não saindo para a volta de apresentação. Na Largada Bruna se manteve na ponta com Rodrigo Elger em 2º, Pasquale em 3º, Rouver em 4º, Mas na segunda Curva Matheus Rouver foi para o ataque e se aproveitando de um erro de Franco Pasquale o Sergipano da equipe de Irineu Camargo assumiu o 3ºposto, Lucas Kohl queria tomar curvas depois as posições de Pasquale e de Rouver, Isso ainda não foi possível para o piloto Estreante da Satti Racing, Kohl é piloto de Santa Cruz do Sul (RS).

No Final da primeira volta Rodrigo Elger foi para cima de Bruna Tomaselli e assumiu o primeiro lugar, Briga estava muito bom também pelo terceiro lugar e entre os novatos Lucas Kohl, Lucyano Calabini, Lucas Villela e um pouco mais atrás vinham Vitor e Lucas Fernandes fazendo a corrida deles e retornando depois de 8 meses sem correr, Com a Falta de Treinos era evidente que o Ritmo de prova não era tão rápido dos ponteiros, Mas os Meninos estavam na batalha.

Como estavam na batalha Elger e Tomaselli na luta pelo primeiro lugar, Já Lucas Kohl acabou rodando, Ossos de uma estreia, Mas por felicidade dele o carro nada sofreu e ele pode continuar na corrida. Franco Pasquale estava lutando com Matheus Rouver pelo 3ºlugar e um pouco mais a frente a Catarinense Bruna Tomaselli ultrapassava a Rodrigo Elger e voltava a liderança, nem parecia a apática piloto que terminou a temporada de 2013 nas últimas colocações.

Tomaselli vinha na frente com Elger perto e entrando na briga o Matheus Rouver que tava querendo mais do que o 3ºposto Pasquale ficava um pouco mais atrás, Pelo 5ºlugar lestavam brigando Villela e Calabini que também lutavam pela ponta dos Novatos.
logo depois Na 10ªVolta o piloto Rodrigo Elger além de fazer a melhor volta da corrida 1:17.776 – Média de 142.563 km/h ele no final da reta colocou de lado e pelo lado de dentro e tomou de novo a ponta da corrida na 11ªvolta quando Continuavam os 4 primeiros colocados juntos e são os 4 pilotos da Graduados confirmando o seu favoritismo inicial para essa temporada.

Franco Pasquale se aproveitou da trazerada de Matheus Rouver e conseguiu a ultrapassagem na reta dos boxes assumindo o 3ºlugar, Rouver jamais teve um carro a altura para lutar por vitória apesar de na primeira parte de prova esta andando perto de Elger e de Tomaselli.

Enquanto isso Vitor Fernandes e Lucas Fernandes continuavam na corrida honrando os Mineiros que com Luca Abreu tiveram maioria nessa corrida com 3 pilotos no Grid, Contra 2 do Rio Grande do Sul, 1 catarinense, 1 Paranaense, 1 Paulista, 1 Capixaba e 1 Sergipano.
Na Reta Final Elger e Tomaselli curva a curva lutaram pelo primeiro lugar, Pasquale não tinha carro para lutar pela vitória, Mas Rouver acabou tentando lutar pelo 3ºlugar, O Carro de Pasquale não estava também campeão do mundo, Mas o desempenho dele estava melhor do que o carro da Irineu Racing. Elger segurou Tomaselli e começou a temporada como terminou o ano de 2013 com a Vitória, a 4ªvitória seguida com Bruna Tomaselli em 2ºlugar e Franco Pasquale em 3ºlugar que ambos tiveram seus melhores resultados na Formula Junior. Rouver ficou em 4ºlugar, Lucyano Calabini (Bussylar) em 5ºlugar ficou com a vitória entre os Novatos, Lucas Kohl em 6º, Lucas Villela 7º, Vitor Fernandes 8º, Lucas Fernandes em 9º e Luca Abreu que largou com muito atraso ficou em 10ºlugar.

Classificação final da 1ªBateria

1 – 34 Rodrigo Elger (PR) – Pole 22:20.868 em 17 Voltas (G)
2 – 97 Bruna Tomaselli (SC) – Giocar Racing a 0.085 (G)
3 – 78 Franco Pasquale (RS) – Pole a 3.353 (G)
4 – 31 Matheus Rouver (SE) – Irineu Racing a 10.352 (G)
5 – 60 Lucyano Bussular da Silva (ES) – Quadrado Racing a 20.844 (N)
6 – 95 Lucas Kohl (RS) – Satti Racing a 23.404 (N)
7 – 85 Lucas Villela (SP) – Satti Racing a 29.467 (N)
8 – 14 Vitor Fernandes (MG) a 41.671 – Nafta Motorsport (N)
9 – 22 Lucas Fernandes (MG) 1 Volta – Nafta Motorsport (N)
10 – 23 Lucca Abreu (MG) – Giocar Racing a 8 Voltas (N)

Melhor Volta: 34 Rodrigo Elger (PR) – Pole 1:17.776 – Volta 10

Pódio da 1ªBateria – Novatos Fonte da Foto – Andre Kotoman

2ªBateria

Se a primeira bateria foi boa a segunda seria melhor, mesmo com apenas 10 carros tínhamos uma competitividade, Na largada da segunda bateria Elger consegue manter a liderança com Tomaselli, Pasquale e Rouver completando o quarteto da Graduados, Os três primeiros lugares buscavam o primeiro lugar na segunda volta, na primeira curva Pasquale chegou a colocar por fora e se posicionar a frente da piloto de Caibi que acabou conseguindo recuperar o 2ºlugar, Já Lucyano Calabini ultrapassava a Matheus Rouver que acabava confirmando o desempenho ruim do seu equipamento e sofria muito pressionado por Kohl e por Villela.

A Briga continuava forte, Elger e Tomaselli e Pasquale quase fizeram um Tri-wade no final da reta de Guaporé e Calabini andava por perto dos três, Se mostrando um piloto muito rápido com o carro da Quadrado Racing.

Na quinta volta um acidente que envolveu Bruna Tomaselli e Franco Pasquale que inutilizou ambos da corrida. Bruna Tomaselli que vinha de 17 corridas completadas com todas as voltas terminadas na categoria, um número impressionante, Mas que com esse acidente essa sequência terminava por aqui mesmo. Com o acidente o primeiro Safety Car do final de semana foi acionado.

Elger era o primeiro com o piloto Capixaba Lucyano Calabini em segundo lugar, Depois vinham Kohl, Rouver e Villela completando os 5 primeiros colocados. Na relargada Elger que parecia que teria mais facilidade para vencer principalmente com seu único adversário que era o Matheus Rouver passando com mal bocados com o carro que não rendia e perdendo posições para Kohl e para Lucca Abreu, Mas Lucyano Calabini estava acompanhando a turma e estava com mais carro que Elger. Villela e Luca Abreu lutavam pelo 4ºlugar.
Naquela altura do campeonato Rodrigo Elger também não estava com um carro tão bom assim e Com o carro da Quadrado Racing o Capixaba Lucyano Cabalini assumiu a liderança da corrida e Lucas kohl estava por perto de Elger. Mas a alegria de Cabalini não duraria muito, Seu carro teve problemas e passou reto e indo para a grama, Seu carro quase voou de pernas para o ar. Ao sair do carro ele foi aplaudido pelos espectadores que viram as corridas desse final de semana da Formula Junior.

60 – Lucyano Calabini – Quadrado Racing Fonte da Foto – Andre Kotoman

Matheus Rouver conseguiu passar a Luca Abreu que era o carro que Sobrava na equipe Giocar Racing, Já Lucas Kohl foi para o ataque para cima de Elger, fez a melhor volta da corrida com 1:18,923 – Média de 140.491 Km/h na Volta final. Mas Elger segurou a vitória, A 5ª em Sequencia, uma fase maravilhosa do piloto de Maringá. Lucas Kohl completa a corrida em segundo lugar e com a vitória da Satti Racing que fez dobradinha na Novatos com Lucas Villeva em 3ºlugar. completaram os 5 primeiros colocados Matheus Rouver e Luca Abreu.

Agora as emoções ficam para Tarumã nos dias 3 e 4 de maio e espero que tenhamos mais de 10 pilotos no Grid do Templo Sagrado do Automobilismo Gaúcho.

Classificação final da 2ªBateria

1 – 34 Rodrigo Elger (PR) – Pole 21:54.509 em 15 voltas (G)
2 – 95 Lucas Kohl (RS) – Satti Racing a 0.139 (N)
3 – 85 Lucas Villela (SP) – Satti Racing a 3.218 (N)
4 – 31 Matheus Rouver (SE) – Irineu Racing a 4.580 (G)
5 – 23 Lucca Abreu (MG) – Giocar Racing a 4.983 (N)
6 – 14 Vitor Fernandes (MG) a 34.985 – Nafta Motorsport (N)
7 – 22 Lucas Fernandes (MG) a 37.525 – Nafta Motorsport (N)
8 – 60 Lucyano Bussular da Silva (ES) – Quadrado Racing a 4 Voltas (N)
9 – 97 Bruna Tomaselli (SC) – Giocar Racing a 12 Voltas (G)
10 – 78 Franco Pasquale (RS) – Pole a 12 Voltas (G)

Melhor Volta: 95 Lucas Kohl (RS) – Satti Racing 1:18.923 – 15ªVolta

Pódio da Segunda Bateria na Graduados Fonte da Foto – Andre Kotoman

Classificação do Campeonato:

Classificação dos Graduados:

Rodrigo Elger 40 Pontos
Matheus Rouver 25 Pontos
Bruna Tomaselli 15 Pontos
Franco Pasquale 12 Pontos

Classificação dos Novatos:

Lucas Kohl 35 Pontos
Lucas Villela 27 Pontos
Lucyano Cabalini 26 Pontos
Vitor Fernandes 20 Pontos
Lucas Fernandes 16 Pontos
Lucca Abreu 12 Pontos

Classificação sem a divisão em duas categorias:

Rodrigo Elger 40 Pontos
Lucas Kohl 21 Pontos
Matheus Rouver 20 Pontos
Lucas Villela 16 Pontos
Bruna Tomaselli 15 Pontos
Franco Pasquale 12 Pontos
Lucyano Cabalini 11 Pontos
Vitor Fernandes 9 Pontos
Lucca Abreu 8 Pontos
Lucas Fernandes 6 Pontos

Nota e Avaliação para os pilotos:

Rodrigo Elger: Andou com Garra e teve coração para vencer as duas corridas, principal a 2ªBateria quando seu carro estava perdendo rendimento, Com 5 vitórias seguidas e com o desempenho que a Pole tem, Quem quiser ser campeão terá de vencer dele. Nota: 10.

Lucas Kohl: Tirando uma rodada que ele deu ele fez duas corridas boas e acabou muito bem e em ambas andando na frente de Lucas Villela, Belíssimo final de semana para esse piloto que promete para 2014. Nota: 9

Matheus Rouver: Sem dúvida não foi a melhor exibição dele na Formula Junior, Começou a corrida andando bem, chegou a lutar pelos 2 primeiros lugares, Mas a partir do final da primeira bateria acabou ele perdendo rendimento e na segunda bateria andou perdendo posição para os pilotos novatos Mesmo com toda a sua luta para tentar buscar posições. Ele que começou os testes na MC Tubarão acabou vendo a sua provável casa sair da Categoria e de repente dai pode ter sido a origem dos problemas dele nesse final de semana, sem dúvida não é essa corrida que vai tirar o Rouver da disputa do título, Sem dúvida ele estará nessa briga, Pelo menos completou as duas corridas e conseguiu sair de Guaporé como o vice-líder da Formula Junior. Nota: 8

Lucas Villela: Foi bem na corrida, Mas acabou que eu esperava um pouco mais dele. Ele disputou uma etapa no ano passado, Mas essa etapa não foi suficiente para que ele conseguisse chegar na frente de Kohl, O Paulista andou bem, Mas a nota dele vai sar inferior a nota de Kohl Nota: 8,5

Bruna Tomaselli: É uma outra piloto em relação ao final da temporada de 2013 onde ela andou lá atrás, Até mesmo o detalhe de deixar os cabelos Soltos na hora do pódio ela fez isso. Foi combativa, seu carro foi bem rápido e acabou batendo na trave a sua primeira vitória na categoria, acabou se envolvendo em um incidente com Franco Pasquale na segunda corrida, O que não tira o fim de semana positivo para a piloto Catarinense que foi dona da primeira pole da temporada Nota: 9,5

Franco Pasquale: Andou muito bem, É outro piloto que teve evolução, na primeira corrida acabou não conseguindo lutar pela vitória. Na segunda bateria pelo que mostrou Pasquale ele poderia se não tivesse se envolvido em um acidente com Bruna Tomaselli o piloto de Gramado poderia ter até vencido a corrida. Acabou tendo seu melhor resultado na sua carreira na Formula Junior, pode se esperar mais dele em 2014. Nota: 9

Lucyano Cabalini: Um dos destaques do final de semana, O Capixaba é muito bom e mais uma vez desmente os Babacas que acham que os melhores pilotos estão só nos grandes centros do país, Prova disso é Matheus Rouver, Felipe Fraga, Valdeno Brito, Beto Monteiro entre outros, Na primeira bateria ele venceu na Novatos e na segunda bateria se não fosse o problema que ele teve de suspensão o capixaba venceria no Geral, É muito bom ver nascer um novo piloto como ele para o cenário nacional como ele. Nota: 10

Vitor Fernandes: Estava parado por muito tempo, dentro das possibilidades que ele tinha para essa prova ele foi muito bem, chegou a fazer tempos razoáveis e teve perto dos pilotos como Lucas Villela e Lucas Kohl na corrida na primeira bateria pelo menos, Se Ele e o irmão dele tivessem mais treinos e tivessem mais corridas disputadas ele seria um piloto que brigaria pelas primeiras posições. Espero que Ambos consigam patrocínio para correrem o resto da Temporada de 2014 da Formula Junior. Nota: 7,5

Lucas Fernandes: Também sentiu a falta de ritmo de corrida, mas para ele a falta de ritmo foi maior do que do Vitor Fernandes, Acabou que ele andou num carro que estava pronto para um outro piloto, Talvez mais um motivo para Lucas não ter acompanhado seu irmão Vitor. O Bom é que tanto Vitor como Lucas completaram as corridas. Lucas cumpriu seu papel e que espero que ele esteja no Grid o ano todo assim com seu irmão. Nota: 7

Luca Abreu: Outro piloto que se esperava mais e que acabou tendo seu final de semana prejudicado pelos problemas de equipamento, Na primeira corrida ele não largou com os outros e só conseguiu largar voltas depois impossibilitando ele de marcar pontos. Na segunda Bateria ele conseguiu se recuperar bem, Mas acabou sem desempenho para lutar pela vitória na categoria Light contra os dois pilotos da Satti, Mas mostrou combatividade, Coloco ele na mesma situação do Matheus Rouver, Talvez ele teve um carro melhor em desempenho, Mas sem ter sorte em relação ao carro em problemas mecânicos como piloto que acabou devendo não pelo piloto, Mas pelo equipamento. Nota: 8

Saulo Ramos Filho: Não teve uma atitude profissional, deveria pensar em acumular experiência mesmo que seu desempenho não fosse bom, Lamentável que ele faça isso pois tem tanto piloto jovem que queria uma chance dessa e não tem dinheiro. É o segundo piloto que larga a corrida por que não estava tendo um desempenho satisfatório (Primeiro deles foi o Bertoncello que largou a Satti Racing na 7ªetapa do campeonato de 2013 pelo tempos ruins que ele estava fazendo. Lamentavelmente é uma nota que não quero dar para ninguém, nem para os pilotos de Formula 1, Mas sou obrigado pelas circunstancias a fazer isso. Nota: 0

Finalmente veja o vídeo da primeira etapa da Formula Júnior:

Fonte das Fotos: André Kotoman
Fonte do Vídeo: In Line Produtora

Fãn Page da Formula Junior no Facebook
Site da Fãn Page

A História de Sturgis Segundo uma versão alternativa

Sobre esse evento internacional Sturgis não seria um apenas um evento, para o Fanático e apaixonado por motos seria um estilo de vida.
Pessoas vão a esse evento a mais de 30 anos. O evento começou no ano de 1938 pela “Jackpine Gypsies” motorcycle club e foi Intitulado como “Black Hills Classic” e teve 9 motos e uma pequena plateia. Hoje o evento chega para a sua edição de número 74 que vai ser Realizada nos dias 4 a 10 de Agosto.
Uma cidade de menos de 7 mil pessoas é tem a capacidade de levar para os cofres da cidade só com esse evento 800 milhões de Dólares anuais, Situada em Michigan Sturgis é uma lenda para todos os amantes de motos dos Estados Unidos e até do mundo inteiro, Quem conhece um pouco da História desse evento com certeza quer saber mais sobre esse evento.
Existem várias formas de se contar essa história, Eu irei contar essa história através do Programa Caçadores de relíquias, Seu 6ºepisódio da 4ªTemporada aonde eles tem 8 semanas para restaurarem uma Indian Chief de 1935.
A História começa em Nashville onde Danielle Colby compra uma carcaça de moto Indian de 1935 por 8 mil Dolares, Quando Mike Wolfe e Frank Fritz viram a aquisição acabam ficando frustados, a motos estava aos pedaços, faltando praticamente tudo, Apesar dos esforços da Danielle Colby ela foi criticada e com isso a ajudante de Mike e Frank saiu irritada da frente deles. Depois do clima ter se acalmado Frank tem uma grande ideia, Algo que dificilmente eles fazem, Eles falaram para a Danielle que iriam restaurar a moto e iriam levar a motor para Sturgis para vender ela e obter lucro para a Antique Archaeology. Eles teriam 8 semanas para a moto estar pronta.

A Moto seria mandada em partes para ser reformada, A Carcaça da Indian Chief de 1935 seria reformada pelo Restaurador Rick Dale da Rick Restauration e quando Mike e Frank Souberam do preço se espantaram, Seria 25 mil para restaurar motor e a Carcaça da Moto (7 mil pelo motor e 18 mil Pelo Chassi), Mike e Frank decidiram restaurar o motor com um amigo deles que tem um museu na Carolina do Norte que iria cobrar bem menos pelo motor, Apenas 3 mil Dólares, Ainda por cima Mike e Frank tentou diminuir o preço da restauração do Rick e conseguiu Mil Dólares de Desconto e dessa forma conseguiram baratear os custos para 17 mil para restaurar o Chassi e 3 mil para restaurar o motor ficando tudo em 20 mil a restauração de ambos.

Mas a coleta de dinheiro não estava sendo muito bom, Infelizmente a caça do relíquias estava sendo dura até que eles receberam uma ligação de Danielle que falou de uma pessoa que era demolidor que tem muitas relíquias e que se revelou uma Grande caça  grande número de relíquias e que fazem eles ganharem dinheiro com todas elas, a Sorte de Mike e Frank estava começando a mudar, Placas, Luminárias, decorações, e entre outras coisas todas elas antigas e relíquias, o suficiente para encher a van deles e conseguirem um grande lucro e isso ajudaria sem dúvida eles a conseguirem pagar a restauração da moto inteira.

Mike e Frank ligam para o amigo dele na Carolina do Norte, E falam para ele ajeitar o motor até Sturgis.

Agora restando 2 semanas para o final do prazo, Danielle deram uma boa notícia, todas as peças foram encontradas, Mas a Bomba de Gasolina e a Cobertura da Buzina. E Se não tiverem as peças originais o preço da Moto iria cair, Isso não seria interessante para eles. A Missão a 2 semanas para Sturgis será achar essas peças para que se possam concluir a restauração e que a Moto Ficasse perfeita. Só que Danielle conseguiu a parte Cromada, Mas um problema, O dono dessa Cobertura da  da Buzina que tinha um cromado em forma de um Índio norte-Americano era o homem que ensinou tudo para Mike e Frank em relação aos negócios e seria uma missão quase impossível de conseguir comprar dessa pessoa, Demorou muito, Enquanto isso Mike e Frank foram a New Jersey para procurarem Johnny Tinha esse tanque da Indian de 1935, Mas seria difícil de comprar, pois ele era um comprador e não um vendedor. E como previsto ele não quer vender a peça, ele também restaurava motos e precisava dessas peças também. Mas com muita conversa e muita negociação a peça foi vendida por 500 dólares e mais um cliente para um motor da E.R. Thomas Lead, uma Fabricante de bicicletas motorizadas.

Enquanto isso o Tutor de Mike e Frank foi a loja com a peça da cobertura da Buzina para Danielle negociar a compra da peça, Também não foi fácil conseguir essa peça, Mas por 500 Dólares e mais Duas luvas antigas peças que o Mike não venderia de forma nenhuma.

Mas com essas peças poderia agora completar a restauração da Moto. Mike e Frank foram para Sturgis com as motos pessoais, Alias Frank é um acido frequentador de Sturgis a 30 anos. Depois de 2 meses quando Mike e Frank chegaram a Sturgis a moto Indian Chief de 1935 estava pronta.

Gasto total da Moto:

Compra do Chassi: U$$ 8.000
Restauração : U$$ 17.000
Motor : U$$ 3.000
Cobertura da Buzina: U$ 500
Tanques: U$$ 500
Custos de Envio: U$$ 1.000
Total: U$$ 30.000 (Indian Chief de 1935)

Fonte: Historic Channel
Fonte: Historic Channel

Rick mostrou a moto para Mike e Frank, Surgiu para os olhos deles uma moto preta com detalhes em Dourado e com um Índio norte-americano com o nome da Indian. Uma moto maravilhosa, O último passo foi a coberta da Buzina ser colocada, com isso a Moto estava pronta e estava Funcionando, Tudo dava certo para Ambos, Mas agora só precisavam vender a Moto, eles iriam deixar a Indian Chief 1935 em um ponto da cidade com a placa de venda e com o telefone deles.

Foi uma dificuldade para conseguir um comprador para uma moto, Teve um que queria comprar ela por 25 mil Dólares, Menos do que ela custou, Mas ai surge um comprador, Ele era o Vice-presidente da Companhia Indian de minnesota que via a grande chance de ter uma conexão entre o passado e o Futuro da Marca Indian, E eles negociam, A Principio Mike queria 40 mil dólares, Mas o comprador negocia e evidentemente que ele queria pagar menos, A principio queria pagar 30 mil Dólares, ou seja Lucro nenhum. Mike fez outro preço, 37 mil e 500 dólares, E Finalmente Mike deu preço de 35 mil Dólares, No final de tudo a Moto Foi vendida . Um final feliz para a Antique Archaeology. Uma aventura que durou 8 Semanas e que acabou no maior encontro de Motociclistas dos Estados Unidos.

Sobre a Indian ela foi fundada em 1901 e os donos eram George M. Hendee e
Carl Oscar Hedström e a sede é em Springfield, ela hoje esta em vários países do mundo. a Indian Cheif foi produzida entre 1922 até 1953

A Indian Chief de 1935 era uma moto instável e pesada (480 quilos) em Baixa velocidade, Mas quando a velocidade Aumentava a estabilidade aumentava. Havia três escolhas de acabamento para o tanque de Gasolina para o consumidor, Teve uma melhoria na suspensão dianteiras da Indian Chief de 1935 em relação a antigas Suspensões dianteiras, pois ganhou uma mola Rebote e o pára-lamas foi estilizado com sanetas maiores para que o estilo da Chief fosse suavizado, A moto não tinha suspensão Traseira. é uma bela moto e que precisava ser contada aqui no Portalsportszone para o mundo inteiro.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Informações Técnicas: http://auto.howstuffworks.com/1935-indian-chief1.htm

Vídeo do Especial Sturgis no Historic Channel (Em Espanhol)

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Sem Qualquer dificuldade Marquez conquista vitória no Texas

Marc Marquez não teve nenhum trabalho hoje para vencer a corrida do Texas, seus principais adversários não conseguiram acompanhar a Formiga Atômica ou então erraram. Um dos adversários de Marc Marquez o Também espanhol Jorge Lorenzo como a muito tempo não vejo um piloto queimar de uma forma tão grosseira o fez e com isso Lorenzo foi para os boxes e dai a corrida dele estava comprometida definitivamente, Enquanto Marquez abria de Pedrosa, Rossi tentava subir na classificação, Após não largar muito bem o Italiano estava indo bem, já tinha chegado ao 4ºlugar, mas dai sua moto começou a perder rendimento e com isso começou a perder posições e dessa maneira Rossi deixava a briga pelo pódio para Stefan Bradl, Andrea Iannone e Andrea Dovizioso a principio Além das duas motos da Tech 3 que estavam fazendo um bom trabalho.

Lorenzo tentava se recuperar na corrida, Mas ele demorou muito para alcançar o pelotão de trás, Mas quando alcançou não teve dificuldades de subir de posições, Mas infelizmente estava longe dos 6 primeiros colocados e tudo que ele pode fazer na prova foi ficar em 10ºlugar na corrida e além de tudo ver Marc Marquez vencer e fazer 50 pontos no campeonato em 50 pontos possíveis contra os 6 primeiros pontos de Lorenzo que foram marcados hoje em Austin. Em segundo lugar ficou Daniel Pedrosa que não foi páreo a Marquez no dia de hoje mesmo que Marquez na última curva esteve prestes a perder sua moto, Mas Marquez consertou a trajetória e levou a bandeirada final.

O último lugar do pódio após várias disputas ficou com a Ducati de Andrea Dovizioso que fez uma bela corrida e superou seus adversários até com motos melhores do que a de Dovizioso como Stefan Bradl que colocou a LCR Honda em 4ºlugar e de Bradley Smith com a Tech 3 Yamaha em 5ºlugar. Pol Espargaró representou bem a Familia Espargaró e levou a outra moto da Tech 3 para o 6ºlugar. Andrea Iannone assim como Valentino Rossi não conseguiu manter o ritmo de prova devido a desgaste do seu equipamento e acabou em 7ºlugar após ficar por um bom tempo em 3ºlugar resistindo aos ataques de Rossi.

Por Falar em Valentino Rossi após uma bela corrida no Qatar hoje não foi uma corrida feliz para o The Doctor, O piloto perdeu rendimento e acabou se arrastando para chegar em 8ºlugar com Aleix Espargaró em 9º com a primeira moto Option de fato e com Jorge Lorenzo fechando os 10 primeiros colocados. Nicky Hayden, Hiroshi Aoyama, Yonny Hernandez, Karel Abraham e Hector Barbera completaram a zona de pontuação. dia 27 tem mais Moto GP com a Etapa na Argentina.

Resultado final do GP das Américas – Moto GP

1 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 43’33.430 em 22 Voltas
2 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) a 4.124
3 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) a 20.976
4 6 Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP Honda) a 22.790
5 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 22.963
6 44 Pol Espargaro (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 26.567
7 29 Andrea Iannone (Pramac Racing Ducati) a 28.257
8 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 45.519
9 41 Aleix Espargaro (NGM Forward Racing Forward Yamaha) a 47.605
10 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 49.111
11 69 Nicky Hayden (Drive M7 Aspar Honda) a 1’00.735
12 7 Hiroshi Aoyama (Drive M7 Aspar Honda) a 1’03.954
13 68 Yonny Hernandez (Energy T.I. Pramac Racing Ducati) a 1’07.333
14 17 Karel Abraham (Cardion AB Motoracing Honda) a 1’27.972
15 8 Hector Barbera (Avintia Racing Avintia) a 1’32.376
16 70 Michael Laverty (Paul Bird Motorsport PBM) a 1’32.543
17 9 Danilo Petrucci (IodaRacing Project ART) a 1’39.176
18 63 Mike Di Meglio (Avintia Racing Avintia) a 1’51.962

Não Terminaram a corrida:

45 Scott Redding (GO&FUN Honda Gresini Honda) 2 Voltas
5 Colin Edwards (NGM Forward Racing Forward Yamaha) 4 Voltas
35 Cal Crutchlow (Ducati Team Ducati) 9 Voltas
19 Alvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini Honda) 12 Voltas
23 Broc Parkes (Paul Bird Motorsport PBM) 13 Voltas

Em sua segunda exibição na moto 2 Viñales emplaca vitória

O Campeão da moto 3 em 2013 Marevick Viñales demorou apenas 2 corridas para vencer uma corrida na Moto 2, Hoje Viñales largando da 6ªPosição conquistou a vitória em Austin, uma corrida que teve um acidente que inutilizou 5 pilotos na corrida. No começo da corrida Rabat largou mal e dai Xavier Simeon e Dominique Aegerter disputavam o primeiro lugar, o piloto da Suiça começou na frente Mas Simeon da Bélgica liderou por algumas voltas até perder o rendimento de sua moto, Com isso Aegerter assumiu a liderança, Só que Viñales veio com tudo e a 5 voltas do final assumiu a liderança da prova ultrapassando de uma forma maravilhosa, E dai Viñales não perdeu mais a liderança e foi para uma vitória inesquecível, Uma Vitória que colocaViñales após 2 etapas na vice-liderança do Campeonato.

Esteve Rabat teve uma Largada ruim e teve de recuperar na corrida e conseguiu, Com o segundo lugar assumiu a liderança do campeonato, Esse segundo lugar foi conquistado após uma briga com o Suíço Aegerter que acabou tendo problemas de rendimento no final da corrida e com isso a Missão do piloto da Marc VDS foi facilitada. Aegeter ainda ficou no pódio em 3ºlugar.

Mika Kallio ficou em 4ºlugar e assume o 3ºlugar no mundial de pilotos da Moto 2, Simone Corsi acabou a corrida em 5ºlugar com a Boa moto da MGN Forward, Já Thomas Luthi acabou tendo uma atuação discreta e completou em 6ºlugar, Completando os 10 primeiros colocados Vieram Anthony West que pode ser considerado uma surpresa, Alex de Angelis, Marcel Schrotter e Ricard Cardus. Takaaki Nakagami que foi desclassificado por irregularidades em sua moto em Losail ficou longe de um bom resultado em Austin completou a corrida em 11ºlugar. A se destacar o ponto conquistado pelo piloto Malaio Hafizh Syahrin que se aproveitou dos abandonos de alguns pilotos da frente e acabou a prova em 15ºlugar.

Resultado final do GP das Américas da Moto 2

1 40 Maverick Viñales (Pons HP 40 Kalex) 41’31.520 em 19 voltas
2 53 Esteve Rabat (Marc VDS Racing Team Kalex) a 4.009
3 77 Dominique Aegerter (Technomag carXpert Suter) a 7.323
4 36 Mika Kallio (Marc VDS Racing Team Kalex) a 8.590
5 3 Simone Corsi (NGM Forward Racing Forward KLX) a 9.934
6 12 Thomas Luthi (Interwetten Paddock Moto2 Suter) a 16.987
7 95 Anthony West (QMMF Racing Team Speed Up) a 17.561
8 15 Alex DE Angelis (Tasca Racing Moto2 Suter) a 18.948
9 23 Marcel Schrotter (Tech 3 Tech 3) a 19.720
10 88 Ricard Cardus (Tech 3 Tech 3) a 24.552
11 30 Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 28.463
12 54 Mattia Pasini (NGM Forward Racing Forward KLX) a 43.955
13 4 Randy Krummenacher (IodaRacing Project Suter) a 44.344
14 11 Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP Kalex) a 45.666
15 55 Hafizh Syahrin (Petronas Raceline Malaysia Kalex) a 49.291
16 22 Sam Lowes (Speed Up Speed Up) a 51.154
17 21 Franco Morbidelli (Italtrans Racing Team Kalex) a 51.331
18 25 Azlan Shah (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 51.683
19 49 Axel Pons (AGR Team Kalex) a 52.113
20 45 Tetsuta Nagashima (Teluru Team JiR Webike TSR) a 1’02.103
21 97 Roman Ramos (QMMF Racing Team Speed Up) a 1’02.346
22 10 Thitipong Warokorn (APH PTT The Pizza SAG Kalex) a 1’03.495
23 60 Julian Simon (Italtrans Racing Team Kalex) a 1’04.944
24 70 Robin Mulhauser (Technomag carXpert Suter) a 1’09.941
25 8 Gino Rea (AGT REA Racing Suter) a 1’20.330
26 81 Jordi Torres (Mapfre Aspar Team Moto2 Suter) a 1’33.781

Não Terminaram a corrida:

19 Xavier Simeon (Federal Oil Gresini Moto2 Suter) 2 Voltas
18 Nicolas Terol (Mapfre Aspar Team Moto2 Suter) 3 Voltas
96 Louis Rossi (SAG Team Kalex) 11 Voltas
2 Josh Herrin (AirAsia Caterham Caterham Suter) 14 Voltas
94 Jonas Folger (AGR Team Kalex) 15 Voltas
7 Lorenzo Baldassarri (Gresini Moto2 Suter) 16 Voltas
5 Johann Zarco (AirAsia Caterham Caterham Suter) 17 Voltas
39 Luis Salom (Pons HP 40 Kalex) 19 Voltas