F1 Formula 1 Formula 1 - 1986 Fotos História

GP da Hungria de 1986

Published by:

Grid de Largada:

1. Ayrton Senna (12) Lotus-Renault 1:29.450
2. Nelson Piquet (6) Williams-Honda 1:29.785
3. Alain Prost (1) Mclaren-Porsche 1:29.945
4. Nigel Mansell (5) Williams-Honda 1:30.072
5. Keke Rosberg (2) Mclaren-Porsche 1:30.628
6. Patrick Tambay (16) Lola-Ford 1:31.715
7. Stefan Johansson (28) Ferrari 1:31.850
8. Johnny Dumfries (11) Lotus-Renault 1:31.886
9. Rene Arnoux (25) Ligier-Renault 1:31.970
10. Alan Jones (15) Lola-Ford 1:32.401
11. Gerhard Berger (20) Benetton-BMW 1:32.491
12. Phillippe Alliot (26) Ligier-Renault 1:32.575
13. Teo Fabi (19) Benetton-BMW 1:32.707
14. Ricardo Patrese (7) Brabham-BMW 1:32.956
15. Michele Alboreto (27) Ferrari 1:33.063
16. Martin Brundle (3) Tyrrell-Renault 1:33.368
17. Alessandro Nannini (24) Minardi-Motori Moderni 1:33.656
18. Philippe Streiff (4) Tyrrell-Renault 1:34.414
19. Derek Warwick (8) Brabham-BMW 1:34.502
20. Andrea de Cesaris (23) Minardi-Motori Moderni 1:34.670
21. Christian Danner (17) Arrows-BMW 1:35.296
22. Thierry Boutsen (18) Arrows-BMW 1:35.392
23. Piercarlo Ghinzani (21) Osella-Alfa-Romeo 1:36.232
24. Jonathan Palmer (14) Zakspeed 1:36.485
25. Huub Rothengatter (29) Zakspeed 1:38.527
26. Allen Berg (22) Osella-Alfa Romeo 1:40.884

Piquet vence com ultrapassagem mítica em cima de Senna

O GP da Hungria, o primeiro de sua história escreveu uma das mais bonitas paginas da História da Formula 1. Senna largava na ponta com Piquet em Segundo, Prost e Mansell atrás, os quarto pilotos fantásticos em 1986. Na Larga Senna dispara na Frente e Piquet não conseguiu acompanhar e dessa formula teve que segurar o 2ºLugar. Tambay Largou bem e assumiu a 4ªPosição.

No Final da Primeira volta: Senna estava em primeiro, com Mansell em segundo, Piquet em 3º Tambay em 4º. A Osella de Allen Berg foi para o espaço por quebra de Motor. Prost estava em 5ºLugar, A Vantagem de Senna para Mansell era já de quase 2 segundos. Piquet tentava passar Mansell e Tambay, Prost e Jones brigavam pelo 4ºlugar Rottengatter abandonaria também a corrida na 3ªVolta, Lá pelo 4ºLugar era uma briga feroz, com menos carro Tambay segurava pelo menos uns 5 ou 6 pilotos. Dumfries e Rosberg estavam em sétimo e oitavo, depois Via Johansson, Patrese e Alboreto, completando os 11 primeiros. Prost na 6ªVolta passava Tambay e assumia a 4ªPosição da corrida. Na Volta 5 Piquet fazia a melhor Volta da Corrida: 1.35.237 que já estava na segunda posição na corrida, enquanto isso Ricardo Patrese Abandonava a corrida, outro que deixava a corrida era De Cesaris com sua Minardi (Existia Minardi em 1986) e a pressão de Piquet Sobre Senna era cada vez maior, em 7 Voltas: Senna liderava, com Piquet a 0.9 atrás em 2º, Mansell com 7 segundos, já bem longe em 3º, Prost em 4º (9.5), Jones em 5º (12.4) e sofrendo pressão de Rosberg que era o sexto colocado.

Na Volta 8 Piquet chega de Vez em cima de Senna, as Williams mostram o Melhor carro em cima da Lotus-Renault de Senna, e a partir dai Piquet foi só colocando o carro do Lado de Senna esperando que seu compatriota cometesse um erro, no final da Volta 9 os fiscais ainda tentavam tirar o carro de Patrese que estava sim em posição super perigosa. Alan Jones antecipou seu pit stop, com apenas 9 voltas completadas, mostrava que Hungaroring era cruel com os equipamentos e pneus. E Na Volta 11 Piquet passava para a ponta da Corrida em uma bonita ultrapassagem em cima de Senna, agora estava Piquet livre para abrir vantagem em cima de Senna, e Prost que estava já em 3º se aproximava de Senna, Mansell estava em 4º, bem longe de três primeiros, na volta 13 Prost abriu de vez fogo pra cima de Senna. Mas duas voltas depois Prost se afasta e Senna volta a respirar. Faltando 41 Voltas para o Final da Corrida apenas 14 carros na corrida. Prost, Alboreto e Teo Fabi, pilotos de times importantes tinham abandonado a corrida. Senna era o líder e levava 21 segundos de diferença para Piquet. Após 36 Voltas a classificação era essa: Senna, Piquet (21.6), Mansell (58.3), Berger (1 Volta), Brundle (1 Volta), Johansson (1 Volta). Para Piquet agora era uma perseguição de Gato e Rato, para tentar a vitória, Senna teria que tirar tudo e mais um pouco de sua Lotus para conseguir a 3ªVitória na temporada. Brundle parou na volta 38, e com isso o Conde Johnny Dumfries assumia a 6ªPosição e Johansson a 5ªPosição. agora era impressionante a Resistência dos motores Renault, os 6 motores ainda continuavam na corrida firmes e Forte e todos com chances de pontuar. Senna 2º, Dumfries 6º, Brundle 7º, Streiff 8º, Alliot 9º e Arnoux em 10º.

Senna faria sua parada na volta 42, com uma parada regular ele volta ainda em primeiro, mas tendo Piquet muito mais perto, e com possibilidades de vencer a corrida. Boutsen era outro que se arrastava na pista para abandonar a corrida na volta 43. Era agora que todos viriam o Show de Nelson Piquet e Ayrton Senna na briga pelo primeiro lugar, a Diferença de Senna para Piquet era de 7.6 Segundos.

Berger na Volta 44 abandonava a corrida quando vinha numa belíssima 4ªPosição. Mansell fazia sua segunda parada na volta 46, mas a posição dele já estava consolidada com 3º, a 1 volta atrás de Senna e Piquet. Senna conseguia abrir mais diferença para Piquet, a diferença já esta em 9 segundos, na Volta 48 estava assim: Senna, Piquet, Mansell, Johansson, Dumfries e Brundle.

Mas 2 Voltas depois Piquet se aproximou muito de Senna, o Lotus de Senna já não tinha o mesmo desempenho ou então o consumo do seu carro já estava muito critico. e na Volta 52 Piquet já estava colado em Senna, já sem o ritmo para suportar os ataques de Piquet, a ultrapassagem era questão de poucas voltas.

Na Volta 53 Piquet faz a ultrapassagem em cima de Senna. Mas Piquet perdeu a Freada e Senna com isso voltou a ponta da Corrida. e até Senna conseguiu um fôlego em cima de Piquet. Mas o que estava por Vir iria deixar todos arrepiados.

Na Volta 55 Piquet faz a maior ultrapassagem de sua carreira, no fim da Reta ultrapassa por fora, e Derrapa brilhantemente para se manter na pista e na Frente de Senna, um dos lances mais bonitos da História da Formula 1. a partir dai Piquet pode liderar sem problemas, já que o Carro de Senna já não dava mais sinais de que poderia esboçar reação. com 57 Voltas completadas: Piquet era o Líder, com Senna em 2º e bem Longe dos dois Mansell em 3º, Johansson em 4º, Dumfries em 5º e Brundle em 6º.

Com as posições praticamente definidas, caso não houvesse nada de anormal, uma quebra de quem estava na Frente, que era a Torcida de Streiff, Tambay, Alliot e Palmer, para tentarem arranjar um ponto no campeonato. Piquet abria 1 segundo por volta de Senna, e estava vendo até a possibilidade de dar uma volta em cima de Nigel Mansell, e isso aconteceu na Volta 64 Senna poderia ver isso como a ultima chance de tentar algo em cima de Piquet, mas Mansell não ofereceu tanta resistência e acabou deixando passar Piquet, e também deixou Senna passar, levando uma volta dos dois primeiros colocados da corrida.

Senna tinha 3.5 para tirar de Piquet a 12 Voltas do Final da Corrida, e Viu uma nova chance de se aproximar de Piquet, a 12 voltas do Final ele encostou em Piquet, Mas em termos de Motor Senna acabava ficando muito para Trás de Piquet. Nas Curvas Senna conseguira se aproximar muito de Piquet, mas nas Retas o Motor Honda Turbo era muito mais forte. Depois de 3 Tentativas Senna desistiu e tratou de Garantir os 6 pontos do 2ºlugar. Piquet dessa forma se tranquilizou de vez na ponta. Mesmo com Senna Fazendo a melhor Volta da Corrida na Volta 71, a Corrida teria 78 Voltas, mas só restavam menos de 4 minutos para o Final de corrida. os Organizadores erraram na previsão de quando iria ser os tempos de corrida. os tempos eram 1:28 foi o melhor tempo do final de semana, Fazendo com que no ano seguinte a Pista fosse modificada. Piquet passava pela volta 75, pelo tempo restava apenas 1 volta para o Final da corrida, pois o tempo limite de 2 horas seria estourado. Senna ficava muito, provavelmente buscando terminar a corrida.

E no final do segundo terço da volta 76 a corrida atingiu às duas horas de corrida. e dessa Forma, com 76 Voltas de Corrida Piquet vencia, e Senna terminava em 2ºLugar. Um grande dia para o automobilismo Brasileiro, e também para a Formula 1, que viu Senna em Grande Forma, mas Piquet estava em um dos seus dias mais inspirados. Mansell completou o Pódio, mas se quer conseguiu chegar perto de lutar pela vitória, Johansson com a Ferrari, Dumfries (Primeiros pontos na Temporada) com a Segunda Lotus e Martin Brundle com a Tyrrell completaram a zona de pontuação. Tambay de Lola, Streiff de Tyrrell, Alliot de Ligier e Palmer de Zakspeed completaram a corrida.

Resultado Final do GP da Hungria de 1986

Fotos:

 

View post on imgur.com

Fontes das fotos : Formel1mic, Bestlap

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

 

Formula indy História

Formula Indy – GP de Phoenix de 1991

Published by:

Grid de largada:

Piloto Equipe Equipamento
Rick Mears
Penske Penske-Chevrolet 3
Michael Andretti
Newman-Haas Lola-Chevrolet 2
Mario Andretti
Newman-Haas Lola-Chevrolet 6
Bobby Rahal
Galles Lola-Chevrolet 18
Emerson Fittipaldi
Penske Penske-Chevrolet 5
Danny Sullivan
Partick Lola-Alfa Romeo 20
John Andretti
Hall Lola-Chevrolet 8
Al Unser jr.
Galles Lola-Chevrolet 1
Arie Luyendyk
Granatelli Lola-Chevrolet 9
Scott Brayton Dick Simon Lola-Chevrolet 22
Eddie Cheever
Chip Ganassi Lola-Chevrolet 8
Scott Pruett
Truesports Truesport-Judd 11
Mike Groff
Euromotorsports Lola-Cosworth 50
Jeff Andretti
Bayside Lola-Cosworth 86
Scott Goodyear Walker Lola-Judd 15
Tony Bettenhausen jr.
Bettenhausen Penske-Chevrolet 16
Hiro Matsushita
Dick Simon Lola-Cosworth 7
Al Unser
Foyt Lola-Chevrolet 14
Guido Daccò
Giochi/Preziosi Lola-Cosworth 33
Randy Lewis
Dale Coyne Lola-Cosworth 19
Mark Dismore
Arciero Penske-Buick 12
Jeff Wood Dale Coyne Lola-Cosworth 39

Luyendky dá bote em Favoritos e vence em Phoenix

3ªEtapa da Formula Indy realizada no circuito de Phoenix que é um dos ovais mais curtos de todos que existem Como naturalmente é para ser o tempo era quente para uma corrida de 200 voltas que dava um total de 200 milhas para que 22 pilotos buscassem a vitória. o Pole position era o Norte-americano Rick Mears da equipe Penske com Michael Andretti da Newman-Haas em 2º formando a segunda fila estavam os pilotos Mario Andretti e Bobby Rahal, na terceira Fila estava os pilotos Emerson Fittipaldi e Danny Sullivan com a Partick-Alfa-Romeo.

Os pilotos partiram para a as voltas de apresentação, Durante essas voltas antes da largada Scott Goodyear teve problemas e quase parou.

Na largada Quem pulou para a ponta foi Michael Andretti que passou para a ponta da corrida com Mears em 2º e Bobby em 3º que ganhou posição em cima de Mario Andretti que ficou em 4º, outro que pulou muito bem foi Danny Sullivan que passou a Emerson Fittipaldi e assumiu a 5ºcolocação, Numa pistinha curta como a de Phoenix os primeiros retardatários começaram a surgir, os carros da Dale Coyne de Jeef Wood e de Randy Lewis que tinham os fracos motores Cosworth isso em menos de 10 voltas.

Enquanto isso Danny Sullivan vinha para cima de Mario Andretti mostrando que os motores Alfa-Romeo tiveram grande melhora e eram capazes de lutar de igual para igual com os Chevrolet, Michael Sofria pressão em cima de Rick Mears que é sempre ameaça em um circuito oval. Após 11 voltas à classificação era: Michael Andretti – Rick Mears – Bobby Rahal – Mario Andretti – Danny Sullivan – Emerson Fittipaldi.
Mears tentava por fora passar Michael enquanto isso Jeff Wood quebrou na volta 14 e abandonou a corrida.

Michael continuava líder da corrida enquanto isso Mario Andretti, Danny Sullivan e Emerson Fittipaldi passavam os retardatários e um atacando o outro, Danny não dava folga para Mario e Emerson estava atento para passar Danny Sullivan. Bobby Rahal (Dizem que ele era conservador demais) não quis esperar muito não, foi para cima e passou a Mears e assumiu a segunda posição, Aliás Mears ficou mais para Mario, Danny e Emerson enquanto isso Bobby iria para cima de Michael Andretti.

Mears segurava a turma toda, aprecia que os pneus de Mears tinham acabado e Danny tentava de tudo e por muito pouco ele passou a Mario mostrando um apetite muito grande com um belo chassi e um motor que estava em franco desenvolvimento, Mas essa briga imensa acabou parando na volta 33 quando Scott Goodyear que já tinha tido problemas com o seu carro acabou batendo e deixava a corrida.
A partir dai o Holandês voador Arie Luyendky deu o pulo do gato não fazendo parada para os boxes e assumindo a ponta da corrida, agora quem foi muito bem nos boxes foi Emerson Fittipaldi que nas paradas pulou de 6ºlugar para a segunda posição com Bobby Rahal em 3º, Michael Andretti em 4º e Mike Groff da Euromotorsports em 5ºlugar por que ele também não fez sua parada nos boxes.

Na Relargada Luyendky manteria a ponta e abria de Emerson que conseguia abrir de Bobby Rahal e de Michael Andretti, Scott Pruett foi para os boxes pela segunda vez, Danny Sullivan tentava passar a Al Unser jr. na briga pelo 7ºlugar, enquanto isso Michael Andretti se aproveitando dos retardatários passou a Bobby Rahal e assumiu o 3ºlugar, com Mears e Mario Andretti em 5ºe 6ºlugares, já Mike Groff foi ultrapassado por todos eles até por que Groff não tinha carro para segurar os principais pilotos da categoria.

Chegando 54 voltas de corrida Luyendky e Emerson passavam a 7 retardatários, nisso Michael começava a chegar e andando em cima Michael Andretti chegava de vez no Penske-Chevrolet de Emerson brigando pelo segundo lugar mas sem perderem o Olho no carro alaranjado de Arie Luyendky. Classificação após 58 voltas: Luyendky em 1º, Emerson Fittipaldi em 2º, Michael Andretti em 3º, Bobby Rahal em 4º, Mario Andretti em 5º, Rick Mears em 6º, Danny Sullivan em 7º que conseguiu passar a Al Unser jr. que ficou em 8º, Eddie Cheever e Scott Brayton completavam a lista dos 10 primeiros colocados.

Emerson Fittipaldi foi para cima do Holandês voador e tinha tudo para passar Luyendky que tinha que para em poucas voltas, só que o Holandês deu uma sorte danada, uma bandeira amarela surge com a Batida de Guido Daccò, com isso Luyendky foi para a sua primeira parada e todo mundo foi para os boxes o Holandês voltou na frente de Emerson e de Bobby só que Luyendky não voltava na ponta por que Mario Andretti e Eddie Cheever não fizeram a parada com os outros pilotos e partiram para uma tática diferente. Classificação após 73 voltas: Mario Andretti – Eddie Cheever – Arie Luyendyk – Emerson Fittipaldi – Bobby Rahal. Randy Lewis com a outra Dale Coyne deixou a corrida com problemas de direção do seu carro, e a corrida também não duraria muito para Tony Bettenhausen jr. que acabou abandonando a corrida na volta 74 com problemas de suspensão.

Na relargada Arie foi com tudo para cima de Eddie Cheever e passou ao norte-americano da Chip-Ganassi e foi para cima de Mario Andretti, incrível o desempenho de Luyendyk com o carro da Granatelli Racing número 9, uma belíssima ultrapassagem de Arie, e também Emerson e Bobby iriam querer passar Cheever para seguir atrás de Arie e de Mario. Bobby tentava passar Emerson perto da volta 80, Mas Mears partiu para cima de Bobby Rahal que estava perto de Emerson que tentava passar de todo jeito a Cheever, Mas Cheever segurava de maneira exemplar a Emerson.

Mears se aproveitou de um retardatário para passar Bobby Rahal e assumir a 5ªposição e vinha chegando Michael Andretti na Sétima posição e andando pela parte de cima mostrando que ele era bem rápido, Seu pai continuava na ponta da corrida.

Na briga pelo terceiro lugar Cheever continuava tentando passar o norte-americano e Mears colocou de vez no brasileiro, enquanto isso lá Atrás Danny Sullivan em 8ºtentava dar o bote em Michael Andretti, O Piloto da Partick fazia uma prova brilhante até aquele momento.

Sullivan se aproveitou de um do retardatário John Andretti passou a Michael Andretti na volta 96 e assumiu o 8ºlugar. Na volta 99 para 100, mas antes disso Arie Luyendky passou a Mario Andretti e assumiu a ponta da corrida, Mas Mario se aproveitando de que Scott Brayton estava tentando evitar tomar volta do Holandês voador se aproximou Mario Andretti só que o Velho Mario não esperava Cheever dar o bote nele e tomar a segunda posição da corrida e Brayton deu as mesmas dificuldades para Cheever do que deu para Arie e com isso Mario e Emerson se aproximaram e depois deles vinham Mears e Bobby Rahal. Enquanto isso Michael Andretti passou a Danny Sullivan e por fora passou a Bobby Rahal e assumia a 6ªposição numa manobra bem arrojada.

Classificação após 112 voltas: Arie Luyendky em 1º – Eddie Cheever em 2º – Mario Andretti em 3º – Emerson Fittipaldi em 4º – Rick Mears em 5º – Michael Andretti em 6º – Bobby Rahal em 7º – Danny Sullivan em 8º – Al Unser jr. em 9º – Scott Brayton em 10º e Depois dessa Michael passou a Mears e assumiu o 5ºlugar e vinha para cima de Emerson Fittipaldi e sem cerimonias passou ao Brasileiro e em 4 voltas ele passou de 8ºlugar para a 4ªposição, Eddie Cheever na volta 116 foi para a sua segunda parada no boxes. com isso Mario era o segundo, Michael, Emerson e Mears completando os 5 primeiros colocados. um pouco mais atrás Mike Groff, Jeff Andretti e Al Unser buscavam um melhor posicionamento na corrida brigando pelo 11ºlugar que parecia ser uma posição dentro da realidade deles. Mario já era o segundo colocado, Mas Emerson iria querer Briga com Michael pelo segundo lugar e levava com ele o seu companheiro de equipe Rick Mears.

Restando 70 voltas para o final quem fizesse uma parada depois da 130 voltas poderia terminar a corrida tranquilamente, Mears e Mario Andretti como pararam na volta 120 teriam que torcer para fazer a corrida com esse tanque. Emerson perdia colocação para Bobby Rahal na volta 133 e Danny Sullivan tentava passar o Brasileiro só que Emerson reagiu, na volta 135 Mario Andretti foi para o seu terceiro e derradeiro pit, Mais perdeu muito tempo, tanto que a sua parada foi de quase 22 segundos.

Os pilotos de ponta foram para os boxes entre a volta 130 a 144, Emerson Fittipaldi foi para os boxes na volta 139, Arie Luyendky na volta 140 deixando a ponta da corrida para Danny Sullivan que fazia uma baita corrida e ficou nessa posição por duas voltas até ele fazer a sua parada que custaram 15.6 segundos para o norte-americano da equipe Partick, com isso Arie era o primeiro, com Bobby Rahal em 2º, Emerson Fittipaldi em 3º, Rick Mears em 4º, Danny Sullivan em 5º e Michael Andretti em 6º. Al Unser que com o Carro da Gilmore-Foyt deixou a corrida na volta 105 por causa de vibrações em seu carro.

Rick Mears na volta 150 passou a Emerson Fittipaldi e assumia a 3ªposição e tentava ir para cima de Booby Rahal, o Penske número 3 iria aprontar pra cima do Galles amarelo e azul nº18 de Bobby Rahal.

Enquanto isso Arie Luyendky tinha uma folga de 2 segundos para Bobby Rahal, desde do momento da primeira bandeira amarela ele que largava em 9ºlugar usou de uma boa tática para assumir a ponta da corrida, a corrida se encaminhava para a sua parte final. Mike Groff que vinha muito bem em 11ºlugar deixava a corrida com problemas elétricos em seu carro Lola-Cosworth. Emerson não estava gostando muito da História de ficar atrás de Mears e foi para cima do seu companheiro de equipe e tinha que passar rápido pois Sullivan estava por perto para dar o Bote, Emerson Acabou passando de Forma rápida a Mears e reassumindo o terceiro lugar e Mears já ficava mais para Sullivan e logo atrás vinha Michael Andretti. Faltava 31 voltas para o final quando Mears foi para a sua parada final e com isso o Norte-americano acabava fora da briga pela vitória, pois perderia uma volta. com isso Arie, Bobby Rahal, Emerson, Sullivan e Michael Andretti eram os candidatos a vitória.

Só que Arie Luyendky não queria deixar dúvidas de seu domínio e começava a aumentar a sua vantagem enquanto Emerson começava a tirar vantagem de Bobby Rahal e Michael Andretti passava a Danny Sullivan e assumia o 4ºlugar também iria para a Batalha.

Restando 25 voltas para o final a classificação era a seguinte: Arie Luyendky, Bobby Rahal, Emerson Fittipaldi, Michael Andretti, Danny Sullivan, Eddie Cheever, Mario Andretti, Al Unser jr., Rick Mears e Scott Brayton.

Eddie Cheever foi para a parada final nos boxes, a mesma coisa fez Mario Andretti. Enquanto isso Arie Luyendky poupava um pouco o combustível para chegar ao final com isso Bobby tentava chegar em Arie, Mas precisava se preocupar com Emerson Fittipaldi que vinha babando para passar Bobby Rahal faltando 16 voltas para o Final da corrida, Enquanto isso Scott Brayton que vinha em 10ºlugar tinha problemas com o Turbo de seu carro enquanto Emerson Fittipaldi foi para cima de Bobby Rahal e por pouco não conseguia o segundo lugar enquanto Danny Sullivan com muita Garra se manteria na frente de Michael Andretti na luta pelo 4ºlugar.

Bobby continuava se defendendo de Emerson Fittipaldi, as voltas vinham acabando e a briga iria ficando melhor, mesmo que a ultrapassagem seja nessa pista meio difícil pelas retas pequenas quando os carros tem um desempenho igual. Restando 2 voltas para o final Emerson conseguiu colar bem em Bobby Rahal e passou ao norte-americano tomando o 2ºlugar mas na mesma volta o motor Alfa Romeo de Danny Sullivan quebra provocando uma bandeira amarela e o Holandês Luyendky numa corrida brilhante, numa tática brilhante ganhava a corrida em cima dos favoritos, como Bobby ainda passou na volta que deu a bandeira amarela em 2ºlugar ele acabou na frente de Emerson Fittipaldi que mesmo com a belíssima ultrapassagem acabou em 3ºlugar, Andretti, Mears e Al Unser jr. completaram os seis primeiros colocados.

piloto Equipe Chassis-motor Voltas
1 Arie Luyendyk Granatelli Lola Chevrolet 200 9
2 Bobby Rahal Galles Lola Chevrolet 200 18
3 Emerson Fittipaldi Penske Penske Chevrolet 200 5
4 Michael Andretti Newman-Haas Lola Chevrolet 200 2
5 Rick Mears Penske Penske Chevrolet 199 3
6 Al Unser, Jr. Galles Lola Chevrolet 199 1
7 Danny Sullivan Patrick Lola Alfa Romeo 198 20
8 Eddie Cheever Ganassi Lola Chevrolet 198 8
9 Mario Andretti Newman-Haas Lola Chevrolet 197 6
10 Jeff Andretti Bayside Lola Cosworth 192 86
11 John Andretti Hall Lola Chevrolet 191 8
12 Scott Pruett Truesports TrueSport Judd 190 11
13 Scott Brayton Dick Simon Lola Chevrolet 185 22
14 Hiro Matsushita Dick Simon Lola Cosworth 182 7
15 Mark Dismore Arciero Penske Buick 176 12
16 Mike Groff Euromotorsport Lola Cosworth 157 50
17 Al Unser Foyt Lola Chevrolet 105 14
18 Tony Bettenhausen, Jr. Bettenhausen Penske Chevrolet 71 16
19 Randy Lewis Dale Coyne Racing Lola Cosworth 65 19
20 Guido Daccò Giochi/Preziosi Lola Cosworth 62 33
21 Scott Goodyear Walker Lola Judd 33 15
22 Jeff Wood Dale Coyne Racing Lola Cosworth 13 39

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Dakar Rally

4ºdia do Rally Dakar para Quadricíclos e Caminhões – San Juan a Chilecito

Published by:

Resultado final dos Quadriciclos:
352 km

1.251 Ignacio Casale (Chile) YAMAHA 7:15.31
2.255 Sebastian Husseini (Holanda) HONDA 7:27.36
3.256 Sergio Lafuente (Uruguai) YAMAHA 7:29.04
4.252 Rafal Sonik (Polônia) YAMAHA 7:31.16
5.276 Jeremias Gonzalez Ferioli (Argentina) YAMAHA 10:09.40
6.279 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Portugal) YAMAHA 10:25.04
7.268 Victor Manuel Gallegos Lozic (Chile) HONDA 10:28.43
8.273 Mauro Almeida (Uruguai) YAMAHA 10:54.41
9.296 Sergey Karayakin (Russia) YAMAHA 10:58.27
10.257 Pablo Copetti (Argentina) YAMAHA 10:59.57
11.263 Mohammed Abu-Issa (Catar) HONDA 11:02.36
12.258 Daniel Mazzucco (Argentina) CAN-AM 11:07.52

Caminhões:
Resultado: 501 km

1.501 Gerard de Rooy (Holanda) / Tom Colsoul (Bélgica) / Darek Rodewald (Holanda) IVECO 6:06.40
2.506 Andrey Karginov (Rússia) / Andrey Mokeev (Rússia) / Igor Devyatkin (Rússia) KAMAZ 6:08.41
3.500 Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgent Yakovlet (Rússia) / Vladimir Rybanov (Rússia) KAMAZ 6:15.44
4.502 Martin Kolomy (República Tcheca) / David kilian (República Tcheca) / Rene Kilian (República Tcheca) TATRA 6:16.58
5.507 Hans Stacey (Holanda) / Detlef Ruf (Alemanha) / Bernard Der Kinderen (Holanda) IVECO 6:20.46
6.508 Marcel van Vleit (Holanda) / Marcel Pronik (Holanda) / Artur Klein (Alemanha) MAN 6:24.03
7.549 Dmitry Sotnikov (Rússia) / Vyatchesla Mizyukaev (Rússia) / Andrew Aferin (Rússia) KAMAZ 6:26.01
8.545 Anton Shibalov (Rússia) / Robert Amatych (Rússia) / Almaz Khisamiev (Rússia) KAMAZ 6:26.02
9.504 Ales Loprais (República Tcheca) / Serge Bruynkens (Bélgica) / Radim Pustejovsky (República Tcheca) TATRA 6:29.52
10.509 Martin van der Brick (Holanda) / Peter Willemsen (Bélgica) / Arjan Veenvliet (Holanda) GINAF 6:33.44
11.505 Pieter Versluis (Holanda) / Jurgen Damen (Bélgica) / Henricus Schuurmans (Holanda) MAN 6:34.16
12.529 Siarhei Viazovich (Bielorrússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorrússia) / Aliaksei Neviarovich (Bielorrússia) MAZ 6:39.50

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Dakar Rally

Dakar no dia 4 – Complicado dia das motos e carros – San Juan a Chilecito

Published by:

Motos:

Dia terrivel para os competidores marca primeira vitória da Sherco, supriedentimente com Juan Pedrero Garcia da Espanha que venceu de forma apretada ficando apenas 29 segundos na frente de Francisco Lopez Contado do Chile que mandou bem também no dia de hoje. Marc Coma também se deu bem hoje e acabou em 3ºlugat Tirando 10 minutos dos 13 minutos que ele tem de desvantagem de Bortjoan Barreda que continua na liderança do Dakar e chegou em 6ºlugar. Atrás de Jeremias Israel Esquerre e de Olivier Pain.

O Dia foi difícil para o time Brasileiro, Julio de Souza ficou em 22ºlugar sobrevivendo ao dia, Mas Jean Azevedo acabou não completando o estágio de hoje e abandonando a competição, San Sunderland piloto que ganhou o estágio 2 do Dakar acabou deixando a competição também. No Geral Bort Barreda está em primeiro três minutos na frente de Coma que esta em segundo, Francisco Lopez Contardo, Alain Duglos, Olivier Pain e Cyril Despres. Julio de Souza esta em 17ºlugar.

Coma Chega em Barreda após 4 estágios no Dakar - Foto:dakar.com

Coma Chega em Barreda após 4 estágios no Dakar – Foto:dakar.com

Resultado do Estágio 4:
San Juan a Chilecito
352 Km

1. 23 Juan Pedrero Garcia (Espanha) SHERCO 5:29.13
2. 5 Francisco Lopez Contardo (Chile) KTM 5:29.42
3. 2 Marc Coma (Espanha) KTM 5:32.23
4. 38 Jeremias Israel Esquerre (Chile) SPEEDBRAIN 5:35.43
5. 6 Olivier Pain (França) YAMAHA 5:36.14
6. 3 Bortjoan Barreda (Espanha) HONDA 5:43.09
7. 10 Paulo Goncalves (Portugal) HONDA 5:47.51
8. 16 Ivan Jakes (Eslováquia) KTM 5:48.43
9. 22 Alain Duglos (França) SHERCO 5:52.26
10.26 Daniel Gouet (Chile) HONDA 5:53.51
11.4 Jordi Viladoms (Espanha) KTM 5:57.50
12.19 Stefan Svitko (Eslováquia) KTM 5:59.45
13.15 Jakub Przygonski (Polônia) KTM 6:00.07
14.9 David Casteu (França) KTM 6:03.10
15.24 Gerard Farres Guell (Espanha) GAS – GAS 6:08.04
16.1 Cyril Despres (França) YAMAHA 6:11.22
17.52 Claúdio Rodriguez (Chile) HONDA 6:18.29
18.76 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (Venezuela) KTM 6:19.16
19.7 Helder Rodrigues (Portugal) HONDA 6:20.03
20.50 Laia Sanz (Espanha) HONDA 6:21.26
21.40 Juan Carlos Salvatierra (Bolívia) SPEEDBRAIN 6:23.17
22.37 Dario Julio de Souza (Brasil) HONDA 6:26.43
23.28 Henk Knuiman (Holanda) KTM 6:32.03
24.39 David Pabiska (República Tcheca) KTM 6:34.12
25.83 Patricio Cabrera (Chile) KAWASAKI 6:35.07
26.74 Henricus Vogels (Holanda) KTM 6:42.20
27.57 Bruno da Costa (França) YAMAHA 6:44.04
28.46 Pablo Rodriguez (Argentina) HONDA 6:53.05
29.59 Brett Cummings (África do Sul) KTM 6:57.13
30.33 Jose Manuel Pellicer (Espanha) SUZUKI 6:57.49

Carros:

Em mais um dia nas dunas Carlos Sainz e Timo Gootschalk venceu o estágio do dia que foi duro, Mas de 5 horas de duração para o vencedor, Sainz teve um pneu furado, Mas Peterhansel teve mais pneus furados que nunca, Mas acabou o dia com 6 minutos atrás de Sainz, Mas fecharam o dia em 2ºlugar e se recuperaram um pouco do péssimo dia que tiveram ontem. Dessa vez o Buggy do piloto espanhol ganhou do esquadrão dos carros da Mini. Nasser Al-Attiyah com seu navegador Lucas Cruz completou a corrida em 3º. Os brasileiros continuam firmes na disputa.

Roma com o Seu Mini

Roma esta em Segundo lugar até agora com o Seu Mini – Foto: Dakar.com

Guilherme Spinelli e Youssef Haddad ficaram em 20º e Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin em 22º Na Classificação Geral a liderança de Sainz e de Gottschalk com o Buggy. Mas eles só tem 2 minutos e 6 segundos de Nani Roma e Michel Perin com o Mini, em 3ºlugar estão Nasser Al-Attiyah e Lucas Cruz com o Mini. Orlando Terranova e Paulo Fiuza estão em 4º e Stephane Peterhansel e Jean Paul Cottret completam os 5 primeiros. Os brasileiros estão indo bem na disputa. Reinaldo Marques Varela e Gustavo Gugelmin estão em 12º e Guilherme Spinelli e Youssef Haddad está logo atrás em 13ºlugar.

Resultado do Estágio 4:
San Juan a Chilecito
501 km

1. 303 Carlos Sainz (Espanha) / Timo Gottschalk (Alemanha) BUGGY 5:20.32
2. 300 Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) MINI 5:26.36
3. 301 Nasser Al-Attiyah (Catar) / Lucas Cruz (Espanha) MINI 5:29.30
4. 330 Federico Villagra (Argentina) / Jorge Perez Companc (Argentina) MINI 5:33.51
5. 304 Nani Roma (Espanha) / Michel Perin (França) MINI 5:34.40
6. 307 Orlando Terranova (Argentina) / Paulo Fiuza (Portugal) MINI 5:36.36
7. 302 Giniel De Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) TOYOTA 5:45.21
8. 315 Christian Lavieille (França) / Jean-Pierre Garcin (França) HAVAL 5:47.31
9. 316 Pascal Thomasse (França) / Pascal Larroque (França) BUGGY MD RALLYE 5:54.09
10.342 Aidyn Rakhimbayev (Cazaquistão) / Vladmir Demyanenko (Rússia) OVERDRIVE 5:54.40
11.328 Marek Dabrowski (Polônia) / Jacek Czachor (Polônia) OVERDRIVE 5:57.46
12.325 Erik Van Loon (Holanda) / Wouter Rosegaar (Holanda) HRX 6:01.24
13.312 Ronan Chabot (França) / Gilles Pillot (França) SMG 6:02.14
14.305 Robby Gordon (Estados Unidos) /Kellon Walch (Estados Unidos) HUMMER 6:02.48
15.322 Adam Malysz (Polônia) / Rafal Marton (Polônia) OVERDRIVE 6:04.19
16.308 Lucio Alvarez (Argentina) / Bernardo Graue (Argentina) FORD 6:05.09
17.317 Boris Garafulic (Chile) / Gilles Picard (França) MINI 6:05.13
18.404 Thomas Rundle (África do Sul) / Juan Mohr (África do Sul) TOYOTA 6:05.32
19.309 Krzysztof Holowczyc (Polônia) / Konstantn Zhiltsov (Rússia) MINI 6:05.38
20.310 Guilherme Spinelli (Brasil) / Youssef Haddad (Brasil) MITSUBISHI 6:07.03
21.332 Martin Kaczmarski (Polônia) / Filipe Palmeiro (Portugal) MINI 6:12.44
22.336 Reinaldo Marques Varela (Brasil) / Gustavo Gugelmin (Brasil) MITSUBISHI 6:15.39
23.373 Benediktas Vanagas (Lituânia) Andrei Rudnitski (Bielorrússia) OSC 6:18.20
24.370 Laurent Fouquet (França) / Eugenie Decre (Suiça) BUGGY 6:22.54
25.318 J B Baldwin(Estados Unidos) / Quin Cody (Estados Unidos) 6:26.25
26.327 Emiliano Spataro (Argentina) / Benjamin Lozada (Argentina) RENAULT 6:27.25
27.345 Jun Mitsuhashi (Japão) / Alain Guehennec (França) TOYOTA 6:30.54
28.321 Patrick Sireyjol (França) / Francois-Xavier Beguim (Bélgica) BUGGY 6:33.32
29.344 Nicolas Gibon (França) / Akira Miura (Japão) TOYOTA 6:35.26
30.337 Stephan Schott (Alemanha) / Holm Schmidt (Alemanha) MINI 6:37.45

Patrocínio:
planatina_projeto_gif