Marevick Viñales domina Classificação e conquista pole em Losail

Marevick Viñales abre a temporada com a primeira pole position da Temporada do Mundial de Motovelocidade. Com um grande domínio do piloto espanhol em cima da concorrência. Os principais protagonistas do Mundial de 2017 e de 2018 completaram a primeira fila.

Na repescagem começou com as KTM mostrando força, Mas logo o Espanhol Jorge Lorenzo com a sua Honda mostrou sua força marcando o melhor tempo, Não muito longe vinha o Japonês Takaagi Nakagami com a sua LCR Honda em 2ºlugar. Ainda na primeira metade do Q1, Cal Crutchlow subiu para o primeiro lugar. Os 3 primeiros lugares tinham a moto da Honda, Sendo dois deles com Honda Satélite. Pol Espargaró liderava as KTM em 4ºlugar.

Na segunda metade de treino parecia que Lorenzo iria levar a sua Honda para o Q2 sem problemas, mas a 3 minutos do final o Espanhol caiu e viu Takaagi Nakagami no final tomar o seu lugar no Q2. No final Lorenzo ainda ficou atrás de Francesco Bagnaia e de Valentino Rossi (Que chegou a ficar em um lamentável 11ºlugar) e vai largar em 15ºlugar. Os dois pilotos da LCR Honda passando para a fase final da classificação. Decepcionante a Classificação de Andrea Iannone em sua estreia na Aprilla e bem maior ainda a de Johann Zarco que só vai largar em 21ºlugar a frente apenas de Hafizh Syahrin e de Bradley Smith.

Classificação do Q1:

posPilotoEquipeMotorTempo
135Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’54.270
230Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’54.431
363Francesco BagnaiaAlma Pramac RacingDucati1’54.472
446Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’54.537
599Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHonda1’54.563
644Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’54.740
788Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’55.122
853Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’55.428
929Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’55.464
1017Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’55.642
115Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTM1’55.797
1255Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTM1’55.937
1338Bradley SmithAprilia Factory RacingAprilia1’56.036

A Classificação na fase final teve um domínio do Espanhol Marevick Viñales. Em sua primeira volta rápida o piloto da Yamaha colocou mais em 1 segundo em todos os outros pilotos. E depois Viñales administrou sua vantagem para conquistar a pole position. A primeira fila será completada por Andrea Dovizioso com a Ducati a 198 milésimos e Marc Marquez em 3º conquistando na sua última volta com ajuda do vácuo de Danilo Petrucci em e ficando a 1 milésimo do 2ºColocado.

Na Segunda fila ficaram o Australiano Jack Miller que teve seus bons momentos de destaques no Q2. Porém a surpresa foi o Francês Fabio Quartararo que estreia na MotoGP com a nova equipe Petronas Yamaha, O mais jovem piloto da categoria principal incomodou muito chegando a ficar até mesmo na primeira fila na metade do treino. Cal Crutchlow completa a 2ªFila.

Em sua estreia na Ducati oficial Danilo Petrucci não se destacou, só fez o bastante para largar em 7ºlugar abrindo a 3ªFila que terá a companhia de Franco Morbidelli da mesma Petronas Yamaha e de Takaagi Nakagami que chegou a se posicionar em 2ºlugar e confirmou os bons testes que fez na pré-temporada apesar do distante 9ºlugar. Na quarta fila ficaram os dois pilotos da Suzuki, Alex Rins e Joan Mir e o piloto da Aprilla Aleix Espargaró que pelo andar da carruagem vai dar uma surra em seu companheiro de equipe Andrea Iannone.

Amanhã teremos a partir da 14 horas, Horário de Brasília a abertura da temporada do Mundial de Motovelocidade.

Fotos:

Grid de largada:

posPilotoEquipeMotorTempoVoltas
112Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’53.5467
24Andrea DovioziosoMission Winnow DucatiDucati1’53.7447
393Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’53.7457
443Jack MillerAlma Pramac RacingDucati1’53.8096
520Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’53.9467
635Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’54.09513
79Danilo PetrucciMission Winnow DucatiDucati1’54.2007
821Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’54.2367
930Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’54.23914
1042Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’54.2577
1136Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’54.3907
1241Aleix EsparagaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’54.9177
1363Francesco BagnaiaAlma Pramac RacingDucati1’54.4727
1446Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’54.5377
1599Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHonda1’54.5634
1644Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’54.7407
1788Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’55.1227
1853Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’55.4285
1929Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’55.4647
2017Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’55.6427
215Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTM1’55.7976
2255Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTM1’55.9377
2338Bradley SmithAprilia Factory RacingAprilia1’56.0366

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Analises dos Testes de Pré-Temporada

Encerrado os testes de pré-temporada, Pela primeira vez a Formula 1 tem transmissão desses testes no Circuito de Barcelona. Isso já deveria ser feito isso a muito tempo. No que ficou muito bom, Apesar de que não tivemos a marcação dos tempos em tempo real, Quando aparecia os caracteres já aparecia com o melhor tempo de cada piloto registado.

Sobre o nível das equipes nessa temporada acredito que só vamos ter uma consolidação de como cada equipe está quando tivemos o Grande Prêmio da Austrália. A Ferrari pode ter o melhor carro do ano, Foi a equipe que dominou a maior parte dos testes. Porém, A Mercedes que teve problemas na primeira parte dos testes acabou reagindo nessa segunda parte dos testes de Pré-Temporada e foi a equipe que mais deu voltas nessa pré-temporada, Foram 1190 voltas e 18 Gps percorridos nesses testes. Essas duas equipes certamente disputarão o campeonato de 2019. A Red Bull é uma incógnita por causa do Motor Honda. Nem mesmo o 3ºlugar como equipe na minha opinião esta garantida.

Eu pessoalmente acredito e muito na Renault como uma possível terceira força ou pelo menos como um fator que possa atrapalhar as equipes grandes. É bom lembrar: Uma equipe que contrata Daniel Ricciardo e tem Nico Hulkenberg como o primeiro piloto não estará satisfeito com o título de “Melhor do resto”.

Fala-se muito bem da equipe Alfa Romeo (Antiga Sauber), Mas não tenho certeza que eles vão já de cara fazer bons resultados. Com os investimentos vinda da Ferrari (Dona da Alfa Romeo) deve ser refletir no decorrer da temporada os resultados vão aparecer. Duas equipes podem fazer bonito e tem potencial para evoluir muito por causa do dinheiro são a Racing Point (Agora comandado pelo pai de Lance Stroll) e a Mclaren. (Mais pela sua tradição e pela sua estrutura) Haas e Toro Rosso para mim são incógnitas, Porém acho que ambas poderão fazer bonito nessa temporada e até mesmo surpreenderem, Mas ambas podem acabar na parte de trás.

Agora quem não foi bem nesses testes foi a Williams, Não parece ter feito um bom carro. O pior disso foi que praticamente perderam grande parte da primeira sessão de treinamento. Isso é um prejuízo que vai ser difícil ser recuperado no desenvolvimento e nas sessões de treinamento das primeiras etapas do campeonato. Por mais que tenham pilotos com muito talento como George Russell e Robert Kubica, Um piloto pode tirar alguma coisa do Braço como 1,2 ou 3 voltas bem rápidas, Mas em uma corrida inteira? Praticamente impossível de se tirar do braço o tempo inteiro.

Para se ter a ideia do Nível que esta a Williams, Eles deram 567 voltas. O Inglês Lewis Hamilton andou 638 voltas. Ou seja, uma equipe com dois pilotos andou menos do que o Campeão do Mundo de 2018 com a Melhor equipe da Formula 1 nos últimos 5 anos.

Agora o que resta é esperar o campeonato Mundial de Formula 1 começar, Daqui a 2 semanas em Albert Park na Austrália.

Número de voltas de cada piloto:

Equipenº de VoltasKm PecorridosGP Percorridos
Lewis Hamilton6382969,899,666666667
Valtteri Bottas5522569,568,363636364
Sebastian Vettel5342485,778,090909091
Nico Hulkenberg5092369,3957,712121212
Kimi Raikkonen4972313,5357,53030303
Alexander Albon4892276,2957,409090909
Carlos Sainz jr.4732201,8157,166666667
Charles Leclerc4632155,2657,015151515
Daniel Ricciardo4522104,066,848484848
Daniil Kvyat4492090,0956,803030303
Pierre Gasly4392043,5456,651515152
Antonio Giovinazzi4251978,3756,439393939
Romain Grosjean4071894,5856,166666667
Kevin Magnussen4031875,9656,106060606
Lando Norris40018626,060606061
Max Verstappen3941834,075,96969697
Lance Stroll3361564,085,090909091
George Russell2991391,8454,53030303
Sergio Perez2891345,2954,378787879
Robert Kubica2681247,544,060606061
Pietro Fittipaldi61283,9550,924242424

Número de voltas de cada equipe:

Equipenº de VoltasKm PecorridosGP Percorridos
Mercedes11905539,4518,03
Ferrari9974641,03515,1
Toro Rosso9354352,42514,16
Alfa Romeo9224291,9113,96
Mclaren8734063,81513,22
Haas8714054,50513,19
Red Bull8333877,61512,62
Renault8263845,0312,51
Racing Point6252909,3759,46
Williams5672639,3858,59


Melhor tempo de cada piloto:

posPilotoEquipeMelhor Tempo
15Sebastian VettelFerrari1:16.221
244Lewis HamiltonMercedes1:16.224
316Charles LeclercFerrari1:16.231
477Valtteri BottasMercedes1:16.561
527Nico HülkenbergRenault1:16.843
623Alex AlbonToro Rosso1:16.882
726Daniil KvyatToro Rosso1:16.898
855Carlos SainzMcLaren1:16.913
98Romain GrosjeanHaas1:17.076
104Lando NorrisMcLaren1:17.084
1110Pierre GaslyRed Bull1:17.091
123Daniel RicciardoRenault1:17.114
137Kimi RäikkönenAlfa Romeo1:17.239
1418Lance StrollRacing Point1:17.556
1520Kevin MagnussenHaas1:17.565
1699Antonio GiovinazziAlfa Romeo1:17.639
1733Max VerstappenRed Bull1:17.709
1811Sergio PerezRacing Point1:17.791
1963George RussellWilliams1:18.130
2088Robert KubicaWilliams1:18.993
2151Pietro FittipaldiHaas1:19.249

Todos os tempos de cada piloto:

posPilotoEquipe1ºDia2ºDia3ºDia4ºDia5ºDia6ºDia7ºDia8ºDia
15Sebastian VettelFerrari1:18.161Não Participou1:18.350Não Participou1:18.1951:17.925Não Participou1:16.221
255Carlos SainzMcLaren1:18.558Não Participou1:19.354Não Participou1:17.144Não ParticipouNão Participou1:16.913
38Romain GrosjeanHaas1:19.159Não Participou1:19.0601:18.5631:18.330Não Participou1:17.8541:17.076
433Max VerstappenRed Bull1:19.426Não Participou1:18.787Não Participou1:18.395Não ParticipouNão Participou1:17.709
57Kimi RäikkönenAlfa Romeo1:19.462Não Participou1:17.762Não Participou1:18.209Não ParticipouNão Participou1:17.239
626Daniil KvyatToro Rosso1:19.464Não Participou1:17.704Não Participou1:18.682Não ParticipouNão Participou1:16.898
711Sergio PerezRacing Point1:19.944Não Participou1:20.102Não Participou1:17.842Não ParticipouNão Participou1:17.791
877Valtteri BottasMercedes1:20.1271:19.5351:20.6931:17.8571:18.9411:20.1671:18.8621:16.561
944Lewis HamiltonMercedes1:20.1351:19.9281:20.8181:17.9771:18.9431:20.3321:18.0971:16.224
1027Nico HülkenbergRenault1:20.9801:19.8371:18.8001:17.3931:19.0561:20.3481:17.4961:16.843
113Daniel RicciardoRenault1:20.9831:19.8861:18.1641:17.7851:22.5971:20.1071:17.2041:17.114
1216Charles LeclercFerrariNão Participou1:18.247Não Participou1:18.046Sem Tempo1:18.6511:16.231Não Participou
134Lando NorrisMcLarenNão Participou1:18.553Não Participou1:18.431Não Participou1:17.7091:17.084Não Participou
1420Kevin MagnussenHaasNão Participou1:19.206Não Participou1:18.720Não Participou1:18.7691:18.1991:17.565
1523Alex AlbonToro RossoNão Participou1:19.301Não Participou1:17.637Não Participou1:18.6491:16.882Não Participou
1699Antonio GiovinazziAlfa RomeoNão Participou1:19.312Não Participou1:18.511Não Participou1:18.5891:17.639Não Participou
1710Pierre GaslyRed BullNão Participou1:19.814Não Participou1:18.780Não Participou1:17.7151:17.091Não Participou
1818Lance StrollRacing PointNão Participou1:20.433Não Participou1:19.664Não Participou1:17.8241:17.556Não Participou
1951Pietro FittipaldiHaasNão Participou1:21.8491:19.249Não ParticipouNão ParticipouNão ParticipouNão ParticipouNão Participou
2063George RussellWilliamsNão ParticipouNão Participou1:25.6251:20.997Não Participou1:19.6621:18.130Não Participou
2188Robert KubicaWilliamsNão ParticipouNão ParticipouNão Participou1:21.5421:19.367Não ParticipouNão Participou1:18.993

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari

Haas muda pintura e vai para a temporada de 2019 de Preto e Dourado inspirada na antiga Lotus

A Equipe Haas foi a grande inovação no layout do carro da temporada de 2019, O Carro branco do ano passado acabou dando lugar para o Preto e Dourado. Tudo devido ao novo patrocinador da equipe – A Rich Energy, Uma empresa de Energéticos assim como a Red Bull. A Equipe Norte-Americana no primeiros dois anos conseguiu alguns bons resultados, Mas não tinha consistência na zona de pontuação. Isso foi conseguido na temporada passada, Assim como seus melhores resultados aconteceram no ano passado.  No caso, O GP da Áustria foi o melhor momento da história: Grosjean foi o 4ºlugar e Magnussen foi o 5ºlugar.

Para esse ano a equipe planeja avançar um pouco mais, A equipe quer ultrapassar os 93 pontos da temporada passada e quem sabe conquistar o primeiro pódio da sua história.

Guenther Steiner, Falou sobre o desempenho da equipe no ano passado e a expectativa para 2019.

O Carro do ano passado, mostrou seu potencial nos testes de pré-temporada e a equipe acabou o ano em 5ºlugar, Isso apenas em seu terceiro ano na Formula 1. O Desempenho do VF-18 impressionou no ano passado e pressionou a equipe para fazer do VF-19 também um carro competitivo.

 “É claro que há pressão, já que nosso carro teve um ótimo desempenho no ano passado. Há então pressão para ter um bom carro este ano. Nós não saberemos até que façamos os testes da pré-temporada. As esperanças são de que possamos ter um carro competitivo, mas é o mesmo que todos os outros. ”

Steiner ainda falou sobre a pintura do carro: Muitas pessoas gostam do novo visual. É uma espécie de novo visual antigo (Principalmente pela equipe Lotus), as cores preta e dourada têm uma história na Fórmula 1, nos anos setenta e oitenta em particular.

Mesmo com as mudanças de regas para esse ano com o objetivo de tornar as corridas mais competitivas Steiner acredita em corridas com mais dificuldade de ultrapassagens: “Acho que ultrapassar ainda será difícil, mesmo com as mudanças de regras. Esses carros não ajudam. Vamos ver como essas últimas mudanças vão resultar na Austrália no próximo mês. ”

Romain Grosjean falou que passou suas férias com sua Família.

Não foi um ano muito bom para Grosjean, Apesar disso ele passou para o Q3 por 16 das 21 corridas .“Eu adoro a qualificação. Eu acho que é um ótimo exercício para conseguir uma boa volta, um bom tempo com os novos pneus, é onde você corre o mais rápido ao longo de um fim de semana. É sempre super bom. Dizendo isso, com essas 16 aparições no Q3, tivemos um carro muito bom no ano passado e ele teve um ótimo desempenho. Espero que possamos tentar bater esse número este ano e melhorar ainda mais na pista. ” … “Eu não acho que seja uma pressão. Eu acho que isso é positivo ter tido uma temporada muito boa no ano passado. Nós crescemos e melhoramos como uma equipe. Sabemos que ainda há áreas em que podemos melhorar, e isso é algo para se esperar. A equipe tem trabalhado muito bem, tivemos uma boa temporada, um bom inverno e muita força em 2019. Estou ansioso para pilotar o novo carro. Espero que possamos repetir ou até melhorar o desempenho do ano anterior. ”

Kevin Magnussen também aproveitou as férias para relaxar e descansar com a Família, Depois do Natal e do ano novo o Dinamarquês começou a treinar novamente. Kevin vive seu melhor momento na Formula 1, Após uma grande temporada aonde ele ficou em 9ºlugar no Mundial de pilotos pontuando em 11 corridas.

 “Para nós, como equipe, queremos avançar a cada ano e melhorar a nós mesmos. Queremos aproveitar a experiência que temos e darmos alguns passos em frente a cada ano. No ano passado, demos um grande passo, muito visível, passando do oitavo lugar para o quinto lugar na Classificação dos construtores . É claro que não estamos esperando avançar três posições na classificação este ano, Mas mesmo que possamos dar um pequeno passo à frente, ficaremos felizes porque continuamos a tendência de crescimento que a equipe tem desde o início .

A Haas desde de 2016 tem parceria Técnica com a Ferrari e o Chassis da equipe que tem sua sede na cidade de Kanapolis é produzido pela Dallara. Isso permite que a Haas possa gastar um menor orçamento e obter bons resultados desde do seu primeiro ano. Lutar pelo 4ºlugar no Munidal de Construtores não é fácil, Mas é possível de Acontecer caso o trabalho que faz a equipe continuar a crescer .

Fotos

Dados técnicos

Chassi: VF-19 – Monocoque composto de Fibra de Carbono
Material da Carroceria: Fibra de Carbono
Suspensões: Independentes, Com Molas de Torção ativadas por Pressão
Amortecedores: ZF Sachs
Direção: Ferrari
Caixa de Câmbio: Ferrari, Semi-Automática, 8 marchas + Marcha reversa
Embreagem: AP Racing (Brembo)
Sistema de frenagem: Freios a disco feitos de Fibra de Carbono, Almofadas e Pinças de 6 pistões
Navegação de informações do Cockpit: Ferrari
Cintos: Sabelt
Volante: Ferrari
Assento do Piloto: Construção em Fibra de Carbono, moldada aos contornos do piloto
Rodas: OZ Racing
Pneus: Pirelli P Zero
Célular de Combustível: ATL
Forneceder de Combustivel e de Lubrificante: Shell
Largura Total: 2.000mm
Motor: Ferrari 064 – Turbo
Capacidade: 1.6 Litros
Cilindros: 6 (4 Válvulas por Cilindro)
Rotações por minuto: 15.000 RPM

Pilotos:

20. Kevin Magnussen (Dinamarca)
8. Romain Grosjean (França)

Patrocinadores: Haas, Rich Energy, Jack & Jones, Peak, BlueDEF, Richard Mille, Alpinestars, Branded

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Haas

Sauber deixa a cena para a entrada da Alfa Romeo

A Sauber depois de uma recuperação  em 2018 ficando em uma respeitável e digna 8ªposição e com a revelação do ano Charles Leclerc (que foi contratado pela Ferrari para essa temporada) A Sauber acabou saindo de cena para a entrada definitiva da Alfa Romeo que já era parceira da equipe Suíça desde do ano passado. Se por um lado se enterra uma história, Uma outra histórica equipe volta a cena definitivamente. Desde de 1985 a Alfa Romeo estava fora da Formula 1 como equipe.

A Alfa Romeo fez os dois primeiros campeões do Mundo: Em 1950 com Giuseppe Farina e em 1951 com Juan Manuel Fangio. Depois acabou sendo fornecedora de Motor entre o final da década de 70 até a década de 80 e Voltando como equipe de 1979 até 1985, Mas não tendo o mesmo sucesso dos anos 50 a Alfa Romeo se retirou da categoria por quase 30 anos, Até a sua volta em 2018 ao fazer parceria com a Sauber. No dia 14 de Fevereiro, Kimi Raikkonen com uma pintura provisória com o Trevo de 4 folhas em forma de coração, em relação ao dia de São Valentin.

Mas a pintura oficial só foi revelada na manhã primeiro dia dos testes de pré-temporada. Essa pintura tem muita diferença em relação ao ano passado. O que mudou foi o logotipo da Alfa Romeo que ficou bem maior do que antes e a mudança de pilotos. Esse ano a dupla de Pilotos será formada pelo Finlandês Kimi Raikkonen e o Italiano Antonio Giovinazzi. (A Itália voltando a ter um piloto desde do ano de 2011 quando teve Jarno Trulli da Lotus como o seu último representante) Se espera-se muito da equipe nessa temporada, Tendo o campeão de 2007 em um dos carros e um jovem talentoso piloto que figurou muito bem na GP2 em 2016. Fez 2 corridas na Formula 1 pela Sauber em 2016. Além de ter um bom orçamento para essa temporada e de uma boa equipe Técnica para o desenvolvimento do carro ao decorrer do ano.

Fotos:

Dados técnico

Chassi: C38 – Monocoque composto de Fibra de carbono
Suspensão dianteiro: Triângulo, mola interna e amortecedor acionados por tirantes
Suspensão traseira: Multilink, mola interna e elementos amortecedores atuados por tirantes
Freios: Pinças de freio da Brembo de 6 pistões, composto de carbono e discos e pastilhas (Carbon Industries)
Transmissão: caixa de câmbio feita de carbono com câmbio rápido de 8 marchas + Marcha Reversa da Ferrari, montada longitudinalmente, embreagem também é composta de carbono
Eletrônica do chassi (CE): MÊS
ERS: Ferrari
Volante: Alfa Romeo Racing
Pneus: Pirelli
Rodas: OZ Racing

Dimensões e peso

Comprimento: 5,500 mm
Largura:2.000 mm
Altura (sem câmera T): 950 mm
Largura da trilha, frente: 1,650 mm
Largura da trilha, traseira: 1.550 mm
Peso: mínimo de 743kg incluindo motorista e Sem o Combustivel

Motor: Ferrari 064
Configuração: 6 Cilíndros – Ângulo de 90 °
Deslocamento: 1.600 cc
Válvulas:4 por cilindro (24 no Total)
Rotações máxima: 15.000 rpm
Carregamento turbo: Único turbo
Fluxo Máximo de Combustível: 100 kg / h
Capacidade máxima de combustível:110 kg
Injeção: 500 bar – direto

Sistema ERS

Energia da bateria (por volta): 4 MJ
Potência de MGU-K: 120 kW
Rotações máximas de MGU-K: 50.000 rpm
Rotações máximas de MGU-H: 120.000 rpm

Pilotos:

7. Kimi Raikkonen (Finlândia)
99. Antonio Giovinazzi (Itália)

Patrocinadores: Alfa Romeo, Carrera, Richard Mille, Axitea, Claro, Singha Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Sauber