Formula 1 Formula 1 - 1987 Fotos História

GP de Portugal de 1987

Published by:

Grid de Largada:

1. Gerhard Berger (Ferrari) 1:17.620
2. Nigel Mansell (Williams-Honda) 1:17.951
3. Alain Prost (Mclaren-Porsche) 1:17.994
4. Nelson Piquet (Williams-Honda) 1:18.164
5. Ayrton Senna (Lotus-Honda) 1:18.354
6. Michele Alboreto (Ferrari) 1:18.540
7. Ricardo Patrese (Brabham-BMW) 1:19.965
8. Stefan Johansson (Mclaren-Porsche) 1:20.134
9. Thierry Boutsen (Benetton-Ford) 1:20.305
10. Teo Fabi (Benetton-Ford) 1:20.483
11. Eddie Cheever (Arrows-Megatron) 1:21.207
12. Derek Warwick (Arrows-Megatron) 1:21.397
13. Andrea de Cesaris (Brabham-BMW) 1:21.725
14. Alessandro Nannini (Minardi-Motori Moderni) 1:21.784
15. Satoru Nakajima (Lotus-Honda) 1:22.222
16. Christian Danner (Zakspeed) 1:22.358
17. Martin Brundle (Zakspeed) 1:22.400
18. Rene Arnoux (Ligier-Megatron) 1:23.237
19. Phillipe Alliot (Lola-Ford) 1:23.580
20. Adrian Campos (Minardi-Motori Moderni) 1:23.591
21. Philippe Streiff (Tyrrell-Ford) 1:23.810
22. Ivan Capelli (March-Ford) 1:23.905
23. Piercarlo Ghinzani (Ligier-Megatron) 1:24.105
24. Jonathan Palmer (Tyrrell-Ford) 1:24.217
25. Alex Caffi (Osella-Ford) 1:24.792
26. Franco Forini (Osella-Ford) 1:26.635

Não Classificou:

27. Pascaul Fabre (AGS-Ford) 1:26.946

Prost Vence e passa a Ser o Maior Vencedor da Formula 1 em Estoril

Alain Prost comemorou a Vitória no GP de Portugal, ainda mais por um motivo especial, ele se tornava o maior vencedor da Formula 1 da História, superando Jackie Stewart que tinha 27 vitórias, Prost alcançava a sua 28ª na Carreira e a 3 na Temporada de 1987, no entanto Prost teria uma vitória difícil, pois a ascedente Ferrari fez a pole com Gerhard Berger e Mansell largava em 2º.

E Todos largaram, Berger não larga bem e Deixa Mansell assumir a ponta, mas logo na segunda curva tivermos um acidente envolvendo pelo menos 4 carros, e o Causador foi o Japonês Satoru Nakajima, Foi se completada a primeira volta, mas logo depois foi levantada a bandeira Vermelha, que dizer a largada foi abortada e teríamos um novo alinhamento.

Todos partiram para a volta de Apresentação exceto Christian Danner que não largou e Pascal Fabre que nem conseguiu se qualificar para a corrida. 25 pilotos realizaram a segunda largada e quem se deu bem na relargada foi Mansell de novo, Berger não largou bem mais uma vez e Senna pulou de 5º para 3º numa ótima largada, todo mundo saiu ileso na primeira volta da Corrida. e Berger voltava a liderança logo após a primeira volta, pegou o vácuo da Grande Reta de Estoril e passou de passagem Mansell Senna Sofria pressão de Piquet e Prost em 5º com Alboreto em 6º. Depois uma das Benettons e Patrese e Johansson completando os 9 primeiros. Após 3 Voltas Berger tinha uma enorme vantagem para Mansell em segundo. e Alboreto passava Prost e assumia a 5ªPosição, deixando Prost em 6º.

Nas primeiras voltas a única briga relevante era de Senna x Piquet pelo Terceiro lugar, já que Berger estava longe de Mansell que já tinha boa vantagem para Senna que tinha Piquet na Cola, Alboreto também tinha Prost na cola. Na volta 8 Senna sofria de vez pressão de Piquet, já tava difícil demais e a ultrapassagem era inevitável Mas assim mesmo Senna mantinha-se na Frente de Piquet, mas Alboreto e Prost chegaram mostrando que Senna não tinha um bom carro naquele momento e estava com problemas.

Na Volta 11 Senna perde o Terceiro lugar para Piquet que abre em cima de Senna, e Piquet já abria muito de Senna que segundos depois ficou muito, estranhamente e caia para o oitavo lugar. Mansell na volta 12 Fazia a melhor volta da Corrida. e vinha para cima de Berger, a Brincadeira para o leão já tinha acabado. Mas na Volta Seguinte Mansell fica lento e abandona a corrida, isso se mostrava desesperador para o Inglês e ótimo para Piquet que via os dois principais adversários ao titulo em maus lençóis, Senna longe de ficar entre os primeiros e Mansell fora, Na Volta 14 Senna ira para os Boxes para tentar Resolver o problema do seu carro e perde muitíssimo tempo. Prost iria para o Ataque em cima de Alboreto pelo 3ºLugar. Boutsen era o 5ºColocado. Berger tinha 11 segundos para Piquet que adotou uma tática de corrida conservadora, sem se arriscar muito e garantir pontos para ampliar sua vantagem para os adversários na luta pelo titulo Fabi era o Sexto colocado, mas bem longe de Boutsen que era o 5º. e Depois de mais de um minuto nos boxes Senna voltava para a pista em busca de pelo menos marcar um ponto.

Piquet tentava se aproximar de Berger, e fez a melhor volta da corrida na volta 18. Mas tinha vários retardatários para passar para tentar se aproximar de Berger. Por Causa dos muitos retardatários já que tinha muita gente na corrida, 23 carros na corrida ainda as coisas para Piquet não eram fáceis para chegar a Berger, e mais ainda para Alboreto e Prost que Brigavam pelo 3ºLugar. Na Volta 21 Boutsen parava para Trocar pneus, mas via que tinha mais problemas e Ficava para Trás na Corrida. na Volta 23 Adrian Campos sofria um acidente e deixava a prova, a partir dessa volta é que os Abandonos iriam ser mais freqüentes Warwick ficava atravessado na pista e uma das curvas depois de rodar na volta 24, mas conseguiu voltar a corrida. Na Volta 26 Piquet perdeu rendimento e foi ultrapassado por Alboreto e caiu para o Terceiro e bem perto dele Alain Prost tentando subir na corrida.

A Classificação em 27 voltas era a Seguinte: 1. Berger, 2. Alboreto 17.2, 3. Piquet 17.8, 4. Prost 18.7, 5. Fabi 33.1 e Cheever em 6º com 55.1 e na Volta Seguinte Piquet reconquistou a 2ªPosição na corrida deixando Prost se virar para passar Alboreto. Na Volta 29 Piquet vai para os Boxes e faz a troca de Pneus, na Volta seguinte Prost também vai para os Boxes. Ambas as equipes fazem boas paradas e voltam na Frente. A Situação era Berger e Alboreto na Frente e prontos para darem uma grande vitória para a Ferrari na Volta 32 Berger que tinha uma galáxia na Frente de Alboreto faz a sua parada para a troca de Pneus. e Prost na Volta 33 Fazia a melhor volta da corrida. Começava ai uma reviravolta da corrida?

Chegamos Quase na Metade da Corrida com 34 Voltas a Classificação era: Alboreto que ainda não tinha feito parada em 1º, com Berger em segundo 2.2, Fabi em Terceiro sem ter feito a sua parada 19.1, depois perto Prost 20.4 e Piquet com 21.6 atrás de Berger, e De Cesaris com a Brabham em 6º com 59.3 de distância para Alboreto. Prost iria para Cima de Fabi lutar pelo terceiro posto da corrida. e na Indecisão da Briga Piquet tentava o Bote para cima de Prost, Alboreto finalmente vai para os boxes fazer sua troca de pneus e volta atrás de Piquet e vai para o 5ºLugar e Berger voltava a Liderança. Mas o Grande Pega era entre a Benetton-Ford de Fabi e a Mclaren-Porsche de Prost, numa dessas e os dois se batem e dai Piquet acabaria herdando duas posições, então Piquet ficava na sua para ver o que aconteceria. Na Volta seguinte Prost passava Fabi e assumia a Segunda posição, e Piquet lutaria pelo Terceiro lugar, e Alboreto na Volta 38 abandonaria a corrida com problemas de Câmbio, Piquet também já tinha passado Fabi que caia para o 4ºLugar, sem nenhum demérito para o Italiano da Benetton que fazia uma corrida muito boa mesmo. Johansson nem estava em 5º, pois essa posição era Disputava mais por Cheever e De Cesaris.

15 pilotos ainda na corrida, Capelli e Palmer disputavam a vitória no Trofeu Jim Clark e Prost diminuía a Vantagem de Berger para 11 Segundos, o professor Prost vinha com tudo para cima do Austríaco mais bem sucedido na Formula 1 Depois de Rindt e de Lauda. Mas na volta seguinte Prost pega 2 retardatários e a vantagem sobe para 13 Segundos. para Prost começava uma perseguição de Gato e Rato, para Piquet em Terceiro, era garantir os 4 pontos e ficar cada vez mais perto do titulo de 1987. Mas precisava abrir o olho para a aproximação de Fabi que queria um pódio.

Berger conseguia manter a distância que tinha sobre Prost, apesar do Esforço do Francês que já não tinha ambição pelo titulo e que queria a sua vitória de número 28 na categoria, Berger estava em busca de sua 2ªVitória apenas. Mas em algumas Voltas Prost começou a tirar tempo de Berger a Diferença caia para 8 segundos a favor do Austríaco estávamos perto das 55 voltas completas, estava chegando a hora de se definir a corrida, e a Classificação após as 53 Voltas era essa daqui: Berger, Prost (6.3), Piquet (30.3), Fabi (34.0), Johansson (1 Volta) e De Cesaris (1 Volta) era outro que fazia muito boa corrida em 6º.

Só que na Volta 54 De Cesaris abandonaria a corrida, com problemas de Injeção (Brabham BT55, belo carro, mas faltava confiabilidade demais) a corrida vinha nessa perseguição e Prost estava querendo vencer a corrida, fez a volta mais Rápida na Volra 59. e Piquet tinha dificuldades contra Fabi para ficar com o pódio e tentar segurar os seus 4 pontinhos. e Berger entrava nas 10 Voltas finais com 4 segundos na Frente de Prost, Classificação era a Seguinte: Berger, Prost, Piquet e Fabi os 4 que continuavam na mesma volta, e Johansson e Chevver completando os seis primeiros.

Restando seis voltas para o Final Prost se aproximava de Berger, mas Berger tinha uma vantagem mais um menos segura em cima de Prost para garantir a primeira vitória da Ferrari no ano e Piquet sofria para ficar com o pódio devido aos fortes ataques de Fabi. e na Volta 65 Prost fazia a volta mais rápida da corrida. e a distância ira para 2.7 Prost teria uma chance só ou duas apenas para passar Berger e seria bastante difícil, mas eis que a 3 Voltas do Final Berger roda e Prost ver a Vitória cair do Colo, para Berger foi terrível pois tinha liderado praticamente a corrida toda, para Prost, a vitória caia do Colo. Prost só administrou as voltas finais para Vencer a corrida e comemorar a Quebra do Recorde. Um Recorde que durava 14 anos de Jackie Stewart. Para Berger, foi apenas lamentar o 2ºlugar depois de uma grande corrida em que ele dominou a corrida inteira e teria vencido se não fosse a Rodada. Piquet cruzava em Terceiro e Fabi acabava sem combustível, mas garantia a 4ªposição. Johansson e Cheever completavam os pontos, e Senna chegou perto de Cheever e por pouco acabou sem os pontos dessa corrida. Mesmo fora do Titulo de 87, Prost comemorava uma ocasião especial, o Francês fez uma corrida tipicamente Alain Prost, só acelerou quando precisou e contou com um pouco de sorte.

Resultado Final do GP de Portugal de 1987

Fotos:

 

View post on imgur.com

Fontes das fotos : Formel1mic, Bestlap

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Dakar Rally

Dakar 2014 : de Salta a Uyuni a Calama – Dia 8 de Competições

Published by:

Vídeo do Resumo de Motos e Carros


FR – étape 8 – Auto/Moto – Résumé de l’étape… por Dakar

Motos:

Despres conseguiu a vitória no 8ºestágio que foi de em uma especial de 462 km, Em segundo chegou o Espanhol Bort Barreda que tirou 6 segundos da desvantagem que ele tem sobre Coma que chegou logo atrás em 3ºlugar no Estágio e lidera o Dakar. Helder Rodrigues e Olivier Pain completaram os 5 primeiros colocados nesse estágio.

1.1 Cyril Despres (França) YAMAHA 5:23:20
2.3 Bortjoan Barreda (Espanha) HONDA 5:25:29
3.2 Marc Coma (Espanha) KTM 5:25:35
4.7 Helder Rodrigues (Portugal) HONDA 5:29:58
5.6 Olivier Pain (França) YAMAHA 5:34:00
6.17 Michael Metge (França) YAMAHA 5:36:18
7.30 Riaan van Niekerk (Africa do Sul) KTM 5:36:35
8.26 Daniel Gouet (Chile) HONDA 5:36:43
9.15 Jakub Przygonski (Polônia) KTM 5:36:49
10.4 Jordi Viladoms (Espanha) KTM 5:36:54
11.19 Stefan Svitko (Eslováquia) KTM 5:37:37
12.23 Juan Pedrero Garcia (Espanha) SHERCO 5:37:39
13.38 Jeremias Israel Esquerre (Chile) SPEEDBRAIN 5:38:11
14.16 Ivan Jakes (Eslováquia) KTM 5:41:11
15.50 Laia Sanz (Espanha) HONDA 5:44:30
16.36 Mario Patrão (Portugal) SUZUKI 5:47:27
17.27 Marc Guasch (Espanha) GAS – GAS 5:49:20
18.14 Javier Pizzolito (Argentina) HONDA 5:50:25
19.9 David Casteu (França) KTM 5:50:34
20.40 Juan Carlos Salvatierra (Bolívia) SPEEDBRAIN 5:55:29
21.74 Henricus Vogels (Holanda) KTM 5:56:12
22.69 Hugo Payen (França) YAMAHA 5:56:58
23.22 Alain Duglos (França) SHERCO 5:58:09
24.28 Henk Knuiman (Holanda) KTM 5:58:38
25.83 Patricio Cabrera (Chile) KAWASAKI 5:58:55
26.31 Paolo Ceci (Itália) SPEEDBRAIN 5:59:07
27.134 Shane Diener (Austrália) YAMAHA 5:59:17
28.103 Xavier De Soultrait (França) YAMAHA 5:59:20
29.59 Brett Cummings (África do Sul) KTM 6:00:36
30.79 Alberto Santiago Ontiveros (Argentina) YAMAHA 6:01:13

Carros:

Foto: Dakar.com

Foto: Dakar.com

O piloto do Catar , Nasser Al-Attiyah junto de seu navegador Lucas Cruz da Espanha venceram o estágio de Salta a Calama de 302 Km, a Dupla no entanto esta longe dos líderes, Stephane Peterhansel e Jean Paul Cottret terminarao o dia em segundo lugar e tiraram mais 8 minutos da vantagem que Nani Roma e Michen Perin tem sobre Peterhansel e Cottret na liderança do Dakar. Em terceiro chegaram Carlos Sainz e Timo Gottschaik, Já Guilherme Spinelli e Youssef Haddad fecharam o dia em 11º e estão em 11º na classificação geral sobrevivendo bem ao Rally

Dakar.

1.301 Nasser Al-Attiyah (Catar) / Lucas Cruz (Espanha) MINI 2:32:57
2.300 Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) MINI 2:34:09
3.303 Carlos Sainz (Espanha) / Timo Gottschalk (Alemanha) BUGGY 2:35:33
4.307 Orlando Terranova (Argentina) / Paulo Fiuza (Portugal) MINI 2:39:37
5.309 Krzysztof Holowczyc (Polônia) / Konstantn Zhiltsov (Rússia) MINI 2:40:46
6.304 Nani Roma (Espanha) / Michel Perin (França) MINI 2:42:16
7.302 Giniel De Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) TOYOTA 2:42:18
8.314 Vladimir Vasilyev (Rússia) / Vitaliy Yevtyekhov (Ucrânia) MINI 2:44:56
9.311 Bernhard ten Brinke (Holanda) / Matthieu Raumel (França) HRX 2:46:04
10.315 Christian Lavieille (França) / Jean-Pierre Garcin (França) HAVAL 2:49:53
11.310 Guilherme Spinelli (Brasil) / Youssef Haddad (Brasil) MITSUBISHI 2:50:06
12.332 Martin Kaczmarski (Polônia) / Filipe Palmeiro (Portugal) MINI 2:51:30
13.325 Erik Van Loon (Holanda) / Wouter Rosegaar (Holanda) HRX 2:51:34
14.318 J B Baldwin(Estados Unidos) / Quin Cody (Estados Unidos) 2:51:46
15.404 Thomas Rundle (África do Sul) / Juan Mohr (África do Sul) TOYOTA 2:51:50
16.322 Adam Malysz (Polônia) / Rafal Marton (Polônia) OVERDRIVE 2:52:45
17.316 Pascal Thomasse (França) / Pascal Larroque (França) BUGGY MD RALLYE 2:52:52
18.326 Erik Wevers (Holanda) / Fabian Lurquin (Bélgica) HRX 2:53:31
19.317 Boris Garafulic (Chile) / Gilles Picard (França) MINI 2:54:07
20.342 Aidyn Rakhimbayev (Cazaquistão) / Vladmir Demyanenko (Rússia) OVERDRIVE 2:54:39
21.308 Lucio Alvarez (Argentina) / Bernardo Graue (Argentina) FORD 2:55:58
22.337 Stephan Schott (Alemanha) / Holm Schmidt (Alemanha) MINI 2:56:58
23.319 Yong Zhou (China) / Hong Yu Pan (China) MINI 2:57:48
24.321 Patrick Sireyjol (França) / Francois-Xavier Beguim (Bélgica) BUGGY 2:57:58
25.328 Marek Dabrowski (Polônia) / Jacek Czachor (Polônia) OVERDRIVE 2:58:37
26.327 Emiliano Spataro (Argentina) / Benjamin Lozada (Argentina) RENAULT 2:59:28
27.371 Pierre Lachaume (França) / Jean Michel Polato (França) BUGGY MD RALLYE 3:00:18
28.374 Roman Briskindov (Rússia) / Konstantin Meshcheryakov (Rússia) NISSAN 3:01:28
29.323 Leeroy Poulter (África do Sul) / Robert Howie (África do Sul) TOYOTA 3:02:26
30.340 Jose Garcia (Argentina) / Mauricio Malano (Argentina) RENAULT 3:04:43

Quadriciclos:
Uyuni a Calama – 462 km

1.251 Ignacio Casale (Chile) YAMAHA 6:18:47
2.255 Sebastian Husseini (Holanda) HONDA 6:27:25
3.256 Sergio Lafuente (Uruguai) YAMAHA 6:34:12
4.252 Rafal Sonik (Polônia) YAMAHA 6:34:51
5.268 Victor Manuel Gallegos Lozic (Chile) HONDA 6:42:16
6.263 Mohammed Abu-Issa (Catar) HONDA 6:55:35
7.297 Walter Nosiglia (Bolivia) HONDA 7:00:02
8.276 Jeremias Gonzalez Ferioli (Argentina) YAMAHA 7:04:07
9.296 Sergey Karayakin (Russia) YAMAHA 7:05:52
10.279 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Portugal) YAMAHA 7:27:30
11.267 Santiago Hansen (Argentina) YAMAHA 7:29:18
12.258 Daniel Mazzucco (Argentina) CAN-AM 7:32:24

Caminhões:
Salta a Calama – 302 Km

1. 506 Andrey Karginov (Rússia) / Andrey Mokeev (Rússia) / Igor Devyatkin (Rússia) KAMAZ 2:53:32
2. 501 Gerard de Rooy (Holanda) / Tom Colsoul (Bélgica) / Darek Rodewald (Holanda) IVECO 2:58:47
3. 549 Dmitry Sotnikov (Rússia) / Vyatchesla Mizyukaev (Rússia) / Andrew Aferin (Rússia) KAMAZ 3:00:27
4. 504 Ales Loprais (República Tcheca) / Serge Bruynkens (Bélgica) / Radim Pustejovsky (República Tcheca) TATRA 3:01:32
5. 505 Pieter Versluis (Holanda) / Jurgen Damen (Bélgica) / Henricus Schuurmans (Holanda) MAN 3:02:05
6. 508 Marcel van Vleit (Holanda) / Marcel Pronik (Holanda) / Artur Klein (Alemanha) MAN 3:02:34
7. 545 Anton Shibalov (Rússia) / Robert Amatych (Rússia) / Almaz Khisamiev (Rússia) KAMAZ 3:05:04
8. 500 Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgent Yakovlet (Rússia) / Vladimir Rybanov (Rússia) KAMAZ 3:07:40
9. 507 Hans Stacey (Holanda) / Detlef Ruf (Alemanha) / Bernard Der Kinderen (Holanda) IVECO 3:08:49
10.529 Siarhei Viazovich (Bielorrússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorrússia) / Aliaksei Neviarovich (Bielorrússia) MAZ 3:09:45
11.520 Jo Adua (França) / Ferran Marco Alcayna (Espanha) / Marc Torres (Espanha) IVECO 3:13:16
12.509 Martin van der Brick (Holanda) / Peter Willemsen (Bélgica) / Arjan Veenvliet (Holanda) GINAF 3:15:01

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Automobilismo Nacional Kartismo Brasileiro

Vitantonio Liuzzi Sobra na corrida e vence desafio das Estrelas

Published by:

Liuzzi levou fácil o título do Desafio das Estrelas

Liuzzi levou fácil o título do Desafio das Estrelas

Na 9ªedição do desafio das estrelas no Beto Carreiro World em Santa Catarina que foi ofuscada pela chuva que acabou per cancelar uma das baterias, mas a estrela do Italiano Vitantonio  Liuzzi não se apagou com a chuva, o piloto Italiano teve o final de semana que pediu a Deus, dominou todos os treinos, fez a pole e venceu de ponta a ponta sem jamais ser incomodado por ninguém mostrando assim todo o seu talento que o premiou como campeão Mundial de Kart, esteve na Formula 1 sem grandes Resultados. Mas no Kart é que Liuzzi mostra todo o seu potencial de pilotagem.

A Briga foi pelo segundo lugar aonde teve um momento em que Di Grassi, Júlio Campos, Felipe Massa e Sebastian Buemi brigaram pelo 2ºposto.

Quem se deu bem nessa Briga foi Buemi que passou para o segundo lugar após passar Massa, Campos e Di Grassi e fugiu de vez, Já Felipe massa teve de suar a camisa para ultrapassar a Lucas di Grassi, em uma dividida acabou Massa passando Di grassi que acabou rodando e perdendo posições, em decorrência dessa rodada abandonou a corrida. Massa conseguiu a 3ªposição após na penúltima volta ter conseguido ultrapassar a Júlio Campos, Liuzzi se torna o 8º vencedor do desafio das Estrelas que tem Michael Schumacher como o maior vencedor com 2 títulos no desafio.

Durante o Evento os pilotos fizeram uma homenagem a Michael Schumacher que sofreu grave acidente no final do ano passado enquanto esquiava em Méribel na França.
O Evento contou com uma corrida com os artistas e outra com kart adaptados.

Confira o resultado final da nona edição do Desafio das Estrelas:

1. Vitantonio Liuzzi, 29 voltas em 26:23s055
2. Sebastien Buemi, a 6s021
3. Felipe Massa, a 10s601
4. Julio Campos, a 11s484
5. Antonio Pizonia, a 11s584
6. Daniel Serra, a 11s829
7. Nelsinho Piquet, a 13s733
8. Felipe Nasr, a 19s970
9. Valdeno Brito, a 30s533
10. Pietro Fittipaldi, a 31s465
11. Beto Monteiro, a 31s548
12. Luciano Burti, a 32s081
13. JP Oliveira, a 32s237
14. Luiz Razia, a 32s366
15. Bruno Senna, a 32s541
16. Popó Bueno, a 37s213
17. Ricardo Zonta, a 38s601
18. Felipe Giaffone, a 1 volta
19. Rubens Barrichello, a 3 voltas
20. Lucas di Grassi, a 8 voltas

Não completaram

Allam Khodair, a 15 voltas
Augusto Farfus, a 23 voltas
Ricardo Maurício, a 27 voltas
Bia Figueiredo, a 29 voltas

Melhor volta: Sebastien Buemi, 53s901

Lista de pilotos campeões do Desafio Das Estrelas:

2005 Daniel Serra (Brasil)
2006 Felipe Massa (Brasil)
2007 Michael Schumacher (Alemanha)
2008 Rubens Barrichello (Brasil)
2009 Michael Schumacher (Alemanha)
2010 Lucas di Grassi (Brasil)
2011 Jaime Alguersuari (Espanha)
2013 Jules Bianchi (França)
2014 Vitantonio Liuzzi (Itália)

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Games História Jogos

Especial : Nigel Mansell World Championship

Published by:

O Jogo Nigel Mansell World Champioship criado no ano de 1992 é um dos jogos mais desafiadores para qualquer jogador.

O Williams-Renault de 1992 de Nigel Mansell sera o Seu carro onde em 16 etapas do campeonato de 1992 você terá que disputar com 11 outros adversários rumo ao título do campeonato.

1. Race Circuit

Você vai escolher disputar em uma das 16 pistas do mundial de Formula 1 da temporada de 1992.

Veja as pistas do Campeonato:

Veja as Informações técnicas das pistas, Número de voltas, Distância de cada volta e a Distância da corrida em Km e em Milhas também:

2. Full Season

Esse é o modo completo do Campeonato aonde você tera de disputar com os 12 melhores pilotos do Mundo em 16 circuitos do mundo inteiro o Título do mundial de Formula 1 de 1992

Lista de Pilotos e Equipes:

Em algumas edições é Senna que aparece no lugar de Berger.

Em algumas edições é Senna que aparece no lugar de Berger.

Vídeos do jogo:

Jogo no Arcade:

jogo no Simulation:

3. Control (Controle)

Aqui você Decide como você quer as teclas para acerelar, freiar, virar as curvas, da forma que você vai achar melhor.

São 4 opções:

Opção 1

Nigel Mansell's F-1 Challenge (J)006   Opção 2

Nigel Mansell's F-1 Challenge (J)007

Opção 3

Nigel Mansell's F-1 Challenge (J)008

Opção 4

Nigel Mansell's F-1 Challenge (J)009

4.Name (Nome)

Aqui você coloca o seu nome e o país que você representa:

Nigel Mansell's F-1 Challenge (J)010 Nigel Mansell's F-1 Challenge (J)0115. Mansell’s Advice

Aqui você aprendera a pilotar o carro de maneira correta, você escolhe a pista aonde você vai correr e o acerto do carro, depois disso você tem que seguir exatamente tudo que a tela mostrar quando for fazer a curva deve se atingir certa velocidade, A Baixa velocidade ou uma velocidade Acima do Ideal fazem você perder pontos de eficiência.

Nessa parte do jogo você avalia 3 quesitos

Velocidade
Controle do Carro
Freiada
A Média desses três quesitos vai ser sua avaliação, um boa volta tem que necessariamente ser avaliada em 90%

6. Driving Practice (Prática do piloto)

Nesse estágio do jogo você pratica numa pista desconhecida e anda em 4 velocidade e você tem 4 tempos para você atingir

Volta Limite Velocidade
Volta 1 03:00:00 213 Km/h
Volta 2 02:00:00 266 km/h
Volta 3 01:48:00 320 Km/h
Volta 4 01:30:00 382 km/h

Vídeo do Driving Practice:

7. Password

Nesse item, você coloca um código de 18 letras para você continuar um jogo que você parou, Uma dica o Código nunca vai usar vogais (A,E,I,O,U)

se a senha for correta ela te leva para o jogo no momento em que você parou.

Nigel Mansell's F-1 Challenge (J)012 Nigel Mansell's F-1 Challenge (J)0138. Option (opções)

Aqui você escolhe opções de jogo se você quer o jogo simulado ou Arcade, se você quer o leitor de velocidade seja em Kilometros ou em Milhas
e se você quer eleitos de música para quando você esta correndo ou não, E também você pode ouvir as músicas que toca no jogo e os hinos dos
paises que você pode representar no jogo.

Nigel Mansell's World Championship Racing (E) (V1.1)075 Nigel Mansell's World Championship Racing (E) (V1.1)071 Nigel Mansell's World Championship Racing (E) (V1.1)072 Nigel Mansell's World Championship Racing (E) (V1.1)073 Nigel Mansell's World Championship Racing (E) (V1.1)074Músicas do jogo:

Download do jogo

E agora divirta-se!

Nigel Mansell's F-1 Challenge (J)015

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

 

F1 Formula 1 Formula 1 - 1976 Fotos História Ligier

Especial Ligier : Temporada de 1976

Published by:

A Ligier Foi criada por Guy Ligier, um Construtor que teve durante seu inicio da sua carreira uma Trajetória difícil Nos anos 50 e 60 Trabalhou em varias áreas na França, e também jogou Rugby pela França.

em 1966 Guy Ligier ingressou na Formula 1 como piloto com um Cooper-Maserati no GP de Mônaco, Guy Teve 13 participações em corridas na Formula 1 em 1966 e 1967, não conseguiu nenhum ponto. Depois em 1968 Guy Ligier compra uma Mclaren e com Jo Schlesser disputa a temporada de 1968 como construtor independente na Formula 2 com um Mclaren, mas a trajetória não foi feliz, Jo Schlesser acaba morrendo e a Equipe Ligier acaba ficando 8 anos sem ficar na Ativa.

Em 1974 a Matra vende suas ações para a Equipe Ligier que no final dos anos 60 e inicio dos anos 70 se dedicou a Outras categorias. e em 1975 A Ligier conseguiu o 2ºLugar nas 24 Horas de Le Mans na Categoria Esporte. Mas as atenções de Guy Ligier era a Formula 1, Então Gerard Ducarouge era o Encarregado a fazer o primeiro Ligier que iria largar na Formula 1, temporada de 1976.

O Chassi era chamado de JS5, tinha um Motor Matra de 12 Cilindros e tinha uma gigante entrada de Ar. Com esse carro é que a Ligier iria para a Temporada de 1976.

Fotos:

 

View post on imgur.com

A primeira temporada : 1976

A Ligier Estreia na Formula 1 com um carro Azul, marca que iria ficar registrada por essa equipe durante toda a História da Equipe Francesa, e ao Bordo do Carrinho Azul estava Jacques Laffite com seus 32 anos Que tinha a responsabilidade de Fazer com que esse carro faça bonito.

na Primeira corrida da Ligier o piloto Francês Laffite Classificou o Carro na 11ªPosição no Grid do Grande Prêmio do Brasil, mas acabou tendo problemas de transmissão no seu carro e acabou não completando a corrida. Na África do Sul Laffite Classifica o Carro na 8ªPosição no Grid, mas também não completa a corrida, Desta vez o Motor Foi o Problema do Carro. Mas só pelas 2 apresentações desse carro nos treinos era certo que a equipe não iria tardar a marcar pontos na Formula 1.

E na 3ªCorrida isso aconteceu no GP de Long Beach Laffite largou em 12ºLugar e fazendo brilhante corrida acaba em 4ºLugar dando os primeiros pontos para a Recém-criada equipe Ligier.

Depois dos pontos em Long Beach, ficou fácil a missão de pontuar, pois o Carro era muito rápido e tinha um Piloto muito bom. e logo na Sua 5ºCorrida Laffite e a Ligier Chegavam ao primeiro pódio. com um 3ºLugar atrás Apenas de Niki Lauda e de Clay Regazzoni, Após ótimo final de Semana largando na 6ªposição no Grid. Depois disso a Equipe pontuou mais Três vezes, e conquistou dois pódios, um Segundo no GP da Áustria e em Terceiro em Monza no GP da Itália. Mas foi nesse GP da Itália que a Ligier conquistou sua maior Gloria na Formula 1. Jacques Laffite conquistava a 1ªPole da Equipe, na 1ªTemporada da equipe, algo que era muito Difícil de acontecer, Quase que podermos dizer raríssimo. Além do Treino espetacular na Corrida Laffite ficou apenas a 3 segundos do Vencedor que foi o Ronnie Peterson que Levou o Fraquíssimo March a Vitória e Ficou a 7 Décimos do Suíço Clay Regazzoni da Ferrari.

A Ligier encerrada sua primeira Temporada com uma Digníssima 6ªPosição no Mundial de Construtores com 20 pontos, 3 Pódios, 1 Pole Position e levou Jacques Laffite ao 7ºLugar no mundial de pilotos tendo feito todos os 20 pontos da Equipe em 1976.

Números da Ligier em 1976:

Gps: 16
Vitórias: 0
Poles: 1
Pódios: 3
Pontos: 20
Motor: Matra MS73 V12
12 Cilindros em V
2.993 cm³
Potência: 490 Cavalos a 11.500 RPM
Pilotos:
Jacques Laffite
Chassi: JS5
Projetistas: Gérard Ducarouge (Diretor Técnico), Michel Beaujon (Design) e Robert Choulet (Aerodinâmica)
Chassi : Monocoque em Alumínio
Peso : 605 kg
Transmissão : Hewland TL 2-200 em 5 marchas
Combustível / Lubrificante : Shell
Distância entre eixos : 2608 mm
dianteira : 1536 mm
traseira : 1600 mm

Fotos:

 

View post on imgur.com

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Bestlap / Formel1mic

Patrocínio:
planatina_projeto_gif