Como chamar mais equipes e Aumentar o Grid da Formula 1 – Equipes de Formula 2 sendo Equipes CRT da Formula 1

A Formula 1, Sendo a maior categoria do automobilismo mundial tem no meu modo de ver muitos poucos assentos. 20 carros no Grid e sem uma expectativa em curto prazo de uma nova equipe entrar na categoria. Os custos não são só proibitivos, Como são totalmente excludentes para quem não tem uma fábrica por trás. Só entra equipes com uma Forte Parceira (No Caso da Haas) ou com uma fábrica como foi no caso da Renault que voltou em 2016.

Ao terminar o 13ºcampeonato da GP2 Series/Formula 2, Resolvi fazer um Exercício. Quanto cada equipe ganharia se tivesse premiação por ponto na categoria de acesso a Formula 1

De 2005 a 2011 a Pontuação foi essa:

1ªCorrida – Pontos 2ªCorrida – Pontos
1ºLugar 10 6
2ºLugar 8 5
3ºLugar 6 4
4ºLugar 5 3
5ºLugar 4 2
6ºLugar 3 1
7ºLugar 2
8ºLugar 1
Pole 2
Melhor Volta 1 1

De 2012 até hoje a Pontuação é essa:

1ªCorrida – Pontos 2ªCorrida – Pontos
1ºLugar 25 15
2ºLugar 18 12
3ºLugar 15 10
4ºLugar 12 8
5ºLugar 10 6
6ºLugar 8 4
7ºLugar 6 2
8ºLugar 4 1
9ºLugar 2
10ºLugar 1
Pole 4
Melhor Volta 2 2

Premiação deles conforme a pontuação de 2005 até 2017:

Contando os critérios da premiação:

De 2005 até 2011 : 12 mil dólares por ponto marcado
De 2012 até hoje: 5 mil dólares por ponto marcado

ART Grand Prix U$ 18.296.000
DAMS U$ 12.411.000
Racing Engineering U$ 11.897.500
iSport International U$ 7.892.000
Arden International U$ 7.032.000
Russian Time U$ 6.435.000
Rapax U$ 4.850.000
Campos Racing U$ 4.715.000
Barwa Addax Team U$ 4.711.000
Super Nova Racing U$ 4.356.000
Carlin U$ 4.293.000
Trident Racing U$ 4.157.000
Prema Racing U$ 4.050.000
Hitech/Piquet Racing U$ 3.840.000
Coloni Motorsport U$ 2.724.000
Caterham Team AirAsia U$ 2.103.000
MP Motorsport U$ 1.780.000
Durango U$ 1.140.000
Hilmer Motorsport U$ 1.035.000
David Price Racing U$ 1.024.000
BCN Competición U$ 792.000
Ocean Racing Technology U$ 790.000
Venezuela GP Lazarus U$ 315.000
Status Grand Prix U$ 300.000

Em Negrito as equipes que disputaram a Formula 2 em 2017.

7vgbmg9w o
A ART Grand Prix pode hoje muito bem virar uma equipe CRT na Formula 1.

O que ponto você quer chegar? Então eu vou falar: Não tá na hora de liberarem uma venda de chassis antigos e de Motores Antigos para essas equipes de GP2/Formula 2.

Se eu fosse a Liberty Média eu faria a proposta para as principais equipes da Formula 2 para participarem do campeonato como equipes clientes, com carros comprados das outras equipes. Poderiam entrar no campeonato apenas com um carro no campeonato inteiro. Acredito que verba eles teriam com 1 carro na pista apenas.

Quanto custaria uma equipe como essa que eu proponho: Eu usei o melhor dos cenários em termos de competitividade com o mais elevado custo para uma equipe que quer ser competitiva em alto nível. (Todos os valores são em Dólar) U$

Custos
Manutenção da Estrutura U$ 4.000.000
Salário de Funcionários U$ 9.000.000 (150 empregados)
Despesas com Alimentação e eventos U$ 1.000.000
Compra dos chassis (2 carros) U$ 2.000.000
Motores de ano anterior U$ 10.000.000/15.000.000
Outros Gastos U$ 1.000.000
Gasto com Combustivel e Lubrificantes U$ 1.000.000
Transporte rodoviário U$ 300.000
Carros em corrida U$ 7.500.000
Pesquisas e Desenvolvimento U$ 7.500.000
Salário dos pilotos U$ 2.000.000
Tunel de Vento U$ 5.000.000
Gastos com viagens e hospedagem U$ 6.000.000
Fabricação dos carros (Apenas as peças do carro) U$ 8.000.000
Corpo Técnico da Equipe U$ 6.000.000
Total U$ 70.300.000 a 75.300.000

Também fiz esse Calculo vendo se essa equipe CRT é uma equipe média

Custos
Manutenção da Estrutura U$ 2.500.000
Salário de Funcionários U$ 6.000.000 (100 Empregados)
Despesas com Alimentação e eventos U$ 800.000
Compra dos chassis (2 carros) U$ 1.600.000
Motores de ano anterior U$ 10.000.000/15.000.000
Outros Gastos U$ 900.000
Gasto com Combustivel e Lubrificantes U$ 900.000
Transporte rodoviário U$ 250.000
Carros em corrida U$ 6.000.000
Pesquisas e Desenvolvimento U$ 6.000.000
Salário dos pilotos U$ 1.000.000 (Ou Pagante)
Tunel de Vento U$ 3.000.000
Gastos com viagens e hospedagem U$ 4.000.000
Fabricação dos carros (Apenas as peças do carro) U$ 6.000.000
Corpo Técnico da Equipe U$ 4.000.000
Total U$ 51.950.000 a 57.950.000

E fiz também com uma equipe CRT pequena

Custos
Manutenção da Estrutura U$ 1.500.000
Salário de Funcionários U$ 4.000.000 (60 empregados)
Despesas com Alimentação e eventos U$ 600.000
Compra dos chassis (2 carros) U$ 1.400.000
Motores de ano anterior U$ 10.000.000/15.000.000
Outros Gastos U$ 800.000
Gasto com Combustivel e Lubrificantes U$ 800.000
Transporte rodoviário U$ 200.000
Carros em corrida U$ 4.000.000
Pesquisas e Desenvolvimento U$ 4.000.000
Salário dos pilotos U$ 500.000 (Ou Pagante)
Tunel de Vento U$ 1.500.000
Gastos com viagens e hospedagem U$ 2.000.000
Fabricação dos carros (Apenas as peças do carro) U$ 3.000.000
Corpo Técnico da Equipe U$ 2.000.000
Total U$ 35.800.000 a 41.300.000

Considerando esses números, é Bem possível que pelo menos duas equipes da GP2 Series e outras duas equipes vindas de outras categorias possam entrar na Formula 1 daqui a alguns anos. Caso isso aconteça, Teremos 24 carros no grid em breve.

A Formula 1 ganharia com essas mudanças. teria mais possibilidades de temos os melhores pilotos do Mundo por ter mais carros no Grid. Poderíamos ter novas equipes que seriam pequenas em um primeiro momento, Mas com o decorrer dos anos essas equipes podem se tornar em construtoras de carros.

Esacoriz o
Hoje, A Sauber luta para sobreviver na Formula 1. Ao invés de disputar o campeonato

Não é mais possível a Formula 1 ter esse tipo de custos para sempre. A maioria das equipes esta de pires na mão. Precisando de pilotos pagantes ao invés de procurar os melhores pilotos e se vendendo a qualquer custo para completar o orçamento para a temporada. Também visto que as equipes não aceitam fazer patrocinadores temporários? Porque falar que só vamos colocar o patrocinador com determinado valor.

Zqcf7z2v o
Enquanto não tivemos um redução de custos e uma divisão mais justa de dinheiro a Mercedes vai continuar a dar as cartas na Formula 1.

O Caso da LCR Honda na Moto GP, Ela decidiu angariar pequenos patrocinadores, Com valores menores, Mas sempre tinha patrocínio em todas as corridas. Desta forma, Lucio Cecchinello conseguia os recursos para ser competitivo na principal categoria da Motovelocidade.

Cakxhxrx o
Não tendo grandes patrocinadores e tendo seus patrocínios negociando de corrida a corrida faz com que a LCR Honda seja uma equipe competitiva na MotoGP.

O Caminho não vai fugir disso, A tecnologia pela tecnologia já não atrai mais o público em geral. A disputa é que vai fazer isso. A Liberty Média já percebeu isso, Mas será que eles vão resolver esses problemas? Só veremos isso no futuro. Eu espero que esse futuro seja em breve.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: GP2 Series/Sauber/Mercedes/MotoGP

Muitos Unicórnios e nenhuma verdade – Coluna de Deivison Conceição


Esse Samba é uma narrativa da decadência da Sociedade que vivemos no Brasil e no Mundo!

A Cada dia uma nova verdade querendo se sobrepujar a verdade de fato e de direito. Cada dia agente ver a história ser desconsiderada por todos os fatores disponíveis nos dias de hoje.

E uma certa desonestidade desconsiderar a verdadeira história da Humanidade por causa de uma babaquice de Briga política e por causa da sua fé, da sua opção Sexual, Cor da Pele. Tentam disfarçar seu ódio dizendo que é apenas opinião, Quando na verdade isso é sim um discurso de ódio.

Essa desconstrução dos seres humanos é tão real como os Unicórnios de onde estou vendo pessoas aos montes se fantasiando. Unicórnio é um animal mitológico que acabou não indo para a Arca de Noé. Por isso foi extinto.

Até mesmo na Formula 1, Estou vendo tantas verdades como unicórnios. Mesmo com a Liberty Mídia prometendo mudar a Formula 1 para melhor, Eu ainda sou cético e acho que a mudança não vai vim de uma hora para outra e não vai vim de maneira satisfatória. Nós poderíamos ter tornado o esporte mais justo.

Se Formula 1 tivesse punido Briatore, Symonds e Nelsinho Piquet com a Exclusão definitiva deles no Automobilismo – Poderíamos rasgar a dominatrix da hipocrisia no Esporte a Motor.

Se em 2010 a Ferrari fosse impedida de Participar do GP da Itália daquele ano pelo Covarde jogo de equipe no caso do “Fernando is Faster Than You!” A Ferrari rasgando o regulamento na cada de todo mundo e a FIA liberando o jogo de equipe. Pior que isso! Emerson Fittipaldi muito complacente com esse jogo de equipe, (Nessa Época, ele defendeu o jogo de equipe!) e No ano seguinte, O jogo de equipe estava de volta liberado para o mundo inteiro ver.

Faltou pulso Firme para a Ferrari ser severamente punida no caso do jogo de equipe em 2010.

Se em 2015 a Formula E tivesse feito vistas grossas para a entrada do Nelsinho Piquet! Não só isso, Como se tivesse usado a lógica e tivesse tido a vergonha de devolver a vitória para o Di Grassi em Berlin (Aquele caso até hoje me cheia a política) Não teríamos um campeão que desse tão mal Exemplo para as futuras Gerações.

Se em 2016 a Imprensa continuasse falando que era um absurdo que o Kyvat fosse substituído. Mesmo com a Vitória do Verstappen. (Acredite, Eu vi o pessoal Twitando: Realmente eles erraram no caso do Verstappen. Era para terem substituído o piloto 4 corridas antes) Visto que o trabalho do piloto Russo não era um trabalho ruim a ponto dele ser rebaixado para a Toro Rosso. (Se quisessem fazer isso, Que esperassem até o final do ano ou se ele tivesse um desempenho bem ruim que esperassem até a metade do campeonato para fazerem a Substituição)

Se agente tivesse a vergonha na cada de falar, Que a Formula 1 não pode ter uma pessoa tendo duas equipes ao mesmo tempo na mão. (Como dono) passei a ser contra a Red Bull controlar 2 equipes. É como eles violassem o regulamento. Usando 4 carros ao invés de 2. Eles podem fazer a equipe Filial (Que mais uma vez vai servir de cobaia para testar o motor Honda que certamente em 2019 ou 2020 vai estar na Red Bull) o que quiser, Até mesmo prejudicar as Mercedes e a Ferrari em determinadas corridas. Mandando seus pilotos segurarem demasiadamente o avanço dos adversários.

Se tivéssemos tido a vontade, Poderíamos ter um esporte mais limpo e não ficamos falando de lamentáveis jogos de equipe e de mal caráter nos Esporte a Motor, Pelo contraio, Vimos que o Esporte a Motor no Brasil esta começando a darem sinais claros de Fascismo, Tanto é que já tem pilotos (E não só um, Mais já vejo uns 5 pilotos) Que certamente vão declarar apoio ao Fascista do Jair Bolsonaro. Em um país que se tem o Racismo, Machismo, Cultura do Estupro, Homofobia, Descriminação dos Indígenas e de minorias na Sociedade.

Gabriel Casagrande tem o direito de  apoiar qualquer candidato. Até mesmo um anti-Petista que não estaríamos falando nada, Mas ao partir do Momento que apoia um homem como Bolsonaro (Que exalta torturadores, que tem desapreço com a democracia e que defende a indefensável ideia de que nunca houve ditadura militar). O seu apoio merece Repúdio de todos que apreciam a democracia no Brasil.

Tudo isso é que o Bolsonaro representa: Uma política que segrega o Brasil em um mar de ódio. Aconteceu isso a 80 anos atrás na Alemanha quando Adolf Hitler comandava o país e foi o que se viu. Hoje, eu vejo que Bolsonaro como um político semelhante a esse terrível personagem da história da Humanidade, Como já disse em várias colunas do perigo que esse homem representa.

Acredito que vivemos hoje uma decadência da sociedade, Pior ainda no Brasil aonde as coisas mais Bizarras acontecem e as pessoas mais sensatas não acreditam no que acontece. Acho que é por isso que estamos sem pilotos Brasileiros na Formula 1. Por isso que não temos mais categoria de Formula para os pilotos se formarem.

O nosso Campeonato Brasileiro de Futebol é ruim. Exemplo disso: É o Palmeiras ser louvado como a última coca-cola, (Na verdade é uma espécie de Real Madrid do Paraguai) É na verdade era a nata da porcaria do 2º e 3ºescalão. (Salvo alguma exceção) O Grêmio para mim é mais time do que o Palmeiras. O Corinthians (Apesar de odiar esse time assim como o Flamengo) foi eficiente, Dentro das suas limitações, Mas o conjunto fez do Corinthians ser o campeão.

Vejam esse Documento Especial falando da Decadência do Futebol Brasileiro

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Vídeo: Rafael Pessanha

Ouçam o programa Programa Sports WebRadio sobre a decadência do Futebol Brasileiro nesse link aqui

O melhor time do Brasil passa longe de competir com os melhores times da Europa. O Flamengo na Premier League? Brigaria para não cair para a segunda divisão. O Grêmio brigaria por meio de tabela. Quem sabe por um 8º até 7ºlugar no ano de sorte.

Na política, O povo tem a chance de mudar os governantes, Mas prefere escolher os velhos de sempre Porque o povo ganha cesta básica ou usa da demagogia para vencer a eleição. Pior é quando se mistura política com religião. Como aconteceu em 2016, No Rio de Janeiro: O projeto do Marcelo Freixo no segundo turno tinha um projeto infinitamente melhor do que o Projeto Fundamentalista do Marcelo Crivella. Além de ser um político muito mais respeitável no Brasil.


Esse é o político que diz que não mistura política com Religião! Quase 1 ano de governo dele e já estou pedindo para alguém mover um processo de Impeachment para tirar esse desprefeito do Cargo! Não me esqueço dessa música dele desrespeitando a Igreja Católica. Se faz isso com os Católicos, O que ele não pode fazer com as religiões Afro-Brasileiras e outras Religiões? – Vídeo: TUDO NOTICIAS

O Resultado foi que o povo caiu nas falácias do Crivella que ganhou as eleições, Jamais imaginaria isso. É um fim da picada e a partir dai passo a questionar se a população quer mesmo ter melhores condições de vida ou o negócio é continuar se importante só com eles mesmo em detrimento de uma sociedade. Cada vez me convenço mais e mais de que a população prefere sofrer!


Vídeo: David Miranda

E eu estou pessimista, Com as eleições de 2018. Muito pessimista, Tenho poucas boas opções, Algumas opções apenas regulares e 2 candidatos medíocres, (Lula e Bolsonaro) com candidaturas fortíssimas que seriam um completo desastre a vitória dessas candidaturas (De um lado, Um demagogo que apesar das conquistas da população teve no seu governo, Acabou de um certo modo operando um esquema de corrupção no Brasil. Do outro lado, Um saudoso de 1964 que tem tendências Ao Nazi Fascismo chegando a um possível Adolf Hitler tupiniquim.)

Vocês acham que o extremismo vai ajudar o Brasil a mudar. Vocês estão muito enganados. Com eles dois no poder, Tudo vai ficar pior. O Extremismo de ambos os lados pode acabar (Se é que não já esta acabando com o Brasil) com o País.

Eu realmente achei de verdade, Que por conta do Acidente que aconteceu com a Chapecoense que ceifou a vida de 71 pessoas. Que a onda de ódio iria acabar, Pelo que se ver essa onda maldita não diminuiu. Ela somente aumentou e isso só vai levar o país para a completa destruição. Alias umas das únicas coisas felizes que aconteceram de bom para mim nesse ano foi a fato de eu ter visto e torcido pela Chapecoense que se livrou de um rebaixamento, Que era praticamente certo devido a tudo que aconteceu. (Particularmente me lembro muito dos dias de luto, Dos dias em que o Brasil esqueceu da guerra política e pseudomoralista que vivemos nos dias de hoje.

Vibrei com cada vitória dos guerreiros da Arena Condá e fiquei triste com cada derrota que eles sofriam. Ficarei feliz da vida se eles chegarem na libertadores e fazerem a campanha que eles merecem. Até sonho com o título da Libertadores e no Mundial Interclubes a Chape ganhar do PSG de Neymar. É difícil de acontecer, Mas nada poderia ser impossível! Nada deve parecer impossível de Mudar!

Nada, Nem no Futebol, Automobilismo, No Brasil e na sua vida. Mas isso depende de você quer transformar o Mundo, (E se prepara para muita gente te chamar de maluco, Que você esta enlouquecendo e para você se aclamar. Pois a maioria das pessoas estão confirmadas com o Mundo que está) da Forma que esta a humanidade só ganha com isso pessoas hipócritas e que só olham para elas mesmos, Sem se importar com as outras pessoas que sofrem com o descaso de tudo que vivemos.

Então é isso. Espero que nesse final de ano que a vida melhore para todos nós. Que o Brasil possa melhorar e que o Mundo possa melhorar. Sem Temermos nada, Sem Temermos transformar e mudar tudo.

Fabiana Freire – Espero que um dia você volte a ser minha amiga! Se possível leia esse texto e fale comigo. Estou com saudades de você.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Chapecoense/Toro Rosso/Ferrari/Moda de Amanhã

Última vez sem o Halo, Ultima vez que um Formula 1 será um Formula 1?

Nesse final de semana vai ser a última corrida da temporada 2017 – O GP de Abu Dhabi, Que marca a última corrida dos carros sem a proteção de Cabeça. Aquela coisa horrorosa chamada Halo, Algo que além de feio, Não protege de forma eficiente o piloto. Mais o fato de ter a visão dividido em 2 piora ainda mais esse elemento que vai ser implantado em 2018.

Realmente eu não acredito que isso possa ser decisivo para salvar a vida de um piloto. É excesso de precaução que vai acabar tirando público da categoria. Hamilton falou em 2016 que o Halo vai ser a “pior mudança visual da F1” e ontem ele falou que 2017 será o último ano com os carros de Formula 1 bonitos, Que de 2018 em diante o conceito estético dos carros vai ladeira abaixo.

Igbkc4rc o

Apesar de Ressaltar a segurança do carro com esse Halo as criticas são inevitáveis. Sem dúvida ao abrir a temporada de 2018 provavelmente muitos vão estranhar os novos carros de Formula 1. Eu sou a favor que de o Halo seja opcional e não uma obrigação. Quem quiser usar? Use e quem não quiser, Não precisa usar.

Carros da Década de 1970 eram de estética bizarra com as suas tomadas de ar. Apesar dessa época ser marcada por grandes e épicas disputas. Também era marcada por essas bizarrices ambulantes, Voltar a ter um carro bizarro em 2018 não acho um exagero, Se querem reviver a Formula 1 do passado e tornar ela atrativa para o público: Senhores, Vocês estão fazendo da Forma errada.

Bvkiiswf o

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Formel1mic

Esporte a Motor no Brasil entregue as Moscas – Coluna de Deivison Conceição

O triste relato do Automobilismo Brasileiro é apenas mais uma clara prova da falência desse país e do rebaixamento político e moral dos dirigentes em todas as áreas da Sociedade.

O Fato é que desde de 1970 temos pilotos na Formula 1 e agora depois de 48 anos não teremos nenhum representante Brasileiro no Grid da maior categoria do Automobilismo Brasileiro. Sem dúvida quem esperou um dia para falar isso vai vender o terror e vai usar disso como sensacionalismo para ganhar audiência. Entanto não se fez nada nos últimos 10 anos para se reverter isso em relação a CBA.

(Confederação Brasileira de Automobilismo) Atitudes como do Felipe Massa em trazer a Formula Futuro (Foi o próprio piloto que custeou os custos com os carros trazidos para o Brasil, Com os mais baixos custos possíveis) Mas a categoria acabou, Não tinha apoio de nada. O Campeão da categoria ganhava 1 ano na Europa em uma categoria mais competitiva.

Formula futuro que ficou sem futuro

A Formula Junior foi muito bem no começo, Mas depois começou a perder a receita e ela também acabou. A Formula RS também perdeu a receita e acabou. A Formula 3 Brasil é uma categoria que esta bem abaixo do nível da Formula 3 da Europa. (Mesmo tendo custos mais baixos)

Então qual seria a direção? Criar novas categorias, Investimento em talentosos pilotos Brasileiros, O governo e a CBA fazerem um programa para temos sempre demanda de piloto no Exterior? Essa seria a atitude certa!, Mas o que vemos é um bando de mentecaptos que não enxergam isso (Incluo Dirigentes, Promotores da Categoria e Jornalistas também ajudam a afundar o automobilismo Brasileiro!!!) Nada fazem. Só fazem a favor da Stock Car e das categorias de turismo. Será que um país com o Brasil só pode viver de categorias de Turismo, Será que não tem espaço para uma categoria de Formula proliferar no Brasil. As Dificuldades já começam no Kart aonde tudo é caro, Até mais caro do que categorias de Formula e de Turismo.

Na Argentina, existe lei para obrigar as Montadoras de Automóveis a investirem no Automobilismo interno. O turismo Carreteira de lá é maravilhoso! Se comparar com a Stock Car, São anos luz a frente da nossa categoria. Mesmo sem uma categoria forte de Formula por lá. As coisas com os vizinhos funciona melhor do que no Brasil.

No Brasil o que poderia se ter é mais apoio a Formula Vee que é uma categoria que pode ser tanto formadora de pilotos como uma diversão para outros pilotos caseiros. E a partir dai criar uma Formula Junior ou uma Formula 4 para o Brasil e para a América Latina. Uma pergunta que eu faço: Com tanta fábrica de Carros, Porque não temos categorias de Formula no Brasil ou até mesmo de Turismo. A Stock Car não tem várias marcas, O carro é tubular com uma bolha e os motores são todos os mesmos motores. Nem é uma categoria multimarca de verdade, Então é uma Fantasia como o campeonato de Marcas é uma Fantasia ser multimarca.

Esse Samba da Beija-Flor tem tudo a ver com tudo que acontece no Brasil:

No Mundo da Fantasia que se vive no Automobilismo com seu viés totalmente elitista, Não se faz nenhuma tentativa de procurar novos. Não convidam estudantes do Ensino Fundamental para verem um dia de corridas regionais. Isso poderia ser feito e sem dúvida o automobilismo iriam ganhar novos corações. Dei várias ideias para isso acontecer no Automobilismo Gaúcho e ninguém pegou essas ideias. Por isso é que você não ver mais do que mil pessoas nas categorias regionais quando se poderia ter 5 mil num dia ruim, (Imagina uns 10 a 15 mil em um bom dia) O Ingresso é muito mais barato do que um bom ingresso de jogo de Futebol.

Exemplo: Se 1000 crianças fossem para os autódromos, poderiam 50 ou 100 dessas crianças se apaixonarem pelo esporte ou até mesmo algumas delas quisessem no futuro participar de corrida de Kart ou de automobilismo Regional. E a Famosa mosquinha azul picando e tornando eles apaixonados por esporte a motor ou até mesmo fanático por esse esporte.

Transmissões por Web Rádio e por Stream de corridas regionais é uma solução para popularizar o esporte, Divulgação nas escolas, Eventos nas cidades, tentativas dos dirigentes para vender melhor o Automobilismo e o Esporte a Motor.

A Band Sports fez um belo trabalho com a prova da Cascavel de Ouro. (Que por sinal foi um evento muito bem feito que tinha uma premiação bem bacana de 100 mil reais em prêmios) Tá certo que era um evento especial, Mas foi uma mostra clara de como você pode fazer um evento e como transmitir um evento como esse evento tradicional que teve no Paraná.

Basta o Esporte sair da Fantasia e se libertar de sua bolha para voltar a ter o prestígio que tinha no passado. Isso é bem mais fácil do que se pensa, Mas quem comanda a Festa precisa querer e ser pressionado para sair dessa Bolha ou todos estaremos perdidos.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams/ newsracer / André Kotoman /Formula Vee / Pintelest / Novac
Vídeos: TV Jornalismo / Leonardo Queiroz

Kvyat foi destruído desde do Rebaixamento em 2016. Seria a hora de acabar com a manobra do time de 4 carros?

Comprovando a história ridícula e praticamente inacreditável de que um piloto seja demitido após 4 corridas de uma temporada como a Temporada de 2016 aonde ele poderia certamente melhorar. O Caso de Daniil Kvyat (que será substituído pelo Pierre Gasly a principio nas próximas 2 corridas do Mundial de Formula 1) mostra o quanto é nocivo um dono ter duas equipes na Formula 1. Em nome de disputar o título eles aproveitaram uma prova desastrosa do piloto Russo para colocar Max Verstappen, O que é um absurdo protestado por todos praticamente.

Só que com a vitória do piloto Holandês os protestos viraram apoio de forma hipócrita, O que tornou o que era errado passar a ser certo. A partir dai Kvyat se viu totalmente destruído da forma com que fizeram com ele. Não é da noite para o dia que um piloto vai conseguir se recuperar. O Exemplo disso é Felipe Massa que depois do GP da Alemanha de 2010 ele só conseguiu se recuperar na segunda metade da temporada de 2012.

Massa teve 2 anos para se recuperar, Agora o Kvyat vai ter 2 anos para isso? Se depender de Dietrich Mateschitz, Christian Horner, Franz Tost, Helmut Marko e seus asseclas o Russo seria chutado agora mesmo. Agora eles deixar o Russo para correr em 2017: Caso o japonês Nobuaru Matsushita não consiga terminar entre os 3 primeiros lugares na Formula 2, E se não derem na cabeça deles contratar o Kubica.

O que será de Pierre Gasly??? Vai ser bem sucedido ou vai ser destruído no moedor de carne da Red Bull?

O ponto que eu quero chegar é o seguinte. Não é a demissão ou a saída de um piloto que estou questionando. E sim a Red Bull ter 4 carros no Grid mesmo que sejam a equipe Principal e a Toro Rosso 2 equipes, Mas são equipes com o mesmo dono. Um escarnio que aconteceu já na Formula 1 com Flavio Briatore sendo o Chefe de equipe da Benetton e dono da Ligier. (Para pegar os motores da Renault que estavam com o time Francês que foi repassado para o Tom Walkinshaw já que ele não poderia ter uma equipe) Depois disso esse sujeito nefasto como chefe da Benetton, comprou parte da Minardi em 1996. Não conseguindo vender como se esperava e foi demitido da equipe aonde ele trabalhava em 1997 (Se pensa que ele era maquiavélico por causa disso veja Cingapuragate 2008 e você vai ver que ele foi bem pior que isso. 

A Realidade é muito mais Bizarra do que você pensa.

A obrigação da FIA era que essa pratica de uma pessoa ou uma organização não tivesse 2 equipes na Formula 1 ao mesmo tempo. Isso deveria ser proibido para o bem da competição.Quer ter uma segunda equipe: Tenha ela na Formula 2, É mais digno do que ter uma equipe de 4 carros. Seria melhor para formar pilotos e melhoraria a categoria de acesso. E se a a Toro Rosso tiver que fechar? 18 carros no Grid? Paciência. Isso é culpa também da elitização da categoria e do altíssimos custos da categoria que acabaram por deixar o grid com tão poucos carros. Isso só vai mudar quando tivemos verdadeiramente uma redução de custos como:

  • Chassis padronizados para todas as equipes.
  • Redução dos custos dos motores (Que esta bem caro mesmo. Foi isso e outros fatores que fez a Caterham quebrar em 2014 e a Manor quebrar no começo de 2017)
  • Permitir que a mesma equipe tenham carros e patrocinadores diferentes em cada carro.
  • Permitir que uma equipe possa correr um ou algumas corridas da temporada (Sem a obrigatoriedade de fazer a temporada inteira. Também não precisando correr com dois carros, Na formula 1 de 30 anos atrás também não era obrigatório uma equipe correr com 2 carros)
  • Deixar a distribuição das cotas de TV das equipes de Formula 1 mais igualitárias do que esta hoje (Algo que a Liberty Média esta fazendo)

É assim que deve ser feito em uma categoria que até ano passado estava velha e enrugada de tenta coisa velha do senhor Bernie Ecclestone. Espero que essa nova Formula 1 possa mudar essa realidade, E que pilotos como Daniil Kyvat não sejam triturados e jogados para a privada sem dó e nem piedade pelos dirigentes das equipes que comandam o circo da categoria.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Toro Rosso/Formel1mic