F1 Formula 1 Formula 1 - 2017

Resultado dos treinos livres do GP do Canadá

Published by:

1ºTreino Livre

POS Piloto Equipe Chassi Motor Tempo nºVoltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.809 36
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:14.007 28
3 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:14.046 21
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:14.230 28
5 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:14.578 34
6 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:14.785 35
7 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1:14.861 19
8 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:15.106 31
9 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 1:15.441 23
10 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:15.658 26
11 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:15.943 29
12 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:16.233 25
13 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:16.313 36
14 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:16.345 18
15 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:16.473 27
16 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:16.521 13
17 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:16.805 24
18 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:17.004 26
19 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 1:17.606 28
20 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 Sem Tempo 1

2ºTreino Livre

POS Piloto Equipe Chassi Motor Tempo nºVoltas
1 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:12.935 41
2 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.150 41
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:13.200 41
4 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.310 42
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1:13.388 25
6 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:14.063 38
7 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:14.245 19
8 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:14.299 46
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:14.461 38
10 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:14.501 41
11 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:14.566 33
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:14.604 38
13 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:14.621 43
14 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:14.676 35
15 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 1:15.072 8
16 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:15.127 40
17 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:15.240 40
18 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:15.611 31
19 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:15.624 20
20 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 1:16.308 31

3ºTreino Livre

POS Piloto Equipe Chassi Motor Tempo nºVoltas
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:12.572 20
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:12.864 19
3 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:12.926 22
4 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1:12.965 22
5 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.210 24
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:13.493 20
7 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.527 22
8 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 1:13.545 35
9 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.635 26
10 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:13.667 22
11 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:13.788 23
12 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:13.885 18
13 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.956 27
14 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:13.994 19
15 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:14.102 22
16 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:14.228 22
17 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:14.392 18
18 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:14.409 25
19 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:14.883 25
20 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 1:14.965 25
F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Hamilton conquista vitória com Facilidade em Montreal

Published by:

Matéria da Classificação: Hamilton chega a pole 65 e se iguala ao Senna em número de poles.

Lewis Hamilton conseguiu uma marca história no sábado, Após um treino dominado pelo piloto da Mercedes que arrasou no momento decisivo marcando um tempo espetacular sendo o tempo de 1:11.459 o novo recorde do Circuito Gilles Villeneuve.

No Q1 Hamilton e Bottas ficaram nas 2 primeiras posições no Q1 disputando tempo numa disputa particular da Mercedes. A Ferrari foi a única equipe a não usar pneus ultra macios guardando esse jogo para a parte final do treino ou para a corrida. Raikkonen e Vandoorne na tentativa de melhores tempos encostaram no muro. No final do treino a 1 minuto do final o Alemão Pascal Wehrlein acabou rodando e batendo na entrada da primeira curva do circuito provocando o final do Treino.

O próprio piloto que bateu (Wehrlein), Ericsson, Magnussen, Stroll e Vandoorne foram eliminados. De Volta a formula 1 o Espanhol Fernando Alonso praticamente encostou no muro para colocar a Mclaren no Q2.

Classificação do Q1:

No Q2 em seu começo viu Force India de Ocon e Perez e a Williams de Felipe Massa liderar o treino até que Hamilton acabou com a brincadeira fazendo o melhor tempo com folga em cima dos outros. Carlos Sainz jr. rodou no mesmo lugar que o piloto da Sauber tinha rodado no Q1, Mas dessa vez não ocorreu uma batida e o Espanhol pode continuar na batalha.

Os pilotos da Mercedes, Ferrari e Red Bull estavam praticamente assegurados para o Q3. Restando 4 vagas que estavam nas mãos de Massa, Perez, Ocon e Hulkenberg. Sainz e Kvyat ainda tinham chances de superarem esses pilotos e entrarem no Q3. Alonso com a sua Mclaren-Honda que andou a 370 km/h em Indianapolis agora tinha que andar quase 20 km menos de reta do que a Williams de Felipe Massa. Não tinha qualquer chance de classificar para o Q3.

No final o quadro não se alterou dos 10 primeiros lugares e com Hulkenberg melhorando o seu tempo foi fatal para qualquer piloto de tentar tirar alguém dos 10 primeiros lugares. Kvyat, Alonso que ainda consegue o 12ºlugar, Sainz, Magnussen e Palmer que já fez muito em ir para o Q2.

Classificação do Q2:

No Q3 o inglês Lewis Hamilton mostrou toda a sua categoria quebrando a banca desde da sua primeira volta baixando o tempo para casa do 1 minuto e 11 segundos enquanto que Bottas, Raikkonen e Vettel ficaram na casa do 1 minuto e 12 segundos. Com quase 4 décimos de tempo a favor do inglês era praticamente impossível que a pole fosse para outro piloto que não fosse Hamilton.

Vettel tentou uma segunda tentativa praticamente isolado na pista a 4 minutos do final e conseguiu o 2ºlugar a 4 milésimos de Hamilton. No final os favoritos foram para a pista destronar o inglês, Mas o que se viu foi outra volta fantástica de Hamilton que derrubou os cronômetros para 1:11.459 melhorando em 3 décimos o seu tempo confirmando a pole position de número 65 da carreira. Igualando a Ayrton Senna em poles e ficando a 3 de Michael Schumacher. No final do treino na hora da entrevista no começo do Circuito os pilotos Lewis Hamilton, Sebastian Vettel e Valtteri Bottas o inglês aparece com o capacete de Ayrton Senna que é o ídolo de Hamilton no Esporte. Mais um momento emocionante para aquele que intitulo o piloto do povo ver ele sendo saudado por todos e ele retribuindo esse carinho todo.

O líder do campeonato Sebastian Vettel larga em 2ºlugar com a Ferrari que não terá uma missão fácil de deter a Mercedes nesse circuito já que o traçado de muitas retas favorece a equipe alemã. Os Finlandeses Valtteri Bottas e Kimi Raikkonen largam na 2ªFila e os pilotos da Red Bull com Max Verstappen na frente de Daniel Ricciardo na 3ªFila.

Felipe Massa com a Williams foi o melhor piloto do resto mostrando forma do time inglês em traçados rápidos como de Montreal. Perez e Ocon colocam a Force India em boas 8ª e 9ªposições e Nico Hulkenberg representa com honra a Renault fechando os Top 10 no grid de largada.

POS. Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Fase
1 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:11.459 Q3
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:11.789 Q3
3 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:12.177 Q3
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:12.252 Q3
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1:12.403 Q3
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 1:12.557 Q3
7 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:12.858 Q3
8 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.018 Q3
9 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:13.135 Q3
10 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:13.271 Q3
11 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:13.690 Q2
12 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:13.693 Q2
13 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:13.756 Q2
14 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:13.839 Q2
15 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:14.293 Q2
16 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:14.182 Q1
17 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:14.209 Q1
18 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:14.318 Q1
19 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:14.495 Q1
20 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 1:14.810 Q1

A Corrida

O que poderia ter sido um corrida pra lá de competitiva acabou sendo um passeio de Lewis Hamilton e das Mercedes em Montreal, Uma vitória fácil para os carros prateados que começou na largada quando Hamilton largou muito bem e Vettel largou mal perdendo 2 posições. Para Verstappen que pulou de 5º para o 2ºlugar de maneira impressionante e Bottas que ficou na 3ªposição.

Nas primeiras curva do Circuito Carlos Sainz jr. espreme Romain Grosjean que toca no piloto Espanhol que perde o controle do seu carro e atinge o Brasileiro Felipe Massa que não tinha nada com a História. Resultado disso foi que ambos abandonaram a corrida e o Safety Car foi acionado. Grosjean foi para os boxes para trocar seu bico devido a completa impudência do piloto da Toro Rosso. Danill Kvyat que acabou não conseguindo ir para a volta de apresentação acabou conseguindo partir sem partir dos boxes, Mas acabou indo para a sua posição normalmente e largando da mesma 11ªposição. (Claro que seria Punido, Até Desclassificado por isso)

Na relargada Hamilton abriu diferença para Verstappen que tinha Bottas perto em 3º e Vettel em 4º segurando todo mundo, Sua asa quebrou quando o Holandês da Red Bull passou por ele e por isso o piloto da Ferrari perdeu rendimento e precisou fazer uma parada logo no começo da corrida. E para piorar Raikkonen erra, quase bate e ainda perdeu a 5ªposição para Perez.

Na Volta 11 Max Verstappen acaba parando com problemas em seu carro, o motor parou do nada e isso fez com que o piloto da Red Bull deixasse a prova. Safety Car virtual acionado. Nisso ninguém poderia aumentar a velocidade e nem passar ninguém, Isso foi que fez Magnussen o que ocasionou uma punição para o Escandinavo da Equipe Haas.

Na volta a corrida Hamilton continuou líder com Bottas em 2º, Ricciardo em 3º, Perez, Raikkonen, Ocon nas 6 primeiras posições. Com a Punição que Kyvat teve de cumprir que foi um Drive Turorgh (Eu imaginaria até que ele levasse uma desclassificação pelo erro que cometeu) Fernando Alonso estava já em 7ºlugar. Mais atrás destaco a corrida combativa de Lance Stroll que tinha a responsabilidade de levar a Williams para os pontos e ele mostrou serviço passando Vandroone e depois passando Nico Hulkenberg passando para a zona de pontuação. Sebastian Vettel também estava em plena recuperação ganhando posições mais atrás e se aproximando da zona de pontuação.

Na frente pouca coisa se modificou até a hora das paradas, Raikkonen foi o primeiro, Depois Ricciardo fez a parada arriscando colocar os pneus médios (Os Mais duros) para terminar a corrida. Perez e Bottas foram os próximos a fazerem à parada. Os Únicos que não estavam fazendo a parada eram Hamilton e Ocon que estavam nas duas primeiras posições. O Francês sem dúvida queria dar o pulo do gato e assumir o terceiro lugar.

Ocon fez a parada e voltou atrás de Raikkonen, Hamilton fez a parada e voltou na liderança. Bottas, Ricciardo, Perez, Raikkonen, Ocon e Vettel estavam nas 7 primeiras posições.

Mais atrás Stroll buscava depois de sua parada a recuperação na corrida passando seus adversários um a um. Disputando com Alonso, com Palmer, com Grosjean. Finalmente em uma corrida bem competitiva desse garoto que começa a dar sinais de evolução mesmo. Danill Kvyat mesmo com a punição que sofreu no começo da prova estava na zona de pontuação mostrando competitividade do piloto Russo.

Enquanto que tudo na frente estava decidido, Em 3ºlugar Daniel Ricciardo estava segurando os pilotos da Force India que viam as chances de pódio crescerem. Raikkonen e Vettel foram para uma segunda parada nos boxes para buscarem rapidez no final da prova.

A tática da Ferrari poderia dar muito certo para buscar o pódio, Mas dai tivemos polêmica: Raikkonen erra a curva e deixa Vettel passar caindo para o 7ºlugar. Pode ser que tenha sido um erro, Mas pode ter o Homem de Gelo errado e permitido ao Vettel a ultrapassagem sem suspeita de jogo de equipe. Depois disso Raikkonen ficou lento com problemas no carro (Ou então simulando problemas) Vettel partiu para cima de Perez e Ocon que estavam em um confronto violento pelo 4ºlugar deixando Ricciardo ficar mais tranquilo em 3ºlugar.

Vettel partiu para o ataque para cima de Ocon na volta 65 conseguiu a ultrapassagem sobre o francês que tentou resistir, Mas perdeu a curva 1 e teve de vazar ela perdendo rendimento e perdendo posição para Perez e Vettel. A 2 Voltas do final Vettel passa Perez e consegue a 4ªposição.

Danill Kvyat na volta 55 com problemas na Roda deixou a corrida e Fernando Alonso a 2 voltas do final abandonou quando estava próximo de marcar o primeiro ponto da Mclaren na temporada de 2017 A Unidade de Potência da Honda Falhou (Parece piada que isso é Unidade de potência para a Formula 1)

Lewis Hamilton foi tranquilo para a 3ªVitória na temporada reduzindo a diferença que Vettel tem na liderança do campeonato. Hoje foi o dia do piloto Inglês que fez um final de semana impecável. Final de semana também perfeito da Mercedes com uma corrida segura de Valtteri Bottas que acabou em segundo lugar.

Daniel Ricciardo obteve êxito em sua tática de pneus mais duros levando a Red Bull pela terceira vez seguida ao pódio. Nada mal para um carro que não tem a potencia que precisava para disputar as primeiras posições. Sebastian Vettel após uma corrida em seu começo desastrosa acabou se recuperando bem e por pouco não conseguiu um lugar no pódio. O Alemão continua líder do campeonato, Mas o 4ºlugar não ajudou muito. Pois a diferença para Hamilton caiu para 12 pontos.

Sergio Perez e Esteban Ocon acabaram brigando para ver quem ficava com o pódio e acabaram ficando em 5º e 6ºlugares consolidando o 4ºlugar no Mundial de Construtores para a Force India que sem medo de errar vai ficar nessa posição no Campeonato, Não vejo uma equipe que poderia reagir a ponto de superar a equipe Indiana que tem uma equipe excelente com um orçamento limitadíssimo.

Raikkonen não foi feliz hoje e ficou apenas em 7ºlugar. Não da para entender do porque a Ferrari Renovou o seu contrato para 2018. Nico Hulkenberg fez uma corrida correta com a Renault levando 4 pontos com o 8ºlugar.

Lance Stroll fez uma bela corrida e finalmente mostrou que pode ser útil para a Williams. Num dia em que Massa nada pode fazer sendo envolvido em um acidente absurdo aonde Sainz foi considerado culpado e perde 3 posições no GP do Azerbaijão (No meu modo de entender, 3 posições de punição é pouco. 10 posições deveria ser no mínimo.) Acabou o Canadense em sua casa fazendo os primeiros pontos da sua carreira com o 9ºlugar. Romain Grosjean levou a Haas para mais um pontinho na temporada 2017 com o 10ºlugar.

Outra vez no Vácuo dos pontos Jolyon Palmer ficou em 11ºlugar. Kevin Magnussen que teve um inicio impressionante, Mas ficou só nisso ficando em 12ºlugar.

Marcos Ericsson com a Sauber conseguiu a proeza (Nem tanto) de ficar na frente de Stoffel Vandoorne que já começo a desconfiar que ele esta sem motivação ou ele era mais marketing do que talento já que ele não consegue fazer frente ao Alonso e até perde para outros pilotos com carros inferiores ao dele.

Pascal Wehrlein ficou em 15ºlugar (Não foi o final de semana dele) Só não ficou em último porque Fernando Alonso ficou ainda classificado em 16ºlugar.

Daqui a 2 semanas teremos a 8ªetapa do Mundial de Formula 1 no Circuito de Baku no Azerbaijão aonde  Hamilton recuperado no campeonato busca continuar a recuperação e Vettel busca a volta por cima na volta ao território europeu.

Pos piloto Equipe Chassi Motor Voltas tempo
1 Lewis Hamilton 44 Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 70 1h 33:05.154
2 Valtteri Bottas 77 Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 70 19.783
3 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB13 TAG Heuer 70 35.297
4 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF70H Ferrari 062 70 35.907
5 Sergio Perez 11 Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 70 40.476
6 Esteban Ocon 31 Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 70 40.716
7 Kimi Raikkonen 7 Ferrari SF70H Ferrari 062 70 58.632
8 Nico Hulkenberg 27 Renault R.S.17 Renault R.E.17 70 1:00.374
9 Lance Stroll 18 Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 69 1 Volta
10 Romain Grosjean 8 Haas VF-17 Ferrari 062 69 1 Volta
11 Jolyon Palmer 30 Renault R.S.17 Renault R.E.17 69 1 Volta
12 Kevin Magnussen 20 Haas VF-17 Ferrari 062 69 1 Volta
13 Marcus Ericsson 9 Sauber C36 Ferrari 061 69 1 Volta
14 Stoffel Vandoorne 2 Mclaren MCL32 Honda RA617H 69 1 Volta
15 Pascal Wehrlein 94 Sauber C36 Ferrari 061 68 2 Voltas
16 Fernando Alonso 14 Mclaren MCL32 Honda RA617H 66 Unidade de Potência
Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 54 Roda
Max Verstappen 33 Red Bull RB13 TAG Heuer 10 Bateria
Carlos Sainz 55 Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 0 Acidente
Felipe Massa 19 Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 0 Acidente

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Force India/Sauber/Williams/Mclaren

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Dovizioso faz corrida impecável e conquista a vitória em Mugello

Published by:

MotoGP – Viñales faz volta voadora, Supera as velozes Ducati e conquista a pole em Mugello

Apesar de toda a forca da Ducati o espanhol Marevick Viñales não se intimidou com o exercito das motos italianas e conquistou na casa deles e da Ferrari mais uma pole position mostrando o grande momento que ele vive em sua carreira.

Um treino que no Q1 teve a presença de Johann Zarco, Danilo Petrucci, Jonas Folher e Cal Crutchlow como os candidatos principais as 2 vagas para o Q2. Desde do começo do da primeira fase os pilotos com as motos da Ducati estavam voando baixo nas retas italianas e mesmo as motos de 2016 e ate a moto do Frances Loris Baz que e de 2015 que chegou a estar em 2ºlugar com Hector Barbera na liderança.

A partir dai Danilo Petrucci com sua Ducati 2017 deu o ar da graça tomando o primeiro tempo dos pilotos das Ducati antigas satélites. Jonas Folger aparecia em 2ºlugar. Enquanto isso somente Johann Zarco não tinha entrado na pista para fazer sua volta.

No final do treino Zarco vindo do segundo lugar na sua casa (Franca) foi fazer sua volta, ao mesmo tempo em que o piloto da tech 3 fez a 3ªmelhor marca o piloto da LCR Honda Cal Cruthlow fez o melhor tempo, Mas no final do treino acabou que Petrucci e Zarco que marcou o melhor tempo do Q1 jogaram o inglês para fora da classificação deixando ele na 13ªposição no grid de largada. Quem decepcionou foi de novo Andrea Iannone com a Suzuki que esta muito abaixo do que ela fez em 2016. Também dessa patética campanha da Suzuki a qualidade de seus pilotos que hoje não e das melhores visto os vários resultados ruins tanto do Iannone como do Syuvain Guintoli que ate se justifica devido ao tempo que ele ficou longe das competições da MotoGP. O mesmo não se pode aplicar a Iannone que seria o piloto a liderar o time Suzuki EcStar e ate agora esta mais no chão do que na pista.

No Q2 em seu começo foi praticamente uma luta particular entre dois pilotos: Danilo Petrucci e Marc Marquez que vinha em sua Honda desafiando o domínio da Ducati no começo do treino que tinham além de Petrucci os dois pilotos de Fabrica (Dovizioso e Lorenzo) e Michele Pirro que esta com uma moto de equipe de testes da Ducati para fazer essa prova do campeonato.

Essa brincadeira entre O piloto da Pramac Ducati e o piloto da Repsol Honda acabou quando Viñales veio acabar com a brincadeira e fez 1.47.271 assumindo a liderança e deixando Petrucci e Marquez para trás, Mas vejam que o piloto da Pramac deu o troco e voltou a primeira posição. Enquanto os pilotos foram para se prepararem para os minutos finais o gladiador do asfalto foi para uma bela volta classificando em 3ºlugar.

Na reta final do treinamento surgiu o piloto da Aspar Martinez Alvaro Bautista que fez a melhor marca e liderou o treino por alguns momentos ate que Petrucci tomou a pole com uma grande volta. Que depois foi cancelada por ele ter cortado alguma parte do circuito. No final do treino Viñales em volta voadora garantiu a pole position com Valentino Rossi ao seu lado na primeira fila e com perspectiva de vencer na sua casa novamente. Completa a primeira fila o piloto da Ducati Andrea Dovizioso.

Na segunda fila larga os pilotos Michele Pirro que fez um grande trabalho na classificação colocando sua Ducati em 4ºlugar na frente de Dani Pedrosa e Marc Marquez da Honda Repsol que depois de uma prova difícil em Le Mans o grid em Mugello não parecia animar muito o time oficial da Fábrica Japonesa.

Jorge Lorenzo não tem muito a comemorar com o 7ºlugar. Visto que Dovizioso e Pirro estavam mais a frente com a mesma moto do Tricampeão do mundo. Álvaro Bautista fez um grande trabalho no dia de sábado visto que ele tem uma Moto já defasada (Ducato de 2016) largando em 8ºlugar e Danilo Petrucci que também fez um belo trabalho com sua Ducati Pramac de 2017 acabou por perder sua melhor volta acabou ficando apenas com o 9ºlugar no Grid de largada.

Tito Rabat em seu melhor treino na MotoGP larga em 10ºlugar na frente de Johann Zarco e Aleix Espargaró que completam a 4ªFila do Grid de largada do GP da Itália.

Grid de largada do GP da Itália do Mundial de MotoGP
Moto GP – Mugello – 6ªEtapa

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’46.575
2 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1’46.814
3 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 1’46.835
4 51 Michele Pirro Ducati Team Ducati 1’46.878
5 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 1’46.999
6 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 1’47.050
7 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 1’47.152
8 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 1’47.167
9 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati 1’47.266
10 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda 1’47.282
11 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’47.319
12 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’47.475
13 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 1’47.220
14 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati 1’47.272
15 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 1’47.305
16 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’47.625
17 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati 1’47.809
18 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’47.940
19 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda 1’47.961
20 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati 1’47.975
21 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati 1’48.361
22 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 1’48.416
23 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM 1’48.594
24 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 1’48.892

No Domingo antes da prova todos os pilotos e equipe fizeram uma homenagem a Nicky Hayden que faleceu após um acidente aonde ele com sua bicicleta foi atropelado na Itália. Foram 69 segundos de silêncio em referência ao número que ele usou em sua carreira praticamente. Todos os pilotos do Mundial de Motovelocidade em suas motos fizeram homenagens ao campeão do mundo de 2006.

Na largada Valentino Rossi assumiu a liderança deixando para trás Marevick Viñales em 2ºlugar, Jorge Lorenzo em 3º superando a Andrea Dovizioso que caiu para o 4ºlugar. Lorenzo partiu para o ataque logo de inicio buscando acabar com a festa italiana. Primeiro ainda na primeira volta passou Viñales assumindo o segundo lugar e no começo da terceira volta o tricampeão do Mundo passou Rossi assumindo a liderança com a moto da Ducati que era a mais rápida da pista.

Mas a alegria de Lorenzo não durou muito, Logo Valentino Rossi, Marevick Viñales e Andrea Dovizioso ultrapassaram o Espanhol que iria começando a ficar pelo caminho. Assim como Marc Marquez que começou buscando acompanhar a turma dos primeiros colocados, Mas também o piloto da Honda Repsol começou a ficar mais atrás.

Andrea Dovizioso passou a ser o Homem da Ducati para disputar a vitória. O italiano passou Rossi e partiu para cima de Viñales que tinha assumido o primeiro lugar passando Valentino Rossi. Quem vinha muito bem era Danilo Petrucci que vinha com sua Pramac Ducati de 2017 na 4ªposição com Marc Marquez despachando Jorge Lorenzo logo depois perdeu o 6ºlugar para um Fantástico Alvaro Bautista que vinha levando a sua modesta moto da Aspar Martinez Ducati de 2016 a um 6ºlugar passando a Jorge Lorenzo e voltas depois passou Marquez e assumiu a 5ªposição.

Dovizioso passou a ficar algumas voltas a acompanhar Viñales buscando o melhor momento para passar o piloto da Yamaha com Rossi e Petrucci logo atrás formando o bloco que disputava a primeira posição. A 10 Voltas do final Dovizioso na reta passou Viñales assumindo a liderança, No final da mesma volta Petrucci passou o Doutor e escalou para ficar no pódio, Mas Petrucci não estava querendo repetir o resultado de Alexandre Barros que em 2007 fez um pódio em 3ºlugar no mesmo circuito de Mugello e partiu para cima de Viñales.

Enquanto eles brigavam Dovizioso foi aos poucos abrindo vantagem para o Grupo que disputava o segundo lugar. A 8 voltas do final Petrucci passa Viñales tomando o segundo lugar e começou a partir a caça de Dovizioso buscando a vitória com a Pramac que seria algo histórico. Mas isso durou por algumas voltas já que Viñales e Rossi começaram voltas depois a chegarem e voltar a disputa do segundo lugar. A 4 Voltas do final Viñales voltou a 2ªposição que tentou um ataque final em Dovizioso.

Mas o piloto do Ducati nem sentiu a pressão, Manteve uma vantagem segura até o final para conquistar a vitória em casa, 2ªvitória pela Ducati e a 3ª na sua Carreira completando a festa italiana em Mugello. Dovi assumiu a vice-liderança do campeonato após os resultados da corrida italiana. O líder do campeonato Marevick Viñales terminou em 2ºlugar. O pódio foi completado pelo Italiano Danilo Petrucci com a Pramac repetindo o feito de Alexandre Barros em 2007 com a mesma Pramac Ducati.

Valentino Rossi ficou fora do pódio terminando em 4ºlugar. Logo atrás o Espanhol Alvaro Bautista segurou a poderosa Honda de Marc Marquez e completou em 5ºlugar. Chegando aos boxes foi abraçado pela equipe após a brilhante corrida que ele tinha feito deixando Marc Marquez com uma modesta 6ªposição sendo essa a melhor Honda da corrida. Johann Zarco ficou abaixo das expectativas terminando em 7ºlugar chegando na frente de Jorge Lorenzo que começou bem a prova, Mas foi ficando para atrás até o final chegando em 8ºlugar.

Michele Pirro que largou em 4ºlugar fez uma prova muito apagada chegando apenas em 9ºlugar e Andrea Iannone completou os 10 primeiros colocados com a sua Suzuki. Tito Rabat, Scott Redding, Jonas Folger, Hector Barbera e Jack Miller completaram a zona de pontuação sendo os 2 últimos foram favorecidos por causa do acidente no final entre Dani Pedrosa e Cal Crutchlow que disputaram o 11ºlugar. Pedrosa tentando passar Crutchlow acabou caindo e levando junto o piloto da LCR Honda.

Nesse domingo teremos o GP da Catalunha na Espanha abrindo o 2ºterço de campeonato do Mundial de motovelocidade.

Resultado final do GP da Itália do Mundial de MotoGP
Moto GP – Mugello – 6ªEtapa  – 23 Voltas

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati 41’32.126
2 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 1.281
3 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati 2.334
4 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha 3.685
5 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati 5.802
6 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 5.885
7 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 13.205
8 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati 14.393
9 51 Michele Pirro Ducati Team Ducati 14.880
10 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 15.502
11 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda 22.004
12 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati 24.952
13 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha 28.160
14 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati 30.676
15 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda 30.779
16 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati 42.306
17 50 Sylvain Guintoli Team SUZUKI ECSTAR Suzuki 46.294
18 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati 50.731
19 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 50.740
20 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM 50.897
35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda 1 Volta
26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda 1 Volta
41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 8 Voltas
44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM 10 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos Moto 2 Moto 2 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Moto 2: Mattia Pasini leva a vitória em casa num grande dia de pilotagem em Mugello

Published by:

Moto 2 – Morbidelli no final tira pole de Alex Marquez

No último treino do dia do Mundial de motovelocidade marcou mais um dia de domínio da equipe Marc VDS e de Alex Marquez que fez um tempo estupendo no começo do Treino e tudo indicava que o espanhol iria ficar com a pole.

Morbidelli que vinha em 4ºlugar foi avançando no decorrer da classificação passando do 4º para o segundo lugar e na sua volta final o Ítalo-brasileiro usou o vácuo do piloto Colombiano Yoony Hernandez para superar o tempo de Marquez em 36 milésimos conquistando a pole position. Franco Morbidelli esta em busca de sua 5ªVitória na temporada em 6 corridas. Alex Marquez e Mattia Pasini da Italtrans Racing completam a primeira fila.

Na segunda fila larga o vice-líder do campeonato Thomas Luthi e o Rapidíssimo Japonês Takaaki Nakagami da Honda Team Asia e o Italiano Luca Marini da Forward Racing. Jorge Navarro em seu melhor treino na Moto 2 em sua sexta corrida abre a 3ªFila com Baldassarri e Miguel Oliveira que busca reabilitação após desastrosa corrida em Le Mans. Fechando os 10 primeiros colocados é o piloto da Speed UP Simone Corsi, Mas devo chamar a atenção que Reny Gardner fez um treino muito bom (Melhor da temporada) largando na 11ªposição após ficar a maior parte do tempo entre os primeiros colocados.

Grid de largada do GP da Itália do Mundial de MotoGP
Moto 2 – Mugello – 6ªEtapa

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Kalex Moto2 1’51.679
2 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex Moto2 1’51.715
3 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’51.758
4 12 Thomas Luthi CarXpert Interwetten Kalex Moto2 1’52.045
5 30 Takaaki Nakagami IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’52.173
6 10 Luca Marini Forward Racing Team Kalex Moto2 1’52.292
7 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex Moto2 1’52.389
8 7 Lorenzo Baldassarri Forward Racing Team Kalex Moto2 1’52.427
9 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM Moto2 1’52.489
10 24 Simone Corsi Speed Up Racing Speed Up SF7 1’52.579
11 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 Mistral 610 1’52.592
12 52 Danny Kent Garage Plus Interwetten Kalex Moto2 1’52.675
13 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Suter MMX2 1’52.716
14 68 Yonny Hernandez AGR Team Kalex Moto2 1’52.750
15 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex Moto2 1’52.770
16 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex Moto2 1’52.785
17 11 Sandro Cortese Dynavolt Intact GP Suter MMX2 1’52.931
18 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing Suter MMX2 1’52.936
19 32 Isaac Vinales BE-A-VIP SAG Team Kalex Moto2 1’52.961
20 55 Hafizh Syahrin Petronas Raceline Malaysia Kalex Moto2 1’53.050
21 19 Xavier Simeon Tasca Racing Scuderia Moto 2 Kalex Moto2 1’53.077
22 97 Xavi Vierge Tech 3 Racing Tech 3 Mistral 610 1’53.148
23 40 Fabio Quartararo Pons HP40 Kalex Moto2 1’53.159
24 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM Moto2 1’53.216
25 49 Axel Pons RW Racing GP Kalex Moto2 1’53.324
26 2 Jesko Raffin Garage Plus Interwetten Kalex Moto2 1’53.459
27 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex Moto2 1’53.580
28 45 Tetsuta Nagashima Teluru SAG Team Kalex Moto2 1’53.645
29 37 Augusto Fernandez Speed Up Racing Speed Up SF7 1’53.672
30 62 Stefano Manzi SKY Racing Team VR46 Kalex Moto2 1’53.733
31 57 Edgar Pons Pons HP40 Kalex Moto2 1’53.895
32 22 Federico Fuligni Forward Junior Team Kalex Moto2 1’55.173
33 6 Tarran Mackenzie Kiefer Racing Suter MMX2 1’55.233

A Corrida no domingo teve um veterano vencendo em sua casa. Na largada Morbidelli manteve a liderança com Marquez, Pasini, Nakagami que largou bem, Luthi e Baldassarri nas 6 primeiras posições.

Pasini com fome e sede de vitória partiu para cima dos pilotos da Marc VDS assumindo a liderança na 2ªMetade da primeira volta, No final da volta Lorenzo Baldassarri foi para cima de Nakagami, Mas perdeu o controle da moto e caiu levando junto com ele o Piloto Japonês para o chão. Depois de alguns minutos o jovem piloto da Forward foi pedir desculpas para o piloto da Honda Asia Team. Um incidente 100% de culpa para Baldassarri, Mas sem qualquer intenção desse acidente que foi vistoso sem maiores consequências para ambos.

Pasini comandou a corrida nas primeiras voltas com Alex Marquez e Thomas Luthi em 3ºlugar que passou Franco Morbidelli logo a seguir. Um pouco mais atrás Miguel Oliveira e Luca Marini disputavam o 5ºlugar que foi favorável ao piloto Português que aos poucos foi abrindo de Luca Marini que começou a ficar para a turma que disputa posição com  Simone Corsi, Jorge Navarro e Francesco Bagnaia que fez uma grande largada subindo rapidamente de posições.

Alex Marquez chegou a liderar a corrida por uma vez na parte inicial de corrida, Mas curvas depois Pasini voltou a liderança da prova. A disputa foi ficando mesmo entre o piloto da Italtrans, Alex Marquez e Thomas Luthi. Franco Morbidelli foi ficando para trás nessa disputa volta após volta.

A disputa ficou entre os 3 durante toda a corrida com Pasini a maior parte do tempo na liderança. Na parte  final da corrida Marquez que tentava ultrapassagem por fora em uma curva no terço final do circuito enquanto que Luthi ainda escondia o jogo. O piloto da Interwetten só foi jogar as cartas no final buscando assumir a liderança da corrida e conseguiu isso no começo da volta final com Marquez em Segundo e Pasini em terceiro. Parecia que a vitória que estava nas mãos do piloto Italiano tinha ido para o Saco.

Mas o dia era mesmo de Pasini que em um espaço de 2 curvas ele passou primeiro lugar Alex Marquez e depois passou Thomas Luthi na curva seguinte assumindo a liderança da prova e dessa forma levando até o final conquistando a primeira vitória na Temporada e conquistando uma vitória para a Italtrans Racing que deu uma perdida nos últimos anos e agora voltou a se encontrar na Moto 2. Thomas Luthi em 2ºlugar consegue diminuir a diferença na disputa pelo título que tem Franco Morbidelli que terminou em 4ºlugar fazendo uma corrida correta salvando bons pontos para a disputa do campeonato.

Morbidelli ficou atrás de Alex Marquez que completou o pódio representando a Marc VDS em Mugello. O Português Miguel Oliveira fez uma boa corrida ficando em 5ºlugar com sua KTM recuperando da patética prova em Le Mans. Luca Marini conquistou um bom 6ºlugar em sua casa superando aos seus adversários no meio do pelotão entre eles Bagnaia que caiu na volta final. Dominique Aegerter que não apareceu a corrida inteira acabou subindo no final da prova ficando em 7ºlugar. Dessa forma com sua Suter superando a Simone Corsi da Speed UP que chegou em 8ºlugar, Jorge Navarro que teve seu melhor final de semana na Moto ficando sempre entre os 10 primeiros colocados ficando em 9ºlugar.

Brad Binder em sua volta a Moto 2 após 3 provas de Ausência fez uma bela corrida de recuperação chegando em 10ºlugar. Schrotter da Dynavolt,  Syarhin da Petronas, Isaac Vinales da SAG Team, Reny Gardner que fez seus primeiros 2 pontos com a Tech 3 e Xavier Simeon da Tasca Racing completaram a zona de pontuação.

Semana que vem teremos a prova da Moto 2 na Catalunha na Espanha, Começando o 2ºterço de Campeonato do Mundial de Motovelocidade.

Resultado final do GP da Itália do Mundial de MotoGP
Moto 2 – Mugello – 6ªEtapa – 21 voltas

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex 39’30.974
2 12 Thomas Luthi CarXpert Interwetten Kalex 0.052
3 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex 0.136
4 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Kalex 3.643
5 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM 5.124
6 10 Luca Marini Forward Racing Team Kalex 13.266
7 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing Suter 13.299
8 24 Simone Corsi Speed Up Racing Speed Up 13.703
9 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex 15.485
10 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM 16.036
11 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Suter 16.039
12 55 Hafizh Syahrin Petronas Raceline Malaysia Kalex 16.310
13 32 Isaac Vinales BE-A-VIP SAG Team Kalex 17.702
14 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 21.335
15 19 Xavier Simeon Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex 22.740
16 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex 22.781
17 68 Yonny Hernandez AGR Team Kalex 22.804
18 40 Fabio Quartararo Pons HP40 Kalex 23.705
19 11 Sandro Cortese Dynavolt Intact GP Suter 25.336
20 57 Edgar Pons Pons HP40 Kalex 28.534
21 49 Axel Pons RW Racing GP Kalex 29.512
22 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 40.336
23 2 Jesko Raffin Garage Plus Interwetten Kalex 40.351
24 45 Tetsuta Nagashima Teluru SAG Team Kalex 40.486
25 37 Augusto Fernandez Speed Up Racing Speed Up 45.382
26 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 45.385
27 6 Tarran Mackenzie Kiefer Racing Suter 1’07.733
28 22 Federico Fuligni Forward Junior Team Kalex 1’07.742
52 Danny Kent Garage Plus Interwetten Kalex 12 Voltas
62 Stefano Manzi SKY Racing Team VR46 Kalex 12 Voltas
30 Takaaki Nakagami IDEMITSU Honda Team Asia Kalex 21 Voltas
7 Lorenzo Baldassarri Forward Racing Team Kalex 21 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos Moto 3 Moto 3 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Moto 3 em Mugello – Migno conquista primeira vitória em Disputa Fantástica

Published by:

Classificação: McPhee herda pole de Martin após punição

Em Mugello na classificação da Moto 3 dominada na maior parte do treino dominada pelos pilotos da Gresini acabou na pista dando Jorge Martin fazendo o melhor tempo, Mas por ter andado lento no circuito acabou o escocês John Mcphee herdando a pole position. O piloto da British Talent ficou a maior parte do treino apagado andando na metade para baixo.

Dois pilotos com bom equipamento na classificação acabaram caindo e comprometendo parte do treinamento. Primeiro foi o líder do campeonato o Espanhol Joan Mir da Leopard Racing que foi para o chão perdendo metade do tempo de treinamento. O outro piloto foi o italiano Nicolo Bulega que não vive boa fase nesse começo de campeonato e acabou caindo quando tinha o terceiro melhor tempo.

Na parte final Joan Mir e McPhee viviam o drama de estarem lá atrás. Nos últimos minutos ambos foram para a pista buscarem melhores tempos. Ambos conseguiram com sucesso. Mir acabou fazendo o tempo o bastante para colocar a sua moto na primeira fila do grid enquanto que McPhee ficou em 2ºlugar e com a punição de Martin (que andou em uma volta com o tempo acima dos 110% permitidos o que fez perder 12 posições no grid de largada) herdou a pole position para a corrida de logo mais a partir das 6 da manha horário de Brasília. Jorge Martin vai largar em 13 lugar.

Completam a primeira fila o Espanhol Joan Mir e o Italiano da Gresini Fabio di Giannatonio, Todos com moto da Honda. Nicolo Bulega se recuperou bem da queda e conseguiu o 4 lugar abrindo a segunda fila do grid da Moto 3 que vai ter Juanfran Guevara e Romano Fenati completando a segunda fila.

Na terceira fila largam o jovem Marcos Ramirez que busca o primeiro pódio da carreira, Bo Bendsneyder que ainda não se achou na Moto 3 e Tatsuki Suzuki da Sic58 Squarda Corse. Manuel Pagliani e Kaito Toba também foram punidos e perdem 12 posições.

Grid de largada do GP da Itália do Mundial de MotoGP
Moto 3 – Mugello – 6ªEtapa

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 17 John McPhee British Talent Team Honda NSF250RW 1’57.324
2 36 Joan Mir Leopard Racing Honda NSF250RW 1’57.370
3 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto 3 Honda NSF250RW 1’57.595
4 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 1’57.768
5 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM RC250GP 1’57.912
6 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 1’57.954
7 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 1’57.978
8 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 1’57.993
9 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squarda Corse Honda NSF250RW 1’58.053
10 95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda NSF250RW 1’58.080
11 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM RC250GP 1’58.123
12 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM RC250GP 1’58.123
13 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto 3 Honda NSF250RW 1’57.176
14 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW 1’58.141
15 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM RC250GP 1’58.189
16 65 Philipp Oettl Südmetall Schedl GP Racing KTM RC250GP 1’58.233
17 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda NSF250RW 1’58.253
18 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto 3 Mahindra MGP3O 1’58.300
19 75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto 3 Mahindra MGP3O 1’58.418
20 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O 1’58.684
21 14 Tony Arbolino SIC58 Squarda Corse Honda NSF250RW 1’58.719
22 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda NSF250RW 1’58.928
23 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra MGP3O 1’58.941
24 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda NSF250RW 1’59.042
25 11 Livio Loi Leopard Racing Honda NSF250RW 1’59.067
26 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda NSF250RW 1’59.720
27 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot MGP3O 1’59.922
28 6 Maria Herrera AGR Team KTM RC250GP 2’00.413
29 30 Edoardo Sintoni 3570-MTA Mahindra MGP3O 2’00.543
30 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda NSF250RW 1’59.092
31 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra MGP3O 1’58.279

No Domingo em Mugello esta agradável mesmo sem o sol aparecendo intensamente. Na Largada da Moto 3 o Italiano Fabio di Giannantonio largou muitíssimo bem pulando de 3º para a liderança seguido de Fenati, Tatsuki Suzuki, Mir, McPhee que largou da pole, Ramirez, Martin, Antonelli nas 8 primeiras posições.

Ainda na 1ªvolta Fenati assumiu a liderança e Jorge Martin que partiu do 13ºlugar já buscava passar John McPhee na disputa pelo 5ºlugar. Nas primeiras voltas Fenati e Di Giannantonio meio que mais se estabeleceram a parte da frente da corrida. Na terceira volta aproveitando do vácuo e da grande reta e assumiu a liderança após largar em 13ºlugar ganhando 12 posições em menos de 3 voltas.

Mas longe de Martin ter a melhor moto do Dia, Já que a disputa estava feroz, Só para se ter uma ideia tinha mais de 20 pilotos em um bloco compacto disputando os primeiros lugares. Vários e vários pilotos em algum momento assumiram a liderança (Marcos Ramirez, Andrea Migno, Joan Mir, John McPhee, Darryn Binder, Romano Fenati, …) Na parte final de corrida tivemos 22 na disputa pela vitória e a 5 voltas do final na grande reta mais ou menos uns 15 pilotos se posicionaram visando a liderança e a vitória.

Migno assumiu a liderança por uma volta o que foi uma tônica na prova. Praticamente nenhum piloto conseguia ficar na liderança por mais de 1 volta. As vezes nem durava uma curva. No final da corrida Alguns pilotos que estavam na frente acabaram caindo como Romano Fenati que caiu para o 17ºlugar, Joan Mir para o 10ºlugar, Jorge Martin para o 9ºlugar e John McPhee para o 12ºlugar.

Juanfran Guevara passou para a liderança que passou para as mãos de Phillip Oettl a 3 voltas do Final e de novo para Do Giannantonio para a liderança a 2 Voltas do final. Parecia que o piloto da Gresini iria conseguir a primeira vitória da carreira, Mas dai veio a volta final e Andrea Migno que pouco apareceu nessa disputa pela liderança da prova ao final da reta aos boxes.

O piloto da Sky Racing Team VR46 ficou na liderança segurando até o final da prova e conquistando sua primeira vitória na sua carreira e a primeira vitória da KTM em 2017. 37 milésimos depois chegou o Italiano Fabio di Giannantonio que tem a sua vitória se amadurecendo e o Espanhol Juanfran Guevara completando o pódio com sua KTM da Equipe RBA Boe Racing Team.

Darryn Binder da Platinum Bay acabou em 4ºlugar a 362 milésimos do vencedor. Aliás a diferença entre Migno que venceu para Marcos Ramirez que ficou em 9ºlugar ficou a menos de 8 décimos de diferença. entre eles chegaram Aron Canet, John McPhee, Joan Mir que continua líder do campeonato, Ayumu Sasaki que apareceu na parte final da prova levando a moto da SIC Racing ao 8ºlugar, Bela corrida do Japonês.

Ramirez e Bulega completaram os 10 primeiros colocados. Semana que vem teremos a 7ªEtapa do Mundial de Motovelocidade o GP da Catalunha no circuito de Barcelona.

Resultado Final do GP da Itália do Mundial de MotoGP
Moto 3 – Mugello – 6ªEtapa – 19 Voltas

Pos. Piloto Equipe Moto Tempo
1 16 Andrea Migno SKY Racing Team VR46 KTM 39’43.963
2 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda 0.037
3 58 Juan Francisco Guevara RBA BOE Racing Team KTM 0.166
4 40 Darryn Binder Platinum Bay Real Estate KTM 0.362
5 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda 0.364
6 17 John McPhee British Talent Team Honda 0.419
7 36 Joan Mir Leopard Racing Honda 0.556
8 71 Ayumu Sasaki SIC Racing Team Honda 0.710
9 42 Marcos Ramirez Platinum Bay Real Estate KTM 0.772
10 8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM 1.125
11 33 Enea Bastianini Estrella Galicia 0,0 Honda 1.229
12 64 Bo Bendsneyder Red Bull KTM Ajo KTM 1.261
13 5 Romano Fenati Marinelli Rivacold Snipers Honda 1.461
14 65 Philipp Ottl Südmetall Schedl GP Racing KTM 1.524
15 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 1.553
16 23 Niccolo Antonelli Red Bull KTM Ajo KTM 1.858
17 12 Marco Bezzecchi CIP Mahindra 2.259
18 7 Adam Norrodin SIC Racing Team Honda 2.272
19 48 Lorenzo Dalla Porta Aspar Mahindra Moto3 Mahindra 2.319
20 84 Jakub Kornfeil Peugeot MC Saxoprint Peugeot 3.053
21 14 Tony Arbolino SIC58 Squadra Corse Honda 3.476
22 96 Manuel Pagliani CIP Mahindra 11.162
23 11 Livio Loi Leopard Racing Honda 17.713
24 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda 37.687
25 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda 37.688
26 6 Maria Herrera AGR Team KTM 37.776
27 4 Patrik Pulkkinen Peugeot MC Saxoprint Peugeot 37.887
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda 1 Volta
75 Albert Arenas Aspar Mahindra Moto3 Mahindra 1 Volta
95 Jules Danilo Marinelli Rivacold Snipers Honda 11 Voltas
30 Edoardo Sintoni 3570-MTA Mahindra 13 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP