Vettel acaba vencendo em Albert Park ao aproveitar o Safety Car Virtual

Uma nova temporada começa e o vencedor foi o mesmo do ano passado. Apesar disso a emoção foi diferente para Sebastian Vettel que largou em 3ºlugar e acabou parando na hora certa por causa do inacreditável problema com a parada dos dois pilotos da equipe Haas e resistindo aos ataques do Hamilton na hora certa.

Na largada tudo foi calmo. Hamilton manteve a liderança com Raikkonen e Vettel logo atrás e Kevin Magnussen que largou muito bem e acabou passando Max Verstappen, Grosjean completava os 6 primeiros lugares. Uma largada limpa em Melborne, Algo raro de acontecer. Apenas Brendon Hartley da Toro Rosso que deve ter tido algum toque e por isso ele parou nos boxes para uma parada antecipada.

Na 6ªVolta a primeira ação de prova acontece, Com a ultrapassagem de Daniel Ricciardo sobre Hulkenberg, Ultrapassagem valeu o 7ºlugar, Já Verstappen não estava conseguindo nem se quer fazer uma tentativa em cima de Magnussen. O Russo Serguei Sirotkin com a Williams e o Sueco Marcus Ericsson (que fez um 3ºtreino aproveitando da secagem da pista no FP3) com a Sauber acabaram por deixar a prova ainda no começo.

Na 10ªVolta, Max Verstappen roda após passar a roda na grama e perdeu 3 posições. Grosjean, Ricciardo e Hulkenberg se beneficiaram desse erro e acabou jogando o piloto da Red Bull para o 8ºlugar. 1 volta antes disso: Bottas ultrapassou Ocon e estava em 13ºlugar.

Na Volta 15, Gasly acusa os problemas de motor Honda e acaba indo para os boxes bem lentamente para abandonar a prova. Enquanto isso Hamilton mantinha 3 segundos de vantagem para Kimi Raikkonen que começava a forçar o ritmo de prova para baixar a diferença entre os dois, Vettel estava 2 segundos atrás, No 3ºlugar, Sem dar mostras de partir para cima dos dois. Enquanto isso, Trabalho exemplar de Magnussen e Grosjean estavam em 4º e 5ºlugar, ficando na frente de Ricciardo que não conseguia ainda realizar uma tentativa de ultrapassagem sobre o piloto Francês, Tanto mais para o Dinamarquês.

Na volta 18 Raikkonen vai para os boxes, Esse foi o aviso para Hamilton também entrar nos boxes na volta seguinte. Isso garantiu que o inglês ficasse na frente de Raikkonen. Vettel assumiu a liderança e tentaria ficar algumas voltas a mais para tentar algo que desse a possibilidade de disputar o 2º ou até mesmo a liderança mais tarde.

Sem conseguir sair do 8ºlugar, Verstappen vai para a sua troca na 22ªVolta e volta em 14ºlugar. A partir dai, O resto da turma vai para os boxes nessa parte da prova. E ai acontece algo que eu considero absolutamente inacreditável.

Na 23ªVolta, Kevin Magnussen foi para a sua parada, Tudo normal e ele volta a pista. Só que metros depois ele fica lento na pista e acaba encostando na área de escape da curva 4. 2 voltas depois foi a vez de Grosjean fazer a parada e aconteceu a mesma coisa, Ele saiu dos boxes, Ficou lento e encostou após a curva 2. Algo que nunca vi acontecer, A equipe ficou desesperada, Era a possibilidade do melhor resultado da história da escuderia norte-americana.

O Safety Car virtual foi acionado, Os pilotos que não tinham parado foram para os boxes. Vettel aproveitou a hora certa, Na volta 26 ele foi para os boxes, Fez a parada e acabou voltando a frente de Lewis Hamilton e retornou a liderança. Outros beneficiados foram Fernando Alonso da Mclaren e Valtteri Bottas com a Mercedes que ganharam posições por causa dessa parada com o SCV que se tornou Safety Car devido à posição do carro da Haas.

Com isso, todos se juntam e Hamilton poderia tentar ultrapassar Vettel. Alonso reclamou com razão da manobra do piloto Holandês que depois de algum tempo acabou devolvendo a posição ao Príncipe das Astúrias.

Na 32ªVolta, A prova reiniciou com Hamilton tentando a aproximação em cima de Vettel. Mais atrás Hulkenberg tenta aproximação em cima de Verstappen, Mas logo o Holandês começou a pressionar Alonso, buscando o 5ºlugar. Pela distância de carro poderia ser fácil essa missão…

… Mas Alonso de forma nenhuma iria facilitar mesmo tendo um carro 1 segundo por volta mais lento que o carro da Equipe Austríaca.

Lá na frente Hamilton buscava atacar Vettel, Mas voltas depois é avisado que o seu Motor estava superaquecendo e que ele deveria dar um respiro lá na frente, Já Daniel Ricciardo pressionava Raikkonen. Queria fazer pódio na sua casa, Já Alonso não deixava Verstappen ter qualquer chance de ultrapassá-lo. Continuava firme e forte em um 5ºlugar que a Mclaren não conseguiu no ano passado com o Motor Honda.

Vettel fez a volta mais rápida na 45ªVolta: 1:26.785, Na Volta seguinte Hamilton respondeu com 1:26.523 e foi para cima de Vettel, Na Volta 47, Porém o inglês trava os pneus na curva 8 do Circuito e acaba perdendo 2.5 segundos do piloto Alemão que ganhava um respiro na liderança. Hamilton teria de buscar de novo a diferença e lutar pela vitória. Lewis Hamilton tenta alcançar Vettel, Chegou a baixar a vantagem para 1.2 segundos…

… Mas os seus pneus começam a apresentar problemas e ele trata de salvar o segundo lugar que começava a ficar ameaçado por Raikkonen que segurava Ricciardo, Faminto pelo pódio (Fazendo a volta mais rápida da prova: 1:25.945). Enquanto Verstappen buscava suas últimas fichas para superar Alonso.

Vettel foi tranquilo no final para a sua vitória de número 48 da carreira e o seu 100ºpódio da carreira (Primeiro pódio foi na Vitória do GP da Itália em 2008) E larga na frente na disputa do título de 2018. Lewis Hamilton segurou o 2ºlugar, Um pouco mais de 1 segundo a frente de Kimi Raikkonen que segurou a 3ªposição.

Por muito pouco o Australiano Daniel Ricciardo não chega ao pódio na sua casa, O 4ºlugar em uma bela prova de recuperação após largar do 8ºlugar. O seu tão sonhado pódio em casa(Sem contar o pódio que tiraram dele em 2014 com a desclassificação do 2ºlugar em 2014) vai ter de esperar por mais uma temporada.

Fernando Alonso conseguiu segurar por 26 voltas ao jovem Max Verstappen e mostra com menos carro que ainda é o bicampeão e um dos melhores pilotos da categoria. Verstappen em 6ºlugar foi o ponto negativo da prova. Após a rodada e sem fazer uma tentativa decisiva de ultrapassagem ele ficou até no lucro com essa posição

Nico Hulkenberg levou a Renault a uma boa 7ªposição e Valtteri Bottas que largou do 15ºlugar chegou em 8º. Esperava uma recuperação melhor do piloto da Mercedes.

Stoffel Vandoorne com a Mclaren e Carlos Sainz com a Renault tiveram corridas corretas e completaram a zona de pontuação. A Force India diferente dos outros anos começa o ano de forma discreta, Sergio Perez e Esteban Ocon levaram seus carros para o 11º e 112ºlugar.

Charles Leclerc com a Sauber, mostrou seu talento provado com o título da Formula 2 no ano passado. Ficando na frente de Lance Stroll com a lamentável Williams que pode substituir a Mclaren-Honda como a gigante que fica dando fiasco. O 14ºlugar e desesperador para um time que tem a dupla mais inexperiente do Grid. Brendon Hartley com a Toro Rosso-Honda fez uma corrida apagada, mas levou o carro até o final no que é importante para o estágio que esta a Honda e a equipe nesse ano de experimento.

Daqui a 2 semanas teremos a segunda etapa do Campeonato: GP do Bahrein,No circuito de Sahkir.

Resultado final do GP da Austrália de Formula 1
58 Voltas – Melbourne – Albert Park

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:29:33.283 3
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ a 5.036s 1
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO a 6.309s 2
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer a 7.069s 8
5 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 a 27.886s 10
6 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer a 28.945s 4
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 a 32.671s 7
8 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ a 34.339s 15
9 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 a 34.921s 11
10 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 a 45.722s 9
11 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ a 46.817s 12
12 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ a 1:00.278s 14
13 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO a 1:15.759s 18
14 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ a 1:18.288s 13
15 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H a 1 Volta 16
8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO a 34 Voltas 6
20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO a 36 Voltas 5
10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H a 45 Voltas 20
9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO a 53 Voltas 17
35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ a 54 Voltas 19

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Mclaren/Toro Rosso/Renault/Haas/Williams/Red Bull

Hamilton conquista a pole após volta arrebatadora no final

Lewis Hamilton, Conquistou sua pole de número 73 da sua carreira na Formula 1. Abrindo a temporada com chave de ouro e fazendo a melhor volta da história do Circuito de Albert Park. (Nunca ninguém fez na história desse circuito um tempo de 1 minuto e 21 segundos, Algo impensável a 10 anos atrás)

No Q1, O que se previa em temos de nível das equipe aconteceu, Mas não da forma como se esperava: As Sauber muito atrás das outras equipe, Porém não aconteceu.Marcus Ericsson e Charles Leclerc chegaram a sonhar com a possibilidade de entrar no Q2. Por muito pouco ficaram de fora, largam em 17º e 18ºlugares.

Entre eles ficaram atrás o Russo Sergei Sirotkin com a Williams, Uma estreia muito desapontadora da equipe de Grove e principalmente do Russo e do Francês Pierre Gasly que assim como Brendon Hartley ainda sofrem com a falta de potência dos motores Honda. O Neozelandês foi o primeiro dos pilotos Eliminados. A Force India confirmou que não esta forte nesse começo de temporada e que Alonso e a Mclaren estava de novo entre os Top 10.

Hamilton foi o mais rápido com Raikkonen em segundo e Vettel em 3º

Resultado do Q1:

Piloto Equipe Tempo
44 Lewis Hamilton Mercedes 1:22.824
7 Kimi Räikkönen Ferrari 1:23.096
5 Sebastian Vettel Ferrari 1:23.348
33 Max Verstappen Red Bull Racing TAG Heuer 1:23.483
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing TAG Heuer 1:23.494
55 Carlos Sainz Renault 1:23.529
14 Fernando Alonso McLaren Renault 1:23.597
8 Romain Grosjean Haas Ferrari 1:23.671
77 Valtteri Bottas Mercedes 1:23.686
27 Nico Hulkenberg Renault 1:23.782
20 Kevin Magnussen Haas Ferrari 1:23.909
2 Stoffel Vandoorne McLaren Renault 1:24.073
11 Sergio Perez Force India Mercedes 1:24.344
18 Lance Stroll Williams Mercedes 1:24.464
31 Esteban Ocon Force India Mercedes 1:24.503
28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso Honda 1:24.532
9 Marcus Ericsson Sauber Ferrari 1:24.556
16 Charles Leclerc Sauber Ferrari 1:24.636
35 Sergey Sirotkin Williams Mercedes 1:24.922
10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso Honda 1:25.295

No Q2, O desempenho da Ferrari melhorou e Sebastian Vettel marcou 1:21.944, Nesse momento o piloto Alemão se tornava o recordista do circuito. Detalhe, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas não usaram os pneus ultra macios para fazerem seu tempos no Q2 e terão vantagem para a corrida amanhã. Com pneus mais resistentes no inicio de corrida.

Max Verstappen ficou a frente de Raikkonen mostrando força dele e da Red Bull nessa temporada e Daniel Ricciardo fechando os 6 pilotos das 3 grandes equipes desse mundial.

As 4 outras vagas ficaram com a Renault: Carlos Sainz em 7º e Nico Hulkenberg em 10º após passar reto pela primeira curva na sua primeira tentativa. O piloto Alemão salvou o seu treino. E a Hassa colocando seus dois pilotos na fase final de treinamento. Kevin Magnussen ficou na frente de Romain Grosjean.

Terminaram ficando de fora do Q3: Fernando Alonso e Stoffel Vandoorne, Com a Mclaren-Renault ainda não foi o bastante para entrar entre os 10 primeiros colocados, A Force India com o Perez em 13º e Ocon em 15º não tinham muito o que fazer. Entre eles o Canadense Lance Stroll leva a Williams a uma digna 14ªposição.

Piloto Equipe Tempo
5 Sebastian Vettel Ferrari 1:21.944
44 Lewis Hamilton Mercedes 1:22.051
77 Valtteri Bottas Mercedes 1:22.089
33 Max Verstappen Red Bull Racing TAG Heuer 1:22.416
7 Kimi Räikkönen Ferrari 1:22.507
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing TAG Heuer 1:22.897
55 Carlos Sainz Renault 1:23.061
20 Kevin Magnussen Haas Ferrari 1:23.300
8 Romain Grosjean Haas Ferrari 1:23.468
27 Nico Hulkenberg Renault 1:23.544
14 Fernando Alonso McLaren Renault 1:23.692
2 Stoffel Vandoorne McLaren Renault 1:23.853
11 Sergio Perez Force India Mercedes 1:24.005
18 Lance Stroll Williams Mercedes 1:24.230
31 Esteban Ocon Force India Mercedes 1:24.786

Q3

A Expectativa da disputa da pole position acabou sendo abortada com um fortíssimo acidente que o Finlandês Valtteri Bottas acabou lindo para a grama na curva um e acabou indo para o muro na curva seguinte. Treino paralisado por pelo menos 10 minutos para a limpeza do circuito.

Faltando 9 minutos para o final o treino recomeça e os 5 pilotos das 3 principais equipes vão para a pista para decidirem a parada. Hamilton acaba fazendo o melhor tempo, Vettel parecia que iria conseguir superar o piloto inglês com duas melhores parciais, Mas acabou perdendo tempo e fazendo apenas 1:22.085 contra o 1:22.051 do piloto da Mercedes. Max Verstappen vinha perto dos dois, Em 3ºlugar com 1:22.112. Raikkonen e Ricciardo vinha logo a seguir.

Restando 4 minutos para o final: Sainz, Hulkenberg, Grosjean e Magnussen foram para a pista para decidirem a parada entre o 6º e o 9ºlugar. Nessa disputa em particular, Quem levou a melhor foi Kevin Magnussen com a Haas, Que se revelou um carro muito bom para o circuito Australiano (Lembrando que foi nesse circuito a 2 anos que a equipe estreou marcando pontos com o 6ºlugar de Romain Grosjean) Depois vieram Romain Grosjean, e os pilotos da Renault com Hulkenberg a 45 milésimos a frente de Carlos Sainz jr.

A 2 minutos do final os favoritos saíram para a volta decisiva!

Daniel Ricciardo que vai perder 3 posições por excesso de velocidade na bandeira vermelha no 2ºTreino Livre ficou com 1:22.152 e vai largar em 8ºlugar devido a penalização. Na segunda fila largam Sebastian Vettel e Max Verstappen. Ambos não conseguiram fazer o melhor deles nas suas voltas rápidas derradeiras. Na frente dos dois larga o Homem de Gelo, Kimi Raikkonen marcou 1:21.828, 10 milésimos a frente de Vettel e 51 milésimos a frente de Verstappen.

Kimi só não pode ser mais rápido que Hamilton, Que marcou 1:21.164 e com o melhor tempo da história do Circuito de Albert Park marcou sua 73ªpole da Carreira. A Média de velocidade nessa passagem incrível foi de 235,212 km/h de média horária. Com o desempenho que se mostrou hoje, Hamilton é o favorito a vitória amanhã.

A partir das 2 horas da Manhã, Horário de Brasília teremos a largada para a primeira etapa do Mundial de Formula 1. O Campeonato 69 da história e o 2ºcampeonato comandado pela Liberty Média.

Grid de Largada do GP da Austrália
1ªEtapa – Melbourne – Albert Park

Pos Piloto Equipe Tempo Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes 1:21.164 20
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari 1:21.828 17
3 5 Sebastian Vettel Ferrari 1:21.838 20
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing TAG Heuer 1:21.879 18
5 20 Kevin Magnussen Haas Ferrari 1:23.187 17
6 8 Romain Grosjean Haas Ferrari 1:23.339 17
7 27 Nico Hulkenberg Renault 1:23.532 16
8 3 Daniel Ricciardo (pun – 3) Red Bull Racing TAG Heuer 1:22.152 17
9 55 Carlos Sainz Renault 1:23.577 17
10 77 Valtteri Bottas Mercedes Sem Tempo 16
11 14 Fernando Alonso McLaren Renault 1:23.692 14
12 2 Stoffel Vandoorne McLaren Renault 1:23.853 14
13 11 Sergio Perez Force India Mercedes 1:24.005 14
14 18 Lance Stroll Williams Mercedes 1:24.230 13
15 31 Esteban Ocon Force India Mercedes 1:24.786 16
16 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso Honda 1:24.532 8
17 9 Marcus Ericsson Sauber Ferrari 1:24.556 9
18 16 Charles Leclerc Sauber Ferrari 1:24.636 9
19 35 Sergey Sirotkin Williams Mercedes 1:24.922 8
20 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso Honda 1:25.295 7

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Renault/Sauber