Em Toronto, muita chuva, Rodada de Safety Car e corrida cancelada para Amanhã

Após 3 horas de uma longa espera por uma grande corrida, Devido ao pé Água que caiu, Mas a pista muito molhada e a condições inadequadas para se correr num piso muito impediu a corrida de ser realizada.

A Corrida que era para começar as 4 e 50 da Tarde daqui ou 3 e 50 da tarde no Canadá acabou sendo adiado para que a organização esperasse para a pista ter melhores, Após um tempo a pista não deu a melhorada que eles esperavam, Mas os pilotos foram tentar relargar pela segunda vez, E o que se viu mostrava o quanto seria desastroso uma largada na situação que estava a pista.

Primeiro Ryan Briscoe acabou passando reto em uma curva, a sorte é que a batida foi leve e nada no carro dele foi danificado, ele pode voltar a pista. Mas na volta seguinte, não teve piloto rodando não, mas sim o Safety Car que era dirigido pelo Holandês Arie Luyendky, Se isso aconteceu estava na cara que não dava para correr nesse tipo de pista. E pouco depois o segundo colocado no Grid de Largada Will Power antes de completar mais uma volta acabou rodando em Baixa velocidade. Sua batida foi um pouco mais forte e acabou danificando a suspensões Dianteira e Traseira.

Após a insistência a Direção outra vez deu bandeira Vermelha, E dai deu para se ver que não dava mesmo para se correr nessa pista. A Corrida que era para ser a corrida de hoje foi cancelada e passada para Amanhã, Existe a possibilidade de Fazerem as duas corridas já que é uma rodada dupla nesse final de semana.

A corrida Adiada para Amanhã será as 11:30 Horário de Brasília e a Segunda corrida será as 17:15 do Horário do Brasil.

Grid de Largada para a primeira corrida em Toronto:

1. Sebastien Bourdais (KV/Chevy) 58.9479s
2. Will Power (Penske/Chevy) 59.1025s
3. Helio Castroneves (Penske/Chevy) 59.1499s
4. Ryan Hunter-Reay (Andretti/Honda) 59.2672s
5. Simon Pagenaud (Schmidt/Honda) 59.3972s
6. Tony Kanaan (Ganassi/Chevy) 59.9987s
7. Luca Filippi (Rahal/Honda) – Round 2
8. Justin Wilson (Coyne/Honda) – Round 2
9. James Hinchcliffe (Andretti/Honda) – Round 2
10. Ryan Briscoe (Ganassi/Chevy) – Round 2
11. Juan Pablo Montoya (Penske/Chevy) – Round 2
12. Scott Dixon (Ganassi/Chevy) – Round 2
13. Josef Newgarden (Fisher/Honda) – Round 1
14. Graham Rahal (Rahal/Honda) – Round 1
15. Takuma Sato (Foyt/Honda) – Round 1
16. Mike Conway (Carpenter/Chevy) – Round 1
17. Carlos Munoz (Andretti/Honda) – Round 1
18. Jack Hawksworth (Herta/Honda) – Round 1
19. Sebastian Saavedra (KV/Chevy) – Round 1
20. Charlie Kimball (Ganassi/Chevy) – Round 1
21. Carlos Huertas (Coyne/Honda) – Round 1
22. Mikhail Aleshin (Schmidt/Honda) – Round 1
23. Marco Andretti (Andretti/Honda) – Round 1

Print: Espn
Texto: Deivison da Conceição da Silva

Hunter-Reay arranca nas voltas finais para vencer em Iowa

Em uma corrida com incidentes, com várias alternativas e com um grande domínio de Tony Kannan no final da corridas nas voltas finais Ryan-Hunter Reay com uma tática perfeita da Andretti  atropelou a Scott Dixon e Tony Kannan e venceu a corrida em Iowa.

Uma corrida em que começou vendo o domínio dos pilotos da Ganassi, principalmente de Tony Kannan que liderava a corrida, Depois de 33 voltas bandeira amarela, A Chuva veio para esfriar os ânimos da corrida e com a pista molhada no oval não tem corrida. Por Sorte a chuva foi leve e a pista pode ser seca para o restante da corrida

Dai começaram os acidentes, logo depois do reinicio da corrida houve um acidente entre Takuma Sato e Mikhail Aleshin. Nova Bandeira amarela A partir dê a disputa pela liderança estava sempre entre Dixon, Kannan, Power e Hélio Castroneves. Mas a prova foi bem dominada pela Ganassi de Tony Kannan que estava em sua melhor exibição do ano.

E tudo indicava que a vitória seria dele até que a 20 voltas um acidente de Juan Palbo Montoya que provocou uma bandeira amarela, Dai Ryan Hunter-Reay e Josef Newgarden durante essa bandeira amarela . Dai na bandeira verde ambos os pilotos tiveram tempo para engolir o pelotão inteiro e a duas voltas do final Hunter-Reay passou Kannan e partiu rumo a vitória, O Brasileiro nada pode fazer também para deter Josef Newgarden que veio na mesma tática de pneus que Hunter-Reay e acabou sendo muito feliz e completando a corrida em 2ºlugar, Sobrou para Tony Kannan o 3ºlugar com o pneu de quase 70 voltas tinha tudo para vencer a prova, Scott Dixon acabou a corrida em 4ºlugar também vitima da tática de Hunter-Reay e Newgarden, Ed Carpenter chegou mais uma vez em uma competente corrida em 5ºlugar.

Hélio Castroneves teve um final muito complicado e acabou a prova em 8ºlugar, Mas com Will Power no final da prova cometendo um erro acabou ficando em 14ºlugar e deixou com o Brasileiro a liderança do campeonato com 1 terço de campeonato pela Frente.

A Próxima corrida acontece na semana que vem na dupla Rodada em Toronto no Canadá.

Resultado Final do GP de Iowa da Formula Indy:

1. Ryan Hunter-Reay (Andretti/Honda) 2:01:58.8160 em 300 Voltas
2. Josef Newgarden (Fisher/Honda) a 0.5814
3. Tony Kanaan (Ganassi/Chevy) a 1.0676
4. Scott Dixon (Ganassi/Chevy) a 2.7606
5. Ed Carpenter (Carpenter/Chevy) a 4.9819
6. James Hinchcliffe (Andretti/Honda) a 5.0135
7. Graham Rahal (Rahal/Honda) a 6.7976
8. Helio Castroneves (Penske/Chevy) a 7.1408
9. Ryan Briscoe (Ganassi/Chevy) a 7.1896
10. Charlie Kimball (Ganassi/Chevy) a 7.6098
11. Simon Pagenaud (Schmidt/Honda) a 7.7794
12. Carlos Munoz (Andretti/Honda) a 7.8190
13. Justin Wilson (Coyne/Honda) a 11.2612
14. Will Power (Penske/Chevy) a 11.7947
15. Jack Hawksworth (Herta/Honda) a 4 Voltas

Não Terminaram a corrida:

Juan Pablo Montoya (Penske/Chevy) 280 Voltas
Sebastian Saavedra (KV/Chevy) 258 Voltas
Marco Andretti (Andretti/Honda) 229 Voltas
Sebastien Bourdais (KV/Chevy) 130 Voltas
Carlos Huertas (Coyne/Honda) 78 Voltas
Mikhail Aleshin (Schmidt/Honda) 47 Voltas
Takuma Sato (Foyt/Honda) 47 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: indyCar

Montoya faz final de semana impecável e vence em Pocono

Juan Palbo Montoya fez um fim de semana impecável e após uma corrida cansativa como as 500 milhas em Pocono o piloto da Equipe Penske conquistou a vitória, Partindo da pole position o Piloto da Penske alternou posição na liderança com Power, Andretti, Munõz e Kannan. Numa corrida longa como Pocono a primeira parte da prova não era tão importante ficar na frente, Mas sim ficar na mesma volta do líder para poder ter chances de vitória, E principalmente quando nessa prova acontece algo semelhante como as 500 milhas de Indianápolis tivemos poucas bandeiras amarelas, ou melhor apenas 1 com o Graham Rahal quando ele rodou e encostou no muro e isso na parte final de corrida dai vieram as apostas Alguns pilotos entre eles o Tony Kannan foram aos boxes colocarem o máximo de combustível e apostarem numa tática de combustível terminar a corrida sem fazer mais paradas nos boxes

Will Power que estava fazendo uma grande corrida por condução perigosa acabou sendo penalizado por um Drive Through. No final da corrida sem bandeiras amarelas a tática de ficar na pista até o final da corrida deu errado, Quem apostou em rapidez e que teria que fazer parada para completar o tanque se deu bem, Entre eles Montoya que no final fez toda a diferença. O Colombiano só esperou as paradas de Newgarden na volta 193 e de Tony Kannan na volta 197, Com isso Tony Assumiu a ponta para não perder mais a prova e para vencer a primeira corrida depois de 14 anos na Formula Indy, Seu companheiro de equipe o Brasileiro Hélio Castroneves fez grande corrida e no final das contas saiu feliz da vida com o segundo lugar até por que Power por causa da punição ele perdeu qualquer chance de um bom resultado ficando em 10ºlugar, Com isso eles empatam na liderança do campeonato com 446 pontos, Com Power na frente por que o Australiano venceu 2 corridas contra 1 do Brasileiro.

Carlos Munoz ficou em 3ºlugar após belíssima corrida, Logo depois vieram 2 pilotos da Chip Ganassi com Ryan Briscoe em 4º e Scott Dixon em 5ºlugar. Simon Pagenaud manteve o 3ºlugar no campeonato fazendo uma corrida correta e chegando na 6ªposição, Quem se deu mal nessa corrida foi Ryan Hunter-Reay que ficou parado por 18 voltas e só terminou a corrida em 18ºlugar caindo para a quinta posição no campeonato, A Penske tem 3 das 4 primeiras posições no campeonato. Já Tony Kannan esta na 11ªposição no campeonato, Para ele o título esta praticamente fora de cogitação. A Próxima corrida do campeonato acontece no dia 12 de Julho em Iowa.

Resultado final das 500 milhas de Pocono:

1. Juan Pablo Montoya (Penske/Chevy) 2:28:13.1798s em 200 Voltas
2. Helio Castroneves (Penske/Chevy) a 2.3403s
3. Carlos Munoz (Andretti/Honda) a 2.9653s
4. Ryan Briscoe (Ganassi/Chevy) a 3.8431s
5. Scott Dixon (Ganassi/Chevy) a 4.6933s
6. Simon Pagenaud (Schmidt/Honda) a 6.0105s
7. Mikhail Aleshin (Schmidt/Honda) a 8.3658s
8. Josef Newgarden (Fisher/Honda) a 8.9506s
9. Marco Andretti (Andretti/Honda) a 9.4477s
10. Will Power (Penske/Chevy) a 17.2301s
11. Tony Kanaan (Ganassi/Chevy) a 22.0701s
12. James Hinchcliffe (Andretti/Honda) a 1 Volta
13. Ed Carpenter (Carpenter/Chevy) a 1 Volta
14. Justin Wilson (Coyne/Honda) a 1 Volta
15. Sebastian Saavedra (KV/Chevy) a 1 Volta
16. Sebastien Bourdais (KV/Chevy) a 1 Volta
17. Charlie Kimball (Ganassi/Chevy) a 2 Voltas
18. Ryan Hunter-Reay (Andretti/Honda) a 19 Voltas

Não Terminaram a corrida:

Graham Rahal (Rahal/Honda) 157 Voltas
Carlos Huertas (Coyne/Honda) 89 Voltas
Takuma Sato (Foyt/Honda) 25 Voltas

Foto: Indycar
Texto: Deivison da Conceição da Silva

Grid ilustrado das 500 Milhas de Indianápolis de 2014:

1. Ed Carpenter Carpenter/Chevy 231.067 Mph

2. James Hinchcliffe Andretti/Honda 230.839 Mph

3. Will Power Penske/Chevy 230.697 Mph

4. Helio Castroneves Penske/Chevy 230.649 Mph

5. Simon Pagenaud Schmidt/Honda 230.614 Mph

6. Marco Andretti Andretti/Honda 230.544 Mph

7. Carlos Munoz Andretti/Honda 230.146 Mph

8. Josef Newgarden Fisher/Honda 229.893 Mph

9. JR Hildebrand Carpenter/Chevy 228.726 Mph

10. Juan Pablo Montoya Penske/Chevy 231.007 Mph

11. Scott Dixon Ganassi/Chevy 230.928 Mph

12. Kurt Busch Andretti/Honda 230.782 Mph

13. Jack Hawksworth Herta/Honda 230.506 Mph

14. Justin Wilson Coyne/Honda 230.256 Mph

15. Mikhail Aleshin Schmidt/Honda 230.049 Mph

16. Tony Kanaan Ganassi/Chevy 229.922 Mph

17. Sebastien Bourdais KV/Chevy 229.847 Mph

18. Oriol Servia Rahal/Honda 229.752 Mph

19. Ryan Hunter-Reay Andretti/Honda 229.719 Mph

20. Graham Rahal Rahal/Honda 229.628 Mph

21. Carlos Huertas Coyne/Honda 229.251 Mph

22. Pippa Mann Coyne/Honda 229.223 Mph

23. Takuma Sato Foyt/Honda 229.201 Mph

24. Alex Tagliani Fisher/Honda 229.148 Mph

25. Townsend Bell KV/Chevy 229.009 Mph

26. Charlie Kimball Ganassi/Chevy 228.953 Mph

27. Jacques Villeneuve Schmidt/Honda 228.949 Mph

28. James Davison KV/Chevy 228.865 Mph

29. Martin Plowman Foyt/Honda 228.814 Mph

30. Ryan Briscoe Ganassi/Chevy 228.713 Mph

31. Sage Karam Ganassi/Chevy 228.436 Mph

32. Sebastian Saavedra KV/Chevy 228.088 Mph

33. Buddy Lazier Lazier/Chevy 227.920 Mph

Fonte de Todas as Fotos : Motorsport.com

Em corrida acidentada Pagenaud vence corrida no misto de Indianápolis

O Francês Simon Pagenaud foi o vencedor do GP de Indianápolis no circuito misto do templo do Automobilismo Mundial, O Francês usou da tática de uma parada a menos para vencer a prova. Uma prova acidentada, E o primeiro incidente foi na largada quando o pole position Sebastian Saavedra não conseguiu largar e foi atingido pelos pilotos Carlos Munoz e pelo Russo Mikhail Aleshin, essa foi uma pancada mais forte, Com o Carro antigo o acidente teria consequências bem piores, Mas com o DW12 mesmo com o fortíssimo acidente nenhum dos 3 pilotos sofreram nada. Na Relargada o estreante Inglês  Jack Hawksworth assumiu a liderança e liderou por boa parte da corrida, Alguns acidente impressionantes num período muito curto de prova, Na 42ªVolta o piloto Scott Dixon acabou rodando  e ficando em posição perigosa numa caixa de brita provocando uma outra bandeira amarela.

Jack Hawksworth – Foto: Indycar

Mas um acidente insano aconteceu na volta 48 quando Martin Plowman com o carro da Foyt voou e atingiu de forma perigosa o piloto Franck Montagny, um acidente perigoso que se for por causa de erro do piloto é caso para ele ser suspenso, Mas não acredito em erro do piloto da forma que foi a batida foi. Na Volta 50 o piloto Graham Rahal teve problemas em uma relargada e perdeu parte do carro abandonando a corrida na reta dos boxes provocando mais uma bandeira amarela. Voltas depois James Hinchcliffe acabou recebendo uma pancada de uma peça de um carro que voou na frente dele e acabou deixando a corrida e depois foi diagnosticado com uma concussão e é dúvida para as 500 milhas de Indianápolis.

Foto: indycar – Acidente de Martin Plowman que atropelou Franck Montagny

A decisão da corrida aconteceu com a bandeira amarela com vários pilotos arriscando não parar, entre eles Oriol Servia, Simon Pagenaud e Ryan Hunter-Reay. Já Hélio Castroneves que completava 39 anos no sábado preferiu parar apostando que os que não pararam teriam de fazer a parada, As coisas conspiraram para uma vitória do piloto Brasileiro, na parte final não teve bandeira amarela o que fez todos que apostaram nessa tática de não parar mais terem de fazer uma parada rápida para completar o tanque, Mas Simon Pagenaud e Ryan Hunter-Reay fizeram a tática funcionar, Com um grande desempenho e largando da 4ªposição o piloto Francês da San Schmidt conquistou a vitória no primeiro GP de Indianápolis no circuito misto. Já Ryan Hunter-Reay da Andretti fechou a prova em segundo e Hélio Castroneves da Penske teve uma belíssima atuação e aparecendo no momento certo na corrida acabou em 3ºlugar, Bem perto de Castroneves veio Sebastian Bourdais com o carro da KV Racing em 4ºlugar.

Destaque para o Inglês Jack Hawksworth que fez bela corrida e que merecia posição melhor que o 7ºlugar, Já Tony Kannan ficou em 10ºlugar, Infelizmente Tony vem deixando a desejar até agora na Ganassi pois se imaginava que o piloto Brasileiro poderia fazer um grande trabalho numa equipe grande como a Equipe de Chip Ganassi. Daqui a 2 semanas teremos as 500 milhas de Indianápolis, prova mais tradicional do mundo do automobilismo mundial.

Resultado Final do GP de Indianápolis da Formula Indy